Page 1

· 1·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

Edição 1029 • Ano XX • 26 de novembro de 2013 • Semanário Gratuito • Sai à 3ª feira • Diretor: João Tavares Conceição • Siga-nos no PUB

Rastreio de saúde GRATUITO

CASTELO BRANCO

SÁBADO DIA 30 DE NOVEMBRO

9h00 / 13h00

Simulacro testa Segurança Social

Página 4

Comitiva da região visita Bruxelas

Página 2

Página 12 e 13

Paul celebra Stª Bebiana no próximo fim de semana

Região

Municipios cedem edificos para que serviços não desapareçam

Página 3

ACT fiscaliza apanha da azeitona

Página 5

Castelo Branco

Misericórdia mostra Cortejos de Oferendas

Página 6

PUB

Página 16

Ponsulativo quer apostar em barco elétrico

Futebol Benfica bate Nogueirense por 4-1

Página 19


· 2·

Destaque

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Simulacro

Segurança Social testa segurança POR CRISTINA VALENTE

Uma funcionária do Centro Distrital de Segurança Social de Castelo Branco, decidiu testar os meios de socorro e no decorrer de um simulacro, realizado na passada quinta-feira, decidiu fingir um desmaio, levando todos, inclusive os operacionais que organizavam o exercício, a pensar tratar-se de uma situação real. Para Rui Esteves, Comandante Distrital do CDOS, este facto mostra o “à vontade desta colaboradora com estas questões de segurança, pelo trabalho que foi feito antes. Se o exercício tivesse sido a primeira abordagem ao assunto, estou certo que a reação não seria esta”. Rui Esteves classifica a formação, como “essencial”. “É importantíssimo, que quem aqui trabalha, Segurança Social, saiba o que deve e não deve fazer, se um dia o alarme tocar e for preciso evacuar o edifício, ou parte do edifício”. Para o comandante distrital é importante identificar e caracterizar o risco, e por outro lado é importante, “saber que há dirigentes que estão preocupados com a segurança das pessoas que trabalham nas suas instituições”. Rui Esteves lembra que por vezes pequenos ajustes podem fazer toda a diferença, “uma planta que tapa um extintor, é mais bonito ver a planta, mas é mais importante que todos saibam onde está o extintor, uma secretária, num corredor, que

Funcionários e utentes tiveram que abandonar o edificio

não serve para nada, mas que em situação de emergência pode ser um entrave à saída de pessoas” exemplificou Rui Esteves. Melo Bernardo, diretor Distrital da Segurança Social, considera este tipo de exercício muito importante para fazer correções, “algumas pequenas correções que contribuem para a seguran-

ça das cerca de 200 pessoas que diariamente passam pelo edifício da Segurança Social”. A ação aconteceu no âmbito da Semana do Colaborador, num dia dedicado ao tema “Segurança e Saúde no trabalho e Ambiente”. “Este exercício serve para vermos as nossas fraquezas, o que temos que

melhorar, o que está bem e o que é que temos que alterar” afirmou Melo Bernardo. A preparação do exercício envolveu muitos colaboradores da Segurança Social e durante a mesma pequenos pormenores foram alterados seguindo as indicações dos técnicos da Autoridade Nacional de Proteção Civil. ■

Estacionamento central é constrangimento Para Rui Esteves o estacionamento central em frente ao edifício da Segurança Social é um constrangimento. “É um constrangimento que tem que ser pensado, preparado e ajustado e se concluirmos que há necessidade de ser ajustado, natural-

mente que poderá ser”. O exercício foi realizado no lado do edifício mais perto da entrada para o estacionamento, “que apesar de lotado não foi impedimento para que a plataforma mecânica pudesse trabalhar”. O Comandante Distrital admite no entanto

que numa situação real na outra ponta do edifício, o estacionamento central do parque poderia ser um constrangimento, “apesar de acreditar, que numa situação real, muitos dos carros ali estacionados seriam retirados pelos seus proprietários”. ■

lias mais carenciadas desta região do país que estão devidamente identificadas pelas diferentes instituições

de solidariedade social que connosco colaboram nesta nobre missão de luta contra a fome. ■

Recolha de alimentos no próximo fim de semana

Bens recolhidos na região ficam na região O Banco Alimentar Contra a Fome levará a cabo mais uma Campanha de Recolha de Alimentos em supermercados nos próximos dias 30 de Novembro e 1 de Dezembro. Durante esse fim de semana, centenas de voluntários irão de novo dar corpo a esta campanha um pouco por todo o país e também na região de Castelo Branco. Os Bancos Alimentares são Instituições Parti-

culares de Solidariedade Social que lutam contra o desperdício de produtos alimentares, encaminhando-os para distribuição gratuita às pessoas carenciadas. São organizações de pessoas de boa vontade que, juntando os seus esforços de uma forma voluntária, pretendem minorar o problema da fome numa determinada região. O objetivo principal do Banco Alimentar é a luta contra o desperdício.

Numa economia de mercado que gera excedentes alimentares em perfeitas condições de consumo, mas que por razões diversas não são comercializáveis, a postura de gratuidade dos Bancos Alimentares chega a ser provocatória. Relativamente ao trabalho desenvolvido em Castelo Branco, importa lembrar que o Banco Alimentar Contra a Fome recolhe alimentos nos concelhos de Castelo Branco,

Idanha-a-Nova, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Penamacor. Apesar de todas as dificuldades financeiras, as pessoas, conscientes da atual situação, têm respondido positivamente e com generosidade, quer nas dádivas efetuadas quer na participação em termos de voluntariado necessário para esta operação. Todos os alimentos recolhidos nesta zona serão distribuídos às famí-


Destaque

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

Forasteiros rumam ao Paul para celebrar Santa Bebiana

A vila do Paul, concelho da Covilhã, nos dias 29 e 30 de Novembro e 1 Dezembro de 2013, acolhe a 9ª edição da Santa Bebiana. Outrora comemorada pelos pastores a Santa Bebiana na atualidade é uma referência cultural que há muito ultrapassou as fronteiras geográficas da vila e assume-se como uma iniciativa que de algum modo impulsiona a economia local, recorde-se a propósito que entre tasquinhas e artesãos a edição deste ano conta com sete dezenas de participantes. Na verdade, esta festa está desde tempos remotos ligada aos festejos dos pastores e agricultores, durante o mês de Dezembro. Sabe-se que os pastores andavam com o gado nos vales do Paul e arredores, colocavam os chocalhos na cintura e juntos com os ganhões festejavam junto das pipas de vinho, esta profecia. Após a ronda por todos os pipos, faziam uma grande ceia, onde o mais atrevido pregava o sermão para os “irmãos” e rezava-se o Pai Nosso dos Bêbedos. Entretanto esta festividade conheceu um longo interregno, até que a Casa do Povo do Paul, apostou fortemente no reatar desta tradição e de há nove anos a esta parte

tem gradualmente ganho o estatuto de grande festa de Inverno com a famosa Jeropiga assumir o estrelato das noites bebianas, até porque, é anunciado que a vila do Paul nestes dias è a capital da Jeropiga, emergindo no entanto a preocupação da parte da organização/dinamização em alertar os mais jovens para os malefícios do consumo excessivo do álcool. Quanto ao programa que tem como palco as ruas centrais a oferta passa pelas bailias e folias, mercadores, artesãos, teatro de rua, oficinas artísticas, tocadores de gaitas de -foles e pífaros acompanhados pela percussão, entre outros instrumentos e protagonistas destacando-se a participação especial da companhia Vivart no programa da Santa Bebiana – 2013. Para além de toda esta animação a procissão chocalheira e o sermão à Santa no Largo da Praça com Pregador são outros motivos de atração, bem como, uma rica oferta gastronómica, este ano enriquecida com jantar bebiano á moda antiga no sábado 30 de Novembro. Artesanato e animação de rua são outras ofertas disponíveis, mas a procissão e o sermão são quadros ímpares. A procissão choca-

lheira que tem lugar no sábado 30 de Novembro pelas 21 horas, começa com o estandarte quase sempre transportado por um bebiano “bem bebido”, logo seguido pelos confrades todos de archote em punho. O surreal ganha forma e emerge no cortejo que tem ainda na sua composição outros elementos a fazer soltar as gargalhadas dos populares. Uma das figuras de proa é o burro atrelado à carroça transportando um pipo de vinho com o objetivo de saciar a sede dos populares e dos “crentes” devidamente trajados com a “opa de serapilheira” e sempre atentos à “pregação” do orador que se acoita num “majestoso” palium feito também de serapilheira. Já quanto ao “sermão” é muito intenso e de grande fervor, com momentos verdadeiramente hilariantes. A música tradicional, a cargo de muitos grupos convidados para o efeito que invade as ruas, as tasquinhas, onde a boa comida e a bebida não falta complementam esse evento que é já uma aposta ganha no calendário cultural da região que no ano passado atraiu milhares de visitantes estimando-se que mais de vinte mil pessoas associaram-se aos festejos bebianos. ■

EDITORIAL

D

ois factos marcaram profundamente a semana. Ambos no mesmo dia, contra os mesmos, mas enquanto um foi uma manifestação tout court, o outro foi uma manifestação discursiva. Ainda é cedo para aquilatar a que foi mais incisiva, mas a manifestação das forças policiais, ainda sem militares, versus as palavras cruas e diretas dos intervenientes no encontro da Aula Magna auguram-nos um próximo futuro com alguns sobressaltos. As forças policiais, tal como a grande maioria dos funcionários públicos, está a pagar os gastos faustosos de uma classe política que, por vezes, não se limitou só a isso. Há inúmeros exemplos, desde a fraude dos bancos (BPN e BPP) até aos inúmeros esquemas do anterior Governo. Só que este Governo, tal como qualquer outro, precisa dos polícias para manter a ordem pública, principalmente quando a grave crise económica que assola os portugueses pode provocar alterações à dita ordem. As próprias hierarPUB

PUB

· 3·

O Apelo Indesejado

DIRETOR JOÃO TAVARES CONCEIÇÃO

quias começam a ter dificuldades em reprimir as queixas dos seus homens, pelo que a substituição do diretor-geral parece só descansar quem aceitou a mudança. O Governo ficou escandalizado com a subida da escadaria do Parlamento, mas só eles é que poderiam pensar que a cena dos secos e dos molhados do Terreiro do Paço se voltasse a repetir. Já Soares, guerreiro das lutas contra o gonçalvismo e acérrimo defensor do Estado social, está a perder as estribeiras ao debitar discursos como o desta semana. Está a destruir a imagem que foi construindo ao longo dos anos, buscando um protagonismo ou assumindo uma luta que deveria deixar para quem possa ter que vir a assumir funções de Estado. É fácil reconhecer nele um defensor das suas convições, mas também é fácil lembrá-lo como um

bom manejador da arte da politica, mais do que como estadista. Até a democracia meteu na gaveta quando isso lhe interessou. No entanto, as suas iniciativas não deixam de fazer mossa: pelos nomes que se associam, pela inflamação que pode levar às massas e pela imagem que exteriormente faz passar. A linguagem radical que usa não está de acordo com os cargos que assumiu, a não ser aquelas derrotas em que embarcou e lhe estragaram a aura: a presidência do Parlamento Europeu e o desastre da sua última candidatura à Presidência da República. Sabemos que a situação atual é crítica. Percebemos as dificuldades provocadas pelos cortes salariais e pelo aumento de impostos, mas dificilmente entendemos a guerrilha verbal deste que se considerava um pilar da democracia.


Castelo Branco

· 4·

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Empresa de animação turística aposta forte na região

Ponsulativo quer apostar em barco elétrico A Ponsulativo – Animação Turística foi constituída em novembro de 2011. Trata-se de um projeto que tem como mentor, Domingos Leitão, e que se destina à promoção de atividades de lazer nas zonas dos rios Ponsul e Tejo Internacional e que englobam desde circuitos de jeep, passeios pedestres e de barco e atividades radicais como a escalada, canoagem ou caiaque. Mas, para perceber melhor a origem desta empresa turística, com sede em Lentiscais, temos que retroceder até ao ano 2000, altura em que Domingos Leitão, o fundador da Ponsulativo, apresentou o seu projeto ao primeiro diretor do Parque Natural do Tejo Internacional e ao presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Joaquim Morão, que cumpria então o seu primeiro mandato em Castelo Branco.

O objetivo inicial de Domingos Leitão passava pela promoção de passeio turísticos, retomando a navegação nos rios Ponsul e no Tejo Internacional. Com raízes na zona de Castelo branco, Domingos Leitão, deixou Setubal em 1988 e decidiu fixar-se em Malpica do Tejo, onde se dedicou à exploração agrícola biológica. No entanto, as suas ligações aos desportos náuticos e nomeadamente à canoagem, fez com que começasse a promover passeios de canoa pelo Rio Ponsul. E aquilo que começou por ser uma brincadeira para amigos, começou a ganhar forma de um projeto que acabou por ser apresentado e foi inclusivamente submetido a uma candidatura “Buy Nature”. Contudo, o projeto na altura acabou por não ter continuidade, apesar de ter obtido os pareceres favoráveis do

Domingos Leitão

Parque Natural do tejo Internacional para a prática de atividades ligadas ao turismo natureza, tendo sido retomado anos mais tarde.

É já em 2011, que a Ponsulativo arranca em força, com a celebração de um protocolo com os espanhóis da factorocio e com a inauguração

do cais de Lentiscais em 2012, que veio abrir novas rotas de navegabilidade. As duas empresas trouxeram desde então a Castelo Branco mais de oito mil turistas espanhóis. Neste momento operam com dois barcos, o “Moura Encantada”, com lotação para oito lugares, e que permite aos turistas desfrutar de toda a beleza e tranquilidade do Parque Natural do Tejo Internacional e do Geoparque Naturtejo, percorrendo os rios Ponsul e Tejo, e o “Balcón del Tajo”, um barco com capacidade para 60 pessoas, e que faz a ligação entre o cais de Lentiscais e Cedillo, navegando também pelos rios Ponsul e Tejo. Refira-se que a navegação só é efetuada aos fins de semana, podendo no entanto ser efetuada durante a semana, mas só através de marcação.

A Ponsulativo tem ainda protocolos estabelecidos com o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), bem como com Agrupamentos de Escolas de Castelo Branco e de Idanha-a-Nova. Recentemente, a Ponsulativo conjuntamente com a factorocio dinamizaram jornadas de turismo da natureza, trazendo a Castelo Branco 180 professores espanhóis e levande de Portugal a Espanha, 140 docentes. Domingos Leitão sublinha que até ao momento, o grau de satisfação dos turistas tem sido total. Por outro lado, refere que com a definição da navegabilidade em águas portuguesas, brevemente possam implementar no circuito um barco totalmente movido a energia elétrica, ou seja, mais amigo do ambiente, com uma capacidade para 15 pessoas. ■

APRe aprova moção na última vigília A APRe, associação de aposentados, pensionistas e reformados reunidos em vigília de protesto, no passado dia 21 em Castelo Branco, aprovaram por unanimidade e aclamação uma moção que dá conta das suas preocupações. No documento a Associação manifesta o ser repúdio pelas medidas, “discriminatórias do seu grupo social, previstas na proposta do OE de 2014”. O mesmo documento denuncia aquilo que para a APRe é “uma tentativa de violação das regras básicas do estado de direito”. “Sob o pretexto do excecional, incorre-se no

arbítrio e na injustiça de subestimar o princípio da não retroatividade das leis, ignorando-se, em contrapartida, o princípio da prescrição, a que intocável e progressivamente se acolhe todo um conjunto de infrações disciplinares e criminais, com proporções estruturais em termos da mesma dívida” diz o documento aprovado dia 21. A moção pretende também denunciar todas as formas de privilégio, mais ou menos conjunturais, que, a coberto de uma legislação de favor, se formalizaram em contratos agora irredutíveis, “nomeadamente em termos de rendas e benefí-

cios fiscais, e que igualmente acrescentam esta componente estrutural do débito”. No documento a Associação afirma ainda que são muitas as “tentativas de deturpação do espírito da solidariedade intergeracional” que diz , “ao contrário do que se pretende fazer crer, não se inicia com o princípio da vida ativa, mas na situação pré-natal, sendo-se beneficiário antes de se ser contribuinte”. No ultimo ponto a moção denuncia “a ligeireza com que, correntemente, se pretende fazer confundir os encargos da segurança social com a despesa do Estado”. ■ PUB

PUB

1,

CASTELO BRANCO

49 €/Unid.

Nestum Mel Nestlé

POUPANÇA EM CARTÃO

50

Creme p/ Barrar Becel Pro-Activ 500 gr

5,

49 €/Unid.

PROFESSOR JIKINEH Tlm.: 969 402 867 - 911 095 838 - 212 450 482 Africano, grande cientista espirutualista, com super magia negra e branca mais forte. Resolve com rapidez no máximo de 4 dias qualquer que seja o seu caso, exemplo: Amor, Negócios, Impotência Sexual, Prender e Desviar, Afasta e Aproxima pessoas amadas, Exame, Jogo, Espirituais, Alcoolismo, Droga, Maus olhados, Inveja, etc... Lê a sorte, dá previsão da vida e do futuro pelo bom espírito e forte talismã. CONSIDERADO UM DOS MELHORES PROFISSIONAIS Não há problema sem solução - Consultas das 9H às 22H / Segunda a Domingo

Rua Duarte Pacheco Pereira Nº79, 5º F Damaia de Baixo 2720-213 Amadora


Castelo Branco

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

· 5·

ACT fiscaliza apanha Associações debatem da azeitona na Beira União de Freguesias Interior Inspetores do Centro Local da Beira Interior da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizaram, no passado dia 19, uma ação conjunta de fiscalização no âmbito da apanha da azeitona no Distrito de Castelo Branco. No decorrer da ação inspetiva foram identificados 14 trabalhadores, 9 estrangeiros e 5 portugueses, sendo a entidade empregadora notificada pela ACT para comprovar a legalidade da situação contratual dos trabalhadores. É de referir ainda que no âmbito desta ação conjunta com o SEF foi detetado 1 trabalhador de nacionalidade ucraniana em situação irregular no nosso País. No âmbito do seu pla-

no de atividades a ACT tem vindo a realizar um conjunto de ações em parceria com outras entidades inspetivas e policiais visando a prevenção e combate ao trabalho não declarado e irregular,

bem como a verificação das condições de segurança e saúde numa atividade agrícola particularmente intensa em algumas regiões do país como é o caso da apanha de azeitona. ■

A Associação EcoGerminar, no âmbito do acordo de cooperação realizado entre a Associação Animar e o IEFP para constituição de núcleos de dinamização territorial regionais, e com o apoio da União das Freguesias do Freixial e Juncal do Campo, realizou um encontro no dia 9 de novembro, na Casa do Povo do Juncal do Campo. Este encontro de reflexão aprofundou os problemas locais e procurou encontrar propostas e soluções, tendo em conta as oportunidades para o desenvolvimento local da nova e unida freguesia. Este primeiro encontro contou com o anterior presidente da Junta de Freguesia do Juncal do Campo, Mário Pires e a anterior presidente da Junta de Freguesia do Freixial do Campo e atual presidente da União das Freguesias,

Ernestina Perquilhas, entre vários outros participantes. Neste espaço de debate encontraram-se problemas comuns e ideias para o desenvolvimento local e estratégico da nova freguesia que pretendem ser desenvolvidas com a participação e cooperação entre as associações locais e a população. Pretendeu-se iniciar um processo de envolvimento da população e promoção da cidadania de modo a potencializar

as oportunidades locais através da promoção de novas iniciativas, de valorização do património dos diferentes locais, Barbaído, Camões, Chão da Vã, Juncal do Campo e Freixial do Campo. A união das freguesias mais do que uma imposição administrativa foi discutida enquanto oportunidade de união e de criação de sinergias nos territórios e entre as populações locais. ■

PUB

PUB

CONVOCATÓRIA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

MUNICÍPIO DE CASTELO BRANCO

No uso da competência que me é conferida pelo n° 2 do art.° 22° e nos termos do art.° 24° dos Estatutos da CAIXA DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DA BEIRA BAIXA (SUL), CRE, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Idanha-a-Nova, sob o número único de matrícula e pessoa colectiva 500.918.910, com o capital social mínimo e variável de 3.500.000,00€ (três milhões e quinhentos mil euros) convoco os Associados da CAIXA AGRICOLA, no pleno gozo dos seus direitos, a reunirem-se, em Assembleia Geral, no próximo dia 27 de Dezembro de dois mil e treze, pelas 15,30 horas, na sua sede social, sita no Largo do Município em Idanha-a-Nova, para discutir e votar as matérias da seguinte ORDEM DE TRABALHOS 1. Eleição do suplente do Conselho Fiscal da Caixa Agrícola para o triénio 2013/2015; 2. Discussão e votação do Plano de Actividades e Orçamento e respectivo parecer do Conselho Fiscal para o ano de 2014; 3. Deliberação sobre a declaração de política de remuneração dos órgãos de administração e fiscalização da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Beira Baixa (Sul), CRL para o ano de 2014; 4. Apreciação de outros assuntos de interesse para Instituição. Se à hora marcada não estiver presente mais de metade dos Associados, a Assembleia reunirá, com qualquer número, uma hora depois, conforme determina o número 2 do artigo 25° dos Estatutos. Idanha-a-Nova, 20 de Novembro de 2013 O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral (Dr. João Filipe Giraldes Pereira de Figueiredo) Nota: É admitido o voto por correspondência, sob a condição de o seu sentido ser expressamente indicado em relação ao ponto ou pontos da ordem de trabalhos e de a assinatura do Associado ser reconhecida nos termos legais. Advertem-se os Associados que pretendendo votar por correspondência, o poderão fazer através de carta fechada, dirigida ao Presidente da Mesa da Assembleia, com a indicação “Voto por correspondência para a Assembleia Geral da Caixa de Crédito Agrícola da Beira Baixa (Sul), CRL de 27 de Dezembro de 2013”, dentro do qual deverá ser introduzido: - Declaração de envio do voto por correspondência, com assinatura reconhecida nos termos legais. - Tantos envelopes fechados quanto os pontos da Ordem de Trabalhos, contendo o respectivo voto [expresso em boletins próprios que deverão ser levantados antecipadamente na CCAM] Só serão considerados os votos expressos e inequívocos que sejam recepcionados até às dezasseis horas do segundo dia útil anterior ao da Assembleia. Os votos por correspondência valem como votos negativos relativamente a propostas apresentadas posteriormente à data em que esses votos tenham sido emitidos.

PUB

AVISO Luís Manuel dos Santos Correia, Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, faz saber que a Câmara Municipal, consciente de que a acessibilidade é um elemento essencial na qualidade de vida dos cidadãos, está a elaborar o Plano Local de Promoção da Acessibilidade (PLPA) para a cidade de Castelo Branco, que tem como principal objetivo a melhoria das condições de acessibilidade para todos na cidade, com especial atenção às necessidades de pessoas com mobilidade condicionada, como sejam as pessoas portadoras de deficiência ou temporariamente incapacitadas, as grávidas, as crianças ou os idosos. No âmbito deste Plano será realizado, numa primeira fase, um diagnóstico das barreiras físicas, urbanísticas e arquitetónicas que atualmente condicionam as deslocações pedonais, o acesso aos transportes, aos principais equipamentos e serviços públicos, quer se trate de residentes ou visitantes da cidade. Numa segunda fase será desenvolvida uma estratégia de intervenção e apresentadas propostas para minimizar e/ou eliminar estes constrangimentos. Para que este Plano integre as preocupações dos diferentes agentes da cidade e procure atender às necessidades da população é muito importante conhecer a opinião de todos. Assim, solicita-se o envolvimento de toda a população na elaboração do Plano, participando nas sessões de discussão pública e colaborando com a equipa técnica que se encontra a fazer os levantamentos, nomeadamente através do preenchimento de um inquérito sobre a acessibilidade na cidade de Castelo Branco. No site http://castelobranco.maisacessivel.pt/ é possível conhecer com maior detalhe este projeto e dar a sua opinião, através do preenchimento do inquérito online e do envio de sugestões e comentários para a equipa do Plano. Agradecemos antecipadamente o interesse e a disponibilidade dispensados. Paços do Município de Castelo Branco, 20 de Novembro de 2013

O Presidente da Câmara Municipal Dr. Luís Manuel dos Santos Correia


· 6·

Castelo Branco

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Santa Casa da Misericórdia recria cortejo de oferendas

Cortejo lembra Unidade de Cuidados Continuados POR CRISTINA VALENTE

A Santa Casa da Misericórdia de Castelo Branco (SCMCB) recriou no domingo um cortejo de oferendas. A atividade, inserida nas comemorações dos 50 anos da Misericórdia serviu também para alertar a população da necessidade da entrada em funcionamento da Unidade de Cuidados Continuados. A unidade, pronta desde dezembro do ano passado, ainda não recebeu o aval necessário do governo para entrar em funcionamento. “Com esta atividades queremos alertar todos os albicastrenses para a importância da Unidade, mas também para o trabalho que a Santa Casa desenvolve todos os dias” diz Cardoso Martins, Provedor da SCMCB. “A maioria dos albicastrenses, não se apercebe que aquela unidade é importantíssima para o concelho.” e o provedor lembra que com cerca de 60 mil habitantes, o concelho não tem nenhuma unidade de cuidados continuados, e quem dela

precisa tem que se deslocar, muitas vezes muitos quilómetros para ter acesso ao serviço. Para o provedor, a maioria dos albicastrenses só se recorda da Misericórdia quando dela precisa e só dará valor à Unidade se um dia dela necessitar. “O que nós queríamos é que as pessoas sentissem que têm uma Santa Casa ativa” afirmou Cardoso Martins após a inauguração da Exposição sobre os Cortejos realizados em Castelo Branco em 1947 e 1950. Os cortejos de oferendas eram realizados pelas Misericórdias, para angariar verbas para a sua missão, e caíram em desuso depois do 25 de abril de 1974, mas Cardoso Martins vaticina que com a crise, eles podem voltar, “nós estamos a atravessar um período muito difícil, e os cortejos de oferendas vão ressuscitar. Vamos ter cortejos de oferendas promovidos por muitas Misericórdias pela necessidade que têm de angariar fundos para conseguir ajudar os mais necessitados”.

Exposição na Biblioteca Municipal mostra Cortejos de 1047 e 1950

Cortejos de 1947 e 1950 ajudaram a reconstruir hospital Foi inaugurada no sábado na Biblioteca Municipal de Castelo Branco a exposição, que está patente ao longo desta semana, sobre os dois cortejos realizados em

Castelo Branco, nos anos de 47 e 50. Ambos se realizaram com o objetivo de angariar verbas para beneficiar o hospital da Misericórdia, “o hospital estava completamente degradado, havia que fazer muitas obras de reparação e de reconstrução

e introduzi necessidades médicas que se tornavam urgentes” conta Pires Nunes, no livro catalogo que acompanha a exposição. O cortejo de 47 foi coordenado por Eurico Salles Viana, etnólogo renomado, que logo o concebeu como desfile

etnográfico. O cortejo foi presidido pelo Ministro do Interior Augusto Cancela Abreu. A Santa Casa recolheu 1.200 contos. Em 1950 realizou-se mais um cortejo com o mesmo objetivo, nesse ano a Santa Casa conseguiu angariar 1.100 contos. ■

João Ribeiro e Francisco Henriques homenageados

Amigos do museu debatem arqueologia no concelho A Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior, de Castelo Branco, vai organizar, no próximo sábado, a partir das 10 horas, a mesa mesa-redonda: “ Arqueologia em Castelo Branco: uma paisagem cultural com futuro”. Com o objetivo de se proceder a uma análise das ações arqueológicas desenvolvidas, durante as últimas três décadas, no concelho de Castelo Branco, a reunião terá um caráter aberto ao público e pretende proceder à identificação de projectos futuros que se pautem por uma lógica de

complementaridade científica de diferentes áreas do saber, por uma optimização de recursos e por um sentido que proporcione a apropriação social do património arqueológico regional. O programa inclui ainda a homenagem pública, a ter lugar a partir das 17 horas no Museu, aos arqueólogos João Henriques Ribeiro e Francisco Henriques, duas personalidades incontornáveis do que foi a história desta ciência na cidade e na região. João Ribeiro destacou-se como o responsável, entre outras, pela escavação do castelo de Castelo Bran-

co na década de oitenta do século passado e coordenou durante uma década a arqueologia local, tendo tido um significativo papel na difusão da consciência patrimonial entre os jovens. Francisco Henriques foi o grande renovador da arqueologia na região a seguir a Francisco Tavares Proença Júnior e Paiva Pessoa. Através do desenvolvimento de inovadores programas de investigação e de prospeção, desenvolvendo um sentido de fraternal partilha pedagógica, o trabalho deste cientista é e foi determinante para o actual conhecimento do pas-

sado pré e proto-histórico do território da Beira Baixa. É autor de centenas de trabalhos que têm determinan-

João Ribeiro

temente contribuído para a internacionalização do nosso património temporalmente mais remoto. A ho-

menagem será antecedida pela leitura das conclusões da mesa redonda e é aberta ao público. ■

Dr. Francisco Henriques


Idanha-a-Nova

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

· 7·

1º Campeonato Ibérico de Pastoreio

Duas dezenas de cães pastores competiram em Idanha-a-Nova Os melhores cães pastores da Península Ibérica competiram em Idanha-a-Nova, no primeiro Campeonato Ibérico de Pastoreio. Entre sexta-feira e domingo, a prova atraiu centenas de visitantes ao Monte das Areias, na Zebreira. Aberta a todos os participantes, a competição foi disputada por um total de 19 conjuntos (cães e respetivos condutores), oriundos de Portugal, Espanha e ainda de França. As capacidades dos cães pastores foram testadas em quatros provas de qualificação que, no seu decurso, apuraram os 10 melhores para a final de domingo. Na derradeira prova saiu vencedor o conjunto português composto por Pascal Cacheux e pela border collie Lyn. O segundo lugar coube ao português Emanuel de Freitas, condutor do border collie São Roque Tagus. O último lugar do pódio foi ocupado pelo conjunto francês Michel Bastanes-Hort e Gjyn. Esta competição contou com um reputado júri

internacional, sendo que os melhores conjuntos portugueses e espanhóis foram selecionados para representar os países no próximo Campeonato Mundial de Pastoreio. A competição vai ter lugar na Escócia, em setembro de 2014. A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova apoiou a organização do evento, que esteve cargo da Associação Portuguesa de Utilizadores de Cães Pastores (APUCAP) e da Associação Espanhola de Border Collie de Trabalho (ACBT). A vice-presidente da autarquia, Idalina Costa, acompanhou as provas e, na cerimónia de entrega dos prémios, sublinhou as potencialidades do território para acolher eventos de pastoreio. Expressando a intenção do Município em continuar a dinamizar esta atividade, a autarca manifestou ainda o desejo que um número crescente de rebanhos possa percorrer as planícies de Idanha-a-Nova. De referir que, nos

últimos anos, o concelho

tem sido palco de provas

e formações no âmbito do

pastoreio. ■

Final Classificação

Condutor

País

Cão

Total

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Pascal Cacheux Emanuel de Freitas Michel Bastanes-Hort Pascal Cacheux Ander Gardeazabal Oscar Murguia Oscar Murguia Gérard Lalande Emanuel de Freitas Gérard Lalande

PT PT FR PT ES ES ES FR PT FR

Lyn São Roque Tagus Gjyn Mac Koli Sirkan Beltz Va São Roque Midge Bala

191 189 161 160 159 129 116 112 107 86

CCR acolhe workshop sobre a Águia-Imperial O Centro Cultural Raiano, em Idanha-a-Nova, recebeu no passado dia 19, terça-feira, um workshop sobre a Águia-Imperial. A iniciativa foi organizada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, com apoio do Município de Idanha-a-Nova. Pretendeu-se sensibilizar gestores de zonas de caça para a necessidade de conciliar a atividade cinegética com a conservação da natureza. Em particular com vista à preservação da Águia-Imperial, espécie avícola que habita o riquíssimo património natural do Parque Natural do Tejo Internacional. Presente na abertura

dos trabalhos, o presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, representou um território com

enorme potencial para atividades como a cinegética, observação de aves, turismo e desporto na natureza.

Participaram no evento dirigentes de organismos estatais e responsáveis por propriedades reconhecidas pela

boa gestão cinegética, situadas no concelho de Idanha-a-Nova. Nesta circunstância, intervieram Carlos Filipe Santos, em

representação da Zona de Caça Turística da Cubeira, e Fernanda Seijo, responsável pela Herdade da Poupa. António Borges, do Departamento de Conservação da Natureza e Florestas do Centro, encerrou o workshop com a apresentação das conclusões. Refira-se que o Parque Natural do Tejo Internacional abrange uma área em que o rio Tejo constitui a fronteira entre Portugal e Espanha, englobando partes dos concelhos de Idanha-a-Nova, Castelo Branco e Vila Velha de Ródão. Ali coexistem harmoniosamente centenas de espécies animais e vegetais com núcleos humanos tradicionais. ■


· 8·

Regional

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Produtos da Beira Baixa em mostra na feira dos sabores em Lisboa A CIMBB - Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, em parceria com o InovCluster - Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, estiveram presentes no Encontro com o vinho e sabores 2013 em Lisboa. No espaço Beira Baixa: Terras de Excelência estiveram representados cerca de 60 produtores dos concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão, permitindo a prova de vários produtos da região. Para além do vinho, foram degustados produtos típicos

da região, queijo, enchido, azeite, compotas, pão e bolos, mel, chá, ervas aromáticas, aguardente, e diospiros da Campina de Idanha, revelando-se um

Biblioteca Municipal de Ródão

Hélia Correia apaixona leitores de «O monte dos vendavais»

autêntico sucesso para todos os intervenientes. Organizado pela Revista de Vinhos, esta foi já a 14ª edição, naquela que é a maior prova de vinhos e

PUB

ram presentes outros leitores da obra. A conversa abordou os temas da receção literária, a biografia de Emily Brontë e as imensas possibilidades de compreensão do livro, escrito em Inglaterra no século XIX. O trabalho de promoção de leitura de autores clássicos continuará na BMJBM ■

jos, presuntos, enchidos e azeites, selecionados pela Revista de Vinhos, apresentam os seus produtos aos consumidores e público interessado.

Covilhã

Troca de palavras com Paula Roque e Cristina Afonso “Os benefícios das terapias complementares” é o tema do próximo Troca de Palavras na Biblioteca Municipal, que terá lugar no dia 28 de Novembro, Quinta-feira, pelas 21:30 horas, tendo como oradoras Paula Roque e Cristina Afonso. As terapias complementares são práticas terapêuticas que não são consideradas parte integrante

No dia 8 de novembro, o Clube de Leitura da Biblioteca Municipal de Ródão recebeu, com muita expetativa, a escritora Hélia Correia. O pretexto da sua visita à BMJBM foi o livro «O monte dos vendavais», escrito por Emily Brontë, que é um dos livros da vida da escritora. Para além dos membros do clube, estive-

sabores, dirigida ao grande público em Portugal. Trata-se de uma prova única no seu género, na qual mais de 350 produtores de vinhos, quei-

Aberto ao público durante o fim de semana, o Encontro com o Vinho e Sabores, teve este ano a visita de mais de 16 000 pessoas que durante o fim de semana e segunda-feira, exclusivamente dedicado a profissionais: restaurantes, retalhistas, profissionais do sector, aproveitam para provar para além dos vinhos os sabores da Beira Baixa. Esta iniciativa, é inserida no projeto coordenado pela Comunidade Intermunicipal, Beira Baixa Terras de Excelência, que tem como principal objetivo a valorização e promoção dos produtos regionais desta região. ■

da medicina convencional mas, à medida que vão sendo investigadas, muitas tornam-se largamente aceites. A designação “complementar” justifica-se quando é utilizada a par do tratamento convencional em situações de stress, fadiga, dores de origem neuro-músculo-esquelética, rigidez e tensão mental, entre outras. Para aprofundar esta

temática, a Biblioteca Municipal tem como convidadas Paula Roque e Cristina Afonso, ambas do Núcleo do Fundão da Associação Portuguesa de Reiki, e que irão falar dos benefícios da cura pelas mãos como prática cada vez mais aceite pelo meio científico. As palestrantes têm participado em vários projectos de voluntariado no âmbito das terapias

complementares com destaque para o projecto Reiki no Hospital do Fundão cuja iniciativa resulta de um acordo estabelecido entre o Centro Hospitalar da Coca da Beira e o núcleo do Fundão da Associação Portuguesa de Reiki que dispõe de um projecto de terapia complementar, ou seja algo feito após um diagnóstico médico. ■

Autarquia Covilhanenese promove almoço de natal para idosos A Câmara Municipal da Covilhã está a organizar um Almoço Convívio de Natal. Esta é mais uma actividade inserida na política de iniciativas destinadas aos

que mais contribuíram, ao longo da sua vida, para a sociedade. Este convívio vai decorrer ao abrigo do Cartão Social Municipal e tem lugar no Pavilhão da ANIL no

próximo dia 7 de Dezembro de 2013, pelas 12.30 Horas. Todos os interessados em participar neste evento devem inscrever-se na Câmara Municipal da Covilhã

– Divisão de Educação, Acção Social e Saúde, ou nas respectivas juntas de freguesia da sua residência. A data limite de inscrição é o dia 27 de Novembro. ■

PUB

PROFESSOR KENDO Astrólogo Grande Medium Vidente

Especialista de trabalhos de Amor Oculto e espirituais

Resolver seus problemas mesmo os mais difíceis e desesperados

graças ao meu dom de nascimento.Amor(retorno rápido e permanente da pessoa amada)

Sorte, Sucesso, impotência sexual, Stress, Inveja, Todas as doenças, Proteção, Concursos, Depressão, etc.

Você já tentou tudo mas continua a falhar, não hesite em contactar-me. Não quer continuar a sofrer. 100% de resultado garantido. discrição assegurada

Eu recebo diariamente por nomeação, possível deslocamento e por correspondência TEL:966-90-28-80


Fundão

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

Inscrições até dia 4 de dezembro

Oficina “Da Sopa à Sobremesa – Refeições Rápidas e Saudáveis” na Escola Profissional Vai realizar-se, no próximo dia 7 de dezembro, sábado, às 15.00h, na Escola Profissional do Fundão, a oficina “Da Sopa à Sobremesa – Refeições Rápidas e Saudáveis”, dinamizado por Shiila Serrano. Esta oficina servirá para ensinar a cozinhar, de forma rápida, refeições saudáveis para o dia-a-dia, consciencializando os participantes da importância da escolha dos alimentos e da necessidade de uma alimentação saudável. O workshop terá o custo de 20 euros e as inscrições deverão ser

efetuadas, até dia 4 de dezembro, na Divisão de Ordenamento, Planeamento

e Qualidade de Vida, através do telefone 275 779 060, do telemóvel 969 527

Dias 30 de novembro e 1 de dezembro

Workshop de Técnica Vocal e Concerto de Ópera em Castelo Novo O Município do Fundão e o Ensemble Vox Angelis irão dinamizar, nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro, na Igreja da Misericórdia, em Castelo Novo, um Workshop de Técnica Vocal. No sábado, dia 30 de novembro, irá realizar-se um concerto de ópera protagonizado pelos professores Pedro Miguel Nunes (Barítono), Maria José Carvalho (Soprano) e Mário Paulo Alves (Cravo e Contínuo), elementos pertencentes aos Vox Angelis, que será aberto ao público, com entrada graPUB

tuita, de forma a demonstrar as potencialidades da voz. No domingo, dia 1 de dezembro, realizar-se-á o workshop. De manhã, entre as 10.00h e as 14.00h, haverá uma explicitação sobre a voz, com a história da voz e do canto. De tarde, entre as 15.00h e as 19.00h, haverá uma aula coletiva sobre técnica vocal e a colocação vocal, com diversos exercícios. Os objetivos deste workshop são conhecer o funcionamento do aparelho fonador e os mecanismos básicos de produ-

ção vocal, explicar quais as principais patologias vocais e por que motivo acontecem, dotar o profissional da voz de estratégias para evitar o mau uso vocal, potenciar o trabalho vocal e prevenir o aparecimento de perturbações vocais, treinar a voz e o canto através de exercícios práticos, assim como dar noções de aquecimento vocal, postura e melodia. A inscrição terá o custo de 15 euros e poderá ser realizada através do e-mail associação@ voxangelis.com.■

Noticia Necrológica Faleceu no passado dia 20 de Novembro, no Hospital de Castelo Branco, António Trigueiros de Almeida, de 87 anos, nascido em Atalaia do Campo, e residente em Castelo Branco. A sua mulher, filho, filha, nora e netas agradecem a todos os que demostraram apoio e condolências neste momento difícil e a todos que se encontraram presentes nesta hora de dor, um especial agradecimento.

918 ou do e-mail qualidadedevida@cm-fundao. pt.■

· 9·

Sábado, 30

Município do Fundão promove Mercado de Trocas e Usados

O Município do Fundão organiza, no último sábado de cada mês, entre as 8.30h e as 17.00h, na Praça Velha, na cidade do Fundão, o Mercado de Trocas e Usados. No sábado, dia 30 de novembro, irá decorrer mais uma edição. Esta iniciativa tem como objetivo promover a venda, compra e troca de objetos que as pessoas têm em casa e que já não querem. O Mercado de Trocas e Usados inclui ainda um espaço “Mercadito” dedicado às crianças e respetivas famílias,

aberto à participação de crianças entre os 3 e os 15 anos, com o objetivo de promover a exposição, venda, compra e troca direta de brinquedos usados, tais como jogos, CD, DVD, livros, bonecos, carros, bolas, legos, cromos e outros artigos educativos. Pela ocupação de cada lugar de venda e por dia será devida a taxa de 2,20€ para lugares de venda no Mercado de Trocas e Usados e 1,10€ para os lugares no Mercadito. A inscrição pode ser feita no local. ■

Oriente. O Clube de Produtores do Fundão está integrado na estratégia de promoção da marca “Portugal”, que conta com a participação de 16 empresas, numa parceria estabelecida com a Portugal Foods, fazendo parte de um plano organizado de internacionalização de produtos nacionais num mercado específico como é o do Médio Oriente, tendo

enviado diversos produtos como azeite, compotas, queijos e enchido Halal. Neste certame o Fundão tem ainda quatro produtos em competição no SIAL Innovation Awards, com especial destaque para o produto Boletus Edulis, no qual a organização demonstrou bastante interesse, tendo sido incluído na Brochura Oficial da Feira. ■

Clube de Produtores do Fundão marca presença na SIAL Middle East O Clube de Produtores do Fundão participou na SIAL – The Middle Eastern Food Exhibition 2013, em Abu Dhabi, entre os dias 24 e 26 de novembro, no âmbito da estratégia de internacionalização da marca Fundão e dos produtos de excelência do concelho. A SIAL é a maior feira agroalimentar do Médio Oriente e conta com a presença de cerca de 470 expositores, de 43 países, e 10.000 visitantes profissionais, constituindo uma oportunidade para a efetiva internacionalização da marca Fundão e para a exportação de diversos produtos regionais para o Médio PUB

Agradecimento A família de António Trigueiros de Almeida, da Atalaia do Campo, residente em Castelo Branco, vem por este meio agradecer ao pessoal médico, de enfermagem e auxiliar, do Hospital Distrital de Castelo Branco, a forma carinhosa e o tempo que despenderam no tratamento do seu familiar. De igual forma agradecem aos funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Castelo Branco, pavilhão H, por todos os cuidados com que sempre cuidaram do seu familiar. A todos um Bem-Haja.


· 10· Educação Magusto Escolar no Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches de Penamacor

No passado dia 11 de novembro foi realizado em todo o Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches – Penamacor, o tradicional Magusto Escolar. Esta atividade desenvolvida de

acordo com o planeado no Plano Anual de Atividades, decorreu com a presença dos docentes, alunos, assistentes operacionais e alguns elementos das autarquias locais. ■

IPCB

Escola Superior de Gestão promove Workshop de Cake Design

O IPCB/ Escola Superior de Gestão promove, no próximo dia 30 de novembro, pelas 14horas, um curso de iniciação à decoração de bolos - “Cake Design”. A formação decorrerá em Idanha-a-Nova e terá a duração de 5 horas. Pretende-se com esta iniciativa dotar os participantes de conhecimentos

sobre os principais métodos de cobertura de bolos e desenvolver a técnica de modelagem com pasta de açúcar. O curso tem um custo de 20 euros e as inscrições decorrem até ao dia 28 de novembro, através do preenchimento da ficha de inscrição disponível em www.ipcb.pt/ ESG. ■

Escola Superior Agrária recebe Jornadas “Pequenos Ruminantes – que aspetos melhorar” O IPCB será palco do encontro “Pequenos Ruminantes – que aspetos melhorar” que se realiza, no próximo dia 28 de novembro, na Escola Superior Agrária de Castelo Branco. Destinada a produtores, transformadores de leite, técnicos de campo, dirigentes associativos, estudantes nas áreas das ciências agrárias e veterinárias e de um modo geral a todos os interessados, a jornada tem por objetivo debater as no-

vas tecnologias aplicadas à criação de pequenos ruminantes encarando sobretudo os aspetos a melhorar na higiene, reprodução, gestão, alimentação bem como as implicações da nova Politica Agrícola Comum (PAC). A organização deste encontro está a cargo do IPCB/ESA, do CERNAS – Centro de Estudos de Recursos Naturais, Ambiente e Sociedade, e das empresas Nanta e Deosan Farm. ■

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Magusto do Centro Social Padres Redentoristas

No passado dia oito de novembro realizou-se o tradicional Magusto do Centro Social Padres Redentoristas, na Associação Recreativa e Cultural do Valongo. O São Pedro deu uma ajudinha e o dia acabou por se compor, o que permitiu às crianças disfrutar de momentos bem passados entre jogos e brincadeiras. A meio da tarde chegou o momento tão aguardado por todos, as crianças reuniram-se à volta da fogueira e puderam saborear as deliciosas castanhas quentinhas acabadas de assar. Muitas delas não

desperdiçaram a oportunidade de se enfarruscar com as cinzas da fogueira. Os

adultos também não foram perdoados! No final do dia todos

regressaram a casa bem-dispostos, após a celebração desta festa popular. ■

Intercâmbio entre escolas de Penamacor e Valverde del Fresno Nos dias 4 e 12 de novembro decorreu na Escola Básica e Secundária Ribeiro Sanches um intercâmbio escolar com o Colégio Ntra Sra de La Asunción – Valverde del Fresno. Os alunos do Ensino Básico e Secundário daquele colégio tiveram a oportunidade de visitar a nossa escola, bem como a zona histórica da Vila de Penamacor, o Museu Municipal e o Convento de Santo António. Alguns alunos e vários docentes do nosso agrupamento organizaram atividades que foram desenvolvidas em conjunto com os alunos e professores espanhóis. Na receção aos participantes foram apresentadas ativi-

dades musicais e excertos da peça de teatro “É sobretudo sobre Elas mas não é só para Elas” apresentados pelos alunos que fazem parte do grupo de teatro “Quebra_Gelo” da

Escola Básica e Secundária Ribeiro Sanches, seguindo-se jogos tradicionais, jogos dramáticos e atividades na biblioteca escolar. Este intercâmbio, o

primeiro de outros que se seguirão, decorreu da melhor forma, tendo todos os participantes manifestado bastante entusiasmo no decorrer das diferentes atividades. ■

Bastonário da Ordem dos Engenheiros em conferência internacional da UBI Realiza-se entre os dias 27 e 29 novembro a conferência internacional ICEUBI-Engineering for Economic Development, que terá como destaques a oportunidade de financiamento através do Horizonte 2020 e o debate acerca das preocupações atuais e dos novos desenvolvimentos no ensino, investigação e profissão do Engenheiro, que será moderado pelo próprio Bastonário das

Ordem dos Engenheiros, Carlos Matias Ramos. As várias áreas de saber desenvolvidas na UBI e que estão sob a tutela da Faculdade de Engenharia vão ser abordadas nesta conferência científica que juntará investigadores, empresários, docentes e alunos de vários países, naquele que poderá ser, provavelmente, o maior evento científico da área da Engenharia a realizar em

Portugal no ano de 2013. Serão três dias inteiramente dedicados a todas as áreas de Engenharia, incluindo, por exemplo, aeronáutica, civil, eletromecânica, informática e têxtil. Debater os mais recentes avanços nesta área científica e promover o encontro entre profissionais, investigadores e empresas ligadas à área são algumas das metas do evento, que pretende também servir de

divulgação ao trabalho que é realizado no seio desta instituição universitária. Foram submetidos 185 artigos completos de autores nacionais, 8 universidades e 8 institutos politécnicos; de seis universidades do Brasil, quatro de Espanha, quatro da Argélia, Polónia, Itália, Sudão, Venezuela, Rússia e Irão, que se encontram atualmente em processo final de revisão. ■


Educação · 11·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

IPCB com Qualidade confirmada

Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão

Os parabéns à Convenção

Tendo por objetivo assinalar a comemoração do 24º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança, 20 de novembro, o Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão, por iniciativa da sua representante na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, Anabela Santos, realizou

com os 3º e 4º anos uma atividade de animação de leitura intitulada “Uma Aventura na Terra dos Direitos”, de Paula Guimarães, no passado dia 15 de novembro, na sua Biblioteca. Os alunos assistiram a uma leitura dramatizada da obra que deu nome à atividade e exploraram

com as personagens da história conceitos inerentes aos seus direitos, como o respeito, o carinho, o amor, o bem-estar, a família, a saúde, a casa, a escola… que ilustraram individualmente no final, com vista à produção de um cartaz de grupo que evidenciou a participação e empenho de todos.

Esta atividade contou com a preciosa colaboração da animadora Dulce Santana, demonstrando-se mais uma vez que o envolvimento da comunidade nas atividades do Agrupamento constitui sempre uma mais valia na defesa do bem estar e enriquecimento da criança. ■

IPCB abre as portas do Laboratório de Robótica e apresenta projeto “Robot@Escola” A Escola Superior de Tecnologia vai dinamizar um conjunto de atividades no âmbito da Semana Europeia de Robótica, que decorre até 29 de novembro. As atividades diárias previstas e para as quais já estão inscritas quatro escolas do distrito, num total de 135 alunos do secundário, são compostas de duas partes: na primeira será apresentada a iniciativa ROBOT@ESCOLA – Escola de Robótica que está

inserida no projeto ciência viva “Escolher Ciência”, à qual se segue um debate sobre “O que queremos dos robôs no futuro? Os robôs na indústria. Os robôs nas nossas casas. Os robôs

para cuidados de saúde. Os robôs e a sociedade”; na segunda parte, os participantes são incentivados a “meter a mão” e participar no “Workshop” que permitirá contruir e programar

um robô; seguidamente haverá ainda tempo para as demonstrações de um “robô terreste e aéreo comandado por telemóvel” e do “jogo do Galo com robô”. ■

O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) acaba de ver renovada a certificação do seu Sistema de Gestão da Qualidade, de acordo com a norma NP EN ISO 9001:2008. Passados 3 anos sobre a primeira certificação, que constituía um objetivo incluído no plano estratégico do IPCB, a renovação vem demonstrar que o Sistema de Gestão da Qualidade se encontra consolidado e em conformidade com os padrões internacionais, comprovando-se o cumprimento de exigentes requisitos de qualidade nas atividades de “realização dos processos de gestão, de avaliação e melhoria e dos serviços de recursos humanos, académicos e de ação social, e órgãos de apoio à gestão”. A renovação da certificação do Sistema de Gestão da Qualidade de acordo com o referencial normativo internacional decorre da avaliação por parte de um organismo certificador, atestando que a instituição cumpre todos os requisitos da norma NP EN ISO

9001:2008, e que incorpora nas suas actividades princípios de gestão da qualidade relativos à focalização nos clientes, liderança, envolvimento dos colaboradores e melhoria contínua. Para Carlos Maia, Presidente do IPCB, “apesar da renovação da certificação não constituir uma surpresa, o momento é de grande satisfação e de felicitação. O esforço de todos permitiu que fosse garantida a renovação da certificação, o que atesta o reconhecimento, por parte da Associação Portuguesa de Certificação, das boas práticas utilizadas no IPCB, pelo que toda a comunidade está de parabéns. Isto é particularmente relevante numa altura caraterizada por um acréscimo de trabalho tanto para docentes como para não docentes”. O presidente assume ainda que “o objetivo passa por alargar o âmbito da certificação aos restantes processos, designadamente, processo formativo, processo de prestação de serviços e processo de investigação”. ■

PUB

CASTELO BRANCO

Frango Inteiro c/ Miúdos

1,69 6,99

2, 3,99

49 €/Kg

€/Kg €/Kg

Bacalhau Especial da Noruega Maçã Golden Categoria II

0,69

Frango Perna

€/Kg

0,

€/Kg

99

4 Rolos de Cozinha Colhogar

Red Fish Médio

(200gr a 500gr) Congelado

DE 26 NOVEMBRO A 2 DEZEMBRO 2013

4,

99 €/Kg

Perú Bife Sagres Tara Recuperável 38 € 0,33L

0,47

1,

49 €

0,

0,20L

Papel Higiénico Extra Suave Pampilar 12 Rolos

Cenoura Categoria II

0,45 3,69 €/Kg

Super Bock Mini

2,

10 x 0,20l - T.P.

99 €/unid.

10 Cápsulas Café Delta Q


· 12· Destaque

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Gabinetes Europe Direct são POR CRISTINA VALENTE (em Bruxelas)

Os Centros de Informação Europe Direct da Cova da Beira e da Beira Interior Sul existem com o objetivo de aproximar o cidadão da União Europeia e ajudar a resolver problemas que de alguma forma estão relacionados com a Europa. Os dois Centros promoveram uma visita de multiplicadores de informação a Bruxelas, o objetivo da visita foi “dar a conhecer às entidades locais como funcionam as instituições Europeias e fortalecer os laços entre entidades, para que a informação sobre a União Europeia consiga chegar ao cidadão” disse ao POVO DA BEIRA Clarisse Santos do Centro de Informação Europe Direct Beira Interior Sul. A comitiva da região era composta por responsáveis de agrupamentos de escolas, associações, escolas profissionais e jornalistas, “o objetivo foi diversificar em termos de áreas de atuação no território, tentámos ter connosco nesta viagem diferentes agentes que no seu dia-a-dia trabalham diretamente com o cidadão” explicou Clarisse Santos.

Comitiva da Região visitou Comissão Europeia e Parlamento

O Centro de Informação Europe Direct da Beira Interior Sul, funciona na Rua Dr. Henrique Carvalhão lote 13 em Castelo Branco e tem por missão estabelecer canais de comunicação entre os cidadãos europeus e as diversas

instituições e organismos da UE, sensibilizar para o exercício de uma Cidadania Europeia plena e promover o Diálogo Europeu particularmente na Beira Interior Sul, ou seja nos concelhos de Castelo Branco, Vila Velha de Ródão,

Idanha-a-Nova e Penamacor. A funcionar há cerca de um ano, o Centro é procurado essencialmente por pessoas que no seu quotidiano têm que resolver questões relacionadas com a União Europeia,

Próximo Quadro Comunitário de Apoio beneficia região “O próximo quadro comunitário de apoio poderá ser muito importante para a nossa região” as palavras são do deputado do PSD Carlos Costa Neves, que destaca dois aspetos desse quadro que “interessam muito à região”. No próximo quadro vai procurar-se que, “não chova no molhado” ou seja que o essencial dos dinheiros da União Europeia não devam ir para as regiões mais ricas e desenvolvidas, devam antes ir para as regiões com mais dificuldades. “Quer dizer portanto que no nosso país o essencial dos apoios europeus, não devem ir para as grandes cidades e para

o litoral, devem ir para as regiões que mais dificuldades têm e que mais precisam” diz Carlos Costa Neves, acrescentando que a nossa região, “tendo condições naturais excelentes” precisa de um empurrão, “ou seja de descriminação positiva” que acredita o deputado social-democrata vai acontecer. O segundo aspeto que Costa Neves destaca no próximo quadro comunitário de apoio é o privilégio ao emprego, “qualquer realização de investimento que assegurem emprego, é música para os nossos ouvidos, é por ai que temos que ir.” Para Costa Neves as

candidaturas a estes fundos têm que surgir em benéfico da região e tendo em conta as suas necessidades, nomeadamente relacionadas com o emprego, “na minha opin i ã o

uma boa candidatura poderá ter a ver com formação profissional para o emprego. Uma formação que esteja de acordo com as necessidades do mercado de trabalho”. ■


Destaque · 13·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

o porta aberta para Europa Atualmente a rede de Centros Europe Direct em Portugal inclui 19 centros, dois deles na região. A rede é apoiada pela Comissão Europeia através da sua Representação em Portugal. Cidadãos informados são cidadãos mais participativos

“ principalmente em questões relacionadas com trabalho” mas também as escolas começam já a procurar este centro “porque

há já a consciência de que cada vez mais as questões europeias são importantes na formação dos jovens” afirma Clarisse Santos.

Margarida Marques, da Direção geral de Comunicação da Comissão Europeia, recebeu a comitiva e foi oradora no painel sobre o tem “Arquitetura Institucional e processo de decisão politica”. Para a responsável estas visitas são muito importantes porque aproximam o cidadão da União Europeia, “ouvimos dizer Bruxelas decidiu, o que nós queremos é que o cidadão saiba como se decide, para que isso facilite a participação dos cidadãos no processo de decisão”. Margarida Marques afirma que a Europa só se faz com os cidadãos, “mas é preciso que estejam esclarecidos, que conheçam para saberem como agir”. O processo de construção europeia é um processo

aberto, o debate e a discussão devem por isso ser uma constante. As eleições Europeias de 2014 são para Margarida Marques, marcantes, “vão ocorrer num período particularmente sensível. Os cidadãos têm muito a noção de que a UE tem que agir de forma concertada e articulada no sentido de defender os interesses da europa, dos países e dos cidadãos”. A comitiva da Beira integrava dois deputados da Assembleia da República, eleitos pelo distrito, Carlos Costa Neves e Carlos S. Martinho (ambos do PSD). Carlos Costa Neves admite que há reformas necessárias na Europa, para “combater” os grupos anti europeístas que estão em alguns países a ganhar terreno. “O que sinto é que há aperfeiçoamentos a fazer, nomeadamente ao nível da cidadania, é preciso que todos se sintam mais parte da europa, mais europeus.” Afirma Carlos Costa Neves que admite “ainda há uma grande caminhada a fazer em aspetos de cidadania”. ■

“Mais Europa, mais unidade Europeia e sobretudo mais solidariedade europeia” – Carlos Coelho O deputado Carlos Coelho (PSD), recebeu a comitiva no Parlamento e deu conta das preocupações sobre o futuro da UE e da necessidade de mobilizar os cidadãos em torno do projeto Europeu. “Só sairemos vencedores da crise todos juntos, e se não estivermos todos juntos receio que fiquemos todos pior. Os desafios com que o mundo está confrontado são desafios globais, e nenhum país, mesmo o mais forte da Europa, a Alemanha, está em condições de sair vencedor sozinho desse desafio”. Carlos Coelho lembra que as próximas eleições vão acontecer num contexto de crise,

“em que é fácil fazer demagogia” e mais difícil construir soluções duradouras. Com as sondagens a darem um avanço das forças radicais e anti europeístas Carlos Coelho, diz que é preciso haver vontade politica dos partidos europeístas para estabelecer compromissos . “Os partidos que são verdadeiramente europeístas têm que ajudar a construir soluções duradouras sob pena de contribuírem para o crescimento da demagogia e o enfraquecimento das soluções europeias” afirma Carlos Coelho. Para o Eurodeputado é necessário ser firme nos valores, “grande

parte dos movimentos anti europa são também racistas e xenófobos , temos que voltar a fazer

educação dos valores, não podemos aceitar que a dignidade humana seja espezinhada”. ■


· 14· Vila de Rei

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

POR PAULO JORGE MARQUES

Magusto no Agrupamento de Escolas de Vila de Rei

À semelhança de anos letivos anteriores, o Agrupamento de Escolas de Vila de Rei assinalou, na passada segunda-feira, o dia de S. Martinho com a realização do magusto escolar. O bom tempo que se fez sentir tornou o momento de convívio entre alunos, professores, funcionários, pais e encarregados de educação bastante agradável,

enriquecido com castanhas saborosas gentilmente oferecidas pelas juntas de freguesia da Fundada, S. João do Peso e Vila de Rei. O momento foi também assinalado com jogos pedagógicos e tradicionais envolvendo toda a comunidade educativa e despertando o interesse e a curiosidade principalmente dos mais novos. ■

Biblioteca Municipal recebe “Venda de Natal” do Centro de Actividades Ocupacionais A Câmara Municipal de Vila de Rei e a Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, em colaboração com o Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Vila de Rei, voltam a assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (03 de Dezembro) através da realização de uma “Venda de Natal”. A iniciativa decorrerá no hall da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, entre os dias 2 de Dezembro e 7 de Janeiro, contendo trabalhos elaborados pelos utentes do CAO de Vila de Rei e outros artigos alusivos à quadra natalícia. Os lucros obtidos irão reverter a favor do Centro

IX Quinzena de Teatro Solidário arranca com casa cheia POR PAULO JORGE MARQUES

O Grupo de Teatro “Dupla Personalidade”, de Arraiolos, com a peça “Diz que é tipo magazine” deu início à Quinzena do Teatro Solidário de Vila de Rei, no Auditório Municipal, contando com uma plateia de cerca de 200 pessoas que aplaudiram fortemente as actuações dos actores em palco. A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Vila de Rei e que cumpre este ano a sua nona edição, tem obtido um enorme sucesso junto da comunidade Vilarregense, permitindo que as pessoas desfrutem de serões dife-

rentes, onde a comédia é a palavra principal. A IX Quinzena do Teatro continuou no dia 23 de Novembro, com “O Sarrilho do Príncipe Matraquilho”, do Grupo de

POR PAULO JORGE MARQUES

A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires vai receber, a partir das 14:30 horas do dia 3 de Dezembro, a primeira edição da iniciativa “Encontros Documentais”. A sessão terá como principal temática “Sistemas de Informação nas Au-

tarquias Locais” e contará com a presença dos oradores Dr. Carlos Guardado da Silva, do Arquivo Municipal de Torres Vedras, e do Dr. João Venâncio, do Arquivo Municipal da Lourinhã. A iniciativa, organizada pelo Arquivo Municipal de Vila de Rei, pretende funcionar como um

encontro de capacitação e debate sobre temas pertinentes e actuais relacionados com a arquivística, preferencialmente, municipal. “Encontros Documentais” convidam técnicos e especialistas, académicos e peritos com nome firmado na área debatendo assuntos considerados importantes quer para a profissão em si

quer para os serviços e para o cidadão. Os interessados em participar nesta iniciativa deverão realizar a sua inscrição até ao dia 30 de Novembro através do número 274 890 000 ou do e-mail anarita. leitao@cm-viladerei.pt. Mais informações em http://encontrosdocumen tais.blogs.sapo.pt/. ■

Biblioteca Municipal promove CentroLivro de Natal 2013 de Actividades Ocupacionais de Vila de Rei. O CAO tem como finalidade proporcionar aos jovens e adultos portadores de deficiência grave e profunda um conjunto de actividades socialmente úteis, de forma a permitir-lhes uma valorização pessoal e o aproveitamento das suas capacidades. ■

A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires comemora, uma vez mais, a época Natalícia com a realização da CentroLivro de Natal. Entre os dias 2 de Dezembro e 6 de Janeiro, a Biblioteca volta a oferecer um conjunto de iniciativas de promoção do livro e da leitura aos seus visitantes,

com especial destaque para mais uma edição da Feira do Livro. Todos os visitantes desta Feira terão assim a oportunidade de adquirir uma grande diversidade de livros, a um preço mais baixo que o de mercado, aproveitando os saldos e promoções assinalados. Da programação da

PUB

CASTELO BRANCO

99 €

Creme Lift Diadermine Gama 2 x 50 ml

va (entrega de um género alimentar para a elaboração de Cabazes de Natal para as famílias Vilarregenses mais carenciadas), têm início pelas 21:00 horas. ■

"Encontros Documentais" na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires

PUB

13,

Teatro Amador de Pombal, e, a 30 de Novembro, com a peça de Revista Portuguesa “É preciso ir”, do Grupo de Teatro Váatão. Os espectáculos, de entrada solidária facultati-

4,

LEVE 2 PAGUE 1

50 €/unid.

Leite Junior Nestlé 700gr

CentroLivro de Natal faz ainda parte, no dia 16 de Dezembro, a iniciativa “Manhã de Contos de Natal”, que contará com a participação da Casa da Cultura de Oleiros com a peça de Teatro “O Medronho e a Castanha”. De seguida, terá lugar um espectáculo de Sombras Chinesas, pelas crianças do

Jardim-de-Infância da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei e a peça de Teatro “Os óculos do Pai Natal”, dinamizada pela equipa da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires. Aproveite e visite a CentroLivro de Natal de 2 de Dezembro a 6 de Janeiro e aproveite os inúmeros descontos da Feira do Livro! ■

Cartomante - Vidente Almeirim e Sertã

Trinta anos de experiência feita com sinceridade e acredite, olhando bem fundo e apenas nos seus olhos, leio toda a carta da sua vida se preciso for e ajudo a resolver todos os vossos problemas de negocios, amor, inveja, mau olhado, desactivação de magía negra, aconselhamentos e outros problemas de difícil solução, para que tenha a vida que sempre sonhou! Honestidade, sigilo e caracter são outro dom que fazem a verdade da minha vida!

Telem.: 918 283 485


Oleiros · 15·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

Pela 3ª vez

"Família Mendes Barata reunida em Tomar"

PUB

POR PAULO JORGE MARQUES

Pela 3ª vez, a Quinta da Gracinda, em Tomar, foi o local escolhido para a reunião da família Mendes Barata, no passado dia 27 de Outubro, coincidindo com o encerramento da Feira de Santa Iria. O convívio teve início na missa em honra de Santa Iria, celebrada pelo Padre Mário no Terreiro junto à Igreja de Santa Maria dos Olivais, na qual foram relembrados os membros da família já falecidos. Seguiu-se o almoço-convívio na Quinta da Gracinda, nos arredores de Tomar, o qual contou com a presença do Padre Mário e do Padre Sérgio. Tal como nas anteriores reuniões familiares, ocorridas no mesmo local em 2009 e 2011, foi organizada pelos parentes Lisandro Lourenço Rosa, Vítor Santos e Pedro Amaro, este último Presidente da Direcção da Casa da Comarca da Sertã e autor do livro “Os Mendes Barata da Longra”, que trata a descendência o casal João Mendes e Apolónia Barata. Na presente reunião foi ainda destacado o papel

relevante que alguns membros da família tiveram ao longo dos tempos, nomeadamente, os Padres João Mendes Barata (natural da freguesia de Álvaro e Prior da Madeirã), Francisco Mendes Barata (natural da freguesia de Álvaro e Prior de Cambas), e José Mendes Barata (natural da freguesia de Álvaro e Vigário de Cernache do Bonjardim), Augusto Mendes Barata (natural da freguesia de Madeirã) e Francisco Mendes Barata (natural da freguesia de Álvaro), que foram Presidentes da Câmara Municipal de Oleiros, o Capitão de Mar-e-Guerra António Mendes Barata, agraciado com a Ordem

Militar de Avis e a Ordem Militar de S. Tiago da Espada (cujo pai era natural da freguesia de Álvaro), e o Comendador Gastão Mendes Barata (natural da freguesia de Sobral), fundador da Agência Funerária Barata. O livro “Os Mendes Barata da Longra”, apresentado publicamente em Oleiros no dia 15 de Agosto de 2011, Dia do Município, trata da descendência do casal João Mendes e Apolónia Barata, os quais foram moradores na Longra, aldeia da freguesia de Álvaro, no concelho de Oleiros. Está disponível para consulta na Biblioteca da Casa da Comarca

da Sertã, em Lisboa, onde pode igualmente ser adquirida. Intimamente ligada ao concelho de Oleiros, os membros desta família fixaram-se principalmente nas freguesias de Álvaro, Cambas, Madeirã e Sobral, numa primeira fase, e, posteriormente, com maior expressão, também noutros concelhos dos distritos de Castelo Branco, Coimbra, Lisboa e Santarém. Inicialmente uma família de lavradores, dela vieram a descender pessoas que se distinguiram a nível militar e eclesiástico, mas também comercial administrativo e político, num percurso idêntico a tantas outras famílias portuguesas.” ■

Sessão de esclarecimento sobre incentivos a empresas em Oleiros POR PAULO JORGE MARQUES

Realizou-se no passado dia 19 de novembro, no auditório da Casa da Cultura de Oleiros, uma sessão de esclarecimento sobre Sistemas de Incentivos a Empresas, promovida pela autarquia local e pela empresa TEAM. A sessão destinava-se a todos os empresários do concelho e esteve a cargo da Dra. Cristina Domingues. Segundo a autarquia local, este é o tipo de ações a realizar no futuro. A sessão foi marcada pela participação do público e pelo seu interesse no esclarecimento acerca de programas de apoio, tais como Comércio INVESTE,

POR PAULO JORGE MARQUES

Jornada Micológica Vai realizar-se no próximo dia 30 de novembro uma Jornada Micológica orientada pelo Eng.º José Gravito Henriques, na freguesia do Estreito-Vilar Barroco, Oleiros. A concentração está prevista para as 9H30, em frente ao edifício daquela Junta de Freguesia e os participantes devem trazer roupa e calçado apropriado, cesto, uma faca de corte e boa disposição. O programa inclui saída de campo, regresso ao local, entrega de cogumelos apanhados, almoço e exposição de cogumelos colhidos.

No final, será efetuada a caraterização e identificação das espécies coletadas. A Jornada é organizada pela Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) e tem a colaboração do Município de Oleiros, Junta de Freguesia do Estreito e Associação Florestal de Alvélos e Moradal (APFAM). As inscrições decorrem até ao dia 26 de novembro através da DRAPC – Núcleo da Sertã 274 601 785, Gabinete Técnico do Município de Oleiros 272 680 130 e APFAM 272 682 383. ■

Natal Vegetal é em Oleiros O mercado de Oleiros d´Os Quintais nas Praças do Pinhal, a realizar já no próximo dia 8 de dezembro, vai ficar assinalado pela produção de um presépio de Natal, feito à base de futa e legumes, um foco de atração que irá certamente fazer as delícias de todos os visitantes. Nesse dia, todos os caminhos vão dar a Oleiros. Os quintais do Pinhal descem à vila, apresentando-se

ao seu melhor nível, com as mais sugestivas iguarias para a confeção de uma deliciosa Ceia de Natal. Das 10H00 às 18H00, numa tenda situada no Recinto das Feiras, a mostra ficará ainda marcada pela mais genuína animação, onde não faltará uma sessão de teatro e pela presença de artesãos locais a trabalhar ao vivo, para além dos produtores hortofrutícolas da região. ■

Open Day nas Piscinas Municipais SIALM e PRODER. Nesta primeira ação pretendeu-se sensibilizar o público acer-

ca do quadro comunitário ainda em vigor, ao mesmo tempo que se encara já o

próximo quadro de apoio para o período de 2014 a 2020. ■

No próximo dia 30de novembro (sábado), vai ter lugar o Open Day nas Piscinas Municipais, pelo que aquela infraestrutura estará aberta, gratuitamente, ao público

em geral. Os utentes poderão desfrutar de modo gratuito de aulas de várias modalidades: Pilates (11H00), Hidroginástica (17H00) e Hidrobike e Hidrojump (17H30). ■


· 16· Proença-a-Nova

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Comunidade da Beira Baixa exige manutenção de serviços públicos

Autarquias dispostas a ceder instalações gratuitas a troco da continuidade de repartições de Finanças POR PAULO JORGE MARQUES

Manter serviços de proximidade às populações, travando o processo de erosão da administração central no interior do país, é o objetivo de duas tomadas de posição aprovadas pelo Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB). Na última reunião, os seis municípios que integram a CIMBB aprovaram por unanimidade moções em que reivindicam ao governo que mantenha as repartições de Finanças abertas em todos os concelhos e assegure horários adequados de funcionamento dos Serviços de Atendimento Permanente (SAP) dos centros de saúde. No que diz respeito

às Finanças, as autarquias disponibilizam-se para encontrar soluções conjuntas que permitam reduzir custos, designadamente a cedência pelos Municípios de espaços a título gratuito, como contrapartida para a manutenção dos serviços. No distrito de Castelo Branco, prevê-se o encerramento de sete repartições, cinco das quais em municípios que integram a CIMBB – Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão. O Conselho Intermunicipal da CIMBB, presidido por João Paulo Catarino (Proença-a-Nova), aborda ainda os rumores de que estará a ser ponderada a extinção da Direção de Finanças de Castelo Branco: “Estamos certos de que nenhuma

alteração deste tipo será concretizada sem que haja uma discussão conjunta com os representantes locais das populações”. No sector da Saúde, os seis municípios propõem ao governo uma solução intermédia entre o atual horário e o agora desejado pela Administração Central. Lembrando os níveis de envelhecimento e as dificuldades de mobilidade de muitos dos munícipes, os autarcas propõem que os SAP de Oleiros, Idanha-a-Nova e Proença-a-Nova passem a encerrar à meia-noite (deixando de haver, como atualmente, serviços abertos em permanência). Admitem ainda que Penamacor e Vila Velha de Ródão passem a manter este serviço até às 20 horas. O novo regime das

Escola de ténis de Proença-a-Nova

Torneio Social de S. Martinho POR PAULO JORGE MARQUES

Pelo terceiro ano consecutivo, realizou-se em Proença-a-Nova o Torneio Social de S. Martinho na modalidade de ténis e no escalão de séniores. A prova resultou da parceria entre a Câmara Municipal de Proença-a-Nova e a Zonameeting Ténis Academia e foi promovida no âmbito da Escola de Ténis de Proença-a-Nova. A competição decorreu no dia 16 de novembro, nos Campos Municipais de Ténis de Proença-a-Nova, e envolveu atletas da Escola de Ténis de Proença-a-Nova (ETPN), que representam em termos competitivos a Zonameeting, e atletas da Academia de Ténis Colina do Castelo. Sendo um torneio essencialmente com um cariz social, foi utilizado um modelo competitivo que proporcionou a todos os atletas pelo menos a realização de três encontros. Os atletas foram distribuídos

comunidades intermunicipais entrou em vigor no dia após as eleições autárquicas. A CIMBB alterou a sua configuração, passando a integrar Oleiros e

Proença-a-Nova, além dos já anteriormente agrupados municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Penamacor e Vila Velha de Ródão. O Conselho Inter-

municipal reúne-se mensalmente e na última reunião foi aprovada a localização da sede, que ficará em edifício cedido pela Câmara de Castelo Branco. ■

Raspadinha de natal dá prémios no comércio

Concurso contempla prémios no total de seis mil euros POR PAULO JORGE MARQUES

por grupos e disputaram jogos entre si, com vista o apuramento para as meias finais. Concluída a fase de grupos, defrontaram-se nas meias finais os atletas Duarte Ramalho e Carlos Barroso, do Riba Clube, e Fernando Fernandes com Renato Santos, da ETPN/ Zonameeting Ténis Academia. Os tenistas Renato Santos e Carlos Barroso alcançaram um lugar na final e disputaram, após um dia de muitas horas de competição e de grande desgaste, um encontro bastante equilibrado, sendo o jogo decidido num super tie-breack

a favor de Carlos Barroso. A prova decorreu num clima bastante positivo e agradável, sendo uma oportunidade para os alunos trocarem experiência com outros atletas e demonstrarem, em ambiente competitivo, os conhecimentos adquiridos nas aulas de ténis. A par do torneio, decorreu um jogo de exibição entre os tenistas da Academia de Ténis de Castelo Branco Nuno Pissarra e Guilherme Rosa, sendo uma oportunidade para os atletas locais assistirem a ténis de elevada qualidade. ■

Fazer compras nas lojas do concelho de Proença-a-Nova volta a dar, durante o mês de dezembro, direito a raspadinhas que vão contemplar 474 clientes com prémios em compras. Repetindo o formato que em 2012 permitiu beneficiar um número alargado de pessoas, o concurso do comércio local irá atribuir um total de seis mil euros em prémios que variam entre 5 e 250 euros. A iniciativa começa a 1 de dezembro, abrangendo além do comércio os estabelecimentos de hotelaria, restauração e bebidas. O concurso promovido pelo Município decorre entre 1 e 31 de dezembro, estando depois previsto um período de apuramento e divulgação de resultados, até 7 de janeiro. São cinco os patamares de prémios (5, 15, 30, 50 e 250 euros) e as pessoas contempladas

usufruem dos valores em compras no próprio estabelecimento em que sai o bilhete premiado. Os comerciantes interessados em aderir deverão subscrever e entregar até dia 29 de novembro, nos Paços do Concelho ou através do e-mail postodeturi smo@cm-proencanova.pt, a declaração anexa ao regulamento. Nos últimos anos têm vindo a realizar-se diversas iniciativas que dinamizar o comércio local, incluindo sorteios. O formato das raspadinhas permite uma maior distribuição de prémios, ao mesmo tempo que apoia duplamente

o comércio do concelho: além do estímulo à população para que faça compras a nível local, as lojas são diretamente beneficiárias dos valores atribuídos. O regulamento prevê a atribuição de raspadinhas em compras superiores a 10 euros, em número variável consoante o montante, sendo as únicas exceções a restauração – com um mínimo de 30 euros – e as grandes superfícies, em que é estabelecido o patamar mínimo de 80 euros. Para controlo da distribuição de bilhetes, a cada raspadinha terá de ser associado o respetivo talão de compras. ■


Sertã · 17·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

Na Casa da Cultura da Sertã

Comissão de Protecção de Crianças organiza encontro temático

POR PAULO JORGE MARQUES

Nos dias 28 e 29 de novembro, a Casa da Cultura da Sertã recebe o encontro temático “Formas e Contextos: Prevenção e Ação na intervenção em contexto escolar com crianças e jovens em risco”. Este encontro temático assinala o 16.º aniversário da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Sertã e conta com o apoio da Câmara Municipal da Sertã e do Centro de Cultura e Desporto do Pessoal da Câmara Municipal da Sertã. Estarão em debate os seguintes temas: “Criar contextos facilitadores de aprendizagens”, “Mediação familiar: um novo caminho”, “Formação na área da Intervenção Social”, “O papel das parcerias, do trabalho de equipa e da articulação institucional na prevenção do risco”,

“Prevenção da violência e dos crimes sexuais nas escolas”, “Intervenção em contexto escolar e prevenção dos fatores de risco” e “Mediação escolar – um exemplo de boas práticas na prevenção do risco”. Este encontro temático dirige-se a profissionais ligados à intervenção social na infância e juventude, técnicos das comissões de proteção de crianças e jovens em risco, professores/educadores, entidades parceiras e outros interessados. As inscrições (por cada dia de participação: com almoço – 7,50€ / sem almoço – 2,50€) deverão ser feitas até dia 22 de novembro para o email cpcjserta@ gmail.com. Este encontro temático pretende ser uma discussão partilhada de estratégias e metodologias de prevenção e de intervenção em contexto escolar com

crianças e jovens em risco, almejando uma melhoria contínua de processos de

trabalho. Mais informações e programa completo em www.cm-serta.pt. ■

ETPS visita Unidades Hoteleiras na Serra da Estrela POR PAULO JORGE MARQUES

Os alunos do 2º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural da Escola Tecnológica e Profissional de Sertã deslocaram se no passado dia 15 de Novembro, no âmbito de uma visita de estudo, aos Hotéis Varanda Dos Carquejais e Serra da Estrela, pertencentes ao Grupo Turistrela. Esta iniciativa foi pro-

movida no âmbito do protocolo estabelecido entre a Escola Tecnológica e Profissional de Sertã e o Grupo Turistrela, que vai permitir um período em formação em contexto de trabalho, a realizar no mês de Janeiro, período de grande taxa de ocupação por parte dos hotéis visitados. Com o objectivo de dar a conhecer os vários sectores de atuação deste grupo de renome, os alunos visitaram os vários pontos

de trabalho deste grupo, e que em Janeiro poderão ter contacto directo, enquanto do seu período em formação em contexto de trabalho (estágio). Durante este período, os alunos irão cimentar conhecimentos teóricos nas estâncias do grupo, podendo ter contacto com as áreas da restauração, recepção e animação turística. Neste sentido, foi ainda possível visitar a Estância de Ski pertencente ao grupo, onde os alunos

POR PAULO JORGE MARQUES

Lançamento do livro

“Nostalgia do Mar” No próximo dia 28 de novembro, quinta-feira, a partir das 18h30m, a Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, na Sertã, acolhe o lançamento do livro “Nostalgia do Mar” da autoria de António de Vilaverde. António de Vilaverde é o pseudónimo de António Fernando Martins Soares. Nascido em Vila Verde, Braga, finalizou o liceu em Braga. Estudou Engenharia Electrotécnica e, mais tarde, frequentou o Instituto de Educação Física. Depois de uma passagem por Angola, como militar, trabalhou na delegação de Braga da Direcção-geral dos Desportos. Treinou as equipas femininas de Voleibol do Sporting Clube de Braga e Académico Basket Clube de Braga. Depois de mudar a sua residência para o Concelho da Sertã, leccionou em Proença-a-Nova, Vila de Rei, Cernache do Bonjardim e na Sertã. Foi treinador de diversas for-

mações desportivas: Associação Desportiva do cabeçudo, Grupo desportivo Vitória de Cernache, Sertanense Futebol Clube e Associação Desportiva de Oleiros. Co-organizou diversos eventos de carácter desportivo e foi colaborador de jornais e revistas. Atualmente está aposentado, faz voluntariado e lecciona Actividade Física e Promoção da Saúde na Academia Sénior da Sertã. “Nostalgia do Mar” é o terceiro livro de poemas da trilogia composta pelos já lançados “Palpitações” e “Desencantos”. ■

183.º Aniversário

Filarmónica União Sertaginense

poderão ter também contacto durante o mês de Janeiro. A visita incluiu ainda a ida ao Centro de Interpretação da Serra da Estrela, onde foi possível averiguar os recursos naturais existentes ao longo de todo o Parque Natural da Serra da Estrela. Fica o agradecimento especial a Junta de Freguesia de Sertã, que gentilmente disponibilizou o transporte para a realização desta visita. ■

Passeio Micológico pela Vila de Sertã POR PAULO JORGE MARQUES

Os alunos do 1º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural realizaram no passado dia 12 de Novembro, um Passeio Micológico pela Vila de

Sertã. Inserido na disciplina de Ambiente e Desenvolvimento Rural, no módulo "Sistemática dos Seres Vivos", esta iniciativa teve como principais objectivos identificar as principais espécies micológicas

existente na região, na melhor época do ano para a sua identificação. Além dos tradicionais cogumelos identificados, foram registados outras espécies micológica que caracterizam a paisagem local, como é o caso dos

líquenes. Após o percurso, os alunos recolheram fotos que posteriormente trabalharam na sua identificação, sendo este um elemento fundamental para os conteúdos do módulo. ■

A 1 de dezembro, a Filarmónica União Sertaginense comemora o seu 183.º Aniversário. As comemorações iniciam-se às 10 horas com a cerimónia do Hastear da Bandeira na sede da Filarmónica União Sertaginense. Meia hora depois, realiza-se a Roma-

gem ao Cemitério, a que se seguirá a Missa. A partir das 13 horas, realiza-se o almoço convívio na sede da FUS. Mais tarde, pelas 16h30m, inicia-se o concerto da Big Band da FUS, seguindo-se o lanche convívio às 18h30m. ■


· 18· Desporto Futsal Taça de Portugal

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Boa Esperança 4 UDR Quinta do Conde 7 Pavilhão da Boa Esperança

Razoável público presente nas bancadas, que teve o ensejo de assistir a um bom jogo de futsal, repleto e emoção, com a equipa da Boa Esperança a tentar tudo para evitar a derrota e a consequente

eliminação da Taça de Portugal. No entanto, a formação da Quinta do Conde, conseguiu ultrapassar o seu difícil adversário, vencendo por um concludente 4-7, apesar do equilíbrio registado ao longo da partida.■

Campeonato Nacional de Iniciados Série D - 13ª Jornada

Naval 3 Desportivo Castelo Branco 2

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Núcleo Sportinguista de Castelo Branco comemorou o seu 21º aniversário POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

O Núcleo Sportinguista de Castelo Branco (NSCB) comemorou, no passado sábado, o seu 21º aniversário, com almoço convívio entre todos os associados que, decorreu na Quinta da Dança. Durante o repasto, foram vários os intervenientes, com destaque para Jorge Morais, presidente da comissão coordenadora dos Núcleos Sportinguistas que teceu rasgados elogios ao núcleo albicastrense, chegando mesmo a afirmar, que se aproxima a um "Núcleo Modelo" do clube de Alvalade. "O trabalho desenvolvido pelo NSCB, tem sido bastante valorizado pelo Sporting Clube de Portugal, com dirigentes bastante empenhados e esforçados, realizando as mais diversas atividades, prestigiando o nosso emblema, e projetando o Clube nas mais variadas vertentes", afirmou. Por sua vez, José Biqueira, presidente do NSCB, considerou que em Castelo Branco, "pretendemos, cada vez mais, esfor-

çarmo-nos pelo engradecimento do nosso Clube, realizando o encontro de núcleos, para além do departamento das mulheres sportinguistas, pelo seu feito, estar a ganhar uma dimensão nacional, nascendo aqui um projeto que a própria direção do SCP apoia ao mais alto nível". Paula Teixeira, em representação da Junta de Freguesia de Castelo Branco, confessando ser uma adepta incondicional da agremiação de Alvalade, afinou pelo mesmo diapasão dos oradores, elogiando as atividades levadas a

cabo pelo NSCB, sempre relevantes para a cidade e a região. Arnaldo Brás, vice-presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, realçou que o NSCB tal como outras coletividades, merecem o apoio da autarquia, pelo seu envolvimento nas mais variadas atividades que organizam, destacando o último evento que foi a maratona Comendador Joaquim Morão, com a presença de centenas de atletas. "Estas instituições fazem parte da vida da cidade, o seu fortalecimento

também constitui um forte motivo de desenvolvimento local, pelo que iremos continuar a apoiar as suas iniciativas", garantiu o autarca. O momento alto deste aniversário, foi a atribuição do Galardão "Garra de Leão" aos antigos atletas do SCP, Manuel Fernandes, Alexandre Baptista e Júlio Rendeiro (ausente por motivos profissionais). As dezenas de associados e adeptos leoninos, viveram uma jornada de enorme fervor e entusiasmo onde a sua paixão pelo SCP esteve bem patente.■

Derrota injusta dos alvinegros

Jogo bem disputado entre ambas as equipas, com a injustiça no resultado a ser uma realidade, dado que na altura em que o marcador do resultado apontava 2-2, o árbitro da partida, resolveu no último minu-

to do tempo de descontos, apontar erradamente uma grande penalidade a favor dos jovens da Figueira da Foz, perante a indignação dos jogadores alvinegros, que não mereciam esta derrota. ■

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

e JF) e dos nossos patrocinadores, iremos manter e porventura aumentar as atividades e eventos que temos vindo a desenvolver", afirmou o dirigente, anunciando que nas mais variadas modalidades, a continuidade do trabalho será a palavra de ordem. No futebol o Encontro (com captação) de Petizes/ Traquinas e Benjamins “José Pedroso”, o torneio

Luís Caiola continua a presidir o Desportivo Castelo Branco

Luís Caiola, foi reeleito por mais dois anos, como presidente da direção do Desportivo de Castelo Branco (DCB), após as eleições para os corpos sociais que decorreram, na passada quinta-feira na sede da coletividade. "O DCB continua a crescer e, com o apoio das entidades oficiais (CMCB

de Fim de Época “José Bernardino” (Entrega de Faixas de Campeões Distritais), o Torneio “Mário Vale” e o Torneio “Joaquim Morão”, continuarão a realizar-se. No atletismo terá lugar “1ª Corrida dos Madeiros” no dia 29 de dezembro. "Teremos a preocupação de dinamizar a pista de atletismo que está em construção e futuramente iremos propor também a organização de

eventos que elevem o nome da cidade e do Desportivo". No Badmínton a equipa que está a ser construída "teve uma estreia muito satisfatória com 10 medalhados em treze participantes que levámos ao torneio no Centro de Alto Rendimento das Caldas da Rainha. Também iremos estudar a possibilidade de organizarmos alguns eventos e dinamizarmos a modalidade na nossa

cidade", revelouNo Bilhar e no Xadrez "estamos a trabalhar também para que estas modalidades cresçam e também possamos aumentar o número de praticantes", sublinhou. A concluir, Luís Caiola, prometeu um DCB cheio de energia e cheio de vontade de levar mais longe, mais alto e mais forte o nome da cidade

e do Desportivo de Castelo Branco. ■


Desporto · 19·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

Campeonato Nacional Séniores - Série E

Encarnados estão imparáveis POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Perante um adversário que na primeira volta, criou inúmeras dificuldades aos encarnados (1-1), o Benfica e Castelo Branco iniciou o jogo ao ataque, criando algumas oportunidades para marcar, nomeadamente aos 18 minutos, quando Álvaro Gomes rematando forte, permitiu a defesa de Ruca, e na recarga Marocas atirou ao lado da baliza. Reagindo positivamente a este lance, os homens de Nogueira do Cravo também viriam a causar alguns calafrios na área local, com os lances a serem controlados pela bem organizada defesa albicastrense. Aos 22 minutos surge o primeiro golo, com Álvaro Gomes a rematar bem colocado para o fundo da baliza adversária. Galvanizados com esta vantagem, os en-

Campeonato Distrital

Benfica CB

4

Nogueirense

1

Estádio Municipal de Castelo Branco Árbitro: Pedro Ramalho Auiliares: Rui Romão e Jorge Roque (AF Évora) Benfica CB: Fábio Mendes, André Cunha, João Afonso, Álvaro Gomes, (89, Esquivas), João Rui, (86, Fábio Brito), Tomás, Patas Moreno, Marocas, Ricardo Carvalho, Dani Matos e Hugo Seco (11, Samarra). Treinador: Ricardo António Marcadores: Álvaro Gomes (22), Dani Matos (44), Marocas (75) e Tomás (90+1). Cartão amarelo: Álvaro Gomes (58) e Patas Moreno (79) o terceito golo ao minuto 75

Benfica sempre ao ataque

carnados, conseguiram aumentar a vantagem ao minuto 44, com Dani Matos, a driblar dois adversários e o próprio guarda-redes, fazendo 2-0, resultado que se registava ao intervalo. Apresentando-se com outra postura, o Nogueirense veio para a etapa complementar da partida disposto a dar a volta ao

resultado, conseguindo reduzir a vantagem encarnada, aos 59 minutos, com um tento apontado por Camara. Motivados por este golo, a equipa dirigida por Pedro Ilharco, ainda tentou empatar o jogo, mas sem resultado, pelo que os locais viriam a aumentar a vantagem com Marocas a fazer o terceiro

tento aos 75 minutos. A vencer por 3-1, e com o apoio do público presente em número razoável, a apoiar a sua equipa, o Benfica e Castelo Branco conseguiu marcar mais um golo, ao minuto 91, por Tomás, que deste modo quis redimir-se da grande penalidade falhada aos 88 minutos.

Nogueirense: Ruca, Rodolfo, Marco, Rui Daniel, Bata, Name, Paulo Alves, Mário Jorge (65, Richard), Henrique (88, Will), José Francisco (75, Cunha) e Camara. Treinador: Pedro Ilharco Marcador: Camara (59) Cartão amarelo: Rui Daniel (47 e 52) e Name (79)

Na recta final, o domínio pertenceu aos albicastrenses, que com esta vitória continuam a comandar a sua série. Trabalho regular da arbitragem ■

Taça AFCB Juvenis Proença-a-Nova 2 Desportivo de Castelo Branco 3

Vitória importante para aspirações alvinegras POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

A 5º Jornada da Taça AFCB de Infantis A entre o A. D. C. Proença-A-Nova e o Desportivo de Castelo Branco decorreu, no Campo Senhora das Neves, em Proença-a-Nova. Jogo importante para ambas as equipas, pois o Desportivo queria conquistar a sua segunda vitória consecutiva nesta Taça, enquanto o Proença-A-Nova procurava pontuar pela primeira vez nesta competição. A equipa Alvinegra entrou muito bem no jogo e desde cedo mostrou que queria levar os três pontos para Castelo Branco, criando várias situações de golo junto da baliza de Diogo Mota. O Proença tentava reagir e conseguiu mesmo assustar a equipa do Desportivo num contra-ataque bem desenhado, onde o atacante do Proença com um forte remate leva a bola a embater no poste.

Apesar de o Desportivo ser claramente dominador na posse de bola, era nas bolas paradas que a equipa comandada por Nuno Dias criava mais perigo e, aos 15 minutos através de um canto, Rodrigo Henriques num ressalto depois de a bola embater na trave remata de primeira para fazer assim o primeiro golo da partida colocando a equipa alvinegra na frente. Até ao fim da primeira parte assistiu-se a um jogo em que os albicastrenses pressionavam alto, recuperavam rapidamente a posse de bola, mas pecava na hora de finalizar. A segunda parte trouxe um jogo um pouco mais equilibrado mas sempre com um Desportivo mais ofensivo e um Proença mais ousado no contra-ataque. A primeira oportunidade de golo nesta segunda metade pertenceu ao Desportivo que, num

lance pelo flanco direito, Rafael envia um forte remate á trave da baliza de José Beirão. O mesmo Rafael Torrado ao minuto 8, tira dois adversários do seu caminho e remata colocado ao poste da equipa local. O Proença ía sendo mais atrevido e num contra-ataque ao minuto 9 da segunda metade chega mesmo á igualdade por Afonso Gaspar. A equipa de Castelo Branco rapidamente esboçou uma resposta e ao minuto 11, Rafael Torrado entra na área e é derrubado, conquistando assim uma grande penalidade, que seria desperdiçada por Tiago Tomé, respondendo bem o guarda-redes do Proença com uma excelente defesa ao remate do avançado do Desportivo. Tiago Tomé acabaria por redimir-se ao minuto 19 num excelente lance individual, fletindo do corredor esquerdo para o meio e á passagem do

meio campo remata fortíssimo para o momento alto da partida, fazendo assim um excelente golo e colocando a equipa alvinegra novamente na frente do marcador. Os atletas vestidos de branco e preto não tiraram o pé do acelerador e dois minutos após o segundo golo aumentaram a vantagem no marcador por intermédio de Tiago Car-

rondo que respondeu com um forte cabeceamento ao excelente cruzamento de Rafael Torrado, fazendo assim o terceiro golo para o Desportivo. Já para lá do tempo regulamentar o Proença consegue uma saída rápida e mais uma vez num contra-ataque bem executado consegue reduzir o marcador para três bolas a duas. Boa arbitragem ■

Constituição das equipas:

Desportivo De Castelo Branco

1 – Nuno Castro 5 – João Afonso 6 - Romaín 9 – André Nunes 10 – Tiago Tomé 11 – José Afonso 12 – Gonçalo Borronha 13 – Tiago Carrondo 15 – Francisco Matias 19 – Rafael Torrado 21 – Rodrigo Henriques Treinador: Nuno Dias

A. D. C. Proença-A-Nova

1 – Diogo Mota 2 – João Cristóvão 3 – Ana Cardoso 6 – Afonso Gaspar 8 – Miguel Martins 9 – Pedro Jacinto 12 – José Beirão 13 – Flávio Branco 14 – Maria Eduarda 17 – Ruben Pitas 18 – Pedro Mendonça 20 – Francisco Cardoso

6ª Jornada 17/11/2013

Teixosense 1-1Ac. Fundão A.do Campo 3-1 ARC Oleiros Vit. Sernache1-0 Proença-a-Nova AD Estação 2-3 Alcains Pedrogão 2-0 V. V. de Ródão Jgs 1 Vit. Sernache 5 2 Alcains 6 3 Proença-a-Nova 6 4 Atalaia do Campo 6 5 AD Estação 5 6 ARC Oleiros 5 7 Teixosense 6 8 Pedrogão 5 9 Vila Velha de Ródão 6 10 Ac. Fundão 5 11 Belmonte 5

Pts 15 12 12 10 9 7 7 5 4 4 0

7ª Jornada 1/12/2013

Belmonte - Teixosense Ac. Fundão - A.do CampoARC Oleiros - Vit. Sernache Proença-a-Nova - AD Estação Alcains - Pedrogão Campeonato Nacional Seniores - Série E 13/14 10ª Jornada - 24/11/2013

Benf.C.Branco 4-1 AD Nogueirense Sourense 1-2 Naval Pampilhosa 2-0 Manteigas Carapinheirense 4-3 Á. do Morada lTourizense ADI Sertanense Jgs Pts 1 Benf.C.Branco 10 24 2 Pampilhosa 10 20 3 Carapinheirense 9 15 4 Sertanense 9 15 5 AD Nogueirense 10 13 6 Naval 10 12 7 Tourizense 8 10 8 Águias do Moradal 10 9 9 Sourense 10 6 10 Manteigas 10 4 11ª Jornada - 12/1/2013

Águias do Moradal - Benf.C.Branco AD Nogueirense -Sourense Naval - Pampilhosa Manteigas - Tourizense Sertanense - Carapinheirense Nacional de Futsal 2013/2014 12ª Jornada - 23/11/2013

Benfica 5-2 SL Olivais SC Braga 5-1 AD Fundão Cascais 3-1 Rio Ave Vila Verde 3-3 Boavista Belenenses 3-1 Modicus Póvoa Futsal 3-2Leões P. Salvo Sporting 11/12 Académica Jgs 12 1 Benfica 12 2 SC Braga 11 3 Sporting 4 Leões Porto Salvo 13 12 5 Belenenses 13 6 Póvoa Futsal 12 7 Boavista 12 8 Cascais 11 9 Académica 12 10 Rio Ave 12 11 Modicus 12 12 AD Fundão 12 13 SL Olivais 12 14 Vila Verde

Pts 31 30 28 28 17 17 14 13 12 12 11 10 9 6

13ª Jornada - 30/11/2013

AD Fundão - Belenenses Académica - Benfica Rio Ave - Vila Verde Modicus - Sporting SL Olivais - Póvoa Futsal Leões Porto Salvo - Cascais Boavista - SC Braga

Siga o nosso jornal em recortes.pt


· 20· Cultura

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Sugestões de Cristina Valente

Penamacor - Paços do Concelho De 26 de novembro a 31 de dezembro

Presépios e Anjos Solidários Está patente nos Paços do Concelho, até 31 de dezembro,uma Exposição de Presépios e Anjos Solidários que contará com peças de 16 conceituados artesãos portugueses e internacionais. Mais de 300 presépios e anjos de Natal, poderão ser apreciados e adquiridos, em mais uma iniciativa promovida pelo gabinete de cultura da autarquia. Destacam-se nomes como as Irmãs Flores, Afonso Ginja, Oficina da Terra, Irene Salgueiro, Carlos Dias, Lourdes Ferreira, Ana Franco, Domingos Ferreira, Miguel Lemos, Conceição Sapateiro, Paulo José Melo, Issa Attalla, Fernando Martins, Madalena Novo, Ariane Pedrosa e Maria Rôlo. Peças elaboradas em mate-

Livros & Leituras

O Estilete Assassino

DA BEIRA COM AMOR…

riais tão diversos tais como: tecido, cerâmica, madeira de oliveira, ferro, folha de milho, burel, entre outros. A exemplo de anos anteriores e mais uma vez o ojetivo desta iniciativa é ajudar famílias carenciadas do concelho, revertendo uma percentagem das vendas para oferecer cabazes de Natal, de acordo com as necessidades do agregado familiar. Os interessado poderão visitar a exposição em horário laboral.

Castelo Branco – Cine-Teatro Avenida Dia 29 novembro às 21:30 Maiores de 6 anos – 8 euros

Lula Pena

Incomparável e muito amada fadista, chateuse, intérprete, autora, artista, mulher de Lisboa. Lula Pena continua serena e confiante a apresentar e transformar ao vivo o seu laureado último disco, ‘Troubadour’, de 2010. Após no final do ano transato ter realizado uma série de datas na vizinha Espanha, para audiências rendidas em salas de referência, já neste Janeiro viajou até França para mais um par de concertos estimáveis, ao qual regressou em final de Maio para a abertura do Festival ¡Rio Loco! 2012. Cada vez mais partilhado segredo de todos os lusófonos de coração,

Alcains - Museu do Canteiro Até 6 de janeiro De terça a sexta-feira –9h3012h30|14h00-17h30 Sábado e domingo – 14h30-18h30

Como prometido, este ano, o Museu do Canteiro irá realizar a tradicional exposição dedicada à natividade. A exposição de natal contará, como já vem sendo hábito, com a coleção particular do Drº Francisco Elias que não pára de crescer e de Lucilia Bento uma colecionadora da Beira. A exposição contará ainda com o contributo de vários artesãos locais reconhecidos neste meio, nomeadamente Horácio Jorge, João Robalo, Ana Almeida, entre outros. A Casa da Lagariça de Castelo Novo e a APPACDM do Fundão também aceitaram o desafio e irão participar nesta exposição. Para dar as boas vindas à época que se aproxima, o presépio imaginado pela Leitaria do Largo (Alcains) e executado,

Um agente secreto de Hitler, um assassino frio e profissional com o nome de código «Estilete», vê-se envolvido na manobra de diversão dos aliados que antecede o desembarque militar em França. Estamos em 1944, a semanas do Dia D. O Estilete Assassino é um bestseller internacional em que o destino da guerra assenta nas mãos de um espião, do seu adversário e de uma mulher corajosa.

em granito, pela Fonseca & Dias (Castelo Branco) estará, este ano, no exterior do Centro Cultural de Alcains.

Castelo Branco - Centro Cultura Contemporânea Dia 26 às 18 horas

por esse mundo fora, a sua abordagem à Música é verdadeiramente singular, com o seu método de composição por assemblage já uma marca de referência da sua expressão artística. Na mesma canção poderá começar com um fado e evoluir para uma bossa; de um tango pode decidir permutar para outra maresia geográfica, sempre intensamente bela, na mais distinguida das formas.

Passatempo - Lula Pena

Ganhe um dos bilhetes que temos para oferecer, envie os seus dados, nome, BI/CC e telefone para passatempopovodabeira@gmail.com . Coloque no assunto o nome do passatempo.

Concerto educativo Echoes 1.61 Ensemble O IPCB através da Escola Superior de Artes Aplicadas, em parceria com a Câmara Municipal de Castelo Branco, promovem, no próximo dia 26 de novembro, pelas 18h30m, um concerto educativo didático com grupo “Echoes 1.61 Ensemble”, da Universidade Autónoma de Madrid. O espetáculo, que se realizará no auditório do Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco, tem a duração de, aproximadamente, 50 minutos e combina o audiovisual com a música contemporânea. O concerto “junta a música

de vanguarda com as várias línguas atuais, através de instrumentos que misturam a eletrónica e o tradicional”. Como extensão ao concerto existirão oficinas para mostrar a linguagem contemporânea que são elementos chave essenciais para a compreensão da música dos séculos XX e XXI. O “Echoes 1.61 Ensemble” é composto por Alfonso Ortega Lozano (direção, composição e guitarras), Luís Espinar (percussão e eletrónica) José Juarros Monteagudo (flautas) e Luísa Navarro Pascual (voz off)

Ken Follet Ken Follett nasceu em 1949 em Cardiff, no País de Gales, e licenciou-se em Filosofia no University College, em Londres. Começou a sua carreira como jornalista no South Wales Echo e, mais tarde, no London Evening News. Escreveu o seu primeiro romance quando trabalhava neste último. Trocou a profissão de jornalista pela de editor e continuou a escrever no tempo livre. Foi com o seu décimo primeiro livro que se tornou um bestseller a nível mundial, e conta agora com cerca de 100 milhões de exemplares dos seus livros vendidos. Vive em Londres com a mulher, a deputada Barbara Follett, e os seus dois Labrador retrievers Tem estado associado a diversas associações para a promoção da literacia e da leitura; é membro da Welsh Academy e Fellow da Royal Society.

Género: Thriller Tradutor: Maria Filomena Duarte Formato: 15 x 23,5cm N.º de páginas: 384 PVP: 17,70€


Lazer · 21·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

Ingredientes:

Tarte de cogumelos e Bacon

300g.de farinha

POR MÁRIO MARINHO - chef

135g.de margarina cortada em pedaços

Modo de preparação:

1 Gema 3 C. (sopa) de água quente

Num recipiente junte a farinha com a margarina em pedaços e com a ponta dos dedos trabalhe a massa, formando uma areia grossa, junta-se a gema e a água quente para ligar a massa, faz-se uma bola e deixa-se descansar por 30 minutos tapada ou com papel filme. Após esse tempo forra-se uma forma de tarte, pica-se o fundo para que não empole e vai ao forno a cozer. Entretanto, prepare o recheio, levando ao lume num pouco de óleo os pedaços de bacon, até ficarem douradinhos, junte a cebola e os alhos picados, deixe cozinhar, até a cebola ficar macia. Junte então os cogumelos cortados em fatias finas e deixe cozinhar por mais 4-5 minutos, junta-se molho bechamel e noz-moscada. Recheia-se a tarte, polvilha-se com queijo ralado e vai ao forno a gratinar.

350g.de cogumelos 200g.de bacon em pedaços 1 Cebola 2 Dentes de alho Noz-moscada q.b. 0,5l. Molho bechamel Queijo ralado

Horários Semanais do Comboio

Horários Semanais do Expresso CASTELO BRANCO LISBOA Partida 5h00

8h00 8h42 10h06 13h00 14h42 15h51 18h36

Chegada 8h30

11h45 11h31 12h53 16h45 17h31 18h38 21h23

LISBOA CASTELO BRANCO Partida 8h00

9h50 13h00 14h00 16h30 17h15 18h45 19h00

Aquário 21/1 a 19/2 Carta Dominante: 5 de Paus, que significa Fracasso. Amor: Poderá vir a ter uma zanga com um familiar, mas não se preocupe que tudo se resolverá. Saúde: Cuidado, o seu sistema imunitário anda frágil. Dinheiro: Seja prudente na forma como administra a sua conta bancária. Pensamento positivo: Sei que só erra quem está a aprender a fazer as coisas da maneira certa. Números da Sorte: 05, 17, 22, 33, 45, 49 Gémeos 22/5 a 21/6

Ar

Água

Fogo

Terra

Carta Dominante: 10 de Copas, que significa Felicidade. Amor: Cuidado com os falsos amigos. Não seja tão ingénuo com quem não conhece bem. Saúde: Aconselha-se uma dieta. Dinheiro: Está a passar por um momento positivo neste campo da sua vida, aproveite-o para progredir profissionalmente. Pensamento positivo: A felicidade alegra o meu coração! Números da Sorte: 19, 26, 30, 32, 36, 39

Balança 24/9 a 22/10

Carta Dominante: Rei de Paus, que significa Força, Coragem e Justiça. Amor: Aposte tudo na sua relação, pois ela proporcionar-lhe-á momentos inesquecíveis. Saúde: Não se desleixe e cuide de si, invista na sua imagem. Dinheiro: Pense bem antes de pôr em causa o seu dinheiro, não desperdice sem ter noção daquilo que gasta e em que gasta. Pensamento positivo: A Força do pensamento positivo ajuda-me a superar todas as provas. Números da Sorte: 07, 19, 23, 42, 43, 48

Chegada 10h47

12h20 16h35 16h30 19h19 20h50 21h25 22h35

CASTELO BRANCO - STA APOLÓNIA STA APOLÓNIA - CASTELO BRANCO Partida

Serviço

Chegada

Partida

Serviço

6h00 8h25 10h10 14h31 15h25 18h28 19h25

R IC R R IC R IC

9h41 11h19 14h11 18h11 18h19 22h11 22h19

5h48 8h16 9h48 13h16 16h16 18h30 19h16

R IC R IC R IC|R IC

Peixes 20/2 a 20/3

Carta Dominante: Rainha de Espadas, que significa Melancolia, Separação. Amor: Ponha de parte essa sua mania de ser o mais importante, deixe que o amor invada o seu coração, aproveite o romantismo. Saúde: Cuide da sua alimentação. Dinheiro: Boa altura para comprar aquela peça de vestuário de que tanto gosta, invista mais em si pois bem merece. Pensamento positivo: Quando a tristeza bate à minha porta, peço ao meu Anjo da Guarda que a mande embora. Números da Sorte: 02, 08, 11, 25, 29, 33

Caranguejo 22/6 a 23/7 Carta Dominante: Rei de Copas, que significa Poder de Concretização, Respeito Amor: Se der ouvidos a terceiros poderá sair prejudicado na sua relação amorosa. Saúde: Procure descansar as horas necessárias para o seu bem-estar. Dinheiro: Não gaste mais do que aquilo que a sua conta bancária permite. Pensamento positivo: Tenho o poder de concretizar os meus sonhos. Números da Sorte: 05, 09, 17, 33, 42, 47 Escorpião 23/10 a 22/11 Carta Dominante: A Papisa, que significa Estabilidade, Estudo e Mistério. Amor: Altura de harmonia e muita paz a nível amoroso, aproveite-a em pleno. Saúde: Pratique exercício físico e faça uma alimentação mais equilibrada. Dinheiro: Seja mais prudente na forma como gere as suas economias. Pensamento positivo: A minha intuição ensina-me sempre o caminho a seguir! Números da Sorte: 03, 24, 29, 33, 38, 40

Chegada

9h57 11h05 13h50 16h11 19h52 21h54 22h05

R - Regional | IC - Intercidades

Carneiro 21/3 a 20/4 Carta Dominante: Rei de Ouros, que significa Inteligente, Prático Amor: Não esconda os sentimentos. Liberte aquilo que sente e mostre a pessoa maravilhosa que é. Saúde: Faça mais exercício físico. Está a ganhar peso a mais. Dinheiro: Não se precipite e pense bem antes de tomar qualquer decisão que envolva mudanças no plano profissional. Pensamento positivo: Oiço o meu coração com inteligência, sei que ele é o meu melhor conselheiro! Números da Sorte: 1, 18, 22, 40, 44, 49 Leão 24/7 a 23/8

Carta Dominante: A Lua, que significa Falsas Ilusões. Amor: Não deixe que o seu orgulho fira a pessoa que tem a seu lado, seja mais compreensivo e aprenda a ouvir. Saúde: Faça uma caminhada. Dinheiro: Tente fazer um pé-de-meia, pois mais tarde poderá vir a precisar de um dinheiro extra. Pensamento positivo: Sou mais prudente para não me iludir. Números da Sorte: 08, 10, 22, 31, 44, 49

Sagitário 23/11 a 21/12 Carta Dominante: A Papisa, que significa Estabilidade, Estudo e Mistério. Amor: Altura de harmonia e muita paz a nível amoroso, aproveite-a em pleno. Saúde: Pratique exercício físico e faça uma alimentação mais equilibrada. Dinheiro: Seja mais prudente na forma como gere as suas economias. Pensamento positivo: A minha intuição ensina-me sempre o caminho a seguir! Números da Sorte: 03, 24, 29, 33, 38, 40

Touro 21/4 a 21/5 Carta Dominante: 2 de Espadas, que significa Afeição, Falsidade. Amor: Não vá atrás das aparências, pois elas muitas vezes enganam. Seja mais consciente e ponderado nas suas atitudes. Saúde: Coma salmão para baixar o colesterol. Dinheiro: Encontra-se numa boa fase, dê asas às suas ideias! Os seus superiores irão apreciá-las. Pensamento positivo: Afasto a falsidade através do afeto sincero. Números da Sorte: 03, 11, 19, 25, 29, 30

Virgem 24/8 a 23/9

Carta Dominante: A Imperatriz, que significa Realização. Amor: Não deixe que a rotina tome conta da sua relação e use e abuse da criatividade. Saúde: Cuide mais da sua saúde espiritual cultivando pensamentos positivos. Dinheiro: Não gaste mais do que aquilo que realmente pode, não se esqueça das contas que tem por pagar. Pensamento positivo: Sei que posso realizar os meus projetos, eu acredito em mim! Números da Sorte: 02, 08, 11, 28, 40, 42

Capricórnio 22/12 a 20/1 Carta Dominante: 2 de Paus, que significa Perda de Oportunidades. Amor: Partilhe a boa disposição que o invade com quem o rodeia. Saúde: tenha mais cuidados com os rins, beba muita água. Dinheiro: É possível que venha a obter aquela promoção que tanto esperava. Pensamento positivo: Acredito em mim, sei que sou capaz! Números da Sorte: 04, 11, 17, 19, 25, 29


· 22· Lazer

4 1

4

3 9 4

2 4 6

1

2

5 1

3

8

6

5 6

4

8

1

9

5

ANEDOTAS

SOLUÇÕES

A filha de 10 anos chega a casa da pesca com o pai com a cara toda inchada. A mãe fica preocupadíssima: -O que é que te aconteceu, filha? -Foi um mosquito, mãe... -E picou-te? -Não foi a tempo... O pai matou-o com o remo! Porque é que os elefantes não usam computador? Porque têm medo do rato.

Sudoku

2 3 9 5 7 6 4 1 8

Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Telf.: 910252676 / 910253116 / 914602969 geral@coraze.com Registo no ICS: 117 501 Depósito Legal: 74145/94 Empresa Jornalística: 218 326 Tiragem Semanal: 10.000 exemplares Distribuição gratuita

6

3

7 6 5 4 1 8 3 9 2

Sede: Press Ibérica Comunicação Social, Lda Av. Gen. Humb. Delgado, Lote 58 - 1º andar 6000-081 CASTELO BRANCO NIF: 506 583 023 Tel: 272 324 432 Fax: 272 327 732

1 8 8

5

6

4 1 8 3 2 9 6 7 5

Secretária de Administração: Florinda Cruz (secretariapovodabeira@ gmail.com)

8

Sopa de letras

9 2 1 7 6 3 5 8 4

Publicidade: Gustavo Teixeira (publicidadepbeira@gmail. com) José Carlos Marques (publicidadepovodabeira@ gmail.com)

5

5 8 7 2 9 4 1 6 3

Conceção gráfica: Leticia Ramos Pina (paginacaopbeira@gmail. com)

3

5

Colaborador Permanente: Paulo Jorge Marques Colaboradores: Álvaro Baptista Ana Paula Atanásio Ângela Gonçalves Armando Soares Carlos Vale César Amaro Clementina Leite Cristina Granada Eduardo Bastos Fernando Jorge Filipe Antunes Guilherme Almeida João Carlos Nunes Luís Malato Mário Marinho Nuno Figuinha Patrícia André Pedro Pitté Ricardo Portugal Sónia Carreira Vanessa Cruz

8

3 4 6 1 8 5 7 2 9

Redação: Jaime Pires (CP4484) José Manuel R. Alves (CP8361)

1

Encontre as palavras na sopa de letras

8 5 2 6 3 1 9 4 7

Coordenação: Cristina Valente (CP2370) (povodabeira@gmail.com)

Preencha usando os números de 1 a 9. Grau de dificuldade: Fácil

6 9 3 8 4 7 2 5 1

Diretor: João Tavares Conceição

PASSATEMPOS

1 7 4 9 5 2 8 3 6

Povo da Beira

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

CLASSIFICADOS

PUB

PUB

PUB

SUSANA LOURO

SOLICITADORA

PUB

R.Mouzinho Magro, 36, 2.º Dt.º 6000-251 Castelo Branco Tel. 272324388 / 968667047 Mail 5595@solicitador.net

PUB

PUB

SENHORA OFERECE-SE PARA: Ajudante de lavandaria Em Castelo Branco ou arredores PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

962 09 84 84

Este jornal escreve segundo o novo Acordo Ortográfico Todos os artigos de opinião e assinados pelos respetivos autores, são da sua inteira responsabilidade não podendo em circunstância alguma o Povo da Beira ser responsabilizado pelo conteúdo dos mesmos. Reservamo-nos no direito de não publicar, caso os artigos enviados não respeitem a legislação em vigor e o Estatuto Editorial do jornal.

Este espaço pode ser seu

Contate-nos!

Este espaço pode ser seu

Contate-nos!

publicidadepbeira@gmail.com

publicidadepbeira@gmail.com

Telefone: 272 324 432 Telmóvel: 964 431 346

Telefone: 272 324 432 Telmóvel: 964 431 346


Opinião · 23·

Edição 1029 • 26 de novembro de 2013 • Povo da Beira

“L´Agent Provocateur”

Um embuste colossal

POR NUNO DUARTE M. FIGUINHA

POR CARLOS VALE *

* Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o Novo Acordo Ortográfico

"

U

m agente provocador (em francês, agent provocateur), é uma pessoa secretamente empregada por um determinado grupo para incentivar membros do grupo-alvo a cometer ou ser associado a atos ilícitos. O termo também pode se referir a pessoas que infiltram grupos com o objetivo de diminuir sua credibilidade incentivando membros a cometerem atos radicais, ou cometendo atos radicais em nome do grupo, a fim de justificar o uso de força armada. Os agentes provocadores são agentes diretamente designados para provocar agitação, violência, debate, controvérsia ou descrédito através (ou dentro) de um grupo enquanto agem como membros do mesmo.” – Ora…esta definição não assenta que nem uma luva a um certo político, retirado, da nossa praça? Exactamente! Mário Soares, quem mais! O único socialista que actualmente, “ressabiado”, faz oposição ao governo! Recentemente, num “Congresso das Esquerdas”, por ele organizado na Aula Magna, Soares afirmou, no final do seu discurso: - “Senhor Presidente, demita-se!” De seguida, Soares responsabilizou o Presidente, caso este não abandone o cargo, pela eventual eclosão de uma onda de violência. "É preciso ter a consciência que a violência está à porta"! Ou seja, Soares quer mesmo levar ao expoente máximo a expressão de Jorge Coelho quando este disse que “Quem se mete com o

T

enho crescente admiração por aqueles que se dedicam abnegadamente a causas nobres e que, ao contrário de se emproarem, ajudam quem precisa. Mas não basta dar. Não basta sequer ensinar. É preciso desencadear no outro que recebe (uma dádiva, um ensinamento), a vontade de ir mais longe, a vontade de empreender. A velha máxima: não devemos dar o peixe mas antes ensinar a pescar, poderia, na minha modesta opinião, ser prolongada … é preciso desencadear a vontade/necessidade de ir pescar!

PS, leva!!!” E presumo também que já tenha mandado substituir nos congressos socialistas, a música dos Vangelis, por uma mais condicente, do género das dos Kalashnikov, que dizem que só atuam em cenários de guerra! Claro que deste encontro de Esquerdas, o resultado prático foi zero! Ou seja, ideias para resolver a crise, novas ou alternativas, simplesmente não ouve! Apenas o puro e simples apelo à vingança e à desordem! Fantástico, hã? Mário Soares entendeu pedir a demissão do Governo e a saída do Presidente da República, tal como António José Seguro faz de cada vez que abre a boca para dar sinal de que ainda está vivo…(embora de forma bem menos credível…). E tal como Seguro, não faz (nem quer fazer) ideia de como se iria gerir depois o longo interregno, que duraria vários meses, de incerteza política. Com um Presidente designado pelas Forças Armadas? E quem negociaria com a troika? E o PS? Ficaria de fora, para não legitimar nada, dando ar de quem não tem culpas no cartório, embora seja o culpado nº1 do país? E como iria Portugal conseguir os mais de 20 mil milhões de euros de que necessita para financiar o défice de 2014, pagando os empréstimos que vencem ao longo do próximo ano? Não cumpria e declarava bancarrota? Enfim, haja decoro, que com aquela provecta idade já só lhe ficava bem… Como

nota curiosa, só gostava era de saber a média salarial (pensões e/ou salários) dos presentes na Aula Magna, para auferir o grau de hipocrisia individual!!! Mas por falar em falta de decoro, é necessário referir o economista João César das Neves, que veio à rádio dizer numa entrevista que: - “Aumentar o salário mínimo é estragar a vida aos pobres!!!!” – Porquê…? É que segundo ele, se aumentarem para 500€ o ordenado mínimo, os “patrões” irão preferir, por esse preço, contratar licenciados! Ah bom…licenciados por 500€/mês já lhe faz sentido….ok… Mas para terminar com o assunto de falta de decoro, uma palavra para outra situação absurda e incompreensível, que diz respeito ao presidente do Benfica e um sócio, que estão há quatro anos a ser investigados por alegado envolvimento num esquema fraudulento que prejudicou o BPN. É que os prejuízos da operação, avaliados em 17 milhões de euros, já foram transferidos para o Estado, que arcará com eles! Fantástico, hã? Só admissível num país que prefere ver os golos do Ronaldo em vez de dinheiro no bolso…e que se chateia mais quando um “estrangeiro” chama mimado a um jogador português, do que quando “estrangeiros”(troika) nos depenam a sangue frio. E com isto tudo, para “ajudar”, ainda aparece Soares a dar uma de “Agent Provocateur” da populaça…? Dispensa-se!

A necessidade aguça o engenho, por isso vemos renascer atividades laborais caídas em desuso, vemos setores económicos reaparecer, compreendemos que uma determinada formação escolar não impede um desempenho profissional que nada tenha a ver com o ponto de partida, etc. Acredito contudo que uma educação mais longa permite um leque mais amplo de conhecimentos. Sei que aprender ao longo da vida, em meio escolar, em ambiente académico, pode propiciar àquele/a que aprende uma variedade de rumos mais di-

versificados perante todas as situações de vida com que se depare. Tenho por certo que as condições devem manter-se disponíveis para que o ser aprenda e depois possa “lutar” pelas suas conquistas. Receber algo que for dado, sem esforço para quem recebe, sem esforço para quem dá, não ajuda a crescer, e aqui falo de crescimento enquanto desenvolvimento humano. Desculpem a crueza desta afirmação nesta época natalícia. Não tenho receitas, não tenho soluções, mas desesperam-me situações de entrega das pessoas à anulação do seu

T

udo começou na campanha eleitoral que levou Passos Coelho ao poder, em que prometeu o que nunca tentou fazer, o que só por si, seria suficiente para perder qualquer legitimidade de governar. Hoje, após as mentiras, erros e falhanços das políticas dos seus “competentíssimos” governos e “super-ministros”, que já se foram, mas que deixaram confissões do fracasso das suas políticas, mas que este Governo teima em aplicar, mesmo com todas as farsas e episódios rocambolescos, com as anedóticas e irrevogáveis (revogáveis) demissões do impagável Portas, sempre com a conivência de Cavaco Silva. Agora que a situação económica e social do País e da grande maioria do povo se apresenta de extrema gravidade, o Governo PSD/ CDS reincide na imposição de mais impostos, novos cortes, agravamentos e sacrifícios, absolutamente incomportáveis, através do Orçamento de Estado para 2014. Só que, através de uma intensa e despudorada campanha de propaganda desenvolvida pelo Governo, e que conta com os fiéis serviços da imprensa dominante e respectivos “megafones” de serviço, controlada pelo grande capital financeiro, tenta fazer passar a imagem que “o pior já passou”, que “os sacrifícios valeram a pena”, que com as novas medidas que aí vêm o País “sairá da crise”, que o “milagre económico” está aí… que os ”mercados” vão abrir as torneiras do dinheiro a Portugal, enfim, que os portugueses têm um mundo perfeito à sua frente…

Óbvio que estamos perante uma longa lista de mentiras e trapaças, que tem como objectivo principal o branqueamento do Orçamento de Estado para 2014, procurando apresentar como coisa boa um monstro, que tal como em outros momentos, segue a via do roubo e do confisco dos rendimentos do trabalho; dos salários, das reformas e pensões; do ataque aos serviços públicos essenciais, designadamente com os demolidores saques ao Serviço Nacional de Saúde e ao ensino público; do empobrecimento, da miséria e da fome; do afundamento do País. Sim, é a verdade, atente o leitor, que enquanto vão dizendo que ”o pior já passou”, preparam um novo ataque aos direitos, com mais impostos, mais cortes nos salários, mais exploração, e consequentemente piores serviços sociais, ou seja, preparam o caminho para a imposição do estado social mínimo para os trabalhadores e para o povo, com o capital a ter mais lucros. Atente o leitor, que o alvo preferencial do Governo é sempre a classe trabalhadora: mais de 82% dos cortes são feitos à custa da população que trabalha, dos reformados e pensionistas, com cortes que podem ir até aos 12% nos salários, além dos milhares de despedimentos que vão engrossar a lista do desemprego. Chama-se a isto terrorismo social, fazendo alastrar o medo para servir os objectivos do grande capital. Estamos de facto, perante um embuste colossal. Como se já não bastasse termos uma quadrilha desta perigosidade a fazer-nos

a vida negra, ainda temos que gramar com os Barretos, César das Neves, Margaridas R. Pinto, a Jonet dos bifes com todos os fretes que estão dispostos a fazer ao capital financeiro a quem, há muito, venderam a alma e o coração. Dizem eles que os pobres são uns fingidos, que os portugueses têm que reaprender a viver mais pobres, que o aumento do salário mínimo é criminoso, que nem sequer há pobres. Para estas tristes figuras, Portugal nunca teve à volta de milhão e meio de desempregados e trabalhadores em situação mais que precária… A economia não está em ruinas… A pobreza não atinge um número crescente de famílias… E a OCDE nunca disse que em Portugal há cerca de quase dois milhões de pessoas abaixo do limite da pobreza… Muito nos surpreende, ainda não terem enviado ao ministro lambreta Mota Soares qualquer missiva a pedir que reduza as verbas para as novas “sopas dos pobres”. Mas, algo de contraditório se passa nas hostes do governo. Ao mesmo tempo que nega que o que o quadro da pobreza seja assim tão dramático, também diz que a pobreza bem gerida pelo Estado pode ser fonte de riqueza para alguns. Ou seja, pode dar lucro. Que, como é óbvio, vai, necessariamente, parar a alguém da classe. Ou seja da quadrilha. Conclusão: a miséria e a pobreza é um fenómeno necessário, e é, também, um negócio… E QUE NEGÓCIO! Só com a união de todos podemos dar a volta a isto. E, quanto mais depressa, melhor.

Fazer o bem sem olhar a quem! POR CRISTINA GRANADA ser. Aquele que recebe algo da sociedade dá, ou deu algo de si! É o caso dos reformados, descontaram uma vida inteira, têm direito a receber! As pessoas enfermas, doentes, devem receber dos outros a solidariedade necessária à sua sobrevivência. Contudo, tenho um amigo que, por ser cego dispõe de uma pensão, mas não quer deixar de ser útil a si e aos outros, por isso faz voluntariado,

ajuda outros com aquilo que sabe e consegue fazer. Estes são os exemplos simples, mas gloriosos. A sociedade tem obrigação de cuidar daqueles que se encontram em situação de maior fragilidade, que em alguns casos pode revelar-se ser uma fraqueza perante a organização das suas vidas. Nestes casos a educação, a formação são fundamentais.

Nenhum ser deve ser deixado ao abandono do não saber, ou do não querer saber! Há dias numa peça de teatro, onde os jovens atores apresentavam “O Manifesto Anti Leitura”, de José Fanha, inspirado no Manifesto Anti Dantas, de Almada Negreiros, troava a frase: “a leitura prejudica gravemente a ignorância (…)”. Nem preciso acrescentar mais nada.


· 24· Última PUB

Povo da Beira • 26 de novembro de 2013 • Edição 1029

Edição nº 1029  

Povo da Beira - O seu semanário regional gratuito, disponivel em toda a Beira Baixa.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you