Issuu on Google+

Recortes nº 214 Índice – 10 de Novembro de 2011 • APSS em destaque no ranking do SEE • CPSI divulga programa da conferência ‘Impacto do novo canal do Panamá nos portos Portugueses’ • Impacto do novo Canal do Panamá nos portos portugueses • Exportações de bens já pagam 74% das importações • Exportações crescem 13% e importações aumentaram 3,6% • Exportações crescem 13% mas perdem fulgor no terceiro trimestre • ‘TIC, Economia do Mar e Turismo serão sectores de aposta’ • Exposição sobre Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo

1


Cargo News – 9 de Novembro de 2011

APSS em destaque no ranking do SEE Foi recentemente publicado o 1º Anuário do Setor Empresarial do Estado, relativo ao ano de 2010, no qual a APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA se destaca por ser uma das empresas com maior quantidade de indicadores económico-financeiros favoráveis, entre os dez agregados no anexo III do estudo. O anuário, que foi analisado pela CARGO atempadamente, pretende constituir-se numa ferramenta informativa de continuidade, possibilitando uma leitura e uma imagem integrada do Setor Empresarial do Estado. No presente estudo é feita uma análise económica e financeira com incidência sobre as Entidades que integram a carteira principal das participações do Estado, identificando-se as entidades da Carteira de Participações da DGTF - Direcção - Geral do Tesouro e Finanças, da PARPÚBLICA e dos Hospitais. Na generalidade dos diferentes indicadores económico-financeiros apresentados ao longo do estudo, a APSS, SA evidencia-se pela positiva, integrando os rankings das 20 empresas da carteira principal da DGTF com melhores Resultados Operacionais, em 14º, melhores Resultados Financeiros, em 20º, e melhores Resultados Líquidos, em 12º.

2


Cargo News – 9 de Novembro de 2011

CPSI divulga programa da conferência "Impacto do novo canal do Panamá nos portos Portugueses" A 1ª Conferência da Comunidade Portuária de Sines, subordinada ao tema “O impacto do novo canal do Panamá nos Portos Portugueses”, que se realizará na próxima segunda-feira, já tem programa definido. O evento, que vai decorrer no Auditório do Porto de Sines, começará com uma sessão de abertura e boas-vindas onde irá estar presente Lídia Sequeira, presidente da APS, assim como Carlos Vasconcelos, presidente da CPSI e Manuel Coelho, presidente da CM de Sines. O evento contará ainda com dois painéis, um dedicado à Visão Internacional e outro à Visão Nacional. Dentro destes serão discutidos sub-temas como a Visão dos Portos, a Visão da Logística, a Visão do Mar e a Visão do Canal, com intervenientes prestigiados como Natércia Cabral, presidente da APL, Lídia Sequeira, Amadeu Rocha (APDL), Francisco Sá (AICEP) ou o economista Murteira Nabo. A sessão de encerramento, que sucederá a um período de debate, está marcada para as 16.30h.

3


Newsletter APP – 10 de Novembro de 2011

PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA | COMUNIDADE PORTUÁRIA DE SINES PROMOVE DEBATE

Impacto do novo Canal do Panamá

nos portos portugueses A CPSI organiza, a 14 de Novembro, a 1.ª Conferência da Comunidade Portuária de Sines tendo por tema aquele que é já um dos mais relevantes assuntos para o sector marítimo-portuário: “O impacto do novo canal do Panamá nos Portos Portugueses”. A decorrer no Auditório do Porto de Sines, a partir das 10.30h, será debatida a questão do alargamento do Canal do Panamá e as oportunidades que o novo Canal irá proporcionar aos portos nacionais. No debate estará presente um responsável do Canal do Panamá e um especialista da Universidade da Corunha, que apresentarão a visão internacional sobre o alargamento do Canal do Panamá. Farão ainda parte deste encontro analistas e representantes dos diversos stakeholders ligados ao sector.

4


Newsletter APP – 10 de Novembro de 2011

Exportações de bens já pagam 74% das importações As exportações portuguesas abrandaram o ritmo de crescimento, mas ainda assim avançaram mais de 10% em termos homólogos. Bárbara Marques, do Millennium bcp, realça que o forte dinamismo das exportações por oposição ao das importações, dará este ano um forte contributo para um reequilíbrio do défice externo e salienta que os destinos fora da UE já explicam 25% das exportações. A economista avisa, contudo, que há algumas nuvens no horizonte que é preciso analisar com cuidados nos próximos meses. Rui Bernardes Serra, do Montepio, diz que apesar da ligeira degradação na frente externa, Setembro registou o mais baixo défice externo desde Julho de 2004. Ambos os economistas esperam um contributo positivo da frente externa para o crescimento da economia no terceiro trimestre.

5


Diário de Notícias – 10 de Novembro de 2011 – Pág. 35

6


Jornal de Negócios – 10 de Novembro de 2011 – Pág. 35

7


Diário Económico – 10 de Novembro de 2011 – Pág. XI

8


Newsletter APP – 10 de Novembro de 2011

ATÉ DOMINGO, NA GARE MARÍTIMA DE ALCÂNTARA

Exposição sobre Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo A história, as memórias e as vivências das embarcações tradicionais do Estuário do Tejo são o tema de uma Exposição organizada pela Associação Naval Sarilhense, com o apoio da Administração do Porto de Lisboa, no emblemático Salão Almada Negreiros – Gare Marítima de Alcântara. Com esta exposição de embarcações, fotografias e artefactos náuticos pretendese divulgar ao público o património marítimo-fluvial do Estuário do Tejo, na sua dupla vertente material e imaterial. Um património que constitui a marca indelével de uma relação histórica das povoações ribeirinhas com o Tejo. Gentes que fizeram deste estuário o seu modo de vida, gentes cujas vidas se confundem e são marcadas pelas cadências do Tejo e pelas vivências por este propiciadas. Na vertente material, as embarcações tradicionais do Estuário do Tejo (Fragatas, Varinos, Botes, Faluas, Canoas e Catraios) apresentam-se como os principais elementos patrimoniais simbolicamente representativos de uma cultura ribeirinha e da identidade local dos territórios ribeirinhos. A beleza dos seus traços, a imponência do seu velame, a leveza das suas formas, o contraste das cores garridas, a delicadeza e minúcia dos motivos florais, a vivência a bordo, são elementos distintivos destas embarcações que constituem o tema central da exposição. A Exposição “Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo: história, memórias, vivências” está patente ao público entre os dias 3 e 13 de Novembro (14h0018h00), com entrada livre. As visitas são acompanhadas em permanência por representantes da Associação Naval Sarilhense e por antigos Arrais Fragateiros, profundos conhecedores destas embarcações tradicionais e testemunhos vivos da cultura ribeirinha que lhes está intrínseca.

9


Recortes Nº 214 de 2011