Page 1

Recortes nº 056 Índice – 21 de março de 2014  APSS presta esclarecimentos sobre notícia “Pescadores de Setúbal declaram guerra à APSS”  Novo terminal no Barreiro traz à superfície velhos metais tóxicos  Terminal no Barreiro terá impacto ambiental “negativo e muito significativo”  Alternativas  Alargamento do Porto de Lisboa vai avançar sem investimento público  Porto de Lisboa: Granéis líquidos crescem 2,7%  «Portos da Venezuela» em formação no Porto de Leixões  Portos da Venezuela em formação no porto de Leixões  APDL recebe 20 formandos dos portos da Venezuela

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


O Setubalense, 21 de marรงo de 2014


Jornal i, 21 de marรงo de 2014


Jornal i, 21 de marรงo de 2014


Jornal i, 21 de marรงo de 2014


APP, 21 de marรงo de 2014


Cargo News, 20 de março de 2014

Porto de Lisboa: Granéis líquidos crescem 2,7% No mês de fevereiro, o porto de Lisboa registou um aumento de 2,7% no movimento de granéis líquidos, comparativamente com o período homólogo do ano anterior, o que se traduziu em mais 3 087 toneladas. Na origem deste crescimento está o contributo do Terminal de Líquidos do Porto dos Buchos, do Terminal de Granéis Líquidos do Barreiro e do Terminal de Líquidos da Banática, com um aumento de 323,3%, 58% e 51,5%, respetivamente. Neste segmento, o porto registou um total de 24 escalas de navios, o que representa um acréscimo de 20%. Em relação ao GT (Gross Tonnage, ou Arqueação Bruta), houve um aumento de 44,4%, em relação ao mesmo período do ano passado.


APP, 21 de marรงo de 2014


Cargo News, 20 de março de 2014

Portos da Venezuela em formação no porto de Leixões Na passada segunda-feira teve lugar, no Centro de Formação do Porto de Leixões, a Cerimónia de abertura do Curso de Gestão Portuária para Quadros e Responsáveis da Empresa Bolivariana de Puertos, SA (Venezuela), entidade que tem a responsabilidade pela gestão de todos os portos da Venezuela, e que contou com a presença da Cônsul da Venezuela no Porto, Yadira Russián Mendoza. Concretizando o compromisso de colaboração em formação profissional de quadros de ambas as empresas, expresso no Memorando de Entendimento celebrado entre a APDL e a Bolipuertos em 31 de outubro de 2011, este curso insere-se no âmbito de uma parceria com a empresa Teixeira Duarte, S.A. e foi concebido e programado especialmente para colaboradores/as dos portos da Venezuela, especialmente do Terminal Especializado de Contentores de La Guaira. A primeira fase decorrerá no Centro de Formação do Porto de Leixões, de 17 de março a 11 de abril, e conta com a presença de 20 formandos oriundos dos portos de La Guaira, Cabello, Guanta e Maracaibo. Na segunda fase, a realizar-se de 5 a 16 de maio, em La Guaira, formadores nacionais e internacionais deslocar-se-ão à Venezuela onde se concluirá o curso. Este curso contempla, ainda, como uma mais valia no processo de formação e transferência de conhecimentos, a presença dos formandos em contexto de trabalho portuário, em que terão a oportunidade de exercitar e tomar contacto com a realidade da gestão de um terminal de contentores. A encerrar os cursos serão realizadas visitas técnicas ao Porto de Sines e de Ferrol.


Transportes & Negócios, 20 de março de 2014

APDL recebe 20 formandos dos portos da Venezuela Duas dezenas de quadro dos portos venezuelanos de La Guaira, Cabello, Guanta e Maracaibo estão em Leixões para o primeiro Curso de Gestão Portuária para Quadros e Responsáveis da Empresa Bolivariana de Puertos. Até 11 de Abril, as acções de formação serão ministradas no Centro de Formação do Porto de Leixões e em contexto de trabalho no terminal de contentores. Previstas estão também visitas ao Terminal XXI de Sines e ao novo terminal de contentores de Ferrol, detido pela FCT, controlada a 100% pela TCL. O curso terá uma segunda fase, a decorrer no porto venezuelano de La Guaira, entre os dias 5 e 16 de Maio, com a presença de formadores portugueses e internacionais. A vinda a Leixões dos quadros venezuelanos é o resultado do memorando de entendimento assinado entre a APDL e a Bolipuertos em Outubro de 2011, com a intervenção da construtora portuguesa Teixeira Duarte, responsável pelas obras de expansão do terminal de contentores de La Guaira. Tal como o nome o indica, o Curso de Gestão Portuária para Quadros e Responsáveis da Empresa Bolivariana de Puertos terá sido especificamente programado e concebido para responder às necessidades de formação dos portos venezuelanos, em particular do porto de La Guaira.

Recortes 056 21 03 2014  

• APSS presta esclarecimentos sobre notícia “Pescadores de Setúbal declaram guerra à APSS” • Novo terminal no Barreiro traz à superfície vel...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you