Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

ELEMENTAR MOSTRA ‘AMAZÔNIA’ LEVA AO CCBB OBRAS DE ADRIANA VAREJÃO E MAIS 75 ARTISTAS {pág 11}

SHERLOCK HOLMES VOLTA EM NOVO LIVRO, SÉRIE DE TV E DVD {pág 10 }

RIO DE JANEIRO Terça-feira,

29 de maio de 2012

Edição nº 406, ano 2 Mín 19°C Máx 31°C

Segurança da Rio+20 se prepara contra hackers Governo investe R$ 20 milhões para evitar ciberterrorismo durante a conferência da ONU Voos comerciais poderão ter horários alterados 15 mil integrantes do Exército e das polícias farão patrulhamento nas ruas {pág 03}

Helipontos sem licença

Dois em um

Azul e Trip anunciam fusão Negócio garante à empresa 14% do mercado, sendo a 3ª maior aérea do Brasil Acordo não envolve pagamentos {pág 08}

Juristas querem descriminalizar as drogas no país

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Comissão que prepara a reforma do Código Penal aprova texto que não criminaliza o usuário {pág 06}

Homem morre atingido por roda Inea embarga helipontos do Dona Marta e do Morro da Urca: empresa responsável por voos não tinha monitoramento de ruídos {pág 04} GUTO MAIA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Dono de carro cujo pneu soltou na ponte Rio-Niterói será indiciado por homicídio culposo {pág 02}


rio

02

1 foco

Um princípio de incêndio atingiu, ontem, a cozinha de um restaurante no shopping Barra Square, na Barra da Tijuca. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não houve feridos. O incidente teria começado na fritadeira de um dos restaurantes do térreo. As atividades no shopping foram interrompidas por 20 minutos.

Cotações Dólar

Euro

- 0,60% (R$ 1,98)

- 1,07% (R$ 2,48)

Bovespa

Selic (9%) Salário mínimo (R$ 622)

+ 1,38% (55.212 pts)

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Homem morre atingido por roda na ponte Motorista de carro que teve pneu solto será indiciado por homicídio culposo Veículo foi reparado há 5 dias Jorge Luiz Ferreira Flor, que diriga o carro que perdeu uma roda na Ponte Rio-Niterói atingindo e matando outro motorista, vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, segundo o delegado da 17a DP (São Cristóvão), Matheus Romanelli. O acidente aconteceu às 5h15 de ontem, na altura do Cais do Porto, quando Jorge, que dirigia um Kadett cinza, ano 1990, seguia no sentido Niterói, e teve a sua roda esquerda traseira solta do car-

Princípio de incêndio

www.readmetro.com

Manifestação defende greve na Praça XV A greve de professores universitários, que foi iniciada no último dia 17 e ganhou adesão da UFF,

ro atravessando a pista até atingir o Fiat Uno azul, que vinha no sentido Rio, dirigido por Ricardo Daltro de Castro Filho, 31 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com a polícia, após o acidente, Jorge encostou o veículo e tentou ir até o carro atingido, mas foi impedido por funcionários da concessionária CCR Ponte, que administra a via, que já estavam prestando atendimentos a Ricardo. Jorge prestou depoimen-

to na 17ª DP e contou que no dia 24 fez reparos incluindo troca de várias peças de seu veículo em uma loja mecânica de Cabuçu, em Nova Iguaçu. O motorista vai responder em liberdade. A Polícia Rodoviária Federal informou que os dois veículos estavam com a documentação em dia. O tráfego na ponte foi normalizado às 13h, sete horas depois do acidente. Durante a manhã, a ponte chegou a ter 12 km de congestionamento. METRO RIO REPRODUÇÃO BAND

UFRJ, Unirio e UFRRJ, teve, ontem, uma manifestação na Praça XV. Alunos, professores e técnicos levantaram cartazes reivindicando 10% do PIB para educação, concursos e segurança no campus. METRO RIO

CONVERSA CARIOCA

PERIGO ADIANTE XICO VARGAS

Para quem já esqueceu do tormento que foi a construção da Linha Amarela talvez pouco resulte dizer que se compara ao que hoje o carioca sente diante da profusão de obras que prometem transformar a cidade, nos próximos quatro anos, num lugar menos cruel para viver. Dá para acreditar nas mudanças? Com reservas, porque há perigos no caminho. A Linha Amarela foi projetada nos anos

Protesto teve adesão de 200 pessoas

Neblina fecha o Santos Dumont

ADRIANO ISHIBASHI/FRAME/FOLHAPRESS

Aeroporto fica fechado por quase seis horas

Devido a uma forte neblina, o aeroporto Santos Dumont ficou fechado na manhã de ontem por quase seis horas. De acordo com a Infraero, que administra o aeroporto, 26 voos tiveram o pouso modificado para o aeroporto internacional Tom Jobim (Galeão), na zona norte da cidade.

Entre os 69 voos programados para o período, 24 foram cancelados, o que corresponde a 35%. Cerca de metade sofreu atrasos. As decolagens feitas foram auxiliadas por instrumentos. Não houve tumulto no aeroporto durante o dia. O aeroporto internacional Tom Jobim funcionou normalmente. METRO RIO

Asa-delta cai durante decolagem Após uma decolagem malsucedida da Pedra Bonita, em São Conrado, uma asadelta caiu em plena mata, por volta das 16h de ontem. Segundo o Corpo de Bombeiros, o Clube de Voo Livre de São Conrado, que

1960, no governo Lacerda, mas só deixou a prancheta 34 anos depois. Levou três para ficar pronta e prometia desafogo por 20 anos Em quatro estava saturada, porque prefeitura que a construiu não fez o dever de casa. Abriu caminho aos automóveis e condenou a plateia ao transporte coletivo que já existia. É o que temos desde então. Em 15 anos nem a malha do metrô avançou para valer. Uma estação aqui, outra ali e a meiasola chamada ônibus integração que, se ajuda no transporte, também se presta a engarrafar a superfície. O resultado não poderia ser outro. É visível nas ruas que o conforto do automóvel está nos tirando o sono. Na tarde de quintafeira, agora, quando chegamos à extraordinária média de duas horas para andar da Barra da Tijuca a Botafogo, era só olhar em volta para perceber que a imensa maioria dos carros transportava um solitário personagem. Diante da constatação segundo a qual um

coordena a atividade, informou que não seria necessária a ajuda dos bombeiros na remoção da asa-delta. De acordo com o clube, o piloto optou pelo pouso forçado nas árvores por causa dos ventos fortes. METRO RIO

automóvel ocupa, no mínimo, 10 metros quadrados da rua a conta para a frota carioca de mais de dois milhões de veículos simplesmente não fecha. Nem agora, nem com quantas obras viárias venham a ser feitas até 2016. Voltamos, então, para o que deveria ter sido feito na última década e meia: precisamos de novos corredores de trânsito, sim, mas fundamentalmente de investimento em transporte coletivo de qualidade. Transoeste, Transolímpica e que outras trans venham por aí estão no preço, apesar do inferno que as obras produzem. Pagamos pelo longo desprezo do poder público. Mas nada é mais caro do que gastar quatro horas de vida diariamente ao trânsito. Conspira contra as soluções, porém, uma política econômica que incentiva o aumento da frota individual – à custa de renúncia fiscal – e segura a inflação com o preço da gasolina. Isso pode tornar inútil o sofrimento que as obras estão nos impondo.

O jornalista Xico Vargas assina todas as terças-feiras esta coluna. E-mail: xicovargas@conversacarioca.com.br. Ouça os comentários em conversacarioca.com.br

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 021/2586-9570

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Comercial Nacional: Ricardo Adamo.

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Metro Rio de Janeiro. Editora Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Janaína Orlani. Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos

Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro Rio é impresso pela Editora O Dia S.A. A tiragem e distribuição desta edição de 100.000 exemplares são auditadas pela BDO.


rio

www.readmetro.com

03

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Rio+20 terá ação preparada para conter ciberterrorismo Compra de equipamentos para evitar ataques de hackers custou R$ 20 mi Aeroportos não serão fechados, mas voos comerciais podem ser alterados Sequestro, terrorismo e ciberterrorismo estão entre as possíveis ameaças previstas durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que será realizada entre 13 e 22 de junho. Para garantir a segurança dos mais de 100 chefes de Estado ou Governo, que já confirmaram presença, o Exército apresentou, ontem, o plano para prevenir ataques. “Não é treinamento, é guerra. Vamos atuar para colocar em prática”, anunciou o general Adriano Pe-

reira Júnior, responsável pela coordenação de todas as forças de segurança. O ministro da Defesa, Celso Amorim, afirmou que uma das principais medidas do planejamento é a antecipação a ataques cibernéticos. O objetivo é evitar possíveis ataques aos sites oficiais responsáveis pela divulgação de documentos produzidos na Rio+20. Para isso, foi montado um centro de monitoramento cibernético, que contará com uma rede própria de wi-fi, com capacida-

“É uma ameaça nova, que pode causar transtorno.” CELSO AMORIM, MINISTRO DA DEFESA, SOBRE ATAQUES CIBERNÉTICOS

de para 30 mil acessos simultâneos. Foram investidos R$ 20 milhões para a compra dos equipamentos e softwares de defesa.

“É possível interromper o fornecimento de energia em ataques de hackers, então a energia no RioCentro virá de geradores”, explicou o general José Carlos dos Santos, responsável pela coordenação do setor. O general explicou que, embora seja fácil derrubar uma página, ferramentas que identificam requisições maliciosas estão sendo preparadas exclusivamente para a conferência: “Isso diminuirá bastante a possibilidade de derrubar a página principal”. METRO RIO

Segurança terá 15 mil agentes A operação de segurança, entre os dias 4 e 29, vai mobilizar 15 mil homens das forças Armadas, polícias Civil e Militar, Bombeiros e Guarda Municipal. A escolta das autoridades será feita por 52 equipes especializadas com 416 batedores. Os comboios terão apoio de 29 helicópteros para a segurança aérea. As decisões serão tomadas no Centro de Coorde-

nação de Operações de Segurança da Rio+20, que já está funcionando no Palácio Duque de Caxias, no Centro. De lá será feito, em tempo real, o monitoramento das imagens de 550 câmaras da prefeitura e das vias expressas. Aeroportos não serão fechados, mas pode haver mudanças nos horários de voos comerciais, porque os aviões com autoridades terão prioridade de pouso e decolagem. Varreduras eletrônicas e de artefatos explosivos em hotéis nos locais do evento também estão previstas. METRO RIO

Defesa Civil esvazia prédio no Centro após tremor LUIZ GOMES/FUTURA PRESS

Assustados, funcionários deixaram o edifício de número 70 da rua do Passeio

CONTRA A POLUIÇÃO

IPVA Verde vale em 2013 A partir do ano que vem, o IPVA será verde. O valor do imposto poderá aumentar ou reduzir em 15%, dependendo dos níveis de emissão de gases poluentes pelos carros. Um grupo de trabalho, formado por subsecretários do Ambiente, Planejamento, Fazenda e diretores do Detran-RJ, começa a criar, esta semana, instrumentos pa-

ra colocar em prática o IPVA Verde. Os critérios de avaliação serão os mesmos já definidos pelo Nota Verde do Ibama, que faz graduação de uma a cinco estrelas, de acordo com a emissão de CO2 apontada na vistoria dos veículos. Carros com motores de menor potência, maior rendimento por litro de combustível e movidos a álcool terão economia no IPVA de 2013. Já carros mais potentes e que usam gasolina e diesel vão pagar imposto mais caro. METRO RIO

Turista é preso após saltar de paraquedas Um turista australiano foi preso, ontem, após pular de paraquedas da janela do Hotel Windsor, em Copacabana. Segundo a Polícia Civil, ele não estava registrado no hotel e foi preso assim que pousou na orla. O turista responderá por violação de domicílio e perigo à saúde de outrem. METRO RIO

CECILIA ACIOLI /FOLHAPRESS

O edifício de número 70 da rua do Passeio, na esquina com a rua das Marrecas, no Centro, foi evacuado pela Defesa Civil, ontem de manhã, após funcionários do local terem relatado que sentiram um tremor, por volta das 9h. Antes mesmo de os técnicos chegarem, algumas pessoas que trabalham no prédio foram para as ruas por conta própria, com medo de um possível desabamento. Funcionários de uma loja que fica ao lado também fecharam as portas e saíram. Uma obra realizada no 6º andar foi apontada por funcionários como possível causa do tremor. No entan-

Vibração pode ter sido causada por construção a 100 metros

do, após vistoria, técnicos da Defesa Civil concluíram que nenhuma estrutura do edifício foi abalada e liberou o acesso ao local por volta das 11h. Segundo técnicos, o tremor pode ter sido causado

por uma grande obra, ainda em fase inicial, que fica a cerca de 100 metros do número 70. Funcionários, porém, dizem que as trepidações começaram há seis meses, antes do início da construção. METRO RIO

cante foi preso no último sábado no bairro do Rocha, no subúrbio. METRO RIO

Estado ganha mais 470 PMs

Droga em UPP é investigada

Policial é baleado

SEGURANÇA. O Estado do

TRÁFICO. A polícia investiga

ASSALTO. Um policial civil

se o traficante Julio de Oliveira, o “Ju da Fallet”, suspeito de fornecer drogas para os morros com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), em Santa Teresa, negociava a compra de drogas fora do Brasil. Há indícios de que as drogas sejam da Bolívia, Paraguai, Colômbia e Peru. O trafi-

foi baleado, na noite de domingo, após reagir a um assalto no Méier, zona norte. Bandidos tentaram roubar o carro da vítima, que trocou tiros com os criminosos. Esses fugiram sem levar nada. O policial foi levado ferido para o Hospital Pasteur, no Méier, onde foi operado. METRO RIO

Breves

Rio ganhou mais 470 policiais militares. Durante solenidade da PM, ontem, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap, guardas e defesas civis municipais receberam 169 viaturas seminovas. Os municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaguaí, Japeri, Mesquita, Nilópolis, Paracambi e Seropédica receberam os veículos. METRO RIO


04

rio

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Dengue: epidemia chega ao fim no Rio Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o Rio não está mais em estado de epidemia de dengue e nenhuma morte confirmada pela doença foi registrada na última semana. O fim da epidemia já era esperado há três semanas, quando número de novos casos registrados por semana começou a diminuir. Em 24 de abril, a Secretaria municipal anunciou epidemia de dengue na cidade do Rio. A epidemia indica que o município entrou num estágio em que há mais de 300 casos da doença por cada grupo de 100 mil habitantes. Mais de 100 mil casos de

19

pessoas morreram após contraírem dengue na cidade do Rio de Janeiro neste ano, segundo números da Secretaria Estadual de Saúde. dengue foram registrados no Estado neste ano. A doença já provocou 22 mortes, sendo que apenas três são fora da capital: uma em Niterói, na região metropolitana, uma em Nova Iguaçu e outra em Belford Roxo, ambas na Baixada Fluminense. METRO RIO O secretário Carlos Minc e Marilene Ramos, presidente do Inea, lacram o heliponto do Dona Marta

Visita guiada no BRT Começa na quinta-feira o programa de visitas guiadas às estações do BRT Transoeste. Somente grupos fechados previamente com a Secretaria Municipal de Transportes

Breves

Metrô terá ação do AA AJUDA. Três estações do metrô (Ipanema/General Osório, Central e Pavuna) vão oferecer postos de atendimento dos Alcoólicos Anônimos (AA) a partir das 10h até as 16h. Funcionários estarão nos mezaninos dando informações sobre o funcionamento da entidade e prestando esclarecimentos sobre como encaminhar alguém para tratamento. Os Alcoólicos Anônimos têm mais de 120 mil grupos em 180 países. No Rio, o AA oferece 300 diferentes locais de tratamento. METRO RIO

Linha ‘chilena’ é proibida LEI. Em ato publicado no

Diário Oficial de ontem, o prefeito Eduardo Paes sancionou a lei que proíbe a comercialização e uso de linhas do tipo “chilena’’ em pipas ou outros obje-

e com a Rio Ônibus podem participar. O objetivo é difundir o funcionamento do sistema para determinados tipos de público, como lideranças comunitárias, estudantes, idosos e portadores de necessidades especiais. As visitas vão ocorrer todos os dias de junho às 9h e às 15h. Segundo a SMTR, os testes com passageiros ainda não têm data definida. METRO RIO

tos. Fabricadas com óxido de alumínio e algodão, elas ficam pelo menos quatro vezes mais cortantes do que o método tradicional de confecção de linhas cortantes, feitas numa mistura de vidro e cola. A multa para a fabricação ilegal chega a R$ 2 mil, podendo ir a R$ 100 mil em caso de reincidência. A prefeitura também será responsável por organizar campanhas de esclarecimento sobre o perigo de uso dessas linhas. METRO RIO

Mídias piratas apreendidas OPERAÇÃO. Guardas muni-

cipais apreenderam 6,7 mil mídias que estavam sendo comercializadas irregularmente, na manhã de ontem, na rua Amaro Cavalcante, altura do nº 145, no Méier. O material apreendido foi encaminhado para a 23ª DP (Méier). Em Campo Grande, foram apreendidas 551 mídias que estavam sendo comercializadas irregularmente na rua Barcelos Domingo. METRO RIO

Helipontos fechados não tinham licença

MARIANA ARES / FUTURA PRESS

Estado lacra pontos de pouso de helicóptero no Dona Marta e no Morro da Urca por falta de documento Empresa diz seguir legislação brasileira

Depois de uma série de manifestações de moradores contra a falta de regulamentação dos voos em helicópteros realizados na zona sul, fiscais da Secretaria de Estado do Ambiente e do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) embargaram e lacraram os helipontos do mirante Dona Marta e do Morro da Urca, ontem. De acordo com a secretaria, os helipontos não possuem Licença de Operação (LO) do Inea para funcionar. Segundo o secretário do ambiente, Carlos Minc, a medida não tem como objetivo impedir o turismo panorâ-

mico, mas sim regularizar a situação dos voos nas regiões do entorno do Corcovado e do Pão de Açúcar. “Queremos uma atividade dentro da lei e que impacte o mínimo possível a saúde auditiva da população”, disse Minc. Os helipontos ficarão lacrados até que se adequem à legislação. As licenças poderão ser concedidas ou não, depois que autoridades ambientais analisem detalhes da operação desses voos, como rotas e alturas, de forma a não prejudicar a qualidade de vida dos moradores. MARCOS PINTO / DIVULGAÇÃO

Trio Nordestino: massa caseira, com recheios de carne de sol, cabrito e cebola roxa com queijo coalho

“Nos últimos dez anos, o número de helicópteros cresceu de 60 para 380 só na cidade do Rio de Janeiro.” SECRETÁRIO CARLOS MINC

Segundo a Helisul, que opera os pontos fechados, a empresa segue a legislação brasileira de voo e está analisando os motivos do embargo para tomar as medidas necessárias para a reabertura. No dia 15, quatro helipontos haviam sido vistoriados na cidade. Associações de moradores de

vários bairros reclamam que esses voos fazem muito barulho e prejudicam a tranquilidade na região. “No início, era uma atividade pequena, de baixo impacto ambiental do ponto de vista de ruído. Do ponto de vista de localização, o Instituto Chico Mendes, gestor dessa área, deu essa licença para construir o heliponto. Agora, como a atividade cresceu muito e o impacto ambiental também, surgiu a necessidade de se fazer essa regulação”, explicou Marilene Ramos, presidente do Inea. METRO RIO

Sabor nordestino no boteco carioca É de Jacarepaguá o grande vencedor do concurso Comida di Buteco deste ano, que reuniu 31 bares da cidade. O Nordestino Carioca levou o grande prêmio com a junção de pastéis de carne de sol, cabrito e queijo coalho no aperitivo ‘Trio Nordestino’.

Em segundo lugar ficou o croquete de frutos do mar do Bar do David, no Chapéu Mangueira, comunidade do Leme, na zona sul do Rio - o único participante de uma favela na competição. Ao todo, foram 45.210 votos nessa quinta edição. METRO RIO


06

brasil

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

SÉRGIO LIMA/FOLHAPRESS

Em menos de meia hora, Enem tem 1,5 mil inscrições As inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) começaram ontem, com uma hora de antecedência, segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Em menos de meia hora, cerca de 1,5 mil candidatos já haviam se inscrito. Os candidatos têm até o dia 15 de junho para fazer a inscrição. A taxa do exame

é de R$ 35. Ela pode ser paga via boleto bancário até o dia 20 de junho. Alunos de escolas públicas e de baixa renda estão isentos. Para facilitar a inscrição, o Inep desenvolveu um passo a passo com oito dicas para tirar as dúvidas sobre o procedimento. A novidade para este ano é a mudança no sistema de correção das redações. METRO

Cronograma do Enem 2012 Início das incrições

28/5

Fim das inscrições

15/6 (23h59)

Pagamentos

até 20/6

Taxa

R$ 35

Prova: Ciências Humanas e da Natureza

(13h/17h30)

3/11

Prova: Linguagens, matemática e redação

4/11

Gabarito

7/11

Resultado

28/12

(13h/18h30)

Comissão propõe mudanças no Código Penal

Comissão de juristas quer descriminalizar drogas no país Proposta prevê que compra ou porte para uso próprio também deixem de ser considerados crime Grupo também quer pena de prisão para bullying A comissão de juristas que prepara a reforma do Código Penal no Senado aprovou ontem a descriminalização do uso de drogas. Hoje, usar drogas é crime, porém o usuário não é punido com prisão. A comissão deixa de classificar o uso de qualquer droga como crime, assim como a

compra, porte ou depósito para uso próprio. Apenas uma exceção foi colocada no texto: será crime quando o uso de drogas acontecer na frente de crianças ou adolescentes ou nas proximidades de escolas. Nesse caso, as penas seriam convertidas em prestação de serviços à co-

munidade ou programas educativos. Dos nove juristas que votaram (a comissão tem 15, no total), apenas o relator, o procurador da República Luiz Carlos Gonçalves, votou contra a descriminalização. A comissão também planeja criminalizar a prática de bullying, que foi classifi-

cada como uma “intimidação vexatória”. A pena prevista será de um a quatro anos de prisão e multa. As propostas da comissão serão encaminhadas ao Congresso até o final de junho. Antes de virar lei, as sugestões precisam ser aprovadas na Câmara e no Senado. METRO


brasil

www.readmetro.com

07

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

PATRÍCIA CRUZ/METRO

Produtor rural quer mudar Código Florestal Bancada do agronegócio pedirá que agricultores sejam indenizados por prejuízos causados por mudanças

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu

PETER SCHOLEY/FOLHAPRESS

5º Congresso da Indústria da Comunicação começa no WTC Teve início ontem, no World Trade Center, em São Paulo, o 5º Congresso da Indústria da Comunicação, evento que reúne os principais líderes e entidades da propaganda brasileira. O primeiro dia teve como destaque a palestra “Democracia e Liberdade de Expressão”, do arcebispo sul-africano Desmond Tutu, premiado com o Nobel da Paz em 1984 por sua luta pelos Di-

Preso acusado de pôr fotos de atriz nua em sites A polícia apreendeu ontem de manhã um adolescente de 17 anos, em Carapicuí-

reitos Humanos. Durante o seu discurso, ele contou da sua primeira visita ao Brasil, da alegria de estar novamente no país diante de um cenário mais positivo. O encontro vai até amanhã. No jantar de gala do evento, o presidente do Grupo Bandeirantes, João Carlos Saad, recebeu os cumprimentos do presidente da Abap (Associação Brasileira de Agências de Publicida-

de), Luiz Lara, pelos 75 anos do grupo. “Quando falamos de Bandeirantes, não estamos falando só em credibilidade, mas em coração.” João Carlos Saad comentou a atual fase do grupo. “A Band não existiria sem o apoio do mercado publicitário. Na última década lançamos mais de 20 novas empresas. Somos um grupo que não tem medo de buscar o novo.” METRO

ba, na Grande São Paulo, suspeito de ter invadido os sites da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e da Prefeitura de Carapícuíba para publicar fotos da atriz Carolina Dieckmann nua. Segundo o Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), o rapaz

foi identificado um dia depois do ataque, mas apenas ontem foram expedidos os mandados de busca e apreensão da Justiça. Ele também é suspeito de fraudes financeiras contra bancos e empresas de cartão de crédito. O adolescente foi levado para a sede do Deic, na capital paulista. METRO

A presidente Dilma Rousseff deixou insatisfeitos tanto os ambientalistas como os produtores rurais com a medida provisória que redefiniu as regras derrubadas nos 12 vetos ao Código Florestal anunciados na semana passada. A MP deve chegar hoje ao Congresso Nacional e, dificilmente, sairá aprovada nos próximos 180 dias sem mudanças profundas. A bancada do agronegócio vai pedir que os agricultores sejam indenizados pela União por prejuízos causados na propriedade. Os produtores criticam a exigência de recompor áreas desmatadas às margens do rio, que pode variar de cinco a cem metros de acordo com o tamanho do terreno. Estima-se que 100 milhões de hectares de terras que hoje tem plantações de frutas e verduras precisariam ser transformadas em floresta. “Além da queda de produção, o produtor vai ter que gastar para recompor a área por meio de uma medida autoritária”, protestou o depu-

Medida provisória define limites de reflorestamento

tado Jerônimo Goergen (PP/RS). “No Nordeste se planta cana-de-açúcar há 500 anos. Em São Paulo, o cultivo de café em topo de morros tem 200 anos. Não dá para mudar da noite para o dia", defendeu o deputado Luiz Carlos Heinze (PP/RS), acrescentando que o texto atendeu os interesses de ONGs por causa da Conferência Rio +20. Organizações ambientais também reclamaram que o texto ignora o uso de

vegetação nativa para o reflorestamento, A bancada ruralista espera o apoio de metade dos 513 deputados e 81 senadores para derrubar os vetos, decisão que seria inédita no Congresso. O DEM estuda entrar com na Justiça suspendendo os efeito da MP até a análise do veto. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Oposição aciona Demóstenes quebra o silêncio o MP contra Lula para tentar evitar a cassação ANDRE SOUSA BORGES / FOTOARENA

O ex-presidente Lula deve ter que se explicar à Procuradoria Geral da República pela tentativa de fazer o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, adiar o julgamento do mensalão, previsto para o segundo semestre. A denúncia feita pela revista Veja foi alvo de uma ação aberta pelos parlamentares do DEM, PSDB, PPS e PSOL. “Lula está tentando obstruir o trabalho da Justiça”, reclamou o líder tucano, senador Álvaro Dias (PSDB/PR). O ex-presidente é acusado de tráfico

Ex-presidente Lula

de influência, corrupção ativa e interferência em processo judicial. Em nota, Lula desmentiu as acusações e disse estar indignado com a reportagem da revista. O caso será analisado pelo ProcuradorGeral da República, Roberto Gurgel. METRO BRASÍLIA

Após 85 dias de silêncio, Demótenes Torres (sem partido/GO) fala hoje ao Conselho de Ética do Senado para se defender do processo de cassação. O senador é acusado de usar o mandato para beneficiar a rede de jogos ilegais do bicheiro Carlinhos Cachoeira. Será a segunda vez que Demóstenes se manifestará sobre o caso. Em seis de março, o senador ocupou a tribuna do plenário para dizer que era um livro aberto. Ele admitiu manter uma relação de amizade com o contraventor tendo, inclusive, recebido

presentes de casamento, mas negou relação com o jogo do bicho. “Sempre me opus e votei contra as iniciativas de legalizar os jogos ilegais”, afirmou o senador. A declaração desencadeou a divulgação de inúmeros escutas telefônicas mostrando a proximidade de Demóstenes e Cachoeira. Foram 416 telefonemas entre 2009 e 2011, revelam as escutas telefônicas das operações Vegas e Monte Carlo. A Polícia Federal suspeita que ele tenha recebido R$ 3,1 milhões do esquema. Demóstenes vai encarar

os 16 integrantes do Conselho de Ética, sob um clima adverso. O relator do processo, Humberto Costa (PT/PE), acusa o senador de obter “vantagem indevida” e por mentira. Demóstenes vai ler uma carta elaborada no fim de semana, onde fala da trajetória política e rebate as acusações. Ele foi orientado a evitar citar as escutas telefônicas classificadas como ilegais. “O importante é fazer o enfrentamento. Essa defesa é menos jurídica e mais política”, argumentou o advogado do senador.

O depoimento é o último passo antes da apresentação do relatório final, que deve ficar pronto no fim de junho e que pode recomendar desde censura até a cassação. Caso saia derrotado, o último recurso vai ser buscar apoio para manter o mandato na votação em plenário, que é secreta. A reação dos senadores hoje vai servir de termômetro para o depoimento na CPI do Cachoeira, marcado para quinta-feira. Demóstenes pode decidir ficar calado, caso corra o risco de ser preso. METRO BRASÍLIA


08

BEBIDAS

Diageo compra a Ypióca O grupo britânico Diageo, dono de marcas como Smirnoff e Johnnie Walker, comprou a fabricante de cachaça brasileira Ypióca por R$ 900 milhões. A previsão é que o negócio seja concluído em um mês. A Ypióca ocupa a terceira posição na categoria e a primeira no mercado premium de cachaça. O grupo britânico destaca a estrutura de distribuição da empresa pelo país, em especial no Nordeste. A ideia é que essa rede seja usada para acelerar o crescimento das outras marcas do grupo no Brasil. Entre os mais de dez nomes distribuídos pela britânica estão a tequila José Cuervo e o licor Baileys. O país é hoje um dos principais mercados para as vodkas Smirnoff e Ciroc, além do whisky Johnnie Walker. METRO

economia

Economia deve crescer abaixo de 3% Analistas das instituições financeiras também reduziram, novamente, sua previsão para o crescimento do PIB neste ano. A estimativa recuou de 3,09% para 2,99%, informou o Banco Central, que conduziu pesquisa, na semana passada, com mais

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Fusão entre Azul e Trip cria 3ª maior aérea Juntas, empresas passam a atender 96 cidades brasileiras e a controlar 14,23% do mercado nacional de aviação Para especialista, negócio deve acirrar competição no setor As companhias aéreas Azul e Trip anunciaram ontem a fusão das duas empresas. A união entre as companhias cria a terceira maior empresa do setor, atrás da TAM e da Gol. As duas empresas permanecerão com operações independentes até as aprovações necessárias, da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). A tendência é a de sobreviver apenas uma marca, mas qual ainda não foi definida. De acordo com os últimos dados da Anac, as duas companhias detinham juntas uma participação de 14,23% do mercado doméstico em abril. “As empresas continuarão com uma participação ainda pequena diante da TAM

Nova poupança dobra captação Mesmo com a expectativa de um rendimento menor, a nova poupança captou R$ 1,94 bilhão (depósitos menos retiradas) entre 4 e 22 de maio. Segundo dados do Banco Central, houve um crescimento de 123% em relação aos valores captados pela caderneta de poupança de janeiro a abril deste ano, e nos dias 2 e 3 de maio, quando ainda valia a regra antiga de remuneração. Com a queda da Selic para 8,5% ao ano, o que deve acontecer nesta semana, a

www.readmetro.com

poupança passará a ser atrelada aos juros básicos da economia, rendendo 70% da aplicação, mais a Taxa Referencial para depósitos feitos a partir de 4 de maio. Com isso, o rendimento será menor. Segundo o BC, a captação da poupança de 4 de maio em diante, representa, em 13 dias úteis, 33,9% dos ingressos totais nos quatro primeiros meses de 2011, e nos dois primeiros dias úteis de maio (2 e 3), ou seja, em 85 dias úteis. METRO de 100 instituições financeiras. O levantamento dá origem ao relatório de mercado, também conhecido como Focus. Os economistas continuaram prevendo que a taxa básica de juros definida pelo Banco Central, recuará de 9% para 8,5% ao ano na quarta-feira (30), quando termina a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) da autoridade monetária. METRO

Como fica o mercado aéreo brasileiro Aeronaves Cidades Funcionários

Participação de Mercado

Gol e Webjet

151

81

20.548

40,12%

TAM

156

42

29.961

39,89%

Azul e Trip

112

96

8.700

14,23%

Fusão cria 3º maior iorr empresa sa do setor or Fonte: Anac e sites das empresas

e da Gol e devem continuar com estratégia de preços atrativos para o consumidor nos próximos dois ou três anos”, afirma Vincent Baron, sócio da consultoria Naxentia.

Na avaliação do consultor, a tendência é que a fusão acirre a competição no setor, o que pode resultar em uma pressão para que os concorrentes reduzam os

preços. “A Azul e Trip operam com frotas iguais, Embraer e ATR, devem ganhar com a redução no custo de manutenção”, diz. No total, a nova empresa, batizada de Azul Trip SA, vai possuir 112 aeronaves (62 jatos Embraer e 50 turboélices ATR) e operar pelo menos 837 voos diários em 316 rotas. As duas empresas estimam uma receita anual combinada superior a R$ 4 bilhões e uma frota de até 120 aviões ao final de 2012. Os acionistas da Azul terão 67% desta holding e os acionistas da Trip deterão os 33% restantes. Não haverá desembolso de dinheiro entre os acionistas ou injeção de recursos novos na companhia. David Neeleman, fundador da Azul, será o presidente do conselho de administração. METRO

Participação de menores avança Fatia cresceu 33% em abril, segundo a Anac

25,3%

PARTICIPAÇÃO DE PEQUENAS

34,8% GOL

39,9% TAM

BB corta juro para pequena empresa Na esteira do anúncio de medidas de estímulo para o setor automotivo, o Banco do Brasil decidiu diminuir o custo para a compra de veículos feita por micro e pequenas empresas. Negócios com faturamento bruto de até R$ 60 milhões poderão contratar financiamento com taxa 21,3% menor -- passou a ser 0,77% ao mês, com encargos médios de 1,09%. A linha,

que exclui veículos pesados, permite financiar até 100% do valor do carro, com prazos de 60 meses e até três meses de carência. Na última semana, o banco já anunciara um novo corte na taxa para a compra de carros por pessoas físicas. Os juros caíram de um intervalo entre 0,95% e 1,99% ao mês para mínima de 0,77% e máxima de 1,79%.

FERNANDO AMORIM / AG. A TARDE / FUTURA PRESS

Queda do preço do petróleo reduz chances de reajuste

O banco também anunciou alterações nas linhas de antecipação de vendas a lojistas, capital de giro e na liquidação de dívidas de outras instituições financeiras. Para as duas primeiras modalidades haverá carência máxima de três meses. Para o pagamento de dívidas em outros bancos, a carência será de seis meses a taxa de 0,89% e prazo máximo de 60 meses. METRO

0,77

porcento ao mês passa a ser a taxa de juros cobrada para empresas com faturamento bruto de até R$ 60 milhões para contratar financiamento para a compra de veículos pelo banco estatal.

Pressão por reajuste de gasolina diminuiu A queda nos preços internacionais do petróleo indica uma mudança na tendência do valor da commodity esperada pela Petrobras neste ano, em meio à crise global, e arrefeceu as pressões para um reajuste dos combustíveis no mercado brasileiro. A avaliação é do diretor financeiro da estatal, Almir Barbassa. “A pressão sobre a necessidade de um aumento diminuiu. A lógica parece ser

essa (não ter pressão para aumentar)...”, disse Barbassa à “Reuters”. A Petrobras acreditava em abril que o petróleo Brent se sustentaria em um nível perto de US$ 120 o barril até o final do ano, um novo patamar, segundo chegou a afirmar a presidente da estatal, Maria das Graças Foster. E isso levaria a um reajuste de preço dos combustíveis no Brasil ainda este ano. METRO


mundo

ONU tenta resgatar plano de paz na Síria Kofi Annan chegou ao país e se disse ‘horrorizado’ Brasileiro que estava detido conseguiu sair O enviado especial da ONU (Organização das Nações Unidas) para a Síria, Kofi Annan, desembarcou ontem em Damasco para uma reunião com o governo sírio. O ex-secretário-geral tenta salvar o plano de paz estabelecido com o presidente Bashar Al-Assad em abril. Na última sexta-feira, 108 pessoas morreram em um violento ataque a um vilarejo do país. As tropas de Assad são supeitas de terem orquestrado a ação. Pouco antes de Annan chegar, a oposição voltou a acusar o governo de organizar um novo bombardeio.

Desta vez, 41 pessoas foram assassinadas na cidade de Hama. O ditador negou a participação nos atentados e acusou grupos islâmicos de estarem no comando das operações. A Rússia, aliada de Assad, disse que as mortes são responsabilidade de ambos os lados. Em meio às acusações, o jornalista brasileiro Klester Cavalcanti conseguiu sair da Síria. Ele passou seis dias detido, mas está no Líbano. CAROLINA VICENTIN METRO SÃO PAULO

60 segundos

COMO EVITAR MATANÇAS ‘NÃO HÁ SOLUÇÃO MILITAR PARA A CRISE’ O cientista político Paulo Sérgio Pinheiro lidera uma comissão independente que estuda a situação na Síria e faz relatórios para a ONU. Em entrevista ao Metro, ele criticou os países que financiam a guerra: Os oposicionistas estão mais armados e organizados. Por que?

Eles chegaram a isso graças ao armamento oferecido por alguns países que os apóiam. Não há solução militar para a crise, e a escalada de militarização só vai tornar as coisas mais difíceis. Existe uma solução no curto prazo?

Somente a negociação conduzida por Kofi Annan. No longo prazo, o melhor que se pode esperar é que as nações com interesse na Síria deixem

de interferir na política interna e ajudem a ONU na construção do futuro. O senhor acompanhou a crise desde o início. O que o choca mais?

Não há um campeonato de violações aos direitos humanos, mas eu diria que o total desrespeito às crianças me choca muito. Elas são profundamente afetadas pelo conflito. Como é a situação dos refugiados?

Eles têm sido acolhidos generosamente no Líbano, na Turquia e na Jordânia. METRO

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

BRINQUEDO DA DISCÓRDIA

Boneca causa polêmica Uma organização sem fins lucrativos da Suécia lançou a boneca “retardada real” e criou polê-

mica no país. Na embalagem, o aviso: “ela não sua, não faz sexo, não bebe ou vai ao banheiro. Muito melhor que um retardado normal.” Segundo a entidade, que cuida de pessoas com necessidades especiais, a ideia era chamar a atenção para o tratamento dado a essas pessoas. METRO

09

Cardeal pode ter vazado documentos A Santa Sé tremeu, mais uma vez, com a denúncia de que um cardeal estaria envolvido no vazamento de documentos secretos do Vaticano. Segundo jornais italianos, o mordomo do Papa Bento XVI não teria agido sozinho, mas sim em parceria com um cardeal.

O escândalo estourou na semana passada, e o mordomo do pontífice, Paolo Gabriele, foi preso. Em seu apartamento, foram encontrados uma série de documentos da Igreja. O material trazia informações sobre casos de nepotismo e pedofilia. METRO


10

cultura

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

DIVULGAÇÃO

2

cultura

60 seconds

Febre Sherlock

Para ator, personagem é como ‘Hamlet’

Detetive ganha primeira aventura criada por outro autor que não Arthur Conan Doyle Lançamento coincide com popularização do personagem em filmes e séries de TV

Benedict Cumberbatch (esq.) e Martin Freeman vivem, respectivamente, Sherlock e Watson em série da BBC

Sai DVD de “O Jogo de Sombras” A segunda aventura de Robert Downey Jr. na pele de Sherlock Holmes chega a DVD (Warner, R$ 39,90) e Blu-Ray (R$ 69,90). Um dos destaques da trama de “O Jogo de Sombras” é a inclusão do professor James Moriarty, principal inimigo do detetive. O disco traz entre os extras entrevistas com os atores e um minidocumentário explicando como foram feitos os efeitos especiais. METRO

O detetive mais popular do mundo está de volta. Mais de 80 anos após a morte de seu criador, Sherlock Holmes é a estrela de “A Casa de Seda” (Zahar, 272 págs., R$ 39), primeiro livro do personagem autorizado pelo Conan Doyle Estate, que protege as obras do escritor. O escolhido para conduzir tarefa de tamanha responsabilidade foi o britânico Anthony Horowitz, 57 anos, da série de livros Alex Rider. “Quis fazer algo fiel ao século 19 mas com o ritmo, a sensibilidade e a empolgação do século 21”, afirmou ele, por telefone, ao Metro. Antes de começar a nova história, Horowitz releu to-

dos os 56 contos e os quatro romances de Arthur Conan Doyle (1859-1930) e escreveu uma introdução que foi aprovada pela editora. Após isso, pediu liberdade total para a criação. “Isso foi muito importante. Já estava nervoso o suficiente por procurar fazer algo tão bom quanto Doyle.” “A Casa de Seda” é narrado por um já idoso Dr. John Watson – fiel companheiro de Sherlock. Um ano após a morte do amigo, ele crê ter chegado a hora de relatar um caso sombrio que ficara encoberto pelos seus eventos terem sido “chocantes demais”, a ponto de pedir

que seus escritos só viessem a público cem anos depois – justamente nos dias de hoje. O episódio começa em 1890, quando um galerista vai a Baker Street pedir ajuda por estar sendo seguido. Como em toda boa história detetivesca, a trama revelase bem mais intricada do que parece, e é contada por meio de uma narrativa densa, eletrizante e cativante. No meio disso tudo, estão personagens queridos como o inspetor Lestrade, a senhora Hudson, o irmão Mycroft e o professor Moriarty. Segundo o autor, Holmes ainda faz sucesso no século 21 não somente por suas habilidades, mas tam-

bém por sua amizade com Watson. “A sacada de Conan Doyle foi pegar esse personagem frio e irritante e tornálo melhor amigo de um médico inteligente e humano”, acredita. O que poderia ser um abacaxi virou marco de respeito: a imprensa britânica aclamou o resultado. Caminho aberto para novas aventuras? “Concordei em escrever uma sequência sem Holmes, apesar de o livro adotar seu universo. Deve sair em 2014. Não posso dizer nada além disso.” AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Casa de Conan Doyle sob ameaça

Derek Wood se veste de Sherlock em campanha na Trafalgar Square, em Londres KIERON MONKS/METRO WORLD NEWS

Manifestantes protestaram em Londres contra uma reforma que transformará a casa de Arthur Conan Doyle em apartamentos. Atores como Stephen Fry e Julian Barnes apoiam a causa. Foi nessa casa que o escritor inglês criou suas histórias de Sherlock Holmes e recebeu celebridades, como Bram Stoker e Bernard Shaw.

Uma série tem capturado os fãs das aventuras de Baker Street. Criada pela BBC, “Sherlock” traz o ator britânico Benedict Cumberbatch como o famoso detetive, que investiga casos na Londres contemporânea com o auxílio de computadores e smartphones. A primeira temporada pode ser encontrada em DVD (Log On, R$ 79,90) e a segunda deve ser lançada no segundo semestre. Uma terceira já foi anunciada. A ideia deu tão certo que a emissora americana CBS produzirá outra série do personagem, nos mesmos moldes, situada em Nova York, batizada de “Elementar”. Aos 35 anos, Cumberbatch falou ao Metro sobre como lida com o fato de interpretar o detetive. Todos estão animados com Sherlock – da série aos filmes com Robert Downey Jr.

Este papel é como “Hamlet”. É clássico. Adoro o que Downey Jr. fez no cinema, reinventando Sherlock para os mais jovens e criando uma franquia de ação, à sua maneira, fiel às histórias. Algum palpite sobre o porquê de Sherlock ganhar tanta atenção nos dias de hoje?

Na verdade, não. Mas há épocas no teatro em que todos fazem “Hamlet”... É apenas uma moda cultural. Sherlock é muito esperto e confiante, mas socialmente inepto. O que o faz ser assim?

Na segunda temporada, tentamos humanizá-lo, mostrando que há ali alguém que foi reprimido desde a infância para se tornar uma máquina infalível de dedução. Tentamos lembrar o público de que esse herói teve de lidar com vulnerabilidades em sua vida. O que é felicidade para Sherlock Holmes?

É saber que ele está certo. É ter um problema e resolvê-lo. Simples assim. AMBER RAY

METRO WORLD NEWS


cultura

www.readmetro.com

Amazônia em foco Natureza e cultura da região são temas de exposição no Centro Cultural Banco do Brasil Evento reúne fotos, pinturas, vídeos e objetos históricos FOTOS DIVULGAÇÃO

As riquezas culturais, ambientais e a história da modernidade na região amazônica inspiram a exposição ‘Amazônia, Ciclos de Modernidade’, que estreia hoje no Centro Cultural Banco do Brasil. Com curadoria de Paulo Herkenhoff, a mostra é o principal projeto cultural da instituição para a Rio + 20, e é composta por 300 obras de arte, de 76 artistas, que vão desde o século XVIII até os dias atuais. A mostra apresenta fotografias, pinturas, aquarelas, desenhos, esculturas, objetos, vídeos e documentos raros de artistas como Emmanuel Nassar, Frans Krajcberg e Pierre Verger, entre outros. Logo no primeiro andar do CCBB, o visitante é surpreendido por uma instalação de arte popular criada por artesãos de Parintins, que mostra uma grande árvore na qual se encontram animais da região, arbustos de açaí e de guaraná.

“Mentira Repetida”: vídeo de Rodrigo Braga

Moradores da Amazônia retratados por Elza Lima

O público ainda terá a sensação de viajar pela Floresta Amazônica ao percorrer, numa sala escurecida, uma cena em que o índio Ymá Nhandehetama discorre sobre a condição indígena atual no Brasil. A Fundação Biblioteca Nacional contribuiu para a exposição com cerca de 100 obras do acervo, que são atrações da sala do Iluminismo. Há mapas raros, desenhos originais de Alexandre Rodrigues Ferreira e Antonio Landi, além de maquetes do Museu Naval e obras dos artistas plásticos Adriana Varejão e Marcone Moreira.

Espetáculo de Londres é transmitido em salas de cinema

Ópera inglesa nos cinemas cariocas 19h, nas salas dos shoppings Plaza Niterói, Downtown e Botafogo. Marcel Gottlieb, conhecedor do gênero, e Silvio Viegas, regente titular da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, comentam o espetáculo, que também tem legendas em português. Os ingressos, que custam R$ 60, podem ser adquiridos através do site da rede Cinemark (www.cinemark.com.br) ou na bilheteria do Municipal. METRO RIO

Criatividade sustentável Às vésperas da Rio+20, Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, uma mostra sobre sustentabilidade também entra em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil. A exposição interativa ‘Suécia Inovadora’ reúne 20 problemas e suas soluções criativas, elaboradas por empresas suecas para problemas ambientais e tecnológicas do cotidiano. A mostra, que já percorreu cidades dos EUA e Canadá, é promovida pela Embaixada da Suécia e

está pela primeira vez no País. “Nossas maiores prioridades com relação ao Brasil são a inovação e o desenvolvimento sustentável. Queremos fortalecer ainda mais os laços entre os dois países”, afirma Mikael Ståhl, conselheiro da embaixada sueca. “Tematicamente, a exposição tem muito a ver com a Rio+20. A ideia também é contribuir para o diálogo da conferência”, complementa. METRO RIO No CCBB (rua Primeiro de Março, 66, Centro, tel.: 3808-2030). Terça a domingo, das 9h às 21h. Até 8 de julho. Grátis. Livre.

No CCBB (rua Primeiro de Março, 66, Centro, tel.: 3808-2030). Terça a domingo, das 9h às 21h. Até 22 de julho. Grátis. Livre.

GISLANDIA GOVERNO

Produtos suecos inovadores são atração no evento

METRO RIO

DIVULGAÇÃO

Quem quiser assitir ao clássico ‘Macbeth’, do compositor italiano Giuseppe Verdi, terá a última oportunidade hoje. A transmissão do espetáculo nos cinemas da rede Cinemark também marca o encerramento da temporada de apresentações da Royal Opera House (ROH), de Londres, uma das mais modernas casas de ópera da Europa. Cantada em italiano e dividida em quatro atos, a ópera sobre a tragédia ‘Macbeth’, de William Shakespeare, será exibida às

11

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

BRUNA PRADO / METRO RIO

DIVULGAÇÃO

Ionã Matheus e Nícolas Martins, do coletivo La Selva: ºarte em um rinoceronte

DIVULGAÇÃO

Elenco de “Z.É. - Zenas Emprovisadas”

Toy art em cartaz Convidado especial Fenômeno da arte pop contemporânea, que utiliza um brinquedo para mesclar design, moda e urbanidade, a toy art é tema da mostra “Rio 360”, no O.Oztel. A exposição reúne trabalhos de 17 artistas cariocas, como Kajaman, Julio Costa, Carlos Bobi, o coletivo La Selva e Amanda Nahu, entre outros. Cada um deles customizou um ‘Rhino’ - toy art em forma de um rinoceronte. Os artistas, que são de várias vertentes, como estilistas, fotógrafos, produtores, grafiteiros, skatistas, videomakers, deram

formas lúdicas e criativas aos rinocerontes artesanais, que lembram brinquedos. Após a exposição, a grife Ecko Unltd promoverá uma venda especial da linha de camisetas “Save The Rhino”, com parte da renda revertida para a ONG homônima, que visa a preservação desses animais em extinção. G.F.G.

No O.Oztel (rua Pinheiro Guimarães, 91, Botafogo. Tel.: 3042-1853). Segunda a sábado, das 19h a 0h. Grátis. Livre.

em maratona do humor O ator Marcius Melhem é o convidado especial da apresentação que fecha a 21ª temporada de “Z.É. - Zenas Emprovisadas”, hoje, no Oi Casagrande. A maratona de esquetes de improvisação, recheada de muito humor, conta com os atores Fernando Caruso, Gregório Duvivier, Marcelo Adnet e Rafael Queiroga. O espetáculo, que tem duração de uma hora, é dividido em três blocos: um esquete de humor, sempre diferente a cada apresentação; uma aula ao vivo de

teatro, também coordenada por um diretor convidado, e jogos de improvisação fixos, que proporcionam uma interação com a plateia. E cabe justamente ao público sugerir frases ou temas que serão interpretados, de forma hilária, pelos atores no palco. G.F.G.

No Oi Casagrande (rua Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon. Tel.: 3114-3712). Hoje, às 21h. R$ 30 (balcão) a R$ 60 (plateia). 16 anos.


12

www.readmetro.com

variedades

Facebook quer próprio smartphone

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Os invasores ABC DIGIPRESS

Tampas de ferro X Asfalto liso

Cruzadas

A maior rede social do mundo tenta, mais uma vez, construir um aparelho com a sua marca Mark Zuckerberg tem planos ainda mais ambiciosos para o Facebook. Segundo informações do “The New York Times”, ele está investindo na formação de uma equipe especializada em construir celulares inteligentes. Zuckerberg teria, inclusive, contratado alguns engenheiros da Apple que trabalharam na concepção do iPhone. A ideia do dono do Facebook não é recente. Em 2010, o “Techcrunch”, um blog especializado em tecnologia, já havia anunciado que funcionários da

milhões de brasileiros são cadastrados no Facebook. O Brasil é o segundo país em número de usuários, perdendo apenas para os Estados Unidos.

46

empresa estavam trabalhando em um protótipo assim. No ano passado, outros rumores falaram do mesmo assunto. O aparelho teria até um apelido: Buffy. Em entrevistas recentes, executivos da empresa não negaram a existência do projeto, embora tampouco tenham confirmado. Se o smartphone do Facebook sair mesmo do papel, a empresa de Zuckerberg se tornará a primeira companhia de software a lançar um hardware. Isso se o Google não sair na frente. Recentemente, a gigante da internet adquiriu a Motorola Mobile (para celulares), em uma transação de US$ 12,5 bilhões. A compra evidencia os planos do Google de alçar voos maiores com o Android, seu sistema operacional. METRO

Leitor fala A rua Barão de Mesquita, na Tijuca, a exemplo de outras vias do Rio, está sendo fresada e recapeada com asfalto novo. Entretanto, as tampas de ferro das diversas tubulações existentes (águas pluviais, DAE, Cedae, CTB, CEG e etc) ficam no meio da rua, em buracos de vários centímetros abaixo do nível asfáltico, funcionando como perigosos “quebra-molas”. Além de danificar veículos, podem provocar graves acidentes. É evidente a falta de comunicação e cooperação entre a Prefeitura e as concessionárias. Por que não transferir esses tampões para junto da guia das calçadas ou outros locais menos perigosos? João Lima Filho – Rio de Janeiro, RJ

Ponte destruída Moro em Teresópolis e, depois das chuvas que arrasaram a cidade no ano passado até hoje, a prefeitura ainda não arrumou a ponte que dá acesso para as residências da Fazenda Suíça. O Governo Federal já liberou a verba. Onde é que ela foi parar? Ninguém sabe. Esse é mais um absurdo que aconteceu na Região Serrana e se estende até hoje. As autoridades deveriam ter um um mínimo de respeito com o cidadão que paga seus impostos em dia. Maria Goretti Aires – Rio de Janeiro, RJ

Pergunta

Sudoku

Você acha que Vasco e Botafogo têm fôlego para sustentar a liderança do Brasileiro até o final do campeonato? Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroRJ

@danieldantas01: Até podem brigar pelo título, mas acho que Inter, Santos e Fluminense têm elencos melhores para aguentar os pontos corridos. @phazevedo: O Botafogo tem todas as chances. Essa é nossa vez. Vamos ganhar, Fogo! @joaomarcelosmms: Apenas o Vasco, o Botafogo já não sei.

Web Para falar com a redação: leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook: www.facebook.com/metrojornal

Manutenção aumenta a segurança da rede THOMAS HODEL/REUTERS

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Dificuldades e limitações no trabalho podem ser muito bem compensadas por momentos agradáveis no amor. Tenha um pouco mais de confiança na vida. Touro (21/4 a 20/5) A união de certos grupos podem gerar algum estresse se você não estiver bem relacionado com eles, procure se enturmar para poder participar dos resultados. Gêmeos (21/5 a 20/6) Distrações e entretenimentos podem lhe trazer um pouco de satisfação, mas tendem a tirar a sua atenção dos seus objetivos principais, fique mais ligado. Câncer (21/6 a 22/7) Renovação nos seus objetivos e possibilidades de resultados positivos pela união de esforços com as pessoas que estão do seu lado, para o que der e vier.

www.estrelaguia.com.br Leão (23/7 a 22/8) Dia de cumprir acordos e também fazer um média com os parceiros. Tente se livrar de situações nas quais você possa ser mal interpretado, fique mais atento. Virgem (23/8 a 22/9) Limitações aos seus objetivos, dia da concorrência se organizar e se combinar para poder lhe enfrentar. Pode faltar articulação da sua parte para vencer. Libra (23/9 a 22/10) Dia de travar abusos e a falta de consideração das pessoas ou de grupos de pessoas que estão pensando somente em si deixando de compartilhar as coisas. Escorpião (23/10 a 21/11) Hoje as preocupações giram em torno das suas necessidades mais imediatas, pode pintar um pouco de individualismo, porém é preciso garantir a sua parte.

Sagitário (22/11 a 21/12) Possível descontentamento com o descumprimento de acordos ou com a desunião do grupo ao qual você pertence. Não demore muito para reagir, lute pelo que é seu. Capricórnio (22/12 a 20/1) Dia de impor limitações para aquelas pessoas que têm agido de forma prejudicial ao grupo, afinal de contas, individualismos não podem atrapalhar a maioria. Aquário (21/1 a 19/2) Está na hora de responder pelas suas ações. Não basta dar as ideias, você precisa mostrar que além de boas elas funcionam, e que você realmente acredita nelas. Peixes (20/2 a 20/3) Descontentamento com atitudes individualistas podem gerar rompimentos de acordos, analise melhor, procure alternativas antes de simplesmente dizer não.


cultura Philip Philips desbancou promessa e garota de 16 anos

www.readmetro.com

Um ‘idol’ de sete vidas Ganhador de reality foi operado oito vezes durante a competição Cantor é considerado um novo Dave Matthews DIVULGAÇÃO

Todas as apostas se voltavam para o cantor de soul Joshua Ledet ganhar o reality show musical “American Idol”, exibido no canal Sony. Mas, após a sua eliminação, o foco para a final voltou-se para a zebra Philip Philips. O que poucos sabiam é que o cantor já travava uma batalha própria. Em entrevista à revista “People” deste final de semana, o pai de Philip revelou que o jovem de 21 anos fez oito cirurgias enquanto estava na competição. O vencedor do reality, que sofre com cálculos e pe-

Ao pé do ouvido O músico Wagner Cinelli e sua banda fazem show de lançamento do CD-livro “Shalom Salam”. No repertório, músicas autorais e canções consagradas da MPB. METRO RIO No CCJF (avenida Rio Branco, 241, Centro. Tel.: 3261-2550). Hoje, às 19h. R$ 20. 14 anos.

Cinelli: no balanço da MPB

13

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

dras nos rins, foi alvo de questionamentos na internet sobre sua saúde durante as apresentações. “Eles acabaram de ter uma amostra do que Phillip pode fazer”, afirmou o pai do cantor, que também disse que o jovem aparentava melhor no vídeo do que pessoalmente. Uma nova cirurgia será feita com tempo de recuperação de duas a quatro semanas, o suficiente para ele se apresentar junto aos demais integrantes em turnê em junho. O cantor, considerado um novo Dave Matthews

pela voz e por sempre estar com um violão, atraiu as garotas por sua beleza e também ganhou o respeito de todos pela performance nos palcos. Com apresentações longe de serem megalomaníacas, Philip levou ao disputado reality show músicas nunca tocadas no programa. Em suas escolhas pessoais estiveram Phil Collins, Jonny Lang, Dave Matthews Band, Damien Rice e Matchbox Twenty. “Sou o primeiro a admitir que não sei cantar, sou quem gosta de se divertir no palco”, disse Philip durante

a eliminatória. No último programa, o cantor se apresentou com John Fogerty, do Creedence Clearwater Revival, cantando duas músicas da banda. Já sua concorrente, Jessica Sanchez, investiu em uma homenagem a Whitney Houston, que faleceu em fevereiro deste ano, cantando “I Will Always Love You”, mas não foi páreo para Philip. “É tão irreal: ainda não caiu a ficha. É uma bênção, estou tentando compreender tudo isso”, afirmou após de ganhar o prêmio. METRO RIO

Livro traz reflexões sobre ética e política nos últimos 10 anos Escrever enquanto os eventos acontecem é um risco de não conhecer o futuro e acabar sendo surpreendido por acontecimentos que fugiram de sua análise. Rever essas publicações poderia ser a certeza de encontrar erros em suas previsões. Mas não é esse o caso do professor e sociólogo Carlos Alberto Rabaça em “Páginas de Uma Década - Reflexões Sobre Valores Humanistas na Educação, Ética, Política e Religião” (Ed. Documenta Histórica, 236 págs.), coletânea que reúne 110 artigos publicados em jornais do Rio e de São Paulo na última década. “O interessante é que coisas que escrevi há seis anos, como por exemplo sobre ética, estão mais em pauta do que nunca”, afirma Rabaça, apontando con-

“Esse livro é uma forma de denúncia. Um instrumento histórico para nosso tempo.” CARLOS ALBERTO RABAÇA

tradições atuais. “Não tem como conceber um ex-ministro da Justiça, que tinha a Polícia Federal nas mãos, investigando esse caso e se tornar o advogado do próprio anos depois”, exemplifica o autor, citando o caso de Márcio Thomaz Bastos advogando em defesa de Carlos Cachoeira. O livro traz diversos temas, desde guerras, terrorismo, intolerância, desigualdade, corrupção e drogas. Mas, quando perguntado qual tópico deveria estar em tona, a resposta é rápida: educação.

“Está faltando um projeto de Estado sobre educação. Quando educados, passamos a compreender nossa função na sociedade e isso é fundamental para todas as outras discussões”, afirma Rabaça. METRO RIO Lançamento na Livraria Argumento (rua Dias Ferreira, 417, Leblon). Hoje, às 19h. REPRODUÇÃO

Bossa nova se une à batida eletrônica Um dos fundadores da bossa nova, o cantor e compositor Roberto Menescal e o grupo Bossacucanova, de bossa eletrônica, voltam a se apresentar juntos, em show hoje, no Sesc Ginástico. No palco, eles farão uma releitura de sucessos de suas carreiras, além de comemorarem os dez anos do premiado CD ‘Brasilidade’. Tocando guitarra em ritmo jazzístico e com arranjos arrojados, Menescal interpretará clássicos do movimento musical que marcou uma geração, como “Garota de Ipanema”, “Água de Beber”, “Rio”, “Telefone”, “Samba de Uma Nota Só” (Tom e Newton Mendonça), entre outros. Ele ainda fará alguns duetos com a cantora Cris Delanno. O público também irá conferir canções como “Mas Que Nada” (Jorge

METRO RIO

No Teatro Sesc Ginástico (av. Graça Aranha, 187, Centro. Tel.: 2279-4027). Hoje, às 19h. R$ 20. 14 anos. DIVULGAÇÃO

Menescal sobe ao palco do Sesc Ginástico

Lançamentos “Guia Politicamente Incorreto da Filosofia”, Leya, 224 págs. R$ 39,90 Por meio de textos analíticos, Luiz Felipe Pondé propõe uma espécie de “guia” sobre diversos temas filosóficos, que podem nortear quem quer se posicionar diante de questões relevantes na sociedade atual. Assuntos como o politicamente correto, o racismo e as diferenças religiosas estão entre os temas abordados. “Scarpetta”, Paralela, 384 págs. R$ 34,50

Coletânea traz 110 artigos

Ben), “Eu Quero Um Samba” (Janet de Almeida / Haroldo Barbosa), “Balanço Zona Sul” (Tito Maddi), “Essa Moça Tá Diferente” (Chico Buarque) e “Maria Moita” (Carlos Lyra), que serão apresentadas no espetáculo com muito balanço e suingue pelo grupo Bossacucanova, que lança ainda este ano um novo CD. Formado pelos músicos Marcelinho da Lua, Alexandre Moreira e Marcio Menescal, o Bossacucanova se tornou conhecido por revisitar a MPB, mesclando, de forma inovadora, a sonoridade do samba e da bossa nova, com a batida eletronic-jazz.

Autora com 17 títulos já publicados no Brasil (e mais de 100 milhões de romance vendidos no mundo), Patricia Cornwell mostra em seu novo livro uma célebre médica-legista que ajuda na investigação do assassinato de uma anã. Ela examina o principal suspeito do crime, que diz ser perseguido pela CIA. “Nelson Rodrigues por Ele Mesmo”, Nova Fronteira, 272 págs. R$ 39,90 O livro se propõe a ser uma “autobiografia” de Nelson Rodrigues (19121980), a partir da reunião de textos escritos por ele falando de si, e dando opiniões sobre diversos temas. A organização é de Sônia Rodrigues, filha dele.


14

+ “Meu prato favorito é a nossa cenoura temperada com salmão defumado. É uma comida que eu gosto e acho que reflete a minha sensibilidade culinária.” MARCUS SAMUELSSON, CHEF

www.readmetro.com

gastronomia

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Escandinávia e os fogões Suécia, Dinamarca e Noruega inovam a gastronomia Receitas antigas são feitas com ingredientes orgânicos

FOTOS: METRO INTERNACIONAL

Entre colheres e panelas, a Escandinávia surpreende o mundo pela originalidade de sua culinária. No auge da criatividade, chefs renomados passam hoje por uma onda de inspiração, que vem conquistando um público de gosto refinado. Batizado de “Nordic Cuisine”, a culinária dos países nórdicos é um movimento dedicado à simplicidade e ao bom gosto. Pelas mãos de conceituados profissionais, o segredo consite em trazer à tona pratos tradicionais com toque inovador. Recentemente, os países nórdicos levaram para casa os três principais prêmios de uma das mais importantes competições internacionais entre chefs, o Bocuse D’Or 2012. Chefs famosos, como Geir Skeie, da Noruega, Rene Redzepi, da Dinamarca, e Mathias Dahlgren, da Suécia, juntam receitas antigas e ingredientes orgânicos para compor os pratos. A região totaliza 27 restaurantes que aderiram a inovação. Dose Escandinava Estocolmo, Noruega e Dinamarca são destinos certeiros para experimentar a culinária da região. Desta-

Sugestões dos chefs Os melhores restaurantes com diversidade culinária.

Noruega Tjuvholmen Sjømagasinet Restaurante de primeira classe, com menu de frutos do mar. http://www.sjomagasinet. no/no/

Chef Marcus é um dos integrantes do movimento

que para os chefs suecos, que têm ganhado cada vez mais projeção. Marcus Samuelsson, dono do restaurante Red Rooster Harlem, é um deles. O rei dos fogões mistura traços de sabores escandinavos com técnica francesa e ideias africanas. A Noruega, por sua vez, participa desse triângulo gastronômico trazendo a

inspiração culinária da natureza. Um dos maiores sucessos são os menus baseados em produtos que se desenvolvem em águas puras e ar fresco. Os clientes também podem desfrutar do bacalhau fresco e das cerejas de Hardanger. Em Copenhague há a maior concentração de restaurantes gourmets em ascensão. Nada menos que

13 estabelecimentos locais fazem parte do guia turístico gastronômico, batizado de Michelin. A cidade é também o lar de Noma, que foi classificado como o melhor restaurante do mundo.

Além disso, todos são equipados com Wi-Fi e tem camas opcionais para casal, duas pessoas e para uma pessoa. Exclusivo para almas criativas, o hotel, que figura entre os melhores do mundo na lista da respeitada revista de viagens “Sunday Times Travel Magazines Top 100 Hotels of the World”, tem preço razoável para quem visita a capital da Hungria. O site do local diz mais sobre o hotel: http://www.brodhouse.com.

WWW.READMETRO.COM

Dinamarca Noma Eleito o melhor estabelecimento do mundo. http://www.noma.dk/ Aamanns Classic Smorrebrod é o nome dos sanduíches abertos que são sucesso no território dinamarquês. http://www.aamanns.dk/

Hospedagem artística O charmoso e imponente Brody House é muito mais que um simples local para hospedagem. O hotel, localizado no centro de Budapeste, mistura aristocracia e arte contemporânea, criando um refúgio único e discreto. Para uma estadia longa, a melhor escolha são os apartamentos. Se a passagem de volta for rápida os quartos são suficientes. São oito dormitórios à disposição, cada um com o nome do artista que expõe suas obras pelas paredes.

METRO INTERNACIONAL

Oro Bar & Grill O local privilegia a culinária gourmet. http://www.ororestaurant. no/side.asp?id=3

Suécia Frantzen Lindeberg Restaurante íntimo de culinária francesa. http://www.frantzenlindeberg.com/ B.A.R. Coloca à mesa frutos do mar. Tão frescos que o cliente pode escolher no aquário o peixe do prato. http://restaurangbar.se/

Um dos quartos do refúgio urbano

Norda Gotemburgo Manjar preparado pelo chef Marcus Samuelsson. http:// www.nordabargrill.se/


esporte

Ambiente piora e Joel volta a balançar

TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Fagner quer nome no gol de placa de Alecsandro O lateral-direito do Vasco Fagner brincou ontem que quer seu nome gravado no gol de placa, de bicicleta, que Alecsandro marcou na vitória sobre a Portuguesa, domingo, pelo Brasileirão. “Foi um gol belíssimo. Só quem sabe muito faz um

gol daquele. Se tivesse a plaquinha do gol, eu iria querer um espacinho também pelo cruzamento, para eu guardar”, brincou Fagner. O Vasco lidera o Brasileiro com seis pontos ao lado de Botafogo e Atlético-MG, com duas vitórias em dois

jogos. O próximo compromisso é contra o Náutico, dia 6 de junho, em São Januário, pela terceira rodada. Aproveitando a pausa no Brasileiro, os jogadores folgam e só se reapresentam amanhã, às 9h, na Praia da Barra da Tijuca. METRO RIO

O 3 a 3 contra o Internacional, pelo Brasileiro, depois de estar ganhando por 3 a 1, aumentou a crise na Gávea Zinho pede reforços à diretoria

esporte

Cansado dos episódios de indisciplina e de dar chance ao atacante Jobson, o Botafogo anunciou ontem que o jogador foi emprestado até o final do ano para Grêmio Barueri, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Jobson tem contrato com o Alvinegro até 2015. O Botafogo encontrava resistência do Brasiliense, clube que detém 40% dos direitos econômicos de Jobson, para emprestar o jogador a outros times. O Brasiliense não queria negociar Jobson em baixa, mas acabou cedendo. METRO RIO

Joel Santana critica a defesa do Flamengo

3 mi

de reais é o valor da multa rescisória do técnico Joel Santana no Flamengo. Ele, que assumiu o time em fevereiro, tem contrato com o rubro-negro até dezembro deste ano.

“Expliquei que precisamos de reforços e fui saber quais eram os parâmetros financeiros para buscar no mercado.” ZINHO

Breves

Federer iguala recorde GRAND SLAMS. Roger Fede-

rer adicionou mais um recorde em sua carreira. Ao passar pelo alemão alemão Tobias Kamke, ontem, em Roland Garros, o suíço chegou a 233 vitórias em Grand Slams, igualando a marca do americano Jimmy Connors. O suíço é o maior ganhador de troféus dessa categoria, com 16 conquistas. METRO RIO

Bellucci perde e dá adeus a Roland Garros TÊNIS. O brasileiro Thomaz Bellucci salvou um set quase perdido contra o sérvio Viktor Troicki, mas não conseguiu manter o alto nível de atuação e foi eliminado na estreia de Roland Garros, ontem, pelo placar de 3 a 2, com parciais de 4/6, 6/3, 5/7, 6/3 e 6/2. A derrota prejudica suas chances de participar dos Jogos de Londres, pois o brasileiro defendia 90 pontos da terceira roda-

REUTERS/REGIS DUVIGNAU

Bellucci corre o risco de ficar fora de Londres 2012

da. Atualmente, ele é o 66º do ranking mundial. Apenas os 56 primeiros garantem vaga na Olimpíada, respeitando o limite de quatro atletas por país. METRO RIO

Jobson vai para o Grêmio Barueri FERNANDO SOUTELLO/AGIF

METRO RIO

3

Botafogo se livra de Jobson outra vez

MÁRCIA FEITOSA/VIPCOMM

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, reuniu-se ontem com a diretoria rubro-negra para discutir a possibilidade de contratar mais reforços e contornar a crise que aumentou depois do empate em 3 a 3 com o Internacional, sábado, pela segunda rodada o Campeonato Brasileiro, depois de o time da Gávea ter chegado a vencer por 3 a 1. Depois do jogo, o técnico Joel Santana deu declarações responsabilizando a defesa pelo empate, e o clima com os jogadores, que já não era dos melhores, piorou. O treinador já não é mais unanimidade na Gávea, mas como tem contrato até o fim do ano e a multa rescisória é alta (R$ 3 milhões), ele segue no cargo, apesar das eliminações na Libertadores e no Carioca e o do mau começo no Brasileirão, com dois empates em dois jogos. Ronaldinho Gaúcho, que foi substituído durante a partida contra o Inter, no Engenhão, e deixou o campo vaiado, foi liberado ontem para visitar a mãe que sofreu uma cirurgia na mama, em Porto Alegre. Zinho revelou o teor da reunião com a diretoria rubro-negra: “Expliquei que precisamos de reforços e precisava saber quais eram os parâmetros financeiros. Tenho que me inteirar da realidade do clube para poder buscar no mercado. Fechamos um nome hoje [o atacante Hernane, ex-Mogi Mirim, vice-artilheiro do Paulista] e estamos buscando outros jogadores”, revelou o dirigente. Nono colocado no Brasileiro com 9 pontos, o Flamengo volta a jogar apenas dia 6 de junho, contra a Ponte Preta, em Campinas.

15

www.readmetro.com


16

esporte

www.readmetro.com TERÇA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2012

Números em alta,

Opinião HELIO CASTRONEVES

DEPOIS DA INDY 500, O DESAFIO AGORA É DETROIT ala, pessoal, tudo bom? Depois da Indy 500, no domingo, já estou a caminho de Detroit, a sexta etapa do IZOD IndyCar Series, que acontece no dia três de junho. Mas, antes disso, o Team Penske estará hoje no oval de Milwaukee realizando alguns importantes testes. Na verdade, é uma maratona que, incluindo a centenária disputa no Indianapolis Motor Speedway (Practices, Pole Day e corrida), estaremos completando sete finais de semana consecutivos de atividades entre 12 de maio e 23 de junho. É uma correria, sem dúvida, mas é muito legal e o carinho dos fãs por onde passamos é algo maravilhoso. Claro que todos nós do Shell V-Power Pennzoil Team Penske trabalhamos duro para um bom resultado em Indianapolis. Vencer, inclusive, era uma possibilidade muito sólida. Mas apesar de não acontecer o que tínhamos programado, o 10º lugar acabou sendo um resultado positivo diante das circunstância e, sobretudo, porque mantive a vice-liderança do campeonato, agora mais próximo do Will Power, meu companheiro de equipe no Team Penske que continua na frente da pontuação. Comecei esta 96ª Indy 500 com um carro muito bem equilibrado, resultado de todo o trabalho que fizemos nos treinos de preparação e uma estratégia pré-definida para seis paradas. Fiquei ali entre os 12 primeiras na parte inicial da corrida, mas na 80ª volta fui atingido por uma das rodas do carro do Will, que havia sofrido um acidente, e a partir daquele ponto ficou muito complicado pilotar o meu Dallara DW12 Chevrolet. Foi realmente uma pena, pois meu carro estava muito bom e nossa estratégia estava funcionando. Mas com o choque, passou a trepidar demais e eu não podia arriscar muito porque o carro saía muito de frente e, para falar a verdade, tive sorte de não ficar por ali mesmo com a suspensão quebrada ou algo pior. Mas isso acontece. Meu pessoal do Shell V-Power Pennzoil Team Penske fez um trabalho fantástico durante o mês de maio e só não conseguimos ir mais à frente por uma dessas coisas de corrida, mas vamos que vamos e no campeonato estamos bem. Quero deixar aqui os meus parabéns ao Dario Franchitti pela vitória e, es especial, cumprimentar o Tony Kanaan, Rubinho Barrichello e Bia Figueiredo pelo trabalho realizado. É isso aí. Vamos que vamos e até semana que vem (press@heliocastroneves.com)

F

A Lusa está em boas mãos. O clube apresentou na última semana seu reforço mais experiente para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A. Aos 38 anos – há dois sem atuar, desde que deixou o Milan – o goleiro Dida é o trunfo da equipe do Canindé para garantir a segurança de sempre debaixo da meta. Indicado pelo amigo Vampeta ao gerente de futebol Candinho, o arqueiro baiano se diz muito feliz com seu retorno aos gramados. Você é um atleta consagrado e estabelecido financeiramente. O que o fez voltar ao futebol?

Minha motivação é o desejo de atuar. Parei faz dois anos e a vontade de

Metro entrevista

popularidade em baixa

Apesar das críticas e da falta de apoio da torcida, Mano Menezes tem aproveitamento de 71% Brasil enfrenta os EUA, amanhã, em Washington MOWA PRESS/DIVULGAÇÃO

Questionado desde que assumiu a Seleção Brasileira, há quase dois anos, o técnico Mano Menezes tem números que não condizem com as críticas: 71% de aproveitamento dos pontos disputados, com 22 jogos, 14 vitórias, cinco empates e apenas três derrotas. Foram ainda 33 gols marcados e 12 sofridos, com um saldo positivo de 21. “São números muito bons mesmo, mas que não podem influenciar no rumo do trabalho que está sendo feito. Temos de manter a tranquilidade, assim como aconteceu depois da Copa América, quando o desempenho do time deixou a desejar. Temos de continuar buscando o melhor para o objetivo final, que é a Copa do Mundo de 2014, passando pela Olimpíada e pela Copa das Confederaçõoes de 2013”, disse o treinador. No último sábado, a seleção de base olímpica derrotou a Dinamarca por 3 a 1, em Hamburgo, com dois gols de Hulk, que ainda participou do lance de outro (contra, de Zimling). Amanhã, às 21h07 (de Brasília), no FedEX Field,

O Brasil de Mano Menezes tem 14 vitórias em 22 jogos

“Temos de manter a tranquilidade, assim como aconteceu depois da Copa América da Argentina.” MANO MENEZES

em Washington, o Brasil enfrenta os Estados Unidos no segundo da série de quatro amistosos preparatórios para os Jogos de Londres, em julho. O time de Mano Menezes jogará ainda contra o México, domingo, em Dallas, e

a Argentina, dia 9 de junho, em Nova Jersey. Neymar se apresentou ontem ao grupo. Ele não enfrentou a Dinamarca porque defendeu o Santos na partida contra o Velez Sarsfield, quinta-feira, pela Libertadores. METRO RIO

PIERVI FONSECA/AGIF/FOLHAPRESS

competir era muito grande. Quando apareceu esse convite foi muito bom, pois eu estava indeciso, jogando futebol de areia. Mexeu comigo. Entramos em um acordo e estamos aqui. Vai ser uma luta diária para voltar à melhor condição física.

Considerando sua idade e o tempo de inatividade, quando deve estrear?

Está sendo um recomeço. Eu estou há esse tempo sem jogar, mas malhando, mantendo a forma física. Quem sabe com essa oportunidade, treinando com bola todos os dias, em 15 ou 20

dias terei melhor forma física e ritmo. Sou um atleta que sempre se cuidou. E o que pode dizer sobre retornar ao futebol brasileiro?

É muito bom, já que foram mais de 10 anos no Milan. Estou em um grande clube e quero agarrar esta

de aproveitamento tem o técnico Mano Menezes no comando da Seleção Brasileira até agora. São 22 jogos, com 14 vitórias, cinco empates e três derrotas.

ra falar bastante em campo?

Tenho dois estilos, um dentro e outro fora de campo. Fora sempre fui muito reservado, calado. Só que na hora do jogo eu converso e grito muito, sempre fiz isso. Minhas orientações e a experiência podem ajudar.

DIDA

‘PARA MIM É UM RECOMEÇO’

71%

Goleiro deve estar à disposição do técnico Geninho em 15 dias

chance. Além disso, existe o contato com a torcida, que é muito menos fria que nos clubes da Europa. Você tem a missão de botar ordem na defesa, que falhou muito durante o Paulistão. Está pronto para deixar a histórica timidez de lado pa-

Você tem a expectativa de participar da Copa do Mundo de 2014 no Brasil?

O Mundial é muito importante, é um sonho, e eu vivi esse sonho de disputar. Acredito que vai ser muito mais difícil pra mim, porque estou há dois anos fora, parado, começando agora, mas tudo vai depender do trabalho que eu fizer aqui na Portuguesa. Se eu estiver em forma, quem sabe? METRO


metro rio, news, brasil, portugues