Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

GUTO MAIA/ FUTURA PRESS

‘PARIS, TEXAS’ É UMA DAS OBRAS DE WIM WENDERS EM MOSTRA NA CAIXA {pág 10} UOP DO CENTRO ENTRA EM ATIVIDADE, MAS CAMELÓDROMO FICA DE FORA {pág 04}

GALISTEU FALA AO METRO SOBRE O SEU ‘PROJETO FASHION’ {pág 13}

RIO DE JANEIRO Terça-feira,

6 de setembro de 2011

Edição nº 229, ano 1 Mín 15°C Máx 30°C

MP investiga abuso de força no Alemão Ministério Público instaura inquérito para esclarecer conflito entre moradores do complexo de favelas e soldados do Exército Quatro ficaram feridos com balas de borracha Na Cidade de Deus, policial de UPP é atacado {pág 02}

Contra 10, Seleção até engana

Roubo aos Correios

PF prende quadrilha de cargas Bando assaltava caminhões dos Correios atrás de eletrônicos Grupo tinha participação de funcionários {pág 06}

Morre sexta vítima do bonde

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Aposentado estava internado na Tijuca. Engenheiro do sistema de Santa Teresa depõe {pág 02}

‘Abel fica no Flu’, diz Siemsen Autor do gol da vitória sobre Gana, Leandro Damião comemora com Neymar e Ronaldinho, que foi reconvocado com mais 7 cariocas {pág 15} WILLIAM VOLCOV/NEWS FREE/FOLHAPRESS

Presidente afirma que técnico não vai para o futebol árabe {pág 16}


rio

02

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

JADSON MARQUES/FOLHAPRESS

1 foco

Em razão do feriado do Dia da Independência, o Metro deixa de ser publicado amanhã, retornando normalmente na quinta-feira, dia 8.

Arquiteto é cremado O corpo do arquiteto Rômulo Tavares de Castro, 33 anos, morto em Ipanema, no sábado, após assalto, foi cremado ontem, no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju. A Polícia Civil analisa as imagens do circuito interno dos prédios da rua Prudente de Moraes. METRO RIO

“Foi covardia a extinção da CPMF. Fez muito mal, não ao governo do presidente Lula, mas ao povo brasileiro”, disse o governador Sérgio Cabral, em defesa do movimento de governadores para aumentar recursos da Saúde.

Moradores reclamam de Força de Pacificação

Confronto entre soldados e moradores expõe problema de ocupação no Alemão Vítimas relatam truculência

Moradores do Complexo do Alemão protestaram ontem por causa do confronto entre os soldados da Força de Pacificação e frequentadores de um bar, na noite de domingo. Segundo moradores, os militares reclamaram do som alto, enquanto assistiam a uma partida de futebol, e agiram de forma truculenta ao utilizar armas não letais dentro do estabelecimento. Os soldados alegam que foram hostilizados. Três pessoas foram detidas e quatro ficaram feridas. “A tropa foi alvo de pedradas. Vamos avaliar se a reação foi proporcional”, disse o comandante da Força de Pacificação do Complexo do Alemão, general César Leme Justo. Ontem à tarde, cerca de cem moradores levaram faixas para a rua Itararé. Em uma delas estava escrito “O

povo do alemão é humilhado pelo Exército, sai o comando vermelho e entra comando verde”. No momento, há 1,3 mil soldados no complexo. Não foi aberta sindicância, pois o Exército considerou a abordagem normal. Já o Ministério Público Federal instaurou inPAULA GIOLITO/FOLHAPRESS

“Eu não tinha nada a ver com nada. Não estava no churrasco e nem bebo.” ELAINE DA SILVA, 17, ATINGIDA POR BALA DE BORRACHA

Militares acusados têm liberdade suspensa Dois militares acusados de participação na morte de três jovens moradores do Morro da Providência, no Centro, em 2008, terão que voltar à prisão. A decisão foi tomada pelo desembargador federal Abel Gomes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. O tenente Vinicius Ghidetti e o sargento Leandro Maia Bueno haviam sido soltos no dia 24 de agosto. O processo criminal ainda tramita na Justiça Federal de primeiro grau. O crime ocorreu quando os jovens teriam sido entregues a traficantes do Morro da Mineira, de uma facção ri-

val à da Providência. Na decisão, o desembargador destacou que a Constituição Federal considera crime inafiançável “a prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o terrorismo e os definidos como crimes hediondos, por eles respondendo os mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem”. Na época, os militares atuavam na Providência na segurança das obras de projeto social do governo federal e tiveram prisão temporária decretada. METRO RIO

quérito para investigar o suposto abuso. As procuradoras da República Gisele Porto e Aline Caixeta foram ao complexo ontem para ouvir moradores e militares. “Pedimos para eles pararem, mas continuaram atirando. Eles são treinados para guerra. Para lidar com as pessoas daqui, eles não são treinados”, denuncia o estudante Márcio da Silva Jr., 17 anos. Já a estudante Elaine da Silva Morais, 17, levou um tiro de bala de borracha na boca. “Eles empurraram os meninos para a parede. Foi uma confusão”, disse. O conflito aconteceu uma semana depois de o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, pedir a permanência do Exército até o ano que vem. Inicialmente, a Força de Pacificação ficaria no Alemão até outubro. METRO RIO E

Vítima ferida exibe as cápsulas de balas de borracha

Policiais foram atacados em UPP Um sargento da Polícia Militar ficou ferido após a sede da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Cidade de Deus ser atacada com pedras e garrafas, no fim da noite de domingo. Os agressores estavam saindo de um baile funk realizado na região. O evento tinha autorização da UPP para funcionar. Os policiais utilizaram bomba de efeito moral para dispersar a multidão. O sargento André Luiz foi feGUTO MAIA/FUTURA PRESS

Moradores voltaram a protestar na Alerj ontem

rido na cabeça após ser atingido por uma garrafa. Ele foi socorrido no HCPM (Hospital Central da Polícia Militar). Dois moradores teriam sofrido ferimentos leves. Confrontos em favelas com UPPs têm se tornado frequentes. Recentemente, policiais entraram em choque em São Carlos, no Turano e no morro da Formiga, onde um tiroteio assustou moradores no fim do mês passado. METRO RIO

Morre vítima de acidente de bonde O aposentado Alcides de Abreu Gonçalves, de 73 anos, que estava internado em um hospital particular, na Tijuca, morreu na madrugada de ontem. Ele é a sexta vítima do acidente com o bonde de Santa Teresa, que aconteceu na semana passada e deixou mais de 50 feridos. A polícia continua ouvindo depoimentos de testemunhas. Ontem, o engenheiro da Central (empresa responsável pelos bondes) prestou esclarecimentos na 7a DP (Santa Teresa). METRO RIO


04

rio

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

Comerciantes querem UOP no camelódromo

No primeiro dia de atividades da unidade do Centro, 420 guardas rebocaram três veículos, multaram 43 e apreenderam 17 mídias piratas A nova UOP (Unidade de Ordem Pública), na praça Procópio Ferreira, começou a operar ontem e já gera polêmica entre comerciantes e frequentadores do Centro. Para eles, a UOP, que atua no polígono delimitado pelas avenidas Rio Branco, Beira Mar e Presidente Vargas, também deveria coibir irregularidades no mercado popular da Uruguaiana. No primeiro dia de atividades, os 420 guardas da unidade rebocaram apenas três veículos, multaram 43 e apreenderam 17 mídias piratas. Segundo a Seop (Secretaria de Ordem Pública), a divulgação da instalação da UOP coibiu irregularidades. “O maior problema do Centro são os camelôs irregulares da Uruguaiana. Se a UOP não combater isso, o contingente vai ficar ocioso”, conta o comerciante Ronaldo Conceição, 27 anos, que passa todos os dias pelo

camelódromo. A Seop explica que a área da Uruguaiana só será incluída na UOP após a observação dos resultados no Centro. De acordo com a secretaria, até dezembro, Leblon, Ipanema e Copacabana receberão unidades, com 500 policiais ao todo. “As UOPs de Leblon e Ipanema ficarão no mesmo lugar, mas cada bairro terá seu contingente. Já a UOP de Copacabana vai ficar em Botafogo, sem prejuízo para a inspetoria que já funciona na região”, disse o secretário Alex Costa. METRO RIO

Operação contra piratas na Uruguaiana

Policiais vão atuar com 18 carros, três motos e 30 bicicletas FOTOS: GUTO MAIA / FUTURA PRESS

Uma operação da Polícia Civil coordenada pela DRCPIM (Delegacia de Repressão aos Crimes contra Propriedade Imaterial) fez uma devassa em alguns boxes do Mercado Popular da Uruguaiana na manhã de ontem e apreendeu 5.383 itens, entre tênis, camisetas e relógios.

Dez pessoas foram presas e cinco levadas para darem esclarecimentos na delegacia. Na sexta-feira, confronto entre guardas municipais e camelôs levou pânico ao Mercado Popular. METRO RIO

Operação prendeu 10

Qual é a maior irregularidade a ser combatida no Centro?

70

ruas passaram a ser fiscalizadas por 420 guardas, munidos de equipamentos não letais, como armas de choque elétrico e sprays de pimenta.

Rosane Almeida

Bernardo Araújo

Cláudia Rangel

25 ANOS

23 ANOS

25 ANOS

38 ANOS

“O maior problema é o estacionamento irregular, que prejudica o trânsito.”

“O fluxo de pessoas é muito grande, o que dificulta a fiscalização de camelôs.”

“A UOP com certeza vai reprimir a violência na região, principalmente, pequenos furtos.”

“Os camelôs irregulares. O Centro, no meio do dia, é uma desorganização só.”

Ainda é inverno?

Vistoria identifica 10 bueiros com alto risco de explosão

Cariocas aproveitam o dia quente na praia Vermelha, na Urca. Máxima chegou a 330C WAGNER MEIER/FOTOARENA/FOLHAPRESS

Tarde ensolarada e tempo seco Ainda é inverno, mas quem pode aproveitar a praia curtiu um dia de verão. A forte massa de ar seco que está sobre o Sudeste deixou a tarde de ontem ensolarada e com temperatura alta. A máxima chegou a 33oC, segundo o Climatempo. A umidade relativa do ar ficou baixa, de apenas 18%, valor que já caracteriza o estado de alerta, segundo a Organização Mundial de Saúde. Hoje o dia também será de sol, com algumas nuvens. A máxima prevista é de 30oC e mínima de 15oC.

Mais dez bueiros com alto risco de explosão foram identificados no fim de semana pela Concremat, empresa contratada pela prefeitura para inspecionar as câmaras subterrâneas. Seis deles foram encontrados na Tijuca, todos na rua Haddock Lobo. Em Botafogo, foram identificados dois, ambos na rua Mena Barreto. Um bueiro com risco foi localizado em Copacabana, na rua Raul Pompeia. O outro, identificado no Centro, na avenida Presidente Vargas, é uma CT (Caixa Transformadora) da Light. Essa foi a primeira vez que a inspeção detecta alto risco de explosão em uma CT. Ao todo, 309 buei-

2.574

bueiros já passaram pela inspeção desde o início da operação, dia 12 de agosto. O monitoramento independente de risco terá duração de seis meses. ros passaram pela inspeção. Segundo a prefeitura, em todos os casos, o protocolo de emergência foi acionado, com a comunicação imediata ao Centro de Operações Rio e às concessionárias Light e CEG. Os bueiros foram isolados e sinalizados para reparo imediato pelas empresas. METRO RIO

Charles Gomes

Breves

Acusados de chacina presos SÃO JOÃO DE MERITI. A Jus-

tiça decretou a prisão preventiva de três acusados de serem os responsáveis por uma chacina ocorrida em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, no ano passado, causando a morte de cinco pessoas e ferindo outras 10. METRO RIO

Bala perdida mata menina TIROTEIO. Uma menina

de 6 anos morreu ontem, vítima de bala perdida. Ela foi atingida de manhã na Favela Parque Alegria, no Caju, durante uma troca de tiros entre policiais civis e suspeitos. METRO RIO


rio

06

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

PF desarticula quadrilha que roubava Correios Bando assaltava caminhões com informações passadas por funcionários Agências bancárias também eram alvo Uma quadrilha especializada em roubar veículos de transporte dos Correios e agências bancárias foi desarticulada ontem pela PF (Polícia Federal), durante a operação Velhos Amigos, que começou por volta das 5h. Dos cinco mandados de prisão expedidos pela Justiça, três foram cumpridos. “Os dois que ainda estão soltos já foram identificados e serão presos em breve”, disse o delegado Victor Hugo Poubel, titular da Delegacia de Combate ao Crime Organizado da PF. Os assaltantes agiam a partir de informações repassadas por funcionários e vigilantes, que estão sendo investigados e poderão ser presos. Um dos alvos eram os caminhões de en-

trega dos Correios. “Eles contavam com informações de funcionários desses estabelecimentos, que davam toda a rotina de segurança, visando a facilitar a atuação da quadrilha na hora de executar o roubo”, declarou Poubel. Em um dos endereços vistoriados pela PF, foram encontrados material eletrônico e de informática transportado pelos Correios, como celulares, computadores e tablets. Segundo o delegado, a quadrilha era comandada de dentro da cadeia por dois detentos. O grupo também atuava no tráfico de drogas e tinha várias acusações de homicídios. Entre as ações dos criminosos, estava ainda o sequestro de gerentes de ban-

cos. “Era uma quadrilha muito perigosa”, disse. A coordenação da operação – que contou com 70 policiais e apoio de um helicóptero da PM – teve que cumprir um dos mandados de prisão em uma região dominada pelo tráfico. “Um dos mandados de prisão era em uma área conflagrada, a Vila Aliança, e a gente precisou de uma equipe mais reforçada para entrar no local com segurança”, relatou o delegado. A operação aconteceu em Bangu, na zona oeste, em Niterói, e em Japeri, na Baixada Fluminense, onde um ex-policial militar, integrante da quadrilha, foi preso. Foram apreendidos cerca de 150 celulares e dois computadores. METRO RIO

Operários exigem melhorias no canteiro de obras RAFAEL ANDRADE/FOLHAPRESS

Obras seguem paradas: greve no Maracanã sem data para acabar Terminou sem acordo a audiência de conciliação entre a comissão dos funcionários da reforma do estádio do Maracanã e o consórcio responsável por gerir a obra, realizada no Tribunal Regional do Trabalho, no Centro, na tarde de ontem. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada do Rio de Janeiro, uma no-

va assembleia dos funcionários foi marcada para hoje, às 7h. Para o sindicato, o resultado da audiência foi um fracasso, pois a empresa não quis negociar. Foi determinado durante o encontro que o sindicato terá cinco dias úteis para apresentar as provas contra o consórcio, que serão enviadas ao Ministério Público do Trabalho. O julga-

mento da ação só será realizado a partir da próxima semana. Com isso, o estádio poderá ficar pelo menos mais 11 dias sem o retorno das obras. Os trabalhadores exigem melhoria na refeição diária com variação de cardápio, presença de médico no período noturno e plano de saúde extensivo aos familiares. METRO RIO

já reajustamos o Bolsa Família este ano, Dagmar. Desde abril, os benefícios estão sendo pagos com reajuste médio de 19,4%, o que representa um ganho real, ou seja, acima da inflação, de 8,7%. Os valores dos benefícios, que iam de R$ 22 a R$ 200, passaram a variar de R$ 32 a R$ 242. Os reajustes foram diferentes para as diversas parcelas que compõem o benefício. O maior crescimento ocorreu em relação à parte correspondente a crianças e jovens de até 15 anos de idade, que teve reajuste de 45,5%. Isso porque nossa preocupação principal é com as crianças e os jovens mais pobres – queremos criar as condições para que possam sair da pobreza. Essa foi a quarta recomposição dos valores dos benefícios, desde que o Bolsa Família foi criado, em outubro de 2003. Os recursos investidos no Bolsa Família dão imenso retorno ao Brasil, pois movimentam praticamente todos os setores da eco-

nomia – cada R$ 1 investido no programa aumenta em R$ 1,44 o PIB (Produto Interno Bruto). Com esse estímulo ao crescimento e à geração de empregos, ganham, não apenas os beneficiários do Bolsa Família, mas todos os brasileiros.

Ou seja, 94,6% dos devedores tiveram uma segunda chance. O parcelamento não pôde ser feito porque a lei que criou o Simples não permite. Mas nós incluímos a possibilidade de parcelamento no projeto de lei que enviamos ao Congresso para aperfeiçoar a Lei do Simples. Com a aprovação, mesmo as empresas que foram excluídas podem parcelar os seus débitos e fazer nova opção pelo Simples Nacional. Esse mesmo projeto aumenta o limite de faturamento anual, para opção pelo Simples, de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões. Para os que exportam, o limite passará a ser de R$ 7,2 milhões, bastando que a metade desse valor seja de vendas para o exterior. O Simples Nacional, criado há quatro anos, entre outras vantagens, unifica oito tributos das áreas federal, estadual e municipal, exigindo apenas uma declaração, e reduz a carga tributária em índices que variam de 12% a 67% no nível federal.

brasil Coluna

CONVERSA COM A PRESIDENTA ENVIE SUAS PERGUNTAS À PRESIDENTA PARA O E-MAIL CARTAS@METROJORNAL.COM.BR

Jerusa de Alencar Viveiros, 42 anos, agricultora em Petrolina (PE) – Como o governo pode incentivar os agricultores familiares para que eles possam plantar mais, ganhar mais dinheiro, se capitalizar, colocar comida na mesa? Presidenta Dilma – Jerusa, nós já temos várias políticas voltadas para a agricultura familiar, que é um dos pilares do nosso processo de crescimento econômico com inclusão social. Em julho, lançamos o Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/2012, que disponibiliza R$ 16 bi-

lhões para financiamento. As taxas de juros para projetos de investimentos foram reduzidas à metade – passaram de 4% ao ano para apenas 2% ao ano –, e o limite de crédito foi ampliado para R$ 130 mil, com até dez anos para pagar. Visando garantir a renda dos produtores, reservamos R$ 300 milhões para a PGPM-AF (Política de Garantia de Preços Mínimos para a Agricultura Familiar), que serão utilizados quando os preços do mercado estiverem muito baixos. Outro incentivo foi a ampliação, para R$ 793 milhões, do orçamento do PAA (Programa de Aquisi-

ção de Alimentos), que permite a compra de produtos da agricultura familiar, garantindo a regulação de preços e destinando parte da produção às populações em situação de insegurança alimentar e nutricional. Há ainda a previsão de que pelo menos 30% dos recursos para merenda escolar sejam destinados à compra de produtos desses agricultores. No programa Brasil sem Miséria, estamos fornecendo sementes, assistência técnica e apoio na documentação civil, visando à inclusão produtiva das famílias de agricultores familiares em situação de extrema pobreza. Além disso, estamos fazendo parceria com a rede privada de supermercados, para que comprem os produtos da agricultura familiar. Dagmar Ferreira de Queiroz, 35 anos, doméstica em Teresópolis (RJ) – O Bolsa Família ganhará algum aumento ainda neste ano? Presidenta Dilma – Nós

Ramalho Crispim, 55 anos, pequeno empresário em Varjota (CE) – 35 mil empresas, com débitos totais de cerca de R$ 5 bilhões, foram excluídas do Simples Nacional. Por que a Receita não permite que os débitos sejam parcelados, se existe parcelamento em todos os órgãos governamentais? Presidenta Dilma – Na realidade, em 2010, de todas as empresas optantes pelo Simples Nacional, existiam 560 mil com débitos que chegavam a R$ 4,3 bilhões. Desse imenso conjunto, Ramalho, a Receita notificou apenas as 35 mil que tinham as maiores dívidas. Como 5 mil regularizaram a situação, a Receita excluiu 30 mil devedores.


brasil

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

CGU quer ficha limpa para servidor público Ministro Jorge Hage defende restrição legal para impedir que condenados pela Justiça ocupem cargos comissionados no governo Proposta precisa ser aprovada pelo Congresso ELZA FIÚZA/ABR

Criada para impedir que pessoas condenadas pela Justiça disputem cargos eletivos, a Lei da Ficha Limpa pode ser estendida para a nomeação de servidores públicos. A ideia é defendida pelo ministrochefe da ControladoriaGeral da União (CGU), Jorge Hage. Para o ministro, seria muito positivo para o país que a restrição também valesse para os mais de 21 mil cargos comissionados no governo federal. São justamente esses postos, nomeados sem concurso, que provocam desgaste

entre o governo e os partidos políticos aliados. “Deveríamos exigir a Ficha Limpa para qualquer cargo público”, afirmou Hage ao jornal “Folha de S.Paulo”. Sancionada no ano passado, a Lei da Ficha Limpa prevê que políticos condenados em julgamentos feitos por mais de um juiz sejam impedidos de disputar cargos em eleições. Apesar de sancionada, a aplicação da lei ainda está indefinida. O STF (Supremo Tribunal Federal) entendeu que a lei não teria validade no pleito de 2010, apenas em

Jorge Hage, ministro-chefe da Controladoria-Geral da União

2012. Com isso, vários políticos que corriam risco conseguiram registrar seus mandatos após as últimas eleições. O STF também ainda não analisou se a lei é constitucional. Para que a Lei da Ficha Limpa também passe a valer para os funcionários públicos, será necessário aprovar um projeto de lei. Já existem duas propostas nesse sentido na Câmara Federal. Estudo da FGV (Fundação Getulio Vargas) calcula que a corrupção custe R$ 6 bilhões por ano aos cofres federais. METRO

07

PF prende quadrilha que clonava cartões A Polícia Federal (PF) prendeu ontem sete integrantes de uma quadrilha acusada de clonar cartões bancários. O grupo atuava em pelo menos cinco Estados: São Paulo, Bahia, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Paraíba. Durante a operação Mercado Central, também foram apreendidos cartões falsificados, equipamentos eletrônicos usados para a clonagem, carros e dinheiro. A estimativa da PF é de que o bando tenha causado um prejuízo de cerca de R$ 500 mil, sobretudo à Caixa Econômica Federal, alvo preferencial do grupo. De acordo com a PF, investigações preliminares indicam a participação do grupo também na explosão de caixas eletrônicos. A PF chegou aos suspeitos a partir da identificação das impressões digitais de dois dos criminosos. METRO


economia

08

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

MÁRCIO J. DINIZ/FUTURA PRESS

Apartamento fica 30% mais caro em um ano Rio lidera alta nacional com aumento de 40% no custo do metro quadrado, segundo a Fipe Média nacional chega a R$ 5.824 em agosto Com uma variação de 1,7% em agosto, o preço médio do metro quadrado de apartamentos anunciados acumulam uma alta de 29,7% em um ano. Segundo levantamento realizado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisa Econômica) em 7 regiões, a maior variação foi registrada no Rio de Janeiro (42%), seguido de Recife (30%) e São Paulo (29%). Entre janeiro e agosto, o Rio também lidera a alta (26%). Em São Paulo, os preços médios subiram 19% no período. Desde janeiro de 2008, o preço anunciado do metro quadrado aumentou em média 109% em São Paulo e 138% no Rio.

Na capital paulista, a região do Ibirapuera/Vila Nova Conceição manteve o posto de preço por metro quadrado anunciado mais elevado, com R$ 8.519. O menor preço ficou com Paraisópolis, de R$ 2.466. No Rio, os cinco bairros com os maiores preços apresentaram valores acima de R$ 10 mil o metro quadrado. O destaque é o Leblon, onde o valor chega a R$ 15.919. Já a Anchieta apresentou o menor preço, R$ 927. Na média das 7 regiões, o valor do metro quadrado foi de R$ 5.824 em agosto. O preço ficou entre R$ 7.788, no Distrito Federal e R$ 3.422, em Salvador. METRO

Valorização do metro quadrado Variação Região

Dinheiro estará disponível no dia 15 no banco

Preço médio Acumulada no ano

Região

São Paulo Rio de Janeiro

18,6% 25,6%

Distrito Federal Rio de Janeiro

Belo Horizonte Distrito Federal Salvador Fortaleza

18,4% 12,1% 3,3% 14,1%

São Paulo Belo Horizonte Recife Fortaleza

Recife Composto Nacional

22,0% 19,1%

Salvador Composto Nacional

em R$ 7.788 6.912 5.667 4.457 4.355 4.121 3.422 5.824

Bairros mais caros São Paulo

R$/metro quadrado

Ibirapuera Jardim Paulistano Fazenda Morumbi Chácara Itaim Vila Olímpia

8.519 8.482 7.780 7.579 7.519

Rio de Janeiro Leblon Ipanema Lagoa Gávea Jardim Botânico

R$/metro quadrado 15.919 14.659 12.796 11.461 10.839

Consulta a lote de IR será liberada dia 9 A Receita Federal do Brasil espera liberar na próxima sexta-feira, dia 9, a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2011. Há também lotes residuais de 2010, 2009 e 2008. O dinheiro estará disponível no próximo dia 15 no banco. A consulta deve ser feita por meio do site da Receita ou do ReceitaFone (146).

Nos três lotes anteriores, 4.927.772 contribuintes tiveram direito à restituição. Foram pagos cerca de R$ 5,5 bilhões. Estão programados mais três lotes regulares até o final do ano. O último lote regular previsto para este ano deverá ter a consulta liberada na segunda semana de dezembro. METRO

Netflix estreia com pacote de R$ 14,99

JASON KEMPIN/GETTY IMAGES

A americana Netflix, especializada na oferta de vídeos via internet, começou ontem sua operação no Brasil. Por um valor mensal de R$ 14,99, o serviço permitirá assistir a filmes e séries por computadores, consoles de videogame e TVs. A empresa oferecerá um mês de acesso gratuito. Entre os conteúdos licenciados estão séries e vídeos de estúdios como Paramount Pictures e Sony Pictures Television. Para o lançamento no Brasil, a empresa fechou contrato de licenciamento da série “Polícia 24 Horas” com a TV Bandeirantes. “O Brasil é nossa primeira grande empreitada internacional. O país mostrou ser a melhor oportunidade de negócios, pela

paixão que as pessoas têm pelo vídeo”, disse Reed Hastings, cofundador da Netflix. No mundo, a Netflix,

que derrubou a gigante de locação de vídeos Blockbuster, possui hoje 25 milhões de usuários.

Honda faz recall de um milhão

A Honda anunciou um recall de quase um milhão de carros em todo o mundo em consequência de um problema no interruptor do vidro elétrico. A montadora infor-

mou que ainda não sabe se há unidades envolvidas no recall no país. Segundo a Honda, os mais afetados são alguns modelos da linha Fit.

Serviço de vídeo on-line começou a funcionar ontem

METRO

METRO


mundo

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

Filhos de Kadafi fogem mais uma vez

YOUSSEF BOUDLAL/REUTERS

Após fracasso nas negociações de rendição, rebeldes sofrem novo revés Ditador continua desaparecido Saif al-Islam e Mutassim Kadafi, filhos do ditador líbio Muammar Kadafi, escaparam de Bani Walid, cidade que tem servido de refúgio para as tropas aliadas ao coronel. A informação foi passada à rede britânica BBC por líderes do CNT (Conselho Nacional de Transição), órgão político que representa os rebeldes e que cercou a cidade. Após o fracasso das negociações de rendição, os rebeldes aguardam o sinal positivo do CNT para invadir Bani Walid. “Não há outra opção”, avalia Mohammed al Fassi, comandante das forças do grupo. “A oferta é para que pessoas que cometeram cri-

mes em nome de Kadafi sejam postas em prisão domiciliar até que um novo governo seja formado. Algumas delas aceitaram isso, mas outras disseram que não”, disse. Até o próximo sábado, as portas continuam abertas para a rendição das cidades que ainda resistem. Segundo Mustafa Abdul Jalil, chefe do CNT, apesar da fuga dos filhos de Kadafi, o prazo será mantido “para evitar mais derramamento de sangue”. Para alguns analistas, a tomada dos últimos bastiões de resistência pró-Kadafi é necessária para que o novo governo consolide o controle sobre todo o país

Resistência Apenas quatro cidades não estão sob controle rebelde TUNÍSIA

Mar Mediterrâneo

Syrte Bani Walid Sabha

LÍBIA

SUDÃO

e seja capaz de eliminar a ameaça de um possível retorno do antigo regime. METRO

CIDADE ETERNA?

Monumento de Roma é depredado Um italiano de 52 anos foi preso ontem após atacar importantes pontos turísticos de Roma, como a Fontana del Moro, na Praça Navona, e a Fontana di Trevi (foto). O acusado, que alternava estados de lucidez e confusão, se justificou dizendo que “queria chamar a atenção para problemas pessoais”. Os reparos devem levar 15 dias. METRO

Jufra

Rebeldes rondam Bani Walid: apesar de controlarem os limites da cidade, não evitaram a fuga dos filhos de Kadafi

09


10

www.metropoint.com

cultura

2

cultura Universo pop

1

2

TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

Os cubos

‘mágicos’

Pinakotheke abre hoje mostra em homenagem ao centenário de um dos maiores escultores brasileiros

de Franz A obra do escultor, pintor e desenhista Franz Weissmann (1911-2005), um dos maiores artistas brasileiros do século 20, estará em exibição, com entrada gratuita, a partir de hoje, em Botafogo. Nascido na Áustria, Weissmann veio morar em São Paulo aos dez anos de idade, fixando-se, já adulto, no Rio de Janeiro. Um dos expoentes do neoconcretismo no Brasil, o escultor começou a exercer influência nos anos 1950, quando dialogava com o escultor espanhol Jorge Oteiza (1908-2003), entre outros. “Weissmann reivindicava uma liberdade absoluta ao criar objetos, e isso era mais importante do que as formas que buscava”, diz o curador da mostra, Max Perlingeiro. PAULO.COSTA

@METROJORNAL.COM.BR WWW.METROPOINT.COM

FOTOS DIVULGAÇÃO

Programe-se

Obra de Weissmann: influência perene na arte brasileira

dos, das 10h às 16h. Entrada gratuita.

Na Pinakotheke Cultural (rua São Clemente, 300, Botafogo). Tel.: 2537-7566.

De hoje a 3 de dezembro. Visitas escolares poderão ser agendadas pelo telefone 2537-7566.

De segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sába-

Um livro sobre o artista será publicado pela Pinakotheke

DIVULGAÇÃO

Breves GETTY IMAGES

3

1

Eddie Murphy é o mais cotado para apresentar a cerimônia do Oscar em 2012, segundo a Reuters. METRO RIO

2

200 mil pessoas foram à Bienal do Livro em quatro dias, segundo a organização da feira. METRO RIO

3

A pop star Madonna anunciou que lançará um novo CD em 2012. METRO RIO

do, está polarizado, segundo os críticos, entre “Carnage”, de Roman Polanski, e “The Ides of March”, de George Clooney. Ontem, porém, outro filme se destacou: “O Espião que Sabia Demais”, de Tomas Alfredson, estrelado por Colin Firth, vencedor do Oscar de Melhor Ator este ano por “O Discurso do Rei”. METRO RIO

A alemã Nastassja Kinski em “Tão longe, tão perto”, de Wenders

Caixa exibe as imagens sutis do alemão Wim Wenders A Caixa Cultural abre hoje uma mostra com 15 dos 24 longas-metragens dirigidos por Wim Wenders, um dos mais importantes cineastas do chamado Novo Cinema Alemão, movimento, nos anos 1970, de uma geração

que também tinha Werner Herzog e Rainer Fassbinder. Entre os filmes selecionados estão “Asas do Desejo” e “Tão longe, tão perto”. A mostra inclui ainda o documentário “Os primeiros anos de Wim Wen-

ders”, sobre a vida e a obra do diretor. METRO RIO Na Caixa Cultural (av. Almirante Barroso, 25, Centro. Tel.: 2262-5483). De hoje a 18 de setembro. Ingressos a R$ 2.

Morre o tenor Salvatore Licitra Polanski: prêmio à vista

Veneza tem seus favoritos FESTIVAL. O Festival de Ci-

nema de Veneza, cujos vencedores serão anunciados no próximo sába-

PERDA. O tenor italiano Salvatore Licitra morreu ontem, na Sicília (Itália), aos 43 anos. O artista estava internado desde 27 de agosto, quando sofreu um acidente de moto. A imprensa italiana considerava Licitra o sucessor de Luciano Pavarotti. METRO RIO


12

cultura

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

Horóscopo

Os invasores

por Farini

Celebração de Salus, a deusa romana da cura e do bem-estar. Acredita-se que ela era uma antiga deusa agrícola dos Sabinos, mas foi adotada pelos romanos e transformada na padroeira do bem-estar das pessoas e da comunidade. por Tânia Gori

Áries – 21/3 a 20/4 Você pode receber surpresas repentinas e muito agradáveis. Alguma coisa que você julgava improvável acabará acontecendo.

Libra – 23/9 a 22/10 Você pode sentir que na vida social e no trabalho as coisas vão evoluir. Mudanças positivas vão acontecer, cultive a paciência e espere por elas.

Touro – 21/4 a 20/5 O contato com assuntos e pessoas orientais irá aumentar. Alguma mudança boa ocorrerá em sua casa ou no trabalho, este acontecimento marcará sua vida.

Escorpião – 23/10 a 21/11 Boa época para lidar com assuntos imobiliários. Evite que sua vida se torne rotineira. Procure passear e se divertir mais.

Gêmeos – 21/5 a 20/6 Aproveite sua estratégia para tirar melhor proveito das boas oportunidades que vão aparecer. Bom período para fazer tratamentos regenerativos de saúde.

Sagitário – 22/11 a 21/12 Em casa, passará por momentos felizes e o convívio familiar será positivo. Estará com sorte para jogos ou para receber propostas boas no trabalho.

Câncer – 21/6 a 22/7 Controle seu mau humor. Você estará irritado, pouco diplomático e pode acabar criando conflitos que não conseguirá corrigir depois. Fique atento.

Capricórnio – 22/12 a 20/1 Você terá um período de bem-estar e alegria de viver. Por outro lado, você ficará com um apetite exagerado e pode acabar engordando.

Leão – 23/7 a 22/8 Mudanças repentinas, causadas por uma decepção, vão te fazer cometer atos perigosos. É uma época em que se deve evitar criar situações novas.

Aquário – 21/1 a 19/2 A saúde estará em ótima fase, podem nascer crianças novas na família. Neste período, vai rever amigos de infância ou voltar ao seu lugar de origem.

Virgem – 23/8 a 22/9 Você vai passar por uma fase de estabilização profissional. O trabalho se tornará mais sólido e você vai sentir que está criando uma carreira promissora.

Peixes – 20/2 a 20/3 É uma fase confusa e cheia de distrações. Terá dificuldades de concentração e pouca paciência para estudos e leituras intelectuais.

Sudoku

Cruzadas

Tania Gori é reitora da Universidade Livre Holística Casa de Bruxa. Informações pelo telefone (11) 4994-4327, endereço rua das Figueiras, 2.146, Sto. André, SP. Atendimentos on-line com a Equipe Tania Gori pelo site www.taniagori.com.br. Participe no dia 12, às 14h, da palestra “A força da Beleza das Massagens Indianas”, grátis.

Leitor fala

Pergunta

Feira de animais Depois de seis sábados em que conseguimos acabar com uma feira ilegal de animais que funcionava há anos na rua Piracaia, em Honório Gurgel, a paz acabou. Com o abandono da Guarda Municipal e da PM, a desordem voltou. Dezenas de barracas novamente ocupam as ruas, e os carros voltaram a tomar as calçadas. Édson Khair – Honório Gurgel, RJ

Freadas bruscas Como usuário de trem gostaria de saber os motivos que levam as composições a darem freadas bruscas logo após as partidas nas estações. Está tornando-se corriqueiro vermos pessoas caindo umas sobre as outras em face dessa irregularidade. Sebastião Paschoal – Rio de Janeiro, RJ

Para falar com a redação: leitor.rj@metrojornal.com.br

Telefone: 021/2586-9565 (redação) 021/2586-9575 (comercial)

Você acha que o iPad 2 será lançado com preços acessíveis ao consumidor? Você tem dificuldade para comprar ou alugar apartamento no Rio? Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@noelnit: Sim! Está tudo muito caro! @fernandinhaneri: Com certeza. Ajudo meu irmão a procurar um para alugar, mas os preços são exorbitantes. pedronitpg@: Com certeza! Meus pais ficaram mais de seis meses para encontrar um apartamento bom e de preço razoável. E ainda pagaram caro!

Participe no Facebook: Participe tambémtambém no Facebook:

Web Web www.facebook.com/metrojornal www.facebook.com/metrojornal O jornal Metro é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. Está presente em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. Distribuído gratuitamente de segunda a sexta na cidade do Rio de Janeiro.

“A tiragem e distribuição desta edição de 100.000 exemplares são auditadas pela BDO.”

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269) Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Operações: Luís Henrique Correa. Metro Rio de Janeiro. Gerente Executivo: Túlio Guimarães. Editora Geral: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editora de Arte: Cláudia Lorena. Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ - Diretor Geral: Daruiz Paranhos Editado e distribuído por SP Publimetro S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. O jornal Metro Rio é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.


cultura

www.metropoint.com

13

TERÇA-FEIRA,6 DE SETEMBRO DE 2011

DIVULGAÇÃO

Metro entrevista

Galisteu: “tempero pessoal” na apresentação do reality show

À frente do reality ‘Projeto Fashion’, apresentadora da Band diz que a top alemã apenas a inspira Ela conversou com o Metro sobre o novo programa e a vida

ADRIANE GALISTEU: ‘NÃO VOU COPIAR A HEIDI KLUM’

Apesar da felicidade de ter sido mestre de cerimônia do Miss Brasil 2011, Adriane Galisteu estava com saudades de ter um programa para chamar de seu. Depois de pouco mais de um ano afastada da rotina da televisão – período em que se dedicou ao filho, Vittorio, nascido em 4 de agosto de 2010 –, ela voltará ao ar em “Projeto Fashion”, a versão brasileira de “Project Runway” – apresentado nos EUA pela top alemã Heidi Klum. O novo reality da Band estreia no dia 17. Adriane conversou com o Metro sobre TV, moda e a troca do papel de rainha de bateria pelo de mãe. Como é assumir, no Brasil, o papel que nos EUA é de uma das maiores tops da história, a Heidi Klum?

falar “não” para a moda, todos somos influenciados pelas vitrines, pelas imagens, pelas informações de moda o tempo todo. A grande questão é ter seu estilo, se respeitar e se sentir bem. Eu tenho minhas cafonices, mas não abro mão delas porque não podemos abandonar a personalidade na hora de escolher que roupa vestir. Você faz questão de acompanhar desfiles e tendências das

“A grande questão é se sentir bem. Tenho minhas cafonices, mas não abro mão delas.” ADRIANE GALISTEU

Gosto do “Project Runway” há muito tempo e acho que ela manda bem demais. Estou tentando fazer o melhor possível e me inspirando nela, mas não vou copiar a Heidi Klum. Dou o meu tempero pessoal. Em que medida a moda influencia o seu dia a dia?

Hoje em dia não dá para

semanas de moda do mundo?

Não tenho como não acompanhar, até porque sou casada com um estilista [Alexandre Iódice]. Quando não estou com meu personal stylist, estou com o meu marido. De uma maneira ou de outra, sempre absorvo as novidades. Que peça não pode faltar no seu guarda-roupa?

Calça fuseau preta. Para viajar é maravilhosa, não amassa. Coloca um belo casaco e uma bota e já está linda para a noite; com uma camiseta, segura o dia todo. É prática e objetiva. Depois do nascimento do Vittorio, você ficou longe da TV e do Carnaval. A volta à telinha já aconteceu. E o samba, quando voltará à sua vida?

É difícil ficar sem desfilar pela Unidos da Tijuca, mas acho que em 2012 vou me dedicar à Unidos do Vittorio. Pode ser que eu aproveite para viajar nesse período. O Carnaval faz parte da minha vida, mas agora a prioridade é ser mãe. RAQUEL.PAULINO

DIVULGAÇÃO

@METROJORNAL.COM.BR


14

+

saúde

www.metropoint.com

TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

O uso das luvas impede que as manicures tenham contato com o sangue da cutícula das clientes

Atenção à saúde das suas unhas Segundo dermatologista, apenas o excesso da cutícula deve ser removido Ter o seu próprio kit evita o contágio de doenças por materiais esterilizados incorretamente Estar com as unhas bonitas e benfeitas é bem mais do que cuidado pessoal: as unhas coloridas já viraram acessório da moda. Assim como a maquiagem, são sempre observadas em desfiles, e as novidades chegam rápido às lojas e aos salões de beleza. No entanto, não podemos nos preocupar apenas com a cor de esmalte e nos esquecer de cuidar da saúde das unhas. De acordo com o dermatologista Octávio Moraes Junior, para que as unhas permaneçam bem tratadas é

importante evitar traumas químicos, físicos e biológicos que costumam ser provocados pelo contato com produtos de limpeza, solventes, substâncias abrasivas como terra e cimento ou produtos apodrecidos, além do uso em excesso de removedores de esmalte, hábito de roer as unhas e remoção de cutículas por instrumentos cortantes (como alicates). O cuidado maior deve ser com as cutículas, pois não existe uma forma correta para realizar o procedimen-

to, já que a finalidade da membrana é justamente proteger os espaços que ficam entre a unha e a pele. “Para manter a saúde das unhas, é permitido apenas remover o excesso de pele sobre a meia-lua, mas sempre deixando uma camada fechada entre a unha e ela”, explica Moraes. Embora a maioria dos salões de beleza tenha um cuidado especial com a higiene dos materiais utilizados, como alicates, lixas e espátulas, a possibilidade de contaminação ainda é muito

grande. Os acessórios cortantes podem ter contato com sangue, por meio de pequenos cortes, e, se não forem devidamente esterilizados, podem contaminar outras pessoas com qualquer doença transmitida pelo sangue, como as hepatites virais. Portanto, ao optar por um serviço especializado, de manicure e pedicure, é preciso ficar atento à higiene do local. Os profissionais devem ter consciência da importância de lavar as mãos ou utilizar luvas cirúrgicas, descartando-as após

cada atendimento. “A limpeza e aparência pessoal do profissional já é uma indicação importante, mas os materiais utilizados devem ser de qualidade, descartáveis ou adequadamente esterilizados. Também não é permitido fazer procedimentos invasivos, como retirar calosidades em unhas que possam provocar sangramento”, explica o dermatologista. CAMILA.BEM

@METROJORNAL.COM.BR

Material próprio é item de segurança Para evitar qualquer risco, a solução é ter seu próprio kit manicure. Esse material é muito pessoal e não deve ser dividido com outras pessoas. Alguns salões de beleza já disponibilizam um kit para cada cliente, mas nada impede que você tenha o seu próprio material. Na hora de montar seu próprio kit manicure, utilize acessórios pequenos que caibam em uma nécessaire: cortador de unhas, alicate para cutículas, lixas de vários tipos e espessuras, base para unhas, esmalte, óleo secante e palitos de madeira para remover o excesso de esmalte no canto das unhas. Apesar da grande disponibilidade de cores, é importante deixar as unhas sem esmalte por alguns dias

Esmaltes Quando o assunto é esmalte, o cuidado também deve ser diferenciado. São mui-

tas opções entre fosco, verniz, brilho, cintilante, craquelado e outras tantas. No entanto, apesar da grande diversidade, muitas vezes os componentes presentes em sua formulação podem causar alergias e irritações. Além disso, os removedores favorecem o processo de “desfolhamento” das unhas. Para que isso não aconteça, é importante passar alguns dias sem esmalte, deixando as unhas em repouso para se recuperarem da agressão natural provocada pelos removedores. Em casos de suspeita de alergias, irritações, micoses ou fungos nas unhas, procure um dermatologista. Ele deve realizar um teste alérgico antes de prescrever o tratamento mais adequado. CB


esporte

www.metropoint.com

Em Gana que MOWA PRESS/DIVULGAÇÃO

Brincadeira irrita Luxa

Leandro Damião (à dir.), autor do gol da vitória brasileira sobre Gana

“Sou veterano, mas é sempre uma experiência nova defender o Brasil.”

MARCELO, LATERAL ESQUERDO

RONALDINHO GAÚCHO

A

sobre Gana na história. Além de ontem, a Seleção derrotou os africanos em amistoso em 1996 (8 a 2), na Copa de 2006 (3 a 0) e em 2007 (1 a 0). boa movimentação, e Ronaldinho, que em seu retorno ao time após nove meses mostrou alguns lances de gênio, fez passes precisos e teve uma boa chance de marcar no final. A Seleção volta a jogar dia 14, contra a Argentina, em Córdoba, no primeiro de dois duelos contra os rivais. Para esses jogos, Mano só convocou jogadores que atuam no Brasil (quadro ao lado). METRO RIO

Brasil: Julio Cesar; Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e Marcelo; Lucas Leiva, Fernandinho (Hulk), Ganso (Elias ) e Ronaldinho; Neymar e Leandro Damião (Pato). Técnico: Mano Menezes

FO C OTBA ASSO LL

Gana: Kwarasey; Pantsil, Jonathan Mensah , Vorsah e Opare ; Inkoom (Tagoe) , Muntari (Addy ), Badu (Adomah) e Derek Boateng (Rabiu); Asamoah (Annan) e Ayew (Adiyiah). Técnico: Goran Stevanovic

• Gol: Leandro Damião aos 44 minutos do 1o tempo • Arbitragem: Mike Dean (ING) auxiliado por Simon Long (ING) e Adam Watts (ING)

MAURÍCIO VAL / FOTOCOM.NET

FÍSICO DO FLAMENGO

O interino Cristóvão Borges

Oito dias depois do AVE (Acidente Vascular Encefálico) hemorrágico sofrido no clássico contra o Flamengo, dia 28 de agosto, o técnico do Vasco, Ricardo Gomes, segue na UTI do Hospital Pasteur, no Méier, zona norte do Rio. O último boletim médico, ontem, diz que o treinador continua estável, entubado e fazendo fisioterapia três vezes ao dia. Não há alteração neurológica no quadro do treinador e ele perma-

nece na UTI. Ricardo Gomes ainda recebe sedativos, mas em alguns momentos desperta e responde com movimentos. Goleada Após a goleada sofrida para o lanterna América-MG por 4 a 1, domingo, pela 22ª rodada do Brasileiro, o Vasco caiu para a terceira posição na tabela e se prepara para receber o Coritiba, quintafeira, às 20h30, em São Januário. Para o técnico inte-

3

esporte

vitórias em quatro 4 jogos é o retrospecto do Brasil

Estável, Ricardo Gomes já faz fisioterapia três vezes por dia

ANTÔNIO MELLO, PREPARADOR

O preparador físico Antônio Mello minimizou o episódio: “Não chegou a ser uma crise. Nós rimos muito, porque acontece, são coisas naturais da vida”, desconversou. O próximo adversário do Fla é o líder Corinthians, quinta-feira, em São Paulo. Ronaldinho , que defendeu a Seleção no amistoso contra Gana, ontem, volta ao time. METRO RIO

1x 0 AN GH

“É bom estar de volta. Agora é tentar me firmar na Seleção.”

Com um golaço de Leandro Damião, a Seleção Brasileira venceu Gana por 1 a 0, ontem, no Craven Cottage Stadium, em Londres, e fez as pazes com a vitória. Apesar de o amistoso ter sido contra uma equipe tecnicamente inferior, que jogou com um a menos desde o primeiro tempo, o resultado foi importante para dar fôlego ao técnico Mano Menezes, criticado após a eliminação na Copa América e as derrotas para rivais tradicionais como Argentina, Alemanha e França. Artilheiro do Internacional, Damião era ontem o titular menos badalado do quarteto formado por Ganso – que saiu machucado aos 9 minutos de partida – Neymar, que teve

IA TIO N

Flatulência aumenta crise no Fla

“Na hora, o Vanderlei achou falta de educação, mas depois começamos a rir. Não há problema entre o grupo e a comissão técnica.”

eu gosto Mesmo com um jogador a mais desde o primeiro tempo, Seleção vence Gana por um magro 1 a 0

MAURÍCIO VAL/VIPCOMM

A polêmica envolvendo o episódio “flatulento” antes do treino de sábado mostrou que o momento do Flamengo é tenso dentro e fora do campo. Um “incidente” aparentemente sem importância ganhou repercussão negativa e foi apontado como um dos responsáveis pela derrota do Flamengo para o Bahia por 3 a 1, domingo, no Engenhão. Foi a sexta partida rubro-negra sem vitórias na competição. De vice-líder há duas rodadas, o time da Gávea despencou para quinto na tabela. Antes do treino de sábado, alguém soltou gases barulhentos durante uma reunião entre jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo, no vestiário, arrancando gargalhadas do grupo. O assunto era sério – a campanha irregular no Brasileiro – e o treinador se irritou. Considerou não só falta de educação, mas displicência pelo teor da conversa. Luxa chamou a atenção da equipe e o clima antes da partida contra os baianos, domingo, ainda era pesado.

15

TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

rino, Cristóvão Borges, a goleada foi um “acidente de percurso”. METRO RIO

Convocação Após o amistoso, Mano divulgou a lista para os jogos contra a Argentina nos dias 14 e 28, em Córdoba e em Belém, respectivamente. Goleiros Fábio (Cruzeiro) Rafael (Santos) Jefferson (Botafogo) Laterais Danilo (Santos) Mário Fernandes (Grêmio) Bruno Cortês (Botafogo) Kleber (Inter) Zagueiros Dedé (Vasco) Réver (Atlético-MG) Rhodolfo (São Paulo) Henrique (Palmeiras) Volantes Casemiro (São Paulo) Paulinho (Corinthians) Ralf (Corinthians) Rômulo (Vasco) Meias Cícero (São Paulo) Lucas (São Paulo) Oscar (Inter) Renato (Flamengo) ThiagoNeves (Flamengo) Atacantes Fred (Fluminense) Leandro Damião (Inter) Neymar (Santos) Ronaldinho (Flamengo)


16

esporte

www.metropoint.com TERÇA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2011

FOTOS: MARCELA SOARES/DIVULGAÇÃO

Opinião

Metro entrevista

DO SUFOCO EM BALTIMORE À RESPONSABILIDADE DE SER JURADO NO MISS UNIVERSO HELIO CASTRONEVES

O

lá gente boa! Espero que estejam todos superanimados com o feriado de amanhã e que aproveitem para descansar e repor as energias, como fizemos ontem aqui nos Estados Unidos, feriado do dia do trabalho, o Labor Day. Realmente, um dia para relaxar era tudo o que eu precisava depois da loucura que foi a corrida de Baltimore. Caramba, tudo deu errado, impressionante. Mas o importante é que a prova de rua de Meryland aconteceu com muito sucesso, o público vibrou e certamente os organizadores vão sanar rapidamente um ou outro item que não ficou 100% por causa do ineditismo do evento. Mas, antes de contar para vocês alguns detalhes de Baltimore, aviso que já estou aqui arrumando as malas para a corrida do Japão, que será no dia 17 de setembro. Só que, desta vez, com muito prazer, vou iniciar a viagem fazendo uma escala rápida em São Paulo, uma espécie de splashand-go. Isso porque fui honrado com o convite e serei um dos jurados do concurso Miss Universo, que acontecerá no dia 12 em São Paulo. Vai ser uma correria só, mas não poderia deixar de atender um convite tão amável e quero dar o meu melhor para escolher a mulher mais bonita do mundo. É uma responsabilidade gigante, mas estou acostumado com misses, afinal, tenho duas em casa: a Adriana e a Mikaella. Certamente vocês viram um “passarinho” verde e amarelo voando sobre o meu carro lá em Baltimore. Imaginem a cena: lá vinha eu pela reta e, quando me preparava para tomar a curva para a direita, vi um carro voando sobre o meu, fazendo o maior estrago por onde passava e se estatelando lá na frente. Foi feia a coisa. De imediato percebi que era o Tony Kanaan e corri para tentar ajudar. Felizmente, nada aconteceu com ele e, quando cheguei, o cara já estava saindo do carro e bem alerta. Pediu um monte desculpas por ter batido em mim, mas ele claramente não teve culpa. Ficar sem freios naquele ponto não é mole, não. O importante é que não houve qualquer consequência física no acidente. Claro que os dois carros ficaram impossibilitados de largar e foi preciso pegar o reserva. Eu, que tinha conseguido o 7º tempo no qualifying e estava otimista com a corrida, caí lá para 28º e último lugar. Realmente, achei muito injusto ser punido por um acidente que foi motivado por uma falha mecânica, sem culpa nem minha e nem do Tony. Isso, por si só, já era um indicador de uma corrida difícil, mas aí aconteceu aquele acidente que bloqueou a pista, num verdadeiro engavetamento de 12 carros. O meu acabou morrendo e os fiscais demoravam demais, uma eternidade, para me devolver ao traçado. Quando, enfim, o fizeram, eu já tinha tomado uma volta e não havia mais o que fazer. Foi um domingão daqueles! Mas vamos que vamos e até a próxima semana para falar do Japão e do Miss Universo! (www.twitter.com/h3lio e press@heliocastroneves.com) CHRIS JONES/IRL

Helio Castroneves em um dos pits durante a etapa de Baltimore da Fórmula Indy

Gerson Canhotinha de Ouro; o presidente do Fluminense, Peter Siemsen; o comentarista Gilson Ricardo e o apresentador José Carlos Araújo, o Garotinho, no “Jogo Aberto Rio”

Presidente do Fluminense garante que o técnico Abel Braga segue no clube, apesar da proposta milionária do mundo árabe Dirigente diz que ainda acredita no título e relembra feitos heroicos do ‘time de guerreiros’

PETER SIEMSEN ‘NUNCA DUVIDEM DO FLUMINENSE ’ O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, garantiu, ontem, durante o programa “Jogo Aberto Rio” – que vai ao ar de segunda a sexta-feira a partir das 12h30, na Band Rio –, que o técnico Abel Braga não vai deixar o clube. O treinador recebeu, na última sextafeira, proposta milionária do futebol árabe, mas garantiu ao dirigente que fica nas Laranjeiras em respeito ao esforço do clube para contratá-lo no início da temporada. Apesar da campanha irregular do Tricolor no Brasileirão 2011, Siemsen diz que acredita na vaga na Libertadores e que não se surpreenderia se os “guerreiros” levantassem a taça em dezembro: “Esse time já fez milagre. Nunca duvidem do Fluminense”, avisa ele.

A proposta milionária do futebol árabe para Abel Braga o deixa preocupado?

Há pouco tempo cogitou-se a saída de Fred. Ele continua no clube?

Assim que começaram a tocar no assunto na imprensa, o Abel me ligou e garantiu que dinheiro nenhum o tiraria do Fluminense agora. Falou que acredita na vaga na Libertadores do ano que vem e que ficaria também em respeito ao sacrifício feito pelo clube para têlo no início do Brasileiro.

Existe uma regra hoje no Fluminense da qual não

Como fica a situação do Deco? Ele continua recebendo salário pelo Fluminense?

O Deco teve um ano de muitas lesões. É uma realidade incômoda para nós, para ele e para o patrocinador, que arca com a maior parte do salário. No final do ano vamos resolver a situação da melhor forma para as três partes.

“O Abel não sai. Reafirmou seu compromisso com o Fluminense e disse que acredita no projeto.”

abrimos mão. Jogadores importantes só saem mediante boas propostas financeiras, em dinheiro. Não liberamos simplesmente porque o atleta tem problemas extracampo. A zaga tricolor preocupa neste Brasileiro?

Não. Confiamos nela. São garotos muito esforçados, dedicados, bons meninos. Você ainda acredita na conquista do título?

Em 2009 disseram que tínhamos 98% de chances de cair e escapamos. Estão falando agora que temos 1% de chance de título. Então, vamos atrás dele. Não duvidem nunca do Fluminense. PATRICIA.TRINDADE @METROJORNAL.COM.BR WWW.METROPOINT.COM

metro rio, news, brasil, portugues  

metro rio, news, brasil, portugues