Page 1

Recortes nº 248 e 249 Índice – 23 de dezembro de 2013

 Porto de Setúbal investe na energia fotovoltaica  Concessão do terminal de Lisboa tem de ser validada pelo Tribunal de Contas  Lisboa bate recordes nos cruzeiros  Porto de Sines vai crescer mais 28% em 2013  Ampliação do Terminal XXI de Sines arranca em Janeiro  Os resultados de 2013 das empresas do sector  Factura portuária só diminuiu 2% num ano  Fusão de consórcios afunda concorrência

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


Índice – 26 de dezembro de 2013

 Cruzeiros batem recordes em Lisboa  Mota-Engil, BCP e Zon têm melhor ano de sempre em bolsa  Um ano de pesadelo para os marisqueiros da ria de Aveiro

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


APP, 23 de dezembro 2013 Porto de Setúbal investe na energia fotovoltaica A nova mini central fotovoltaica instalada na cobertura do edifício do Cais 3 do Porto de Setúbal entrou em pleno funcionamento, com o início da venda de energia à EDP-Universal, SA. O sistema, com uma potência instalada de 30 kW, é o segundo concluído este ano e o quarto do parque fotovoltaico da APSS – Administração dos Porto de Setúbal, SA. Com um investimento de 57 mil euros, produzirá energia que poderá cobrir 30 a 50% das necessidades energéticas deste ponto de consumo. As instalações ficaram, a partir de agora, dotadas de um sistema de monitorização que permite a gestão do sistema, com acompanhamento online da produção de energia.


Di谩rio Econ贸mico, 23 de dezembro de 2013


Transportes & Negócios, 23 de dezembro de 2013

Lisboa bate recordes nos cruzeiros O porto de Lisboa deverá fechar o ano com recordes de escalas e passageiros de cruzeiros. Um bom augúrio para o novo terminal dedicado, que deverá ser concessionado ainda esta semana. Em 2013, o porto da capital deverá somar 355 escalas e 564 mil passageiros, avança a administração portuários. Números que comparam com as 314 escalas (mais 13) e os 522 604 passageiros (mais 8%) de há um ano. Em Novembro, Lisboa recebeu 52 escalas de navios de cruzeiros e 59 791 passageiros, mais 27% e mais 2%, respectivamente, que no período homólogo de 2012 e um novo recorde do mês em causa. Entretanto, prevê-se para esta semana a adjudicação do novo terminal de cruzeiros ao único concorrente, o consórcio integrado pela Creuers Barcelona, pela Royal Caribbean, pela Global Ports Holding e pelo Grupo Sousa. A decisão estará tomada, faltando apenas a “luz verde” do Terminal de Contas.


Sem Mais Jornal, 23 de dezembro de 2013


Transportes & Negócios, 23 de dezembro de 2013

Ampliação do Terminal XXI de Sines arranca em Janeiro O Terminal XXI deverá fechar este ano muito perto do milhão de TEU, para uma capacidade instalada de 1,1 milhões. A ampliação para os 1,7 milhões só deverá estar concluída no final de 2014. A PSA Sines propõe-se investir até cerca dos 3-4 milhões de TEU mas pede a prorrogação da concessão. No horizonte está a aliança P3. Este ano, o movimento de contentores em Sines deverá crescer cerca de 70%. Um resultado “imprevisível”, reconhece o presidente do porto, João Franco, e que coloca o Terminal XXI à beira da saturação. Para o ano, as previsões são de um crescimento de 10%. O que já será de “lançar foguetes”, diz o gestor, até porque o aumento de capacidade para os 1,7 milhões de TEU só estará disponível no final de 2014. As obras de prolongamento do cais em 210 metros, para um total de 940 metros, da responsabilidade da PSA Sines, deverão iniciar-se em Janeiro próximo. Mas a PSA Sines quer fazer mais. Dos seus planos consta o prolongamento do cais em mais 290 metros, o que elevará a capacidade do terminal de Sines para a casa dos 3-4 milhões de TEU. O investimento estimado é de 94 milhões de euros, a que acrescerão cerca de 50 milhões de euros para o prolongamento do Molhe Leste, da responsabilidade da APS. Em contrapartida ao investimento, a PSA Sines quer o prolongamento da concessão, que termina em 2029, por mais 15 anos. As negociações com o Governo duram há meses. João Franco diz possuir um parecer jurídico que valida a prorrogação do contrato. A MSC tem sido o “motor” do crescimento do Terminal XXI. A TIL, “braço” da MSC para a gestão dos terminais de contentores, já participa no capital da PSA Sines. A MSC integra a aliança P3 (com a Maersk Line e a CMA CGM), que já terá escolhido o porto alentejano para hub em Portugal (aliás, a CMA CGM também já opera em Sines, utilizando a capacidade dos navios da MSC). Tudo factores que certamente pesarão na decisão do Executivo sobre as pretensões da PSA Sines, que deverá ser conhecida até Março próximo. No entretanto, com o resultado deste ano Sines saltará para quinto maior porto da Península Ibérica no tráfego de contentores. E João Franco acredita que no final da década poderá estar em terceiro. Com o aumento das cargas movimentadas (que não apenas dos contentores), a APS projecta chegar ao final do exercício de 2013 com um volume de negócios de 36 milhões de euros e resultados líquidos de 11,8 milhões de euros.


Di谩rio Econ贸mico, 23 de dezembro de 2013


Expresso, 21 de dezembro de 2013


Transportes & Negócios, 26 de dezembro de 2013 Em 2013 Cruzeiros batem novos recordes em Lisboa O ano de 2013 será o melhor de sempre no Porto de Lisboa relativamente à atividade de cruzeiros. Segundo a APL – Administração do Porto de Lisboa, prevê-se “um crescimento de 13 por cento ao nível das escalas e de 8 por cento ao nível dos passageiros, correspondendo a um total de 355 escalas e de 564 mil passageiros, face às 314 escalas e 522 604 passageiros registados em 2012”. Só no passado mês de novembro, o porto da capital registou um total de 335 escalas e 530 266 passageiros, atingindo assim novos recordes ao nível das escalas e dos passageiros, superando, assim, as 330 escalas contabilizadas em 2011 (o melhor ano em termos de escalas) e os 522 604 passageiros registados em 2012. “O mês de novembro contribuiu de forma significativa para estes resultados, tendo sido o melhor de sempre da atividade de cruzeiros no Porto de Lisboa, ao registar o maior número de escalas (52) e de passageiros naquele mês (59 791). Estes números correspondem a um crescimento de 27 por cento e dois por cento, respetivamente, face às 33 escalas e 58 838 passageiros verificados no mês homólogo de 2012”, refere a administração portuária. A elevada afluência de navios e de passageiros de cruzeiro durante o mês de novembro já é habitual no Porto de Lisboa, o que se justifica pelo fim da época dos cruzeiros no Mediterrâneo com o consequente reposicionamento dos navios de cruzeiro no continente americano, ou seja, as chamadas viagens transatlânticas, que corresponderam a 26 por cento do total das escalas.


Di谩rio Econ贸mico, 26 de dezembro de 2013


PĂşblico, 26 de dezembro de 2013

Recortes 249 26 12 2013  

Porto de Setúbal investe na energia fotovoltaica • Concessão do terminal de Lisboa tem de ser validada pelo Tribunal de Contas • Lisboa bate...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you