Page 1

PROJETO PRÁTICAS INTEGRAIS DA NUTRIÇÃO NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE: CONSTRUINDO UM OLHAR CRÍTICO E PARTICIPATIVO PARA EDUCAÇÃO EM SAÚDE A PARTIR DA EXTENSÃO POPULAR Ana Karolina Gonzalez de Melo (1), Adriana Maria Macêdo de Almeida (2), Amanda Amaiy Pessoa Salerno (3), Islany Costa Alencar (4), Pedro José Santos Carneiro Cruz (5) 1.2.3.4.Estudantes de Graduação em Nutrição/UFPB e Extensionistas do Projeto PINAB; 5. Nutricionista e colaborador do Projeto PINAB. Centro de Ciências da Saúde/Departamento de Nutrição/UFPB A Educação Popular constitui um modo crítico e criativo de fazer as ações educativas dos serviços de saúde, na medida em que aponta abordagens centradas num olhar, numa escuta mais acolhedora e participativa. Com base nisso, o Projeto de Extensão “Práticas Integrais da Nutrição na Atenção Básica em Saúde (PINAB)”, vinculado ao Departamento de Nutrição/UFPB, desenvolve ações de Educação Popular e Promoção da Saúde na Unidade de Saúde da Família “Vila Saúde”, na Escola Municipal Augusto dos Anjos e com as comunidades Boa Esperança, Jardim Itabaiana e Pedra Branca, em João Pessoa-PB. Suas ações integram três frentes: 1) ações educativas com grupos comunitários de: escolares e integrantes de organizações populares locais; 2) visitas domiciliares; e 3) gestão compartilhada do Projeto. Com os escolares a promoção da saúde é abordada com dinâmicas educativas, vídeos, música e teatro, em que não apenas a alimentação é posta como tema, mas sim o dia a dia de cada escolar e seu olhar sobre os costumes da comunidade e as dificuldades vivenciadas por seu povo, suas dúvidas e inquietações. O grupo “Saúde na Comunidade” constitui outra frente de ação do PINAB, na qual são abordados com os comunitários a Promoção da Saúde de forma participativa e com ênfase na abordagem das histórias de vida e do cotidiano da comunidade. Enquanto isso, as visitas domiciliares são espaços onde o estudante interage com uma realidade diferente da sua, com base na problematização e na construção de vínculos com os sujeitos da comunidade. Cada atividade realizada se baseia no diálogo de saberes, em que todos tem algo a ensinar e aprender e as conversas em rodas proporcionam momentos de escuta e de atenção mútuas. Essas ações vem repercutindo no incentivo a participação popular de forma mais consistente nos espaços comunitários e construindo uma visão crítica da saúde. Além disso, proporciona aos extensionistas um aprendizado junto a comunidade que se torna, de fato, uma universidade, proporcionando um olhar crítico em relação a realidade social e os desafios para o enfrentamento pedagógico das desigualdes sociais. Proporcionando aos futuros nutricionistas um olhar mais sensibilizado em relação à realidade de cada ser humano e pró-ativo diante das desigualdades sociais e dos caminhos para seu enfrentamento e superação, de forma solidária, criativa e humanística.

CONSTRUINDO UM OLHAR CRÍTICO E PARTICIPATIVO PARA EDUCAÇÃO EM SAÚDE A PARTIR DA EXTENSÃO POPULA  

Ana Karolina Gonzalez de Melo (1), Adriana Maria Macêdo de Almeida (2) , Amanda Amaiy Pessoa Salerno (3) , Islany Costa Alencar (4) , Pedro...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you