Page 1

DISTINGA O TRIGO DO JOIO

“Não há nada mais inestético que um lacado enrugado, sujo ou riscado. Não existindo criatividade capaz de disfarçar tal imperfeição” Os lacados estão, de facto, na moda, embora, no momento actual do mercado Português, algumas Empresas na tentativa de obter lucros fáceis e devido a instabilidade económica que atravessamos, estão a apresentar produtos lacados que realmente não o são, ou seja vendem gato por lebre. Os lacados são de difícil elaboração e constituem uma forma de acabamento com a qual a maioria dos fabricantes de portas e seus componentes ainda não estão totalmente familiarizados. Não nos podemos nunca esquecer de que uma porta adequadamente lacada é mais bela e mais confortável, cumpre melhor a sua função decorativa e é mais fácil de manter bonita durante mais tempo. As portas são um objecto com o qual convivemos diariamente, com o qual estabelecemos relações fortes e duradouras. É, simultaneamente, um regalo para os nossos olhos e um objecto de extrema utilidade. Daí, que a porta mereça um bom lacado, sobretudo um lacado adequado ao estilo, ao modelo e ao fim a que se destina. Infelizmente, existe ainda muito desconhecimento quanto às várias formas de lacar que hoje se encontram à disposição dos fabricantes de portas e seus componentes. De facto, o velho conceito do lacado, que em alguns casos ainda persiste, está há muito ultrapassado. Pedimos ao leitor que atente à seguinte receita dada por um técnico de uma revista de decoração à pergunta de uma leitora que pedia aconselhamento para lacar um móvel: -“ Ora é bem fácil. Convém passar primeiro uma lixa fina, n 220 E aplicar tinta de esmalte sintético, com uma trincha ou pincel macio. Pode-se dar as demãos necessárias até que fique como queremos. Entre demãos convém sempre passar lixa, depois de seco claro. Embora não esteja errada, a técnica reporta aos nossos avós. Industrialmente, as técnicas ao dispor para a execução de uma excelente e estável lacagem são variadas e vão desde as técnicas de aplicação por rolos, cortina ou pistola e secagem por lâmpadas ultra-violeta até às técnicas de acabamento com pistola manual, utilizando primários de poliéster ou poliuretano e acabamentos com esmaltes de poliuretano. Também existem imitações de lacados, realizadas em papel melaminico, em pvc ou em fórmica. Uma superfície lacada deve imitar na perfeição, a resistência e a estabilidade de um vidro colorido. Por outro lado, ao contrário do vidro, deve conferir à superfície lacada o toque sedoso e o “calor” que é característico dos produtos decorativos de complexa elaboração. Rua dos Laminadores Lote 4 Parque Industrial do Seixal – Fase II 2840-586 Aldeia de Paio PiresTelefone (+351) 21 210 11 26 Fax (+351) 21 210 11 26 e-mail portmaid@gmail.com

GPS: N 38.613992º, W 9.079455º

www.facebook.com/portmaid


Nos lacados, o valor acrescentado da mão-de-obra intensiva que lhe é aplicada e as elevadas gramagens que garantem a estabilidade ao longo do tempo, conferem ao produto acabado uma mais valia. O lacado, pode ser verdadeiro ou pode ser “falso” e resultar da utilização de imitações com PVC ou fórmica. Então, como distinguir o “bom” do “menos bom”? A resposta é simples: Coloque-se numa posição frontal à superfície lacada e observe-a, de preferência contra a luz, num ângulo de 10 a 45 º. Se a superfície que tem à sua frente se apresentar perfeitamente lisa e sem ondas ou enrugamentos, e se ela estiver acabada há mais de quinze dias no mínimo, estará perante um lacado muito estável e bem elaborado. Porém, também pode estar perante uma chapa de fórmica ou um vidro colorido. Se observar de seguida os cantos, verifica de imediato se o produto é vidro, ou fórmica, o vidro apresenta o canto específico de espessura entre 3 e 6 mm e a fórmica normalmente aparece ligeiramente estalada no corte ou, não tendo estalado, tem uma espessura de cerca de 1mm à vista ou disfarçado com uma orla de alumínio, fórmica ou PVC. O lacado, para além de possuir um tacto mais sedoso e quente, mantém-se uniforme desde a superfície até ao canto. Se a superfície que tem à sua frente se apresenta enrugada ou ondulada, então está perante um lacado de má qualidade (mal executado, com deficit de produto, ou aplicado sobre um MDF inadequado). Também pode ser que o que está à sua frente seja um PVC. Num caso e noutro, está, de qualquer forma, perante superfícies de custo mais baixo, normalmente utilizadas nas carpintarias mais baratas e sem valor acrescentado. Os aspectos que encarecem a elaboração de superfícies lacadas são a elevada utilização de mão-de-obra, quer na aplicação, quer no polimento, a complexa e cuidada manipulação e os longos tempos de secagem que são exigidos para poder mexer nas superfícies depois de acabadas.

Rua dos Laminadores Lote 4 Parque Industrial do Seixal – Fase II 2840-586 Aldeia de Paio PiresTelefone (+351) 21 210 11 26 Fax (+351) 21 210 11 26 e-mail portmaid@gmail.com

GPS: N 38.613992º, W 9.079455º

www.facebook.com/portmaid

DISTINGA O TRIGO DO JOIO  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you