Issuu on Google+

Complexo PetroquĂ­mico

SINES


A Empresa A indústria química é um setor comprometido com o desenvolvimento sustentável e o único que dispõe de um programa integrado de segurança e ambiente. A Repsol é uma empresa de energia, de âmbito internacional, que se dedica à exploração, produção, refinação e comercialização de petróleo, produtos químicos e gás, e ao desenvolvimento de novas energias.  A Repsol está presente em mais de 30 países, comercializando os seus produtos químicos em mais de 90, e lidera o mercado na Península Ibérica.

A Nossa Visão Na Repsol, queremos ser uma empresa global que procura o bem-estar das pessoas e que se antecipa na construção de um futuro melhor, através do desenvolvimento de energias inteligentes.

2

Com esforço, talento e esperança, avançamos para oferecer as melhores soluções energéticas à sociedade e ao planeta. A Visão da companhia é o nosso guia de actuação presente e futuro. Neste sentido, a Visão sublinha a responsabilidade e o compromisso da equipa Repsol na busca sustentável das melhores soluções energéticas para a sociedade.


3


4


A Cultura Repsol, no âmbito da sua visão A nossa filosofia de trabalho sustenta-se em sete valores:

desenvolvimento das comunidades com que interage, através de uma atitude proativa e de boa vizinhança.

EQUIPA REPSOL A nossa equipa, composta por pessoas comprometidas que partilham um projecto de futuro, cujo êxito se baseia na proatividade, na atitude inovadora, na liderança e no desenvolvimento profissional e pessoal.

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA A Repsol procura permanentemente soluções energéticas baseadas na ecoeficiência e nas novas energias, mediante o desenvolvimento de tecnologias que garantam um futuro mais sustentável.

COMPROMISSO AMBIENTAL A Repsol está comprometida com a geração de energias mais limpas, e com a procura de um impacto ambiental neutro, agindo de acordo com critérios de máxima segurança e fiabilidade nas suas operações.

TRANSPARÊNCIA É a principal garantia do comportamento ético da Repsol, que se compromete a oferecer informação relevante e verdadeira sobre a Companhia e a manter uma atitude de diálogo com os diferentes grupos de interesse.

RESPONSABILIDADE SOCIAL A companhia responde às necessidades energéticas atuais e futuras da sociedade, seguindo parâmetros de respeito e de

PRODUTOS E SERVIÇOS DE CONFIANÇA A Repsol conquista a confiança da sociedade e dos seus clientes

5

através de produtos e serviços inovadores, que proporcionam um valor diferencial apoiado na vinculação emocional com a marca Repsol. SOLIDEZ EMPRESARIAL A Repsol assegura um crescimento empresarial sólido a médio e longo prazo, baseado na integração dos negócios e nos projetos de sucesso, mediante uma estratégia centrada na geração constante de valor. Além de nos servir de guia para todas as nossas decisões e atuações diárias, os valores culturais definem o estilo de gestão da Repsol. Conjuntamente com os produtos e serviços sustentados nos valores da Companhia, a existência deste estilo próprio de gestão é a chave para que a Repsol consiga a confiança dos seus clientes e, por conseguinte, da sociedade.


A Química da Repsol A química é uma ciência fundamental para a melhoria da qualidade de vida, sendo uma das que mais tem contribuído para dar resposta às necessidades do ser humano.

A atividade petroquímica da Repsol desenvolve-se sobretudo em Espanha (Tarragona e Puertollano) e em Portugal (Sines). Existem ainda várias companhias subsidiárias e filiais especializadas no fabrico de produtos de elevado valor acrescentado. A Repsol fabrica e comercializa uma ampla variedade de produtos químicos, abrangendo a petroquímica básica e a derivada. Os seus produtos são vendidos em mais de 80 países em todo o mundo, mantendo uma posição líder no sul da Europa e Mercosur.

6

Anualmente, a produção petroquímica básica é superior a dois milhões de toneladas e a derivada é de cerca de quatro milhões de toneladas. A Repsol tem um negócio petroquímico altamente competitivo, devido ao esforço permanente realizado em investigação e desenvolvimento tecnológico, e ao elevado grau de integração com a refinação de petróleo do grupo Repsol. A Repsol Polímeros, SA é a maior empresa química portuguesa e uma das 10 maiores empresas exportadoras do país.


7


Sines: Situação Geográfica No século XV, Sines foi o berço do ilustre almirante e descobridor português Vasco da Gama. Navegou até à Índia, contornando África pelo Cabo da Boa Esperança, abrindo um novo caminho marítimo até ao Oriente. Desde meados do século XX, Sines é um importante destino turístico pela beleza da sua extensa costa de praias e falésias, bem como pelas reservas naturais entre as quais se encontra localizada. Durante os últimos 30 anos, a população de Sines e a sua área urbana têm crescido a um ritmo vertiginoso. Nos anos 70, o governo decidiu criar um imenso complexo industrial no sul de Portugal, para garantir a autonomia do país em setores estratégicos como a energia e a produção de matérias-primas. A excelente localização do seu porto natural nas rotas atlânticas fez de Sines o lugar perfeito para a construção deste importante complexo, em 1972. O complexo inclui um porto, uma refinaria, fábricas petroquímicas e outras unidades fabris. A ampliação do porto, no final da década de 90, assim como o desenvolvimento das atividades económicas daí advindo, favoreceu um crescimento industrial e urbanístico sem precedentes, devido à chegada de uma grande quantidade de investimentos privados. 8


Sines é um município do Alentejo Litoral situado na costa ocidental de Portugal, 150 km a sul de Lisboa e 80 km a sul de Setúbal. Afirma-se como um importante centro portuário marítimo e industrial desde os tempos do império romano. Ocupa uma superfície de 202 km2 e a população residente ronda os 45.000 habitantes, em conjunto com os municípios vizinhos de Vila Nova de Santo André e Santiago do Cacém. A sua densidade populacional e o seu índice de crescimento são os mais altos da região. A população em idade ativa corresponde a cerca de metade do total e o seu crescimento ronda os 13,6%, o que garante a vitalidade demográfica do município.

Com uma economia dinâmica, só 4% das empresas recenseadas pertencem ao setor primário (pesca e agricultura), sendo que 27% são empresas industriais e 69% são empresas de serviços. O município de Sines disponibiliza serviços de saúde completos e detém escolas de educação

9

primária e secundária e uma escola tecnológica, no coração da zona industrial, que forma especialistas em diversas áreas técnicas. Cidade onde a cultura é uma prioridade, possui museus, centros culturais, sociais, desportivos e de lazer.


Complexo Petroquímico O Complexo Petroquímico encontra-se em constante crescimento desde a sua aquisição. Atualmente, possui as infraestruturas alistadas de seguida.

■ Uma fábrica de ETBE, localizada junto à unidade de butadieno, com uma capacidade total de 53.000 toneladas de ETBE e 35.500 toneladas de Refinado 2 hidrogenado.

■ Um steam-cracker com uma capacidade anual de produção de 410.000 toneladas de etileno e 220.000 toneladas de propileno.

■ Um terminal portuário para a importação de matérias-primas e armazenagem e exportação de produtos.

■ Uma fábrica de polietileno de baixa densidade (PEBD), com uma capacidade de 145.00 toneladas, e outra de polietileno de alta densidade (PEAD), com capacidade de 150.000 toneladas.

■ Uma central termoeléctrica e de utilidades de produção e distribuição de vapor, eletricidade, água desmineralizada, ar comprimido e azoto. Possui um sistema de água de arrefecimento e uma estação de tratamento de efluentes.

■ Uma fábrica de butadieno, com uma capacidade de 52.000 toneladas anuais.

PROCESSO DE OBTENÇÃO DE PEAD E PEBD

01 Matéria-Prima

02 Processo I

03 Produtos

Crude

Refinação: separação

Nafta

10


Cracker A nafta fração leve, obtida da refinação do petróleo, que chega por barco das refinarias da Repsol ou diretamente da refinaria de Sines, constitui a principal matéria-prima do cracker. Aqui, mediante processos térmicos, obtêm-se diferentes componentes, sendo o etileno e o propileno os mais importantes. Estes produtos são utilizados como matérias-primas para a produção de polímeros nas fábricas de poliolefinas, sendo o restante exportado. Fábrica de Butadieno Nesta unidade, extrai-se o butadieno, a partir da fração C4 produzida na fábrica de etileno. O butadieno é utilizado na produção de borracha sintética que, por sua vez, pode ser utilizada nos pneus ou no calçado. Fábrica de ETBE O ETBE (Ethyl tert-butyl ether / éter etílico de butilo terciário) converteu-se rapidamente num substituto dos compostos de chumbo usado no reforço do índice de octano da gasolina base. Atualmente, a gasolina que contém ETBE permite às refinarias

manterem o seu pool de gasolinas com alto índice de octano e, em simultâneo, permanecerem dentro das últimas restrições ao uso dos compostos de chumbo. O ETBE obtém-se a partir de uma fração (C4) proveniente do Steam Cracker que, posteriormente, é processada junto à unidade de Butadieno, conjuntamente com o etanol que é importado. Fábrica de PEBD O polietileno de baixa densidade obtém-se mediante a polimerização do etileno, a pressões que atingem até às 2000 atmosferas. O PEBD é um produto maleável, muito resistente aos agentes químicos e um bom isolante elétrico. Fábrica de PEAD O polietileno de alta densidade obtém-se mediante a polimerização do etileno a baixa pressão. O processo de produção utilizado nesta fábrica é constituído por dois reatores que possibilitam a obtenção de produtos bimodais, com distribuição molecular larga ou estreita. Esta característica permite o desenho de produtos com propriedades mecânicas

e características de processamento variadas, especialmente adequadas a cada aplicação. Por outro lado, o sistema de extrusão do polímero é capaz de produzir grânulos de polímeros (coloridos ou naturais) com cargas elevadas. É assim possível produzir uma grande variedade de produtos, tais como fibras, garrafas, ‘jerry-cans’, filmes e tubos para gás, água e rede de esgotos. A polimerização é um processo químico através do qual as matérias-primas, chamadas monómeros (constituídos por um só tipo de molécula), como o etileno e o propileno, são convertidos em polímeros (novas moléculas formadas pela associação de centenas ou milhares de moléculas de monómeros), que são a base para a obtenção das matérias-primas usada no processamento de materiais plásticos como, por exemplo, as poliolefinas.

04 Processo II

05 Produtos

06 Processo III

07 Produtos

Cracker

Etileno Propileno

Polimerização

Poliolefinas:

Processo de decomposição

Método catalítico Finalidade: unir duas ou mais olefinas

11

PEAD e PEBD


12


Produtos e Aplicações Com as novas tecnologias, a química proporcionará novos materiais e aplicações, capazes de tornar realidade o que hoje é inimaginável. Uma era que começa com a fibra ótica, na qual o desenvolvimento da química supramolecular e a nanotecnologia serão protagonistas. O polietileno é o produto mais importante obtido no Complexo de Sines. É um material flexível, resistente, leve, impermeável e que possui uma grande estabilidade química e dimensional. Fácil de esterilizar e de manipular, tem uma grande capacidade de elasticidade e pode ser reciclado e reutilizado facilmente.

■ Material para embalagem de alimentos;

As propriedades deste plástico tornam-no adequado para uma enorme variedade de aplicações:

■ Plástico para processamento por insuflação, utilizado no fabrico de objetos com todo o tipo de formas, tamanhos e aplicações: na indústria, transportes, uso doméstico, desporto e novas tecnologias;

■ Filmes para embalagem, filme retrátil ou para sacos industriais e comerciais;

1

2 6 6

1

1 PEAD tubos 2 PEAD filme

5 1 1

■ Fibras que substituem os materiais tradicionais no fabrico de cabos, cordas e redes;

4 4

6

■ Filmes utilizados na agricultura, em coberturas de estufas ou na impermeabilização de solos;

3 PEAD fibra 4 PEAD sopro

3

5 PEAD espuma 6 PEBD filme

13

■ Plásticos utilizados, em substituição do aço e do cimento, no fabrico de tubagens para a água, gás ou redes de esgotos. Com os plásticos, pode-se produzir tubos de grande dimensão sem necessidade de utilizar juntas; ■ Plásticos utilizados para revestimento de outros materiais. Os plásticos são duradouros, versáteis, resistentes, práticos, económicos e reutilizáveis, convertidos noutros produtos ou como combustíveis. O seu uso é cada vez mais generalizado, tornando-se imprescindível em todos os âmbitos da nossa vida diária.


Segurança, Ambiente e Qualidade A Segurança, o Ambiente e a Qualidade são um compromisso de todos ser minimizadas ou mesmo evitadas, aplicando os princípios da prevenção e da precaução em todas as etapas do negócio. Os indicadores de segurança e ambiente são discutidos e acompanhados nas reuniões das áreas, na Comissão de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho e divulgados a toda a organização.

O Sistema de Gestão Integrado de Saúde, Segurança, Ambiente e Qualidade está certificado de acordo com as normas OHSAS 18001:1999, ISO 9001:2000, ISO 14001:2004. Um dos elementos principais do Sistema de Gestão Integrado assenta na identificação de perigos e de aspetos ambientais, na avaliação dos riscos de segurança dos trabalhadores e instalações, e dos impactes no ambiente. São seguidamente estabelecidas formas de controlo, o que permite que estas consequências possam

Todos os colaboradores da Repsol bem como aqueles que consigo trabalham, são incentivados a apresentar propostas de melhoria, que depois de analisadas e aprovadas, fazem parte dum plano de ação para a respetiva implementação. São também estabelecidos indicadores de acompanhamento e de desempenho que são revistos, mensalmente, nas reuniões da Gestão, onde os seus desvios são analisados e avaliados. A Repsol dispõe de uma ferramenta informática onde todos os incidentes (segurança, ambiente e qualidade) que ocorrem no complexo são registados, analisados e onde é possível seguir as respetivas correções, ações corretivas e/ou preventivas. É também medida e reportada a frequência de

14

relatórios de incidente (nº de relatórios em 10 milhões de horas trabalhadas), bem como outros indicadores proativos que todos os anos se estabelecem para o Complexo de Sines e que fazem parte dos objetivos anuais do Complexo. Para o registo, análise, seguimento e consolidação da informação ambiental, a Repsol dispõe de uma aplicação informática disponível na sua intranet. Esta ferramenta permite identificar as variações do desempenho dos parâmetros ambientais ao longo do tempo, em descritores tais como consumo energético, emissões para atmosfera, consumo de água, efluentes líquidos e gestão de resíduos. A Repsol fomenta uma cultura especialmente orientada para o desenvolvimento de comportamentos seguros e ambientalmente corretos, promovendo uma consciencialização dos seus colaboradores e de todos os que trabalham sob a sua responsabilidade, orientada para a prevenção da poluição, bem como para a prevenção de lesões, ferimentos e outros danos.


Desenvolvimento Sustentável Para nós, o equilíbrio e o desenvolvimento da envolvente natural das comunidades em que operamos é fundamental. Disso depende o bem-estar e qualidade de vida das gerações atuais e futuras.

A utilização dos plásticos nos transportes, na embalagem e na construção reduz o consumo energético e as emissões de dióxido de carbono. Fazemos a recolha seletiva, triagem e acondicionamento de resíduos, antes de serem enviados para o seu destino final. Os resíduos plásticos que não podem ser reciclados desempenham um papel importante como fonte de energia alternativa. O seu valor calorífico é equivalente ao do carvão e geram menos emissões. A central termoelétrica da Repsol utiliza como fonte principal de energia combustíveis mais limpos tais como o gás natural. Cerca de 50% dos efluentes são recuperados e reutilizados no Complexo Petroquímico.

Os restantes 50%, depois de tratados na Instalação de Tratamento de efluentes da Repsol, são enviados para a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Sines. Na Repsol: ■ Levamos a cabo uma gestão responsável, que tem em conta a repercussão de todos os nossos processos e produtos nas comunidades locais nas quais operamos e no ambiente. ■ Contribuímos para o desenvolvimento económico, social e cultural. ■ Seguimos princípios éticos nos aspetos sociais e ecológicos, protegendo e conservando o ambiente que nos rodeia e a biodiversidade.

15

■ Minimizamos a geração de resíduos e reduzimos a carga contaminante dos efluentes e as emissões de gases com efeito de estufa. ■ Operamos de acordo com sistemas de gestão ambiental certificados segundo a norma ISO 14001. ■ Somos membros da Plastval, uma associação que promove a criação de valor a partir dos resíduos de embalagens plásticas, canalizando-os para a indústria de reciclagem.


Atividades de Mecenato e Ação Social Preocupamo-nos com o bem-estar, desenvolvimento pessoal e qualidade de vida dos nossos empregados e das comunidades nas quais operamos.

Contribuição para o desenvolvimento das comunidades locais

Criação de emprego e oportunidades de desenvolvimento profissional

Fomentamos o desenvolvimento socioeconómico das comunidades em que atuamos.

■ Patrocinamos e promovemos a Escola Tecnológica do Litoral Alentejano. Nesta escola são ministrados cursos de Gestão das Tecnologias da Informação, Eletrónica e Instrumentação, Mecatrónica e Química Tecnológica.

Melhoramos a sua qualidade de vida, de forma compatível com a conservação dos seus recursos naturais e promovemos o seu acesso aos direitos fundamentais. A Repsol desenvolve projetos sociais e culturais, em educação, saúde, integração social e desenvolvimento comunitário nos países onde está presente, assim como a formação e o desenvolvimento profissional dos seus empregados.

16

■ Oferecemos aos finalistas um período de estágio prático nas nossas fábricas. ■ Comparticipamos o curso de Técnicos de Operação de Fábricas Químicas, que forma jovens da comunidade local.


Colaboração com a comunidade ■ Desenvolvemos programas de patrocínio e cooperação com os municípios de Sines e Santiago do Cacém e com o Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores. ■ Patrocinamos eventos culturais e desportivos. ■ Colaboramos ativamente com as instituições de solidariedade e ação social. ■ Abrimos as nossas portas a clientes, fornecedores, estudantes, empresas da zona e outras entidades. Anualmente, recebemos mais de mil visitantes, sendo a maioria alunos de todos os graus de ensino, de dezenas de escolas e universidades de todo o país.

17


7 regras A Repsol tem um cuidado especial com a segurança das pessoas, pelo que criou as 7 regras básicas para prevenir eventuais situações de risco. Todos os trabalhadores são obrigados a respeitar estas normas e têm o compromisso de contribuir para a redução dos riscos de acidentes no trabalho.”

18


19


COMPLEXO PETROQUÍMICO EM SINES Monte Feio - Apartado 41 7520-954 Sines Portugal Tel.: +351 269 860 100 Fax: + 351 269 860 121 repsol.polimeros@repsol.com Serviço ao Cliente Tel.: +34 91 348 59 99 /+34 900 10 32 39 sac.quimica@repsol.com ESCRITÓRIO CENTRAL Paseo de la Castellana, 278-280 28046 Madrid. (España) Tel.: +34 91 348 81 00 Fax: +34 91 348 89 91

www.quimica.repsol.com


REPSOL