Page 1

Especial

2017

A Revista do Taxista www.revistataxi.com.br

PLC 28/2017

Pela regulamentação dos aplicativos.

MUNDO TÁXI:

Associação dos Permissionários de Shoppings Centers: uma aposta na força da união

VOLANTE SEGURO

Secretaria de Mobilidade e Transportes inicia fiscalização da velocidade pela média do deslocamento

E MAIS

Associação dos Permissionários de Shoppings Centers: uma aposta na força da união


Divulgação

Divulgação


sumário PLC 28/2017 Regulamentação dos aplicativos

Capa 18 Manutenção

Mundo Táxi Associação dos Permissionários de Shoppings Centers

06

Sitema Elétrico Veicular

10

Volante Seguro

Secretaria de Mobilidade e Transportes inicia fiscalização da velocidade pela média do deslocamento

Mundo Táxi Associação dos Permissionários de

Manutenção

Shoppings Centers: uma aposta na força

Sistema Elétrico Veicular – eficiência e performance

Sua Saúde Outubro Rosa

Agenda

Outubro Rosa

Capa

PLC 28/2017 pela regulamentação de aplicativos

11

08 10

da união

O que vai agitar a metrópole nos próximos meses

Sua Saúde

06

11 14 18


A revista do Taxista

EXPEDIENTE

Edição Especial

Diretoria

Adilson Souza de Araújo Davi Francisco da Silva Fábio Martucci Fornerón (editora@portodasletras.com.br)

PLC 28/2017 e Marcha a Brasília

Redação

algo que garante durabilidade à bateria e economia de combustível. Em Mundo Táxi, temos a proposta de criação da Associação de pontos de shoppings, que pode congregar milhares de taxistas que trabalham nesses estabelecimentos comerciais, algo que poderá melhorar o serviço oferecido e formas de ação coletiva em beneficio dos permissionários e, no limite, de toda a categoria. Falamos, também, do Outubro Rosa, movimento de estímulo aos cuidados com a saúde feminina, especialmente quanto ao câncer. Aliás, uma categoria com presença majoritária de homens, como a taxista, tem muito a aprender com as mulheres sobre auto cuidado e saúde preventiva. E, voltando ao PL 28/2017, a Marcha dos Taxistas para Brasília reunirá taxistas e táxis de todo o país na Capital da República, dia 17 de outubro. Mas, a ação só acontecerá se cada taxista seguir pra Brasília ou colaborar para que outros possam ir. E a Revista TÁXI! estará lá, registrando o sacrifício de quem, sem vaidades, oferece sua contribuição à manutenção de sua profissão e da categoria.

Editor Adilson Araújo MTB 19.069

Edição de Arte Agência Flavour’s Reportagem Arnaldo Rocha, Camila Silva e Cida Nogueira Colaborador Davi Francisco da Silva Fotografias de Capa Adilson Souza de Araújo Fotografias Davi Francisco da Silva Fotos da Reportagem Capa Divulgação Projeto Gráfico Editora Porto das Letras Revisão Naira Uehara

Publicidade

Diretor Fábio Martucci Fornerón Fone: (11) 3392-1524 publicidade@portodasletras.com.br

Assessoria jurídica

Paulo Henrique Ribeiro Floriano

Comercial

Suporte Administrativo Ana Maria S. Araújo Silva Assinaturas e mailling assinatura@portodasletras.com.br

A todos, boa leitura, boa viagem, sorte e vitórias!

Impressão

Adilson Araújo Diretor da Revista TÁXI!

editora fontana Lucas Yuji

F

inalmente, o PLC 28/2017, entrou na pauta do Senado. Muitos motivos podem ter contribuído para a demora, já que o projeto saiu da Câmara Federal em abril. Crise econômica, política e institucional mostram, dia sim, dia não, novos escândalos que afetam a vida coletiva do país e fazem a situação vivida pelos taxistas parecer um problema menor, e isso é danoso à categoria porque, guardadas as proporções, é como não reconhecer as necessidades, carências e injustiças que afetam as minorias. De todo modo, a decisão da Câmara, ao enviar o Projeto ao Senado, revelou que nem todos caíram no canto das sereias e que os taxistas têm, sim, que seguir lutando para esclarecer, à população e aos senadores, que o PLC 28 não quer proibir a atividade da Uber, mas colocar um mínimo de controle público, como em qualquer atividade econômica lícita. Mas, Uber e outras companhias não querem qualquer regulação de suas atividades, não querem assumir responsabilidades e, menos ainda, pagar impostos pela bolada que amealham. Os taxistas devem manter-se alertas, unidos e presentes junto ao Senado e meios de comunicação, para que sejam ouvidos. Sobre isso tratamos em nossa matéria de capa. E, como a vida segue, temos, claro, outros temas na revista, como a medição de velocidade pela média, que a Prefeitura de São Paulo começará a utilizar, não para multar, ainda, mas logo, logo será, e admira que haja tecnologia para medir velocidade média mas não tenhamos semáforos funcionando... Não se trata de apologia à impunidade no trânsito, mas um alerta para problemas cotidianos por solucionar. Em Manutenção, a matéria é sobre gerenciamento do sistema elétrico,

Tiragem

20.000 exemplares Distribuição Gratuita edição especial é uma publicação da Editora Porto das Letras Ltda. Redação, publicidade, administração e correspondência: Rua Jaboatão, 142, CEP 02516-010, Casa Verde, São Paulo (SP). Telefone: (11) 3392-1524. E-mail revistataxi@portodasletras.com.br. Proibida a reprodução parcial ou total dos textos e das imagens desta publicação, exceto as imagens sob a licença do Creative Commons. As opiniões dos entrevistados publicadas nesta edição não expressam a opinião da revista. Os anúncios veiculados nessa revista são de inteira responsabilidade dos anunciantes.


TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

5


INFORME PUBLICITÁRIO

Divulgação

Sistema Elétrico Veicular – eficiência e performance

Bateria e componentes elétricos ”conversam” para obter maior economia e eficiência.

V

ocê sabia que os automóveis mais modernos possuem um avançado sistema de gerenciamento elétrico veicular que otimiza a performance do alternador e da bateria para garantir maior economia de combustível? A ideia é simples: o sistema elétrico tem um gerenciador com um sensor que mede o consumo de energia do veículo a cada instante e controla o funcionamento do alternador na geração de carga para a bateria de acordo com esse consumo. Com a carga necessária assegurada na bateria, o sistema evita o desperdício de energia com o funcionamento contínuo do alternador e assim colabora na economia de combustível. Marcos Saraiva, Gerente de Vendas da Chevrolet, há 35 anos na empresa, chama a atenção para a evolução da tecnologia embarcada e exigências que a bateria tem que suportar: “Hoje, muito mais que apenas a partida e iluminação, temos necessidade de energia elétrica para equipamentos de série, como o multimídia “mylink”, o sistema “onstar”, o sistema de direção elétrica e o ar-condicionado, todos contemplados no circuito desse sistema, que mede precisamente o consumo de energia do veículo a cada instante e controla o funcio6

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

namento do alternador na geração da carga necessária para a bateria, evitando desperdícios”. Mas, para você usufruir plenamente e com sucesso o potencial do sistema, é preciso que todas as instalações elétricas adicionais no seu veículo, como rádio tipo px, kit gnv, taxímetro, sinalização luminosa e outros aparelhos de som e vídeo, tomadas para carregamento de celulares / notebooks e demais acessórios, sejam feitas por profissionais qualificados e conforme as instruções técnicas de cada veículo. Dessa forma, todas essas instalações adicionais podem ser reconhecidas pelo sistema de gerenciamento elétrico do veículo para que ele possa garantir o máximo desempenho e melhor utilização dos recursos, evitando erros de leitura do sistema com recarga insuficiente da bateria e, até pior, desgaste prematuro da bateria e pane elétrica. Marcos Saraiva chama atenção, ainda, para o fato de que cuidados aparentemente simples, mas, imprescindíveis devem ser seguidos na instalação correta de equipamentos elétricos em todos os modelos Spin e Cobalt e nos modelos Onix e Prisma com transmissão mecânica; todos ano modelo 2017 e 2018.

O taxista proprietário de qualquer um desses modelos pode aproveitar as revisões na rede de concessionárias Chevrolet para solicitar um check-up grátis para verificação das instalações de equipamentos elétricos. Lá, com a sua permissão, as instalações elétricas serão inspecionadas, corrigidas e você será orientado a verificar o correto funcionamento dos equipamentos e componentes instalados junto ao fabricante ou no local onde foram adquiridos. No final, seu taxi Spin, Cobalt, Prisma ou Onix e seu bolso, agradecem!


Divulgação

Secretaria de Mobilidade e Transportes inicia fiscalização da velocidade pela média do deslocamento Essa e outras ações fazem parte do Programa Trânsito Seguro que visa reduzir acidentes e preservar vidas.

Velocidade média: para percorrer 5 km (por exemplo, do Ibirapuera ao Anhangabaú, pela Av. 23 de maio, que tem limite máximo de 60km/h, o tempo não pode ser inferior a 5 minutos. Do contrário, logicamente o limite foi desrespeitado.

N

a Semana da Mobilidade, ocorrida entre 18 e 25 de setembro, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes lançou medidas visando reduzir acidentes e garantir a segurança de passageiros, ciclistas e pedestres nas ruas da cidade. O Programa Trânsito Seguro tem ações em parceria entre Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e São Paulo Transporte (SPTrans), com o foco na redução de acidentes e preservação à vida. A CET mapeou 28 locais com faixa de travessia em meio de quadra com significativo volume de pedestres e iniciou a implantação de melhorias, como nova sinalização (placas e pintura de solo) e iluminação das faixas de travessia. Será proibido o estacionamento de veículos 10 metros antes das faixas. Em 30 dias, essas melhorias serão concluídas em três pontos: Rua Riachuelo, altura do nº 29; Rua Riachuelo, altura do nº 362, e Largo São Francisco. Os outros 25 pontos serão concluídos até dezembro. Depois disso, outros locais receberão as melhorias. Fiscalização pela Velocidade Média A fiscalização, também importante para manter e preservar a segurança no trânsito receberá reforço a partir de 1º de novembro, com a aferição pela velocidade média, inicial8

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

mente com radares posicionados nas avenidas 23 de Maio, Bandeirantes e pista expressa da Marginal Tietê, sentido Castello/Ayrton Senna. A ação será, por ora, apenas educativa, com o envio de cartas de advertência aos motoristas que excederem o limite de velocidade,já que ainda não há regulamentação do órgão federal para gerar multa nesse tipo de fiscalização. A medida visa conscientização dos condutores. Pedestres e ciclistas tem prioridade do Trânsito Seguro Outra medida do Trânsito seguro será aumentar, também, o rigor na fiscalização de uso do telefone celular ao volante, o desrespeito a ciclistas e pedestres, desrespeito ao semáforo e a falta de uso de seta nas conversões. Para estimular o respeito a quem anda a pé pela cidade, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes está em negociação com o setor privado para reforçar o programa Pedestre Seguro com a ação de orientadores de travessia nos horários de pico em todas as regiões da cidade. São Miguel será a primeira região da cidade a receber o programa Áreas Calmas, que compreende a readequação de velocidades para 30 km/h, e obras para acalmar do trânsito, como avanços de calçada, faixas elevadas e alargamento de calçada.

Ainda com parte do Programa, uma resolução estabeleceu em 50 km/h a velocidade máxima de todos os ônibus de transporte público da Capital. A portaria deu prazo de 30 dias para que empresas que operam o sistema ajustem os limitadores de velocidade de todos os seus veículos, antes com velocidade máxima limitada em 60 km/h. Nas faixas reversíveis que atendem o sentido de maior demanda de tráfego nos horários de pico da manhã e da tarde a velocidade fica estabelecida em 40 km/h. Ações importantes, mas a cidade merece e precisa mais Devemos elogiar a Prefeitura de São Paulo pela adoção de medidas tão importantes para a segurança do trânsito, medidas que consideram, inclusive, normas e iniciativas internacionais por uma maior segurança no trânsito. Mas devemos, também, questioná-la sobre quando serão tomadas medidas reais para melhorar, por exemplo, o sistema semafórico da cidade e a qualidade do pavimento de ruas e avenidas. Trânsito caótico e pavimento deficiente também focos de perigo, seja pelo aumento do estresse de motoristas e passageiros, seja pelo aumento do gasto de combustível e tempo, algo que torna a vida mais cara e, piorar, muito menos saudável devido ao agravamento da poluição ambiental e suas conseqüências à saúde.


TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

9


Mundo

Táxi

Associação dos Permissionários de Shoppings Centers: uma aposta na força da união

P

ontos de táxi de shoppings e outros locais de grande concentração de público – rodoviárias, aeroportos, centros de eventos e exposições, hotéis etc – mantiveram-se, até algum tempo atrás, salvaguardados da concorrência que chegou ao transporte individual de passageiros, concorrência essa que se instalou ao arrepio das leis, desde as mais básicas, como as exigências do Código de Trânsito Brasileiro, que estabelece critérios claros quanto ao transporte remunerado de pessoas ou bens. Nos tempos atuais, mesmo esses pontos mais estratégicos, movimentados e tradicionais, devem estar atentos para fazer valer a lei nº 12.823/99, que garante a existência de pontos de táxi em estabelecimentos comerciais do tipo supermercado, hipermercado, “shopping center”, centro comercial ou assemelhados, sem que tais estabelecimentos repassem aos motoristas de táxi quaisquer ônus advindo disso ou deles exigir pagamentos ou mensalidades de qualquer espécie. Nesse cenário, coordenadores de vários pontos de shoppings se reuniram no último dia 18 de setembro, nas dependências da Câmara Municipal de São Paulo para discutir a criação de uma associação que os congregue, algo fundamental para que, coletivamente, ideias e propostas para fortalecimento dos pontos e melhoria da qualidade dos serviços prestados aos passageiros sejam colocadas em prática. O desafio é enorme, inclusive pela diversidade de modos de se estruturar 10

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

e realidade de cada um desses pontos, mas, no entanto, há que se reconhecer, essa pode ser uma proposta a servir de referência aos taxistas paulistanos, caso vá adiante, já que o conjunto de taxistas que são milhares os taxistas que trabalham em shopping. À frente da empreitada está Vagner Cardoso, do Shopping Anália Franco, que há muito alimenta a esperança de ver essa associação acontecer. Segundo ele, foram muitas visitas aos diferentes shoppings explicando aos coordenadores a necessidade de se unirem para juntar forças e convidando-os a participar: “Eu não tenho dúvidas de que o ‘juntos somos mais fortes’ é pura verdade e que temos

condições de fazer as coisas acontecerem se de fato nos unirmos”. Segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers, São Paulo conta com 54 shoppings dos 562 existentes no país, números que demonstram a relevância do setor para a economia local e nacional. Mais que torcer para que a proposta vingue, a Revista TÁXI! se coloca à disposição para colaborar, esperando que essa nova associação se constitua verdadeiramente focada nas necessidades e expectativas que esses motoristas têm, para que seus pontos possam oferecer tudo de melhor aos passageiros, à cidade e à categoria.


Sua Saúde Divulgação

Outubro Rosa: uma ação pontual, mas a ser aprendida para a vida inteira

O

movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. (www.pink-october.org).

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www. komen.org).

A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que,

principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente. A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo. De outra parte, o Outubro Rosa pode e deve, muito bem, se somar a outras ações que visam oferecer uma maior atenção às mulheres, respeitando e proporcionando sua real inserção social e laboral, mesmo em profissões majoritariamente masculinas, como é o táxi. A esse respeito, aproveitamos para enfatizar a participação das mulheres taxistas no atual cenário político pelo qual passa a profissão nas discussões que tem ocorrido no Congresso e no Senado. Nesse sentido, a ilustração dessa matéria é bastante significativa e não é mera coincidência. TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

11


12

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL


TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

13


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em outubro Confira a agenda dos principais eventos da cidade que é tudo de bom! Programe-se para aproveitar o melhor de São Paulo. Para mais informações, acesse o site: visitesaopaulo.com

16 a 19 de outubro MOVIMAT Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

segunda

terça

quarta

quinta

sexta

sábado

17 a 19 de outubro VET EXPO / PET SHOP EXPO / CONPAVEPA Local: Transamerica Expo Center

17 e 18 de outubro HEALTHCARE LATAM 2017 Local: Hospital Sírio-Libanês - Instituto de Ensino e Pesquisa

19 e 20 de outubro CLAV 2017 - CONGRESSO LATINOAMERICANO DE VAREJO Local: FGV - Fundação Getúlio Vargas 19 a 21 de outubro II FIREXPO E EXPOWORK Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi 20 e 21 de outubro IMASTERS INTERCON 2017 Local: WTC Events Center 20 a 22 de outubro VIII CURSO DE INJÚRIA RENAL AGUDA Local: Hospital Sírio-Libanês - Instituto de Ensino e Pesquisa

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro

16 a 20 de outubro FENATRAN Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

17 de outubro CONFERÊNCIA MÍDIA E PERFORMANCE Local: Pullman São Paulo Vila Olímpia

16 17

23 a 27 de outubro CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA Local: Universidade Anhanguera de São Paulo Unidade Santana

18 e 19 de outubro ENERGY EXPO FÓRUM Local: Transamerica Expo Center

18 19 20 21 23

segunda

17 e 18 de outubro 2º CONGRESSO NACIONAL DAS MULHERES DO AGRONEGÓCIO Local: Transamerica Expo Center

19 a 21 de outubro X CONGRESSO BRASILEIRO DE NATUROLOGIA Local: Universidade Anhembi Morumbi - Campus Vila Olímpia 20 e 21 de outubro EPAC 2017 - SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ESTOMATOLOGIA E PATOLOGIA CIRÚRGICA DOS MAXILARES Local: Centro de Convenções Rebouças 20 de outubro CONGRESSO DE SÍNDICOS E ADMINISTRADORES Local: Teatro das Artes - Shopping Eldorado 21 de outubro 1º CONGRESSO BRASILEIRO DO MECÂNICO Local: Expo Center Norte 21 de outubro I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE TUMORES HEPATOBILIARES Local: Hospital Israelita Albert Einstein - Auditório Kleinberger

23 a 26 de outubro GARTNER SYMPOSIUM ITXPO Local: Sheraton São Paulo WTC Hotel

14

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em outubro 24 a 26 de outubro EXPO PARKING / CONGRESSO BRASILEIRO DE ESTACIONAMENTOS / TRANSPOQUIP LATIN AMERICA 2017 Local: Transamerica Expo Center

25 a 28 de outubro XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE PSIQUIATRIA Local: Transamerica Expo Center

24 e 25 de outubro 6º CONGRESSO FENAUTO Local: Centro de Eventos PRO MAGNO

terça

26 a 28 de outubro CONGRESSO INTERNACIONAL DE TÉCNICOS EM PRÓTESE DENTÁRIA Local: Expo Center Norte

24

quarta

26 a 28 de outubro COINS - CONGRESSO INTERNACIONAL DE SECRETARIADO Local: Maksoud Plaza Hotel

25

quinta

27 e 28 de outubro IV CBMTPM - CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA DO TRABALHO E PERÍCIAS MÉDICAS Local: Centro de Convenções Rebouças

sábado

26 27

sexta 27 a 29 de outubro ENCONTRO DAS EMPRESAS DE FRETAMENTO E TURISMO Local: Casa Grande Resort & SPA

24 a 26 de outubro FENALAW 2017 Local: Centro de Convenções Frei Caneca

28

26 a 28 de outubro VIII CONGRESSO INTERNACIONAL DE ATUALIZAÇÃO EM NEUROCIÊNCIAS Local: Hospital Israelita Albert Einstein - Auditório Moise Safra 26 e 27 de outubro CASE 2017 - CONFERÊNCIA ANUAL DE STARTUPS E EMPREENDEDORISMO Local: Centro de Eventos PRO MAGNO

27 a 29 de outubro ADVENTURE SPORTS FAIR 2017 Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center 28 de outubro II SIMPÓSIO DO NÚCLEO DE HEMORRAGIA E TROMBOSE Local: Hospital Sírio-Libanês - Instituto de Ensino e Pesquisa

30

segunda

30 e 31 de outubro WELLFOOD INGREDIENTES Local: Centro de Eventos PRO MAGNO

30 de outubro I SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ENFERMAGEM PARA SEGURANÇA DO PACIENTE Local: Centro de Convenções Rebouças

30 e 31 de outubro IV SINAEH - SIMPÓSIO INTERNACIONAL ALBERT EINSTEIN DE HOTELARIA Local: Hospital Israelita Albert Einstein - Auditório Moise Safra

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

15


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em novembro

1 a 3 de novembro WORLD HEPATITIS SUMMIT 2017 Local: WTC Events Center 1 a 4 de novembro CONGRESSO BRASILEIRO DE NEUROLOGIA INFANTIL Local: Maksoud Plaza Hotel

quarta

2 a 4 de novembro CURSO AVANZADO EM MEDICINA MATERNOFETEL Local: WTC Events Center

02

quinta

sexta

03

3 a 5 de novembro FIT 0/16 Local: Expo Center Norte

terça

5 de novembro III SIMPÓSIO DO TESTE CARDIOPULMONAR DE EXERCÍCIO Local: Hospital Sírio-Libanês - Instituto de Ensino e Pesquisa

06 07

7 e 8 de novembro 79ª BIJOIAS Local: Centro de Convenções Frei Caneca

7 e 8 de novembro CONFERÊNCIA EUROFINANCE Local: Tivoli Mofarrej - São Paulo

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

3 e 4 de novembro II ENAFIN - ENCONTRO NACIONAL DE FISIOTERAPIA NEUROFUNCIONAL Local: Expo Center Norte

6 a 8 de novembro HSM EXPOMANAGEMENT 2017 Local: Transamerica Expo Center

6 a 8 de novembro CIHAT E FISTUR Local: Palácio das Convenções do Anhembi 7 a 10 de novembro SALÃO CASAMODA - WINTER 18 Local: Hotel Unique

7 a 9 de novembro NT EXPO 2017 - FEIRA NEGÓCIOS NOS TRILHOS Local: Expo Center Norte

16

3 a 5 de novembro 72º CONGRESSO BRASILEIRO DE CARDIOLOGIA Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

05

domingo

segunda

01

2 a 5 de outubro FUTURECOM - BUSINESS TRADE SHOW E CONGRESSO INTERNACIONAL Local: Transamerica Expo Center

7 de novembro CONNECT SAMBA Local: Centro de Convenções Rebouças

7 a 9 de novembro CONGRESSO SAE BRASIL 2017 Local: Centro de Eventos PRO MAGNO


O que vai agitar a metrópole nas próximas semanas

eventos em novembro 8 de novembro ANNUAL STRATEGY CONFERENCE HSMAI BRASIL Local: Pullman São Paulo Vila Olímpia

sexta

9 de novembro ECM MEETING 2017 - CSC Local: Expo Center Norte

8 a 10 de novembro GEMCCON - GLOBAL ELECTROMAGNETIC COMPATIBILITY CONFERENCE Local: Escola Politécnica da USP

08

segunda

quarta

quinta

sexta

8 de novembro 8º FÓRUM DE EMPREENDEDORES Local: Grand Hyatt São Paulo

09 10

10 e 11 de novembro CIAD - CONGRESSO BRASILEIRO INTERDISCIPLINAR DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR Local: Centro de Convenções Rebouças

14

14 a 19 de novembro SALÃO DUAS RODAS Local: Centro de Convenções Rebouças

9 a 11 de novembro COUROMODA CONNECTIONS & COLLECTIONS Local: Expo Center Norte 10 e 11 de novembro II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE SÍNDROME METABÓLICA DO HIAE Local: Hospital Israelita Albert Einstein - Auditório Moise Safra

15

domingo

segunda

9 de novembro ABA SUMMIT Local: InterContinental São Paulo

16 a 18 de novembro XXI CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES Local: Transamerica Expo Center

16

16 a 18 de novembro CONIERGO - CONGRESSO INTERNACIONAL DE ERGONOMIA APLICADA Local: Novotel Jaraguá São Paulo Conventions

15 a 18 de novembro 17º CONGRESSO PAULISTA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA Local: Centro de Convenções Rebouças

16 a 18 de novembro INTERCONSTRU - FEIRA INTERNACIONAL DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO E ILUMINAÇÃO Local: Expo Center Norte

Agenda de eventos: O São Paulo Convention & Visitors Bureau é uma Fundação sem fins lucrativos mantida pela iniciativa privada, sua missão é promover, captar, gerar e incrementar eventos que aumentem o fluxo de visitantes a São Paulo. As datas e locais dos eventos podem ser alterados, consulte sempre a agenda de eventos no site do São Paulo Convention & Visitors Bureau: visitesaopaulo.com - atendimento@visitesaopaulo.com

Uma parceria com o taxista e um serviço a mais para o passageiro

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

17


Capa

Matéria de Capa

Por Adilson Souza de Araújo

PLC 28/2017 pela regulamentação de aplicativos, tem primeira audiência pública no Senado Agência Senado

Depois de aprovado na Câmara dos Deputados, em abril desse ano, o PLC 28/2017 finalmente começou a ser discutido no Senado.

Edmilson Americano: não se fala em proibição, mas em regulamentação.

R

epresentantes da Uber e outros aplicativos similares têm feito um esforço imenso para convencer a opinião pública de que o PL 28 pretende acabar com sua atividade, mas seu objetivo é tão somente regulamentar e estabelecer normas mínimas para o serviço. Em verdade, a empresa americana não tem o qualquer interesse em ser regulamentada, pois seu modelo de negócio é pautado na estratégia de “atirar primeiro e perguntar depois”: ao chegar ao Brasil, dizendo-se um aplicativo de carona, quando era, sim, desde o princípio, um serviço pago, criou um fato para, com a força do dinheiro para muita propaganda, ações de marketing, matérias elogiosas na grande imprensa e sabe-se lá o que mais, foi forçando a reinterpretação ou desconsideração de leis, como tem sido feito com o Código de Trânsito Brasileiro, que exige placa 18

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

vermelha para veículos de transporte individual de passageiros, ou a lei que regulamenta a profissão de taxista. Na audiência, lideranças taxistas de todo o país estiveram presentes, apresentando suas considerações e contraposições aos argumentos anti-regulamentação. Edmilson Americano, presidente da Abracomtaxi e da Guarucoop, relatou uma série de casos de violência de toda ordem, de assédios a estupros, de abusos na tarifação a seqüestros. De fato, o número de reclamações contra a Uber, por exemplo, em sites de reclamações como o Reclame Aqui, tem crescido em proporções gigantescas nos últimos tempos. “A Uber não quer regras. Regras protegem o cidadão contra isso. Tem que ter autorização das prefeituras. Tem que ser fiscalizado. Tem que ter

placa vermelha”, argumentou Americano. Do Rio de Janeiro, André Oliveira, chamou a atenção para a necessidade de regras para o serviço, inclusive para que motoristas de Uber e outros aplicativos não sejam explorados: “Quem está ganhando com isso é apenas a empresa. Tem um monte de trabalhadores, taxistas e desses aplicativos, passando fome. Motoristas reclamam dos valores pagos por quilômetro rodado”, afirmou André. Na mesma linha, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), chamou a atenção para a responsabilidade do Senado em garantir os direitos aos motoristas do Uber e assegurar condições concorrência equilibradas no mercado para os taxistas. “Não sei se tenho mais pena dos taxistas ou dos trabalhadores do Uber. O modelo do Uber é de semiescravidão. Tem que ter regulamentação, tem que pagar imposto”, afirmou Lindbergh Farias.


Divulgação

André do Táxi: muitos trabalhadores, do Uber e taxistas, passando fome.

Defesa da mobilidade, mas... Um dos argumentos mais usados à não regulamentação dos aplicativos seria o do benefício que eles trazem à mobilidade urbana, que diminuiria o trânsito e seria benéfico ao consumidor. No entanto, esse argumento não justifica em nada a não regulamentação. Mais que isso, é preciso que se diga que a estratégia da Uber e outros aplicativos é provocar uma derrocada do serviço de táxis, praticando tarifas nada realistas para, então, monopolizar o mercado. Até lá, seus motoristas arcarão com o ônus dessa estratégia, já que os interesses da empresa estão garantidíssimos: independentemente do cenário, como mais ou menos motoristas, com mais ou menos passageiros, os 25% da empresa estão sempre assegurados, tudo sem grandes preocupações com responsabilidade civil ou custo de impostos. Não é só no Brasil que os problemas vão sendo notados. Noutros países, como Inglaterra e Canadá, a Uber vem enfrentando reveses. Curiosamente, diferente do que acontece no Brasil, na Inglaterra, por exemplo, a empresa pergunta às autoridades o que ela deve fazer para se ajustar às normas locais, enquanto que, aqui, sua postura é de

afrontar autoridades e legislação, tudo, e sempre, em benefício próprio, sem um compromisso com a sociedade, exceto a manutenção de seus 25% a qualquer custo. Próximas etapas no Senado O PLC 28/2017 traz uma série de exigências para regulamentar os serviços de transporte remunerado individual por meio de aplicativos, como autorização prévia das prefeituras e o uso de placas vermelhas como modo de fiscalização efetiva e, também, cumprimento da exigência do Código de Trânsito Brasileiro. O projeto, em análise na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), tem a relatoria do senador Pedro Chaves (PSC-MS), mas ainda poderá ser votado diretamente no Plenário se for aprovado o requerimento (RQS 793/2017) de urgência apresentado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE). O relator, Senador Pedro Chaves, em suas manifestações, diz preferir o texto do PLC 530, absolutamente permissivo aos aplicativos, que tramita junto com o PLC 28/2017. Mas, nada está definido, pois o assunto é polêmico e outros senadores não estão de acordo com isso. Nesse cenário, as lideranças taxistas seguem em regime de mo-

bilização permanente, visitando senadores para explicar o projeto e buscar apoio. Próximos passos da Categoria Dentre as lideranças que tem estado em Brasília, Ismael Nogueira, da Rádio Táxi Vermelho e Branco, reconhece que a situação é delicada, mas que a categoria precisa ser forte e manter a persistência para buscar um resultado positivo: “Nós temos que perder um pouco do medo e, em minha opinião, ir para o embate, para o tudo ou nada porque, se o PLC 28 for barrado, ele volta para a Câmara e teremos que começar tudo de novo; ao mesmo tempo, se retirar a questão da placa vermelha, descaracteriza o PLC 28 e, do mesmo jeito, volta para a Câmara”, considera Ismael. Segundo ele, o interesse da Uber é forçar a aprovação do PLC 530: “O lobby da Uber é muito forte; eu nunca tinha visto tanta gente deles, inclusive motoristas, defendendo o PL 530. Ainda assim, há, muitos motoristas deles que afirmam que o PLC 530 prejudica a eles e aos taxistas; mas há,claro, os motoristas ‘infiltrados’, que defendem o 530 que beneficia exclusivamente a Uber, que leva divisas para fora do país.” Por último, Ismael faz considerações bastante lúcidas sobre a situação e o trâmite de todo o processo, que se arrasta: TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

19


motoristas e colaboradores e conscientização de que transportamos vidas com responsabilidade, respeito, comprometimento e profissionalismo, pois nosso trabalho não é mero complemento financeiro, sem controle, ilegal e explorador. Nosso investimento em material humano, ferramentas tecnológicas e renovação de frota leva à prestação de um excelente serviço, por um valor acessível, com qualidade, segurança. Tudo isso é primordial para nos mantermos competitivos”, completa Ismael. Marcha a Brasília As lideranças reunidas em Brasília aprovaram a convocação dos taxistas para uma nova marcha a Brasília, para sensibilizar o senado pela aprovação do PLC 28/2017. Segundo Edmilson Americano, a Ismael Nogueira, da Vermelho e Branco: lutar pela regulamentação e buscar a qualificação permanente do taxista e dos táxis

“A categoria não aguenta mais e os senadores ficam no empurra-empurra e ‘escorregam’, sem oferecer respostas concretas; seguimos lutando pelo PLC 28, tentando fazer o melhor, e a categoria precisa se manter unida e compreender a situação. Com a recessão que enfrentamos e com a concorrência sucateando o setor de transporte individual de pessoas, na Vermelho e Branco, por exemplo buscamos reestruturar o modelo de trabalho, considerando qualidade e custo, para atender nossos clientes, cada vez mais exigentes. Disso tudo resultou, por exemplo, a unificação das tarifas de taxi na cidade de São Paulo, uma possibilidade de combater a concorrência predatória. O nosso serviço é excelente, uma referência para outros estados e traçamos objetivos para manter a qualidade no atendimento, veículos novos e, acima de tudo, focamos na gestão das pessoas que prestam os serviços, investindo na qualificação de nossos cooperados, com cursos de direção defensiva, reciclagem de 20

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

grande Mobilização Nacional, com uma Marcha a Brasília pretende reunir o maior número possível de taxistas e táxis, de todos os estados da federação, para exigir o compromisso dos senadores que prometeram seu voto favorável ao PLC 28/2017 na íntegra e sem alterações. A proposta é que os taxistas saiam de suas cidades a tempo de chegarem em Brasília dia 17 de outubro, pela manhã, bem cedo, e lá permanecer até a noite do dia 18 ou do dia 19. A contar pela movimentação que se tem observado nas mídias sociais, a logística está sendo montada nos quatro cantos do país e o chamado foi recebido com entusiasmo e esperança pelos taxistas, categoria que não desiste e que percebe, mais que nunca, a importância da união para se fazer mais forte.


TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

21


Melhor Serviço Informe Publicitário

Estressado? Faça uma massagem

F

Mais do que uma preocupação com a aparência, o cuidado com si mesmo pode proporcionar vários benefícios para a saúde

22

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

Divulgação

oi-se o tempo em que a preocupação com a própria estética e saúde era coisa de mulher. Hoje, bons centros de estética oferecem diversos serviços, pautados não apenas pela preocupação com a aparência física, mas especialmente para a saúde e bem-estar dos clientes. A massagem e o shiatsu fazem parte desta gama de serviços e são indicados para amenizar dores acumuladas no dia a dia, especialmente na região cervical, e também para relaxamento. “A diferença entre a massagem e o shiatsu é que, enquanto na massagem os movimentos são realizados com cremes e deslizamentos, o

3392-1524


3392-1524

Localizado na Rua Jaboatão, nº 142, a clínica Rose Estética firmou parceria com a Revista TÁXI! com preços promocionais. Uma limpeza de pele, que custa R$ 120 reais, terá um desconto de 50% para taxistas. Aproveite! Divulgação

linfática também é indicada para aliviar inchaços e reduzir medidas. “Mas ela não reduz índice de gordura e não deve ser feita em pessoas que já tiveram câncer. Tratamentos estéticos também não são indicados para pessoas que sofrem de dores crônicas, pois, em vez de ajudar, as técnicas podem piorar o quadro que exige avaliação clínica”, adverte a esteticista. Fim à acne Outro serviço muito procurado em centros estéticos que promove uma sensação de bem-estar surpreendente é o de limpeza de pele. No caso de taxistas, o procedimento é importante para ajudar no controle e erradicação da acne (espinhas e cravos), e também para remover as impurezas acumuladas no dia a dia. “Mesmo imperceptível, a poluição da nossa cidade traz uma série de substâncias que entram nos poros da pele. Com a limpeza, a pele do cliente fica livre de impurezas e bastante macia”, finaliza Roseli.

Divulgação

shiatsu é feito apenas com o polegar, que pressiona os pontos de tensão no corpo, a fim de soltar a musculatura. É indicado para quem tem dores lombares, no ombro e em outras regiões que acumulam tensão”, explica a esteticista Roseli Neves Dias, responsável da clínica Rose Estética. Remoção de impurezas Relaxamento corporal, redução de retenção de líquido e ativação da circulação sanguínea. Estes são os principais benefícios da drenagem linfática, técnica de massagem que tem por objetivo estimular o sistema linfático – rede de vasos que movem fluidos pelo corpo. “A técnica é feita com movimentos lentos, que agem como se fossem uma vassourinha no nosso organismo, tirando as impurezas do corpo, hematomas, dores na perna e a retenção de líquido”, continua Roseli. Bastante indicado para taxistas, que passam horas trabalhando na mesma posição e bastante propensos à retenção de líquido, a drenagem

Serviço Rose Estética Rua Jaboatão, 142 - Casa Verde - SP Fone: 11 3392-1524

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

23


24

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL


Divulgação

TÁXI! EDIÇÃO ESPECIAL

25


Revista TÁXI! Ed. Especial