Issuu on Google+

Ano XIX • N. 4.290

R$ 0,85

Diário Oficial do Município - DOM

Tiragem: 2.500 • 13/4/2013

Atrativos turísticos e culturais de BH são destaques em evento no Uruguai Velhos conhecidos

Capital mineira apresentará sua infraestrutura, dados de sua preparação para a Copa do Mundo e também a tradicional gastronomia no Goal to Brasil, que será realizado em Montevidéu e evidenciará atrativos das sedes do Mundial

os preparativos da capital mineira para a Copa das Confederações, em 2013, e para a Copa do Mundo, em 2014. Belo Horizonte está pronta para receber os visitantes,

com a hospitalidade que todos já conhecem”, salientou Camillo Fraga, secretário municipal Extraordinário da Copa do Mundo. O Goal to Brasil irá receber

A Seleção Uruguaia e atletas daquele país têm uma grande ligação com Belo Horizonte. Na Copa do Mundo de 1950, conquistada pelo Uruguai, o país vizinho iniciou sua campanha rumo ao título no estádio Independência, no Horto, goleando a Bolívia por 8 a 0. Além disso, os principais clubes uruguaios, Peñarol e Nacional, disputaram várias partidas na cidade contra as equipes da capital. E jogadores de prestígio no futebol vizinho já atuaram por clubes mineiros, casos de Mazurkiewicz e Cincunegui, no Atlético, e Pablo Forlan e Victorino, no Cruzeiro. O ex-atacante Revetria, destaque do Cruzeiro na conquista do Campeonato Mineiro de 1977, foi convidado para se juntar aos anfitriões de Minas no Goal to Brasil. O Uruguai pode atuar em Belo Horizonte na semifinal da Copa das Confederações caso termine a primeira fase em segundo lugar no seu grupo, o B. Se o Brasil for líder do grupo A, os dois vizinhos vão se enfrentar no Mineirão, no dia 26 de junho. Além dessa semifinal, a capital mineira receberá os jogos entre Taiti e Japão, no dia 17, e Japão e México, no dia 22.

agentes de viagens, mídia geral e especializada, formadores de opinião, autoridades locais e investidores que terão também a oportunidade de apreciar a culinária mineira, que será preparada pelo chef de cozinha Frederico Trindade. Haverá, ainda, degustação de pão de queijo, cachaça e doces de frutas cristalizadas. Além disso, os convidados terão a oportunidade de ouvir o som do cantor e compositor Vander Lee.

Breno Pataro

Belo Horizonte é a cidade em destaque na próxima edição do Goal to Brasil, que vai acontecer na quinta, dia 18, no Radisson Montevideo Victoria Plaza Hotel, em Montevidéu, capital do Uruguai. Atrativos culturais e turísticos da capital mineira, como o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, além da gastronomia local, serão apresentados durante o encontro promovido pelo Governo Federal, através da Embratur. A cada edição do Goal to Brasil, uma das 12 cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014 fica em evidência - no entanto os atrativos das demais cidades também têm a oportunidade de serem apreciadas pelo público. Outras edições já foram realizadas em países como Inglaterra, Alemanha, Itália, Canadá e Espanha. De acordo com o presidente da Belotur, Mauro Werkema, a América do Sul é a grande aposta de fluxo turístico para os grandes eventos esportivos dos próximos anos. “Apresentaremos nossos atrativos turísticos e culturais, além de nossos roteiros para os operadores Fifa e agentes de viagem do país vizinho”, frisou Werkema. “Essa será uma importante oportunidade para mostrar, principalmente aos uruguaios, a infraestrutura e

BELO HORIZONTE

Portal das copas das Confederações e do Mundo

Com o intuito de reunir em um só lugar os principais atrativos de Minas Gerais, o Governo de Minas, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, lançou em março o novo portal oficial das copas das Confederações e do Mundo (www.belo2014.com.br). O portal disponibiliza um guia completo com tudo o que o turista precisa saber para planejar sua temporada em Belo Horizonte e em mais 12 cidades mineiras, como Brumadinho, Cordisburgo, Diamantina, Mariana, Ouro Preto, Sabará, São João del Rei e Tiradentes. Além do turismo, o portal destaca informações sobre as seleções e as partidas, festas e eventos da Fifa em Belo Horizonte.

Amistoso da Seleção Brasileira

Conjunto Arquitetônico da Pampulha será um dos locais destacados na capital uruguaia

dom 4290.indd 1

Carlos Avelin

Carlos Avelin

As vendas de ingressos para o amistoso entre Brasil e Chile, que será realizado no dia 24, no Mineirão, começaram na sexta, dia 12, às 10h, somente pela internet. Para adquirir as entradas para o jogo, basta acessar o site futebolcard.com. Os preços variam entre R$ 50 e R$ 300, e os camarotes serão vendidos através deste site. As entradas serão negociadas nas bilheterias a partir das 10h de quarta-feira, dia 17, nas sedes do Cruzeiro (no Barro Preto e na sede campestre) e na Arena Mineirão. Cada torcedor poderá comprar três ingressos, com a comprovação da carteira de identidade. Para a meia-entrada, a venda é restrita a um ingresso por torcedor e será necessária a apresentação do documento na bilheteria e na entrada do estádio.

Montividéu é um destino turístico muito procurado por brasileiros

12/04/2013 18:41:28


BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município

2

Poder Executivo Sábado, 13 de abril de 2013

Bárbara Dutra

Café com Música terá apresentações gratuitas do músico

Gustavo Maguá O cantor e violonista Gustavo Maguá apresentará nas próximas quartas, dias 17 e 24, no Café com Música, todo o gingado com o qual se faz um samba de primeira. Além de cantar e tocar as suas influências, como Noel Rosa, Demônios da Garoa, Waldir Azevedo e Clara Nunes, o músico também apresentará seu trabalho autoral, uma mistura de samba e samba-rock. O pocket show será realizado às 19h30, no Café do Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro). O acesso é gratuito. Referência no cenário do samba em Minas Gerais, Gustavo Maguá tem apresentado o seu trabalho também fora do estado. Em 2011, lançou seu primeiro álbum, “Samba Rock Gafieira”, com shows em São Paulo e Salvador. Ele já se apresentou ao lado de Rai Medrado, Beto Lopes, André “Limão” Queiroz e Leonardo Brasilino. Na sua trajetória, participações em projetos como Conexão Vivo, Samba do Bem “Gafieira” e Samba Bate Outra Vez. Em outubro de 2010, o sambista abriu os shows de Aline Calixto e Martinho da Vila. O músico também integra a Orquestra Cabaré, composta por renomados artistas mineiros.

Delegação sul-africana conhece programa de coleta seletiva de BH Belo Horizonte por meio da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU). Os representantes do governo sul-africano acompanharam, na sede da PBH, no Centro, uma apresentação técnica sobre o sis-

Fotos: SLU

Uma delegação do Departamento de Assuntos Ambientais da África do Sul esteve na capital mineira nesta semana para conhecer o programa de coleta seletiva desenvolvido pela Prefeitura de

Comitiva viu, na prática, o trabalho feito em parceria com as associações de catadores

dom 4290.indd 2

tema de gestão de resíduos, com participação de técnicos da SLU, da Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais e do Fórum Municipal Lixo e Cidadania. Na tarde de terça, dia 9, a comitiva viu, na prática, o trabalho feito em parceria com as associações de catadores. Em visita técnica a um dos galpões cedidos pela Prefeitura à Comunidade Associada para Reciclagem de Materiais da Região da Pampulha (Comarp), o grupo conheceu todo o processo de separação dos materiais a partir do momento em que chegam ao galpão, trazidos pelos caminhões da coleta seletiva, passando pela separação por tipos, até a preparação dos fardos para comercialização. Do galpão de triagem, a delegação seguiu para um dos 95 Locais de Entrega Voluntária (LEVs) instalados na cidade, onde a população descarta os materiais recicláveis em contêineres identificados por cores, de acordo com o tipo de material. O objetivo da delegação estrangeira foi conhecer algumas experiências brasileiras de coleta seletiva em parceria com cooperativas e associações. Durante a visita, foi ressaltado o fato de que a coleta porta a porta e ponto a ponto é bastante exitosa e que é possível adaptar o modelo para aprimorar e ampliar o sistema sul-africano de reciclagem. A diretora geral adjunta de Química e Gestão de Resíduos do Departamento de Assuntos Ambientais da África do Sul, Nolwazi Cobbinah, explicou que, em Pretoria, a seleção dos materiais para reciclagem é muito limitada e feita diretamente nos aterros sanitários e nos lixões, que em muitos casos são clandestinos. Chefe da Divisão de Coleta Seletiva da SLU, Vanúzia Amaral lembrou que em Belo Horizonte essa prática não existe desde 1975, quando foi inaugurado o primeiro aterro sanitário da capital, na BR-040.

Mais de 400 vagas para cursos e empregos são oferecidas nos postos municipais do Sine A Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego oferece que novas oportunidades de inserção no mercado formal de trabalho, que podem ser encontradas nos postos do Sine gerenciados pela Prefeitura de Belo Horizonte. As vagas são para os cargos de auxiliar de cozinha, açougueiro, auxiliar contábil, auxiliar de limpeza, cabista, gerente de restaurante, motorista de ônibus urbano, operador de caixa, servente de obras, técnico de enfermagem e camareira de hotel. O programa Melhor Emprego disponibiliza aos cidadãos cursos gratuitos em diversas áreas, como Alimentação, Beleza e Serviços. Os cursos de Doces, Bombons e Trufas; Como Montar o seu Próprio Negócio na Área de Culinária; Depilação; Bordados: Ponto Cruz e Bainha Aberta e Editor de Planilhas (Excel Avançado), entre outros, estão com as matrículas abertas. Os cursos do Pronatec também estão disponíveis para o cidadão realizar as matrículas nos postos do Sine da PBH. Alguns cursos que se destacam são os de Carpinteiro de Obras, Pintor de Imóveis, Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Joalheiro, Serígrafo, Vitrinista, Mecânico de Motores a Diesel, Montador e Reparador de Computadores, Auxiliar de Recursos Humanos, Agente de Informações Turísticas e Cuidador Infantil. Todos os cursos são gratuitos e oferecem aos candidatos matriculados auxílio transporte, alimentação e material didático. Os interessados deverão comparecer a um dos quatro postos municipais do Sine, apresentando carteira de trabalho, CPF, carteira de identidade, PIS/Pasep/NIT/NIS e o comprovante de endereço.  

Endereços dos postos municipais do Sine

  • Sine Barreiro: Rua Barão de Coromandel, 982, Barreiro, das 8h às 17h. • Sine BH Resolve: Rua Caetés, 342, Centro, das 8h às 18h. • Sine Niat: Rua Espírito Santo, 505, 1º andar, Centro, das 8h às 17h. • Sine Venda Nova: Rua Padre Pedro Pinto, 1.055, Venda Nova, das 8h às 17h.   Para mais informações, a Prefeitura coloca à disposição dos cidadãos o telefone 156 e o site www.pbh.gov.br/melhoremprego.

12/04/2013 18:41:33


Poder Executivo Sábado, 13 de abril de 2013

BELO HORIZONTE

Diário Oficial do Município

3

Secretaria de Recursos Humanos promove campanha da voz em escola da região Centro-Sul o Centro de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação, ligado à Secretaria Municipal de Educação, e com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família da região Centro-Sul, ligado à Secretaria Municipal de Saúde. As atividades serão realizadas na Escola Municipal Maria das Neves, no bairro São Lucas, na região Centro-Sul, e são voltadas para todos os servidores da unidade de ensino, especialmente aqueles que fazem constante uso da voz no dia a dia profissional. A Campanha Municipal da Voz, que faz parte do Programa de Saúde Vocal, coordenado pela Gerência de Saúde e Segurança do Trabalho da Smarh, será aberta oficialmente na segunda, dia 15, às 13h30, na própria escola. A solenidade de abertura contará com as apresentações do coral da Escola Municipal Senador Levindo Coelho e de um teatro das alunas do curso de Fonoaudiologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

HOB

Servidores do Odilon Behrens participam de seminário de hemoterapia O Hospital Municipal Odilon Behrens (HOB), que fica no bairro São Cristóvão, promoveu entre os dias 3 e 5 deste mês o 1° Seminário de Hemoterapia da instituição. O evento aconteceu no auditório do Centro de Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento de Pessoas e as palestras foram ministradas por profissionais da área de saúde da Fundação Hemominas e do próprio hospital. De acordo com o médico e gerente da Agência Transfusional do HOB, Gilberto Ramos, a hemoterapia refere-se a transfusões de sangue por vezes necessárias aos pacientes e ressaltou a importância da presença dos servidores no seminário. “É de grande valia que os profissionais participem das palestras para que cada vez mais os nossos pacientes consigam receber a transfusão de sangue com a máxima segurança”, disse. O seminário foi aberto a todos os servidores do HOB e os participantes, na sua maioria enfermeiros e técnicos de enfermagem, puderam conhecer um pouco mais sobre como funciona todos os processos que envolvem a transfusão de sangue. A segurança transfusional é um deles, e envolve todos os procedimentos relacionados à hemotransfusão, como a captação do doador, coleta, sorologias, armazenamento, provas de compatibilidade, ato e reações transfusionais. Outro método também muito importante é a hemogilância, responsável por verificar se todos os processos que envolvem a segurança transfusional estão sendo realizados conforme as orientações da Anvisa. A técnica de enfermagem Cássia Luzia Barbosa foi uma das participantes e disse que a maior motivação para se inscrever no evento foi conhecer a hemoterapia. “Esse setor é pouco conhecido e, por ser um trabalho mais especializado, acaba ficando mais restrito. Achei o evento muito bem organizado e foi um dos melhores seminários de que já participei” disse Cássia. Durante os três dias de palestras, os profissionais que participaram do seminário puderam construir uma ideia concreta da importância do cumprimento das normas de segurança e dos riscos que a transfusão de sangue acarreta. “O objetivo de todos é que a segurança do paciente esteja em primeiro lugar. Tudo o que foi passado nesses três dias de palestras nos ensinou claramente que a transfusão de sangue deve ser feita da maneira mais segura possível,” comentou o hematologista Gilberto Ramos.

dom 4290.indd 3

Programa de Saúde Vocal

O Programa de Saúde Vocal (PSV) da Prefeitura de Belo Horizonte integra as ações do Saúde Mais – Programa de Atenção à Saúde e Segurança do Servidor. Por meio do PSV, são realizadas ações coletivas e individuais para a prevenção do adoecimento e agravos à saúde vocal, conscientização sobre hábitos vocais e cuidados com a voz dos servidores da administração pública municipal, especialmente professores e educadores da Rede Municipal de Ensino. Veja no quadro ao lado algumas sobre o cuidado com a voz. O órgão da Prefeitura que desejar receber atividades do Programa de Saúde Vocal pode fazer a solicitação na Gerência de Saúde e Segurança do Trabalho da Smarh, por meio do telefone 3277-9442 ou pelo e-mail fonogsst@pbh.gov. br. A gerência será responsável por organizar oficinas e/ou palestras, visando atender as necessidades de cada setor.

Escola da região Noroeste desenvolve projeto interdisciplinar para resgatar sua história A Escola Municipal Professor Cláudio Brandão (rua Cantagalo, 1.147, Parque Riachuelo), que fica na região Noroeste da capital, desenvolve, desde o início deste ano uma ação que visa resgatar os momentos marcantes da escola com a comunidade onde está inserida há 48 anos, através do “Projeto Memórias: minha escola tem história”, realizado por alunos dos sextos anos.   A proposta surgiu a partir de uma visita realizada pela ex-diretora e professora da escola, Elisa de Castro Tito, hoje com mais de 90 anos, que na ocasião foi batizar a biblioteca que passaria a levar o seu nome. Após esta comovente visita, os professores de História e Língua Portuguesa apresentaram uma proposta interdisciplinar com o objetivo de resgatar as lembranças da escola e do bairro. Através do envolvimento dos alunos com as pesquisas históricas e entrevistas com antigos professores, funcionários e ex-alunos, serão colhidos vários e diferentes relatos, que irão ajudar a conhecer o passado e a entender o presente. “Incentivamos a busca pelo conhecimento, proporcionando a vivência com diversos gêneros textuais e fontes históricas”, disse o professor e um dos coordenadores do projeto, Fábio Andrade Machado. No final de março, os alunos realizaram uma “viagem no

tempo”, voltando ao dia da inauguração da escola, em 1965.  De acordo com Fábio Machado, a escola procurou resgatar comportamentos e características de alimentação, vestuário e músicas, entre outros aspectos. “Realizamos um ato simbólico de “inauguração” da escola e encerramos o dia com um belo Baile dos Anos 60. O evento foi de muito aprendizado e diversão”, comentou. Millene Cristina dos Santos Ferreira, de 11 anos, afirmou que a festa dos anos 60 foi super criativa. “Adorei as roupas daquele ano. As músicas eram divertidas e o jeito que as mulheres usavam os

vestidos e saltos me chamaram a atenção. A festa foi ótima. Inauguramos a escola cortando uma fita e até rezamos o “Pai Nosso” em latim”, contou. Para a aluna Ana Luíza Ferreira, também de 11 anos, é muito interessante aprender mais sobre a escola. “É lugar onde estudo para ter mais conhecimento”, disse. Iniciado no mês de março, o resgate das memórias da escola se estenderá até o mês de setembro deste ano, quando está prevista uma feira cultural em comemoração aos 48 anos da escola e acontecerá o lançamento de um livro/revista que receberá o mesmo título do projeto.

Gercom Noroeste

Muitos são os profissionais que usam a voz como instrumento de trabalho, como professores, educadores, cantores, atores, radialistas, políticos, vendedores, telefonistas, padres e pastores, entre outros. De modo particular para o professor, a voz ensina, ajuda no controle da disciplina, mostra atenção e carinho e é o principal recurso de transmissão do conteúdo de aula. Por ser um valioso instrumento de trabalho, a voz merece atenção e cuidados especiais, lembrando que ela também pode refletir o estado de saúde geral, nos aspectos físico e mental. Nessa perspectiva e em comemoração ao Dia Mundial da Voz, celebrado no dia 16 de abril, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Recursos Humanos (Smarh), promove entre segunda e sexta da próxima semana, dias 15 e 19, a Campanha Municipal da Voz, com a realização de oficinas e atividades educativas, em parceria com

Baile dos anos 60 relembrou a época da fundação da escola

12/04/2013 18:41:40


BELO HORIZONTE

Poder Executivo

Diário Oficial do Município

46

Sábado, 13 de abril de 2013

Indicadores Econômicos de Belo Horizonte Taxas de Juros – Março de 2013

Evolução dos Preços ao Consumidor IPCA(1)

IPCR(2)

Taxas médias praticadas(1)

Setores Menor

Maior

Diferença (%)

Média

2,11

5,90

179,62

4,67

Prefixada (montadoras)

0,96

2,19

128,13

1,43

Prefixada (multimarcas)

1,48

2,01

35,81

1,74

Prefixada (montadoras)

1,13

2,35

107,96

1,59

Prefixada (multimarcas)

1,15

2,39

107,83

1,86

Cartão de Crédito

4,14

20,48

394,69

12,69

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Cheque Especial (2) (8)

3,95

10,51

166,08

7,89

(2) IPCR= Índice de Preços ao Consumidor Restrito: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 6 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte

Combustíveis

3,42

11,32

230,99

8,08

Imóveis Construídos

-0,20

1,61

-905,00

1,07

Imóveis na Planta

-0,20

1,53

-865,00

0,56

0,75

3,40

353,33

2,12

CDC - Financeiro (8)

2,89

4,81

66,44

3,87

CDC - Bens Alienáveis (8)

1,18

1,90

61,02

1,38

Eletroeletrônicos

1,47

5,55

277,55

4,40

Mobiliário

0,68

7,38

985,29

3,18

9,51

16,73

75,92

12,81

Nacional

0,94

2,31

145,74

1,63

Internacional

0,94

2,49

164,89

1,50

1,41

15,05

967,38

5,32

Período

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

nov/12

386,42

0,43

5,21

Últimos 12 Meses 5,83

dez/12

388,35

0,50

5,74

jan/13

397,59

2,38

fev/13

396,80

-0,20

mar/13

398,78

0,50

1ª abr/13

419,84 (3)

0,49

Variação (%)

Índice de Base Fixa (4ª Jul/94=100)

No mês

No ano

390,26

0,22

4,85

Últimos 12 Meses 5,49

5,74

392,44

0,56

5,44

5,44

2,38

5,51

400,33

2,01

2,01

5,68

2,18

5,39

398,73

-0,40

1,60

5,24

2,69

5,60

401,12

0,60

2,21

5,36

3,25

5,47

422,74 (3)

0,57

2,75

5,12

Empréstimos pessoa física Alimentício Automóveis Novos

Automóveis Usados

Construção Civil (3) (7)

Evolução da inflação, salário mínimo e cesta básica

Período

out/12

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Jul/94=100) IPCA(1)

Salário Mínimo

384,76

960,02

No mês

Cesta Básica(2) 510,19

No ano

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

0,59

0,00

-0,05

Últimos 12 Meses

Cooperativas de Crédito (empréstimo)

Cesta Básica

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

16,66

IPCA

Salário Mínimo

Cesta Básica

IPCA

Salário Mínimo

4,76

14,13

10,80

5,83

14,13

nov/12

386,42

960,02

490,60

0,43

0,00

-3,84

5,21

14,13

6,55

5,83

14,13

10,30

dez/12

388,35

960,02

496,54

0,50

0,00

1,21

5,74

14,13

7,84

5,74

14,13

7,84

Financeiras Independentes Turismo

jan/13

397,59

1046,46

544,68

2,38

9,00

9,70

2,38

9,00

9,70

5,51

9,00

13,66

fev/13

396,80

1046,46

550,38

-0,20

0,00

1,05

2,18

9,00

10,84

5,39

9,00

20,64

mar/13

398,78

1046,46

563,60

0,50

0,00

2,40

2,69

9,00

13,51

5,60

9,00

25,42

Vestuário e Calçados

(1) IPCA= Índice de Preços ao Consumidor Amplo: mede a evolução dos gastos das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos na cidade de Belo Horizonte (2) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38

Empréstimos pessoa jurídica

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Desconto de Duplicatas (8)

0,96

2,57

167,71

1,89

Capital de Giro (8)

0,99

3,10

213,13

1,89

Conta Garantida (8)

1,98

4,18

111,11

2,67

Evolução do Mercado Imobiliário: Aluguéis Residenciais Período

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Comerciais

Variação (%)

out/12

436,90

0,37

6,13

Últimos 12 Meses 8,15

nov/12

439,43

0,58

6,74

dez/12

442,95

0,80

7,60

jan/13

446,22

0,74

0,74

No mês

No ano

Índice de Base Fixa (Jul/94=100)

Captação

Variação (%)

CDB 30 dias (4)

0,51

8,68

Últimos 12 Meses 11,40

0,84

9,59

11,18

Poupança (5)

1,08

10,77

10,77

Taxa SELIC (6)

0,65

0,65

11,08

(1) Considera-se a média das taxas praticadas pelos informantes

(5) Taxa referente ao primeiro dia do mês subsequente

(2) Não são consideradas vantagens progressivas

(6) Média ponderada pela vigência

(3) Inclui a variação dos indexadores CUB, TR, INCC e IGP-M

(7) Novo cálculo considerando o período dos índices que compõem a estimativa (8) Dados coletados a partir de informações consolidadas no Banco Central do Brasil

No mês

597,38

1,00

7,82

602,40

7,60

608,91

8,08

612,87

No ano

fev/13

447,56

0,30

1,04

7,79

617,77

0,80

1,46

10,71

mar/13

450,11

0,57

1,62

7,37

623,70

0,96

2,43

10,87

Cooperativas de Crédito (aplicação)

0,61

Fundo de Investimento Curto Prazo

0,11

0,41

272,73

0,26

Fundo de Investimento Longo Prazo

0,34

0,52

52,94

0,43 0,41 0,58

(4) Taxa ANBID do primeiro dia útil do mês e projetada para 30 dias

.. Não se aplica dados numéricos

Tarifas Bancárias – Março de 2013

Valores médios (em R$) dos aluguéis residenciais por classe de bairro(*) - Março de 2013

Forma de Cobrança

Produtos / serviços(1)

Imóveis

Apartamentos

Popular

Médio

Alto

Luxo

490,91 (11)

980,56 (18)

731,00 (28)

1258,74 (103)

Apartamento 2 Quartos

681,30 (49)

951,52 (76)

1101,35 (114)

2080,39 (152)

Apartamento 3 Quartos 1 Banho

813,00 (20)

961,90 (21)

1153,23 (16)

(3)

1165,52 (29)

1300,85 (59)

1550,37 (154)

2424,39 (258)

(1)

(1)

2025,00 (14)

2919,44 (18)

2250,00 (6)

(3)

2536,11 (18)

4496,71 (137)

422,50 (16)

577,14 (14)

675,00 (4)

(1)

558,46 (13)

662,50 (4)

(2)

-

(1)

-

(1)

(1)

763,20 (25)

882,35 (17)

1137,50 (8)

-

948,44 (16)

1187,50 (4)

(3)

(3)

1276,79 (28)

1702,50 (16)

2694,29 (21)

5933,33 (6)

Apartamento 3 Quartos 2 ou mais Banhos

Apartamento acima de 4 Quartos e 2 Banhos Barracão 1 Quarto Barracões Barracão 2 Quartos Casa 1 Quarto Casa 2 Quartos Casa 3 Quartos e 1 Banho Casa 3 Quartos e 2 ou mais Banhos

Casa 4 Quartos e 2 Banhos

Confecção de cadastro para início de relacionamento - CADASTRO

por evento

0,00

59,00

..

20,68

CARTÃO - Fornecimento de 2º via de cartão com função débito

por cliente

5,35

10,00

86,92

6,83

CARTÃO - Fornec. de 2ª via de cartão com função mov. conta de poupança

por cliente

5,35

10,00

86,92

6,83

por Operação

28,50

52,00

82,46

42,45

CHEQUE - Contra-ordem e oposição ao pagamento de cheque

por cheque

10,35

15,00

44,93

11,75

CHEQUE - Fornecimento de folhas de cheque

por cheque

1,00

1,55

55,00

1,31

CHEQUE - Cheque Administrativo

por Cheque

20,00

30,00

50,00

23,89 10,50

CHEQUE - Exclusão do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF)

CHEQUE - Cheque Visado

por cheque

0,00

21,00

..

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE pessoal

por operação

2,00

3,00

50,00

2,18

Saque de conta de depósitos à vista e de poupança - SAQUE Terminal

por operação

1,15

3,00

160,87

1,74

Saque de conta de dep. à vista e de poupança - SAQUE correspondente

por operação

1,15

2,15

86,96

1,57

DEPÓSITO - Depósito Identificado

por operação

0,00

3,00

..

1,90

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (P)

por operação

2,00

6,00

200,00

3,09

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (E)

por operação

1,35

3,00

122,22

2,01

Forn. de ext. de um periodo conta dep. à vista e poup. - EXTRATO (C)

por operação

1,20

1,60

33,33

1,37

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período -EXTRATO(P)

por operação

1,45

6,00

313,79

3,16

Ext. mensal de conta de dep. à vista e Poup. p/um período - EXTRATO(E)

por operação

1,35

4,00

196,30

2,26

Ext. mensal de conta de dep. à vista e poup. p/um período - EXTRATO(C)

por operação

1,20

4,00

233,33

2,06

Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado

por operação

4,40

6,00

36,36

5,29

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(P)

por operação

0,00

19,00

..

13,07

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(E)

por operação

0,00

9,50

..

7,08

Transferência agendada por meio de DOC/TED - DOC/TED agendado(I)

por operação

6,50

8,60

32,31

7,58

Transferência entre contas na própria instituição- TRANSF. RECURSOS(P)

por operação

1,00

2,00

100,00

1,24

Transferência entre contas na própria instituição-TRANSF.RECURSOS(E/I)

por operação

0,00

1,20

..

0,91

Ordem de Pagamento - ORDEM PAGAMENTO

por operação

23,80

27,00

13,45

24,98

Transferência por meio de DOC - DOC Pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,88

Transferência por meio de DOC - DOC eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,11

Transferência por meio de DOC - DOC internet (3)

por evento

6,50

8,60

32,31

7,56

Transferência por meio de TED - TED pessoal (3)

por evento

12,85

20,00

55,64

14,79

Transferência por meio de TED - TED eletrônico (3)

por evento

0,00

9,50

..

7,11

Transferência por meio de TED - TED internet (3)

por evento

0,00

8,60

..

7,59

por operação

30,00

51,80

72,67

43,09

por evento

9,50

18,00

89,47

12,22

a cada 365 dias

24,00

54,00

125,00

44,33

Fornecimento de 2ª via de cartão com função crédito

por evento

0,00

15,00

..

6,20

Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no país

por evento

4,00

15,00

275,00

8,16

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

2150,00 (8)

(2)

-

(2)

6155,56 (9)

3757,14 (7)

8127,27 (11)

(*) O valor entre parênteses representa o número de imóveis utilizados no cálculo da respectiva média. Na maioria das vezes, somente são publicados valores médios obtidos a partir de quatro imóveis pesquisados. Os casos em que não foi pesquisado nenhum imóvel são indicados por hífen (-). Os valores médios referentes a apartamentos de 1 e 2 quartos da classe luxo são influenciados pela oferta de Flats.

Concessão de adiantamento a depositante - ADIANT. DEPOSITANTE PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA CARTÃO DE CRÉDITO (3) Anuidade - cartão básico nacional

Pagamento de contas utilizando a função crédito em espécie

por evento

1,99

16,00

704,02

8,57

Avaliação emergencial de crédito

por evento

15,00

17,00

13,33

15,25

a cada 365 dias

0,00

90,00

..

86,67

por evento

7,90

30,00

279,75

14,56

Anuidade - cartão básico internacional Utilização de canais de atend. para retirada em espécie - no exterior

(2) Considera-se a média das tarifas praticadas pelos bancos pesquisados

(1) Não são consideradas vantagens progressivas

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

Fonte: Banco Central do Brasil / Bancos - Dados trabalhados pela Fundação IPEAD/UFMG

..

Não se aplica dados numéricos

Valores (em R$)

Contribuição na variação (p.p.)

No mês

Açúcar cristal

3,00 kg

4,32

-0,03

Arroz

3,00 kg

7,22

-0,02

Banana caturra

12,00 kg

22,28

0,55

Produto

No ano

Últimos 12 Meses

ICCBH(1)

IEE(2)

IEF(3)

ICCBH

out/12

135,89

199,98

115,41

2,70

4,21

1,87

-2,14

3,33

-4,94

-1,06

6,64

-4,87

Batata inglesa

6,00 kg

19,95

0,36

nov/12

134,77

202,40

113,14

-0,82

1,21

-1,96

-2,95

4,58

-6,80

-2,95

4,60

-6,82

Café moído

0,60 kg

8,08

-0,04

dez/12

138,81

203,31

118,23

3,00

0,45

4,49

-0,04

5,05

-2,61

-0,04

5,05

-2,61

Chã de dentro

6,00 kg

102,10

-1,09

Farinha de trigo

1,50 kg

3,71

0,03

Feijão carioquinha

4,50 kg

26,50

0,55

7,50 lt

16,16

0,11

750,00 gr

15,70

0,12

Óleo de soja

1,00 un

3,57

-0,03

Pão francês

6,00 kg

46,90

0,37

Tomate Santa Cruz

9,00 kg

50,01

1,53

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

ICCBH

IEE

IEF

jan/13

131,64

192,46

112,19

-5,16

-5,33

-5,10

-5,16

-5,33

-5,10

-3,39

-0,78

-4,75

fev/13

127,73

188,57

108,28

-2,97

-2,02

-3,49

-7,98

-7,25

-8,41

-6,24

-4,44

-7,22

Leite pasteurizado

mar/13

127,44

182,14

117,42

-0,22

-3,41

8,44

-8,19

-10,41

-0,68

-7,00

-8,45

0,14

Manteiga

(1) ICCBH: Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte: trata-se de um indicador que tem por finalidade sintetizar a opinião dos consumidores em Belo Horizonte quanto aos aspectos capazes de afetar as suas decisões de consumo atual e futuro (2) IEE: Índice de Expectativa Econômica: retrata a expectativa do consumidor em relação aos indicadores macroeconômicos (3) IEF: Índice de Expectativa Financeira: retrata a confiança do consumidor a respeito de alguns indicadores microeconômicos FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

dom 4290.indd 46

Quantidade

Variação (%)

Índice de Base Fixa (Maio/04=100)

ND: não disponível

Custo da Cesta Básica(*) – Março de 2013

Índice de Confiança do Consumidor

Período

Média(2) (R$)

CONTAS DE DEPÓSITOS

PACOTE PADRONIZADO PESSOA FÍSICA

Casa 4 Quartos e até 2 Banhos

Menor (R$) Maior (R$) Diferença (%)

CADASTRO

Apartamento 1 Quarto

Apartamento 4 Quartos e até 2 Banhos

Casas

ND - não disponível

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

(*) Cesta Básica: representa os gastos de um trabalhador adulto com a alimentação definida pelo Decreto-lei 399/38 FONTE: Fundação IPEAD/UFMG

12/04/2013 18:41:40


Poder Executivo Sábado, 13 de abril de 2013

BELO HORIZONTE

Diário Oficial do Município

47

URV está em pleno funcionamento em Venda Nova Fotos: Gercom Venda Nova

A nova Unidade de Reposição Volêmica (URV) para atendimento de pacientes com dengue, encaminhados pelas unidades de saúde do Vetor Norte de Belo Horizonte, está em pleno funcionamento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Venda Nova (Rua Padre Pedro Pinto, 175, bairro São João Batista). As URVs atendem pacientes referenciados com dengues dos tipos B e C que não necessitam de internação hospita-

lar, mas de cuidados especiais com a hidratação venosa. Essa classi-

ficação é feita nos centros de saúde e UPAs com pacientes que apresentam sintomas de dengue. Os pacientes atendidos nas URVs recebem hidratação venosa por até 48 horas. A unidade possui 50 leitos, com capacidade para chegar a 100 atendimentos. A cada plantão, a equipe é composta por dois médicos, oito auxiliares de enfermagem, um enfermeiro e um coordenador. A média de atendimentos é de 12 a 20 pacientes em observação, por dia. Os secretários regionais Claudio Sampaio e Nildo Taroni visitaram nesta semana a unidade, acompanhados pela gerente distrital de Saúde de Venda Nova, Iara de Aguiar, e por Aline Gaspardine, gerente adjunta da UPA Venda Nova (foto acima). Durante a visita, eles conheceram as instalações da Maternidade Municipal de Venda Nova, que irá funcionar no segundo e andar e vai permitir o atendimento à gestante da região Norte, inclusive com parto na água. As obras devem ser entregues no ano que vem.

URVs atendem pacientes com dengues dos tipos B e C que precisam de cuidados especiais com a hidratação venosa

Col Ampliada reúne parceiros para debater questões voltadas para crianças e adolescentes Assistência Social (Amas), e das nove regionais de Belo Horizonte. O objetivo do encontro foi aprofundar as ligações entre o poder judiciário e as instituições que atendem situações de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Quando foram criadas, as Comissões Operativas Locais Regionais foram consideradas

Taíse Dias

O auditório da Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social (Smaas) recebeu na última terça-feira, dia 9, a 1ª Col Ampliada, encontro que reuniu representantes da Comissão Operativa Local (Col), do Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil (Pair-BH), dirigido pela Associação Municipal de

Comissão Operativa Local é referência em temas voltados ao enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes

dom 4290.indd 47

inovações metodológicas para a administração das questões sociais de Belo Horizonte. Essas comissões funcionam como equipes de referência em temas voltados ao enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes e relacionados aos programas e serviços em cada regional. A reunião contou com a presença da coordenadora de equipe técnica da Vara Cível da Criança e do Adolescente, Rosilene Cruz, que esclareceu as competências do poder Judiciário e as formas de encaminhamento nos casos de violência e abuso. Os presentes à reunião debateram assuntos relevantes ao desempenho do trabalho em rede e ficaram a par dos entraves que acontecem com os processos recebidos no judiciário. Para Rosilene Cruz, o assunto de maior relevância foi o tipo de tratamento que é recebido quando acontecem denúncias de abuso sexual dos jovens e quais são as possibilidades de aperfeiçoamento e de melhoria para o atendimento. Técnica do Pair-BH, Roseana Melquiades informou que já está em processo de construção em BH o Centro Integrado, composto pela Vara Cível, pela Promotoria e por serviços oferecidos pela Prefeitura, o que vai garantir a agilidade nos atendimentos e proporcionar a melhoria da interlocução.

Mutirões de limpeza são intensificados na região CentroSul para combater a dengue Durante todo o mês de abril a Regional Centro-Sul, por meio das gerências de Limpeza Urbana e de Regulação, Informação e Epidemologia, está intensificando os mutirões de limpeza na região. A ação visa acabar com possíveis focos do mosquito transmissor da dengue. O trabalho está sendo divulgado entre os cidadãos pelos agentes comunitários de saúde, moradores que auxiliam a combater a doença com orientações e informações sobre dias e horários das ações. A atividade também conta com a participação da Gerência de Controle da Zoonose e dos centros de saúde. Segundo a referência técnica de Epidemologia da Regional Centro-Sul, Paula Barbosa, a iniciativa visa acabar com locais que possam servir de criadouros para o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. “Estamos intensificando os mutirões de limpeza nas áreas onde há maior probabilidade de disseminação dos focos”, explicou. As ações de limpeza estão sendo intensificadas nas vilas Santa Rita de Cássia, Santa Lúcia, Nossa Senhora de Fátima, Marçola, Nossa Senhora Aparecida, Cafezal, Nossa Senhora da Conceição e Novo São Lucas.

12/04/2013 18:41:48


BELO HORIZONTE Diário Oficial do Município

48

Poder Executivo Sábado, 13 de abril de 2013

As obras da trincheira que liga a rodovia MG-030 à BR356, em Nova Lima, foram concluídas e entregues na manhã de sexta-feira, dia 12, o que vai melhorar o trânsito na região, que liga a cidade a Belo Horizonte. Antes, os veículos que vinham de Nova Lima precisavam passar pelo bairro Belvedere. Com o novo acesso, eles têm a opção de sair direto na BR-356, a 500 metros do BH Shopping. A expectativa é que, dos cerca de 30 mil carros que passam todos os dias pelo local, metade faça a opção pelo novo caminho. Os veículos que saem de Nova Lima pela MG-030 também poderão continuar a passar em frente ao BH Shopping e seguir a caminho da avenida Luiz Paulo Franco, no Belvedere. A trincheira faz parte do projeto viário do Portal Sul, que inclui a construção de um viaduto no sentido contrário, ligando diretamente os veículos que vêm de Belo Horizonte pela BR-356 à rodovia MG-030, no sentido Nova Lima. A cerimônia de entrega das obras contou com as presenças do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, do vice-prefeito da capital, Délio Malheiros, e do prefeito de Nova Lima, Cássio Magnani Júnior, entre outras autoridades. Foram investidos cerca de R$ 7 milhões nas obras, sendo R$ 4,2 milhões provenientes dos empreendedores do Vila da Serra e Vale do Sereno e o restante do BH Shopping. O projeto executivo ficou a cargo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). “É importante que as cidades da região metropolitana façam o seu planejamento viário e mobiliário em conjunto para evitar congestionamentos e excessos de automóveis nas vias”, afirmou Marcio Lacerda. Para o presidente da Associação dos Empreendedores do Vila da Serra e Vale do Sereno, Luiz Hélio Lodi, a expectativa é que a nova trincheira melhore também a qualidade de vida dos moradores, empresários e trabalhadores dos bairros e cidades próximas.

Breno Pataro

Trincheira entre Nova Lima e BH é entregue com expectativa de grande melhoria no trânsito local

Com o novo acesso, veículos que saem de Nova Lima podem acessar diretamente a BR-356

Fotos: Gercom Leste

Região Leste ganha novo Ponto Limpo

Local estava sendo usado para descarte irregular de lixo

Foi implantado na última semana um Ponto Limpo na rua Ouro Branco, no bairro Pompéia, na região Leste da capital. O local, que fica encostado em um paredão de pedra, estava sendo usado para descarte irregular de lixo. Em ação conjunta da Regional Leste e da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), o local foi limpo e a população foi conscientizada. Participaram da ação a equipe de Mobilização da SLU, as gerências regionais de Limpeza Urbana e de Licenciamento e Fiscalização Integrada e a Gerência Distrital de Controle de Zoonoses Leste. No espaço, que ha-

via virado um ponto crítico de acúmulo de detritos, todo o lixo acumulado foi retirado, totalizando dois caminhões com muitos galhos, sacolas e restos de construção. A limpeza evita a proliferação de animais peçonhentos e o acúmulo

de água da chuva, o que pode causar dengue.  Foram implantadas duas placas informativas sobre a proibição de descarte de lixo nos locais, uma na própria rua Ouro Branco e outra na esquina com a rua Iara, onde há grande circulação de ônibus e pessoas. A equipe fez uma campanha educativa e visitou as casas do entorno, distribuindo panfletos informativos e conversando com a população. Sanaram dúvidas, reforçaram os dias e horários da coleta de lixo, que acontecem, na região, às terças, quintas e sábados. Falaram também da correta destinação dos resíduos e passaram, inclusive, o endereço da Unidade de Recebimento de Pequenos Volumes (URPV), mais próxima, localizada na avenida dos Andradas.

Pré-conferências regionais de Políticas sobre Drogas estão com inscrições abertas Estão abertas as inscrições para as etapas preparatórias regionais que precedem a 1ª Conferência Municipal de Políticas sobre Drogas de Belo Horizonte, que têm como objetivos discutir temáticas voltadas às drogas e levantar propostas para a resolução da questão, além de eleger os delegados regionais que irão para a etapa municipal. As pré-conferências serão realizadas entre os dias 27 de abril

dom 4290.indd 48

e 8 de junho nas nove regiões de Belo Horizonte. Qualquer pessoa maior de 16 anos pode participar, bastando apenas confirmar presença por meio da inscrição online, pelo site www.gestaocompartilhada. pbh.gov.br ou, presencialmente, nos diversos locais disponíveis em cada região, até 14h do dia anterior à realização da pré-conferência regional. Em ambos os casos, o interessado deve apresentar documento oficial com foto e com-

provante de residência ou de que trabalha na respectiva região. Todas as informações sobre o processo de inscrição, como endereços dos locais para inscrição e das reuniões, estão disponíveis no referido endereço eletrônico. Materiais de consulta complementares que contribuirão nas reuniões também estão no site. “O abuso de drogas é um problema mundial e a participação popular na construção de uma política eficiente para seu

enfrentamento é uma oportunidade ímpar para que a sociedade se manifeste e discuta as propostas no Conselho Municipal de Política sobre Drogas. A expectativa da Prefeitura é ouvir também pessoas

envolvidas diretamente com a questão e ter contato com suas experiências”, ressaltou Márcio Antônio de Almeida, coordenador municipal da comissão organizadora.

1ª Conferência

A primeira edição da Conferência Municipal de Políticas sobre Drogas vai ocorrer nos dias 28 e 29 de junho e nela serão apresentadas as proposições discutidas nas etapas regionais, baseadas em quatro eixos temáticos (Tratamento, Prevenção, Redes Locais e Marcos Regulatórios). O tema da conferência deste ano é o seguinte: os “Desafios e Perspectivas na construção da Política Municipal sobre Drogas”.

12/04/2013 18:41:53


DOM - 13/04/2013