Page 1

Sábado, 17 de março de 2012

São José do Rio Pardo - SP

Edição nº 03

UM NOVO CONCEITO EM NOTÍCIAS

Distribuição gratuita

Política P A-3

Cidade P A-4

GeraisP A-7

Esportes P A-11

Religião P A-13

Vasco e Frango da Vila golearam na terceira rodada

Guardas ameaçam parar corpo de bombeiros REPORTAGEM

REPORTAGEM

Cidade P A-4

Esportes P A-11 Duas goleadas foram registradas na terceira rodada do Campeonato Domingão de Futebol, organizado pela Liga Riopardense de Futebol (LRF).

Prefeitura fecha acordo com o São Bernardo FC

O efetivo da Guarda Civil Municipal (GCM) designado para atuar junto à corporação do Corpo de Bombeiros, ameaçou parar as atividades caso a Prefeitura não reajustasse os salários desses profissionais, entre outras reivindicações. P A-5 REPORTAGEM

Bueiro entupido na rua Curupaiti causa alagamentos Moradores da rua Curupaiti, estão revoltados com o ineficiência do poder público em desentupido um bueiro. P A-4

A-11 REPORTAGEM

Homem é preso suspeito de dopar e estuprar a ex-mulher Um homem de 34 anos foi preso suspeito de sequestrar, dopar e estuprar a ex-mulher na manhã de quarta-feira, dia 14, em Mococa. A-9

REPORTAGEM

“Ruas do Jardim São Bento estão intransitáveis”, reclama morador O vereador Marco Antônio Gumieri Valério solicitou ao prefeito João Luís Cunha que recapeasse as ruas do Jardim São Bento. A-6


Página A-2

EDITORIAL

Sábado, 17 de março de 2012 EDITORIAL

O bispo apareceu Em plenário, o vereador Vicente Rodrigues fala muito quando não deve, fica calado quando precisa se manifestar e tem a brilhante capacidade de colocar o prefeito em cada fria... A mais recente saia-justa que o vereador pregou no prefeito foi revelar a todos que acompanhavam a sessão da Câmara Municipal na última sessão, em alto e bom som, que o verdadeiro responsável pela liberação dos recursos federais para o tão sonhado projeto de saneamento básico do município é o arcebispo metropolitano do Rio de Janeiro e também rio-pardense, Dom Orani João Tempesta. Claro que ele deve ter falado no impulso, sem pensar, mas falou uma verdade que a maioria dos rio-pardenses ainda desconhece. O arcebispo utilizou-se de seu network

Folha Rio-pardense é uma publicação da Editora 31 de Março. Rua Francisco Glicério, nº 248, Sala A, Centro São José do Rio Pardo-SP redacao@folhariopardense.com.br (19) 4130-0011 (telefone fixo). Jornalista responsável: Pedro Augusto Baizi Smarieri MTB nº 46.771 SP Jornalista sindicalizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo e pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

para evitar que São José do Rio Pardo perdesse, mais uma vez, recursos para o saneamento. Vicente Rodrigues discursava temas religiosos, como costumeiramente faz. Disse em certo momento – já em tom mais exaltado -, que Deus o havia revelado uma profecia. Que ele, o vereador, deveria ajudar a diminuir a desigualdade social, trabalhando em conjunto com os colegas da Câmara e da Prefeitura. E por isso que ele defende o prefeito a ponto de se tornar seu líder no legislativo. A revelação foi além. Mostrou que Deus estava presente na política riopardense, tanto é que por intermédio de dom Orani, o projeto de saneamento “que já estava perdido”, foi resgatado. Claro que dom Orani é um religioso respeitado, tanto

pelo povo quanto pelo clero. Um homem de caráter e de ilibada reputação. Tanto é que alcançou um dos postos mais cobiçados da Igreja, sendo eleito arcebispo metropolitano do Rio de Janeiro. Mas o arcebispo não utilizou de forças sobrenaturais para beneficiar o município com esses recursos. Ele foi a campo, falou diretamente com quem mandava, e fez uma boa-ação para com a sua cidade natal. Não precisou invocar a Deus, e nem tão pouco discursar em seu nome. Foi prático, como sempre foi. Direto ao assunto, sem rodeios. E pronto, aí está o resultado. Educado nas regras cistercienses da Abadia Nossa Senhora de São Bernardo, obviamente que dom Orani prega a humildade. Não faz questão de levar os louros dessa

conquista e nem tão pouco está preocupado com os aplausos. Alguém se encarregou – diga-se de passagem, indevidamente -, de aparecer na foto como o grande conquistador desses recursos. Não tem problema. Os recursos foram conquistados e se a administração municipal tiver capacidade de gerir um projeto dessa complexidade, todos nós ganharemos. De qualquer forma, por mais inoportuna que tenha sido (para o prefeito) a revelação do seu líder na Câmara foi importante para a sociedade rio-pardense conhecer o verdadeiro responsável por estes recursos. Parafraseando os ensinamentos bíblicos, o vereador deu a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. A sociedade agradece.

Há Vagas Padeiro - 1 vaga Encanador – 15 vagas

Rio Plastic – 15 vagas Veneza – 25 vagas

Garçon – 5 vagas Supermercado Dia – 80

Servente -20 vagas Pedreiro – 20 vagas

Vendedor – 6 vagas DER – SP - 3 vagas

vagas

Balconista – 5 vagas Gerente – 3 vagas

Manicure – 2 vagas Chapeiro – 4 vagas

Os interessados devem procurar o PAT — Posto de

Vigilante – 5 vagas Motorista – 1 vaga

Motoboy – 3 vagas Soldador – 3 vagas

Atendimento ao Trabalhador —, localizado na Rua José

Nestlé – 70 vagas Cargil – 30 vagas

Armador de ferragem – 15 vagas

Andreoli, nº 132. Mais informações pelo telefone

Mega – 4 vagas

Marceneiro – 10 vagas

3681-2848.


POLÍTICA

Sábado, 17 de março de 2012

Página A-3

BOMBEIROS

Vereador quer que Prefeitura devolva taxa cobrada indevidamente Administração municipal rebate dizendo que valores são irrisórios A estimativa de receita para a arrecadação da taxa de bombeiros para o ano de 2012 é de R$ 360.000,00 conforme orçamento aprovado pela Câmara dos Vereadores no final de 2011. Com os erros cometidos pela Prefeitura ao fazer os lançamentos da taxa de Bombeiros surgiu a dúvida sobre a possibilidade de uma cobrança maior e em desacordo com o orçamento para este ano. Foram verificados casos de lançamentos superiores a R$ 200,00, quando o máximo permitido por lei não poderia ultrapassar R$ 28,80. Esse assunto já foi discutido na Câmara e os

vereadores Cláudio de Lima e Vicente Rodrigues defenderam a posição adotada pelo prefeito de que os carnês errados foram em número irrelevantes. A quantidade de reclamações de contribuintes que se dirigiram à Prefeitura para correção dos carnês evidencia que os dois vereadores da base governista estavam, apenas, procurando minimizar o problema. Se a questão não fosse levantada, é bem possível que contribuintes que tiveram a conta majorada acabariam efetuando o pagamento sem perceber que estariam sendo lesados.

RETALIAÇÃO

Prefeito corta emendas de vereadores da oposição Entretanto, Executivo autoriza com facilidade a liberação de recursos a vereadores da base governista No final do ano passado, durante a aprovação do orçamento municipal de 2012, a lei de repasses ao terceiro setor sofreu três emendas: uma de autoria do vereador Marquinhos Zanetti, beneficiando a entidade Mão Amiga; outra de Cláudio de Lima, para a instituição Cercamor e outra do vereador Márcio Zanetti para a Arrufa. Esta última instituição vinha sendo beneficiada com a transferência de recursos através do DEC, mas teve o benefício cancelado, sob a alegação de que a Prefeitura Municipal não estava repassando a verba suficiente para o DEC o que o impedia de cumprir seus compromissos. Das três entidades, apenas o ARRUFA,

sugerida por Márcio Zanetti deixou de receber os repasses cujo valor era de R$ 4.700,00 mensais. Zanetti cobrou explicações do prefeito para justificar essa exclusão e João Luís respondeu salientando o seguinte: “a municipalidade está avaliando a conveniência pública, [para o repasse], pois há notícias de que vários clubes desta entidade inclusive já deixaram de existir.” O prefeito João Luís, entretanto, não listou quais os clubes não existem mais. A resposta deixou a desejar. A A R R U FA c o n g r e g a , atualmente, cerca de 20 clubes esportivos, representando um contingente de mais d e 4 0 0 pessoas que estão desgostosas com a atitude do

prefeito. A expectativa desses associados é, no mínimo, que João Luís Cunha cumpra a lei aprovada pela Câmara que foi utilizada para beneficiar as entidades indicados por Marquinhos e Cláudio de Lima, ambos correligionários políticos do prefeito no legislativo. Diante dessa situação, o vereador Márcio Zanetti entrou, na quarta-feira, dia 14, com um requerimento junto ao Ministério Público solicitando “punição político-administrativa por descumprimento de lei municipal.” Ao mesmo tempo, o vereador fez indicação à Procuradoria Jurídica da Câmara Municipal pedindo providências legais que obriguem João Cunha a cumprir a lei, o mais rápido possível.

Essa situação levou o vereador Márcio Zanetti a fazer requerimento de informações pedindo ao prefeito João Cunha para “encaminhar à Câmara relatório informando o cadastro de IPTU e valores aplicados da taxa de bombeiros.” A resposta chegou à Câmara dia 02 de março, através do o f í c i o 111 / 2 0 1 2 . N o documento João Cunha usa a mesma estratégia que vem adotando há tempo e que, este ano, em função das eleições municipais, está se intensificando: responde de maneira genérica e incompleta. Ele pede ao vereador que vá à Prefeitura para verificar

os documentos porque “devido ao volume de informações ser abundante, torna-se para o município dispendioso sua impressão.” Na realidade João Luís sai pela tangente e “salvo melhor juízo, deixa explícita a situação de irregularidade” completa Márcio Zanetti. A legislação estabelece critérios que ordenam as obrigações do executivo com relação à Câmara. Zanetti vai insistir para que os dados sejam encaminhados à Câmara. A proposta do vereador é que, se houve valores c o b r a d o s a m a i o r, a Prefeitura deve devolver o dinheiro ao contribuinte.


Página A-4

Sábado, 17 de março de 2012

CIDADE EDUCAÇÃO

Câmara vota pela liberação de resíduos do Fundeb Projeto foi apresentado três vezes pela Prefeitura, mas todas estavam irregulares. Aprovação só foi possível com emenda de vereador

Na sessão da Câmara Municipal de terça-feira, dia 13, o projeto de Lei nº 30, de 13 de março de 2012 voltou a ser discutido pelos vereadores. Essa foi a terceira versão do projeto que visava autorização legislativa para a Prefeitura gastar mais de R$ 153 mil de resíduos do Fundeb. A lei do Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino Básico permite que até 5% do total desse recurso seja aplicado até o término do 3º trimestre do exercício subseqüente. Como em 2011 o valor arrecadado através deste Fundo foi de aproximadamente R$ 9.800.000,00, a Prefeitura poderia aplicar em média, R$ 500 mil em 2012. Durante a votação desse projeto de lei houve polêmica em virtude de esse ser a terceira versão, pois a

Prefeitura apresentou na semana anterior o PL nº 17, com a mesma intenção, ou seja, receber autorização para realização dessas despesas. Como o projeto apresentado continha erros formais e materiais, apenas os vereadores Marquinho Zanetti, Claudio de Lima e Vicente Rodrigues (da base governista) assinaram requerimento para apreciação em regime de urgência especial. Os demais vereadores foram contra, inclusive Amilton Pizzoli e Rosângela Berti que também são governistas. O vereador Marcio Zanetti afirmou que da forma como fora proposta pela Prefeitura, a lei permitiria ao Executivo contabilizar essa despesa, que é do ano de 2011, apenas em 2012, como se fosse despesa desse ano,

gerando dessa maneira duplicidade contábil. Sendo assim, o mesmo gasto poderia ser considerado como aplicação de recursos duas vezes, o que é ilegal e prejudicial ao desenvolvimento da educação básica. Na semana anterior, o vereador Marcio Zanetti entrou em contato com o departamento de contabilidade da Prefeitura que, após reconhecer o erro, encaminhou novo projeto de Lei para a Câmara Municipal, que foi discutido nesta última reunião. Entretanto, mesmo com as “correções” que a Prefeitura faria, esse também apresentou erros e foi substituído. Ou seja, ao apresentar a terceira versão do mesmo projeto de Lei,

em pouco mais de uma semana, a Prefeitura errou novamente. Em razão dos constantes erros, o assessor da Câmara Municipal, Luiz Gonzaga, sugeriu que Câmara devesse preparar emenda modificativa e viabilizar a aprovação do projeto de lei, especialmente em virtude do prazo para aplicação estar se esgotando. Como presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, o vereador Marcio Zanetti providenciou emenda para corrigir esses erros, mas foi criticado pelo líder do prefeito, vereador Vicente Rodrigues. O vereador disse que a emenda era inconstitucional, mas que votaria a favor porque o dinheiro precisaria ser gasto.

DESCASO

Bueiro entupido na rua Curupaiti causa alagamentos A situação fica crítica quando há chuvas, pois a rua fica alagada e chega a invadir as casas

REPORTAGEM

Moradores da rua Curupaiti, mais especificamente na região onde funciona o prédio da Cetesb, estão revoltados com o ineficiência do poder público em desentupido um bueiro. Há anos os moradores pedem pela realização do serviço, mas sem sucesso. A situação fica crítica quando há chuvas. “A rua fica toda alagada e chega a invadir nossas casas”, comenta uma moradora. Mas a reclamação dos moradores não foi só nos setores responsáveis. Foi direta ao prefeito João Luís Cunha. Quando a via foi pavimentada, o prefeito esteve acompanhando as obras no local. Foi abordado por populares

que lhe apontaram o problema. O prefeito garantiu que no dia seguinte o bueiro seria desentupido. Já se passaram mais de 60 dias e até agora, nenhuma atitude foi tomada, aumentando ainda mais a insatisfação dos moradores. Um funcionário da Prefeitura chegou a ir no local e, após vistoria, recomendou que a manilha fosse trocada. Depois dessa visita, ninguém mais se manifestou e o problema continua. Além de invadir as casas, a água empossada na rua pode servir de criadouro do mosquito da dengue. “A gente torce para não chover muito, pois caso contrário não sabemos o que pode acontecer aqui na rua”, lamenta.

Prefeito esteve no local e prometeu solução em até 24 horas. Já se passaram mais de 60 dias e nada


CIDADE

Sábado, 17 de março de 2012

Página A-5

IMPASSE

Guardas Municipais ameaçam parar base do Corpo de Bombeiros Prefeitura realizaria concurso público para o cargo de bombeiro municipal e guardas seriam dispensados O efetivo da Guarda Civil Municipal (GCM) designado para atuar junto à corporação do Corpo de Bombeiros, ameaçou parar as atividades caso a Prefeitura não reajustasse os salários desses profissionais, entre outras reivindicações. De acordo com um guarda que preferiu não se identificar, o regimento da Guarda Municipal diz que a escala de trabalho dessa categoria profissional é 12 horas por 36. Entretanto, a escala dos Bombeiros é 24 horas por 48. Como os guardas integram a base do Corpo Bombeiros, eles precisaram seguir a mesma carga horária que os policiais, porém sem receber aumento salarial. Sendo assim, os guardas estariam trabalhando mais e ganhando menos. Além disso, o departamento jurídico da Prefeitura já advertiu a administração municipal, que essa escala não pode ser seguida pelos

funcionários municipal, o que poderia acarretar problemas no futuro. O departamento de Recursos Humanos da municipalidade ratificou o parecer jurídico. Entretanto, os guardas municipais desconheciam os aspectos legais dessa situação, e foram reivindicar ao secretário municipal de Gestão Pública, Valkyr Veronose, reajuste salarial ou o pagamento de hora-extra. Nesta reunião, onde a imprensa foi proibida de participar, o secretário informou aos guardas que as solicitações da categoria não seriam atendidas, pois a Prefeitura já estaria preparando um edital de concurso público, visando a contratação de bombeiros municipal, o que resultaria na dispensa dos mesmos da base operacional do Corpo de Bombeiros. Após esse concurso, os guardas retornariam ao prédio da Secretaria de Segurança e Trânsito.

Diante dessa informação, os guardas municipais se sentiram desvalorizados e ameaçaram parar as atividades junto à base. “Já que é para retornar à Guarda, vamos agora. Chega de sermos usados”, protestou um dos presentes. Por outro lado, os representantes do Corpo de Bombeiros já advertiram a administração municipal: se os guardas forem embora, a

base dos Bombeiros fecha as portas em São José do Rio Pardo. Na reunião de sexta-feira nada ficou acertado, e os guardas voltaram revoltados. Na terça-feira, dia 13, os guardas se reuniram com o prefeito João Luís Cunha e ouviram do mesmo a garantia de que permaneceram no cargo, não havendo a necessidade da realização

de um concurso público para a contratação de bombeiros municipal. Um funcionário do alto escalão da Prefeitura, que optou por não ser identificado, afirmou que a decisão do prefeito foi meramente política e não administrativa. “Após o período eleitoral a Prefeitura vai realizar sim o concurso e dispensar os guardas”, garantiu. REPORTAGEM

Agrupamento do Corpo de Bombeiros é composto por membros da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal

CONTRADIÇÃO

Secretário afirma que guardas não podem ficar Segundo Folharini, o governo estadual encontrou irregularidades na contratação e exige concurso público Durante reunião do Conselho Municipal de Segurança (Conseg), ocorrida na quarta-feira, dia 14, no prédio da Associação Comercial e Industrial (ACI), o secretário de Segurança e Trânsito, José Fernando Folharini, disse que o concurso público para a contratação de bombeiro municipal é uma exigência do governo estadual. Segundo ele, a Prefeitura teria recebido uma carta do governo paulista, afirmando que a cessão de guardas municipal para a função operacional do Corpo de Bombeiros estaria irregular,

e que os mesmos s ó poderiam exercer funções administrativas. O que p a r a Folharini, não é interessante. Entretanto, após o mal estar criado entre os guardas municipal, bombeiros e a atual administração, o prefeito João Luís Cunha autorizou a permanência dos mesmos na base do Corpo de Bombeiros, cedendo às reivindicações dos guardas, em desacordo com o que determina - segundo informações do secretário, o governo estadual. Se confirmada as informações do secretário de Segurança e Trânsito, de que o Estado exige

Você Repórter REPORTAGEM

o concurso público para o cargo de bombeiro municipal, o prefeito João Luís mentiu aos guardas sobre a permanência dos mesmos na base do Bombeiro. REPORTAGEM

Registro fotográfico de um morador da rua São José, no bairro Santa Tereza, mostra a quantidade de buracos nesta via. Segundo o mesmo, vários requerimentos foram protocolizados na Prefeitura, mas nenhuma solução foi dada


Página A-6

Sábado, 17 de março de 2012

CIDADE

REPÓRTER DA CIDADE

“Ruas do Jardim São Bento estão intransitáveis”, reclama morador Prefeito João Luís Cunha visita o bairro com frequência, mas sem trazer soluções para os problemas O vereador Marco Antônio Gumieri Valério (Caco) solicitou ao prefeito João Luís Cunha que recapeasse as ruas do Jardim São Bento. De acordo com o vereador, muitos moradores estão reclamando devido ao péssimo estado de conservação da massa asfáltica. Um requerimento foi protocolizado no início

d o ano na Prefeitura, solicitando providencias. Já se passaram três meses e até agora nenhuma medida foi tomada. Enquanto isso, os moradores encontram dificuldades para transitarem com seus veículos pelas ruas do bairro. “O asfalto praticamente não existe mais; os buracos t o m a m t o d a a

rua”, denuncia uma moradora. Ela faz questão de lembrar que o prefeito João Luís Cunha, juntamente com o secretário de Gestão Pública, Valkyr Veronese, tem visitado o bairro com frequência, prometendo solução aos moradores. Entretanto, até agora, nenhuma solução foi tomada. Um grupo pretende

REPORTAGEM

Imagens registradas essa semana mostram o descaso da Prefeitura com os moradores do Jardim São Bento

realizar um abaixoassinado, pedindo a isenção do IPTU para aqueles imóveis. “O IPTU seria para a manutenção da via pública e já que não temos esse benefício aqui, vamos parar de pagar essa taxa, pois esse dinheiro está sendo útil para alguém e não para nós”, reclama um morador. REPORTAGEM

Imagens registradas essa semana mostram o descaso da Prefeitura com os moradores do Jardim São Bento REPORTAGEM

Imagens registradas essa semana mostram o descaso da Prefeitura com os moradores do Jardim São Bento

Ainda de acordo com os moradores, em época de chuvas as ruas ficam literalmente intransitáveis. “Quando chove muito, a gente deixa o carro lá na rua de cima, pois aqui para baixo não tem como passar com os carros”, lamenta. “Já vi muita gente caindo de motocicleta nesse período”, completa. REPORTAGEM

Imagens registradas essa semana mostram o descaso da Prefeitura com os moradores do Jardim São Bento REPORTAGEM

Moradores protocolizaram na Prefeitura o pedido de recapeamento em todas as ruas do bairro, mas não foram atendidas pela administração municipal


GERAIS

Sábado, 17 de março de 2012

Página A-7

Benefícios do Alongamento Na edição dessa semana trataremos dos benefícios do alongamento “Será que alongar-se é realmente necessário”? O que é o alongamento? Alongamentos são exercícios voltados para o aumento da flexibilidade muscular, que promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento. O principal efeito dos alongamentos é o aumento da flexibilidade, que é a maior amplitude de movimento possível de uma determinada articulação. O alongamento é uma prática fundamental para o bom funcionamento do corpo, proporcionando maior agilidade e elasticidade, além de prevenir lesões. Qualquer pessoa pode

aprender a fazer a l o n g a m e n t o s , independentemente da idade e da flexibilidade; até mesmo quem apresenta algum problema específico, como LER (Lesão por esforço repetitivo) ou hérnia de disco (lesão dos discos que compõem a coluna vertebral) também pode fazer alongamentos, porém com menor intensidade. Não é necessária grande condição física ou habilidades atléticas para se fazer alongamentos. Os alongamentos podem ser feitos sempre que se sentir vontade, uma vez que relaxam o corpo e a mente. Quando feitos de maneira adequada os alongamentos trazem os seguintes benefícios: -reduzem as tensões musculares; -relaxam o corpo; -proporcionam maior consciência corporal; -deixam os movimentos mais soltos e leves; -previnem lesões; -preparam o corpo para atividades físicas; - Ativam a circulação. Como deve ser feito? A respiração é fundamental: Quando se respira fundo aumenta-se o relaxamento muscular e se consegue uma maior amplitude de movimento. Deve-se respeitar os seus limite: Forçar o alongamento pode causar lesões nos músculos e tendões. Não se preocupe em alongar até o limite. Aos poucos você vai

ganhar flexibilidade. Por que fazer alongamentos? Tanto uma vida sedentária, como a prática de atividade física regular intensa (Um treino de musculação muito forte, por exemplo), promove o encurtamento das fibras musculares. Nos dois casos, a consequência direta desse encurtamento de fibras é a maior propensão para o desenvolvimento de problemas em ossos e músculos. Provavelmente, a queixa mais frequente encontrada tanto entre sedentários, como entre atletas, é a perda da flexibilidade provocando dores lombares, por encurtamento da musculatura das costas e posterior das coxas, associado a uma musculatura abdominal fraca. Com a prática regular de alongamentos os músculos passam a suportar melhor as tensões diárias e dos esportes, prevenindo o desenvolvimento de lesões musculares. Quando alongar? É importante alongar adequadamente a musculatura antes e também depois de uma atividade física. Isso prepara os músculos para as exigências que virão a seguir, protegendo e melhorando o desempenho muscular. Pela sua facilidade de execução, a maioria dos alongamentos pode também ser feita, praticamente, a qualquer hora. Ao despertar pela manhã, no trabalho, durante viagens prolongadas, no ônibus, em qualquer lugar.

Sempre que for identificada alguma tensão muscular, prontamente algum tipo de alongamento pode ser empregado para trazer bem estar. Como alongar? Antes de tudo, é importante aprender a forma correta de executar os alongamentos para aumentar os resultados e evitar lesões. Inicie o alongamento até sentir certa tensão no músculo e então relaxe um pouco, sustentando de 30 a 40 segundos, voltando novamente à posição inicial de relaxamento. Os movimentos devem ser sempre lentos e suaves. O mesmo alongamento pode ser repetido, buscando alongar mais o músculo evitando sentir dor. Para aumentar o resultado, após cada alongamento, o músculo pode ser contraído por alguns segundos, voltando a ser alongado novamente. Curiosidades sobre o corpo humano Ossos Você sabia que o corpo de um recém-nascido tem Trezentos ossos (!!!) e, em um adulto esse numero baixa pra 206 ! Não, não precisa ir procurar os ossos que estão faltando em baixo da cama ou nas gavetas de seu armário. Ao longo da vida, alguns ossos se fundem e formam um só. Fonte: Exercícios de alongamento, anatomia e fisiologia 3º Edição, Abdallah Achour Junior O guia dos curiosos, 10º edição, Marcelo Duarte José Luis S. Brambilla Ducorpo Personal Training e Assessoria Esportiva/ Academia Conexão Saúde.


Página A-8

Sábado, 17 de março de 2012

GERAIS

INCOMPETÊNCIA

INCLUSÃO

Prefeitura perde mais R$ 350 mil em recursos Desde novembro, diretores dos clubes tem solicitado empenho do prefeito para o recebimento desses recursos e até agora nada foi resolvido

Ao comentar requerimento que pede e x p l i c a ç õ e s sobre erros da Prefeitura que ocasionaram a perda de R$ 1 milhão de reais para a construção do novo prédio da FEUC dinheiro que seria obtido através de emendas do deputado petista Paulo Teixeira, e do senador Eduardo Suplicy (R$ 500 mil cada) -, o v e r e a d o r Marcio Zanetti revelou outros erros da administração municipal que resultaram em mais perda de recursos. Segundo o vereador, os clubes Botafogo e Ponte Preta estariam perdendo juntos, mais de R$ 350 mil em recursos estadual, sendo R$ 250 mil para conclusão das obras do ginásio poliesportivo do clube do alto da Vila Pereira, e R$ 100 mil para realização de obras de melhoria no gramado, vestiários e arquibancadas do clube do Vale do Redentor.

Ainda de acordo com o vereador, em outubro estiveram em audiência na Secretaria Estadual de Esportes, com o secretário Benedito Fernandes, o vereador Marcio Zanetti, o presidente do PTB local João Pelegrini e o presidente do Botafogo. Durante a audiência o vereador Marcio solicitou recursos para a conclusão do ginásio poliesportivo do clube. O presidente da agremiação demonstrou através de uma planilha previamente elaborada pela Prefeitura, que seriam necessários aproximadamente R$ 270 mil para a conclusão daquela obra. O secretário atendeu imediatamente os anseios do clube de São José do Rio Pardo e autorizou a liberação do dinheiro solicitado para a realização dessa obra. À Prefeitura caberia apenas uma contrapartida de R$ 20 mil e a gestão dos recursos. Sendo assim, a Prefeitura

OPORTUNIDADE

Terceira Idade abre inscrições para curso de alfabetização O Centro de Convivência da Terceira Idade da Prefeitura de São José do Rio Pardo está com as inscrições abertas para curso de alfabetização para idosos, cadastrados ou não. As aulas serão realizadas em parceria com a Secretaria de Educação por meio do programa Educação para Jovens e Adultos (EJA). Segundo informações da Secretaria de Assistência e Inclusão Social (SAIS), a data e o horário das aulas serão divulgados posteriormente

pela Secretaria de Educação. Atualmente o curso EJA está sendo realizado na Escola Estadual “Dr. Cândido Rodrigues”, atendendo jovens e adultos que não possuem idade escolar e oportunidade para estudar. Os interessados deverão procurar a secretaria da Terceira Idade na Avenida Maria Aparecida Salgado Braghetta (Perimetral), s/n. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3682-9360.

deveria firmar convênio com o Governo do Estado de São Paulo para receber e aplicar esses recursos. No final de semana seguinte, ainda durante o mês de outubro, o prefeito João Luis esteve reunido com dirigentes do clube, acompanhado do secretário de Planejamento, Obras e Serviços, Marco Aurélio Feltran, e assumiu o compromisso de providenciar toda a documentação necessária em no máximo três semanas, além de garantir a contrapartida exigida no contrato. Entretanto, o prefeito apenas prometeu e não cumpriu. Desde novembro, diretores do clube tem solicitado empenho do prefeito para o recebimento desses recursos e até agora nada foi resolvido. O mesmo problema enfrentado pelo Botafogo, a Ponte Preta também passa. O primeiro passo seria o envio de projeto de lei à Câmara Municipal, solicitando autorização para firmar esse convênio, o que não ocorreu.

Biblioteca Municipal recebe mais 14 livros para deficientes visuais Esta é a terceira vez que a Fundação Dorina Nowill disponibiliza livros para São José do Rio Pardo

Na última semana, a Biblioteca Municipal “Monteiro Lobato” recebeu nova doação de livros em braille para deficientes visuais da Fundação Dorina Nowill para Cegos, pioneira no desenvolvimento de livros digitais em língua portuguesa. A doação faz parte do projeto “Aqui tem livro acessível”, uma parceria da Fundação com o Ministério da Cultura com objetivo de facilitar o acesso à leitura para deficientes visuais, idosos, disléxicos ou pessoas com limitação à leitura. Esta é a terceira vez que a Fundação disponibiliza livros para São José do Rio Pardo. As outras doações ocorreram em agosto e dezembro do ano passado. Os títulos doados são: Capitão Mariano, o rei do

oceano (dois exemplares), A Galinha que Botava Batatas (dois exemplares), Amigo Bicho (dois exemplares), Meu pai é o máximo (dois exemplares), O ultimo que chegar é... (um exemplar), A semente da verdade (um exemplar), O grande dia (um exemplar), Dudu da Breka (um exemplar), A horta da Ethel (um exemplar), Pedro e Joaquim (um exemplar). Além dos livros para deficientes visuais, a biblioteca possui mais de 9 mil títulos de diversas áreas.A biblioteca está instalada à praça Capitão Vicente Dias, atrás da Igreja Matriz. Conta com rampas de acessibilidade, vários volumes de literatura infantil e adulta, além da coleção de CDs em áudio. Mais informações pelo telefone 3682-7857. REPORTAGEM


Sábado, 17 de março de 2012

GERAIS

Página A-9

FESTIVAL BENEFICENTE

Segunda etapa será neste domingo na fazenda São José da Barra Neste domingo, dia 18, o programa Boletim Esportivo passará o dia na fazenda São José da Barra onde acontecerá a II Etapa do Festival Beneficente do Boletim Esportivo 2012. Na oportunidade mais 18 equipes serão premiadas com troféus e todos os atletas receberão medalhas. A premiação é referente à participação das equipes e atletas no Concurso de Clubes do Boletim Esportivo em 2011. O evento acontece a partir das 9h30 c o m a realização de 9 jogos: 1º jogo - Misto da Santa Lúcia x Continental; 2º jogo –v 10h20 – aspirantes do São José da Barra x Unidos da Vila;

3º jogo – 11h00 – aspirante da Água Fria x Vila Maria; 4º jogo – 11h40 – titulares do São José da Barra x Unidos da Vila; 5º jogo – 12h20 – titulares da Água Fria x Vila Maria; 6º jogo – 13h00 – aspirantes – da Santa Lúcia x SantaAmélia; 7º jogo – 13h40 – aspirantes do Flamenguinho x Pirapitinga; 8º jogo – 14h20 – titulares da Santa Lúcia x Santa Amélia; 9º jogo – 15h00 – titulares do Flamenguinho x Pirapitinga. O local deverá ser sonorizado pela equipe CR Som do empresárioCarlinhosNavegaque fará a animação do local durante todo o dia. “Mais uma vez

acreditamos que a exemplo da 1ª etapa realizada na Nestlé, neste domingo na fazenda São José da Barra teremos uma grande festa e uma grande arrecadação de alimentos”, disse PauloSérgioRodrigues (Paulão). Cada equipe deverá contribuir ao menos com 100 kilos de alimentos que depois serão distribuídos para as entidades assistenciais do município. Deverão receber as contribuições em alimentos as seguintes entidades: Agradef, APAE, Asilo Lar de Jesus, Asilo Padre Euclides Carneiro, Cáritas, Comunidade Deus Proverá Riopardense, Creche Francisco de Assis, Creche São Paulo, Educandário São José, Hospital São Vicente, Igreja Santa Luzia, Igreja São Judas, Igreja São Roque, Lar da Infância, PEVI, Renascer, Rotary, e SOS.

MOCOCA

Homem é preso suspeito de dopar e estuprar a ex-mulher Segundo a Polícia Civil, mulher foi sequestrada na quarta-feira, dia 14

Um homem de 34 anos foi preso suspeito de sequestrar, dopar e estuprar a ex-mulher na manhã de quarta-feira, dia 14, em Mococa. De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava morando na casa de um parente no bairro Mocoquinha, depois que se separou do marido. Inconformado, o homem foi até o local e fez ameaças na noite de terça-feira. Durante a madrugada de quarta-feira, ele pulou o muro da casa, e com uma faca rendeu a mulher e a levou para uma casa no mesmo bairro. Ele a obrigou a tomar seis comprimidos e, em seguida, cometeu o estupro. A família registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento e, após investigações, a polícia chegou até a casa onde o suspeito mantinha a vítima. Ele foi flagrado no momento em que mantinha relações

sexuais com a ex. No local, a polícia encontrou três facas e várias cartelas de calmantes. O homem foi preso e a mulher socorrida ao ProntoSocorro de Mococa. Ela passou por exames e passa bem. Crime Em depoimento, o suspeito disse que a mulher tomou os

calmantes e manteve relações sexuais por vontade própria. Segundo o delegado Wanderley Martins, o homem já tinha passagens por violência doméstica e furto. Ele foi recolhido a Cadeia Pública de Casa Branca e será indiciado por sequestro e estupro de incapaz . A pena para os crimes pode chegar a 20 anos de prisão. REPORTAGEM

Facas e cartelas de calmantes apreendidas pela polícia na casa do suspeito

TÊNIS

Gustavo Zanitti Moreira tem experiência fantástica em Santa Catarina Participando do torneio de Tênis Internacional Banana Bowl, o atleta Gustavo Zanitti Moreira (12 anos), competiu na categoria 14 anos. No primeiro jogo venceu tenista que é o 12º do ranking nacional, o goiano Pedro Simimbu por 6x3, 1x6 e 6x1. Na sequência perdeu para o argentino Camilo Ugo Carabelli que é o 8º do ranking de seu país. O evento foi realizado entre os dias 8 e 11 de março, em Gaspar (SC). Na oportunidade, Gustavo foi acompanhado do professor de tênis da AAR e de seu irmão Rodrigo. “Gostaria de agradecer ao DEC, professor da AAR

Israel, professor Amendoim do RPFC, Advogado Marcelo Gaino, Advogado Rosoel, Psiquiatra Eliza Martha, Luis Vicente Porto, Kiko Materiais São José, Odontologia Marcinho D'avila, Elvis Sport, Fabio Mello, Venezza Express, Paulo Ricardo B. Moreira, Paulo Eduardo B. Moreira, João Zanitti Oficina Duas Rodas, Biga- Zim Zanitti Oficina Mecânica, a m a d r i n h a R e n a ta F. Moreira, avós Vó Lina, Vó Cida, Vô Baptista e a todos que apoiaram e incentivaram através do facebook, o nosso muito obrigado e que Deus dê em dobro a todos”, disse Gustavo.


Página A-10

Sábado, 17 de março de 2012

GERAIS

REGIÃO

Conselheiro tutelar é investigado por agressão a menor

Menor disse que foi abordado pelo conselheiro, que o acusou de roubo. Caso ocorreu em Casa Branca, no dia 29 de fevereiro Um adolescente de 15 anos, de Casa Branca, diz ter sido agredido por um conselheiro tutelar no dia 29 de fevereiro. O Ministério Público e a Polícia Civil estão investigando o caso. O menor explicou que depois de jogar bola em um campo de futebol, no bairro onde mora, voltava para casa, quando foi abordado pelo conselheiro WAS, e um agente da Fundação Casa. Um amigo, que ia embora com ele, disse que viu tudo de longe. “Chamaram e ele foi ver o que queriam e colocaram ele dentro do carro”, disse. A vítima afirma ter sido

levada para a academia, que pertence ao conselheiro. “Ele perguntou onde estavam as coisas que eu tinha roubado. Eu neguei e ele falou que era uma caixa amplificada, um aparelho de DVD e um livro. Eu falei que não sabia e eles começaram a me bater”, disse. Para não apanhar mais, o adolescente acabou confessando o crime e disse que o material estava em sua casa. A mãe do menor afirma que eles foram até o local acompanhados de um policial civil. “Ele falou que veio buscar as coisas que meu filho tinha roubado. Eu

falei para ele entrar e ele falou que não ia. O meu menino começou a gritar: ‘ô mãe, ele me bateu!’, e chorando”. As investigações correm sob sigilo. O Conselho Municipal de Defesa do Direito da Criança e do Adolescente de Casa Branca decidiu, na terça-feira, dia 13, que a sindicância aberta para apurar o caso seguirá as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público da cidade. A p r o m o t o r i a também vai determinar se o conselheiro deve ou não ser afastado do cargo, enquanto as denúncias são apuradas.

Leandro Torpres, presidente do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de Casa Branca, disse que se as agressões forem comprovadas, o funcionário poderá ser exonerado. As pessoas envolvidas no caso ainda serão ouvidas. O conselheiro suspeito da agressão, disse que realmente foi atrás do adolescente para saber do roubo, mas que não o obrigou a entrar no carro e que na academia só conversou com ele. “Não agredi de forma nenhuma. Eu trabalho com isso, trabalho com criança. Faz

seis anos que eu estou no Conselho Tutelar”, disse. Ele desconfia que a acusação seja uma represália de outro conselheiro acusado de estupro. “Desde que eu fiz uma denúncia de pedofilia, em outubro de 2010, já são várias as denúncias que vem. Já foi contratado detetive particular para tentar armar para mim, que saiu preso do Conselho Tutelar. Então a gente está vivendo preocupado, fecha carro, fecha tudo com medo de acontecer alguma coisa, inclusive com a minha família”, disse.


Sábado, 17 de março de 2012

ESPORTES

Página A-11

DOMINGÃO

Vasco e Frango da Vila golearam na terceira rodada Duas goleadas foram registradas na terceira rodada do Campeonato Domingão de Futebol, organizado pela Liga Riopardense de Futebol (LRF).As goleadas aconteceram no estádio da avenida “Euclides da Cunha”, em rodada realizada na manhã do último domingo. No primeiro jogo disputado no estádio do Vasco, o time do Frango da Vila venceu o time do Vale 4 por 7 a 2, gols de William (3), Jaime, Ricardo, Tiago e Rick para o Frango da Vila e Maicon e Cuca para o Vale 4. No segundo, o Misto do Vasco manteve a liderança isolada da competição ao golear o time do Papaléguas pelo placar de 6 a 2, gols de Rafael Gusmão (3), Vaguinho (2) e Felipe para o Vasco e Dill e Mateus para o Papaléguas. Nos jogos realizados no estádio do Botafogo as

partidas foram mais equilibradas. No primeiro jogo, as equipes do Misto do Botafogo e Escritório São Lucas empataram em 3 a 3, gols de Ivan (2) e Fernandinho para o Botafogo e Gustavo, Fernandinho e Paulo Henrique para o Escritório São Lucas. No segundo jogo, o time do Botafogo B obteve a segunda vitória seguida na competição ao derrotar o time da Cargill por 2 a 0, gols

jogo, por volta das 10 horas, o time do Botafogo (B) jogará contra o Frango Vila. No estádio do Vale do Redentor, no primeiro jogo às 0815, o time do Vale 4 jogará contra a Cargill e por volta das 10 horas, o Misto Botafogo jogará contra o time do Papaléguas. Lembrando que em disputa está o troféu ‘Cinqüentenário’ em comemoração aos 50 anos da LRF. REPORTAGEM

VETERANOS

PARCERIA

Prefeitura fecha acordo com o São Bernardo FC A Prefeitura Municipal firmou parceria com o São Bernardo FC, através do presidente do clube Luiz Fernando Teixeira, para que Sã o J o s é d o R i o P a r d o possa receber treinamentos e a estrutura de um time do ABC. Estarão participando do projeto, alunos da categoria de base das escolas de futebol da Prefeitura. A sede do projeto será o Complexo Esportivo Municipal (Grêmio Municipal), localizado ao lado do pátio da Prefeitura, na avenida Belmonte. Além da sede, haverá mais três

de João Luis e Maggi Clik. O campeonato prosseguiu na noite desta sexta-feira, dia 16, no campo do Vasco FC, com o jogo Papaléguas x Botafogo (B). Neste domingo, mais quatro jogos serão realizados pela 5ª rodada. No estádio da avenida “Euclides da Cunha”, no primeiro jogo às 08h15, o time do Escritório São Lucas jogará contra o Misto do Vasco FC. No segundo

núcleos: no Vale do Redentor, no Domingos de Sylos e o terceiro deverá funcionar em breve no Estádio Municipal ‘Palmyro Petrocelli’, no Jardim Aeroporto. “Essa é uma grande oportunidade que o município está recebendo. Estamos melhorando a qualidade de vida de nossas crianças ofertando esportes de fácil acesso. Nossos atletas devem ser reconhecidos e terem a chance de mostrar o quanto são capazes”, disse o prefeito João Luís.

De acordo com o presidente do DEC, Marlon Callegari, o mediador do convênio foi o coordenador de base do São Bernardo, o riopardense Edson Boaro. Com essa extensão, os atletas terão a oportunidade de participar de testes seletivos para times profissionais e também aprimoramento de novas té c n i c a s ” , disse Marlon. As inscrições podem ser feitas no DEC ou no Complexo Esportivo. Mais informações pelo telefone 3682-9923.

As notícias são do portal www.boletimesportivo.com.br

Ponte Preta mantém invencibilidade na competição A equipe da Ponte Preta venceu o time do União São José e manteve a sua invencibilidade no Campeonato Regional Veteranos 35 anos, organizado pela Liga Riopardense de Futebol (LRF). A Ponte Preta venceu os três jogos que disputou até o momento e está na liderança com 9 pontos ganhos. Jogando no último sábado (10) no estádio do Grêmio Municipal, a Ponte Preta venceu o adversário por 2 a 0, gols de Mafra e Edgard. Em São João da Boa Vista, as equipes do Cruzeirinho e Giro Kent (Guaxupé) empataram em 2 a 2, gols de Kinola e Lisandro para o time sanjoanense e Marquinhos e Jiló para o

Giro Kent. Em Arceburgo, o time da casa venceu o Guará (Casa Branca) por 1 a 0, gol de Edval. Em Guaxupé, o time da Mogiana derrotou o Vasco por 2 a 1, gols de Dênis (2) para a Mogiana e Alexandre para o Vasco. Neste sábado (17) mais quatro jogos serão realizados pela quarta rodada todos a partir das 15h30: Em São José do Rio Pardo: campo do Vasco Vasco FC x Guará (Casa Branca), Vale do Redentor AA Ponte Preta x Cruzeirinho (São João da Boa Vista); Em Guaxupé - Giro Kenti x Veteranos da Arceburguense e Mogiana x União São José. O campeonato está sendo organizado pela LRF e em disputa está o troféu ‘Cinquentenário’.


Página A-12

Sábado, 17 de março de 2012

ESPORTES

Matheus Saloti conquista duas medalhas em Grama Cerca de vinte cidades estiveram presentes no primeiro evento da natação do ano de 2012. A 1ª etapa classificatória de inverno do “Troféu Amigos da Natação” aconteceu dia 11 de março, em São Sebastião da Grama. A presença de um grande público muito animado, que vibrava a cada disputa, estimulava ainda mais a acirrada disputa entre os atletas. O nadador Matheus Saloti (Unimed e Colégio Lumen), que neste ano está na categoria Sênior, do qual participam atletas entre

idades de 18 e 28 anos, obteve excelentes resultados, sendo Campeão nos 50 metros Borboleta, e Vice-Campeão nos 50 metros Livre. Os outros medalhistas da prova disputada por Matheus eram técnicos e atletas de suas equipes, e tinha 24 e 28 anos, respectivamente. “Este ano os desafios serão ainda maiores. È o que deu para sentir competindo com atletas bem mais velhos do que eu”, disse Matheus com suas duas medalhas, ouro e prata, garantidas. REPORTAGEM

Clarissa Navarro termina em 3º lugar na categoria 30-34 anos Competindo na 1ª etapa do Troféu Brasil de Triathlon na distância olímpica (1,5km natação/40km ciclismo/ 10km corrida), a atleta Clarissa Navarro ficou com a 3ª colocação e em 8º no geral amador feminino, com o tempo de 2h33minutos, na c a t e g o r i a 30/34 anos. A prova foi realizada no último domingo na cidade de Santos reunindo centenas de atletas do Brasil. “Foi uma prova cansativa devido ao calor, ventos na bike, e por ser começo de temporada, não foi p o s s í v e l m e l h o r a r os

tempos”, disse Clarissa. A prova reuniu cerca de 700 participantes entre profissionais e amadores, nas distâncias short e olímpica. No profissional masculino, o campeão foi

Santiago Ascenço, e no feminino profissional, a experiente Carla Moreno. A próxima etapa será no dia 22 de abril na USP, em São Paulo. Clarissa competiu com o apoio do Dec. REPORTAGEM

NATAÇÃO

Atletas do DEC conquistam várias medalhas em Grama

AMISTOSO

Equipes sub-15 e sub-17 do São Bernardo atuarão em São José Na próxima segunda-feira, dia 19 de março, à partir das 15 horas no campo do Vasco FC, em comemoração ao aniversário de São José do Rio Pardo, acontecerá duas partidas amistosas entre as equipes de base sub-15 e sub-17 do São Bernardo FC contra selecionados sub-15 e 17 de São José e região. Deverão estar presentes os integrantes da comissão técnica da base do São Bernardo FC, entre eles o diretor Edson Boaro, os técnicos Paraná

e Souza, o treinador goleiro Arca e o massagista André. “Todo torcedor que comparecer e levar 1 kg de alimento não perecível receberá um cupom para concorrer a brindes como camisas do São Bernardo FC e Santos FC, as quais serão sorteado no decorrer das partidas”, disse José Roberto Boaro, observador técnico do São Bernardo. Na oportunidade aos garotos serão avaliados pela comissão técnica do São Bernardo FC.

A equipe DEC São José iniciou suas competições em 2012 conquistando 52 medalhas nas disputas 1ª etapa do Troféu ‘Amigos da Natação’, em provas de 25 e 50 metros livre, borboleta, além dos 100m medley para petiz e revezamentos de 4x25 e 4x50m livre. A competição foi realizada no último domingo em São Sebastião da Grama em várias categorias. Os resultados da equipe rio-pardense por categorias foram os seguintes: PRÉ-MIRIM - Kauã com 2 de prata e 1 de bronze; Gustavo Gaino com 1 de prata e 1 de bronze; Bruna Perilo com 1 de Bronze. MIRIM - Luis Gustavo Araujo 1 de prata; Mateus Neroni 1 de bronze; Pedro Tezolin 1 de bronze; Gabriel Santos 1 de bronze. MASTER - Luciana Lima 3 de Ouro; Regina Risso 1 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze, Mônica Tiezzi 1 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze; Fabiana Cunha 1 de ouro e 2 de prata; Cristiane

Primini 1 de bronze; Paulo Soares 2 de prata e 1 de bronze; Léo Hanada 2 de prata; Gastão Cunha 3 de prata; Marco Pegorin 1 de prata. PCDE -Cecpilia Escrovi 2 de prata. PETIZ - André Sampaio 2 de prata e 1 de bronze; Matheus Hipolito 1 de prata; Luciano Morais 1 de prata; Bruno Raddi 1 de prata. JUVENIL - Cassandra Blaschi 1 de ouro e 2 de prata; Mariane Tiezzi Mantovani 2 de prata e 1 de bronze; Beatriz Escoqui 1 de prata; Karoline Lourenço 1 de prata. JUNIOR - Leonardo Baptistão 1 de bronze;

SENIOR - Matheus Salotti 1 de ouro e 1 de prata e Amanda Camargo 1 de prata. Outros atletas que competiram eobtiverambonstemposegrande participação foram: Rodrigo Morais, Adenilson Ferreira, Carlos Augusto Ribeiro, Iury Abrão, Sonia Bussolaro, Maria Júlia, Asriel, Leonardo Morais, Gabriel Santos, Vitor e Bruno Nascimento. A equipe está treinado no Centro Esportivo do Vale do Redentor sob o comando dos técnicos Iury Abrão, Mauro e as auxiliares Mônica Tiezzi e Paula. REPORTAGEM


Sábado, 17 de março de 2012

RELIGIÃO

Página A-13

OPINIÃO PROTESTANTE

Apenas gotas ou abundante chuva? Jabez orou ao Deus de Israel: “Ah, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores”. E Deus atendeu ao seu pedido. I Cr 4:10 Poucos de fato sabem o que é a benção de Deus. Muitos pensam ter a benção de Deus pois em alguma área provam a graça e a misericórdia de Deus em suas vidas. Tudo que temos de bom, tudo que possuimos e tudo que teremos vêm de Deus. Contudo, o que muitos dizem ser a benção de Deus, na verdade é apenas o resultado de um grande esforço de suas mãos e a permissão de Deus para que colhamos o fruto daquilo

que nós plantamos. Achamos que o fato do maná ter caído do céu para o povo de Israel foi uma benção de Deus. Não! Foi graça e misericórdia de Deus cuidando dos seus filhos desobedientes. A benção de Deus seria a terra que mana leite e mel. Espiritualmente acontece a mesma coisa. Muitos experimentam algumas gotas do que seja a presença de Deus, apenas um maná do céu, e pensam ser isso a benção de Deus. Quando a chuva de Deus ainda não veio, pois estamos desobedientes e distantes de sua vontade. Deus é bom! Deus nos ama e quer o nosso bem. Porém Ele não compactua com o pecado. Deus não

tem parte com a infidelidade. Porém, como Deus amoroso Ele nos dá da sua graça e misericórdia, para que não nos percamos. Porém, essas pequenas gotas estão muito distantes do que é a benção de Deus. A benção de Deus é quando tiramos a mão, quando declaramos a nossa falência, quando reconheço que o fruto que virá das obras de minhas mãos é insuficiente. É quando clamo desesperadamente por sua presença e busco a sua face como questão de sobrevivência para mim. Então Deus resolve derramar da sua benção sem medidas. Não em meros momentos, não apenas quando você está pregando, não apenas em

uma área de sua vida, mas em todas. Assim foram nos avivamentos. Assim foi na vida de alguns poucos homens de Deus. Assim quero que aconteça em minha vida. Porém existe um preço a ser pago. Existe uma cruz a ser carregada. Existe um caminho a ser trilhado. O caminho da obediência. O caminho da santidade. O caminho que decreta a própria falência, que reconhece a sua incapacidade e declara a soberania de Deus sobre sua vida. O caminho que está disposto a ir até para morte para glorificar o nome de Deus. Você está satisfeito com as gotas? Ou deseja a chuva abundante de Deus?

Hipertensão Arterial (Pressão Alta): combate ao inimigo silencioso Cerca de 30% da população acima de 18 anos tem pressão alta, doença que nem sempre recebe a atenção que deveria. Entre as pessoas com mais de 50 anos, a prevalência é de 50%, segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão. Nem mesmo crianças e adolescentes estão livres do problema. Aproximadamente 5% deles convivem com os riscos associados a essa doença. A pressão arterial costuma subir durante a prática de atividade física e em situações estressantes. Mas quando isso acontece de modo persistente, provoca lesões nas artérias e nos principais órgãos. A boa noticia é que a cada dia surgem novidades sobre os mecanismos da doença, contribuindo para o desenvolvimento de

técnicas mais eficazes para controlá-la. O primeiro passo é ter certeza do diagnóstico. Nem sempre a medição feita no consultório mostra o quadro real do paciente. O exame mais eficiente para isso é o MAPA (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial). Um aparelho acoplado à pessoa faz medições a cada 20 minutos, ao longo de 24 horas, com o propósito de identificar quem é hipertenso. A hipertensão é causada por uma conjunção de fatores hereditários e pelo estilo de vida. Hábitos saudáveis ajudam a prevenila: manter o peso ideal, praticar atividade física, evitar ingestão excessiva de álcool e reduzir o sal da alimentação. Mas, uma vez instalada, é essencial seguir à risca o

tratamento. Há hoje um grande arsenal de remédios para o controle da doença. E a maneira como são prescritos f a z t o d a a d i f e r e n ç a : pesquisas mostram que tomar ao menos um dos medicamentos na hora de dormir reduz significativamente as chances de infarto e AVC

(famoso derrame). As novidades em tratamento são bemvindas. Mas o mais importante é ficar atento para não deixar enganar pela doença – discreta nos sintomas e lenta na evolução, mas que pode ser muito grave pelos problemas que gera.

Taciliane Libanio da Cruz é Fisioterapeuta Especialista em Fisioterapia Oncologica e Ergonomia e Técnica de segurança do Trabalho. Adriana Lupianhes é Educadora Física Especialista em Ergonomia e Técnica em Segurança do Trabalho DIVULGAÇÃO


Página A-14

Sábado, 17 de março de 2012

RELIGIÃO

OPINIÃO ESPÍRITA

Perdoar aos inimigos é pedir perdão para sim mesmo “... porque se sois duros, exigente, inflexível, se tende rigor mesmo por uma ofensa leve, como quereis que Deus esqueça que, cada dia, tende maior necessidade de indulgência?...” (ESSE cap. X, item 15) Quando o Divino Mestre esteve entre nós, diante de suas belas e fraternas lições, ele veio nos falar da grande necessidade de perdoarmos sempre quando nos sentirmos ofendidos, então, ele nos trazia suas parábolas, onde ilustrava seus magníficos ensinamentos, para que pudéssemos refletir através delas, nos colocando e m posição para melhor entendimento d e s u a mensagem. Mas o próprio Cristo entendia nossas grandes limitações para o compreendemos da forma como deveríamos, foi então que ele nos prometeu o seu Consolador, que nos ajudaria a alcançarmos melhores condições de entendermos tantas coisas que antes não podíamos, Jesus tinha consciência de que estaríamos mais “maduros”, e neste momento nos enviaria seus emissários de luz, que nos

trariam tantos esclarecimentos para que pudéssemos nos enriquecer ainda mais através de seu Evangelho, mesmo depois de dois milênios, condenando a nevoa densa da ignorância e nos libertando dos dogmas fortalecedores do fanatismo,nos trazendo a fé raciocinada para que através de nossas sábias escolhas, pudéssemos trilhar firmes no caminho rumo á perfeição, como espíritos imortais que somos. Depois da codificação da Doutrina de Luz enviada pelo Mestre, hoje mais esclarecidos do que antes, já temos a plena consciência de que alem de buscarmos efetivamente os devidos esforços para nutrirmos um sentimento de maior compreensão uns com os outros, examinando o nosso irmão como ser q u e esta na luta pelo aprimoramento espiritual como todos nós estamos, também já nos conscientizamos da grande responsabilidade que t e m o s , q u a n d o observamos que o nosso hoje é fruto de nosso ontem e que se estamos em determinada condição de “ofendidos”, que isso nada mais é, do que uma grande

oportunidade para demonstrar algum aprendizado do Evangelho do Cristo-“Perdoa agora, hoje e amanhã, incondicionalmente.”- mas também não podemos esquecer de que o cultivo no passado de grandes indiferenças com aqueles que nos ladeiam em nossa jornada para a luz, nos traz a colheita certa hoje, que de alguma forma pode nos beneficiar,seformostestemunhos fiéis das lições do Cristo. “O perdão é, pois, remédio santo para a euforia da mente na luta cotidiana.” (Palavras de Vida EternaEmmanuel-Francisco Cândido Xavier) Era isso que o Mestre queria nos ensinar, a necessidade de nos perdoarmos sempre, todas as vezes que fosse necessário o nosso perdão, pois só assim, aos poucos, de acordo com nossas boas conquistas, e de acordo com nossas vitórias, de não tratarmos mais com tanta indiferença uns aos outros, mas nos olharmos como irmãos, nos tornaríamos mais compreensivos mutuamente, seriamos maiores do que as pequenas rasuras que a

convivência nos proporciona e assim seriamos seres mais felizes e mais fraternos. Entretanto para podermos lograr efetivamente a posição de verdadeiros cristãos que lutam para superar a ignorância que retarda nosso aprimoramento espiritual, devemos também aprender a nos perdoar, livrando-nos das penitencias impróprias, dos processos de culpa, que nada mais são do que verdadeiros instrumentos devassadores da alma, devemos nos libertar da posição de algozes de nós mesmos, nos possibilitando ao reajuste necessário, nos colocando na posição real de que somos almas ainda na marcha pela perfeição, merecedores de nossa própria indulgencia. Quantos são os irmãos que ainda estão estagnados na marcha para a Luz, pois não conseguiram se libertar das culpas provenientes de um passado equivocado e sofrem por estarem ainda muito ligados a sentimentos de culpas pelos atos cometidos no pretérito, nesta o em outras vidas, entregando-se a processos obsessivos que fatalmente

farão surgir os transtornos mentais, causando uma completa falta de autoridade sobre si mesmo, colocando-se a disposição daqueles entes equivocados que não desejam o nosso melhoramento espiritual, por mera igonarancia, ou ainda colocando a criatura a mercê dos narcóticos, surgindo à dependência química que escraviza e limita a criatura. “... Suas raízes podem estar fixadas no pretérito – erros e crimes ocultos que não foram justiçados – ou em passado próximo, nas ações da extravagância ou da delinqüência. Geradora de graves distúrbios, a culpa deve ser liberada, a fim de que os seus danos desapareçam. (Joanna de Angelis-Livro: Momentos de Consciência. psicografia de Divaldo P. Franco) Para nos livrarmos do fardo pesado do passado, Deus nosso Pai que em sua b o n d a d e , justiça e misericórdia, nos dá a cada dia novas oportunidades para recomeçarmos e para buscarmos uma vida nova, cheia de bênçãos e de momentos para ajustarmos o que fizemos contra nós e contra aqueles que c a m i n h a m conosco nesta Terra Santa e abençoada, muito abençoada por aquele que esteve entre nós um dia, se dignando a estar perto de nós para que pudesse provar seu grande e incondicional amor, quando ainda na cruz,lá no calvário, nos seus derradeiros momentos, em meio a tanto sofrimento, ele ainda nos perdoou-“Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem” “Não atingiremos a paz sem desculpar os erros alheios que, em outras circunstancias , poderiam ser os nossos...” (Ave Cristo)


Sábado, 17 de março de 2012

RELIGIÃO

Página A-15

OPINIÃO CATÓLICA

Obediência e liberdade: os dois caminhos Um escrito cristão do século I, chamado "A Didaqué ou Doutrina dos doze Apóstolos", começa assim: «Há dois caminhos: um da vida e outro da morte. A diferença entre ambos é grande». O caminho da vida - explica - consiste em amar a Deus e ao próximo e observar todos os outros Mandamentos d'Ele. Pelo contrário, quem despreza os Mandamentos da Lei de Deus e se entrega às paixões, hipocrisias, orgulho, adultério, rapinagens, etc., esse envereda pelo caminho da morte. «Filho, fica longe de tudo isso», exorta o autor anônimo desse antiquíssimo texto catequético (I e II). Como os primeiros cristãos, procuremos compreender os roteiros que os mandamentos da Lei de Deus nos indicam como «caminho da vida». Servindo-nos de uma comparação, vamos imaginar esse «caminho da vida» como uma moderníssima estrada. Podemos pensar numa das grandes rodovias que percorrem o Brasil, por exemplo, a rodovia BelémBrasília (supondo-a bem conservada). Tal como acontece com qualquer outra autoestrada, essa permite ao viajante chegar a tempo ao seu destino. Se não houvesse estrada nenhuma, mas apenas a natureza em estado bruto, o viajante ficaria perdido entre matas, capoeiras, brejos, rios e montes, e jamais chegaria ao termo da viagem, ou - como os antigos bandeirantes demoraria muitos meses

até alcançá-lo. O comerciante desvairado Pensemos agora num comerciante que, dizendo encaminhar-se para Belém do Pará, saísse de Brasília (DF) e, uma vez na estrada, comentasse com a esposa, sentada no banco ao lado: - “Vamos a Belém, meu bem, mas eu não estou para aguentar imposições. Estas faixas brancas no asfalto, essas placas, essas sinalizações todas me abafam. Nada de normas rígidas, minha querida. Independência ou morte! Liberdade!” Nisso, em coerência com os seus devaneios libertários, o nosso motorista resolve sair das “normas rígidas” e acelera em direção à margem direita da estrada, perpendicularmente, como se fosse uma garça, capaz de levantar voo acima de guard-rails, muretas, árvores e construções. O desfecho é fácil de prever: não conseguirá percorrer uns poucos metros sem se espatifar, acabando com a viagem, com o veículo, consigo mesmo e com a esposa. Pois bem, os Mandamentos de Deus são a estrada que o próprio Deus idealizou, traçou, rasgou e sinalizou para a breve viagem da vida, rumo à eternidade. Essa estrada - se nós a seguimos - conduz-nos a cada passo para mais perto da nossa perfeição, até levar-nos à plenitude da vida eterna. Obviamente, como toda a autêntica estrada, existem umas margens, está traçada dentro de uns limites. Se os ultrapassamos ou os burlamos, enganamo-

nos a nós mesmos e acabamos com a viagem. Quando o Mandamento diz “Não matarás”, “Não roubarás”, “Não mentirás”, “Não cometerás adultério”…, não está, de maneira nenhuma, nos limitando, mas nos encaminhando. Marcando margens além das quais só há descaminho e morte, permite-nos correr pela rota certa e avançar sempre mais, rumo ao horizonte sem fim. Este sentido eminentemente positivo do bom caminho da vida, está perfeitamente indicado pela própria Lei de Deus. Nas rodovias de asfalto, lê-se, com letras e setas: “Para Belo Horizonte”, “Para Goiânia”, “Para Fortaleza”… No caminho da Lei Divina, mesmo nas “placas” onde se diz “Não”, um viajante lúcido e sensato saberá ler a verdadeira indicação: “Para o amor”, “Para a compreensão”, “Para a fidelidade”, “Para a verdade”, “Para a generosidade”… E, na placa principal, encontrará os dizeres mais claros, que são a meta e a iluminação de todas as outras: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu espírito. Este é o maior e o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Nesses dois mandamentos se resumem toda a lei e os profetas" (Mt 22, 36-39). Um "não" que permite dizer "sim" Cada proibição que os Mandamentos formulam, quando bem entendida, é

o "não" imprescindível para poder dizer um "sim" amoroso e feliz. Se Deus nos proíbe que odiemos, e nos manda dizer "não" ao ódio, é para que possamos dizer um "sim" a o a m o r, pa r a q u e fiquemos liberados para o amor. Se Deus nos diz: “Não pecarás contra a castidade”, “Não cometerás adultério”, é para que, dizendo "não" ao sexo egoísta, possamos dizer "sim" ao amor profundo e fiel, vivido com a alma e com o corpo, dentro do matrimônio santo, generoso e fecundo. Dizer "não" à devassidão e à impureza é “afirmar jubilosamente” - como dizia Monsenhor Escrivá que a castidade é própria

de enamorados que sabem entregar-se e aprendem a dar-se, iluminando o mundo com o seu “dom” sorridente… Estando, como estamos, tão propensos a saltar fora do caminho, a afundar no egoísmo, a errar e perdernos, é natural que o fato de descobrir essas verdades nos mova a elevar a Deus um cântico de agradecimento por nos ter libertado do erro e do mal, e por ter gravado na nossa consciência o caminho claro da sua Lei Divina -, os Dez Mandamentos e a “lei evangélica” que os completa e os aperfeiçoa -, pois só esta é a autêntica estrada do Amor. E a obediência ao Amor é o caminho da Liberdade.


Pรกgina A-16

Sรกbado, 17 de marรงo de 2012

Folha Rio-Pardense Edição 003  

Jornal Folha Rio-Pardense datado dia 17 de março de 2012