Issuu on Google+

· 1·

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

Edição 1043 • Ano XX • 4 de março de 2014 • Semanário Gratuito • Sai à 3ª feira • Diretor: João Tavares Conceição • Siga-nos no

Página 5 Castelo Branco Discussão sobre ajuste diretos e corrupção aqueceu debate na Assembleia Municipal Página 7 Castelo Branco Residencial Arraiana não resiste à crise e fecha portas Página 8 Penamacor Autarquia avança com Sabugal em projeto do Linx Park

Oleiros

3500 em Passeio turístico TT

Página 15

Página 17 Sertã Estrada Nacional 238 fechada dois meses Página 19 Futebol Machado elogia equipa e diz que objetivos estão a ser cumpridos

Eanes assume Conselho Consultivo da ULS

Página 3

PUB

Carnaval foi um sucesso,

autarquia quer que seja atrativo turístico regional e nacional Páginas 12 e 13


· 2·

Destaque

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

Tomada de Posse do novo conselho de administração da ULS

Vieira Pires mais três anos à frente da ULS Com Paulo Macedo a presidir a cerimónia, Vieira Pires tomou posse para mais três anos à frente da ULS de Castelo Branco. Um mandato com novos e velhos desafios, desde logo atrair profissionais para a região, e conseguir realizar melhoramentos na Consulta Externa e Urgências. POR CRISTINA VALENTE

Tomou posse esta quarta-feira o novo conselho de administração da Unidade Local de Saúde (ULS) de Castelo Branco, presidida pelo médico Vieira Pires. A cerimónia presidida pelo Ministro da Saúde, Paulo Macedo, decorreu no salão nobre do Hospital Amato Lusitano. Vieira Pires, lembrou que o desafio que aceitou e que agora foi renovado por mais 3 anos, é bastante ambicioso, mas tem sido aliciante. “Já aumentámos a capacidade da Dialise, não só Hemodiálise, como Diálise Peritoneal…internalizámos grande parte dos pedidos de radiologia oriundos dos 8 centros de saúde e só nas análises clínicas temos sentido algumas dificuldades por termos apenas uma patologista clínica e uma técnica superior” situação que Vieira Pires espera seja

alterada em breve com o fim dos concursos entretanto abertos. De resto, Vieira Pires não esconde a dificuldade de atrair profissionais em algumas áreas, “assumimos o atraso em Oftalmologia com apenas 2 profissionais para 108 mil utentes…temos consciência dos escassos recursos em obstetrícia e Anestesiologia, mas infelizmente temos tido concursos desertos, o que nos atraiçoa no plano estratégico, previamente estabelecido e proposto à ACSS”. O responsável lembra que a ULS não confina a sua atuação aos seus utentes, pois serviços há, como a Nefrologia, que serve também o Centro Hospitalar da Cova da Beira e a ULS da Guarda. Otorrino, recebe os doentes referenciados pela Cova da Beira e a Urologia aceita todas as urgências litiásicas dos distritos de Castelo Branco e Guarda. Para além das me-

Paulo Macedo, Ministro da Saúde, visitou diversos serviços do HAL

lhorias tecnológicas, com novos aparelhos já autorizados e a concurso, como o TAC, Ecógrafo e novo aparelho de ecografia para obstetrícia, Vieira Pires pretende também realizar algumas obras de melhoramento, nomeadamente na Consulta Externa e Urgências. “Aumentaremos o espaço da Consulta Externa

para evitar que utentes fiquem de pé, e se o orçamento chegar, faremos alterações no Serviço de Urgência que julgamos prementes”. Adiantou o presidente do Conselho de Administração. No centro de todas as decisões, deve estar, para Vieira Pires, o bem estar do doente, por isso o responsável destaca as Unidades de

Cuidados à Comunidade, “atualmente estão a funcionar 3, Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Sertã, e brevemente passarão a ser 4 com a entrada em funcionamento da unidade em Oleiros”. Paulo Macedo, ministro da saúde, que antes da cerimónia visitou alguns serviços do hospital, deixou elogios, considerando

alguns serviços como dos melhores do país, “pude ver um dos melhores serviços de Hemodiálise e gastroenterologia do país, e estão aqui no interior e com uma capacidade assistencial concreta, num número de doentes assistidos, num número de cuidados efetiva que é de assinalar”. O tutelar da pasta da saúde que visitou o serviço de Urgências, que considera um, “serviço eficaz em termos de organização, mas que precisa de fazer alguns ajustamentos para servir melhor a população”. Paulo Macedo deixou ainda uma palavra ao General Ramalho Eanes que aceitou presidir o Conselho Consultivo da ULS Castelo Branco, “é uma forma de estar mais perto daquilo que é uma das maiores preocupações dos portugueses a saúde, e que talvez por isso precisa mais da nossa intervenção”. ■

Ministro da Saúde inaugura Unidade de Cuidados Continuados de Idanha-a-Nova

“Hoje é um dia grande para Idanha” – Joaquim Morão “Hoje é um dia grande para Idanha-a-Nova”. Estas foram as palavras proferidas pelo provedor da Santa Casa da Misericórdia de Idanha-a-Nova, durante a inauguração da Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) da Misericórdia local, onde esteve presente o ministro da Saúde, Paulo Macedo. Joaquim Morão realçou a importância da abertura desta unidade para a região e sublinhou que a sua abertura é o concretizar de “uma aspiração que vem de longe”. “Em 2006 fizemos parte do projeto piloto dos cuidados continuados integrados e foi-nos atribuído o serviço de convalescença. Estamos numa terra em que tudo é difícil”, referiu o provedor da Misericórdia de Idanha-a-Nova.

Sobre a UCCI que se encontra em pleno funcionamento desde o dia 1 de novembro, Joaquim Morão explicou que já tem a taxa de ocupação completa e vem resolver mais um problema para uma região “cada vez mais envelhecida”. “Esta unidade surge como uma urgência. Nunca fizemos parte do problema, mas sim da solução”, refere o provedor, acrescentando que o “Estado não pode fazer tudo”. Joaquim Morão sublinhou ainda a importância deste tipo de investimentos na criação de emprego e na fixação de pessoas. Em relação à UCCI são mais 50 postos de trabalho criados sendo que atualmente a Misericórdia de Idanha-a-Nova é o terceiro maior emprega-

dor do concelho, com 150 funcionários. A UCCI da Misericórdia de Idanha-a-Nova, edificada num terreno doado pela âmara Municipal, custou 2,5 milhões de euros e possui 30 camas de média e longa duração. O autarca Idanhense, Armindo Jacinto, para fazer um breve retrato do

concelho, um dos mais desertificados do país. Armindo Jacinto disse que para fixar pessoas é preciso existirem um conjunto de outras ofertas, nomeadamente, nas áreas da saúde, educação e habitação. “Esta iniciativa da Santa Casa da Misericórdia vem enriquecer a oferta na área da saúde”, disse.

O maior investimento dos últimos 15 anos O ministro da Saúde disse que o Governo está a apostar nas áreas da reabilitação e ao mesmo tempo nos cuidados continuados integrados. “Trata-se de uma lacuna que o Governo pretende colmatar de forma sustentada”, referiu Paulo Macedo.

Sobre a UCCI de Idanha-a-Nova, o governante explicou que o financiamento do Estado é superior a dois milhões de euros durante três anos, num investimento total que atinge os 2,5 milhões de euros. “Este é o maior investimento que Idanha viu nos últimos 15 anos e se recuarmos 30 ou 40 anos, estamos perante um dos maiores investimentos de sempre feitos no concelho”, sublinhou. Paulo Macedo disse ainda que o distrito de Castelo Branco “triplicou a oferta nesta área nos últimos três anos”. “No distrito, existem 11 unidades com mais de 220 camas. Este ano vamos abrir mais uma unidade em Castelo Branco já anunciada (Unidade de Cuidados Continuados Integrados da Misericórdia)”, refere. ■


Destaque

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

EDITORIAL

Castelo Branco

General Ramalho Eanes assume presidência do Conselho Consultivo da ULS

A

inda esta semana assistimos, durante um diálogo PS-PSD em São Bento, um deputado do PS mostrar uma fotografia da campanha eleitoral, da conversa de Passos Coelho com a menina a quem prometeu que não tiraria os subsídios aos pais. Claro que a má situação das finanças públicas rapidamente o desmentiram. No entanto o PS não deixa de cometer o mesmo erro, e agora não podendo justificar-se com o desconhecimento da real situação económica. O Governo fecha tribunais e lá está o PS a dizer que os repõe quando governar. O mesmo se passa com a reforma do IRS e a reposição dos feriados. Não está interessado em qualquer entendimento de regime, a curto ou a médio prazo, tanto na divida como na despesa do Estado, e aposta sempre na saída contrária ao Governo, no pós troika: programa

POR CRISTINA VALENTE

O General Ramalho Eanes é o novo presidente do conselho consultivo da Unidade Local de Saúde (ULS), substituindo no cargo o médico Castel’ Branco Silveira que se demitiu por divergências com o conselho de administração da ULS. Presente na cerimónia de tomada de posse do novo conselho de administração, Ramalho Eanes, confessou que sentiu alguma relutância em aceitar o cargo, uma vez que está afastado da cidade e região há muitos anos, “não tenho tido um contacto muito intimo com a cidade e pensava que outra pessoa domiciliada em Castelo Branco, e conhecendo melhor os problemas, teria melhores condições para exercer o lugar”. Apesar disso resolveu aceitar o cargo por ser uma

solicitação da sua cidade, “não queria que a minha cidade pensasse que eu me recusava a prestar-lhe esse serviço” afirmou à nossa reportagem. Depois o facto do convite ter sido endereçado por Viera Pires, também pesou na decisão de aceitar o desafio “é um homem que considero muito, pela qualidade profissional e pela dedicação e competência que tem manifestado à frente da ULS.” Finalmente o terceiro motivo que levou Ramalho Eanes a aceitar o convite,

· 3·

foi o facto de saber que entre os membros do conselho consultivo estavam personalidade que conhecem bem a cidade, “pessoas que conhecem bem a cidade, que a cidade conhece bem e a quem a cidade muito deve, como o Comendador Joaquim Morão”. O General Ramalho Eanes espera agora que numa relação “dialogicamente concertada com todos os membros do conselho vamos fazer o nosso trabalho da melhor maneira que pudermos e soubermos”. ■

PUB

Os Mesmos Erros DIRETOR JOÃO TAVARES CONCEIÇÃO

cautelar ou saída limpa (à irlandesa). O fim da intervenção da troika não se vai traduzir no regresso a uma vida desafogada. Em primeiro lugar é necessário não esquecer todos os desmandos que foram feitos em nome dos compadrios, da baixa politica e dos afilhados. Em segundo lugar é conveniente não acreditar piamente nas notícias de determinado otimismo económico, pouco credível e bastante eleitoralista. Em terceiro lugar basta-nos olhar em redor: a situação económica continua difícil e a recuperação vai demorar muitos anos. Mas aproximam-se as eleições europeias. Para nós, normalmente, com uma taxa de abstenção enorme, pois os seus resultados pouco poderão influenciar a

política da União. Portanto os partidos tentam transformá-las num plesbicito interno do qual possam tirar conclusões. Não sendo de leitura fácil é, no fundo, uma forma alternativa de referendar as vontades populares. Contudo, a nível da União Europeia, já a situação não é a mesma. A subida nas sondagens dos partidos eurocéticos, a hipotética vitória de partidos ultra esquerdistas e os dogmas em que assenta a política económica do FMI, estão a deixar as autoridades europeias em estado de choque. Está a passar-se de um fundamentalismo de memorandos para o medo de não se conseguir manter uma estrutura europeia mais solidária e integradora. E a União Europeia era para isto mesmo.

PUB

Dr.ª Mª José Pimenta - Consultas Clínica Geral Dr.ª Andréa Martins - Consultas Médicina Dentária

PUB

Av. Nuno Álvares, 8F R/C Dto Castelo Branco 272 082 684 - 963 331 170 PUB

PUB

Carlos Crisóstomo Médico Chefe de Serviço de Clínica Geral PedroMédico Crisóstomo Dentista


· 4·

Castelo Branco

Maria Dias, Lda reabriu loja na Praça

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

António Salvado apresenta “livro excecional” POR CRISTINA VALENTE

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Reabriu na passada sexta-feira a Loja de Maria Dias, Lda, situada no Mercado Municipal (Praça), um espaço histórico, e que faz parte da memória da cidade de Castelo Branco. Com meio século de existência, Maria Dias, aqui iniciou a sua atividade, dando lugar à empresa com o seu nome, e gerida pelos seus

filhos João Vilela e Maria dos Anjos. "A reabertura desta loja, para além de ser uma homenagem à nossa mãe, é também uma forma de atrair mais clientes à praça e dar vida ao comércio tradicional. Este espaço está relacionado com a nossa família, sendo com enorme orgulho que agora procedemos à sua reabertura", afirmam os empresários. ■

Associação de dadores de sangue da Beira Interior sul

Colheita de sangue no Cansado

A Associação de Dadores de Sangue da Beira Interior Sul, vai realizar no próximo sábado mais uma brigada para recolha de sangue. Desta vez será no salão paroquial da Igreja do Cansado, em Castelo Branco, entre as 9 e as 13 horas. Podem ser dadores de sangue todas as pessoas saudáveis dos 18 aos 65 anos. Note-se que antes de efectuar a sua dádiva, o candidato a dador é observado por um médico especialista nesta área, que dará, ou não, o seu aval para ser submetido à colheita de sangue. Em caso negativo o candidato

a dador será encaminhado para o seu médico de família. Em qualquer das colheitas é possível a recolha de amostras para a inscrição no banco de potenciais dadores de medula óssea. No momento da colheita de sangue é recolhida uma pequena amostra, que depois de devidamente tipificada, os dados obtidos são armazenados numa rede informática à escala internacional, à qual as autoridades de saúde dos países aderentes têm acesso. Para a inscrição neste banco de dados, os potenciais dadores devem ter idade compreendida entre os 18 e os 45 anos ■

Excecional, foi assim que Fernando Paulouro classificou o livro de António Salvado “Ecos do Trajecto seguido de Passo a Passo”. O livro editado pela A23 e patrocionado pela autarquia albicastrense, foi apresentado no salão nobre da Câmara Municipal, que foi demasiado pequeno para acolher todos os que quizeram estar presentes, e foram muitos os que vieram inclusive de outras localidades. “Estamos face a um livro excecional, nas duas vertentes dos poemas que reune” afirma Fernando Paulouro. O jornalista destacou ainda o facto do poeta, António Salvado, ter optado por viver em Castelo Branco, resistindo à contingência da província, “no que este conceito tem de arqueologia mental na sociedade

António Salvado teve sala cheia no lançamento de mais um livro

portuguesa, soube pensar o país de dentro para fora, e ter a suprema ousadia de fazer coisas, promover a cultura dentro de uma cidade, uma região, onde o pensamento não poucas vezes vive exilado”. Para Luís Correia, autarca albicastrense, o lan-

çamento deste livro é mais uma oportunidade de prestar tributo a António Salvado, “de uma vez mais recordarmos e aplaudirmos o percurso de um homem de grande capacidade intelectual e de grande carreira cultural” “A cidade deve-lhe

muito” acrescentou Luís Correia. Parco em Palavras, o poeta apenas agradeceu a presença de todos. Para dar a conhecer um pouco do livro, foram interpretados alguns poemas por Maria de Lurdes Gouveia e Manuel Costa Alves. ■

Projeto Inscrição da Terceira Pessoa

Grupo das crianças já começou "Inscrição" é este o nome do projeto que a Terceira Pessoa - Associação cultural de Castelo Branco se encontra a desenvolver ao longo do primeiro semestre de 2014. "Inscrição" é a terceira e última parte da trilogia "manifestO" que a associação iniciou em 2012 com o projeto "Kurt Cobain" e que teve a sua segunda parte em 2013 com o projeto "Hey You". Na trilogia explora-se o teatro enquanto espaço de manifestação estética e política dos seus intervenientes. "Nesta terceira e última parte o trabalho é realizado com três grupos de faixas etárias diferentes da população de Castelo Branco, com os quais se constroi um espetáculo que marque o real e se inscreva no espaço público", adiantam os diretores artísticos do projeto Ana Gil & Nuno Leão. De janeiro a junho de 2014 desenvolvem-se oficinas de teatro com três grupos de diferentes faixas etárias, crianças, jovens e

adultos, e uma oficina de leitura/dramaturgia com um grupo de adultos, orientada por Diogo Martins. O grupo das crianças iniciou o seu trabalho durante o mês de fevereiro e é constituído por 15 participantes dos 8 aos 13 anos de idade. "É a primeira vez que trabalhamos com um grupo de crianças tão novas e isso constitui um

novo desafio no trabalho de forte proximidade com as populações que temos vindo a desenvolver em Castelo Branco desde o início de 2012." Assim se inicia o caminho para a criação de um novo espetáculo da Terceira Pessoa, com estreia prevista para Julho de 2014 que, este ano, conta com uma novidade, "Em 'Inscrição'cria-

-se um espetáculo em forma de tríptico, com três partes que se ligam entre si, no qual a primeira parte será interpretada pelas crianças, a segunda pelos jovens e a terceira pelos adultos." As oficinas acontecem no edifício do Cine-Teatro Avenida e o projeto conta com o apoio do município Albicastrense. ■


Castelo Branco

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

· 5·

Assembleia Municipal de Castelo Branco

Discussão sobre ajuste diretos e corrupção aquece debate Os ajustes diretos feitos pela Câmara de Castelo Branco, aqueceram, na passada sexta-feira, a Assembleia Municipal, depois do PSD ter citado um relatório que recomenda a fuga a este método para execução de empreitadas, por causa da corrupção. “ Desde a tomada de posse do executivo, já se contam 22 ajustes diretos na execução das empreitadas, porquê a escolha deste método quando um relatório da União Europeia recomenda que se fuja o máximo possível dos ajustes diretos por causa da corrupção?”, questionou Ana Rita Calmeiro (PSD). O presidente da Câmara de Castelo Branco não gostou da interven-

ção da deputada social-democrata nem daquilo que considerou ser uma “insinuação”. “Não lhe tolerarei qualquer insinuação sobre corrupção”, disse Luís Correia, sublinhando que “os ajustes diretos não são ilegais, são um método perfeitamente legal”. O autarca explicou ainda que a escolha do executivo tem recaído nos ajustes diretos, “porque tem cabimento legal e é um método mais rápido do que o concurso público”. Luís Correia refere também que nestes casos, o município “faz sempre pedidos de propostas a mais do que uma empresa” e além disso, “benefi-

cia as empresas locais”. Outro assunto que esteve em discussão foi a recente reorganização dos transportes urbanos de Castelo Branco (TUCAB).

A deputada social-democrata disse ter “algumas dúvidas” sobre se a reorganização vai trazer melhorias para os utentes. “O preço dos passes

mensais aumentou e o número de linhas diminuiu, situação que prejudica a população em geral e os estudantes em particular”, disse Ana Rita Cal-

meiro. A única novidade é o aparecimento de um bilhete diário, com o qual o utente tem um número ilimitado de viagens durante o dia. Luís Correia explicou que o município foi ouvido sobre as alterações no TUCAB e que estas “foram decididas com base num estudo onde os utentes foram auscultados”. O autarca sublinhou ainda que ouvida a parte técnica da câmara, “as alterações só pecam por tardias”. Ainda durante a discussão na Assembleia Municipal, as bancadas do PS, PSD e CDU trocaram algumas acusações sobre a situação nacional do país e os seus efeitos na região. ■

Barracas para cães em espaço público preocupam PSD A proliferação de dejetos caninos um pouco por toda a cidade de Castelo Branco, mereceu da parte do deputado municipal do PSD, Alexandre Pereira, uma chamada de atenção ao executivo. O deputado social democrata solicitou mesmo que a Câmara Municipal de Castelo Branco intensifique a fiscalização e alertou ainda

para a existência de um conjunto de barracas que se encontram a ocupar um espaço público e que servem de depósito para cães, na zona próxima ao Hospital Amato Lusitano (HAL). O presidente da autarquia, Luís Correia, explicou que está preparada uma nova campanha, a arrancar durante o mês de março, no senti-

do de sensibilizar os proprietários de cães para o problema que os dejetos causam e em relação à existência das barracas em espaço público, sublinhou que a câmara está atenta ao problema e caso não haja resposta à sensibilização, serão tomadas medidas no sentido de por cobro a situação existente junto ao HAL. ■

Concelho de Castelo Branco tem agendadas 11 feiras para 2014

Município investe 148 mil euros em feiras temáticas para divulgação dos produtos locais A Câmara de Castelo Branco vai investir 148 mil euros na realização de 11 feiras temáticas para promoção dos produtos locais, sobretudo na área agroalimentar, e do artesanato do concelho. Esta verba para a realização destas atividades abrange as freguesias de Alcains, Salgueiro do Campo, Escalos de Baixo, Louriçal do Campo, Sarzedas, Sobral do Campo, Lardosa, Mon-

forte da Beira, Malpica do Tejo, Escalos de Cima e a União das Freguesias de Cebolais de Cima/Retaxo. O vice-presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco disse que “este ano, a autarquia vai continuar a apostar numa política de promoção e de divulgação dos produtos locais e do artesanato nos espaços rurais”. Arnaldo Brás refere que se trata de “uma aposta ini-

ciada há alguns anos” e que o "município pretende continuar nos espaços rurais do concelho”, uma vez que “geram dinâmicas económicas e sociais ao nível das freguesias”. Ao longo do corrente ano, o município irá apoiar a realização de 11 feiras temáticas em outras tantas freguesias do concelho de Castelo Branco, sobretudo nas áreas dos produtos agroalimentares e do artesanato. ■


· 6·

Castelo Branco

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

Centro Artístico Albicastrense assinalou 106º aniversário POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

O Centro Artístico Albicastrense (CAA) comemorou, no passado domingo, o seu 106º aniversário, com a presença de várias entidades e associados. Paulo Afonso, presidente da direção da coletividade, deixou a promessa de ambicioso plano de atividades, desde a cultura, passando pelo desporto e o lazer. “Estamos empenha-

Comandante Geral da GNR visitou comando de Castelo Branco

O Comandante geral da Guarda Nacional Republicana, tenente-general Luís Manuel dos Santos Newton Pereira visitou no passado dia 25, o Comando territorial de Castelo Branco. O responsável foi recebido no Quartel do comando em Castelo Branco onde participou numa reunião com o efetivo e durante a

Jorge Neves, presidente da Junta de Freguesia de Castelo Branco, felicitou a nova direção da coletividade, deixando a garantia da continuidade do apoio da autarquia. A finalizar as intervenções, Luís Correia, presidente do município albicastrense, afinando pelo mesmo diapasão, prometeu igualmente o apoio às várias atividades que pretendam desenvolver, con-

dos para que a coletividade seja dinamizada nas mais variadas vertentes, pelo que contamos com o apoio das entidades, pretendendo igualmente aumentar o número de associados”. O dirigente do CAA lançou no final um repto à Câmara Municipal de Castelo Branco para que fossem feitas obras no terraço da sede, dado que se pretendem levar a cabo várias atividades no Verão.

tarde visitou os postos territoriais da Covilhã, Fundão e Sertã e ainda o destacamento de trânsito de Castelo Branco. A todos, oficiais, sargentos, guardas e civis, deixou uma palavra de profundo reconhecimento pelo trabalho desenvolvido em prol da segurança das populações.■

PUB

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA GERAL DO LAR MAJOR RATO Nos termos do Artº 27º, nº 1 e nº 2, dos Estatutos, convoco a Assembleia Geral da Instituição LAR MAJOR RATO, para reunir em sessão ordinária, no próximo dia 21 de Março de 2014 (sexta-feira), pelas 20:00 horas, na sua sede, em Alcains, com a seguinte ordem de trabalhos: 1. Informações. 2. Discutir e votar o Relatório de Atividades e Contas da gerência referente ao ano 2013, bem como o parecer do Conselho Fiscal nos termos do artº 26º, nº 2, alínea b) dos Estatutos. 3. Apreciar e deliberar sobre a concessão de título de sócio honorário ao Comendador Joaquim Morão e a D. Aurélio Granada. 4. Apreciar e deliberar acerca de quaisquer assuntos que possam ser apresentados pela Direção ou pela Assembleia. Se, na hora marcada, não estiver presente, mais de metade dos associados, com direito a voto, a Assembleia Geral reunirá uma hora depois, ou seja, às 21:00 horas, com qualquer número de associados, nos termos do artigo 26º, nº4, dos Estatutos. Alcains, 27 de fevereiro de 2014 O PRESIDENTE DA MESA DA ASSEMBLEIA GERAL (Florentino Vicente Beirão) PS — 0 Relatório e as Contas, referentes ao ano de 2013, podem ser pedidos na sede da Instituição a partir do dia 13/03/2014.

cluindo também com um desafio aos dirigentes do CAA. “Abram as portas às coletividades do concelho que pretendam utilizar o vosso espaço, pois só unidos podemos tornar o associativismo cada vez mais forte”, concluiu. No final da cerimónia, foram entregues aos associados com 25 e 50 anos de vida dedicada à segunda coletividade mais antiga de Castelo Branco. ■

Parlamento dos Jovens / Básico – Castelo Branco

Mesa da sessão Distrital já está constituída Foram eleitos após processo de eleição, no dia 19 de fevereiro, na Direção Regional do Centro do IPDJ, nos Serviços Descentralizados de Castelo Branco, os deputados que irão constituir a Mesa da Sessão Distrital de Castelo Branco a realizar no próximo dia 17 de Março de 2014. A mesa é presidida por Beatriz Santos da Escola Básica Afonso de Paiva, Castelo Branco, a Vice-Presidente é Francisca Resende do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares, Castelo Branco e

a Secretária, Leonor Paulos da Escola Básica Serra da Gardunha, Fundão. Recorda-se que relativamente à Sessão Distrital participam 11 Escolas do

Ensino Básico num total de 41 deputados efetivos. Este Programa, que a Assembleia da República organiza em colaboração, entre outras entidades,

com o Ministério da Educação e Ciência, através das Direções dos Serviços Regionais de Educação e o Instituto Português do Desporto e Juventude I.P., através das suas Direções Regionais, tem por objectivo promover a educação para a cidadania e o interesse dos jovens pela participação cívica e pelo debate de temas de actualidade. Este ano o tema seleccionado para a Sessão do Básico é: "Drogas - Evitar e enfrentar as dependências". ■

Cybercentro acolhe atividades no âmbito do Fórum ESART

Exposição MILUM formas de sentar Está patente no Cybercentro de Castelo Branco até 21 de Março, a exposição “MILUM formas de sentar”, resultado do desafio lançado aos designers, alunos do curso de Design de Interiores e de Equipamento , da Escola Superior de Artes Aplicadas (ESART), do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), que teve por mote desenvolver uma cadeira para o novo milénio. A organização ficou a cargo do docente Fernando Miguel Marques, que procurou envolver os alunos num projeto com características singulares e simultaneamente inovadoras. O desafio, para além de um objeto artístico conceptual revelou-se ser algo mais além, transportando-se para o mundo do packa-

ging. Para além do protótipo, os alunos idealizaram e conceberam o programa total de design, que inclui o packaging para o transporte do produto ser efetuado em caixas planas, poupando assim espaço no transporte e expedição da mercadoria. De igual forma, “a

cadeira foi pensada para ser montada por encaixe pelo consumidor final, o que minimiza os custos”, afirma Fernando Miguel Marques. De acordo com o Subdirector da ESART, João Neves, “a exposição reflete também as políticas de ensino e investigação que

se pretendem implementar na ESART, isto é, o desenvolvimento de projetos académicos que tentem responder a necessidades implícitas ou explícitas dos utilizadores e dos mercados”. “Para o Cybercentro CB torna-se importante acolher exposições com estas características, uma vez que também tentamos ser inovadores nas nossas abordagens e gostamos de contribuir para a divulgação daquilo que de melhor se faz ao nível do design, e das outras artes, não só na cidade como na região. Neste caso, foi possível devido à excelente exposição que é apresentada pelos alunos da ESART e que merece ser visitada”, afirma o Diretor do Cybercentro CB, Lino Galvão. ■


Castelo Branco

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

Museu recria Enterro do Entrudo O Museu Francisco Tavares Proença Júnior vai recriar no próximo dia 6, quinta-feira, pelas 14:30H uma antiga tradição de Carnaval – O Enterro do Entrudo. O objetivo é contribuir para a preservação e divulgar junto das gerações mais novas o vasto e rico património cultural imaterial do nosso País. Vários trabalhadores do Museu irão vestir as personagens que tradicionalmente faziam parte do elenco desta paródia e reproduzir o Enterro do Entrudo no pátio do Museu. O enterro do Entrudo que se realiza na Quarta-feira de Cinzas é uma antiga tradição de grande popularidade que fazia parte dos festejos desta quadra do Carnaval em que geral-

mente um grupo de foliões se reunia para procederem ao enterro do entrudo e assim terminando o período das folias do Carnaval, dando início à Quaresma. Esta manifestação cultural consiste no seguinte: Atrás de um boneco de palha que é transportado numa padiola, os populares seguem em cortejo por algumas ruas da aldeia/

vila/cidade, gritando como se estivessem chorando um ilustre morto. Chegados à Praça Central, seguem-se cenas de choro pelo ente querido "o entrudo" pela viúva e restantes acompanhantes. É depois lido o testamento do entrudo, que é uma paródia à sociedade e no final é queimado o entrudo. ■

· 7·

Arraiana não resiste à crise e fecha POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Encerrou as suas portas, a histórica Residencial Arraiana, situada na Avenida 1º de Maio, em Castelo Branco. Com mais de cinco décadas de existência a unidade hoteleira não resistiu à atual conjuntura económica, como esclarece, Manuel Celorico, proprietário da residencial. "O aumento da renda do edifício, o decréscimo de hóspedes, com a consequente diminuição de receitas, que não conseguiam suprimir as despesas, levou-me a tomar esta decisão, que lamento bastante, mas não tinha outra alternativa", lamenta. A Residencial Arraiana, era um dos símbolos da cidade albicastrense, na área da hotelaria, ten-

do por ali passado inúmeras personalidades, desde políticos a personagens bem conhecidas a nível nacional e internacional.

Também era um espaço bastante acarinhado pela comunidade de Castelo Branco, dado ser uma residencial antiga. ■

Conservatório organiza Festival de Guitarra O Festival de Guitarra de Castelo Branco é a concretização de um desejo antigo dos docentes de Guitarra do Conservatório da nossa cidade. Na sua construção existiram duas prioridades: por um lado quis-se proporcionar aos alunos do Conservatório mais do que as atividades letivas regulares, enriquecendo a sua

formação e tornando-os atores centrais do próprio festival e, por outro, transformar essa experiência e o próprio festival num objeto de partilha com toda a comunidade. Assim, o festival desdobra-se numa série de concertos, recitais e masterclasses (cursos de aperfeiçoamento) ao longo de cerca de três semanas.

Concertos para ver

Este ano, na sua segunda edição, o festival tem uma componente mais internacional sem, contudo, deixar de incluir em cartaz músicos portugueses. O cartaz inclui recitais por Pedro Ospina, colombiano a viver há algum tempo no nosso país e

Pawel Kwasny, guitarrista polaco que se apresenta pela primeira vez entre nós. Também Nuno Cachada e Cidália Fernandes, que fizeram a sua formação superior em Castelo Branco, na ESART, fazem parte do cartaz.

Voltará a ser convidada uma outra escola artística, desta vez a EPABI (Escola Profissional de Artes da Covilhã). Nesta edição foi também reforçada a componente formativa, com a oferta de duas masterclasses. De assinalar que este

festival é patrocinado pela Câmara Municipal de Castelo Branco, e conta com outros parceiros, nomeadamente Museu Francisco Tavares Proença Júnior e do Centro de Cultura Contemporânea, locais onde se realizam alguns concertos.■

PUB

Contactos: www.beirarent.pt Zona Industrial Rua H Lote M-3 6000-459 Castelo Branco Telefone: 272 325 561 | Email: beirarent@empresamartins.pt Coord. GPS: 39.812434,-7.526515

7 de março às 21:30 Auditório do Conservatório Recital com Pawel Kwasny 8 de março às 19:00 Auditório do Conservatório Recital com Nuno Cachada 15 de março às 18:30 Museu Francisco Tavares Proença Júnior Concerto com Escola de Profissional de Artes da Covilhã 18 de março às 21:30 Auditório do Conservatório “Guitar & Friends” ■

Venha conhecer os excelentes usados, com garantia, que temos para si


· 8·

Penamacor

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

As Câmaras de Penamacor e Sabugal pretendem criar o primeiro parque europeu de turismo sustentável transfronteiriço do património - o Linx Park. O projeto deverá ser candidatado aos fundos do próximo quadro comunitário e já se encontra em fase de adjudicação de estudo. Esse trabalho prévio pretende delinear qual a melhor forma para avançar com o Lince Parque, o que, à partida, deverá ser feito em conjunto com as localidades vizinhas de Espanha. "O Linx Park é o lançamento de um projeto para implantar um parque patrimonial neste território, ou seja, consideramos que esta zona do interior que está junto à fronteira espanhola e portuguesa tem um conjunto de património natural, edificado, etnográfico e cultural que é necessário salvaguardar, preservar e equacionar em termos de futuro", referiu o presidente da Câmara do

Foto: Rádio Cova da Beira

Penamacor e Sabugal com projeto para parque europeu de turismo sustentável

Sabugal. O secretário de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza realizou uma visita à Reserva Natural da Serra da Malcata (RNSM), a propósito do projeto de reintrodução do lince ibérico naquela zona. Durante o encontro, Miguel de

Castro Neto ficou também a conhecer o novo projeto intermunicipal. No âmbito da visita governamental, os autarcas aproveitaram também para reiterar uma reivindicação antiga que se prende com a gestão conjunta da RNSM. O objetivo é que tal permita um maior apro-

veitamento do espaço, designadamente em termos desportivos e turísticos, salvaguardando a preservação da natureza. "Apresentámos o plano de ordenamento de território em termos da área cinegética para a RNSM, que pressupõe uma colaboração de gestão com o

Instituto da Conservação da Natureza Florestal, que já nos deu alguma luz verde para que possamos avançar para uma gestão municipal", esclareceu o presidente da Câmara de Penamacor. António Luís Beites mostrou-se convicto de que "nos próximos tempos

poderá haver uma colaboração muito mais aberta, ativa e proativa em prol deste território", sublinhou. O secretário de Estado confirmou "a colaboração futura", mas remeteu para o Conselho Estratégico da RNSM a promoção das "alterações necessárias" para que os parques naturais deixem de ser vistos como elementos que carregam um conjunto de restrições. "É no âmbito do conselho estratégico que é feita a identificação, caso a caso, dos problemas e dos desafios. [Será nesse âmbito] que serão construídos os caminhos para responder às questões colocadas, mas há toda a abertura para sejam colocadas todas as possibilidades", afirmou. Miguel de Castro Neto ressalvou que, "obviamente, há decisões que podem ser favoráveis ou desfavoráveis". ■

Reconhecimento terapêutico é “mais-valia” para termas do concelho O reconhecimento terapêutico das águas minerais das Termas de Águas, na aldeia de Águas, Penamacor, é uma "mais-valia" que deverá contribuir para a concretização de um projeto de alargamento daquela infraestrutura. Em despacho publicado na quinta-feira em Diário da República, o secretário de Estado da Saúde atribui às Termas de Águas as indicações terapêuticas para "doenças do aparelho respiratório" e para "doenças reumáticas e musculoesqueléticas". O presidente da Câmara, António Luís Beites, explicou que o processo de reconhecimento "levou vários anos" e que "este desfecho positivo permitirá olhar sem receios para as termas como um potencial de investimento".

"O reconhecimento do Ministério da Saúde é uma mais-valia porque, a partir daqui, temos uma porta aberta para concre-

tizar o projeto de alargamento que tínhamos delineado", referiu. O autarca especificou que o projeto se baseia na

realização de uma nova captação de água e também na construção de um "balneário adequado às reais necessidades".

"O atual balneário é muito pequeno, pelo que a ideia é construir um novo balneário", disse. António Luís Beites

referiu ainda que, tendo em conta que a o investimento global poderá atingir "várias centenas de euros", a autarquia pretende avançar em duas fases. Primeiro realizará os trabalhos relativos à captação de águas e só depois é que avança com a construção do balneário. "A aposta no termalismo é uma das prioridades do município, mas teremos de procurar fundos para enquadrar este projeto porque de outra forma não teremos capacidade financeira para o fazer", esclareceu. Aquele espaço, também conhecido como Termas da Fonte Santa de Águas, existirá desde 1856, segundo inscrição existente numa das pedras de granito do atual balneário. ■


Idanha-a-Nova

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

· 9·

Proença-a-Velha

Enchidos, azeite e muita animação O azeite e o fumeiro foram reis num certame que vai já na 12º edição. Proença-a-Velha, no concelho de Idanha, acolheu milhares de visitantes durante o fim de semana. Para além dos produtos de excelência produzidos no concelho, a animação não faltou num fim de semana de carnaval. Helena Silva presidente da Junta de Freguesia, destacou a importância de uma equipa coesa, para que as iniciativas se consigam concretizar e ter sucesso. “É fantástico ter uma equipa destas, forte, a trabalhar connosco, uma equipa que incluiu, não só a Junta de Freguesia, mas todas as coletividades da freguesia” afirmou a autarca. A autarca destacou a importância da temática para a freguesia, “quem conhece a freguesia, sabe a zona de olival e o excelente

azeite que sai destas terras, e do trabalho das nossas gentes, o fumeiro também tem tudo a ver com Proença, porque além de termos uma salsicharia de enchido tradicional, por aqui ainda se fazem muitas matanças”. Armindo Jacinto voltou a destacar a importância deste tipo de certames na economia local, “estes certames têm mostrado os

bons produtos, produtos de excelência que produzimos, produtos que podem ser adquiridos nestes Festivais, mas que hoje estão já numa serie de lojas de norte a sul do país”. Presente também na inauguração, esteve Joaquim Morão, ex-autarca Idanhense, que considera os certames fundamentais para promover a economia local, “há muitos comerciantes e

produtores que aproveitam estes festivais para escoar os seus produtos, por isso considero estas iniciativas excelentes para dinamizar a economia local”. Para Joaquim Morão hoje as autarquias devem voltar todos os seus investimentos para a atividade económica, “produzir riqueza, emprego, contribuir para que as pessoas produzam e consigam vender”. ■

Inaugurado núcleo Viv’Arte Templário em Idanha-a-Velha

A Companhia de Teatro Viv’Arte inaugurou , um núcleo na aldeia histórica de Idanha-a-Velha, em instalações cedidas pelo Município de Idanha-a-Nova, no âmbito da Incubadora de Indústrias Criativas ali sedeada. A delegação do grupo teatral especializado em recriações históricas é denominada Viv'Arte Templário, em homenagem ao concelho de Portugal com mais castelos, comendas e lugares templários. O acolhimento desta iniciativa insere-se na estratégia de criação de um polo “económico, social e cultural em Idanha-a-Velha”, por via da Incubadora de Indústrias Criativas, afirmou Armindo Jacinto, PUB

presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. “Continuamos numa postura de atração de investimento, quer seja na área agroindustrial, turismo ou na cultura”, disse ainda o autarca, sublinhando o prestígio nacional e internacional da Viv’Arte. Armindo Jacinto adiantou também que a constituição do núcleo Viv’Arte Templário é um passo decisivo na concretização de um outro objetivo: a criação da Federação Portuguesa de Recriação Histórica a partir de Idanha-a-Velha. A inauguração da nova delegação foi assinalada com a realização de um curso de iniciação às

artes da recriação histórica, o 24 Horas Viv'Arte Templária, onde participaram vários jovens do concelho de Idanha-a-Nova.

Cartomante - Vidente Almeirim e Sertã

Trinta anos de experiência feita com sinceridade e acredite, olhando bem fundo e apenas nos seus olhos, leio toda a carta da sua vida se preciso for e ajudo a resolver todos os vossos problemas de negocios, amor, inveja, mau olhado, desactivação de magía negra, aconselhamentos e outros problemas de difícil solução, para que tenha a vida que sempre sonhou! Honestidade, sigilo e caracter são outro dom que fazem a verdade da minha vida!

Telem.: 918 283 485

Teatro, recriação histórica, malabares, esgrima, danças das três culturas (cristã, judaica e sarracena), caracterização, clown, PUB

teatro improvisacional de Viola Spolin são alguns dos pilares da formação da Viv´Arte. O diretor da compa-

nhia de teatro, Mário da Costa, explica que o objetivo é “criar um núcleo extremamente dinâmico na área da recriação histórica”, apelando, nessa linha, ao envolvimento ativo da população idanhense. “A intenção é que a comunidade local se torne autossuficiente em termos cénicos e de recriação histórica. Como essa é a nossa área de eleição, vamos preparar a juventude local para estar mais à vontade dentro dessa dinâmica”, afirma Mário da Costa. Os interessados em obter mais informações sobre o núcleo Viv'Arte Templário poderão contactar a companhia de teatro através do seu site. ■


· 10· Europa

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

A Europa e Nós Roaming: com o fim das tarifas de roaming, as empresas de telecomunicações vão ganhar 300 milhões de novos clientes De acordo com um novo inquérito realizado a 28 000 cidadãos da UE, 94 % dos europeus que viajam para fora do seu país limitam a utilização de serviços como o Facebook por causa das tarifas de roaming. A Comissão Europeia calcula que, por causa das atuais estratégias tarifárias, as empresas de telecomunicações desperdiçam um mercado de cerca de 300 milhões de utilizadores de telemóveis, com efeitos negativos para as outras empresas, como os criadores de aplicações. Ao mesmo tempo que a utilização do telemóvel no país e residência aumenta, em especial a utilização de dados móveis, as tarifas de roaming têm outros efeitos, nomeadamente: • 47 % dos inquiridos nunca utilizam a Internet móvel noutro país da UE; • Só um em dez utiliza as mensagens de correio eletrónico do mesmo modo que no seu país; • Mais de um quarto simplesmente desligam os telemóveis quando viajam na UE; • Milhões de utilizadores recorrem aos SMS, em vez de pagar chamadas. Os viajantes frequentes – o segmento mais lucrativo do mercado potencial — desligam a função de dados móveis com maior frequência do que os viajantes ocasionais. A Comissão considera que isso se deve ao facto de os viajantes frequentes estarem mais bem informados sobre os custos reais dos serviços de dados em roaming na Europa do que os viajantes menos frequentes. O inquérito encomendado pela Comissão Europeia mostra que 28 % dos viajantes na UE desligam o telemóvel quando se deslocam para outro país. Só 8 % dos viajantes utilizam o telemóvel no estrangeiro para fazer chamadas telefónicas da mesma forma que no seu país. Três em cada dez nunca telefonam quando estão a viajar noutro país. Há ligeiramente mais pessoas a enviar SMS do que a telefonar quando se deslocam para outro país: dois em cada dez enviam SMS no estrangeiro da mesma forma que no seu país de origem. Os números relativos à Internet móvel no estrangeiro são ainda mais catastróficos. Uma parte significativa dos inquiridos (47 %) nunca utiliza o correio eletrónico e as redes sociais noutro país da UE; só um em cada dez utiliza o correio eletrónico e só um em cada 20 utiliza as redes sociais da mesma forma do que no seu próprio país. Simultaneamente, graças aos regulamentos do roaming em vigor e aos preços mais baixos, tem-se assistido desde 2008 a um aumento notável de 1500 % na utilização de dados em roaming na UE.

Que progressos foram feitos para gerir melhor os fluxos migratórios e promover a mobilidade num ambiente seguro? A Comissão analisa em relatório os principais desenvolvimentos da política externa da EU em 2012 e 2013. Dois anos depois do lançamento da renovada abordagem global para o asilo e a mobilidade, foram identificados melhoramentos consideráveis no reforço do diálogo e da cooperação, embora se reconheça que há mais a fazer para obter mais progressos. Os esforços para integrar as realidades de uma crescente mobilidade internacional devem responder às necessidades e prioridades de todas as partes interessadas. Isto implica uma melhor utilização dos instrumentos em vigor, como as parcerias para a mobilidade e as normas comuns em matéria de vistos. É necessário também reforçar a participação dos Estados-Membros da UE, sempre que possível, na aplicação das políticas da UE. As parcerias para a mobilidade têm-se revelado instrumentos úteis para resolver questões de migração e asilo de forma mutuamente benéfica. Neles se estabelece um conjunto de objetivos políticos e uma estrutura que promove o debate e a cooperação. Até à data, foram concluídas parcerias para a mobilidade com seis países: Moldávia (2008), Cabo Verde (2008), Geórgia (2009), Arménia (2011), Marrocos (2013) e Azerbaijão (2013). As conversações acerca de uma parceria para a mobilidade com a Tunísia foram concluídas (novembro de 2013), estando iminente a sua assinatura. Além disso, foram abertas conversações com a Jordânia (dezembro de 2013). No total, no período de 2012-2013, a Comissão apoiou mais de 90 projetos relacionados com a migração com mais de 200 milhões de euros em todas as regiões do mundo em desenvolvimento.

Previsões do inverno de 2014: recuperação económica ganha terreno As previsões do inverno da Comissão Europeia preveem a continuação da recuperação económica na maior parte dos Estados-Membros e no conjunto da UE. Depois da saída da recessão na primavera de 2013 e de três trimestres consecutivos de moderada recuperação, as perspetivas apontam para um relançamento moderado do crescimento económico. Na sequência de uma taxa de crescimento real do PIB de 1,5 % na UE e de 1,2 % na zona do euro em 2014, prevê se que a atividade acelere em 2015, passando para 2,0 % na UE e 1,8 % na zona euro.

Responsabilizar os consumidores: ano recorde para os Centros Europeus do Consumidor

Em 2013, a rede de centros europeus do consumidor em toda a UE respondeu a mais de 80 000 pedidos de informação de cidadãos em toda a UE, o que representa um aumento de 11 % em comparação com 2012. Neven Mimica, Comissário responsável pela política dos consumidores, declarou: «Ao ajudar os consumidores que fazem compras fora das fronteiras nacionais, os Centros Europeus do Consumidor dão uma contribuição valiosa para o mercado único. Os resultados obtidos são a prova de que o financiamento proporcionado pelo programa da Comissão de defesa do consumidor beneficia os que dele mais necessitam, os consumidores europeus e as empresas europeias que apostam na reputação e na inovação».

Comissão apresenta nova estratégia europeia para promover o turismo costeiro e marítimo A Comissão Europeia apresentou uma nova estratégia destinada a apoiar o turismo costeiro e marítimo na Europa. Reconhecendo o potencial do setor para promover o crescimento sustentável e a criação de empregos, a estratégia prevê 14 ações da UE para ajudar as regiões costeiras e as empresas a responderem aos desafios que enfrentam e a reforçarem a posição do setor enquanto motor fundamental da economia azul na Europa. Estas ações concretas são acompanhadas de um elenco de medidas que os Estados-Membros, as regiões e as partes interessadas deste setor podem levar a cabo para complementar as ações da UE. As ações propostas incluem a promoção de uma cooperação e de um diálogo mais estreitos em toda a Europa entre todas as partes interessadas do setor do turismo costeiro, a facilitação das parcerias entre os setores público e privado, a promoção das competências e da inovação, a promoção do ecoturismo e a criação de um guia das possibilidades de financiamento, para ajudar a mobilizar o investimento. Os Estados Membros, as autoridades regionais e as empresas do setor terão um papel central na conceção e na execução das ações.

Fonte: Europe direct Beira Interior Sul

Política externa da UE para a migração: uma abordagem mais audaciosa


Regional · 11·

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

Vila Velha de Ródão

Vila Velha de Ródão

A Biblioteca Municipal José Baptista Martins acolheu, no dia 20 de Fevereiro, uma extraordinária apresentação do mais recente livro da historiadora Irene Flunser Pimentel «Espiões em Portugal durante a II Guerra Mundial». A autora é doutorada em história contemporânea, investigadora na Fa-

A Câmara de Vila Velha de Ródão vai investir 354 mil euros na requalificação da freguesia de Sarnadas de Ródão para passar o sistema de iluminação pública a subterrâneo. "Este é o culminar de um ciclo de investimentos que a Câmara fez em Sarnadas de Ródão. Vamos requalificar a rua principal da freguesia, que tem características muito próprias, utilizando materiais como o xisto. O sistema de iluminação pública vai

Irene Pimentel expõe espionagem em Portugal durante a II Guerra Mundial

culdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com vasta obra e distinguida com vários prémios, como por exemplo o Prémio Carolina Michaelis (1999), o prémio Adérito Sedas Nunes, o prémio Pessoa (2007) e o Prémio Seeds of Science (2009). Irene Pimentel, ladeada pelo presidente e pelo vice-presidente

da autarquia, entusiasmou a atenta e participativa plateia com pormenores da obra apresentada e respondeu com elevada sapiência às muitas questões que lhe foram colocadas. Seguiu-se um momento de debate no qual foram partilhados com a historiadora testemunhos de vivências mantidas com o espião Rogério de Menezes, por

Dias 7 e 8 de março

Festival de Música “Aragens” em Alpedrinha O Teatro Clube de Alpedrinha, com o apoio do Município do Fundão, irá organizar a terceira edição do Festival de Música “Aragens”, nos dias 7 e 8 de março, a partir das 22.00h, na vila de Alpedrinha, no concelho do Fundão. Este festival pretende reforçar o desenvolvimento cultural do Concelho e da Beira Interior, assim como conquistar novos públicos, com a apresentação, durante os dois dias, de diversos géneros musicais no Teatro Clube de Alpedrinha. Na sexta-feira, 7 de março, atuam, First Breath After Coma, Tha Happy Mess, Olivier Libeaux Uncovered Queens of the Stone Age e fecha a noite Split the Beat – Dj Set. No sábado, dia 8, a noite começa com Long Way To Alaska, peixe:avião, Indie Disco – Dj Set, Dj Lynce.

alunos, colegas e vizinhos. Como se tratava da primeira vinda da historiadora a Vila Velha de Ródão, na manhã do dia seguinte visitou alguns dos locais emblemáticos do património cultural de Ródão, percurso no qual participou também a artista plástica Ana Vidigal que a acompanhou nesta vinda a Vila Velha de Ródão.■

através dos contactos 967 630 817 / 961 130 621 e na sede do Teatro Clube de Alpedrinha.■

passar a ser subterrâneo", referiu o autarca Luís Pereira. O autarca sublinhou que se trata de uma obra "há muito reclamada pela população". "Esta requalificação irá devolver à rua do Barreiro a verdadeira largura útil que possui desde a sua origem e irá beneficiar a circulação pedonal", explicou Luís Pereira. O projeto prevê a requalificação de todo o piso, passeios e muros em xisto.■

Inscrições até dia 6 de março

Oficina “Leguminosas e Algas” na Escola Profissional do Fundão Irá realizar-se, no dia 8 de março, sábado, às 15.00h, na Escola Profissional do Fundão, a oficina “Leguminosas e Algas”, dinamizada pela Chef Shiila Serrano. Esta oficina irá ensinar a cozinhar refeições PUB

O bilhete geral para os dois dias terá o custo de 15€ e o diário de 10€. Os bilhetes poderão ser adquiridos

Câmara investe 354 mil euros na requalificação de uma freguesia

saudáveis para o dia-a-dia, proporcionando aos participantes um maior conhecimento sobre a alimentação confecionada à base de leguminosas e algas. A oficina terá o custo de 20 euros e as inscrições deverão ser efetuadas, até

dia 6 de março, na Divisão de Ordenamento, Planeamento e Qualidade de Vida da Câmara Municipal do Fundão, através do telefone 275 779 060, do telemóvel 969 527 918 ou do e-mail qualidadedevida@cm-fun dao.pt. ■


· 12· Destaque

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

Carn

Câmara q de cortejo atr POR CRISTINA VALENTE

Arnaldo Brás, vice-presidente da Autarquia Albicastrense, disse ao POVO DA BEIRA, que está na hora de o Carnaval de Castelo Branco “dar o salto” e ser um atrativo turístico regional e mesmo nacional. No final do cortejo de domingo, e fazendo um balanço “extremamente L FINA O positivo” dos dois à AÇ C PO” PerdiI U F I R S G desfiles, Arnaldo CLAS IA “MELnHiOl RRibeiro deairsas Brás diz que os R lm nsado é e r TEGO o Juv as Pa grupos cada vez I - CAAssociação Bairro adirro do Caanto And gar: ociação dção do B esia de S u L º 1 / Ass socia egu CO” zes ugar: As nta de Fr GÓRI E L u L A 2º ugar: J RRO ado 3º L Tojeiras OR CA ro do Cans ho H L E das r rin “M ai ORIA iação do B ar do Palva as G E T II-CA r: Assoc ão Popul as Sarzed d ç ga HA” 1º Lu r: Associa Freguesia RAIN ssoa e g E d u I L E a t º R /A 2 R un ELHO s Perdizes gar: J u M L “ º 3 RIA beiro da i TEGO IL” III- CA o Juvenil R Palmeiras FANT N ã I s ç a a i O d RUP Assoc do Bairro OR G H L o ã E ç M cia RIA “ ano UAL” TEGO ato Lusit A DIVID C N I m IV R A ELHO iação nha IA “M farce: Ara Assoc R O G TE Dis V - CA a (4 Anos) v l i S Mário

estão mais e “há já m dade”. Qu segundo o merece que comece a transformar num atrati regional e m nal. O carna bateu recor ticipações, maior inve autarquia, investiment dos partici mou Arnald Este an


Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

naval

quer fazer rativo turístico

empenhados, muita qualiualidade que responsável, e a autarquia pensar em r o Carnaval ivo turístico mesmo nacio-

aval deste ano rdes de par“houve um estimento da mas o maior to foi mesmo pantes” afirdo Brás. no o núme-

ro de participantes nos dois desfiles bateu recordes, “no desfile das escolas e infantários participaram cerca de 3 mil crianças, e no de domingo houve a maior participação de sempre de freguesias e coletividades”. Estreantes, como a Junta de freguesia de Tinalhas, ou “catedráticos” como o Bairro do Cansado, deram o seu melhor e animaram e muito as milhares de pessoas que assistiram ao desfile. ■

Destaque · 13·


· 14· Vila de Rei POR PAULO JORGE MARQUES

Pintura e Desenho em Concurso

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

Presença dos melhores pratos

Festival Gastronómico do Bacalhau e do Azeite regressa em Abril POR PAULO JORGE MARQUES

Termina já no próximo dia 14 de Março o prazo de entrega de trabalhos da sétima edição do Concurso de Pintura e Desenho “Padre João Maia”, organizado pela Biblioteca Municipal José Cardoso Pires.

Subordinada ao tema “Ofícios Tradicionais”, a iniciativa pretende incentivar e premiar a criatividade e a arte na área da pintura e do desenho, divulgando e promovendo, ao mesmo tempo, o Concelho de Vila de Rei. ■

Vila de Rei recebe palestra ”Miúdos Seguros na Net”

A época da Páscoa em Vila de Rei volta a ser marcada pela presença dos melhores pratos confeccionados com bacalhau e azeite. A sétima edição do Festival Gastronómico do Bacalhau e do Azeite regressa assim aos restaurantes Vilarregenses de 5 a 13 de Abril. Organizado pela Câmara Municipal de Vila de Rei, o certame contará este ano com a participação de seis restaurantes do Concelho – Albergaria D. Dinis – Vila de Rei, Churrasqueira Central – Vila de Rei, O Cobra – Vila de Rei, O Eléctrico – Relva, O Paraíso do Zêzere – Zaboeira e Toca do Coelho - Estevais – que esperam voltar a receber milhares de visitantes ao longo dos nove dias de Festival.

Para Paulo César, Vice-Presidente da Autarquia de Vila de Rei e responsável pelo pelouro do Turismo, “o património gastronómico do nosso Concelho tem sido bastante valorizado ao

longo dos últimos anos através da realização dos nossos Festivais Gastronómicos. Com a sétima edição do Festival do Bacalhau e do Azeite contamos receber novamente milhares de visitantes que poderão comprovar

a enorme qualidade dos nossos restaurantes.” De 5 a 13 de Abril, não deixe de visitar o VII Festival Gastronómico do Bacalhau e do Azeite e delicie-se com o melhor da gastronomia de Vila de Rei.■

Impulsionar a língua portuguesa

Dia Internacional da Língua Materna celebrado pelas crianças do ATL - CAF POR PAULO JORGE MARQUES

As crianças do ATL – Componente de Apoio à Família (CAF) celebraram, no passado dia 21 de Fevereiro, o Dia Internacional da Língua Materna, desenvolvendo várias actividades sobre o tema. Com o objectivo de imO Auditório Municipal de Vila de Rei irá receber, a parir das 18:30 horas do dia 21 de Março, a palestra “Miúdos Seguros na Net”, numa iniciativa organizada pela Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei com o apoio da Câmara Municipal. A iniciativa irá contar com a presença, como orador, de Tito de Morais, fundador de MiudosSegurosNa.Net, um projecto que promove a utilização responsável e segura das novas tecnologias da infor-

mação e comunicação por crianças e jovens. A palestra terá como principal tema: “Riscos online para Crianças e Jovens: como Famílias, Escolas e Comunidades os podem minimizar” e destina-se a todos os profissionais da área do ensino, bem como a todos os encarregados de educação ou familiares de crianças e jovens. Os interessados em participar deverão realizar a sua inscrição através do endereço de correio electrónico apevr1988@gmail. com ou do 917 404 904. .■

pulsionar a língua portuguesa, as crianças declamaram poemas e textos do escritor Fernando Pessoa, referiram todos os países que têm o português como língua oficial e realizaram um cartaz em conjunto alusivo à nossa língua. O ATL – CAF funciona de segunda a sexta-feira, das

07h30 às 09h00 e das 16h00 às 19h00, e proporciona às crianças um ambiente calmo e acolhedor onde estas desenvolvem diversas actividades de carácter lúdico e pedagógico, antes e após as suas aulas. Os objectivos desta iniciativa passam ainda pela promoção do sucesso escolar, através de apoio

aos jovens na realização dos seus trabalhos de casa. Os interessados em aderir ao ATL – CAF poderão realizar a sua inscrição, ou solicitar mais informações, na secretaria do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei ou no Gabinete de Educação da Câmara Municipal de Vila de Rei .■

rida de montanha a nível mundial. A corrida de montanha é uma modalidade de des-

porto de natureza de pura resistência, com cada vez mais adeptos em Portugal e por toda a Europa, que irá levar aos limites as capacidades físicas e mentais dos participantes. Ricardo Aires, Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, refere que “pelo terceiro ano consecutivo, Vila de Rei volta a receber uma prova de corrida de montanha que irá reunir perto de duas centenas de participantes." ■

Vila de Rei recebe prova de corrida de montanha “Território – Circuito Centro” POR PAULO JORGE MARQUES

A Horizontes, Lda, com o apoio da Câmara Municipal de Vila de Rei, organiza, no próximo dia 8 de Março, uma prova de corrida de montanha que percorrerá os mais diversos trilhos do Concelho de Vila de Rei. A iniciativa insere-se na competição “Território – Circuito Centro”, prova de quatro etapas (Proença-a-Nova, Vila Velha de Ró-

dão, Vila de Rei e Sertã) que decorrerá nos primeiros quatro meses de 2014. A prova de Vila de Rei conta com 180 atletas inscritos nas provas de 25 e 67 km. Das quatro etapas do “Território – Circuito Centro”, o percurso de Vila de Rei será o único que, tal como no passado, atribuirá dois pontos para a participação na prova internacional de Mont Blanc, que reúne os melhores atletas de cor-


Oleiros · 15·

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

7.º Passeio turístico de TT da Pinhal total reuniu 350 participantes POR PAULO JORGE MARQUES

Realizou-se no passado dia 22 de fevereiro, em Oleiros, a sétima edição do passeio turístico de todo-o-terreno promovido pela associação Pinhal Total, considerado pela crítica da especialidade como uma das melhores provas de todo o terreno turístico a nível nacional. Este ano com o tema alusivo à celebração de 2014 – Ano Internacional da Agricultura Familiar, o evento reuniu 350 aderentes e 150 veículos (125 jipes e 25 motos). Mais uma vez, a gastronomia e o saber-receber por parte dos elementos da organização foram argumentos fundamentais e

os participantes puderam apreciar as genuínas iguarias do concelho. Após uma primeira paragem na sede da associação Grupo Desportivo e Recreativo do Milrico para retemperar forças com o pequeno-almoço, o grupo partiu para a “Aldeia” do Xisto de Álvaro. Como este ano, mais precisamente a 4 de agosto, se assinala a passagem dos 500 anos sobre a atribuição do foral manuelino àquela vila que também já foi sede de concelho (tal como Oleiros); o almoço (de maranho e bucho) que teve lugar no espaço “Olhar o Zêzere” foi enriquecido com a participação de um grupo de animação com músicas quinhentistas e as próprias

pessoas que andavam a servir, trajavam à época. A caravana passou

depois pelos Meandros do Rio Zêzere, um dos geomonumentos do Geopark

Auditório da Casa da Cultura

Teatro voltou ao palco em Oleiros

Naturtejo, tutelado pela UNESCO e passou pela Mata de Álvaro, um local

POR PAULO JORGE MARQUES

Vinho Callum em destaque no festival gastronómico de Oleiros Este ano, a novidade do VI Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho será o destaque dado ao Vinho Callum, numa clara aposta da autarquia em proteger esta especialidade autóctone de Oleiros. A ideia passa por promover um acontecimento prestigiante

POR PAULO JORGE MARQUES

Teve lugar no passado domingo, dia 23 de fevereiro, pelas 16 horas, no auditório da Casa da Cultura, mais uma peça de teatro a cargo de funcionários e utilizadores desta instituição. Depois de alguns meses de interregno e do acolhimento de novos apoiantes, o grupo voltou a reunir-se volunta-

riamente, nos seus tempos livres, para a construção do guião da peça, respetivos cenários e realização de ensaios. O acontecimento encheu o auditório e conseguiu, através da comédia, apresentar várias figuras do panorama literário português, assim como o espólio artístico de cada uma, o que fez com que se celebrasse da melhor ma-

neira o Dia Internacional da Língua Materna, assinalado a 21 de fevereiro. A peça original ‘Escritos em Português… Bilhetes de Identidade’, da autoria do próprio grupo, revelou uma recolha atual e pertinente das temáticas abordadas. O argumento baseou-se na realização de uma Tertúlia Lusitana que contou com a presença de figuras ilustres do mundo

literário português, desde a escrita à argumentação cinematográfica ou à composição musical. As personagens apresentaram-se de forma caricaturada, numa performance divertida que evidenciou vários talentos, entre os elementos que compõem este grupo de teatro. O mote está lançado e esperam-se agora novas criações teatrais. ■

Agente turístico cria Rota Sabores da Aldeia: Cabrito Estonado A Viagens Abreu Agência de Viagens em Portugal, no âmbito da sua 12.ª edição da “Feira de Viagens Mundo Abreu”, que vai decorrer de 5 a 6 de abril na FIL, vai dar

destaque ao Cabrito Estonado de Oleiros, enquanto elemento principal da sua nova rota: Rota dos Sabores da Aldeia: Cabrito Estonado. Nesse sentido, haverá uma divulgação desta

especialidade de Oleiros não só no stand daquela empresa líder de mercado, mas também ao nível suas peças de comunicação para apresentação deste novo roteiro turístico.

Recorde-se que este é o maior evento do género em Portugal, agregando no mesmo espaço todos os agentes e operadores turísticos nacionais e estrangeiros. ■

bastante valorizado pela biodiversidade de espécies arbustivas existentes. A merenda destinada aos participantes foi servida na envolvente do Posto de Vigia do Alto do Cavalo, com filhós feitas na hora (um marco gastronómico neste acontecimento) e “café de chocolateira”. Já retemperados, foi a vez de todos se dirigirem à pista de obstáculos situada junto ao complexo desportivo municipal. Aí, a adrenalina e o convívio abriram o apetite para um jantar servido no Hotel Santa Margarida, em Oleiros, onde uma chanfana acabada de sair do forno de lenha esperava os 350 comensais.■

que sensibilize e estimule os produtores vitivinícolas do concelho, por um lado e por outro, divulgue este produto junto da opinião pública, garantindo um adequado posicionamento. Confirmada está já a participação de alguns dos maiores especialistas na matéria. ■

6.ª edição do Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho

A sexta edição do Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho já tem data marcada e como é habitual, vai realizar-se em dois fins-de-semana, em plena época pascal, nos

restaurantes aderentes. Assim, nos dias 12 e 13, 19 e 20 de abril, todos os caminhos vão dar a Oleiros para a realização de um evento que começa a atrair muitos turistas e visitantes ao concelho. ■


· 16· Proença-a-Nova

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

Residência artística em Proença

Paisagem modificada por estudantes de escultura POR PAULO JORGE MARQUES

Com os recursos à mão – pedras, paus, vegetação – e a dose necessária de criatividade, o terreno envolvente do Centro Ciência Viva da Floresta e uma encosta junto ao rio Ocreza ganharam uma imagem renovada, no fim de semana, na sequência da residência de escultura “Intervenção na Paisagem”. No total, a ação contou com uma dezena e meia de participantes, sendo o grupo maioritariamente constituído por alunos da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Ao longo do ano estão previstas diversas re-

sidências temáticas, permitindo a interação entre alunos e a população, no âmbito de um protocolo estabelecido entre o Município de Proença-a-Nova e a referida faculdade. Nesta primeira atividade

estiveram presentes alunos do 2º e 3º anos, incluindo dois estudantes brasileiros em Portugal ao abrigo de um programa de intercâmbio. Improvisar e experimentar foram os verbos

mais focados pelos participantes, que aprenderam a analisar e tirar partido dos materiais. Analisando a diferença entre os dois espaços, no balanço final referiram a forma como a riqueza da paisa-

gem acaba por dificultar a intervenção. A utilização de tecido vermelho a colorir a paisagem suscitou o debate sobre até que ponto faz sentido introduzir elementos externos, tendo havido intervenções

que tentaram integrar-se plenamente na natureza, enquanto outras procuraram romper e destacar-se do enquadramento. Alertando para as estreitas saídas profissionais dos cursos de Belas Artes, a professora Andreia Pereira, que acompanhou o grupo, lembrou ser importante que os alunos comecem desde cedo a diversificar a sua intervenção. “Os recursos de um curso como escultura podem ser aplicados em muitas áreas, desde o trabalho com crianças a atividades com municípios”, explicou, referindo a importância de “oportunidades” como a proporcionada em Proença-a-Nova. ■

Este ano com a temática do queijo e leite de cabra

Abertas inscrições para Festa do Município POR PAULO JORGE MARQUES

As inscrições para participação de expositores e tasquinhas na Festa do Município estão a decorrer até ao dia 16 de maio. Este ano com a temática do queijo e leite de cabra, a festa irá realizar-se entre 12 e 15 de junho, incluindo uma área especificamente dedicada à caprinicultura. O sorteio para atribuição de lugares realiza-se a 20 de maio, às 11h30, nos Paços do Concelho, enquanto no caso das duas áreas

reservadas a rulotes a seleção está marcada para as 14 horas do mesmo dia. Os despachos e o regulamento de participação podem ser consultados na área de avisos. A ficha de inscrição, anexa ao regulamento, deverá ser entregue na Câmara Municipal ou através do e-mail postodeturismo@cm-proencanova.pt. O sorteio será, na prática, desdobrado em dois, um para atribuição de espaços expositivos e outro para as tasquinhas exploradas por restauran-

tes e associações. Os horários de funcionamento serão idênticos aos das edições anteriores, com início às 18 horas de 12 de junho e encerramento às 2 horas. As tasquinhas poderão alargar o período de abertura até às 4 horas. Os níveis de participação têm vindo sucessivamente a crescer e no ano passado registou-se um total de 77 espaços expositivos e tasquinhas, com o maior aumento a verificar-se no número de expositores (49). ■

Antiguidade de Proença-a-Nova

Tertúlia como José Luís Lopes

POR PAULO JORGE MARQUES

POR PAULO JORGE MARQUES

Quarta 19, pelas 14h30,no auditório, com entrada livre, acontece umas palestra. Divulgar o património natural e cultural do concelho e refletir sobre a importância da comunidade na sua dinamização são objetivos desta palestra, que inclui a apresentação do livro “Histórias e tradições da freguesia de Proença-a-Nova”. A iniciativa desenvolve-se no âmbito da Prova de Aptidão Profissional

Quinta dia 20, pelas 21h00,no bar do Hotel das Amoras acontece uma tertúlia como José Luís Lopes. Partindo das memórias de quem viveu os anos conturbados que antecederam a Revolução, os dias da liberdade e as mudanças profundas resultantes do regresso dos portugueses residentes nas antigas colónias, o objetivo é debater e recordar as portas que abril abriu. Um ciclo de tertúlias

de Fabiana Cardoso, aluna do Curso Profissional Técnico de Turismo Ambiental e Rural da Escola Tecnológica e Profissional da Sertã. ■

Ação de formação

POR PAULO JORGE MARQUES

de participação livre, que este mês se centra nos acontecimentos e impacto das mudanças a nível local.■

Sábado dia 29, pelas 9 horas, acontece,no auditório municipal, uma ação de formação. Destinada a professores de Educação Física e Desporto, estudantes e animadores desportivos e socioculturais, a formação centra-se em duas

temáticas principais. A manhã será dedicada à hidroginástica sénior, com a formadora Sílvia Areia, enquanto a tarde focará a gerontromotricidade, com Maria Isabel Varregoso, doutorada em motricidade humana, na especialidade de dança para idosos. ■


Sertã · 17·

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

EN 238

Trabalhos de recuperação da via deverão durar dois meses

PUB

COM RÁDIO CONDESTÁVEL

A Ascendi emitiu um comunicado onde refere que deu início à “intervenção que visa reparar o talude que caiu na ER238, aproximadamente ao km 23, na zona entre Ferreira do Zêzere e Cernache do Bonjardim”. A empresa refere ainda que “atendendo à complexidade da intervenção, estima-se que a necessidade de desvio de tráfego se mantenha por um período de cerca de dois meses”. Recorde-se que aquela via está cortada desde dia 13 de fevereiro, altura em que uma barreira caiu para a via na zona de Vale da Ursa, no território da

União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais. O trânsito a ligeiros está a ser desviado no cruzamento em Roda, sendo que nesta alternativa não é permitida a circulação a veículos pesados.

E empresa responsável pela rede rodoviária na região do Pinhal Interior propõem ainda no referido comunicado que quem circula no IC8 com destino a Ferreira de Zêzere deverá fazer o IC8 até Sertã; EN2 de Sertã a Vila

de Rei; EN348 de Vila de Rei a Ferreira do Zêzere (ER238) e quem circula na EN238 (Alviobeira) com destino ao IC8 deverá optar pela a EN238 de Alviobeira a Ferreira do Zêzere; EN348 de Ferreira de a Vila de Rei; EN2 de Vila de Rei a Sertã (nó do IC8). ■

Cernache de Bonjardim

Acidente provoca três feridos graves

Ciclo de Homenagem

Município da Sertã destaca figura do Concelho POR PAULO JORGE MARQUES

vento de Santo Antó­nio da Sertã, a partir das 15 horas, “Silvino Santos – Um que contará com a presença regresso” é o título do ciclo de Aurélio Mi­chiles, Márcio de atividades promovido Souza, João Paulo Macedo pelo Município da Sertã, (Comissário da Exposição) até 30 de março, com o in­ e João An­tunes (Cinematetuito de homenagear o luso­ ca Portu­guesa). A exposição -brasileiro Silvino Santos, ficará patente naquele local pioneiro do cinema brasi­ até 30 de março. Nesse dia será ainda apresentado o filleiro. A 8 de março, às me “O Cineasta da Selva”. No dia seguinte, 10 de 21h30m, a Casa da Cul­ tura da Sertã será o palco março, a partir das 21 ho­ do filme-concerto “No Paíz ras, a Casa da Cultura da das Amazonas” com Nuno Sertã recebe a conferência Costa (Guitarra) e Óscar “Silvino Santos – Um Pio­ neiro” em que serão exi­ Graça (Piano). A 9 de março realiza­ bidos fragmentos do filme -se o lançamento do livro “No Rastro do Eldorado”, “Silvino Santos – Um re­ com comentários de Auré­lio gresso” e a abertura da ex- Michiles, Márcio Souza e posição homónima, no Con- João Paulo Macedo.

Natural de Cernache do Bonjardim, Concelho da Sertã, Silvino Santos saiu do país muito jovem para o Brasil, onde chegou no dia 29 de Novembro de 1900, data em que comple­ tava apenas 14 anos. Um conjunto de vicissitudes e coincidências coloca no seu caminho uma máquina fotográfica e posteriormen­ te uma máquina de filmar. O Ciclo de Homena­ gem Silvino Santos - Um Regresso iniciou-se a 24 de fevereiro, com a expo­sição fotográfica no Clube Bonjardim, que estará pa­ tente neste espaço até 6 de março. Em Cerna-

che do Bonjardim, no auditório da Junta de Freguesia, fo­ram exibidos os filmes “O Cineasta da Selva” e “No Paíz das Amazonas”, nos dias 25 e 26 de fevereiro, respetivamente. ■

Vinhos do Nesperal conquistam cinco medalhas em competição internacional POR PAULO JORGE MARQUES

O concurso internacional “Catavinum World Wine & Spirits Competition” atribuiu, este ano, cinco medalhas a vinhos do Albergue do Bonjardim. A plataforma “Catavinum” é uma das plataformas web de referência do setor vitivinícola tendo organizado esta competição na cidade de

Vitoria-Gaisteiz, Espanha. De entre os objetivos desta competição está o incentivo à produção de vinhos e licores de qualidade. Em competição estiveram vinhos de países de todo o continente americano, alguns países da Europa como a França, a Itália e a Grécia, e outros países como o Líbano, a Austrália, África do Sul e a Nova Zelândia.

Para o Nesperal vieram duas medalhas de ouro atribuídas aos vinhos tintos “Bonjardim 2009” e “Bonjardim 2011” e uma medalha de prata para o vinho tinto “Albergue do Bonjardim 2010”, todos eles certificados como vinhos de Terras da Beira. Outros dois vinhos, “Bonjardim Vinho de Mesa Tinto 2011” e o vinho licoroso “Albergue do Bonjar-

dim”, trouxeram também para a região duas medalhas de prata nas suas categorias. Os resultados do concurso foram publicados no início deste mês na plataforma oficial, em http://www. catavinum.net, e as medalhas atribuídas aos vinhos do Albergue do Bonjardim poderão ser encontradas através de pesquisa com o termo “Bonjardim”.■

COM RADIO CONDESTÁVEL

Uma colisão frontal envolvendo dois ligeiros de passageiros, na localidade de Alto Ventoso, à entrada da vila de Cernache do Bonjardim, provocou três feridos graves e o corte total da EN238. A ocorrência verificou-se no passado dia 27, cerca das 17:00. Os Bombeiros Voluntários de Cernache do Bonjardim, fizeram deslocar para o local um forte dispositivo, para realizar trabalhos de desencarcera-

Em Campo Maior

mento de uma das vítimas que, no local, recebem os primeiros socorros por parte de uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação – VMER. Segundo o Comandante dos Voluntários de Cernache do Bonjardim tratou-se de uma colisão frontal entre os dois ligeiros. Desconhecem-se os motivos que estão na origem da colisão. Muitos populares acorreram ao local, talvez devido ao aparato do acidente e por ter ocorrido quase dentro da vila. ■

Nadadores sertaginenses subiram ao pódio 16 nadadores do CCD Sertã participaram no I Meeting Internacional João Nabeiro, em Campo Maior, no passado dia 22 de fevereiro. Trata-se do primeiro torneio organizado pelo Sporting Clube Campomaiorense e que assumiu a tipologia de um torneio especialista, onde participaram 129 nadadores de 8 clubes. Cada nadador

teve que nadar as provas de 100 e 200 metros de uma das técnicas e a classificação final era obtida pelo somatório da pontuação FINA das duas provas. Da equipa sertaginense, sete nadadores competiram no escalão de infantis, cinco no escalão juvenis/juniores/ seniores e ainda quatro cadetes. ■


· 18· Desporto Judo

Nacional de Futsal 1ªDivisão 20ª Jornada - 1/3/2014

Boavista 1-2 AD Fundão Rio Ave 4-0 Modicus Cascais 3-3 SL Olivais Vila Verde 2-3 Benfica Belenenses 5-2 Póvoa Futsal Leões P. Salvo 6-0Académica SC Braga - Sporting 1 Benfica 2 Sporting 3 SC Braga 4 Leões Porto Salvo 5 Boavista 6 AD Fundão 7 Belenenses 8 Rio Ave 9 Modicus 10 Cascais 11 Póvoa Futsal 12 SL Olivais 13 Académica 14 Vila Verde

Jgs 20 19 19 20 20 20 20 20 20 20 20 20 20 20

Pts 50 50 48 44 29 28 27 24 19 19 18 15 15 9

21ª Jornada - 8/3/2014

Póvoa Futsal - Boavista AD Fundão -Rio Ave Académica -Cascais Benfica -SC Braga Sporting -Belenenses Modicus-Leões Porto Salvo SL Olivais -Vila Verde Nacional de Futsal 3ªDivisão-Série C 13/14 17ª Jornada - 1/3/2014

Retaxo 1-1 Eléctrico Os Patos 8-6 GARECUS Bairro B-Esperança 3-2Caldas Quiaios 4-2 Belhó Olho Marinho 3-2 Alhadense São Bento- GR Vilaverdense Jgs 1 Bairro Boa Esperança 16 16 2 Olho Marinho 15 3 Eléctrico 16 4 Alhadense 16 5 Retaxo 15 6 MTBA 16 7 Quiaios 15 8 Caldas 16 9 Os Patos 15 10 GR Vilaverdense 15 11 GARECUS 15 12 São Bento 16 13 Belhó

Pts 40 39 30 29 29 28 23 19 16 16 12 12 0

GR Vilaverdense-Olho Marinho São Bento - Retaxo Caldas - Os Patos MTBA-Bairro Boa Esperança GARECUS -Eléctrico Alhadense-Quiaios

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

O Campeonato Nacional de Juniores teve lugar, no passado sábado, no Pavilhão Municipal do Pinhal Novo. A organização esteve a cargo da Federação Portuguesa de Judo e da Associação Distrital de Judo de Setúbal, reunindo na margem sul do Tejo os melhores judocas nacionais do escalão Júnior. A Academia de Judo de Castelo Branco foi afetada neste inicio do ano por pe-

dois judocas, nomeadamente Francisco Silva -55 kg e Guilherme São Pedro -81

quenas lesões dos seus atletas, estando neste nacional apenas representada por

13ª Jornada - 1/3/2014

CB Belmonte 7-3 Carvalhal Formoso Penamacorense 0-10 Cariense CP Ferro 5-10 Ladoeiro Alcaria 8-2 ADC Proença-a-Nova Pts 33 25 23 20 14 13 13 9 2

14ª Jornada - 8/3/2014

Carvalhal Formoso -Alcaria Ladoeiro -CB Belmonte CB Oleiros- CP Ferro Proença-a-Nova-Penamacorense

kg, sendo o Francisco primeiro ano de junior e o São Pedro último ano de cadete. A participação neste nacional só se tornou possivél face aos resultado obtidos na prova de apuramento da Zona Centro Sul, bem como da classificação do ranking nacional, reconhecendo também o esforço efectuado pelos atletas no controlo do peso que tiveram de efectuar. Inês Fernandes (-57 kg) embora tendo conseguido o apuramento, ficou arredada da competição por 300g,

peso que não conseguiu eliminar; embora com muita frustração ficou já a pensar no próximo compromisso, nomeadamente na Taça da Europa. Os judocas tiveram uma prestação dentro do “top ten”, aguardando trabalho intenso de preparação para futuras provas e esperando também serem contemplados por alguma sorte. Os competidores foram acompanhados pelos treinadores Jorge Fernandes e Nuno Rosa. ■

Bar do Desportivo abriu com nova gerência

Futsal/Campeonato Nacional 3ª Divisão - Série C

Reabriu no passado sábado com nova gerência, o Bar do Desportivo de Castelo Branco, agora um espaço completamente renovado e com uma decoração jovem, que promete uma nova dinâmica a esta zona da cidade. Júlia Preta, jovem empresária, estudante do 12º ano, considera que investir neste espaço, será também uma forma de acautelar o seu futuro. "Vou empenhar-me ao máximo para que esta casa, sirva os seus clientes, com refeições leves. Para além deste por-

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

ADR Retaxo 1 Eléctrico Ponte Sor 1 Em jogo de emoções, as duas equipas proporcionaram aos espetadores presentes nas bancadas do Pavilhão, um bom espetáculo de futsal, com

menor, pretende-se ainda realizar festas temáticas, e as noites sejam um espaço onde os jovens se sintam bem". Também o presidente do Desportivo de castelo Branco, Luís Caiola, mani-

festou a sua enorme satisfação pela abertura do bar. "Estamos perante um espaço moderno, dirigido por uma jovem dinâmica, que certamente será uma mais-valia para a nossa coletividade". ■

Carapinheirense 2 Águias do Moradal 2 No sempre difícil campo da Carapinheira, a equipa do Estreito

Distritais de Futsal

Jgs 12 Cariense 11 CB Oleiros 11 Ladoeiro 12 CB Belmonte 11 Alcaria Proença-a-Nova 12 12 CP Ferro Carvalhal Formoso 12 Penamacorense 11

Academia no Nacional Juniores

Campeonato Nacional Seniores – Fase de Manutenção

18ª Jornada - 8/3/2014

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

sentiu algumas dificuldades perante o conjunto local, embora estivesse a vencer durante um largo período do jogo. No final

o empate a duas bolas, representou alguma injustiça para a equipa do Moradal, que dominou o encontro. ■

Campeonato Nacional Seniores - Fase Subida

o empate a surgir para ambas as formações. Bastante empenho da equipa do Retaxo, que conseguiu construir bons lances, mas que teve pela frente o Eléctrico que nunca facilitou. ■

Futsal/Campeonato Nacional 1ª Divisão

Boavista 1 AD Fundão 2 POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Nesta sua difícil deslocação ao reduto dos axadrezados a equipa da AD Fundão encontrou sérias dificuldades na pri-

meira parte. No entanto, na etapa complementar conseguiu dar a volta ao resultado, conquistando uma vitória plenamente justa, e os consequentes três pontos. ■

Futsal/Campeonato Nacional 3ª Divisão - Série C

Boa Esperança 3 Caldas SC 2

Oriental 2 Sertanense 1

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

No velhinho Campo Engº Duarte Salema, defrontaram-se no passado domingo, as equipas do

Oriental e o Sertanense, que proporcionaram um bom jogo a todos aqueles que tiveram o privilégio de presenciar o prélio. A equipa da Zona do Pinhal,

apesar de derrotada, fez uma exibição de bom nível, frente aos donos da casa, que sempre criaram dificuldades, vindo a conquistar três pontos. ■ POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Liga Covifil

Oleiros 4 Teixosense 2 POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Superioridade absoluta da equipa de Oleiros, que

esteve sempre em vantagem num jogo onde a turma do Teixoso ofereceu uma boa réplica valorizando o espetá-

culo. Vitória justa do emblema da Zona do Pinhal, numa partida que nos momentos finais, teve alguma emoção. ■

Em jogo disputado no Pavilhão Municipal da Boa Esperança, a equipa de Castelo Branco esteve a vencer pela diferença de dois golos, mas os visitan-

tes acabariam por empatar. Apoiados pelo seu público, os albicastrenses, viriam a apontar o tento da vitória, nos momentos finais do encontro, conseguindo manter a liderança da sua série neste Campeonato. ■


Desporto · 19·

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

António Machado, presidente da direção do Sport Benfica e Castelo Branco desmistificou, os objetivos traçados desde o início da época, altura em que prometeu cumprir o lema "Um clube/uma Região", baseado numa boa época na primeira fase do Campeonato Nacional de Seniores, e a consequente passagem à fase seguinte, tendo sido atingido esse objetivo. "Alcançamos a pretensão inicial de passar para a segunda fase do campeonato, terminando até em primeiro lugar, garante da salvação da despromoção e a possibilidade de disputar jogos com equipas de diferente realidade daquelas com que nos temos defrontado nos últimos anos (ao nível da organização, qualidade futebolística e competitiva), podendo proporcionar aos sócios, simpatizantes e público em geral, futebol de qualidade, de modo a fomentar cada vez mais o gosto e a vontade de ir aos domingos assistir aos jogos", lembra o dirigente. Após uma primeira fase brilhante, "apesar de momentos de sofrimento nalguns jogos", a equipa do Benfica e Castelo Branco teve destaque a nível nacional nos mais variados orgãos de comunicação social, "foi pois, a imprensa nacional que colocou o nosso Clube como um dos favoritos à subida à 2ª Liga, fruto da qualidade observada na pri-

meira fase, e nunca os seus dirigentes", recorda. António Machado, não tem dúvidas, que "há muitos anos que o Benfica e Castelo Branco não era falado na comunicação social de forma tão elogiosa. Também eu como sócio e presidente desta coletividade, gostaria de colocar o Clube numa divisão superior. Contudo do querer ao poder vai uma longa distância, difícil de percorrer", assegura. Com uma gestão equilibrada, o timoneiro da histórica coletividade, lembra a defesa intransigente das cores do Clube, "com a máxima lealdade e sentido desportivo, facultando e garantindo condições para a prática do exercício desportivo, aos cerca de 200 jovens que frequentam a nossa Escola de Futebol, bem como à equipa sénior. Honramos sempre os compromissos assumidos com as mais variadas entidades, desde fornecedores a atletas e demais colaboradores, bem como cumprimos ao nível fiscal e da segurança social". REFORÇOS/CONTRATAÇÕES: "O SBCB, ao contrário do que veio muitas vezes escrito, efetuou contratações no chamado mercado de Inverno, não por pensar na subida de divisão (não por falta de ambição, mas com os “pés bem assentes na terra”), mas por contratempos a nível de gestão de jogadores", lembra o diri-

Foto arquivo

Presidente do Benfica e Castelo Branco elogia equipa de futebol senior

gente, citando como exemplo as lesões prolongadas dos atletas: - Filipe Fernandes (Cirurgia Joelho) - Hugo Seco (Roturas musculares – em localizações diferentes) - Guimar (Cirurgia Joelho) Também as saídas de Alvarinho e de Fábio Mendes justificaram aquisições para as suas posições. "Tivemos semanas em que a equipa técnica não teve ao seu dispor jogadores em número suficiente para efetuar o chamado “treino de conjunto”, tendo de recorrer por vezes a atletas dos juvenis e noutras a pedir colaboração de ex-jogadores", recorda. "Posso afirmar, que o SBCB, de momento, não tem capacidade financeira para ombrear com outras colectividades, nomeadamente ao nível de contratações, tendo por base o que nos foi pedido por alguns atletas abordados, cujo valor era absolutamente in-

comportável para a nossa gestão. Assim e acreditando nos atletas que temos, que nós queremos que estejam e os quais querem estar connosco, temos construído este caminho, que prevemos não ser fácil, mas durante o qual lutaremos com todas as nossa forças para elevar o nome do SBCB". António Machado, manifestando a sua enorme ambição nos melhores resultados possíveis, lamenta, que, "temos tido arbitragens polémicas e bastante contestadas, não querendo com isto dizer que são “encomendas”. Será fruto da Interioridade? O futebol do Interior merece respeito; pois muita gente trabalha e priva a família de muitos momentos em comum para permitir que o clube se mantenha, nesta sua longa história de 90 anos. Tudo isto também incomoda e condiciona os jogadores, como pessoas que são, que ao procurarem dar o seu melhor por vezes não o

Campeonato Distrital 16ª Jornada 2/3/2014

conseguem". Para o responsável, esta 2.ª fase do CNS é bastante exigente, "e enquanto equipa, poderemos aprender muito, o que de certeza será bastante proveitoso para um futuro próximo", garante. A concluir a sua intervenção durante a conferência de imprensa realizada na segunda-feira na sede do Clube, o presidente do SBCB, rematou."Queremos dar o melhor aos sócios e simpatizantes do SBCB e publico apreciador de futebol em geral, não só no espectáculo desportivo mas também na informação, de que são exemplo a página do facebook e o renovado site. Entendemos o desânimo de muitos, que também é o nosso. Também aumentamos o número de espetadores nos nossos jogos, durante os quais pretendemos continuar a sentir o apoio de todos. Porém só caminhando unidos e na mesma direção poderemos manter o clube com estabilidade, entendendo que se para alguns éramos a melhor equipa, hoje com toda a certeza não seremos a pior", reitera o dirigente do histórico Sport Benfica e Castelo Branco que no próximo dia 24 de março comemora o seu 90º aniversário com um jantar pelas 20 horas, no Hotel Rainha D. Amélia em Castelo Branco, com inscrições na sede do Clube (Oferta dum bilhete/convite para um jogo do CNS á escolha). ■

Campeonato Nacional Seniores - Série E - 2ª Fase

Encarnados continuam sem vencer POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Apesar da realização de vários festejos de carnaval na cidade, o Vale do Romeiro apresentou uma boa moldura humana, que certamente não deu por mal empregue o seu tempo, dado que assistiu a um jogo de futebol, onde pontuou a qualidade entre as duas equipas. Os visitantes que vinham de uma preciosa vitória em Mafra, apresentaram-se neste encontro altamente motivados. No entanto, os albicastrenses conhecedores das dificulda-

des que viriam a encontrar pela frente, tudo fizeram para suster o ímpeto adversário, conseguindo impor uma certa superioridade ao longo da primeira parte, criando algumas oportunidades flagrantes de golo, valendo a boa intervenção do guardião forasteiro, pelo que o intervalo chegaria com o resultado em branco. Para a segunda parte, o Loures, cedo se adiantou no marcador, quando Ivo Miranda aos 51 minutos, rematou forte para o fundo da baliza defendida por Hidalgo.

Não baixando os braços, os encarnados foram a equipa mais dominadora, criando pelo menos três oportunidades para marcar, sendo a mais flagrante por João Rui, que à boca da baliza, rematou ao lado. Por marcar ficaram duas supostas grandes penalidades contra os visitantes, que o árbitro não considerou. Apesar do bom desempenho do Benfica e Castelo Branco, os homens de Loures arrancaram uma vitória que não mereciam, face à superioridade exercida pelos locais. ■

Benfica CB

0

GD Loures

1

Estádio Municipal de Castelo Branco Árbitro: Luís Reforço Auxiliares: Pedro Azevedo e Luís Vaz (AF Setúbal)

Benfica CB: Hidalgo, André Cunha, João Afonso, João Rui, Tomás (75, Ricardo Sousa), Samarra, Patas Moreno, Amoreirinha, Marocas, Telmo e Dani Matos (56, Guilherme). Treinador: Ricardo António Cartão amarelo: João Afonso (43), Telmo (44), André Cunha (58), Marocas (64) e Amoreirinha (70) Loures: Tiago Jorge, Bernardo, Fábio Marques, Diogo Oliveira, Pereira, Ivo Miranda (71, Pedro Augusto) Ivo Dias, Marco Neves (84, Beto) Godinho (76, Adilson), N'Dami e Job Treinador: Luís Silva Marcador: Ivo Miranda (51) Cartão amarelo: Pereira (13), Diogo Oliveira (63 e 82), Rui Monteiro (82) e Marco Neves (83) Cartão vermelho: Diogo Oliveira (82)

Belmonte 1-1Ac. Fundão ARC Oleiros 4-2 Teixosense A. do Campo 1-1 Proença-a-Nova Vit. Sernache 0-1 Alcains AD Estação 2-1 Vila V. Ródão Jgs Pts 1 Alcains 15 36 2 Vit. Sernache 14 34 3 Proença-a-Nova 15 29 4 AD Estação 14 25 5 Atalaia do Campo 15 23 6 ARC Oleiros 14 17 7 Teixosense 15 16 8 Vila Velha de Ródão 15 13 9 Ac. Fundão 14 12 10 Belmonte 15 12 11 Pedrogão 14 6 17ª Jornada 16/3/2014

Ac. Fundão -Teixosense ARC Oleiros -Atalaia do Campo ADC Proença-a-Nova -Vit. Sernache Alcains -AD Estação Vila Velha de Ródão -Pedrogão Campeonato Nacional Seniores - Série E - Zona Sul 3ª Jornada - 2/3/2014

Ferreiras 0-2 Mafra Oriental 2-1 Sertanense Benf.C.Branco 0-1 Loures Pinhalnovense 04/03 U. Leiria

1 Oriental 2 U. Leiria 3 Loures 4 Sertanense 5 Mafra 6 Ferreiras 7 Pinhalnovense 8 Benf.C.Branco

Jgs 3 2 3 4 3 4 2 3

Pts 7 6 6 5 4 2 1 1

4ª Jornada - 9/3/2014

U. Leiria - Oriental Mafra - Pinhalnovense Sertanense -Benf.C.Branco Loures - Ferreiras Campeonato Nacional Seniores - Série E 3ª Jornada - 2/3/2014

Carapinheirense 2-2 Á.do Moradal Manteigas 0-0 Tourizense Pampilhosa 3-1 AD Nogueirense Naval 1-0 Sourense

1 2 3 4 5 6 7 8

Jgs Pampilhosa 3 Tourizense 3 AD Nogueirense 3 Naval 3 Águias do Moradal 3 Sourense 3 Carapinheirense 3 Manteigas 3

Pts 20 17 16 15 15 12 12 11

4ª Jornada - 9/3/2014

Águias do Moradal -Naval Tourizense - Carapinheirense AD Nogueirense - Manteigas Sourense - Pampilhosa

Siga o nosso jornal


· 20· Cultura

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

Livros & Leituras

Big Nate - O que é que podia

Castelo Branco - Cine-Teatro Avenida Dia 8 de março ás 21.30

OTA comemora 57 anos

Sugestões de Cristina Valente

Penamacor - Paços do Concelho Mês de março

correr mal?

Rui Pedro Fonseca expõe "Paisagens

do oriente e sol nascente" A Orquestra Típica Albicastrense, vai comemorar no próximo dia 8 o seu 57º aniversário. A data vai ser celebrada

com um concerto no Cine Teatro Avenida em Castelo Branco, onde para além da OTA atua também a Orquestra de Sopros da EPABI.

Alcains – Centro Cultural de Alcains Dia 8 de março às 21:30

Fadistas albicastrenses em espetáculo Um espetáculo de fado com alguns dos mais destacados artistas locais. Uma noite para ouvir as vozes de Nunes Fradique, fadista com 3 cds gravados, cuja timbre de voz é dos melhores a nível local e quiçá a nível nacional. João Siborro, fadista com larga experiencia cuja voz peculiar é bastante apre-

ciada pelo publico. José Freixo, conhecido como o maior ventríloquo do mundo e agora também a cantar fado com todo o seu esplendor e Ana Lopes, apesar de andar há menos tempo nas lides fadistas, mas com uma sonoridade vocal a rivalizar com as melhores fadistas a nível nacional.

Fundão - Biblioteca Municipal Dia 6 às 21 horas

Lançamento do livro

Durante o mês de março está patente em Penamacor, nos Paços do Concelho, a exposição de fotografia "Paisagens do oriente e sol nascente" da autoria de Rui Pedro Fonseca. Viajante e jornalista da Rádio Clube de Monsanto, Rui Fonseca nasceu na aldeia de Monsanto em 1975. Estudou na Universidade Autónoma de Lisboa onde tirou o Curso de Ciências da Comunicação. Em 2009 fez a sua primeira viajem à Asia e a partir desse ano ganhou uma enorme paixão e curiosidade pelo continente asiático e pela fotografia e video. Desde então tem viajado sozinho pela Ásia recolhendo imagens de países como o Nepal, Laos, Sri Lanka, India, Indonésia, Ti-

mor-Leste, Tailândia, China ou Japão. "Paisagens do oriente e sol nascente" é uma viajem pelas diferentes formas de viver e encarar o mundo. Das tribos da Birmânia ao ambiente surrealista do Kumbh Mela, o maior evento religioso do mundo que tem lugar de 12 em 12 anos na India, esta exposição ilustra a variedade e riqueza da cultura e das pessoas que habitam o continente asiático.

Será que o plano brilhante do Nate pode correr mal? Conseguirá ele enganar a terrível Prof.ª Godfrey? E se não conseguir… irá parar ao castigo de novo? Que ideia brilhante poderá o Nate ter para impedir que a Jenny namore com o Artur e se aperceba finalmente de que o Nate é o verdadeiro e grande amor da sua vida? E conseguirá fazê-lo a tempo da festa da escola? Será desta vez que o Nate consegue ensinar truques ao Baboso, o cão mais inteligente do mundo (tão inteligente que se recusa a aprender truques)? Conseguirá o Nate finalmente ser a estrela da equipa de basebol?

Alcains - Centro Cultural de Alcains Dia 7 de março às 21:30

Thor o mundo das trevas

“Perfumes Eróticos em Tempo de Vacas Magras” Vai ser apresentado no próximo dia 6 às 21.00h, na Sala Polivalente da Biblioteca Municipal Eugénio de Andrade, no Fundão, o lançamento do livro “Perfumes Eróticos em Tempo de Vacas Magras”, do escritor Manuel da Silva Ramos. A sessão de apresentação deste livro estará a cargo de Fernando Paulouro Neves e Mário Fernandes.

Lincoln Peirce

Thor luta para restaurar a ordem através do cosmos, mas uma antiga raça liderada pelo vingativo Malekith regressa para mergulhar o universo nas trevas. Perante um inimigo

que nem Odin e Asgard conseguem vencer, Thor embarca na mais perigosa das viagens que o fará reunir-se com Jane Foster e sacrificar tudo para nos salvar.

É ilustrador e argumentista de banda desenhada e o criador de Big Nate. Publica em mais de duzentos jornais nos Estados Unidos e diariamente online em http://www.bignatebooks. com/. O Big Nate é sobre o autor que vive com a mulher e dois filhos em Portland.

Género: Banda desenhada Tradutor: Tiago Tavares N.º de páginas: 224 PVP: 12,20€


Lazer · 21·

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira PUB

Farmácias de Serviço - Castelo Branco Salavessa

Terça-feira, 4 de fevereiro Quarta-feira, 5 de fevereiro

Leal Mendes

Quinta-feira, 6 de fevereiro

Rodrigues dos Santos Grave

Sexta-feira, 7 de fevereiro

Higiene

Sábado, 8 de março

Ferrer/Vitta

Domingo, 9 de março

Pereira Rebelo

Segunda-feira, 10 de março PUB

www.ipma.pt/pt/

Meteorologia Quarta-Feira Dia 5

Dia Noite 20ºC 7ºC Sábado Dia 8

Dia Noite 17ºC 5ºC

Aquário 21/1 a 19/2

Ar

Água

Fogo

Terra

Carta Dominante: Cavaleiro de Ouros, que significa Pessoa Útil. Amor: Uma nova amizade ou uma relação mais séria poderá surgir. Enfrente a vida tal como ela se lhe apresenta, com as suas alegrias e tristezas. Saúde: A sua emoção será a causa de alguns transtornos físicos. Dinheiro: A vida profissional está em alta. Números da Semana: 2, 25, 29, 30, 34, 42. Pensamento positivo: Procuro ser uma pessoa útil àqueles que me rodeiam.

Gémeos 22/5 a 21/6 Carta Dominante: 3 de Paus, que significa Iniciativa. Amor: Não viva obcecado com a ideia de perder a pessoa que tem ao seu lado, aproveite antes todos os momentos que tem para estar com o seu companheiro. A sua felicidade depende de si! Saúde: Não se desleixe e cuide de si. Dinheiro: As suas economias estão a descer, tenha algum cuidado. Números da Semana: 3, 9, 15, 18, 27, 29. Pensamento positivo: Tenho espírito de iniciativa, porque eu sei que sou capaz! Balança 24/9 a 22/10 Carta Dominante: Rainha de Paus, que significa Poder Material. Amor: Passeie mais com os seus familiares. Não basta dar aos filhos a alimentação e educação. Dê-lhes o seu exemplo de honestidade, trabalho e dignidade! Saúde: Estabilidade física e espiritual. Dinheiro: Não é o momento ideal para grandes investimentos. Números da Semana: 2, 4, 7, 12, 16, 17. Pensamento positivo: Alcanço o poder material começando por ter poder sobre os meus pensamentos.

Peixes 20/2 a 20/3 Carta Dominante: 8 de Copas, que significa Concretização. Amor: Irá viver momentos escaldantes com a pessoa que ama. Comece o seu dia feliz, pense no Bem! Saúde: Não coma demasiados doces. Dinheiro: Não gaste mais do que as suas possibilidades. Números da Semana: 8, 26, 33, 54, 68, 76. Pensamento positivo: Sei que sou capaz de concretizar os meus sonhos! Caranguejo 22/6 a 23/7

Carta Dominante: 6 de Ouros, que significa Generosidade. Amor: Esqueça um pouco o trabalho e dê mais atenção à sua família. Procure intensamente sentimentos sólidos e duradouros, espalhando em seu redor alegria e bem-estar! Saúde: Poderá andar muito tenso. Dinheiro: Período positivo e atrativo, haverá uma subida do seu rendimento mensal. Números da Semana: 18, 25, 29, 33, 36, 39. Pensamento positivo: Sou generoso comigo mesmo e com os que me rodeiam.

Escorpião 23/10 a 22/11 Carta Dominante: Cavaleiro de Copas, que significa Proposta Vantajosa. Amor: Um amigo irá declarar-lhe uma paixão por si. Seja grato a Deus que lhe dá tanta felicidade e procure espalhar a seu redor alegria e paz! Saúde: Cuide melhor da sua alimentação. Dinheiro: Pode ter uma nova proposta de trabalho. Números da Semana: 14, 26, 28, 31, 37, 42. Pensamento positivo: Acredito que a vida tem propostas maravilhosas para mim.

Terça-Feira Dia 4

Dia Noite 13ºC 5ºC

Quinta-Feira Dia 6

Sexta-Feira Dia 7

Domingo Dia 9

Segunda-Feira Dia 10

Dia Noite 19ºC 4ºC

Dia Noite 19ºC 6ºC

Dia Noite 18ºC 4ºC

Carneiro 21/3 a 20/4

Carta Dominante: Rei de Ouros, que significa Inteligente. Amor: O amor é um sentimento belo, não faça dele uma obrigação. A luz de Deus enche o mundo, procure recebê-la e sentir em si os seus benefícios! Saúde: Cuidado com as quedas. Dinheiro: Tudo estará a correr pelo lado mais favorável. Números da Semana: 5, 15, 20, 28, 35, 39. Pensamento positivo: Oiço o meu coração com inteligência, sei que ele é o meu melhor conselheiro!

Leão 24/7 a 23/8 Carta Dominante: 2 de Ouros, que significa Dificuldade. Amor: Está hipersensível. Procure não fazer julgamentos precipitados. Seja imparcial! Saúde: Tente fazer uma alimentação mais equilibrada. Dinheiro: Não corra riscos desnecessários, seja prudente. Números da Semana: 1, 9, 11, 28, 31, 34. Pensamento positivo: Venço as dificuldades através do otimismo e da confiança. Sagitário 23/11 a 21/12 Carta Dominante: Rainha de Copas, que significa Amiga Sincera. Amor: Partilhe os seus sentimentos e decisões com a pessoa que ama. Seja paciente e compreensivo com as pessoas que vivem a seu lado! Saúde: Com disciplina e controlo melhorará certamente. Dinheiro: Uma pessoa amiga vai precisar da sua ajuda. Números da Semana: 13, 19, 24, 29, 35, 36. Pensamento positivo: A sinceridade domina as minhas relações com os outros, sei que tenho amigos verdadeiros!

Dia Noite 19ºC 5ºC

Touro 21/4 a 21/5 Carta Dominante: 3 de Ouros, que significa Poder. Amor: Procure dar um pouco mais de atenção às crianças da sua família. Para você que é pai, o exemplo é a lição mais forte que o seu filho pode receber. Saúde: Evite gorduras na sua alimentação porque o colesterol tem tendência a subir. Dinheiro: A sua situação económica manter-se-á estável. Números da Semana: 19, 24, 26, 38, 39, 42. Pensamento positivo: Sei que tenho poder sobre as minhas emoções, não me deixo dominar por elas.

Virgem 24/8 a 23/9 Carta Dominante: Rainha de Espadas, que significa Melancolia. Amor: A relação com os seus amigos estará agora muito evidenciada. A verdadeira beleza não é visível aos olhos, pois está no coração! Saúde: Poderá ter problemas de intestinos. Dinheiro: Não seja pessimista e lute por atingir todos os seus objetivos. Números da Semana: 8, 16, 33, 38, 42, 46. Pensamento positivo: Quando a tristeza bate à minha porta, peço ao meu Anjo da Guarda que a mande embora.

Capricórnio 22/12 a 20/1 Carta Dominante: 10 de Espadas, que significa Dor. Amor: A sua sensualidade e beleza vão partir muitos corações. Não crie fantasias, para que a sua consciência permaneça tranquila! Saúde: Vigie a sua alimentação. Dinheiro: Esta é uma ótima altura para tentar reduzir os seus gastos. Números da Semana: 14, 27, 30, 34, 36, 38. Pensamento positivo: Acredito que toda a dor pode ser vencida através da Fé!


· 22· Lazer

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

Povo da Beira

Redação: José Manuel R. Alves (CP8361) Colaborador Permanente: Paulo Jorge Marques Colaboradores: Álvaro Baptista Ana Paula Atanásio Armando Soares Carlos Vale César Amaro Clementina Leite Cristina Granada Eduardo Bastos Fernando Jorge Filipe Antunes Guilherme Almeida João Carlos Nunes Luís Malato Mário Marinho Nuno Figuinha Patrícia André Pedro Pitté Ricardo Portugal

POR MÁRIO MARINHO - chef

Coze-se o camarão em água temperada com vinho branco, cebola e louro. Reservando alguns camarões para decorar. Depois de 5 minutos, descascam-se e faz-se um refogado com azeite, cebola, alho e piripiri, quando a cebola começar a alourar, junta-se o tomate bem migado, deixa-se apurar e acrescenta-se uma chávena de água da cozedura do camarão, já coada, a colher de manteiga, o caril, mostarda, sal, e as natas. A este molho junta-se o camarão e deixa-se ferver uns minutinhos e engrossar um pouco. Serve-se com arroz branco e decorado com o camarão reservado.

Encontre as palavras na sopa de letras

1 Pacotinho de

2 Dentes de alho picados

natas

1 C. (sobremesa) de

1 C. (sobremesa)

mostarda

de caril

1 C. (sobremesa) de

Azeite

manteiga

Piripiri 1.b.

1 Cálice de vinho branco

Sal q.b.

1 -Tem fato cizento e preto As asas são transparentes, Os olhos são avermelhados E incomoda muita gente.

2 - Verde como o mato Mas mato não é. Fala como gente Mas gente não é.

SOLUÇÕES

Sopa de letras

Todos os artigos de opinião e assinados pelos respetivos autores, são da sua inteira responsabilidade não podendo em circunstância alguma o Povo da Beira ser responsabilizado pelo conteúdo dos mesmos. Reservamo-nos no direito de não publicar, caso os artigos enviados não respeitem a legislação em vigor e o Estatuto Editorial do jornal.

1 Cebola picada

AGENIA AGUDIA AURORA BICHO DA SEDA CANTARIDA COCCINELA DANAIDE FORMIGA FULGORA HIDROFILO LACON LIGIA LISIFLEVO MIAS MOSCARDO NECROFORO PANORPA PIOLHO RAFIGASTRO RINQUITO RIODINA RIZECO SARCOPTA SENELOCEFALO SITARIS TALEPORA TAVAO TIGRE TRIBOLIO VEREJEIRA

Secretária de Administração: Florinda Cruz (secretariapovodabeira@ gmail.com)

Este jornal escreve segundo o novo Acordo Ortográfico

1 Folha de louro

ADIVINHAS

Publicidade: Gustavo Teixeira (publicidadepbeira@gmail. com)

Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Telf.: 256040526 / 910253116 / 914602969 geral@coraze.com Registo no ICS: 117 501 Depósito Legal: 74145/94 Empresa Jornalística: 218 326 Tiragem Semanal: 10.000 exemplares Distribuição gratuita

500g.de camarão

PASSATEMPOS

Conceção gráfica: Leticia Ramos Pina (paginacaopbeira@gmail. com)

Sede: Press Ibérica Comunicação Social, Lda Av. Gen. Humb. Delgado, Lote 58 - 1º andar 6000-081 CASTELO BRANCO NIF: 506 583 023 Tel: 272 324 432 Fax: 272 327 732

Ingredientes:

2 - Papagaio

Coordenação: Cristina Valente (CP2370) (povodabeira@gmail.com)

Modo de preparação:

1 -Mosca

Diretor: João Tavares Conceição

Camarão de caril com natas e arroz branco

CLASSIFICADOS PUB

PUB

PUB

VENDE-SE

Peugeot 106 Ano 1994 Muito estimado IPO e Selo em dia

Telf.: 272 654 517 964 576 771

PUB

PUB

Tel: 927138620 - 965802491 Email: reisnuno@hotmail.com http://hinvoiz.blogspot.pt/ https://www.facebook.com/ Astrologia.espiritual.e.Ajuda Ajudamos no que mais necessita

Senhor 35 anos livre, deseja conhecer senhora livre Distrito Castelo Branco

Tel: 964 576 771

Quinta Dr. Beirão lote 4 nº27 lj 18 sala G PUB

ALUGAM-SE 2 QUARTOS

Mobilados, Serventia de cozinha completamente equipada, 2wc Quinta Pires Marques (junto ao mercado)

272 08 32 71 / 96 180 70 77

PUB

PUB

OFERECE-SE PARA: Ajudante de cozinha e copa

Distrito Castelo Branco Telf.: 272 654 517 / 964 576 771 PUB

Este espaço pode ser seu

Contate-nos! publicidadepbeira@gmail.com Telefone: 272 324 432 Telmóvel: 964 431 346


Opinião · 23·

Edição 1043 • 4 de março de 2014 • Povo da Beira

Os Foliões Carnavalescos

POR CARLOS VALE *

POR NUNO DUARTE M. FIGUINHA

* Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o Novo Acordo Ortográfico

É

Carnaval e mais uma vez, em vez de um “feriado”, temos um dia normal, sendo os típicos corsos carnavalescos antecipados para o fim-de-semana anterior. É no carnaval que muitos aproveitam para se “mascararem” da vida do dia-a-dia e alguns, nem que seja apenas por uma noite, “vestirem-se” daquilo que gostariam de um dia ser. No dia de Carnaval em si, muitos foram os municípios que optaram por dar tolerância de ponto aos seus funcionários. Tal serve em parte para como que “compensar” (ligeiramente) dos brutais cortes no vencimento dos funcionários públicos, que junto com os pensionistas, são o alvo mais fácil de “cortar”(Já as rendas “elétricas”, essas são intocáveis e nem à direita nem à esquerda dos quadrantes políticos se ouve o mais mero sussurro sobre o assunto…). Assim, ao menos que haja direito ao dia de carnaval, de modo a que as “brincadeiras carnavalescas” façam esquecer as agruras do dia-a-dia! E para aqueles que acham que isto de uns terem e outros não e que se fosse no privado não haveria “brincadeiras”, vejam precisamente no “privado”, onde segundo noticiado recentemente, o quão “brincalhões” foram três ex-gestores da associação que gere as pequenas e médias empresas, que resolveram “brincar” com dinheiro de fundos europeus, destinado a ações de formação, sendo acusados de terem “desviado” 8,7 milhões de euros em fundos

comunitários, dos quais mais de um milhão foi enviado para 60 offshore, um deles localizado nas Caraíbas. Grandes “brincalhões” hã? Mas há mais quem “brinque” ao carnaval, como por exemplo as antigas SCUTS, que se preparam para se “mascarar” com suposta baixa de preço em 2014…MAS a passar a ser cobrado desde o primeiro até ao último quilómetro! Será assim uma descida que mais não passa de uma espécie de brincadeira carnavalesca, pois certamente os preços manter-se-ão balizados pelos totais atualmente em vigor… Mas onde se encontram grandes “foliões” carnavalescos, que quiçá aproveitando a época festiva, atiram ao ar as mais “sui-generis” ideias governativas, mesmo sabendo de antemão que nunca as poderão pôr em prática, é, por exemplo, no Partido Socialista. Ora o PS diz que quer reduzir em 20% as importações de combustíveis fósseis, acreditando que isso levaria a uma "folga de quase mil milhões de euros, que deixariam a economia respirar", segundo disse o deputado socialista Carlos Zorrinho. Mas “respirar” como? Com uma bomba de “Atrovent” (passe a publicidade)? Esquecem-se que carros elétricos quase não há e os que são movidos a combustível fóssil, correriam o risco de voltar aos tempos em que era necessário quase ir dormir para a bomba de combustível, para apanhar vez a abastecer antes que o combustível acabasse… Fantástica ideia, hã? Mas há mais! Além de o

Mistificações e consciência pesada

PS não se querer entender com o governo sobre os grandes investimentos a fazer no futuro (quiçá por não fazerem a menor ideia do que propor…) o verdadeiro “folião” carnavalesco poderá ser mesmo o seu atual líder. É que ele, em vésperas de eleições europeias, encontra-se atualmente mais perdido que um turista num sambódromo brasileiro, pois começou por repetir a frase de que "o programa de ajustamento vai destruir o país" e agora os sinais da economia mostram o quão errado estava…e a sua outra frase preferida da “espiral recessiva”, esfuma-se com a indicação recente de que Portugal se prepara para surpreender no crescimento para 2014! Logo, tudo o que agora diga soa a uma espécie de discurso de um folião carnavalesco onde tudo o que diz serve apenas para tentar “fazer barulho” e “entreter as massas”, sem no entanto corresponder minimamente à realidade! E já começou nessa “onda”, ao confirmar que se for governo mais não fará do que endividar-se, pois segundo ele próprio disse no congresso do Partido Socialista Europeu, até espera que o BCE venha a fazer empréstimos diretos aos países da UE, além de esperar também a mutualização europeia de parte da dívida pública! Ou seja, seguiria alegremente no caminho das dívidas, como se de um mero corso carnavalesco se tratasse…e nós mais não seriamos que figurantes desse deprimente cortejo! Grandes foliões, hã? E nós a ver os “carros alegóricos” passar…

Siga o nosso jornal em recortes.pt

E

, de repente, saiu coelho da cartola. Os dirigentes distritais do PSD querem ver criado um “Estatuto Especial para os Territórios de Muito Baixa Densidade” à semelhança do que sucede com as regiões autónomas da Madeira e dos Açores que gozam do estatuto de insularidade. A proposta terá ainda que passar, numa primeira fase, por uma definição do que são territórios de muito baixa densidade, não venham outros a ser beneficiados à custa dos que tiveram a milagrosa ideia. O 1º caso que avançam, é o do IRC, onde haveria uma descriminação positiva para empresas. Só que a sua aplicação abrangeria quase todo o país. Saiu minhoca, à primeira cavadela! O eleitoralismo está a fazer “milagres”. Há décadas que andam a castigar a Região e Interior com sádica crueldade. O mesmo sucede neste período troikano na Assembleia da República, votando contra todas as propostas em defesa da Região e do Interior. Só agora, por mero oportunismo eleitoral, vieram em sua “defesa”. Sorrateiramente vão dizendo que a criação deste estatuto é projecto de médio e longo prazo, mas que já “está a ser trabalhado, e que deve passar obrigatoriamente pelo mapeamento da Muito Baixa Densidade em Portugal, onde será fulcral ver as várias dimensões e indicadores, como, perfis territorial, demográfico, povoamento e acessibilidades”. A partir das definições será um ver se te havias de “soluções inovadoras e sustentáveis, por exemplo, ao nível da mobilidade e acessibilidade, física/ virtual, capaz de respon-

der á natureza da procura dos bens e serviços”. Falam da criação de um Estatuto e de políticas de nova geração, que, tendo em consideração compromissos do Governo com a Troika, não se vislumbra como as vão alcançar. Depois, é o paleio habitual. Que a “ideia não é trabalho apenas de cariz partidário”, que querem mobilizar todos os sectores da sociedade, “até um diálogo entre todos os partidos”. Todavia, a “coisa” já avançou para as mãos de um grupo de secretários de Estado que acompanha o andamento da problemática. Elucidativo, falam em diálogo, mas já avançaram para outros patamares. O que não dizem é que votaram sucessivamente contra os Planos de Emergência que Partido Comunista Português e a União dos Sindicatos do Distrito de Castelo Branco levaram à Assembleia da República, defendendo a aplicação de medidas excepcionais, que contrariasse a desertificação e o despovoamento da região e do Interior. Assim mesmo, caro leitor… Por outro lado, a Federação Distrital do PS, no âmbito de um plano nacional, indicou a “criação de emprego como a grande necessidade dos próximos tempos” no sentido de fixar as pessoas. Assim, ficámos a saber, que o tal emprego que diziam ter criado, ou não existiu, ou não tinha bases de sustentação. Daí a gritaria criada: “É hora de actuar”, “temos que definir um novo rumo”. Afinal, razão tinha o PCP, quando falava da necessidade de um “Novo Rumo”. E lá veio o estafado slogan: “somos dos poucos que não perdemos

população no interior do país”. Quando todos sabemos que perdemos população. O distrito não fugiu à regra. De 1960 a 2011 todos perderam. Qualquer sustentação em irrisórias diferenças de menos-ou-mais, tendo em conta os diferentes critérios entre os intervenientes do Censo, torna absolutamente ridícula, qualquer tentativa para tirar partido de eventuais êxitos ou fracassos nos resultados finais. A prova aí está: O fluxo de saída de cidadãos para o estrangeiro é de tal dimensão, que ridiculariza qualquer tentativa populista de um qualquer caudilho e seus apaniguados. A demagogia atingiu o clímax, quando ficámos a saber que se fosse possível fazer “salvadores à dúzia”, talvez a situação do país não estivesse tão má. Bom, é só uma questão de paciência, talvez os avanços da clonagem possam fazer o “milagre”. Lembram-se da “Ovelha Dolly”? Quanto ao IC 31, lembrar que tanto os governos PSD/CDS como os do PS, nunca foram capazes de o concretizar. O mesmo se passa, com o abandono da Região e do Interior. A governabilidade à esquerda do espectro político, não resulta com políticas de direita… Obviamente, como o leitor verificou ao longo dos 35 anos da governação destes três partidos, o que PSD/CDS/PS demonstram, são sinais de uma consciência bastante pesada, tais foram os desastrosos resultados das erradas políticas que praticaram ao longo destes anos. Para melhor compreensão, edita-se gráfico do Censo/2011 referente a Distrito e Concelhos.


· 24· Última

Povo da Beira • 4 de março de 2014 • Edição 1043

PUB

Av. 1º de Maio nº 95 6000-086 Castelo Branco

Telf: 272 348 130

www.SGH-LING.com

Telm: 968 700 810



Edição nº 1043