Page 5

BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

Quarta-feira, 8 de maio de 2013

Mais de 3 mil pessoas se reúnem em passeata contra a dengue no Barreiro Com o intuito de mobilizar os moradores, mais de 3 mil alunos das 28 escolas municipais do Barreiro realizaram uma passeata no final de abril pelas ruas da região. A caminhada teve como lema “Sempre é hora de combater a dengue!” e faz parte de uma ação que visa

frente à Escola Municipal Isaura Santos e a Ruas das Petúnias, na Escola Municipal Professor Melo Cançado. Durante a passeata, os alunos foram acompanhados por um carro de som e agentes de controle de endemias. A agente de combate a en-

Cátia Fraga

conscientizar a população a manter uma vigilância constante para o combate à dengue. A passeata contra a dengue partiu de cinco pontos estratégicos, como o parque ecológico da Vila Pinho, a avenida Perimetral II, no Vale do Jatobá, a rua Hoffman, em

demias do Centro de Saúde Santa Cecília, Suellem Stefanie Martins, conta que este tipo de evento com as crianças é muito bom. “Elas conseguem fazer com que os pais mudem hábitos em casa e fiquem mais vigilantes”, ressaltou. A proposta era mostrar, juntamente com os alunos, que a dengue é uma virose resultante do comportamento das sociedades urbanas e independentemente da classe social à qual o indivíduo pertença, ele pode adoecer. Fazer a conscientização da população sobre o papel essencial de cada um no combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti e demonstrar que atitudes concretas e cotidianas tornam possíveis a erradicação desse vetor foram as estratégias adotadas pelos organizadores do evento.

Premiação

Passeata partiu de cinco pontos estratégicos da região

O projeto, de ação integrada de combate à dengue, foi promovido pela Gerência Regional de Educação em parceria com a Gerência Regional de Saúde e sua equipe de zoonoses, que além da passeata promoveu nas escolas o 1º Concurso Escolar sobre a dengue, que premiou os melhores slogan, redação e desenho. O primeiro lugar na categoria Desenho Nível 1 da Educação

Gerências de Educação e de Políticas Sociais estão lado a lado no combate à dengue na região Noroeste

dom 4306.indd 35

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Recursos Humanos (Smarh), em parceria com a Unimed-BH ofereceu aos funcionários da Sudecap na sexta, dia 3, a oportunidade de se vacinarem gratuitamente contra a gripe. A iniciativa da Saúde Mais - Programa de Atenção à Saúde e Segurança do Servidor atendeu todos os empregados que tiveram interesse em receber a imunização. A vacinação aconteceu na sede da Sudecap, no bairro Funcionários. A assistente administrativa Ludmila Freire comentou sobre a campanha de vacinação para os empregados. “É importante porque mantém a saúde dos funcionários. Assim eles podem ter um desempenho melhor no trabalho. É sempre bom poder evitar uma gripe”, disse. Enfermeira responsável pela aplicação da vacina, Albanira Pereira Viana acredita que todos deveriam tomar essa vacina. “A gripe chega para todos e, com a vacina, esse vírus pode ser evitado” afirmou. A vacina não protege contra o resfriado comum, nem sintomas de alergia que podem surgir no período de inverno. Além disso, a vacina leva algumas semanas para produzir anticorpos. Dessa forma, o recém-vacinado pode ainda estar vulnerável. Após um período de duas semanas, a maioria das pessoas já estará protegida por um ano. 

teatro, assembleia, oficinas de reciclagem e reutilização de materiais, contribuem para conscientizar a comunidade escolar da importância da participação de todos no combate à dengue.

Rute de Santa

Objetivo é mobilizar e conscientizar a comunidade sobre os cuidados necessários

gue junto com os setores de Saúde e Políticas Sociais”, disse. Para Maria Helena, professora e coordenadora da Escola Integrada da Escola Municipal Carlos Góis, atividades como palestra,

Infantil, foi conquistado pelo aluno Arthur Mendonça, da Escola Municipal José Braz. Na categoria Desenho Nível 2, a vencedora foi a aluna Maria Eduarda de Souza Santos, da Escola Municipal Ana Alves Teixeira. Com o slogan “Água parada é Dengue na jogada!” o aluno Adryan Henrique de Oliveira Matos, da Escola Municipal União Comunitária ficou com o primeiro lugar. Na categoria Redação – 3º Ciclo, a vencedora foi a aluna Sarah dos Santos Silva Lima, da Escola Municipal CIAC Lucas Monteiro Machado. Os trabalhos foram avaliados por uma comissão, constituída pelos organizadores, considerando os critérios definidos anteriormente em regulamento. Para Jeane Botinha, coordenadora de projetos especiais da Gerência Regional de Educação, o projeto tem caraterísticas de intersetorialidade, e começou com um ciclo de palestras para que as crianças realmente compreendam o que é a dengue, como é o mosquito causador e como nos prevenir. “O resultado deste projeto foi um sucesso, pois para a realização deste evento aconteceu uma junção de ideias, opiniões e esforços, que deu certo”, ressaltou.

Funcionários da Sudecap são imunizados contra a gripe

Gercom Noroeste

A Gerência de Educação da Regional Noroeste e o BH Cidadania Pedreira Prado Lopes realizaram na última semana uma passeata pelas ruas e vielas do aglomerado com o objetivo de mobilizar e conscientizar a comunidade sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti e ajudar na erradicação da dengue na região. A concentração aconteceu no Centro de Saúde da Pedreira Prado Lopes (rua Escravo Isidoro, 601). Alunos da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Pedreira Prado Lopes e das escolas municipais Carlos Góis e Belo Horizonte iniciaram a caminhada pela rua Serra Negra e desceram a avenida José Bonifácio. Durante a caminhada alunos e professores das escolas municipais Honorina de Barros e José Diogo de Almeida Magalhães se uniram aos demais e seguiram até a praça do Conjunto IAPI. Cerca de 200 crianças participaram do evento, que contou com o apoio da Polícia Militar de Minas Gerais, do Mobiliza SUS e de representantes da área da saúde. Para Elaine Campos, da Gerência Regional de Educação, as crianças, quando passam pela rua, chamam atenção. “Ninguém resiste em receber um panfleto das mãos de uma criança ou adolescente e quando estão em uma passeata uniformizados, o impacto ainda é maior. Por isso, acho fundamental a participação da Educação nesta campanha de enfrentamento à den-

35

Ponto de partida

No início do ano, a Gerência Regional de Educação desenvolveu o projeto “Prevenir e Mobilizar para a Dengue acabar”. O projeto foi discutido e enriquecido pelas escolas com o objetivo de efetivar ações relacionadas ao combate à dengue envolvendo alunos, professores e membros da comunidade escolar. Deste projeto nasceram trabalhos interessantes como confecção de máscaras, cartazes e cartilhas, além de atividades de caráter lúdico e informativo. Os alunos envolvidos ainda desenvolveram e assistiram a várias peças teatrais que abordavam o tema e participaram de palestras e passeatas coordenadas pelos BH Cidadania/ Centros de Referência da Assistência Social (Cras) Pedreira Prado Lopes e Vila Senhor dos Passos.

07/05/2013 18:39:37

DOM - 08/05/2013  

Diário Oficial do Município

Advertisement