Issuu on Google+

BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município - DOM

Tiragem: 2.500 • 16/5/2014

Fotos: Suziane Fonseca

Ano XX • N. 4.557 • R$ 0,90

Memorial Japonês

do Parque Ecológico da Pampulha completa 5 anos Espaço foi inaugurado para comemorar os 100 anos da imigração japonesa no Brasil e ressalta traços culturais e parcerias existentes entre os dois países O Memorial da Imigração Japonesa, localizado dentro do Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego (Parque Ecológico da Pampulha), completou na segunda-feira, dia 12, cinco anos de existência. O atrativo turístico, que fica na avenida Otacílio Negrão de Lima, 6.061, na Pampulha, foi inaugurado em 2009 para comemorar os 100 anos da imigração japonesa no Brasil, celebra a boa relação entre Belo Horizonte, Minas Gerais e o país oriental, unidos por traços culturais e parcerias comerciais e tecnológicas. O monumento é composto por uma ponte suspensa sobre um imenso espelho d’água, cujas extremidades representam de forma simbólica o Japão e Minas Gerais, separados

geo­ graficamente por um oceano, porém ligados em ideias e ideais. Ao centro, fica o pavilhão de arte contemporânea, uma sala pintada integralmente de vermelho, que estimula uma experiência sensorial. A cor foi escolhida por ser simbólica nas bandeiras do Japão e de Minas Gerais, além de servir como referência à cultura nipônica. O acesso ao pavilhão de arte contemporânea é feito a partir de duas rampas que remetem às duas culturas. Uma rampa, cercada por ipês brancos, representa Minas Gerais, e outra, rodeada por cerejeiras, simboliza o Japão. Além de sua importância cultural, a concepção do Memorial da Imigração Japonesa é um exemplo de sustentabilidade, já que foi construído em um local formado por um acúmulo de sedimentos retirados do fundo da lagoa da Pampulha, assim como todo o Parque Ecológico. A obra tem projeto arquitetônico de Gustavo Penna e Mariza Machado Coelho e a concepção

artís­tica da Sala Vermelha é de Paulo Pederneiras. O projeto foi uma iniciativa da Comissão Mineira para Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, por meio da Associação Mineira de Cultura Nipo-Brasileira, do Consulado Honorário do Japão em Belo Horizonte, da Fiemg, do Governo de Minas e da Prefeitura de Belo Horizonte. No total, foram investidos R$ 8 milhões, parte com o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, o que resultou em uma obra que impressiona pela beleza, ineditismo e envolvimento das duas culturas. No ano em que foi inaugurado, o Memorial foi um dos vencedores do Prêmio Gentileza Urbana, concebido pelo Departamento de Minas Gerais do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-MG) em 1993, que tem como objetivo destacar as diversas intervenções nos campos da arquitetura, urbanismo e paisagismo, iniciativas estéticas ou utilitárias, atitudes e gestos voltados para a melhoria da qualidade da vida urbana.

Pavilhão de arte contemporânea é totalmente pintado em vermelho, cores marcantes nas bandeiras de Minas Gerais e do Japão

Memorial foi construído em um local formado por um acúmulo de sedimentos retirados do fundo da Lagoa da Pampulha e é exemplo de sustentabilidade

dom 4557.indd 1

15/05/2014 18:00:21


BELO HORIZONTE 2

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Sexta-feira, 16 de maio de 2014

Fundação Municipal de Cultura lança o programa Intercena

O programa Intercena, plataforma de internacionalização das artes cênicas de Belo Horizonte, foi lançado na terça-feira, dia 13, no Teatro Marília, pelo presidente da Fundação Municipal de Cultura (FMC), Leônidas de Oliveira. A iniciativa, que conta com parceria da Belotur e da Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais, foi apresentada aos artistas e representantes de grupos e companhias locais e aos 19 programadores de festivais nacionais e internacionais, convidados especial-

mente para o Festival Internacional Teatro, Palco e Rua de Belo Horizonte (FIT-BH) 2014. O programa prevê residência artística e o estabelecimento de convênios com instituições para a viabilização de coproduções e criações bilaterais e ainda a realização de workshops, palestras e consultorias destinadas aos artistas e técnicos locais. O programa Intercena dá continuidade ao processo de internacionalização das artes cênicas de Belo Horizonte, iniciativa que tem como marco inicial o

FIT-BH 2014, com 55 espetáculos, dos quais 25 são locais. Foram convidados 19 programadores de festivais de países como Argentina, Bolívia, Uruguai, Espanha, Cuba e França e dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Pernambuco para acompanhar de perto o festival. Além de acompanharam as peças de grupos locais que integram a mostra, estes programadores têm uma agenda com produtores e artistas de teatro de Belo Horizonte. Ontem e anteontem, no foyer do Teatro Francisco Nunes, no Parque Municipal, os grupos apresentaram seus trabalhos aos representantes de festivais e mostras. A participação dos grupos teatrais foi condicionada a uma inscrição prévia e as

40 vagas diárias foram preenchidas de acordo com a ordem das inscriGuto Muniz

Programadores de festivais do Brasil e do exterior estão em BH para acompanhar de perto os espetáculos locais do FIT 2014

ções, feitas via internet. Hoje, somente os 19 programadores se reúnem para compartilhar avaliações e trocar informações e impressões sobre o FIT-BH 2014, sobre o calendário de festivais que representam e ainda compartilhar informações sobre as linhas de financiamento pública e privada em seus países e estados. É uma tentativa de montar uma agenda em comum.

Programa foi apresentado a artistas e representantes de grupos e companhias locais e a programadores de festivais nacionais e internacionais

Fomento

O presidente da FMC anunciou que o programa será executado por meio de edital de fomento. “Estamos trabalhando para assegurar recursos. A proposta é lançar o edital de fomento das artes cênicas em 2015 e também estamos trabalhando o contrato do FIT 2016. Dessa forma, o festival deixará de ser um acontecimento pontual para assumir um caráter perene”, comentou. “O programa vai preencher o hiato existente entre as edições dos festivais, quando se realizam a pré-produção e a curadoria”, informou o coordenador geral do FIT-BH 2014, Cássio Pinheiro. O histórico do festival confirma o amadurecimento desta ideia a cada edição do FIT. Cássio destacou que a proposta estava presente na última edição. “Agora tentamos avançar nesta proposta, dar continuidade e estabelecer, em conjunto com a sociedade e, especialmente com a classe artística, uma política pública de fomento à formação, à circulação de espetáculos e à internacionalização das artes cênicas da cidade”, explicou. A conjunção de fatores favoráveis, que tem transformado Belo Horizonte em uma cidade de eventos, foi lembrada pelo presidente da Belotur, Mauro Werkema, ao definir o turismo como uma resposta socioeconômica às demandas da área cultural, tradicionalmente formadora de público e fomentadora de atividades turísticas. Para o secretário municipal adjunto de Relações Internacionais, Rodrigo Perpétuo, as modernas relações internacionais abrigam iniciativas com formatos semelhantes ao do programa. “O Intercena se caracteriza pelo protagonismo do poder público, pela articulação com o corpo diplomático presente no país, alcança governos locais desses paí­ses, mas sobrevive e só pode prosperar se for constituído a partir do diálogo com a classe artística, que dará vida a esta iniciativa”, disse.

PBH lança hoje o programa Goal Belo! 2014 O programa Goal Belo! 2014 será lançado hoje, às 10h, no Espaço Municipal da Prefeitura de Belo Horizonte (avenida Afonso Pena, 1.212, 5º andar, Centro), em evento no qual serão apresentados os parceiros por setores, os resultados alcançados em 2013 e a agenda preliminar programada para os setores participantes, no âmbito da Copa do Mundo. O Goal Belo! 2014 contempla, além da Tecnologia da Informação, dois outros setores da chamada nova economia: Ecossistema de Startups e Biotecnologia, e será realizado durante o período da Copa do Mundo, aproveitando a exposição internacional do município e a vinda de empresários e CEOs internacionais, além de formadores de opinião (jornalistas e especialistas), para participarem de uma agenda que conciliará diversas atividades institucionais, empresariais e socioculturais. O programa tem

dom 4557.indd 2

o objetivo de consolidar a vocação de Belo Horizonte como destino atraente para os negócios, inclusive para investidores estrangeiros, contribuindo, assim, para a internacionalização da cidade. A edição de 2013, realizada em caráter piloto no ano da Copa das Confederações, trabalhou exclusivamente com o segmento de Tecnologia da Informação. Contou com a participação de 11 empresas estrangeiras, de quatro países (França, Moçambique, Estados Unidos e Índia), e 43 empresas locais, gerando um montante de aproximadamente US$ 15 milhões em investimentos após as rodadas de negócio e, aproximadamente, US$ 25 milhões no período de um ano. Elaborado pela Secretaria Mu­ nicipal de Desenvolvimento, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais, o programa tem como parceiros realizadores Associação Mineira de Em-

presas de Biotecnologia e Ciências da Vida (Ambiotec), San Pedro Valley, Startups and Enterpreneuship Ecosystem Development (Seed), MGTI, por meio da Assespro-MG / Fumsoft / Sindinfor / Sucesu Minas, Sebrae e Sistema Fiemg. A promoção é da Softex (Tecnologia da Informação Brasileira) e da Apex Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Conta também com o apoio do Governo de Minas, por meio da Assessoria de Relações Internacionais da Governadoria, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, da Exportaminas, do Instituto de Desenvolvimento Integrado (Indi), da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e do Escritório de Prioridades Estratégicas, além do Banco do Brasil, do Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BHTec), da Fundação Dom Cabral, da Biominas Brasil e do Centro Universitário UNA.

15/05/2014 18:00:25


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Sexta-feira, 16 de maio de 2014

Regional Noroeste promove feira e café da manhã em homenagem às mães Fotos: Sidney Procópío

de e com preços abaixo do mercado. O café da manhã foi um bom momento para a confraternização com os colegas de trabalho”, disse. A gerente regional de Recursos Humanos, Juliane Bellico, enfatizou a importância de homenagear as mães que se dividem entre os trabalhos na Prefeitura de Belo Horizonte e em casa e que também se voltam para os cuidados com os fi-

Cerca de 150 pessoas participaram do evento, que reuniu café da manhã e uma feira com produtos artesanais

A Regional Noroeste realizou na última semana dois eventos em homenagem às mães, um café da manhã coletivo e uma feira de produtos artesanais feitos pelos próprios servidores. Além do café da

manhã, as servidoras participaram de momentos de relaxamento e diversão. O café foi servido para cerca de 150 pessoas, que desfrutaram de uma farta mesa com várias opções de pães, bolos, biscoitos e su-

Projeto Rede Metro implementa melhores práticas de Data Center

cos diversos, e ainda serviu como possibilidade para a interação entre os colegas de trabalho. O secretário regional, Cristiano Lamas, elogiou a iniciativa. A servidora Rosilaine Moura foi outra que curtiu o evento. “Sou mãe de dois filhos e me senti homenageada com as comemorações. A feira teve produtos de ótima qualida-

3

lhos e com a família, se dedicando às jornadas diárias. “Tentamos facilitar a vida de nossos colegas, que nem sempre têm tempo para sair às compras durante a semana. Sendo esta uma data especial, trouxemos até eles o conforto das compras para presentear as mães com produtos feitos por nossos colegas e familiares”, disse Juliane. Para Sonia de Jesus Silva, que trabalha no gabinete da regional, foram momentos especiais. “É sempre bom ser lembrada no local de trabalho, onde as atividades profissionais se sobressaem e as manifestações de afeto por vezes ficam em segundo plano”, contou. Já a gerente de Promoção de Eventos, Lucieri A­ maral, disse que a comemoração foi um sucesso. “Tive­ mos dois dias de exposições dos pro­­­dutos para as mães, com direito a sorteio de brindes no final. Cada uma se sentiu homenageada com um delicioso café da manhã, que encerrou de forma brilhante nossas homenagens”, afirmou.

Prodabel

Com o objetivo de manter os serviços da Prodabel funcionando em alta disponibilidade, foi instalado uma moderna solução tecnológica da linha Cisco - Nexus, que interliga diretamente o Data Center 1, instalado na sede da Prodabel, no bairro Caiçara, ao Data Center 2, localizado na rua Espírito Santo, por meio de fibras ópticas em rotas redundantes e distintas de alta velocidade (10 Gbps). De acordo com o gerente do projeto Rede Metro, Emílio Guimarães, os testes com os novos equipamentos, em nove sistemas de informação (entre estes o SIGPS), já foram realizados, e com sucesso, sendo que outros serviços também poderão utilizar essa estrutura, como a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e o Portal PBH, minimizando a probabilidade de interrupção e falhas. As próximas etapas deste trabalho estão associadas ao planejamento para colocar os sistemas de informação, sustentados pela Prodabel, usando toda esta tecnologia já homologada. Para Danilo de Souza Macieira, diretor de Tecnologia e Infraestrutura, as tecnologias implementadas pela Prodabel, por meio do projeto Rede Metro, colocam a empresa como detentora das tecnologias mais modernas associadas à interconexão de Data Center. “Disponibilidade e segurança são palavras chaves neste cenário. E é em busca destes benefícios que vários trabalhos estão sendo realizados, sendo o grande beneficiário a Prefeitura de Belo Horizonte e as empresas indiretas que consomem serviços da Prodabel”, destacou.

Tecnologias implementadas por meio do Rede Metro colocam a Prodabel como detentora das tecnologias mais modernas associadas à interconexão de Data Center

Diário Oficial do Município de Belo Horizonte

Instituído pela Lei nº 6.470 de 06/12/1993 e alterado pela Lei nº 9.492 de 18/01/2008 • Endereço eletrônico: www.pbh.gov.br/dom Composição, Produção e Edição Assessoria de Comunicação Social - Prefeitura de Belo Horizonte Av. Afonso Pena, 1.212 - 4º andar - Tel.: (31) 3277-4246

dom 4557.indd 3

Impressão Didática Editora do Brasil Ltda - ME - Rua Custódio Maia, 469 Bairro Darcy Vargas - CEP 32372-160 - Contagem - MG - Tel.: (31) 2557-8030

Distribuição e Assinaturas Ricci Diários & Publicações Ltda - Rua Curitiba, 1.592 - Loja 01 Lourdes - Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3274-4136

15/05/2014 18:00:31


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

26

Sexta-feira, 16 de maio de 2014

Indicadores Econômicos de Belo Horizonte Taxas de Juros – Abril de 2014

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

Taxas médias praticadas(1)

Setores Menor

Maior

Diferença (%)

Média

3,00

5,90

96,67

5,04

Prefixada (montadoras)

1,09

2,03

86,24

1,65

Prefixada (multimarcas)

1,36

2,92

114,71

2,10

1,88

Empréstimos pessoa física

dez/13

412,25

0,87

6,15

Últimos 12 Meses 6,15

410,67

0,69

4,64

Últimos 12 Meses 4,64

jan/14

419,05

1,65

1,65

5,40

413,63

0,72

0,72

3,32

fev/14

420,06

0,24

1,89

5,86

415,12

0,36

1,08

4,11

mar/14

422,79

0,65

2,56

6,02

418,39

0,79

1,88

4,31

Prefixada (montadoras)

1,50

2,09

39,33

abr/14

426,68

0,92

3,50

6,47

422,12

0,89

2,79

4,67

Prefixada (multimarcas)

1,56

3,30

111,54

2,18

1ª mai/14

448,72 (3)

0,87

4,15

6,36

445,39 (3)

0,98

3,54

4,76

Cartão de Crédito

4,14

17,89

332,13

10,96

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Cheque Especial (2) (8)

5,18

10,71

106,76

8,74

(2) IPCR= Índice de Preços ao Consumidor Restrito: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 5 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Combustíveis

3,33

18,25

448,05

7,75

Imóveis Construídos

0,05

1,83

3.560,00

1,12

Imóveis na Planta

0,18

1,83

916,67

0,39

0,79

3,50

343,04

1,85

CDC - Financeiro (8)

3,38

6,08

79,88

4,36

CDC - Bens Alienáveis (8)

1,56

2,12

35,90

1,73

Eletroeletrônicos

1,99

5,87

194,97

4,09

Mobiliário

0,68

5,01

636,76

2,60

9,09

15,61

71,73

11,37

Nacional

1,12

1,32

17,86

1,20

Internacional

1,12

1,32

17,86

1,20

0,88

6,90

684,09

3,61

2,19

No mês

No ano

No mês

No ano

Alimentício Automóveis Novos

Automóveis Usados

Construção Civil (3) (7)

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Período

IPCA(1)

Salário Mínimo

408,69

1046,46

nov/13

No mês

Cesta Básica(2) 545,56

No ano

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

0,65

0,00

1,00

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

Últimos 12 Meses

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

5,24

9,00

9,87

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

5,76

9,00

11,20

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

dez/13

412,25

1046,46

541,66

0,87

0,00

-0,72

6,15

9,00

9,09

6,15

9,00

9,09

jan/14

419,05

1117,46

532,22

1,65

6,78

-1,74

1,65

6,78

-1,74

5,40

6,78

-2,29

Financeiras Independentes Turismo

fev/14

420,06

1117,46

537,15

0,24

0,00

0,93

1,89

6,78

-0,83

5,86

6,78

-2,40

mar/14

422,79

1117,46

581,80

0,65

0,00

8,31

2,56

6,78

7,41

6,02

6,78

3,23

abr/14

426,68

1117,46

593,43

0,92

0,00

2,00

3,50

6,78

9,56

6,47

6,78

2,53

Vestuário e Calçados

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Empréstimos pessoa jurídica

(2) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38 FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis Residenciais Período

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Comerciais

Variação (%)

nov/13

466,81

0,47

5,39

Últimos 12 Meses 6,23

dez/13

468,30

0,32

5,72

jan/14

469,38

0,23

fev/14

472,10

mar/14 abr/14

1,00

3,15

215,00

1,32

3,18

140,91

2,07

Conta Garantida (8)

2,17

4,33

99,54

2,76

Captação CDB 30 dias (4)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Desconto de Duplicatas (8) Capital de Giro (8)

0,88

652,91

0,49

7,23

Últimos 12 Meses 8,38

5,72

656,56

0,56

7,83

7,83

Poupança (5)

0,23

5,19

661,55

0,76

0,76

7,94

Taxa SELIC (6)

0,58

0,81

5,48

665,32

0,57

1,33

7,70

(1) Considera-se a média das taxas praticadas pelos informantes

(5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(2) Não são consideradas vantagens progressivas

(6) Média ponderada pela vigência

474,84

0,58

1,40

5,49

669,71

0,66

2,00

7,38

(3) Inclui a variação dos indexadores CUB, TR, INCC e IGP-M

(7) Novo cálculo considerando o período dos índices que compõem a estimativa (8) Dados coletados a partir de informações consolidadas no Banco Central do Brasil

476,02

0,25

1,65

5,31

673,13

0,51

2,52

7,26

No mês

No ano

No mês

No ano

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,80

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,38

0,70

84,21

0,56

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,59

0,75

27,12

0,68 0,55 0,87

(4) Taxa ANBID do primeiro dia útil do mês e projetada para 30 dias

.. Não se aplica dados numéricos

Tarifas Bancárias – Abril de 2014

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Abril de 2014

Forma de Cobrança

Produtos / serviços(1)

Imóveis

Popular

Médio

Alto

Luxo

540,91 (11)

1046,25 (8)

798,86 (44)

1318,50 (40)

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

738,70 (146)

1016,99 (122)

1180,87 (219)

2036,07 (206)

3 Quartos e 1 banheiro

887,25 (44)

1034,03 (32)

1285,82 (39)

1615,74 (19)

1263,05 (85)

1406,49 (160)

1672,29 (361)

2480,15 (458)

(2)

(1)

2323,08 (13)

3211,90 (21)

4 Quartos e até 2 banheiros 4 Quartos e acima de 2 banheiros / 5 Quartos ou mais e 1 banheiro ou mais

(2)

2114,29 (7)

2574,82 (49)

4583,87 (266)

1 Quarto e 1 banheiro ou mais

467,89 (19)

606,67 (18)

712,50 (4)

-

Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

30,00

..

15,32

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por cliente

5,30

15,00

183,02

7,05

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por cliente

5,30

15,00

183,02

7,05

por Operação

28,50

52,00

82,46

42,77

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por cheque

10,35

15,00

44,93

11,69

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por cheque

1,00

1,60

60,00

1,28

CHEQUE - Cheque Administrativo

por Cheque

20,00

30,00

50,00

24,14 10,50

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

601,52 (23)

730,00 (10)

(1)

-

por cheque

0,00

21,00

..

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por operação

2,00

3,00

50,00

2,19

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por operação

1,15

3,00

160,87

1,82

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por operação

1,15

2,15

86,96

1,50

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por operação

0,00

4,65

..

2,08

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (P)

por operação

1,45

6,00

313,79

3,08

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (E)

por operação

1,35

3,00

122,22

2,00

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (C)

por operação

1,20

1,40

16,67

1,29

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por operação

2,00

6,00

200,00

3,19

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por operação

1,35

4,00

196,30

2,31

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por operação

1,20

4,00

233,33

1,81

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por operação

0,00

6,00

..

4,75

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

Barracões

1 Quartos e 1 banheiro ou mais

607,14 (7)

812,50 (4)

-

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

841,61 (49)

995,19 (21)

1254,08 (12)

(3)

1051,71 (35)

1438,90 (9)

1491,67 (6)

-

1404,00 (25)

1853,96 (25)

3002,63 (19)

6332,78 (18)

(3)

(2)

-

7900,00 (6)

3 Quartos e 1 banheiro

Média(2) (R$)

CONTAS DE DEPÓSITOS

CHEQUE - Cheque Visado

3 Quartos e 2 banheiros ou mais

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%)

CADASTRO

1 Quarto e 1 banheiro ou mais

Apartamentos

Casas

ND - não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

(1)

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por operação

0,00

19,90

..

13,16

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por operação

0,00

9,50

..

7,08

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por operação

6,50

9,00

38,46

7,62

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por operação

1,00

2,00

100,00

1,17

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por operação

0,00

1,20

..

0,87

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por operação

23,80

27,00

13,45

25,02

Transferência por meio de DOC - DOC Pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,95

Transferência por meio de DOC - DOC eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,10

Transferência por meio de DOC - DOC internet (3)

por evento

6,50

9,00

38,46

7,60

Transferência por meio de TED - TED pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,95

Transferência por meio de TED - TED eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,10

Transferência por meio de TED - TED internet (3)

por evento

0,00

9,00

..

7,64

por operação

30,00

54,70

82,33

44,36

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

3 Quartos e 2 banheiros ou mais

Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

4 Quartos e até 2 banheiros 4 Quartos e acima de 2 banheiros / 5 Quartos ou mais e 1 banheiro ou mais

3000,00 (7)

3600,00 (6)

5358,00 (10)

8845,45 (44)

por evento

9,50

14,50

52,63

10,98

a cada 365 dias

39,00

54,00

38,46

46,50

Fornecimento de 2ª via de cartão com função crédito

por evento

5,00

15,00

200,00

7,97

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no país

por evento

4,00

15,00

275,00

8,27

Pagamento de contas utilizando a função crédito em espécie

por evento

1,99

19,90

900,00

10,40

Avaliação emergencial de crédito

por evento

15,00

18,00

20,00

15,56

a cada 365 dias

0,00

90,00

..

73,33

por evento

12,00

30,00

150,00

16,14

CARTÃO DE CRÉDITO (3) Anuidade - cartão básico nacional

Anuidade - cartão básico internacional

(*) O valor entre parênteses representa o número de imóveis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, somente são publicados valores médios obtidos a partir de quatro imóveis pesquisados. Os casos em que não foi pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamentos de 1 e 2 quartos da classe luxo são influenciados pela oferta de Flats.

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no exterior

(2) Considera-se a média das tarifas praticadas pelos bancos pesquisados

(1) Não são consideradas vantagens progressivas Fonte: Banco Central do Brasil / Bancos - Dados trabalhados pela Fundação IPEAD/UFMG

..

Não se aplica dados numéricos

ND: não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG Custo da Cesta Básica(*) – Abril de 2014

Índice de Confiança do Consumidor

Período

(2)

No mês (3)

No ano

Últimos 12 Meses

Contribuição na variação (p.p.)

Açúcar cristal

3,00 kg

4,34

0,07

Arroz

3,00 kg

7,20

-0,01

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

Banana caturra

12,00 kg

32,72

0,67

nov/13

123,30

170,12

117,11

2,40

5,27

0,12

-11,17

-16,32

-0,94

-8,51

-15,95

3,51

Batata inglesa

6,00 kg

23,67

0,88

dez/13

120,48

159,06

118,51

-2,28

-6,50

1,20

-13,20

-21,76

0,24

-13,20

-21,76

0,24

Café moído

0,60 kg

8,01

0,11

jan/14

121,76

162,09

119,03

1,06

1,90

0,43

1,06

1,90

0,43

-7,50

-15,78

6,09

Chã de dentro

6,00 kg

117,42

0,70

Farinha de trigo

1,50 kg

4,39

0,01

fev/14

117,25

156,21

114,56

-3,70

-3,63

-3,75

-2,68

-1,79

-3,34

-8,20

-17,16

5,80

Feijão carioquinha

4,50 kg

18,78

0,21

mar/14

117,67

155,39

115,78

0,36

-0,53

1,06

-2,34

-2,31

-2,31

-7,67

-14,69

-1,40

Leite pasteurizado

7,50 lt

16,90

0,12

abr/14

112,27

141,04

114,62

-4,59

-9,23

-1,00

-6,82

-11,33

-3,28

-11,78

-24,27

-0,09

750,00 gr

17,36

0,09

Óleo de soja

1,00 un

3,10

0,02

Pão francês

6,00 kg

52,28

0,04

Tomate Santa Cruz

9,00 kg

37,61

-0,91

ICCBH

IEE

IEF

(1) ICCBH: Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte: trata-se de um indicador que tem por finalidade sintetizar a opinião dos consumidores em Belo Horizonte quanto aos aspectos capazes de afetar as suas decisões de consumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Econômica: retrata a expectativa do consumidor em relação aos indicadores macroeconômicos

dom 4557.indd 26

Valores (em R$)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100) (1)

Quantidade

Produto

Manteiga

(3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a confiança do consumidor a respeito de alguns indicadores microeconômicos

(*) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

15/05/2014 18:00:32


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

às 14h, contará com diversas atividades e promete movimentar a manhã de domingo na região. Estão previstas as presenças dos escoteiros mirins, da equipe do Mobiliza SUS, rua de lazer e apresentação da Associação Mineira de Estudos da Capoeira, além de shows com as bandas DaPenha e Previsão do Tempo. Confira as atrações ao lado:

• Capoeira - A Associação Mineira de Estudos da Capoeira tem como objetivo a preservação e a difusão da capoeira tradicional, em especial a capoeira de Besouro Magangá, Cobrinha Verde, Traíra, Waldemar da Liberdade e Espinho Remoso. • Previsão do Tempo – A banda tem como foco a ampla variedade rítmica da música popular brasileira. Formada em BH em 2008 por Camila Rocha, Marcelo Kavalim, Mundin Rocha e Victor Coelho, o grupo desenvolve um trabalho autoral alinhado à experimentação e ao trânsito livre entre os mais variados gêneros musicais. Sua sonoridade encaixa-se no campo da MPB, porém é nítida a influência de gêneros como o samba, o blues, a música instrumental, o rock progressivo e o jazz. • Banda DaPenha - Formada por Marcelo Marte, Márcio Martins, Ronan Zarattini, Guilherme Leão e Matheus Ramos, a banda surgiu há pouco mais de quatro anos e trabalha inten-

Divulgação

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Regional Nordeste, da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e da BHTrans, promove no domingo, dia 18, na avenida José Cândido da Silveira, entre as ruas Camilo Prates e Professor Costa Chiabi, no bairro Cidade Nova, o No Domingo, a Rua é Nossa – Especial Mês das Mães. O evento, que acontecerá das 7h

Márcio Martins

PBH promove No Domingo, a Rua é Nossa especial, em homenagem às mães

27

Ricardo Antunes

Sexta-feira, 16 de maio de 2014

samente na produção de material próprio. Com canções baseadas no rock tradicional, a banda reú­ne estilos diferentes, buscando uma sonoridade nova e que

valoriza todos os instrumentos. O som tem pitadas de música popular brasileira e letras voltadas para questões socioculturais cotidianas e universais.

O projeto No Domingo, a Rua é Nossa Lançado em agosto de 2009, No Domingo, a Rua é Nossa é um programa da Prefeitura realizado por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer em parceria com as secretariais regionais e a BHTrans. A iniciativa é mais uma opção de lazer para a comunidade, além de estimular a convivência dos moradores no espaço urbano. O programa é realizado aos domingos, das 7h às 14h, em vários pontos da cidade. Na ocasião, a BHTrans interrompe o trânsito de veículos em um trecho da via e os moradores ocupam o espaço com a prática das mais variadas atividades esportivas e de lazer. O No Domingo, a Rua é Nossa acontece em 18 locais em várias regiões da cidade. São eles:

Guarda Municipal disponibiliza mais 109 agentes para atuar no trânsito durante a Copa do Mundo

  No período da realização dos jogos da Copa do Mundo o trânsito da capital mineira vai contar com a atuação de mais 109 guardas municipais. Os agentes, oriundos das unidades de ensino da rede municipal, estão sendo preparados pela BHTrans e vão participar de estágio supervisionado na atividade de trânsito. Com esse reforço, o efetivo passa a ser de 343 guardas municipais, que irão trabalhar em conjunto com a BHTrans e o Batalhão de Trânsito da Polícia Mi-

dom 4557.indd 27

litar para coordenar e fiscalizar a circulação de veículos  no entorno do estádio Mineirão, em pontos de embarque e desembarque dos terminais de mobilidade urbana e também nos trabalhos de escolta e batedores de dignitários, além dos eventos comemorativos. Além da atuação no trânsito, o efetivo da Guarda Municipal vai continuar a garantir a segurança do patrimônio do município e a orientar e proteger os agentes e os usuários dos serviços públicos.

Breno Pataro

• Rua Matutina, avenida Olinto Meireles e rua Jeribá, na praça entre a avenida Ágave e a rua Telaviv, no Barreiro • Praça Raul Soares, avenida Prudente de Moraes e avenida Bandeirantes, na região Centro-Sul • Avenida Petrolina e rua Sarandi, na região Leste • Avenida José Cândido da Silveira, avenida Bernardo Vasconcelos, rua Manoel Alexandrino, rua Branca, rua Alberto Cintra e rua Jornalista Nicolau Neto, na região Nordeste • Avenida Dr. Cristiano Guimarães, na região Norte • Avenida Silva Lobo e avenida Senador Lima Guimarães, na região Oeste • Avenida Otacílio Negrão de Lima, na Pampulha

Agentes estão sendo preparados pela BHTrans e vão passar por estágio supervisionado

15/05/2014 18:00:39


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

28

Sexta-feira, 16 de maio de 2014

Estação de Integração Pampulha está pronta para entrar em funcionamento

FIT-BH oferece várias opções gratuitas neste final de semana

Reprodução

Neste final de semana, o Festival Internacional de Teatro Palco & Rua de Belo Horizonte (FIT-BH) oferece diversos espetáculos gratuitos em vários pontos da cidade. Além disso, as opções com ingressos a preços populares continuam em cartaz. Confira alguns dos destaques: • O Grupo Popular União e Olho Vivo, de São Paulo, se apresenta hoje, às 18h30, na Praça do Cardoso (Aglomerado da Serra) a peça “A cobra vai fumar – Uma estória da FEB”. A partir de relatos de pracinhas da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que combateram na Itália durante a Segunda Guerra Mundial, o espetáculo conta, em fragmentos, as implicações políticas e sociais que nortearam a ida de soldados brasileiros para lutar na Europa. Amanhã o espetáculo será apresentado no Parque Ecológico da Pampulha (avenida Otacílio Negrão de Lima, 7.111, Pampulha), às 16h30. No domingo, a Praça do Encontro – Espaço Cortição (rua Benigno Fagundes da Silva com Rua Vera Gonçalves Terra, Serra Verde) recebe a montagem, às 11h. Entradas gratuitas. • A Cia. Pierrot Lunar, de Belo Horizonte, apresenta hoje o drama musical “Acontecimento em Vila Feliz” (foto abaixo), no Centro Cultural São Bernardo (rua Edna Quintel, 320, São Bernardo), às 16h30, com entrada gratuita. Versão teatral de conto homônimo de Aníbal Machado, a peça revela uma fictícia vila mineira às voltas com a suposta gravidez de uma de suas personagens mais ilustres, Helena, jovem bonita e sedutora, amada pelos homens e invejada pelas mulheres. Ao se casar com um forasteiro, gera intrigas e maledicências por parte dos moradores, o que transforma a vida de Helena em um caos irreversível. • “Sabiás do Sertão - Teatro musical brasileiro em um ato, uma chegança e uma andança” é um musical, que conta a história de Cascatinha e Inhanha, primeira dupla sertaneja formada por marido e mulher. Tem apresentação hoje, às 15h30, no Parque Conjunto Estrela Dalva (avenida Costa do Marfim, 400 , Conjunto Estrela Dalva). Amanhã o espetáculo pode ser conferido na Praça Duque de Caxias, no bairro Santa Tereza, às 18h, e no domingo, às 16h30, no Parque Professor Guilherme Lage (rua Angola, 665, bairro São Paulo). • Entre as demais peças, destaque para “Hamlet”, de Willian Shakespeare, com montagem do grupo alemão Berliner Ensemble. Nesta versão, o pensador melancólico, indeciso e sem coragem para agir é deixado de lado. O espectador verá um Hamlet como um maníaco que, a todo custo, luta pela honra do nome de seu pai. Ele troca a palavra pela espada e inicia um jogo sangrento e homicida, do qual ninguém é poupado. O espetáculo está em cartaz no grande teatro do Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro), amanhã, às 20h, e no domingo, às 19h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Mais informações sobre o festival podem ser obtidas no site www.fitbh.com.br/2014.

Tudo o que é necessário para o início da operação está pronto na Estação Pampulha

dom 4557.indd 28

Primeira fase do Move

A Estação Pampulha começa a operar amanhã, com a oferta de três linhas troncais Move, que utilizarão uma frota de cerca de 50 veículos articulados. Começarão a circular a linha 50 (Estação Pampulha/Centro - Direta), que irá direto às estações centrais, a linha 51 (Estação Pampulha/Centro/Hospitais), que irá parar nas estações de transferência do Corredor Antônio Carlos e do Centro, e em pontos de embarque e desembarque na Região Hospitalar, e a linha 52 (Estação Pampulha/Lagoinha), que também irá operar nas estações de transferência do Corredor Antônio Carlos até a Lagoinha, de onde retorna à Estação Pampulha. A linha 51 fará o atendimento noturno aos usuários, trafegando, nesta fase, na pista mista da avenida Antônio Carlos no período de 0h às 3h59, e também irá operar aos domingos e feriados. Na área central, as linhas 50 e 51 irão operar nas estações de transferência Carijós (na avenida Paraná) e Rio de Janeiro (na avenida Santos Dumont). A Estação Rio de Janeiro é também novo ponto de embarque e desembarque na avenida Santos Dumont para os usuários da linha 83P (Estação São Gabriel/Centro – Paradora). Com isso, será permitida a integração entre as linhas dos corredores Antônio Carlos e Cristiano Machado, ampliando as possibilidades de acesso a diferentes bairros, sem pagamento de uma nova tarifa.

Divulgação

ros ao norte da Lagoa da Pampulha serão transformadas em alimentadoras. A Estação de Integração Pampulha, bem como as estações de transferência Carijós e Rio de Janeiro, na área central, já começarão a operar funcionando 24 horas”, informou o presidente da BHTrans. “Mesmo com a entrada em operação das etapas do Move no corredor Antônio Carlos, as obras da Estação Pampulha continuarão sendo realizadas, até o fim do primeiro semestre deste ano, entre elas as obras do restaurante e do complexo de lojas e do prédio anexo de apoio da BHTrans. A continuação dessas obras não interferirá no funcionamento do sistema Move na Antônio Carlos”, afirmou o diretor de obras da Sudecap, Cláudio Neto.

Antônio Rodrigues

A Estação de Integração Pampulha, localizada no entroncamento das avenidas Pedro I e Portugal, já está pronta para entrar em operação. A estação tem uma área de mais de 41 mil m² e conta com diversas instalações. No piso superior, onde será o embarque e o desembarque das linhas alimentadoras, estarão ainda bilheterias, posto policial, pronto socorro e posto de informações, entre outros. O piso inferior, onde será a plataforma das linhas troncais Move, contará ainda com salas de apoio e controle operacional, lojas, estacionamento e receptivo turístico, entre outros espaços. Na plataforma 3 serão concluídos restaurante, administração e vestiários. O presidente da BHTrans, Ramon Victor Cesar, e o diretor de obras da Sudecap, Cláudio Neto, estiveram ontem na estação, que fica no entroncamento das avenidas Pedro I e Portugal. Eles percorreram as plataformas das linhas alimentadoras, no piso superior, das linhas Move, no piso inferior, e reforçaram que tudo o que é necessário para o início da operação do sistema Move no Corredor Antônio Carlos, amanhã, estará pronto. “Cerca de 40 mil usuários devem ser atendidos diariamente nesta primeira etapa do novo sistema no Corredor Antônio Carlos. A partir de amanhã, três linhas troncais Move começarão a circular e oito linhas de bair-

Antônio Rodrigues

Cerca de 40 mil usuários deverão ser atendidos diariamente nesta nova etapa, que entra em funcionamento amanhã

15/05/2014 18:00:45


DOM - 16/05/2014