Page 1

Edição 93

2018

A Revista do Taxista www.revistataxi.com.br

SÃO PAULO, 464 ANOS de pequena vila a um mundo todo

MUNDO TÁXI

Taxistas do Brasil nas marchas a Brasília Novas normas para aplicativos em São Paulo serão mesmo respeitadas?

E MAIS

Regulamentação do transporte individual na pauta do Congresso em 2018


Sumário São Paulo, 464 anos!

Capa

14

Taxistas do Brasil nas marchas a Brasília

Destaque

20

Sumário 04 Editorial 06 Mundo Táxi

08 10 12 Guias e Roteiros 14 Agenda 16

PLC 28/2017 na pauta do Congresso Nacional em 2018 Novas normas para aplicativos em São Paulo Justiça Europeia decide: Uber é empresa de transportes

Mundo Táxi

4

TÁXI! EDIÇÃO 93

12

Para Justiça Europeia, Uber é empresa de transporte

São Paulo: 464 anos!

Eventos que vão movimentar a cidade

Destaque 20

Taxistas de todo o Brasil nas marchas Brasília


EXPEDIENTE

A revista do Taxista

Edição 93

Mais um ano que termina, esperança que se renova.

E

m 25 de janeiro, São Paulo completará 464 anos. Seus fundadores, portugueses ou nativos que aqui viviam, nunca imaginariam um crescimento tão vertiginoso para a São Paulo de Piratininga. São Paulo é prova do crescimento pelo trabalho e, também, sorte: estar no lugar certo, na hora, ajudou-a a crescer e prosperar quando o café se transformou no produto mais valorizado da economia e foi transportado ao porto de Santos, com passagem pela Terra da Garoa. Ser uma cidade gigante, num país como o Brasil, implica ter, também, problemas gigantes em saúde, moradia, educação, transporte e muito mais. Mas isso nunca foi motivo para esmorecer: ao contrário, ao longo da história, problemas vêm sendo enfrentados e a esperança num futuro melhor, menos injusto, segue brotando. Com essa esperança devemos realizar nosso trabalho, fazer nossa parte, oferecer nosso melhor para progredir. E a Revista TÁXI! se orgulha de participar desse movimento, modestamente contribuindo para levar informação e formação do taxista, algo benéfico a este profissional e à sociedade. Vale lembrar que eles e seus táxis estão na paisagem paulistana há mais de um século, desde quando se concentravam na Sé, Luz e Pátio do Collégio aos dias atuais, levando as pessoas aos quatro cantos da cidade. Além do aniversário da cidade, essa edição traz matéria sobre taxistas que foram a Brasília lutar pela regulamentação do transporte individual remunerado de passageiros. 6

TÁXI! EDIÇÃO 93

É uma homenagem a quem fez um esforço enorme para ir e, ao mesmo tempo, um convite aos que nunca foram para que participem de novas marchas: nesse ano que se inicia, o táxi competirá com outros temas espinhosos por espaço na agenda do Congresso, como você verá no texto que preparamos sobre isso. A propósito de regulamentação, a Prefeitura de São Paulo promete exigir um mínimo de controle sobre os aplicativos e esperamos que isso de fato ocorra, que o poder público exerça seu papel de regulador e fiscalizador dos serviços oferecidos à população, assim como ocorre com qualquer negócio que legalmente que opere na cidade. Se a Prefeitura conseguir fazê-lo, há esperança de que o Non Ducor Duco (“Não sou conduzido, conduzo”) em seu brasão faça sentido. Do contrário, novas iniciativas em diversos setores poderão, também, desafiar e menosprezar o papel da Prefeitura em suas funções precípuas. Bom ano novo, bom trabalho e boas leituras a todos!

Adilson Araújo Diretor da Revista TÁXI!

Diretoria

Adilson Souza de Araújo Davi Francisco da Silva Fábio Martucci Fornerón (editora@portodasletras.com.br) Redação

Editor Adilson Araújo MTB 19.069

Edição de Arte Agência Flavour’s Reportagem Arnaldo Rocha, Camila Silva e Cida Nogueira Colaborador Davi Francisco da Silva Fotografias de Capa Adilson Souza de Araújo Fotografias Davi Francisco da Silva Fotos da Reportagem Capa Divulgação Projeto Gráfico Editora Porto das Letras Revisão Naira Uehara

Publicidade

Diretor Fábio Martucci Fornerón Fone: (11) 3392-1524 publicidade@portodasletras.com.br

Assessoria jurídica

Paulo Henrique Ribeiro Floriano

Comercial

Suporte Administrativo Ana Maria S. Araújo Silva Assinaturas e mailling assinatura@portodasletras.com.br

Impressão

gráfica oceano

Tiragem

20.000 exemplares Distribuição Gratuita edição 93 é uma publicação da Editora Porto das Letras Ltda. Redação, publicidade, administração e correspondência: Rua Jaboatão, 142, CEP 02516-010, Casa Verde, São Paulo (SP). Telefone: (11) 3392-1524. E-mail revistataxi@portodasletras.com.br. Proibida a reprodução parcial ou total dos textos e das imagens desta publicação, exceto as imagens sob a licença do Creative Commons. As opiniões dos entrevistados publicadas nesta edição não expressam a opinião da revista. Os anúncios veiculados nessa revista são de inteira responsabilidade dos anunciantes.


Da Redação

Mundo Táxi

PLC 28/2017 na pauta do Congresso Nacional em 2018 Divulgação

Aprovado com emendas pelo Senado, PLC 28/2017 aguarda nova votação na Câmara Federal

2

018 poderá ser um ano decisivo na luta dos taxistas pela regulamentação do transporte individual de passageiros, algo que, definitivamente, os aplicativos que prestam esse serviço com carros particulares não querem que aconteça. A posição dos aplicativos contra a regulamentação demonstra seu objetivo de perverter a lei e a ordem e seu descompromisso com a sociedade, pela falta de transparência em termos fiscais, tarifários e laborais e, igualmente, por desrespeitar preceitos básicos ligados à segurança dos passageiros, quanto aos veículos usados e quanto a seus motoristas, que as autoridades simplesmente não sabem dizer quantos e quem são. Às vésperas da votação do PLC no Senado, os aplicativos mobilizaram todo o seu peso e influência econômica, traduzidos em campanhas publicitá8

TÁXI! EDIÇÃO 93

rias e lobie político para convencer a população e congressistas a não aceitarem mudanças. Conseguiram que o PLC 28/2017, mesmo com o texto base aprovado, recebesse importantes emendas, retirando, por exemplo, a exigência da placa vermelha e obrigatoriedade do carro em nome do motorista. Recebendo emendas, o PLC 28 voltou à Câmara e aguarda, desde outubro, por nova votação, sem data marcada e prognóstico, já que os temas complexos a serem votados são muitos. Para se ter ideia da dificuldade em pautar a votação do PLC 28, vejam alguns dos polêmicos temas a serem apreciados pelo Congresso Nacional: • Reforma da Previdência; • Cassação de Paulo Maluf e abertura de processo (ou não) contra o deputado Lúcio Vieira Lima, ir-

• • • • • • • •

mão de Geddel Vieira Lima, no caso dos R$ 51 milhões encontrados nas malas; Restrição do Foro Privilegiado; Casamento homoafetivo; Reforma trabalhista e seus pontos ainda polêmicos; Estatuto do desarmamento Alteração na maioridade penal Mudanças nas regras dos planos de saúde PEC do Trabalho Escravo Privatização da Eletrobras

É por tudo isso que o trabalho político realizado pelas lideranças taxistas em Brasília precisará ser mantido ao longo de 2018 e, ao mesmo tempo, a categoria precisa se manter atenta e unida, inclusive para uma eventual nova marcha ao Distrito Federal.


Da Redação

Mundo Táxi

Novas normas para aplicativos em São Paulo Divulgação

Regras para aplicativos de transporte de passageiros por veículos particulares: “Non ducor, duco” ou “Ducor, non duco”?

O

brasão de São Paulo traz a expressão non ducor, duco, que significa “não sou conduzido, conduzo”. Mas, no caso dos aplicativos de transporte individual de passageiros com carros particulares, essa expressão parece ir terra abaixo. Essas empresas têm moldado o segmento a partir da pressão que exercem sobre o poder público, via manobras jurídicas e políticas e ações nada éticas que podem ser caracterizadas como dumping, para quebrar seus concorrentes imediatos, os taxistas. O Decreto Municipal 56.981, de maio de 2016, buscou regular minimamente os aplicativos, mas a Prefeitura nem sequer recebeu informações básicas necessárias como o número de motoristas no aplicativo. Em julho de 2017, a Resolução nº 16 do Comitê Municipal de Uso do Viário (CMUV) normatizou as exigências aos aplicativos, como o Cadastro Municipal de Condutores (Conduapp) para motoristas, e, para os carros, Certificado de Segurança do Veículo de Aplicativo (CSVAPP), identifica10

TÁXI! EDIÇÃO 93

ção do veículo com a logomarca do aplicativo, máximo de 5 anos de fabricação e emplacamento na cidade da São Paulo. Chegada a hora da entrada em vigor, sob pressão dos aplicativos e seus motoristas, a prefeitura capitulou, permitindo, por exemplo, o aumento da idade dos veículos e Conduapp feito 100% online. E, seguindo a lógica de retardar ou impedir a regulamentação, começamos a assistir os pedidos de liminares contra a exigência do emplacamento do carro no município de São Paulo, uma clara violação à questão tributária. Os aplicativos fogem de qualquer forma de regulação. Inicialmente, eles diziam ser um serviço de carona, mas sempre prestaram transporte remunerado; depois, que eram apenas uma plataforma tecnológica que ligava passageiros a motoristas. Mas, se definem as tarifas aos passageiros e o valor da comissão aos motoristas, são, sim, empresas de transporte, tal qual é o entendimento da justiça Europeia. O secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, reforça que

o processo não é burocrático e os motoristas nem precisam ir até a Prefeitura: “Dentro do aplicativo eles devem fazer seu cadastro e a empresa encaminha a documentação. O curso pode inclusive ser dado pelos próprios aplicativos. Nós autorizamos que os aplicativos homologassem suas apostilas. Não tem papel, não tem carimbo, não tem cartório. É tudo eletrônico. O motorista, dentro do aplicativo no qual ele presta serviço, entrega a documentação e esta documentação eletrônica é enviada à Prefeitura. E em dez dias úteis nós liberamos a documentação”. A Prefeitura afirma que, com a fiscalização, motoristas em desacordo com as regras poderão ter o veículo apreendido pelo DTP e que as operadoras que não atenderem às normas estão sujeitas a multa, suspensão e até descredenciamento permanentemente do serviço. Resta saber se realmente isso vai acontecer. É chegada a hora de saber se São Paulo ‘conduz’ ou ‘será conduzido’ por essas empresas de transportes.


Da Redação

Mundo Táxi

Divulgação

Tribunal de Justiça da União Europeia decide: Uber é empresa de transportes

O

Tribunal de Justiça da União Europeia decidiu ser a Uber uma empresa de transportes, e não uma ‘empresa digital’, o que a obrigará a seguir a legislação local para o setor dos transportes. Comentando a decisão, a Uber afirma que não haverá alterações em sua situação na maioria dos países da União Europeia, onde já opera segundo leis que regem o transporte.

países, roubaram economias, alimentaram paraísos fiscais com a cumplicidade de comissários europeus ditos para a inovação, ministros ditos para o ambiente e secretários de estado ditos para coisa semelhante.” Agora, os taxistas do velho continente esperam que cada um dos países da União Europeia regulem a empresa conforme o entendimento do Tribunal Europeu de Justiça.

A afirmação é curiosa pois, se não alterasse a situação, por que enfrentariam os tribunais? Obviamente, ser transportadora lhe impõe responsabilidades e custos até aqui colocadas sobre as costas de motoristas e passageiros.

A decisão europeia e a situação brasileira

Já os taxistas europeus comemoram a decisão, destacando que à decisão não cabe recurso e que, por fim, reconheceram-se as arbitrariedades e desleal concorrência que a empresa impôs à categoria. A Federação Portuguesa do Táxi afirmou que a Uber “entrou pela porta pequena dos ilegais e suas plataformas invadiram 12

TÁXI! EDIÇÃO 93

Obviamente, a decisão da Corte Europeia não tem efeito direto sobre as propostas de lei para regulamentar aplicativos que operam com carros particulares no transporte individual de passageiros no Brasil. Contudo, espera-se que legisladores e juízes estejam atentos a uma interpretação tão importante e fundamental para a discussão do tema: esses apps não são apenas plataformas de comunicação, mas empresas que definem preços, postura e atuação de motoristas e passageiros, permitindo-se tirar da plataforma a motoristas e pas-

sageiros a seu critério, em via de mão única. Para completar, seu contrato de prestação de serviços a exime de quaisquer problemas, ficando passageiros e motoristas descobertos quando ocorrem problemas. No Brasil, é importante dizer, ainda, que informações relativas à segurança dos passageiros - como qualificação de motoristas, condições dos veículos e suas quantidades – são omitidos sistematicamente ao poder público, em clara atitude para inviabilizar e impedir a fiscalização. Por fim, ainda quanto a ser empresa de transporte, vale lembrar que aplicativos para chamada de táxis ou carros particulares não são novidade proposta por Uber e similares: a inovação que trouxeram foi driblar e burlar a legislação mundo afora, arregimentando um imenso exército de subempregados que lhes rendem, quase em condição de escravos, 25% sobre a receita obtida, sem assumir custos ou responsabilidades.


Da Redação

Guias e Roteiros São Paulo, 464 anos!

Divulgação

Um roteiro bem paulistano para o aniversário de São Paulo

São Paulo por Jean-Baptiste Debret: por volta de 1830, uma tímida Vila.

F

undada em 25 de Janeiro de 1554, São Paulo completara 464 em 2018, com uma história de desafios e superações. Seu início foi bastante acanhado, fruto da ação dos padres da Companhia de Jesus, José de Anchieta e Manoel da Nóbrega, que fundaram o Colégio São Paulo de Piratininganuma colina alta e plana entre os rios Tamanduateí e Anhangabaú. Distante do litoral, ficou muito tempo isolada comercialmente e só em 1711 foi elevada à categoria de Cidade. Ainda assim, foi estratégica para a partida das Bandeiras, expedições organizadas para apresar índios, procurar minerais preciosos nos sertões distantes e ampliar o território brasileiro, mas causando o extermínio de nações indígenas que oferecessem resistência. Na segunda metade do século XIX, com a ferrovia Santos-Jundiaí, a cidade des14

TÁXI! EDIÇÃO 93

lanchou: estando entre o porto e o café plantado no interior paulista, teve sua economia e urbanização modernizadas e fortalecidas, atraindo comércio variado e atividades diversas, pronta a acomodar o imenso crescimento populacional, marcado especialmente pela imigração de italianos, portugueses, espanhóis, sírio-libaneses, japoneses, judeus e muitos outros. São Paulo é Tudo de Bom! Várias entidades trabalham por uma São Paulo cada vez melhor para moradores e visitantes. E uma dessas entidades, o São Paulo Convention & Visitors Bureau ou, simplesmente o Visite São Paulo - não por acaso constituído como Fundação 25 de Janeiro - trabalha pela ampliação de negócios na cidade por meio da atividade turística, apoiando os serviços e atendimento aos visitantes. E o Visite São Paulo, que muito bem apresenta a cidade ao Brasil e ao mundo,

sintetizou sua importância no cenário nacional e internacional: “A cada ano, cerca de 15 milhões de visitantes vêm à cidade para alavancar os negócios ou estreitar contatos profissionais, fazer compras ou aproveitar um calendário cultural antenado com o que se faz no mundo. Estar em São Paulo é vivenciar uma metrópole 24 horas, com estilo de vida que conjuga trabalho e lazer como se fossem duas faces da mesma moeda. Capital de um Estado do tamanho do Reino Unido, com uma população próxima à da Espanha e que gera quase metade da economia brasileira, São Paulo tornou-se também o primeiro destino turístico do país”. E para comemorar o aniversário de São Paulo, a TÁXI! apresenta um breve roteiro por locais de referência que remetem a personagens e lugares que marcaram a trajetória e a história de uma cidade que é Tudo de Bom!


Divulgação

Pateo do Colégio – Pç. Pateo do Collegio, 2 - Centro

Divulgação

Marco inaugural da cidade, próximo à Praça da Sé e Rua Boa Vista, conta com o Museu Anchieta que tem, em seu acervo, uma maquete que oferece uma ideia de como era a Vila e seus aspectos geográficos em seus primórdios.

Museu da Imigração – R. Visc. de Parnaíba, 1316 - Brás, São Paulo – SP

Divulgação

O Museu da Imigração permite pensar e compreender o processo migratório de milhares de pessoas que chegaram ao Brasil por meio da Hospedaria de Imigrantes e o relacionamento construído com as diversas comunidades representativas do estado de São Paulo e ajudaram a construir a história de São Paulo.

Monumento às Bandeiras – Praça Armando de Sales Oliveira - Parque Ibirapuera

Divulgação

Apresenta um grupo anônimo de 32 figuras que representam as diferentes etnias da formação do povo paulista - índios, negros, portugueses e mamelucos. Uma das figuras é a do próprio escultor ítalo-brasileiro, Victor Brecheret, retratado entre os personagens da obra.

Pico do Jaraguá – Parque Estadual do Jaraguá – Estrada Turística do Jaraguá, s/n Em tupi-guarani, Jaraguá significa “o Senhor do Vale” e com seus 1135m de altitude é o ponto mais alto da cidade, pairando absoluto com vista privilegiada ao vale do Rio Tietê e boa parte da cidade. O Pico do Jaraguá sempre foi uma referência para indígenas e bandeirantes rumo ao sertão paulista.

TÁXI! EDIÇÃO 93

15


16

TÁXI! EDIÇÃO 93


O que vai agitar a metrópole nos próximos meses

janeiro, fevereiro e março Confira a agenda dos principais eventos da cidade que é tudo de bom! Programe-se para aproveitar o melhor de São Paulo. Para mais informações, acesse o site: visitesaopaulo.com

25 a 27 de Janeiro

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro

CONGRESSO NACIONAL DAS LIGAS ACADÊMICAS DE CIRURGIA | Local: Centro de Convenções Rebouças

25 de Janeiro

ANIVERSÁRIO DA CIDADE DE SÃO PAULO | Local: Diversos locais da cidade

25 de Janeiro

TROFÉU CIDADE DE SÃO PAULO 10 KM CARREFOUR | Local: Obelisco do Ibirapuera

30 de Janeiro a 04 de Fevereiro

CPBR11 - CAMPUS PARTY BRASIL | Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

30 de Janeiro a 02 de Fevereiro

ABIMAD - FEIRA BRASILEIRA DE MÓVEIS E ACESSÓRIOS DE ALTA DECORAÇÃO | Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

31 de Janeiro a 03 de Fevereiro

CIOSP - CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO / FIOSP | Local: Expo Center Norte

03 e 04 de Fevereiro PHOLIA NA LUZ | Local: Estação da Luz 04 de Fevereiro

LE NOIVAS | Local: Espaço Escandinavo

06 de Fevereiro

ESFE - ENCONTRO DO SETOR DE FEIRAS E EVENTOS| Local: WTC Events Center

09 a 12 de Fevereiro DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA | Local: Sambódromo do Anhembi 16 de Fevereiro

DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA CAMPEÃS | Local: Sambódromo do Anhembi

18 a 21 de Fevereiro ABUP HOME & GIFT | Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center 19 a 23 de Fevereiro ABCASA FAIR | Local: Expo Center Norte 19 a 22 de Fevereiro FENINJER - FEIRA NACIONAL DA INDÚSTRIA DE JOIAS, RELÓGIOS E AFINS | Local: WTC Events Center 20 a 23 de Fevereiro ABUP TÊXTIL | Local: Centro de Eventos PRO MAGNO 21 e 22 de Fevereiro BIJOIAS | Local: Centro de Convenções Frei Caneca 24 e 25 de Fevereiro THYROID CANCER INTERNATIONAL MEETING | Local: Bourbon Convention Ibirapuera 25 a 27 de Fevereiro LACTE13 - ENCONTRO LATINO-AMERICANO DE VIAGENS CORPORATIVAS | Local: Grand Hyatt São Paulo 01 a 03 de Março

SIMASP - SIMPÓSIO INTERNACIONAL OFTALMOLOGIA REGENERATIVA | Local: Maksoud Plaza Hotel

02 a 04 de Março

IMAP - INTERNATIONAL MEETING ON AESTHETIC PHLEBOLOGY | Local: Grand Hyatt São Paulo

05 a 08 de Março

ABRIN - FEIRA INTERNACIONAL DE BRINQUEDOS | Local: Expo Center Norte


O que vai agitar a metrópole nos próximos meses

janeiro, fevereiro e março 05 e 06 de Março

ILUMEXPO - EXPOSIÇÃO E FÓRUM DE GESTÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA | Local: Centro de Convenções Frei Caneca

06 a 08 de Março

ISC BRASIL - FEIRA E CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE SEGURANÇA | Local: Expo Center Norte

08 a 10 de Março

IPS E.MAX INTERNATIONAL MEETING | Local: Centro de Convenções Rebouças

09 e 10 de Março

DOCTALKS | Local: Renaissance São Paulo Hotel

11 de Março

MEIA MARATONA INTERNACIONAL DE SÃO PAULO | Local: Largada e Chegada - Praça Charles Miller

13 a 16 de Março

EXPO REVESTIR | Local: Transamerica Expo Center

13 a 15 de Março

INTERMODAL SOUTH AMERICA | Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

14 a 16 de Março

SIRHA SÃO PAULO | Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

15 a 17 de Março

EIA - ENCONTRO INTERNACIONAL DE AUDIOLOGIA | Local: Centro de Convenções Rebouças

15 a 17 de Março

SLAOP - CONGRESSO DA SOCIEDADE LATINO AMERICANA DE ONCOLOGIA PEDIÁTRICA / SNOLA | Local: Tivoli Mofarrej - São Paulo

16 a 18 de Março

IPM BRAZIL - INTERNATIONAL POLE MEETING BRAZIL | Local: Teatro Mars

18 a 23 de Março

SPFW - SÃO PAULO FASHION WEEK | Local: Pavilhão da Fundação Bienal de São Paulo

19 a 20 de Março

FÓRUM PANROTAS | Local: Centro Fecomercio de Eventos

20 a 24 de Março

EXPOPRINT LATIN AMERICA | Local: Expo Center Norte

23 a 25 de Março

FESTIVAL LOLLAPALOOZA | Local: Autódromo de Interlagos

23 a 25 de Março

SALÃO CASAMODA NOIVAS | Local: Hotel Unique

23 e 24 de Março

CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROGENÉTICA | Local: Tivoli Mofarrej - São Paulo

23 a 25 de Março

PLANA - FESTIVAL INTERNACIONAL DE PUBLICAÇÕES DE SÃO PAULO | Local: Cinemateca Brasileira

Agenda de eventos: O São Paulo Convention & Visitors Bureau é uma Fundação sem fins lucrativos mantida pela iniciativa privada, sua missão é promover, captar, gerar e incrementar eventos que aumentem o fluxo de visitantes a São Paulo. As datas e locais dos eventos podem ser alterados, consulte sempre a agenda de eventos no site do São Paulo Convention & Visitors Bureau: visitesaopaulo.com - atendimento@visitesaopaulo.com

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro


Matéria de Capa

Davi Francisco da Silva e Adilson Souza de Araújo

S

Divulgação

uperando problemas e dificuldades, desde 2016 taxistas vêm pegando as estradas para Brasília, para lutar por sua profissão, dignidade e justiça, deixando suas famílias, de trabalhar (e, portanto, de ganhar o dinheiro para seu sustento) e passando por desgastes e desconfortos. São horas e horas ao volante, muitos sem saber onde e como dormir na Capital Federal, pois vão com o dinheiro contato e sem o respaldo de uma instituição estruturada, como, por exemplo, a ABRACOMTAXI que providencia alojamento a seus cooperados. Em nossas idas a Brasília (fomos a quatro delas), vimos taxistas de todos os estados e ouvimos histórias de esperança, coragem, fé, comprometimento e doação, num esforço por si e pela categoria. Dentre tantas histórias, apresentamos, nessa matéria, dois exemplos que bem podem servir de homenagem a todos que participaram de alguma dessas marchas e, ao mesmo tempo, servir de estímulo a quem ainda não foi, para que participe em próximas marchas, caso venhamos a ser convocados: a luta não acabou e novas batalhas virão. Longe é um lugar que não existe Imaginem uma cidade há 4.200 km de Brasília e viagem estimada em 73 horas, sem contar o tempo de abastecimento, alimentação ou descanso. Pra completar, em média de 10 km/L, 420 litros de gasolina (e dobre os números, já que é preciso voltar). Esta cidade é Boa Vista, Roraima, capital mais distante de Brasília, 4200 km, e a única totalmente acima da linha do Equador. Literalmente, Boa Vista fica “do outro lado do mundo”. Isso não impediu ou desanimou os taxistas de Boa Vista a participarem 20

TÁXI! EDIÇÃO 93

Divulgação

Taxistas de todo o Brasil nas marchas para Brasília


Sobre a situação enfrentada em Boa Vista, diante da Uber, Marino foi objetivo: “Derrubou mais de 50% do faturamento do táxi. Somos uma capital, mas pequena, trezentos mil habitantes. Eles dizem ter mais de 100 cadastrados, mas não há como saber, pois não têm controle. Já o táxi, todos sabem quantos são”. Para Marino, a regulamentação é fundamental ao sistema: “É importante para Boa Vista e para o país inteiro. O taxista não quer acabar com o transporte por aplicativo. A gente é a favor do transporte barato. Mas, legalizem. Não sejam desleais como estão sendo com a categoria.” A união faz a força

A distância pode não impressionar, mas 12 taxis, sim: quase 10% dos 136 táxis de Palmas! Provavelmente, Palmas mandou, proporcionalmente, a maior representação de táxis de um estado à marcha, mais até, talvez, que o próprio Distrito Federal. “Quase 10% é um número bom. Temos companheiros e companheiras que estão aqui há um dia, dois dias, sofrendo, e só vamos sair daqui quando tivermos uma solução”, comentou José Luiz, enaltecendo o esforço de todos, ele mesmo dormindo numa rede armada entre árvores da Explanada dos Ministérios. Para ele, a concorrência Palmas está sofrendo é como em tantas outras cidades: “É uma cidade pequena. Chegaram e afetou muito o faturamento; nossa renda caiu demais. Trabalham

de uma forma desleal, com preço incomparável, não tem como concorrer. Não é sustentável nem para eles e nem para qualquer pessoa trabalhar com os preços que cobram. Considero quase como escravo: a pessoa está sem trabalho, vendo a necessidade de sustento de sua família em casa e tem um carro, às vezes devendo prestações, e acha uma forma de trabalhar, acha que vai ganhar dinheiro, mas quem ganha é só o dono do aplicativo. É um serviço escravo”. Juntos, somos mais fortes. Mas, estamos juntos? São Paulo tem cerca de 38 mil táxis; Rio de Janeiro, outros 33 mil. Se enviassem 10% de seus taxistas a Brasília, seriam 7.100 taxistas. Divididos em 3 pessoas por carro, seriam aproximadamente 2350 táxis, número respeitável que, na certa, ampliaria em muito os números alcançados nas últimas marchas.

Divulgação

José Luiz, taxista há 18 anos em Pal-

mas, Tocantins, foi a Brasília, com sua mulher, em seu táxi, numa comitiva de 12 carros, percurso de 1169 km.

Divulgação

da marcha a Brasília e Marino Jorge, Presidente do Sindicato dos Taxistas de Roraima, com seus companheiros enfrentou tudo para representar 378 táxis e 411 lotações, um total de 789 unidades.

TÁXI! EDIÇÃO 93

21


Divulgação

A distância dessas cidades do sudeste a Brasília é menor que a de Palmas e nem se compara à Boa Vista. E, sem dúvida, nessas grandes capitais, o táxi tem faturamento maior que em Palmas ou Boa Vista, dado o tamanho da economia em cada uma dessas cidades. Dificuldades individuais à participação são compreensíveis, mas, coletivamente, podemos agir mais ativamente e contribuir para que mais colegas possam ir às próximas marchas. Sim, estamos falando de dinheiro, mas, muito mais, de consciência. Precisamos superar diferenças e fazer um esforço para contribuir, organizar rifas, enfim, buscar formas para podermos dizer, de fato, que juntos somos mais fortes. Se não fizermos isso, saibamos que o outro lado está muito organizado e cheio de dinheiro.

Divulgação

Divulgação

E então, essa é a pergunta que precisamos responder para 2018: estamos juntos?

Marino Jorge, de Boa Vista, RR: sem medo da distância.

José Luiz, de Palmas-TO: 1, dentre os 10% dos taxistas de Palmas em Brasília

22

TÁXI! EDIÇÃO 93


TÁXI! EDIÇÃO 93

23


Melhor Serviço Informe Publicitário

Estressado? Faça uma massagem

F

Mais do que uma preocupação com a aparência, o cuidado com si mesmo pode proporcionar vários benefícios para a saúde Divulgação

oi-se o tempo em que a preocupação com a própria estética e saúde era coisa de mulher. Hoje, bons centros de estética oferecem diversos serviços, pautados não apenas pela preocupação com a aparência física, mas especialmente para a saúde e bem-estar dos clientes. A massagem e o shiatsu fazem parte desta gama de serviços e são indicados para amenizar dores acumuladas no dia a dia, especialmente na região cervical, e também para relaxamento. “A diferença entre a massagem e o shiatsu é que, enquanto na massagem os movimentos são realizados com cremes e deslizamentos, o

3392-1524


linfática também é indicada para aliviar inchaços e reduzir medidas. “Mas ela não reduz índice de gordura e não deve ser feita em pessoas que já tiveram câncer. Tratamentos estéticos também não são indicados para pessoas que sofrem de dores crônicas, pois, em vez de ajudar, as técnicas podem piorar o quadro que exige avaliação clínica”, adverte a esteticista. Fim à acne Outro serviço muito procurado em centros estéticos que promove uma sensação de bem-estar surpreendente é o de limpeza de pele. No caso de taxistas, o procedimento é importante para ajudar no controle e erradicação da acne (espinhas e cravos), e também para remover as impurezas acumuladas no dia a dia. “Mesmo imperceptível, a poluição da nossa cidade traz uma série de substâncias que entram nos poros da pele. Com a limpeza, a pele do cliente fica livre de impurezas e bastante macia”, finaliza Roseli.

3392-1524

Localizado na Rua Jaboatão, nº 142, a clínica Rose Estética firmou parceria com a Revista TÁXI! com preços promocionais. Uma limpeza de pele, que custa R$ 120 reais, terá um desconto de 50% para taxistas. Aproveite! Divulgação

shiatsu é feito apenas com o polegar, que pressiona os pontos de tensão no corpo, a fim de soltar a musculatura. É indicado para quem tem dores lombares, no ombro e em outras regiões que acumulam tensão”, explica a esteticista Roseli Neves Dias, responsável da clínica Rose Estética. Remoção de impurezas Relaxamento corporal, redução de retenção de líquido e ativação da circulação sanguínea. Estes são os principais benefícios da drenagem linfática, técnica de massagem que tem por objetivo estimular o sistema linfático – rede de vasos que movem fluidos pelo corpo. “A técnica é feita com movimentos lentos, que agem como se fossem uma vassourinha no nosso organismo, tirando as impurezas do corpo, hematomas, dores na perna e a retenção de líquido”, continua Roseli. Bastante indicado para taxistas, que passam horas trabalhando na mesma posição e bastante propensos à retenção de líquido, a drenagem

Serviço Rose Estética Rua Jaboatão, 142 - Casa Verde - SP Fone: 11 3392-1524


Revista TÁXI! Ed. 93  
Revista TÁXI! Ed. 93  
Advertisement