Page 1

Edição 42

Jan/13

A Revista do Taxista www.revistataxi.com.br

COM A PALAVRA, O PREFEITO! Haddad fala de planos para a cidade e sua nova administração

E MAIS

MUNDO TÁXI

O melhor serviço para o seu carro

DIVULGAR SÃO PAULO

Os embaixadores da cidade

Atenção com o óleo do motor Invista no seu atendimento e melhore seu negócio


A revista do Taxista

EXPEDIENTE

Diretoria

Edição 42

Ano novo, vida nova! E com prefeito novo

N

ão são poucos os desafios que o prefeito Fernando Haddad terá que enfrentar para resolver os inúmeros problemas que a cidade de São Paulo apresenta, entre os quais a mobilidade urbana e o transporte público ocupam lugar de destaque. Em conversa com a Revista TÁXI!, Haddad falou um pouco sobre a necessidade de colocar São Paulo no caminho do desenvolvimento e trazer para o espaço público a mesma melhoria na qualidade de vida que o cidadão vem conseguindo colocar dentro de casa, graças ao crescimento econômico do país durante os últimos anos. O novo prefeito discorre ainda sobre a necessidade de que a prefeitura assuma um papel de protagonista no trabalho de qualificação profissional de todo receptivo turístico da cidade, onde se inclui de modo determinante o segmento taxista, investindo em diferentes propostas de formação desses profissionais. O prefeito argumenta ainda a necessidade de investir na informatização dos ins-

trumentos de controle da prefeitura, como forma de tornar claras as contas públicas, facilitando o controle social de todos os investimentos e realizações. Como a vida continua e para alcançar os melhores resultados todo cuidado é pouco, apresentamos nesta edição um quesito fundamental para ser considerado na hora de escolher o carro novo: os serviços que os taxistas podem contar em algumas das principais redes de concessionárias da cidade. Apesar de muitas vezes não ser considerada, a análise desses benefícios pode impactar de maneira significativa o resultado final do seu negócio.

Adilson Souza de Araújo Davi Francisco da Silva Fábio Martucci Fornerón (editora@portodasletras.com.br)

Redação Editor Waldir Martins MTB 19.069

Edição de Arte Mauro Bufano Reportagem Arnaldo Rocha, Cida Nogueira, Daniela Gualassi e Miro Gonçalves Colaborador Alberto Roitman Fotografia de Capa Paulo Pinto Fotografias Davi Francisco da Silva Ilustração Eduardo Kakisaka Projeto Gráfico Editora Porto das Letras

Ao início de mais um ano vale repensar as práticas profissionais e buscar sempre novas formas para atender com excelência aos clientes. Para tanto, o consultor em desenvolvimento humano Alberto Roitman traz algumas reflexões que podem contribuir para o crescimento profissional.

Diretor Fábio Martucci Fornerón Fone: (11) 3392-1524 publicidade@portodasletras.com.br

Feliz 2013. Que esse seja um ano de muito sucesso e crescimento profissional.

Paulo Henrique Ribeiro Floriano

Boa viagem e boa leitura. Os Editores

ESPAÇO DO LEITOR

Comentários e sugestões sobre a Revista Táxi! e sua cidade Cigarro e bebida

Pode entrar que a casa é sua

Gostei da matéria que vocês veicularam na edição 40 sobre os danos do cigarro na saúde das pessoas, que é pior do que a poluição industrial e dos carros. Acredito que as bebidas alcoólicas também deveriam ser alvo de restrição quanto à publicidade, uma vez que, além dos males para a saúde, ainda são responsáveis por um grande número de acidentes com vítimas fatais. Adilson Pereira

Muito legal o programa [Pode entrar que a casa é sua] que a prefeitura colocou em prática para que os trabalhadores que lidam diretamente com o público possam entrar gratuitamente em espaços de cultura da cidade. Ações como essa é que melhoram a cidade na prática. Cintia Prado

Revisão Naira Uehara

Publicidade

Assessoria jurídica Comercial Suporte Administrativo Ana Maria S. Araújo Silva Bruna Donaire Bissi Assinaturas e mailling assinatura@portodasletras.com.br

Impressão

D’ARTHY Editora e Gráfica Ltda.

Tiragem

20.000 exemplares Distribuição Gratuita edição 42 , é uma publicação da Editora Porto das Letras Ltda. Redação, publicidade, administração e correspondência: Rua do Bosque, 896, casa 24, CEP 01136-000. Barra Funda, São Paulo (SP). Telefone (11) 3392-1524. E-mail revistataxi@portodasletras.com. br. Proibida a reprodução parcial ou total dos textos e das imagens desta publicação, exceto as imagens sob a licença do Creative Commons. As opiniões dos entrevistados publicadas nesta edição não expressam a opinião da revista. Os anúncios veiculados nessa revista são de inteira responsabilidade dos anunciantes.


sumário Com a palavra, o Prefeito!

Capa 8

Haddad fala de planos para a cidade e sua nova administração

Capa

Manutenção

Com a palavra, o Prefeito!

Atenção com o óleo do motor

18 19

Administre Invista no seu atendimento e melhore seu negócio

Manutenção Atenção com o óleo do motor

Divulgar São Paulo Os embaixadores da cidade

Divulgar São Paulo Os embaixadores da cidade

Agenda O que vai agitar a metrópole no próximo ano

Mundo Táxi Especial O melhor serviço para o seu carro

Mundo Táxi Especial O melhor serviço para o seu carro

Volante Seguro Está na hora de dormir

Mundo Táxi

24

Confraternizar e integrar

Roda Solta Humor e diversão

08 16 18 19 21 24 32 34 38


6

TÁXI! EDIÇÃO 42


Mundo

Táxi

Paulo Pinto

Por Daniela Gualassi

Paulo Pinto

Capa

Fernando Haddad Com a palavra, o Prefeito! Eleito para ocupar o cargo de prefeito da maior metrópole da América Sul, o ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, tem um enorme desafio para solucionar os graves problemas de uma população de quase 11 milhões de habitantes

E

m conversa com a Revista TÁXI!, o prefeito Fernando Haddad falou um pouco sobre sua expectativa de governar a cidade, questões diretamente ligadas ao segmento taxista e suas principais demandas e necessidades. Acompanhe. Revista TÁXI! Por que ser prefeito de São Paulo? Fernando Haddad Tenho uma história na cidade. Nasci em São Paulo, filho de comerciante e imigrante libanês, fiz uma carreira acadêmica conjugada com atividade profissional na Rua 25 de março. Minha área de interesse sempre foi a administração pública, o papel do Estado na organização da sociedade. Depois de ingressar na carreira docente na Universidade de São Paulo, fui convidado a trabalhar na Secretaria de Finanças do município, junto com o ex-secretário João Sayad da gestão Marta Suplicy, quando tenho um envolvimento com a cidade 8

TÁXI! EDIÇÃO 42

muito intenso. Era um período difícil da cidade, com um orçamento muito baixo para administrar, muito aquém das suas necessidades. Depois, fui convidado para ir ao governo Lula pelas mãos do então ministro do Planejamento Guido Mantega, hoje ministro da Fazenda, e me torno secretário executivo do Ministério da Educação e pouco depois terminei assumindo a posição de ministro. Dentro dessa trajetória, o presidente Lula e a presidente Dilma me sondam sobre a oportunidade de aceitar o desafio tão apaixonante que é administrar a cidade de São Paulo. Revista TÁXI! Como o prefeito de São Paulo pretende combater a corrupção e garantir uma gestão transparente para a cidade? Fernando Haddad No ponto de vista da transparência, precisamos informatizar os processos. Em segundo lugar, vem o controle interno e em terceiro,


Paulo Pinto

Você tem que fortalecer os conselhos para que as contas estejam mais abertas, francamente abertas, para que haja controle social gestão e de engenheiros de trânsito para remapear os fluxos e definir as ruas que não têm uma mão dupla, as ruas que vão ter duas, as que precisam ser estendidas, as que precisam ser duplicadas; isso é papel da engenharia de trânsito e a CET não tem hoje essa capacidade. Terceiro ponto importante e não menos importante que os outros dois: nós temos que fazer um projeto de repovoamento do centro, trazer moradores para o centro de São Paulo, onde está o emprego e, ao mesmo tempo, levar empregos para periferia. Para isso, nós vamos diminuir os impostos à medida que a empresa esteja mais distante do centro; quanto mais distante do centro ela estiver, menos impostos ela vai pagar. E vamos trazer o Minha casa, minha vida para famílias de classe média que querem morar no centro, porque muitas famílias gostariam de morar em um bairro com boa infraestrutura como é o centro, mas que está desabitado, ou seja, tem muita infraestrutura e poucos habitantes. Revista TÁXI! Mas como e quando isso vai acontecer na prática?

É preciso criar condições para que o setor público seja controlado, tanto as compras governamentais, como os processos administrativos, tudo isso tem que ter controle e precisa ser uma agenda do prefeito, tem que ser uma determinação do chefe do executivo para moderniza a máquina. Revista TÁXI! Como melhorar o trânsito da cidade? Fernando Haddad Em primeiro lugar, retomar os investimentos em transporte público. Nós estamos com os mesmos 120 quilômetros de corredores de ônibus que tínhamos oito anos atrás, deveríamos ter trezentos quilômetros de corredores hoje. O metrô da cidade do México é três vezes maior. Em primeiro lugar, metrô e corredores de ônibus. Mas não adianta ficar apenas anunciando que vai fazer. As mesmas estações e linhas estão sendo anunciadas desde o começo da década passada; as mesmas, a cada eleição se renovam as mesmas promessas. É preciso entregar as novas estações. Segundo lugar, recuperar fortemente a CET, que sempre foi reconhecida nacionalmente como uma grande companhia, com muita inteligência acumulada. Os bairros hoje não têm engenharia de trânsito. Hoje, o trânsito está em todo lado e você precisa de uma 10

TÁXI! EDIÇÃO 42

No caso de corredores, será no curto prazo, porque nós construímos setenta quilômetros de corredores em dois anos, e a gestão que está terminando, em oito anos, não fez nenhum corredor. Quando assumimos no governo da Marta [Suplicy], levamos dois anos para recuperar as finanças da cidade e aí nos dois anos seguintes entregamos setenta quilômetros de corredores. É possível, sim. Paulo Pinto

o controle social. Você tem que fortalecer os conselhos para que as contas estejam mais abertas e passíveis de controle social, para que possa haver fiscalização dos processos e casos de gestões mal intencionadas. No Ministério da Educação, por exemplo, todos os processos estão informatizados, o cidadão comum pode acompanhar pela internet todos os indicadores e os convênios que são realizados. Além disso, o Governo Federal criou a Controladoria Geral da União, que eu quero reproduzir em São Paulo através da criação de uma controladoria geral do município.

Fernando Haddad


Revista TÁXI! Questões como pedágio urbano e rodízio, já existe uma avaliação disso? Fernando Haddad A minha avaliação é que todas as medidas seriam muito mal vistas pelo cidadão enquanto não recuperarmos o investimento em transporte público. Você deve oferecer uma alternativa para ele e daí restringir o uso de carro, assim, ele vai entender porque terá uma alternativa à disposição. Agora, com o transporte público do jeito que está, você inibir o uso do carro sem oferecer uma alternativa fica difícil, o cidadão precisa confiar na administração pública, voltar a confiar, a administração não tinha um plano de ação para essas coisas e agora vamos construir esse plano. Revista TÁXI! E como o serviço de táxi participa desse processo? Fernando Haddad A grande vantagem do táxi é que ele dispensa o estacionamento na rua. Nas cidades desenvolvidas você não pode estacionar na rua. Se você não pode estacionar na rua, o que acontece? De duas, uma: ou você pega um táxi ou um transporte coletivo. Mas a cidade ganha a faixa de estacionamento. No fluxo do trânsito, essa é a vantagem do táxi: ganhar a faixa do estacionamento e garantir um melhor fluxo. Outra vantagem do táxi é o quanto o motorista conhece a cidade e rotas alternativas. Ele contribui com o trânsito por esse conhecimento; se uma rua está congestionada e ele sabe que pode chegar por outro ponto, ele melhora a qualidade do trânsito. Revista TÁXI! Como melhorar o atendimento ao taxista no Departamento de Transporte Público? 12

TÁXI! EDIÇÃO 42

Fernando Haddad

Eu tenho visto falta de diálogo, ouvido muita reclamação. Por exemplo, ouvi muitas críticas em relação à concessão de novos alvarás, que os critérios que foram utilizados não foram discutidos. Havia uma expectativa dos motoristas de frota, alguns que já trabalham como taxista há 15, 20 anos, de terem alguma pequena vantagem, até como retribuição ao trabalho já prestado. Trata-se de uma categoria que envolve 30 mil pessoas e serve a milhões de passageiros, é preciso estabelecer uma forma de diálogo.

Isso aí já dá para adiantar, porque, nesse caso, a tese é correta, a tese de que a base de cálculo não pode ser a do serviço prestado para uma empresa, mas sim um serviço para o cidadão. Isso é uma tese que parece ser absolutamente correta e vamos tratar com muito carinho no sentido de fazer justiça.

Eu vou ouvir a categoria, não vou tomar uma decisão, porque, ou você considera ser o povo e a sociedade como aliados, ou nada avança. O taxista sabe que tem um compromisso com a cidade e, tanto quanto possível, temos que compatibilizar os interesses da categoria e os interesses do município e não vejo dificuldades intransponíveis desse diálogo para resultar em benefício da maioria. Revista TÁXI! Em recente encontro com as associações de Rádio Táxi, o senhor se mostrou favorável a isentar o serviço de táxi da cobrança do ISS (Imposto Sobre Serviços). Isso continua?

Revista TÁXI! Os taxistas poderão continuar a utilizar os corredores de ônibus? Fernando Haddad Rigorosamente falando, o corredor deveria ser exclusivo para o transporte coletivo, mas essa permissão foi dada e nós tivemos oito anos de paralisação no transporte público na cidade. Hoje, nós temos uma cidade muito mais congestionada do que tínhamos uns oito anos atrás. Não dá para mudar a regra agora sem retomar os investimentos no transporte público. Isso causaria muita revolta. As pessoas se sentem agredidas se não existe nenhum investimento em transporte público e se começa a fazer restrições. Revista TÁXI! Em seu mandato, pretende investir na qualificação profissional do taxista? Paulo Pinto

Trata-se de uma categoria que envolve 30 mil pessoas e serve a milhões de passageiros, é preciso estabelecer uma forma de diálogo

Fernando Haddad


TÁXI! EDIÇÃO 42

13


Paulo Pinto

O trabalho de qualificação profissional é essencial e a prefeitura vai abraçar esse projeto, porque nós temos megaeventos internacionais e temos que preparar a cidade para isso Fernando Haddad

A melhor forma de preparar a cidade está na gestão de recursos humanos. É preciso recursos humanos aptos a receber bem o turista, isso vale para o táxi e para todos os outros serviços como hotelaria, de bares e restaurantes, pessoas que falam mais de uma língua; há uma série de providências que devem ser tomadas para acolher bem o turista que estará chegando pela primeira vez.

que as pessoas, principalmente esses profissionais, precisam ocupar esse espaço dentro da cidade, de serem multiplicadores. Revista TÁXI! O que esperar de segurança e serviços? Existem questões, aparentemente triviais, mas que prejudicam grandemente o trabalho dos taxistas. A cidade oferece uma estrutura muito precária, não existem sequer banheiros públicos. Fernando Haddad Atualmente, da porta de casa para dentro, a vida do paulistano mudou, graças ao excelente trabalho que o governo Lula e o governo Dilma vêm promovendo. Ele percebeu essa mudança. Mas da porta de casa para fora, a nossa vida está sofrendo impactos negativos por falta de ação do poder

Revista TÁXI! A Revista TÁXI!, desde sua primeira edição, sempre trabalhou no sentido de levar o taxista para o mundo da formação, da cultura, que ele possa frequentar teatros, museus e outros espaços, através de parcerias com estes e mesmo com a prefeitura. Você acredita que esse trabalho poderá ganhar mais corpo na sua gestão? Fernando Haddad Muito interessante o trabalho que vocês vêm realizando e é assim que se pensa essa cidade moderna. Você não pensa mais as pessoas em suas funções sem ampliar o seu horizonte, inclusive de informação. Eu vejo 14

TÁXI! EDIÇÃO 42

que falta um banheiro aqui, uma creche ali, um hospital acolá, falta uma quadra poliesportiva. As pessoas que têm foco e tratam São Paulo como sua casa começam a perceber que está faltando limpeza, obra contra enchente... você começa a enxergar isso e a construir a cidade que nós não temos hoje. Essa será a postura da administração: dar prioridade para aquilo que a organização pública deve focar.

Se você está com foco na cidade, vai perceber que falta um banheiro aqui, uma creche ali, um hospital acolá Paulo Pinto

Um dos programas que eu tenho o maior orgulho de ter feito dentro do governo federal foi o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). Muitas pessoas conhecem o Prouni (Programa Universidade para Todos), mas pouca gente conhece o Pronatec, que é um curso de formação profissional, uma ação articulada com o Senai e Senac. Na minha opinião, esse trabalho de qualificação profissional é essencial e a prefeitura vai abraçar esse projeto, porque nós temos megaeventos internacionais e temos que preparar a cidade para isso. Nós queremos fazer da Copa um cartão de visita, de apresentação da cidade para aquele que nunca veio, para que ele veja e volte regularmente.

público. O país vive um bom momento, você sente isso dentro de casa, aumentou o nível de consumo de bens duráveis. Mas, você põe o pé para fora e não vê a cidade sendo organizada de um modo diligente para acompanhar esse bom momento. Como não existe um projeto político sério para a cidade, todas as questões que parecem triviais para você não são incluídas na agenda da cidade. Se você está com foco na cidade, vai perceber


TÁXI! EDIÇÃO 42

15


seu negócio

Por Alberto Roitman

Eduardo Kakisaka

Administre

Invista no seu atendimento

A

Em 2012, milhares de empresas dos mais variados ramos de atividade investiram em treinamento para melhorar a prestação de serviço de suas equipes

busca para proporcionar o melhor atendimento ao cliente acontece porque é praticamente unânime a aceitação de que um cliente bem tratado sempre volta para comprar mais produtos ou serviços, melhorando o resultado do negócio. Veja alguns itens simples, mas fundamentais, para que o cliente de um táxi tenha uma boa impressão de seu prestador de serviço. E volte sempre. 1) Limpeza do táxi. Este é o primeiro quesito que um passageiro observa. Jornais espalhados, papéis de bala, cinzas de cigarros e mau cheiro certamente despertam no passageiro uma sensação de descaso e despreparo do profissional. Um carro que circula todos os dias por uma grande cidade deve ser lavado, no mínimo, uma vez por semana, e a coleta dos lixinhos feita diariamente. 2) Rádio ligado. As estações de rádio que o taxista ouve podem não ser do mesmo gosto do passageiro. Até aí, sem problemas. Os conflitos nascem quando o motorista desconsidera uma solicitação do passageiro e insiste em manter o rádio na mesma sintonia e volume. Uma boa forma de resolver isso é perguntar ao passageiro se gostaria de ouvir música, notícias ou se tem alguma estação de preferência. 3) Ar condicionado. Alguns motoristas simplesmente não ligam o ar-condicionado ou ligam em uma temperatura excessivamente baixa.

Novamente, o ideal é perguntar ao passageiro se deseja que o ar-condicionado seja ligado e se a temperatura está adequada. 4) Percurso desejado. Em uma cidade como São Paulo, é natural que existam diversas alternativas de percurso para conduzir o passageiro ao seu local de destino. Além disso, nem sempre os percursos mais curtos são os mais rápidos. Siga mais uma vez o caminho do diálogo e pergunte se o passageiro tem alguma sugestão de percurso. Caso o cliente tenha um caminho preferido, siga sua sugestão, mas advirta-o caso considere que ele não seja o mais apropriado. Sempre sem conflitos. 5) Um bom papo. Percursos em silêncio devem ser uma opção do cliente e nunca do taxista. Faça uma pergunta ou comentário amistoso logo após a entrada do passageiro ao táxi. Temas como o tempo, trânsito ou a correria do dia a dia sempre provocam o desenrolar de uma boa conversa. Assuntos como religião, futebol ou política são um convite a discussões, mas se o passageiro quiser debater assuntos deste tipo, procure ter uma posição neutra, equilibrada e sem conflitos. 6) Deixe seu contato. Com uma boa prestação de serviços uma grande porta foi aberta. Ao final da corrida, entregue seu cartão com seus dados e, de preferência, cite alguma qualidade adicional do seu serviço, como por exemplo, algum desconto para uma corrida mais longa ou atendimento 24 horas. * Alberto Roitman é Consultor de Desenvolvimento Humano da Overlap Consultores: asaul@overlap.net

16

TÁXI! EDIÇÃO 42


TÁXI! EDIÇÃO 42

17


Por Majô Gonçalves

blumare

blumare

Manutenção

Cuidados na troca do óleo do motor Checar nível de óleo é uma prática fundamental para garantir a saúde do seu carro e deve ser realizada periodicamente

O lubrificante correto Para definir o momento correto da troca e qual o lubrificante utilizar, o consultor de tecnologia da rede de postos da Petrobras, o engenheiro Antonio Alexandre Ferreira Correia, lembra que o motorista deve consultar a seção de manutenção do manual do proprietário do seu automóvel. O especialista destaca que atualmente existem no mercado três diferentes categorias de óleos, cada um deles com características próprias: Minerais - que utilizam em sua base derivados do processo de refino do petróleo. Sintéticos - cujas bases são obtidas sinteticamente, derivadas principalmente das indústrias petroquímica e oleoquímica. Semissintéticos - que utilizam misturas de básicos minerais e sintéticos. 18

TÁXI! EDIÇÃO 42

Apesar das diferentes especificidades, Correia afirma ser possível realizar a troca de um lubrificante mineral por outro sintético ou semissintético, uma vez que esses dois últimos possuem desempenho superior aos óleos de base mineral. De outro modo, a troca de um lubrificante sintético ou semissintético por outro de base mineral não é recomendada. Cuidados na troca Para o especialista da Petrobras, a troca de óleos de uma mesma base ou de bases diferentes deve seguir sempre o mesmo padrão: Etapa 1 A troca deve ser sempre efetuada com o motor quente, de modo que a viscosidade do produto seja a mais baixa possível, facilitando o escorrimento do óleo. Com isso, a troca se torna mais rápida e mais eficiente, permitindo que praticamente todo o produto usado seja retirado do cárter do veículo. Etapa 2 Se for efetuada uma troca de óleo, o filtro de óleo também deve ser trocado. Este filtro conserva em seu interior uma quantidade entre 0,5 e 1 litro de óleo usado. Caso não seja trocado, este produto usado, contaminado por impurezas, afetará diretamente a vida útil do óleo novo, reduzindo-a e podendo vir a causar a formação de vernizes e borra no interior do motor. Medição no posto de gasolina É comum entre os motoristas pedir para che-

car o nível em postos de gasolina durante o abastecimento. Nesse momento é importante ter paciência e aguardar pelo menos três minutos com o carro desligado antes de fazer a medição. Esse tempo é necessário para que todo o óleo do motor escorra para o cárter e assim permita uma correta avaliação do nível. Se você está entre aqueles que têm o hábito de apenas completar o óleo quando este está abaixo do limite, saiba que está comentando um erro que poderá ter graves consequências no funcionamento do veículo. Isso porque, ao eliminar os resíduos decorrentes da queima do combustível, o óleo vai ficando sujo e perdendo a viscosidade, permitindo a ocorrência de um maior atrito entre as peças. Antônio Alexandre

R

esponsável por evitar o atrito entre as peças do motor e garantir seu bom funcionamento, o óleo do motor enfrenta o desafio de manter suas características de lubrificação sob as mais adversas condições climáticas e de formas de uso. Com o correr do tempo e da quilometragem, o fluido tende a perder sua principal característica - a viscosidade - deixando de revestir as peças que estão em contato dentro do motor, ocasionando aumento do atrito de metal com metal e comprometendo o funcionamento do carro, o que resulta um menor desempenho, maior consumo de combustível, além de reduzir o seu tempo de vida útil.

Antonio Correia, da Petrobras, adverte que o hábito de apenas completar o óleo é um erro e recomenda a troca completa do óleo e filtro


André Stefano/SPCVB

Taxista O Embaixador da Cidade

N

ós, do São Paulo Convention & Visitors Bureau, uma fundação sem fins lucrativos mantida pela iniciativa privada com 670 associados, trabalhamos todos os dias para aumentar o fluxo de visitantes na cidade. Fazemos isso convencendo os organizadores de eventos a realizar seus congressos, fóruns, seminários, shows e feiras comerciais em São Paulo. Nosso trabalho de vender a cidade é feito com muitas visitas e reuniões, apresentações, material promocional, dossiês de candidaturas personalizados com tudo o que a cidade tem de melhor para receber cada evento, incluindo a busca de cartas de apoio de entidades para o organizador. Muitos destes eventos são planejados

com anos de antecedência. Já temos programados, na agenda da cidade, congressos e feiras até o ano 2016. Além disso, estamos concor rendo com outras cidades à candidatura de um megaevento em 2020: a Expo Mundial, com duração de 6 meses e mais de 5 milhões de visitantes e expositores dos principais países do mundo. Taxista: parceiro importante do turismo Trabalhamos para trazer cada vez mais visitantes à nossa cidade e aos nossos destinos parceiros. Consequentemente, os hotéis conseguem ter mais hóspedes; os espaços de eventos, mais expositores; espaços culturais, mais visitantes; e restaurantes, shopping centers e casas de espetáculos, mais clientes.

Para que tudo isso aconteça, o transporte, realizado através do profissional de táxi, tem uma participação de suma importância em todas as etapas do que chamamos de cadeia produtiva do turismo. Nossa equipe viaja pelo mundo para buscar esses eventos, e é natural que se faça a comparação entre nossos atendimentos e serviços com os de cada região visitada. Não temos dúvidas de que nossos taxistas são os mais competentes e transmitem a energia de uma cidade que não para nunca. E esse é um diferencial que não podemos perder. Oportunidade não é oportunismo Mas, como em toda profissão, sempre há aqueles que não agem como deveriam. Nos grandes shows, principalmente em estádios de futebol e lugares de pouco acesso ao TÁXI! EDIÇÃO 42

19


A rotina do taxista é uma daquelas onde nada é previsível. Entre a ida e volta de uma corrida, tudo pode acontecer. Também é um privilégio da profissão conhecer tanta gente diferente e conviver com suas histórias de alegrias e tristezas. Nos bairros residenciais, por exemplo, o taxista se torna amigo e conselheiro de muitas famílias. Vários trabalham por muitos anos no mesmo ponto, mesmo depois de aposentados. Acompanham como numa telenovela, casamentos, nascimento e crescimento de filhos, divórcios, confusões, festas, comemorações, as desculpas de estar atrasado, a busca por uma farmácia aberta, a conversa carente de uma pessoa infeliz... Nos pontos de hotéis e região central, executivos engravatados entram nos táxis ansiosos pelo ar condicionado e angustiados para chegar logo a uma reunião. Nas noites da cidade que não dorme nunca, o taxista encontra os muitos visitantes solitários curiosos em conhecer os points e as diversas tribos paulistanas.

Taxista: o Embaixador da Cidade Quando um visitante chega ao aeroporto, na rodoviária ou numa estação ferroviária, ao pegar um táxi, ele estabelece o primeiro contato com a cidade, através do taxista. O taxista, o Embaixador da Cidade, é a primeira pessoa para quem o turista pergunta sobre o lugar que está visitando. Dependendo de como o taxista vender a cidade para o passageiro, teremos um turista entusiasmado com o destino ou amedrontado com ele. Se o taxista for uma pessoa alegre, extrovertida e de bem com a vida, que apresenta a cidade de modo positivo para o visitante, todo nosso esforço de trazer um novo evento para São Paulo valeu a pena. Somos a quinta maior cidade do mundo, uma cidade dinâmica e diversificada, onde grandes eventos e grandes negócios acontecem diariamente e turistas, de todos os lugares do mundo, vêm para aproveitar tudo o que temos para oferecer. Temos o orgulho de ter, como embaixadores, 33 mil taxistas - a terceira maior frota de táxis do planeta - que, todos os dias, mostram aos nossos visitantes que somos uma cidade que é tudo de bom.

André Stefano/SPCVB

Adilson Araújo

André Stefano/SPCVB

Não é para qualquer um atuar como taxista na capital de eventos da América Latina. Esse trabalho requer profissionalismo, paciência, profundo conhecimento das ruas e bairros, criatividade para se locomover e fugir dos congestionamentos de uma megalópole como a nossa e muita psicologia intuitiva para lidar com os diferentes tipos de comportamento e humor das pessoas. E isso, todos os dias.

Um profissional para todas as horas e situações

Divulgação

transporte coletivo, infelizmente encontramos alguns taxistas que ignoram o taxímetro e estipulam a corrida de forma mercenária. Quem faz iss prejudica a imagem de toda uma categoria de profissionais sérios, e a imagem de uma cultura atrasada e ultrapassada de querer levar vantagem em tudo é a que é levada e passada ao mundo todo. Temos sempre que lembrar que oportunidade não é oportunismo.

Toni Sando, Presidente Executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau 20

TÁXI! EDIÇÃO 42


O que vai agitar a metrópole nos próximos meses

eventos em 2013 Confira a agenda dos principais eventos da cidade que é tudo de bom! Programe-se para aproveitar o melhor de São Paulo. Para mais informações, acesse o site: visitesaopaulo.com

8 a 10 de fevereiro DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA DE SÃO PAULO 2013 Local: Sambódromo do Anhembi

16 a 19 de fevereiro 26º ABUP SHOW - LABIRINTO DE SENSAÇÕES Local: Transamerica Expo Center

24 a 26 de fevereiro LACTE 2013 - 8º LATIN AMERICAN TRAVEL EXPERIENCE Local: Grand Hyatt São Paulo

13 a 16 de janeiro FENATEC - 58ª FEIRA INTERNACIONAL DE TECELAGEM Local: Expo Center Norte

14 a 17 de janeiro COUROMODA - 40ª FEIRA INTERNACIONAL DE CALÇADOS, ARTIGOS ESPORTIVOS E ARTEFATOS DE COURO Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

19 de fevereiro ESFE - VIII ENCONTRO DO SETOR DE FEIRAS E EVENTOS /2º FÓRUM DE FEIRAS E EVENTOS Local: WTC Golden Hall Convention Center

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro

19 de janeiro UFC - ULTIMATE FIGHTING CHAMPIONSHIP Local: Ginásio do Ibirapuera

4 a 7 de março GIFT FAIR 2013 - 46ª BRAZILIAN INTERNATIONAL GIFT FAIR Local: Expo Center Norte

20 e 21 de fevereiro 19º WORKSHOP & TRADE SHOW CVC 2013 Local: Expo Center Norte

Janeiro 26 de fevereiro GRANDE ENCONTRO FEIRAS & NEGÓCIOS 23 ANOS Local: Expo Center Norte

25 a 28 de fevereiro VUC FAIR 2013 - SALÃO DOS VEÍCULOS COMERCIAIS LEVES Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

5 a 8 de março EXPO REVESTIR 2013 - 11ª FEIRA INTERNACIONAL DE REVESTIMENTOS Local: Transamerica Expo Center

Fevereiro

28 de fevereiro a 2 de março IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE URO-ONCOLOGIA Local: Sheraton São Paulo WTC Hotel

7 a 10 de março PET SHOW - III FEIRA INTERNACIONAL DE ANIMAIS E PRODUTOS PET Local: Centro de Exposições Imigrantes

Março Abril

1 a 5 de abril ELECTRONIC AMERICAS 2013 - 7ª FEIRA INTERNACIONAL DA INDÚSTRIA DE COMPONENTES, SUBCONJUNTOS, EQUIPAMENTOS PARA A PRODUÇÃO DE COMPONENTES, TECNOLOGIA LASER E OPTOELETRÔNICA Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi 6 a 9 de abril HAIR BRASIL 2013 - 12ª FEIRA INTERNACIONAL DE BELEZA, CABELOS E ESTÉTICA Local: Expo Center Norte

23 a 26 de abril ABRIN 2013 - 30ª FEIRA BRASILEIRA DE BRINQUEDOS Local: Expo Center Norte

15 a 18 de abril TECNOTÊXTIL BRASIL 2013 - FEIRA DE TECNOLOGIAS PARA A INDÚSTRIA TÊXTIL Local: Expo Center Norte

12 a 15 de junho ABF FRANCHISING EXPO 2013 - 22ª FEIRA INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS DE FRANQUIAS Local: Expo Center Norte

1 a 5 de maio ADVENTURE SPORTS FAIR Local: Bienal do Ibirapuera

Maio Junho

4 e 5 de maio 4º SÃO PAULO INDY 300 Local: Circuito Anhembi

31 de janeiro a 03 de fevereiro CIOSP - 31º CONGRESSO INTEDISCIPLINAR DA APCD / FIOSP - 16ª FEIRA INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO Local: Expo Center Norte

12 a 16 de março FEICON BATIMAT - 21º SALÃO INTERNACIONAL DA CONSTRUÇÃO Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

19 e 20 de março 11º FÓRUM PANROTAS Local: Centro Fecomercio de Eventos

25 a 27 de março FOOD HOSPITALITY WORLD - 38ª FEIRA PROFISSIONAL DE ALIMENTAÇÃO E HOSPITALIDADE Local: Transamerica Expo Center

25 a 27 de março CONOTEL - 55º CONGRESSO NACIONAL DE HOTÉIS Local: Transamerica Expo Center

2 a 5 de maio JPR 2013 - 43ª JORNADA PAULISTA DE RADIOLOGIA Local: Transamerica Expo Center

6 a 9 de maio APAS 2013 - 29º CONGRESSO E FEIRA INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS EM SUPERMERCADOS Local: Expo Center Norte

21 a 24 de maio HOSPITALAR 2013 - 20ª FEIRA INTERNACIONAL DE PRODUTOS, EQUIPAMENTOS, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA HOSPITAIS, LABORATÓRIOS, FARMÁCIAS, CLÍNICAS E CONSULTÓRIOS Local: Expo Center Norte

18 a 20 de abril RHINOLOGY 2013 - SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE INFECÇÃO E ALERGIA DO NARIZ Local: WTC Convention Center

3 a 8 de junho FEIMAFE - 14ª FEIRA INTERNACIONAL DE MÁQUINASFERRAMENTA E SISTEMAS INTEGRADOS DE MANUFATURA Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

25 de janeiro 459º ANIVERSÁRIO DA CIDADE DE SÃO PAULO Local: Diversos locais da cidade

13 e 14 de junho ECONOFARMA - 11° ENCONTRO ECONÔMICO DE FARMÁCIAS Local: Palácio das Convenções do Anhembi

15 de junho 5º SKOL SENSATION Local: Pavilhão do Anhembi

20 a 22 de junho VIDEOCIRURGIA - SP 2013 - 9° CONGRESSO DA SOBRACIL - SP / 2° CONGRESSO SBCBM - SP Local: Caesar Park São Paulo Faria Lima

30 de maio a 1 de junho SOCESP - XXXIV CONGRESSO DA SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO Local: Transamerica Expo Center

25 a 28 de junho FISPAL FOOD SERVICE - 29ª FEIRA INTERNACIONAL DE PRODUTOS E SERVIÇOS PARA ALIMENTAÇÃO FORA DO LAR Local: Expo Center Norte TÁXI! EDIÇÃO 42

21


O que vai agitar a metrópole nos próximos meses

eventos em 2013 3 a 5 de julho KITCHEN & BATH EXPO - 8ª FEIRA INTERNACIONAL DE PRODUTOS E ACESSÓRIOS PARA COZINHA E BANHEIRO Local: Transamerica Expo Center

8 a 11 de agosto ESTÉTIKA - EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DA BELEZA Local: Palácio das Convenções do Anhembi

27 a 29 de agosto GREENBUILDING BRASIL - 4ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL E EXPO Local: Transamerica Expo Center

9 a 12 de julho FRANCAL 2013 - 45ª FEIRA INTERNACIONAL DA MODA EM CALÇADOS E ACESSÓRIOS Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

16 a 20 de julho SEMANA MISSIONÁRIA PRÉ JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Local: Diversas Paróquias de São Paulo

22 a 25 de julho FIPAN - FEIRA INTERNACIONAL DA PANIFICAÇÃO, CONFEITARIA E DO VAREJO INDEPENDENTE DE ALIMENTOS Local: Expo Center Norte

4 a 7 de setembro 62º CONGRESSO BRASILEIRO DE COLOPROCTOLOGIA Local: Sheraton São Paulo WTC Hotel

17 a 20 de agosto HOUSE & GIFT FAIR 2013 - 47ª BRAZILIAN INTERNATIONAL GIFT FAIR Local: Expo Center Norte

27 a 29 de agosto 23º CONGRESSO BRASILEIRO DE AVICULTURA / FEIRA BRASILEIRA DE AVICULTURA Local: Palácio das Convenções do Anhembi

Julho Agosto

28 a 30 de agosto PHOTOIMAGE BRAZIL - 21ª FEIRA INTERNACIONAL DE IMAGEM Local: Expo Center Norte

5 a 8 de outubro XVII - CONGRESSO PAULISTA DE FARMACÊUTICOS Local: Transamerica ExpoCenter

Setembro

8 a 13 de outubro SALÃO DUAS RODAS - 12ª FEIRA INTERNACIONAL DE MOTOCICLETAS, BICICLETAS, PEÇAS, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS Local: Pavilhão de Exposições Anhembi

28 de outubro a 1 de novembro FENATRAN 2013 - 19º SALÃO INTERNACIONAL DO TRANSPORTE Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

Outubro Novembro

28 a 30 de outubro SÃO PAULO VERÃO + PRÉCOLEÇÕES COUROMODA Local: Expo Center Norte

Dezembro

29 a 31 de outubro PET SOUTH AMERICA 2013 - 12ª FEIRA INTERNACIONAL DE PRODUTOS E SERVIÇOS DA LINHA PET E VETERINÁRIA Local: Expo Center Norte

3 a 5 de dezembro EXPOSYSTEMS - 11º CONGRESSO E EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA FEIRAS E EVENTOS CORPORATIVOS Local: Transamerica Expo Center

3 a 5 de dezembro 6ª TRANSPOQUIP LATIN AMERICA 2013 Local: Expo Center Norte - Pavilhão Vermelho

24 a 27 de julho SOBECC - 11º CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM EM CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO ANESTÉSICA E CENTRO DE MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO Local: Palácio das Convenções do Anhembi

7 e 8 de setembro TAXI POINT - VI FEIRA BRASILEIRA DOS FORNECEDORES PARA O SETOR DE TÁXI Local: Centro de Exposições Imigrantes

18 a 22 de setembro EXPOMUSIC 2013 - 30ª FEIRA INTERNACIONAL DA MÚSICA, INSTRUMENTOS MUSICAIS, ÁUDIO, ILUMINAÇÃO E ACESSÓRIOS Local: Expo Center Norte

22 a 25 de setembro 47º CONGRESSO BRASILEIRO DE PATOLOGIA CLÍNICA E MEDICINA LABORATORIAL Local: Palácio das Convenções do Anhembi

5 a 8 de setembro ABAV - 41ª FEIRA DE TURISMO DAS AMÉRICAS Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

11 a 14 de setembro XV CONGRESSO BRASILEIRO DO QUADRIL Local: Sheraton São Paulo WTC Hotel

16 a 19 de setembro EQUIPOTEL 2013 - 51ª FEIRA INTERNACIONAL DE EQUIPAMENTOS, PRODUTOS, SERVIÇOS, ALIMENTOS E BEBIDAS PARA HOTÉIS, FLATS, MOTÉIS, RESTAURANTES, FAST-FOODS, BARES, LANCHONETES, COZINHAS INDUSTRIAIS E SIMILARES Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

25 a 29 de setembro SÃO PAULO SKILLS SENAI 2013 OLIMPÍADAS DO CONHECIMENTO Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

4 a 6 de novembro 13º HSM EXPOMANAGEMENT 2013 Local: Transamerica Expo Center

31 de dezembro a 1 de janeiro REVEILLON NA PAULISTA Local: Em frente ao MASP

12 a 14 de novembro ITECH - II FEIRA INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Local: Transamerica Expo Center

31 de dezembro 89ª CORRIDA INTERNACIONAL DE SÃO SILVESTRE Local: Largada: Av.Paulista-MASP / Chegada: Pça Tulio Fontoura - Obelisco

14 a 16 de novembro SBRAFH - IX CONGRESSO BRASILEIRO DE FARMÁCIA HOSPITALAR Local: Centro de Convenções Frei Caneca

5 a 7 de novembro FIMAI/SIMAI - XV FEIRA E SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE MEIO AMBIENTE INDUSTRIAL E SUSTENTABILIDADE Local: Expo Center Norte

20 a 23 de novembro 43° CONGRESSO BRASILEIRO DE OTORRINOLARINGOLOGIA E CIRURGIA CÉRVICO-FACIAL Local: Palácio das Convenções do Anhembi

Agenda de eventos:

O São Paulo Convention & Visitors Bureau é uma Fundação sem fins lucrativos mantida pela iniciativa privada, sua missão é promover, captar, gerar e incrementar eventos que aumentem o fluxo de visitantes a São Paulo. As datas e locais dos eventos podem ser alterados, consulte sempre a agenda de eventos no site do São Paulo Convention & Visitors Bureau: visitesaopaulo.com - atendimento@visitesaopaulo.com 22

TÁXI! EDIÇÃO 42

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro


TÁXI! EDIÇÃO 42

23


Mundo Táxi

Especial

Divulgação

Por Daniela Gualassi

Taxi Service

N

Contar com o suporte de uma rede de serviços ágil e competente pode fazer a diferença no faturamento do táxi

a hora de comprar o seu carro novo, além de avaliar as vantagens e desvantagens que cada modelo oferece, o motorista deve também considerar de forma bem objetiva os serviços que a rede de concessionárias da marca escolhida irá colocar à sua disposição. Esse cuidado, aparentemente menos importante, pode fazer toda diferença para quem tem no automóvel um equipamento que, periodicamente, terá que passar por manutenções preventivas e reparos de funilaria, mecânica e outros. No longo prazo, essas vantagens podem significar menos tempo parado na oficina, maior período de vida útil do automóvel e até um melhor valor de revenda. Serviços diferenciados Para atender a essas demandas, as redes de concessionárias têm colocado no mercado uma série de serviços especiais aos taxistas: desde a prioridade no atendimento, de modo a facilitar as revisões

24

TÁXI! EDIÇÃO 42

e proporcionar maior rapidez no serviço executado, até a criação de verdadeiras salas de espera com todo conforto e diferentes equipamentos, como televisão, mesas de bilhar e outros para que o motorista possa aguardar tranquilamente a manutenção no seu veículo. Além disso, algumas lojas oferecem ainda um trabalho de consultoria gratuito, auxiliando o taxista sobre quais os procedimentos que devem ser seguidos para conseguir as suas cartas de isenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) no momento de adquirir um carro zero quilômetro. Para que você possa fazer a escolha que melhor atenda às suas necessidades, apresentamos a seguir, especialmente para o profissional do táxi, os serviços oferecidos por algumas das principais redes de concessionárias do setor automotivo. Acompanhe e faça sua avaliação.


TÁXI! EDIÇÃO 42

25


Divulgação

Honda H Point Sintonizada com os princípios do programa Concessionária Ecológica, colocado em prática pela Honda Brasil, que prevê a realização de diversas ações direcionadas à preservação do meio ambiente, a Honda H Point inaugurou nos primeiros dias de janeiro o seu Box Express, serviço criado para oferecer prioridade no atendimento ao segmento taxista. Segundo Rose Maciel, responsável pelo setor de serviços e atendimento da concessionária, a iniciativa chegou para atender um aumento significativo na demanda da loja. “Antes, aqui era zero em termos de revisão, mas esse ano aumentou bastante o número de taxistas que nos procuraram para fazer suas revisões. Acreditamos que esse aumento é motivado também pelo custo bastante acessível das revisões da H Point, que possuem valor fixo. Com os serviços do Box Express, queremos fidelizar esse cliente”, afirma.

H Point Morumbi

Av. Giovanni Gronchi, 3737 - Morumbi - Fone: 3740-1500

Divulgação

Honda Forte O atendimento preferencial e exclusivo ao taxista da Honda Forte, batizado como Express Service, oferece um serviço de agendamento que se propõe a atender uma das principais demandas para quem trabalha na rua: rapidez e agilidade na realização do serviço de revisão. “Se o taxista agendar [a revisão] ele é atendido em até trinta minutos. No caso do cliente cujo veículo já ultrapassou a marca dos trinta mil quilômetros, a revisão é um pouco mais detalhada, mas, com o agendamento, em 45 minutos ele já leva o carro”, explica Eder Santos, gerente de serviços da concessionária.

Honda Forte

Av. Dr. Gastão Vidigal, 2351 - Vila Leopoldina - Fone: 3838-3000

Além do programa de revisões agendadas, quem está interessado em trocar de carro tem à sua disposição uma equipe de consultores especializados que, gratuitamente, identifica possíveis problemas com a documentação e até indicam despachantes para auxiliar no processo de solicitação das cartas de isenção do IPI e do ICMS.

Divulgação

Original Veículos Trabalhando em sintonia com a montadora para reconquistar a posição de líder no segmento taxista, a Original Veículo realizou um importante evento no último Salão do Automóvel para marcar o lançamento do serviço Taxi Center, que oferece um completo sistema de atendimento ao taxista, que tem acesso a um espaço exclusivo dentro da concessionária, onde pode contar com um departamento especializado formado por consultores e mecânicos específicos. No que diz respeito à operacionalização do trabalho de revisões, a concessionária oferece um serviço diferenciado, o ciclo de manutenção, através do qual o motorista recebe orientações detalhadas sobre diversos serviços, como o melhor período para troca de óleo, manutenção preventiva, entre outros, para garantir a qualidade do seu automóvel. O espaço conta ainda com uma sala de espera com ar condicionado, internet sem fio e televisão com canais a cabo. 26

TÁXI! EDIÇÃO 42

Original Veículos

Rua Dr. Timóteo Penteado, 3575 - Guarulhos - Fone: 3130-7000


TÁXI! EDIÇÃO 42

27


Davi Francisco

Caminhar para se divertir, para conhecer ou ver, de form

São Paulo por Ramos de Azevedo

Davi Francisco

A caminhada teve início defronte ao Centro Cultural São Paulo, ao lado da Estação Vergueiro do Metrô, e seguiu em direção à Avenida Paulista para a primeira parada: a Casa das Rosas. Obra projetada por Ramos de Azevedo para sua filha, Lúcia Ramos de Azevedo, na então chamada avenida da elite cafeeira. O local abriga hoje o espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. A caminhada se estende, passando pelo colégio Liceu e parque Trianon.

Davi Francisco

Um circuito de história na metrópole Realizada no dia 16 de dezembro

No centro histórico, foi possível ver detalhes do Hotel São Paulo Inn, uma das obras primas do arquiteto. Na Avenida Tiradentes, a Pinacoteca e o Parque da Luz também fizeram parte do itinerário, que teve ainda visitas ao Mercado Municipal, uma das obras mais conhecidas do arquiteto, o Palácio da Justiça e o Theatro Municipal. Um verdadeiro banho de história sobre essa época de glamour da capital paulista.

28

TÁXI! EDIÇÃO 42

Informações e inscrições


Próxima Parada

Divulgação

ma diferente, outros lugares, outras caras, outras tribos

Reconhecida nacionalmente pelo clima agradável e por suas famosas feiras e exposições de flores e frutos, particularmente as orquídeas e os morangos, a cidade de Atibaia conta com um diversificado leque de atrações turísticas, atraindo visitantes durante todo o ano. Contudo, não é possível falar de Atibaia sem mencionar sua principal atração: o Monumento Natural da Pedra Grande. Tombado pelo CONDEPHAAT em 1983, está localizado a 1450 metros acima do nível do mar, onde se destaca o enorme monólito que, além de ser um desafio incrível para realizar trilhas, é classificado como uma das maiores e melhores rampas para a prática de voo livre, rapel, escaladas, e também é um incrível mirante para toda Atibaia e regiões vizinhas.

www.clube da caminhada.com.br Tel.: 11 3294-9373 E-mail: fale@clubedacaminhada.com.br www.facebook.com/clubedacaminhada http://tinyurl.com/clubedacaminhada

Geder Abrahão

Subir para mergulhar na natureza Dia 26 de janeiro

Geder Abrahão

Pedra Grande de Atibaia

TÁXI! EDIÇÃO 42

29


Considerada a número um no ranking de vendas da montadora francesa, a concessionária Renault France há tempos vem realizando ações para fortalecer sua marca junto ao segmento taxista. Além de um sistema de agendamento, que garante a realização do trabalho de revisão na hora, a Renault France oferece um atendimento de emergência para situações excepcionais, em que o taxista pode procurar a concessionária e terá um atendimento preferencial de encaixe na agenda. De acordo com o gerente de vendas Sérgio Navarro, essa prioridade no atendimento também acontece na área de vendas, com a disponibilização de profissionais para atender com exclusividade ao segmento taxista. “Nós temos um vendedor exclusivo para atender as empresas da frota; ele passa o mês cuidando desses clientes. Além disso, colocamos um vendedor fixo dentro do Sindicato dos Taxistas, onde, inclusive, temos um carro em exposição. As rádio táxis também recebem uma atenção especial, uma vez

Fiat Ventuno Uma das pioneiras na prestação de serviço preferencial para o taxista, a Fiat Ventuno

que mantemos um trabalho de parceria com várias cooperativas e associações”, relata. Trabalhando com a proposta de criar um novo conceito de concessionária, Navarro destaca a criação do serviço PRO+, onde o

taxista passa a contar com um exclusivo box de serviços. “A primeira unidade foi inaugurada na cidade de São José dos Campos, e em breve estará presente também na capital”, explica Navarro. Divulgação

Renault Itavema France

Renault - Itavema France SP

Avenida Arno , 180 (esquina com Av. do Estado) - Ipiranga - Fone: 2065-0200

oferece uma estrutura completa ao taxista que deseja trocar de veículo. “Oferecemos todo o suporte desde a documentação, cartas de isenção, acerto com o

INSS e tudo o que for preciso para agilizar a vida do motorista, até a escolha do modelo”, garante a

Divulgação

gerente de departamento de táxi, Sandra Lopes. Além de uma sala de espera confortável, com programação de TV a cabo, café, chá, bolachas e até mesa de bilhar, onde os motoristas podem aguardar a revisão no seu veículo, a loja possui um box exclusivo para a categoria, com três elevadores e equipe técnica especializada. “A prioridade são os taxistas. Eles não podem ficar parados; se ele vem com um probleminha que dá para aguentar, já encomendamos a peça e assim que chegar, trocamos. Um taxista aqui, para nós, é prioridade, porque sabemos do

Fiat Ventuno

Av. Giovane Gronchi, 7020 - Morumbi - Fone: 3746-26000

30

TÁXI! EDIÇÃO 42

trabalho e das necessidades deles”, argumenta Lopes.


Volante

seguro s iv

a

OA

aZ

Por Daniela Gualassi

da d

i re ç ã o d e

fe n

Tá na hora de dormir Sono e cansaço estão classificados entre os maiores inimigos do motorista. A falta de uma boa noite de descanso pode ter consequências graves para quem trabalha ao volante Divulgação

outros graves problemas de saúde no caso dessa condição de falta de sono e descanso assumir um quadro crônico. “A falta continuada de sono pode provocar ainda um déficit no sistema imunológico, que irá atrapalhar muito toda a condição de saúde do indivíduo, que poderá ter problemas mais sérios”, alerta. Sinais de alerta

E

Depois de ultrapassar as nove horas de jornada de trabalho, logo após as principais refeições e no horário da madrugada, entre 3h30 e 5h30 da manhã, são os momentos em que o motorista pode começar a sentir os efeitos do sono e é preciso estar muito atento. “Existem sinais que podem ser identificados. Ele pode passar a não perceber mais o trânsito de forma normal e a ter vários bocejos. Essa é a hora de ter consciência para encerrar as atividades e descansar”, enfatiza o médico do sono. ntre os vários fatores que podem contribuir para os acidentes de trânsito, o sono, muitas vezes provocado pelo ex-

cesso de horas de trabalho, ocupa um lugar de destaque. Segundo estudos de segurança no

Diminuição dos reflexos

o excesso de trabalho aumentam de forma ex-

A falta de descanso pode provocar diversas perturbações no bem-estar do motorista, resultando em estados de alteração no humor, bem como uma expressiva diminuição dos reflexos, comprometendo sua capacidade de conduzir o veículo. “A privação do sono altera toda percepção do indivíduo, diminui sua capacidade cognitiva, além de provocar um déficit de atenção e reduzir sua capacidade de tomar decisões enquanto dirige. O risco só aumenta”, previne o especialista do CEMSA.

ponencial os riscos da atividade. “Os riscos de

Dr. Mello alerta ainda para a ocorrência de

trânsito, do total de 43 mil mortes provocadas por acidentes de trânsito no Brasil, estima-se que entre 17% e 19% foram provocados por alguém que dormiu ou cochilou ao volante. Segundo o professor do Centro de Estudo Multidisciplinar em Sonolência e Acidentes - CEMSA, Dr. Marco Túlio de Mello, para um profissional, como o taxista, que permanece longos períodos ao volante, a falta de sono e

32

acidentes começam a aumentar após nove horas de jornada de trabalho; duplica após a 12ª hora e triplica a partir da 14ª hora”, explica.

TÁXI! EDIÇÃO 42

Ainda de acordo com Dr. Mello, não existem estratégias melhores para combater o sono do que deitar e dormir. “O que ajuda a afastar o estado de sonolência é cochilar ou dormir. Se não puder encerrar sua atividade naquele dia e ir para cama, cochilos múltiplos de 20, 40 ou 60 minutos são mais eficientes do que qualquer outra atitude, quando se trata de resgatar plenamente o estado de vigília”, avisa. “O uso de energéticos e outras substâncias não apresentam eficácia contra o cansaço, podendo inclusive, ter um efeito ainda pior, pois o estado de sonolência vem com muito mais intensidade. Você vai bater o carro e nem vai perceber”, finaliza.


Mundo

Táxi

Por Daniela Gualassi

Confraternizar e integrar

Cooperativa de Rádio Táxi Coopertax Em 09 de dezembro de 2012, no Clube de Campo de Mairiporã, na Grande São Paulo, a Cooperativa de Rádio Táxi Coopertax realizou um evento que contou com a presença de mais de duas mil pessoas entre cooperados, familiares, e representantes da categoria.

Divulgação

Cooperativas e entidades ligadas ao segmento taxista aproveitaram o final do ano para realizarem alguns eventos de confraternização, onde, além de comemorar, os profissionais puderam partilhar momentos de aprendizagem, no convívio de seus familiares e amigos. Acompanhe a seguir alguns desses eventos

Durante o evento, o presidente da Coopertax, Daniel Sales, aproveitou a oportunidade para agradecer a todos os participantes e seus familiares pela compreensão e compromisso com o trabalho. “O sucesso da Coopertax é resultado de muito esforço e união de todos. Por isso, ao menos por um dia, precisamos desapegar do trabalho e valorizar a convivência com a família e os amigos”, declarou.

As mulheres do Vermelho e Branco Dentro do espírito de igualdade entre as pessoas que marca o período de Natal, a Cooperativa do Vermelho e Branco realizou um encontro diferente para celebrar o final do ano: a 1ª Confraternização de Natal das Mulheres Taxistas.

Divulgação

Idealizado por Edna Santos, coordenadora líder e taxista, que

há quatro anos atua no Vermelho e Branco, a ideia do encontro foi muito além de uma simples festa de final de ano e contou, entre outras atividades, com uma programação focada na saúde do taxista. “O encontro é voltado para a saúde e bemestar dos nossos cooperados. Tivemos palestras sobre infarto, derrame, colesterol e outros problemas de saúde que afetam os profissionais da categoria”, relatou Santos.

34

TÁXI! EDIÇÃO 42


TÁXI! EDIÇÃO 42

35


Divulgação

Cooperativa USETAXI Ao organizar seu evento de confraternização no final de 2012, a Cooperativa de Rádio Táxi USE TÁXI inovou ao fazer da solidariedade a palavra de ordem entre os seus cooperados. Realizado no Sítio Pau D’Alho, na zona leste da cidade, o encontro incluiu nas atividades do evento uma campanha de coleta de alimentos que, posteriormente, foram doados para a igreja do bairro do Butantã. Para o vice-presidente da cooperativa, Maciel Rosa Moreira, a iniciativa é uma forma saudável de integrar toda a equipe e resgatar o espírito de participação de cada cidadão junto à comunidade. “A proposta foi no sentido de mobilizar as pessoas que, como nos bons tempos de escola, quando nas quermesses, os alunos se organizam para arrecadar alimentos, para que suas equipes ganhem as gincanas; os cooperados da USE arregaçaram as mangas e não mediram esforços para dar sua contribuição”, comentou.

Davi Francisco

Ipem muda aferição dos taxímetros

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), que ano passado recebeu mais de 30 mil veículos no autódromo de Interlagos para a verificação anual de taxímetros, este ano realiza o serviço diretamente na Delegacia de Ação Regional Leste, à Rua Secundino Domingues, 415, Vila Alpina, de acordo com o vencimento do alvará de funcionamento de cada veículo. “A verificação será excepcionalmente feita ao longo de todo este ano na Vila Alpina, porque o Ipem está trabalhando no projeto de construção de um local próprio para este fim, que estará disponível em 2014. É fundamental que o taxista observe o vencimento de seu alvará para agendar no período correto”, explica José Tadeu Rodrigues Penteado, superintendente da autarquia. O taxista deve fazer o agendamento pelo site do Ipem-SP (www.ipem.sp.gov.br) 36

TÁXI! EDIÇÃO 42

Período de inspeção

e emitir a GRU (Guia de Recolhimento da União) para o pagamento da taxa de verificação. No ato da verificação, o taxista ou responsável pelo veículo deve apresentar os seguintes documentos: - alvará de estacionamento fornecido pela prefeitura; - certificado de propriedade do veículo; - guia de serviço fornecida por oficina credenciada pelo Ipem-SP; - certificado de verificação do Ipem-SP, referente ao exercício de 2012; - GRU quitada. O atendimento na Vila Alpina será das 8h às 16h e deve ser agendado de acordo com a data limite de vencimento do alvará de funcionamento, conforme tabela. Mais informações podem ser obtidas das 9h às 16h, na sede da Delegacia de Ação Regional Leste do Ipem-SP, ou pelos telefones (11) 2154-5065 e 2024-0483.

Data limite do vencimento do alvará

2 de janeiro a 3 de fevereiro

5 de fevereiro

2 de janeiro a 13 de fevereiro

15 de fevereiro

2 de janeiro a 23 de fevereiro

25 de fevereiro

1 de fevereiro a 3 de março

5 de março

1 de fevereiro a 13 de março

15 de março

1 de fevereiro a 23 de março

25 de março

1 de março a 3 de abril

5 de abril

1 de março a 13 de abril

15 de abril

1 de março a 23 de abril

25 de abril

1 de abril a 3 de maio

5 de maio

1 de abril a 13 de maio

15 de maio

1 de abril a 23 de maio

25 de maio

2 de maio a 3 de junho

5 de junho

2 de maio a 13 de junho

15 de junho

2 de maio a 23 de junho

25 de junho

3 de junho a 3 de julho

5 de julho

3 de junho a 13 de julho

15 de julho

3 de junho a 23 de julho

25 de julho

1 de julho a 3 de agosto

5 de agosto

1 de julho a 13 de agosto

15 de agosto

1 de julho a 23 de agosto

25 de agosto

1 de agosto a 3 de setembro

5 de setembro

1 de agosto a 13 de setembro

15 de setembro

1 de agosto a 23 de setembro

25 de setembro

2 de setembro a 3 de outubro

5 de outubro

2 de setembro a 13 de outubro

15 de outubro

2 de setembro a 23 de outubro

25 de outubro

1 de outubro a 3 de novembro

5 de novembro

1 de outubro a 13 de novembro

15 de novembro

1 de outubro a 23 de novembro

25 de novembro

1 de novembro a 3 de dezembro

5 de novembro


Roda Solta Sampa Street

Curiosidade Lei da bandeira vermelha

A Lei da bandeira vermelha foi a primeira legislação de trânsito criada no mundo para regular a circulação de automóveis. Datada de 1865, a lei obrigava que, durante o dia, um homem portando uma bandeira vermelha deveria seguir à frente do veículo em movimento, a fim de alertar a todos que a máquina letal se aproximava. Durante a noite ele deveria trocar a bandeira por uma lanterna acesa. Além da sinalização, os carros tinham de se submeter ao limite de velocidade: duas milhas por hora (aproximadamente 3,2 km/h). A lei foi abrandada em 1878. Com a nova emenda, as cidades inglesas podiam legislar a respeito da bandeira vermelha. O pedestre andando à frente do veículo em movimento continuava obrigatório, mas teve sua distância diminuída de 55 metros para 18 metros. Mesmo assim, se um cavalo fosse avistado na via, o motorista deveria interromper a marcha imediatamente para não assustar o animal e causar um acidente.

Divulgação

Luiz Dantas

Largo da Concórdia

Localizado nos limites da chácara do português José Brás, apontado como um dos fundadores desse importante bairro da cidade, por volta de 1850, seu traçado já estava pronto e recebeu o nome de Largo do Brás. No ano de 1862, em uma acirrada disputa, a Câmara Municipal tentou fechar o largo, mas o então Presidente da Província, Vicente Pires da Mota, determinou que o largo permanecesse aberto ao público. Três anos depois, no dia 28 de novembro de 1865, por proposta do vereador Malaquias Rogério de Salles Guerra, seu nome foi alterado para Largo da Concórdia. A justificativa para o nome possui duas possibilidades: referência à Praça da Concórdia, localizada em Paris; ou uma homenagem à cidade de Concórdia, na Argentina, às margens do Rio Uruguai. Esta cidade teve um papel destacado durante a Guerra do Paraguai, época em que sediou alguns batalhões argentinos e brasileiros. Para referendar esta hipótese, os historiadores relatam que, na mesma data, o vereador Malaquias Rogério de Salles sugeriu os nomes Rua do Riachuelo, Largo do Paissandu, nomes de batalhas da Guerra do Paraguai, que estava em pleno curso na época, e Rua Vitória, também uma referência à vitória brasileira na batalha do Riachuelo. Fonte: Arquivo Histórico de São Paulo

Quadrinho

38

TÁXI! EDIÇÃO 42

Você Sabia? O carro mais caro do mundo

A revista americana Forbes fez a seleção dos dez carros mais caros do mundo em 2012. No topo da lista está o Bugatti Veyron Sport, produzido na França, com edição limitada. O carro possui motor 8.0 de 16 cilindros, sete velocidades, embreagem dupla e pode andar mais de 430 Km/h. O preço do automóvel acompanha a velocidade: custear esse automóvel não sai nada menos de US$ 2,6 milhões. Isso sem contar com o valor do seguro e IPVA. Divulgação

Foi durante os anos de 1830 e 1840, no processo de urbanização de toda a região do bairro do Brás, na época formado apenas por chácaras, que o Largo da Concórdia começou a ser formado.


Revista TÁXI! - Edição 42  

A Revista do Taxista