Issuu on Google+

Recorte nº 028 Índice – 10 de Fevereiro de 2010 • O terminal Multiusos I de Setúbal • Operação inusitada de descarga de estilha em Setúbal • O Tribunal europeu decreta que as taxas portuárias devem ser idêntica para todo o tráfego • Delegação da APOL visita zona portuária de Sines • Operadores logísticos portugueses visitam zona portuária de Sines • Quebra de 24% nos automóveis • Vendas de carros vão subir 2,2% • Toyota chama para revisão ‘Prius’ vendidos em Portugal • Toyota recolhe Prius com defeitos nos travões

1


Transportes & Negócios – 9 de Fevereiro de 2010

O TERMINAL MULTIUSOS I de Setúbal viveu dias de inusitada actividade com a operação em simultâneo de dois navios carregados de estilha de madeira. A descarga de 75 mil toneladas implicou a utilização pela concessionária Tersado de um número pouco usual de meios, como várias pás mecânicas no terrapleno, gruas a bordo e tapetes rolantes do navio para o cais. A estilha de madeira destina-se à fábrica da Portucel, que recentemente aumentou a sua capacidade de produção de papel em cerca de 500 mil toneladas anuais. Em consequência, estão previstas mais operações similares para este ano.

2


Cargo News Online – 10 de Fevereiro de 2010

Operação inusitada de descarga de estilha em Setúbal No Terminal Multiusos Zona 1 do Porto de Setúbal, concessionado à Tersado, foram descarregados simultaneamente dois navios com mais de setenta mil toneladas de estilha de madeira destinada à fábrica da Portucel. O navio “Taio Dream”, agenciado pela Portmar, operou de 18 a 23 de Janeiro, e o “Stellar Dream”, agenciado pela Seteshipping, de 19 a 25 de Janeiro. Tratou-se de uma operação de grande envergadura, que requereu a utilização de um número pouco usual de pás mecânicas em operação no terrapleno, bem como, o método de descarga utilizado pelos navios, com gruas de bordo a alimentarem tapetes rolantes de descarga para o cais. Estão previstas mais operações do género durante o presente ano. Esta matéria-prima destina-se ao fabrico de papel pela Portucel, que recentemente aumentou a sua capacidade de produção em cerca de 500 mil toneladas anuais, com a entrada em funcionamento da sua nova unidade de produção de Setúbal.

3


Cargo News Online – 10 de Fevereiro de 2010

O Tribunal europeu decreta que as taxas portuárias devem ser idênticas para todo o tráfego As taxas portuárias nos portos da União Europeia devem ser idênticas para todo o tráfego, seja nacional, seja internacional. Foi nesse sentido a decisão do Tribunal Europeu de Justiça, chamado a derimir uma disputa entre a Comissão Europeia e Espanha. A sentença do passado dia 4 de fevereiro determina que os Estados-membros não podem aplicar uma taxa portuária por diferentes rotas de navegação doméstica e internacional ou entre um Estado-membro e um país terceiro, a menos que a diferenciação seja objetivamente justificada. Espanha, que praticou um sistema de redução e isenção de taxas portuárias para o transporte marítimo com as Canárias, Baleares, Ceuta e Melila, não apresentou nenhum argumento para sua defesa. A sentença afirma que esta prática é ilegal, contrária ao Regulamento 4055/86 relativo à livre circulação dos transportes marítimos entre Estados-membros e países terceiros. Espanha comprometeu-se a publicar legislação que corrija essa situação. Concretamente, indicou que está a elaborar o projecto de lei que altera a Lei dos Portos de 2003, que deve ser aprovado no início deste ano e irá revogar as disposições nacionais não conformes ao direito comunitário.

4


Cargo News Online – 10 de Fevereiro de 2010

Delegação da APOL visita zona portuária de Sines Cerca de duas dezenas de membros da Associação Portuguesa de Operadores Logísticos (APOL) vão contactar amanhã com as potencialidades oferecidas em Sines, numa iniciativa englobada no quadro de actividades promovidas pela aicep Global Parques, pela Administração do Porto de Sines (APS) e pela PSA Sines (Terminal XXI) na promoção de Sines - Uma Oferta Logística Ibérica. Já confirmaram a presença representantes das empresas S LOG, DLS, LOGIC, FCC, SDF, KEYLAB, FIEGE, FRIGOSERVICE. A reunião permitirá aos operadores logísticos portugueses verificar a excelência das condições da oferta global de Sines, uma zona industrial e logística e um porto de águas profundas que asseguram a Portugal uma área qualificada de acolhimento de investimento nacional e estrangeiro. "No contexto do papel central dos Operadores Logísticos na globalização de fluxos e na intermodularidade, torna-se necessária cada vez mais uma forte interligação com as grandes infra-estruturas portuárias. A APOL e o porto de Sines desejam com este encontro lançar pontes de cooperação e traçar linhas que conduzam a ganhos de eficiência para o mercado", refere a presidente da APOL, Carla Fernandes. A sessão enquadra-se no programa de promoção da ZalSines, uma das plataformas fundamentais do programa Portugal Logístico, que tem vindo a ser desenvolvido pela aicep Global Parques e pela APS com o objectivo de dar a conhecer esta plataforma logística a potenciais parceiros. O encontro decorrerá no edifício de apoio logístico na zona intra-portuária da ZalSines e contará com intervenções a cargo da APS, que se fará representar pela Presidente do Conselho de Administração Drª Lídia Sequeira, da aicep Global Parques, representada pelo seu Administrador Prof. Dr. Eurico Dias e pela PSA, representada pelo seu Administrador Delegado Engº Jorge d’Almeida. A Delegação da APOL fará ainda uma visita guiada à área do porto de Sines e em particular ao seu Terminal de Contentores - TXXI. Autor/fonte: T XXI

5


Diário Económico – 10 de Fevereiro de 2010 – Pág. 34

6


Correio da Manhã – 10 de Fevereiro de 2010 – Pág. 25

7


Diário de Notícias – 10 de Fevereiro de 2010 – Pág. 35

8


Diário de Notícias – 10 de Fevereiro de 2010 – Pág. 35

9


Diário Económico – 10 de Fevereiro de 2010 – Pág. 35

10


Recortes 028 10-02-2010