Page 1

Edição 87

Fev/17

A Revista do Taxista www.revistataxi.com.br

1º ENCONTRO DE TAXISTAS REVISTA TÁXI 2017 AGENDA:

Eventos na cidade nas próximas semanas

E MAIS

Na ponta do lápis: não perca o prazo e nem erre na Declaração de Renda 2017


sumário

Capa 19

1º Encontro de Taxistas Revista TÁXI! 2017

Manutenção

08 Manutenção 10 Na Ponta do Lápis 12 Volante Seguro 14 Mundo Táxi

Entrevista: Marcinha Ferraz, de Brasília

Fique antenado

10 12

Fique antenado

Imposto de Renda 2017

Na Ponta do Lápis IRPF 2017

Cuidado para não ter a CNH suspensa

Agenda O que vai agitar a metrópole nos próximos meses

19 Guias e Roteiros 28 Roda Solta 32 Capa

1º Encontro de Taxistas Revista TÁXI! 2017

Vistas panorâmicas de São Paulo

Guias e Roteiros Mirantes de São Paulo

28

15

Humor, curiosidade e lazer


A revista do Taxista

EXPEDIENTE

Edição 87

Diretoria

Adilson Souza de Araújo Davi Francisco da Silva Fábio Martucci Fornerón (editora@portodasletras.com.br)

Movimento taxista, lideranças, luta e articulação política

Redação Editor Adilson Araújo MTB 19.069

Edição de Arte Agência Flavour’s

“Homens fortes criam tempos fáceis, onde nascem homens fracos. Homens fracos criam tempos difíceis, onde nascem homens fortes.” é uma constante. A mesma reclamação eu ouvi de muitos dos taxistas que estiveram conosco no Encontro de Taxistas da Revista TÁXI!. O desafio é trilhar novos e necessários caminhos, pois, com ou sem a permanência da concorrência desmedida e alienante, os tempos nunca mais serão os mesmos. Há tempos, esse desafio está lançado. A importância de uma verdadeira união de lideranças, nos âmbitos local, regional e nacional, é a busca de articulação política, de interlocução com os poderes constituídos – Executivo, Legislativo e Judiciário – tentando demonstrar, convincente e fundamentadamente, o que está errado e, ao mesmo tempo, propor alternativas para a retomada do mercado perdido. Nesse difícil trajeto, todos os caminhos são válidos e importantes, mas é preciso cuidado para não batermos cabeça e, na luta impensada, perdermos pra nós mesmos.

Boa leitura e boa reflexão. Adilson Araújo Diretor da Revista TÁXI!

Colaborador Davi Francisco da Silva, Fotografias de Capa Adilson Souza de Araújo Fotografias Davi Francisco da Silva Fotos da Reportagem Capa Divulgação Projeto Gráfico Editora Porto das Letras Revisão Naira Uehara

Publicidade

Diretor Fábio Martucci Fornerón Fone: (11) 3392-1524 publicidade@portodasletras.com.br

Assessoria jurídica

Paulo Henrique Ribeiro Floriano

Comercial

Suporte Administrativo Ana Maria S. Araújo Silva Assinaturas e mailling assinatura@portodasletras.com.br

Impressão

editora fontana Lucas Yuji

C

onfesso que não sei de quem é a frase acima, se de alguém de direita ou de esquerda, trabalhador ou patrão, cético ou religioso, mas gostei dela. Encaixa-se, praticamente, em quaisquer situações em que mudanças levem à diminuição da qualidade de vida ou da esperança, de acordo com o ponto de vista de quem se sinta prejudicado, claro. Essa deterioração pode afetar o âmbito social, econômico, político, cultural, trabalhista e um amplo et cetera. Essa reflexão se encaixa, portanto e também, à atual situação do táxi. Passamos de um período de vacas gordas a um novo cenário de vacas magricelas, pelo pasto que enfraqueceu (diminuição de passageiros por causa da crise) e, principalmente, por uma concorrência desleal que, continuando, trará consequências terríveis, não só para taxistas como para toda a sociedade: em não muito tempo acontecerá o sucateamento da frota e o corte de postos de trabalho realmente sustentáveis, que darão lugar a subempregos bastante próximos à miserabilidade dos trabalhadores. Os atuais “tempos difíceis” exigem, de todo e cada um dos taxistas, uma ação forte e consciente, em busca de tempos melhores. E nesse contexto, o papel das lideranças é fundamental e, mais que nunca, precisamos que elas sejam exercidas de modo despido de vaidades, ganância ou egoísmo. Nas conversas com taxistas, nos pontos de táxis e nas mídias sociais, uma infinidade de reclamações sobre desunião da liderança e busca de protagonismos individuais, que não ajudam a categoria,

Reportagem Arnaldo Rocha, Camila Silva e Cida Nogueira

Tiragem

20.000 exemplares Distribuição Gratuita edição 86, é uma publicação da Editora Porto das Letras Ltda. Redação, publicidade, administração e correspondência: Rua Jaboatão, 142, CEP 02516-010, Casa Verde, São Paulo (SP). Telefone: (11) 3392-1524. E-mail revistataxi@portodasletras.com.br. Proibida a reprodução parcial ou total dos textos e das imagens desta publicação, exceto as imagens sob a licença do Creative Commons. As opiniões dos entrevistados publicadas nesta edição não expressam a opinião da revista. Os anúncios veiculados nessa revista são de inteira responsabilidade dos anunciantes.


Mundo

Táxi

Da Redação

Marcinha Ferraz: articulação política, lobby, comprometimento e muita luta Divulgação

Na conversa que tivemos, Marcinha fez considerações, apresentou pontos de vista e insistiu na necessidade de compromisso da categoria. Acompanhe. Muitas mulheres taxistas participam dos eventos da TÁXI! Isso lhe motivou a vir? A presença das mulheres, numa profissão predominantemente masculina, é fundamental. Combinamos vir em comboio, do Pacaembu. Queríamos fazer mais, mas o tempo é curto e a distância longa. Na próxima, viremos com fita cor de rosa, alerta ligado, buzinando. Tão importante quanto a mulher participar é a Revista TÁXI! valorizá-la.

8

TÁXI! EDIÇÃO 87

A categoria melhorou o atendimento, mas ainda deixa a desejar. Aplicativos tomaram conta por questões como cartão e taxista mais próximo.

Sobre o PL 5587/2016 e sua votação, o que você pode adiantar? O PL 5587/2016, do Deputado Carlos Zarattini, está numa comissão especial. Eu e Edmilson Americano, Presidente da ABRACOMTAXI, falamos rapidamente com o deputado Zarattini, sobre a formação da CoDivulgação

O

1º Encontro de Taxistas 2017 da Revista TÁXI! reuniu titulares de alvarás, segundos motoristas, prepostos, coordenadores de ponto, diretores e motoristas de cooperativas e associações. São pessoas que exercem papel de liderança e outras que oferecem sua contribuição anônima no dia a dia da profissão, trabalhando pela cidade e pela categoria. E nesse encontro, tivemos a honra de contar com a presença de uma pessoa que vem se destacando na organização da luta dos taxistas, que veio de longe para prestigiar nosso evento. Márcia de Almeida Ferraz, a Marcinha, de Brasília, taxista desde 1996, tem trabalhado incansavelmente por uma melhor articulação dos taxistas com o Congresso, na busca de apoio, assim como tem se esforçado para receber lideranças taxistas que se dirigem à Capital, nesses dias de buscas

Como você vê o envolvimento do taxista médio no movimento atual?

Rádios e cooperativas, no sistema de PA, também contribuíram para a perda. Taxista precisam se reunir, fazer disso um hábito. Devem mandar email aos deputados e podem fazer isso sem sair do carro! Não dá pra ir à mobilização? Ajude quem vai a Brasília, por exemplo, com 10, 20, 30 reais. Devem visitar os deputados federais de seu estado e orientar aos demais taxistas, de pontos e cooperativas, a fazerem o mesmo. E é preciso saber o que falar a eles pois a Uber não entrou em todas as cidades e alguns não sabem o mal que ela causa.

Com Paulo de Oliveira, diretor da Chame Táxi: Confraternização também é lugar de articulação.


Na questão das lideranças, como você vê o panorama?

piadas. É algo diferente e deveria acontecer mais. Foi muito bom estar neste encontro. Agradeço à CSB (Central Sindical do Brasil), que valorizou minha luta, mesmo eu sendo apenas parte do Movitaxi Brasil, movimento independente de taxistas que quer salvar a profissão, mas que não tem arrecadação. Agradeço por valorizarem a mim, ao evento da Revista TÁXI! e pelo apoio à categoria e ao PL 5587.

Como você vê encontros de confraternização, como esse, da Revista TÁXI!? O taxista se sente importante, um profissional valorizado. Entre amigos, troca ideias, ri, interage, conta

Divulgação

Há quem queira ser líder pelos holofotes. Isso é ruim para a luta; distorce e desvirtua. Fazer lobby não é passear, fazer piquenique. É analisar cada deputado e bater no ponto “X”,

acertar como falar a ele. Falta comprometimento às lideranças. É a realidade. Muitos se comprometem em reuniões e ... nada! A reunião de lideranças com o Zarattini não aconteceu. Só o Americano veio. Uns alegaram preço de passagem, ter sido em cima da hora. Mas foi combinada no ano passado. Lideranças precisam ficar em Brasília, de segunda a quinta, fazendo lobby, visitando deputados, todas as semanas. Se não fizermos, a facção americana fará. Quantas cooperativas há no Brasil? Que visitem deputados de sexta a domingo, nas suas bases. Convidem-nos para um almoço, um café; mandem um táxi buscá-lo no aeroporto, carro bom, motorista educado e afiado para lhe dizer o que acontecerá sem a regulamentação.

TÁXI! EDIÇÃO 87

9

Divulgação

missão Especial, já que as lideranças não vieram a Brasília conforme agendado em dezembro. Então, eu e o Americano fizemos um trabalho de convidar os Deputados Federais que se pronunciaram a favor da Regulamentação dos apps no PL 5587/2016, mas resguardando o taxista. Foram dois dias muito produtivos de lobby na Câmara Federal. Agora, temos que buscar apoio dos deputados ao PL, que digam sim à regulamentação e salvem os taxistas e até os motoristas escravizados. É preciso preparar a ida a Brasília, na votação do PL. A data não está fechada; talvez seja 4 e 5 de abril. Enquanto isso, as lideranças devem fazer o dever de casa, visitando deputados federais e buscando apoio da maioria.


Divulgação Divulgação

Manutenção nção nçã o

Q

Antenas Automotivas

uando surgiu a televisão, muitos anunciaram a morte do rádio, que não suportaria a concorrência das imagens. O mesmo se deu com o advento da internet. Mas, ao contrário, ele ocupou um espaço importante na internet, sem deixar de lado as ondas que o consagraram, uma das maiores descobertas e invenções humanas. Pouco nos lembramos da importância das antenas, mas, especialmente as automotivas, avançaram muito, acompanhando a evolução dos carros: os velhos motores à manivela pouco se parecem com os modernos e eletrônicos motores, assim como as antenas antigas pouco tem com as atuais.

Múltiplas funções da antena automotiva As antenas têm diversas funções, da mais básica e conhecida, que é a recepção do rádio, à segurança. 10

TÁXI! EDIÇÃO 87

Uso do Rádio - Ao falar de antena, pensamos imediatamente no som do carro. Ficar sem o bom e velho rádio não é boa ideia, especialmente para quem passa muito tempo ao volante. Dispositivos Bluetooth e outros sistemas auxiliares, não possuem a diversidade de programação, notícias e a agilidade imbatíveis do rádio. GPS - A internet oferece sistemas de rastreamento, mas não é preciso ser especialista para saber que nossos sistemas de telefonia e dados não têm uma cobertura 100%. Nesse caso, uma antena receptora e transmissora no carro pode ser a salvação para o uso de sistemas de navegação do GPS por meio de radiofrequência. Itens de segurança - Certos itens de segurança e antifurto, como rastreadores e bloqueadores, funcionam à base de radio frequência e uma boa antena é fundamentais para sua perfeita operação de bloqueio, alarmes e travamento.

Tipos de antena e área de instalação Há, no mercado, vários os tipos e modelos de antenas - longas, curtas e internas. Sua instalação, em geral, é feita no para-lama ou no teto, seja em sua parte anterior ou posterior. As internas, por sua vez, podem ser bastante discretas, aderidas ao para-brisa, próximo ao retrovisor interno, mas deve-se reconhecer que, muitas vezes, são fracas e podem precisar de antena auxiliar. Por tudo isso, considere buscar ajuda especializada para lhe orientar sobre o melhor modelo de antena para seu uso. Para muitos, um passeio pela Paulista, com toda a interferência de suas antenas convencer disso. TÁXI! EDIÇÃO 87

1


Seu táxi na

ponta do lápis

Da Redação

Divulgação

Em 2 de março a Receita começa a receber da Declaração de Imposto de Renda 2017. Prazo vai até o dia 28 de abril.

Todo cidadão que teve renda tributável anual maior que 28 mil reais, ou seja, algo como 2 mil reais ao mês deve prestar contar com a Receita Federal. Valores recebidos do INSS, no caso de aposentados e outros pensionistas, também devem ser computados. Quem teve rendimentos não tributáveis, aqueles que sobre os quais não incide imposto de renda diretamente, superiores a 40 mil reais também deve declarar. Esses valores provêm de fontes como, por exemplo, abono de férias, vale transporte e alimentação e bolsas de estudo. Outras situações que obrigam a declaração são, por exemplo, investimentos em bolsa de valores (por mínimo que seja o valor) ou for proprietário de terra ou imóvel com valor superior a 300 mil reais, ainda que seja a própria casa em que vive. É bom lembrar que a declaração fora do prazo implica em multa e a não declarar pode ser considerado crime pas12

TÁXI! EDIÇÃO 87

sível de multa e detenção de até 2 anos em regime fechado. Declaração do Taxista Ao preparar sua declaração, o taxista deve atentar a um detalhe importante. A Receita Federal considera, em parte e de alguma forma, as despesas de manutenção que a própria atuação profissional exige. Por isso, dos valores recebidos pelo taxista, 60% devem ser declarados como rendimento tributável, sujeito, portanto à tributação, enquanto que os 40% restantes entram como rendimentos isentos e

não tributáveis. Sobre isso, cabem aqui algumas observações. A primeira é que, para declarar o valor recebido o taxista não precisa indicar os CPFs dos pagadores, passageiros portanto, mas tem que indicar o seu número de NIT/PIS. Depois, que a parte isenta e não tributável não pode ser usada para justificar acréscimo patrimonial. Por último, como dito no inicio do texto, quem for aposentado ou pensionista do INSS não pode se esquecer de incluir os valores recebidos à Declaração. Divulgação

Quem está obrigado a Declarar?


Divulgação

TÁXI! EDIÇÃO 87

13


Volante

seguro s iv

a

OA

aZ

da d

ireçã

fe o de

n

Da Redação

Divulgação

Cuide bem de sua CNH para não ter suspenso seu direito de dirigir

E

m novembro de 2016, a Lei

Hoje, ao atingir os 20 pontos

Há, ainda, a possibilidade de con-

nº 13.281 provocou a maior

anuais, o tempo mínimo, que era de

verter a multa em advertência, mas

alteração no Código de Trân-

1 mês, subiu para 6 meses. E mais:

apenas para infrações de natureza

sito desde sua entrada em vigor, em

voltar a atingir os 20 pontos dentro

leve ou média (3 ou 4 pontos); des-

1998. Foram alterados 29 artigos,

de 1 ano, a pena passou a ser de 6

de que o condutor não tenha tido o

criados 6 e revogado 4.

meses a 2 anos.

mesmo tipo de infração nos últimos

Essa atualização tornou multas

Vale lembra, ainda, que há casos

mais caras e penalidades mais se-

em que uma única infração podem

veras, algo que exige especial aten-

provocar a suspensão do direito de

ção dos profissionais do volante

dirigir, independentemente do nú-

que, portanto, passam mais tempo

mero de pontos atingidos. É o caso

expostos ao trânsito.

de dirigir alcoolizado ou se recu-

12 meses; e se estiver com a CNH em situação regular. Para os motoristas profissionais há, porém, uma oportunidade para diminuir a chance de que sejam suspensos. É que desde 2015, quem exerce

O acúmulo de multas, todos sabem,

sar ao teste do bafômetro, conduzir

pode levar ao impedimento de dirigir,

moto sem capacete ou dirigir em

um problema enorme para quem ga-

velocidade 50% acima do limite esta-

cipar de curso preventivo de recicla-

nha a vida ao volante.

belecido para a via.

gem quando, no período de 1 ano, ele

atividade

remunerada,

habilitado

nas categorias C, D ou E, pode parti-

E com as atuais regras, os períodos

Motoristas têm direito a recorrer

atingir 14 pontos. A realização desse

mínimos de suspensão aumentaram,

da suspensão, em 1ª e 2ª instância,

curso elimina a pontuação, porém

daí a necessidade de maior atenção e

sempre por escrito e de acordo com

esse recurso só pode ser utilizado

cuidados redobrados.

os prazos previstos em lei.

uma vez a cada ano.

14

TÁXI! EDIÇÃO 87


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em fevereiro Confira a agenda dos principais eventos da cidade que é tudo de bom! Programe-se para aproveitar o melhor de São Paulo. Para mais informações, acesse o site: visitesaopaulo.com

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro

15 de fevereiro BRASCON - 4º CONGRESSO BRASILEIRO TÉCNICO-COMERCIAL DE CONCRETAGEM, PRÉMOLDADO E AGREGADO Local: Tivoli Mofarrej - São Paulo 15 e 16 de fevereiro CEMENT BUSINESS & INDUSTRY BRAZIL & LATAM 2017 Local: Tivoli Mofarrej - São Paulo

15 a 18 de fevereiro 64ª FENINJER Local: WTC Events Center

quarta

quinta

16 a 19 de fevereiro EXPO NOIVAS & FESTAS 2017 Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

16 a 18 de fevereiro 40º SIMASP Local: Maksoud Plaza Hotel

17 de fevereiro MICE FÓRUM CAMPOS DO JORDÃO - LAZER & NEGÓCIOS Local: Campos do Jordão Convention Center

18

16 e 17 de fevereiro 2ND ANNUAL BIOSIMILARS LATAM Local: Pullman São Paulo Ibirapuera

17 e 18 de fevereiro INCOR 2017 - NA FRONTEIRA DO CONHECIMENTO Local: Centro de Convenções Rebouças

19

domingo

segunda

16 17

sexta

sábado

15

15 e 16 de fevereiro 76ª FEIRA BIJOIAS Local: Centro de Convenções Frei Caneca

18 a 21 de fevereiro FEIRA DO EMPREENDEDOR Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi

20

18 e 19 de fevereiro 28º PHOLIA NA LUZ Local: Praça da Luz

19 de fevereiro XI MEIA MARATONA INTERNACIONAL DE SÃO PAULO Local: Largada e Chegada - Praça Charles Miller

TÁXI! EDIÇÃO 87

15


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em fevereiro 21 de fevereiro XII ESFE - ENCONTRO DO SETOR DE FEIRAS E EVENTOS Local: WTC Events Center

terça

21

quarta

22

quinta

23

sexta

sábado

domingo

segunda

16

21 e 22 de fevereiro OIW - 9TH OPEN INNOVATION WEEK Local: Centro de Convenções Rebouças

TÁXI! EDIÇÃO 87

24 a 26 de fevereiro DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA DE SÃO PAULO 2017 Local: Sambódromo do Anhembi

22 de fevereiro CURSO INTERPRETAÇÃO DE ELETROCARDIOGRAMA PARA MÉDICOS Local: Hospital Israelita Albert Einstein - Unidade Paulista

24 25 26 27

27 de fevereiro a 5 de março BRASIL OPEN 2017 Local: Esporte Clube Pinheiros


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em março 2 a 4 de março IMAP 2017 - INTERNATIONAL MEETING ON AESTHETIC PHLEBOLOGY Local: Grand Hyatt São Paulo

3 de março DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA CAMPEÃS 2017 Local: Sambódromo do Anhembi

quinta

02

sexta

03 04

sábado

domingo

segunda

terça

6 de março GRANDE ENCONTRO FEIRAS & NEGÓCIOS Local: Expo Center Norte

7 a 10 de março EXPO REVESTIR Local: Transamerica Expo Center

4 e 5 de março CURSO ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS Local: Hospital Israelita Albert Einstein - Unidade Morumbi

05 06 07

quarta

08

quinta

09

7 a 10 de março EXPO BRASIL FEIRA Local: Expo Center Norte

8 de março CURSO ATUAÇÃO DO NEUROPSICÓLOGO NA GERIATRIA Local: Hospital Israelita Albert Einstein - Unidade Paulista

9 a 11 de março ALAPP 2017 - 2º CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASSOCIAÇÃO LATINO-AMERICANA DE ASSOALHO PÉLVICO Local: Centro de Convenções Rebouças

TÁXI! EDIÇÃO 87

17


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em março 11 de março STEP 2017 - SIMPÓSIO DE TIREÓIDE E PARATIREÓIDE Local: Vitória Hotel Concept Campinas

sexta

10

sábado

11

domingo

11 e 12 de março SALÃO DO ESTUDANTE Local: Centro de Eventos São Luís

12

13 e 14 de março FÓRUM PANROTAS - TENDÊNCIAS DO TURISMO Local: Grand Hyatt São Paulo

14 15

quarta

quinta

12 de março CIRCUITO DAS ESTAÇÕES 2017 ETAPA OUTONO Local: Estádio do Pacaembu

13

segunda

terça

11 e 12 de março CURSO DE ALTERAÇÕES MUSCULOESQUELÉTICAS E EXERCÍCIOS FÍSICOS Local: Hospital Israelita Albert Einstein Unidade Vila Mariana

15 a 18 de março FESPA BRASIL 2017 E EXPOPRINT DIGITAL 2017 Local: Expo Center Norte

16

16 e 17 de março 17º CONGRESSO BRASILEIRO DE CIRURGIA ESPINHAL Local: Maksoud Plaza Hotel

15a 17 de março 14º RM NOW BASIC Local: Intercity Interative Jardins Hotel

16 de março 2ª CONFERÊNCIA NACIONAL SOBRE GESTÃO DE FACILITIES Local: Royal Jardins Boutique Hotel

Agenda de eventos: O São Paulo Convention & Visitors Bureau é uma Fundação sem fins lucrativos mantida pela iniciativa privada, sua missão é promover, captar, gerar e incrementar eventos que aumentem o fluxo de visitantes a São Paulo. As datas e locais dos eventos podem ser alterados, consulte sempre a agenda de eventos no site do São Paulo Convention & Visitors Bureau: visitesaopaulo.com - atendimento@visitesaopaulo.com 18

TÁXI! EDIÇÃO 87

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro


Capa

Matéria de Capa

Por Camila Silva

Primeiro Encontro de Taxistas Revista TÁXI! 2017 O Primeiro Encontro de Taxistas de 2017 da Revista TÁXI! aconteceu no SEST/SENAT Parque Novo Mundo e foi um sucesso.

O

ferecer confraternização e diversão, mas sem perder de vista as discussões atuais de luta e a necessidade de investimento na profissão, é o objetivo principal desses encontros . Algumas pessoas não percebem a importância de uma ação desse tipo e perdem a chance de ver que o engajamento na luta, profissional e política, pode e deve ser precedido pelo engajamento humano, ao bem-estar propiciado pelo compartilhar, com amigos e colegas, as alegrias e tristezas, expectativas e anseios do dia a dia.

A Revista TÁXI! se sente orgulhosa ao proporcionar essa convivência, mas sabe que seria impossível sem parcerias. E o primeiro e primordial agradecimento é aos taxistas, homens e mulheres que prestigiam os encontros da TÁXI!, usando parte de seu tempo para si mesmo e para sua profissão: sem vocês, mais que impossível, a iniciativa seria inútil e injustificável. Fazemos também uma referência especial ao SEST/SENAT que nos recebe de portas abertas, com simpatia e cuidados ímpares, para que todos se sintam em casa.

Mais uma vez, a Chevrolet foi nossa patrocinadora máster, o que revela sua consideração pelos taxistas que rodam dezenas de milhares de quilômetros ao longo do ano. Igualmente, a Chevrolet Serviços Financeiros esteve presente, uma mão na roda nessa parceria com o taxista. Marcos Saraiva, Gerente Regional de Vendas Diretas da Chevrolet, não escondeu sua satisfação em promover e participar destes encontros. Para ele, 2017 começou mais positivo aos taxistas e a recuperação das vendas diretas revela isso: “O ano promete ser bem TÁXI! EDIÇÃO 87

19


melhor, e o aumento das vendas é um bom termômetro para medir a melhora da confiança do taxista e seu desejo de investir em sua profissão”. Marcos Saraiva, que esbanja energia ao pilotar as equipes das concessionárias presentes no evento, falou ainda sobre outras ações voltadas aos taxistas: “Em breve, lançaremos a edição 2017 da Copa Chevrolet de Futebol para Taxistas, que já é uma tradição promovida pelo setor de Vendas Diretas da Chevrolet”. Produtos para todos os públicos E, por falar em parcerias, a Chevrolet, preocupada em garantir a diversidade e a inclusão tanto para taxistas e seus passageiro, convidou duas empresas de ponta em adaptação veicular, a Cavenaghi e a Italmobolity, a participar. As duas empresas usam a SPIN como base para seu principal produto ao segmento taxista. A Cavenaghi é a pioneira e líder no mercado brasileiro de adaptação veicular para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, sobretudo na utilização comercial, sendo o táxi acessível uma alternativa de mobilidade moderna, prática, confortável e segura, respeitando toda conduta apropriada para atender este público de forma excepcional. A Spin acessível Cavanaghi é referência no mercado de veículos transformados, distribuídas em mais de 40 cidades e com mais de 1000 unidades em todo território nacional. O veículo adaptado é transformado com o rebaixamento do assoalho traseiro, oferece mais praticidade com rampa de alumínio de fácil manuseio e menor esforço físico, sistema de segurança nos equipamentos de fixação e cinto de segurança três pontos. Além disso, a adaptação veicular Cavenaghi destaca a maior altura interna da categoria, o maior tanque de combustível e o 20

TÁXI! EDIÇÃO 87


TÁXI! EDIÇÃO 87

21


menor índice de ruído, além da grande novidade: agora conta com predisposição parar GNV. Já a Itamobility nasceu da união entre experiência e paixão de duas grandes empresas, a italiana Focaccia Group e a brasileira Engesig, para ser líder em veículos acessíveis. De suas constantes pesquisas em materiais e tecnologia, somada à sinergia com a montadora, criou-se a Spin WAV com GNV, ótima para taxistas, cooperativas de táxis, locadoras e

22

TÁXI! EDIÇÃO 87

pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, pois pode levar 5 passageiros ou ser convertido ao transporte de PCD (pessoas com deficiência). Além da economia do GNV, a autonomia da Spin WAV foi ampliada ao ganhar um cilindro de 7,5 m³ de gás. O projeto da Itamobility, com acesso à cadeira de rodas pela porta traseira, conta com ancoragem elétrica para a mesma não retroceder ao embarcar, piso rebaixado, plataformas elevatórias e outras soluções. A posição

da cadeira, ao nível dos demais passageiros, permite maior interação entre eles e melhor visibilidade ao cadeirante, num projeto que, além de segurança, prima por elegância, design e conforto, marcas da Itamobiity. A presença da Cavenaghi e Itamobility no evento confirma uma tendência de oferta cada vez melhor de soluções às pessoas com deficiência e aos profissionais que se dedicam a essa público.


TÁXI! EDIÇÃO 87

23


Churrasco, bons negócios e diversão Música e churrasco são ingredientes da cultura do brasileiro. E se juntamos a isso o carro, outra paixão nacional, fica ainda melhor. Embalados por esse clima, conversas se encaminharam por vários assuntos, com gente discutindo o segmento taxista, outros observando os automóveis e suas novidades e, ainda, os que aguardavam mostrar seus passos de dança que, aliás, contagiaram a muitos que se arriscaram a recordar os bons e velhos tempos dos passinhos coordenados em grupo. Os que vieram na expectativa de engatilhar um bom negócio também não saíram desapontados, já que sua presença no evento lhes garantia bom desconto e condições especiais oferecidas pelas concessionárias

24

TÁXI! EDIÇÃO 87

participantes. Alem da alegria do encontro, esse era outro bom motivo para taxistas e representantes das concessionárias fazerem poses para as selfies que comprovavam sua ida ao evento.

Para esse encontro, as Taxistas Poderosas se reuniram no Pacaembu para vir em comboio até o SEST/SENAT. E elas prometem que em próximas oportunidades a carreata será ainda maior e mais animada.

Presença Feminina

No encontro, um momento emocionante foi protagonizado pelas mulheres taxista que ofereceram uma bela homenagem às colaboradoras d TÁXI!, Ana Maria e Daniele, pelo trabalho que fazem, convidando, informando e articulando os encontros. Para Ana Maria, foi algo inesperado e muito motivador: “Assim como as mulheres e homens taxistas se sentem prestigiados pelo convite e pelo evento, nós, da organização, também nos sentimos igualmente reconhecidas. A sensação não é só de mera relação profissional, mas de laços de amizade que vamos construindo nesses anos todos”.

A Revisa TÁXI! foi a primeira publicação ou entidade a dar visibilidade às mulheres taxistas, um grande número de profissionais que, mesmo talentosas, cuidadosas e dedicadas, ficavam “invisíveis” aos olhos da população e da própria categoria. Dos modestos primeiros encontros aos grandes encontros de Mulheres Taxistas, a TÁXI! sempre recebeu o carinho e o prestígio dessas profissionais, seja aquelas organizadas em grupos, como o “Taxistas Poderosas” ou aquelas que individualmente vêm participar.


TÁXI! EDIÇÃO 87

25


26

TÁXI! EDIÇÃO 87


TÁXI! EDIÇÃO 87

27


Guias & Roteiros São Paulo vista de seus tetos

Da Redação

Uma boa dica para vistas panorâmicas de São Paulo é o roteiro Roteiro Mirantes, da São Paulo Turismo (SPTuris)

S

ão Paulo é caracterizada por uma incrível diversidade, e isso não é diferente em relação à sua topografia e paisagem urbana. Vales, colinas, serras, picos, parques, rios, viadutos, bairros exclusivamente de casas e áreas ocupadas quase que integralmente por prédios garantem-

facetadas da metrópole, verdadeiros mirantes, e é com o objetivo de apresentar os principais deles que a Prefeitura de São Paulo, através da São Paulo Turismo, apresenta o roteiro “Mirantes de São Paulo”.

-lhe uma configuração única, que revela vistas surpreendentes dependendo de onde se está. Em muitos casos, uma pequena mudança de local ou de direção do olhar descortina um panorama absolutamente diferente.

nas, praças, viadutos e outros pontos de onde é possível admirar a metrópole e toda sua imponência, este roteiro aborda também a história e características dos locais onde estão situados, identificando ainda atrativos que podem ser vistos de cada um deles.

Fazem parte do roteiro Mirantes o Edifício Altino Arantes (Banespão), Pedra Grande da Cantareira, Pico do Jaraguá, Viaduto do Chá, Shopping Cidade Jardim, Edifício Copan, Viaduto Doutor Arnaldo, Edifício Itália,

Divulgação

Composto por locais tão diversos quanto arranha-céus, florestas urba-

de mirantes apresentadas neste roteiro.

São Paulo reúne muitos locais que permitem essas perspectivas multi28

TÁXI! EDIÇÃO 87

Surpreenda-se com as diversas faces da cidade a partir das sugestões

Divulgação

Vista de cima, a cidade apresenta diferentes personalidades dependendo do horário: desvendada e humanizada pela luz do dia, que permite um alcance maior da imensidão paulistana e ressalta detalhes arquitetônicos, áreas verdes e o cotidiano das ruas; com o romantismo do cenário urbano protagonizado pelo sol em vistas de tirar o fôlego durante o amanhecer e o pôr-do-sol; ou, ainda, com o típico mistério e glamour da noite que traz o impacto de se ver todas as luzes de uma das maiores metrópoles do mundo.

Pico do Jaraguá, Jockey Club, Edifício Martinelli, Praça do Pôr-do-sol, Viaduto Santa Ifigênia e Vão livre do MASP. Além destes pontos, há ainda o prédio da Prefeitura de São Paulo (o Banespinha), no Viaduto do Chá, que conta com visitas monitoradas e outros mirantes, como o de Santana e da Lapa.


Caminhar para se divertir, para conhecer ou ver, de forma diferente, outros lugares, outras caras, outras tribos

Venha para o Clube da Caminhada e bora caminhar! Informações e Inscrições:

Telefone: (11) 4115 - 3705 E-mail: fale@clubedacaminhada.com.br www.facebook.com/clubedacaminhada TÁXI! EDIÇÃO 87 29


Melhor Serviço Informe Publicitário

Estressado? Faça uma massagem oi-se o tempo em que a preocupação com a própria estética e saúde era coisa de mulher. Hoje, bons centros de estética oferecem diversos serviços, pautados não apenas pela preocupação com a aparência física, mas especialmente para a saúde e bem-estar dos clientes. A massagem e o shiatsu fazem parte desta gama de serviços e são indicados para amenizar dores acumuladas no dia a dia, especialmente na região cervical, e também para relaxamento. “A diferença entre a massagem e o shiatsu é que, enquanto na massagem os movimentos são realizados com cremes e deslizamentos, o

30

TÁXI! EDIÇÃO 87

Divulgação

F

Mais do que uma preocupação com a aparência, o cuidado com si mesmo pode proporcionar vários benefícios para a saúde


linfática também é indicada para aliviar inchaços e reduzir medidas. “Mas ela não reduz índice de gordura e não deve ser feita em pessoas que já tiveram câncer. Tratamentos estéticos também não são indicados para pessoas que sofrem de dores crônicas, pois, em vez de ajudar, as técnicas podem piorar o quadro que exige avaliação clínica”, adverte a esteticista. Fim à acne Outro serviço muito procurado em centros estéticos que promove uma sensação de bem-estar surpreendente é o de limpeza de pele. No caso de taxistas, o procedimento é importante para ajudar no controle e erradicação da acne (espinhas e cravos), e também para remover as impurezas acumuladas no dia a dia. “Mesmo imperceptível, a poluição da nossa cidade traz uma série de substâncias que entram nos poros da pele. Com a limpeza, a pele do cliente fica livre de impurezas e bastante macia”, finaliza Roseli.

Localizado na Rua Jaboatão, nº 142, a clínica Rose Estética firmou parceria com a Revista TÁXI! com preços promocionais. Uma limpeza de pele, que custa R$ 120 reais, terá um desconto de 50% para taxistas. Aproveite! Divulgação

shiatsu é feito apenas com o polegar, que pressiona os pontos de tensão no corpo, a fim de soltar a musculatura. É indicado para quem tem dores lombares, no ombro e em outras regiões que acumulam tensão”, explica a esteticista Roseli Neves Dias, responsável da clínica Rose Estética. Remoção de impurezas Relaxamento corporal, redução de retenção de líquido e ativação da circulação sanguínea. Estes são os principais benefícios da drenagem linfática, técnica de massagem que tem por objetivo estimular o sistema linfático – rede de vasos que movem fluidos pelo corpo. “A técnica é feita com movimentos lentos, que agem como se fossem uma vassourinha no nosso organismo, tirando as impurezas do corpo, hematomas, dores na perna e a retenção de líquido”, continua Roseli. Bastante indicado para taxistas, que passam horas trabalhando na mesma posição e bastante propensos à retenção de líquido, a drenagem

Serviço Rose Estética Rua Jaboatão, 142 - Casa Verde - SP Fone: 11 3392-1524


Roda Solta Divulgação

Sampa Street Rua Suassuí, a menor rua de São Paulo

Apenas 39 metros e três casas: essa é a extensão da Rua Suassui, no Alto da Lapa, supostamente a menor rua da cidade de São Paulo. Ela se inicia na Rua Araçatuba e, logo adiante, se conecta à Praça Dr. Otávio Perez Velasco. O curioso é que o nome rua, Suassuí, deriva do nome de um rio mineiro, o Suaçuí Grande, que nasce em Serra Azul de Minas e percorre 342 km de extensão, quase nove mil vezes a extensão da Rua Suassuí, até desaguar no Rio Doce.

Para rir e pensar: por acaso alguém compra gás no restaurante? Uma passageira chega no ponto de táxi correndo, diz o endereço e pede: - Moço, por favor, vamos rápido porque tenho que abrir meu restaurante e já estou atrasada. Eu ia chamar um ... (diz o nome do App de transporte pirata) porque é mais barato, mas eles não têm faixa exclusiva e alguns parecem que nem conhecem a cidade direito. Vocês chegam muito mais rápido. - Pois não, senhora, deixa comigo. Quando chegam ao restaurante, ela agradece pela agilidade e pergunta o preço. -Nossa!!! Tudo isto? Pra vir dali pra cá? Você não gastou nem R$ 5,00 de gasolina. -Senhora, este é o valor do taxímetro. Não se trata apenas da gasolina. É o valor justo, estipulado pela secretaria de transportes através de uma planilha de custos. -Não quero saber, isto é um roubo, nunca mais ando de táxi. -Tudo bem senhora. Da próxima vez que estiver em uma emergência e precisar de um serviço feito por um profissional, estarei à sua disposição. Então ela desce... E eu lhe disse: -A senhora ainda vai se lembrar de mim. Ela bate a porta e vai embora, mas ele volta ao restaurante na hora do almoço. A dona sem reconhecê-lo, recebe-o na entrada. E ele diz: -Eu ia pegar um marmitex na rua que é bem mais barato, mas como eu não sei da procedência da comida e já passei mal uma vez, prefiro pagar um pouco mais e me satisfazer. Então ele faz seu prato e quando vai pesar: -Mas tudo isto? É um absurdo!!!! A senhora não gastou nem R$ 3,00 de gás pra fazer a comida que coloquei no prato. -Olha, senhor, este é o valor da balança, é o preço justo. Não se trata só do gás. Nesta hora, ela olhou novamente pro taxista e o reconheceu Anderson Monteiro Taxista de BRASÍLIA

32

TÁXI! EDIÇÃO 87


TÁXI! EDIÇÃO 87

33


34

TÁXI! EDIÇÃO 87


TÁXI! EDIÇÃO 87

35


Revista TÁXI! Ed. 87  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you