Page 1


1º-BEATS:

6º-NUNCA

2º-REVERB:

7º8º-

Tente separar todos os seus BEATS (hit hat, shaker, kick, snare e etc) cada um em sua faixa. Isto torna mais agradável e fácil para mudanças de níveis e também, se algo precisar ser substituído mais tarde fica mais fácil e mais organizado.

Tente adicionar um toque de reverb para os seus beats (de preferência nos Kicks) para trazê-los a vida e fazê-los parecer mais natural. Como se estivessem sendo tocados na própria bateria ou bumbo separado!

3º-ENVELOPE SHAPER: Tente

adicionar um “envelope shaper” para trazer mais “ataque” ou para completar o som. Funciona muito bem com kicks e snares e você ainda pode usá-lo em seu “master buss”!

4º-

Se você está tendo problemas com seus kicks e snares no mix, tente usar o “buss” para seu próprio grupo de batidas com um compressor separado para cada faixa (exemplo: use o compressor em cada “peça” do beat.) e somente depois tente utilizar o “buss” no grupo inteiro.

5º-

Tente adicionar um pouco de distorção para sua bateria, baixo, FX e etc. A distorção é impressionante e pode adicionar aquele toque mais específico do DNB em sua tune. Experimente usá-la como se estivesse adicionando e removendo efeitos aleatórios.

, nunca termine uma tune no mesmo dia, Faça uma pausa a cada 2 horas. Você precisa dar ouvidos a tune e a chance de descansar a idéia, especialmente se você está monitorando em volumes altos. Sempre verifique a sua mistura na manhã seguinte com um novo fone de ouvido, ou monitores, ou caixas acústicas. Tente cortar com EQ antes do “boost”.

Geralmente o EQ é feito após a compressão. Desta forma, você não precisa desfazer o que a compressão tenha feito! Se você estiver aplicando o EQ em um nível específico (como a remoção de um vocal), então coloque o EQ antes da compressão.

9º-

Ao compactar um som use o botão “bypass” para verificar o que a compressão aplicou e vice e versa.

10º-

Brinque com seus FX / vst plugins. Um reverb depois de um delay soa muito diferente a um delay e depois o reverb. (Pense nas possibilidades).

11º-

Não faça colocações de 9 ou mais basslines em cima uns dos outros. Às vezes pode ser mais sútil as faixas duplicadas. Como colocar a mesma faixa, uma com compressor e distorção e outra original para misturar os sons e continuar no mesmo ritmo e tom.

12º-

No entanto, no drum’n bass é fundamental fazer com que o “som” de sua bateria e baixo sejam mais focados. Se sua bateria ou baixo estão soando fracamente, sua tune perde a “alma” e foco!


S S A B N M O DRU E D A H N I L EM O Ã Ç U D O R P

By DJ Zigy


Positive Bass DnB Magazine  

Revista on line dedicada ao Drum'n'Bass Brasileiro.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you