Page 1

Potiguar Capa:2.qxd 16/11/2012 20:56 Page 2

Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

www.potiguarnoticias.com.br

Ano 12 - número 451- R$ 1.50

POTIGUAR NOTÍCIAS

Fator Garibaldi pode decidir 2014 Tinha um cajueiro no meio do caminho ››

Página 3

FOTO: JOUSE AZEVEDO

Reportagem da jornalista Jouse Azevedo investiga o conflito entre o Cajueiro de Pirangi e a mobilidade urbana, na contradição entre trânsito, urbanismo e turismo.

››

RN

MUNICÍPIOS NESTA EDIÇÃO Ex-prefeito

condenado em Rio do Fogo

Natal Extremoz Macaíba Areia Branca São Gonçalo Guamaré

››

Municípios. Pág. 2

Ivanete Ribeiro é a entrevistada da semana A professora se destacou como a primeira presidente do Conselho Tutelar de Macaíba.

››

Texto do dep. Jean Wyllis sobre preconceito e amor às cabras

››

Pág 7

Mineiro: “Os institutos de pesquisas têm práticas escandalosas”

Tulio Paiva foi condenado por apropriação indevida de recursos federais.

e outros

Cefas Carvalho

Capa Parnamirim

››

Mun. Página 6

Pinto Júnior

Evandro Borges

Valério Mesquita

Prefeito de Baía Formosa entra na Justiça contra o governo do Estado

Os desafios dos municípios e a gestão democrática

Macaíba está se transformando num obituário de omissões

›› Página 5

›› Mun. Pág. 3

›› Página 2

Página 4

João Bezerra

Novembro generoso: mais um feriado em Natal, dia 21

›› Econ. Pág. 2

Claudino Leite

Reforma Protestante é celebrada por evangélicos

›› Mun. Página 8


Potiguar 2:2.qxd 16/11/2012 20:57 Page 2

PÁGINA 2

OPINIÃO

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

ARTIGOS

OBITUÁRIO DE OMISSÕES Valério Mesquita

Presidente do TCE/RN e escritor

É no que Macaíba está se transformando. Sinto-me como prisioneiro de mãos atadas, apenas, conduzindo lembranças. A linguagem que eu falo é somente de epílogos. Estive lá semana passada e não vi mais as esquinas, as ruas estreitas do centro repletas de segredos, sentimentos, vultos amigos, antigos, furtivos, que as curvas do tempo encobriram. Ninguém vê mais a lâmina d’água do rio Jundiaí no qual navegou Severo, Auta, Alberto, os Castriciano na lancha de mestre Antônio. Uma espessa floresta cobre o leito – e de luto morrem as recordações dos antepassados. A ponte de sessenta anos nunca mais viu uma embarcação, cansada de ser todo dia atropelada. Ali, no antigo cais do porto, nunca mais surgiu enorme, carregada de mistérios, a lua cheia que nascia e planava em cima do Solar do Ferreiro Torto.

SOBRE A BIENAL Vicente Vitoriano

As seguintes anotações são absolutamente parciais e fazem generalizações Artista plástico e talvez indevidas, pois vi apenas obras professor em dois dos três andares do pavilhão da XXX Bienal de São Paulo, sem contar que vi obras de dois pintores, no MASP, entre as diversas mostras espalhadas em vários pontos da cidade. Pedidas as desculpas, começo por apresentar um conceito que, para mim, perpassa o que vi: insuficiência. À parte a sempre extraordinária montagem, a exposição não correspondeu à minha ansiedade por ver coisas realmente capazes de, pelo menos, provocar questionamentos específicos que ultrapassassem os limites do puramente estético. Neste sentido, a insuficiência beirou o vazio, o mesmo que

SENHORA MINHA MÃE Carpinejar

Escritor

Ouvi meu amigo Manoel Soares conversando com sua mãe. — Sim, Senhora — Não, Senhora Aquilo me arrepiou. Não me emociono quando um filho chama sua mãe de mãezinha, mainha, mamãe. Eu me comovo quando um filho chama sua mãe de Senhora. Não importa que ele esteja apressa-

A cidade de Macaíba hoje é uma fotografia ampliada dez vezes, cuja memória social, política, cultural, virou destroço. Um profundo baú de ossos. Somente a retina e o amor telúrico, sensitivo, de alguns macaibenses conseguem reconstruir, aqui e acolá, a passarela da sua história. Vista do alto, comprova-se que a chaminé das constantes migrações aumentou a população, os veículos, o barulho, a droga, o homicídio, acabou a paz pastoral dos verdadeiros habitantes. Macaíba se abre fácil para os que chegam de perto e da distância. Até motivo de pesquisa e estatística de uma televisão ela e Parnamirim foram notícias recentemente. O fato serve de alerta para que a juventude nativa não deixe que apaguem as luzes. As luzes e as vozes dos que construíram no passado, o seu futuro e o seu espírito. Que não deixe que padeça nem desapareça o sentimento de macaibanidade. Evitem o obituário de esquecimentos!! É preciso plantar esperanças onde seja possível colher. A geração nova de macaibenses deve exigir oportunidades de trabalho, educação, saúde, segurança sem olvidar o patrimônio cultural de sua terra que já integra a história do Rio Grande do Norte. Que os migrantes e neo-macaibenses no exercício constante de ir e vir não recusem o gesto de amor a cidade. Que venham e que cheguem co-

mo quem ama uma flor recém descoberta. Que não entendam Macaíba como prolongamento de Natal devorada pelo capitalismo econômico. Imponham os limites: dunas brancas, o rio, mesmo sem a lâmina límpida de suas águas, a própria história de Macaíba, única e indivisível. A geografia dos limites entre as cidades não pode ser indecisa. Cada uma tem a sua dor e a sua canção. O esquecimento deliberado do poder público estadual em restaurar o Empório dos Guarapes é o maior crime perpetrado contra a história do comércio do Rio Grande do Norte. Nas décadas de 1860 a 1880, em termos de comércio de importação e exportação, Macaíba foi o maior do estado. Essa época de apogeu está sendo apagada da história porque o projeto de restauração dorme em algum birô do Centro Administrativo. A área foi desapropriada pelo governo, paga, tombada por decreto oficial, o projeto técnico concluído, prometida a execução, mas o recurso permanece no obituário da omissão. Na matriz de Nossa Senhora da Conceição, dia 27 de outubro passado, aniversário de Macaíba foi celebrada missa de dez anos de esquecimento. Fabrício Gomes Pedroza estava presente. Se Lampião tivesse subido o monte dos Guarapes, numa chuva de balas, talvez o Guarapes já tivesse sido restaurado.

foi mote para a mostra de 1988. Creio necessário fazer uma vírgula – ainda como desculpa, para o fato de que minha visita, além de incompleta, foi muito fugaz. Isto, realmente, impede o exercício da “viagem” para os interstícios das obras e, com ela, apreender algo que, como dito, vá além do estético. Por outro lado, não estou considerando as dimensões em geral extra artísticas imbuídas nas obras, particularmente aquelas de caráter político. Pensando em termos de tendências ou de “iminências das poéticas”, tema desta Bienal, notei uma presença muito significativa de meios tradicionais ligados, particularmente, ao desenho. Este é mostrado por meio de recursos que vão desde ligeiros rabiscos a grafite, outros a pincel, minúsculas aquarelas, até aos bordados e tapeçarias. Leia “rabiscos” no sentido estritamente pejorativo do termo, o que vale para os do francês Fernand Deligny, respeitado pelo seu radicalismo artístico e engajamento em projetos literalmente assistenciais. O mesmo não se pode dizer dos trabalhos em bordado da americana Elaine Reichek, refinadas criações pessoais e recriações de obras famosas – como o

“Baco e Ariadne”, de Ticiano, em bordados ora nitidamente artesanais, ora aparentemente programados em computador. Este trabalho e outros feitos com linha parecem dirigir o observador para a grande (e confusa) exposição de Artur Bispo do Rosário, principal estrela nacional da mostra. No entanto, a pequena, mas riquíssima, mostra de Waldemar Cordeiro amplia qualitativamente a presença brasileira, apontando para um viés histórico, de certo modo evitado pela curadoria do curador Luiz Pérez-Oramas. Notei, também, uma tímida incidência das instalações “penetráveis” ou de caráter cenográfico-ambiental. Estas se mostraram reduzidas, às vezes quase à assemblage, embora sejam vistas obras, digamos, gigantes como a do brasileiro Thiago Rocha Pitta – um grande monte de terra vermelha em que o artista incrustou cortinas escultóricas. Os vídeos, infelizmente os menos vistos, também eram poucos em relação à ultima Bienal que vi (em 2004), o mesmo ocorrendo em relação à pintura, do que destacaram-se, para mim, os trabalhos da brasileira Lucia Laguna e do francês Bernard Frize, ambos muito “modernistas”.

do, paciente, psicótico, nervoso, aflito, carente: chamará de Senhora em qualquer hora. Dirigir a palavra para mãe como Senhora pode sugerir distanciamento, formalidade, solenidade. Pode indicar uma relação de frieza e ausência de diálogo. Por que não o nome? Um apelido? Ou simplesmente mãe? Não vejo assim. É mais do que respeito: é reverência. É mais do que intimidade: é cuidado. Senhora é um “com licença” e “eu te amo” misturados. É segurar o braço para atravessar a rua e as palavras. Senhora é uma demonstração de afeto, uma homenagem às lições do passa-

do, prova que fomos bem educados. Quem usa nunca levantará a voz para a mãe. Nunca vai desrespeitar os mais velhos. Só filhos muito chegados e próximos chamam a mãe de Senhora. Preservam a influência maternal dentro de casa. Obedecem à sua opinião. Confiam nos seus conselhos. Mãe que é senhora nunca termina abandonada num asilo. Mãe que é senhora pede para falar e a família escuta com silêncio. Senhora é dizer para a mãe que ela é muito importante. Que ela é insubstituível. Que ela nunca será dispensada. Obrigado, senhora minha mãe.

DESTAQUES da semana Música

Caetano, Gil e Ivete vencem Grammy latino O disco "Especial Ivete, Gil e Caetano" venceu o prêmio de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira na quinta-feira, 16, na 13ª edição do Grammy Latino.

Cinema

Filme sobre Gonzagão já foi visto por 1 milhão O filme 'Gonzaga - De Pai Pra Filho' ultrapassou a marca de 1 milhão de espectadores nos cinemas brasileiros. O longa atingiu o número com apenas três semanas de exibição nas salas do país.

Futebol

Gremistas perdem e agridem árbitros Os jogadores do Grêmio provocaram confusão com a eliminação na SulAmericana. O time gaúcho levou 3 a 1,em Bogotá, na Colombia e está fora da competição. O árbitro Carlos Vergara foi intimidado pelos gremistas.

Justiça

Maluf condenado em Jersey por desviar dinheiro A Corte Real da ilha de Jersey, paraíso fiscal britânico, decidiu na sexta (16) que o deputado Paulo Maluf (PP-SP) é culpado pelo desvio de US$ 22 milhões, que ocorreu quando foi prefeito de São Paulo, entre 1993 e 1996.

Transportes

Bilhete único mensal será desafio em SP Anunciado como o novo secretário de Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto (PT-SP) diz que implantar o Bilhete Único Mensal, avaliado em R$ 400 milhões, será um grande desafio.


Potiguar 3:2.qxd 16/11/2012 21:08 Page 2

PÁGINA 3

POLÍTICA

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

O fator Garibaldi pode ser decisivo na eleição de 2014 JOSÉ PINTO JUNIOR O senador e ministro Garibaldi Filho (PMDB) pede para mudar de assunto quando lideranças locais sugerem sua candidatura em 2014 ao Governo do Estado. Fala no nome de Henrique Alves e imediatamente lembra que o desejo do primo é presidir a Câmara Federal. Garibaldi tenta empurrar com a barriga um desejo da base do partido. Neste quesito, o PMDB tem experiência, pois empurrou com a barriga a candidatura do partido por vinte anos à prefeitura do Natal. Em 2008 chegou a lançar Hermano Morais e, em seguida, abortou o projeto que só veio se concretizar este ano, levando o deputado Hermano Morais para o segundo turno. O partido dos Alves pode ocupar mais espaços no governo Rosalba, mas este governo não apresenta grandes perspectivas de vencer a eleição em 2014. Ademais, a inimiga número um de Garibaldi Filho, Wilma de Faria (PSB), pode ser a candidata de oposição. Daí a preocupação de Garibaldi. O que antes nem cogitava, agora já considera romper com o DEM. Então, sugere que no próximo ano Henrique Alves, na condição de presidente estadual da legenda, analise a possibilidade de candidatura majoritária

redacao@potiguarnoticias.com.br

Joaquim Barbosa

Senador licenciado e ministro Garibaldi Alves Filho poderá ser o fiel da balança em 2014

O relator do processo do Mensalão, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, está em Natal. Ele, que assumirá a presidência do STF ainda neste mês de novembro, desembarcou na capital potiguar na quinta-feira (15) sob forte esquema de segurança. Além de aproveitar as belezas naturais e o Sol de Natal, Joaquim Barbosa será padrinho de casamento de uma médica potiguar radicada em São Paulo. A cerimônia foi realizada na tarde da sexta-feira (16), em uma cervejaria na Via Costeira, área onde estão localizados os melhores hotéis da cidade. do PMDB em 2014. Ser á mesmo Henrique? O próprio Hermano, que acaba de disputar a prefeitura pelo partido, afirma que o governo de Rosalba atrapalhou sua candidatura. A rejeição da Rosa na capital passa dos 60%. Claro, o marketing de Carlos Eduardo mostrou o apoio do PMDB ao governo, de forma contundente, no Horário Eleitoral Gratuito. O ano de 2013 serve para o PMDB decidir se joga ou esconde as fichas. Pode, inclusive, servir para encerrar a posição dúbia de participar do governo da DEM no Estado e do PT em Brasília.

Se diz o PMDB, mas o homem dos votos é Garibaldi. Se diz que o articulador é Henrique, mas poucos observam o crescimento do deputado Walter Alves, junto as lideranças municipais. Enquanto Henrique se dedica as articulações para presidir a Câmara Federal, Walter caminha pelo interior e recebe lideranças de todo o Estado em seu gabinete. Sabe que é o sucessor natural do campeão de votos Garibaldi Filho. A possibilidade do afastamento do PMDB do DEM não é uma consequência só da aproximação entre PT e PMDB. Garibaldistas argu-

mentam que políticas criadas no governo de Gari (Programa do Leite e Central do Cidadão) estão sendo atingidos pelo governo do DEM. Coisa que Wilma de Faria, que é adversária, manteve. Walter Alves sabe que diminuir o passado de Garibaldi, significa diminuir o seu futuro na política. Então, começa a mostrar que não é apenas um herdeiro de votos. Surgiu um novo articulador na família Alves. Pelo filho, Garibaldi pode reconsiderar sua candidatura em 2014, evitando o prenúncio de uma briga de saias, entre a Rosa e a Guerreira.

RECURSOS FEDERAIS

PM de olho aberto A Polícia Militar do Rio Grande do Norte orienta a todos os militares que, devido aos recentes ataques a agentes de Segurança Pública em São Paulo, Santa Catarina e Paraná, todos os integrantes da corporação em território potiguar deverão manter a cautela necessária à sua segurança, estando de serviço ou de folga.

Nelter no TCE

Dibson Nasser O deputado Dibson Nasser (PSDB) encaminhou à Mesa Diretora da AL requerimento destinado à governadora Rosalba Ciarlini e ao diretor geral DER, solicitando o recapeamento asfáltico da RN-064,.

O PMDB vai todo com a indicação o nome do deputado estadual Nelter Queiroz para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Russomanno 2014 O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, afirmou que Celso Russomanno (PRB-SP) será candidato nas eleições de 2014. Com possibilidades de sair para presidente.

Dilma decide royalties até dia 30

Ex-prefeito de Rio do Fogo denunciado por apropriação O ex-prefeito de Rio do Fogo, Túlio Antônio de Paiva Fagundes, e o ex-secretário de Administração, Fábio Henrique de Góis Carvalho, foram denunciados pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) por se apropriarem de R$

Da Redação

48.170,91 em recursos federais, que deveriam ser utilizados na reconstrução de casas populares, e por falsificar documentos de uma suposta licitação. Túlio Paiva foi prefeito de 1997 a 2004 e assinou em 29 de dezembro de 2000 o Convênio nº 825,

com o Ministério da Integração Nacional, no valor de R$ 84,7 mil, para a reconstrução de 22 casas populares. Desse montante, o município recebeu R$ 80 mil em maio de 2001, ficando com a obrigação de arcar com a contrapartida de R$ 4,7 mil.

Ex-prefeito Túlio Paiva

A presidenta Dilma Rousseff tem até o dia 30 para decidir sobre o projeto que redistribui os royalties do petróleo. O texto chegou à Casa Civil na noite da última sextafeira (9), data a partir da qual a presidenta tem 15 dias úteis para decidir sobre o projeto. Após a aprovação na Câmara, ocorrida no dia (6), a presidenta Dilma disse que faria uma“análise exaustiva”do texto antes de decidir se vetará o texto de forma total ou parcial ou

ainda se sancionará o projeto sem mudanças. O texto aprovado não era a proposta do Executivo e deixou de fora a previsão de repasse de 100% dos royaltiesdos poços que serão licitados para a educação, como queria o governo. A presidenta Dilma também defendia a manutenção dos atuais contratos de exploração do regime de concessão para preservar os ganhos dos estados produtores, Rio de Janeiro e Espírito Santo.


Potiguar 4:2.qxd 16/11/2012 21:33 Page 2

PÁGINA 4

ENTREVISTA

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

Fernando Mineiro Deputado estadual pelo PT, depois de ter sido vereador em Natal, Fernando Mineiro foi candidato a prefeito de Natal e com 85.915 votos, ficou a menos de 1.500 votos de disputar o 2º turno da eleição. Para falar sobre isso e muito mais, ele esteve no Alpendre do PN, onde conversou com os jornalistas Cefas Carvalho e Riane Brito. Confira:

Mineiro, você esperava chegar tão perto de ir para o segundo turno? Não só esperava chegar tão perto como pretendia ganhar as eleições. Nós trabalhamos para isso. Infelizmente não tivemos os votos necessários para passar para a segunda etapa. É importante ressaltarmos que o resultado eleitoral não é resultado só do ano eleitoral, é resultado de um trabalho anterior que nós desenvolvemos. Organizamos o PT em núcleos por vários bairros de Natal, nos organizamos nas quatro zonas da cidade, passamos 2011 debatendo a cidade com vários seguimentos e fazendo uma coisa fundamental: saindo do tradicional setor classe média do PT. Não foi por acaso, a nossa nominata de vereadores tinha representações de vários bairros de Natal, fato que não ocorria anteriormente. Fizemos uma aposta de que seria possível reposicionar o PT na cidade, renovar em termos de referência. Por isso uma chapa com trinta e dois nomes. Foi construído um projeto para 2012, mas a população, infelizmente, escolheu outro caminho. Como você avalia os institutos de pesquisas, que não só no RN, mas em todo Brasil, erram feio em suas previsões? Eles não marcaram bobeira. Até o reino mineral sabe que existe uma prática escandalosa dos institutos de pesquisas, que são contratados por candidaturas e para quem trabalha cada um dos institutos de pesquisa aqui no Estado. Com todo respeito aos profissionais e

seus proprietários, mas nós sabemos que há uma indução. Então, existe uma combinação dos institutos de pesquisas com determinada parte da mídia que joga os dados de uma maneira

Mesmo as pesquisas se mostrando longe da realidade, o seu crescimento nas intenções de votos foram visíveis. A que você atribui isso? Fizemos uma campanha

“Até o reino mineral sabe que os institutos de pesquisas têm práticas escandalosas”

eleitoral fosse apresentando propostas e debates sobre a cidade, discutir os problemas e apresentar o que achamos que deveriam ser as soluções, isso norteou nosso marketing. As pessoas

A percepção de muita gente é de que a utilização das redes sociais deu uma alavancada na sua candidatura. Qual a análise que você faz sobre as redes sociais e como isso vai afetar

Decidimos deste o começo que a política iria determinar o marketing e não o marketing que iria definir a política

muito acrítica. Como virou um escândalo nacional, eles inventaram a leitura de que foi um processo de trabalho, mas no dia da eleição existem muitas modificações. Desculpa de amarelo é comer barro, então eu tenho cuidado em não usar desculpas para no fato de não ter sido eleito, mas é óbvio que a maneira que os dados foram divulgados teve um peso imenso no resultado porque há um percentual enorme do eleitorado que vota em quem vai ganhar e aconteceu um duplo movimento: quem não queria votar em Carlos e via as pesquisas, votava em Hermano, porque teoricamente era quem tinha chance. Quem não queria o Hermano, votava no Carlos, ou seja determinou bastante. Agora espero que a CPI dos institutos de pesquisas no Brasil seja feita. Nós precisamos mudar a relação dos institutos de pesquisas com sua divulgação.

muito focada nos bairros com caminhadas combinadas com programas na TV e no rádio. Desde o início definimos que a política que iria definir o marketing e não o marketing que iria definir a política, ou seja, queríamos que a disputa

chegavam para mim e diziam para atacarmos. Eu respondia que não, porque essa não é nossa linha. Nas ultimas três semanas eu sentia isso nas ruas e percebia a discrepância com os números das pesquisas.

Diretor: José Pinto Júnior - DRT-RN nº 848

Um jornal a serviço de Parnamirim e do RN C.N.P.J: 05.585.247/0001-30 - Insc.mun. 004.456-3 Rua José Serafim Nunes, 145 - Vale do Sol, Parnamirim - RN - CEP: 59.143-265 - Telefax: 3272-1919 Home page:www.potiguarnoticias.com.br E-mail:redacao@potiguarnoticias.com.br / admpotiguarnoticias@gmail.com

Diretoria Comercial: (84) 3272-1919

as próximas eleições? Eu acho que é de grande importância, não ainda como seria desejável. Eu sempre interagi muito nas redes e uso como canal de prestação de contas das nossas ações, como disputa de opinião. E cada vez mais acho que vai fluir em todos os lugares porque existe a democratização do acesso ao mundo digital. Encontramos nos bairros mais populares os jovens com notebook, telefones e aparelhos que permitem estar linkados. Isso muda a postura do sujeito em relação à sociedade e política. Eu vejo que a questão das redes sociais precisa de mais atenção na sociedade como um todo e o processo eleitoral como um deles. Em termos financeiros despende muito pouco dinheiro para fazer campanha. Eu usei bastante esse artifício e o interessante é que possibilita a interatividade. É uma mão dupla. Por exemplo, eu fui muito questionado nas redes sobre a posição do

Editor: Cefas Carvalho

PT no segundo turno. O candidato Robério Paulino recebeu 13 mil votos e o senhor não foi para o segundo turno por pouco mais de 1.400 votos. Você acha que a chamada esquerda, casos do PT e do PSOL, quando não se une acaba ajudando os chamados candidatos de direita? Acho que não. O que faltou foi conquistarmos mais votos, com toda influência das pesquisas e outras questões, o que faltou mesmo foi conquistarmos mais votos, uma franja da sociedade acreditar que era possível. No início da campanha eu dei uma entrevista e me perguntaram qual era o maior desafio e eu respondi que seria vencer o senso comum do processo eleitoral de que o resultado já estava decidido. No início da campanha era maluco quem dissesse que haveria segundo turno em Natal, ainda mais que o eleito poderia ser outro; e, segundo, de que a política é tudo igual. Eu sinto uma sensação de dever cumprido porque fizemos um bom debate sobre a cidade, contrariando um pouco a idéia de que debater programa de governo e proposta não ganha voto. O PT já está fazendo movimentação no interior do estado, fazendo visitas e conversando com prefeitos. Isso já é um pensamento para 2014? Na verdade o PT sempre fez visitas ao interior. Eu defendo a tese de que nós devemos discutir 2014 no final de 2013 porque não dá para de antemão definir qual é o caminho que será feito, é congelar a política. Eu defendo que o final deste ano e o primeiro semestre de 2013 sejam trabalhados reorganizando o partido, fazendo um debate interno, referenciando lideranças e discutir o que queremos para 2014. Óbvio que queremos crescer. Mas, crescer como? À luz desse processo é que vamos definir nossas candidaturas.

Administração e Finanças: Irandi M. Dantas Pinto Assinatura: (84) 3272-1919

Circulação :PARNAMIRIM, NATAL, MOSSORÓ, SÃO JOSE DO MIPIBU, NISIA FLORESTA, SENADOR GEORGINO AVELINO, GOIANINHA, CEARÁ-MIRIM, EXTREMOZ, SÃO GONÇALO, MACAÍBA, MONTE ALEGRE, GUAMARÉ, AREZ, BREJINHO, BOM JESUS, PASSA E FICA, CAMPESTRE, VERA CRUZ E NOVA CRUZ.


Potiguar 5:Coluna de Pinto Jr.qxd 16/11/2012 21:39 Page 1

POLÍTICA

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

PÁGINA 5

José Pinto Junior jornalistapintojunior@gmail.com

Editoras preparam programação do Flipipa Sobre a verdade Nesta segunda-feira, 19, às 18h, no auditório do IFRN da Cidade Alta, o Comitê Estadual pela Verdade, Memória e Justiça do RN, em parceria com o Centro de Direitos Humanos e Memória Popular (CDHMP), realiza o lançamento do livro “Relatório Veras – Subversão no RN”. O ato faz parte do esforço de reconhecer o direito da sociedade brasileira de saber a inteira verdade sobre as agressões aos direitos humanos durante a ditadura militar.

Briga judicial O prefeito de Baía Formosa, Nivaldo Melo (PSB), entrou na justiça contra o Governo do Estado do RN. O motivo da briga é a não liberação dos recursos para concluir o hospital do município.

Brejinho Em brejinho, ocorreu uma verdadeira surpresa. A doutora Ivete Matias (PR) derrotou o candidato do prefeito João Gomes, que tem boa avaliação. Lá, as pesquisas também erraram. Joãozinho, como é conhecido, passa a ser o nome natural da oposição em 2016.

A Cooperativa Cultural Universitária, que terá estande próprio para comercialização de livros no Flipipa 2012, aproveitará o final das mesas literárias para a tradicional sessão de autógrafos com os autores convidados do evento. A cada encerramento de mesa, os autores seguem para o estande da livraria. O Festival Literário será de 22 a 24 de novembro e é uma realização do projeto Nação Potiguar e Fundação Hélio Galvão. Serão quatro debates por noite, com uma média de uma hora para cada mesa literária. Na quinta-feira (22), por volta das 19h30 (após o encerramento da mesa 2), o escritor e filósofo Antônio Cícero estará lançando seu livro “Porventura”. Às 21h30, haverá lançamento do livro “Crônicas para ler na escola” e “Sagrada família”, obras recentes de Zuenir Ventura. Dia 23, às 19h30 (logo após mesa 6), João Paulo Cuenca autografa o livro “O Único Final Feliz para uma História de Amor É um Acidente”. Também haverá lançamento de “Dois rios” e outros livros de Tatiana Salem Levy. Às 21h30, os leitores poderão autografar as obras “Páginas sem Glória” e “O livro de praga: narrativas de amor e arte” de Sérgio Sant’Anna. Na mesma noite haverá livro “Réveillon e outros dias”

Papo rápido com Maria do Sindicato Prefeita eleita de Pureza, pelo Partido dos Trabalhadores

Por que a senhora decidiu entrar na política? Por causa das injustiças que sempre vi no município de Pureza. Então, entrei no PT para tentar mudar.

mos colocar os jovens para fazer esporte e cultura. Vamos buscar construir casas para os que não têm. Fui eleita para isso. Lá em Pureza, as pessoas sabem que sou de lutar, não sou só de falar.

O que a senhora entende com injustiça em Pureza? Vivermos em uma cidade riquíssima com a população muito pobre, sem direto nem a água, quando o município abastece três municípios. Isto é uma injustiça! podem ter filhos no município. Vamos lutar para mudar isso. Quais serão as prioridades de seu governo? Isso foi uma promessa de Desenvolver políticas para o campanha? homem do campo. Cuidar da Entrei em todas as casas e educação e da saúde. Veja outra não prometi nada. Mas disse injustiça: as mães de Pureza não que vou lutar por isto, sim. Va-

Prefeita, os municípios vivem em dificuldade financeira? É verdade. Sei que sozinha não dar para fazer. Mas fui eleita com bons parceiros. Quero contar com o governo do Estado e o Governo Federal.

Leitura Segundo Sônia Machado Jardim, do Sindicato Nacional das Editoras de Livros, o brasileiro lê uma média de quatro livros por ano. As mulheres estão na frente, com 53%. Uma mudança identificada pela pesquisa do Sindicato: o influenciador da leitura deixou de ser a mãe para ser o professor.

Vagas O Programa Senac Gratuidade disponibilizará mais 75 bolsas de estudos integrais para cursos no mês de dezembro. As inscrições começaram no último dia 12, e seguem até o dia 19, por meio do site www.rn.senac.br/psg.

Ideia dita uma só vez morre inédita” Nelson Rodrigues Macaíba A prefeita Marília Dias (PMDB), que não conseguiu se reeleger, ainda não decidiu se continua fazendo política no município de Auta de Souza. Há um componente familiar que lhe causa sofrimento pessoal.

Macaíba II O prefeito eleito, Fernando Cunha (PMN) só dará entrevista em março. Quer analisar o governo Marília e começar a governar antes.

Macaíba III

Goianinha O ex-prefeito de Goianinha, Dison, foi eleito vereador com expressiva votação no município. Comenta-se que o vereador pode se eleger deputado em 2014, representado o Agreste.

de Rafael Gallo, Prêmio Sesc Literatura 2012 na categoria Contos. No sábado, 24, 18h30, lançamento do livro “O Rei e o Baião” de Bené Fonteles. Às 20h30 (após a mesa 11) a escritora Ana Miranda autografa seus livros “Boca do Inferno”, “Yuxin” e “Lig e a casa que ri”. Autor que vai encerrar o Flipipa, Luís Fernando Veríssimo vai autografar suas obras, incluindo a mais recente “Diálogos Impossíveis”. O público também poderá trazer seus livros de casa. Também com estande próprio no Flipipa, a editora Sebo Vermelho vai lançar pelo menos três trabalhos novos. Na quinta-feira será o “Poesias Completas de Ferreira Itajubá”, reedição de um livro lançado originalmente em 1965. No dia 23, reedição de uma pérola: a primeira biografia de Luiz Gonzaga que se tem notícia no Brasil. O livro “Luiz Gonzaga”, datado de 1952, é de autoria do potiguar Zé Praxedes com narrativa em forma de poesia popular. No sábado haverá lançamento da obra inédita do etnógrafo Hélio Galvão, “Velhas Heranças”, reunindo as histórias das famílias da região de Tibau do Sul, Pipa, Goianinha, Arês, de 1705 a 1940. A organização é de Abmael Silva, com prefácio de Zé Arnon Galvão.

Olho no Conexão Potiguar O prefeito eleito do município de Ielmo Marinho, Bruno Patriota, será nosso entrevistado nesta segunda-feira, 19, no programa Conexão Potiguar. O programa vai ao ar pela Band Natal, às 7h30.

Nísia Floresta O presidente da Câmara Municipal de Nísia Floresta, Eugênio Gondim, tem grandes possibilidades de ser reeleito para o cargo. Eugênio retirou a candidatura a prefeitura para apoiar a candidatura da prefeita eleita, Camila Ferreira (DEM).

A eleição no seu município foi um Fla-Flu, entre PT e PSDB? Foi a mais bonita eleição do município de Pureza. A eleição deste ano nunca será esquecida em Pureza.

Olho na BAND

Dois nomes disputam a presidência da Câmara Municipal de Macaíba: Gerson Lima e Rita de Cássia, que atualmente preside o Legislativo.

Parnamirim O prefeito de Parnamirim encontra-se no Rio de Janeiro. Aproveita para descansar da correria da campanha eleitoral e para tratar de uma gripe mal curada. Na volta, deverá receber todos os candidatos à presidência da Câmara Municipal: Rosano Taveira, Valério Santiago e Ricardo Gurgel.

Fotografia Jorge Aguiar, natural de Porto Alegre/RS, 38 anos de fotojornalismo, há 16 anos desenvolve o “Projeto Luz Reveladora Photo da Lata” em periferias, ministrando oficinas pinhole a jovens e adultos em áreas de vulnerabilidade social, que tem como objetivos principais promover a inclusão social e geração de renda de jovens, adultos e idosos. Há vários anos vem se dedicando com bastante ênfase à Fotografia Documental. Contato: Sonia Figueiredo – (84) 9982.2519 (sonia.fs@hotmail.com).

Reconhecimento

Converso também com o prefeito de Baia Formosa, Nivaldo Melo. O gestor faz uma avaliação da atual gestão e explica os desafios para a gestão que começa em janeiro. Também convida os telespectadores para evento gastronômico e cultural no município.

O deputado Hermano Morais (PMDB) apresentou requerimento, solicitando o encaminhamento de Voto de Congratulação ao fotógrafo Canindé Soares pelo lançamento do livro “Natal - por Canindé Soares”. Com mais de 30 anos de atuação, Canindé dedica um olhar especial ao registro das imagens dos principais pontos turísticos e históricos de Natal.


Potiguar 6:2.qxd 16/11/2012 21:31 Page 2

PÁGINA 6

OPINIÃO

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

DIREITOS HUMANOS

Comitê Estadual pela Verdade lança dossiê Com o objetivo de garantir o direito à memória, à verdade e a reparação àqueles que sofreram perseguição política, o Comitê Estadual pela Verdade, Memória e Justiça do Rio Grande do Norte, em parceria com o Centro de Direitos Humanos e Memória Popular (CDHMP), realiza o lançamento do livro “Relatório Veras – Subversão no Rio Grande do Norte”. O ato acontece nesta segunda-feira, 19 de novembro, às 18h, no auditório do IFRN da Cidade Alta, e faz parte do esforço de reconhecer o direito da sociedade brasileira de saber a inteira verdade sobre as agressões aos direitos humanos durante a ditadura militar. “Esta importante obra histórica marca o início da pro-

dução editorial do Comitê da Verdade e do Centro de Direitos Humanos e Memória Popular, no seu objetivo de produzir e divulgar relevantes documentos históricos que revelam a memória e o tempo de duros períodos de repressão e tortura durante a Ditadura Militar”, esclarece o coordenador do CDHMP, Roberto Monte. RELATÓRIO VERAS O relatório é um dossiê de 67 páginas contendo acusações de subversão a diversos militantes sociais do Rio Grande do Norte produzido à época do Governo de Aluízio Alves, a fim de mapear e reunir em um documento todos os “subversivos” do Estado. O documento foi produzido pela Comissão Especial de Investigações e ficou co-

Roberto Monte, do Centro de Direitos Humanos e Memória Popular

nhecido como Relatório Veras, fazendo alusão ao nome do delegado que presidia a comissão. Esta comissão tratou de perseguir os funcio-

nários públicos acusados de subversão e comunismo. As investigações duraram cinco meses. Entre os meses de abril e junho, foram 83

CIDADANIA

CEPE e Petrobrás: Programa para crianças Em Nova Parnamirim é desenvolvido o programa “Criança Petrobras”, numa parceria de sucesso com o Clube dos Empregados da Petrobras – CEPE. O programa atende 80 crianças e adolescentes na faixa etária de 7 a 16 anos e 11 meses matriculados na rede pública de ensino, em escolas próximas ao CEPE. É o caso, por exemplo, da Escola Municipal Luiz Carlos Guimarães. O programa está no sétimo ano.

Para o presidente do CEPE Natal, Valcimar Meira, o projeto que atende principalmente a comunidade carente denominada Toca da Raposa, “significa uma contribuição do CEPE e da Petrobras no sentido de ofertar oportunidade para um segmento menos favorecido economicamente, pois a educação é geradora de possibilidades de ascensão social e de dignidade. Então o programa Criança Petrobras tem esta missão”, disse.

A coordenadora do Programa Criança Petrobras, Claudia Limeira, afirmou que os alunos ganham muito em auto-estima ao participar do programa. “Muitos declaram ao chegar aqui no CEPE que seu sonho é ser catador, pois esta é a referência que tem do pai ou da mãe. Depois, se interessam por informática, por esporte e por artes, e passam a sonhar sonhos diferentes”, colocou. O programa oferece trans-

porte escolar, fardamento, reforço, informática, futebol, música e natação. Para o aluno José Victor, com as aulas de reforço do programa Criança Petrobras “ficou mais fácil aprender porque aqui são poucos alunos então a professora explica às vezes só para mim”, registrou. Já Rubens da Silva falou que “gosta (do projeto) porque “aqui tenho muitos amigos e é melhor brincar e estudar do que ficar na rua”.

indiciados e 60 denunciados pela 7a Auditoria Militar do Recife. E, com base nas conclusões da Comissão Estadual de Investigação, o governo fez as demissões no Estado e no município: 13 demitidos, 9 aposentados e 1 em disponibilidade. O Relatório Veras foi publicado no jornal O POTI, de 27 de setembro de 1964, mostrando ainda fotos de pessoas indiciadas, acusadas de subversão. Os militares e o governo civil, usando-se de IPMs e comissões de investigações, chegaram a prender, torturar e exilar participantes do PCB, de sindicatos, do movimento estudantil, funcionários públicos e trabalhadores rurais. Muitas lideranças católicas que trabalhavam em prol dos sindicatos

rurais eram igualmente acusadas de comunistas, ou de pactuarem com eles. Após a instalação a nível nacional, da Comissão Nacional da Verdade, em maio de 2012, foram formados comitês em diversos estados e municípios, para que seja dada continuidade ao processo histórico de consolidação da promoção e defesa dos Direitos Humanos, de maneira a assegurar a completa justiça de transição, que pressupõe quatro tarefas fundamentais, segundo a definição da Organização das Nações Unidas (ONU): a reforma das instituições para a democracia; o direito à memória e à verdade; o direito à reparação e o adequado tratamento jurídico aos crimes cometidos no passado.


Potiguar 7:2.qxd 16/11/2012 21:42 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

Cefas Carvalho E-mail: cefascarvalho@gmail.com

Blog: www.cefascarvalho.blogspot.com

VEJA QUE LIXO! Jean Wyllis Eu havia prometido não responder à coluna do ex-diretor de redação de Veja, José Roberto Guzzo, para não ampliar a voz dos imbecis. Mas foram tantos os pedidos, tão sinceros, tão sentidos, que eu dominei meu asco e decidi responder. A coluna publicada na edição desta semana do libelo da editora Abril — e que trata sobre o relacionamento dele com uma cabra e sua rejeição ao espinafre, e usa esses exemplos de sua vida pessoal como desculpa para injuriar os homossexuais — é um monumento à ignorância, ao mau gosto e ao preconceito. Logo no início, Guzzo usa o termo “homossexualismo” e se refere à nossa orientação sexual como “estilo de vida gay”. Com relação ao primeiro, é necessário esclarecer que as orientações sexuais (seja você hétero, lésbica, gay ou bi) não são tendências ideológicas ou políticas nem doenças, de modo que não tem “ismo” nenhum. São orientações da sexualidade, por isso se fala em “homossexualidade”, “heterossexualidade” e “bissexualidade”. Não é uma opção, como alguns acreditam por falta de informação: ninguém escolhe ser homo, hétero ou bi. O uso do sufixo “ismo”, por Guzzo, é, portanto, proposital: os homofóbicos o empregam para associar a homossexualidade à ideia de algo que pode passar de uns a outros – “contagioso” como uma doença – ou para reforçar o equívoco de que se trata de uma “opção” de vida ou de pensamento da qual se pode fazer proselitismo. Não se trata de burrice da parte do colunista portanto, mas de má fé. Se fosse só burrice, bastaria informar a Guzzo que a orientação sexual é constitutiva da subjetividade de cada um/a e que esta não muda (Gosta-se de homem ou de mulher desde sempre e se continua gostando); e que não há um “estilo de vida gay” da mesma maneira que não há um “estilo de vida hétero”. A má fé conjugada de desonestidade intelectual não permitiu ao colunista sequer ponderar que heterossexuais e homossexuais partilham alguns estilos de vida que nada têm a ver com suas orientações sexuais! Aliás, esse deslize lógico só não é mais constrangedor do que sua afirmação de que não se pode falar em comunidade gay e que o movimento gay não existe porque os homossexuais são distintos. E o movimento negro? E o movimento de mulheres? Todos os negros e todas as mulheres são iguais, fabricados em série? A comunidade LGBT existe em sua dispersão, composta de indivíduos que são diferentes entre si, que têm diferentes caracteres físicos, estilos de vida, ideias, convicções religiosas ou políticas, ocupações, profissões, aspirações na vida, times de futebol e preferências artísticas, mas que partilham um sentimento de pertencer a um grupo cuja base de identificação é ser vítima da injúria, da difamação e da negação de direitos! Negar que haja uma comunidade LGBT é ignorar os fatos ou a inscrição das relações afetivas, culturais, econômicas e políticas dos LGBTs nas topografias das cidades. Mesmo com nossas diferenças, partilhamos um sentimento de identificação que se materializa em espaços e representações comuns a todos. E é desse sentimento que nasce, em muitos (mas não em todas e todos, infelizmente) a vontade de agir politicamente em nome do coletivo; é dele que nasce o movimento LGBT. O movimento negro — também oriundo de uma comunidade dispersa que, ao mesmo tempo, partilha um sentimento de pertença — existe pela mesma razão que o movimento LGBT: porque há pre-

conceitos a serem derrubados, injustiças e violências específicas contra as quais lutar e direitos a conquistar. A luta do movimento LGBT pelo casamento civil igualitário é semelhante à que os negros tiveram que travar nos EUA para derrubar a interdição do casamento interracial, proibido até meados do século XX. E essa proibição era justificada com argumentos muito semelhantes aos que Guzzo usa contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Afirma o colunista de Veja que nós os e as homossexuais queremos “ser tratados como uma categoria diferente de cidadãos, merecedora de mais e mais direitos”, e pouco depois ele coloca como exemplo a luta pelo casamento civil igualitário. Ora, quando nós, gays e lésbicas, lutamos pelo direito ao casamento civil, o que estamos reclamando é, justamente, não sermos mais tratados como uma categoria diferente de cidadãos, mas igual aos outros cidadãos e cidadãs, com os mesmos direitos, nem mais nem menos. É tão simples! Guzzo diz que “o casamento, por lei, é a união entre um homem e uma mulher; não pode ser outra coisa”. Ora, mas é a lei que queremos mudar! Por lei, a escravidão de negros foi legal e o voto feminino foi proibido. Mas, felizmente, a sociedade avança e as leis mudam. O casamento entre pessoas do mesmo sexo já é legal em muitos países onde antes não era. E vamos conquistar também no Brasil! Os argumentos de Guzzo contra o casamento igualitário seriam uma confissão pública de estupidez se não fosse uma peça de má fé e desonestidade intelectual a serviço do reacionarismo da revista. Ele afirma: “Um homem também não pode se casar com uma cabra, por exemplo; pode até ter uma relação estável com ela, mas não pode se casar”. Eu não sei que tipo de relação estável o senhor Guzzo tem com a sua cabra, mas duvido que alguém possa ter, com uma cabra, o tipo de relação que é possível ter com um cabra — como Riobaldo, o cabra macho que se apaixonou por Diadorim, que ele julgava ser um homem, no romance monumental de Guimarães Rosa. Guzzo também argumenta que “se alguém diz que não gosta de gays, ou algo parecido, não está praticando crime algum – a lei, afinal, não obriga nenhum cidadão a gostar de homossexuais, ou de espinafre, ou de seja lá o que for”. Bom, nós, os gays e lésbicas, somos como o espinafre ou como as cabras. Esse é o nível do debate que a Veja propõe aos seus leitores. Não, senhor Guzzo, a lei não pode obrigar ninguém a “gostar” de gays, lésbicas, negros, judeus, nordestinos, travestis, imigrantes ou cristãos. E ninguém propõe que essa obrigação exista. Pode-se gostar ou não gostar de quem quiser na sua intimidade (De cabra, inclusive, caro Guzzo, por mais estranho que seu gosto me pareça!). Mas não se pode injuriar, ofender, agredir, exercer violência, privar de direitos. É disso que se trata. O colunista, em sua desonestidade intelectual, também apela para uma comparação descabida: “Pelos últimos números disponíveis, entre 250 e 300 homossexuais foram assassinados em 2010 no Brasil. Mas, num país onde se cometem 50000 homicídios por ano, parece claro que o problema não é a violência contra os gays; é a violência contra todos”. O que Guzzo não diz, de propósito (porque se trata de enganar os incautos), é que esses 300 homossexuais foram assassinados por sua orientação sexual! Essas estatísticas não incluem os gays mortos em assaltos, tiroteios, sequestros, acidentes de carro ou pela violência do tráfico, das milícias ou da polícia.

MÚSICA

CULTURA

PÁGINA 7

Estudante de música da UFRN tem obra selecionada pela Funarte tores, apenas 33 composições inéditas para diversas formações instrumentais e vocais. As premiações variam de R$ 8 mil a R$ 30 mil. Além dos compositores contemplados no Prêmio, outros 40 receberam encomendas de obras inéditas, incluindo o orientador de mestrado de Helder Oliveira, o compositor cearense Helder Oliveira é licenciado em Música Liduino Pitombeira. O compositor paraibano, Helder é licenciado em ex-professor substituto e Música pela UFRN, foi proaluno do Curso Técnico de fessor substituto de Análise e música da UFRN, Helder Percepção Musical da mesma Oliveira, teve obra de com- instituição e, atualmente, além posição selecionada pelo de cursar o Mestrado em prêmio FUNARTE de com- Composição na Universidade posição clássica. O resultado, Federal da Paraíba é aluno do divulgado pela Fundação Na- Curso Técnico em Piano da cional de Artes – FUNARTE UFRN. Estudou composição no fim de outubro de 2012, com Danilo Guanais indica as obras que serão exe- (UFRN), Manoel Nascimencutadas na XX Bienal de to (Conservatório PernambuMúsica Brasileira Contem- cano de Música e Instituto porânea, a ser realizada pela Waldemar de Almeida, em Funarte em outubro de 2013. Natal) e Análise Musical com As Bienais de Música Marcos Varela (UFRN). Brasileira Contemporânea, realizadas desde 1975, são OFICINA DE consideradas o mais imporEDUCAÇÃO MUSICAL tante evento do país nesta Inscrições ABERTAS até área. Para a XX Bienal, o dia 20 de novembro de foram selecionadas a partir de 2012 para a OFICINA DE 535 peças de 378 composi- EDUCAÇÃO MUSICAL

AV. BRIG. EVERALDO BREVES, 272 "A" - CENTRO - PARNAMIRIM/RN

(84) 9608-8865

do CONTINUUM – Programa de Formação Continuada para professores da educação básica da UFRN. O curso de formação continuada é destinado a professores da Educação Básica e tem carga horária de 180h sendo 75% da frequência presencial e 25% semi-presencial. O curso é dividido em três módulos e será oferecido em cinco cidades do Rio Grande do Norte: Natal, Macaíba (também poderão se inscrever neste polo professores de Extremoz e São Gonçalo); Parnamirim; São José do Mipibu e Mossoró. Para cada pólo estão disponibilizadas 50 vagas. INSCRIÇÕES: Para se inscrever, basta acessar o link: www.sigaa.ufrn.br/sigaa/ link/public/extensao/formI nscricaoOnline?id=5130585 77&flag=true Ou siga o caminho: (acesse o site www.sigaa.ufrn.br > clique em “Extensão” no menu à esquerda > clique em “Inscrições on-line” > encontre a Oficina de Educação Musical e clique na seta verde). DOCUMENTOS: Junte todos os documentos num único arquivo, pois o sistema só permite o envio de um anexo. Ao se inscrever é necessário enviar os seguintes documentos: 1 – Declaração da Escola onde trabalha demonstrando vínculo com esta unidade de ensino; 2 – Cópia do diploma de graduação; 3 – Cópia do RG 4 – Cópia do CPF


Potiguar 8:Potiguar 6 x 3.qxd 16/11/2012 21:43 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

MUNICÍPIOS

PÁGINA 4


Municipios Capa_F:2.qxd 16/11/2012 20:50 Page 2

MUNICÍPIOS

www.potiguarnoticias.com.br

Potiguar Notícias | Edição 451 | Parnamirim, 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

É é

sol, flor

POR JOSE ORENSTEIN De Mossoró, RN

Ela já foi descrita como o caviar dos sais marinhos. Num tom mais lírico, como uma neve efêmera. O fato é que a flor de sal é um produto raro, um tanto caro – e, agora, brasileiro. No Rio Grande do Norte, polo que fornece quase todo o sal que se consome no Brasil, já são três as salinas que produzem o cobiçado tempero, que há algum tempo aparece nos cardápios de restaurantes de alto gabarito e nas cozinhas caseiras mais antenadas, mas sempre na versão importada. A primeira a perceber que ela estava ali, cristalizando debaixo do nariz e do sol de rachar de Mossoró, foi a Cimsal. Em 2008, pôs no mercado a primeira flor de sal brasileira – acrescida de iodo, como manda a lei desde 1974. Agora em outubro, a Norsal, que faz o conhecido e refinado (porque fino mesmo, não porque chique) sal Lebre, também começou a exibir o produto nos supermercados. E, a partir do ano que vem, a Salinor, gigante responsável por 55% do sal do País – não apenas o comestível, mas o que vai para a indústria – também apresenta seus delicados cristais crocantes. Fazer flor de sal exige cuidado incomum a uma indústria acostumada a abastecer grandes massas. É um processo artesanal, originalmente desenvolvido no sudoeste da França, em Guérande, onde no ano de 945 monges da abadia de Landévennec criaram e registram em ata um sistema de salinas produtivo até hoje. A água do mar é levada – ou vai sozinha pela maré e pela gravidade – a tanques escavados de não mais de dois metros de profundidade. Vai passando de um tanque para outro, num complexo sistema de canais, ficando cada vez mais concentrada. Em um determinado nível de saturação da água, o sal começa a cristalizar-se e se precipitar no fundo. Esse é o sal marinho comum. Mas num momento do dia ocorre uma primavera. E brota a flor de sal. Com o sol intenso de depois do meio-dia, clima seco e vento constante, uma fina rede cristalina se forma na superfície líquida concentrada. É mais ou menos como assoprar uma xícara de leite quente: forma-se uma nata. No caso da salina, uma renda esbranquiçada e translúcida naturalmente aflora, no contato da água com o ar. As leis da físi-

››

Ivanete Ribeiro foi a primeira presidente do Conselho Tutelar de Macaíba PÁG. 6

é sal, de sal

ca e da química explicam que a ação da pressão dos gases do ar e do vapor d’água naquele ponto gera as condições para que esse delicado cristal de cloreto de sódio – e alguns outros minerais – se articule. São flocos frágeis, ocos e piramidais interligados. É a flor de sal, que por ser oca se torna crocante na boca, dando a textura tão apreciada. E por ser mais leve é menos salgada e dissolve-se facilmente. Se bater um vento mais forte ou a noite cair, a flor murcha: submerge feito placa de gelo, unindo-se aos cristais que se formam embaixo, na coluna de líquido, grandes e grosseiros, que decantam. ‘Vai ter?’ Nuvens intrusas polvilham o céu na manhã de fim de outubro, na salina Uirapurus, a 22 km de Mossoró. Guilherme Vieira, diretor da Cimsal, desconfia: “Estranho. Está nublado”. E vai ter flor de sal? “Não dá para prever.” No verão potiguar, marcado pela ausência de chuva entre maio e janeiro, nuvens são raras – por isso a desconfiança. Salina adentro, estradinhas de terra se esgueiram por entre os enormes tanques de água do mar a evaporar. A linha do horizonte só é perturbada por montanhas de sal comum já extraído. No caminho, sair do carro é para bravos: o sol castiga e minimosquitos que vivem da matéria orgânica que se acumula na espuma expulsa da água pelo vento acorrem em enxame para qualquer nesga de pele humana. O circuito das águas, na salina, termina nos cristalizadores, tanques enormes em que o líquido marinho já foi quase todo evaporado. Como é outubro, época de colheita, escavadoras retiram a placa de sal grosso que cresce desde a estiagem. Ao lado das ruidosas máquinas, distinguem-se dois seres de branco, chapéu de palha na cabeça, haste de madeira na mão, a andar com placidez de um lado para o outro. Já passa das 13h, e o vento nordeste dissipa as nuvens. É a hora da flor de sal. Se os cristalizadores são como campos de futebol, os minitanques onde se colhe o fino floco da gastronomia são a pequena área. Os seres de branco revelam-se Francisco Marcos e Gidean Pereira. Estão na cara do gol: vagando entre os minitanques de água concentrada de sal e, com uma peneira vão recolhendo a casca de flor de sal que começa a dominar a superfície. Ao toque da peneira, a placa de flor de sal se quebra. Na mão, ela se desfaz. Francisco e Gidean recolhem um tanto e jogam os cristais num balaio de vime. Quando está cheio, despejam os flocos de flor de sal sobre uma mesa e espalham-nos com a mão. Ali, eles vão secar ao sol. Na França, não se pode fazer isso, pois a seca não é tão certeira e, se chover, perde-se tudo. Lá, o sal vai para uma estufa. Os flocos passam depois pela inspeção de Kátia Veronica e Francisca Iranilde, que retiram as impurezas como quem cata arroz. Elas também salpicam de iodo a flor de sal, que, ainda úmida, é envasada. Primavera pronta para consumo.


Municipios 2:2.qxd 16/11/2012 20:29 Page 2

PÁGINA 2

MUNICÍPIOS

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

OBRAS À VISTA

SALÁRIO AUMENTADO, NÃO!

Governo Federal confirma mais R$ 100 milhões para Rio Grande do Norte Depois do anúncio de R$ 108,8 milhões pela presidente Dilma Rousseff, na reunião da Sudene semana passada, para obras estruturantes que aumentarão a oferta d’água no Rio Grande do Norte, a governadora Rosalba Ciarlini obteve novos recursos na quarta-feira, 14, em Brasília (DF). O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, confirmou mais R$ 100 milhões para o Estado. Foram aprovados os projetos para ampliação do sistema de abastecimento de São Miguel; perfuração de 700 poços; construção das barragens Poço de Varas (Cel. João Pessoa), Umarizeira e Pedra Branca (Angicos); e subadutoras Jandaíra - saindo do Boqueirão-, Governador Dix-sept Rosado e Felipe Guerra, originadas do sistema Apodi/Mossoró e, ainda, a adutora também saindo da Barragem de Santa Cruz, que beneficiará 22 comunidades rurais. “Foram 10 anos de espera para que os pequenos produtores que moram ao lado da barragem possam ter acesso

O prefeito do Assú, Ivan Júnior, encaminhou Projeto de Lei para apreciação da Câmara Municipal do Assú, no último dia 9, suspendendo por seis meses o aumento dos salários de prefeito, vice e secretários, aprovado pelos vereadores para a legislatura de 2013 a 2016. O que motivou o prefeito Ivan Júnior a tomar essas medidas, se deve ao fato de que a crise que assola todos os municípios brasileiros continua a crescer, fazendo com que os gestores realmente comprometidos com

seu município, tomem a iniciativa de não conceder nenhum reajuste salarial. Com a suspensão, fica mantido os salários de R$ 13,5 mil, R$ 6,75 mil e R$ 4 mil, para prefeito, vice e secretários, respectivamente. Dessa forma, o prefeito Ivan Júnior fez uma escolha acertada, decidiu não aumentar as despesas bancadas pelo Executivo e direcionar esses possíveis gastos em benefícios para toda a população, já que virão em forma de investimentos e mais ações para o município.

Os recursos serão investidos em obras estruturantes que aumentarão a oferta d’água no Estado do RN

ao abastecimento pelas águas de Santa Cruz”, explica o secretário de Recursos Hídricos, Gilberto Jales. Entusiasmada com a aprovação da adutora para essas comunidades, Rosalba apresentou a Fernando Bezerra projeto de apoio à agricultura familiar na área. O projeto Aluviões de Santa Cruz complementa o da Chapada do

Apodi, beneficiando mais de 300 lotes. “Assim, estaremos contemplando os pequenos produtores rurais”, diz a governadora. Outros projetos elaborados pela Caern e Secretaria de Estado de Recursos Hídricos estão em análise no Ministério da Integração Nacional. Os projetos totalizarão R$ 250 milhões do

PAC Seca. Na terça-feira, 13, Dilma Rousseff lançou o programa Mais Irrigação, que contemplou o RN com R$ 137 milhões e obras significativas, como revitalização do perímetro irrigado de Pau dos Ferros e Mendubim e início da irrigação na barragem de Santa Cruz e Cruzeta (projeto piloto). Crise nos municípios fez Ivan Júnior tomar decisão

OPORTUNIDADE

Inscrições para participar do Comitê do rio Apodi-Mossoró continuam abertas As inscrições para o Processo Eleitoral de escolhas dos Membros que farão parte do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Apodi-Mossoró (CBH Apodi-Mossoró), continuam abertas até o dia 14 de dezembro. O primeiro passo no processo de instalação do Comitê foram os Encontros Regionais que aconteceram em Pau dos Ferros, Apodi e Mossoró. Estes eventos subsidiaram a discussão a respeito da importância do colegiado, quem pode participar e como se dará o Processo Eleitoral para escolha dos membros. Durante o encontro o Poder Público, a Sociedade Civil e os Usuários de água foram convidados a participar do processo eleitoral que tem vagas limitadas. O CBH Apodi-Mossoró foi criado pelo Decreto

Prefeito congela por seis meses salários dele, do vice-prefeito e secretários

Governamental nº 21.654, de 10 de setembro de 2010 e somente agora encontrase em processo de instalação. A diretoria provisória do Comitê é presidida pelo Secretário da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), Gilberto Jales, e tem como secretário geral o Professor Ramiro Camacho da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A Fundação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FUERN) foi a empresa contratada pela Semarh para organizar os encontros regionais e as plenárias para a eleição dos membros do Comitê. Para isso foi necessário o Financiamento do Banco Mundial por meio do Programa Semiárido Potiguar – PSP, acordo de emprésti-

mo com o Estado do Rio Grande do Norte. A documentação necessária para efetivar a inscrição se encontra disponível no site da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH): www.semarh.rn.gov.br, no link “editais” e no blog do Comitê: www.cbhdorioapodimossoro.blogspot.com. Locais para Entrega de inscrições: Natal: Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos – SEMARH, na Rua Dona Maria Câmara, 1884, Capim Macio, Natal, RN – CEP: 59.082430. Telefones para contato (84) 3232.2429 e (84) 3232-2432. Mossoró: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN , no Centro de

Estudos e Pesquisas do Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional do Semiárido/CEMAD – Endereço: Av. Prof. Antonio Campos, S/N – Bairro Costa e Silva. Mossoró: Gerência Executiva da Gestão Ambiental, na Rua Desembargador Dionísio Filgueira, 335 – Centro. Apodi: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, no Núcleo Avançado de Educação Superior de Apodi. Endereço: Rua Joaquim Teixeira de Moura, 217 – Centro. Pau dos Ferros: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, noCampus Avançado Professora Maria Elisa de Albuquerque Maia – CAMEAM, Departamento de Geografia - Endereço: BR 405, KM 3 – Bairro Arizona.


Municipios 3:2.qxd 16/11/2012 20:35 Page 2

MUNICÍPIOS Evandro Proerd forma mais 1.700 Borges estudantes em São Gonçalo Os desafios dos Municípios

PÁGINA 3

POTIGUAR NOTÍCIAS

Parnamirim - 14 de novembro de 2012 - segunda-feira

EDUCAÇÃO

evandroborges@supercabo.com.br

DIVULGAÇÃO

A coordenação do Programa Estadual de Prevenção e Combate às Drogas (Proerd) realizou na manhã do sábado (10) a solenidade de formatura de 1.700 estudantes da rede municipal de ensino de São Gonçalo que participaram das turmas nesse segundo semestre de 2012. O evento aconteceu no ginásio poliesportivo Vereador Aildo Mendes e foi prestigiado pelo prefeito Jaime Calado, o presidente da Câmara Municipal Geraldo Veríssimo, e os secretários municipais João Eider e Clemilson Protásio (Defesa Social), Mada Maia (Secretaria Extraordinária), Abel Neto (Educação), Micael Moreira (Juventude, Esporte e Lazer), Ledson França e Hiran Fernandes (Comunicação e Eventos), bem como formandos, pais e instrutores do Proerd. Durante a solenidade, a coordenadora estadual do

O evento foi realizado no Ginásio Poliesportivo Vereador Aildo Mendes

Proerd, a major Margarida Brandão, homenageou Jaime Calado, Geraldo Veríssimo, João Eider e Mada Maia pelo incentivo ao desenvolvimento das atividades em São Gonçalo. O prefeito Jaime Calado e a primeira dama Zenaide Maia também receberam a meda-

lha comemorativa aos 10 anos do programa no RN. Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal, Geraldo Veríssimo, concedeu o título de Cidadão Sãogonçalense ao sargento Luzenildo, coordenador municipal e a major Margarida, pelos relevantes serviços presta-

JORNALISMO

ARTE E LOUVOR

Coral Rosa de Sarom comemora 23 anos

O grupo é especializado em clássicos da música gospel brasileira e no Black Americano

No próximos dias 17 e 18 de novembro, o Coral Rosa de Sarom realiza dois espetáculos em comemoração aos 23 anos de história, regidos pelo maestro Samuel Santos. Coral Jovem Rosa de Sarom nasceu em 1989, na

dos em benefício do povo do município. O juramento coletivo foi comandado pelo aluno Clegilson Antunes, do 5º ano da Escola Municipal Vereador Aildo Mendes, da comunidade Padre João Maria e estudante Débora Jéssica cantou uma canção para simbolizar o agradecimento. A diversão da manhã foi conduzida pela participação da Banda Municipal de São Gonçalo e a Banda Proerd, com a animação dos instrutores. O Programa de Prevenção e Combate às Drogas de São Gonçalo é uma ação da Polícia Militar, em parceria com a Prefeitura Municipal, e completou três anos de atuação no município. Nesse período já formou 10.200 alunos, sendo nessa etapa 1.700 multiplicadores. Sessenta pais de alunos também foram formados no curso oferecido pela equipe pedagógica.

Igreja Assembléia de Deus, templo central, no bairro do Alecrim. Especializado em clássicos da música gospel brasileira e no Black Americano, o Coral Rosa de Sarom tem o foco no louvor ao Senhor Jesus e na agregação dos jo-

vens na presença de Deus. O Recital de abertura acontecerá no dia 17 de novembro, ás 18h30, na Igreja Assembléia de Deus em Lagoa Seca e o Culto de Adoração acontecerá no dia 18, ás 17h, no Templo Central da Igreja Assembléia de Deus.

Reportagens da TVU concorrem a prêmio em Festival de Audiovisual O programa TVU Esporte, da Televisão Universitária da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), classificou três matérias para participar da mostra competitiva do Festival Universitário de Audiovisual (FUÁ), do Mato Grosso do Sul (MS). A mostra acontece de 20 a 22 de novembro, no Centro Cultural José Octavio Guizz, na cidade de Campo Grande. O TVU Esporte concorre na categoria Reportagens Jornalísticas, com três vídeos: “Futebol Americano”, pela repórter Leila de Melo, com produção de Patrícia Carvalho e Ana Godeiro; “Pelada da Imprensa”, pelo repórter Diego Breno Carvalho e “Jiu Jitsu Feminino”, pela repórter Janyara Lima, ambas com produção Patrícia Carvalho. O FUÁ, em sua 6ª edição, vai premiar 201 obras de universitários de todo o País, em 12 categorias. A premiação acontece no dia 1º de dezembro, às 19h, no Teatro Aracy Balabanian. O teatro receberá uma cenografia especial, tendo como tema o cinema faroeste, executado pela cenógrafa Maíra Espíndola.

e a gestão democrática Desafios. Participação. Diplomas legais. Audiências Públicas. Distribuição de Responsabilidades. As novas gestões municipais, a partir de janeiro de 2013, com todos os desafios que enfrentarão da diminuição dos repasses do FPM em face das isenções do IPI concedidos pela União, para fazer frente à continuada crise mundial, precisarão responder as questões da gestão democrática. Os Prefeitos chegarão ungidos pelo voto popular, da democracia representativa assegurada pela Constituição Federal, como representantes da soberania emanada pelo povo e pelo acumulado até aqui, das consultas e audiências públicas, e do funcionamento dos colegiados de políticas e programas públicos. A gestão democrática significa alargar o processo de participação e decisões, e um excelente começo é a elaboração do Plano Plurianual – PPA, que consiste em uma peça orçamentária de longo prazo e que orientará as Leis de Diretrizes e Orçamentárias, necessariamente deverá contar com as consultas públicas, haja vista, o dispositivo do Art. 44 da Lei Complementar denominada Estatuto da Cidade. As dificuldades já postas para os municípios, que não se consegue resolver, como a melhor repartição do bolo tributário entre os entes federativos, sendo os avanços de pequena monta e depois de um custo de muita mobilização, como agora, a possibilidade de renegociar as dívidas com a previdência, que deve ser realizada, ainda este ano, a vantagem da democracia direta é a distribuição da responsabilidade. Outros diplomas legais pendentes na maioria dos municípios, sendo um dos mais importantes para o desenvolvimento sustentável, de inclusão social, de melhoria da qualidade de vida, diz respeito ao Plano Diretor, já previsto no Estatuto da Cidade, cobrado pelos Ministérios quando da apresentação dos projetos para captação de recursos voluntários. O Plano Diretor não é barato, às vezes proibitivo

para a maioria dos Municípios, depende da contratação de escritórios especializados, devendo os gestores se articular para cobrar o apoio e a participação do Estado, a fim de solucionar de vez esta lacuna que afeta em muita a administração pública municipal. O Plano de Saneamento que é uma obrigação legal, o de manejo do lixo, e do meio ambiente, são peças da mais alta significação da contemporaneidade, mas não há menor chance de serem viabilizadas se não forem tratadas de maneira regional, com preferência no âmbito dos “territórios da cidadania”. Toda a legislação a ser providenciado na esfera das municipalidades, no contexto da gestão democrática, como aspecto marcante da democracia participativa e direta, precisa de ser assegurada a participação popular e das associações da sociedade civil, nas sugestões e definições de prioridades. A falta de formação do capital social e humano capaz, influente, mobilizado, de fóruns de debates adequados, na maioria das municipalidades, será fator de enfraquecimento, de participação e de legitimidade de muitos Planos a serem elaborados, mesmo assim, não poderão deixar de ser formulados. Por enquanto, alguns municípios vêm discutindo de maneira tímida, a gestão democrática das escolas e do orçamento, que desembocará em alguns projetos de lei, ainda a ser discutidos e deliberados pelas legislaturas que estão se finalizando em 2012, sem muito espaço para as Câmaras aprofundarem os debates. A gestão democrática é um mecanismo de participação direta, que associada a democracia representativa deve ser aprendida, posta na Constituição Federal e na Legislação, um instrumento para o diálogo, e para se buscar os consensos de modo responsável e fim de solucionar os desafios e a problemática colocadas na ordem do dia das municipalidades.


Municipios 4_Cor:Potiguar 6 x 3.qxd 16/11/2012 20:44 Page 2

MUNICÍPIOS

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 14 de novembro de 2012 - segunda-feira

EXTREMOZ

PÁGINA 4

Prefeitura dá apoio à produção de novela da Globo A nova novela das seis, da Rede Globo, “Flor do Caribe”, que irá ao ar em 2013, e que terá a maioria de suas gravações nas dunas e praias do município de Extremoz, de 19 de novembro a 21 de dezembro, está sendo cuidadosamente organizada pela produção da emissora. Nesta quarta-feira, 14, às 09h, por meio do secretário de Turismo de Extremoz, Fernando Bezerril, foi realizada reunião que envolveu vários órgãos, entre

eles o Ibama, Idema, Sindicato dos Bugueiros e as polícias Ambiental e Militar, além do Natal Convention Bureaux, no Centro de Convenções de Natal. O principal objetivo da produção da novela foi o detalhar os pontos de locação e obter apoio de todos os órgãos envolvidos para que as filmagens transcorram de forma tranquila. As produtoras Tatynne Lauria, Kátia Campos e Mirela Fontes foram unânimes em elo-

giar o interesse e o profissionalismo de todos os envolvidos. “Estamos realmente satisfeitos com o envolvimento da Prefeitura de Extremoz e todos os órgãos que estão se colocando a nossa disposição, inclusive com orientações sobre a preservação do meio ambiente, para que tudo se reverta em um bom trabalho nestes 42 dias que a equipe e os atores estarão gravando por aqui”, disse Kátia Campos durante almoço

no restaurante “Bar da Lagoa”, em Pitangui. “Nós da produção da novela ‘Flor do Caribe’ precisávamos nos reunir com cada um de vocês para discutir detalhes das gravações e as contribuições dos órgãos que irão nos ajudar nesse trabalho”, ressaltou Tatynne Lauria, coordenadora da produção em Natal. GRAVAÇÕES Em Extremoz as gravações da novela, cujo ato-

res principais serão Grazi Massafera e Henri Castelli, conta a história de um piloto de caça da Força Aérea Brasileira que se apaixona por uma bugueira. Escrita por Walther Negrão, “Flor do Caribe” terá a direção de Jayme Monjardim e gravações nas dunas de Jenipabu, Lagoa de Pitangui e Lagoa de Extremoz, além de cidade cenográfica no Projac, no Rio de Janeiro. O prefeito de Extremoz, Klauss Rêgo, disse

que a novela será muito importante para divulgar os destinos turísticos do município. “Realmente é muito bom para Extremoz que a nova novela da Globo seja gravada no município. Nossas praias, que já são conhecidas mundialmente, receberão um importante reforço porque ficaremos por cerca de sete meses numa tela de alcance nacional, que produz as melhores novelas do mundo”, concluiu o prefeito.

O principal objetivo da reunião foi discutir detalhes para que as filmagens sejam tranquilas

RECURSOS HÍDRICOS

Comitê de Bacia Hidrográfica inicia inscrições As inscrições para o Processo Eleitoral de escolhas dos Membros que farão parte do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio ApodiMossoró (CBH Apodi-Mossoró), continuam abertas até o dia 14 de dezembro. O primeiro passo no processo de instalação do Comitê foram os Encontros Regionais que aconteceram em Pau dos Ferros, Apodi e Mossoró. Estes eventos subsidiaram a discussão a respeito da importância do colegiado, quem pode participar e como se dará o Processo Eleitoral para escolha dos membros. Duran-

te o encontro o Poder Público, a Sociedade Civil e os Usuários de água foram convidados a participar do processo eleitoral que tem vagas limitadas. O CBH Apodi-Mossoró foi criado pelo Decreto Governamental nº 21.654, de 10 de setembro de 2010 e somente agora encontra-se em processo de instalação. A diretoria provisória do Comitê é presidida pelo Secretário da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), Gilberto Jales, e tem como secretário geral o Professor Ramiro Camacho

da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). FUERN A Fundação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FUERN) foi a empresa contratada pela Semarh para organizar os encontros regionais e as plenárias para a eleição dos membros do Comitê. Para isso foi necessário o Financiamento do Banco Mundial por meio do Programa Semiárido Potiguar – PSP, acordo de empréstimo com o Estado do Rio Grande do Norte.

www.potiguarnoticias.com.br O portal do RN


Municipios 5 cor:Potiguar 6 x 3.qxd 16/11/2012 20:40 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

MUNICÍPIOS

PÁGINA 5

ECONOMIA

Banco do Brasil inaugura agência em Extremoz O Banco do Brasil inaugurou no final da tarde da sexta-feira, 9, a agência do município de Extremoz com a presença do ministro da Previdência Social Garibaldi Filho, prefeito da cidade, Klauss Rêgo, superintendente para o estado, Sérgio Luiz Oliveira e o gerente geral nomeado para a unidade, Ricardo Campos, entre outras autoridades e políticos. Na ocasião, o gerente Ricardo Campos destacou que a agência significava um dos maiores anseios do povo de Extremoz e se colocou a disposição da população da cidade dizendo que com responsabilidade estava pronto para promover o desenvolvimento do município. O superintendente do Rio Grande do Norte, Sérgio Luiz Oliveira ressaltou que a agência de Extremoz era a de número 87 no estado e que o banco pretendia, até o final de 2013, completar a abertura de 100 agências em todo o RN, lem-

brando que a concretização da presença do banco no município se devia à luta incansável do prefeito Klauss Rêgo, para que isto se concretizasse. O ministro Garibaldi Filho disse estar feliz em ouvir a fala do gerente do Banco do Brasil de Extremoz de que a instituição estava presente em 60 municípios do estado. “Extremoz é muito importante no contexto do Rio Grande do Norte, principalmente pela sua vocação turística. Fiquei feliz em ouvir do prefeito Klauss que a urbanização de Jenipabu

estava em andamento e digo que o município está com tudo para ser um dos mais desenvolvidos do RN. Não é a toa que ele é o quarto mais desenvolvido da Região Metropolitana e o terceiro em renda per capita”, informou Garibaldi. “Esta agência não traz somente a facilidade para o meu povo, que passa a dispor de serviços bancários. Ela é parte da integração do nosso município à Região Metropolitana de Natal e resultado de um trabalho que a nossa administração vem realizando”, finalizou.


Municipios 6:Potiguar 6 x 3.qxd 16/11/2012 20:45 Page 2

PÁGINA 6

MUNICÍPIOS

POTIGUAR NOTÍCIAS

BIOGRAFIA

Ivanete Ribeiro

RÔMULO ESTÂNRLEY

Criada no ambiente cultural dos carnavais e festas juninas macaibenses, Ivanete Ferreira Ribeiro é um daqueles exemplos que estão cada vez mais raros de se encontrar nos dias de hoje, numa cidade que vem perdendo suas características interioranas devido aos efeitos gerados pela conurbação entre as dez cidades que compõem a Região Metropolitana de Natal. Nascida em Macaíba, no dia 2 de outubro de 1950, ela é filha do comerciante João da Silva (falecido em 2001) e de Anete Faustino da Silva. Além dela, o casal teve outros rebentos: Iranete, Conceição e Ivanaldo (popularmente conhecido por “Garrincha”, in memoriam). “Seu” João da Silva era carnavalesco, criador de Os Malandros do Samba, nos anos de 1970, e dona Anete Faustino era a organizadora de quadrilhas juninas na Rua Capitão João Lourenço (Barro Vermelho). Foi nesse ambiente cultural que cresceu Ivanete Ribeiro. Ainda muito pequena, ganhou o apelido de “Beleza”, dado pelo seu tio “Negão”, certamente por ser uma criança que despertava a atenção das pessoas devido a sua delicadeza e formosura. Os estudos das primeiras letras foram realizados no Grupo Escolar Auta de Souza, mas que foi interrompido, devido seu pai ter resolvido se transferir, junto com a família, para o município de São Tomé/RN, em 1953, ficando por lá por um período de 14 anos. Então, em 1967, a família retornou para a sua terra natal e Ivanete deu seqüência aos seus estudos no então Colégio Comercial (atual Escola Estadual Dr. Severiano), concluindo o curso técnico em Contabilidade. EDUCAÇÃO Mas a sua vida estava ligada à educação. Ivanete conta que, na sua juventude, só estudava e não trabalhava. Certa vez, um vendedor de livros bateu a porta da casa de seus pais e perguntou a

A entrevistada se destacou como a primeira presidente do Conselho Tutelar de Macaíba, em 1997

Beleza: “Por que você não trabalha? Tão jovem...”. Aquela indagação feita pelo vendedor ambulante de livros lhe intrigou. E a futura educadora resolveu falar com seu pai sobre o desejo de começar a trabalhar na área educacional. “Seu” João da Silva era ligado politicamente a Valério Mesquita e este a recomendou para o Grupo Escolar Auta de Souza. Beleza tinha 17 anos de idade, quando iniciou sua carreira como “professora leiga”, conforme especificou. A princípio, havia conversado com a diretora Salete Pires para a possibilidade de lecionar no antigo Nobrantas, que era mantido pela Usina Nóbrega & Dantas. Mas, devido a questões políticas, o emprego não deu certo. Então, foi para o Grupo Escolar Auta de Souza. Lecionou naquela instituição escolar por um período de seis anos. A jovem Beleza conciliava os estudos com o trabalho. Em seguida, foi trabalhar no extinto Externato Augusto Severo, que se localizava na Rua Dr. Francisco da Cruz, por um período de três anos. Depois, cursou o Magistério, na Escola Paula Francinete, que funcionava no Colégio Imaculada Conceição, em Natal. No último ano do curso (1973), se submeteu

ao vestibular em Pedagogia (UFRN) e foi aprovada. Em 13 de janeiro de 1977, Ivanete se casou com Francisco Ribeiro Sobrinho, carinhosamente conhecido em Macaíba por “Pelado” (falecido em 15 de março de 2003). Ao ser indagada do porquê do seu saudoso marido ter ganhado a denominação informal, Beleza explicou que era devido ele não possuir cabelos quando era criança. Dessa união amorosa, nasceram os filhos Ionelle, Ionalle, Ionillo Éder, Ionéllio Ívis. A família cresceu e Ivanete é avó de três netos: Maria Laura, Alícia Ataíde e Alessandra Ivanete. Com a conclusão da faculdade, pouco tempo depois do seu casamento, Ivanete Ribeiro se mudou para a capital potiguar, para assumir a direção da Escola Estadual Estela Gonçalves, durante nove anos. A mudança de ares foi conveniente para a família, uma vez que Pelado também trabalhava em Natal, na Fundação José Augusto (FJA). Em 1987, a família retornou para o solo pisa-na-fulô e Ivanete Ribeiro assumiu a supervisão pedagógica da Escola Estadual Arcelina Fernandes. Simultaneamente, assumiu a direção do Colégio Comercial Dr. Severia-

Parnamirim - 14 de novembro de 2012 - segunda-feira

e a opção pela beleza do ofício das letras

no, no final dos anos 80. Na segunda gestão da prefeita Odiléia Mércia Gomes da Costa (1993-1996), foi convidada para ser uma das coordenadoras pedagógicas da Secretaria Municipal de Educação. Por ser funcionária da Prefeitura de Macaíba e do Governo do Estado, paralelamente a essa função, foi indicada pela chefa do Poder Executivo Municipal para assumir a direção da Escola Estadual Deputado Jessé Pinto Freire Filho, que funcionava na estrutura do Caic, ainda nos anos de 1990. Em seguida, assumiu a vice-presidência do Centro Jessé Pinto Freire, que, segundo a entrevistada, funcionava como uma extensão do antigo Nure (atual Dired). CONSELHO TUTELAR Em 15 de novembro de 1996, Ivanete Ribeiro participou da primeira eleição do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, se destacando como um dos membros fundadores da entidade. Ela obteve 552 votos. No pleito, concorreram 15 candidatos. Além dela, foram eleitos Emanoel Gomes de Farias, José Evaldo de Souza, Francisca Leonete Rodrigues e Dóris Alves de Lira Benício. E através de uma escolha consensual entre seus membros, Beleza foi eleita a primeira presidente do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente de Macaíba. Mesmo tendo sido criada a lei municipal 291, de 1990, criando o Conselho Tutelar, esta só foi colocada em prática seis anos depois. Simultaneamente às atribuições de conselheira tutelar, Ivanete continuou no Caic. Em dezembro de 2002, sofreu um AVC (acidente vascular cerebral), que inviabilizou sua vida profissional. Por conta disso, ela se aposentou como servidora pública do Estado em 2004 e, da prefeitura de Macaíba, em 2005. Na companhia dos filhos, Ivanete Ribeiro reside na Rua Dr. Francisco da Cruz há vários anos; e, há dez anos, se tornou evangélica da Igreja Assembléia de Deus.

Rômulo Estânrley romulochargista@gmail.com

Macaíba à beira da barbárie

Macaíba vem se destacando como uma das cidades mais violentas do RN. Mas, o mais triste disso tudo é constatar a inoperância do governo do Estado em efetivar políticas públicas que combatam esse crescimento avassalador dos crimes que estão deixando a população em polvorosa. É lamentável sabermos que, mesmo com os constantes reclames, a polícia não tem estrutura e nem efetivo policial para cobrir com eficácia a demanda (tendo em vista que é dessa forma que a população tem a impressão de estar segura, embora eu discorde). Hoje, o cidadão não está seguro nem mesmo em sua própria casa. Fazer uma simples operação em um caixa eletrônico de uma instituição bancária já se tornou um drama para o macaibense. Já está na hora de a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) dizer para que veio. Não devemos ser hipócritas e achar que é tudo culpa do seu governo. Ela precisa ser humilde e conclamar a sociedade a se unir nesta luta contra a insegurança; precisa, também, priorizar a área de segurança como sendo a principal bandeira do seu mandato para começar a recuperar sua popularidade. Caso contrário, continuará seguindo os passos em areia movediça percorridos por uma certa Borboleta na capital potiguar. A segurança pública é hoje o setor mais precário do governo do Estado. Enquanto não encontra uma solução para o caos que está se instalando no RN, abrindo caminho para a barbárie, conforme menciona artigo publicado no site Macaíba Independente, “o povo vai pagando caro pela a escolha errada que fez em 2010”.

Coitado do povo de Macaíba! Afinal, a mudança de endereço (e suposta mudança de posto de atendimento para agência) da Caixa Econômica Federal (CEF) está sendo positivo para os macaibenses? Parece que não! Muita gente tem reclamado do atendimento e funcionamento dos caixas eletrônicos da CEF de Macaíba. É comum várias pessoas se deslocarem de suas casas, enfrentando o trânsito maluco da cidade, e quando se dirigem à agência para fazer um saque, constatam que o prédio encontra-se fechado. A irritação é inevitável, caros leitores! A sensação de quem mora em Macaíba é que tudo que vem para cá, além de tardio, é feito às avessas!

CicloSesc

Estão abertas as inscrições para o CicloSesc, passeio ciclístico pelos principais pontos históricos de Macaíba, a ser realizado no próximo dia 25 de novembro, às 8h, com um percurso de 6 km, pelas principais ruas da cidade e com paradas em três pontos históricos da cidade – Solar do Ferreiro Torto, Igreja São José e Igreja Matriz. O objetivo do evento é promover um momento de vivência história entre a nova geração, além de ressaltar a importância da valorização da história do município. Todos os inscritos no passeio participarão ainda do sorteio de cinco bicicletas. Para participar, basta doar 1 kg de alimento não-perecível (para quem for comerciário) e 2 kg (para a comunidade em geral), exceto sal. Cada participante receberá uma camiseta personalizada do evento. Os alimentos arrecadados serão doados para as instituições da cidade, cadastradas no programa Mesa Brasil SESC. As inscrições podem ser feitas no Sesc Macaíba. Maiores informações, pelo telefone 3271-1433.


Municipios 7:2.qxd 16/11/2012 20:47 Page 2

ESPECIAL

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 14 de novembro de 2012 - segunda-feira

PÁGINA 7

Flipipa Nos dias 22, 23 e 24, o RN recebe a 4ª edição do Festival Literário da Pipa. A programação, toda gratuita, além das mesas de bate-papo, vai contar com teatro, cinema e gastronomia. Um dos destaques é a apresentação do premiado espetáculo “Sua Incelença, Ricardo III”, do grupo potiguar Clowns de Shakespeare, dia 24, às 16h30 e a presença do escritor Luiz Fernando Veríssimo (foto)

MPBeco

No próximo sábado, 24, acontece um dos principais festivais de música do Estado. Além das apresentações dos artistas concorrentes, o Festival vai contar também com o show da cantora Karina Buhr. Local: Praça 7 de Setembro, Cidade Alta (ao lado da Assembleia Legislativa). Início: 19h. Entrada gratuita.

Miss Dani Amaro, Miss Mossoró, foi classificada, para a semifinal do Miss Mundo RN, através de votação realizada pela imprensa que participou da coletiva do certame na Churrascaria Sal e Brasa. A eleita vai re presentar o Rio Grande do Norte no Miss Mundo Brasil 2013, que será realizado no Rio de Janeiro, em abril.

Sinthia Medeiros

A jovem bacharel em Direito passou no exame da OAB Ordem dos Advogados do Brasil, seção RN e se torna a mais nova advogada do pedaço. Parabéns a Sinthia.

Lançamento

Aniversariantes

Canindé Soares reuniu suas melhores fotografias dos últimos dez anos. O livro, com 163 imagens, foi lançado no dia 14 de novembro. Além das fotografias, a publicação conta com textos dos jornalistas Rubens Lemos Filho e Sandro Fortunato, além de Ana Maria Cascudo. Esta é a segunda obra do fotógrafo Canindé Soares, que acumula mais de três décadas de experiência em fotografia.

O senhor Ivanildo Calado apagou mais uma velinha no último dia 8. Ele completou 86 anos. Poucos dias depois, sua companheira Neuza Calado também soprou velinhas, no dia 15. Ela completou 75 primaveras no dia 15. Felicidades ao belo casal!

Aniversariante

Andressa Vieira apagou as velinhas no último dia 12 e comemorou sua festa de 20 anos com muito bom humor. A festa contou inclusive com a presença de várias Marilyn Monroe. O PN deseja muito sucesso e felicidades na vida!

Teatro

Nos dias 23, 24 e 25 de novembro (sexta) o grupo mossoroense O Pessoal do Tarará apresenta, na Casa da Ribeira, o espetáculo “Sem Palavras”. A programação começa às 20h.


Municipios 8:2.qxd 16/11/2012 20:49 Page 2

PÁGINA 8

MUNICÍPIOS-VALE DO AÇU

GUAMARÉ

Vereadores e secretários debatem com sociedade LDO 2013

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

Claudino Leite claudinoleite@bol.com.br

REFORMA PROTESTANTE É COMEMORADA POR EVANGÉLICOS

Emendas poderão ser apresentadas pela sociedade civil e vereadores até esta segunda-feira, dia 19, às 13h, na ocasião da sessão ordinária para tal fim

Vereadores, secretários municipais, advogados, Conselho Tutelar do município e alguns representantes da sociedade civil, se reuniram na sala das comissões da Câmara Municipal de Guamaré, para debater e apresentar emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2013. A Câmara já tinha realizada audiência pública para apresentação do orçamento, o mesmo foi encaminhado às comissões e disponibili-

zado à população para sugestão e a apresentação de emendas. Na audiência pública realizada na Câmara, dias atrás, houve várias pessoas interessadas em discutir as propostas de investimento público para o próximo ano. O presidente da audiência, o vereador Rosendo Ferreira (PMDB), da Comissão de Finanças e Orçamento do Legislativo, lembrou mais uma vez que emendas à LDO poderão ser apresentadas pela sociedade civil e pe-

los vereadores, impreterivelmente até 13 horas do dia 19 de novembro, onde haverá uma sessão ordinária para aprovação da Lei. A próxima sessão está marcada para o dia 20 de novembro, às 9h, no plenário da Câmara. Esse ano, por exigência do Tribunal de Contas do Estado, a LDO incluiu valores nos programas e ações traçadas pelo Poder Executivo. Nos anos anteriores, a mensagem referia-se apenas a metas.

Entre os temas abordados pelos participantes estavam recursos destinados à construção de uma adutora, a construção de um hospital em Baixa do Meio, a adaptação de todas as escolas municipais para acesso de deficientes físicos e mais investimentos na contenção de encostas também foram sugeridos. O meio ambiente também foi tema do encontro, dentre outros assuntos abordados para o orçamento para 2013.

CARNAUBAIS

Prefeito consegue convênio do Programa Garantia Safra O prefeito de Carnaubais Luizinho Cavalcante, em viagem à capital do estado, firmou junto a Secretaria de Agricultura do RN mais um convênio do Programa Garantia Safra. “Este ano foram beneficiados 400 agricultores. Já para o próximo ano a nossa meta é chegarmos a 700 contratos. Cabe ao agricultor procurar o escritório lo-

cal da EMATER e fazer sua inscrição”, disse Luizinho. O Garantia Safra é um seguro que garante renda para as famílias agricultoras. Com ele, o agricultor familiar com renda de até 1,5 salário mínimo tem a garantia de receber o seguro, em caso de seca ou enchentes que causem a perda de pelo menos 50% da produção do município.

O programa garante renda para o agricultor nos períodos de seca ou enchentes que causem a perda de pelo menos 50% da produção

Quarta-feira, 31 de outubro foi comemorado por evangélicos de todo o mundo o dia da Reforma Protestante. Em 1517, um dia antes da festa católica de “Todos os Santos”, o monge agostiniano Martinho Lutero pregou publicamente suas 95 teses, na porta da Catedral de Wittenberg (Alemanha). Seu apelo era por uma mudança nas práticas da Igreja Católica, por isso o nome “Reforma”. A iniciativa teve consequências por toda a Europa, dividiu reinos, gerou protestos e mortes. E mudou para sempre a Igreja. Para alguns, Lutero destruiu a unidade do que era considerada “a” igreja, era um monge renegado que desejava apenas destruir os fundamentos da vida monástica. Para outros, é um grande herói, que restaurou a pregação do evangelho puro de Jesus e da Bíblia, o reformador de uma igreja corrupta. O fato é que ele mudou o curso da história ao desafiar o poder do papado e do império, e possibilitou que o povo tivesse acesso à Bíblia em sua própria língua. A principal doutrina de Lutero era contra o pagamento de penitências e indulgências aos lideres religiosos. Ele enfatizava que a salvação é pela graça, não por obras. Conta-se que muita coisa mudou dentro daquele monge até então submisso ao papa quando, em 1515, Lutero começou a dar palestras sobre a Epístola aos Romanos. Ao estudar as Escrituras se deparou com o primeiro capítulo de Romanos, que decretava “o justo viverá pela fé”. Desvendava-se diante dele o que é conhecida como “justificação pela fé”, ou seja, a justificação do pecador diante de Deus não é por um esforço pessoal, mas sim um presente dado àqueles que acreditam na obra de Cristo na cruz. O movimento encabeçado por Lutero ocorreu durante um dos períodos mais revolucionários da história (passagem da Idade Média para o Renascimento) e mostra como as crenças de um homem pode mudar o mundo. A controvérsia acabou sendo, segundo historiadores, maior do que Lutero pretendia ou imaginara. Porém, ao atacar a venda de indulgências por parte da igreja, acabou opondo-se ao lucro obtido por pessoas muito mais poderosas do que ele. Segundo Lutero, se era verdade que o Papa tinha poder de tirar as almas do purgatório, devia usar esse poder, não por razões egoístas, como a necessidade arrecadar fundos para construir uma igreja, mas simplesmente por amor, e devia fazê-lo gratuitamente. A idolatria aos santos também foi um dos grandes

pontos de discórdia com os lideres católicos. A maioria dos historiadores concorda que Lutero teria tentado apresentar seus argumentos ao Papa e alguns amigos de outras universidades. No entanto, as teses colocadas na porta da Catedral de Wittemberg e os muitos argumentos teológicos impressos e distribuídos por ele nos meses seguintes, acabaram se espalhando por toda a Europa, fazendo com que ele fosse chamado ao Vaticano para se retratar perante o Papa. A partir de então, entrou abertamente em conflito com a Igreja Católica. Acabou excomungado em 1520, pelo papa Leão X. Alegava-se que ele incorria em “heresia notória”. Devido a esses acontecimentos, Lutero temendo a morte, ficou exilado no Castelo de Wartburg, por cerca de um ano. Durante esse período trabalhou na sua tradução da Bíblia para o alemão, resultando na impressão do Novo Testamento em setembro de 1522. Sobre o legado de Lutero, o famoso pastor Charles Spurgeon escreveu: “Lutero aprendeu a ser independente de todos os homens, pois ele lançou-se sobre o seu Deus! Ele tinha todo o mundo contra ele e ainda viveu alegremente. Se o Papa excomungou, ele queimou a bula de excomunhão! Se o Imperador o ameaçou, ele alegrou-se porque se lembrou das palavras do Senhor: “Os reis da terra se levantam, e os príncipes dos países juntos. Aquele que está sentado nos céus se rirá” (Salmo 2). Quando disseram-lhe: “Onde você vai encontrar abrigo se o Príncipe Eleitor não protegê-lo?”. Ele respondeu: “Sob o escudo amplo de Deus”. Lutero não podia ficar parado. Ele tinha que escrever e falar! E oh, com que confiança ele falou! Abominava as dúvidas sobre Deus e as Escrituras!” Para algumas vertentes do catolicismo, os protestantes são hereges. Para outras, “irmãos separados”. O movimento originado por Lutero ficou conhecido como Protestantismo e seus seguidores como “protestantes”. O termo é pouco comum no Brasil, onde se prefere usar “evangélicos”. Afinal, temos muito a agradecer, porém, precisamos mesmo de uma reforma, particularmente, na igreja evangélica brasileira, que nos últimos anos, apesar do grande crescimento quantitativo, percebe-se uma degradação impetuosa de qualidade. O termo evangélico está banalizado, o gospel se tornou movimento cultural, parte da liderança se embreagou com o poder, com o status e com o luxo, pois, já é a última hora.


Parnamirim Capa:2.qxd 16/11/2012 19:39 Page 2

PARNAMIRIM Obra no cajueiro

www.potiguarnoticias.com.br

››

O atleta Marlonildo Bezerra recebeu medalha em Recife

Edição 451 | Parnamirim, 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

FOTOS: JOUSE AZEVEDO

Pág. 4

beneficia mobilidade em Pirangi do Norte A conclusão da obra que vai suspender uma parte dos galhos do cajueiro de Pirangi, programada para os próximos dias, promete aliviar o trânsito no entorno da árvore e amenizar o problema de mobilidade da região, principal gargalo entre Natal e o litoral sul. Conhecido por ter uma das mais importantes praias do Rio Grande do Norte e o maior cajueiro do mundo, Pirangi do Norte, que possui 4 mil habitantes, se prepara para receber mais de 30 mil veranistas que se mudam para o bairro no verão. A obra faz parte do plano de manejo do maior cajueiro do mundo, que visa a preservação da espécie e oferecer a medida paliativa para reduzir o congestionamento no entorno da área do cajueiro. Esse manejo foi discutido entre Amopin, Idema, Ministério Público e Setur. Uma audiência pública foi realizada ainda no final de 2011, data em que o projeto do Caramanchão foi apresentado. Outras medidas para garantir mais espaço para a árvore também foram realizadas, como a retirada de um oitizeiro e a poda de um cajueiro de tamanho tradicional. A Associação de Moradores de Pirangi do Norte (AMOPIN) é a instituição que administra o parque ecológico do maior cajueiro do mundo. Toda a obra realizada na Av. Deputado Marcio Marinho foi paga com recursos do próprio cajueiro, que, de acordo com Francisco Cardoso, é autossustentável. "Para esta obra foram gastos R$ 120 mil e os recursos são próprios", afirmou Cardoso. "A associação é contra a poda dos galhos. Essa medida teve a aprovação dos moradores, que inclusive cederam uma parte da calçada para a du-

plicação da pista da Marcio Marinho", explicou. A instalação do Caramanchão, que ficará a 4,5m de altura, não contemplará a rua José Fiusa e Av. São Sebastião, localizada ao lado do cajueiro no sentido PirangiBúzios. Segundo Cardoso, substituindo essa via há alternativas para o fluxo de carros que vão para o litoral sul dentro do bairro. A manutenção do Caramanchão será incluída na própria manutenção do parque. Somente com o pagamento da folha de funcionários a Amopin utiliza R$ 25 mil por mês. Entre os funcionários, estão agrônomos, assessores jurídicos e orientadores. O Cajueiro de Pirangi, que é uma anomalia genética, tem aproximadamente 110 anos. De acordo com Cardoso, é fundamental que o cajueiro conquiste espaço para crescer. Atualmente o cajueiro de Pirangi ocupa uma área de 8.500 m². Para o presidente da Associação de moradores, será necessário um manejo ainda maior para que o cajueiro consiga crescer. "A residência mais antiga do entorno do cajueiro tem 55 anos e como o cajueiro está aqui há mais tempo, nós é que tomamos o lugar dele", explicou. COMÉRCIO A vendedora Karina Lopes disse que a retirada dos galhos da Av. Marcio Marinho melhorou o fluxo em frente a loja de artesanato em que trabalha. "Em qualquer final de semana essa avenida ficava com engarrafamento. Não havia quase espaço para os carros passarem", explicou. A área do artesanato do cajueiro possui 47 lojas e estará a cargo do Idema o projeto de elevação das lojas para que o cajueiro ganhe mais espaço para crescer.

Com o avanço dos galhos, pista perde espaço para veículos no entorno do Cajueiro de Pirangi

Guiness Book Localizado a 12km de Natal, o maior cajueiro do mundo foi registrado no Guiness Book, o livro dos recordes em 1994. De acordo com a Amopim, a árvore estará novamente no livro, dessa vez com o título do maior ser vivo frutífero do mundo. "Ja recebemos vista

dos representantes da publicação e já foi solicitado toda a documentação necessária para o processo do título", explicou Francisco Cardoso. Para visitar o parque o visitante paga R$ 4,00 ou R$ 2,00, cobrados para idosos e crianças. O Cajueiro de Pirangi ocupa 8,5 mil

m² e dá mais de 80 mil frutos por ano. Preço do passaporte para visitar o maior cajueiro do mundo: R$ 4,00 e R$ 2,00 meia entrada. O cajueiro recebe em média 300 visitantes por dia. Pirangi do Norte Habitantes: 4.200

No verão: 32 mil habitantes Eleitores: 2.300 Principais atrações: Cajueiro de Pirangi telefone 3238-2975 Parrachos de Pirangi, passeio oferecido pelo restaurante Marina Badauê. Telefone 3238-2066

A obra visa a preservação da espécie e oferecer a medida paliativa para reduzir o congestionamento no entorno da área do cajueiro


Parnamirim 2:2.qxd 16/11/2012 19:48 Page 2

PÁGINA 2

PARNAMIRIM

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

“Viver é um negócio muito perigoso”

“Eu sou como a noite: apago estrelas”

Guimarães Rosa

Florbela Espanca

Cepe realiza torneio de futebol de amputados O CEPE Natal abriu seus gramados para sediar a I Brasil Open de Futebol de Amputados. A competição direcionada para uma classe específica de jogadores portadores de deficiência, aconteceu em Natal nos dias 3 e 4 de novembro. Foram realizados oito jogos com equipes de Natal, São Paulo e Teresina. O CEPE Natal recebeu os jogos finais da competição. As disputas do torneio também passaram pelos campos do Aero Football Center.

Ministra garante recursos para saneamento Os recursos para as obras do esgotamento sanitário de Parnamirim, previstas para 2013, estão assegurados. A garantia foi dada ao prefeito Maurício Marques pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, durante audiência solicitada pela deputada federal Fátima Bezerra. Os recursos vão permitir levar a rede de esgotos aos três bairros mais populosos da cidade: Nova Parnamirim, Emaús e Parque Industrial, onde moram cerca de 100 mil pessoas. “A ministra é sensível e se comprometeu em trabalhar pela liberação dos recursos para que possamos concluir o saneamento”, disse Maurício, que esteve esta semana em Brasília para tratar também de outras parcerias com o governo federal. O prefeito lembrou que a primeira etapa do esgotamento sanitário já está funcionando desde o dia 20 de julho atendendo aos moradores de Liberdade e Primavera. Em média são tratados 1 milhão de litros por dia pelo sistema aeróbico. Presente ao encontro em Brasília, o secretário Naur Ferreira acrescentou que o governo federal está liberando R$ 800 mil para a elaboração do projeto executivo das áreas de expansão – Parque das Árvores, Nova Esperança (antiga Pirangi de Dentro) e Conjunto da Coophab – que ficaram de fora do projeto original. Naur também disse que nos próximos dias a prefeitura vai iniciar a construção das três estações elevatórias da Bacia do Centro, cujas obras estão em andamento.

Diniz candidato O vereador Manuel Diniz entrou na disputa para presidir o Legislativo a partir de janeiro de 2013. Diniz lançou sua candidatura na semana passada e deverá tentar viabilizar votos para atingir o objetivo.

PSC na Câmara

Ricardo Wagner

O vereador Abidene é o primeiro do PSC na Câmara Municipal de Parnamirim. O partido comemora a eleição do seu filiado.

O professor e ex-vereador Ricardo Wagner continua na militância e pretende tentar vaga na Câmara novamente em 2016.

Estudante parnamirinense em final nacional Com o texto “Meu pé de jambo”, a aluna do sétimo ano, Joyce Gomes do Nascimento, da Escola Municipal Jornalista Rubens Lemos, Parque Industrial, viajou na segunda, 12, para São Paulo – SP, onde concorreu como semifinalista da terceira edição das Olimpíadas da Língua Portuguesa. Joyce está no sétimo ano do Ensino Fundamental e concorreu com mais de três mil alunos no gênero Memórias Literárias (sétimo e oitavo anos), ficando entre as quatro melhores produções textuais do estado. A Olimpíada acontece a cada dois anos e tem como objetivo contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas brasileiras. Desde março, a competição está movimentando

alunos e professores de escolas de todo o país do quinto ano do Ensino Fundamental, ao terceiro ano do Ensino Médio, nas categorias: Poema; Memórias literárias; Crônica e Artigo de opinião. A professora de Língua Por tuguesa da Escola Ru bens Lemos, Mylena Vieira Cacho, que orientou Joyce e irá acompanhá-la na semifinal em São Paulo, falou da importância das Olim píadas para desenvolver a criatividade dos alunos e incentivá-los ao hábito da leitura e escrita. “A classificação de Joyce já é uma vitória para todos da escola. Inclusive alguns alunos se motivaram a participar das próximas competições” declarou a pedagoga.

Vovô com Maurício O empresário Carlos Magno, o Vovô, que apoiou Batista, eleito vereador, desistiu de Gilson Moura e terminou apoiando Maurício Marques na reta final da campanha.

Nomes para a sucessão Dois nomes são lembrados para a sucessão de Maurício Marques, em 2016: o secretário de Obras Naur Ferreira, um dos homens fortes da administração, e a vice-prefeita eleita Lucinha Thiago.

Grandes oradores do RN O contador José Maria está colecionando discursos dos grandes oradores do RN. na sua opinião, o maior de todos foi Dix-huit Rosado. Para outros, o título ficaria entre Geraldo Melo e Aluízio Alves.

Notas da Casa Durval Paiva

Taveira presidente O presidente da Câmara e vereador reeleito Rosano Taveira vem ouvindo apelos dos colegas e deverá tentar reeleição à presiencia na nova legislatura. Para muitos, é o favorito ao cargo.

Valério candidato Indo para o 10º mandato, recorde no municipio, Valério Felipe Santiago também sonha com a presidênmcia da Casa e mantém sua candidatura.

DNCCI 2012 Dia 23 é o Dia Nacional, Estadual e Municipal de combate ao câncer infanto juvenil e a Casa Durval Paiva vai realizar o VII Fórum do Diagnóstico Precoce, no auditório da Universidade Potiguar – Av. Salgado Filho, em Natal. Inscrições e informações pelo 4006-1600.

ÚLTIMA FEIRA DA PECHINCHA 2012 Será na próxima terça, 20/11, a última edição da Feira da Pechincha de 2012 da Casa Durval Paiva, das 8 às 16h, na Rua Clementino Câmara, 234 – Barro Vermelho. Os recursos serão destinados à reforma dos dormitórios da instituição. Participe!

SACOLAS REDEMAIS Dois milhões de sacolas da RedeMAIS Supermercados já circulam com a Campanha do Diagnóstico Precoce nas 21 lojas da rede no RN. Os clientes levam para casa as compras e também informações sobre os principais sinais e sintomas do câncer infanto juvenil.

PROJETO REDE DE RÁDIO O quadro de entrevistas ‘CBN Oncologia’, com a participação da Casa Durval Paiva, no programa Rede Tropical de Notícias da CBN Natal (AM 1.190), está sendo veiculado todas as sextas, às 9h45m (horário local).


Parnamirim 3:2.qxd 16/11/2012 19:50 Page 2

PARNAMIRIM

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

PÁGINA 3

SAÚDE

Portadores de tracoma recebem tratamento em Parnamirim Ao todo, 140 novos alunos serão capacitados. A idéia é expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos

EDUCAÇÃO

Pronatec inicia cursos em parceria com a UFRN A Prefeitura de Parnamirim, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), promoveu na terça-feira à noite (13), no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Monte Castelo, a aula inaugural dos cursos de Inglês, Espanhol, Libras e Recreador Infantil. Os cursos, com carga horária de 180 horas, são oferecidos através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e vão capacitar 140 novos alunos. O objetivo é expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tec-

nológica para a população brasileira. De acordo com a secretária de Assistência Social, Marta Lopes, é uma honra para a Prefeitura poder contribuir para que estes alunos realizem o sonho de um futuro melhor através de uma capacitação de qualidade. O coordenador adjunto do Pronatec da Escola Agrícola de Jun diaí/UFRN, Paulo Mário de Farias, ressaltou a importância destes cursos, que buscam atender as necessidades de qualificação observadas no município. Segundo Paulo Mário, os cursos são compostos por aulas teóricas e práticas, possibilitando que

os educandos entrem no mercado de trabalho já com alguma experiência prática. Coordenadora do Pronatec em Parnamirim, Kátia Cristina Soares falou da importância dos novos cursos (Inglês, Espanhol e Libra). “O de libras vai contribuir muito com a melhoria da qualidade de vida dos surdos e os de línguas estrangeiras vão atender a uma nova demanda de profissionais qualificados para a Copa do Mundo em 2014. Os interessados em participar dos cursos precisam ter de 18 a 59 anos e estar inscritos no Cadastro Único da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Av. Presidente Getúlio Vargas, 140 - Centro - 59146-230 - Parnamirim/RN

A Coordenação da Estratégia de Saúde da Família (ESF), desde 2010, vem realizando um importante trabalho de busca ativa para diagnosticar casos de tracoma nos bairros de Parnamirim. A enfermeira Adriana Cristina é quem sai de casa em casa, em todas as comunidades, examinando as pessoas. O público alvo é composto de crianças a partir de um ano de idade até adolescentes de até 15 anos. Na manhã da quartafeira, 14, Adriana esteve em Bela Parnamirim, onde, com ajuda dos agentes de saúde da unidade do bairro, exami-

nou quase 40 crianças daquela comunidade. Dessas, nove apresentaram os sintomas da doença. O tracoma é uma conjuntivite crônica (doença inflamatória) provocada por uma bactéria, transmitida por contato direto e indireto. Os principais sintomas são olhos vermelhos, irritados e lacrimejantes, sensação de areia, intolerância à luz, coceira e secreção. O diagnóstico se dá através de exame ocular externo, feito com uma lupa. Adriana, única profissional de saúde capacitada para realizar o exame em Parnamirim,

explicou que o tratamento da doença é feito com a aplicação de uma dose única de antibiótico. A dosagem depende da idade e do peso da criança. Depois da aplicação do remédio, os pais da criança recebem orientação sobre como fazer a higiene dos olhos. Desde 2010, segundo Adriana, foram examinada cerca de oito mil crianças em todos os bairros. Dessas, 700 foram diagnosticadas com tracoma e tratadas imediatamente. A medicação é fornecida gratuitamente pela Secretaria Municipal de Saúde de Parnamirim.

O público alvo é composto de crianças a partir de um ano de idade e adolescentes de até 15 anos


Parnamirim 4:2.qxd 16/11/2012 19:51 Page 2

PÁGINA 4

PARNAMIRIM

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

CONQUISTA

Paratleta parnamirinense recebe medalha em torneio de Recife O atleta Marlonildo da Rocha Bezerra, que sempre recebeu o apoio da Prefeitura de Parnamirim, obteve a terceira colocação no 6º Campeonato Brasileiro de Tiro com Arco em Recife, que aconteceu no último dia 7. Marlonildo da Rocha Bezerra, atleta para-desporto, busca agora apoio para adquirir um arco de tiro para intensificar seus treinamen-

tos e se preparar para as competições de 2013. “Infelizmente é um equipamento caro. Um novo custa em torno de 2.500 dólares e não tenho condições de bancar isso sozinho”, lamentou o atleta. As pessoas ou empresas que quiserem apoiar o atleta podem entrar em contato pelos telefones: 3645-7537 ou 8732-4345.

Marlonildo da Rocha Bezerra

SAÚDE

A PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, através da Comissão Permanente de Licitação (C.P.L.), torna público que realizará licitação, modalidade CONCORRÊNCIA, do tipo MENOR PREÇO, por EXECUÇÃO INDIRETA, sob Regime de EMPREITADA POR PREÇO UNITÁRIO destinada à CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CONSTRUÇÃO DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PARNAMIRIM/RN. A sessão pública, para abertura dos envelopes de habilitação e recebimento das propostas de preços, será realizada às 14h do dia 20 DE DEZEMBRO DE 2012. O Edital poderá ser adquirido na sede deste Órgão, situada na Rua Promotor Manoel Alves Pessôa Neto, 97, Candelária, Natal/RN, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h (segunda a quinta-feira) e das 8h às 14h (sexta-feira) ou no seguinte endereço eletrônico www.mp.rn.gov.br. Qualquer informação poderá ser obtida no endereço e horário supracitados, bem como através do fone/fax (0xx84) 3232-4557 ou correio eletrônico pgj-cpl@rn.gov.br. Natal/RN, 14 de novembro de 2012.

Parnamirim já conta com teste rápido para detecção do calazar O Ponto de Apoio do Calazar, localizado no bairro de Monte Castelo, em Parnamirim, já conta com kits para o teste rápido qualitativo para a detecção de Leishimaniose Visceral (Calazar). O exame antes era encaminhado para o Laboratório Central, em Natal, e o resultado demorava entre 30 e 60 dias. Agora, o resultado sai em 15 minutos. Segundo Moisés Campos, da Saúde, os kits vão contribuir para o trabalho de prevenção e combate ao calazar na cidade. “Somente esse ano sacrificamos 30 animais com calazar em Parnamirim e realizamos o exame em 1.700. Com a rapidez do teste vamos agilizar inclusive o combate e evitar que a doença se prolifere”, justificou Moisés Campos. No Centro de Zoonoses, todos os animais na unidade, também estão passando

AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 001/2012-PGJ

JORGE ÁLVARES NETO Presidente da CPL/PGJ/RN

O exame antes era encaminhado para o Laboratório Central em Natal. Agora, o resultado sai em apenas 15 dias

pelos testes. “Aqui fazemos o teste diariamente nos animais que chegam. Em caso positivo para o Calazar encaminhamos o material para o Lacen, que fará um exame mais aprofundado”, explicou Josivan Gomes da Silva. O Ponto de Apoio do Calazar funciona na rua Gustavo Pereira, 260, Monte Castelo, e o atendimento é feito de segunda a

sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Em relação à vacinação antirrábica, que deveria ter começado na segundafeira, 12, foi adiada e deverá iniciar a partir desta quarta-feira, 14, em todas as Casas de Apoio da Dengue. O dia D está marcado para 1º. de dezembro com imunização em 55 postos.

84 3272-2071 Av. Ten. Ferreira Maldos, 272 - Centro - Parnamirim - RN


Calssificados 1:2.qxd 16/11/2012 16:43 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

ClassifiCados

PÁGINA 1


Classificados 2:2.qxd 16/11/2012 16:45 Page 2

PÁGINA 2

ClassifiCados

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira


Calssificados 3:2.qxd 16/11/2012 16:52 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 19 de novembro de 2012 - segunda-feira

Visite nossa loja e venha conferir muitas ofertas todos os dias. Temos a Quarta da Moeda, a Quinta de Frutas e Verduras, a Sexta da Carne e u fim de semana recheado de promoções. Aceitamos todos os cartões, entregamos em domicílio e funcionamos de segunda a sábado, das 7:00 às 20:00 e aos domingos das 7:00 às 13:00.

ClassifiCados

PÁGINA 3


Calssificados 4:2.qxd 16/11/2012 16:55 Page 2

PÁGINA 4

ClassifiCados

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim 19 de noembro de 2012 - segunda-feira

SOS REFORÇO ESCOLAR E CONCURSO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO INDIVIADUALIZADO UNIDADE III NOVA PARNAMIRIM Rua Anibal Brandão, 391 C - 8701-9751 / 9938-3739 / 91871687 UNIDADE II POTILANDIA Rua da Shelita, 16 - 3091-1225 / 8831-5888 / 8703-1671

451  

Potiguar Noticias Ed. 451

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you