Page 1

Recortes nº 221 Índice – 14 de novembro de 2013       

MacAndrews passará a escalar Setúbal em vez de Lisboa a partir do dia 20 MacAndrews troca Lisboa por Setúbal APSS assume presidência da Direção da Associação dos Portos de Portugal Águas do Porto de Setúbal Voltam a receber «Troia Portugal Match Cup» Portos: Governo quer mudar contratos Corredor ferroviário Atlântico de mercadorias já em funcionamento Maersk Line aumenta lucros no terceiro trimestre

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


Cargo News, 13 de novembro de 2013

MacAndrews passará a escalar Setúbal em vez de Lisboa a partir do dia 20 A MacAndrews confirmou esta quarta-feira em comunicado que a partir do próximo dia 20 de novembro os seus serviços regulares em Portugal "passarão a escalar o porto de Setúbal em vez do porto de Lisboa". Quanto às escalas regulares em Leixões, "não sofrem alterações". No comunicado, a companhia salienta que esta é uma mudança "definitiva" com a qual pretende "valorizar e potenciar o crescimento dos nossos serviços em Portugal, oferecendo melhores garantias de regularidade e pontualidade dos nossos navios". "Esta decisão reflecte a elevada responsabilidade com que encaramos o mercado em Portugal, as relações comerciais com os nossos clientes e a nossa função de operador logístico europeu no transporte marítimo de curta distância, refere ainda o comunicado da MacAndrews. A CARGO tentou recolher mais informações junto de Manuel Baptista, diretor-geral da companhia em Portugal, mas este optou por não se alongar em relação aos motivos por detrás desta decisão. No entanto, dado o anúncio do cancelamento de escalas da MacAndrews em Lisboa devido à greve dos estivadores e tendo em conta a continuação da onda de paralisações, tudo leva a crer que tenha sido a instabilidade no porto da capital a estar por detrás desta mudança para Setúbal.


Transportes em Revista, 14 de novembro de 2013

Mudança definitiva

MacAndrews troca Lisboa por Setúbal Os serviços regulares da MacAndrews em Portugal vão passar a escalar o porto de Setúbal em vez de Lisboa, a partir do próximo dia 20 de novembro. As escalas regulares em Leixões não sofrem alterações. Em comunicado, a MacAndrews refere que a “mudança é definitiva” e tem como objetivo “valorizar e potenciar o crescimento” dos serviços da linha de navegação em Portugal, "oferecendo melhores garantias de regularidade e pontualidade” dos seus navios. A MacAndrews acrescenta que esta “decisão reflete a elevada responsabilidade com que encaramos o mercado em Portugal, as relações comerciais com os nossos clientes e a nossa função de operador logístico europeu no transporte marítimo de curta distância”.


Estivadores de Aveiro, 13 de novembro de 2013

APSS assume presidência da Direção da Associação dos Portos de Portugal Continuando a lógica de rotatividade instalada, a Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS) assumiu a direção da Associação dos Portos de Portugal (APP). A Administração do Porto de Lisboa (APL) e os Portos do Açores juntam-se à APSS na direção. A presidência da Assembleia Geral da APP contina a ser assegurada pelo IPTM/IMT, tendo a APDL assumido a liderança do Conselho Fiscal. São objetivos principais continuar e intensificar o trabalho de defesa dos portos nacionais e da melhoria da sua integração nos sistemas de transportes e logísticos nacionais e internacionais. Prosseguir o trabalho de colaboração, cooperação e coordenação entre portos e autoridades portuárias, em especial nas diversas áreas técnicas da gestão portuária, bem como assegurar a continuidade do apoio à APLOP.


Rostos, 13 de novembro de 2013 Águas do Porto de Setúbal Voltam a receber «Troia Portugal Match Cup» O “Troia Portugal Match Cup” vai decorrer no Porto de Setúbal, entre 14 e 17 de novembro, organizado pela Sun Sailing Team e pelo Troiaresort. Nesta prova, vão estar presentes nomes sonantes da modalidade, com destaque para o skipper Ian Williams, o atual campeão em título. Trata-se de uma empolgante competição de vela, com curtas regatas de um contra um, possibilitando o acompanhamento integral da prova por parte do público. As embarcações utilizadas, do tipo “Swedish Match 40”, têm algumas semelhanças com as da “America’s Cup”, e tripulação de cinco elementos. A APSS – Administração dos Portos de Setúbal, SA apoia este evento desportivo, que volta a promover internacionalmente a região, com ampla divulgação e com a presença de turistas amantes da modalidade.


Diรกrio Econรณmico, 14 de novembro de 2013, pรกg. 9


Cargo News, 13 de novembro de 2013

Corredor ferroviário Atlântico de mercadorias já em funcionamento O Corredor Atlântico entrou em funcionamento no passado domingo e pretende oferecer "mais capacidade" na circulação de comboios de mercadorias entre Portugal, Espanha e França, segundo a REFER - Rede Ferroviária Nacional. Em comunicado, a empresa adianta que o Corredor Ferroviário de Mercadorias

n.º

4,

designado

por

Corredor

Atlântico,

"entrou

formalmente em funcionamento, no dia 10 de novembro", resultado da cooperação entre a gestora da infraestrutura ferroviária portuguesa e as suas congéneres espanhola (ADIF) e francesa (RFF). "Se é verdade que já hoje circulam comboios de mercadorias entre os países que integram o Corredor Atlântico, é igualmente verdade que a sua cota de mercado e potencial de crescimento se encontram limitadas por restrições na infraestrutura, défice de capacidade e lacunas de coordenação operacional", refere a empresa, sublinhando que o corredor "pretende inverter essa situação, propondo-se para o efeito oferecer mais capacidade, performance superior e melhor informação". A gestão conjunta do Corredor Atlântico visa a "coordenação do tráfego internacional de mercadorias, com o objetivo de minimizar o impacto de atrasos com consequente melhoria da fiabilidade", a garantia de capacidade reservada para comboios internacionais de mercadorias, bem como o planeamento "concertado" dos trabalhos na infraestrutura. Está prevista a extensão do "Corredor Atlântico" à Alemanha até novembro de 2016, data limite fixada pela União Europeia.


Transporteds & Negócios, 13 de novembro de 2013

Maersk Line aumenta lucros no terceiro trimestre A Maersk Line aumentou os lucros no terceiro trimestre, tendo compensado com a redução dos custos e o aumento dos volumes a baixa dos fretes. Para o final do ano, a previsão é de ganhos substancialmente superiores aos de 201. Entre Julho e Setembro, a companhia dinamarquesa registou um resultado líquido de 554 milhões de dólares, que compara com os 498 milhões do período homólogo anterior. Os volumes transportados aumentaram 10,6%, mas as tarifas médias cobradas caíram 12,2%. Num trimestre marcado pelo início da operação dos Triple-E, a Maersk Line logrou reduzir a oferta de capacidade em 0,8% e diminuir em 13% os custos unitários de transporte dos contentores. O quarto trimestre, alertam os responsáveis da Maersk Line, não será com certeza tão positivo, em termos de resultados. No entanto, é certo que os lucros do exercício serão substancialmente aos apurados em 2012, considerando que no final de Setembro a diferença era de 1,2 mil milhões de dólares para 461 milhões de dólares.

Recortes 221 14 11 2013  

• MacAndrews passará a escalar Setúbal em vez de Lisboa a partir do dia 20 • MacAndrews troca Lisboa por Setúbal • APSS assume presidência d...