Issuu on Google+

Recorte nº 090 Índice – 10 de Maio de 2010 • Porto de Setúbal reforça competência de auditores • Porto de Setúbal entrega Prémio de Logística • ENAPOR visitou porto de Setúbal • Porto de Lisboa presente na Extremadura espanhola • Portos de Leixões e Luanda assinam protocolo • TCL cresce 8% nos quatro primeiros meses • Mendonça quer contentores na linha UIC Poceirão-Gaia • Projecto e construção Poceirão-Caia ultrapassa 1.440 M€ • Exportações sobem 14,6% no 1.º trimestre • Cavaco Silva reitera o mar como prioridade nacional

1


Transportes Online – 6 de Maio de 2010

Sistema de Gestão da Qualidade

Porto de Setúbal reforça competência de auditores A APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra efectuou uma acção de formação em metodologias de auditorias tendo como conteúdo programático a norma EN ISO 19011:2003, NP EN ISO 9001:2008 e a identificação de situações de corrupção e infracções conexas, a qual irá proporcionar orientações relevantes para o estabelecimento de programas de auditoria e para a sua realização. As auditorias internas são um factor chave no ciclo PDCA (Plan Do Check Act) sustentáculo dos Sistemas de Gestão da Qualidade, obrigando à sua realização por quadros qualificados e à utilização de metodologias claramente definidas, de forma a assumirem-se como uma efectiva ferramenta de suporte à gestão da organização. O objectivo consiste na verificação do cumprimento dos requisitos aplicáveis e dos procedimentos, bem como a eficácia dos processos em atingir objectivos previamente definidos. A bolsa de auditores passou a ser constituída por catorze elementos a quem ficam cometidas as responsabilidades de auditar o Sistema de Gestão da Qualidade da APSS, S.A. e o Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infracções Conexas, atendendo à Recomendação n.º 1/2009 do Conselho de Prevenção da Corrupção, complementar e parcialmente, em cumprimento do Despacho do Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, de Novembro de 2009. por: Carlos Moura

2


Cargo News – 10 de Maio de 2010

Porto de Setúbal entrega Prémio de Logística A cerimónia de atribuição do Prémio de Logística do Porto de Setúbal, a realizar no auditório do edifício sede da APSS, vai ter lugar amanhã, 11 de maio,, pelas 10.00 horas. O Prémio de Logística do Porto de Setúbal insere-se no protocolo instituído entre a APSS – Administração dos Porto de Setúbal e Sesimbra, SA e o IPS ESCE - Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal, que tem por objectivo premiar o melhor trabalho académico em logística marítimo-portuária, desenvolvido sobre temas relacionados com a Região de Setúbal e o seu porto.

3


Transportes Online – 4 de Maio de 2010

Portos de Cabo Verde

ENAPOR visitou porto de Setúbal Uma delegação da ENAPOR – Autoridade Portuária de Cabo Verde – visitou o porto de Setúbal com vista a conhecer o desenvolvimento da infraestrutura portuária e da JUP - Janela Única Portuária, sistema de informações portuário que faz a gestão do movimento de navios e carga no Porto de Setúbal interligando todas as empresas e entidades portuárias. A ENAPOR manifestou interesse em adoptar em Cabo Verde o sistema JUP do Porto de Setúbal, “pelo que a visita teve como objectivo aprofundar o conhecimento daquela plataforma com o apoio da empresa consultora que a desenvolveu” revela em comunicado a APSS – Autoridade Portuária dos Portos de Setúbal e Sesimbra. por: Pedro Pereira

4


Transportes Online – 6 de Maio de 2010

Em Mérida

Porto de Lisboa presente na Extremadura espanhola O porto de Lisboa participou no 6º Congresso Nacional de Áreas Empresariais “Innovar y Cooperar para Crecer con Excelencia”, que decorreu no Palácio de Congressos de Mérida, Espanha. Organizado pela CEPE – Coordinadora Española de Polígonos Empresariales, o evento teve como tema central a inovação e cooperação como estratégia de crescimento das empresas. Contou com a presença de gestores e presidentes de associações de parques logísticos e industriais, parques tecnológicos, representantes dos municípios e do governo, num total de mais de 300 pessoas provenientes de Espanha, Portugal, França e Reino Unido. Segundo a APL “o saldo desta participação foi muito positivo, permitindo ao porto de Lisboa assumir-se, cada vez mais, como uma porta de entrada e saída para o fluxo de mercadorias com destino/origem na grande região da Extremadura”. A comitiva do porto de Lisboa integrou representantes das empresas T.M.B. – Operações Portuárias SA e da Transitex, pertencentes à Comunidade do porto de Lisboa. por: Pedro Pereira

5


Cargo News – 10 de Maio de 2010

Portos de Leixões e Luanda assinam protocolo O Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, assiste hoje em Luanda à cerimónia de assinatura de um protocolo entre administrações do Porto de Leixões e de Luanda, com o Ministro dos Transportes de Angola, Augusto da Silva Tomás, no Ministério dos Transportes angolano.

6


Cargo News – 7 de Maio de 2010

TCL cresce 8% nos quatro primeiros meses Nos primeiros quatro meses do ano, o Terminal de Contentores de Leixões (TCL) movimentou 151.676 teu. Comparativamente com o mesmo período do ano passado, regista-se um crescimento de 8%. Em termos de unidades, o TCL movimentou entre janeiro e abril deste ano 95.463 contentores, o que representa ainda um crescimento de 4% relativamente ao período homólogo de 2009. Verifica-se, assim, que não apenas o TCL está a movimentar mais contentores, mas também contentores de maiores dimensões. Acompanhando, também aqui, a tendência de evolução do sector a nível internacional. Aliás, e considerando o número de teu movimentados, os resultados deste arranque de 2010 superam mesmo os alcançados pelo TCL no início de 2008, quando a crise global ainda não se adivinhava. O que diz muito da solidez da tendência crescente da actividade em Leixões. Em Abril, o TCL movimentou 37.167 teu, resultado que ficou em linha com o registado no mesmo mês de há um ano, quando se iniciou a recuperação da actividade que levaria a um novo recorde anual. MSC, Maersk, Grupo CMA-CGM, Wec Lines e Transinsular são, por esta ordem, os maiores utilizadores do TCL nestes primeiros quatro meses do ano.

7


Cargo News – 10 de Maio de 2010

Mendonça quer contentores na linha UIC Poceirão-Caia O facto de haver linha UIC (conhecida em Portugal por TGV) até ao Poceirão, pode vir a ser “a escrita direita por linhas tortas” do projeto ferroviário que tanta polémica suscita: António Mendonça anunciou, em entrevista à TVI, no sábado à noite, que a simples acção de se colocar um comboio de mercadorias a circular naquela linha – tornando-a mista, aproveitando o facto de, para passageiros, não ser sustentável economicamente, ainda menos ao ficar-se pelo Poceirão – permite, de uma penada, levar um contentor até Madrid pela “pechincha” de 95 euros, contra os actuais 375 euros que um camião cobra pelo mesmo trajeto. Esta revelação, vinda da boca de quem vem, recentra a questão da ligação dos portos de Lisboa, Setúbal e Sines a Madrid, ao torná-la efectivamente competitiva. Para os mais distraídos, ou os que nunca puderam cruzar todos os dados desta equação, convém recordar que a solução que (ainda) está na mesa condena os nossos portos do centro e sul a percentagens apenas marginais de um tráfego que vale, por ano, cerca de 700 mil teu, tantos quantos a capital espanhola importa anualmente. E isto porque a solução negociada com Espanha obriga a um desvio para sul, após a passagem da fronteira do Caia, em direcção ao entroncamento ferroviário de Puertollano, que vem de Algeciras, o que eleva a distância total a percorrer em mais 100 km (!) que o actual percurso. Fosse por distração, fosse por falta de informação, o certo é que os negociadores portugueses não viram mal em aceitar a proposta espanhola, que prevê a desactivação do ramal de Cáceres. Sem cuidarem que, dessa forma, estavam a condenar tanto o transporte ferroviário de mercadorias entre Portugal e Espanha (salvo para as zonas raianas da Andaluzia, e uma pequena parte do Levante), como a extensão do hinterland portuário de Lisboa, Setúbal e Sines à capital espanhola, que é o grande trunfo dos portos atlânticos.

8


Cargo News – 9 de Maio de 2010

Projeto e construção Poceirão-Caia ultrapassa 1 440 M€ O líder do consórcio que ganhou a concessão do troço de alta velocidade ferroviária Poceirão-Caia anunciou no passado sábado que o projeto e a construção da obra custam mais de 1440 milhões de euros, num investimento total de mais de 1494 milhões. O Governo tinha assinado pouco antes o contrato de concessão do troço PoceirãoCaia, que integrará a futura linha de alta velocidade Lisboa-Madrid, adjudicado ao consórcio Elos - Ligações de Alta Velocidade, co-liderado pela Brisa e pela Soares da Costa (através da Soares da Costa Concessões, com 16,4 por cento). Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa informou que "esta concessão, com uma duração de 40 anos, implica num investimento global de 1.494.881.960 euros, com um valor de 1.440.749.262 euros para projeto e construção, a ser executado por um agrupamento complementar de empresas".

9


Diário Económico – 10 de Maio de 2010 – Pág. 8

10


Cargo News – 7 de Maio de 2010

Cavaco Silva reitera o mar como prioridade nacional Presidente da República diz que a exploração das potencialidades do mar, enquanto factor de diferenciação e desenvolvimento das comunidades costeiras, deve ser encarada como uma prioridade nacional. "Necessitamos de erguer à categoria de prioridade nacional a exploração económica do mar", afirmou o Presidente da República em Peniche, acrescentando que a exploração sustentável das potencialidades marítimas deve estar em pé de igualdade com a prioridade dada às energias renováveis. "O país precisa de encontrar algo que o diferencie", sublinhou o Chefe de Estado, acrescentando que a exploração das potencialidades ligadas ao mar, como a pesca ou o turismo, contribuem para a afirmação e desenvolvimento das comunidades costeiras. Cavaco Silva mostrou-se satisfeito pelo facto de a Câmara Municipal de Peniche ter adotado uma estratégia municipal para o mar. "A câmara passou das potencialidades à acção, ao aproveitar os portos marítimos, o turismo ligado ao mar, a náutica e muito mais que se pode obter a partir de um recurso imenso que é o mar", disse. O Presidente da República visitou a Fortaleza de Peniche, onde ficou a conhecer alguns projetos da autarquia ligados à estratégia do mar, como é o caso dos desportos e das indústrias criativas ligados ao surf, e a Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar, que possui vários projetos de investigação nas áreas da biologia marinha e do turismo ligados ao mar.

11


Recortes 090 10-05-2010