Page 1

BELO HORIZONTE Marcelo Malta

Ano XX • N. 4.497 • R$ 0,90

Diário Oficial do Município - DOM

Tiragem: 2.500 • 12/2/2014

Zoo de BH comemora primeira

gestação de gorilas na América do Sul

Gravidez de Lou Lou, que chegou ao espaço no final do ano passado, reforça o bom trabalho da Fundação Zoo-Botânica voltado para a reprodução em cativeiro 12 de outubro de 2013, também têm demonstrado uma convivência bastante pacífica com a gorila Imbi, que vive no Zoo de BH (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Pampulha) desde 2011. Segundo Carlyle Mendes Coelho, médico veterinário e diretor do Jardim Zoológico, os tratadores e biólogos da Seção de Mamíferos da FZB-BH vinham observando que a fêmea Lou Lou apresentava comportamento um pouco diferente do que o normal. Estava mais quieta e sonolenta. Alimentava-se bem, mas

Suziane Fonseca

Para todos que vibraram com a chegada de um casal de gorilas ao Jardim Zoológico da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (FZB-BH), a notícia não poderia ser melhor: está confirmada a gravidez de Lou Lou que, juntamente com Leon, foi trazida para a formação de um grupo reprodutivo da espécie no zoológico da capital mineira. A gravidez de Lou Lou (à esquerda na foto principal) apenas evidencia o sucesso da adaptação dos gorilas ao novo lar. Os animais, que chegaram ao Zoológico no dia

Bom comportamento dos animais é fruto de cuidados dispensados por toda a equipe da Fundação Zoo-Botânica

dom 4497.indd 1

rejeitava alguns itens que normalmente apreciava bastante, como alguns tipos de suco e verduras. Além disso, foram percebidas alterações na regularidade do seu ciclo estral (cio). A partir dessas mudanças, foi realizado um teste de gravidez humana como uma ação preliminar. E o resultado foi positivo. A equipe vai continuar com as observações comportamentais de Lou Lou, Leon e Imbi e o teste de gravidez será repetido mais vezes para monitoramento. De acordo com Carlyle, a reprodução dos gorilas é uma ótima novidade, pois se trata da primeira gestação da espécie em um zoológico sul-americano. É também um fato esperado, pois os animais são saudáveis, estão em idade fértil e vêm demonstrando comportamentos naturais da espécie, inclusive o de acasalamento. “A rapidez desse resultado, levando em conta que Leon e Lou Lou foram para o recinto há poucos meses, é mais uma comprovação do bom trabalho de toda a equipe da Zoo-Botânica na manutenção adequada dos animais do Zoo”, comentou. Em 2013, de acordo com o site Gorilla Land, foram registrados 28 nascimentos de gorilas em cativeiro no mundo. Já o presidente da Fundação Zoo-Botânica, Jorge Espeschit, destaca a relevância da notícia em termos da conservação ambiental. “Nossos esforços estão sempre voltados para a educação ambiental e a preservação das espécies da fauna e da flora. Nesse sentido, a gravidez de Lou Lou sinaliza que estamos no caminho certo”, afirmou.

Comportamento Do ponto de vista comportamental, Leon, Lou Lou e Imbi estão interagindo perfeitamente e apresentam comportamento compatível com animais de sua espécie. É comum ao público visitante acompanhar alguns dos momentos de convivência dos gorilas em seu recinto. Entre as atividades preferidas está a exploração do local, com direito a descanso no bambuzal, escalada em pedras e troncos e também alimentação ao ar livre. Em parte, esse tipo de comportamento se deve aos cuidados dispensados por toda a equipe de profissionais da FZB-BH. O Programa de Bem Estar Animal utiliza, entre outras, técnicas que oferecem aos animais desafios e novidades, possibilitando maior interação com o seu ambiente e a exibição de maior diversidade comportamental. Por meio da utilização de estímulos sensoriais (gustativos, olfativos, táteis e auditivos), sociais, cognitivos (de aprendizagem) e estruturais (alterações no mobiliário dos recintos), o programa Enriquecimento Ambiental faz com que os animais expressem comportamentos mais próximos dos naturais, fugindo aos estereótipos, a partir da exploração do ambiente onde vivem, da busca e da obtenção de seus alimentos e da marcação territorial, entre outros. O sucesso na composição deste grupo reprodutivo está no planejamento e na preparação da Fundação Zoo-Botânica conforme as diretrizes traçadas no Projeto Gorilas, que inicialmente tinha como principal meta proporcionar a formação de um grupo reprodutivo tendo como macho dominante o gorila Idi, macho da espécie que viveu no Zoo entre 1975 e 2012. Além disso, o projeto proporcionou uma maior especialização da equipe da Seção de Mamíferos, já que seus profissionais puderam atualizar seus conhecimentos sobre a espécie, por meio da participação em cursos de capacitação no exterior, conferências, palestras e outros.

Educação Ambiental

Desde 2010, funcionários da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte têm intensificado o estudo sobre a vida dos gorilas com o objetivo de subsidiar o trabalho de professores que desejam desenvolver esse tema com seus alunos e fornecer informações atualizadas aos visitantes. Para isso foram realizados novos estudos, levantamento de dados e de imagens, intercâmbio com outras instituições e com profissionais ligados ao tema. Neste sentido, a equipe de educação ambiental produziu alguns recursos didáticos, tais como painéis interpretativos, banners temáticos, modelos de pegadas da mão e do pé de um dos gorilas. O espaço contará futuramente com outros equipamentos interativos, entre eles esculturas, painel para fotos e jogos pedagógicos.

11/02/2014 18:08:44


BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município

2

Poder Executivo Quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Belotur oferece espaço para ensaios de blocos de rua A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, disponibilizou até o dia 1º de março o espaço localizado na avenida Cristiano Machado, 3.450, no bairro União, para realização de ensaios de blocos de rua. O agendamento deve ser feito exclusivamente pelo e-mail eventos.belotur@pbh.gov.br, com cópia para diretoria.belotur@pbh.gov.br,

A Belotur esclarece ainda que ensaios de blocos realizados em vias públicas, sem o devido cadastramento anterior, configuram eventos à margem da programação oficial do Carnaval de BH 2014 e provocam impactos locais, gerando transtorno para os moradores e dificultando a atuação do poder público no que tange à segurança pública, limpeza e mobilidade urbana.

Universo dos sonhos é tema de espetáculo que estreia na Funarte-MG Cláudio Nadalin

Dirigido por Júlio Maciel, do Grupo Galpão, estreia hoje na Funarte-MG (rua Januária, 68, bairro Floresta), o espetáculo “Polissonografia”. A peça, que integra a 40ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, conta a história de uma mulher que se prepara para fazer um exame de distúrbio do sono, revelando ao público um misto de sonhos e pesadelos. Protagonizado por Ana Regis, Bete Penido e Mariana Lima Muniz, “Polissonagrafia” pode ser vista até domingo, dia 16, sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 5. A montagem é livremente inspirada na obra do dramaturgo romeno Matéi Visniec, na qual uma mulher sonha com um universo apocalítico e patético. Dentro dele, duas outras mulheres surgem, criando a visão de um mundo deteriorado e perigoso, onde não existe lugar seguro. Nem dentro de sua própria casa, ou mesmo de sua própria mente. A peça também marca o reencontro, depois de 13 anos, dos artistas, que foram integrantes da Companhia Cínica.

e deverá ter como título “Ensaio Blocos de Rua”. O pedido será efetivado somente após a confirmação da Belotur. Vencida esta etapa, o responsável pelo bloco deve comparecer à Belotur para assinar um termo de compromisso pelo uso do local. Os ensaios podem acontecer às quintas e sextas-feiras, das 18h às 22h, e aos sábados e domingos, das 14h às 18h.

Confira a programação de hoje da campanha de popularização Teatro adulto • “A Loja - Como Encantar seu Cliente” – Teatro BH Shopping Estação (avenida Cristiano Machado, 11.183, Venda Nova),

às 20h30. R$ 12. • “As Sereias da Zona Sul” – Teatro Izabela Hendrix (rua da

Bahia, 2.020, Lourdes), às 20h. R$ 12. • “Adultérios e outras pe-

quenas traições” – Teatro Júlio Mackenzie (rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro), às 20h. R$ 12.

• “Amar é... Uma comédia!” - Tea­tro Dom Silvério (avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, São Pedro), às 21h. R$ 12. • “Como fazer uma mulher feliz com apenas cinco reais!” Teatro Santo Agostinho (rua Aimorés, 2.679, Santo Agostinho), às 20h30. R$ 12. • “É vira-lata, mas não tem rabo preso” – Cine Theatro Brasil – Teatro de Câmara (rua Carijós, 258, Centro), às 21h. R$ 12. • “Os Sem Vergonha” – Teatro Alterosa (avenida Assis Chateubriand, 499, Floresta), às 21h. R$ 12. • “Polissonografia” – Funarte-MG (rua Januária, 68, Floresta), às 20h. R$ 12. • “Quem tem medo da velhice” – Sala Juvenal Dias do Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro), às 20h30. R$ 12. • “Trem de Minas” – Teatro da Cidade (rua da Bahia, 1.341, Centro), às 20h30. R$ 12. • “Vexame” – Teatro Bradesco (rua da Bahia, 2.244, Lourdes), às 20h30. R$ 12. • “Vulgaridades Sublimes” – Teatro Júlio Mackenzie (rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro), às 21h. R$ 10.

Secretaria de Planejamento divulga sorteados desta semana para peças de teatro A Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação sorteou ontem pares de convites para as apresentações do espetáculo “Meu tio é tia”, em cartaz amanhã e nos dias 14, 15 e 16 deste mês no Espaço Cultural Imaculada (rua Aimorés, 1.600, bairro Lourdes). Outros pares de convites foram sorteados para as apresentações da peça “A Loja – Como encantar seu cliente” hoje, amanhã e nos dias 14, 15 e 16 des-

te mês no Teatro Shopping Estação BH (avenida Cristiano Machado, 11.833, 3º piso, Venda Nova). As peças têm direção e produção de Marco Amaral. A lista com os nomes dos ganhadores e o horário de exibição das peças está disponível ao lado e na internet, no site da Prefeitura de Belo Horizonte (www. pbh.gov.br).  Os servidores ainda não contemplados podem continuar participando. Para se inscrever é neces-

sário acessar a Sala do Servidor no site da Prefeitura, onde está localizado o banner do sorteio. Clicando nele, é possível efetuar a inscrição. Para que o link seja direcionado corretamente é necessário que um e-mail institucional da PBH esteja aberto antes do cadastramento. Somente será considerada uma inscrição por pessoa. Podem se inscrever servidores, empregados, terceirizados e estagiários das administrações direta e indireta.

dom 4497.indd 2

11/02/2014 18:08:54


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

3

Alunos do EJA iniciam as aulas na sede da Regional Norte Começaram na última semana, na sede da Regional Norte (rua Pastor Muryllo Cassete, 85, bairro São Bernardo), as aulas da primeira turma de 2014 do programa Educação de Jovens e Adultos (EJA) na regional. A abertura foi prestigiada pelo secretá-

rio regional Norte, Elson Alípio Júnior, e pelos gerentes de Educação e Manutenção, Jerry Adriani e Rosemar Cossenzo Géa. As aulas do programa EJA na Regional Norte são ministradas pela professora Leica Rodrigues Dias e acontecem de segunda a quin-

ta-feira, das 17h às 20h, no pátio anexo à Gerência de Manutenção. Para concluir o ensino fundamental, os alunos devem cursar uma carga horária mínima de 240 horas/aula. São ministradas aulas de Português, Matemática, Histó-

Fotos: Frederico Luiz

ria e Geografia. Em breve, a grade do curso vai ganhar aulas de informática. Na região Norte, são cerca de 1.200 alunos matriculados no programa, sendo 19 turmas, das quais 13 funcionam em escolas municipais – as outras seis são turmas externas. Para a estudante do EJA e auxiliar de serviços gerais, Elaine Cristina Nascimento, o programa é uma ótima oportunidade para quem parou de estudar. “Fiquei parada mais de 10 anos e agora quero formar e fazer um curso téc-

nico de auxiliar de enfermagem”, comentou. Elson Júnior destacou a importância da educação no desenvolvimento humano. Em sua fala aos alunos, ressaltou que o acesso à educação mudou a história da família dele e que mudaria a de todos os presentes. “Vocês são um exemplo de transformação e mostram para sua geração que são capazes. Aproveitem a oportunidade de construir e parabéns pela iniciativa de voltar a estudar”, disse o secretário regional.

O programa

O programa EJA é destinado ao estudante que não concluiu o ensino fundamental, com idade acima de 15 anos. Quem não concluiu esse nível de ensino pode matricular-se na Educação de Jovens e Adultos em várias escolas municipais nas nove regiões de Belo Horizonte. Algumas escolas também oferecem o atendimento do EJA em turmas que funcionam em outros espaços da comunidade. Os interessados podem obter mais informações por meio do telefone 3277-7384. Para concluir o ensino fundamental, os alunos devem cursar 240 horas/aula no mínimo

Grupos de idosos da região Leste realizam primeiro encontro do ano ço Social do Comércio (Sesc) e o calendário de atividades do ano. As reuniões do fórum são realizadas sempre na primeira segunda de cada mês. A gerente regional de Políticas Sociais, Fátima Félix, expôs a sua expectativa para o ano que se inicia. “Espero que seja um

Fotos: Gercom Leste

O auditório da Regional Leste, no bairro Floresta, recebeu na última semana o primeiro Fórum de Idosos de 2014. O encontro reuniu 27 membros dos grupos de convivência e vários assuntos foram abordados, como a Educação de Jovens e Adultos (EJA), as oficinas gratuitas oferecidas pelo Servi-

Encontro reuniu 27 membros de diversos grupos de convivência da região Leste

ano de muito trabalho e que possamos melhorar e ampliar o atendimento à pessoa idosa”, pontuou. A gerente ressaltou que o objetivo é a melhoria da qualidade de vida da população idosa da região. O grupo Voz e Poesia, composto pelos músicos Luciano Luppi, Evaldo Nogueira e Ivana Andrés, realizou uma breve apresentação de canto e violão. Logo em seguida, representantes do Sesc Floresta falaram sobre os serviços disponíveis, como o lian gong, aulas de fuxico e bordados, nas quais são exercitadas a coordenação motora, a criatividade e o raciocínio. Coordenadora da modalidade de ensino EJA na Regional Leste, Vanilda Pereira explicou os principais objetivos e o funcionamento do programa, além de esclarecer algumas dúvidas. O objetivo foi incentivar os participantes a voltar a estudar. Marlene Souza, pensionista e moradora do bairro Horto, sempre frequentou as reuniões do fórum e está muito animada com o calendário de atividades que foi

montado por todos os participantes. “Espero que neste ano mais pessoas possam participar e que

se empenhem bastante”, afirmou. Marlene, de 70 anos, faz aulas de dança há pouco mais de um ano, é adepta da prática da caminhada e destaca a importância da atividade física para a saúde e para o bem estar. “Minha glicose, meu colesterol e minha pressão arterial melhoraram bastante depois que comecei. Estou muito feliz”, comemorou.

Diário Oficial do Município de Belo Horizonte

Instituído pela Lei nº 6.470 de 06/12/1993 e alterado pela Lei nº 9.492 de 18/01/2008 • Endereço eletrônico: www.pbh.gov.br/dom Composição, Produção e Edição Assessoria de Comunicação Social - Prefeitura de Belo Horizonte Av. Afonso Pena, 1.212 - 4º andar - Tel.: (31) 3277-4246

dom 4497.indd 3

Impressão Distribuição e Assinaturas Gráfica 101 - Rua Francisco Soucasseaux, 220 Ricci Diários & Publicações Ltda - Rua Curitiba, 1.592 - Loja 01 Bairro Lagoinha - CEP 31110-310 - Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3421-5000 Lourdes - Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3274-4136

11/02/2014 18:09:02


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

26

Quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Indicadores Econômicos de Belo Horizonte Taxas de Juros – Janeiro de 2014

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

Taxas médias praticadas(1)

Setores Menor

Maior

Diferença (%)

Média

1,99

5,90

196,48

4,41

Prefixada (montadoras)

0,99

2,92

194,95

1,68

Prefixada (multimarcas)

1,30

2,89

122,31

2,08

1,92

Empréstimos pessoa física

set/13

404,56

0,24

4,17

Últimos 12 Meses 5,76

404,09

0,27

2,97

Últimos 12 Meses 4,24

out/13

406,05

0,37

4,56

5,53

405,26

0,29

3,27

4,07

nov/13

408,69

0,65

5,24

5,76

407,86

0,64

3,93

4,51

dez/13

412,25

0,87

6,15

6,15

410,67

0,69

4,64

4,64

Prefixada (montadoras)

1,36

2,92

114,71

jan/14

419,05

1,65

1,65

5,40

413,63

0,72

0,72

3,32

Prefixada (multimarcas)

1,44

2,99

107,64

2,13

1ª fev/14

440,88 (3)

1,34

2,33

5,47

435,87 (3)

0,65

1,32

3,53

Cartão de Crédito

4,14

17,89

332,13

10,96

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Cheque Especial (2) (8)

4,73

10,58

123,68

8,32

(2) IPCR= Índice de Preços ao Consumidor Restrito: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 5 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Combustíveis

5,38

15,71

192,01

8,32

Imóveis Construídos

0,10

1,73

1.630,00

1,05

Imóveis na Planta

0,10

1,73

1.630,00

0,27

0,40

2,90

625,00

2,02

CDC - Financeiro (8)

3,29

5,36

62,92

4,25

CDC - Bens Alienáveis (8)

1,41

2,01

42,55

1,64

Eletroeletrônicos

3,03

5,37

77,23

4,27

Mobiliário

1,00

5,89

489,00

3,21

10,32

15,70

52,13

13,50

Nacional

0,94

1,49

58,51

1,22

Internacional

0,68

1,63

139,71

1,16

1,50

6,90

360,00

3,88

No mês

No ano

No mês

No ano

Alimentício Automóveis Novos

Automóveis Usados

Construção Civil (3) (7)

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Período

IPCA(1)

Salário Mínimo

403,59

1046,46

ago/13

No mês

Cesta Básica(2) 522,71

No ano

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

0,10

0,00

-2,72

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

Últimos 12 Meses

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

3,92

9,00

5,27

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

5,85

9,00

4,42

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

set/13

404,56

1046,46

513,64

0,24

0,00

-1,73

4,17

9,00

3,45

5,76

9,00

0,63

out/13

406,05

1046,46

540,14

0,37

0,00

5,16

4,56

9,00

8,78

5,53

9,00

5,87

Financeiras Independentes Turismo

nov/13

408,69

1046,46

545,56

0,65

0,00

1,00

5,24

9,00

9,87

5,76

9,00

11,20

dez/13

412,25

1046,46

541,66

0,87

0,00

-0,72

6,15

9,00

9,09

6,15

9,00

9,09

jan/14

419,05

1117,46

532,22

1,65

6,78

-1,74

1,65

6,78

-1,74

5,40

6,78

-2,29

Vestuário e Calçados

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Empréstimos pessoa jurídica

(2) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38 FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis Residenciais Período

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Comerciais

Variação (%)

ago/13

461,16

0,30

4,11

Últimos 12 Meses 6,25

No mês

No ano

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

0,99

2,75

177,78

2,12

1,48

3,70

150,00

2,19

Conta Garantida (8)

1,95

4,28

119,49

2,90

Captação CDB 30 dias (4)

Variação (%)

643,47

0,55

5,68

Últimos 12 Meses 9,60

No mês

Desconto de Duplicatas (8) Capital de Giro (8)

No ano

0,75

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,71

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,36

0,72

100,00

0,57

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,66

0,73

10,61

0,71

set/13

463,14

0,43

4,56

6,40

646,62

0,49

6,19

9,32

Poupança (5)

out/13

464,62

0,32

4,89

6,35

649,72

0,48

6,70

8,76

Taxa SELIC (6)

nov/13

466,81

0,47

5,39

6,23

652,91

0,49

7,23

8,38

(1) Considera-se a média das taxas praticadas pelos informantes

(5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(2) Não são consideradas vantagens progressivas

(6) Média ponderada pela vigência

dez/13

468,30

0,32

5,72

5,72

656,56

0,56

7,83

7,83

(3) Inclui a variação dos indexadores CUB, TR, INCC e IGP-M

(7) Novo cálculo considerando o período dos índices que compõem a estimativa (8) Dados coletados a partir de informações consolidadas no Banco Central do Brasil

jan/14

469,38

0,23

0,23

5,19

661,55

0,76

0,76

7,94

0,61 0,82

(4) Taxa ANBID do primeiro dia útil do mês e projetada para 30 dias

.. Não se aplica dados numéricos

Tarifas Bancárias – Janeiro de 2014

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Janeiro de 2014

Forma de Cobrança

Produtos / serviços(1)

Imóveis

Popular

Médio

Alto

Luxo

519,38 (15)

1007,67 (9)

778,72 (47)

1296,30 (54)

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

721,95 (148)

996,31 (153)

1153,72 (211)

2077,67 (206)

3 Quartos e 1 banheiro

868,08 (52)

1013,26 (46)

1253,95 (75)

1634,00 (25)

3 Quartos e 2 banheiros ou mais

1241,17 (77)

1378,57 (133)

1647,60 (275)

2448,37 (439)

4 Quartos e até 2 banheiros

1285,60 (7)

(3)

2219,39 (18)

3136,49 (37)

(3)

2111,25 (8)

2626,00 (46)

4545,51 (229)

1 Quarto e 1 banheiro ou mais

456,07 (19)

602,14 (14)

(3)

-

Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

20,68

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por cliente

5,30

10,00

88,68

6,37

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por cliente

5,30

10,00

88,68

6,37

por Operação

28,50

52,00

82,46

42,58

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por cheque

10,35

15,00

44,93

11,68

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por cheque

1,00

1,50

50,00

1,27

CHEQUE - Cheque Administrativo

por Cheque

20,00

30,00

50,00

23,89 10,50

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

605,00 (26)

682,22 (9)

-

-

605,38 (13)

-

2 Quartos e 1 banheiro ou mais

822,02 (54)

(2)

-

974,36 (25)

1237,51 (16)

1993,63 (8)

1032,90 (31)

1325,00 (10)

1569,60 (5)

(1)

3 Quartos e 2 banheiros ou mais

1378,21 (39)

1811,71 (17)

2872,17 (23)

6354,55 (11)

4 Quartos e até 2 banheiros

2300,00 (5)

2271,43 (7)

4975,00 (4)

(1)

3 Quartos e 1 banheiro

por cheque

0,00

21,00

..

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por operação

2,00

3,00

50,00

2,18

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por operação

1,15

3,00

160,87

1,77

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por operação

1,15

2,15

86,96

1,50

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por operação

0,00

3,00

..

1,90

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (P)

por operação

1,45

6,00

313,79

3,04

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (E)

por operação

1,35

3,00

122,22

2,01

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (C)

por operação

1,20

1,40

16,67

1,29

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por operação

2,00

6,00

200,00

3,18

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por operação

1,35

4,00

196,30

2,17

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por operação

1,20

4,00

233,33

1,81

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por operação

0,00

6,00

..

4,75

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por operação

0,00

19,00

..

13,03

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por operação

0,00

9,50

..

7,04

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por operação

6,50

8,60

32,31

7,54

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por operação

1,00

2,00

100,00

1,17

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

Barracões

1 Quartos e 1 banheiro ou mais

Média(2) (R$)

CONTAS DE DEPÓSITOS

CHEQUE - Cheque Visado

4 Quartos e acima de 2 banheiros / 5 Quartos ou mais e 1 banheiro ou mais

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%)

CADASTRO

1 Quarto e 1 banheiro ou mais

Apartamentos

Casas

ND - não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por operação

0,00

1,20

..

0,86

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por operação

23,80

27,00

13,45

24,98

Transferência por meio de DOC - DOC Pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,85

Transferência por meio de DOC - DOC eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,07

Transferência por meio de DOC - DOC internet (3)

por evento

6,50

8,60

32,31

7,52

Transferência por meio de TED - TED pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,85

Transferência por meio de TED - TED eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,07

Transferência por meio de TED - TED internet (3)

por evento

0,00

8,60

..

7,59

por operação

30,00

51,80

72,67

43,56

OPERAÇÕES DE CRÉDITO Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

4 Quartos e acima de 2 banheiros / 5 Quartos ou mais e 1 banheiro ou mais

2988,89 (9)

4127,27 (11)

5644,44 (9)

8598,02 (51)

por evento

9,50

32,00

236,84

12,62

a cada 365 dias

24,00

54,00

125,00

44,00

Fornecimento de 2ª via de cartão com função crédito

por evento

0,00

15,00

..

6,86

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no país

por evento

4,00

15,00

275,00

8,27

Pagamento de contas utilizando a função crédito em espécie

por evento

1,99

19,90

900,00

10,40

Avaliação emergencial de crédito

por evento

15,00

18,00

20,00

15,56

a cada 365 dias

0,00

90,00

..

73,33

por evento

12,00

30,00

150,00

16,14

CARTÃO DE CRÉDITO (3) Anuidade - cartão básico nacional

Anuidade - cartão básico internacional

(*) O valor entre parênteses representa o número de imóveis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, somente são publicados valores médios obtidos a partir de quatro imóveis pesquisados. Os casos em que não foi pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamentos de 1 e 2 quartos da classe luxo são influenciados pela oferta de Flats.

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no exterior

(2) Considera-se a média das tarifas praticadas pelos bancos pesquisados

(1) Não são consideradas vantagens progressivas Fonte: Banco Central do Brasil / Bancos - Dados trabalhados pela Fundação IPEAD/UFMG

..

Não se aplica dados numéricos

ND: não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG Custo da Cesta Básica(*) – Janeiro de 2014

Índice de Confiança do Consumidor

Período

ICCBH

(2)

IEE

IEF

No mês (3)

ICCBH

IEE

No ano IEF

Últimos 12 Meses

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

Contribuição na variação (p.p.)

Açúcar cristal

3,00 kg

4,15

-0,06

Arroz

3,00 kg

7,30

0,03

Banana caturra

12,00 kg

27,07

-0,24

ago/13

126,79

180,41

117,28

5,51

8,58

2,93

-8,66

-11,26

-0,80

-4,98

-8,02

3,43

Batata inglesa

6,00 kg

12,32

-0,87

set/13

118,32

160,27

114,11

-6,68

-11,16

-2,70

-14,76

-21,17

-3,48

-10,58

-16,48

0,73

Café moído

0,60 kg

7,63

-0,02

out/13

120,41

161,61

116,97

1,76

0,84

2,51

-13,26

-20,51

-1,06

-11,39

-19,19

1,36

Chã de dentro

6,00 kg

116,55

1,04

Farinha de trigo

1,50 kg

4,26

0,00

nov/13

123,30

170,12

117,11

2,40

5,27

0,12

-11,17

-16,32

-0,94

-8,51

-15,95

3,51

Feijão carioquinha

4,50 kg

15,59

-0,32

dez/13

120,48

159,06

118,51

-2,28

-6,50

1,20

-13,20

-21,76

0,24

-13,20

-21,76

0,24

jan/14

121,76

162,09

119,03

1,06

1,90

0,43

1,06

1,90

0,43

-7,50

-15,78

6,09

(1) ICCBH: Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte: trata-se de um indicador que tem por finalidade sintetizar a opinião dos consumidores em Belo Horizonte quanto aos aspectos capazes de afetar as suas decisões de consumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Econômica: retrata a expectativa do consumidor em relação aos indicadores macroeconômicos

dom 4497.indd 26

Valores (em R$)

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100) (1)

Quantidade

Produto

Leite pasteurizado

7,50 lt

16,53

-0,20

750,00 gr

16,70

-0,12

Óleo de soja

1,00 un

2,82

0,00

Pão francês

6,00 kg

51,76

0,08

Tomate Santa Cruz

9,00 kg

25,64

-1,07

Manteiga

(3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a confiança do consumidor a respeito de alguns indicadores microeconômicos

(*) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

11/02/2014 18:09:03


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Ações da PBH na Pampulha em 2013 têm saldo positivo A Prefeitura de Belo Horizonte trabalha para efetivar os projetos prioritários e estratégicos consolidados no programa BH Metas e Resultados, que tem o objetivo de que a cidade continue inovando e avançando cada vez mais na direção do desenvolvimento sustentável e inclusivo. Na Pampulha, durante o ano de 2013, foram realizadas importantes intervenções, principalmente na orla da lagoa, um dos cartões postais de BH. Tais intervenções fazem parte do projeto Sustentador Pampulha Viva, que incorpora as seguintes ações: • Desassoreamento da Lagoa da Pampulha: com início em outubro de 2013, o desassoreamento inclui a execução dos serviços de dragagem, desidratação, transporte e destinação final de sedimentos. Serão retirados aproximadamente 800 mil metros cúbicos de sedimentos até o segundo semestre deste ano.

• Recapeamento asfáltico dos 18 quilômetros da avenida Otacílio Negrão de Lima e de várias vias do entorno da orla, como a Alameda das Palmeiras, as avenidas Antônio Carlos e Carlos Luz e a rua Líder, entre outras. • Implantação de 7,5 km de ciclovia, restauração da ciclovia já existente e da pista de caminhada, implantação de sinalização horizontal e vertical, oferecendo mais segurança e garantindo o espaço no trânsito para o ciclista. • Sinalização turística interpretativa - instaladas em maio, fornece informações gerais sobre o local ou monumento, as paisagens, características arquitetônicas e os contextos regional e histórico. Apresenta possibilidades de visitação, sugestão de roteiros e informação sobre distâncias. Algumas são equipadas com o sistema de código de barras (QR Code), que possibilita o acesso ao conteúdo multimídia por meio de dispositi-

Divino Advincula

Breno Pataro

vos móveis, criando uma nova forma de interação entre o usuário e o atrativo. • Construção de novas estações elevatórias de esgoto e das redes coletoras e interceptoras (obra em parceria com a Copasa) na bacia da Lagoa da Pampulha nos municípios de BH e Contagem - previsão da retirada de 95% do lançamento de esgoto na lagoa e eliminação do mau cheiro da água. • Revitalização de todo o Complexo Arquitetônico da Pampulha - o patrimônio cultural que há 70 anos faz da Pampulha um local atraente para moradores e turistas, foi recuperado em 2013. O Museu de Arte da Pampulha (MAP) ganhou novo piso de mármore no Salão Nobre, limpeza dos revestimentos, pintura interna e externa e troca do carpete do auditório. Na Casa do Baile, foram feitas a limpeza da fachada, a recuperação do piso e esquadrias e impermeabilização. A Casa Kubitschek foi totalmente restaurada e vai ganhar ainda um novo espaço cultural. As ações fazem parte do projeto de transformar o complexo arquitetônico da Pampulha em Patrimônio Cultural da Humanidade. • Revitalização dos Jardins de Burle Marx (incluída a revitalização da Praça Dalva Simão) na Casa do Baile, no entorno da Igreja da Pampulha e no MAP, os jardins de Burle Marx foram restaurados conforme o projeto paisagístico original. O projeto incluiu ainda a revitalização dos sistemas de iluminação e irrigação dos jardins e a retirada de algumas árvores em mau estado fitossanitário. • Estão em processo de licitação o tratamento e a melhoria das águas da lagoa e a revitalização das praças Dino Barbieri, Vertedouro e Aleijadinho.

27

Breno Pataro

Quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Sinalização turística fornece diversas informações sobre o local ou o monumento

Outros benefícios BRT Antônio Carlos/ Pedro I Em 16 quilômetros de extensão, a avenida Pedro I formará junto à avenida Antônio Carlos um corredor para o Transporte Rápido por Ônibus (BRT), que irá melhorar a qualidade do transporte coletivo, oferecendo pistas exclusivas para ônibus, estações de embarque e terminais de integração, trazendo modernidade para a área de transporte e trânsito na região. Além disso, estão sendo construídos viadutos e alças que trarão maior fluidez no trânsito. Como exemplo, em maio de 2013, foi inaugurado o viaduto Oscar Niemeyer, construído no entorno da avenida Portugal sobre a avenida Pedro I. Esta obra é parte integrante da obra de duplicação da Pedro I e integra as obras do BRT na região. Há ainda a construção da Estação BH Bus, no encontro das avenidas Dom Pedro I e Portugal.

Educação infantil A região da Pampulha está sendo beneficiada também com a construção de mais cinco Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis), previstas para entrarem em funcionamento ainda em 2014. São elas as Umeis Urca/ Confisco, Ouro Preto, Santa Branca, Manacás e Santa Rosa. Cada Umei tem capacidade para atender 440 crianças de até 6 anos, o que irá amenizar a grande demanda para a educação infantil. Além destas, estão previstas a construção de outras cinco unidades, com previsão de funcionamento em 2015 nos bairros Universitário, Itapoã, Alípio de Melo, Paquetá e Vila São José, além de uma escola de ensino fundamental no bairro Manacás.

Orçamento Participativo Urbanização das ruas Ester (Beco São Jorge) e Flor de Ameixa (Vila Jardim Alvorada), em execução durante 2013 e concluída em janeiro de 2014.

Assistência Social Houve um aumento significativo do número de famílias referenciadas nos serviços de proteção básica. Atualmente, 3.897 famílias utilizam os serviços prestados pelas políticas públicas da Assistência Social.

Programa Vila Viva – São José O programa Vila Viva também está presente na Pampulha. Os moradores da Vila São José foram contemplados com obras que vão melhorar as condições de vida das pessoas e resolver antigos problemas da região relativos a trânsito, inundações e saneamento. Estão sendo investidos R$ 153 milhões para edificação de 1.616 unidades habitacionais. Até 2013 foram entregues 1.408 moradias e outras 208 estão em construção. Além das moradias, serão construídos também o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Vila São José, um centro de saúde e uma Umei, entre outros equipamentos.

Promoção da Saúde Mais duas unidades básicas de saúde estão em construção na região para ampliar o atendimento aos usuários: uma no bairro São Francisco e outra na Vila São José, com previsão de término para o primeiro semestre deste ano. A instalação de mais Academias a Céu Aberto em locais públicos ampliou para 25 o número de novos espaços para a prática de exercícios físicos, promovendo a saúde e estimulando as atividades ao ar livre. Há também o projeto de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Pampulha, no bairro Castelo.

dom 4497.indd 27

11/02/2014 18:09:08


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

28

Quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Parque JK vai receber novos brinquedos

Um dos brinquedos, de concreto e ferro, desenvolvido pela Fundação de Parques Municipais (FPM), é voltado para crianças a partir de 5 anos. Possui balanço, escorregador, rampa de escalar e jogo da memória e está sendo instalado próximo à quadra, no espaço onde estavam colocados alguns aparelhos de alongamento, que foram deslocados para uma área gramada lá perto. O outro é feito de madeira ecológica, ferro e fibra de vidro e atende crianças de 2 a 4 anos. De acordo com a paisagista da Divisão de Planejamento da Fundação de Parques Municipais, Margareth Ávila, é mais lúdico e bem colorido. Planejado em forma de uma casinha, também tem um escorregador, além de túnel e uma passarela, e é enfeitado com pássaros. Ele será instalado no gramado junto aos outros brinquedos do parque.

Fotos: Isabel Baldoni

O Parque JK, que fica na avenida Bandeirantes, 240, no bairro Comiteco, região Centro-Sul de Belo Horizonte, vai ganhar dois novos módulos de brinquedos até o fim de abril. Os equipamentos, que começaram a ser instalados neste mês de fevereiro, atendem a uma solicitação da comunidade do entorno e estão sendo implantados por meio de medida de compensação ambiental pela construção do Shopping Plaza Anchieta.

Visita

Outro parque da região Centro-Sul, o da Serra do Curral (avenida José do Patrocínio Pontes, 1.701, bairro Mangabeiras), recebeu na última semana um grupo de jornalistas da Argentina, do Uruguai e do Chile, que foram acompanhados pelo presidente da Fundação de Parques Municipais, Hugo Vilaça. O grupo veio à cidade conhecer o estádio Mineirão, onde serão realizados jogos da Copa do Mundo e os principais atrativos da cidade, que receberá as seleções desses três países durante o treinamento para o Mundial.

Equipamentos começaram a ser instalados neste mês e estarão disponíveis até o fim de abril

Área interna do Conjunto Via Expressa II foi roçada, capinada e limpa

Social está acompanhando o caso. Toda a área interna do conjunto foi roçada, capinada e limpa e, após a limpeza, foi realizada a desratização e a eliminação de possíveis focos de dengue. Esse já é o segundo mutirão realizado no local. O trabalho envolveu uma equipe de sete agentes de controle de zoonoses e 30 garis. A equipe de controle de endemias monitora o local por meio de vistorias periódicas. Posteriormente, será realizada a limpeza da Mata do Morcego, onde há grande volume de lixo, depositado clandestinamente.

Lilian Lopes

Gonçalves aprovou a ação. “Estou gostando da limpeza. O local estava ruim, com mato alto, ratos e perigo de dengue. Agora vai melhorar”, comemorou. Mas nem todos os moradores têm consciência da importância da limpeza. Além daqueles que depositam lixo irregularmente em áreas de uso comum, há no local um morador com sofrimento mental que acumula lixo dentro do próprio apartamento. O volume de material é tão grande que prejudica não só a saúde dele como também a dos vizinhos. Uma equipe da Gerência de Assistência Lilian Lopes

Lilian Lopes

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Regional Noroeste, realizou no final de janeiro um mutirão de limpeza e combate à dengue e roedores no Conjunto Via Expressa II, no bairro Califórnia. A ação foi realizada de forma conjunta por agentes da Gerência Distrital do Controle de Zoonoses e pela equipe de Limpeza Urbana. A região, que fica ao lado da Mata dos Morcegos, é considerada ponto crítico de lixo, apesar de ter disponível coleta de lixo domiciliar três vezes por semana. Morador do local, Thiago

Hélio Viana

Regional Noroeste realiza mutirão de limpeza e combate à dengue em conjunto habitacional

Trabalho envolve agentes de controle de zoonoses e garis

dom 4497.indd 28

11/02/2014 18:09:20

DOM - 12/02/2014  

Diário Oficial do Município