Page 1

M AG A Z I N E R E V I S TA / A N O 2 E D. 1 0

MONTE UMA SALA DE ESTAR POR MENOS DE R$ 2.500,00

DEFINITIVAMENTE PIRITUBA É A BOLA DA VEZ

PREÇO DE IMÓVEIS NO BRASIL VOLTA A DESACELERAR EM JUNHO

VOCÊ SABE O QUE SÃO PINUS?

ZETA PLUS C

O

N

S

T

R

U

T

O

R

A


MONTE UMA SALA DE ESTAR POR MENOS DE R$ 2.500,00

DEFINITIVAMENTE PIRITUBA É A BOLA DA VEZ

PREÇO DE IMÓVEIS NO BRASIL VOLTA A DESACELERAR EM JUNHO

VOCÊ SABE O QUE SÃO PINUS?


EXPOSIÇÃO DOS MAYAS NA OCA DO IBIRAPUERA

A Oca recebe do dia 10 de junho a 24 de agosto a maior exposição sobre a Civilização Mayas á feita no Brasil: Mayas: revelação de um tempo sem fim. São centenas de objetos que ultrapassam o valor estético da arte maia do período pré-hispânico, mostrando o estilos de vida, organização sócio-política, consciência histórica, religiosidade e a cosmovisão desta antiga cultura.

A exposição tem uma seção introdutória com a visão geral da área geográfica, grupos mayas e uma linha do tempo. Já no subsolo, oito eixos temáticos ocupam uma área de 3 mil m², que abordam: O homem frente à natureza; Comunidade e vida cotidiana; O coração das cidades; O homem à frente do tempo e dos astros; As elites governantes e sua historiografia; As forças sagradas; O homem e os deuses: os rituais; ‘Entrar no caminho’: ritos funerários.

INFORMAÇÕES: Exposição ‘Mayas: revelação de um tempo sem fim’ (entrada franca) Data e horário: de terça a domingo, das 9h às 17h (de 10/06 a 24/08) Sobre a Oca, vide: Oca Ibirapuera


MONTE UMA SALA DE ESTAR POR MENOS DE R$ 2.500,00

Inspirada em um projeto assinado pela arquiteta Daniela Berardinelli, monte uma sala de estar com sofá, tapete e dois pufes na cor vermelha.

O vermelho intenso, queridinho da moradora, comparece na poltrona, nas almofadas e nos pufes desta sala de estar projetada pela arquiteta Daniela Berardinelli. O sofá da Dpot saiu por R$ 2700,00 o tapete é da Clatt (R$ 3500) e os pufes (Fernando Jaeger) custaram R$ 523 cada. Confira abaixo como montar um ambiente parecido com menos dinheiro.

1. Possui estrutura de pínus, espuma com densidade D28 e revestimento de suede o sofá retrátilTauri, da Ristretto. O modelo de três lugares mede 2,27 x 0,87 x 0,88 m e, aberto, chega a 1,33 m de profundidade. Loja Casa by Mobly, R$ 1 299.

2. Grafismo ondulado se destaca no tapete de polipropileno Sevilha Areia (ref. 002), da Niazitex. Tapetes na Web , R$ 818,43 (3 x 2 m).

3. Revestido de matelassê de sarja, o pufe Morás Vermelho (45 cm de lado) apresenta estrutura de eucalipto e MDF. Oppa , R$ 119.


DEFINITIVAMENTE

PIRITUBA

É A BOLA DA VEZ

PIRITUBA

Até pouco tempo atrás apenas algumas pessoas do bairro saberiam dizer o que significa Pirituba. Agora todo mundo anda publicando as mais loucas denições semânticas, divulgam dados esquizofrênicos, minimizam a história, as conquistas, o povo. A iminente escolha do nosso bairro para a construção da Arena que vai abrir a Copa de 2014 tem provocado uma enxurrada de equívocos. O bom jornalista deve, no mínimo, saber do que está falando. Na matéria intitulada “Pirituba na Copa de 2014? É o que o bairro mais quer”, o repórter do jornal O Estado de São Paulo, Diego Zanchetta, disse que a região é caracterizada por “casinhas e algumas favelas”, “tem apenas a Av. Raimundo Pereira de Magalhães como acesso” e que “tem loteamentos de alto padrão nas partes baixas e conjuntos da COHAB no alto do morro”.

O blogueiro Milton Jung disse que o apelido “Piritubão melhoria na qualidade de vida das pessoas. já não contribui para a imagem do projeto”. Será assim no resto do país, nas praças que É óbvio que Piritubão não passa de um apelido…, merecerem receber jogos do mundial de 2014. Se mas pensar que isso diminui a seriedade da coisa… é Pirituba for con rmada, viva. preconceito. Dizer que a região não tem estrutura para receber um estádio de Copa do Mundo me fez Ah, para acrescentarmos algo no banco de buscar imagens da construção do Morumbi. informações do repórter do Estadão: Encontrei, em preto e branco, uma gigantesca obra no meio do NADA. Em todos os comentários Pirituba tem acessos pelas Pontes do Piqueri, Atílio subjetivos sobre a Arena em Pirituba percebo um Fontana, Remédios e Av. Raimundo Pereira de misto de desinformação e ciúme. É importante Magalhães; está estrategicamente posicionada entre lembrar que esta região, que envolve 1 milhão de as rodovias Anhanguera, Bandeirantes e Rodoanel, habitantes de Pirituba, Jaraguá e Parque São tem 5 grandes parques e problemas, como todos os Domingos, não tem culpa do Morumbi estar bairros que cam a mais de 10 km do centro da hipoteticamente fora da disputa. É claro que a cidade. Anote tudo aí. Pode ser útil na próxima e construção da Arena poderá trazer com uma rapidez inevitável reportagem sobre esta região. incrível os anseios de décadas. Esse é o legado que um grande evento pode deixar, oferecendo uma


PREÇO DE IMÓVEIS NO BRASIL VOLTA A DESACELERAR EM JUNHO

O preço do metro quadrado de imóveis novos e usados anunciados em 16 cidades brasileiras voltou a desacelerar em junho, de acordo com o índice FipeZap Ampliado, divulgado nesta quinta-feira, que estima alta abaixo da inflação no acumulado do primeiro semestre do ano.


O indicador cresceu 10,9 por cento em 12 meses até junho, na comparação anual. O valor do metro quadrado no período acumulado até maio cresceu 11,7 por cento e 12,2 por cento até abril, ambos em relação ao mesmo período do ano anterior.

acumulada em 12 meses até junho, foi registrado o menor aumento desde o início da série histórica em 2008, de 12,5 por cento. De acordo com o indicador, cinco das dezesseis cidades monitoradas cidades tiveram queda nominal do preço médio na comparação mês a mês: Brasília (-0,18 por cento), Curitiba (-0,51 por cento), Vila Velha (-0,21 por cento), Santo André (-0,25 por cento) e São Bernardo do Campo (-0,25 por cento). O preço médio do metro quadrado em junho foi de 7.531 reais. A cidade com preço mais alto foi o Rio de Janeiro, a 10.648 reais. O valor mais baixo ocorre em Vila Velha (ES), de 3.934 reais.

Entre janeiro e junho, o crescimento foi de 3,49 por cento. Considerando a variação esperada para o IPCA de junho (de 0,34 por cento, segundo o boletim Focus do Banco Central), a variação do preço médio anunciado das 16 cidades monitoradas será menor do que a inflação do primeiro semestre (3,68 por cento). “Ou seja, o preço dos imóveis subiu menos do que a média dos demais preços da economia. Houve, portanto, queda real de preços”, segundo o comunicado de divulgação do indicador. Já São Paulo praticamente empatou com Brasília e registrou em junho o segundo maior preço Em relação às variações mensais, o Rio de Janeiro anunciado entre as cidades monitoradas pelo teve alta de 0,37 por cento em junho em relação a indicador, com valor médio de 8.124 reais ante maio, a menor desde março de 2008. Na variação 8.122 reais da capital federal.


PORTO 40

Residencial

SALA DE GINÁSTICA

CRECI 094196

PLAYGROUND

CHURRASQUEIRA

DESCONTOS DE ATÉ 20 MIL ÚLTIMAS UNIDADES R$

319.999,00 APART. FINAL 34

ÁREA DE LAZER PARA FAMÍLIA 2 DORMITÓRIOS 1, 2 e 3 VAGAS 1 VAGA DE MOTO + 1 DEPÓSITO

PLANTÃO NO LOCAL 3932.5052 • 3585.5000 • 99524.2525

construtorazetaplus.com.br

REALIZAÇÃO:

OBRA FINANCIADA PELA Dados do Projeto: Início das Obras Dez/2011 Final das Obras Junho/2014. Previsão de Entrega das Chaves:Junho/2014. Financiamento das Unidades pelo SFH

R. COMENDADOR GABRIEL COTTI, 113 Alt. Av. Paula Ferreira, 2227 Próx. Shopping Pirituba


Essas imagens são revista dinamarquesa de decoração BoligLiv. E chegamos a conclusão de que: branco aceita tudo né? Até o sofá marrom, ficou bonito aqui.

Nem precisa ter medo de pirar na estampa do sofá, ou no quadro da parede.

O bom é que o que falta de cor nas paredes e piso, pode sobrar nas portas, móveis, tapetes, têxteis e acessórios. Muito difícil errar a mão assim.


VOCÊ SABE O QUE SÃO

PINUS?

Esta madeira se popularizou na construção civil, atuando na fabricação de formas de concretagem. Mas nos dias de hoje, ela está presente em inúmeros objetos do nosso cotidiano, como cabos de vassoura e palitos de dente, e até mesmo na fabricação das chapas de MDF e MDP que compõem a maior parte dos móveis produzidos pela indústria. Se já não bastasse todo esse mundaréu de pinus a nossa volta, eis que ainda resolvemos aproveitar os

paletes, carretéis e caixotes descartados trazendo ainda mais dessa madeira para nossas casas. E não há motivos para não adorarmos o pinus. Além de seu belo grafismo, que mistura veios e nós, ele também é uma madeira que pode ser considerada ecológica, já que é cultivada para este fim, não sendo proveniente de desmatamentos.


A indústria de móveis adora esse material, pois além de ser macio e fácil de trabalhar, e ter um preço super competitivo, ela também possui uma tonalidade clara que favorece muito a sua customização, fazendo com que fique semelhante a qualquer outra madeira após uma simples aplicação de corante antes do acabamento final. Já os “desenrolados” que adoram fazer seus próprios móveis, tem mais alguns motivos para adora-lo, dentre eles, a facilidade de achar em qualquer lugar. Geralmente essa madeira é vendida em pranchas com três metros de comprimento, na espessura de dois centímetros e larguras que variam entre 20 e 30cm. Tendo a opção de comprá-las brutas, o que é mais comum para a construção civil, ou “aparelhada”, que são as pranchas com a superfície mais bem acabada utilizada para a confecção de móveis. Aqui na nossa cidade a prancha de 30cm e 3metros de comprimento custa R$25,00, e é possível fazer várias prateleiras, alguns bancos ou seja lá o que sua imaginação permitir.


porto40

ESTAMOS REALIZANDO

SONHOS

S ZETA PLU C

AGUARDEM NOVOS LANÇAMENTOS zetaplus.com.br

O

N

S

T

R

U

T

O

R

A

R. Pres. Antônio Candido, 330 cj 151 Lapa - São Paulo - SP

11. 38370384

Profile for Porto40

Revista viver bem julho  

zETA PLUS

Revista viver bem julho  

zETA PLUS

Profile for porto40
Advertisement