Page 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO PROJETO PRÁTICAS INTEGRAIS DA NUTRIÇÃO NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE - PINAB

Refletindo o papel educativo do Agente Comunitário de Saúde: uma experiência de formação no âmbito do Programa Bolsa Família em João Pessoa - PB Céres Pauliena Fernandes Bandeira, Daniela Gomes de Brito Carneiro, Kelly Lacerda de Oliveira Magalhães, Mickella de Farias Silva, Pedro José Santos Carneiro Cruz, Juliana Marinho Tabosa, Silvia Helena Valente Bastos, Ana Cláudia Cavalcanti Peixoto de Vasconcelos Departamento de Nutrição/Universidade Federal da Paraíba(UFPB)/João Pessoa/Paraíba/Brasil Introdução O Programa Bolsa Família (PBF) foi implantado pelo governo federal brasileiro em outubro de 2003, destacando-se como um dos principais programas que compõem o Fome Zero, estratégia criada na perspectiva de diminuir as desigualdades sociais e promover a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN). Em sua frente estrutural, propõe condicionalidades nas áreas da saúde e educação, demandando a implementação de meios consistentes de acompanhamento das famílias beneficiadas. No contexto de promoção da saúde, pautado por princípios como integralidade e autonomia, que colocam o ser humano como sujeito de processos para a transformação social, o Agente Comunitário de Saúde (ACS) pode exercer um papel singular na criação de laços de co-responsabilidade entre a população e as equipes de Saúde da Família (ESF), por conhecerem as características e anseios de sua própria comunidade. Objetivos e Metodologia Slide15.jpg

Resultados Alcançados Percebeu-se que a compreensão das políticas abordadas e a contextualização destas com a sua vivência profissional contribuiu para que os ACS’s repensassem o seu papel, enxergando-se como mediadores e educadores da comunidade frente a essas políticas. Ainda, a escolha dos ACS’s como sujeitos das atividades favoreceu a valorização destes na ESF. As oficinas configuraram-se num espaço propício para o diálogo entre representantes das quatro equipes da USF, dada a carência de momentos como estes em seus cotidianos.

Visando promover a interação do ACS com o PBF, o grupo operativo Programa Bolsa Família do projeto de extensão do Departamento de Nutrição/UFPB Práticas Integrais da Nutrição na Atenção Básica em Saúde (PINAB) promoveu o curso “O Agente Comunitário de Saúde e o Programa Bolsa Família” O curso aconteceu entre julho e setembro de 2008 e contou com a participação de vinte ACS’s da Unidade de Saúde da Família (USF) Vila Saúde, na cidade de João Pessoa – Pb. Com base na metodologia da Educação Popular, realizaram-se oficinas com temas como: Fome Zero e programas complementares ao PBF; conceito, condicionalidades, critérios de inclusão e benefícios do PBF; Direito Humano à Alimentação Adequada e SAN; o PBF no cenário da USF Vila Saúde e Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional. Utilizando recursos como dinâmicas de grupo, músicas, vídeos e textos, os ACS’s foram provocados a refletir desde as bases teóricas do PBF até suas aplicações na USF onde atuam.

Lições Aprendidas e Recomendações O vínculo construído entre as extensionistas e ACS’s foi importante para o estabelecimento da confiança mútua, facilitando a discussão dos temas e o andamento da proposta sugerida. Porém, o número de participantes caiu ao longo do curso, o que pode ser atribuído a dificuldades de articulação entre a agenda da USF e as atividades do PINAB. Esta experiência demonstrou a necessidade de ações educativas que contribuam para o esclarecimento e acompanhamento do PBF na atenção básica, num processo de diálogo que envolva os profissionais de saúde e a população. BLOG: (www.pinabufpb.blogspot.com); Céres(ceres.bandeira@hotmail.com); Daniela(dgbcarneiro@yahoo.com.br)

Refletindo o papel educativo do Agente Comunitário de Saúde  

O Programa Bolsa Família (PBF) foi implantado pelo governo federal brasileiro em outubro de 2003, destacando-se como um dos principais progr...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you