Page 1

Recortes nº 53 Índice – 14 de março de 2012 • Cimpor apresenta o seu mais novo navio-cimenteiro • ISCIA promove portos nacionais e da CPLP e cria Plano de Bolsas FEDRAVE • Mercadorias em Janeiro cedem 4% em Janeiro • Terminal intermodal do porto de Aveiro vai custar 5,7 milhões • Autoeuropa exporta seis mil carros para a China no primeiro trimestre

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869 Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt


Transportes & Negócios – 13 de março de 2012

Cimpor apresenta o seu mais novo navio-cimenteiro A Cimpor anuncia para a próxima segunda-feira a inauguração do Témara, o seu mais recente navio graneleiro. O navio, construído em 2007, designava-se anteriormente Shanghai Venture, mas aquando da sua compra pela cimenteira nacional foi rebaptizado de Témara, da localidade marroquina onde a Cimpor tem instalada uma fábrica. O Témara será inaugurado, no porto de Setúbal, na próxima segunda-feira, com honras das presenças dos principais dirigentes da cimenteira e do secretário de Estado dos Transportes. No entanto, o navio já foi adquirido no primeiro semestre do ano passado, tendo sigo registado no Registo Internacional da Madeira em Julho. Com 190 metros de comprimento e 32 metros de largura, o Témara pode transportar mais de 50 mil toneladas. A sua aquisição visou substituir o Niebla e garante à cimenteira “os recursos necessários para responder aos fluxos de transporte previstos para a próxima década”, é dito num comunicado emitido a propósito pela companhia.


Cargo News – 13 de março de 2012

ISCIA promove portos nacionais e da CPLP e cria Plano de Bolsas FEDRAVE Com o intuito de potenciar as capacidades da economia do Mar, o Instituto Superior de Ciências da Informação e da Administração (ISCIA), através do seu Departamento de Tecnologias do Mar (DETMAR), irá promover palestras sobre a Rede de Portos Portugueses e dos Portos da CPLP. Além disso, oferece Bolsas de Estudo a funcionários portuários e apoia as Comunidades Portuárias. As palestras terão lugar mensalmente, com início marcado para abril. No novo Auditório do ISCIA será realizada uma Exposição de Fotografias, Mapas e Gráficos sobre os vários agrupamentos portuários: portos de Douro e Leixões + porto de Viana do Castelo (maio 2012); porto de Aveiro + porto da Figueira da Foz (junho 2012); porto de Lisboa (julho 2012); porto de Setúbal (setembro 2012); porto de Sines (outubro 2012); portos do Algarve (novembro 2012); portos da Madeira (dezembro 2012); portos dos Açores (janeiro 2013); APLOP (fevereiro 2013). No dia da inauguração de cada Exposição (com a duração de 3 dias) será realizada uma Palestra sobre o porto em apresentação por Especialista a indicar pelo respetivo Porto. Relativamente às Bolsas de Estudo, o ISCIA lança o desafio às várias Administrações Portuárias para que selecionem de entre os seus funcionários, licenciados, um elemento a quem possa, através de um plano de responsabilidade social corporativa da sua instituidora, a Fundação para o Estudo e Desenvolvimento da Região de Aveiro (FEDRAVE), oferecer uma Bolsa de Estudos para frequência da sua próxima edição de Mestrado em Gestão Portuária (início em maio 2012) conforme o seu Regulamento de Bolsas Educacionais. Por fim, o ISCIA informa ainda que está a contactar as presidências das Comunidades Portuárias Portuguesas a fim de lhes comunicar que igualmente, concederá, através do referido plano de responsabilidade social corporativa da FEDRAVE, descontos especiais nas propinas de todos os cursos graduados e pós graduados do DETMAR .


Transportes & Negócios – 13 de março de 2012

Mercadorias em Lisboa cedem 4 em Janeiro O Porto de Lisboa movimentou em Janeiro 901 mil toneladas, menos 3,7% que no primeiro mês do ano passado, divulgou a administração portuária. À excepção da carga contentorizada, todos os tipos de mercadorias estiveram em baixa neste arranque de ano. Os granéis sólidos, que em 2011 tiveram um comportamento positivo, cederam 4,7%, para as 338 mil toneladas. Os granéis líquidos perderam 24%, para perto das 112 mil toneladas. A carga geral fraccionada caiu 34%, para as 16 mil toneladas. E a carga ro-ro afundou 39%, para pouco mais de duas mil toneladas. A carga contentorizada, ao invés, avançou perto de 7%, para cerca das 436 mil toneladas. Em TEU, passou-se de 39 246, há um ano, para 42 055, agora. Essencialmente à custa do terminal de contentores de Alcântara, que cresceu mais de 14%, para os 19 109 TEU. O TML também esteve em alta, mais moderada, tendo chegado aos 5 879 TEU (5 327 há um ano). O terminal de Santa Apolónia recuou para os 15 694 TEU (16 117). Nos outros terminais movimentaram-se 1 373 TEU (1 099). Em linha com o que está a acontecer um pouco por todos os portos nacionais (e na economia nacional), as cargas embarcadas cresceram cerca de 30 mil toneladas, para a casa das 336 mil, ao passo que as mercadorias desembarcadas cederam 65 mil toneladas, para perto das 566 mil. Na área dos cruzeiros, os números de Janeiro do porto da capital foram francamente positivos, com um registo de 22 159 passageiros, agora, contra 13 593, há um ano.


Cargo News – 13 de março de 2012

Terminal intermodal do porto de Aveiro vai custar 5,7 milhões No final de 2013 o porto de Aveiro poderá ser escalado por navios até 200 metros de comprimento, e contará já com um terminal intermodal com um custo estimado de 5,7 milhões de euros. “O porto de Aveiro será em 2015 um dos mais dinâmicos e competitivos portos da faixa Atlântica da Península Ibérica no transporte de curta e média distância, e possuirá um amplo pólo de desenvolvimento logístico e industrial", refere Luís Cacho. Ainda de acordo com o presidente do conselho de administração do porto de Aveiro, “a componente que se encontra em fase mais avançada de execução é a construção do terminal intermodal, apontando-se, conforme o seu projecto técnico, para um montante de investimento estimado de 5,7 milhões de euros, verba que poderá ser comparticipada pelo Fundo de Coesão".


Jornal de Negócios – 14 de março de 2012 – Pág. 10

Recortes Nº 53 de 2012  

• Cimpor apresenta o seu mais novo navio-cimenteiro• ISCIA promove portos nacionais e da CPLP e cria Plano de Bolsas FEDRAVE• Mercadorias em...