Page 1

Recortes nº 83 Índice – 27 de abril de 2012 • Porto de Sines recebe alunos da Escola Náutica • Aumento da oferta ameaça recuperação dos fretes • Linha Tarros reforçada com mais um destino

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869 Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


O Setubalense – 27 de abril de 2012 Porto de Sines recebe alunos da Escola Náutica Estudantes da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique, dos cursos de licenciatura em Gestão Portuária e em gestão de Transportes e Logística, visitaram o Porto de Sines a fim de engrandecer os seus conhecimentos sobre esta infraestrutura portuária. Os cerca de 30 alunos que participaram puderam assistir a intervenções da Administração do Porto de Sines, da PSA Sines, e da MSC – Mediterranean Shipping Company, entre outros. Os temas abordados foram fundamentais para os alunos, ao nível das oportunidades que surgirão para o Porto de Sines com as ligações ferroviárias ao hinterland e o alargamento do Canal do Panamá. Os participantes puderam ainda visitar as instalações e ver a movimentação de mercadorias entre o navio, o cais e o comboio


Transportes & Negócios – 27 de abril de 2012

Aumento da oferta ameaça recuperação dos fretes A entrega de novos navios e a reactivação de outros estão a aumentar a frota de portacontentores e a ameaçar o esforço dos operadores para restaurarem o nível dos fretes, alerta a Alphaliner. Em Abril, a frota mundial de navios porta-contentores em actividade chegou aos 15 milhões de TEU, o valor mais alto desde Agosto do ano passado, quando se atingiu um máximo histórico. Desde o início do ano, os estaleiros entregaram 62 porta-contentores (23 com mais de +10 000 TEU), com uma capacidade total de 455 mil TEU. Desde meados de Março, a frota inactiva caiu de 913 mil para 723 mil TEU e a tendência deverá manter-se nos próximos meses, com a recolocação em serviços dos navios de +5 000 TEU. Ao longo de todo o ano, a Alphaliner prevê a entrada no mercado de 1 388 000 TEU, valor que compara com o esperado desmantelamento de navios equivalentes a 200 000 TEU (até agora foram 95, num total de 93 500 TEU). A redução da oferta de capacidade foi uma das principais “armas” dos operadores para forçarem o aumento dos fretes. Mas a entrada no mercado de mais navios voltará a pressionar os preços e a degradar as taxas de utilização da capacidade, numa espiral que deverá afectar, de novo, os resultados dos operadores. Para mais, sublinha a Alphaliner, os aumentos de fretes foram (ou já o tinham sido) em boa parte “comidos” pela subida da cotação do combustível. A situação poderá agravar-se também em função do efeito “cascata”. A entrada de navios gigantes nas linhas do FE-Europa empurra os maiores de antigamente para outras linhas (África, América Latina e América do Norte). E do mesmo modo a redução da oferta no FE-Europa atirou esses navios para aqueles outros tráfegos. O que pressionará, também aí, os fretes no sentido da baixa. Em consequência, a Alphaliner antecipa que os resultados das companhias no primeiro trimestre continuarão muito fracos (leia-se, no vermelho).


APP – 27 de abril de 2012

Linha Tarros reforçada com mais um destino A Linha de Serviço Regular da Tarros ”Great Pendulum Service” que, recentemente, passou a ter de uma frequência semanal no Porto de Setúbal, em vez dos anteriores dez dias, com a afectação de mais um navio à linha, fruto da colaboração com a Arkas Line, adicionou agora à sua rotação o porto italiano de Génova. Deste modo, a Tarros Line passa a ligar regularmente e sem transbordo, no sentido Leste, desde o Porto de Setúbal, os portos de La Spezia e Salerno, na Itália; Piraeus e Salónica, na Grécia; Istambul e Mersin, na Turquia, e, para Oeste, desde Mersin, os portos de Alexandria, no Egipto; Nápoles, La Spezia e Génova na Itália; Casablanca, em Marrocos, e novamente Setúbal. A oferta de serviços com transbordo engloba, igualmente, ligações para os portos do Mar Negro, via Istambul, enquanto a partir de Mersin ou Alexandria ficam ligados os portos de Lattakia, Beirute e Port Said; de La Spezia são servidos os portos líbios, tunisinos e argelianos, finalmente, em Portugal, o Porto de Setúbal é o hub utilizado para ligar o Mediterrâneo com o norte da Europa e o Reino Unido.


Recortes Nº 83 de 2012  

Porto de Sines recebe alunos da Escola Náutica Aumento da oferta ameaça recuperação dos fretes Linha Tarros reforçada com mais um destino

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you