Page 1

BELO HORIZONTE

Diário Oficial do Município - DOM

Área verde trouxe vida nova à comunidade e conta com diversos equipamentos que inserem o esporte, a educação, a saúde e o meio ambiente à rotina da população local Um questionamento sobre o que é qualidade de vida e como conquistá-la. Foi assim que iniciaram os trabalhos que tornariam real a construção do Parque Nossa Senhora da Piedade, localizado no bairro Aarão Reis, região Norte da capital. Antes de sua implementação, as nascentes do córrego, que deu nome ao parque, e os terrenos que o rodeavam eram utilizados como depósitos de lixo. Hoje, passados pouco mais de quatro anos, a área de 58 mil metros quadrados é ocupada por uma vegetação diversa e de águas reavivadas. A iniciativa trouxe uma nova dinâmica para a vida dos moradores e estimula práticas saudáveis e de lazer. Logo pela manhã, o espaço começa a ser tomado por pessoas de todas as idades. As razões das visitas são diversas, já que o parque oferece uma série de equipamentos gratuitos, como quadras esportivas, brinquedos, trilhas ecológicas, pista de skate, caramanchões, área verdes para piqueniques e contemplação e até uma academia ao ar livre. O parque ainda disponibiliza gratuitamente redes esportivas, para os fãs de jogos de peteca e vôlei. Ele funciona todos os dias das 8h às 18h, mas às 6h abre exclusivamente para os caminhantes utilizarem a pista de cooper. Para o monitor Juarez Luiz Rodrigues, 49 anos, que atualmente acompanha as pessoas nas trilhas ecológicas, o parque favoreceu o bem estar da população. “Os visitantes usufruem bem da infraestrutura. São pessoas de todos os bairros vizinhos e recebemos turistas de cidades brasileiras como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília e até estrangeiros, que se surpreendem com a iniciativa”, conta. “O parque chegou a mudar a cultura dos moradores da região, você vê as pessoas cuidando do local, praticando exercícios. Ele veio também como uma forma de educar”, completa. A estimativa de público por final de semana é de cerca de 1.800 pessoas. Toda a mudança não passou despercebida aos olhos de Alice Lisboa, 49 anos, que mora em Marília, no estado de São Paulo. “Não dá para acreditar que aqui já foi área de despejo de lixo. Das últimas vezes que vim em BH, nem passava por aqui por causa da situação precária que existia. Hoje já fiz caminhada mais cedo e estamos aproveitando para tirar umas fotos para eu levar de lembrança”, comentou a pensionista que estava na cidade para uma visita familiar. Outro aspecto positivo foi a aproximação dos jovens com o esporte. “Fiz novos amigos e evo-

dom 4341.indd 1

Tiragem: 2.500 • 29/6/2013

Fotos: Isabel Baldoni

Ano XIX • N. 4.341 • R$ 0,85

Parque Nossa Senhora da Piedade

estimula vida saudável na região Norte luí bastante no skate. Antes não conseguia ficar em pé na prancha e agora já consigo fazer algumas manobras”, conta o skatista Fabrício dos Santos, de 18 anos. Ele treina há nove meses, pelo menos, duas vezes por semana na pista do parque. Mas o empenho tem justificativa. Ele espera conquistar uma posição de destaque nos próximos campeonatos de skates, que serão realizadas no local. Um outro exemplo de atividade que envolveu a comunidade local foi a escolha do nome do jacaré, uma escultura em madeira que fica exposta ao lado do lago. O evento foi destinado para as crianças dos bairros vizinhos e batizou a peça com o nome de Zé Caré. Utilizado também como equipamento de aprendizagem, o parque se tornou referência para assuntos ambientais na região Norte. Essa característica foi garantida depois que ele se tornou sede do Centro de Educação Ambiental da Regional Norte (CEA Norte), onde são realizadas oficinas e atividades de conscientização desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. A área também já serviu como campo de pesquisas científicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Uma delas criou uma estrutura que permitia maior permeabilidade da água em regiões asfaltadas. O objetivo da experiência era encontrar uma solução para alimentar o lençol freático em regiões de grande urbanização.

Fauna e Flora A instalação do parque também refletiu em outras espécies simpáticas que habitam a cena belo-horizontina. Toda a manhã, duas garças e cerca de 15 mergulhões se deslocam da Pampulha para pescar no lago do Parque Nossa Senhora da Piedade. Além dessas aves, os olhares mais atentos podem admirar a presença de passarinhos diversos como o beija-flor, o bem-te-vi, a rolinha, o sabiá, o bico de lacre, a pomba trocal e, esporadicamente, alguns tucanos. Essa extensa representatividade de espécies se justifica pelo grande número de árvores frutíferas plantadas no espaço. São cerca de 100 pés de mangas, mais de 20 jabuticabeiras, goiabeiras e moitas de banana, 15 pitangueiras, além de pés de jambo vermelho, abiu, gabiroba, jatobá e graviola. Para deixar o visual do parque ainda mais atrativo, os jardins foram ornamentados com plantas e flores decorativas. Entre elas estão a espada de São Jorge, os camarões azuis, lírios, íris, a exótica flor de jade e, entre outras espécies, a manacá da serra, nas cores brancas e rosa. Além disso, o parque cultiva plantas medicinais, que ficam disponíveis para as pessoas interessadas. A variedade delas é composta por pata de vaca, utilizada no controle da diabetes, a orelha de cachorro, que contém propriedades cicatrizantes e a assa peixe, que auxilia no tratamento de bronquite e pneumonia.

Ação transformadora “O cenário era desanimador”, conta o morador José Raimundo Abreu, de 34 anos, que sempre morou no bairro Providência, próximo ao Parque Nossa Senhora da Piedade. Ele lembra que espaço era destino final de tudo aquilo que era indesejável pela população. “O mau cheiro alcançava um raio de dois quilômetros de distância”, conta. Diante dos efeitos dessa realidade, como o aumento de casos de doenças dos alunos da Escola Municipal Hélio Pellegrino, situada no bairro Guarani, foi realizado uma pesquisa. O levantamento feito, em parceria com uma escola argentina, partia da questão inicial do que causava má qualidade de vida na região. O córrego Nossa Senhora da Piedade e seu entorno foi apontado como a principal causa. Com isso, o estudo deu início a um trabalho de conscientização da população que os motivaram, juntamente dos parceiros, a pensar novas possibilidades. A obra que teve grande contribuição dos moradores com ideias e opiniões, foi incluída no Programa de Recuperação Ambiental de Belo Horizonte, o Nascentes. Os investimentos da parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) somaram R$ 22,8 milhões, divididos entre as intervenções, como limpeza do córrego e projeto paisagístico, assim como a desapropriação de terrenos e a remoção de famílias.

28/06/2013 17:31:25


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

2

Sábado, 29 de junho de 2013

Parque das Águas reúne mais de 1.500 crianças nas comemorações do Mês do Meio Ambiente Projeto Guernica

Leandro Moreira Gonçalves é o coordenador do projeto Guernica no Parque das Águas e trabalha com alunos da Escola Municipal Antônio Mourão, que pintam áreas do parque em uma tela, mais uma atividade do Mês do Meio Ambiente. “As crianças desenharam e estão pintando o quadro e estou ajudando com a correção de alguns detalhes. Mas são eles que fazem a maior parte, escolhem o tema que querem pintar e o resultado é muito bom”, contou o coordenador. O Guernica é um projeto de educação ambiental e patrimonial, que visa diminuir atos de depredação e vandalismo contra a paisagem urbana e o patrimônio público, ensinando para as crianças a arte e cultura. Fotos: Cátia Fraga

Informações sobre fauna, flora e reciclagem foram alguns dos temas abordados neste mês no Parque Ecológico Roberto Burle Marx, o Parque das Águas, no bairro Flávio Marques Lisboa, no Barreiro. As atividades fizeram parte das comemorações do Mês Mundial do Meio Ambiente e reuniram mais de 1.500 crianças das escolas públicas e particulares das regiões Oeste e Barreiro. As crianças plantaram 50 mudas de árvores, entre quaresmeiras, ipês, aroeira-salsa, ingá e magnólia amarela, doadas pela empresa Tamasa Engenharia. A programação incluiu também “Cirk In na Capital”, peça teatral do Miniteatro Moto Expresso de Bonecos, trilhas orientadas e oficinas de sabão feito com óleo usado. Outra atração da programação foi o espetáculo “Viva a Fauna”, de Saulo Sabino, baseado na fauna e na flora do Brasil, acompanhado por ritmos musicais nacionais. Já alunos da Escola Infantil Arca de Noé fizeram uma exposição com brinquedos e móveis reciclados confeccionados durantes as aulas.

Crianças plantaram mudas de árvores, acompanharam espetáculos artísticos e participaram de oficinas

Comitiva da Secretaria de Educação visita escolas da região de Venda Nova

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho e Emprego, divulga novas ofertas para quem procura por oportunidades no mercado de trabalho. Estão abertas vagas para assistente jurídico, atendente de lanchonete, ajudante de carga e descarga de mercadoria, auxiliar de limpeza, cuidador em saúde, pedreiro, servente de obras e técnico de laboratório de análises clínicas, entre outras. Algumas das vagas para quem não possui experiência profissional são as de atendente de telemarketing, auxiliar de limpeza, auxiliares administrativos e de escritórios e consultor de vendas. O programa Melhor Emprego oferece aos cidadãos variadas oportunidades de profissionalização através dos cursos de Confeiteiro Básico; Confeitaria – Salgados e Quiches; Cozinha Brasileira; Manicura / Pedicura; Permanente e Alongamento de Cílios e Auxiliar de Departamento de Pessoal. Já o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) oferece aos cidadãos belo-horizontinos diversos tipos de cursos, como Balconista de Farmácia; Cuidador de Idoso; Auxiliar Administrativo; Recepcionista; Vendedor; Mecânico de Motocicletas; Instalador e Reparador de Linhas de Telecomunicações; Operador de Computador; Serígrafo; Vitrinista; Auxiliar de Impressão Flexográfica; Desenhista de Calçados; Desenhista de Moda e Operador de Acabamento Editorial. Os interessados deverão comparecer a um dos quatro postos municipais do Sine, apresentando carteira de trabalho, CPF, carteira de identidade, PIS/Pasep/NIT/NIS e o comprovante de endereço.

Confira os endereços dos postos municipais do Sine:

• Sine Barreiro: Rua Barão de Coromandel, 982, Barreiro, das 8h às 17h. • Sine BH Resolve: Rua Caetés, 342, Centro, das 8h às 18h. • Sine Niat: Rua Espírito Santo, 505, 1º andar, Centro, das 8h às 17h. • Sine Venda Nova: Rua Padre Pedro Pinto, 1.055, Venda Nova, das 8h às 17h.   Para mais informações, a Prefeitura coloca à disposição dos cidadãos o telefone 156 e o site www.pbh.gov.br/melhoremprego.  

dom 4341.indd 2

Fotos: Gercom Venda Nova

Confira as oportunidades de cursos e empregos oferecidas nos postos municipais do Sine

Estrutura das escolas e trabalhos dos alunos foram vistos de perto pela comitiva

A região de Venda Nova recebeu na última semana a visita de uma comitiva da Secretaria Municipal de Educação (Smed), composta pela secretária Sueli Baliza, pelo secretário adjunto, Afonso Melo, pela chefe de gabinete, Raquel Parreira, e Ismayr Sérgio Cláudio, gerente de Educação Integral, Direitos Humanos e Cidadania. Acompanhada pelos secretários regionais, Claudio Sampaio e Nildo Taroni, e pela gerente regional, Gláucia Saraiva, a comitiva percorreu escolas da região. A primeira escola visitada foi a Presidente Tancredo Neves (rua Radialista Joaquim da Fonseca, 45, bairro Céu Azul) onde Sueli conversou com alunos e assistiu a exposição de trabalhos realizados pelos alunos do Programa Escola Integrada (PEI), produzidos para o Dia das Mães e entregues a elas no encerramento do trimestre, juntamente com os boletins, no

dia 18 deste mês. Em seguida, a comitiva visitou a Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Lagoa (rua Élcio Pereira Fortes, 62), escola que foi inaugurada em dezembro de 2011 e atende 440 alunos de 0 a 6 anos, sendo quatro turmas no horário integral e 18 turmas

no horário parcial. Outra escola visitada foi a Elisa Buzelin (rua Jair Afonso Inácio, 277, Piratininga) que apresentou o maior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de Venda Nova. A visita coincidiu com a apresentação do Jornal Falado, uma produção dos alunos do Programa Escola Integrada, realizado uma vez por mês e que nesta edição tratou da Copa das Confederações, quando a comitiva assistiu apresentações de taekwondo e dança. A visita foi finalizada com um passeio pela Umei Casarão Venda Nova, localizada na esquina da rua Padre Pedro Pinto com a avenida Dr. Cristiano Guimarães, cuja obra está em fase final de conclusão. “As escolas visitadas permitiram que a secretária conhecesse realidades, modalidades e organizações de ensino diferentes”, comentou Gláucia Saraiva.

Comitiva acompanhou apresentação do Jornal Falado na Escola Municipal Elisa Buzelin

28/06/2013 17:31:34


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Sábado, 29 de junho de 2013

Fórum do Idoso da Regional Norte discute melhorias no trânsito e no transporte coletivo

A Gerência de Promoção de Eventos Esportivos, de Recreação, Lazer e Feiras da Regional Leste organizou uma reunião na última semana para discutir o planejamento da festa regional do Arraial de Belô 2013, que acontecerá no sábado, dia 6, às 19h, na avenida Belém, entre a avenida dos Andradas e a rua Tulipa, no bairro Esplanada. Estiveram presentes representantes da BHTrans, da Guarda Municipal, da Polícia Militar e das gerências de Manutenção, Limpeza Urbana, Serviços Gerais, Fiscalização, Assistência Social, Políticas Sociais e Vigilância Sanitária, além de membros do gabinete. O público estimado é de 5 m il p e sso as, q u e irão se divertir com atrações musicais, barraquinhas com

Novos servidores da Regional CentroSul passam por capacitação e conhecem nova estrutura de trabalho

Novos funcionários foram recepcionados na sede da regional, no Centro

O fórum é promovido pela Gerência Regional de Políticas Sociais e acontece mensalmente, reunindo representantes dos diversos grupos da terceira idade na Regional Norte para debater assuntos de interesse comum, organizar passeios, orientar idosos sobre ações, encontros, reuniões, deveres e direitos, além de promover a sociabilização. Os encontros acontecem sempre na última quarta-feira do

dom 4341.indd 3

mês, das 9h às 12h, no auditório da Regional Norte (rua Pastor Muryllo Cassete, 85, bairro São Bernardo).

bate à exploração sexual e ao trabalho infantil. Na quarta, dia 3, haverá um treinamento com todos os barraqueiros que irão trabalhar na festa para questões voltadas ao manuseio de produtos.

Festa regional do Arraial de Belô vai acontecer no sábado, dia 6

Fotos: Gercom Centro-sul

mobilidade das pessoas na cidade. Cláudio lembrou ainda que o contato com a BHTrans pode ser feito por meio do telefone 156, através do SAC Web, ou no plantão que acontece na Regional Norte, todas as quintas, de 9h às 12h. De acordo com a gerente de Programas Sociais, Júnia Freitas, o objetivo do encontro foi apresentar os benefícios existentes para a população, além de conscientizar o usuário para as mudanças de mobilidade urbana e acesso ao trânsito. Maria das Dores Perdigão Camões, de 79 anos, moradora do bairro Tupi, aprovou o encontro. “Minhas dúvidas são sempre esclarecidas nos fóruns que participo”, disse. Para Antônia Ferreira dos Santos, de 67 anos, moradora do Conjunto Felicidade, o fórum possibilita aos idosos reivindicar melhorias e tirar suas dúvidas.

comidas típicas e show de três quadrilhas juninas, Casa do Chapéu, do bairro Casa Branca, Arraial do Bambuzal (Pompéia) e Fogo de Palha (Saudade). Além disso, serão realizadas ações de conscientização em prol do comGercom Leste

Fotos: Ânderson Brito

Regional Leste se prepara para receber Arraial de Belô no bairro Esplanada

Evento promovido em conjunto com a BHTrans

O tradicional Fórum do Idoso, que acontece mensalmente no auditório da Regional Norte, no bairro São Bernardo, promoveu na terça, dia 25, em conjunto com a BHTrans, um encontro para esclarecer dúvidas relativas à mobilidade urbana, políticas de ações de melhoria do trânsito e do transporte coletivo. As formas de fiscalização e o acesso ao cartão BH Benefício Inclusão, que permite que deficientes físicos, mentais, visuais, auditivos e doentes renais crônicos circulem gratuitamente de ônibus, também foram debatidos. O evento contou com a participação de cerca de 40 pessoas. O analista de transporte e trânsito da BHTrans, Cláudio José Farias Fontes, esclareceu as várias formas de fiscalização dos agentes e apontou a implantação do BRT como um sistema que pretende melhorar a

3

Os novos analistas de políticas públicas (assistentes sociais e psicólogos) da Prefeitura de Belo Horizonte, que vão trabalhar na região Centro-Sul, participaram de uma capacitação introdutória, organizada pelo Núcleo de Gestão de Pessoas (Nugep), da Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social (Smaas). Como parte deste trabalho de qualificação, eles foram convocados para conhecer a estrutura da Regional Centro-Sul, incluindo o organograma. Também tomaram conhecimento dos territórios que abrangem a secretaria que

administra a região central da capital, com o gerente regional do Programa

de Transferência de Renda, Moacir Ricoy. Depois de conhecer a estrutura e o funcionamento da Regional Centro-Sul, os novos servidores municipais visitaram o programa BH Cidadania, na Vila Santa Rita de Cássia, na Barragem Santa Lúcia. Os 24 novos funcionários foram recepcionados na última semana, na sede da regional, no Centro, pelo secretário regional, Ricardo Ângelo, e pela secretária regional adjunta, Nilda Xavier, além do gerente regional de Políticas Sociais, Aloysio Barra, ao qual estarão diretamente subordinados.

28/06/2013 17:31:47


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

30

Sábado, 29 de junho de 2013

Indicadores Econômicos de Belo Horizonte Taxas de Juros – Maio de 2013

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1) Período

IPCR(2) Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

jan/13

397,59

2,38

2,38

Últimos 12 Meses 5,51

fev/13

396,80

-0,20

2,18

mar/13

398,78

0,50

2,69

Taxas médias praticadas(1)

Setores

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

400,33

2,01

2,01

Últimos 12 Meses 5,68

5,39

398,73

-0,40

1,60

5,24

5,60

401,12

0,60

2,21

5,36

Menor

Maior

Diferença (%)

Média

3,00

5,90

96,67

4,76

Prefixada (montadoras)

0,90

1,69

87,78

1,30

Prefixada (multimarcas)

1,47

1,88

27,89

1,68

1,61

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

Automóveis Usados

abr/13

400,74

0,49

3,19

5,75

403,29

0,54

2,76

5,35

Prefixada (montadoras)

1,19

2,20

84,87

mai/13

401,90

0,29

3,49

5,71

404,42

0,28

3,05

5,09

Prefixada (multimarcas)

1,44

2,33

61,81

1,81

3ª jun/13

408,49 (3)

0,29

3,73

6,02

409,18

0,30

3,16

5,03

Cartão de Crédito

4,14

20,48

394,69

12,69

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Cheque Especial (2) (8)

3,97

10,21

157,18

7,84

(2) IPCR= Índice de Preços ao Consumidor Restrito: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 5 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Combustíveis

3,67

12,34

236,24

7,87

Imóveis Construídos

0,15

1,75

1.066,67

1,10

Imóveis na Planta

0,15

1,60

966,67

0,64

0,75

3,40

353,33

2,11

CDC - Financeiro (8)

2,75

4,63

68,36

3,79

CDC - Bens Alienáveis (8)

1,26

1,93

53,17

1,40

Eletroeletrônicos

2,06

4,96

140,78

3,89

Mobiliário

1,21

5,48

352,89

2,92

5,93

15,27

157,50

12,40

Nacional

1,16

2,38

105,17

1,57

Internacional

1,17

2,38

103,42

1,71

0,99

7,15

622,22

3,28

Construção Civil (3) (7)

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Período

No mês

No ano

Últimos 12 Meses

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

Cesta Básica

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

IPCA(1)

Salário Mínimo

dez/12

388,35

960,02

Cesta Básica(2) 496,54

jan/13

397,59

1046,46

544,68

2,38

9,00

9,70

2,38

9,00

9,70

5,51

9,00

13,66

fev/13

396,80

1046,46

550,38

-0,20

0,00

1,05

2,18

9,00

10,84

5,39

9,00

20,64

Financeiras Independentes Turismo

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

0,50

0,00

1,21

5,74

14,13

7,84

5,74

14,13

7,84

mar/13

398,78

1046,46

563,60

0,50

0,00

2,40

2,69

9,00

13,51

5,60

9,00

25,42

abr/13

400,74

1046,46

578,77

0,49

0,00

2,69

3,19

9,00

16,56

5,75

9,00

29,20

mai/13

401,90

1046,46

578,52

0,29

0,00

-0,04

3,49

9,00

16,51

5,71

9,00

25,78

Vestuário e Calçados

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte (2) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38

Empréstimos pessoa jurídica

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Desconto de Duplicatas (8)

0,85

2,51

195,29

1,88

Capital de Giro (8)

1,08

3,18

194,44

1,91

Conta Garantida (8)

1,90

3,98

109,47

2,73

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis Residenciais Período

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

dez/12

Comerciais

Variação (%) No mês

442,95

No ano

0,80

7,60

Últimos 12 Meses 7,60

Índice de Base Fixa (Jul/94=100) 608,91

Captação

Variação (%) No mês 1,08

CDB 30 dias (4)

Últimos 12 Meses 10,77

No ano 10,77

0,58

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,66

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,13

0,47

261,54

0,32

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,40

0,57

42,50

0,49

jan/13

446,22

0,74

0,74

8,08

612,87

0,65

0,65

11,08

Poupança (5)

fev/13

447,56

0,30

1,04

7,79

617,77

0,80

1,46

10,71

Taxa SELIC (6)

mar/13

450,11

0,57

1,62

7,37

623,70

0,96

2,43

10,87

(1) Considera-se a média das taxas praticadas pelos informantes

(5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(2) Não são consideradas vantagens progressivas

(6) Média ponderada pela vigência

abr/13

452,00

0,42

2,04

7,42

627,57

0,62

3,08

11,08

(3) Inclui a variação dos indexadores CUB, TR, INCC e IGP-M

(7) Novo cálculo considerando o período dos índices que compõem a estimativa (8) Dados coletados a partir de informações consolidadas no Banco Central do Brasil

mai/13

454,72

0,60

2,66

6,78

631,39

0,61

3,69

10,31

0,43 0,61

(4) Taxa ANBID do primeiro dia útil do mês e projetada para 30 dias

.. Não se aplica dados numéricos

Tarifas Bancárias – Maio de 2013

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Maio de 2013

Forma de Cobrança

Produtos / serviços(1)

Imóveis

Apartamentos

Popular

Médio

Alto

Luxo

482,00 (15)

991,67 (6)

742,44 (28)

1278,89 (72)

Apartamento 2 Quartos

684,14 (81)

961,21 (112)

1115,50 (111)

2057,08 (154)

Apartamento 3 Quartos 1 Banho

818,33 (36)

968,75 (16)

1185,65 (23)

1595,45 (11)

1175,12 (43)

1316,53 (95)

1567,19 (205)

2447,11 (380)

(Z)

(2)

2081,82 (11)

2944,44 (9)

2270,00 (5)

2082,22 (9)

2578,16 (49)

4520,06 (166)

427,06 (17)

581,54 (13)

712,50 (4)

(Z)

566,47 (17)

672,00 (5)

(2)

(Z)

(1)

(Z)

(2)

(1)

772,59 (27)

896,30 (27)

1200,00 (6)

(1)

956,50 (20)

1200,00 (10)

(Z)

(Z)

1287,50 (24)

1738,89 (18)

2782,00 (15)

6100,00 (9)

Apartamento 3 Quartos 2 ou mais Banhos

Apartamento acima de 4 Quartos e 2 Banhos Barracão 1 Quarto Barracões Barracão 2 Quartos Casa 1 Quarto Casa 2 Quartos Casa 3 Quartos e 1 Banho Casa 3 Quartos e 2 ou mais Banhos

Casa 4 Quartos e 2 Banhos

Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

20,68

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por cliente

5,30

10,00

88,68

6,60

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por cliente

5,30

10,00

88,68

6,60

por Operação

28,50

52,00

82,46

42,64

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por cheque

10,35

15,00

44,93

11,68

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por cheque

1,00

1,50

50,00

1,27

CHEQUE - Cheque Administrativo

por Cheque

20,00

30,00

50,00

23,89 10,50

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

CHEQUE - Cheque Visado

por cheque

0,00

21,00

..

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por operação

2,00

3,00

50,00

2,18

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por operação

1,15

3,00

160,87

1,74

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por operação

1,15

2,15

86,96

1,50

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por operação

0,00

3,00

..

1,90

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (P)

por operação

2,00

6,00

200,00

3,09

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (E)

por operação

1,35

3,00

122,22

2,02

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (C)

por operação

1,20

1,45

20,83

1,32

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por operação

1,45

6,00

313,79

3,16

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por operação

1,35

4,00

196,30

2,17

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por operação

1,20

4,00

233,33

1,83

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por operação

4,40

6,00

36,36

5,15

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por operação

0,00

19,00

..

13,03

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por operação

0,00

9,50

..

7,04

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por operação

6,50

8,60

32,31

7,54

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por operação

1,00

2,00

100,00

1,21

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por operação

0,00

1,20

..

0,88

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por operação

23,80

27,00

13,45

24,98

Transferência por meio de DOC - DOC Pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,85

Transferência por meio de DOC - DOC eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,07

Transferência por meio de DOC - DOC internet (3)

por evento

6,50

8,60

32,31

7,52

Transferência por meio de TED - TED pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,85

Transferência por meio de TED - TED eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,07

Transferência por meio de TED - TED internet (3)

por evento

0,00

8,60

..

7,59

por operação

30,00

51,80

72,67

43,26

por evento

9,50

18,00

89,47

11,98

a cada 365 dias

24,00

54,00

125,00

44,00

Fornecimento de 2ª via de cartão com função crédito

por evento

0,00

15,00

..

6,52

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no país

por evento

4,00

15,00

275,00

8,16

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

2262,50 (8)

(1)

(3)

(Z)

3154,55 (11)

(3)

4586,36 (11)

8223,26 (43)

(*) O valor entre parênteses representa o número de imóveis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, somente são publicados valores médios obtidos a partir de quatro imóveis pesquisados. Os casos em que não foi pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamentos de 1 e 2 quartos da classe luxo são influenciados pela oferta de Flats.

Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA CARTÃO DE CRÉDITO (3) Anuidade - cartão básico nacional

Pagamento de contas utilizando a função crédito em espécie

por evento

1,99

16,00

704,02

9,75

Avaliação emergencial de crédito

por evento

15,00

18,00

20,00

15,63

a cada 365 dias

0,00

90,00

..

86,67

por evento

7,90

30,00

279,75

15,27

Anuidade - cartão básico internacional Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no exterior

(2) Considera-se a média das tarifas praticadas pelos bancos pesquisados

(1) Não são consideradas vantagens progressivas

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Fonte: Banco Central do Brasil / Bancos - Dados trabalhados pela Fundação IPEAD/UFMG

..

Não se aplica dados numéricos

Valores (em R$)

No mês

Açúcar cristal

3,00 kg

4,29

0,03

Arroz

3,00 kg

7,02

-0,01 0,16

Produto

No ano

Últimos 12 Meses

Contribuição na variação (p.p.)

ICCBH(1)

IEE(2)

IEF(3)

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

Banana caturra

12,00 kg

24,93

dez/12

138,81

203,31

118,23

3,00

0,45

4,49

-0,04

5,05

-2,61

-0,04

5,05

-2,61

Batata inglesa

6,00 kg

25,92

0,99

jan/13

131,64

192,46

112,19

-5,16

-5,33

-5,10

-5,16

-5,33

-5,10

-3,39

-0,78

-4,75

Café moído

0,60 kg

7,78

-0,03

fev/13

127,73

188,57

108,28

-2,97

-2,02

-3,49

-7,98

-7,25

-8,41

-6,24

-4,44

-7,22

Chã de dentro

6,00 kg

104,80

0,54

Farinha de trigo

1,50 kg

3,86

0,02

Feijão carioquinha

4,50 kg

31,54

0,67

7,50 lt

16,77

0,11

750,00 gr

15,86

0,04

Óleo de soja

1,00 un

3,02

-0,08

Pão francês

6,00 kg

47,70

0,08

Tomate Santa Cruz

9,00 kg

41,65

-2,54

mar/13

127,44

182,14

117,42

-0,22

-3,41

8,44

-8,19

-10,41

-0,68

-7,00

-8,45

0,14

abr/13

127,26

186,24

114,73

-0,14

2,25

-2,30

-8,32

-8,40

-2,96

-4,50

-3,15

0,29

Leite pasteurizado

mai/13

126,66

178,20

118,29

-0,47

-4,32

3,10

-8,75

-12,35

0,05

-4,52

-6,82

3,81

Manteiga

(1) ICCBH: Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte: trata-se de um indicador que tem por finalidade sintetizar a opinião dos consumidores em Belo Horizonte quanto aos aspectos capazes de afetar as suas decisões de consumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Econômica: retrata a expectativa do consumidor em relação aos indicadores macroeconômicos (3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a confiança do consumidor a respeito de alguns indicadores microeconômicos FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

dom 4341.indd 30

Quantidade

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100)

ND: não disponível

Custo da Cesta Básica(*) – Maio de 2013

Índice de Confiança do Consumidor

Período

Média(2) (R$)

CONTAS DE DEPÓSITOS

PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

Casa 4 Quartos e até 2 Banhos

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%)

CADASTRO

Apartamento 1 Quarto

Apartamento 4 Quartos e até 2 Banhos

Casas

ND - não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

(*) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38 FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

28/06/2013 17:31:49


Poder Executivo Sábado, 29 de junho de 2013

BELO HORIZONTE

Diário Oficial do Município

Odilon Behrens participa de simulado para atendimento de múltiplas vítimas

31

Telefones úteis em Belo Horizonte

HOB

Serviços gerais • Atendimento ao cidadão – 156 • Atendimento ao cidadão fora da cidade de Belo Horizonte - (31) 3429-0405 • Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BH) – 156 • Defesa Civil – 199 • Limpeza urbana – 156 • Correios – 3003-0100 • Disque previsão do tempo – 3291-1494 • Lig Minas (Atendimento telefônico do Governo do Estado) – 155 Turismo • Alô Turismo - 156 (BH) e 3429-0405 (outros locais) • Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur) – 32779754 • Associação Brasileira de Agências de viagem – 3213-3433 • Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (ABRAJET) – 9236-0358 • Associação Brasileira de Hotéis – 3261-2233 • Associação Federativa de Executivas de Turismo (AFEET) – 3281-9222 Saúde • Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu) – 192 • Centro Metropolitano de Especialidades Médicas - Santa Casa - 32388037 e 3238-8048 • Hospital Risoleta Tolentino Neves – 3459-3200 • Hospital Municipal Odilon Behrens – 3277-6198 e 3277-6199 • Hospital João XXIII – 3239-9200 e 3239-9300 • Hospital Alberto Cavalcanti – 3469-1860 e 3469-1812 • Hospital Júlia Kubitschek – 3389-7800 • Hospital das Clínicas –  3248-9300 • Hospital Infantil João Paulo II (Fhemig) - 3239-9000

Treinamento contou com médicos e enfermeiros do Samu de Paris, referência em atendimento durante catástrofes

O Hospital Municipal Odilon Behrens (HOB) participou, em conjunto com outros três hospitais da capital, com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), Guarda Municipal e BHTrans, de um Simulado com Múltiplas Vítimas, no estádio Mineirão. O treinamento contou com a presença de médicos e enfermeiros do Samu de Paris, referência em atendimento durante catástrofes. Cento e cinquenta atores simularam uma briga entre torcidas e um acidente envolvendo um desabamento de arquibancada. Militares do Corpo de Bombeiros prestaram os primeiros socorros às vítimas, que foram carregadas em macas pelos corredores, levadas até uma área externa do estádio e distribuídas em lonas vermelhas, amarelas e verdes. Esse procedimento segue o protocolo de Manchester, que relaciona a cor com a gravidade do quadro clínico do paciente. “Com a classificação a gente salva mais vidas porque conseguimos colocar o paciente certo, na hora certa, no lugar certo e fazer o primeiro atendimento no posto médico avançado. Se pegarmos todas

as vítimas e as encaminharmos para um hospital sem essa classificação, vamos levá-las para um local que não tem capacidade de resolver”, disse Rasível dos Reis, coordenador de Urgência e Emergência da Secretaria Estadual de Saúde. Os atores foram conduzidos para tendas montadas também na área externa do Mineirão, onde médicos e enfermeiros do Samu fizeram os primeiros atendimentos. “Neste local eles recebem soro, analgésicos, drenam o tórax, controlam hemorragia e fazem imobilização cervical ou de fratura que está desalinhada,” disse a superintendente do HOB, Paula Martins. Dois helicópteros trabalharam no simulado e 40 ambulâncias ficaram posicionadas na porta do estádio para fazer o transporte das vítimas e encaminhá-las aos hospitais Odilon Behrens, João XXIII e Risoleta Neves. O coordenador de plantão do HOB, o médico Carlos Henrique Vasconcelos Pires, foi acionado pelo Samu cerca de 10 minutos após o início do simulado e imediatamente ativou o plano de gerenciamento de crise para atendimento de múltiplas vítimas. Uma médica triadora

foi designada para fazer a triagem dos pacientes na área de chegada das ambulâncias, através da classificação de risco de Manchester, modificada para as situações de catástrofes. Segundo o gerente de Atenção Cirúrgica Adulto, o médico Bruno Belezia, a sala de emergência foi evacuada e os pacientes que se encontravam estáveis foram transferidos para a enfermaria do AVC e os da Observação II, na sua totalidade, foram levados para as enfermarias da Clínica Cirúrgica do 2° andar. A portaria principal do HOB foi esvaziada e fechada, e todos os setores comunicados para iniciarem o que estava escrito em seus cartões de ação, o que possibilitou a desocupação de leitos de terapia intensiva e de salas no bloco cirúrgico. De acordo com a diretora de Atenção Ambulatorial e de Urgência, Celeste Dantas, o esforço de todos trouxe resultados positivos. “Tivemos diversos encontros antes deste simulado com profissionais especialistas em catástrofes tanto da França quanto de Portugal e o resultado foi surpreendente. Nossa equipe agiu de forma coesa e empenhada e o resultado foi o sucesso no transcorrer do treinamento”, destacou.

Transporte/ Aeroportos • Terminal Rodoviário de Belo Horizonte – 3271-3000 e 3271-8933 • Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) – 156 e (31) 3429-0405 (de outras localidades) • Aeroporto da Pampulha - 3490-2001 • Aeroporto Carlos Prates - 3462-6455 • Aeroporto Internacional de Confins - 3689-2701 e 3689-2702 • Estação Ferroviária – 0800-285 7000 • Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) / Metrô BH – 3250 – 3901 • Táxi BH – 0800-0301414 • Ônibus convencional para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves – 3271-1335 • Ônibus executivo para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves – 3274-5152 Segurança • Polícia Civil de Minas Gerais – 197 • Polícia Militar do Estado de Minas Gerais - 190 • Polícia Rodoviária Federal – 191 • Polícia Federal – Passaporte – 3291-2359 e 3291-6845 • Polícia Rodoviária Estadual – 2123-1903 • Guarda Municipal – 3277-4241 e 3277-4335 • Corpo de Bombeiros – 193 • Departamento de Estradas e Rodagem (DER) – 155 • Departamento de Trânsito (Detran) – 0800 – 940 2000 • Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais – 193

• Aeroporto Internacional Tancredo Neves – Confins (Rodovia MG-10, Confins) – Funciona diariamente 24h. Contato: 3689-2557 • Centro de Referência Turística Álvaro Hardy – Veveco (Av. Otacílio Negrão de Lima, 855, São Luiz) – De segunda a domingo, das 8h às 18h. Contato: 3277-9987   • Aeroporto da Pampulha (Praça Bagatelle, 204, Pampulha) – Funciona das 8h às 17h. Contato: 3246-8015

dom 4341.indd 31

• Mercado das Flores / Parque Municipal (Av. Afonso Pena, 1.055, Centro) – Aberto de segunda a sexta das 8h às 20h. No sábado e no domingo, das 8h às 17h. Contato: 3277-7666 • Rodoviária (Praça Rio Branco, Centro) – Funciona das 8h às 22h. Contato: 3277-6907

8h às 18h, domingo, das 8h às 13h, e segunda a sexta, das 9h40 às 18h. 3277-4691 • Serviço de Concierge e Informação Turística BH Shopping (Rodovia BR356, 3.049, Belvedere) – Aberto das 10h às 22h. Contato: 3228-4212

• Belotur (Rua Pernambuco, 282, Funcionários) – Funciona de segunda a sexta das 8h às 18h. Telefone: 3277-9754

• BH Resolve (Avenida Santos Dumont, 363 e rua Caetés, 342, Centro) – Atendimento presencial (das 8h às 18h de segunda a sexta) e pelo telefone 156

• Mercado Central (Avenida Augusto de Lima, 744, Centro) – Sábado, das

• Posto Móvel -   próximo à Igrejinha da Pampulha, das 10 às 19h

Robson Vasconcelos

Funcionamento dos Postos de Informações Turísticas

28/06/2013 17:31:52


BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município

32

Studio Casagrande

Trabalho de prevenção de riscos de desastres naturais da PBH é reconhecido pela ONU

Poder Executivo Sábado, 29 de junho de 2013

Como acessar os pontos de internet gratuitos em BH • É possível fazer o uso dos hotspots, os pontos de acesso livre à internet, utilizando notebook, tablet ou celular, todos com placa de rede sem fio ou WiFi. • Os usuários podem acessar a internet gratuitamente, podendo navegar por tempo indeterminado no site da Prefeitura de Belo Horizonte (www.pbh.gov.br) e por tempo limitado a três horas diárias em outras páginas. • Para acessar a internet em um hotspot, o usuário deve acessar a rede BH Digital e preencher um cadastro, que pode ser feito por meio de um procedimento muito simples e rápido. • Ao acessar o hotspot, o cadastro é exibido automaticamente na tela. Para o cadastro é preciso informar nome, data de nascimento, e-mail, endereço, telefone e o número do CPF. Para os estrangeiros, vale o número do passaporte. • Os hotspots estão ativos em sete praças, quatro parques, 17 espaços públicos e 23 vilas e aglomerados da capital.

Onde acessar Parques e Praças

Belo Horizonte recebeu o prêmio Sasakawa em maio, em cerimônia realizada na Suíça

Ações de preparação e recuperação realizadas pela Coordenadoria Municipal da Defesa Civil com a ajuda da população é agraciado com o prêmio Sasakawa

dom 4341.indd 32

tração municipal. A Prefeitura também mantém parcerias com diversas instituições privadas nas áreas de educação, com o Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH), e engenharia, com a Associação Brasileira de Mecânica dos Solos (ABMS), o Instituto Brasileiro de Avaliação e Perícia de Engenharia de Minas Gerais (Ibape) e a Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria (Abece).

Divino Advincula

Grupo Executivo de Área de Risco (Gear), que desenvolve ações e intervenções emergenciais da PBH para serem realizadas durante o período de chuvas. Outra ação é o Programa Estrutural em Área de Risco (Pear), que durante todo o ano realiza vistorias em 100% das áreas solicitadas para diagnosticar situações de risco e indicar medidas corretivas que possam ser realizadas pelos moradores ou pela adminis-

Breno Pataro

O conjunto de ações de prevenção, preparação e recuperação de áreas para reduzir riscos de desastres naturais conduzido pela Prefeitura de Belo Horizonte foi agraciado, em maio, com o prêmio Sasakawa 2013, da Organização das Nações Unidas (ONU). Realizada pela Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, a série de ações unifica todos os órgãos da Prefeitura e conta com a ajuda da população e de empresas da iniciativa privada. O prêmio foi compartilhado com um consórcio de ONGs de Bangladesh e com a organização TDMMO, de Teerã, capital do Irã. O concurso reconhece o trabalho de personalidades, cidades e municípios, instituições e projetos com um prêmio de 50 mil dólares. Durante todo o ano, a PBH rea­liza inspeções dos locais mais vulneráveis da cidade. Em áreas de alto risco, a administração municipal reassenta famílias em moradias públicas seguras, como no caso do programa Vila Viva, por meio do qual a Prefeitura constrói conjuntos de apartamentos para a instalação dessas famílias. Além disso, os Núcleos de Defesa Civil (Nudecs) emitem alertas e reforçam medidas de prevenção e os Núcleos de Alerta de Chuvas (Nacs), grupos comunitários que moram ou trabalham em áreas inundáveis, atuam como agentes que alertam outros moradores para situações de risco. A população tem disponível o telefone 199 para comunicar, durante 24 horas por dia, nos sete dias da semana, as ocorrências de enchentes, inundações e deslizamentos e também solicitar vistorias em ruas, terrenos, casas, prédios e outras edificações. Há também o

• Parque Ecológico da Pampulha (avenida Otacílio Negrão de Lima, 7.111, Pampulha) • Parque das Mangabeiras (avenida José do Patrocínio Pontes, 580, Mangabeiras) • Parque Municipal (avenida Afonso Pena, 1.377, Centro) • Parque Serra do Curral (avenida José do Patrocínio Pontes, 1.951, Mangabeiras) • Praça da Assembleia (avenida Olegário Maciel, 2.050, Santo Agostinho) • Praça da Estação (avenida dos Andradas, 367, Centro) • Praça Floriano Peixoto, no bairro Santa Efigênia • Praça da Liberdade, no bairro Funcionários • Praça do Papa, no bairro Mangabeiras • Praça Sete, no Centro • Praça Raul Soares, no Centro

Acesso Público • Arquivo Público (rua Itambé, 227, Floresta) • BH Desemprego (rua Gonçalves Dias, 1.922, Lourdes) • BH Resolve (avenida Santos Dumont, 363, Centro) • BHTrans (avenida Engenheiro Carlos Gourlart, 900, Buritis) • Casa do Baile (avenida Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha) • Centro de Apoio Comunitário Alto Vera Cruz (rua Padre Júlio Maria, 1.550, Alto Vera Cruz) • Centro de Cultura de Belo Horizonte (rua da Bahia, 1.149, Centro) • Centro de Referência Audiovisual (rua Álvares Cabral, 560, Centro) • Centro de Recondicionamento de Computadores (rua José Clemente Pereira, 440, Ipiranga) • Defesa Civil Municipal (rua dos Goitacazes, 1.752, Centro) • Expominas (avenida Amazonas, 6.030, Gameleira) • Fundação Municipal de Cultura (rua Sapucaí, 571, Floresta) • Guarda Municipal BH (avenida dos Andradas, 881, Santa Efigênia) • Museu de Arte da Pampulha (avenida Otacílio Negrão de Lima, 16.585, Pampulha) • Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro) • Rodoviária (Praça Rio Branco, 100, Centro) • Zoológico (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Bandeirantes)

Vilas e aglomerados

Premiação

O prêmio Sasakawa, realizado bienalmente, é concedido ao projeto mais inovador com base em ações integradas para a redução do risco de desastres naturais. Entre os vencedores deste ano, Belo Horizonte e Bangladesh receberam um prêmio de 20 mil dólares cada um, enquanto Teerã ficou com 10 mil dólares. Os municípios de São Bernardo, nas Filipinas, e Kasrlstad, na Suécia, também tiveram seus esforços para a prevenção de desastres naturais reconhecidos por meio de diplomas de mérito.

• Jardim Leblon • Jardim Guanabara • Mariano de Abreu • Morro do Papagaio • Pedreira Prado Lopes • Vila Antena • Vila Aparecida • Vila Cabana • Vila Cemig • Vila Conceição • Vila Fazendinha

• Vila Fátima • Vila Havai • Vila Ipiranga • Vila Jaqueline • Vila Mantiqueira • Vila Marçola • Vila Novo São Lucas • Vila Ouro Preto • Vila Pompéia • Vila Santana Cafezal • Vila Taquaril • Vila Vera Cruz

28/06/2013 17:31:56

DOM - 29/06/2013  

Diário Oficial do Município

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you