Page 1

Recortes nº 057 Índice – 24 de março de 2014  Porto de Setúbal associa-se à III Conferência de Short Sea Shipping  3.ª Conferência de Short Sea Shipping  Porto de Setúbal associa-se à conferência Short Sea Shipping  Associações de pescadores apoiam ordenamento da Doca  Porto de Lisboa: Granéis líquidos crescem 2,7%  Granéis líquidos crescem no Porto de Lisboa  Granéis sólidos crescem 22,2% no Porto de Lisboa  Porto de Sines visitado pela Renfe Mercancías  Renfe Mercancías visita porto de Sines  Renfe visita o Porto de Sines

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


 APDL dá formação a Portos da Venezuela  Fernave promoveu debate sobre gestão e regulação do setor portuário  Autoeuropa contrata trabalhadores pela primeira vez em dois anos

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


Cargo News, 23 de março de 2014

Porto de Setúbal associa-se à III Conferência de Short Sea Shipping O porto de Setúbal vai associar-se à 3ª Conferência de Short Sea Shipping, um evento que decorrerá nos dias 12 e 13 de maio, na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa. O encontro, organizado pela Associação de Promoção do Transporte Marítimo de Curta Distância (APTMCD), terá como objetivo a análise das alterações no Short Sea Shipping europeu e a reflexão global sobre o presente e o futuro da atividade. Importa realçar a relevância desta iniciativa para o Porto de Setúbal enquanto importante centro logístico/portuário da região de Lisboa com ligações à Europa e a África, tirando partido da capacidade Short Sea instalada nos terminais públicos existentes e das vastas áreas de expansão fora das zonas urbanas. Os interessados poderão inscrever-se através do e-mail lisboa@agepor.pt ou pelo telefone 21 342 09 88


Rostos, 21 de março de 2014

Porto de Setúbal associa-se à 3ª Conferência de Short Sea Shipping O Porto de Setúbal vai associar-se à 3ª Conferência de Short Sea Shipping, um evento que decorrerá nos dias 12 e 13 de maio, na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa. O encontro, organizado pela Associação de Promoção do Transporte Marítimo de Curta Distância (APTMCD), terá como objetivo a análise das alterações no Short Sea Shipping europeu e a reflexão global sobre o presente e o futuro da atividade. Importa realçar a relevância desta iniciativa para o Porto de Setúbal enquanto importante centro logístico/portuário da região de Lisboa com ligações à Europa e a África, tirando partido da capacidade Short Sea instalada nos terminais públicos existentes e das vastas áreas de expansão fora das zonas urbanas.

Os interessados poderão inscrever-se através do e-mail lisboa@agepor.pt ou pelo telefone 21 342 09 88.


EuroTransporte, 24 de março de 2014

Eventos

3.ª Conferência de Short Sea Shipping O Porto de Setúbal vai associar-se à 3.ª Conferência de Short SeaShipping, um evento que decorrerá nos dias 12 e 13 de Maio, na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa. O encontro, organizado pela Associação de Promoção do Transporte Marítimo de Curta Distância (APTMCD), terá como objectivo a análise das alterações no Short SeaShipping europeu e a reflexão global sobre o presente e o futuro da actividade. Importa realçar a relevância desta iniciativa para o Porto de Setúbal enquanto importante centro logístico/portuário da região de Lisboa com ligações à Europa e a África, tirando partido da capacidade Short Sea instalada nos terminais públicos existentes e das vastas áreas de expansão fora das zonas urbanas. As inscrições para a conferência podem ser feitas através do e-maillisboa@agepor.pt ou pelo telefone 21 342 09 88


Zoom Online, 21 de março de 2014

PORTO DE SETÚBAL ASSOCIA-SE À CONFERÊNCIA SHORT SEA SHIPPING

O Porto de Setúbal vai associar-se à 3ª Conferência de Short Sea Shipping, um evento que decorrerá nos dias 12 e 13 de maio, na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa. O encontro, organizado pela Associação de Promoção do Transporte Marítimo de Curta Distância (APTMCD), terá como objetivo a análise das alterações no Short Sea Shipping europeu e a reflexão global sobre o presente e o futuro da atividade. Segundo o comunicado, “esta inciativa é relevante para o Porto de Setúbal enquanto importante centro logístico/portuário da região de Lisboa com ligações à Europa e a África, tirando partido da capacidade Short Sea instalada nos terminais públicos existentes e das vastas áreas de expansão fora das zonas urbanas”.


O Setubalense, 24 de marรงo de 2014


APP, 23 de marรงo de 2014


Transportes em Revista, 21 de março de 2014

Aumento de 2,7%

Granéis líquidos crescem no Porto de Lisboa O Porto de Lisboa registou, no passado mês de fevereiro, um crescimento de cerca de 2,7 por cento na movimentação de granéis líquidos. Comparativamente com fevereiro de 2013 foram movimentadas mais 3087 toneladas. Neste aumento, destaque para o Terminal de Líquidos do Porto dos Buchos, do Terminal de Granéis Líquidos do Barreiro e do Terminal de Líquidos da Banática, com um crescimento de 323,3 por cento, 58 por cento e 51,5 por cento, respetivamente. O porto da capital recebeu, assim, no mês de fevereiro, 24 navios, o que representou um crescimento de 20 por cento em relação ao GT (Gross Tonnage). Este aumento espelha o crescimento mensal de 44,4 por cento em termos de procura, em relação ao ano passado.


Logística & Transportes Hoje, 24 de março de 2014

Granéis sólidos crescem 22,2% no Porto de Lisboa A movimentação de granéis sólidos no Porto de Lisboa em 2013 cresceu cerca de 22,2% em relação ao ano anterior.

De acordo com o Porto de Lisboa, deram-se vários contributos para este crescimento, nomeadamente do Terminal de Alhandra (em 394%), do Terminal de Granéis Alimentares do Beato (41,3%), do Terminal Multiusos do Poço Bispo (31,2%), do Terminal do Barreiro (19,2%), do Terminal Multiusos do Beato (10,2%) e do Terminal de Granéis Alimentares da Trafaria (5,5%). Relativamente ao acumulado deste ano, em comparação com o período homólogo do ano passado, o Porto de Lisboa teve um aumento de 35,2% no número de navios que deram entrada no porto e um crescimento de 14,5% em termos de GT (Gross Tonnage, ou Arqueação Bruta).


Cargo News, 23 de março de 2014

Porto de Sines visitado pela Renfe Mercancías Responsáveis da área de transporte ferroviário de contentores da Renfe Mercancías estiveram no Porto de Sines com o objetivo de visitar os terminais portuários e as respetivas interfaces ferroviárias. A visita foi organizada pela CPCarga e teve um especial enfoque no movimento de contentores no Terminal XXI, cujo tráfego de inland utiliza em mais de 90% o transporte ferroviário. Os referidos operadores de transporte ferroviário são parceiros de referência para o processo de desenvolvimento do Porto de Sines, desempenhando um papel fundamental na extensão do porto no hinterland ibérico, pois permitem aos operadores logísticos estabelecerem cadeias de transporte intermodais regulares e mais amigas do ambiente. A importância da melhoria da rede ferroviária para Espanha, os níveis de crescimento do Porto de Sines nos contentores e a expansão do Terminal XXI foram temas que mereceram uma especial atenção da Renfe, que, em parceria com a CPCarga, podem oferecer novas soluções de transporte ibéricas muito interessantes. O novo módulo ferroviário da Janela Única Portuária mereceu também um papel de destaque, pois a interoperabilidade informacional entre o transporte marítimo, os terminais portuários, o transporte ferroviário e os portos secos no hinterland, é um especto da maior importância para a competitividade e a transparência das cadeias logísticas que utilizam o porto. Recorde-se que em 2013 foram realizados mais de 4000 comboios de carga de e para os navios e o índice de crescimento continua a verificar-se durante o corrente ano de 2014. A MSC é a principal entidade que encomenda a realização de comboios com o objetivo de oferecer soluções integradas para os importadores e exportadores.


Transportes em Revista, 21 de março de 2014

Transporte intermodal

Renfe Mercancías visita porto de Sines Um grupo de responsáveis da área de transporte ferroviário de contentores da Renfe Mercancías, operadora espanhola de transporte ferroviário de mercadorias, visitou recentemente os terminais portuários e os respetivos interfaces ferroviárias do porto de Sines. A visita, organizada pela CP Carga, centrou-se essencialmente no movimento de contentores do terminal XXI, cujo tráfego de inland utiliza, em mais de 90 por cento, o transporte ferroviário. Em comunicado, a Administração do Porto de Sines (APS) esclarece que tanto a Renfe como a CP “são parceiros de referência para o processo de desenvolvimento do porto de Sines, desempenhando um papel fundamental na extensão do porto no hinterland ibérico, pois permitem aos operadores logísticos estabelecerem cadeias de transporte intermodais regulares e mais amigas do ambiente”. Durante a visita, abordaram-se questões como a importância da melhoria da rede ferroviária para Espanha, bem como os níveis de crescimento do Porto de Sines e a expansão do Terminal XXI. O novo módulo ferroviário da Janela Única Portuária mereceu igualmente um papel de destaque, “pois a interoperabilidade informacional entre o transporte marítimo, os terminais portuários, o transporte ferroviário e os portos secos no hinterland, é um aspecto da maior importância para a competitividade e a transparência das cadeias logísticas que utilizam o porto”.


EuroTranporte, 21 de março de 2014 CARGAS

Renfe visita o Porto de Sines Responsáveis da área de transporte ferroviário de contentores da Renfe Mercancías estiveram no Porto de Sines para visitar os terminais portuários e as respectivas interfaces ferroviárias. A visita foi organizada pela CPCarga e teve um especial enfoque no movimento de contentores no Terminal XXI, cujo tráfego de inland utiliza em mais de 90% o transporte ferroviário. Os referidos operadores de transporte ferroviário são parceiros de referência para o processo de desenvolvimento do Porto de Sines, desempenhando um papel fundamental na extensão do porto no hinterland ibérico, pois permitem aos operadores logísticos estabelecerem cadeias de transporte intermodais regulares e mais amigas do ambiente. A importância da melhoria da rede ferroviária para Espanha, os níveis de crescimento do Porto de Sines nos contentores e a expansão do Terminal XXI foram temas que mereceram uma especial atenção da Renfe, que, em parceria com a CPCarga, podem oferecer novas soluções de transporte ibéricas muito interessantes. O novo módulo ferroviário da Janela Única Portuária mereceu também um papel de destaque, pois a interoperabilidade informacional entre o transporte marítimo, os terminais portuários, o transporte ferroviário e os portos secos no hinterland, é um especto da maior importância para a competitividade e a transparência das cadeias logísticas que utilizam o porto. Em 2013 foram realizados mais de 4000 comboios de carga de e para os navios e o índice de crescimento continua a verificar-se durante o corrente ano de 2014. A MSC é a principal entidade que encomenda a realização de comboios com o objectivo de oferecer soluções integradas para os importadores e exportadores.


Transportes em Revista, 21 de março de 2014

Porto de Leixões

APDL dá formação a Portos da Venezuela O Porto de Leixões realizou um curso de Gestão Portuária para quadros e responsáveis da Empresa Bolivariana de Puertos, da Venezuela. Recorde-se que as duas entidades tinham celebrado um compromisso de colaboração para formação profissional e m outubro de 2011. Este acordo, que conta com a parceria do Grupo Teixeira Duarte, foi concedido especialmente para colaboradores dos portos da Venezuela, mais precisamente do Terminal Especializado de Contentores de La Guaira. Em comunicado, a APDL – Administração dos Portos do Douro e Leixões, refere, que os formandos “terão a oportunidade de exercitar e tomar contacto com a realidade da gestão de um terminal de contentores”. A primeira fase do curso irá decorrer no Centro de Formação do Porto de Leixões, de 17 de março a 11 de Abril, “contando com a presença de 20 formandos oriundos dos portos de La Guaira, Cabello, Guanta e Maracaibo”. A Venezuela será a anfitriã da segunda fase e conclusão do curso a ter lugar em La Guaira.


APP, 23 de marรงo de 2014


Diรกrio Econรณmico, 24 de marรงo de 2014


Recortes 057 24 03 2014  

• Porto de Setúbal associa-se à III Conferência de Short Sea Shipping • 3.ª Conferência de Short Sea Shipping • Porto de Setúbal associa-se...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you