Page 1

DESAFIO de RENOVAR


INTRODUÇÃO Leia o conteúdo deste livro depois de ler e assinar este contrato: 1.Esta revista contém 40 desafios de fé, fáceis de serem executados, porém com

grande repercussão em sua vida espiritual. Você deve estar disposto a prosseguir até o fim, para que o propósito apresentado nesta revista seja alcançado plenamente. Se desistir cedo, perderá muitos benefícios.

2.Há um desafio para cada dia, e o desafio do dia seguinte não deverá ser lido antecipadamente.

3.Sempre quando Deus quer fazer uma grande obra, Ele convida Seu povo para orar. Neste programa você deve estar disposto a participar do programa HORA DO PODER, que requer que você ore sempre ao meio dia, esteja onde estiver.

4.Este programa é individual. Não o execute coletivamente. 5.Você poderá contar a alguém que está participando do programa O DESAFIO DE RENOVAR e até pode presentear a pessoa com a revista, mas você não deverá, em hipótese alguma, contar quais são os desafios diários.

6. Ao terminar todos os desafios, entre no site www.pactodeamor.com.br cadastro indicado para você receber o certificado de conclusão.

e preencha o

Eu prometo cumprir este contrato _____________________________ ASSINATURA


ÍNDICE A- Renovando a intimidade com Deus

1. Coloque sua vida nas mãos de Deus 2. Relacione-se com Deus através da oração intercessora 3. Busque a Deus na primeira hora do dia 4. Viva a salvação diariamente 5. Alimente a natureza espiritual 6. Fiel em fazer a vontade de Deus

B- Renovando a alegria da salvação 7. Sábado, um memorial de Deus 8. Viva, em Cristo, a certeza da vitória 9. Reviva a experiência do batismo 10. Ouça a voz de Deus 11. Faça da Bíblia sua bússola espiritual

C- Renovando o amor ao próximo 12. Ajude as pessoas que necessitam 13. Viva o amor fraternal 14. Compadeça-se das pessoas 15. Demonstre amor aos seus irmãos 16. Aprenda a perdoar

E- Renovando o amor na família

17. Exercite a tolerância e o amor cada dia 18. Procure a unidade familiar 19. Busque sempre edificar o seu lar 20. Reconheça que sua família é um presente de Deus 21. Edifique o altar da família

MORDOMIA 2011 Coordenação Geral: Pr. Elmir P. Santos Designer Gráfico: Evelyn Castilho Impressão: Gráfica Juizforana

F- Renovando o cuidado com a saúde 22. A gratidão é uma fonte de alegria e saúde 23. Use os remédios de Deus 24. Adote o estilo de vida saudável 25. Faça exercícios regularmente 26. A mentira destrói a saúde espiritual

G- Renovando no cumprimento da missão

27. Estabelecendo o Reino de Cristo 28. Seja entusiasta com a mensagem da salvação 29. Coloque seus talentos nas mãos de Deus 30. Pregue o Evangelho 31. Testemunhe para as pessoas ao seu redor 32. Coloque literatura nas mãos das pessoas

H- Renovando a alegria de ser canal de Deus

33. Viva no amor de Cristo 34. Coloque sua vida financeira nas mãos de Deus 35. Receba as bênçãos dos Céus 36. Torne-se um canal de bênçãos 37. Um sacrifício vivo 38. Viva a liberalidade 39. O mínimo para o reino de Deus 40. A recompensa eterna


RENOVANDO A INTIMIDADE COM DEUS “Enoque ‘andou com Deus’; mas, como ele obteve essa agradável intimidade? Foi tendo continuamente pensamentos de Deus diante de si. Ao sair e ao entrar, suas meditações eram na bondade, na perfeição e na amabilidade do caráter divino. E, ao estar assim absorto, foi transformado na gloriosa imagem de seu Senhor; pois é contemplando que somos transformados” (Signs of the Times, 18 de agosto de 1887).

HORA DO PODER: TODOS OS DIAS, ÀS SETE HORAS

6 - DESAFIO DE RENOVAR

Nestes primeiros dias, você vai orar e pedir a Deus que lhe ajude a manter um programa diário de comunhão com Ele e também intercederá por alguém.


1º DIA Coloque sua vida nas mãos de Deus “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e, a quem bate, abrirse-lhe-á” (Mt 7:7 e 8). Deus deseja desenvolver um relacionamento de intimidade com você. Ele quer dirigir sua vida, por mais que você não perceba isso e tente conduzi-la sem a ajuda dEle. Deixe Deus assumir o real controle de sua mente e coração através de um relacionamento com Ele, submetendo-se a Ele. Se os problemas lhe surpreendem, esteja certo de que eles jamais surpreendem a Deus. Para tudo Ele tem a decisão certa, e Seus métodos são diferentes dos nossos. O sonho de Deus é traçar em sua vida uma trajetória de sucesso, pois Ele nunca se engana e nunca falha. Ele conhece o futuro e sabe o que é melhor para você. Mesmo que no momento difícil de sua vida você não entenda o que está acontecendo, acredite: o que Deus tem a oferecer sempre é melhor. Você procura saúde, Deus quer dar vida eterna. Você procura um emprego, Deus quer cuidar de você. Procura uma família, Deus quer dar um lar eterno. Pede um salário, Deus quer dar toda a riqueza do Céu. Procura uma casa, Deus quer dar uma cidade de luz... Quando for pedir algo a Deus, lembre-se: Ele sabe o que é melhor para você.

DESAFIO

O seu primeiro desafio será pedir algo que somente Deus poderá realizar em sua vida. Passe todo esse dia em oração e, com a ajuda de Deus, escolha o que pedir. No final do dia, escreva o seu pedido. Durante 40 dias, sempre ao meio dia será a Hora do Poder. Onde quer que você esteja, pare e ore pelo seu pedido e por todas as pessoas que estão participando deste projeto. Faça isso e espere a resposta de Deus. Escreva seu pedido abaixo.

7 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você vai interceder.


2º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Relacione-se com Deus através da oração intercessora

8 - DESAFIO DE RENOVAR

“Orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo” (Tg 5:16). Como é bom quando nossos problemas são resolvidos! Sentimos que um fardo enorme saiu de nossas costas. Mas você já percebeu quantas pessoas estão sofrendo ao nosso redor e que, na maioria das vezes, não temos feito nada para aliviar a dor delas? Busque, na intimidade com Deus, desenvolver o amor ao próximo. O sonho de Deus é que amemos as pessoas assim como amamos a nós mesmos. Somos acostumados a conjugar o verbo sempre na primeira pessoa e, por isso, pensamos: minha casa, meu carro, minha roupa, meu sapato, meu emprego, minha esposa, meu esposo, meus filhos, minha igreja, meu pastor... e por aí a lista vai crescendo: meu, meu e meu. Certa vez, alguém disse: “O ‘eu’ precede a ruína”. Você não precisa seguir este caminho. A Bíblia tem a medida certa para todas as coisas, e ensina a buscarmos primeiramente a Deus e depois a amar ao próximo como amamos a nós mesmos, demonstrando amor pelas pessoas que estão em nossa volta e intercedendo, em oração, por elas. Quando intercedemos, ficamos entre Deus e o próximo. Também somos fortalecidos e conseguimos ânimo para resolver nossos conflitos. Essa luta em oração trará a bênção de crescermos no relacionamento com Deus, além da satisfação de compartilhar da graça alcançada por quem estivemos orando.

DESAFIO

O seu desafio de hoje é escolher alguém ou uma família por quem você intercederá em oração durante 40 dias. Peça a ajuda de Deus nesta escolha. Sempre ao meio dia será a Hora do Poder. Onde você estiver, pare e ore pelo pedido do dia anterior e por quem você escolheu. No final deste dia, escreva abaixo o nome da pessoa por quem você irá interceder.


3º DIA Busque a Deus na primeira hora do dia “Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da Manhã” (Ap 22:16). Se você acordar de madrugada e olhar para o céu, pode encontrar uma grande estrela que se destaca nitidamente pelo seu brilho e tamanho. Muitos a conhecem como “Estrela da Manhã”. Na Bíblia, ela é conhecida em uma metáfora e simboliza Jesus Cristo, que é nossa luz, suficiência e poder. Apocalipse 22:16 diz: “Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da Manhã”. Você deve dedicar tempo para estudar as Escrituras. Deve também estar constantemente olhando para Jesus, não para instrumentos humanos como nosso guia. A Palavra de Deus deve ser sua conselheira. Essa Palavra é infinita. Se obedecida, ela lhe conduzirá a caminhos seguros e certos. Jesus quer brilhar em sua vida, quer resolver seus problemas e lhe dar a verdadeira paz. Você permite que isso aconteça somente quando estuda a Bíblia, a grande mina da verdade na qual devemos trabalhar como quem busca tesouros escondidos. Em caso algum sua atenção deve ser desviada dessa Palavra. Você precisa estar diariamente na presença de Cristo, a Estrela da Manhã que quer, e pode, brilhar em sua vida. Para tanto, procure desenvolver o hábito de buscá-Lo na primeira hora da manhã. Se você deseja grandes resultados em sua vida espiritual, não comece o dia sem Jesus!

DESAFIO

Firme hoje o propósito de buscar a Deus na primeira hora da manhã. Sua tarefa de hoje é meditar em um pequeno texto de Ellen White e escrever em uma linha como você pode aplicá-lo em sua vida pessoal. Esse texto está na página 70 do livro Caminho a Cristo: “Consagrai-vos a Deus pela manhã; fazei disto vossa primeira tarefa. Seja vossa oração: ‘Toma-me, Senhor, para ser Teu inteiramente. Aos Teus pés deponho todos os meus projetos. Usa-me hoje em Teu serviço. Permanece comigo, e permite que toda a minha obra se faça em Ti’”.

9 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


4º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

10 - DESAFIO DE RENOVAR

Viva a salvação diariamente Não vos enganeis a vós mesmos com a ideia de que vossa própria justiça inerente vos porá em harmonia com Deus. Não deixeis de considerar-vos como um pecador à vista de Deus. Não deixeis de olhar para Jesus erguido na cruz; e, ao olhardes, crede, e vivei; pois pela fé no sacrifício expiatório podeis ser justificados pela redenção que há em Cristo Jesus. Crede que estais perdoados, que estais justificados, não em transgressão e desobediência, mas em submissão à vontade de Deus. Se pela fé vos apegais à justiça de Cristo, então não vos descuideis de vossos pensamentos, de vossas palavras, de vossas obras. Estudai muito, e orai para que, assim como Cristo vos mostrou o caminho, Ele, por Sua graça, vos conserve no caminho. Pois somos “guardados pelo poder de Deus, mediante a fé” (1 Pe 1:5); e mesmo a fé não vem de nós mesmos, mas também é dom de Deus. Deveis perguntar a vós mesmos por que Cristo assumiu a natureza humana, por que sofreu sobre a cruz, por que levou os pecados dos homens, por que Se tornou pecado e justiça para nós. Deveis estudar para saber por que Ele ascendeu ao Céu na natureza do homem, e qual é Sua obra por nós hoje. ... Se são acalentados pensamentos sobre Cristo, Sua obra e caráter, sereis levados a cavar fundo na mina da verdade, e sereis habilitados a entrar na posse de preciosas gemas da verdade. Pelo apreço do caráter de Cristo, pela comunhão com Deus, o pecado tornar-se-á detestável para vós. Ao meditardes nas coisas celestiais e andardes com Deus, como fez Enoque, deixareis de lado todo peso e o pecado que tão tenazmente nos assedia, e correreis com perseverança a carreira que vos está proposta. ... Nosso edifício precisa estar fundamentado na Rocha que é Cristo Je-

sus, pois do contrário não suportará a prova da tempestade. (Signs of the Times, 1º de dezembro de 1890).

DESAFIO

Para o desafio de hoje, pegue duas folhas de papel. Na primeira, passe alguns minutos escrevendo coisas positivas a respeito do cuidado de Deus com você. Depois, na segunda folha, faça o mesmo com as coisas que tem afastado você de Deus. Guarde as folhas para o próximo dia.


5º DIA Alimente a natureza espiritual “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão” (Fp 3:13). A conversão é o momento, a experiência, o milagre através do qual Deus coloca em seu coração a natureza divina. A partir daí, a natureza de Cristo começa a crescer dentro de você. Essa natureza se desenvolve porque você a alimenta. E como a natureza divina é alimentada? Através da oração, do estudo da Bíblia, da frequência na igreja, de cânticos de louvor, de mensagens maravilhosas que são ouvidas e também através de apelos divinos que são atendidos. À medida que essa natureza é alimentada, ela vai crescendo e dominando a velha natureza, que gostava de fazer coisas ruins, então esta vai sendo apagada. No momento da conversão, Deus dá um golpe tão duro nessa natureza má, que ela morre, porém, esta velha natureza morta fica dentro de nós. E é por esse motivo que, mesmo depois de convertidos, continuamos sentindo vontade de pecar, pois a velha natureza ainda está dentro de nós, e por mais que esteja atenuada, está pronta para despertar. Em Romanos 7, Paulo diz que essa natureza pecaminosa fica molestando, atrapalhando, incomodando. Somente à medida que você alimentar a nova natureza, ela vai sufocar completamente a velha, e um dia a controlará totalmente. Quando isso acontece, sua vida muda, seu caráter muda e é transformado à semelhança do ideal maravilhoso, que é o caráter de Jesus Cristo.

DESAFIO

Decida se “alimentar” somente do que fortalece a sua natureza espiritual. Afaste-se de tudo aquilo que queira ressuscitar o “velho homem”. Para lhe ajudar a manter o coração no que é espiritual e a focar o poder de Deus, leia o Salmo 51 e depois ore. A seguir, pegue a lista de atributos negativos que você fez ontem e queime-a; guarde a outra lista com você. Acredite que Deus pode fazer de você uma nova criatura!

11 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


6º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Fiel em fazer a vontade de Deus

12 - DESAFIO DE RENOVAR

“Se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos” (Êx 19:5). Ao conhecer a Deus, ainda que debilmente, percebemos que Seus mandamentos são uma manifestação amorosa de Seu cuidado para conosco. Os que entendem que Deus nos ama e oferece preceitos para nossa proteção, receberão forças do Céu para serem fiéis a vontade de Deus. Para estes, os Dez Mandamentos são dez promessas a nós garantidas, se formos obedientes a lei que governa o Universo. “Se Me amardes, guardareis os Meus mandamentos” (Jo 14:15). Aqui está a essência e a substância da lei de Deus. Os termos de salvação para todo filho e filha de Adão, estão esboçados aqui. A lei dos dez preceitos apresentados ao homem, é a voz de Deus falando a alma em promessa: “Fazei isto, e não caireis sob domínio e controle de Satanás”. Não há negativa na lei, embora pareça haver. Ela é: FAZEI e VIVEI. Cristo não diminui as exigências da lei. Em linguagem inconfundível, Ele apresenta a obediência como condição da vida eterna, e nos incita a viver em harmonia com a lei de Deus, que é santa, justa e boa. A norma de caráter apresentada no Antigo Testamento é a mesma apresentada no Novo Testamento. Em toda ordem ou mandamento dado por Deus há uma promessa, mas Deus espera que

sejamos fiéis em fazer Sua vontade.

DESAFIO

Seu desafio de hoje é meditar em cada um dos Dez Mandamentos da lei de Deus. Qual deles você tem mais dificuldade para observar? Ore nesse dia pedindo a Deus forças para obedecer Sua lei. Deus espera que você seja fiel a Ele.


MEU CONTRATO DE FÉ O propósito destes primeiros desafios foi levar você a reconhecer o senhorio de Cristo em sua vida. Também pretendemos levar-lhe a desenvolver uma intimidade com Deus, incentivando-lhe a alimentar sua natureza espiritual através do estudo da Bíblia e da oração, para que você possa viver diariamente uma vida de fidelidade a Deus. Hoje, precisamos mais do que nunca conhecer melhor a vontade de Deus, e somente através de um relacionamento de intimidade com Ele podemos entender a Sua vontade, como diz o salmista: “A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais ele fará conhecer a sua aliança” (Sl 25:14). A intimidade com Deus, um relacionamento profundo com Ele, é o elemento espiritual fundamental que todo o cristão deve buscar. Proponho estes princípios para minha vida

______________________________

13 - DESAFIO DE RENOVAR

ASSINATURA


RENOVANDO A ALEGRIA DA SALVAÇÃO “Ora, vejamos o que Jesus fará por nós, caso Lho permitamos. Na oração que fez por Seus discípulos, Ele disse: ‘Mas, agora, vou para Ti e digo isto no mundo, para que tenham a Minha alegria completa em si mesmos’ (Jo 17:13). É possível ter alegria em obedecer a Cristo? É a única alegria real que qualquer pessoa possa fruir” (Manuscrito 37, 1894).

HORA DO PODER: TODOS OS DIAS, ÀS SETE HORAS

14 - DESAFIO DE RENOVAR

Nestes próximos dias você vai orar para que Deus lhe ajude a viver na graça de Cristo e para que você seja fiel aos Seus princípios. Você também vai orar com o mesmo propósito pela pessoa por quem está intercedendo.


7º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Sábado, um memorial de Deus

DESAFIO

Chegamos ao sétimo dia do desafio. O número sete é bem sugestivo, uma vez que lembra o sábado do Senhor. Escreva aqui três bênçãos que você tem recebido por guardar o sábado e testemunhe disso para alguém.

No passado, muitos construíam monumentos para recordar suas grandes conquistas. Também existe um memorial no tempo, o memorial da origem da vida, o monumento comemorativo da Criação. A Bíblia diz: “Em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia de sábado, e o santificou” (Êx 20:11). Do pôr do sol de sexta-feira ao pôr-do-sol de sábado (o ocaso do Sol é o referencial bíblico para a passagem dos dias. Veja Lv 23:32), o sétimo dia permanece em meio ao tempo, entre duas semanas, e entre duas épocas também: o passado e tudo o que foi feito; o futuro e aquilo que ainda pode ser realizado. Portanto, o sábado é o grande memorial da Criação de Deus. Ao separarmos o sétimo dia da semana para fins religiosos, estamos reconhecendo o Senhor como o Todo-Poderoso Criador do Universo. O sábado é mais que um simples repouso físico, é antes de tudo uma pausa para um contato mais íntimo com Deus, de tal maneira que as outras atividades podem esperar. Você também pode desfrutar das bênçãos desse memorial. Reúna-se com sua família ao pôr-dosol de cada sexta-feira e, juntos, busquem ao Deus Criador dos céus e da terra. O sábado existe para isso. O sábado é, além de um monumento da Criação, um belo presente divino.

15 - DESAFIO DE RENOVAR

“Indo para Nazaré, onde fora criado, entrou, num sábado, na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler” (Lc 4:16).


8º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Viva em Cristo a certeza da vitória

16 - DESAFIO DE RENOVAR

“Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel, e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação proverá livramento, de sorte que poderás suportar” (1Co 10:13). Nossas limitações e fraquezas são conhecidas por Satanás, bem como nossa incapacidade de vencê-lo sozinhos. Contudo o Senhor é bom conosco, e proveu-nos a vitória contra as forças hostis do mal através de Seu sangue. Pelo poder divino, somos fortalecidos e capacitados a vencer todas as tentações e armadilhas que o diabo coloca em nosso caminho. O Senhor tem ensinado que devemos “orar e vigiar” sempre. O estar atento nos resguarda de cairmos nas ciladas do maligno, mas a parte que se refere à vigilância é negligenciada por uma porcentagem elevada do povo de Deus. O cristão, por meio da fé, deve buscar ancorar -se no poder de Deus. Antes de iniciar suas atividades, ele deve reservar um momento para achegar-se a Deus e conversar com Ele. Lembre-se que a comunhão com Deus é, na verdade, o desenvolvimento de laços profundos de amizade e companheirismo com Ele. Pela fé, tomamos posição de viver um cristianismo autêntico na presença de Jesus, alcançando uma vida pura, santa e que segue segundo Sua vontade.

DESAFIO

A Bíblia fala que todos somos pecadores. Devemos reconhecer as nossas fraquezas e confessar a Cristo nossas faltas, pois Ele é fiel e justo para perdoar todas elas. Se você tem sido seduzido por uma tentação irresistível, decida hoje vencê-la no poder e na graça de Cristo Jesus.


9º DIA Reviva a experiência do batismo “Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele” (Mt 3:16). O batismo é uma cerimônia cristã ministrada somente aos que alcançaram um estágio de responsabilidade. Os fiéis que se unem à Igreja de Jesus Cristo são batizados por imersão, geralmente por um pastor ordenado. Em Marcos 16:16, lemos: “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado”. Essas são palavras do próprio Senhor Jesus. Evidentemente, quem não crer e não for batizado também não será salvo. Podemos entender melhor esse assunto quando refletimos sobre o valor dessa cerimônia. Assim como no casamento, o batismo é uma união para toda a vida. Através do batismo, o crente une-se a Cristo, assim como se unem dois jovens que se amam e decidem casar. Eles adornam a igreja com flores, reúnem os amigos, usam tapete vermelho... A moça se veste de branco e o rapaz usa um traje especial, e, diante do pastor e de amigos, ambos declaram seu amor e o desejo de viver juntos para o resto da vida. De semelhante forma, quando Jesus Cristo encontra você e traz paz, perdão e significado

para sua vida, você decide viver eternamente para Ele. Então, você reúne os amigos, convida outros fiéis e, publicamente, declara seu amor por Jesus. O batismo é a declaração pública do maior acontecimento na vida de uma pessoa: a aceitação de Jesus Cristo como seu salvador pessoal.

DESAFIO

Creia que Jesus Cristo é o seu Salvador. Hoje, procure seu certificado de batismo e releia, no verso do mesmo, a profissão de fé que você fez no dia em selou seu compromisso com Cristo. Peça a Deus que coloque em seu coração a chama do seu primeiro amor por Ele. Ore neste dia, dizendo: “Senhor, mude o meu coração e salva-me pela Tua graça”!

17 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


10º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Ouça a voz de Deus

18 - DESAFIO DE RENOVAR

“Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração, como foi na provocação” (Hb 3:15). A linguagem dos mansos nunca é de orgulho, mas, como o menino Samuel, eles oram: “Fala, Senhor, porque o Teu servo ouve”. Deus tem falado muito a Seus filhos, mas alguns têm se mantido dispersos em fazer Sua vontade. Existem muitas pessoas que não fazem um trabalho missionário porque ainda não entregaram seu tempo e a sua comodidade a Deus. Essas simplesmente não querem sair de sua zona de conforto. Outras podem estar se perdendo por ter estaguinado em sua vida religiosa. Outras não querem obedecer aos mandamentos do Senhor, e muitas dessas podem morrer mais cedo ou perder a utilidade na vida por não entregarem um mau hábito para ser vencido. Ainda há pessoas que podem perder um casamento e a salvação por nutrirem a pornografia ou o adultério. Também existem algumas pessoas que podem estar vivendo sob a maldição de Deus por reterem aquilo que pertence ao Senhor – os dízimos e ofertas – ou por já estarem acostumadas a transgredir o sábado. E algumas outras pessoas podem estar condescendendo com músicas e filmes mundanos, coisas que afastam delas a presença dos anjos e do Espírito Santo. Depois de um exame de coração, na presença de Deus, podemos descobrir áreas de nossa vida que ainda não foram entregues ao Senhor e que necessitam de um urgente milagre restaurador.

Sabemos que Deus não pode trabalhar em nossa vida sem que haja uma permissão de nossa parte. Esta permissão são as entregas que fazemos pela fé. Não pode haver crescimento espiritual sem que continuemos a fazer entregas, mesmo depois de batizados – isso significa crescer espiritualmente, e Deus espera que façamos isso.

DESAFIO

Pense e pondere o que tem impedido você de crescer espiritualmente. Seu desafio de hoje será decidir, em seu coração, como melhor servir a Cristo. Escreva sua decisão logo abaixo.


11º DIA Faça da Bíblia sua bússola espiritual “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça” (2Tm 3:16). A Bíblia pode exercer uma influência grandiosa em sua vida e lhe proporcionar um desenvolvimento harmonioso das faculdades físicas, mentais e espirituais. Inúmeras pessoas têm a vida literalmente transformada pela ação grandiosa das palavras desse livro. A grandeza da Bíblia pode ser expressa por ela mesma: “Retenha o teu coração as minhas palavras; guarda os meus mandamentos e vive; adquire a sabedoria, adquire o entendimento e não te esqueças das palavras da minha boca, nem delas te apartes” (Pv 4:4 e 5). Se a mente se aplicar à tarefa de estudar a Bíblia para obter informação, as faculdades do raciocínio vão se ampliar. Submetida ao estudo das Escrituras, a mente se expande e torna-se mais bem equilibrada do que ficaria caso se ocupasse com a obtenção de conhecimentos gerais em livros que não têm conexão com a Bíblia. Nenhum conhecimento é tão sólido, consistente, e de tão vasto alcance como o que é obtido do estudo da Palavra de Deus. A Bíblia é a base de todo verdadeiro conhecimento. Ela é como uma fonte. Quanto mais se olha para o seu interior, tanto mais profundo parece à vista. As grandiosas verdades da história sagrada possuem estupenda

força e beleza, e são tão vastas como a eternidade. Nenhuma ciência se iguala à que revela o caráter de Deus. As sagradas escrituras revelam o amor Deus, que deu Seu filho para morrer para pagar pelos nossos pecados. Através de Cristo Jesus, entramos em contato com a maior dádiva concedida pelo Céu: Sua graça libertadora.

DESAFIO

Decida ler mais a Palavra de Deus. Peça orientação ao Senhor para saber como organizar seu dia de forma que você possa separar tempo para ler a Bíblia diariamente. Sua missão hoje é escrever na contracapa de sua Bíblia a seguinte frase: Este livro me afastará do pecado, ou o pecado me afastará deste livro.

19 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


MEU CONTRATO DE FÉ O propósito desta segunda fase foi levar a você a experimentar na prática a alegria da salvação em Cristo, pois somente Ele é a nossa certeza de vitória. Somente em Cristo temos a força para viver uma vida de fidelidade a Deus. Nele, experimentamos a satisfação de poder obedecer a Deus não pelo medo, mas pelo reconhecimento de Seu senhorio em nossa vida. Então nossa obediência passa a ser uma demonstração de nosso amor ao Deus que nos amou primeiro. Devemos buscar beber da fonte cristalina exposta nas escrituras sagradas diariamente, pois esse é o único meio pelo qual o cristão será capaz de manter-se imaculado da influência mundana.

20 - DESAFIO DE RENOVAR

_________________________ ASSINATURA


RENOVANDO O AMOR AO PRÓXIMO “Quando Deus ocupa o lugar que Lhe é devido no trono do coração, será dado ao próximo o lugar que lhe pertence. Amá-lo-emos como a nós mesmos. E só quando amamos a Deus de maneira suprema é possível amar o nosso semelhante com imparcialidade” (Ellen White, O Desejado de Todas as Nações, pág. 607).

HORA DO PODER: TODOS OS DIAS, ÀS SETE HORAS

21 - DESAFIO DE RENOVAR

Nesta semana você vai orar e pedir a Deus para que Ele faça crescer dentro de você o amor pelas pessoas que estão a sua volta. Você vai fazer o mesmo pedido em favor da pessoa por quem está intercedendo.


13º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Ajude as pessoas que necessitam

22 - DESAFIO DE RENOVAR

“Então, lhes responderá: Em verdade vos digo que, sempre que o deixastes de fazer a um destes mais pequeninos, a mim o deixastes de fazer” (Mt 25:45). Certa vez, um doutor da lei aproximou-se de Jesus com a seguinte pergunta: “Qual é o primeiro de todos os mandamentos?” A resposta de Cristo foi franca e imediata: “O primeiro de todos os mandamentos, é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças” (Mc 12:28-30). Este é o primeiro mandamento. O segundo é semelhante ao primeiro, disse Cristo, pois emana dele: “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que este” (vs. 31). Desses dois mandamentos depende toda a lei e os profetas. Você pode perceber claramente que os primeiros quatro mandamentos são resumidos num grande preceito: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração”. Os últimos seis estão incluídos em outro: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Ambos são uma expressão do princípio do amor. Não se pode guardar o primeiro e violar o segundo, nem se pode observar o segundo enquanto se transgride o primeiro. Quando Deus ocupa o lugar que Lhe é devido no coração será dado ao próximo o lugar que lhe pertence – o amaremos como a nós mesmos. Somente quando amamos a Deus de maneira suprema é possível amar o nosso semelhante com imparcialidade.

12º DIA DESAFIO

Procure fazer o bem para o seu próximo. Durante este dia, faça uma ação inesperada para alguém que você não conhece e que esteja necessitando de ajuda. Faça como se fosse para Jesus e, sem que essa pessoa espere, desperte nela sentimentos de gratidão. Dê uma refeição ou alimento para quem tem fome. Dê um sorriso, um abraço ou uma palavra de apreço para quem necessite de afeto.


13º DIA Viva o amor fraternal “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!” (Sl 133:1). Olhai para a cruz do Calvário. Ela é um permanente penhor do infinito amor e da incomensurável misericórdia do Pai celestial. Oxalá todos se arrependessem e praticassem suas primeiras obras. Quando as igrejas fizerem isso, amarão a Deus supremamente e ao próximo como a si mesmas. Efraim não terá inveja de Judá, e Judá não irritará a Efraim. As divisões serão então sanadas, e nos limites de Israel não se ouvirão mais os ásperos ruídos da contenda. Mediante a graça que lhes é abundantemente concedida por Deus, todos procurarão atender à oração de Cristo, de que Seus discípulos sejam um, assim como Ele e o Pai são um. Paz, amor, misericórdia e benevolência serão os duradouros princípios da alma. O amor de Cristo será o assunto de toda língua, e a Testemunha verdadeira não dirá mais: “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor” (Ap 2:4). O povo de Deus permanecerá em Cristo, será revelado o amor de Jesus e um só Espírito animará todos os corações, regenerando e renovando a todos na imagem de Cristo, moldando todos os corações de igual maneira. Como ramos vivos da Videira verdadeira, todos estarão unidos a Cristo, a Cabeça viva. Cristo habitará em cada coração, guiando, confortando, santificando e apresentando ao mundo a unidade dos seguidores de Jesus. E assim dando testemunho de que as credenciais celestes são outorgadas à igreja remanescente. Deus chama os membros de Sua igreja para receberem o Es-

pírito Santo, para se unirem em amor fraternal, para ligarem em amor os seus interesses.

DESAFIO

Pense em algumas situações que não deveriam estar acontecendo em sua igreja, e escreva-as em um papel. Agora que essas situações estão claras em sua mente, considere o que você pode fazer para solucioná-las. Comece a orar especificamente pela solução encontrada.

23 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


14º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Compadeça-se das pessoas

24 - DESAFIO DE RENOVAR

“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave” (Ef 5:1 e 2). Desde a juventude, Jesus possuía profundo desejo de aliviar o sofrimento das pessoas. Ele se compadecia dos que estavam ao Seu redor, e era verdadeiramente “a luz do mundo”. Sua luz ainda brilha para todos os que estão em trevas, transformando milhares de corações. As pessoas sentiam paz quando estavam próximas de Jesus. Ele vivia acima das dificuldades de Sua vida, como estando diante da face de Deus. Suportava os insultos com paciência e, em Sua natureza humana, tornou-Se um exemplo para todos nós. A vida de Cristo era um bálsamo para os que estavam a Sua volta. Vivia entre os desatenciosos, rudes e profanos. Misturava-Se com os injustos publicanos, os irresponsáveis pródigos, os iníquos samaritanos, os soldados pagãos, os rudes camponeses e as multidões mistas. Tratava todo ser humano como tendo grande valor. Ensinava as pessoas que cada uma havia recebido preciosos talentos que, se corretamente empregados, as elevariam e enobreceriam garantindo-lhes eternas riquezas. Mediante Seu exemplo e caráter, ensinou que cada momento da vida era precioso, e devia ser considerado como um tempo para semear a semente da eternidade.

DESAFIO

Durante este dia, procure tratar bem as pessoas que estão a sua volta. Para obter discernimento, pense o que Jesus faria se estivesse em seu lugar. O seu desafio hoje será praticar uma ação de bondade a alguém que você não tem afinidade ou que tenha algum rancor.


15º DIA Demonstre amor a seus irmãos “Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz” ( Ef 4:2 e 3). Como seguidor de Cristo, você deve promover em sua igreja a comunhão entre os irmãos. O amor fraternal parece ser um assunto periférico. Quase todos julgam que são bons no trato com as pessoas, mas na prática a realidade é outra. Temos negligenciado a cortesia e a solidariedade entre nós, e os dois princípios básicos dos dez mandamentos (amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos) têm sido banalizados. Sabemos que amar o semelhante não é fácil. Temos que ter a consciência de que seguir a Cristo implica não somente num relacionamento com Ele, mas também num relacionamento com os outros que O seguem. Temos muito que compartilhar com nossos irmãos: uma mesma fé, um mesmo Senhor, um mesmo Espírito, um mesmo Pai, uma mesma esperança. Também com eles formamos uma só família, um só corpo, uma só igreja, uma comunidade. Por isso, o Senhor quer que Seus filhos vivam juntos. Em Sua Palavra, Ele nos dá conselhos que cobrem todas as situações possíveis e ajudam no convívio entre irmãos. Segui-los proporcionará o crescimento espiritual de todos e o envolvimento na pregação do Evangelho.

DESAFIO

Demonstre apreço para com um irmão de sua igreja. Faça algo que prove (para você e para ele) que é um privilégio tê-lo como irmão na fé. Dê a ele um cartão, telefone, mande uma mensagem de texto ou pelo e-mail dizendo que deseja vê-lo no Céu. Peça a Deus que lhe oriente para cumprir esse novo desafio.

25 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


16º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Aprenda a perdoar “Contudo, Jesus dizia: ‘Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem’” (Lc 23:34).

26 - DESAFIO DE RENOVAR

Cristo nos ensinou a orar, dizendo: “Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores” (Mt 6:12), e acrescentou: “Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas” (Mt 6:15). No poder de Cristo, podemos desenvolver em nosso coração um espírito de amor, bondade e compaixão para com os que nos entristeceram. Por mais que uma pessoa que nos magoou não nos peça desculpas, deve existir em nós a disposição para perdoar, e a confiança de que todos prestarão contas de suas ações a Deus. Nosso perdão deve ser oferecido da mesma forma que esperamos receber de Deus o perdão para nossas faltas. Diariamente, Deus nos oferece a oportunidade de colocar em prática os ensinamentos de Jesus. O perdão faz parte da essência do cristianismo. Você experimentará a verdadeira felicidade e paz deixando que Cristo torne limpo o seu coração. O perdão das ofensas – não a vingança – é uma manifestação do verdadeiro cristianismo, e revela também a transformação do caráter. Aquele que disse em um momento terrível de ofensa e infortúnio: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” ( Lc 23:34), é pronto para nos perdoar. Quem perdoa, imita a Cristo.

DESAFIO

Como está a sua capacidade de perdoar? Existe alguém que precisa ser perdoado por você? Comece o dia orando a Deus para que você tenha forças para perdoar. Diga: “Eu escolhi perdoar”. Telefone, mande um e-mail ou vá até quem precisa receber seu perdão. A linguagem dos mansos nunca é de orgulho. Como o menino Samuel, eles oram: “Fala, Senhor, porque o Teu servo ouve” (1Sm 3:9).


MEU CONTRATO DE FÉ

Amar ao próximo é um mandamento de Deus. Todos nós, que fomos salvos em Cristo Jesus, somos desafiados a ser úteis ao próximo. Em Seus ensinos, Cristo deixa claro que o verdadeiro objetivo da vida é servir. Em todos os momentos de Sua vida, Ele deixou o exemplo do serviço a Deus e ao próximo. Através de seus ensinos e atos, Ele apresentou ao mundo a norma elevada da vida, uma maneira mais ampla e superior de viver – o que as pessoas de Sua época até então não conheciam. Ainda hoje, todos nós devemos viver para servir aos outros, pois é dessa forma que somos levados à comunhão com Deus. Proponho estes princípios para minha vida

27 - DESAFIO DE RENOVAR

______________________________ ASSINATURA


19º DI RENOVANDO O AMOR NA FAMÍLIA “O amor mútuo liga entre si os corações, e a unidade que existe entre os membros da família prega o sermão mais eficaz que se possa pregar acerca da piedade prática” (Ellen White, General Conference Bulletin, 1899).

HORA DO PODER: TODOS OS DIAS, ÀS SETE HORAS

28 - DESAFIO DE RENOVAR

Nestes próximos dias, você vai orar para que Deus coloque mais alegria, paz e harmonia em seu lar. Você também vai pedir o mesmo pela pessoa por quem está intercedendo.


19º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

17º DIA ler todo capítulo sete do livro de Mateus. Depois reflita sobre o que leu e considere como você pode aplicar os ensinamentos de Cristo em sua vida familiar.

“Não julgueis, para que não sejais julgados. Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também. Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio? Ou como dirás a teu irmão: ‘Deixame tirar o argueiro do teu olho’, quando tens a trave no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão. Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés e, voltando-se, vos dilacerem. Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á. Ou qual dentre vós é o homem que, se porventura o filho lhe pedir pão, lhe dará pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra? Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhe pedirem? Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os profetas” (Mt 7:1-12).

DESAFIO

Deus tem muitas bênçãos para você e também para a sua família. Hoje, seu desafio é

29 - DESAFIO DE RENOVAR

Exercite a tolerância e o amor todos os dias


18º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Procure a unidade familiar

30 - DESAFIO DE RENOVAR

“Considerando ele a sua situação, resolveu ir à casa de Maria, mãe de João, cognominado Marcos, onde muitas pessoas estavam congregadas e oravam” (At 12:12). Jesus possuía amigos, considerando-os como se fossem de Sua família. O Mestre sempre procurava estar com eles, a fim de promover a harmonia e a comunhão deles com Deus, pois somente Deus deve ser colocado em primeiro lugar no ambiente familiar. Com esse exemplo, devemos aprender a tomar decisões buscando primeiramente as orientações de Cristo. O casal que age dessa maneira é abençoado, Pais e mães que agem dessa maneira estão ensinando seus filhos a considerarem o temor de Deus como o princípio da sabedoria. Filhos que agem dessa maneira estão honrando seus pais, conforme o mandamento divino. É dessa maneira que toda a família dá ao mundo um testemunho vivo da Palavra de Deus refletida em vidas bem dirigidas e educadas. Uma família unida, que ama e obedece a Palavra de Deus, é solidificada na fé. Para essa família, Cristo não é um personagem estranho – pelo contrário: é familiar, e todos O reverenciam e glorificam. Anjos celestes se deleitam num ambiente familiar onde Deus reina soberano e onde os filhos são ensinados a honrá-lO, bem como respeitam a Sua Palavra e prezam a religião. Essas famílias herdarão as bênçãos das promessas divinas. Quando Cristo é introduzido na família, o Espírito Santo passa a habitar no lar. Os anjos ce-

lestes, que ministram aos que vão herdar a salvação, ministrarão aos pais, educando-os e preparando-os para a obra de ensinar os filhos. É possível, sim, fazer do lar uma pequena igreja.

DESAFIO

Conte para Deus como está a situação da sua família. Se você teve muitas coisas boas para contar para Deus, peça a Ele para que sua família continue sendo uma benção. Mas se você teve muitas coisas negativas para contar para Deus, então ore para que Ele os abençoe, e para que cada membro do seu lar tenha Cristo no coração, pois, dessa forma, o Criador da família edênica pode restaurar em sua família a paz, a harmonia e amor, assim como pode habitar em seu lar.


19º DIA

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Sempre busque edificar o seu lar

DESAFIO

Em algum momento, durante este dia, dê um abraço bem apertado em todos os membros de sua família. Diga-lhes o quanto é bom têlos ao seu lado.

As palavras têm um efeito grandioso sobre nossa vida. Além de informações, elas expressam sentimentos e desejos e também podem edificar ou destruir os membros de uma família. O cristão deve buscar cultivar em seu lar somente palavras que edificam a casa. Tais palavras devem ser ditas com paciência e amor, mesmo quando visam corrigir um erro. O efeito delas ainda é maior quando são ditas no tempo e no lugar certo. Em contrapartida, existem palavras que destroem, e, infelizmente, muitos cristãos as têm usado com frequência. Estas são palavras ditas com rancor, ódio, com sentimento de vingança, cultivando o mal, e em tom de agressividade. Estas palavras podem trazer como sequela a rebeldia dos filhos, e também podem transformar os cônjuges em pessoas tristes e de coração frio e apático. O cristão deve lutar pela edificação de sua família, buscando fazer uso da Palavra de Deus para a edificação diária de seu lar. Deve ser seu objetivo o desenvolvimento de atitudes positivas, que favoreçam o uso de palavras edificadoras. Também é sua responsabilidade promover um ambiente familiar saudável, sempre lembrando que a família é uma instituição sagrada que foi estabelecida por Deus na Criação, cuja influência positiva levaremos para a eternidade.

31 - DESAFIO DE RENOVAR

“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros” (Rm 12:10).


20º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Reconheça que sua família é um presente de Deus

32 - DESAFIO DE RENOVAR

“Fizeste-me conhecer os caminhos da vida, encher-me-ás de alegria na tua presença” (At 2:28). É muito bom pertencer a uma família e ter o privilégio de viver em um ambiente que transmite segurança. Diante dos problemas da vida, é muito bom poder contar com um porto seguro, que é o seio da família. É muito bom desfrutar da alegria de chegar em casa e ser acolhido por pessoas queridas, vivenciando a experiência de pertencer uns aos outros. No ambiente familiar deve haver aceitação, respeito e amor. É certo que mesmo ali haverá erros, pois ninguém é perfeito. Nesse ambiente, esperamos encontrar a tolerância, que é o alicerce que faz com todos os membros da família se aceitem. Se há tolerância no ambiente familiar, mesmo quando existem atritos, é possível compartilhar sentimentos e acertar as diferenças. Foi Deus quem criou a família. Em Sua profunda sabedoria, Ele deixou esse presente para nós, a fim de nos dar um lugar seguro, de apoio, de força, encorajamento e ajuda mútua. Nos momentos difíceis, a presença de Deus pode ser buscada em família. Da mesma forma, em momentos de alegria, a família deve buscar Aquele que a criou e pode mantê-la com esperança até Sua volta.

DESAFIO

Demonstre para a sua família que você a ama. Escolha um momento do dia, reúna a todos e diga: “Gostaria de orar com vocês, porque vocês são especiais para mim!” Dê a todos a oportunidade para que façam seus pedidos e agradecimentos. Abrace a todos no final desse momento.


21º DIA Edifique o altar da família “Desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm 3:15-17). Devemos tomar tempo para estudar a Bíblia. O estudo diário das Escrituras enobrece o caráter, proporciona a santificação e tem influência transformadora sobre o espírito humano. A grande maioria de nós tem dedicado mais tempo à leituras seculares que ao estudo das Escrituras. Com isso, esses contaminam a mente e alimentam a natureza pecaminosa. Os jovens, especialmente, podem estar em perigo diante de tamanha força do mal. A mente humana deixa de atingir seu mais nobre desenvolvimento quando o estudo da Bíblia, a verdadeira fonte de sabedoria, é negligenciado. Aquele que abre a mente e o coração aos temas grandiosos da Bíblia jamais ficará satisfeito com assuntos triviais e sensacionalistas. Não podemos nos contentar com o estudo superficial da Bíblia. Através do estudo da Lição da Escola Sabatina, podemos aprofundar nossos conhecimentos diariamente, e assim aprender mais sobre o verdadeiro significado das promessas de Deus.

DESAFIO

Veja os desafios que propomos até hoje. Existe alguma coisa que foi muito difícil para você fazer? Que bom que você chegou até aqui! Agora, peça a Deus para mostrar em que você ainda precisa melhorar. Peça com fé. O seu desafio de hoje é adquirir (caso ainda não tenha) a Lição da Escola Sabatina. Procure um meio para estudá-la em família.

33 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


MEU CONTRATO DE FÉ Esta seção teve como objetivo fazer com que você entenda que a família, que é iniciada pela união de um homem e uma mulher, é a primeira e mais importante instituição da sociedade. Todos os dias o cristão deve procurar edificar seu lar, levando para dentro dele o amor e a lealdade. Quando uma família vive no temor de Deus e testemunha firmemente em favor da verdade, os reflexos desse viver são vistos também na igreja, pois lá se vive uma extensão da obra que começa no lar. Proponho estes princípios para minha vida

34 - DESAFIO DE RENOVAR

______________________________ ASSINATURA


RENOVANDO O CUIDADO COM A SAÚDE “A saúde é um tesouro. É de todas as posses temporais a mais preciosa. Riqueza, cultura e honra são adquiridas ao elevado preço da perda do vigor da saúde. Nada disso pode assegurar felicidade, se falta a saúde. É um terrível pecado abusar da saúde que Deus nos deu; pois todo o abuso dessa natureza debilita a nossa vida e constitui um prejuízo” (Ellen White, Conselhos Sobre Saúde, pág. 186).

HORA DO PODER: TODOS OS DIAS, ÀS SETE HORAS

35 - DESAFIO DE RENOVAR

Nestes próximos dias, peça a Deus para lhe ajudar a se preocupar mais com a sua saúde e a desenvolver hábitos saudáveis, tendo a consciência de que o seu corpo é o templo do Espírito Santo.


22º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

A gratidão é uma fonte de alegria e saúde

36 - DESAFIO DE RENOVAR

“Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1Te 5:18). A gratidão é uma fonte de alegria e saúde. Não importa quão rico você seja, pois se com toda a sua riqueza você não for grato, você ainda é um mendigo espiritual. Também é igualmente verdade que, embora você seja desprovido de bens, e embora sofra grandes privações, se você possui um espírito de gratidão, você é indescritivelmente rico. A gratidão é uma fonte de alegria que dinheiro algum pode comprar! E a alegria traz cura ao coração quebrantado. A gratidão é um dom que todos necessitam e podem exercitar. Conta-se que uma mulher casou com um homem a quem ninguém dava valor. Mas ela sempre o elogiava e agradecia a Deus pelo seu casamento. Motivado pelo amor da esposa, ele se transformou num grande homem. Sim, é impossível permanecer pequeno sob o poder da apreciação e da gratidão! Existem milhares de pessoas que estão caminhando com passos morosos, pessoas que olham para a vida com olhos embaçados. São pessoas que teriam um novo ritmo para seus passos e um novo brilho em seus olhos se aqueles que vivem com elas e que realmente as admiram expressassem tal apreciação. Infelizmente, muitas pessoas guardam as “flores” para o momento do funeral, quando já é tarde demais.

DESAFIO

Deus ama muito você, e sempre tem cuidado de sua vida. É por isso que você tem grandes motivos para agradecer a Ele. Pegue uma folha de papel e faça uma lista das bênçãos que Deus tem dado a você. Guarde essa lista em sua Bíblia. Você vai usá-la em outro dia.


23º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Use os remédios de Deus

DESAFIO

Hoje, pare para pensar em sua saúde. Procure, durante este dia, ingerir somente alimentos naturais. Dê preferência ao consumo de frutas, verduras, legumes e cereais.

Saúde. Quem não deseja ter? Quem não a busca? Quanto sacrifício feito em busca da saúde! Quantos regimes e fórmulas! A busca pela saúde é incessante. Todos desejam saúde, pois ela é essencial para uma vida feliz. Embora todos busquemos, de uma forma ou de outra, ter saúde, algumas vezes – ou muitas – não a temos da forma como gostaríamos. Vivemos em um mundo dominado pelas doenças. São tantos os males que afligem a sociedade. Diariamente, milhares de pessoas perdem a vida em consequência direta de doenças incuráveis. E quais as causas para tanta doença no mundo? Muitos podem dar várias razões. Mas a principal é o resultado da transgressão das leis físicas. A doença vem em consequência dos maus hábitos. Deus nos criou perfeitos e planejou que tivéssemos saúde. E mesmo depois que o pecado entrou no mundo e trouxe a consigo a morte, Deus proveu meios e deixou-os a nossa disposição para que pudéssemos manter ou recuperar a saúde. Se você quer ter uma vida mais saudável, procure usar, diariamente, os remédios de Deus, que são: ar puro, água pura, luz solar, repouso, exercício físico, regime alimentar conveniente, domínio próprio e confiança no poder divino.

37 - DESAFIO DE RENOVAR

“Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminarse” (Dn 1:8).


24º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

ingerir bebidas alcoólicas chamaram a atenção dos cientistas, tornando-se o grupo foco de interesse e investimento em pesquisas do governo norte americano.

Adote o estilo de vida sauDESAFIO dável Hoje, inicie uma atividade física (se for sába-

38 - DESAFIO DE RENOVAR

“Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (1Co 10:31). “Deus não operará um milagre para proteger das enfermidades aqueles que não têm cuidado de si mesmos, aqueles que violam as leis da saúde e nenhum esforço fazem para protegerse da doença. Quando fazemos tudo o que podemos de nossa parte para ter saúde, podemos esperar que os resultados benéficos se sigam, e podemos pedir a Deus que abençoe os nossos esforços para a preservação da saúde. Ele então responderá à nossa prece, caso o Seu nome possa, por esse meio, ser glorificado. Mas fazei com que todos entendam que têm uma obra a fazer. Deus não operará de maneira miraculosa para preservar a saúde de pessoas que, por sua falta de atenção para com as leis da saúde, estão seguindo um caminho seguro para se tornarem doentes” (How to Live, parte 4, págs. 55-62.) Estudos também revelaram que pessoas que comem castanhas quatro ou cinco vezes por semana têm apenas a metade do risco de sofrer doenças cardíacas. De igual modo, percebeu-se que essas pessoas, comendo mais frutas, têm um risco menor de sofrer vários tipos de câncer, inclusive o de pulmão. Os que comem carne correm um risco maior de ter câncer de cólon, útero, ovário e próstata. Já os que consomem leite de soja são menos afetados pelo câncer de próstata. O estilo de vida dos adventistas, a sua longevidade e o hábito de não fumar e não

do, você pode fazer uma caminhada em meio a natureza). Para obter melhor desempenho e melhores resultados, converse com seu médico sobre o assunto – um profissional pode lhe dar orientações sobre a prática de atividade física e suas condições de saúde. Faça, neste dia, uma alimentação o mais natural possível.


25º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Faça exercícios regularmente “Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua alma.” (3Jo 2)

DESAFIO

Hoje, separe um tempo para praticar algum exercício físico e procure se alimentar exclusivamente de alimentos naturais (não esqueça de conversar com seu médico antes de começar uma atividade física).

39 - DESAFIO DE RENOVAR

Exercício regular é a fórmula simples para energia aumentada, corpo firme, alívio da tensão, pele mais saudável, autoconfiança, controle de peso, digestão melhorada, redução da depressão e riscos de enfermidades cardíacas e câncer, prevenção do diabetes e diminuição do nível de colesterol e gordura. O exercício não é meramente uma opção; ele é essencial para a manutenção da boa saúde, tanto física como mental. O exercício faz efeito lentamente, à medida que os músculos, o coração e os vasos sanguíneos vão se fortalecendo. Todo tipo de exercício físico deve ser praticado regularmente. O sedentarismo, que é a não prática de exercício físico, é uma das causas de doenças graves, como a obesidade e suas consequências. “A atividade é uma lei do nosso ser. Todo órgão do corpo tem sua obra designada, de cujo desempenho depende seu desenvolvimento e vigor. A função normal de todos os órgãos dá resistência e vigor, ao passo que não usá-los leva a decadência e morte” (Ellen White, A Ciência do Bom Viver, pág. 2).


7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

A mentira destrói a saúde espiritual

40 - DESAFIO DE RENOVAR

“Ajuntando-se, entretanto, muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, Jesus começou a dizer aos seus discípulos: Acautelai-vos primeiramente do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia” (Lc 12:1). A mentira tem feito parte do cotidiano das pessoas. Mente-se por motivos banais. Deus não se agrada da mentira e nem da hipocrisia. O coração de Deus é menos ferido por um ateu que diz que não crê nEle que por um professo seguidor dEle que se esconde em mentiras. A palavra hipócrita, no grego, significa: ator, pessoa que representa um papel. Jesus usava essa palavra contra os fariseus, uma vez que eles demonstravam ser bem religiosos e zelosos no guardar a Lei, mas faziam isso somente para serem vistos e admirados pelos homens. Os fariseus viviam uma realidade diferente da que externavam em seus discursos. Ainda que se apresentassem como ministros de Deus, não eram dignos de representá-Lo. Pregando a moralidade e o compromisso com a Lei, criavam fardos pesados para os fiéis que nem eles mesmos poderiam carregar. Os hipócritas não conseguem viver na comunhão do amor. Têm como relevantes as coisas, formas e objetos, e não as pessoas. Estão mais preocupados com a gravata que com o pescoço de quem a está usando. São verdadeiros sepulcros caiados. O comportamento deles não têm valor nenhum para Cristo. A menos que mudem, nunca poderão se identificar como cristãos.

26º DIA DESAFIO

Acabe com toda e qualquer mentira com a qual você acredita ter prazer. Determine hoje: Não vou mais mentir para conquistar alguma coisa ou me sair bem em determinadas situações. Determine-se a falar apenas a verdade e seja sempre autêntico com as pessoas.


MEU CONTRATO DE FÉ Esta sessão teve como objetivo aprofundar seu interesse na prática de hábitos saudáveis, destacando de uma forma especial os remédios de Deus e levando em consideração que a vida saudável é uma parte integrante da missão da Igreja Adventista. “Quer comais, quer bebais ou façais outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus” (1Co 10:31). A ideia apresentada aqui foi deixar claro a importância do cuidado com a saúde, pois, se aplicados, seus princípios ajudam homens e mulheres a atingir seu pleno potencial não somente físico, mas também mental e espiritual.

Proponho estes princípios para minha vida

41 - DESAFIO DE RENOVAR

______________________________ ASSINATURA


RENOVANDO NO CUMPRIMENTO DA MISSÃO “Quem aceitará essas solenes responsabilidades e vigiará pelas pessoas como quem deve dar conta delas? Somos os representantes de Cristo sobre a Terra. Como cumprimos nossa missão?” (Ellen White, Testimonies on Sabbath School Work, pág. 15).

HORA DO PODER: TODOS OS DIAS, ÀS SETE HORAS

42 - DESAFIO DE RENOVAR

Nestes próximos dias, peça para Deus colocar em seu coração o desejo de testemunhar mais do amor dEle. Peça o mesmo pela pessoa por quem você está intercedendo.


27º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Estabelecendo o Reino de Cristo

DESAFIO

Lembra da lista de bênçãos que você fez? Pegue-a e leia seus agradecimentos para Deus. Ore e deixe Deus cuidar de você. Lembre-se sempre de colocá-lO em primeiro lugar em sua vida.

Milhares de pessoas se dizem cristãs e afirmam ter colocado Cristo em primeiro lugar em sua vida. Mas, se observarmos na prática, perceberemos que essas mesmas pessoas têm dedicado pouco tempo para adorar a Deus. O cristão não é simplesmente aquele que diz ter aceitado a Cristo como seu Salvador, mas aquele que permite que Cristo seja o Senhor de sua vida. Se você deseja fazer parte desse segundo grupo, deve se perguntar: “A maneira como conduzo minha vida exalta Jesus Cristo?” Colocar a Deus em primeiro lugar equivale estar diariamente comprometido com a construção do Seu Reino. De forma simples e concreta, você pode viver agradando a Deus. Comece a fazer isso glorificando-O em todas as coisas. Busque-O diariamente, permitindo que todo o seu ser e tudo o que você possui honre a Deus. Se Deus for colocado em primeiro lugar em todos os aspectos da sua vida, você poderá desfrutar a promessa de Jesus: “Buscai [a Deus], pois, em primeiro lugar, o seu reino e sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

43 - DESAFIO DE RENOVAR

“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal” (Mt 6:33 e 34).


28º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Seja entusiasta com a mensagem da salvação

44 - DESAFIO DE RENOVAR

“Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos” (2Co 4:7-9). Negligenciamos reconhecer que tudo o que temos não foi conseguido com nosso esforço, mas veio do Senhor. Em nossa vida, tudo provém de Deus. Devemos confiar na graça divina, que opera em nós a cada dia. Sendo assim, podemos sofrer tribulação em tudo, porém, sem jamais deixar que a angústia domine nossos sentimentos. Podemos ficar perplexos diante de algumas decisões, atitudes ou situações que vamos enfrentar em nossa caminhada cristã, mas jamais ficaremos desanimados, pois a alegria do Senhor será sempre a nossa força. Deus tem nos chamado para inspirar muitas pessoas através do nosso entusiasmo. Sem entusiasmo, nada de grandioso pôde ser feito. É certo que seremos perseguidos, porém, entre nós e nossos adversários, sempre estará o Senhor nosso Deus. “Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8:31). Toda a arma forjada contra nossa vida jamais prosperará. Ficaremos abatidos pelas batalhas que nos envolvem a cada dia, porém, jamais seremos destruídos. Maior é Aquele que está em nós

que o que está no mundo. As portas do inferno jamais prevalecerão contra nós. Em tudo, seremos mais que vencedores, já que não corremos atrás de coisas fúteis e passageiras, mas corremos para alcançar o galardão eterno.

DESAFIO

Você tem problemas que têm minado seu entusiasmo e coragem para trabalhar no reino de Deus? Seu desafio hoje é definir três formas de trabalho para testemunhar de Cristo para alguém que você não conhece.


29º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Coloque seus talentos nas mãos de Deus

DESAFIO

Hoje, seu desafio é testemunhar para um amigo. Conte a ele o que Deus tem feito em sua vida, e também ouça o que ele tem a dizer. Se possível, orem juntos.

O Senhor Jesus deseja ajudar você a desenvolver ao máximo os talentos que Ele confiou ao seu cuidado. Se você deseja desenvolver bem esses talentos, deve estudar a Bíblia com muita dedicação, pois seus ensinos práticos exercerão influência positiva sobre sua vida. Não importa o papel que você tem desempenhado em sua igreja – o importante é que você faça tudo com grande zelo e dedicação, aplicando todas as suas forças na execução das tarefas que lhe são propostas. “Não passeis por alto as áureas oportunidades presentes, deixando que vossa vida se demonstre um fracasso, enquanto vos sentais preguiçosamente sonhando com comodidade e êxito num trabalho para o qual Deus nunca vos adaptou. Fazei o trabalho que vos está mais próximo. Fazei-o, ainda que esteja entre perigos e aflições no campo missionário; mas não vos queixeis. Olhai para os valdenses. Vede que planos delinearam para que a luz do evangelho pudesse brilhar em mentes entenebrecidas. Não devemos trabalhar com a esperança de receber nossa recompensa nesta vida, mas com nossos olhos firmemente fitos no prêmio que será dado ao fim da carreira” (Ellen White, O Colportor Evangelista, pág. 68 e 69).

45 - DESAFIO DE RENOVAR

“A um deu cinco talentos, a outro, dois e a outro, um, a cada um segundo a sua própria capacidade; e, então, partiu” (Mt 25:15).


30º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Pregue o evangelho

46 - DESAFIO DE RENOVAR

“Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16:15). Cabe a cada um de nós, que temos o conhecimento da verdade, uma solene responsabilidade. “Eis que Eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos. Sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas” (Mt 10:16). Estas palavras foram dadas por Cristo aos discípulos, e mostram a importância que deve ser dada à obra de disseminar a verdade. Pouco antes de Sua ascensão, Cristo deu outra ordem: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo; ensinandoos a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século” (Mt 28:19 e 20). Cristo não restringiu Seus labores a um só lugar. Lemos a respeito de Seu trabalho: “Ele, porém, lhes disse: ‘É necessário que Eu anuncie o evangelho do reino de Deus também às outras cidades, pois para isso é que fui enviado’. E pregava nas sinagogas da Galiléia” (Lc 4:43 e 44). Oxalá todos os que possuem a luz da verdade seguissem o exemplo dado por Cristo, despendendo tempo e habilidade, sendo luz da verdade para pessoas que ainda não conhecem a salvação.

DESAFIO

Hoje, você deve entregar um folheto para alguém. Deixe Deus demonstrar Seu poder através desse ato. Pergunte à pessoa que receber o folheto se ela tem algum motivo especial que mereça uma oração, então diga a ela que você vai orar por esse pedido.


31º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Testemunhe para as pessoas ao seu redor

DESAFIO

Seu desfio hoje é adquirir, de alguma forma, um livro missionário. Amanhã você vai usálo.

Deus lhe deu uma mensagem linda para compartilhar, e você pode comunicá-la através do seu testemunho. Ao aceitar a Cristo, você se tornou Seu mensageiro, e Ele quer usar sua vida para falar ao mundo que tem poder para transformar pessoas. O inimigo deseja silenciar os servos de Deus. Satanás não quer que sua experiência seja conhecida porque ele sabe que o testemunho pessoal tem o poder de tocar o coração das pessoas e levá-las aos pés de Cristo. Alguns pensam que não são capazes de testemunhar. Mas a essência do testemunho nada mais é que relatar, de maneira simples, as experiências pessoais e as vitórias alcançadas com o Senhor Jesus. Não há outra história como a sua – somente você pode falar dela, e se não o fizer, ninguém poderá lhe substituir. Seu testemunho pessoal é mais eficaz que um sermão. As pessoas podem não estar receptivas ao estudo da Palavra, mas ouvirão histórias pessoais com vívido interesse, pois costumam se identificar com histórias de vida. Ao dizer que você venceu com Cristo, crerão que também podem vencer. Foi por esse motivo que Paulo, em várias situações, usou seu testemunho para evangelizar em vez de citar as Escrituras.

47 - DESAFIO DE RENOVAR

“Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra” (At 1:8).


32º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Coloque literatura nas mãos das pessoas

48 - DESAFIO DE RENOVAR

“Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo” (Ap 14:6). Através da literatura, podemos fazer muito por Jesus. É um trabalho importante e gratificante colocar publicações cristãs nas mãos de outras pessoas, levando-as a examinar as Escrituras. Muito pode ser feito por inúmeras famílias quando nos dispomos a levar a elas literaturas contendo a mensagem de salvação. Temos centenas de materiais publicados que seriam um bálsamo na vida de muitas pessoas que estão sedentas para compreender a palavra de Deus. É nosso dever, enquanto conhecedores da verdade, fazer circular toda essa literatura. Esse é um trabalho que não exige muito do nosso tempo. Podemos distribuir revistas, folhetos e livros que, se colocados em cada lar, pregarão o evangelho em ocasião oportuna. Deveríamos disponibilizar especial atenção à obra da colportagem. “Esta é uma das maneiras pelas quais ela deve re-splandecer no mundo. Então ela sairá formosa como a Lua, brilhante como o Sol, formidá-vel como um exército com bandeiras” (Ellen White, O Colportor Evangelista, pág. 7).

DESAFIO

Você irá presentear alguém com o livro que conseguiu ontem. Essa será uma oportuni-


dade para compartilhar a sua fé.

MEU CONTRATO DE FÉ

A ideia desenvolvida nesta sessão foi não deixar morrer dentro de você o senso da missão, pois estamos vivendo num momento profético, quando a Volta de Jesus está cada dia mais próxima. Nossa missão é anunciar, no contexto da mensagem dos três anjos de Apocalipse 14, as boas novas ao mundo, levando as pessoas a aceitar a Jesus como Salvador pessoal e a se prepararem para Sua breve volta. A mensagem dos três anjos é universal, para todos, em todas as partes, para “cada nação, e tribo, e língua e povo” ... a cada cidade, a cada vila, a cada país, comunidade, colônia e “criatura”. Em outras palavras, essa mensagem é para cada pessoa (Mc 16:15).

49 - DESAFIO DE RENOVAR

Proponho estes princípios para minha vida ______________________________ ASSINATURA


RENOVANDO A ALEGRIA DE SER UM CANAL DE DEUS “O Senhor requer que se dêem dádivas em tempos determinados, sendo arranjado isto de maneira que o dar se torne um hábito, e sinta-se que a caridade é um dever cristão. O coração aberto por uma dádiva não deve ter tempo de tornar-se egoísta, frio e fechar-se antes que a seguinte seja feita. A corrente deve estar continuamente fluindo, mantendo assim aberto o canal por atos de beneficência” (Ellen White, Testemunhos Seletos, vol. 1, pág. 373).

HORA DO PODER: TODOS OS DIAS, ÀS SETE HORAS

50 - DESAFIO DE RENOVAR

Nestes próximos dias, você vai pedir a Deus para lhe ajudar a administrar melhor os bens que Ele tem colocado em suas mãos, a fim de que você se torne um canal de bênçãos na obra dEle. Peça a mesma benção para a pessoa por quem você está orando.


33º DIA Viva no amor de Cristo “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3:16). O amor de Deus não pode ser comparado com o nosso amor. Amamos de forma condicional e inconstante. Emoções e sentimentos podem mudar a qualquer momento, mas o amor de Deus ultrapassa o pobre conceito humano sobre amor. É realmente difícil compreender o amor de Deus. Existe um verso bíblico que fala muito sobre o amor de Deus: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5:8). Nesse verso, como em João 3:16, não é mencionada nenhuma condição imposta por Deus para o Seu amor. Deus não diz: “Assim que você colocar sua vida em ordem, Eu vou amar você”. Ele também não diz: “Sacrificarei Meu Filho se você prometer me amar”. Na realidade, o que vemos em toda Bíblia é exatamente o oposto, pois em Romanos 5:8 fica claro que o amor divino é incondicional, por isso Deus mandou Seu Filho, Jesus Cristo, para morrer por nós na cruz do Calvário, e isso quando ainda éramos pecadores. Para que você experimente o amor de Deus não há condições impostas, tais como arrumar a vida ou fazer promessas a Deus. O Amor dEle por você sempre existiu. Retribua com gratidão cada prova que Ele tem lhe tem dado.

DESAFIO

Remova qualquer sentimento de dúvida que possa existir dentro de você com relação ao amor de Deus. Pratique a generosidade. Ore para ter forças a fim de servir as pessoas que estão ao seu redor.

51 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


34º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Coloque sua vida financeira nas mãos de Deus

52 - DESAFIO DE RENOVAR

“Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende os teus bens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu; depois, vem e segue-me” (Mt 19:21). Alguns propõem que o cristão deve ser pobre porque Jesus era pobre. Mas se estudarmos atentamente a vida de Cristo, veremos que Ele possuía o necessário para cumprir Sua missão. Embora não tivesse onde reclinar a cabeça (Mt 8:20), Ele encontrava acolhida em casa de amigos como Marta e Maria (Lc 10:38). Quando precisou alimentar a multidão, o alimento foi provido (Mt 14:19). Quando precisou de um transporte, teve um jumentinho à disposição (Jo 12:14). Quando precisou de um lugar para realizar a Santa Ceia, foi-lhe concedido (Jo 13:2). Quando questionado sobre os impostos, mandou pescar um peixe, e neste estava o dinheiro para pagar o tributo (Mt 17:27). Ele alimentava doze homens todos os dias (Jo 4:8). Suas vestes não eram velhas e esfarrapadas, mas de bom gosto e qualidade. Na crucifixão, soldados lançaram sorte para ver quem ficaria com elas, pois eram de tecido fino (Mc 15:24). Até mesmo em Sua morte, Ele teve o sepulcro de um príncipe (Jo 19:38-41). Jesus era plenamente Deus como plenamente homem. Ele não dispensou recursos para suprir as necessidades em Sua missão. Isso explica porque possuía um tesoureiro para cuidar de Suas finanças. Diante dessas evidências, podemos notar que mesmo optando por viver uma vida simples, Jesus dispôs dos

recursos necessários para suprir Suas necessidades e cumprir a missão que o Pai Lhe confiou. Sendo assim, podemos afirmar que não há nada de errado em possuir recursos financeiros, desde que estes estejam à disposição do serviço dos Céus.

DESAFIO

Hoje é o dia de você entregar sua vida financeira nas mãos de Deus. Faça a seguinte oração: “Senhor, quero colocar tudo o que possuo em Tuas mãos! Usa-me e também os meus bens para cumprir a Tua missão.”


7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Receba as bênçãos dos Céus “Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida” (Ml 3:10). Os fariseus da época de Cristo ensinavam a devolução fiel do dízimo, mesmo que fosse “do endro e do cominho” (Mt 23:23). Embora eles negligenciassem a justiça, a misericórdia e a fé, merecendo por isso a reprovação de Jesus, o Salvador não deixou passar a oportunidade para reiterar o princípio da fidelidade deles nos dízimos. “Devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!”. Em outras palavras, Cristo quis adverti-los de que não se deve usar o dízimo para negligenciar a misericórdia, e nem usar a misericórdia para negligenciar o dízimo. Os fariseus acusavam Jesus de muitas coisas, porém, jamais de sonegador do dízimo ou de defensor da extinção de seu sistema. Esse aspecto se torna ainda mais relevante diante da condenação feita pelo Salvador à avareza dos fariseus (Mt 23:14, 16 e 17; Lc 16:14), grupo que foi descrito nos Evangelhos como uma elite cultural e religiosa da época (Mt 23:2). Além disso, suas disputas pelos cargos sacerdotais e as corrupções decorrentes não foram suficientes para impedir que Jesus fizesse apelo à lealdade ao dízimo: “Devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas”. A defesa de Paulo para a remuneração dos ministros do evangelho tem sua base argu-

mentativa nos textos do Antigo Testamento que se referem às entradas que sustentavam os sacerdotes (1Co 9:6-14). Segundo ele: 1) Havia apóstolos que não trabalhavam em atividades seculares (v. 6); 2) Remunerar os ministros do evangelho era uma prescrição da lei (vs. 8 e 9), e isso devia ser feito pelo sistema de dízimos (Nm 18); 3) O verso 13, diga-se de passagem, é uma referência direta ao dízimo, pois baseia seu apelo à remuneração de ministros da igreja no mesmo direito dos sacerdotes e levitas. Afinal de contas, não eram os sacerdotes e levitas os únicos que podiam se achegar ao altar e prestar o serviço sagrado no templo? (Nm 18:20-26); 4) Essa parcela devida aos sacerdotes era um direito do qual já estavam fazendo uso (vs. 10 e 12); 5) O mesmo sistema deve ser usado para os ministros do evangelho (v. 14); 6) Esse era um direito do qual Paulo abriu mão entre os coríntios (1Co 9:12 e 15; 2Co 11:7), mas por causa da contestação do seu apostolado (2Co 11:5 e 6) e para não dar ocasião aos falsos apóstolos (2Co 11:8 a 13). No entanto, ele usufruiu o direito aceitando salário de outras igrejas (2Co 11:8). 7) Esse é um direito tão natural, segundo o apóstolo, como o de alguém que planta uma vinha e dela cuida (1Co 9:7; Dt 20:6; Pv 27:18). Além disso, remunerar os pastores é justo, especialmente aos que servem na pregação e no ensino (1Tm 5:17 e 18). Isso deve ser feito de tal maneira que não desperte ganância (1Pe 5:2), afinal, é intenção que o pastor, amparado pela igreja, não se embarace com as coisas desta vida, e assim sirva bem à causa de Deus (2Tm 2:4). Portanto, é notório que, mesmo antes de Moisés, o sistema de manutenção dos ministros de Deus era basicamente apoiado

53 - DESAFIO DE RENOVAR

35º DIA


no dízimo. Assim ocorreu durante a teocracia Israelita para a manutenção dos levitas e sacerdotes que oficiavam no templo de Jerusalém. Esse sistema para manter os ministros do evangelho foi sancionado por Jesus e defendido por Paulo, que usou nessa defesa a linguagem e as idéias do sacerdócio levítico do Antigo Testamento. Uma vez que a Bíblia não apresenta nenhum outro sistema e o Novo Testamento se apóia no Velho para estabelecer o critério de manutenção de obreiros do evangelho, é obvio concluir: esse é o plano que deve ser usado hoje em dia na igreja. Qualquer outro sistema assume a condição de uma criação meramente humana que pretende substituir o projeto divino.

DESAFIO

54 - DESAFIO DE RENOVAR

Tenha, nesse dia, a consciência de que o dízimo pertence ao Senhor. Se em algum momento você deixou de devolvê-lo, acerte as contas com Deus. Isso vai mudar sua vida financeira e espiritual.


36º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

reais. Assim, como o dízimo – que é proporcional ao que ganhamos – a oferta também deve ser proporcional.

Torne-se um canal de bênçãos

DESAFIO

Deus não desaprova o cristão por este possuir riquezas, mas é Seu desejo que a possuam e a usem corretamente. Deus não faz os cristãos prósperos pela razão que muitos ensinam – ser cabeça, e não cauda. Em contrapartida, a prosperidade financeira do cristão acontece para que a obra de Deus possa ser mantida por seus recursos. Deus está buscando pessoas que sejam canais de bênçãos, que cooperem na salvação de outras pessoas que estão sedentas da verdade. Deus não distribui suas riquezas simplesmente para que o cristão acumule bens, ou para que exiba o poder e a proteção divina – se fosse assim, essa seria uma visão totalmente egoísta, mas é justamente o egoísmo que Deus deseja tirar do coração do homem. O Doador de todas as coisas deseja que todos sejam canais para escoar os recursos. E, com certeza, Ele manterá supridos esses canais, ou seja, Ele não deixará faltar os recursos para que Seus filhos tenham uma vida digna. Na prática, ser um canal de Deus pode ser exemplificado da seguinte forma: se Deus der a alguém mil reais, quanto essa pessoa deveria dar de oferta? Vamos imaginar que, depois de tirar o dízimo, a pessoa dê cem reais como oferta. Ótimo! Essa é uma boa oferta. Agora vamos imaginar que, pouco tempo depois, essa mesma pessoa recebe dois mil reais. Quanto ela deveria ofertar? Pela lógica da primeira doação, o correto seriam duzentos

55 - DESAFIO DE RENOVAR

“Porque, se há boa vontade, será aceita conforme o que o homem tem e não segundo o que ele não tem” (2Co 8:12).

Decida ser um canal de bênçãos. Trate as pessoas como gostaria de ser tratado, e veja no final do dia que vale a pena fazer o bem. Pense como você poderá auxiliar a sua igreja. Ligue agora para o seu pastor e diga a ele que você estará à disposição para contribuir de alguma forma para o estabelecimento do Reino de Cristo.


37º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

Um sacrifício vivo

56 - DESAFIO DE RENOVAR

“A esse lugar fareis chegar os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta das vossas mãos, e as ofertas votivas, e as ofertas voluntárias, e os primogênitos das vossas vacas e das vossas ovelhas” (Dt 12: 5 e 6). O dízimo foi destinado para a manutenção do sacerdócio, como a Bíblia apresenta (Nm 18; Lv 27). Mas a Bíblia também apresenta um segundo dízimo que, apesar de ter a mesma nomenclatura, tem um propósito distinto e bem definido. O primeiro foi destinado aos levitas, e o segundo, para a adoração em família e para a ajuda humanitária. Há três circunstâncias nas quais o segundo dízimo é mencionado, e todas no livro de Deuteronômio (12: 6,7 e 11; 14:22-29 e 26:12 e 13). A grande obra de Deus em favor dos menos favorecidos é notória. Ele planejou que Seus filhos se lembrassem da obrigação que têm diante do mundo, isto é, adotar os desfavorecidos filhos da terra como membros da família de Deus, começando pelos desvalidos da sua própria casa. “Quando acabares de separar todos os dízimos da tua messe no ano terceiro, que é o dos dízimos, então, os dará ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e a viúva, para que comam dentro das tuas cidades e se fartem. Dirás perante o Senhor, teu Deus: ‘Tirei de minha casa o que é consagrado e dei também ao levita, e ao estrangeiro, e ao órfão, e à viúva, segundo todos os teus mandamentos que me tens ordenado’” (Dt 26:12 e 13). O segundo dízimo era também uma mensagem de Deus ao pobre, a viúva e ao órfão, mostrando-lhes que Ele é o seu sustento. Todos pertencem a uma mesma família, cujo Pai

de amor Se compadece de cada um.

DESAFIO

Com o segundo dízimo, Deus estabeleceu um programa de ajuda humanitária e também de adoração a Ele. Durante este dia, ore a Deus, pedindo a Ele orientação para saber como empregar seus bens para ajudar o próximo e também para promover, com maior eficácia, a pregação do evangelho. Abaixo, enumere algumas de suas idéias.


38º DIA

Viva a liberalidade “E, perante o Senhor, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu cereal, do teu vinho, do teu azeite e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer o Senhor, teu Deus, todos os dias” (Dt 14: 23). “Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra” (2Co 9:8). Com o pensamento apresentado nesse texto, os pioneiros não mediam esforços e faziam verdadeiros sacrifícios em prol da salvação de pessoas para o Reino de Cristo. Mesmo sabendo que não eram obrigados a dar uma oferta no mesmo valor dos dízimos, eles o faziam com grande alegria. Enquanto se encontrava na Austrália, Ellen White incentivava os membros da igreja a levarem suas ofertas para aumentar o fundo destinado à construção do sanatório de Sydney. E foi nessa campanha que ela deu seu testemunho: “Nossos companheiros de trabalho na Austrália responderam animosa e entusiasticamente. O segundo dízimo foi reservado para aumentar o fundo de construção. Houve muitos donativos e dinheiro, trabalho e materiais, representando indivisível abnegação” (The Need for the Cause in Australia, Needs, 4 de Julho de 1903, pág. 21). Como pudemos observar no relato dessa pioneira, o segundo dízimo era uma ação espontânea que brotava no coração de pessoas que desejavam ver a obra de Deus em desenvolvimento.

DESAFIO

Reveja a lista que você fez ontem e ore hoje pelas ideias que você teve. Não se esqueça de orar pela pessoa que recebeu o folheto de suas mãos. Medite no sacrifício que os pioneiros faziam em prol da salvação de pessoas. Pense em algo que possa ajudar um amigo a entregar o coração a Jesus.

57 - DESAFIO DE RENOVAR

7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.


39º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

O mínimo para o Reino de Deus

58 - DESAFIO DE RENOVAR

“Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2Co 9:7). Nas Sagradas Escrituras o numeral dez (10) sempre está relacionado ao mínimo que Deus exige de Seus filhos. Quando Deus apresenta os Dez Mandamentos, está exigindo o mínimo de obediência. No dízimo, assim como no Decálogo, o numeral dez representa o mínimo solicitado por Deus. Nos tempos do Velho Testamento, os israelitas adquiriam perdão mediante o oferecimento de sacrifícios. Contudo, havia critérios para que até o mais pobre pudesse ter o que ofertar e, assim, obter acesso ao perdão – e essa oferta dada por uma pessoa pobre era a décima parte de uma efa de flor de farinha (Lv 5:11). Mais uma vez, o numeral dez aparece como o mínimo do que deveria ser oferecido a Deus. Quando Abrão pediu a Deus para poupar Sodoma do castigo eminente, sugeriu gradativamente uma quantidade de pessoas “justas” que poderiam morar naquela cidade e justificariam a não destruição da mesma. Abraão parou de argumentar com Deus quando sua sugestão da quantidade de habitantes sodomitas “justos” chegou a dez, porque ele entendia que esse era o mínimo, e assim, ele não continuou indagando a Deus. No passado, Deus exigia um segundo dízimo para adoração e ajuda humanitária. Isso era o mínimo que Ele exigia diante de tantas bênçãos dadas a Seu povo. Hoje não existe a estipulação de um segundo dízimo como oferta.

Mas a disposição de fazer o mínimo para Deus com nossas dádivas não nos leva também a pensar em oferece dez por cento, não por obrigação, mas como um ato de amor?

DESAFIO

Primeiro Deus nos abençoa, então, em seguida, ofertarmos a Ele. Faça planos de entregar a Deus uma oferta generosa e sistemática. Pense em fazer um pacto de amor entregando uma oferta durante seis meses como experiência espiritual. O valor da oferta é você que vai determinar. Pode ser um segundo dez por cento, menos ou mais que isso. Experimente ser um pactuante sistemático.


40º DIA 7h – HORA DO PODER: Ore por seu pedido e pela pessoa por quem você está intercedendo.

DESAFIO

A recompensa eterna

• Como forma de agradecimento por terminar os desafios propostos a cada dia, faça um jejum; • Visite a pessoa por quem você orou todos os dias. Conte para ela de sua intercessão e o porque de sua atitude; • Estabeleça o hábito de ler a Bíblia todos os dias. Somente com a leitura da Bíblia você poderá viver, em Cristo, uma renovação espiritual a cada dia; • Coloque sua oferta e seu dízimo num envelope e entregue-o na igreja no próximo sábado.

A Bíblia diz que João viu um novo Céu e uma nova Terra. Quando escreveu isso, o profeta estava exilado na ilha de Patmos. Seu coração estava triste e ele estava se sentindo abandonado. Mas João foi confortado com a visão de uma nova era de paz, harmonia e felicidade, um mundo que, no princípio, era o plano original de Deus. A permanência da Árvore da Vida, que dava à humanidade a possibilidade de vida eterna, no Éden era condicional, e foi por causa da desobediência do primeiro casal que ela foi retirada do jardim. Mas os dons da vida futura serão absolutos e eternos, visto que o mal não se levantará pela segunda vez. Deus quer restabelecer Seu plano original para o homem, e hoje já podemos gozar dessas bênçãos em Cristo Jesus, através do plano da redenção. Restabelecidos a presença de Deus, novamente a humanidade será ensinada por Ele, como no princípio. “O Meu povo saberá o Meu nome [...] porque Eu mesmo sou o que digo: Eis-me aqui” (Is 52:6). “O trabalho aqui é o preparo para o trabalho de lá. O que hoje somos no caráter e serviço santo é o prenúncio certo do que seremos. Não viveremos no porvir aquilo que não nos habituamos hoje” (Ellen White, Edução, pág. 307).

59 - DESAFIO DE RENOVAR

“Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe” (Ap 21:1).

Parabéns! Você chegou ao final!


MEU CONTRATO DE FÉ Nesta última sessão, apresentamos o modelo bíblico de liberalidade e administração de fundos; sistema que atravessou épocas e chegou a nós hoje, num tempo em que a corrida pelo dinheiro deixou Deus para trás. Certamente, o exemplo dos fiéis israelitas em relalação à sua liberalidade nos dízimos e ofertas é digno de imitação. Eles eram obedientes às determinações divinas, e assim também devem ser os verdadeiros adoradores do Deus criador do céus e da terra, pois somente a Ele devemos dar toda honra e louvor, através da entrega total de nossa vida e bens. Proponho estes princípios para minha vida

60 - DESAFIO DE RENOVAR

______________________________ ASSINATURA


61 - DESAFIO DE RENOVAR


Profile for André Alvim - Pré-Impressão

Desafio de renovar  

Desafio de renovar  

Advertisement