Page 1

“ González Bravo é um artista de grande sensibilidade, raro a conseguir transmitir-nos todo o deleite da obra, quer dizer, o subtil acorde que nos transcende e supera.” (Damien Bouquet)

A Galeria de São Mamede tem o prazer de anunciar uma exposição de González Bravo - um nome incontornável da arte contemporânea ibérica – a partir do dia 18 de Janeiro até 6 de Março. Nesta exposição Gonzalez Bravo irá apresentar pinturas sb papeis de grande dimensão. González Bravo nasceu em Badajoz em 1944, mas reside em Portugal desde 1970. Expõe individual e regularmente desde 1981 em Portugal, na Alemanha e em Paris onde editou um livro com grande parte da sua obra, intitulado “Euvres 1990-2000”. Mais recentemente fez uma exposição retrospectiva em Badajoz no MEIAC – Museu de Arte Contemporânea. Está representado em importantes colecções privadas. González Bravo reflecte na sua arte um ensinamento maior da pintura do século XX, do movimento que foi conhecido por Informalismo Matérico, e que o liga a Antoni Tàpies. Percebe-se na obra já vasta de González Bravo a progressiva adopção de uma estética abstraccionista em que a inclusão de elementos figurativos e de letras contribuem para uma pintura próxima do expressionismo abstracto, mas em que a matéria é elemento preponderante da expressividade do quadro. Com uma grandiosa soberania e expressão artística, González Bravo confere aos seus trabalhos uma visão própria da natureza e do quotidiano conhecido, transformando-os numa realidade diferente, com valores próprios e mais espiritual. Ele entende a arte como


um elogio á natureza. Em anexo, imagens de algumas obras desta exposição. Caso necessite de imagens com maior dimensão, não hesite em contatar-nos. Com os nossos cumprimentos,

Francisco Pereira Coutinho Galeria São Mamede

Galeria São Mamede  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you