Page 1

· 1·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Edição 1008 • Ano XIX • 2 de julho de 2013 • Semanário Gratuito • Sai à 3ª feira • Diretor: João Tavares Conceição • Siga-nos no PUB

Penamacor

Castelo Branco

PS escolhe António Luís Soares para a Câmara

Página 2

Castelo Branco

CTT de Santiago fecha portas

Página 3

bilhetes Ganhe sistir ao para as onato Campe oad de OffR 18 Página

PUB

CDU

João Pedro Delgado concorre à Câmara de Castelo Branco

Página 2

Centro de Interpretação é nova entrada para o Jardim do Paço

Página 13

Desporto

Benfica CB apresenta plantel para próxima época

Página 19


· 2·

Destaque

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Autárquicas 2013

João Pedro Delgado é o candidato da CDU à Câmara de Castelo Branco

A CDU apresentou na sexta-feira os candidatos da coligação a Castelo Branco nas eleições autárquicas de 29 de setembro. João Pedro Delgado concorre à Câmara Municipal e Ana Leitão à Assembleia Municipal. POR TIAGO CARVALHO

A Coligação Democrática Unitária (CDU) apresentou na passada sexta-feira a candidatura de João Pedro Delgado à liderança da Câmara de Castelo Branco e de Ana Maria Leitão à presidência da Assembleia Municipal. Na apresentação da candidatura, João Pedro Delgado, atualmente deputado da CDU na Assembleia Municipal de Castelo Branco, disse querer “romper com a atual política e com o marasmo social e económico” em que o concelho “se encontra e afunda”. “Querermos mudar em definitivo o rumo das preocupações autárquicas. Do betão, movemos as nossas prioridades para as pessoas, para o desenvolvimento integral de concelho e freguesias, e para o emprego”, afirmou o professor e músico de 34 anos, natural do Porto mas a residir há 11 anos em Castelo Branco. Opondo-se ao que considera ser a “política centralizada presidencialista” do atual executivo socia-

Ana Leitão candidata à Assembleia Municipal

João Pedro Delgado concorre à Câmara e Ana Leitão à Assembleia Municipal

lista na autarquia, liderado há 16 anos por Joaquim Morão, a candidatura da CDU compromete-se a não tomar “nenhuma decisão relevante sem previamente ouvir as opiniões das populações, associações laborais, profissionais e empresariais, representantes dos bairros, aldeias e freguesias e outras instituições da cidade”. João Pedro Delgado traçou um retrato de “pobreza, desemprego, abandono, falências, emprego não qualificado e precário,

salários de miséria” em Castelo Branco, pelo qual responsabiliza “anos e anos de PS e PSD” na autarquia. O candidato revelou que, nos últimos dois anos, Castelo Branco “sofreu um aumento de desemprego na ordem dos 40%” e que “as falências e insolvências aumentaram 39% no último ano”. Criticou, em seguida, o atual executivo da Câmara que, não conseguindo travar estes indicadores, continua a “esbanjar o dinheiro de todos nós em betão”.

Autárquicas 2013 / Penamacor

“80% de todo o dinheiro dos albicastrenses orçamentado na Câmara” foi “parar aos bolsos de empreiteiros, e não ao emprego e ao desenvolvimento da cidade e das freguesias”, concretizou João Pedro Delgado. Investir em “projetos de desenvolvimento local” Segundo João Pedro Delgado, a candidatura autárquica da CDU promove “ativamente políticas de investimento direto em

Ana Maria Leitão encabeça a lista da CDU à Assembleia Municipal de Castelo Branco nas eleições autárquicas deste ano. A professora natural de Castelo Branco defende que o concelho necessita de “emprego de qualidade”, mas também de “estratégias políticas

autárquicas para a juventude, cultura, desporto, terceira idade e pessoas portadoras de deficiência”. Ana Leitão já foi deputada da CDU na Assembleia Municipal de Castelo Branco e candidata à presidência da Câmara, nas eleições autárquicas de 2005. ■

projetos de desenvolvimento local que envolvam pessoas, que tragam famílias para o concelho, que criem emprego e que estimulem o crescimento local, o desenvolvimento e a economia regional, bem como a ligação com outros centros nacionais e internacionais”. Nos domínios do “urbanismo e mobilidade”, o candidato da coligação entre PCP e Os Verdes pretende corrigir “os danos severos que os últimos executivos autárquicos provocaram na cidade” de Castelo Branco. João Pedro Delgado

acusa o antigo executivo PSD, liderado por César Vila Franca, de ter deixado “a cidade num estado de descontrole urbanístico total”. Já o atual executivo PS, segundo o candidato, “entre outras proezas, abdicou totalmente dos instrumentos mais básicos de planeamento municipal: o PDM (Plano Diretor Municipal) e o PGU (Plano de Geral de Urbanização)”. Patrícia Machado, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, esteve presente na apresentação desta candidatura. ■

GNR intensifica patrulhamento

António Luís Soares é o candidato do PS à Câmara

Operação Hermes nas estradas até setembro

O presidente da Junta de Benquerença, António Luís Soares, é o candidato do Partido Socialista à presidência daquele município. O bancário, de 38 anos, é natural de Benquerença. "Sempre dissemos que queríamos uma pessoa jovem e que vivesse aqui no concelho e António Luís Soares é um dos membros do Partido Socialista que reúne essas condições", disse o presidente da concelhia do PS, Porfírio Saraiva. O líder da concelhia destaca a

A Guarda Nacional Republicana (GNR) tem nas estradas a Operação “Hermes – Viajar em Segurança”, que deverá manter-se até aos dia 1 de Setembro, ou seja, durante praticamente todo o período de férias de Verão. Visando a intensificação do patrulhamento nas estradas nacionais, mas também regular a fluidez do trãnsito, dando o apoio necessário aos condutores que viajam para férias, a operação “Hermes – Viajar em Segurança”. A operação procurará dar uma maior atenção a

experiência do candidato como presidente de junta e membro da assembleia municipal. Ant ó n i o Luís Soares foi eleito em 2005 para a presidência da Junta de Fregue-

sia de Benquerença nas listas da coligação entre o PSD, o CDS e o Partido da Terra. Em 2009 foi eleito pelo PS. Porfírio Saraiva confirmou ainda a candidatura de Jorge Seguro à Assembleia Municipal de Penamacor, da qual é presidente desde 2009.■

aspectos como o excesso de velocidade, a condução sem habilitação legal, o consumo de álcool e substâncias psicotrópicas, a não

utilização do cinto de segurança e dos sistemas de retenção para crianças, e o uso indevido de telemóveis durante a condução. ■


Destaque

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Estação dos CTT em Santiago encerrou

Posto de Correios assegura serviços

POR TIAGO CARVALHO

A estação dos CTT na zona de Santiago encerrou na passada quinta-feira, dia 27. Os serviços prestados por esta loja foram transferidos para um posto de correios a poucas dezenas de metros – a papelaria Storm – e para a estação dos CTT da Sé. O encerramento da estação foi criticado por José Oliveira, da direção nacional do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, que critica a administração dos CTT por, desde o início do ano, “já ter fechado mais de 200 estações, contra a vontade das populações e dos autarcas”. “A estação de Santiago estava identificada pelo sindicato como uma das que corria o risco de encerrar, mas pensámos que talvez se safasse, por ter sido recentemente remodelada”, disse ao POVO DA BEIRA o dirigente sindical. Tal não se veio a verificar e a estação fechou na quinta-feira. Os quatro funcionários dos CTT que trabalhavam naquela loja foram colocados noutras estações dos CTT, que na cidade de Castelo Branco mantém espaços junto à Sé e na zona industrial. A papelaria Storm, no Centro Comercial Santia-

go, funciona há três anos como posto de correios, e assegura a maioria dos serviços prestados pelos CTT. Segundo a responsável da loja, Alice Torres, este estabelecimento irá reunir com a administração dos CTT para discutir o alargamento dos serviços prestados. Esta solução apresenta a vantagem de alargar o horário de atendimento, dado que durante a semana as portas da papelaria estão abertas das 9 às 20 horas (sem fecho para almoço), e no sábado funciona até às 19 horas (também sem fecho para almoço). Questionado sobre este desfecho, José Oliveira garantiu que os “problemas que estão a acontecer por todo o país revelam que os postos de correios devem apenas complementar as estações de CTT”. “Não dão a mesma resposta às populações nem podem fazer certos tipos de serviços”, concretizou. O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações exige, por conseguinte, a reabertura de todas as estações que foram encerradas no país. Segundo José Oliveira os encerramentos têm como objetivo final “emagrecer a estrutura dos CTT para preparar a empresa para a privatização”.

Assembleia Municipal contra fecho A Assembleia Municipal de Castelo Branco aprovou ontem, segunda-feira, por unanimidade uma moção contra o encerramento da estação dos CTT de Santiago. O documento, apresentado pela CDU, recorda que a “Estação de Santiago localiza-se numa vasta zona habitacional, constituindo o maior núcleo populacional da cidade”, e que estava “habitualmente repleta de clientes, prestando um serviço de vital importância à população e às atividades instaladas” naquela zona de Castelo Branco. O presidente da Câmara de Castelo Branco, Joaquim Morão, lamentou que a autarquia apenas tenha sido informada do fecho da estação “como facto consumado”. “É uma situação escusada”, que acontece apenas com o pretexto de que o “tráfego diminuiu 35%”, afirmou o autarca socialista. Todos partidos com assento na Assembleia Municipal (o Bloco de Esquerda esteve ausente) opuseram-se ao fecho da estação de Santiago. “Não compreendemos o encerramento, nem me parece que a estação fosse deficitária”, referiu Álvaro Batista, do PSD. ■

EDITORIAL

E

ntramos em julho, com o cheiro a férias, mas se calhar com poucas hipóteses da maioria se poder deslocar até à praia. Continuam os controlos da troika, com as várias propostas de poupança. Mas mesmo as instituições que fazem parte da troika tem opiniões divergentes em relação ao que está a ser feito, tanto cá como na Grécia e na Espanha. Vamos esperar para ver se interiorizam que têm de existir outras medidas mais racionais, que não ponham em causa a sobrevivência das pessoas. No entanto tudo o que se vai conseguindo em termos de leis de trabalho, responsabilidades e regalias, é sempre usado das formas mais convenientes para quem faz a respetiva apologia. Dizem-nos que é necessário haver grande equilíbrio entre o funcionalismo público e o privado. Se os professores ganharam alguma coisa, logo vem os restantes funcionários públicos a procurar colar-se pontualmente a uma ou outra regra que eventual-

· 3·

O Verão DIRETOR JOÃO TAVARES CONCEIÇÃO mente os possa beneficiar. As greves podem originar situações lamentáveis, mas se não tivessem consequências também não surtiriam qualquer efeito. Quem as faz diz defender determinados princípios, e quem está contra, normalmente desculpa-se com as suas perdas pessoais ou com o lugar-comum de que quem perde somos todos nós. Todas as opções são aceitáveis, mas há um velho ditado que diz que “quem não chora não mama”. Outro assunto passa pela fraca produtividade legislativa do partido líder da coligação. Numa perspetiva de tentar controlar as pontas desligadas o PSD tem-se reduzido a um mero espetador tanto em relação ao PP como ao PS. A forma como Portas vai deslizando dentro da governação afirmando-se como fiel da balança, ou como Seguro debita novas medidas que

pretende tomar quando, e se, for Governo, estão a deixar Passos Coelho à beira de um ataque de nervos. O primeiro joga o seu futuro num lugar destacável, enquanto Seguro faz o papel que Coelho assumiu nas últimas eleições. Todos, do lado de fora, sabem como dar a volta à crise, mas rapidamente, quando lá chegam, são obrigados a fazer marcha atrás. Além de continuarem de costas voltadas na resolução dos problemas estruturais do país. Quanto à polémica sobre a candidatura aos cargos autárquicos não há resposta. A clarificação da lei poderá implicar custos que poucos parecem dispostos a assumir. O que pressupõe que um candidato não possa apresentar-se em determinada localidade, mas já possa ser elegível noutra. Esta idiotice brada aos céus, mas parece ser útil para uns quantos. ■

PUB

Acordos: ADSE, ADMG, C.G.D., EDP, PT-ACS Advancecare, Médis, Multicare, Cheque Dentista PUB

PUB

COMMÉDICOS

CUIDADOS MÉDICOS LDA Dr.ª Ana Maria Soares - Clínica Geral Dr. José Mendes Gil - Dermatologia/Venerologia Dr. José Carvalhinho - Psiquiatria (Doenças nervosas) Dr. Mário Dionísio - Ginecologia/Obstetrícia Dr. Marquez de La Peña - Clínica Geral Dr. Carlos Mendes - Fisioterapeuta/Osteopatia

Dr. Pedro Abreu - Reumatologista Dr.ª Patrícia Bernardo - Psicologia Clínica Dr.ª Joana P. Oliveira - Nutrição Clínica Drª Joana Serra- Psiquiatria/ Doenças do Sono Dr.ª Sofia Lourenço - Acupunctura/Fitoterapia/ Emagrecimento

Marcações de Consultas: Das 14h às 20 horas Telefone: 272 346 482 | Telm: 961 843 412

Rua Conselheiro Albuquerque nº 4 - R/C Esq. - Castelo Branco


Castelo Branco

· 4·

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Feira Medieval

Dias Templários de Castelo Branco Entre 4 e 7 de julho de 2013 a cidade de Castelo Branco vai regressar ao passado, à Idade Média, com os Dias Templários de Castelo Branco - Feira Medieval. A iniciativa pretende dar a conhecer ao público, residente e visitante, caraterísticas de um mercado medieval, promovendo a história, a cultura e o turismo de Castelo Branco. As antigas ruas da cidade e o seu castelo vão ser, assim, o palco de encontros e desencontros com a história. O evento para além da componente de lazer e divertimento tem uma componente lúdica assente no conceito de que as aprendizagens acontecem essencialmente com base em experiências e vivências.

Durante estes dias, não se admire se se cruzar com soldados templários ou árabes, damas e donzelas, cavalheiros, malabaristas, engolidores de fogo, ou outras personagens históricas. Também a música da época, cortejos, animadores de rua, chás naturais, doces tradicionais e várias iguarias com as quais se podes deliciar, venda de artesanato típico e diversos artefactos, se vão cruzar nesta viagem no tempo. Receber mercadores, artesãos, regatões e artificies de outrora num espaço nobre da Cidade, como é o Bairro Histórico de Castelo Branco, é um convite a uma viagem ao passado e à história da urbe albicastrense, num cenário onde se misturarão pregões, lutas e tormentos próprias da

Idade Média. Destacam-se os espetáculos: Bosque das Bruxas a realizar nos dias 4 e 6 de julho, às 24h00 e 24h40, respetivamente, no Miradouro, em que a base são as práticas mágicas ancestrais da Beira Baixa (boa hora, bruxa, má hora, diabólica, lobisomem, diabo); Assal-

Alcains

Supermercados

O Lar Major Rato de Alcains inaugurou no passado fim de semana, o espaço resultante das obras de requalificação e adaptação do antigo quartel da GNR. O edificio já era do lar e agora foi adaptado para receber algumas valências da instituição. No edificio, agora recuperado, fica a parte administrativa e a direção, uma sala museu, com peças da

O Intermarché de Castelo Branco é o supermercado mais barato entre as 11 superfícies comerciais analisadas no distrito pela Deco Proteste, revela a edição de julho da revista. Segundo o estudo da associação de consumidores, o Continente da Covilhã surge em segundo lugar na lista dos supermercados mais baratos (preços 1% mais caros), seguido do Pingo Doce do Forum Castelo Branco, Intermaché da Covilhã e Pingo Doce do Fundão (todos com preços 5% mais caros). Este é o terceiro ano consecutivo que o Intermarché de Castelo Branco é considerado pela Deco como o que pratica preços mais baixos no distrito. Esse período de tempo

Lar Major Rato continua a crescer

"memória" da instituição e as fotografias de todos os presidentes, ao longo de cerca de 150 anos. O espaço vai funcionar também como entrada principal do Lar. Aproveitando o dia de festa a administração inaugurou ainda uma nova capela mortuária, à qual foi dado o nome de São João. O Lar passa agora a dispor de duas capelas mortuárias.■

to ao Castelo nos dias 5 e 6 de julho, às 23h30 e 24h00, respetivamente, em que árabes tentam assaltar o castelo de Castelo Branco e Abrenúntio, no dia 6 de julho, pelas 22h30, na Praça Académica, que representa o caminhar das almas, os pecados e a passagem ou não entre céu, inferno e

purgatório. Esta é, também, uma forma de homenagear a Ordem do Templo que há nove séculos contribuiu para a fundação e desenvolvimento de Castelo Branco. Em 1213 recebeu foral de Pedro Alvito, Mestre da Ordem, em que aparece a denominação

Castel-Branco. Por volta desta altura ter-se-iam mandado edificar, pelos Templários, as muralhas e o castelo, entre 1214 e 1230. A sua importância cresce notoriamente tornando-se um forte enclave templário. Terá sido, mesmo, entre 1215 e 1314 a última sede desta Ordem Militar em Portugal, num período de 100 anos. Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal de Castelo Branco, Junta de Freguesia de Castelo Branco, OUTREM - Associação de Defesa do Ambiente e Património,| ACICB - Associação Comercial e Industrial - Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Vila Velha de Ródão, Instituto Português do Desporto e Juventude e RVJ – Editores. ■

Deco revela que Intermarché é o mais barato

Luís Bruno e Paula Rocha gerem o supermercado

coincide com o momento em que o casal Luís Bruno e Paula Rocha assumiu a gestão do supermercado localizado na zona industrial de Castelo Branco. “O objetivo é ter qualidade ao melhor preço, para

ir ao encontro das necessidades dos clientes. Isso consegue-se abdicando de maiores margens de lucro, estando ao lado dos clientes”, explica Luís Bruno. De acordo com o empresário mesmo em altu-

ras de crise, o Intermarché tem “conseguido manter os clientes habituais e conquistado novos clientes. Penso que isso acontece devido ao trabalho da equipa e aos preços que praticamos”. A Deco comparou 50.617 preços em 581 estabelecimentos de todo o país. O estudo revela que os preços mais caros são praticados nos distritos do interior, nomeadamente Bragança, Guarda e Castelo Branco. Por outro lado, Lisboa, Porto e Vila Real lideram a lista dos preços mais baixos. O estudo da Deco Proteste tem como base um cabaz com 85 produtos. Os preços não incluem descontos com a utilização de cartões de cliente. ■

PUB

PUB

PROFESSOR JIKINEH Tlm.: 969 402 867 - 911 095 838 Africano, grande cientista espirutualista, cim super magia negra e branca mais forte. Resolve com rapidez no máximo de 4 dias qualquer que seja o seu caso, exemplo: Amor, Negócios, Impotência Sexual, Prender e Desviar, Afasta e Aproxima pessoas amadas, Exame, Jogo, Espirutuais, Alcoolismo, Droga, Maus olhados, Inveja, etc... Lê a sorte, dá previsão da vida e do futuro pelo bom espírito e forte talismã. CONSIDERADO UM DOS MELHORES PROFISSIONAIS Não há problema sem solução - Consultas das 9H às 22H / Segunda a Domingo

Rua Duarte Pacheco Pereira Nº79, 5º F Damaia de Baixo 2720-213 Amadora

0,99

CASTELO BRANCO

Cereais Golden Grahams Nestlé 275gr

3,07

Shampoo Pantene 500ml/unid


Castelo Branco

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Lino Pires, um português com uma história “Fantastic” É o único português distinguido pela rainha de Inglaterra com a medalha do Império Britânico. Uma distinção pelos serviços prestados à comunidade. Lino Pires tem 80 anos, é natural do concelho de Oleiros e dono de um dos melhores restaurantes do Mundo. E a sua vida deu um livro. POR CRISTINA VALENTE

O português Lino Pires, natural do concelho de Oleiros, e radicado em Inglaterra há várias décadas esteve em Castelo Branco na passada terça-feira para jantar com amigos e apresentar o livro que conta a história da sua vida. Lino Pires, tem 80 anos, é natural de Vinha, freguesia de Sarnadas de São Simão, concelho de Oleiros, e recebeu no passado dia 19, em Inglaterra, a Medalha do Império Britânico, distinção entregue por um representante da Rainha e que pela primeira vez foi entregue a um português. A medalha entregue a Lino Pires, que vive desde os anos 60 em Inglaterra, foi justificada pelos serviços prestados ao país, nomeadamente a doação de 260 mil libras ao Royal Marsden Hospital, em Surrey. A história de vida deste português já tinha sido editada em livro, "Fantastic", na altura para angariar verbas para a luta contra o cancro. Um livro traduzido agora pelo albicastrense José Frederico Soares e editada pela Orfeu. Na passada terça-feira Lino Pires regressou ao seu distrito de origem para apresentar o livro, em Oleiros e em Castelo Branco.

· 5·

Aeródromo já está a funcionar O Aeródromo de Castelo Branco e a Base Logística da Proteção Civil entraram em funcionamento esta segunda-feira. As duas estruturas situam-se junto à Reta do Lanço Grande, à saída da cidade, e começaram a ser construídas no final de 2011. O autarca albicastrense Joaquim Morão considera que "a partir dessa infraestrutura pode-se promover o desenvolvimento de várias atividades, não só desportivas e de proteção civil, mas também relacionadas com a indústria aeronáutica" adiantando que tem havido interesse de algumas indústrias de aeronáutica ali se poderem vir a instalar.

O aeródromo tem uma pista de 1.600 metros de comprimento e representou um investimento de cerca de quatro milhões de euros, sendo que 70% do financiamento resulta do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Associada ao aeródromo surge a Base de Apoio Logístico para os Bombeiros e Proteção Civil, estrutura tem uma área de construção de dois mil metros quadrados e integra 12 camaratas, com capacidade para 120 pessoas, nove quartos para pilotos de aviões ou helicópteros, uma sala de reuniões, uma sala de estar e um refeitório, além das respetivas zonas de estacionamento. ■

PUB

Na capital de distrito depois de um jantar com amigos, Lino Pires recordou algumas histórias contadas no livro, nomeadamente a ida para Inglaterra. “Queria ter um espaço meu, onde pudesse trabalhar com a minha esposa. Tinha tudo programado para comprar um café, mas à ultima hora as coisas complicaram-se. Foi então que a minha mulher recebeu um convite para ir para Inglaterra, depois de ultrapassada a dificuldade de conseguir passaporte, fomos.” Recorda Lino Pires. Em Castelo Branco o jantar decorreu no Res-

taurante English Savoy, propriedade de dois ex-funcionários de Lino Pires em Inglaterra. “Trabalhei para eles, casal, cinco anos, sempre foram muito atenciosos e trataram-nos muito bem. Apesar da sua posição social, sempre foram solidários connosco e amigos de ajudar” recorda Isabel Nascimento. Quando foi adquirido pelo casal, O “Butchers Arms”, era um “pequeno restaurante à beira da estrada” recorda Isabel Nascimento, com o tempo foi crescendo e hoje é dos mais conceituados do país, “há pessoas que viajam centenas de quilómetros para lá ir comer, são servidos diariamente uma média de 250 almoços ” diz Isabel Nascimento. Mas esta ex-funcionária de Lino Pires recorda o trabalho árduo dos patrões, “a Dona Augusta Pires, a esposa do Sr.º Lino, falecida em 2010, era uma mulher de arma e deitava mãos a tudo, foi ela que começou na cozinha” e Lino Pires além de trabalhador tem também o poder de incentivar e fazer acreditar que tudo é possível, "Um dia depois de uma noite de inverno com

muita neve, o acesso ao restaurante estava bloqueado. Nós pensávamos que era impossível abrir o estabelecimento nesse dia. Mas a perseverança do Sr.º Lino fez com que ele próprio começasse a limpar o acesso à casa. Nesse dia, a sala encheu por várias vezes", recordou Isabel Nascimento. O autarca albicastrense, fez questão de estar no jantar com Lino Pires, Joaquim Morão, realçou o facto de Lino Pires "ter tido sempre sucesso, mas também ter proporcionado esse mesmo sucesso a muitas outras pessoas a quem ao longo de todos estes anos deu emprego". O autarca ofereceu a Lino Pires um painel com Bordado de Castelo Branco. Lino Pires lembrou que teve os primeiros trabalhos remunerados em Castelo Branco, no café Arcádia, onde “ainda miúdo” vendia tabaco avulso. Alguns dos presentes lembraram também algumas histórias vividas com Lino Pires. O médico Fernando Jorge, “amigo do Lino há muitos anos” deixou o desafio para que haja um segundo volume desta história fantástica, “porque há ainda muitas histórias para contar” acrescentou. ■

Processo de recrutamento para Assistente de Medicina Geral e Familiar As candidaturas apenas podem dar entrada na ULSCB a partir da data da publicação do presente aviso no Diário da República. 1- Nos termos do despacho n.° 8 056/2013, de 19 de junho, do Sr. Secretário de Estado da Saúde, publicado no Diário da República, 2.a série, n.° 117, de 20 de junho de 2013, e por deliberação de 24 de junho de 2013 do Conselho de Administração da ULSCB, EPE, encontra-se aberto, pelo prazo de oito dias úteis, a contar da data da publicação do presente aviso no Diário da República, processo de recrutamento para contratação, em regime de contrato individual de trabalho sem termo ao abrigo do Código do Trabalho, de dois médicos que tenham concluído o internato médico na 1a época de 2013 e obtido o grau de especialista na especialidade de medicina geral e familiar. 2- Método de seleção: resultado da prova de avaliação final do internato médico e classificação obtida em entrevista de seleção a realizar para o efeito. 3- Formalização das candidaturas: 3.1- As candidaturas deverão ser formalizadas mediante requerimento, dirigido ao Presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, EPE, Avenida de Pedro Álvares Cabral, 6000-085 Castelo Branco, de onde constem os seguintes elementos: a) Identificação completa do requerente (nome, naturalidade, número e data do bilhete de identidade/cartão de cidadão e serviço de identificação que o emitiu), cédula profissional, residência e telefone; b) Categoria profissional e estabelecimento ou serviço de saúde a que o requerente se encontra vinculado, no âmbito do respetivo internato médico, bem como a data de conclusão da respetiva especialização médica; c) Referência ao aviso de abertura do concurso, identificando o número e data do Diário da República, onde vem anunciado, bem como, a referência/número/ano; d) Indicação dos documentos que instruam o requerimento, bem como a sua sumária caracterização; e) Endereço para onde poderá ser remetido qualquer expediente relativo ao concurso; 3.2- O requerimento poderá ser entregue pessoalmente no Serviço de Recursos Humanos, ou remetido pelo correio, mediante carta registada com aviso de receção, desde que tenha sido expedido até ao termo do prazo fixado neste aviso. Não são consideradas candidaturas remetidas e recebidas por email ou fax. 3.3- Documentação a apresentar com o requerimento: - 3 Exemplares do Curriculum Vitae; - Documento comprovativo da posse do grau de especialista na respetiva especialidade médica, com menção expressa da classificação final obtida na sequência da conclusão do internato médico. 4- A lista de classificação final dos candidatos admitidos e excluídos será publicada no DR e afixada no expositor junto ao Serviço de Recursos Humanos da ULSCB, EPE; - Contactos: ULSCB - 272000272 - e-mail: geral@ulscb.min-saude.pt Castelo Branco, 25 de Junho de 2013 O Presidente do Conselho de Administração, (Dr. António Vieira Pires)


· 6·

Castelo Branco

Retaxo

Último dia da freguesia

Executivo da Junta distinguiu Associações da Freguesia

POR CRISTINA VALENTE

O Retaxo assinalou no domingo o Dia da Freguesia, o ultimo antes da agregação. Freguesia há 123 anos, o Retaxo vai agregar com os Cebolais. Este ano o dia foi assinalado com a apresentação de dois trabalhos que perpetuarão a memória da localidade e das suas gentes. José Luís Pires, presidente da junta de freguesia, criticou mais uma vez a agregação, destacando a importância da Junta de Freguesia para os residentes na freguesia, “é de lamentar a agregação, porque as freguesias são marcos importantes para quem ali

nasceu ou reside”. Este ano, e depois de no ano passado terem homenageado os antigos presidentes de junta, o executivo decidiu distinguir as quatro associações da freguesia, “pelo trabalho desenvolvido ao longo da sua existência em prol da localidade”. José Luís Pires promete continuar a defender a sua freguesia até 29 de setembro, dia das eleições autárquicas. Foram distinguidas pela Junta a Filarmónica Retaxense, Associação Desportiva, Associação Rancho Folclórico do Retaxo e Associação de Caça e Pesca. ■

Associação ERID vence EDP Solidária

O projeto ELevar promovido pela Associação ERID de Castelo Branco, está entre os 51 vencedores da edição deste ano do programa da EDP Solidária no âmbito Educação e capacitação. O projeto, a iniciar no ultimo trimestre deste ano, pretende apoiar crianças e jovens com deficiência através do desenvolvimento de atividades na área da psicomotricidade e hipoterapia/ equitação terapêutica. O objetivo é proporcionar um acesso mais de-

mocrático a estes serviços, tornando-os acessíveis a famílias carenciadas. Será adquirido e montado um sistema de transferência de pessoas com mobilidade e autonomia reduzidas da cadeira de rodas para o cavalo e vice-versa. Assim a associação pretende apoiar crianças com necessidades especiais de educação, dos jardins de infância e escolas do concelho, estimando que sejam abrangidas pelo projeto cerca de 100 pessoas. ■

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Artista internacional cresceu em Castelo Branco

João Louro expõe no antigo edifício dos correios João Louro, um artista internacional que estudou e cresceu em Castelo Branco, expõe ‘Do Desaparecimento’, um número significativo de obras de algumas das suas mais marcantes e recentes séries, no antigo edifício dos correios, até 29 de setembro. No início de setembro será lançado um catálogo com um ensaio de Nuno Crespo sobre a obra de João Louro, além de artigos do presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Joaquim Morão, da comissária da mostra, Vanda Guerreiro, uma entrevista conduzida pela comissária e, naturalmente, imagens das séries mostradas, nomeadamente de ‘Subtitles’ instalada neste espaço. Vanda Guerreiro define a obra de João Louro como “um trabalho que assenta na tensão do definido com o indefinido, o que promove uma experiência aberta que vem de tudo

quanto de incompleto está na obra, e por consequência amplia o campo de leituras”. A exposição “Do Desaparecimento” é composta por três séries de trabalhos, divididas por duas salas: ‘Blind Images’, ‘Phantomgraphs’ e ‘Subtitles’. Nas séries expostas, o observador é confrontado com perceções e modos de sentir distintos, dependentes do espaço em que fisicamente é colocado relativamente à obra e das

narrativas que lhe são propostas. Segundo a comissária da mostra, “João Louro frequentemente apropria-se e descontextualiza imagens icónicas e objetos facilmente reconhecíveis pelo público. Ao contrário do que é comummente referido não é um conceptualista puro, pois a sua obra é poética por recorrer à transmissão de sensações e emoções que outros tipos de comunicação evitam, e é narrativa embora de leitura aberta.

A exposição é uma organização da Câmara Municipal de Castelo Branco, com o apoio da Escola Superior de Artes Aplicadas. A mostra ‘Do Desaparecimento’ integra-se num ciclo de exposições de artistas de primeiro plano que começou com a exposição de Jorge Molder, seguiu com a coletiva de pintura alemã antes e depois da queda do Muro de Berlim, Mauro Cerqueira, Carlos No, Susana Anágua e agora João Louro. ■

Associação de Apoio à Criança no Festival das Igualdades Aquáticas

No passado dia 21 de junho, os clientes da Associação de Apoio à Criança do Distrito de Castelo Branco participaram no “Festival das Igualdades Aquáticas”, nas piscinas municipais de Castelo Branco. Foi um encontro aberto a todas as instituições que frequentam durante o ano as instalações das piscinas cobertas da ALBIGEC. De forma a encerrar as atividades de natação e não sendo de caráter competitivo, o grande objetivo, seria proporcionar a todos os clientes, uma atividade educativa, desportiva e lúdica no meio aquático,

e assim estimular o gosto pela atividade física. A valorização da pessoa com deficiência, bem como uma reintegração deste na sociedade e, contribuir para que os clientes sintam que o desporto constitui uma experiencia positiva e que efetivamente suscitem boas recordações. Associação na Feira de Sabores de Perdição A Associação de Apoio à Criança faz balanço positivo da sua participação na última edição da feira de Sabores de Per-

dição de Castelo Branco. A feira destacou-se com a promoção e dinamização de produtos de qualidade que são confecionados ao longo de todo ano pelos clientes através de áreas ocupacionais e com supervisão de colaboradores da AACCB, as

quais ultrapassaram as expectativas criadas, sendo todo um êxito a sua participação neste evento. A feira ajudou a escoar diversos produtos hortícolas e foi de generosa importância a oportunidade que a comissão organizadora da feira nos consagrou. Diversos clientes visitaram o nosso espaço de produção, com reprodução de diversos produtos agrícolas. Além do expressivo volume de vendas, a participação nestas feiras contribuiu para a divulgação e aperfeiçoamento de todo trabalho desenvolvido pelos clientes e colaboradores da AACCB. ■


Economia

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

· 7·

Castelo Branco

VitaClinic oferece excelência na área das terapias naturais A clínica de saúde natural VitaClinic nasceu em Castelo Branco no início de maio. Em poucos meses tornou-se uma referência na área das terapêuticas não convencionais. O segredo do sucesso da VitaClinic, clínica de saúde natural dirigida por Anabela Martins, reside num conceito inovador: a qualidade da equipa de terapeutas permite conjugar uma diversidade de tratamentos que proporciona o melhor serviço de saúde e de bem-estar. Nesta clínica, localizada na Avenida 1º de maio, no centro de Castelo Branco, os pacientes encontram resposta a todo o tipo de patologias da dor e do foro psíquico, além de tratamentos de emagrecimento. Entre as especialidades disponíveis na VitaClinic constam acupunctura (clínica, emagrecimento e antitabágica), mesoterapia homeopática, osteopatia, homeopatia, naturopatia, quiropraxia, reflexologia e massagens terapêuticas. Dispõe ainda de consultas de pediatria. A diretora técnica da clínica explica que “a seleção dos tratamentos disponíveis foi baseada na procu-

SE SOFRE DE ... PATOLOGIAS DE DOR - Dores na coluna e zona cervical - Problemas osteo articulares - Lesões musculares - Enxaquecas - Dores menstruais - Hérnias discais OUTRAS PATOLOGIAS - Paralisias - Sequelas pós AVC - Problemas dermatológicos - Sinusite e alergias - Obstipação - Problemas digestivos - Sintomas pós quimioterapia - Infertilidade

ra de soluções eficazes em todo o tipo de patologias”. Desse modo, o amplo leque de terapêuticas possibilita que “as soluções de tratamento para cada paciente sejam definidas em função das necessidades individuais”, refere Anabela Martins. O fim último da VitaClinic é ajudar os pacien-

tes a alcançar o bem-estar cura do organismo, de forfísico e emocional, pelo ma segura e natural. Emboque, segunra caractedo Anabela, rizada pela “é um pon- Voucher de oferta to de honra O voucher de ofer- excelência que nin- ta da VitaClinic permite dos serviços guém saia oferecer aos familiares e proporcioda clínica amigos a oportunidade nados aos sem que de usufruírem de um dos c l i e n t e s , a p r e s e n t e serviços disponíveis na a VitaClinic pratisinais visí- clínica. ca preços veis de meÉ uma prenda origilhoria, logo nal para surpreender os acessíveis e no primeiro amigos numa data espe- promoções constantes. t r a t a m e n - cial. ■ O intuito é to”. ser acessível P a r a atingir resultados de exce- a toda a comunidade albição, a VitaClinic aposta for- castrense. temente nos princípios da qualidade e rigor. Por isso, Benefícios a clínica dispõe de uma da saúde natural equipa de terapeutas com Os benefícios da saúde formação académica em diversas áreas. Juntam-se natural, como complemena Anabela Martins, espe- to eficaz aos tratamentos cializada em acupuntura e clínicos convencionais, são mesoterapia homeopática, hoje sobejamente conhecicom experiência hospita- dos. Sofrendo de patologias lar na China, vários outros profissionais qualificados, que vão desde problemas todos eles orientados para físicos, como as dores na tratamentos que visam esti- coluna a insónias, muitos mular a capacidade de auto doentes encontram na Vita-

Parcerias A VitaClinic já estabeleceu parcerias com diversas instituições de Castelo Branco, que permitem aos beneficiários usufruir de tratamentos economicamente mais vantajosos. Os protocolos formalizados são permanente-

PROBLEMAS DO FORO PSÍQUICO - Stress - Depressão - Ansiedade - Insónias - Distúrbios alimentares

A VITACLINIC TEM SOLUÇÕES À MEDIDA DAS SUAS NECESSIDADES Acupunctura * Mesoterapia * Osteopatia Homeopatia * Naturopatia * Reflexologia Pediatria * Massagens * Quiropraxia

Clinic uma solução para a sua aflição, sem quaisquer contra indicações. “Muitos dos nossos pacientes têm um histórico de vários anos com recurso a medicamentos, sem obterem os efeitos desejados”, conta a diretora técnica da clínica. O papel das terapêuticas é precisamente complementar o processo de tratamento clínico dos doentes e promover o seu bem-estar integral. “Apesar da nossa presença em Castelo Branco ser recente, já registamos diversos casos de sucessos tanto nos problemas osteoarticulares como nos estados depressivos. De realçar ainda o êxito nos programas de emagrecimento”, refere Anabela Martins. ■

VitaClinic – Saúde Natural Avenida 1º de Maio, nº 59, 1º Dto. 6000-086 Castelo Branco Telefone: +351 272 088 899 | 924 053 010 E-mail: geral@ vitaclinic.pt www.vitaclinic.pt www.facebook.com /VitaclinicSaude Natural Horário de Funcionamento: 2ª a 6ª Feira: 10:00 às 19:00 Sábados: 09:00 às 13:00

Jornadas em setembro mente atualizados no site e no facebook da VitaClinic. Estão ainda para breve parcerias com seguros de saúde e mais instituições de Castelo Branco, de forma a abranger favoravelmente o maior número possível de entidades. ■

Melhorar a qualidade de vida da comunidade albicastrense é uma das metas da VitaClinic, por isso a clínica não quer resumir a sua atividade ao tratamento dos clientes. No primeiro fim-de-semana de Setembro, a

VitaClinic irá promover as primeiras Jornadas em Castelo Branco, abertas ao público em geral. Com a iniciativa pretende-se sensibilizar as pessoas para os benefícios de uma alimentação e práticas que promovem estilos de vida saudáveis. ■


· 8·

Idanha-a-Nova

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Sob o tema da desertificação

Ciclo de conferências internacionais no centro cultural raiano

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, em conjunto com a arquitecta Cristina Rodrigues da Metropolitan Manchester University, realizaram no Centro Cultural Raiano, durante a semana de 24 a 27 de Junho, um ciclo de conferências alusivas ao tema “desertificação”, incluídas no programa “Design for Desertification – DFD”. Os trabalhos focaram o tema do despovoamento e as suas consequências

territoriais em Portugal, particularmente em Idanha-a-Nova, questionando-se a inter-ligação existente entre o declínio económico, a desertificação e o despovoamento, além da perspectiva de como o desenvolvimento rural pode apresentar uma solução para estes problemas. Entre os inúmeros oradores que apresentaram as suas opiniões sobre o tema, destaca-se o presidente da Câmara Municipal de

Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, um dos grandes interessados em encontrar mecanismos que façam da ruralidade uma oportunidade e não um problema. O autarca está convicto de que este espaço interior é uma região de oportunidades, onde o empreendedorismo é a palavra de ordem, estando certo de que Idanha-a-Nova pode oferecer aos mais jovens e a todos os que ali queiram apostar, um leque de mais valias, de-

Liga dos Amigos de Penha Garcia homenageou Álvaro Rocha

A Direção da Liga dos Amigos decidiu homenagear Álvaro Rocha, o evento teve lugar no Restaurante Raiano em Penha Garcia, no passado dia 22 de junho. Estiveram presentes, meia centena de pessoas, alguns das freguesia de Monsanto e Monfortinho. O presidente, da Liga dos Amigos, José Claro

enalteceu, e agradeceu a Álvaro Rocha e seus pares tudo o que fizeram de bom, não só a Penha Garcia á Liga dos Amigos e a todo o concelho de Idanha-a-Nova. “Este é sem dúvida um dia grande, para a Liga dos Amigos, para Penha Garcia, e para todo o Povo Raiano” disse José Claro, “Este gesto, foi

nada mais nada menos, que um gesto de gratidão, pelos serviços prestados por este Senhor ao longo de todos estes Anos. Saber agradecer é tão ou mais importante que receber ”afirmou o responsável. A Liga ofereceu ao ex-presidente um relógio de bolso com as respetivas siglas gravadas. ■

signadamente a sua riqueza patrimonial e paisagística, além dos excelentes produtos tradicionais. Fazem também parte do rol de intervenções a participação da arquitecta Cristina Rodrigues, curadora e directora de arte, bem como de Bárbara Coutinho, directora do Museu de Design e da Moda (colecção Francisco Capelo), de Meihong Zhao, arquitecta paisagista chinesa, internacionalmente galardoada, deTongyu

Zhou, curadora de arte, João Neves, vice-director da Escola Superior de Artes Aplicadas (ESART) do Instituto Politécnico de Castelo Branco, de David Haley, artista ecológico e de Paulo Longo, antropólogo e museólogo. Para abrir os trabalhos, no sábado dia 22 de junho, teve lugar no CCR a inauguração de uma exposição sobre o referido tema, onde constam trabalhos de artistas de renome, tanto portu-

gueses como estrangeiros. Refira-se também que no âmbito deste mesmo tema está patente uma exposição – “A manta”, até 30 de setembro na Sé Catedral de Idanha-a-Velha. Posteriormente, esta mesma peça (“A manta”) irá seguir para a República Checa e para o Brasil. Ao visitar esta exposição poderá também apreciar peças dos alunos da ESART e da Manchester Metropolitan University. ■

Zebreira capital do desporto A freguesia da Zebreira foi a capital do desporto, nos dias 15 e 16 de junho. Foram muitos os motivos que levaram milhares de visitantes e turistas aquela localidade Raiana, desde logo com duas provas Internacionais uma de Saltos a Cavalo e o Raid Equestre Internacional,(Provas de promoção e resistência equestre) mas também ou-

tros desportos brilharam no festival como o BTT, escalada, rappel, slide, paint ball, tiro com arco. A venda de produtos regionais correu a bom ritmo, na animação musical o momento alto foi a atuação do artista Marco Horácio (Rouxinol Faduncho). O Presidente da Câmara Municipal Armindo

Jacinto mostrou-se mais uma vez satisfeito com a grande afluência que se registou, mostrando uma vez mais que a politica seguida é a melhor para a dinamização da economia das pequenas e medias empresas, do artesanato,produtos regionais e atividades turísticas, do Concelho de Idanha-a-Nova. ■


Ensino Superior

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Ocupação Científica de Jovens nas Férias

· 9·

Escola Superior Agrária

Curso de Formação “Aplicação Escola Superior de Tecnologia abre Laboratórios de Robótica e de Sistemas Eletrónicos para atividades com alunos do secundário de Produtos Fitofarmacêuticos” A Escola Superior de Tecnologia, do Instituto Politécnico de Castelo Branco, vai abrir, uma vez mais nas férias escolares de Verão, os seus laboratórios para atividades de Robótica e Eletrónica, destinadas a alunos do ensino secundário. Integradas na 17ª edição do programa Ciência Viva no Laboratório - Ocupação Científica de Jovens nas Férias, as atividades no IPCB /EST vão desenrolar-se na 1ª, 2ª e 4ª semana de julho. No Laboratório de Robótica vão realizar-se duas atividades de “Construção de robôs inteligentes”, em que a primeira decorrerá de 1 a 5 de julho e a segunda de 8 a 12 de julho. O objetivo destes dois estágios é integrar os participantes nas atividades de investigação e desenvolvimento do Laboratório de Robótica e Equipamentos Inteligentes, com atividades na área dos robôs de companhia e também para a área médica. Para tal, serão formadas equipas que irão construir três robôs móveis e inteligentes para

realizar condução autónoma e operações de busca e salvamento. Estes robôs poderão ser posteriormente utilizados pelas escolas secundárias de proveniência dos alunos para as competições do Festival de Robótica, em 2014. Os participantes realizarão ainda atividades com um robô humanóide e braços robôs, já existentes no laboratório. Estes dois estágios

UBI forma quadros para Datacenter da PT Captar e formar futuros técnicos especializados na área de Tecnologias de Informação e Serviços Cloud para o Pólo Tecnológico do Grupo PT é o objetivo de uma nova pós-graduação com a duração de 11 meses que começa já em setembro. De 28 de junho a 15 de julho, a Universidade da Beira Interior abre candidaturas para o curso de pós-graduação TIC para TELCO - Tecnologia de Informação e Comunicação para o Setor das Telecomunicações. O curso terá início em setembro e será composto por dois semestres, sendo o primeiro semestre letivo e o outro prático, constituído por um estágio remunerado no Datacenter da PT na Covilhã. O curso dispõe de 15 vagas e "os estudantes vão ter uma ligação muito direta às tecnologias e à estrutura da Portugal Telecom, bem como às práticas de trabalho desta infra-estrutura", conforme explica Joel Ro-

drigues, professor do Departamento de Informática da UBI e coordenador do curso. A pós-graduação tem como público-alvo licenciados ou mestres com competências em tecnologias da informação e comunicação, não se restringindo à área informática. Atenta ao mundo empresarial, a UBI acompanha o estado de arte ao nível do desenvolvimento científico e tecnológico e responde à necessidade de quadros para a maior empresa nacional de telecomunicações. Para além da PT, o consórcio integra ainda a Syone, uma empresa tecnológica dedicada a projetos de otimização de sistemas e negócios. ■

serão acompanhados por dois docentes, dois investigadores e um técnico do Laboratório de Robótica e Equipamentos Inteligentes do IPCB /EST e decorrerão, de manhã, das 9h30 às 13h00, e, de tarde, das 14h00 às 17h30. Já no Laboratório de Sistemas Eletrónicos, de 22 a 26 de julho, decorrerá o estágio “Os microcontroladores no nosso dia-a-dia: PUB

implementação de aplicações simples com microcontroladores (PICs)”, que tem, também, por objetivo integrar os participantes nas atividades de investigação e desenvolvimento que aí estão a ser desenvolvidas. Para tal, serão formadas equipas que irão desenvolver aplicações simples de sistemas com microcontroladores. As aplicações a desenvolver podem ir desde sistemas de monitorização e medidas de grandezas físicas, controlo robótica e pequenas aplicações domésticas. Os exercícios a realizar serão: um órgão digital, escrita de mensagens em LCDs, visualização do estado de sensores, implementação de um semáforo. Como projeto final temos: controlo de um candeeiro a LEDs RGB com definição da cor desejada/ implementação de um robot autónomo móvel que se desvia sozinho de obstáculos. Estes exercícios serão desenvolvidos programando em linguagem C em ambiente Simulado e real. ■

O Instituto Politécnico de Castelo Branco /Escola Superior Agrária vai realizar, de 16 a 25 de setembro, o Curso de Formação “Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos”. Esta formação tem por objetivos capacitar os participantes para a aplicação segura dos produtos fitofarmacêuticos, no cumprimento da legislação em vigor, nomeadamente a Lei n.º 26/2013 de 11 de abril. O curso tem como principais destinatários agricultores, trabalhadores agrícolas e rurais, trabalhadores por conta de outrem, mão-de-obra agrícola familiar, que aplique ou venha a aplicar produtos fitofarmacêuticos, com idade igual ou superior a 18 anos e com escolaridade mínima obrigatória. O programa da formação prevê a aquisição de conhecimentos sobre a

“Definição de produto fitofarmacêutico”, “Legislação em vigor”, “Segurança na utilização de produtos fitofarmacêuticos”, “Redução do risco para o consumidor e para o ambiente na aplicação de produtos fitofarmacêuticos”, “Boas práticas fitossanitárias”, “Material e técnicas de aplicação” e “Acidentes com produtos fitofarmacêuticos”. O Curso “Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos” terá 35 horas de formação e decorrerá nos dias 16, 17, 18, 19, 20, 24 e 25 de setembro, das 18 às 22h00, e dia 21, das 9 às 18h00. O preço por formando é de 120 euros e a data limite para inscrições é o dia 15 de julho. Este curso de formação será objeto de pedido de homologação ao Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas. ■


· 10· Educação

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Campeonato nacional de ginástica

Alunos albicastrenses sagram-se campeões nacionais CET de Técnicas de Gestão em Turismo realiza percurso pedestre em Pedrogão Pequeno Inserido na unidade curricular de itinerários turísticos, os alunos do Curso de Especialização Tecnológica em Técnicas de Gestão em Turismo do Instituto Politécnico de Tomar, curso que actualmente vigora na Escola Tecnológica e Profissional de Sertã, realizaram no passado dia 3 de Junho, um percurso pedestre “Trilhos do Zêzere”, em Pedrogão Pequeno. Esta iniciativa permitiu que os alunos tivessem a noção da aplica-

ção das normas e marcas de sinalética aplicada aos percursos pedestres. Além disso, os alunos constataram e puderam analisar os recursos naturais existentes no percurso, desde a fauna e flora existente, assim como o património geológico de grande qualidade que caracteriza o percurso. No final do percurso, realizou se um jantar temático no parque de merendas, que deu por encerrado esta iniciativa. ■

Concurso de soletração estimula aprendizagens na Biblioteca de Ródão

O par Rodrigo e Margarida subiu ao pódio do 2º lugar

O trio Henrique, Miguel e João conquistou o 3º lugar

O Agrupamento de Escolas Cidade de Castelo Branco participou mais uma vez nos campeonatos nacionais de ginástica acrobática de desporto escolar depois de superar com êxito as provas distritais e regionais. A excelente atuação de Henrique Carvalhinho / João Pires permitiu trazer para Castelo Branco o título nacional na categoria de pares masculinos. Também o par Margarida Marques / Rodrigo Gonçalves e o trio Henri-

muito menos em modalidades como a ginástica que, embora praticada por um número significativo de crianças e jovens, não é uma modalidade que mereça o reconhecimento das entidades que apoiam o desporto na região. De salientar que todos estes atletas já se tinham sagrado campeões distritais e regionais sendo os resultados agora obtidos, o corolário de um trabalho, esforço e dedicação bastante grandes. Destaque também

que Carvalhinho / Miguel Silva / João Pires teve grande atuação que os levou a subir ao pódio ao obter o segundo e terceiro lugares nacionais nas respetivas categorias. A importância destes resultados dos alunos albicastrenses ao competirem com os melhores atletas de todo o país é elevada, uma vez que não é vulgar em Castelo Branco e na região a obtenção de títulos de campeões nacionais ou de segundos ou terceiros lugares a nível nacional e

para o jovem aluno Henrique Carvalhinho que pratica ginástica apenas há dois anos e para o qual, devido ao facto de ter apenas doze anos, se pode augurar um grande futuro na modalidade caso esta venha a ter os apoios necessários para a sua evolução. Os resultados obtidos não seriam também possíveis sem o trabalho que a professora Magda Rocha e os seus colaboradores têm feito no Agrupamento de Escolas Cidade de Castelo Branco e na Albigym. ■

Fotografia no Agrupamento Faria de Vasconcelos

Realizou-se no passado dia 5, na Biblioteca Municipal José Baptista Martins, em Vila Velha de Ródão, a final do concurso de soletração «De letra em letra» que vinha a disputar-se desde novembro de 2012. Este projeto, que visava melhorar os conhecimentos ortográficos dos alunos do 3º e 4º ano do Agrupamento de Escolas de VVR, envolveu profundamente todos os participantes, a sua família e as respetivas professoras. Durante a final foram evidentes os progressos realizados pelos concorrentes e o seu elevado interesse na

iniciativa. Todos estes ingredientes tornaram a final numa prova muitíssimo disputada, tendo sido apurados cinco vencedores: em 1º lugar Gonçalo Dias (4º ano) e Salomé Trindade (4º ano); em segundo lugar Carolina Santos (3º ano);e em terceiro lugar Bruno Pereira (4º ano) e Patrícia Afonso (3º ano). Foram todos justos vencedores pelo empenho e capacidade de entrega revelados. As suas prestações, quase perfeitas, encheram de orgulho os seus professores, a família e a equipa da BMJBM que organizou o concurso. ■

O Agrupamento de Escolas Faria de Vasconcelos, promoveu uma ação de formação em fotografia digital ao longo de 3 meses, finalizando no mês Maio. A ação foi creditada pelo Centro de Formação Alto Tejo e contou com a participação de 24 formandos, docentes do Agrupa-

mento. O formador foi o professor Carlos Matos, que tem um vasto conhecimento e currículo na área da fotografia. A abordagem do conhecimento fotográfico desenrolou-se em duas partes, a parte teórica e a parte prática, tendo como objetivo fornecer conheci-

mentos básicos e habilidades necessárias para o manuseamento de máquinas fotográficas, com vista a obter fotografias de qualidade. Foram desenvolvidos os temas relacionados com a História da Fotografia, o Mecanismo das Máquinas Fotográficas, a Composição, Ilumina-

ção e efeitos de Contraste e Proporção. A parte prática da formação culminou com uma visita à Barragem de Penha Garcia, onde os formandos puderam colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos e desfrutar de imagens de rara beleza paisagística. ■


Educação · 11·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Um Show com muita Física no Agrupamento de Escolas de Alcains Inserido na Semana do Agrupamento, o grupo de Físico-Química levou até à escola um Show da Física, dinamizado por dois investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade de Aveiro. Esta iniciativa foi dirigida principalmente a alunos do 9º ano do nosso agrupamento, de modo a estimular o seu interesse pelas ciências, embora tenham assistido algumas turmas do 8º ano da escola de S. Vicente da Beira. O auditório, que esteve cheio durante o Show, foi palco de um espetáculo onde os fenómenos físicos foram apresentados de uma forma mais divertida e interativa com os espetadores. Durante o show, voluntários da plateia foram convidados a subir ao palco para medir a sua coragem,

afinação de voz, fôlego, pontaria perante as leis da Física. Tudo é elaborado de uma forma envolvente, seja como brincadeira ou com clima de suspense. Assim a curiosidade e a constante interrogação que isso gera são os principais aliados para fazer com que os presentes vi-

venciem a Física de maneira lúdica e divertida. Durante o Show foram explicados e demonstrados vários fenómenos físicos, entre eles Mecânica, Termodinâmica, Eletricidade, Magnetismo e Óptica, tendo sempre em mente aproximar a Física e a Ciência do quotidiano de quem assiste. O bom

Alunos dos Redentoristas visitam Quinta do Valado

No passado dia 12 de junho, a turma B do segundo ano de escolaridade da Escola Básica do 1.º Ciclo do Centro Social Padres Redentoristas deslocou-se a Segura, para visitar a empresa “Aromas do Valado”. Esta empresa dedica-se ao cultivo e à transformação de plantas aromáticas e medicinais autóctones da região da Raia e à produção de óleos essenciais e produtos de higiene pessoal. Existe ainda um outro departamento, a Academia, a qual tem como objetivo a divulgação do processo de produção da quinta, através de visitas pedagógicas, estando neste momento a ser programadas sessões de

workshops de produção de sabonetes artesanais e destilação de óleos essenciais. Esta escola teve o privilégio da sua visita ter coincidido com a inauguração deste departamento. O itinerário predefinido iniciou-se com a visita ao jardim mãe, à qual se seguiu a deslocação ao pavilhão agroindustrial, onde as crianças tiveram a oportunidade de ver o processo de destilação das plantas e as matérias de extração, o óleo essencial e a água floral (hidrolato). Foi explicado o processo tradicional e totalmente manual de fabrico dos sabonetes, que são aromatizados com os óleos essenciais de produ-

INETESE promove cultura e visitas A INETESE tem levado a cabo algumas iniciativas de forma a promover o encontro entre instituições e organismos, assim como a troca de experiências com os demais. Desta feita, recebeu as turmas de 4 e 5 anos do pré- escolar, do Raposinho, que animados puderam passar uma manhã nesta escola profissional. Em duas horas bem animadas, os mais pequenos puderam ver o filme Flautista de Hamelim no Auditório Joaquim Morão , na INETESE. Após este momento cinematográfico, os Raposinhos foram ao Ginásio Gim 4 You, onde tra-

humor sempre presente foi essencial. O grupo de Físico-Química considera que a iniciativa foi um sucesso e agradece à comissão da semana do agrupamento a disponibilidade financeira que permitiu presentear com este espetáculo os alunos e professores do agrupamento. ■ PUB

ção própria. Em seguida houve ainda tempo para testar os conhecimentos dos mais novos, mediante a participação num jogo que integrou uma análise sensorial das plantas e dos produtos finais que se obtêm a partir destas. No final da manhã, todas as crianças foram presenteadas com um certificado de participação e um produto produzido na quinta. A realização desta Visita de Estudo foi possível devido à disponibilidade demonstrada pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, que cedeu o autocarro.■

balharam duas coreografias infantis. A visita terminou com um lanche para os nossos pequenos visitantes recuperarem energias. Já noutra manhã, a contou com a presença da deputada do PSD na Assembleia da República, Joana Barata Lopes, que se fez acompanhar de Jean Barroca, membro da JSD. Foram falar às turmas desta escola sobre o exercício do dever do voto, assim como das responsabilidades e direitos dos cidadãos. Os alunos mostraram grande interesse no tema, participando de forma entusiástica. ■


· 12· Destaque

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Certame mostrou oiro do concelho Gastronomia, artesanato, produtos regionais, animação de rua e grandes espetáculos, mais uma vez estes foram os ingredientes para o sucesso da 17ª edição da Feira da Gastronomia e Atividades Económicas de Vila Velha de Ródão.

Concurso de Empreendedorismo

Projeto Jomanic vence 1º lugar

POR CRISTINA VALENTE

Milhares de pessoas, de vários concelhos da região, passaram por Vila Velha de Ródão, durante os três dias da 17ª Edição da Feira da Gastronomia e atividades económicas. Com o objetivo de promover a gastronomia , artesanato e as industrias do concelho, o certame tem sido ao longo destes anos, uma montra do concelho de Vila Velha de Ródão. Este ano a autarquia decidiu divulgar ao longo dos três dias, o trabalho que realizou com o projeto Terras de Oiro. A autarquia liderada por Maria do Carmo Sequeira tem ao longo dos anos apostado no turismo, sector estratégico para o concelho e para a região, “temos por isso, apesar da crise, mantiPUB

Joaquim Morão e Maria do Carmo Sequeira visitaram o certame

do um forte dinamismo impresso em inúmeras atividades destinadas a promover e potenciar o concelho.” Nos últimos anos foram consolidadas várias componentes da oferta permitindo assim a consolidação de rotas regionais, direta ou indiretamente ligadas ao património cultural, histórico e natural. Coube a Joaquim Morão na qualidade de repre-

sentante da Comunidade Intermunicipal da Beira Interior Sul (CIMBIS) inaugurar o certame. O também autarca de Castelo Branco, felicitou Maria do Carmo Sequeira pelo trabalho realizado ao longo destes últimos anos, “Vila Velha é hoje um concelho impar na região” e destacou a importância acrescida que tem vindo a ganhar o rio Tejo, “durante muitos anos voltá-

mos as costas ao rio, temos nos últimos anos aproveitado o rio e ele tem sido uma mais valia para estes concelhos”. Para Joaquim Morão o certame que inaugurou é também uma mais valia do concelho de Vila Velha de Ródão, “estimula os produtores, empresários e serve de montra ao que de melhor se faz neste concelho” afirmou. ■

Durante o certame foram entregues os prémios do 1º Concurso Intermunicipal de Empreendedorismo da Beira Interior Sul, que nasceu através de um protocolo celebrado entre doze instituições da região. Nesta primeira edição participaram treze iniciativas.

O primeiro lugar foi para o projeto Jomanic de Joana Carvalho, o segundo para o projeto “Medronhito” de Hélder Martins, Marco Mateus, Sílvia Miguel e Tânia Silva e o terceiro lugar foi entregue ao projeto “Amo o produto Local” de Edna Nabais.■

Cereja do Fundão foi à Assembleia da República

Passos Coelho recebeu a comitiva do Fundão

O primeiro ministro, Pedro Passos Coelho, e a presidente da Assembleia da Republica, Assunção Esteves, foram presenteados pela comitiva do Fundão que esteve na Assembleia da Republica no passado dia 26 para promover a cereja do Fundão. Integrada na campanha Cereja do Fundão

2013, o Município do Fundão e os deputados Carlos São Martinho e Carlos Costa Neves organizaram no passado dia 26, no Átrio do Edifício Novo e no Corredor da Cafetaria dos Funcionários do Palácio de S. Bento, uma degustação de Cerejas do Fundão. Ao 1º ministro e à presidente da Assembleia da

Republica, assim como a todos os grupos parlamentares a comitiva entregou cerejas, pasteis de cereja e um cabaz com produtos do Clube de Produtores do Fundão. Este evento contou também com apontamentos musicais protagonizados pela Academia de Música e Dança do Fundão. ■


Destaque · 13·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Centro de Interpretação explica Jardim do Paço O Jardim do Paço, ex-libris da cidade de Castelo Branco, tem agora um Centro de Interpretação, que explica ao visitante algumas das características desta Jardim, único no país. O Centro é agora também a porta para entrar neste espaço.

A mulher que nasceu na Casa dos Arcos

Fotomontagem

Durante a inauguração do Centro de Interpretação POVO DA BEIRA descobriu Lurdes Cabrita que há 63 anos nasceu na Casa dos Arcos. Diz que é a única pessoa que nasceu ali, no Jardim do Paço, “os meus pais viviam nesta casa da câmara, eu sou a filha mais nova e a única que nasceu nesta casa” afirma emocionada. Os arcos agora colocados à vista dos visitantes habituou-se a vê-los dentro da sua casa, “este aqui era a minha cozinha, e aquele ali o quarto dos meus pais, e o outro a sala” mostra à nossa reportagem, “a casa parecia muito pequena, porque a

entrada era muito estreita, mas cá dentro os arcos davam-nos muito espaço”. “Quando as portas se fechavam, o Jardim do Paço era o meu jardim particular, era neste espaço que brincava com os meus irmãos e vizinhos” recorda Lurdes Cabrita. Lurdes Cabrita, atualmente a viver em Lisboa, continua a considerar aquela a sua casa, e apesar de agora já só existirem os arcos e algumas paredes exteriores continua a dizer que aquela é a sua casa, “esta será sempre a minha casa e o jardim o meu Jardim, são muitas as recordações e memórias que tenho deste espaço”. ■

POR CRISTINA VALENTE

Dar dignidade a um ex-libris da cidade, foi um dos objetivos da autarquia albicastrense quando decidiu criar o Centro de Interpretação do Jardim do Paço. O Centro, inaugurado no domingo, é também a entrada para este espaço único no país. Ao chegar ao Centro, o visitante pode conhecer algumas histórias deste espaço, ver peças que já fizeram parte do Jardim, e outras que foram encontradas durante as diversas investigações e obras de beneficiação que têm sido realizadas e adquirir algumas obras publicadas sobre o jardim. É também ali que agora funciona a bilheteira do Jardim e a entrada para o mesmo. Com a recuperação agora feita ao edifício junto aos Arcos, onde funcio-

PUB

nou o Museu Académico, a autarquia colocou à vista mais arcos, que estavam escondidos pelo edifício, e voltou a colocar na passagem superior que liga o Paço ao Parque da cidade, as colunas que inicialmente ali estavam. Joaquim Morão recorda que esta obra estava prevista no Polis, “não avançou porque não gostávamos do projeto” afirma o autarca. “A inauguração deste Centro é o culminar de várias intervenções que fizemos nos últimos anos nesta zona, Jardim do Paço e Parque da cidade” diz Joaquim Morão. O autarca lembrou o trabalho que a autarquia tem realizado na zona antiga, nomeadamente na recuperação da muralha, que já aconteceu em várias ruas. Joaquim Morão diz que a autarquia não vai dei-

tar mais casas abaixo, para colocar a muralha à vista, “achamos que já estão visíveis grandes e vários troços de muralha, por outro lado, as casas e as pessoas que as habitam também são importantes na zona histórica. Recuperaremos muralhas onde for p r e c i s o, mas não deitando casas a baixo”. ■

Faça compras no Intermarché e ganhe vales desconto no combustível. CASTELO BRANCO

PROMOÇÃO de 2 de Julho a 15 de Julho Melão Verde

Pimento Verde Sardinha Pequena Dourada Viveiro Congelada

2,49

0,49 0,99 €/Kg

Preços baixos e descontos nos combustiveis = faça as suas contas

€/Kg

Bife de Perú

€/Kg

4,89 4,98 €/Kg

€/Kg

Bebida de Soja Páturages c/ Cálcio, Chocolate

0,79

€/1L


· 14· Proença-a-Nova

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

António Vitorino defende alívio da austeridade

Conferência do presidente do instituto NotreEurope em Proença-a-Nova Para relançar o crescimento económico, António Vitorino defende o “alívio da austeridade” e, no plano europeu, um reforço de políticas comuns que passa pela criação de uma união bancária. Na conferência “Que futuro para Portugal na Europa do futuro”, que se realizou sexta-feira em Proença-a-Nova, o presidente do instituto NotreEurope, fundado por Jacques Delors, considerou que a “dose cavalar” de austeridade fere a economia real e impede o crescimento económico. “A condição para que se pague a dívida é haver crescimento económico. O excesso de austeridade acaba por produzir condições que afetam o crescimento da dívida”, alertou o antigo ministro e comissário europeu, numa sessão participada e com diversas questões levantadas pela assistência. Cuidadoso a sublinhar que não

defende políticas expansionistas, mas apenas um “alívio da austeridade”, Vitorino recordou que a dívida pública aumentou de 95% do PIB para 127% desde o início da recessão. Cerca de 80% do emprego a nível nacional depende das pequenas e médias empresas (PME), a braços com um contexto

de redução do financiamento e retração do investimento. Relançar a economia passa, por isso, em larga medida por relançar as PME e António Vitorino sublinhou o papel das autarquias na atração de emprego, defendendo ser necessária uma boa articulação entre autarquias e empresas. Em vésperas da

entrada em vigor de um novo quadro comunitário, outro alerta foi para a “necessidade de aplicação inteligente de fundos estruturais”. Afirmando que “combater o desemprego é simultaneamente uma emergência social e uma emergência económica”, recordou que, por serem

“os serviços mais próximos das dificuldades quotidianas das pessoas”, as câmaras têm um papel relevante no apoio social, dando como exemplo o sistema escolar. Face a críticas de eurocéticos que defendem a saída da moeda única, António Vitorino analisou o contexto global de con-

Reforço da participação cívica dos cidadãos

Promovidos pela Jovens Seguros

POR PAULO JORGE MARQUES

POR PAULO JORGE MARQUES

Promover a cultura científica e reforçar a ligação entre instituições e comunidade envolvente são os principais objetivos do projeto europeu “Places”, ao qual aderiu o Centro Ciência Viva da Floresta. O projeto prevê a realização de atividades de proximidade com a população, como as desenvolvidas através do laboratório de análises ao vinho, da Bibliomóvel e do programa Floresta de Ciência, e irá culminar com a assinatura de uma declaração conjunta de presidentes de Câmara das localidades envolvidas, em 2014. Durante uma conferência realizada nos dias 20 e 21 de junho em Turim (Itália), foram apresentados os projetos dos 69 parceiros que integram a rede, numa partilha de experiências que procura incentivar a replicação de boas práticas. A

Nas férias de verão, 25 crianças e jovens residentes no concelho que tenham entre 7 e 17 anos podem participar gratuitamente em campos de férias promovidos pela Jovens Seguros – Associação para o Desenvolvimento Ocupacional, que decorrem em Atalaias. O primeiro turno inicia-se já no próximo sábado e as inscrições devem ser feitas junto do Gabinete de Ação Social e

Ciência Viva integra projeto europeu

galeria de posters preparados para a ocasião colocou Proença-a-Nova ao lado de parceiros na sua generalidade de maior dimensão, como Bruxelas, Viena ou Hannover. Em Portugal, participam no projeto outras cidades com instituições inseridas na rede de centros de ciência, como Lisboa, Coimbra e Tavira. Coordenado por António Gomes da Costa, o

“Places” privilegia a ciência como motor da inovação e do desenvolvimento económico, assim como uma mais-valia no reforço da participação cívica dos cidadãos. No âmbito do projeto, o Centro Ciência Viva da Floresta irá promover um inquérito com o objetivo de colher sugestões a integrar no plano de atividades para o próximo ano. ■

corrência das economias emergentes e considerou que Portugal estará mais preparado para a enfrentar integrado na União Europeia, já que “a dimensão faz a diferença”. A saída da crise é, sustenta, “também do interesse da Alemanha, que entra em recessão por efeito sistémico no quadro da Europa”. ■

Campos de férias com 25 vagas Saúde do Município. Os turnos realizam-se de 29 de junho a 13 de julho, 13 a 27 de julho, 27 de julho a 10 de agosto e 10 a 28 de agosto. As vagas para participantes do concelho decorrem de um protocolo celebrado entre a Câmara Municipal e a Jovens Seguros. Como contrapartida da cedência das instalações da antiga Escola Primária de Atalaias, a associação oferece entre cinco e dez lugares por cada turno.

Na seleção dos participantes, será dada prioridade a crianças sinalizadas pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens ou pertencentes a agregados familiares com baixos recursos. Juntamente com a ficha de inscrição, a que pode aceder aqui, deverá ser entregue uma fotocópia do bilhete de identidade ou cartão do cidadão do encarregado de educação, além de comprovativo de liquidação do IRS. ■


Oleiros · 15·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Jardim Público de Oleiros

Recebeu da Rainha Isabel II a Medalha do Império

Quintais do Pinhal voltam a expor-se em Oleiros POR PAULO JORGE MARQUES

Pela segunda vez este ano, Oleiros volta a acolher o mercado dos Quintais nas Praças do Pinhal, um projeto intermunicipal tutelado pela Associação Pinhal Maior. Assim, é já no dia 14 de julho que o melhor dos quintais de todo o Pinhal vem até ao Jardim Público de Oleiros, exibindo a maior frescura e qualidade. No mesmo dia, na vila de Oleiros, mais concretamente no Recinto das Feiras situado nas imediações do Jardim, irá decor-

rer a Feira Anual de Julho, pelo que nesse dia é esperada grande afluência de público. Neste 9.º mercado, o projeto está já em fase avançada de consolidação, pelo que tanto a Pinhal Maior como os Municípios de Mação, Oleiros, Proença- a -Nova, Sertã e

Lino Pires apresenta livro em Oleiros POR PAULO JORGE MARQUES

Vila de Rei, têm-se empenhado na implementação da logística que permitirá um eficiente escoamento destes produtos obtidos diretamente dos quintais ou transfor-

dos.■

Freguesias de Amieira e de Vilar Barroco em destaque na Casa da Comarca No seguimento de actividades similares realizadas com o objectivo de promover em Lisboa a cultura e a gastronomia da nossa região, dedicámos no passado dia 22 de Junho, sábado, uma iniciativa às freguesias de Amieira e de Vilar Barroco. O objectivo principal da sua realização foi a promoção em Lisboa destas freguesias do município de Oleiros, destacando a sua história, cultura e gastronomia. Na ocasião foi inaugurada uma exposição de pintura da autoria de Fátima Alves Mendes, mulher do sócio Francisco Martins PUB

25.º Aniversário do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros POR PAULO JORGE MARQUES

Mendes(Urraca, freguesia de Amieira), a qual poderá ser visitada diariamente, excepto ao fim-de-semana, entre as 18h e as 22h30, até ao próximo dia 12 de Julho. Do programa faz parte uma breve apresentação do livro “Raízes da Beira Baixa– A Aldeia da Póvoa da Ribeira”, já na 2ª edição, da autoria de Maria da Conceição Rocha, natural da referida aldeia da freguesia de Vilar Barroco, que os interessados puderam adquirir no final da sessão, terminando com uma degustação de produtos regionais, nomeadamente vinho Callum, maranhos, croquetes de cabrito, queijos de cabra e ovelha, filhós e ti-

se que de Vinha, Oleiros, a Priors Hardwick, em Inglaterra, consagrou o Butcher’s Arms como um dos mais conceituados restaurantes em Inglaterra. “A história do caminho que juntos (Lino e a sua esposa Augusta) percorreram desde os princípios humildes de uma vida pobre de camponeses até àquilo que hoje são, é simplesmente extraordinária. Ou como diria o próprio Lino, com um brilho irreprimível nos olhos: “Fantástico”. ■

ma-

Promover em Lisboa a cultura e a gastronomia da região

POR PAULO JORGE MARQUES

Depois de no passado dia 19 de junho se ter deslocado a Buckingham Palace para receber da Rainha Isabel II a Medalha do Império Britânico no famoso garden party anual, Lino Pires esteve presente no passado dia 25 de junho (terça-feira), no concelho que o viu nascer, com a finalidade de apresentar a sua biografia “Fantástico! A história extraordinária de Lino Pires”, editada

pela Orfeu. A sessão realizou-se no auditório da Casa da Cultura de Oleiros. Este Oleirense, nascido na aldeia de Vinha, freguesia de Sarnadas de S. Simão, tem um percurso de vida notável que a par com o seu mérito profissional e caráter altruísta, faz com que seja o primeiro português a receber tão elevada distinção em terras de Sua Majestade. Este livro conta-nos a história de um Oleiren-

gelada, a que se associou o Hotel de Santa Margarida, nosso sócio colectivo, através da presença do ChefLeonel Barata. Para além da Junta de Freguesia de Amieira, da Liga dos Amigos da Freguesia de Amieira e da Associação Desportiva, Cultural e Recreativa da Póvoa da Ribeira (Vilar Barroco), marcaram ainda presença a Liga Regional Os Unidos da Freguesia de Álvaro, a Liga dos Amigos da Freguesia de Isna, a União Regional da Freguesia do Sobral e os Conselheiros Regionais por Oleiros e por Proença-a-Nova, Sr. Manuel da Cunha e Irene Fernandes Cardoso.” ■

No próximo dia 7 de julho a Santa Casa da Misericórdia de Oleiros celebra a Festa da Família, na qual será assinalado o 25.º Aniversário do Lar, em funcionamento desde 1988. O PUB

programa terá início pelas 12H30, com uma Missa na Igreja Matriz, seguindo-se pelas 15H30, no Auditório da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros, o lançamento do livro "Oleiros e a sua Santa Casa", da autoria de Francisco Goulão,

com apresentação a cargo da prof.ª Benedicta Duque Vieira. Os festejos continuam naquele local com atuação da Banda da Sociedade Filarmónica Oleirense (pelas 17H00) e do Grupo de Fados: Capas, Copos e Guitarradas (17H30). ■


· 16· Sertã

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Natação

CCD Sertã fecha época em grande POR PAULO JORGE MARQUES

Os nadadores mais novos da equipa do CCD da Sertã participaram, no passado fim de semana, na última prova da época 2012/13: o Torneio Regional, que se realizou na Piscina Municipal de Castelo Branco. Os oito jovens nadadores da Sertã conquistaram um total de 10 classificações nos primeiros 3 lugares. Primeiros lugares: Laura Catarino (cad B) 100 livres, Laura Catarino (cad B) 100 estilos, Marta Matias (cad B) 50 mariposa. Segundos lugares: Marta, Beatriz, Laura e Carolina 4 x 50 estilos, Isaías Caldeira (cad B) 100 bruços, Ana Beatriz Farinha (cad B) 50 mariposa,

Laura Catarino (cad B) 100 Costas. Terceiros lugares: Isaías Caldeira (cad B) 400livres, Carolina, Leonor, Marta e Laura 4x50 livres, Isaías Caldeira (cad B) 100 estilos. A equipa da Sertã viu-se representada também por Leonor Ribeiro (cad B), Carolina Ribeiro (cad

Banco alimentar

Nos dias 1 e 2 de junho decorreu mais uma campanha de recolha de bens alimentares do Banco Alimentar Contra a Fome nas superfícies comerciais. O Município da Sertã e a Junta de Freguesia de Cernache do Bonjardim associaram-se, mais uma vez, a esta iniciativa nacional, contando ainda com a colaboração do Agrupamento 170 da Sertã do PUB

junho, a equipa de natação do CCD da Sertã esteve presente em duas provas. No sábado, 15 de junho, participou no Torneio Jovens Promessas no Fundão e, no domingo, competiu no Torneio Inter-Regional Especialista em Rio Maior. Realizado no centro de estágios de Rio Maior, o Torneio Especialista é uma

estilo livre. Também com excelente desempenho participaram nesta prova Amélia Garcia e os infantis Francisco Pereira, Rodrigo Alves, Luís Farinha e João Ferreira. Já no Torneio Jovens Promessas, o CCD da Sertã participou com um grupo de infantis um pouco menos competitivo. Ainda assim obteve três segundos lugares com Maria Mendonça, em 400 livres e 100 mariposa e João Tavares em 100 costas. Já em terceiro lugar classificou-se também João Tavares em 400 livres e Cláudia Correia também em 400 livres. Participaram ainda nesta prova as jovens promessas Andrea Moreira, Bruna Casquinha, Tiago Carvalho, Pedro Bexiga e Leandro Antunes. ■

Espírito de união e entreajuda manteve-se sempre

Campanha recolheu cerca de 2 toneladas

POR PAULO JORGE MARQUES

B), Pedro Gomes (cad B) e Pedro Santos (cad A), todos com um notável desempenho, registando vários recordes pessoais. Durante esta semana, a equipa viajará até Reguengos de Monsaraz para participar nos campeonatos regionais noutros escalões. Recorde-se que, no fim de semana de 15 e 16 de

prova em piscina de 50 metros que tem como objetivo premiar os nadadores com melhor desempenho em três provas do mesmo estilos, 50, 100 e 200 metros. Esta prova, com um nível competitivo muito elevado, envolveu clubes das associações de Santarém, Lisboa e Interior Centro. Para o CCD Sertã foi a estreia neste torneio e também a estreia nesta época em piscina de 50. Quanto ao desempenho, a melhor classificação foi para Daniela Antunes no estilo de mariposa, em terceiro lugar com 700 pontos (Juvenis). A melhor performance pertenceu a Carolina Catarino, também juvenil que, em costas, obteve o quarto lugar com 1208 pontos. Mariana Martins obteve o quinto lugar de Juniores no

Talho Simões vence torneio de Futsal Luís Gouveia POR PAULO JORGE MARQUES

Corpo Nacional de Escutas, da Escola Tecnológica e Profissional da Sertã e do Banco de Voluntariado da Sertã. Foram recolhidos 1948 kg de alimentos durante os dois dias de campanha em três superfícies comerciais : Intermarché, Pingo Doce e Minipreço (Sertã e Cernache do Bonjardim). Refira-se que mensalmente são apoiados 40 agregados familiares no Concelho da Sertã. ■ PUB

A equipa do Talho Simões após ter garantido o troféu carismático do Torneio Luís Gouveia em 2011, destinado apenas às formações que conquistassem esta competição em três edições consecutivas ou cinco intercaladas voltou a vencer mais uma edição. A primeira vez que esta equipa venceu o torneio foi na época de 1999/2000, repetindo depois o triunfo em 2003/04, 2005, 2008, 2011 e 2013. Na base destes triunfos estiveram vários jogadores, alguns deles bem conhecidos das lides futebolísticas sertaginenses, nomeadamente Rui Vaz, José Ferreira (Mota), Fernando Gaspar, Filipe Mendes, Vítor Serrano, José Marques, Rui Gaspar, José Pelé, Daniel Silva, entre outros.

Apesar de a equipa ter sofrido algumas alterações ao longo das épocas, com a entrada e saída de vários jogadores, o “espírito de união e entreajuda manteve-se sempre”, conforme referiu Rui Vaz, Director Desportivo, que não deixou de assinalar que “esta conquista é resultado do trabalho e dedicação de todos aqueles que representaram as cores do Talho Simões ao longo PUB

destes anos”. António Manuel Simões (patrocinador), Dowens (treinador e jogador) e Fernando Gaspar (Sócio) também aproveitaram a ocasião para destacar “o convívio, espírito de grupo e a amizade entre gerações distintas” que sempre caracterizaram esta formação, sublinhando ainda que “os encontros bissemanais para treinar foram a chave PUB

do sucesso”. Na edição deste ano do Torneio Luís Gouveia, o Talho Simões começou por garantir a primeira posição tanto na 1ª como na 2ª fase de grupos, assegurando a presença nas meias-finais, onde derrotou a equipa do Clube Bonjardim por 7-1. A Final que se realizou no feriado municipal (24 junho), foi contra a Escola Tecnológica e Profissional de Pedrógão Grande (ETPZP), onde a equipe do Talho Simões saiu vencedora ao derrotar o adversário por 5-3. Os jogadores que alinharam na equipa deste ano foram: Paulo Conceição, Igor Ferreira, Miguel Farinha, Marcos, Gil, Diogo L. (melhor jogador do torneio), Henrique A.(capitão), Mpasso E, André L, António Pedro, Dowens e Renato Gaspar. ■


Vila de Rei · 17·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Parque de Feiras de Vila de Rei

Comemorações dos Santos Populares juntam 220 pessoas em Vila de Rei POR PAULO JORGE MARQUES

A Câmara Municipal de Vila de Rei, em parceria com as instituições sociais do Concelho, organizou uma comemoração intergeracional dos Santos Populares, numa iniciativa que contou com a presença dos utentes das instituições e dos jovens participantes nas Férias Desportivas de Verão. As celebrações tiveram lugar no Parque de Feiras

de Vila de Rei, juntando cerca de 220 pessoas que desfilaram nas tradicionais Marchas Populares e entoaram cantigas comemorativas desta época festiva. Para finalizar a iniciativa, os participantes cumpriram a tradição num divertido almoço onde a sardinha assada foi o prato principal. Presente na iniciativa, onde ofereceu uma pequena lembrança a todos os presentes, a Presidente da Câmara Municipal de Vila

de Rei, Irene Barata, salientou que “as comemorações dos Santos Populares, numa iniciativa que juntou os jovens Vilarregenses e os utentes das instituições sociais do Concelho, proporcionaram a todos, uma vez mais, um dia repleto de muita animação. A Autarquia voltou assim a apostar, com sucesso, numa actividade intergeracional que proporciona uma importante troca de valores e experiências.” ■

Promovida pela Câmara Municipal de Vila de Rei

Visita Pastoral do Bispo D. Antonino Dias

Utentes do CAO de Vila de Rei realizam peça de teatro para 150 pessoas

POR PAULO JORGE MARQUES

Os utentes do Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) de Vila de Rei realizaram uma peça de Teatro na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, na manhã de 26 de Junho, em mais uma iniciativa intergeracional promovida pela Câmara Municipal de Vila de Rei com o apoio das instituições sociais do Concelho. Presentes na assistência estiveram as crianças das Creches e Jardins de Infância Municipais e da PUB

Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei, bem como os utentes da Casa do Idoso, Casa dos Avós, Centro de Dia “Família Dias Cardoso”, Lar da

Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei, Centro de Acolhimento de São João do Peso e Casa da Infância, Juventude e Terceira Idade, totalizando

Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei realizaram também um espectáculo de dança. Para Irene Barata, Presidente da Autarquia, “esta actividade intergeracional foi um óptimo momento de convívio entre as nossas crianças, idosos e cidadãos portadores de deficiência. A aposta neste tipo de iniciativas vem salientar a importância da troca de experiências e valores, incentivando uma saudável confraternização entre todos. ■

mais de 150 pessoas que aplaudiram fortemente os artistas em palco. No final do teatro, as crianças do Jardim de Infância Municipal e do PUB

No passado dia 1 de Junho de 2013 (Sábado) a Paróquia da Fundada recebeu a visita pastoral do Bispo D. Antonino Dias da Diocese Portalegre - Castelo Branco à qual pertencemos, visitou também o Centro de Dia "Família Dias Cardoso". Neste dia 15 jovens fizeram o crisma e seguiu-se um jantar aberto á comunidade paroquial com o Bispo. ■

PUB

CAFÉ ESTRELA Dormidas

Telef.: 275 971 380 Telem.: 969 344 641 Av 1º Maio Nº78 6215-517 Unhais da Serra PUB

POR PAULO JORGE MARQUES

CARTOMANTE CASTELO BRANCO Ajudo a resolver qualquer tipo de problema, graças ao meu dom hereditário e fé. Trabalho de 2ª feira a domingo Marcações pelo Telm.: 965 245 573

Cartomante - Vidente Almeirim e Sertã

Trinta anos de experiência feita com sinceridade e acredite, olhando bem fundo e apenas nos seus olhos, leio toda a carta da sua vida se preciso for e ajudo a resolver todos os vossos problemas de negocios, amor, inveja, mau olhado, desactivação de magía negra, aconselhamentos e outros problemas de difícil solução, para que tenha a vida que sempre sonhou! Honestidade, sigilo e caracter são outro dom que fazem a verdade da minha vida!

Telem.: 918 283 485


· 18· Desporto

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Campeonato OffRoad no próximo fim de semana em Castelo Branco

Passatempo

Castelo Branco recebe no próximo fim de semana uma prova do Campeonato Nacional de OffRoad 2013. Para além das emoções do desporto motorizado, o público vai ter muita animação ao longo dos dois dias. A Escuderia volta a trazer para o Centro da cidade as verificações técnicas e documentais, “pretendemos levar os automóveis às pessoas, para que todos possam estar perto dos au-

Ganhe entradas para assistir às emoções do Campeonato de Off Road em Castelo Branco. Envie os seus dados, nome, BI/CC e telefone para passatempopovodabeira@ gmail.com

tomóveis” dizem os responsáveis da Escuderia. No parque de desportos motorizados para além das provas do campeonato, haverá outros atrativos, ofertas de co-drives a sortear pelo publico, demostrações de perícia e espetáculo aéreo. No sábado a partir das 14 horas têm lugar os treinos cronometrados e a 1ª corrida de qualificação. No domingo as corridas começam às 11 horas realiza-se a

Alunos da ESALD estagiaram no Desportivo de Castelo Branco

2ª e 3ª corrida de qualificação e as finais estão marcadas para as 16 horas Os bilhetes custam 7 euros, para sábado e domingo, bilhete só para sábado 3 euros e só para domingo 5 euros. Os Sócios da Escuderia não pagam. ■

Penta Clube da Covilhã com excelente prestação em Lisboa

Leonor Gomes ficou em 1ºLugar

Juliana Guerreiro conquistou o 2ºLugar

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Juliana Guerreiro (2º lugar benjamins femininas) foram os expoentes máximos da participação do clube na prova. Além destes resultados de referência, os restantes atletas tiveram também uma participação de grande mérito contri-

No passado sábado, dia 22 de junho, no Colégio Militar em Lisboa, realizou-se a 2ª etapa do Circuito SuperJovem/XX CHALLENGE PENTAJOVEM, prova do calendá-

rio nacional da Federação Portuguesa do Pentatlo Moderno. O Penta Clube da Covilhã obteve, uma vez mais, excelentes resultados, dos quais se destacam Leonor Gomes (1ºlugar aprendizes femininas) e

buindo para a manutenção do Penta Clube da Covilhã no topo do ranking nacional de clubes. No próximo domingo, o Penta Clube da Covilhã irá deslocar-se a Coimbra para disputar o Campeonato Nacional de Biatle. ■

Albi Sport Clube em grande festa de encerramento POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Vitor Janeiro e Daniela Alves

POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

No âmbito da parceria existente entre o Desportivo de Castelo Branco e a Escola Superior de Saúde (ESALD), Daniela Alves e Vitor Janeiro fizeram um estágio de fisioterapia no clube alvi-negro, que aproveitaram para enriquecer mais os seus conhecimentos. "Estivemos desde o passado mês de abril, a estagiar no Desportivo de Castelo Branco, sendo uma experiência enriquecedora, permitindo-nos aperceber-mo-nos no terreno, quais os principais problemas

que os atletas se deparam, sempre com o apoio dos dirigentes e técnicos da coletividade, pormenor que bastante motivou a nossa presença, que serviu igualmente para recuperar dois atletas que se encontravam lesionados", esclareceram os estagiários da ESALD. Para Luís Caiola, presidente da direção do Desportivo de Castelo Branco, o estágio dos alunos da unidade curricular de fisioterapia, foi considerado como "excelente" atingindo um nível elevado em todos os aspetos relacionados com a sua atividade de fisioterapeutas. ■

O Albi Sport Clube de Castelo Branco realizou no passado sábado, a sua festa de encerramento do Circuito Masters 2013. O evento contou com a presença de todos os alunos e jogadores da Escola de Formação da coletividade, seus familiares, patrocinadores, e entidades. Na entrega dos prémios aos atletas, esteve presente o presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Joaquim Morão, que dirigindo-se aos presentes, teceu rasgados elogios ao trabalho desenvolvido pela direção do Albi Sport Clube e a sua escola

Joaquim Morão marcou presença na festa

de formação. "É com estas pessoas dedicadas que as coletividades se engrandecem, contribuindo para o prestígio do ténis e da cidade que representam. A autarquia dispõe aqui de 9

cort's de ténis, num espaço maravilhoso, para praticarem as atividades desportivas, pelo que estão todos de parabéns", afirmou o autarca. A anteceder a entrega

dos prémios aos jogadores, decorreu num dos campos, a Grande Aula de Ténis, sempre vivida com enorme entusiasmo, numa jornada que juntou atletas, familiares, técnicos e dirigentes. ■


Desporto · 19·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

Benfica e Castelo Branco apresenta plantel para a época 2013/2014 O Benfica e Castelo Branco que inícia os seus trabalhos no próximo dia 22 de julho, anunciou em conferência de imprensa no passado dia 25 de junho, na sede da coletividade, o plantel de jogadores para a próxima época, em que participam no Campeonato Nacional de Séniores, desconhecendo-se ainda qual a série que os encarnados integram. POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

O plantel vai ser composto pelos seguintes atletas: Guarda-redes: Hélder Cruz, Fábio Mendes e André Raposo. Defesas: André Cunha, Delmiro Nascimento, Esquivas, João Afonso, Nuno Marques, Tarzan, Tiago Gomes e Vasco Guerra. Médios: Dani Matos, Fábio Brito, Filipe Fernandes, Gonçalo Guerra, Luís Graça, Nuno Martins e Patas. Avançados: Alvarinho, João Henriques, Marocas, Tomás Sousa e os reforços Hugo Seco e João Rui. André Raposo (ex-CD Alcains), Hugo Seco (ex- Fátima) e João Rui (ex-Cruzado Canicense), são os novos reforços da equipa, com destaque para Hugo Seco que regressa novamente ao plantel albicastrense. Relativamente às saídas: João Lourenço,

Fixe, Ricardo Sousa, Ronan e Telmo. Na equipa técnica, continua a manter-se Ricardo António, treinador, Nuno Carreiro, preparador físico e Ricardo Silva, técnico de guarda-redes. António Machado, presidente da direção do Benfica e Castelo Branco, anunciou a redução do número de atletas de 26 para 24, revelando que o atleta João Afonso, capitão da equipa encarnada, foi alvo de vários convites de clubes com maior dimensão, preferindo no entanto integrar o emblema encarnado. "No entanto, face ao valor do jogador, posso garantir que caso apareça algum clube que tenha interesse no mesmo, e que seja positivo para o atleta, e que o Benfica não fique mal, nunca lhe cortaremos as pernas", garantiu o dirigente, anunciando igualmente que

sing, que o clube pretende explorar, com um pequeno espaço junto ao estádio Vale do Romeiro, destinado à venda de todo o tipo de materiais alusivos ao Benfica e Castelo Branco. Um colóquio sobre saúde e uma caminhada, para além das comemorações dos 90 anos

da coletividade, no dia 24 de março de 2014, são estas as novidades avançadas. Também o estádio municipal, poderá ser um dos primeiros recintos desportivos, neste patamar, a disponibilizar um desfibrilador, equipamento eletrónico utilizado na paragem cardiorespiratória, com o objetivo de restabelecer o ritmo cardíaco, anunciou o presidente do clube albicastrense. Quanto às entradas no estádio, será uma empresa, a gerir todo este trabalho, relacionado com os sócios e os simpatizantes que queiram assistir aos jogos, sendo igualmente criados 50 lugares, na bancada central, para os sócios que assim o pretendam, ficando anualmente com direito a assistir aos 16 jogos do campeonato e aos encontros para a Taça de Portugal. ■

maior representatividade, melhor atleta (Manuel Almeida ) e melhor projeção (Maria Monteiro). A nível individual estiveram no pódio nos -48kg Maria Monteiro 1ª; - 73 kg David Cristóvão 2º; -100 kg 1º Manuel Almeida, 2º João Nunes e 3º Francisco Matos; participaram ainda também da Academia Judo Nuno Rosa -66 kg que foi 5º e Micael Gonçalves nos -90 Kg. Da Escola de Judo Ana Hormigo participaram Mariana Carrega nos -57 kg, João Serrasqueiro -60 kg, Sílvio Monteiro -66 kg (3º), Rodrigo Marques -73 kg e José Duarte -100kg(3º). As restantes categorias foram vencidas nos -57 kg por Carla Vaz SCSabugal ; -60 João Guerra CCD Pragal, -66 kg Pedro Guarinho Lusófona; -73 kg Nuno Vieira Uni-

versidade de Aveiro; -81 kg Joel Pinheiro Universidade Lusófona; -90 Alexandre Vieira S.C Beira Mar e + 100kg Nelson Azevedo da ADC Manhente- Braga. Pais e amigos do homenageado João Romão, presidente da direção da Academia Ernesto Gonçalves e da Associação Distrital, João Nunes estiveram presentes, congratulando todos os participantes, oferecendo a árbitros e treinadores a cereja fundanense também marca desta prova. Jorge Fernandes diretor técnico distrital considera o balanço bastante positivo, não só pelos resultados que os dois clubes do distrito alcançaram, mas também pela participação ocorrida, face a vários eventos de judo que se realizaram em Portugal na mesma data. ■

Direção e equipa técnica do Benfica CB

João Afonso, irá ter estatuto profissional. "Pretendemos na próxima época continuar a manter bem viva a chama que norteou a equipa na temporada anterior, com os atletas a trabalharem afincadamente nos treinos, entrando em campo para

disputarem os jogos com o espírito de vencedores", reiterou António Machado. Os dirigentes encarnados, pretendem desenvolver ao longo da época, várias atividades que possam contribuir para o engrandecimento da coletividade, com destaque para o merchandi-

Judo

Taça Cidade de Castelo Branco POR JOSÉ MANUEL R. ALVES

Academia de Judo de Castelo Branco (AJCB) colocou na sua galeria todos os troféus em disputa na 29ª Taça Cidade Castelo Branco, atingindo o lugar mais alto do pódio na classificação por equipas. Com a organização da Associação Distrital de Judo de Castelo Branco e apoio da Camara Municipal e Junta de Freguesia de Castelo Branco, a 29ª edição desta prova realizou-se no dia 22 de junho, nas instalações da Academia de Judo, homenageando também o saudoso João Romão, um dos fundadores daquela instituição. Estiveram presentes na competição mais importante das realizações da Associação Distrital de Castelo Branco, atletas pertencen-

Judocas no pódio

tes aos clubes das Associações Distritais de Castelo Branco, Braga, Santarém, Guarda, Setúbal, Lisboa, Aveiro, Portalegre, Terceira/Açores e Coimbra. Esta prova é sempre muito participada e de ní-

vel competitivo elevado, antendendo contar para o ranking nacional de séniores, cuja AJCB não deixou de representar o distrito ao mais alto nível. Atingiram os seus atletas inúmeros lugares no pódio, saindo

o clube vitorioso, sobre a Universidade Lusófona-Lisboa (2º classificado por equipas) e ADC ManhenteBraga ( 3º classificado). Na disputa de outros troféus a AJCB, conquistou ainda a Taça do Clube com


· 20· Cultura

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Sugestões de Cristina Valente

Castelo Branco – IPDJ Dia 6 a partir das 10 horas Música Covilhã - Museu de Arte Sacra dia 4 às 21 horas

Noites no Museu com música No dia 4 de Julho, Quinta-feira, o Museu Municipal de Arte Sacra recebe mais uma iniciativa “Noites no Museu”. A actuação deste mês, que decorre pelas 21:00 horas, conta com a participação das classes musicais da Banda da Covilhã, que prometem uma noite muito agradável com momentos musicais de cariz sacro-

-profano. As “Noites no Museu” têm como objectivo proporcionar serões diferentes num dos espaços museológicos do município, através da promoção das actividades culturais e lúdicas, atraindo novos públicos e fidelizando o já existente. O projecto conta com a colaboração de diversas instituições do Concelho.

LUPA promove laboratório de Collage O LUPA já tem o próximo laboratório programado. É já no dia 6 de Julho entre as 10h e as 18h no IPDJ em Castelo Branco. Este laboratório, com base na técnica Collage, concebida e usada no início do Séc. XX, pelos ar-

tistas plásticos Georges Braque e Pablo Picasso, pretende elaborar uma ilustração da visão do participante em relação a um importante acontecimento que alia as memórias do passado e do presente de cada um.

Castelo Branco - IPDJ Dia 9

Dia dedicado ao Pokémon

Teatro Fundão - Auditório do Agrupamento de Escolas Dia 5 às 21:30

Estação Teatral estreia nova criação “Uma pequena história do mundo” Realiza-se no próximo dia 9 de julho a 3ª edição do Pokéday. Este ano o evento tem lugar no Instituto Português do Desporto e Juventude. O Pokéday é um evento em homenagem à franquia, inteiramente dedicado a Pokémon e às suas variadas vertentes, desde torneios de TCG (trading card game – cartas jogáveis) e Nintendo DS a Karaoke, Quiz, venda A Estação Teatral vai estrear no próximo dia 5 de Julho, às 21h30, no renovado Auditório do Agrupamento de Escolas do Fundão, a sua 21ª criação, intitulada “Uma pequena história do mundo”. O espectáculo fará uma curta carreira no sábado, dia 6, às

21h30 e no domingo 7, às 17h00. "Uma pequena história do mundo" conta com dramaturgia e encenação de Nuno Pino Custódio, espaço cénico e figurinos de Ana Brum, desenho de luz de Pedro Fino e interpretação de Roberto Querido e Tiago Poiares.

Vencedores da Semana Passada

Provavelmente uma Pessoa • Carla Isabel Monteiro Ribeiro • Rafael Mendes Ribeiro

John Pizzarelli Quartet • Maria de Lurdes Monteiro • Jose Miguel Bastos Pinto • Catarina Isabel Ferreira dos Santos

de merchandising, distribuição de Pokémon, convidados especiais entre outras actividades. Contará com um workshop de Illustrator, onde se vai aprender a desenhar em vector. Terá uma área de free gaming com 3 consolas de 3 gerações diferentes (N64, GameCube, Wii). Para além disso, algumas surpresas que prometem... A entrada é livre.

Exposição Castelo Branco – IPDJ Até dia 12 de julho

Exposição mostra rostos de mulheres interventivas No âmbito do projeto “EmPoder Delas – Projeto sobre a Participação das Mulheres na Vida Política”, a Exposição de Fotografia, com título reescrita | EmPoder Delas, inaugurada no passado dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, na Sala São Pedro da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra está, até ao dia 12 de

Julho, no IPDJ de Castelo Branco. A mostra é constituída por um portefólio de 15 fotografias onde estão representadas as Mulheres, personalidades públicas, que são o rosto deste projeto. As fotografias são acompanhadas de testemunhos escritos das retratadas e de uma instalação de som com música de Sara Carvalho.

Livros & Leituras

Cuidar de Frankie Com a astúcia, o humor e a compaixão a que nos habituou, Maeve Binchy relata em Cuidar de Frankie uma história sobre famílias pouco convencionais, relações que não são bem o que parecem, e a criança no centro da vida de toda a gente. Quando Noel descobre que a sua antiga paixão, agora terminalmente doente, está grávida com um filho seu, concorda com relutância em criar a menina. Com a ajuda de uma carinhosa rede de amigos, familiares e vizinhos – incluindo Lisa, apaixonadíssima por ele, e Emily, a prima americana – Noel adapta-se às suas novas responsabilidades. Mas, quando uma assistente social resolve meter-se no assunto, ameaça destruir aquela estrutura pouco convencional, mas tão especial. Caberá a Noel convencê-la de que toda a gente da vizinhança.

Maeve Binchy Nasceu perto de Dublin, cenário a que recorreu frequentemente para criar os ambientes dos seus romances. Foi professora e trabalhou em Israel; durante esse período escrevia ao pai todas as semanas, descrevendo um país à beira da guerra. O pai enviou certa vez uma dessas cartas ao Irish Times, que lhe pagou para a publicar. Viria a tornar-se mais tarde a correspondente do jornal em Londres. Desde então, o êxito de Maeve Binchy foi surpreendente. Publicou contos, peças de teatro e um guião para televisão, mas ficou mais conhecida pelos seus romances, que lhe conquistaram o reconhecimento internacional. Tem mais de 40 milhões de livros vendidos. Morreu no dia 31 de julho de 2012, aos 72 anos. http://www.maevebinchy.com/ Género: Romance Tradutor: Fernanda Oliveira N.º de páginas: 400 PVP: 17,70€


Lazer · 21·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira PUB

Adivinhas:

1 -Ovo; 2 - Sino; 3 - Alho; 4 - Dentes.

5 2 9 4 3 8 6 1 7

4 - Quais são os camaradas, que passam o dia a bater-se, e não fazem mal uns aos outros?

3 4 6 1 7 9 2 8 5

5

3 - Tem barba e não a corta, tem dentes e não come, tem rabo e não o arrasta.

8 7 1 5 2 6 3 4 9

8 6

2 - Alto está, alto mora, todos o vêem, ninguém o adora.

Sudoku:

A freirinha chega no convento toda nervosa e vai directo falar com a madre superiora. - Madre, o que eu faço? Como ficam meus votos? - O que aconteceu minha filha? Calma. - Eu estava voltando para o convento e um homem me atacou. - Oh minha filha. Vá até à cozinha e chupe um limão. - Madre, isto vai evitar que eu fique grávida? - Não minha filha, mas vai tirar este sorriso estúpido da sua cara!

7 3 2 9 5 4 8 6 1

3 9 5 8 7 3 1

2 7

9 4

1 - Por detrás de um muro branco, há uma flor amarela, que se pode apresentar ao próprio rei de Castela.

6 9 8 2 1 3 5 7 4

6

9 5 8 2 2

3

4 1 5 6 8 7 9 2 3

5 1

4 9

7

2 6 7 3 9 1 4 5 8

4 7

4

SOLUÇÕES

ANEDOTA

1 5 3 8 4 2 7 9 6

1

ADIVINHAS

9 8 4 7 6 5 1 3 2

Preencha usando os números de 1 a 9. Grau de dificuldade: Fácil

Previsão Semanal

Aquário 21/1 a 19/2

Carta Dominante: 8 de Ouros, que significa Esforço Pessoal. Amor: Uma relação passada e que julgava já estar esquecida poderá novamente invadir o seu coração. Saúde: Seja mais seletivo com a sua alimentação. Dinheiro: Período favorável. Números da Sorte: 8, 17, 22, 39, 44, 48. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 41

Gémeos 22/5 a 21/6 Carta Dominante: A Força, que significa Força, Domínio. Amor: Não se deixe influenciar por terceiros, poderá sair prejudicado. Saúde: Cuidado com os seus ouvidos. Dinheiro: Não se precipite e pense bem antes de investir as suas economias. Números da Sorte: 9, 16, 22, 27, 33, 45. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 33

Balança 24/9 a 22/10

Carta Dominante: O Mágico = Habilidade. Amor: Momento em que estará confiante e, por isso, encontrará um clima de equilíbrio nas suas relações. Saúde: Possíveis problemas no sistema nervoso poderão surgir. Dinheiro: Aposte na projeção profissional e poderá alcançar os seus objetivos. Números da Sorte: 9, 14, 20, 33, 39, 49. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 37

Peixes 20/2 a 20/3 Carta Dominante: 6 de Paus, que significa Ganho. Amor: Notará um afastamento da pessoa amada, mas não é nada alarmante. Saúde: Muito favorável, aproveite e pratique exercício físico. Dinheiro: O seu esforço a nível de trabalho será recompensado. Números da Sorte: 3, 7, 11, 15, 29, 47 Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 42

Caranguejo 22/6 a 23/7 Carta Dominante: O Diabo, que significa Energias Negativas. Amor: O ambiente familiar encontra-se bom, aproveite a boa disposição que vos rodeia. Saúde: Andará um pouco em baixo, faça ginástica. Dinheiro: Se pretende comprar casa, esta é uma boa altura. Números da Sorte: 2, 14, 17, 39, 42, 48. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 34

Escorpião 23/10 a 22/11

Carta Dominante: A Temperança, que significa Equilíbrio. Amor: Não sofra por antecipação! O que tiver de ser, será! Saúde: Descanse, olhe pela sua saúde. Dinheiro: Não gaste mais do que pode. Números da Sorte: 11, 25, 27, 33, 45, 46. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 38

Carneiro 21/3 a 20/4

Carta Dominante: 7 de Copas, que significa Sonhos Premonitórios. Amor: Estará muito sensível. Levará a mal certas coisas que lhe digam. Saúde: Imponha um pouco mais de disciplina alimentar a si próprio. Dinheiro: Tendência para gastos excessivos. Números da Sorte: 4, 17, 25, 33, 2, 23 Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 31

Leão 24/7 a 23/8 Carta Dominante: Rainha de Espadas, que significa Melancolia, Separação. Amor: A amizade dos seus amigos estará agora muito evidenciada. Saúde: Possíveis problemas de intestinos. Dinheiro: Não seja pessimista e lute por atingir todos os seus objetivos. Números da Sorte: 7, 19, 25, 27, 39, 41. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 35

Sagitário 23/11 a 21/12 Carta Dominante: 9 de Copas, que significa Vitória. Amor: Não desespere, porque quando menos se espera surgirá o romance na sua vida. Saúde: Está neste momento a passar um período de bem-estar físico e espiritual. Dinheiro: Nem sempre a vida nos corre bem, esteja atento. Números da Sorte: 20, 30, 40, 47, 48, 49. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 39

Touro 21/4 a 21/5 Carta Dominante: O Sol, que significa Glória, Honra. Amor: Este é um bom período para conquistas, use e abuse do seu charme. Saúde: Andará com o aparelho respiratório fragilizado, seja prudente. Dinheiro: Poderá sofrer uma mudança repentina no seu trabalho, esteja atento. Números da Sorte: 1, 6, 11, 19, 22, 30 Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 32

Virgem 24/8 a 23/9 Carta Dominante: 10 de Copas, que significa Felicidade. Amor: Não dê demasiada confiança a quem não conhece. Saúde: O cansaço e o stress não são nada benéficos para a sua saúde física e mental. Dinheiro: Tudo estará equilibrado. Números da Sorte: 1, 4, 6, 17, 22, 29. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 36

Capricórnio 22/12 a 20/1 Carta Dominante: 9 de Espadas, que significa Mau Pressentimento, Angústia. Amor: Para os que não tiverem par, há a possibilidade de se apaixonarem. Saúde: Cuidado com a alimentação desequilibrada e os esforços excessivos. Dinheiro: Será ajudado na sua profissão. Números da Sorte: 2, 5, 22, 27, 29, 38. Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 40


· 22· Opinião

Povo da Beira

Diretor João Tavares Conceição Redação: (povodabeira@gmail.com) Coordenação: Cristina Valente (CP2370) Jaime Pires (CP4484) José Manuel R. Alves (CP8361) Tiago Carvalho (CO1015) Colaborador Permanente: Paulo Jorge Marques Colaboradores: Álvaro Baptista Ana Paula Atanásio Ângela Gonçalves Armando Soares Carlos Vale César Amaro Clementina Leite Cristina Granada Eduardo Bastos Fernando Jorge Filipe Antunes Guilherme Almeida João Carlos Nunes Luís Malato Mário Marinho Nuno Figuinha Patrícia André Pedro Pitté Ricardo Portugal Sónia Carreira Vanessa Cruz Conceção gráfica: Cristina Levita Martins (paginacaopbeira@gmail. com) Publicidade: Gustavo Teixeira (publicidadepbeira@gmail. com) José Carlos Marques (publicidadepovodabeira@ gmail.com) Secretária de Administração: Florinda Cruz (secretariapovodabeira@ gmail.com) Sede: Press Ibérica Comunicação Social, Lda Av. Gen. Humb. Delgado, Lote 58 - 1º andar 6000-081 CASTELO BRANCO NIF: 506 583 023 Tel: 272 324 432 Fax: 272 327 732 Impressão: Coraze - Oliveira de Azeméis Telf.: 910252676 / 910253116 / 914602969 geral@coraze.com Registo no ICS: 117 501 Depósito Legal: 74145/94 Empresa Jornalística: 218 326 Tiragem Semanal: 10.000 exemplares Distribuição gratuita Este jornal escreve segundo o novo Acordo Ortográfico Todos os artigos de opinião e assinados pelos respetivos autores, são da sua inteira responsabilidade não podendo em circunstância alguma o Povo da Beira ser responsabilizado pelo conteúdo dos mesmos. Reservamo-nos no direito de não publicar, caso os artigos enviados não respeitem a legislação em vigor e o Estatuto Editorial do jornal.

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

A

o falar da temática de marcas e patentes temos, necessariamente, de começar por abordar o conceito de "Propriedade Industrial”. Este diz respeito a um conjunto de direitos sobre aspetos imateriais desenvolvidos pela empresa, entre os quais podemos destacar, as patentes de invenção, as marcas, os desenhos, entre outras modalidades. As empresas que lançam no mercado um produto ou serviço devem cuidar da sua proteção, salvaguardando a usurpação ou utilização abusiva, por terceiros. O conceito marca, remete-nos para a existência de um sinal que possibilita a identificação, no mercado, de produtos ou de serviços com origem numa dada empresa, permitindo efetuar a distinção entre esses e outros produtos disponíveis no mercado. Com o principal propósito de proteger os produtos ou serviços, poderá proceder-se ao registo da marca e, em consequência desse ato, o titular da marca passa a usufruir do exclusivo da mesma, razão

pela qual, do ponto de vista legal, pode impedir que outras pessoas utilizem, sem a sua permissão, sinal igual ou idêntico, em produtos de características também elas semelhantes. Assim uma das grandes vantagens do registo das marcas é a proteção contra utilizações indevidas como é o caso, por exemplo, dos produtos que são imitações da marca original. As marcas podem assumir múltiplas formas, motivo pela qual é possível proceder à sua categorização em: nominativas, figurativas, mistas, sonoras, tridimensionais, compostas por slogans e, ainda, as marcas coletivas. As marcas nominativas são constituídas por elementos verbais (palavras, nomes de pessoas/objetos, letras) ou por números. As figurativas correspondem àquelas que são compostas por elementos figurativos (e. g. ilustrações, desenhos, imagens ou figuras). Da combinação dos dois tipos de marcas referidos anteriormente resultam as marcas mistas que recorrem à utilização simultânea de elementos verbais e figurati-

Um prato que fizemos recentemente na Ásia e que teve um enorme sucesso.

• 2 Chávenas (chá) de arroz • 2 Dentes de alho • 1 Tomate • Azeite, louro e pimenta q.b.

Para o molho: • Uma gema • 2 Colheres (sobremesa) de farinha • 1 Colher (sobremesa) de manteiga • 1/5dl. de leite e uma pitada de sal

Horários Semanais do Expresso

8h00 8h42 10h06 13h00 14h42 15h51 18h36

11h45 11h31 12h53 16h45 17h31 18h38 21h23

terceiros o façam sem terem por base a sua aprovação. Com efeito, uma invenção, a novidade na produção, disponibilização e comercialização de um produto ou serviço inovador pode e deve ser protegida através do registo da patente. Podemos referir-nos a dois tipos de patentes: as patentes de invenção, correspondentes a avanços técnicos que combinam atividade inventiva e a posterior aplicação industrial, o modelo de utilidade, referente a uma nova forma de uso prático, com aplicação a nível industrial, que corresponde a uma melhoria funcional de produto/processo já existente. Importa referir que durante o ano de 2012, em Portugal, foram pedidos cerca de 450 desenhos ou modelos e 350 patentes nacionais ou conversão de pedidos provisórios em pedidos nacionais. A nível

comunitário houve cerca de 250.000 pedidos nesse mesmo ano. No caso dos pedidos de patentes, cerca de 41% feitos por inventores individuais, 40% por empresas e 18% por universidades. Nos mercados atuais, cada vez mais globais e competitivos, devemos equacionar, a utilização de marcas e patentes como instrumento competitivo que não deve ser, de forma alguma, descurado. São estes registos que permitem assegurar os direitos da empresa sobre os seus investimentos em processos, produtos e serviços, na tentativa de obter vantagens competitivas sobre os concorrentes e permitindo a sua afirmação pela diferença! As empresas podem contar com a Associação Empresarial da Região de Castelo Branco [NERCAB] como o parceiro privilegiado para explorar estes mecanismos.

Arroz de ostras com molho amarelo Abrem-se as ostras, aproveitando-se a água, que se coa. Faz-se um refogado com a cebola picada, o azeite, o louro, o tomate, o alho e a pimenta. Quando a cebola estiver loura, misturam-se as ostras e deixam-se refogar um pouco. Junta-se o arroz e a água das ostras e ainda a que se julgar necessária para cozer o arroz. Entretanto prepare o molho, desfazendo uma gema num tacho, à qual se junta a farinha, a manteiga e o leite, tempera-se com sal, mexe-se tudo muito bem com uma colher para ligar, levando-se depois a lume brando para engrossar um pouco. Nota: Se gostar pode juntar ervilhas.

• 1 Cebola

Chegada 8h30

vos. As marcas sonoras, tal como a própria designação sugere, são compostas por sons. As tridimensionais dizem respeito às questões de estrutura e de forma, que é dada do produto ou ao invólucro/embalagem que o envolve, sendo este o aspeto que irá funcionar como aspeto distintivo da marca em relação às demais. Existem ainda as marcas compostas por slogans que se apresentam sob o mote de determinada frase publicitária. Por fim, elencamos as marcas coletivas (de associação ou de certificação), e que conferem também ao respetivo titular o direito de regular a comercialização dos produtos. Muitas vezes, associado ao conceito de marca surge o de patente. Uma patente é, por definição, um direito exclusivo, atribuído ao titular da mesma, de explorar os resultados da atividade inventiva e, ao mesmo tempo, impedir que

Modo de preparação:

• 3kg de ostras (peso com casca)

Partida 5h00

POR CONCEIÇÃO CARVALHO - Diretora Adjunta do NERCAB

POR MÁRIO MARINHO - chef

Ingredientes:

CASTELO BRANCO LISBOA

A Importância das Marcas e Patentes nas Empresas

LISBOA CASTELO BRANCO Partida 8h00

Chegada 10h47

9h50 13h00 14h00 16h30 17h15 18h45 19h00

12h20 16h35 16h30 19h19 20h50 21h25 22h35

PUB


Opinião · 23·

Edição 1008 • 2 de julho de 2013 • Povo da Beira

O encerramento da Estação de S. Tiago e a imprensa

Com greves ou sem greves POR CÉSAR AMARO *

* Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o Novo Acordo Ortográfico

S

egundo a Constituição da República Portuguesa, a Greve é um direito que cada Cidadão poderá exercer, como instrumento na defesa do seu descontentamento. Contudo, dá a ideia de que, qualquer dia, para fazer greve, será lançado antecipadamente, um concurso público. Todavia, não causaria grande espanto, na medida em que, a todo o momento, surgem coisas novas. Seria mais uma. Contudo, no contexto das greves, será oportuno perguntar-se: Com a Greve “Geral” do passado dia 27 de Junho, quais foram os benefícios alcançados, para a maioria do Povo Português, que a cada dia que passa vê as suas dificuldades de vivência a aumentar? Haverá com certeza uma referência; O Cidadão comum ficou mais aliviado (teoricamente) porque exerceu o seu direito à greve, mesmo sabendo que ficou mais prejudicado nos seus objetivos. Será porventura mais uma vitória moral que foi alcançada. A verdade é que, com greve ou sem greve, o Governo, que é perito em desgovernação, não se sentiu afetado. Continua a impor austeridade quanto baste. Para o Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho, e para o Ministro das Finanças Vítor Gaspar, os chamados donos de Portugal, e os “carrascos” da maioria do Povo sofredor, pouco lhes importa as dificuldades ou as agruras da vida porque estão a passar. O Execu-

POR CARLOS VALE * tivo fez a avaliação, à sua maneira, dos dois anos de gestão governativa (?).E até foram para o Mosteiro de Alcobaça, quiçá, para se sentirem mais protegidos dos seus “pecados”. Divulgaram publicamente que o País se encontra no bom caminho, para Eles como é óbvio. O MF Vítor Gaspar, com o seu sorriso traiçoeiro, diz que a receita até aumentou em mais de 30%, em sede de IRS, comparado com o período análogo, enquanto o IRC diminuiu cerca de 9%. Apesar de todo este aparato balofo, a despesa do Estado aumentou significativamente. O défice no primeiro trimestre do corrente ano atingiu os 10,6%, ou seja, o dobro dos valores previstos. Não obstante, o PM Pedro Passos Coelho vem logo a dizer que não há problema, porque os 5,5% que foram prometidos aos patrões da Troika são alcançáveis. Curiosamente o Presidente da República Aníbal Cavaco Silva também acredita neste milagre. Estamos num País das mil maravilhas, à beira-mar plantado. Pouco importa que o desemprego continue a disparar com números estonteantes, ou que o crescimento e a Economia do País continuem a definhar. Mas tudo vai correndo - de vento- em- popa - enquanto se continuar a sacrificar o Povo, com o aumento dos impostos. Aliás, o PM já afirmou que não vai haver baixa nos impostos, bem como com o incumprimento dos deveres So-

ciais adquiridos, caso dos Pensionistas e Reformados, aos quais foi negado o pagamento do Subsídio de Férias, em tempo devido, conforme estava acordado pelo Tribunal Constitucional. Mas nada de preocupante para o Governo. Quando o Estado não tiver dinheiro, pede mais uns milhões de euros ao Exterior. Não importa porque alguém há-de pagar. Portugal está dividido em duas plataformas distintas: Uma que compõe os Ricos, que até aumentaram 3,5%; A outra a dos Pobres, onde estão incluídos os menos atingidos, pela austeridade, a que se poderá chamar os “pobretes/alegretes” e os restantes em situação de miséria e desespero. Acontece porém, que as coisas vão rolando. Não esqueçamos que o Povo Português é um Povo lutador e nunca vira a cara à luta. Veja-se que há festas e romarias por tudo quanto é sítio; eventos numa espécie de rifas, onde se vai sacando dinheiro ao povo, através das chamadas telefónicas (0,60€+IVA), na mira que vai sair um prémio chorudo, e por fim o futebol de alta competição, onde o fenómeno “máfia” dos chamados grandes, poderá eventualmente, contribuir para a destabilização financeira do País, tal como já aconteceu com algumas entidades bancárias bem conhecidas, e que o Povo está a pagar. Vamos esperando como dizem os cegos. A situação há-de melhorar um dia….!

N

a quinta-feira, 27 de Junho, sem qualquer aviso prévio, administração dos CTT procedeu ao encerramento da Estação de S. Tiago, o que causou enorme transtorno às centenas de pessoas que foram apanhadas de surpresa ao darem com a cara na porta fechada, pese embora, já há algum tempo constasse que estava decidido. Naturalmente, o grande transtorno, vai ser mais evidente nos dias que se vão seguir, quando os residentes desta zona tiverem que se deslocar à Estação dos CTT da Sé e depararem com as instalações apinhadas de clientes a passarem longos tempos de espera, que serão ainda mais longos, já que se vão juntar aos clientes habituais, formando extensas e irritantes filas, o que já acontecia em qualquer das estações. A Comissão Concelhia de Castelo Branco do PCP, sabendo da certeza do encerramento, enviou aos órgãos de informação um comunicado a denunciar a extrema gravidade da decisão, desenvolvendo um razoável e pertinente número de considerações relevantes para a análise da grave situação criada. Que a Estação de S. Tiago fica situada numa vasta zona habitacional, constituindo o maior núcleo populacional da cidade. Que tem o maior número de instalações de ensino, pré-escolar, básico, secundário e superior. Infantários. Hospital Amato Lusitano, que é a maior empresa do Concelho. Um Posto Médico. Unidades

privadas de saúde. Várias instalações hoteleiras, estruturas comerciais e industriais, repartições públicas, seguradoras e bancos. Mais ainda, é nesta zona que se situam os quarteis dos Bombeiros, GNR e da PSP. Com estes dados, e não são todos, está plenamente justificado o elevado número de pessoas que diariamente utilizavam esta Estação. Como justificadas estão as apreensões das pessoas. Na conferência de imprensa da CDU de apresentação dos candidatos autárquicos à Câmara e Assembleia Municipal, tanto o candidato à Câmara, João Pedro Delgado, como a candidata à Assembleia, Ana Maria Leitão, em tom calmo e bastante cordial, lamentaram o esquecimento a que foram votados pelos órgãos da comunicação social locais, tanto o comunicado do PCP sobre o encerramento da Estação de S. Tiago, como outro que a CDU enviara antes, sobre as Infelizes declarações eleitoralistas, abusivas e ilegais, realizadas pelos responsáveis autárquicos numa iniciativa oficial do Município. De facto, em ambos os casos, os comunicados do PCP e da CDU, ou não foram publicados, ou foram simplesmente relegados para as páginas interiores sem qualquer destaque. Não é caso virgem, e até se repete com estranha regularidade. Na minha modesta opinião, também de muitas outras vozes que me chegaram, sobre os casos referidos nos comunicados, que pela ex-

trema complexidade e importância que representam para as populações e para os seus direitos, mereciam um tratamento muito mais destacado e desenvolvido na imprensa local. Ouso até ir mais longe, fosse outra a origem dos comunicados e o tratamento dos conteúdos teria sido outro… Foi só o PCP ou a CDU a saber das matérias em causa? Claro que não. Há quem saiba, mas tem telhados de vidro. Ou seja, têm responsabilidades em ambas as situações. Nos CTT, porque o processo de privatização vem sendo preparado há longo tempo, desde 2000, pelos mesmos do costume (PSD/CDS/PS), para depois entregarem uma empresa que nunca deu prejuízos ao capital financeiro, dando um golpe profundo num serviço que sempre foi um exemplo de coesão social e territorial. Por isso, souberam e calaram… Porquê? Como a imprensa local não tratou nem desenvolveu o assunto, é caso para perguntar, sabia ou não do encerramento da Estação de S. Tiago? Outra pergunta se justifica, qual a razão para não publicarem o comunicado do PCP? O outro caso é mais um exemplo grosseiro de aproveitamento eleitoralista e partidário numa iniciativa oficial do Município, uma prática useira e vezeira do executivo PS, diga-se, a todos títulos condenável. Assim, espera-se um tratamento jornalístico exemplar e igual para todos, como deve ser em democracia.

PUB

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA GERAL DO LAR MAJOR RATO Nos termos dos n°s 1 e 2 do Art° 27° dos Estatutos, convoco a Assembleia Geral Extraordinária do LAR MAJOR RATO a reunir em primeira convocação no dia 18 de Julho de 2013, peias 20:00 horas, na sede desta Instituição em Alcains. Caso não se encontre presente metade dos associados abrangidos pelas disposições estatutárias, convoco a mesma Assembleia a reunir em segunda convocação, pelas 21H00 na mesma data e loca!, podendo então deliberar com qualquer número de associados a seguinte Ordem de Trabalhos: 1 - Informações da Direção; 2 - Discussão e aprovação da celebração de um acordo de cedência de gestão e comodato com o INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I. P. relativamente ao Estabelecimento Integrado de Alcains, comummente denominado por "Centro Infantil de Alcains", situado na Rua João de Deus, Código Postal: 6005-064 Alcains, freguesia de Alcains,

concelho e distrito de Castelo Branco; 3 - Concessão de poderes à Direção da Associação para negociar os termos do acordo a celebrar com o INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. aprovar os seus termos concretos e proceder à sua assinatura; 4 - Apreciar e/ou votar outros assuntos apresentados pela Direcção ou peia Assembleia. Nota: Qualquer associado poderá consultar ou obter cópia junto da Secretaria dos documentos remetidos à Associação pelo INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P., referentes ao ponto 2 da ordem de trabalhos. Alcains, 26 de Junho de 2013 O PRESIDENTE DA MESA DA ASSEMBLEIA GERAL (Florentino Vicente Beirão)


· 24· Última

Povo da Beira • 2 de julho de 2013 • Edição 1008

Assembleia Municipal de Castelo Branco

Autárquicas 2013 / CDS

CDS quer solução para famílias que viviam no Bairro do Grilo Arminda Tavares Candidata à Câmara do Fundão POR TIAGO CARVALHO A demolição do Bairro do Grilo, onde chegaram a residir cerca de 40 famílias de etnia cigana, numa operação conduzida pela Câmara de Castelo Branco no mês passado, foi ontem questionada por João Salavessa, deputado municipal do CDS-PP. “O que pensa a Câmara fazer para integrar as famílias de etnia cigana que viviam nesse bairro?”, questionou João Salavessa, observando que a comunidade que ali morava ilegalmente ocupa agora, alegadamente, um terreno junto ao canil de Castelo Branco. Na resposta, o presidente do município, Joaquim Morão, começou por recordar que há alguns anos a autarquia “fez um esforço enorme para resolver a situação” das duas comunidades ciganas que então existiam na cidade: “Custou ao erário público PUB

Após a demolição em junho, ficou o descampado

bastante dinheiro. Destrui-se as barracas, e indemnizou-se e realojou-se as pessoas”. “Agora”, continuou Morão, “não estamos mais disponíveis para realojar quem se instala ilegalmente na cidade”. O autarca referiu, porém, que a Câmara poderá ceder temporariamente um terreno, caso seja necessário à resolução da situação. O Bairro do Grilo foi demolido no dia 15 de junho, numa operação conjunta que envolveu a Câmara de Castelo Branco e a PSP e respetivo corpo de

intervenção. Encontrava-se degradado e era constituído por cerca de 35 casas. O espaço situava-se no Bairro das Ribeiro das Perdizes e era motivo de inquietação para a população residente na zona, onde está localizada a sede do Agrupamento de Escolas Cidade de Castelo Branco. Para demolir o Bairro do Grilo, a Câmara de Castelo Branco teve primeiro de proceder “à compra do terreno”, explicou Joaquim Morão, que durante a Assembleia Municipal projetou um vídeo sobre a intervenção naquele local.

Inicialmente arrendado pelo seu proprietário, a determinada altura o bairro foi ocupado por famílias de etnia cigana, que deixaram de pagar renda e criaram um antro de “promiscuidade”, afirmou o autarca de Castelo Branco. Nesta Assembleia Municipal foi ainda aprovada por unanimidade uma moção da CDU contra o encerramento da estação dos CTT de Santiago, e aprovada por maioria (votos contra das bancadas do PSD e CDS-PP) uma outra moção da CDU de “apoio à luta dos professores”. ■

A concelhia do Fundão aprovou domingo, "por unanimidade e aclamação" a candidatura de Arminda Tavares à câmara do Fundão nas próximas eleições autárquicas. Arminda Fortes Santos de Carvalho Tavares, de 53 anos, vive nas Donas, é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e em Direito pela Universidade Autónoma de Lisboa e, desde 2009, que exerce as funções de chefe da Delegação Aduaneira da Covilhã, que

detém jurisdição no distrito de Castelo Branco e alguns concelhos dos distritos da Guarda e Coimbra. Arminda Tavares foi ainda durante vinte anos inspetora na Policia Judiciária, em Lisboa, onde investigou os crimes contra a honra, crimes sexuais, abuso de liberdade de imprensa e crimes económico-financeiros. Desde 2001 que é técnica superior na ex- Direção Geral das Alfândegas e Impostos Especiais Sobre o consumo, desde 2012, Autoridade Tributária Aduaneira. ■

Edição 1008  

2 de julho 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you