Page 1

Recortes nº 048 Índice – 10 de março de 2014  Melhorar a linha do Sul para reforçar a ligação ao porto de Setúbal  Constitucional confirma Liscont em Alcântara até 2042  Porto de Leixões com crescimento de 11% em janeiro  Leixões começa o ano a crescer 11%  Comissões de renegociação de concessões portuárias criadas ainda este mês  Socialistas concordam com prioridade à ferrovia e portos  ENIDH e ISCIA promovem Curso de Especialização em Gestão Ambiental Portuária  Novo modelo da VW pode vir no primeiro semestre  Autoeuropa

tem

garantido

o

novo

modelo

Volkswagem  Autoeuropa deverá anunciar quarto modelo até Junho

APSS, SA Praça da República 2904-508 Setúbal Portugal Nº Reg. Comercial e NPC: 502256869

Tel.: +351 265 542000 Fax: +351 265 230992 Sítio Internet: www.portodesetubal.pt Email: geral@portodesetubal.pt

da


Diรกrio Econรณmico, 10 de marรงo de 2014


Transportes & Negócios, 10 de março de 2014

Constitucional confirma Liscont em Alcântara até 2042 A revogação do prolongamento do contrato de concessão do terminal de contentores de Alcântara é inconstitucional, decidiu o Tribunal Constitucional. A Liscont pode ficar até 2042. O fim da movimentação de mercadorias no porto de Lisboa, na margem direita do Tejo, poderá ter de esperar uns 30 anos, depois da decisão do Tribunal Constitucional que confirmou o contrato de prolongamento da concessão da Liscont por mais 27 anos, de 2015 a 2042. O tribunal considerou inconstitucional a decisão do Parlamento, promulgada sem reservas pelo Presidente da República, de revogar o decreto-lei que permitiu a prorrogação do contrato de concessão do terminal de contentores de Alcântara. Recorde-se que a prorrogação da concessão foi negociada pela então secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, como contrapartida a um investimento de 250 milhões de euros que elevaria a capacidade do terminal de Alcântara, de 340 mil para um milhão de TEU/ano. Conhecida a decisão do Tribunal Constitucional, a Liscont mantém a intenção de investir no terminal, mas o projecto inicial estará fora de causa. Até porque o Governo aposta agora na construção de um novo terminal deep sea na margem esquerda do Tejo. Certo é o que o relatório do GT-IEVA elenca, como 12.ª prioridade, um investimento estimado em 46,6 milhões de euros na melhoria operacional do terminal de contentores de Alcântara. Estes desenvolvimentos serão, certamente, abordados pela comissões de renegociação das concessões portuárias, que o Executivo se propõe nomear ainda este mês.


Cargo News, 07 de março de 2014

Porto de Leixões com crescimento de 11% em janeiro No mês de janeiro, o porto de Leixões movimentou cerca de 1,35 milhões de toneladas, valor que representa um crescimento de 11% face aos 1,21 milhões registados em período homólogo do ano passado. Excepto os granéis sólidos, que registaram uma quebra de 2% (total de 210,9 mil toneladas), todos os segmentos tiveram uma evolução positiva, com especial destaque para os granéis líquidos que cresceram 21% (total de 542 mil toneladas). Nos contentores, o crescimento foi mais moderado (mais 3%), chegando às 509,5 mil toneladas. Já a carga fraccionada cresceu 20%, para as 64,6 mil toneladas. Por fim, a carga ro-ro, ainda com pouca expressão em Leixões, cresceu 732%, para as 19,3 mil toneladas. As mercadorias carregadas em Leixões cairam 11% (441,8 mil toneladas), enquanto que as descarregadas cresceram 27% (904,5 mil toneladas).


Transportes & Negócios, 07 de março de 2014

Leixões começa o ano a crescer 11% Em Janeiro, o porto de Leixões movimentou 1,35 milhões de toneladas, valor que compara com os 1,21 milhões de toneladas registados no primeiro mês de 2013. Com quase todos os tipos de carga a pisarem terreno positivo (a excepção foram os granéis sólidos, que cederam 2% para as 210,9 mil toneladas), os granéis líquidos estiveram em destaque, com um crescimento homólogo de 21% para cima das 542 mil toneladas. A carga contentorizada, que há um ano liderou os movimentos em Leixões, cresceu ainda 3% para as 509,5 mil toneladas. A carga geral fraccionada progrediu 20% até às 64,6 mil toneladas, e a carga ro-ro disparou 732%... ainda que só vala 19,3 mil toneladas. Em termos globais, Leixões cresceu 11% em Janeiro, com as cargas a cederem 11%, com 441,8 mil toneladas movimentadas, e as descargas a avançarem 27% até às 904,5 mil toneladas.


APP, 07 de marรงo de 2014


Jornal de Notícias, 10 de março de 2014


Cargo News, 09 de março de 2014

ENIDH e ISCIA promovem Curso de Especialização em Gestão Ambiental Portuária A Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH) e o Instituto Superior de Ciências da Informação e da Administração (ISCIA), com o apoio da Associação dos Portos de Portugal (APP) e da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP) criaram o Curso de Especialização em Gestão Ambiental Portuária. O Curso está vocacionado para todos os intervenientes na atividade portuária, nas Administrações Portuárias e outras entidades públicas, empresas ligadas ao projeto e construção de infraestruturas portuárias, bem como múltiplos agentes económicos que atuam nos portos. O curso conta ainda com a colaboração das Administrações Portuárias APA (Administração do Porto de Aveiro), APDL (Administração dos Portos do Douro e Leixões), APL (Administração do Porto de Lisboa), APSS (Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra) e APS (Administração do Porto de Sines). No plano curricular constam visitas técnicas aos portos Leixões, Aveiro, Lisboa, Setúbal e Sines. O curso vai decorrer entre os dias 5 e 30 de maio.


O Setubalense, 10 de marรงo de 2014


Jornal de Neg贸cios, 10 de mar莽o de 2014


Diรกrio Econรณmico, 10 de marรงo de 2014

Recortes 048 10 03 2014  

• Melhorar a linha do Sul para reforçar a ligação ao porto de Setúbal • Constitucional confirma Liscont em Alcântara até 2042 • Porto de Lei...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you