Issuu on Google+

Recortes nº 179 Índice – 17 de setembro de 2013  Carga geral suporta recuperação de Setúbal  Volkswagen Autoeuropa na corrida à produção do SUV Taigun  PSA Sines regista crescimento de 67%  Porto de Leixões movimentou mais de 10 milhões de toneladas até julho  40 000 toneladas de clínquer saíram do Porto de Lisboa para o Brasil

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


Transportes & Negócios, 16 de setembro de 2013

Carga geral suporta recuperação de Setúbal A carga geral – fraccionada e em contentores – é a principal responsável pelo regresso do porto de Setúbal à “tona de água”, no final de Agosto, apurou o TRANSPORTES & NEGÓCIOS. Nos primeiros oito meses do ano, o porto sadino movimentou 1,96 milhões de toneladas de carga fraccionada, o que representou um ganho homólogo de 22,6%. No mesmo sentido evoluiu a carga contentorizada, com um aumento de 8,2% para as 353,6 mil toneladas. O movimento de contentores atingiu no final de Agosto os 41 392 TEU, mais 14,4% que há um ano. Na inversa, a movimentação de granéis e de cargas ro-ro perdeu terreno face a 2012. Os granéis sólidos cederam 9,5% para os 1,8 milhões de toneladas, e com isso perderam o primado no porto; e os granéis líquidos recuaram 13,5% para as 315,9 mil toneladas. A carga ro-ro ficou-se pelas 129,8 mil toneladas (menos 12,9% em termos homólogos). O movimento de automóveis novos caiu 14,4% para as 81 372 unidades. Feitas as contas, nos primeiros oito meses do ano o porto de Setúbal processou 4,6 milhões de toneladas, mais 3%, ou cerca de 200 mil toneladas, que no período homólogo de 2012. Entre os vários terminais, destacaram-se, a crescer, o Multiusos II (15,8% para o milhão de toneladas), o Multiusos I (10,6% para as 930 mil toneladas) e o Praias do Sado (25,5% para as 301 mil toneladas). Entre Janeiro e Agosto, o porto da foz do Sado foi escalado por 853 navios, mais nove que no mesmo período de há um ano.


Diรกrio Econรณmico, 17 de setembro de 2013, pรกgs. 26 e 27


Transportes em Revista, 16 de setembro de 2013 Primeiros 8 meses do ano

PSA Sines regista crescimento de 67% Em apenas oitos meses, o Terminal XXI já movimentou mais carga contentorizada que em todo o ano de 2012. Segundo a PSA Sines, o terminal de contentores de Sines fechou os primeiros oito meses do ano com um movimento de 608 mil TEUs, o que significa um crescimento de 67 por cento relativamente ao período homólogo do ano passado. Este volume superou já todo o movimento feito em 2012, que foi de 553 mil TEUs. A PSA Sines prevê fechar o ano com um volume muito aproximado de um milhão de TEU´s, número que vai ao encontro dos seus objetivos estratégicos para este ano. A empresa deu início recentemente à Fase 2 de expansão do terminal, que irá aumentar a capacidade anual dos atuais 1.1 milhão para 1.7 milhões de TEUs. Trata-se de um investimento próximo dos 90 milhões de Euros e que irá criar mais 250 empregos diretos em 2014. por: Pedro Pereira


Logística & Transportes Hoje (online), 17 de setembro de 2013

Porto de Leixões movimentou mais de 10 milhões de toneladas até julho por Ana Rita Costa 17 de Setembro - 2013 Nos primeiros sete meses do ano o porto de Leixões movimentou 10,1 milhões de toneladas, um crescimento de cerca de 3% (mais 300 mil toneladas) em relação ao período homólogo.

Por segmentos, a carga geral registou um crescimento de 4%, para os 4,1 milhões de toneladas, impulsionada pela carga geral fracionada (+17%, para as 566 mil toneladas). Também a carga contentorizada cresceu 2%, para os 3,5 milhões de toneladas, ultrapassando os 250 mil TEU, mais 4% que até julho de 2012. Os granéis líquidos cresceram 3%, com cerca de 4,6 milhões de toneladas, enquanto os granéis sólidos estiveram perto do registado no ano passado, com 1,3 milhões de toneladas. A carga ro-ro cresceu 171%, totalizando as 23 mil toneladas. Até julho, escalaram em Leixões 1535 navios, o mesmo número de há um ano. A tonelagem bruta subiu 2%.


Logística & Transportes Hoje (online), 17 de setembro de 2013

40 000 toneladas de clínquer saíram do Porto de Lisboa para o Brasil por Ana Rita Costa 17 de Setembro - 2013 O clínquer proveniente do Terminal de Cimentos da Cimpor, em Alhandra, foi transportado por barcaça até junto do navio HAWK, que se encontrava fundeado no Mar da Palha.

As 40 000 toneladas de clínquer destinavam-se ao Brasil, mais concretamente ao porto de Aratu localizado no estado da Bahia. O navio graneleiro HAWK, fretado para a realização deste transporte e agenciado pela OREY COMERCIO NAVEGAÇAO,SA, pertence à classe Handymax e tem como principais características, 188 metros de comprimento, 26,122 GT, capacidade para transportar até 58 148 toneladas divididos por 5 porões, e 4 aparelhos de carga com capacidade de 25 toneladas.


Recortes 179 17 09 2013