Page 1

BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município - DOM

Ano XX • N. 4.583 • R$ 0,90

Em partida que ficou no zero a zero com os ingleses, a seleção costa-riquenha garantiu o primeiro lugar de seu grupo, no Mineirão

Horizonte. Antes, a cidade já havia recebido Colômbia 3 x 0 Grécia, Bélgica 2 x 1 Argélia e Argentina 1 x 0 Irã. No sábado, o Mineirão vai ser palco de Brasil e Chile, pelas oitavas de final.

No dia 8 de julho, a cidade se despede do Mundial com uma partida da semifinal. Caso o Brasil chegue até lá, a capital mineira novamente receberá a seleção canarinho.

Adão de Souza

tagem do empate para ser líder do grupo, soube administrar o tempo para garantir o 0 a 0. A partida entre Costa Rica e Inglaterra foi a última da primeira fase da Copa do Mundo em Belo Adão de Souza

Os ingleses entraram em campo com uma equipe praticamente reserva e utilizaram as estrelas Gerrard e Rooney no segundo tempo, o que animou um pouco a torcida. A Costa Rica, com a van­

Adão de Souza

A Inglaterra voltou a jogar em Belo Horizonte por uma Copa do Mundo depois de 64 anos e novamente não obteve sucesso. Diante de 57.823 torcedores, entre eles o príncipe Harry, os ingleses empataram com a Costa Rica por 0 a 0. A equipe da Amé­ rica Central, a maior surpresa da Copa até aqui, já estava classifi­ cada e, com o resultado, garantiu o primeiro lugar do grupo D, que tinha também Uruguai e Itália. Os uruguaios venceram a Itália em Natal, por 1 a 0, e ficaram com a segunda vaga. Em 1950, a Inglaterra pro­ tagonizou em Belo Horizonte um dos jogos mais surpreendentes da história da Copa do Mundo, quando perdeu por 1 a 0 para os Estados Unidos, no estádio Inde­ pendência, no Horto.  Aquela foi a primeira participação inglesa em Mundiais. A equipe veio ao Brasil como favorita mas acabou eliminada ainda na primeira fase. Ontem, mesmo já desclas­ sificada, a Inglaterra contou com o apoio de sua torcida, que não deixou de incentivar a equipe durante o jogo. Os costa-riquenhos, espalhados por diversas partes do estádio, ganharam o apoio dos brasileiros.

Inglaterra se despede da Copa sem vencer em Belo Horizonte Adão de Souza

Seleção da Costa Rica neutraliza o “English Team” no Mineirão e garante o primeiro lugar no grupo D. Equipe da Inglaterra continua sem conseguir uma vitória em jogos de Copa na capital mineira

Tiragem: 2.500 • 25/6/2014

A alegria dos costa-riquenhos contrastava com o desânimo da torcida inglesa, que foi ao Mineirão prestigiar a sua equipe, mesmo já desclassificada

Príncipe Harry visita clube que irá acolher as delegações olímpica e paralímpica britânicas em BH entre Inglaterra e Costa Rica, o príncipe Harry visitou as depen­

dências do Minas Tênis Clube e participou da cerimônia de

Isabel Baldoni

Isabel Baldoni

Antes de seguir para o Mi­ neirão, onde assistiu à partida

Diante do príncipe Harry, o prefeito Marcio Lacerda assinou memorando para BH acolher a delegação paralímpica britânica

dom 4.583.indd 1

assinatura de Memorandos de Entendimento celebrados entre o Governo de Minas, a Prefeitura de Belo Horizonte e a Universidade Federal de Minas Gerais com a Associação Paralímpica Britânica. O documento representa mais um passo na parceria instituída no ano passado, quando foi celebrado o convênio para o acolhimento dos atletas britânicos durante a preparação e a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Belo Horizonte é uma das cidades coanfitriãs do evento.

Tradicional clube da ca­ pital, o Minas Tênis Clube irá acolher os atletas e paratletas britânicos, que também utilizarão o Centro de Treinamento Espor­ tivo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). “O prín­ cipe Harry vem num momento em que a parceria com o Comitê Olímpico e Paralímpico Britânico está se consolidando. Assinamos no ano passado com o Olímpico e agora com o Paralímpico. Os entendimentos avançaram muito e eles estão dando bastante valor ao que a cidade oferece”, expli­ cou o prefeito Marcio Lacerda durante a solenidade. O príncipe Harry recebeu das mãos do pre­ feito, como presente da cidade, camisas oficiais do Atlético, do Cruzeiro e do América.

24/06/2014 18:07:53


BELO HORIZONTE 2

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Quarta-feira, 25 de junho de 2014

Museu Histórico Abílio Barreto revela imagens da Copa de 1950 em exposição sobre o futebol

Acervo família Victor Gomes

Tatiana Rocha

tal mineira” conta com fotografias, objetos, vídeos, áudios e mapas. A mostra abrange os primórdios, a profissionalização e a populariza­ ção do futebol na capital mineira, reunindo objetos de times profis­ sionais e amadores, assim como acervos de jogadores e torcedores. E, agora, conta também com itens relacionados à Copa de Mundo de 1950. Serão expostas manchetes do jornal Estado de Minas que relatam

Em ritmo de Copa do Mun­ do, a exposição “Belo Horizonte F.C. - Trajetórias do futebol na capital mineira”, em cartaz no Museu Histórico Abílio Barreto (avenida Prudente de Morais, 202, bairro Cidade Jardim), recebe um incremento especial. O espaço apresenta ao público uma série de materiais ligados à Copa do Mundo de 1950, realizada no Brasil. Entre

desde a expectativa dos mineiros para a Copa até como foi a renda e o policiamento dos jogos em BH. O acervo recebe também fotos de episódios importantes do torneio, como o jogo entre Estados Unidos e Inglaterra, a inauguração do es­ tádio Independência no jogo entre Iugoslávia e Suíça e o treinamento da seleção inglesa em Nova Lima. Outra novidade da exposi­ ção será uma intervenção audio­

visual com a exibição de vídeos históricos do Centro de Referência Audiovisual (Crav). Serão projeta­ dos vídeos com imagens de basti­ dores de jogos da seleção brasileira em Belo Horizonte, de atividades do Mineirão em eventos diversos, inclusive não esportivos, da torcida assistindo jogos das Copas de 1978 e 1982, entre outras imagens, abordando sempre a temática do futebol, Brasil e Belo Horizonte.

Acervo família Victor Gomes

Fotografias e reportagens sobre a primeira Copa do Mundo realizada no Brasil passam a integrar a mostra “Belo Horizonte F.C. - Trajetórias do futebol na capital mineira”

os itens expostos estão matérias jornalísticas da época, fotografias de jogos realizados em Belo Ho­ rizonte, além de vídeos temáticos. A mostra tem entrada gratuita e pode ser visitada às terças, sextas, sábados e domingos, das 10h às 17h, e nas quartas e quintas-feiras, das 10h às 21h. A exposição “Belo Horizonte F.C. - Trajetórias do futebol na capi­

Turistas estrangeiros aprovam Fan Fest de Belo Horizonte A Fan Fest realizada em Belo Horizonte desde o início da Copa do Mundo, no Expominas, no bairro Gameleira, vem recebendo elogios de turistas nacionais e estrangeiros. Pessoas de todos os continentes acom­ panham as partidas na capital mineira e aprovaram a estrutura do local e a tradicional receptividade mineira. Os franceses Manuel Houmard e Sonia Kuiechá, que assistiram à vitória da França sobre Honduras por 3 a 0, afirmaram que a estrutura favorece a integração com as pessoas. “Cheguei ao Brasil em São Paulo, mas a convite de um amigo resolvi ficar em BH. Estou impressionado com a organização e as condições do local. É muito melhor do que imaginava”, completou Amine Elmhamoi, marroquino de 27 anos. Depois de torcer pela da Colômbia no Mineirão e acompanhar a vitória sobre os gregos, Isabela Magalhães, também conferiu a Fan Fest, onde curtiu o show do Art Popular. “Adoro sambar, sair e curtir a vida. E aqui está muito bom para isso”, garantiu a garota, acompanhada por um grupo de amigos. Colombiana de Cali, Martha Macias, de 35 anos, conferiu o espaço montado no Expominas para receber os turistas e escolheu alguns postais com imagens da Praça da Liberdade e do Parque Municipal para enviar gratuitamente para familiares e amigos. “São imagens lindas dessa cidade que gostei tanto”, comentou. Outro serviço que funcionou foi o oferecido pelas embaixadas. Luiz Prada perdeu os documentos e procurou o consulado da Colômbia, loca­ lizado na Embaixada dos Fãs, na Fan Fest, onde recebeu orientações para emissão de segunda via. “Esse serviço oferecido nos dá mais segurança e conforto”, conta Prada, outro que aprovou a Fan Fest.

dom 4.583.indd 2

24/06/2014 18:08:02


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Quarta-feira, 25 de junho de 2014

3

Fotos: Gabriela Angélica

Escola da região Norte entra no clima de Copa do Mundo

A Copa do Mundo contagiou os alunos da Escola Municipal Ma­ ria Silveira, que fica na rua Libânia Pena, no bairro São Bernardo. A empolgação resultou em uma competição realizada pela direção da escola, a disputa com perguntas e respostas sobre a Copa de 2014, que contou com a participação dos alunos do 4º, 5º e 6º anos do segundo ciclo do projeto Escola Integrada. O objetivo do desafio, de acordo com a coordenadora do A Copa do Mundo estimula a busca por novos conhecimentos sobre países, povos e costumes

São Geraldo recebe mostra fotográfica sobre pessoas e diversidade cultural sul-americana “DIVERSI-IDADE: PESSOAS”, de Elaine Loures. A mostra conta com mais de 160 fotografias, compostas por um olhar sensível e instigante sobre o cotidiano de pessoas de diferentes cidades sul-americanas por onde a artista esteve. Além do

tema “Pessoas”, destaque da ex­ posição, a artista aborda mais sete temáticas, sendo elas “Política”, “Paladar”, “Brasil”, “Sete Lagoas”, “Minas Gerais”, “Arte e Cultura” e “O Mundo”. A mostra pode ser visitada das 7h às 19h, com entrada gratuita. As fotografias que compõem a atual exposição de Elaine fazem parte de um acervo construído pela artista entre 2007 e 2013. A exposição retrata culturas e pesso­ as de diferentes cidades visitadas pela fotógrafa durante este perí­ odo, incluindo Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Bolívia e Peru. Elaine Loures é natural de Belo Horizonte e, além de fotógrafa, também trabalha como produtora cultural. A artista morou no bairro São Geraldo até abril de 2003, onde escolheu destacar a temática “Pessoas” em sua mostra no centro cultural da região. Divulgação

Eliane Lourdes

A Prefeitura de Belo Ho­ rizonte, por meio da Fundação Municipal da Cultura, apresenta no Centro Cultural São Geraldo (avenida Silva Alvarenga, 548, bairro São Geraldo) até sexta, dia 27, a exposição fotográfica

Escola Integrada, Dóris Fonseca, foi estimular os alunos a um estudo profundo com assuntos relaciona­ dos à Copa, como países, povos e costumes, tudo interligando maté­ rias como Português, Matemática, História, Ciências e Geografia. “Os alunos participaram de estudos sobre os países que estão participando da Copa, suas culturas e história. Os alunos se empe­ nharam tanto que para eles esse desafio foi um ganho enorme”, disse Dóris. Os vence­ dores, os alunos do 5º ano, for­ maram a equipe que conseguiu o maior número de respostas certas. Os alunos ganha­ ram da direção da escola óculos de festa, másca­ ras e apitos com as cores do Brasil.

Diário Oficial do Município de Belo Horizonte

Instituído pela Lei nº 6.470 de 06/12/1993 e alterado pela Lei nº 9.492 de 18/01/2008 • Endereço eletrônico: www.pbh.gov.br/dom Composição, Produção e Edição Assessoria de Comunicação Social - Prefeitura de Belo Horizonte Av. Afonso Pena, 1.212 - 4º andar - Tel.: (31) 3277-4246

dom 4.583.indd 3

Impressão Didática Editora do Brasil Ltda - ME - Rua Custódio Maia, 469 Bairro Darcy Vargas - CEP 32372-160 - Contagem - MG - Tel.: (31) 2557-8030

Distribuição e Assinaturas Ricci Diários & Publicações Ltda - Rua Curitiba, 1.592 - Loja 01 Lourdes - Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3274-4136

24/06/2014 18:08:11


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

26

Quarta-feira, 25 de junho de 2014

Indicadores Econômicos de Belo Horizonte Taxas de Juros – Maio de 2014

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

jan/14

419,05

1,65

1,65

Últimos 12 Meses 5,40

413,63

0,72

0,72

Últimos 12 Meses 3,32

fev/14

420,06

0,24

1,89

5,86

415,12

0,36

1,08

4,11

mar/14

422,79

0,65

2,56

6,02

418,39

0,79

1,88

4,31

No mês

No ano

Taxas médias praticadas(1)

Setores

No mês

No ano

Menor

Maior

Diferença (%)

Média

3,00

5,90

96,67

5,08

Prefixada (montadoras)

1,22

2,27

86,07

1,57

Prefixada (multimarcas)

1,34

2,90

116,42

2,07

1,78

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

Automóveis Usados

abr/14

426,68

0,92

3,50

6,47

422,12

0,89

2,79

4,67

Prefixada (montadoras)

1,39

2,14

53,96

mai/14

429,41

0,64

4,16

6,84

426,47

1,03

3,85

5,45

Prefixada (multimarcas)

1,55

2,99

92,90

2,23

2ª jun/14

436,50 (3)

0,45

4,72

6,85

430,63 (3)

0,63

4,30

5,54

Cartão de Crédito

4,14

17,89

332,13

10,96

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Cheque Especial (2) (8)

6,01

10,80

79,70

9,06

(2) IPCR= Índice de Preços ao Consumidor Restrito: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 5 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Combustíveis

5,66

8,04

42,05

6,73

Imóveis Construídos

0,06

2,69

4.383,33

1,79

Imóveis na Planta

0,28

1,79

539,29

0,89

0,79

2,55

222,78

1,88

CDC - Financeiro (8)

3,39

5,79

70,80

4,29

CDC - Bens Alienáveis (8)

1,57

2,21

40,76

1,75

Eletroeletrônicos

2,08

4,88

134,62

3,22

Mobiliário

1,96

5,46

178,57

3,59

10,31

12,81

24,25

11,56

Nacional

1,11

1,63

46,85

1,35

Internacional

1,32

1,63

23,48

1,51

1,74

6,00

244,83

3,36

Construção Civil (3) (7)

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Período

IPCA(1)

Salário Mínimo

412,25

1046,46

dez/13

No mês

Cesta Básica(2) 541,66

No ano

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

0,87

0,00

-0,72

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

Últimos 12 Meses

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

6,15

9,00

9,09

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

6,15

9,00

9,09

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

jan/14

419,05

1117,46

532,22

1,65

6,78

-1,74

1,65

6,78

-1,74

5,40

6,78

-2,29

fev/14

420,06

1117,46

537,15

0,24

0,00

0,93

1,89

6,78

-0,83

5,86

6,78

-2,40

Financeiras Independentes Turismo

mar/14

422,79

1117,46

581,80

0,65

0,00

8,31

2,56

6,78

7,41

6,02

6,78

3,23

abr/14

426,68

1117,46

593,43

0,92

0,00

2,00

3,50

6,78

9,56

6,47

6,78

2,53

mai/14

429,41

1117,46

598,45

0,64

0,00

0,85

4,16

6,78

10,49

6,84

6,78

3,45

Vestuário e Calçados

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Empréstimos pessoa jurídica

(2) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38 FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis Residenciais Período

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Comerciais

Variação (%)

dez/13

468,30

0,32

5,72

Últimos 12 Meses 5,72

jan/14

469,38

0,23

0,23

fev/14

472,10

0,58

mar/14

474,84

abr/14 mai/14

1,08

2,87

165,74

2,20

1,20

2,87

139,17

1,93

Conta Garantida (8)

2,17

4,55

109,68

2,95

Captação CDB 30 dias (4)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Desconto de Duplicatas (8) Capital de Giro (8)

0,82

656,56

0,56

7,83

Últimos 12 Meses 7,83

5,19

661,55

0,76

0,76

7,94

Poupança (5)

0,81

5,48

665,32

0,57

1,33

7,70

Taxa SELIC (6)

0,58

1,40

5,49

669,71

0,66

2,00

7,38

(1) Considera-se a média das taxas praticadas pelos informantes

(5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(2) Não são consideradas vantagens progressivas

(6) Média ponderada pela vigência

476,02

0,25

1,65

5,31

673,13

0,51

2,52

7,26

(3) Inclui a variação dos indexadores CUB, TR, INCC e IGP-M

(7) Novo cálculo considerando o período dos índices que compõem a estimativa (8) Dados coletados a partir de informações consolidadas no Banco Central do Brasil

477,79

0,37

2,03

5,07

675,76

0,39

2,92

7,03

No mês

No ano

No mês

No ano

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,71

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,40

0,74

85,00

0,60

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,67

0,82

22,39

0,73 0,55 0,87

(4) Taxa ANBID do primeiro dia útil do mês e projetada para 30 dias

.. Não se aplica dados numéricos

Tarifas Bancárias – Maio de 2014

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Maio de 2014

Forma de Cobrança

Produtos / serviços(1)

Imóveis

Popular

Médio

Alto

Luxo

546,47 (17)

1079,09 (11)

799,79 (48)

1319,87 (156)

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

739,59 (145)

1023,95 (158)

1183,56 (290)

2042,09 (177)

3 Quartos e 1 banheiro

899,34 (47)

1036,30 (30)

1301,04 (47)

1639,47 (19)

1265,49 (78)

1409,59 (173)

1681,35 (371)

2468,30 (534)

-

1660,00 (5)

2376,60 (15)

3247,45 (51)

4 Quartos e até 2 banheiros 4 Quartos e acima de 2 banheiros / 5 Quartos ou mais e 1 banheiro ou mais

(1)

2083,33 (6)

2607,84 (57)

4599,25 (266)

1 Quarto e 1 banheiro ou mais

470,00 (29)

612,08 (24)

733,33 (6)

-

Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

30,00

..

15,32

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por cliente

5,30

15,00

183,02

7,05

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por cliente

5,30

15,00

183,02

7,05

por Operação

28,50

52,00

82,46

42,77

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por cheque

10,35

15,00

44,93

11,69

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por cheque

1,00

1,60

60,00

1,28

CHEQUE - Cheque Administrativo

por Cheque

20,00

30,00

50,00

24,14 10,50

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

620,00 (10)

725,56 (9)

(1)

-

616,67 (9)

-

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

834,22 (65)

3 Quartos e 1 banheiro

por cheque

0,00

21,00

..

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por operação

2,00

3,00

50,00

2,19

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por operação

1,15

3,00

160,87

1,82

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por operação

1,15

2,15

86,96

1,50

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por operação

0,00

4,65

..

2,08

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (P)

por operação

1,45

6,00

313,79

3,08

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (E)

por operação

1,35

3,00

122,22

2,00

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (C)

por operação

1,20

1,40

16,67

1,29

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por operação

2,00

6,00

200,00

3,19

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por operação

1,35

4,00

196,30

2,31

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por operação

1,20

4,00

233,33

1,81

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por operação

0,00

6,00

..

4,75

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

Barracões

1 Quartos e 1 banheiro ou mais

Média(2) (R$)

CONTAS DE DEPÓSITOS

CHEQUE - Cheque Visado

3 Quartos e 2 banheiros ou mais

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%)

CADASTRO

1 Quarto e 1 banheiro ou mais

Apartamentos

Casas

ND - não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

(2)

-

1007,74 (27)

1247,78 (9)

(2)

1059,55 (44)

1483,13 (16)

1541,67 (6)

(1)

1417,78 (36)

1857,10 (21)

3032,61 (23)

6420,00 (10)

(3)

-

3875,00 (4)

-

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por operação

0,00

19,90

..

13,16

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por operação

0,00

9,50

..

7,08

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por operação

6,50

9,00

38,46

7,62

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por operação

1,00

2,00

100,00

1,17

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por operação

0,00

1,20

..

0,87

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por operação

23,80

27,00

13,45

25,02

Transferência por meio de DOC - DOC Pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

15,03

Transferência por meio de DOC - DOC eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,14

Transferência por meio de DOC - DOC internet (3)

por evento

6,50

9,00

38,46

7,63

Transferência por meio de TED - TED pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

15,03

Transferência por meio de TED - TED eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,14

Transferência por meio de TED - TED internet (3)

por evento

0,00

9,00

..

7,70

por operação

30,00

54,70

82,33

44,62

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

3 Quartos e 2 banheiros ou mais

Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

4 Quartos e até 2 banheiros 4 Quartos e acima de 2 banheiros / 5 Quartos ou mais e 1 banheiro ou mais

3100,00 (8)

3750,00 (4)

5548,00 (10)

9074,33 (39)

por evento

9,50

14,50

52,63

10,98

a cada 365 dias

39,00

54,00

38,46

46,29

Fornecimento de 2ª via de cartão com função crédito

por evento

5,00

15,00

200,00

7,67

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no país

por evento

4,00

15,00

275,00

7,94

Pagamento de contas utilizando a função crédito em espécie

por evento

1,99

19,90

900,00

10,40

Avaliação emergencial de crédito

por evento

10,00

18,00

80,00

15,00

a cada 365 dias

0,00

90,00

..

55,00

por evento

8,00

30,00

275,00

15,13

CARTÃO DE CRÉDITO (3) Anuidade - cartão básico nacional

Anuidade - cartão básico internacional

(*) O valor entre parênteses representa o número de imóveis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, somente são publicados valores médios obtidos a partir de quatro imóveis pesquisados. Os casos em que não foi pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamentos de 1 e 2 quartos da classe luxo são influenciados pela oferta de Flats.

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no exterior

(2) Considera-se a média das tarifas praticadas pelos bancos pesquisados

(1) Não são consideradas vantagens progressivas Fonte: Banco Central do Brasil / Bancos - Dados trabalhados pela Fundação IPEAD/UFMG

..

Não se aplica dados numéricos

ND: não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG Custo da Cesta Básica(*) – Maio de 2014

Índice de Confiança do Consumidor

Período

ICCBH

(2)

IEE

IEF

No mês (3)

No ano

Últimos 12 Meses

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

Contribuição na variação (p.p.)

Açúcar cristal

3,00 kg

4,38

0,01

Arroz

3,00 kg

7,28

0,02

Banana caturra

12,00 kg

30,66

-0,60 -1,36

dez/13

120,48

159,06

118,51

-2,28

-6,50

1,20

-13,20

-21,76

0,24

-13,20

-21,76

0,24

Batata inglesa

6,00 kg

18,98

jan/14

121,76

162,09

119,03

1,06

1,90

0,43

1,06

1,90

0,43

-7,50

-15,78

6,09

Café moído

0,60 kg

8,40

0,11

fev/14

117,25

156,21

114,56

-3,70

-3,63

-3,75

-2,68

-1,79

-3,34

-8,20

-17,16

5,80

Chã de dentro

6,00 kg

113,53

-1,13

Farinha de trigo

1,50 kg

4,44

0,02

mar/14

117,67

155,39

115,78

0,36

-0,53

1,06

-2,34

-2,31

-2,31

-7,67

-14,69

-1,40

Feijão carioquinha

4,50 kg

17,94

-0,25

Leite pasteurizado

7,50 lt

17,33

0,12

750,00 gr

17,20

-0,05

abr/14

112,27

141,04

114,62

-4,59

-9,23

-1,00

-6,82

-11,33

-3,28

-11,78

-24,27

-0,09

mai/14

108,49

141,26

107,91

-3,37

0,15

-5,86

-9,95

-11,19

-8,95

-14,34

-20,73

-8,77

(1) ICCBH: Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte: trata-se de um indicador que tem por finalidade sintetizar a opinião dos consumidores em Belo Horizonte quanto aos aspectos capazes de afetar as suas decisões de consumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Econômica: retrata a expectativa do consumidor em relação aos indicadores macroeconômicos

dom 4.583.indd 26

Valores (em R$)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100) (1)

Quantidade

Produto

Manteiga Óleo de soja

1,00 un

3,15

0,01

Pão francês

6,00 kg

54,25

0,58

Tomate Santa Cruz

9,00 kg

49,14

3,36

(3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a confiança do consumidor a respeito de alguns indicadores microeconômicos

(*) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

24/06/2014 18:08:12


Poder Executivo Quarta-feira, 25 de junho de 2014

BELO HORIZONTE

Diário Oficial do Município

27

Prefeitura revitaliza grandes corredores da região Norte públicos e privados com necessida­ de de capina, pintura de meio-fio, paredões e viadutos, troca de gradis, manutenção de passarelas, serviços de tapa buraco, revitalização de praças e requalificação de passeios, entre outros serviços. A patrulha acontece duas vezes por dia e as demandas pú­ blicas são encaminhadas para as gerências responsáveis. Em relação ao serviço de responsabilidade privada, a equipe de fiscalização

Fotos: Gercom Norte

Com o intuito de deixar a cidade de Belo Horizonte ainda mais bonita e agradável para sua popula­ ção, a Prefeitura de Belo Horizonte, por intermédio da Regional Norte, intensificou os serviços de manuten­ ção na região por meio do projeto Patrulha Norte. O objetivo da patru­ lha é vistoriar os grandes corredores de circulação da região Norte como as avenidas Cristiano Machado, Waldomiro Lobo e Via 240 (avenida Risoleta Neves), identificando locais

notifica a empresa ou o respon­ sável pelo imóvel. O prazo para o atendimento da notificação é determinado de acordo com cada situação, podendo chegar a 90 dias. Se a solicitação não é cumpri­ da dentro do prazo o responsável pelo imóvel é multado. O serviço, coordenado pelo gabinete da Regional Norte, é re­ alizado de forma conjunta com as gerências de Manutenção, Limpe­ za Urbana e Fiscalização. Para o se­ cretário regional Elson Alípio Junior, o grande desafio da Patrulha Norte é garantir que todos os serviços necessários sejam executados com máxima qualidade, atendendo as demandas da população. As intervenções realizadas

por meio da Patrulha Norte tiveram inicio no mês de março e já podem ser notadas nas avenidas Cristiano Machado e Waldomiro Lobo. O paredão do metrô localizado entre as estações dos bairros Primeiro de Maio e Guarani teve sua pintura renovada, o canteiro central re­ vitalizado, meios-fios e passarelas pintados, passeios reformados e taludes capinados. Os canteiros centrais dos cruzamentos das avenidas Wal­ domiro Lobo e Cristiano Macha­ do também estão passando por transformações. Os jardins estão sendo revitalizados com o plantio de grama e de novas espécies de flores e árvores para deixar a região ainda mais arborizada e bonita.

Para a manutenção da área foram implantados três pontos de água para irrigação dos jardins. A Patrulha Norte também tem realizado serviços preven­ tivos. Estão sendo monitorados diariamente pontos específicos da Avenida Cristiano Machado, onde há incidência de deposição de lixo irregular. Para complementar a ação, a Regional Norte está desen­ volvendo ações educativas que irão orientar os moradores das comuni­ dades próximas a esses locais sobre a coleta de lixo, o funcionamento das Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes (URPVs), a importância de não jogar lixo em bueiros e canaletas e sobre a preservação do meio ambiente.

O paredão do metrô recebeu nova pintura. Passarelas e canteiros são revitalizados

Servidores da Regional Venda Nova acompanham palestra sobre tabagismo PBH 100% Livre do Tabaco

A Prefeitura de Belo Ho­ rizonte implantou em agosto de 2012, por meio do decreto 14.995, o programa Belo Horizonte 100% Livre do Tabaco e desativou os locais comumente utilizados para a prática do tabagismo nas repar­ tições públicas. Maria das Graças explicou que 85% dos ambientes fechados são contaminados pelo tabaco e que esse tipo de legislação já é comum em outros países. “A legislação contra o tabagismo não causa diminuição do lucro dos estabelecimentos comerciais, prin­ cipalmente bares e restaurantes. Normalmente, o efeito é inverso. As pessoas que não gostavam de ir a lugares públicos por causa da presença de fumantes, passaram a frequentar os lugares que adotaram a lei”, contou.

Fotos: Izabella Moreira

Com o objetivo de conscien­ tizar os funcionários da Regional Venda Nova sobre os riscos do cigarro, a Gerência de Atenção à Saúde promoveu uma palestra no início do mês no auditório da rua Érico Veríssimo, 1.428, no bairro Rio Branco. A palestra foi minis­ trada pela médica pneumologista Maria das Graças Rodrigues de Oliveira, referência do Tabagismo e Atenção ao Adulto na Secretaria Municipal de Saúde. A médica ex­ plicou o alto índice de mortalidade provocado pelo uso do tabaco e levou os servidores a refletir sobre o vício. “Pessoas que trabalham na área da Saúde devem servir de exemplo para a comunidade. O ta­ baco é um produto legal que mata cerca de metade de seus consumi­ dores regulares, além dos fumantes passivos”, disse a palestrante.

dom 4.583.indd 27

24/06/2014 18:08:25


BELO HORIZONTE 28

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Quarta-feira, 25 de junho de 2014

Marcelo Martins

Grazielle Souza

Belo Horizonte tem atual­ mente 83 Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) em funcionamento, sendo que sete delas foram construídas por meio da Parceria Público-Privada (PPP) instituída com a Inova BH, empresa da Odebrecht Properties. As escolas têm capacidade para atender 440 crianças de 0 a 5 anos e funcionam em turnos ou em horário integral, dependendo da faixa etária. A Umei Belmon­ te, inaugurada no fim do ano passado na região Nordeste, foi a primeira escola a abrir as portas e a primeira do Brasil construí­ da por meio de uma PPP. Essas unidades escolares seguem um modelo construtivo padrão, o que agiliza o tempo da obra e evita desperdícios. Até o fim deste ano terão sido entregues, por meio do

contrato firmado com a empresa, um total de 37 escolas, sendo 32 Umeis e 5 Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs). Com investimento de R$ 190 milhões, as escolas vão beneficiar milhares de alunos em todas as regiões de Belo Horizonte. A PPP firmada em 2012 prevê a construção e a operação de serviços não pedagógicos pela Inova BH, que durante 20 anos fica também responsável por serviços como manutenção das instalações elétricas e hidráulicas, segurança e limpeza, além dos cuidados com a sustentabilidade ambiental e o mobiliário. O pioneirismo da iniciativa fez com que a Prefeitura fosse selecionada como finalista regio­ nal da América Latina do prêmio “Financial Times/Citi Ingenuity

As escolas construídas por meio da PPP têm alto padrão de qualidade e oferecem conforto e segurança para os alunos Grazielle Souza

Umeis construídas por meio da parceria têm capacidade para atender 440 crianças e serão entregues mais 30 escolas até o fim deste ano, chegando às 37 unidades previstas em contrato e que beneficiarão cerca de 20 mil alunos

Grazielle Souza

PPP da Educação: iniciativa inédita no país amplia vagas na Rede Municipal de Ensino

Awards 2013”. Além disso, a PPP da Educação de Belo Horizonte foi relacionada pela publicação “Infrastructure 100” como um dos cem projetos de infraestrutura ur­ bana mais inovadores do mundo. Na ocasião da inauguração da Umei Belmonte o prefeito Marcio Lacerda comentou que a primeira escola foi resultado de uma parceria inédita no Brasil. Ressaltou que o

novo modelo construtivo atende de forma mais rápida as demandas da área da Educação e com alto padrão de qualidade. “Até o final de 2016 as vagas da educação infantil passarão de 49 mil para 83 mil”, salientou o prefeito. A PPP foi de­ senvolvida pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio das secretarias municipais de Desenvolvimento e de Educação.

Sistema construtivo da Umei A construção das unidades baseia-se na metodologia Light Steel Frame, amplamente utilizada em outros países, mas ainda recente no Brasil, tendo o aço galvanizado como princi­ pal elemento estrutural. Com esse sistema construtivo, a obra tem baixo índice de desperdício de materiais e de geração de resíduos, mais rapidez na construção, alto nível de segurança e a mesma qualidade de acabamento e conforto. Outra vantagem do método é a facilidade de instalação e manutenção das redes elétricas e hidráulicas, a possibilidade de uso de materiais reno­ váveis e maior eficiência energética.

dom 4.583.indd 28

24/06/2014 18:08:30

DOM - 25/06/2014  

Diário Oficial do Município

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you