Issuu on Google+

Recortes nº 252 Índice – 31 de dezembro de 2013

 Sistema de Gestão Ambiental da APSS auditado com Sucesso  Sistema de Gestão Ambiental da APSS auditado com Sucesso  Gestão Ambiental da APSS auditado com Sucesso  APS Setúbal disponibiliza instalações para restauração junto ao Jardim da Beira-Mar  Quebra nos portos espanhóis atenuada nos últimos meses do ano

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


APP, 30 de dezembro de 2013


Rostos, 30 de dezembro de 2013 Portos de Setúbal e de Sesimbra

Sistema de Gestão Ambiental da APSS auditado com sucesso O sucesso alcançado resulta do empenho e colaboração de todos os colaboradores da APSS e das comunidades portuárias de Setúbal e de Sesimbra, sendo uma vez mais reconhecido pelo auditor “o compromisso da nova Administração para com o sistema de gestão ambiental.” Foi concluída com êxito a Auditoria de Acompanhamento ao Sistema de Gestão Ambiental (SGA) da APSS - Administração dos Portos de Setúbal e de Sesimbra, SA segundo o referencial NP EN ISO 14001:2004, uma ação inserida no 2º ciclo de auditorias anuais levadas a cabo pela Lloyds Register Quality Assurance desde a obtenção do primeiro certificado do Ambiente da APSS, em 2011.

O sucesso alcançado resulta do empenho e colaboração de todos os colaboradores da APSS e das comunidades portuárias de Setúbal e de Sesimbra, sendo uma vez mais reconhecido pelo auditor “o compromisso da nova Administração para com o sistema de gestão ambiental.”

A certificação Ambiental tem aportado uma melhoria da qualidade de vida às populações das áreas envolventes, em resultado da crescente sensibilidade e preocupação na monitorização e preservação do ambiente evidenciadas pelas comunidades portuárias dos dois portos.

A APSS é considerada uma referência ambiental no panorama dos portos nacionais, quer pelo destaque em diversas práticas que integraram o guia de excelência da ESPO (European Sea Ports Organisation), quer pela adoção de um tarifário que bonifica a eficiência energética dos navios ESI Incentive Provider (Environmental Shipping Index) e, ainda, pelo facto do Porto de Setúbal ter sido o primeiro porto do país a obter o estatuto de ECOPORT.


Transportes em Revista, 30 de dezembro de 2013 Porto de Setúbal Gestão Ambiental da APSS auditado com sucesso O Porto de Setúbal viu ser concluída com êxito a auditoria de acompanhamento ao Sistema de Gestão Ambiental (SGA) da APSS - Administração dos Portos de Setúbal e de Sesimbra, SA segundo o referencial NP EN ISO 14001:2004. De acordo com a APSS, “o sucesso alcançado resulta do empenho e colaboração de todos os colaboradores da APSS e das comunidades portuárias de Setúbal e de Sesimbra, sendo uma vez mais reconhecido pelo auditor “o compromisso da nova Administração para com o sistema de gestão ambiental.” A certificação Ambiental tem aportado uma melhoria da qualidade de vida às populações das áreas envolventes, em resultado da crescente sensibilidade e preocupação na monitorização e preservação do ambiente evidenciadas pelas comunidades portuárias dos dois portos.


Rostos, 23 de dezembro de 2013 APS Setúbal disponibiliza instalações para restauração junto ao Jardim da Beira-Mar

A APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA vai disponibilizar, através da atribuição de licenças de utilização privativa, duas instalações para bebidas e restauração, antigos “Clubíssimo” e “Tropicália”, situadas entre o cais de embarque dos catamarans para Troia e o Jardim Luís da Fonseca, mais conhecido pelo Jardim da Beira-Mar. Os interessados poderão consultar os termos dos concursos em: http://www.portodesetubal.pt/anuncios_editais.htm, ou nos serviços de atendimento da APSS, bem como, deslocar-se aos referidos espaços para reconhecimento.

Trata-se de mais um passo para a revitalização e animação das áreas ribeirinhas do Porto de Setúbal, no caso, numa das suas zonas mais emblemáticas e com elevado potencial turístico, bem dentro das Novas Docas de Setúbal.


Cargo News, 30 de dezembro 2013

Quebra nos portos espanhóis atenuada nos últimos meses do ano A movimentação de mercadorias nos portos espanhóis registou, nos primeiros onze meses do ano, uma quebra de 3,57% face a período homólogo de 2012, totalizando 418,5 milhões de toneladas, menos 15,4 milhões. No mês de outubro, foram movimentados 38 milhões de toneladas, ligeiramente menos que os 38,9 de outubro do ano passado. Apesar da evolução negativa, os resultados dos últimos meses do ano permitiram atenuar as quebras dos primeiros sete meses, que rondavam os 5% no acumulado. Os granéis sólidos registam uma quebra homóloga de 10,07% até novembro, com 72,4 milhões de toneladas. Os granéis líquidos cresceram de forma ténue (mais 0,02%), para os 139,5 milhões. Já o tráfego de carga geram caiu 2,92%. Por fim, o tráfego de contentores decresceu 2,03%, para os 12,6 milhões de TEU's, com Valência a assumir papel de destaque pela negativa.


Recortes 252 31 12 2013