Page 1

Ano XVIII - N. 66 2º Trimestre - 2010 Florianópolis/SC

Impresso Especial 9912212433/2008-DR/SC Editora Sophos Ltda

CORREIOS Entrevista

Jornal de Ideias da Filosofia com Crianças, Adolescentes e Jovens

Ensino da Matemática reflexiva Professores autores da Coleção Ser Matemático. Página 3

Realizações

Comemorar e projetar sonhos 21 anos, e é só o começo! Páginas 6 e 7

Filosofando

Crianças, adolescentes e jovens filosofam Em escolas por todo país Páginas 8, 9, 10 e 11

Novos livros

Comemorar e Projetar sonhos

Lançamentos de 6º ao 9º ano da Coleção NEFC Novos livros ampliados

w w w.por talser.net

Página 12


Editorial

2 1 a n os – C omemor a r e P ro j e t a r so n h os “Maturidade não é uma questão de contar os anos, mas sim fazer com que os anos e as ações falem por si.”

N

unca é demais lembrar que um trabalho sério, comprometido e atuante, como temos realizado nos 21 anos do Centro de Filosofia, da Editora e do S.E.R. – Sistema de Ensino Reflexivo, gabarita-nos a comemorar e projetar sonhos, como fazemos desde o dia 18 de julho de l989. Estamos em todo o país desenvolvendo trabalhos de formação continuada, assessorando escolas e professores, realizando eventos e produzindo materiais didáticos filosóficos e livros para todas as disciplinas. Queremos que as escolas sejam espaços reflexivos, e que todas as disciplinas levem o aluno a pensar bem e melhor. Na história da instituição escola, percebemos que a

falha é grande no tocante à formação do cidadão, na formação do indivíduo para compreender a si mesmo, para conviver socialmente. Aqui reside um campo específico, que é a discussão dos valores (morais, políticos, econômicos, sociais, religiosos). A escola omitiu-se, quase na totalidade, com a reflexão sobre os valores, deixando de lado a formação do cidadão e discussões como a necessidade de respeito à dignidade da pessoa; a compreensão da questão dos direitos individuais e coletivos na vida social; o papel das autoridades governamentais e não governamentais para a promoção do bem comum; sobre os direitos sociais; a participação livre e ativa na vida social, comunitária e política. Esses e outros valores são fundamentais para que os indivíduos sejam participantes e

responsáveis. Essas discussões precisam ser feitas por e em todas as disciplinas. Por isso o Sistema de Ensino Reflexivo vem preencher essa lacuna, com o ensino da Filosofia em todos os segmentos, e com o lançamento dos seus livros didáticos de todas as disciplinas. Por isso a importância de acompanhar as notícias neste jornal e também nos anteriores, produzidos nos últimos anos (esse é o jornal trimestral nº 66). ­­ “Comemorar e Projetar Sonhos” é ler a entrevista dos professores de Matemática reflexiva e perceber que a visão dos autores mostra a busca e vivência de uma matemática viva. “Comemorar e Projetar Sonhos” é ver, acompanhar e participar dos seminários regionais com alunos realizados no Norte do Paraná e em Fortaleza, envolvendo estu-

dantes de diversas idades e com assuntos essenciais nas discussões feitas. “Comemorar e Projetar Sonhos” é acompanhar a realização do Projeto Sim, Ensino Reflexivo? em diversos estados do país no primeiro semestre e a continuidade do mesmo até o mês de novembro, com uma grande programação. “Comemorar e Projetar Sonhos” é participar conosco do projeto “Uma história escrita a várias mãos” (pág. 6 e 7), livro que lançaremos em 2014, comemorativo ao Jubileu de Prata (25 anos).

S.E.R. e toda estrutura construída nesses anos. Que professores, alunos e pais têm programa e livros para modificar seu ensino e aprendizagem e que a Editora Sophos está aqui para ajudar. Portanto vamos todos “Comemorar e Projetar Sonhos” pensando em 2011 fazendo parte desse grande trabalho que tem e faz história. Boas leituras e vamos projetar sonhos.

“Comemorar e Projetar Sonhos” é participar do lançamento dos novos livros que estão sendo divulgados: NEFC – 6º ao 9º ano, e livros didáticos para o 7º ano. “Comemorar e Projetar Sonhos” é saber que em sua escola é possível um trabalho reflexivo com o

Prof. Dr. Silvio Wonsovicz Presidente do S.E.R.

Opinião do leitor

Expediente

Espaço para registros e participações dos amigos do S.E.R. O Corujinha é um Jornal de Ideias do Programa filosófico-pedagógico “Educar para o Pensar: Filosofia com Crianças, Adolescentes e Jovens”. Todas as matérias, ideias e opiniões aqui expressas são de responsabilidade das pessoas que contribuíram para este informativo. Querendo reproduzir partes, favor citar a fonte.

Endereço do S.E.R. para correspondência: Rua Cristovão Nunes Pires, 161 CEP 88.010-120 Centro - Florianópolis/SC (48) 3025-2909 / 3222-8826 secretaria@portalser.net www.portalser.net

Projeto gráfico e diagramação: Studio S • Diagramação e Arte Visual (48) 3025-3070 Revisão: Rodrigo Brasil

2

w w w.por talser.net

Os textos reflexivos que recebemos por meio do Dia D... reflexões filosóficas (toda 5ª feira) mostram plenamente o que se passa nas escolas estaduais e também particulares do nosso país. A violência está presente no meio das nossas crianças e também dos adolescentes. Também questiono a falta de desenvolvimento, pois as verbas para educação são mal distribuídas, e isso gera revolta nos professores que trabalham com salários baixos, e consequentemente acarreta em uma má vontade por parte dos educadores em socializar suas aprendizagens com os alunos. Flamilson Pedroso Atibaia/SP •

Realmente é destaque maravilhoso o S.E.R. em relação aos novos tempos que vivemos e o envio das lindas reflexões todas as 5ª feiras. Em tempo de temperar, filtrar o que entra em nossa casa, o que assistimos, pois acelera acontecimentos pessoais em relação à parte fisiológica do corpo de nossos filhos precocemente. Cada semana amo estes assuntos que chegam pelo Dia D... reflexões filosóficas. Já faço um trabalho em casa sobre isto,

mas precisamos realmente nos unir e fazer algo maior. Marisa Maria Ferraz •

Trabalhei alguns textos que me foram enviados por meio do boletim O dia D... reflexões filosóficas. Hoje estou  diretor, mas  sou  formado em  filosofia. Adoro  ler  os  textos  que vocês mandam, religiosamente, toda 5ª feira. Abraços! Valcir Gislon Joinville/ Santa Catarina •

Muito interessante a entrevista com a Profª Dra. Gigi A. H. Sedor. Realmente todo o material S.E.R. tem esta proposta reflexiva. Podemos fazer recortes e adequar os exercícios reflexivos de acordo com as turmas. Eu e os meus alunos do 2º ano estamos adorando o livro (nova edição) “O Menino e a Caboré: CLIC”. Profª. Helisandra •

Sou professora de Filosofia do Colégio Palas Atena e gosto muito dos materiais da Sophos. Gostaria de trabalhar mais perto

de vocês aqui em Manaus, apresentando o valioso material que vocês oferecem. Conheço todas as coleções de livros, materiais didáticos e programa. Gostaria muito de apresentar a Sophos para as escolas de Manaus, sou natural de Curitiba, formada pela Federal do Paraná e moro aqui há dois anos. Profª. Claudia Manaus/AM •

Atualmente utilizo a Coleção Novo Espaço Filosófico Criativo para o 5º e 6º ano e gosto muito, pois os materiais estão bem de acordo com as realidades de cada faixa etária e são muito gostosos de trabalhar. Os alunos adoram! Conheço o site desde que comecei a pesquisar sobre temas filosóficos e adoro! É um trabalho lindo, muito rico e necessário para uma educação de qualidade. Cristiane Alberti Porto Alegre / RS •

Já tem algum tempo que acompanho o S.E.R., aproximadamente uns 05 anos. Primeiro comprei os livros Pensando para Viver e Construindo Ética e

­ idadania Todos os Dias. No últiC mo mês, adquiri os livros Somos Filhos da Pólis e o Eureka (muito bons), e já solicitei um orçamento para aquisição de mais 02 livros. A fartura de materiais, bem como a seriedade e brilhantismo com que a filosofia é tratada, foi que fizeram eu me aproximar do trabalho de vocês. Eu leciono em duas escolas estaduais, tenho 15 turmas de Ensino Médio, o que me exige muita atualização e disponibilidade de materiais, pois o universo filosófico tem que ser um universo de busca, de aprendizado, de novas possibilidades e transformações (como dizia nosso amigo Heráclito), e não uma mesmice pedagógica. Enfim, espero sinceramente poder receber os roteiros pedagógicos, para que eu possa trabalhar com uma diversidade de conteúdos na qual poderei adequá-los à realidade que me é colocada em cada uma das minhas turmas. Um grande abraço, amigos da Filosofia.   Fabiana Lourenço  Rio de Janeiro/RJ


Foto: Arquivo do S.E.R.

Entrevista

Despertando com a Matemática Corujinha: Há quanto tem-

lhes é apresentada a Ma-

po dedicam-se ao ensino da

temática. Explorando bas-

Matemática? Quais são os

tante

aspectos interessantes des-

alunos, propondo ativida-

sa disciplina?

des que desenvolvam sua

Professores autores: Es-

capacidade de cálculo men-

tamos há mais de 30 anos

tal, o trabalho em grupo e

no exercício do magistério,

o espírito de investigação.

levando os alunos a pen-

Essas são estratégias que

sarem

queremos que sejam de-

matematicamente.

a

criatividade

dos

aos

senvolvidas por professores

alunos, por meio de exem-

e que propomos na coleção

plos, que a Matemática está

Ser Matemático.

Procurando

mostrar

relacionada com seu cotidiano. O mais importante é levar os alunos ao pensar matemático e desenvolver o raciocínio lógico.

Corujinha:

Ao

desenvol-

verem o livro Despertando com a Matemática, na Co-

Profª. Sônia Regina P. M. Meirelles, Profª. Zaida Ângela Uliana e Prof. Luiz Henrique Neves, autores da Coleção Ser Matemático (6º. ao 9º. ano).

Durante anos em sala de aula, o que mais ouvíamos era: Onde iremos usar isso? Para que preciso estudar isso, se não tem nada a ver comigo? Resolvemos, então, apresentar os conteúdos na forma inversa...

leção Ser Matemático, que concepção do processo de

Corujinha: Por que motivo

ensino-aprendizagem guiou

e levá-lo a uma pedagogia

Matemática faz parte da

mação em que vivemos, em

os estudantes em geral têm

o trabalho?

de autonomia. Assim como

vida deles, e portanto pre-

um tempo de simbiose com

dificuldades com a Matemá-

Professores autores: Nos-

educadores de outras dis-

cisam aprender a pensar

a tecnologia, que possibi-

tica? Como superar essas

sa maior preocupação foi

ciplinas, nós enfrentamos

matematicamente.

lidade a ampliação des-

dificuldades?

apresentar

professo-

cada vez mais alunos que-

Professores autores: Não

res de Matemática um ca-

rendo tudo pronto e facilita-

achamos que sejam dificul-

minho para tirar o aluno de

do. Bem como alunos com

dades, e sim a forma como

uma pedagogia dependente

uma preguiça mental mui-

aos

to grande, vendo dificuldades enormes em cálculos matemáticos e raciocínios lógicos. Daí a concepção de uma coleção com livros que têm um enfoque grande não no “o que ensinar”, mas no como ensinar. Corujinha: Nas Coleções do

Corujinha: Percebemos na abordagem dos conteúdos do 6º Ano constantes ligações destes com situações de aplicação concreta na vida cotidiana. Por que essa é uma estratégia importante no ensino da Matemática? Professores autores: Durante anos, o que mais ouvíamos em sala de aula era:

Onde

iremos

usar

isso? Para que preciso es-

Sistema de Ensino Reflexivo

tudar isso, se não tem

– S.E.R. destaca-se o obje-

nada a ver comigo? Resol-

tivo de tornar a aprendizagem reflexiva, crítica. Como a Matemática é trabalhada nesta perspectiva? Professores autores: Por meio de situações-proble-

vemos então apresentar os conteúdos na forma inversa, isto é, com exemplos do cotidiano levamos os alunos aos conteúdos por meio do raciocínio lógico.

sa capacidade nos traz? Como ela está relacionada à aprendizagem das outras áreas do saber? Professores autores: Possibilita-nos ser cada vez mais críticos, nos levando a aprender a observar, escutar e pensar antes de dialogar. Hoje todas as áreas estão interligadas e precisam uma das outras para ser melhor compreendidas e, com isso, nos levam a uma visão crítica bem mais ampla dos temas estudados. Corujinha:

Como

vocês

veem os jogos interligados com a matemática hoje? Professores autores: São super importantes, pois é

ma, envolvendo a reali-

Corujinha: Com o pensar

uma forma a mais de que

dade do dia a dia de cada

matemático,

desenvolve-

dispomos para despertar a

faixa etária. Levando os

se centralmente o raciocí-

curiosidade e a criatividade

alunos a perceber que a

nio lógico. Na Era da Infor-

dos alunos. w w w.por talser.net

3


Diálogos Filosófico-Pedagógicos

F i l osof i a V i v a :

Projeto acontecendo pelo país C

onforme noticiado no jornal Corujinha do 1º trimestre, aconteceu em diversos lugares do Brasil

Projeto Sim, Ensino Reflexivo?

o Projeto que movimentou algumas centenas de pais, professores, coordenações e direções de

escolas. Centenas de milhares de crianças e adolescentes tiveram a oportunidade de conhecer um dos autores e ter o seu livro autografado.

Brasília/DF

A resposta é S.E.R.

Salvador/BA

De 17 a 22 de maio foi realizado o projeto no Distrito Federal.

Aconteceu de 3 a 7 de maio,

Mais de 20 escolas do plano piloto e cidades satélites recepciona-

em

niciou em maio desse ano e continua até o final de novembro o

ram a equipe S.E.R.. Nos oito dias do Projeto visitando as escolas,

Ensino Superior de Salvador e

Projeto que envolve alunos, pais e professores em uma discus-

conversas com alunos, com direito a sessões de autógrafos. Seis

Lauro de Freitas, o Projeto Sim,

são sobre a escola reflexiva que queremos. Por isso programamos

encontros com conversas e palestras para pais e professores, e

Ensino Reflexivo? S.E.R. é a

ações que envolvem:

também a presença de pais e professores dos colégios da região

resposta. Na Bahia, o foco foi

nos locais dos eventos: teatro de Sobradinho, auditório do Colégio

voltado para os cursos de Pe-

filosofia utilizando nosso Programa e nossos livros didático-filo-

Carmem Salles, auditório do Colégio Militar, auditório do SENAI

dagogia, Filosofia, Ciências So-

sóficos;

do Gama, auditório do SENAC de Taguatinga, auditório do Centro

ciais e Rede Municipal de Edu-

Educacional Católica em Taguatinga.

cação. Com uma programação

I

- Os Alunos – de todos os segmentos, que tenham aulas de

- Os Professores – todos da escola são convidados a participar

diversas

instituições

de

de formações teóricas e práticas, que possibilitem o aprofunda-

O Projeto Sim, Ensino Reflexivo? S.E.R. é a resposta! contribuiu

intensa, foram realizados Cafés

mento da ação reflexiva, por meio da formação semipresencial da

para o fortalecimento dos trabalhos com as escolas, direções, coor-

com Ideias para a discussão en-

EaD do S.E.R., na Formação Continuada que defendemos.

denações, professores, pais e alunos. Queremos com o Programa,

tre professores e acadêmicos.

- Os Pais – por meio da Comunidade Escola de Pais do S.E.R. (virtual), de palestras e cursos, conforme a demanda.

os materiais didáticos, a Formação Continuada, o site, a assessoria on-line, as palestras para os pais e professores, manter um diálogo e aprofundamento nas questões filosóficas e educacionais.

Cronograma do 2º e 3º trimestre: Agosto 05 e 06 •

Visita

aos

Colégios

de

Tubarão,

Laguna,

São Luís/MA

Joinville,

Blumenau, Urubici, São Joaquim, Orleans e Imbituba/SC.

De 24 a 29 de maio foram

09 a 13

estreitados os laços entre as

escolas que utilizam o material

Visita aos Colégios de Franca, Lins, Jundiaí, Campinas e Americana/SP.

Visita aos Colégios de Apucarana, Arapongas, Jandaia do

Norte e Noroeste do Paraná

didático do S.E.R.. O corpo do-

O projeto aconteceu em diversas escolas de várias cidades

cente, pais e alunos tiveram a

da região. O prof. Carlos conduziu os trabalhos junto aos profes-

oportunidade de maior contato

16 a 03/9

sores, alunos, pais e direções dos colégios. Ao final de cada traba-

com o autor de vários livros

lho nas escolas, o presente do S.E.R. pelos 21 anos, a entrega dos

utilizados nas escolas, com a

três volumes da Coleção Conhecer para Projetar o Futuro. Obras

assessoria filosófica-pedagógi-

que contam a história, a defesa de um ensino filosófico, a funda-

ca e a formação continuada no

mentação teórica e a luta para que a filosofia esteja em todas as

Projeto Sim, Escola Reflexiva?

escolas e em todos os segmentos.

S.E.R. é a resposta.

Sul, Maringá/PR. Visita aos Colégios de São Paulo (capital).

16 a 03/9 •

Visita aos Colégios do Oeste do Paraná.

Setembro

Nessa semana de estu-

04 a 15 •

Visita aos Colégios da Grande Florianópolis.

Visita aos Colégios de Londrina.

dos, trocas de conhecimentos e aprofundamentos teóricos, agradecemos às escolas que

13 a 17 •

Visita aos Colégios de Porto Alegre/RS e Campo Grande/MS.

Visita aos Colégios da Região Metropolitana de Curitiba/PR.

formam o S.E.R. no Maranhão, aos pais que participaram das palestras, aos alunos que estão

20 a 24 •

Visita aos Colégios de Vitória/ES e Cuiabá/MT.

Visita aos Colégios do Litoral do Paraná.

27 a 01/10 •

Visita aos Colégios do Rio de Janeiro/RJ.

Visita aos Colégios do Sul do Paraná.

Outubro 4 a 15 •

Visita aos Colégios de Santa Catarina.

18 a 22 •

Visita aos Colégios de Teresina/PI.

25 a 29 •

Visita aos Colégios de Manaus/AM.

Novembro •

4

Visita aos Colégios que solicitarem a presença do S.E.R. w w w.por talser.net

no dia a dia tornando-se pessoas pensantes. Temos a certeza

Fortaleza/CE Em parceria com a Livraria Pedro I, no período de 10 a 15 de maio, foi a vez da região metropolitana de Fortaleza. Com as mais de 20 escolas que trabalham o Programa, aconteceu o projeto Autor na Escola, com a presença do Prof. Silvio Wonsovicz, autor de diversos títulos utilizados pelos alunos. O projeto Sim, Ensino Reflexivo? tem como objetivo a visita e presença constante nas escolas parceiras do S.E.R.. Nas escolas são promovidas conversas com as direções, coordenações, professores, alunos e pais. O projeto foi encerrado, no sábado, com a Formação Continuada para professores e pais. Ao final, as escolas parceiras do S.E.R. que trabalham o Programa e os livros com os alunos receberam como presente dos 21 anos a Coleção Conhecer para Projetar o Futuro, em três volumes, que contém a fundamentação teórica do Programa Educar para o Pensar.

de que no ano de 2011, junto com a Delta Papelaria, prosseguiremos ampliando esse trabalho, levando o projeto cada vez mais longe e auxiliando as escolas numa Educação Reflexiva com nossos livros em todos os segmentos.


Diálogos Filosófico-Pedagógicos

Momento de reflexão Novo Espaço Filosófico Criativo

EU DECIDO!

Juventude, Participação e Democracia

Prof.ª Sandra M. Albertino – Londrina/PR

N

Col. Maria Ester – Fortaleza/CE

este meio de ano estou

Costumo dizer que só se

ressante e divertido. Os textos

completando vinte e cinto

vê quando um livro é realmen-

complementares, que podem

anos de magistério. De tan-

te bom depois de utilizá-lo em

ser lidos para iniciar os traba-

tos passos importantes desta

sala de aula por pelo menos

lhos, têm feito sucesso em sala

minha história, lembro o pri-

um ano. Até agora, nas 26 tur-

de aula e em casa. As crianças

Os alunos do Ensino Fundamental e Médio apresentaram tra-

meiro contato com a proposta

mas em que leciono, no Colégio

costumam trazer comentários

balhos em forma de maquetes, vídeos, painéis e peças teatrais,

do Centro de Filosofia, há 18

Universitário e na Escola Pi-

dos pais, mostrando como as

anos, e a amizade que construí

nheiros, em Londrina, os Novos

discussões prosseguem mesmo

focalizando, especialmente, as contribuições dos seguintes filó-

com o professor Silvio - “Acima

Espaços Filosóficos Criativos

quando a aula termina.

de tudo na vida, temos ne-

do 1º ao 5º ano estão atingindo

cessidade de alguém que nos

os objetivos propostos.

Temos recebido retornos positivos pela assessoria filosó-

O

Colégio Maria Ester realizou, durante os dia 7, 8 e 9 de junho, o VI EMEF. Essa edição teve como tema gerador o po-

der da juventude em participar, decidir e mudar.

sofos: Aristóteles (Política – 6º ano); Maquiavel (O Príncipe – 7º ano); Hobbes (Leviatã – 8º ano); Rousseau (Contrato Social – 9º ano); Marx (A crítica do capitalismo – 1º ano); e Hanna Arendt (A condição humana – 2º ano), para uma melhor compreensão da

obrigue a realizar aquilo de que

As crianças foram mui-

fico-pedagógica do S.E.R., que

somos capazes. Este é o papel

to receptivas às mudanças,

traz as impressões e avaliações

da amizade.” Esta frase me

acharam os livros mais bonitos

dos professores de todo país

vem à mente quando penso no

que os anteriores. Elogiaram

sobre os novos livros de 1º ao

momento em que passei a ser

o formato maior, o colorido, a

5º ano. Vamos, ao final deste

– Com o VI Encontro de Filosofia, tive a oportunidade de conhecer

coautora dos livros da Coleção

beleza e criatividade das ilus-

ano, confirmar o sucesso do

pensamentos filosóficos, e a partir deles pude desenvolver o meu próprio

NEFC – 1º ao 5º ano, que tra-

trações, os espaços bem maio-

trabalho, sabendo que milha-

raciocínio. (Eduarda Almeida – 7º ano)

balho em sala de aula.

res para escrever e desenhar.

res de crianças do nosso país

Pela capa dá pra ver que é inte-

estão pensando melhor.

Uma das características de todo material produzido pelo

situação política e social do mundo contemporâneo.

Depoimentos:

– O VI EMEF mostrou a autonomia dos alunos com as pesquisas relacionadas à política e democracia, o que foi muito positivo. (Ana B. L. Vidal – 7º ano)

Centro de Filosofia e publica-

– Aprendi muito com o meu trabalho sobre o pensamento que Ho-

do pela Editora Sophos é estar

bbes tinha em relação à política, comparando com o meu pensamento

cada vez mais de acordo com

sobre o tema. (Julifrance Ronielle – 8º ano)

as necessidades dos professo-

– O Encontro de Filosofia tem o objetivo de proporcionar, de forma

res e alunos que os utilizam.

ampla, a pesquisa, o incentivo à busca do conhecimento, a fim de desen-

Foi um grande desafio “mexer”

volver a autonomia do pensar, a partir da participação e das apresen-

na estrutura dos livros e es-

tações dos trabalhos expostos por cada grupo. Contribuindo para uma

crever para o 1º ano do ensino

postura ativa no âmbito individual e coletivo, construindo assim uma

fundamental de nove anos.

educação cidadã. (Carmem Evangelista – Profª. Filosofia)

Formação Continuada

Novas turmas da EaD do S.E.R. Quais cursos? E quando?

D

emocratizar o acesso aos conteúdos teóricos do Programa Educar para o Pensar: Filosofia com Crianças, Adolescentes e Jovens, e o conhecimento das produções didático-filosóficas, lançadas pela Editora Sophos. Como? ÎÎ Nos 21 anos de existência do Centro de Filosofia Educação para o Pensar e da Editora Sophos, com uma equipe filosófica, pedagógica e técnica, e já oferecendo por dois anos cursos à distância. ÎÎ Somando, com a experiência acumulada pela realização dos cursos presenciais, seminários regionais e congressos nacionais, cafés com ideias, palestras, assessorias e oficinas. ÎÎ Apresentando e defendendo uma produção de materiais filosófico-pedagógicos, que fornecem as bases teóricas e práticas para a realização dessa Formação Continuada à distância.

Curso 1 - Fundamentação no Programa Educar para o Pensar: Filosofia com Crianças, Adolescentes e Jovens.

Curso 2 - Crianças brincam, falam, perguntam e pensam: o começo do filosofar na Ed. Infantil e 1º Ano.

Inscrições com vagas limitadas de 05/08 a 16/08. Realização das 40 horas: de 23/08 a 09/10. Valor de um curso com certificado: R$ 90,00. •

Curso 3 - Investigação fundamental para o entendimento do mundo: crianças prendem a filosofar em comunidade - do 2º ao 5º Ano.

Curso 4 - Adolescentes e filósofos têm algo em comum: questionam sobre o conhecimento, a lógica, a ética, a política e a estética - do 6º ao 9º Ano.

Curso 5 – Metodologia do Ensino de Filosofia com jovens – Ensino Médio.

Inscrições com vagas limitadas de 26/08 a 13/09. Realização das 40 horas: de 20/09 a 30/10. Valor de um curso com certificado: R$ 90,00. w w w.por talser.net

5


Filosofia Reflexiva

“Comemorar e Projetar sonhos: 21 anos de história” “Quando está realmente viva, a memória não contempla a história, mas convida a fazê-la.” GALEANO, Eduardo. De pernas para o ar: a escola do mundo ao avesso. Porto Alegre: L&PM, 1999, p.261.

A

reflexão filosófica engajada, cidadã e atual precisa levar em conta a contradição decorrente de um duplo

comprometimento, que se traduz na compreensão de nossa época e com a ação coerente na direção dos sonhos que projetamos para o agora e para o futuro. Por isso COMEMORAR com todos os educadores do Brasil no dia 18 de julho os 21 anos (1989-2010) do Centro de Filosofia, Editora Sophos e por extensão do Sistema de Ensino Reflexivo – S.E.R.:

ĹĹ Vinte e um anos (1989-2010) sonhando, acreditando e tornando re- ĹĹ Vinte e um anos (1989-2010) na defesa, criação e ampliação de alidade nas escolas uma Educação Reflexiva e Filosófica na infância,

um Programa filosófico-pedagógico com matriz emancipatória para a

adolescência e juventude. Por isso projetos, realizações e inovações:

realidade escolar. Por isso a pesquisa, os estudos e as produções de materiais didáticos e reflexivos. Coleção:

Encontros estaduais de alunos e professores de Filosofia

(1990 a 1993)

1o. Encontro nacional de Educação para o Pensar

(1994)

Encontros Regionais dos colégios com Filosofia

(1995)

Festival VivaMúsicaViva de canções filosóficas

(1996)

Acampamentos e Feiras filosóficas, Grupos Alternativos do Saber – G.A.S.

(1997 a 2000)

Congressos Nacionais de Educação para o Pensar

(2001/2003/2005/2007)

Concurso Nacional de Peças Teatrais Filosóficas

(2007)

Seminários Regionais (total de 15)

(2008)

EaD do S.E.R.

(2008)

Projeto Autor na escola

(2009)

Projeto: Sim? Ensino Reflexivo? Formação continuada e ampliação do S.E.R. nas escolas

6

w w w.por talser.net

Filosofia Fundamental

(1998)

Novo Espaço Filosófico Criativo

(1999)

Filosofia, o Início de uma Mudança

(2003)

Paradidáticos filosóficos

(2003)

Pais & Filhos: companheiros reflexivos

(2003)

Educador para Educador

(2003)

Conhecer para projetar o futuro

(2005)

Filosofia e Interdisciplinaridade

(2005)

Didáticos reflexivos: - Coleção Ensinar e Aprender para além da Caverna - Coleção Linguagem: a arte da reflexão - Coleção Investigação e Reflexão - Coleção Aprendendo Ciências - Coleção História Reflexiva - Coleção Ser Matemático

(2009 / 2010)

Assim, na relação entre teoria e prática, a ação será medida sempre por um pensar correto – um bem pensar –, e o pensar correto será medido pela

(2010...)

ação consequente. Essa prática nos aponta para uma situação de melhor qualidade de vida.


O que faz o sucesso de uma Marca?

A sua história: marcas de sucesso contam uma história A

Programa

Valorizar a criança, o

A experiência tem nos

filo­s ófico-pedagógico

adolescente e o jovem como

mostrado que um trabalho

“Educar para o Pensar: Filo-

sendo capazes de pensar,

de Educação para o Pen-

sofia com Crianças, Adoles­

criativa

originalmente,

sar: Filosofia com Crianças,

centes e Jovens”, que diante

crítica e ponderadamente,

Adolescentes e Jovens, com

de sua história de constru-

diante dos ricos e generosos

orientação de uma filosofia

ção coletiva, da preocupa-

temas da Filosofia é também

da emancipação, contribui

ção em oportunizar refle-

um ato de cidadania e de

de forma significativa para

xões filosóficas por meio

inusitado avanço na direção

a melhora da relação entre

da

continuada

da emancipação plena de

as pessoas e para o melhor

dos professores de diversas

todos nós. A educação para

entendimento dos diversos

­áreas, em inúmeras esco-

a curiosidade metódica e a

aspectos da realidade, bem

las, o S.E.R. defende o seu

ação solidária é a inspiração

como do conteúdo e signifi-

caminho, seu rumo, sua

da Educação para o Pensar

cado das ideias.

inspiração e identidade.

Emancipatório.

partir

do

formação

e

Participe do Projeto:

Conhecer para projetar o futuro

“Escrevendo a história N com várias mãos” N

o ano em que o Centro,

Volume 1 – Filosofia? Sim e para todos.

a Editora e o S.E.R.

Volume 2 – Crianças, adolescentes e jovens filosofam

completam 21 anos, o pre-

Volume 2 – Programa Educar para o Pensar: Filosofia

sente que estamos dando

o dia 18 de julho, comemoração de aniversário dos 21

anos dos trabalhos de filosofia e educação reflexiva,

aos colégios que trabalham nosso Programa e nossos livros filosóficos em todos

foi realizado o lançamento nacional do projeto para escre-

os segmentos são os três vo-

ver a várias mãos a história do Centro de Filosofia Educa-

lumes da tese de doutorado

ção para o Pensar, Editora Sophos, e consequentemente do

do Prof. Silvio, que funda-

Sistema de Ensino Reflexivo – S.E.R.

menta, localiza e distingue

Conforme afirmação do Prof. Dr. Silvio no lançamento do projeto: “Somos convidados a participar ajudando a escrever a história do Centro de Filosofia, Editora Sophos e do

com Crianças, Adolescentes e Jovens.

o Programa Educar para o Pensar: Filosofia com Crianças, Adolescentes e Jovens.

S.E.R. História escrita a várias mãos e vivida por inúmeras pessoas por todo país. Para comemorarmos, em 2014, o Jubileu de Prata, lançaremos o livro comemorativo com a participação e ajuda de muitos educadores e amigos por todo país”.

Maiores informações você encontra no site ­­www.portalser.net. Participe e registre sua história com a do Centro, Editora e S.E.R.

w w w.por talser.net

7


Filosofando

Didáticos Reflexivos do S.E.R.

Ensinar e Aprender para além da caverna P

or

que

um

livro

para

crianças a partir dos seis

a verdade por meio de suas

ciplinas e habilidades neces-

próprias descobertas.

sárias para o desenvolvimento

anos, no momento em que se

“Ensinar e Aprender para

da aprendizagem:

­cultural; 8. Localizando-me; 9.

a que pertencem. Isto signi-

iniciam na alfabetização for-

além da Caverna” tem como

1. O que é comunicar; 2.

Descobrindo os animais; 10.

fica que a obra que inicia a

mal? Nesse momento tão sig-

proposta principal propiciar à

Convivendo com as diferenças;

Água – Uma reflexão necessá-

coleção “Ensinar e Aprender

nificativo para o ser humano,

criança a alfabetização conju-

3.

ria; 11. Vamos preservar.

para além da Caverna” com as

por que apresentar esse títu-

gada a uma reflexão filosófica.

me; 4. Pensando sobre mim,

lo: “Ensinar e Aprender para

O livro está dividido em onze

me

além da Caverna”?

capítulos que abordam, de forma integrada, todas as dis-

6. Grupos Sociais; 7. Mistura

Imbuídas dessa ideia, as

Comunico-me,

conheço-

Temos obtido resultados

crianças que estão se alfabeti-

5.

positivos com conteúdos de-

zando, aos seis anos, poderá

Faço parte de uma família;

senvolvidos e aprovados na

ser utilizada. Cada um dos

conhecendo

melhor;

Escola Estadual “Dep. Altir

seus capítulos, por meio da

autoras, acostumadas a ob-

Webber de Mello, situada na

criatividade dos professores

servar o cotidiano da escola

cidade

em

alfabetizadores, envolve todos

e acompanhar a caminhada

Santa Catarina. A partir da

os segmentos que se relacio-

das crianças desde sua en-

conscientização efetuada em

nam com a escola.

trada no mundo das letras,

todo o corpo docente, desen-

Acreditamos que a criança

pensaram por três anos sobre

volveu-se um grande projeto,

que inicie sua alfabetização

a organização do livro “Ensi-

que por dois meses envolveu

dentro dos critérios estabe-

nar e Aprender para além da

a comunidade escolar e as fa-

lecidos

Caverna”. Enfatizando a ne-

mílias residentes nas proximi-

livro estará apta a alcançar

cessidade de iniciar o proces-

dades da escola.

um perfil reflexivo. O suces-

de

Curitibanos

na

produção

deste

so de alfabetização por meio

O trabalho nessa Esco-

so escolar pressupõe pessoas

do autoconhecimento, cons-

la revelou a importância de

equilibradas emocionalmente,

truindo, a partir de si, uma

construir o mais cedo possível

para que possam dar conta

visão de mundo diferenciada

a relação das crianças com as

dos desafios que a vida impõe

do senso comum. Com a in-

questões ambientais. A neces-

a todo ser humano.

vestigação filosófica, trans-

sidade de se estudar, compre-

As autoras:

por a barreira da ignorância,

ender e desencadear junto a

Profª. Dail, Graziela e Neuza.

alçando o seu voo para a po-

elas ações transformadoras e

sição de um ser que busca

ativas nos ambientes de vida

Foi uma experiência para toda vida Col. Santa Rosa, Brasília/DF.

D

entro das programações

­emocionante: “Eu amo Filosofia

das aulas de Filosofia

e nunca imaginei que pudesse encontrar-me com o autor do

que têm vínculo com o projeto

livro com o qual trabalhamos.

“Novo Espaço Filosófico Cria-

Foi uma experiência para toda

tivo”, os discentes do Colégio

a vida”, afirmou.

Santa Rosa receberam a visita

Logo em seguida o Prof. Sil-

do Prof. Silvio Wonsovicz, co-

vio se dirigiu para as salas de

autor do livro de Filosofia que

aula, autografou os livros dos

é trabalhado pelos alunos do

alunos e apreciou os trabalhos realizados por eles.

2º ao 5º Ano. Os discentes participaram

Essa visita, esse contato Durante a visita, o autor

A palestra do autor, além

Eles puderam interagir

falou da importância da Fi-

de muito ilustrativa, ainda ser-

com o autor, tornando o even-

losofia hoje na nossa vida: “A

viu para tirar as dúvidas dos

to

Filosofia, Acróstico da Filosofia

Filosofia é uma disciplina que

alunos sobre o livro e sua vida

Para a aluna Laura, do 2º

e Poesia de um Sábio.

ensina a pensar bem”.

de escritor.

Ano C, conhecer o autor foi

das atividades, fizeram jogral, ABC da Filosofia, Valores da

8

w w w.por talser.net

ainda

mais

significativo.

entre alunos e escritor, é fundamental. Esperamos continuar no próximo ano esse trabalho. Irmã Lucidalva Boa Sorte Professora de Filosofia


Filosofando

F IL O S O F IA N O E N S IN O F U N D A M E NTAL

Preconceito foi a discussão Escola Bandeirantes, Bandeirantes/PR.

Filosofia é perguntar, observar, questionar, ser curioso e... Col. Vicentino Santa Cruz, Campo Mourão/PR.

P reconceito é julgar sem conhecer R azão é agir com o coração E melhor respeitar, para atrás das grades não ficar C alados devemos ficar para palavrões não soltar O bem se pratica com o bem N unca devemos praticar o mal C onheça os dois lados da coisa E steja sempre preparado para as mudanças I inteligente é aquele que pensa T odos são capazes O mundo precisa de você

B

rincar com as ideias. As professoras do 2º ano organizaram e desenvolveram com os alunos uma técnica para que todos pudessem falar, escutar e produzir ideias a partir de uma ação na Comunidade de Aprendizagem Investigativa. Atividade: Rede Material: Um rolo de barbante

Desenvolvimento: A professora explica para a turma o desenvolvimento da atividade. Quando receber o rolo de barbante que será jogado por um dos colegas, a criança deverá se apresentar: dizer seu nome e mencionar alguma coisa que gosta. Cada um deverá segurar o barbante firme assim que recebê-lo. Em seguida passa para outra criança (não pode ser para quem está ao seu lado). O resultado é uma grande teia. Desmanchar a teia, um a um, como foi feita, desenrolando o barbante e lembrando que também vai passando um para o outro (volta ao amigo que lhe entregou).

Leonam Carlos Gonçalves – 4ª Série P ara você não fazer violência. R espeito devemos ter E nsinar quem deve saber Que C onsciência devemos ter P O demos mudar o mundo, sim Basta N ós querermos que ele mude. C erteza que você não é um louco E que de maldade, você deve ter de pouco E é I mportante você saber, Que T odos devemos ter consciência Que Prec O nceito não devemos ter

Questionamentos: • • • • • • • •

O que aconteceu? O que acontece se alguém largar a sua ponta? Se alguém puxar? Podemos comparar o ato de puxar a ponta com o ato de falar demais sem ouvir os colegas? Você acha importante a participação de todos? É possível aprender, pensar, fazer ou criar em sala de aula sem a contribuição dos colegas? Como faríamos se alguém quisesse entrar no grupo? Podemos comparar a rede com o nosso pensamento?

Fernando Morgado Pires e Leandro Segantini – 4ª Série

Professoras Ângela e Sueli

Projeto de Filosofia - “Amor à Sabedoria” Colégio Rogacionista, Brasília/DF

O

Projeto visa à reflexão

sentações, capacidades e com-

da utilização deste caderno, o

consciente dos educan-

petências por parte de quem

educando pode observar seus

integra esse processo.

anseios, gostos, criatividade,

dos sobre a importância da

as

certezas e, por que não, incer-

quando não mais considera-

relações entre a família e a

tezas. Mais que isso, o trabalho

mos as coisas como certas,

escola, surgiu a ideia de se

com o caderno dá à família a

passando a formular questões

confeccionar um caderno de

oportunidade de ter uma maior

sobre elas e a buscar por res-

Filosofia, o qual foi intitulado

interação, ressaltando a von-

postas para nossas dúvidas e

“Amor à Sabedoria”. Os edu-

tade de aprender, e de buscar

anseios. Atribui-se a Pitágoras

candos têm a oportunidade de

novos horizontes.

o significado “Amor à Sabedo-

levar este caderno em uma sa-

A avaliação se dará du-

ria”, que deve ser entendido ao

cola para casa e compartilhar,

rante a realização das ativida-

percebemos que o amor é um

em família, o que foi discutido

des, desenvolvidas de forma

empenho e que a sabedoria é

em sala de aula. Ele registra no

crítica e reflexiva, pois a partir

ideia, um pensar produtor de

apresentadas dentro de uma

uma apreciação da vida.

caderno, junto com a sua fa-

do momento em que a escola

boas e novas ações, uma nova

realidade onde é ampla a diver-

perspectiva.

sidade de valores e limites, com

Filosofia. A Filosofia tem início

Buscando

incentivar

O amor à sabedoria na in-

mília, o que aprendeu em sala

adota a Filosofia, automatica-

tegração do ato de aprender

de aula e reporta esse conhe-

mente, o pensar interdiscipli-

O projeto visa, portanto,

uma formação da prática hu-

entre a família e a escola visa

cimento para o seu cotidiano,

nar vem à tona. Desse modo, a

ao crescimento e ao amadu-

manitária e consciência cristã e

à formação do cidadão crítico,

onde, assim, ele poderá assimi-

Filosofia voltada a uma educa-

recimento

solidária dos educandos.

reflexivo, sensível e competen-

lar de maneira mais completa

ção para o pensar semeará nos

candos, em todos os aspectos:

te. Está ligada diretamente à

tudo o que aprendeu e colocar

educandos a visão entre as coi-

cognitivos, emocionais, éticos

ação e reflexão, e implica uma

em prática as ideias que esse

sas, as informações, o aprendi-

e morais. O projeto irá favore-

série de conhecimentos, repre-

processo proporciona. Por meio

zado, fazendo nascer uma nova

cer a assimilação de mudanças

dos

nossos

edu-

Iderlane Cristina Bonfim Macêdo Gomes Professora de Filosofia. Colégio Rogacionista e Colégio La Salle do Núcleo Bandeirante. w w w.por talser.net

9


Filosofando

F IL O S O F IA V I V A

A Filosofia e a Política

XII Encontro Regional de Filosofia

Col. Vicentino Santa Cruz, Campo Mourão/PR.

Colégios do Norte e Nordeste do Paraná

N

o dia 28 de maio aconteceu no Colégio Nobel, na cidade de Maringá/PR, o XII Encontro Regional de Filosofia com os alunos das 7ªs séries. O Evento teve a abertura com o professor César

(Colégio Nobel) e em seguida uma palestra com o professor Carlos (assessor filosófico-pedagógico do S.E.R.), enfocando o que é a Filosofia, sua importância e como esta disciplina pode colaborar conosco no dia a dia. O encontro teve ainda atividades em grupo e apresentações e uma palestra proferida pela psicóloga Damaris Lisboa sobre a questão do “Ter e o Ser”. Fotos e vídeos podem ser vistas no blog do S.E.R. (atividades do Paraná): ­http://sereducacaoparaopensarnoparana.blogspot.com/ Em vez de falarmos do Encontro, alguns depoimentos mostram como foi: “Levamos nossos alunos para participar do Encontro Filosófico no Colégio Nobel, em Maringá, e como sempre foi um sucesso! Foi de grande relevância, visto que o tema abordado, as dinâmicas, os trabalhos em grupos, o acolhimento, enfim tudo favoreceu para uma grande aprendizagem e socialização. Nossos alunos retornaram na certeza de que a Filosofia realmente faz a diferença em suas vidas”. Professora Elaine P. N. de Macedo

dando sobre a relação entre

Como a maior parte da

o homem e a política. Ao con-

população só é informada da

trário do que muitos pensam,

visão ruim do ser político, não

o homem tem uma ligação di-

quer saber mais de política, não

reta com a política, pois para

participando de nada que tenha

“Foi uma longa viagem, mas muito compensadora. Foi divertida, mas no Colégio foi ainda melhor. O Colégio Nobel é incrivelmente grande e as pessoas foram muito acolhedoras conosco. Foi uma experiência nova e muito legal. Tivemos uma Palestra sobre a Filosofia e uma com a Psicóloga muito boa. Foi surpreendente, inovadora, divertida, estimulante, enfim uma excelente viagem!”

viver em sociedade, para ter

essa finalidade; deixa, então, que esses representantes to-

Thiago Feitosa Carazzai - 7ª A

uma vida justa, digna, e para poder ser feliz, é preciso ter

mem suas próprias decisões

regras e uma organização,

em relação aos nossos direitos,

pois a ação de um indivíduo

sendo essas boas ou ruins.

D

esde o começo do ano,

que são esses representantes

nós, alunos das oitavas

do grupo social. Porém, todos

séries do Colégio Vicentino

podemos participar por meio do

Santa Cruz, estamos estu-

voto, sem exceções.

em um grupo afeta a todos os outros também.

é política, os poderes em que é

“O Encontro Filosófico foi muito bom para aprendermos mais sobre a Filosofia. Ele também nos ajudou a conhecer pessoas novas, fazer novas amizades. Durante a viagem, nós começamos a conversar mais e nos aproximarmos mais uns dos outros. Tudo estava ótimo: a palestra, as pessoas de lá, a viagem... Tudo valeu a pena!”

dividida, etc.. Mas o mais im-

Nicole A. Cardoso - 7ª A

Para compreendermos melhor o assunto, nossa professo-

Para que todas as pessoas

ra de filosofia convidou o depu-

tenham seus direitos e deveres

tado estadual Douglas Fabrício,

iguais, foi criada a política, por

com o objetivo de definir o que

meio da qual os homens regulam e ordenam seus interesses e suas obrigações. Como não era possível que toda a população participasse de uma reunião onde iria ser decidido o destino do dinheiro púbico, ou a criação de novas leis, ou qualquer decisão de nosso interesse, foram limitadas algumas pessoas selecionadas pelo próprio povo para representar a população. Aí então aparecem os políticos,

10

w w w.por talser.net

portante de sua fala é que “se você não vota, outros votarão no seu lugar”, o que podemos relacionar com as pessoas que se negam a participar da política, não sabendo eles que se não quiserem dar sua opinião, outros darão em seu lugar, e depois as consequências podem ser boas ou não. Aluna Luiza Prevedel Pereira

“O Encontro, pra mim, foi mais do que aproximar mais as turmas, fazer novas amizades. Proporcionou um maior conhecimento da filosofia com o tema: Ter ou Ser, fizemos algumas reflexões, o que foi bem interessante, além das Palestras que tivemos, que foram bem legais!”

“Esse Encontro foi pra mim muito bom! Além de aprofundar meus conhecimentos sobre a Filosofia, conheci pessoas novas, fiz novas e boas amizades, o que é sempre bem-vindo em minha vida. Foi uma ótima experiência e uma oportunidade que felizmente não passou em branco.”

Ana Luiza Alcântara - 7ª A

Heloisa Costa Pereira - 7ª B

“Foi um Encontro sensacional, pois nós aprendemos mais sobre a vida e sobre a Filosofia e fizemos novas amizades. Aprendemos a trabalhar juntos e a conviver com harmonia e com liberdade de expressão.”

“O Encontro Filosófico foi muito inspirador e reflexivo, pois fizemos atividades que eram relacionadas à Filosofia para aprendermos mais!” João Francisco Lima Azzolini - 7ª B

“O Encontro Filosófico foi muito legal! Além de conhecer pessoas novas, comecei a gostar mais de filosofia. A Palestra que tivemos foi muito animada, os desafios e a conversa que tivemos foi esclarecedora. Tudo foi muito animado e me fez perceber que a Filosofia é importante para nossa vida!”

“O Encontro Filosófico foi uma grande lição, a brincadeira proposta com o novelo de lã mostra que para voltar no tempo e desfazer nossos erros é muito mais difícil do que agir sem pensar, e muitas vezes na vida esta linha pode dar um nó que nunca mais pode ser desfeito. Pude ver que a reflexão é importante para uma boa ação, para que dela não nos arrependamos.”

Mariana Alves Lo Turco - 7ª A

Lorena Laureano - 7ª B

Eduardo Afonso de Melo - 7ª A

“O Encontro Filosófico foi magnífico. Foi possível observar e entender a maneira como diferentes escolas trabalham com a Filosofia. As palestras aprimoraram meu conhecimento com relação ao modo de refletir sobre os acontecimentos e suas consequências. O encontro foi legal, produtivo e acima de tudo foi possível conhecer pessoas e criar mais vínculos. Foi demais! Mauro de P R Junior - 7ª A


Filosofando

F i l osof i a em R E D E s

O pensamento filosófico é criador Rede de Educação, SESI-RJ.

A

rede de Educação SESI do Rio de Janeiro iniciou parceria com o Sistema de Ensino Reflexivo – S.E.R. a partir de 2010, com a indicação dos livros da Coleção Filosofia, o Início de uma Mudança nos Cursos da 2ª Etapa do Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Embora a parceria tenha se estabelecido este ano, estamos em contato há algum tempo, entendendo que as reflexões a partir dos estudos da filosofia interferem diretamente nas vivências cotidianas e

nas escolhas dos nossos alunos/as. E, inclusive, a Escola do SESI de Barra Mansa se antecipou em promover junto aos alunos/as, equipe e pais ações pedagógicas para a educação para o pensar. Consideramos que esta parceria vem promover experiências importantes na vida dos nossos alunos/as e estaremos a partir do 2º Semestre estreitando as ações, com a realização do Café com Ideias nas escolas SESI-RJ e a formação das equipes.

Todos podem conhecer? Unidade Operacional de Volta Redonda, SESI-RJ.

A

tividade desenvolvida com alunos do 7º ano. A proposta envolve ações desenvolvidas com o material adotado no EFR. 2ª Etapa - Coleção “Filosofia o Início de uma Mudança”. Tema proposto: Teoria do Conhecimento Objetivo: Vivenciar a importância de nossos sentidos para apreensão do conhecimento, enfatizando o papel da experiência sensível.

Como diz Deleuze, o pensamento filosófico é criador porque faz nascer alguma coisa que ainda não existia, alguma coisa nova. E é com este espírito que desejamos estabelecer o trabalho conjunto com o S.E.R., porque queremos inventar. Gerência de Educação Básica

Desenvolvimento: “Segundo o filósofo John Locke, nosso conhecimento começa com a experiência dos sentidos, com as sensações. Tudo o que existe em nossa mente passou por nossos sentidos”. Após estudo e discussão sobre a corrente empirista e um de seus representantes, John Locke, realizamos algumas reflexões por meio de uma dinâmica de grupos. Os alunos foram divididos em grupos e receberam fichas nas cores azul, vermelha, amarela e verde, contendo instruções de suas ações. Cada grupo se utilizava de determinados sentidos para chegar ao conhecimento do trabalho realizado. O grupo que estava de olhos vendados queixou-se do barulho, pois dificultou a percepção do que estava acontecendo. O grupo que recebeu “os presentes” só conseguiu adivinhar o que estava nas caixas com dicas dos outros grupos. O grupo que não pôde utilizar a fala foi o que sentiu maior dificuldade para participar de todo o trabalho.

Conclusão registrada pelos alunos: Tivemos dificuldades em cumprir as tarefas até o final, mas, observamos que todos podem aprender e que a ajuda do outro é essencial para o nosso conhecimento.  Profª. Nárrida

Filosofia ganha espaço na Rede Municipal Prefeitura Municipal da Estância Turística de Salto, SP.

A

Rede Municipal da Estân-

clássica, as professoras também

cia Turística de Salto, no

estudam e praticam as ativida-

interior de São Paulo, conta

des propostas pelo material da

desde o ano passado com o tra-

coleção Filosofia Fundamental

balho de filosofia com crianças

- O Menino e a Caboré. Material

junto aos seus alunos do se-

filosófico que serve como base

gundo e terceiro anos do Ciclo I.

para o trabalho com as crianças.

O projeto inicialmente aten-

O resultado, como já era

dia a três escolas do Município.

previsto, está sendo muito po-

Hoje acontece nas dez unidades

sitivo, tanto por parte da co-

da Rede, sendo desenvolvido por

munidade escolar, como por

professoras que recebem capa-

parte das famílias, que têm de-

citação semanal a cargo do pro-

monstrado uma visão positiva

fessor Aparecido. De modo que,

em relação aos avanços obtidos

além de terem aulas de filosofia

Capacitação de professores.

no trabalho.

Alunos em momento de trabalho de construção da flor mágica. Prof. Aparecido Responsável pela Filosofia w w w.por talser.net

Alunos em momento de trabalho de construção da flor mágica

11


Nova edição da coleção que é um sucesso A Editora Sophos apresenta os novos livros da Coleção Novo Espaço Filosófico Criativo de 6º ao 9º ano. Este é mais um presente aos professores e alunos no aniversário de 21 anos do S.E.R.. A Coleção Novo Espaço Filosófico Criativo completa-se com o lançamento dos novos livros do 6º ao 9º ano. Livros totalmente novos, com a intenção de criar em sala de aula a Comunidade de Aprendizagem Investigativa e levar os alunos a serem coautores.

Com esse lançamento, a Coleção de 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental segue o fio condutor do Programa Educar para o Pensar: Filosofia com Crianças, Adolescentes e Jovens.

Coleção Novo Espaço Filosófico Criativo

SISTEMA ENSINO REFLEXIVO

⇒⇒ 1º ano – Vamos Filosofar? ⇒⇒ 2º ano – Aprender a filosofar com os colegas; ⇒⇒ 3º ano – Discutir e construir um filosofar vivo; ⇒⇒ 4º ano – Entender as ideias e filosofar; ⇒⇒ 5º ano – Tecer as ideias com os outros: filosofando. ⇒⇒ 6º ano – Filosofar e viver ⇒⇒ 7º ano – A Filosofia no nosso dia a dia ⇒⇒ 8º ano – Conviver e filosofar com os outros ⇒⇒ 9º ano – Somos cidadãos reflexivos: filósofos por natureza

Pensando nos livros que vai adotar em sua escola com os alunos para 2011? Veja nossos catálogos em www.editorasophos.com.br, solicite nossa visita ou informações online via e-mail, em nossa página ou por telefone (48) 3222 8826 - ao Departamento de Assessoria Filosófico-Pedagógica. w w w.editorasophos.com.br


S.E

! ta

r a e ĂŠ s p . o R s .


Ensino Reflexivo Sua escola não pode ficar fora do momento histórico que vivemos na Educação Brasileira. Nossos alunos são chamados e exigidos, em todos os níveis, a demonstrar que pensam, que agem reflexivamente. Por isso um ensino reflexivo e filosófico em todos os segmentos e, tendo um “fio condutor” interdisciplinar. Analise e adote nossas coleções. Vamos fazer da escola um espaço do SER.

COLEÇÃO FILOSOFIA O INÍCIO DE UMA MUDANÇA EDUCAÇÃO INFANTIL

ENSINO MÉDIO – 1º, 2º e 3º ano

ENSINO FUNDAMENTAL 1 – 1º ao 5º ano

ENSINO FUNDAMENTAL 2 – 6º ao 9º ano

COLEÇÃO FILOSOFIA FUNDAMENTAL ENSINO FUNDAMENTAL 1 – 1º ao 5º ano

ENSINO FUNDAMENTAL 2 – 6º ao 9º ano


COLEÇÃO NOVO ESPAÇO FILOSÓFICO CRIATIVO ENSINO FUNDAMENTAL 1 – 1º ao 5º ano

ENSINO FUNDAMENTAL 2 – 6º ao 9º ano

Coleções Didáticas do S.E.R COLEÇÃO ENSINAR E APRENDER PARA ALÉM DA CAVERNA

COLEÇÃO HISTÓRIA REFLEXIVA

COLEÇÃO LINGUAGEM: A ARTE DA REFLEXÃO

COLEÇÃO INVESTIGAÇÃO E REFLEXÃO

COLEÇÃO APRENDENDO CIÊNCIAS

COLEÇÃO SER MATEMÁTICO


=

+

Mais próximos dos professores, das escolas e dos alunos O S.E.R. cria, produz e disponibiliza para você: estrutura de apoio por meio de assessorias, eventos e projetos, ações integradas, informativos, sites para interação e material didático apropriado. Com estrutura que torna realidade um Ensino Reflexivo e Filosófico condizente e repleto de vida nas escolas do país, para professores reflexivos de todas as disciplinas, em busca de uma educação significativa e emancipadora.

ESTRUTURA:

• • • •

Assessoria permanente (on-line e presencial). Equipe de filósofos e educadores que trabalham na formação continuada com todos os professores. Equipe didático-filosófica para assessorar professores e os colégios. Autores de renome nas áreas de ensino, com experiência docente em salas de aula.

AÇÕES:

• • • • •

Congressos nacionais de Educação para o Pensar. Cursos de Formação Permanente para os professores (modalidade EaD e presencial). Palestras. Seminários regionais. Encontros de professores.

INFORMATIVOS:

• • •

Jornal trimestral – Corujinha: Jornal de Ideias da Filosofia com Crianças, Adolescentes e Jovens. Revista on-line – Philos Revista Brasileira de Filosofia no Ensino Fundamental. Boletins eletrônicos semanais de reflexões – O Dia D... Reflexões filosóficas..

PROJETOS:

Café com Ideias; Estamos com Você, Professor de Filosofia; Filosofia no Ensino Fundamental; Diálogos Filosóficopedagógicos; Formação permanente; Filosofia na Rede Pública de Ensino; EaD do S.E.R.; Doações de livros para escolas públicas; Sim, Escola Reflexiva? SER é a resposta!; Escrevendo a história com várias mãos.

SITES: www.portalser.net www.editorasophos.com.br www.portaldafilosofia.com.br www.filosofiafundamental.com.br

• • • •

MATERIAL DIDÁTICO:

Criação e elaboração de Coleções filosóficas e didáticas:

• • •

Coleções para o ensino da Filosofia: Filosofia Fundamental; Filosofia: o Início de uma Mudança; Novo Espaço Filosófico Criativo; Filosofia e Interdisciplinaridade; Paradidáticos Filosóficos. Coleções para pais e educadores: De Educador para Educador; Pais & filhos: companheiros reflexivos; Conhecer para projetar o futuro. Coleções Didáticas Reflexivas: Ensinar e Aprender para além da Caverna (Alfabetização ao 5º ano); Linguagem: a arte da reflexão (6º ao 9º); Geografia: Investigação e Reflexão (6º ao 9º); Aprendendo Ciências (6º ao 9º); História reflexiva (6º ao 9º); Ser Matemático (6º ao 9º).

Assim, na relação entre teoria e prática, a ação será medida sempre por um pensar correto – um bem pensar. Essa prática nos aponta para uma situação de melhor qualidade de vida.

PARA SABER MAIS SOBRE Sistema de Ensino Reflexivo – S.E.R. • Editora Sophos • Centro de Filosofia Rua Cristóvão Nunes Pires, 161 – Centro – CEP 88010-120 – Florianópolis – SC Fone/fax (48) 3222 8826 – 3025 2909 vendas@editorasophos.com.br – assessoria@portalser.net

Profile for Admin Sistema de Ensino Reflexivo

Jornal Corujinha - Edição No. 66 - 2. trimestre - 2010  

Jornal Corujinha - Edição No. 66 - 2. trimestre - 2010

Jornal Corujinha - Edição No. 66 - 2. trimestre - 2010  

Jornal Corujinha - Edição No. 66 - 2. trimestre - 2010

Profile for portalser
Advertisement