Page 1

Relatório de

impacto Prestação de contas do trabalho de campo, relatório da auditoria financeira e atuação da Portas Abertas Brasil em 2011


Relatório de Impacto - Portas Abertas Brasil® Publicação Anual Secretário geral: Carlos Alfredo de Sousa Edição de texto: Vanessa Portella Revisão: Deborah Stafussi Arte: Rodolfo Lauber Jornalista responsável: Vera Haddad - MTB 21.961 Impressão: AR Fernandes Tiragem: 25.400 Data de fechamento desta edição: 4 de maio de 2012

1


“Jesus era movido por compaixão pelas pessoas, porque eram como ovelhas sem pastor. Temos de orar primeiro e, depois, buscar conhecer o coração de Deus; só assim encontraremos amor e compaixão. Aí poderemos ouvir o chamado de Deus para algum lugar ou povo específico. Deus dará a direção e os meios para ir, inclusive os dons e talentos, os recursos e tudo o que for necessário.” Irmão André no livro Operação Nínive – 39 dias com Jonas

Este é um dos trechos impactantes do mais recente livro lançado pela Portas Abertas Brasil e, creio, define grande parte do trabalho da organização em todo o mundo. Através da oração e do conhecimento de Deus, nosso coração se comove pelos necessitados. Também por meio da oração, eles apresentam suas necessidades a Deus, que faz com que nós, por Sua imensa graça, tenhamos a condição de ajudá-los. Vendo os dados e resultados apresentados neste relatório, dou Glória a Deus por ter nos permitido fazer parte do serviço à Igreja Perseguida por mais um ano, observando os frutos do trabalho dos que oraram, contribuíram e estiveram lado a lado com nossos irmãos. Você, querido parceiro, faz parte da história que Deus está escrevendo em toda a Terra. Louvo a Deus por sua vida e espero poder contar com você para mais um ano juntos, vendo Deus confirmar a obra das nossas mãos (cf. Salmo 90). Sobre o relatório do Brasil, é importante ressaltar que, seguindo a boa prática de governança, no ano de 2012 pudemos contar com os serviços de uma nova empresa de auditoria externa. Tudo para garantir a transparência e confiabilidade na aplicação de recursos. Caso você tenha alguma dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato comigo pelo email secretariogeral@portasabertas.org.br. A Deus seja toda a glória! Pr. Carlos Alfredo de Sousa Secretário geral Portas Abertas Brasil


Pr. Carlos Alfredo entregando materiais bĂ­blicos de estudo da Portas Abertas em Bangladesh

3


sumário RELATÓRIO DO CAMPO

Relatório do Brasil

Distribuição

Auditoria

Projetos que permitem aos cristãos perseguidos terem acesso ao conhecimento bíblico

Parecer dos auditores independentes

página 28

Ações dos brasileiros para com a Igreja Perseguida em 2011

página 32

Atividades com a Igreja brasileira em 2011

página 34

Agradecimento

página 36

página 8

Treinamento Projetos que capacitam os cristãos na Palavra de Deus e os prepara para momentos difíceis

página 14

Ajuda Socioeconômica Projetos que levam alívio financeiro aos cristãos perseguidos

página 20 5


Relat贸rio do campo 7


DISTRIBUIÇÃO

3,1 milhões

de materiais distribuídos aos cristãos perseguidos


9


Distribuição por região Região Itens entregues África 65.623 América Latina 82.495 Ásia Central 469.589 China 1.387.532 Coreia do Norte 46.950 Índia 64.838 Oriente Médio 852.938 Sudeste Asiático 135.921 Total 3.105.886

Sudeste Asiático 4%

América Latina 3% África 2%

Ásia Central 15%

China 45%

Oriente Médio 27%

Comparação com 2010 Tabelas de itens entregues aos cristãos perseguidos Região Distribuição África 43.387 América Latina 24.728 Ásia Central 418.537 China 2.127.283 Coreia do Norte 38.840 Índia 30.626 Oriente Médio 612.842 Sudeste Asiático 114.310 Total 3.410.553

Índia 2%

Coreia do Norte 2%

“Houve um curto período em que não checavam a fronteira da Líbia com o Egito. Como resultado, mais Bíblias foram entregues em 2011 do que jamais foi entregue no país durante todos os 42 anos de governo de Muammar Gaddafi”, disse um colaborador da Portas Abertas.


11


Cerca de 3 milhões de materiais cristãos foram distribuídos em 2011 pela Portas Abertas. Os cristãos perseguidos tiveram acesso a Bíblias, Bíblias infantis, materiais para treinamento, além de literaturas produzidas em várias mídias como CDs, DVDs, cartões de memória e pequenos arquivos em PDF. Houve aumento significativo na distribuição de materiais na maioria das regiões onde a Portas Abertas atua: África, Egito, Índia, Oriente Médio e América Latina. Também houve aumento na Coreia do Norte, Sudeste asiático e na Ásia Central. Já na China, embora as entregas tenham caído 35%, a Portas Abertas providenciou cerca de 1.4 milhões de literaturas. Novas oportunidades de distribuição de Bíblia finalmente se materializaram na Eritreia depois que estruturas alternativas foram estabelecidas. A distribuição na América Latina teve um aumento de 234% em

comparação a 2010. A maioria dos materiais foi entregue na Colômbia para suprir um novo programa de treinamento que teve início em 2011 e tem 63 tópicos diferentes. Em Cuba, houve mais oportunidade de entregar Bíblias e materiais de treinamento porque mais grupos de viajantes cristãos visitaram a ilha. Para as crianças nigerianas, as Bíblias Infantis são essenciais, especialmente neste momento em que as autoridades escolares as obrigam a frequentar as aulas de Religião Islâmica. A Portas Abertas distribuiu 1.178 Bíblias para crianças de 81 igrejas com o objetivo de fortalecê-las e treiná-las para alcançar as promessas de Deus em Sua Palavra para que permaneçam firmes contra as pressões dos vícios e do islã. No Egito foi entregue um total de 60% a mais de literatura bíblica, ou seja, mais de 207.500 exemplares.

13


TREINAMENTOS

263 mil

cristãos participaram de treinamentos, seminários e cursos que fortalecem a fé em Cristo

15


Treinamento por região Pessoas treinadas Região 34.157 África América 2.164 Latina 7.791 Ásia Central 343 China 5.085 Coreia do Norte 8.248 Índia Oriente 175.058 Médio Sudeste 30.696 Asiático 263.542 Total

Comparação com 2010 Tabelas com o número de cristãos treinados

Região Treinamento África 37.431 América Latina 1.209 Ásia Central 12.466 China 6.112 Coreia do Norte 5.370 Índia 5.943 Oriente Médio 56.152 Sudeste Asiático 34.782 Total 159.465

Sudeste Asiá/co   12%   África   13%   Oriente  Médio   66%  

América La/na   1%  

Ásia Central   3%   China     0%   Índia   3%  

Coreia do  Norte   2%  

Em 2011, os treinamentos para os cristãos perseguidos aumentaram em mais de 65%. Somente no Egito houve acréscimo de 353% e nos outros países do Oriente Médio de 461%. Mais pessoas foram treinadas na América Latina (79%) e na Índia (39%). O maior declínio em treinamentos ocorreu na China (-94%), uma vez que o treinamento mudou de intensivo para cursos de longa duração e tem mais potencial na transformação de pastores locais e líderes de igrejas. Houve pequena redução na região do Golfo, Coreia do Norte e Sudeste Asiático em 2011, com maior declínio na África (-30%) e Ásia Central (-38%).


“Eu dei glórias a Deus pelo privilégio de participar deste maravilhoso treinamento. Minha vida mudou para outro nível de entendimento. Pela graça de Deus vou fazer uso de tudo o que aprendi com minha família e com outras pessoas, especialmente meus amigos líderes e pastores”. Odeniyi Abigael Titilay, cristão da Nigéria

17


Após seis meses da revolução sem precedentes no Egito, cristãos universitários tornaram-se receosos e desiludidos em relação ao futuro diante do aumento da violência pelos radicais salafistas (pessoas que participam do movimento reformista islâmico) contra os cristãos e suas igrejas. Os estudantes cristãos sempre ouviram o alerta de seus pais de que a maioria dos muçulmanos ao seu redor era muito mais instável durante o mês de jejum muçulmano, no qual são obrigados a não se alimentar ou ingerir bebida durante as primeiras horas do dia até o pôr do sol. E, em 2011, o Ramadã ocorreu em agosto, um dos meses mais quentes do ano, quando o dia dura cerca de 14 horas. Mas, ao invés de se retrair em medo, grupos de jovens cristãos que estavam sendo treinados e disciplinados pelas igrejas e apoiados pela Portas Abertas, uniram-se para uma oração nacional e aliança de jejum durante o Ramadã. Um dia, após suas orações diárias,

um aluno de uma cidade no Alto Egito perguntou aos seus colegas cristãos: “Há alguma forma de mostrar o amor de Deus para todos os muçulmanos ao nosso redor que estão jejuando, tentando agradar Alá sem se alimentar ou beber água o dia todo?” E ele propôs aos seus amigos: “E se fôssemos para a rua e distribuíssemos tâmaras no pôr do sol, justo quando o tráfego está todo parado e ninguém consegue chegar em casa em tempo de se reunir para quebrar o jejum?” Olhando para ele, surpreso, um amigo disse: “Qual é a diferença? Eles acham que vão ganhar algum favor de Alá somente por jejuar.” “Mas dando-lhes algo de comer quando estiverem com muita fome mostramos que os amamos e que queremos ajudá-los”, disse o aluno. “Isso poderia ajudar a melhorar a atitude dos muçulmanos em relação aos cristãos.” “E poderíamos lhes oferecer alimento espiritual também!”, disse ele, muito entusiasmado. Após pensar e

orar sobre o assunto, o grupo decidiu tentar. Compraram sacolas plásticas, embrulharam as tâmaras junto com CDs de músicas cristãs e saíram em pequenos grupos, incertos de como o seu gesto seria recebido. Estavam nervosos e por isso, alguns usaram camisetas com os dizeres ”Jesus te ama”. Quando começaram a entregar os pacotes nos semáforos, motoristas famintos e com sede responderam de forma surpreendente e com satisfação. Uma mulher disse: “Sou cristã, não estou jejuando”. Quando ele contou que também era cristão, ela olhou para ele admirada e sorriu. “Que Deus o abençoe por estar mostrando o amor de Jesus aos muçulmanos!” A Portas Abertas continua investindo no suporte às igrejas locais egípcias uma vez que elas têm levantado uma nova geração de líderes espiritualmente maduros e corajosos.

19


AJUDA SOCIOECONÔMICA

170 mil

Mais de cristãos receberam ajuda socioeconômica


21


Ajuda Socioeconômica por região Região Pessoas beneficiadas África 16.752 América Latina 1.258 Ásia Central 8.796 China 76 Coreia do Norte 56.000 Índia 8.237 Oriente Médio 55.444 Sudeste Asiático 25.574 Total 172.137

Comparação com 2010 Tabelas com o número de cristãos beneficiados

Região Ajuda Socioeconômica África 16.533 América Latina 892 Ásia Central 3.902 China 22 Coreia 55.301 do Norte Índia 2.138 Oriente 52.554 Médio Sudeste Asiático 12.124 Total 143.466

Sudeste Asiá/co   15%  

África 10%  

América La/na   1%   Ásia  Central   5%   China     0%  

Oriente Médio   32%   Coreia  do  Norte   32%   Índia   5%  

Em todo o mundo, a Portas Abertas patrocinou mais de 4.900 projetos de sustento, o que significa um aumento de 316% comparado a 2010. O número de beneficiários aumentou em 20% e 172 mil pessoas foram abençoadas. No Egito, por conta do tumulto da revolução, a Portas Abertas ajudou mais do que o dobro do número de pessoas em 2010. A situação da Síria e Iraque causou um aumento de 69% de ajuda ao Oriente Médio. Projetos de reconstrução de igrejas beneficiaram 7.700 pessoas. Já os treinamentos empregatícios e ajuda alimentar e médica alcançaram mais de 5.700 pessoas. A ajuda emergencial aumentou na Nigéria, Etiopia e Eritreia. Apoio médico e construção de escolas teve uma diminuição no Sudão. Cursos de alfabetização no Golfo, no Sudeste Asiático e no Egito foram estendidos para mais de 16.000 pessoas.


“Nunca pensei que conseguiria frequentar uma escola. Mas em 2011, participei do seminário Habilidade para o Sustento, um curso de cinco meses patrocinado pela Portas Abertas. Agora tenho habilidades práticas para me sustentar e ajudar a construir a comunidade de fé emergente entre a tribo sama nas Filipinas”. Don Don, cristão filipino

23


Como se fossem soldados, os dois homens inspecionaram rigorosamente todas as caixas no depósito secreto. Foram para o lado de fora e olharam para o céu escuro. Não muitos quilômetros dali, as pessoas que estavam no ponto de recebimento oravam e jejuavam, esperando por esse carregamento. Milhares de vidas dependiam daquilo. Eles entraram no depósito novamente, se ajoelharam sabendo que somente Deus poderia protegê-los nessa missão secreta: suprir cristãos na Coreia do Norte com alimento vital físico e espiritual. O ano de 2011 foi um ano especial para a Portas Abertas na Coreia do Norte. Nunca antes houve tanta ajuda e carregamento de materiais sendo distribuídos dentro do país. Como toda a comunidade cristã da nação está isolada da sociedade, a Igreja local mal consegue se manter. Assim como todo o restante da sociedade norte-coreana, os cristãos precisam


de alimento, remédios, roupas e itens de sobrevivência. “Nosso primeiro trabalho é simplesmente o de manter as pessoas vivas”, explica o irmão Simon*, o principal contato da Portas Abertas na Coreia do Norte. “É claro que também enviamos literatura e treinamos os cristãos por meio de redes dentro e fora do país. Não há outro jeito de eles conseguirem materiais. Mas não podemos nunca negligenciar nossa responsabilidade de oferecer alimento físico”. Apesar de haver muitos métodos de distribuição de alimentos para alcançar as famílias norte-coreanas, nenhum deles pode ser revelado por questão de segurança. “Deus continua a abrir canais para que levemos ajuda, mesmo quando a situação aperta!”, disse Simon. Às vezes, uma entrega acaba se tornando algo pessoal: “Eu fiquei com meus parentes nortecoreanos e claro, levei comida para eles também”, disse um contato da

Portas Abertas. “Dormi no quarto com meu primo de 9 anos de idade. Ele se virava de um lado para o outro e perguntei a ele porque ele não conseguia dormir. Ele respondeu: ‘pela primeira vez na vida eu comi algo preparado com óleo de cozinha. Tenho de contar isso aos meus amigos amanhã!”. As necessidades são tragicamente claras na carta de um líder da igreja norte-coreana: “Em algumas áreas, as pessoas sofrem com a corrupção, ganhos ilícitos e a instabilidade social. Para piorar as coisas, a cólera, desinteria aguda e doenças de pele estão se espalhando desde que uma tempestade nos atingiu. Há centenas de pacientes sofrendo de diarreia severa e mais da metade deles são crianças ou idosos”. “As pessoas estão morrendo de fome e de várias doenças dia após dia”, ele continua. “É comum as pessoas acabaram com a própria vida. Sei do caso de uma família inteira, cinco membros que cometeram

suicídio. Graças a vocês, temos tido oportunidade de cuidar dos doentes. Entretanto, ainda é pouco. Vocês poderiam nos enviar mais daqueles preciosos produtos?” Graças aos parceiros da Portas Abertas que se importam, fomos capazes de preparar um carregamento extra. Enquanto colegas estavam se preparando para entregar os produtos, recebemos uma mensagem de que cristãos afetados por um desastre natural estavam desesperado por ajuda. “Os cristão receberam a ajuda em poucos dias porque o carregamento já estava quase todo preparado”, disse Simon. “Deus sabia o que estava para acontecer e então estávamos prontos antes que o pedido chegasse!”

*Nome alterado por questões de segurança

25


Relat贸rio do Brasil 27


Parecer dos auditores independentes Aos Administradores da Portas Abertas Brasil Examinamos as demonstrações contábeis da Missão Portas Abertas, que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2011 e as respectivas demonstrações do superávit, das mutações do patrimônio social e dos fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. A administração da Entidade é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis para pequenas e médias empresas – Pronunciamento Técnico CPC PME – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas, e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações contábeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações contábeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo

de obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas demonstrações contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstrações contábeis da Entidade para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos da Entidade. Uma auditoria inclui, também, a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Em nossa opinião, as demonstrações contábeis acima

referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da Missão Portas Abertas em 31 de dezembro de 2011, o desempenho de suas atividades e os seus fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil para pequenas e médias empresas. As demonstrações contábeis do exercício encerrado em 31 de dezembro de 2010, apresentadas para fins de comparabilidade, foram auditadas por outros auditores independentes, cujo parecer datado de 05 de março de 2011, não continha ressalva. São Paulo, 30 de janeiro de 2012 Mazars e Guérard Auditores Independentes CRC 2SP011901/O-6 Dominique Nezan Contador CRC – 1SP220825/O-0


Notas da administração da Portas Abertas Brasil Prezado parceiro, O Relatório da Administração da Portas Abertas Brasil, doravante chamada Portas Abertas, é um documento de prestação de contas que tem como objetivo, a cada ano, informar com transparência aos nossos parceiros e público em geral, sobre as realizações mais importantes da instituição. O relatório acompanha as demonstrações financeiras do exercício, servindo como um documento de apoio às posições contábeis apresentadas e, diferentemente de outros documentos de caráter mais técnico, é elaborado em linguagem mais acessível e abrange praticamente todas as áreas de atuação da Portas Abertas. Em primeiro lugar tributamos a Deus toda honra e glória “porque Dele e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente”. Em segundo lugar, não podemos deixar de agradecer a você, parceiro, que tem se empenhado não só divulgando e orando, mas também contribuído com coração voluntário, juntando-se a nós em favor dos cristãos perseguidos. Sem ambos, a Portas Abertas não existiria e não prosseguiria. O presente relatório refere-se ao ano de 2011,

que trouxe a nós vários desafios; sendo assim este documento é um resumo do que fizemos: 1. Os dados registrados referem-se ao Brasil (a Missão Portas Abertas é uma associação religiosa com CNPJ número 50.671.510/0001-69). O relatório financeiro mundial da Open Doors International incluirá os dados do Brasil e será publicado depois de julho 2012. 2. A determinação sobre a arrecadação e gastos de cada país é feita pela liderança internacional da Portas Abertas. Em 2011, a contribuição da Portas Abertas Brasil com o orçamento mundial da entidade foi de R$ 9.617.588 (nove milhões, seiscentos e dezessete mil, quinhentos e oitenta e oito reais) ou US$ 5.740.952 (cinco milhões, setecentos e quarenta mil, novecentos e cinquenta e dois dólares). 100% dessa arrecadação foi aplicado na designação informada em cada doação que você fez. Isso acontece graças ao nosso sistema de orçamento consolidado, em que a designação é informada pela base arrecadadora e obedecida pela base que realiza o gasto.

vão crescendo, cada uma ratifica a responsabilidade de arcar, principalmente, com o seu compromisso financeiro. Este é o caso do Brasil, desde 1986. 4. O que tem nos levado a alcançarmos o nosso objetivo é o empenho em conquistarmos novos parceiros, através da divulgação da causa da Igreja Perseguida. 5. Finalmente, como uma característica específica deste relatório, o documento também discorre sobre diversas outras ações que contribuem para que possamos melhor cumprir nossa missão institucional; o acesso às mídias sociais e o atendimento aos parceiros, além das ações internas, de caráter administrativo, como a melhoria na gestão e nos processos de trabalho, igualmente fundamentais para uma melhor prestação de serviços à Igreja brasileira. Para mais informações, fale diretamente com o secretário geral Pr. Carlos Alfredo de Sousa, através do e-mail: secretariogeral@portasabertas.org.br.

3. Assim como no exercício anterior, em 2011, tivemos crescimento em vários pontos. Isso é muito significativo, pois à medida que as bases nacionais 29


31


Cristã perseguida Helen Berhane no Brasil

Aniversário de 2 anos do ministério Mulheres do Caminho


Brasil a serviço da Igreja Perseguida em 2011 1. Parceiros

Parceiros ativos*: 22.294 Número de doações: 124.275 * Foram considerados parceiros ativos todos aqueles que realizaram no mínimo uma contribuição à Portas Abertas ao longo de 12 meses 2. Voluntários

Correspondentes Locais: 122 Ajudantes voluntários no escritório*: 19 *Esse número considera todas as pessoas que auxiliaram em tarefas do escritório ao longo de 2011

Lançamento do livro Noite de um milhão de milagres 33


Atividades com a Igreja brasileira 1. Campanhas Campanhas de cartas e cartões realizadas em 2011: (Duas para a Casa Abrigo Visão Ágape (Colômbia) e uma para o pastor Zhang Rongliang e esposa – China) Média de cartas enviadas: 300 2. Eventos Mulheres do Caminho: 7 Sem fronteiras: 1 Correspondentes Locais: 1 3. Visitas Secretário Geral: 38 Equipe: 101 Mulheres do Caminho: 57 Correspondentes Locais: 236 Correspondentes Internacionais: Paul Estabrooks: 14/01 até 01/02 - 12 Janine Coetze: 09/06 até 14/06 - 2 Jennifer White: 18/05 até 30/05 - 10 Helen Berhane: 13/10 até 01/11 - 17

4. Viagens de campo Total de viajantes: 50 Colômbia: 16 a 23 de janeiro; 15 a 25 de julho e 26 de novembro a 6 de dezembro AS*: 25 de maio a 01 de junho Egito: 14 a 23 de setembro Won*: 13 a 22 de outubro Paraíso*: 18 de dezembro *Nome do país alterado por motivos de segurança

5. Internet Quantidade de visitas ao website*: 1.371.420 Quantidade de nomes cadastrados pelo website: 6.746 *Número de visitas sofreu reajuste em relação ao ano passado, graças à nova ferramenta de análise. Esse número conta as visitas únicas ao site ao longo do ano.

6. DIP – Domingo da Igreja Perseguida Igrejas cadastradas para participar: 3.089 Doações no DIP: 840 Valor arrecadado no DIP: R$ 302.557

Evento da Portas Abertas no Parque da Aclimação / SP


Lanรงamento do livro de Paul Estabrooks na sede da Portas Abertas 35


Obrigado!


EQUIPE PORTAS ABERTAS37


Caixa Postal 12.655 Cep 04744-970 - S達o Paulo SP Fone e Fax (0--11) 2348.3330 www.portasabertas.org.br

Relatório de impacto  

Prestação de contas do trabalho de campo, relatório da auditoria financeira e atuação da Portas Abertas Brasil em 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you