Issuu on Google+


Uma publicação: Rodspro Marketing e Entretenimento Rua Jaime de Campos Ribeiro, 09 - Centro - Coaraci - BA - CEP 45638-000 Contatos: 73 3241-1112 / 8197-4521 / 9105-3816 (Seg à Sáb das 8h às 12h e Seg à Sex das 14h às 18h) Na internet: revistatodavia@hotmail.com / www.revistatodavia.com.br ou www.portalmix.com.br/revistatodavia Circulação: Região Sul da Bahia / Tiragem: 2000 Exemplares / Impressão: Gráfica Mais - Itabuna - BA Foto da capa desta edição: Cláudio Santos - 8108-4730 - Itajuípe - BA


Porque o São João de Coaraci não decola?

Rodrigo Leite é graduado em ADM com Ênfase em Marketing, especializado em Publicidade, Propaganda e Comunicação Multimídia.

A resposta é bem simples: falta de foco e tradição. Todo e qualquer evento hoje em dia é considerado um produto a ser oferecido ao cliente, que no caso é o folião que quer curtir a festa junina e é óbvio que quanto mais poder de compra esse cliente tem, mais exigente ele é. Com o São João não é diferente. Se no passado as pessoas e as famílias se reuniam nas fazendas ao som das tradicionais canções juninas; ao som de uma vitrola; ao redor de uma fogueira para comer canjica, milho assado e amendoim cozido; hoje o que predomina são as festas privadas; as festas de camisa que reúnem atrações nacionais como Jorge & Matheus, Asa de Águia, Chiclete com Banana e Ivete Sangalo pra não citar outros nomes. E o público com maior condição de consumo, claro, que se desloca para as cidades onde acontecem estas festas e aí leia-se Ibicuí, Jequié, Itapetinga, Amargosa, Santo Antônio de Jesus e por aí vai. Coaraci e Itajuípe são casos de cidades que viveram no apogeu do cacau a tradição das Micaretas com trios elétricos nas ruas, bailes nos Clubes Sociais e até desfiles de escolas de samba. Mas essa tradição das micaretas foi embora no início da década de 90, época em que municípios como Ibicuí já viviam o início do processo de “privatização” das festas juninas. Em 1993 o então prefeito Gima ensaiou colocar Coaraci no cenário baiano com um grande São João. Na época uma das atrações foi a cantora Margareth Menezes e a presença dela, do axé, foi criticada, mas não estaria Gima se antecipando ao fenômeno que acontece atualmente com Ivete, Chiclete e etc em pleno São João? Pois bem, Coaraci viveu também nessa época o surgimento do “Forró do Prutiá”, uma festa de camisa nos moldes do Ticomia que tinha poucos anos de idade. O São João de grande porte se resumiu ao de 1993 e o Prutiá ainda teve mais quatro edições, mas não foi adiante. Se tivesse prosseguido, Coaraci teria hoje uma das festas mais badaladas do interior da Bahia, já que Margarida, Vaca Lôca, Piu Piu, Bosque, Brega Light e companhia surgiram muito tempo depois. Os organizadores do Prutiá perderam uma grande oportunidade a longo prazo e Coaraci perdeu a chance de ser um dos destinos mais procurados para o período junino. O São João na rua foi retomado em 1997 e foi crescendo aos poucos, mas nunca decolou em termos de atratividade do público, justamente pelo alto custo e pela falta de apoio de entidades como a Bahiatursa que direciona suas verbas para as cidades com mais tradição. Em um determinado momento ensaiou-se a antecipação da festa para uma semana antes da data oficial, mas o formato se resumiu a duas edições. A festa então foi retomada pela prefeita Josefina em 2009 na data oficial e Coaraci pode até ter uma decoração interessante; uma praça bem localizada; atrações de médio porte; pode ter animação, mas dificilmente vai alcançar as cidades que souberam conduzir suas festas no mercado de eventos e transformaram-nas em verdadeiras máquinas de atrair recursos e turistas para suas cidades. Para Coaraci receber atrações nacionais a prefeitura teria que gastar algo em torno de 1 milhão no evento e manter esse porte por anos seguidos a fim de conseguir manter o público que saí do município para outras cidades e começar a atrair visitantes, mas visitantes mesmo, não apenas familiares ou pessoas que viveram em Coaraci e aproveitam o período para matar a saudade. Mas, gastar 1 milhão sem previsão de retorno imediato e com a crise que os governantes tanto reclamam é algo utópico.

3 Negócios

Medicamentos com valores acessíveis na Farmácia Genérica

facebook.com/rodrigho.leite

Farmácia Genérica

O Programa Aqui tem Farmácia Popular do Brasil tem o objetivo de ampliar o acesso da população a medicamentos essenciais. O Programa atende também os usuários dos serviços públicos de saúde, mas busca principalmente viabilizar tratamentos de pessoas que utilizam os serviços privados de saúde que têm dificuldades em adquirir os medicamentos farmacêuticos. Algumas vezes essas dificuldades levam ao não cumprimento regular do tratamento, o que pode comprometer os resultados esperados, quando a consequência natural é o agravamento do quadro e o aparecimento de complicações que, em muitos casos, são tratados nos serviços ligados ao Sistema Único de Saúde. A possibilidade de aquisição de medicamentos a baixo custo na farmácia popular repercute, portanto, em melhoria das condições de saúde da população-alvo. Em Coaraci a Farmácia Genérica localizada na Praça Presidente Vargas em frente ao ponto de Táxi é credenciada pelo programa ofertando antihipertensivos, medicamentos de controle de diabetes, úlcera gástrica, depressão, asma, infecções, verminoses, antitérmicos e antibióticos. Além desses, estão disponíveis ainda remédios para os quadros de cólicas, enxaqueca, queimadura, inflamações e anticoncepcionais. São diversos itens à disposição da população, em valores mínimos e acessíveis mesmo às pessoas de baixa renda. Além disso a Farmácia Genérica também faz parte do programa Saúde Não Tem Preço que fornece medicamentos gratuitos para diabetes e hipertensão. Para obter os produtos disponíveis no Saúde não Tem Preço, o usuário precisa apresentar CPF, documento com foto e receita médica, que é exigida pelo programa como uma forma de se evitar a automedicação, incentivando o uso racional de medicamentos e a promoção da saúde. Dúvidas podem ser esclarecidas e comunicadas por meio do Disque-Saúde 0800-61-1997 ou pelo e-mail: analise.fpopular@ saude.gov.br


Itajuípe

4

Entrevista com a prefeita de Itajuípe

Gilka Badaró

A Revista Todavia foi recebida pela prefeita Gilka Badaró em seu gabinete onde ela falou sobre diversos aspectos do seu novo mandato frente ao município de Itajuípe. Gilka que foi prefeita por duas vezes, tendo deixado o cargo em 1996 pela última vez, retornou ao comando da cidade nos braços do povo. Como já se passaram cinco meses dessa sua nova administração indagamos a prefeita sobre esporte, cultura, educação, saúde, desenvolvimento e geração de emprego e renda, dentre outros temas. Confira a seguir. Revista Todavia – Ao completar cinco meses de governo, qual o balanço a senhora faz desse período frente à prefeitura de Itajuípe? Gilka Badaró - Olha eu acho que estou fazendo bem menos do que sonhava, mas na verdade a gente já fez e conseguiu muitas coisas. Agora no Gilka Badaró - Prefeita de Itajuípe em seu gabinete. mês de maio, por exemplo, eu fui a Salvador para uma audiência com o governador do estado e foi isso e tem curtido bastante. Já começamos a dar do Hospital. Eu disse já algumas vezes que, já que muito boa. Passei uma semana toda em Salvador. uma melhorada no nosso estádio, mesmo antes da o hospital não é municipal, não é estadual e não Desde março que eu não ia a capital do estado e ação do governo do estado, para que a gente colo- é mais filantrópico que se a diretoria não aguenesta ida foi totalmente produtiva. Solicitamos ao que pelo menos o estádio de maneira que possam tar, podia passar que eu aguentava porque ficar governador o saneamento e pavimentação dos ser realizados os jogos do Intermunicipal. Fomos do jeito que a gente estava de braços cruzados só bairros Acácia Almeida, Beira Rio e Coração de Je- campeões já do Intermunicipal categoria sub-20 e esperando as coisas acontecerem, aquilo estava sus, pois para mim o pior problema de Itajuípe é acho que em Itajuípe as coisas no esporte já come- me deixando aflita. Consegui uma audiência com o Secretário de Saúde em Salvador, já discuti essa o saneamento. Então levamos esse problema para çaram a acontecer. Todavia – Outra presença constante da prefei- questão, vou voltar a ter novas audiências e acho o governador, solicitando não só o saneamento como a pavimentação. Discutimos também o ser- ta Gilka tem sido nos eventos religiosos e popula- que poderemos ter grandes novidades agora no mês de junho. viço de água em toda cidade, o melhoramento e res. Como a senhora pontua essa questão? Gilka – Vocês sempre tem participado tamTodavia – Estamos no mês de Junho, como fia modernização de todo o serviço. Falei também do estádio de Futebol, onde depois tivemos uma bém desses eventos e podem ver que a prefeitura cam as festas juninas? Gilka – Bem, as coisas começaram a acontecer audiência com Bôbô que é o chefe da SUDESB para tem participado ativamente junto com as igrejas e que a gente já discutisse a realidade e o que era com o povo das tradições e manifestações cultu- em Itajuípe. Tivemos agora em maio, por exemplo possível ser feito dentro da autorização do gover- rais. Nos distritos onde já aconteceram festas de as comemorações do dia das mães que acontecenador pelo nosso estádio. Também conseguimos padroeiro nós contribuímos com a decoração, com ram em todos os distritos e em todas as escolas e na secretaria de infraestrutura cinco CDCs que a minha participação pessoalmente, com a nossa bairros. Não vamos fazer um São João por falta de recursos mas as ruas estão animadíssimas, pedinsão os Centros Digitais da do ajuda para decoração, quadrilhas pedindo conCidadania que vamos instatribuição que acabam tendo o patrocínio total da lar no Bandeira do Almada, prefeitura. Vamos fazer concursos, disputa de quana União Queimada, no Sedrilhas e de qualquer forma a gente vai ter um São queiro Grande, na Ruinha João nesse sentido. Ainda estamos lutando por de São Cristóvão e na Nova recursos. Não pudemos concorrer aos recursos da Itajuípe. Depois vamos lutar Bahiatursa, onde enviamos o projeto, mas como pelos demais bairros. Nesse estávamos inadimplentes, sentido eu dizia sempre na não fomos selecionados, campanha que quando saí mas estamos pedindo a Pede Itajuípe na última gestão trobras, estamos pedindo deixamos todos os distritos a Bahiagás e vários outros com telefone e que eu iria Gilka em vistoria ao estádio rumo ao Intermunicipal. patrocinadores alguma ajucolocar desta vez internet e da que por menor que seja conseguimos isso agora. Inclusive, os técnicos já presença. Agora em maio acontevai contribuir para que não visitaram Itajuípe pra verificar os locais para ins- ceu o encontro dos jovens que foi deixemos as festas juninas talação. Foi assim inteiramente produtiva essa mi- uma maravilha, foi um momento passarem em branco. Mesnha viagem e eu acho que a cidade, sem vaidade indescritível, tivemos o dia de Corpus Christi, a festa do nosso mo que a gente faça um penenhuma já tem uma outra cara. queno forró no São Pedro já Todavia – A prefeita Gilka tem incentivado padroeiro Sagrado Coração de Jevai ser muito bom. muito a prática esportiva nos distritos e nos bair- sus, tudo isso com minha partici- Participação ativa pação ativa e voltando àquilo que nas festividades religiosas. Todavia - Na entrada da ros. Itajuípe vai estar no Intermunicipal 2013? cidade próximo a Pênalty foi Gilka – Com certeza, já estamos inscritos para era antigamente, prestigiando e participar e nossa seleção já foi apresentada. Eu fazendo com que a auto estima desse povo volte iniciada a obra de um novo empreendimento além acho que o incentivo que a gente vem dando ao a ficar forte porque o povo de Itajuípe é realmente dos já localizados por ali. Isso significa mais desenvolvimento para Itajuípe? esporte é muito importante. Tem acontecido coi- um povo diferenciado. Todavia – Prefeita, e a questão do Hospital? Gilka - Nós conseguimos através da Câmara sas como o campeonato de Futebol da Ruinha de Gilka – Estamos aí lutando pelo Hospital que de Vereadores quebrar o monopólio que existia São Cristóvão, do Sequeiro Grande, da União Queimada neste mês de maio. Já aconteceu no bairro hoje é um dos grandes problemas do nosso mu- em Itajuípe no segmento de postos de combusSanta Rita o campeonato de ruas que foi uma nicípio. Eu voltei de Salvador agora em maio satis- tível. Existia uma espécie de blindagem, uma lei maravilha. A população estava aguardando por feita e achando que vamos resolver o problema municipal onde só poderia haver um posto na ci-


Gilka com a Câmara de Vereadores? Gilka - Eu tenho uma relação boa, não tive nada que foi encaminhado pra câmara que foi negado. Temos um relacionamento de amizade com todos os vereadores independente das posições políticas que eu respeito e acho que dessa maneira nós conseguimos a maioria através da vinda do vereador Zé do Lactário que tem um trabalho social muito bom e é muito próximo do trabalho que sempre fizemos na comunidade e isso nos dá uma tranquilidade muito grande e no demais convivemos muito bem. Tem muitas coisas que vamos precisar da Câmara e tenho certeza que eles não vão negar porque é para o bem de Itajuípe e vamos conseguir mostrar as coisas e não vamos ter problemas nenhum com a Câmara, com certeza. Todavia - Como a senhora vê o quadro de servidores municipais e o que pode ser feito por eles? Gilka - Eu acho que a qualificação é uma coisa importantíssima. Nós vamos trabalhar, é uma das coisas que a gente tá lutando aí, por qualificação. Já buscamos SENAI, SENAT e outros órgãos pra conseguir qualificação, mas em relação a parte

5

Itajuipe

Comemoração do Dia das Mães no Distrito de União Queimada.

dade. Conseguimos mudar isso, já estamos com as obras de um novo posto iniciada próximo a Pênalty, como vocês citaram. E já temos mais dois pedidos de novos dois outros postos, um para o centro da cidade e outro para o trevo da BR 101, este de empresários do Sul do país. Temos tentado trazer também outras empresas para o município. Itajuípe está oferecendo boas condições e como estamos próximos à Itabuna estamos querendo trazer as empresas para gerar empregos. Outra obra importante que vai dar um novo layout a Itajuípe é a iluminação do trevo à saída para Coaraci e também conseguimos concretizar a iluminação do bairro coração de Jesus. Vamos também fazer a sinalização urbana. O Detran já esteve em Itajuípe e vamos ter quebra-molas nos lugares devidos e

Entrega de cadeira de rodas à família de um dos distritos do município.

possivelmente até semáforos. Toda a cidade vai ficar sinalizada e com isso vamos começar a dar essa nova cara urbana a Itajuípe. Nós conseguimos também duas quadras poliesportivas e uma creche, isso através do FNDE. Vamos colocar uma no distrito de União Queimada e isso vai ser muito bom porque o esporte é importantíssimo. Todavia - Como fica a questão das rodovias que cortam o município de Itajuípe? Gilka - Sobre a recuperação da BA 262 que liga Itajuípe à Coaraci e inclusive passar por todos os nossos distritos, o próprio governador quando esteve recentemente em Coaraci ficou de fazer a recuperação da estrada, mas o que nós estamos tentando BA 262 em direção à BR 101 - Vetor de Desenvolvimento. mesmo é jogar Itajuípe pra beira da BR 101. A nível de investimentos, eu de Educação e Saúde não temos tido problemas. não queria perder a oportunidade de dizer que o Temos um bom relacionamento com a APLB. Essonho nosso é levar o município a se estender até tivemos reunidos na APLB quando em campanha, a BR. No momento que Itajuípe chegar à BR 101 depois que ganhamos a eleição antes da posse e ela vai dar um crescimento muito grande como já tivemos audiências depois que assumimos. Estodas as cidades que estão assim localizadas, contamos sempre em comum acordo, discutindo. Na seguiram fazer. Nós temos corrido atrás de buscar área de saúde da mesma forma. O único problema as coisas que estão acontecendo na região como que tivemos e infelizmente eu não consegui resolos consórcios de resíduos sólidos e outra coisa da ver foi a questão do atraso salarial com os agentes maior importância que é a Universidade Federal comunitários de saúde, que herdamos do goverdo Sul da Bahia, onde Itajuípe estava fora totalno anterior. O dinheiro, o recurso existe e está na mente do enquadramento por ser muito próximo conta, mas não encontramos nenhuma documenà Itabuna. Tinha que ser 30 quilômetros distante tação para justificar o pagamento. Não temos conde Itabuna e conseguimos quebrar essa regra e dições legais para repassar o dinheiro. Já fizemos ter um colégio universitário em Itajuípe, tanto consultas ao Tribunal de Contas dos Municípios que vamos realizar, não tivemos tempo ainda, para eles mostrarem de que maneira podemos mas possivelmente até Julho estaremos fazendo solucionar esse problema. Já buscamos até a emum evento para mostrar a comunidade a imporpresa que fazia a contabilidade do ex-prefeito para tância desse colégio universitário. tentar resolver o problema, porque esse dinheiro Todavia - Como anda a relação política de está parado na conta e não temos nada que nos


permita fazer esse pagamento, mas esperamos que até este mês de junho tenhamos meios de resolver o problema, mesmo porque estamos até buscando na justiça meios para ter uma legalidade nesse pagamento. Todavia - A prefeita Gilka também faz parte da AMURC (Associação dos Municípios da Região Cacaueira), é vice-presidente. Como a senhora vê o trabalho da entidade nesse momento? Gilka - Por sinal fui uma Gilka Badaró, Josefina Castro e Alba Gleide - Prefeitas das fundadoras da AMURC. A entidade foi fundada pelo ex-prefeito Ubaldo guei estava meu nome como vice e como não sou Dantas de Itabuna, Jabes Ribeiro de Ilhéus e eu de fugir de briga, aceitei. Estou tentando ajuda-lo quando prefeita de Itajuípe, isto na década de 80. no que posso. E tenho certeza que tenho ajudaNós fomos os três fundadores da AMURC e fize- do, pelo meu relacionamento com todos os premos todo um trabalho com muito amor e carinho. feitos independentemente de partidos e com as Naquela época era uma AMURC forte porque a autoridades. Nessa negociação da Universidade, região era forte e nós pegamos uma relação com foi importante a participação da AMURC e Lenila CEPLAC de todos os municípios que produziam do me colocou na frente, onde consegui negociar Cacau e chegamos a ir até Candeias e São Francis- melhor as discussões, mas acho que ele é muito co do Conde que estavam na relação da CEPLAC, bem intencionado. A diretoria está com boa vonpois criamos a associação com base nessa relação tade, agora infelizmente é muito difícil porque os e a AMURC teve um papel importante. Eu fui pre- municípios estão com dificuldades. Todavia – No passado Gilka era uma das pousidente exatamente na época da crise da Vassoura de Bruxa. No momento da crise nós fechamos a cas mulheres prefeitas na Bahia, hoje a realidade é BR 101, queimamos cacau, fizemos manifesta- outra, como a senhora vê essa situação? Gilka - Por incrível que pareça, a região parece ções, conseguimos sessão especial na Assembleia Legislativa, fizemos uma movimentação muito que tem 12 mulheres prefeitas. Hoje você vai pra grande. Tínhamos um grupo bom na diretoria in- uma reunião e vê um prefeito homem e nove oito dependentemente de partido, porque eu sempre mulheres e isso é interessante e me chamou muito gostei de trabalhar assim. Eu acho que partido não a atenção. Sempre a presença maciça das mulheacrescenta muitas coisas, pois para mim existem res o que demonstra talvez que a mulher tem uma pessoas boas e ruins em todos os partidos e em preocupação maior em estar aprendendo. Geraltodo lugar. A AMURC também vive uma fase muito mente os prefeitos chegam, abrem um evento e difícil porque o número de filiados está muito pe- saem. Acham que isso é o suficiente. Mas eu não. queno e eu acho que Lenildo (Prefeito de Ibicaraí) Essa coisa de conferências é algo totalmente novo que é o presidente está tendo muitas dificuldades. para mim porque quando eu fui prefeita eu não tiEu aceitei participar da chapa, não como vice, au- nha nada disso, então preciso aprender e acho que torizei ele me colocar na chapa, mas quando che- as mulheres tem essa característica, tem essa preocupação. Na AMURC mesmo, tem acontecido discussões interessantes. Conseguimos agora a filiação de Itabuna que estava fora e conseguimos a de Ilhéus também, isto usando da amizade porque a AMURC está passando por dificuldades até de se manter. De pagar salários. Eu fiquei apavorada quando tomei conhecimento, mas acho que a vontade é muito grande e vamos conseguir. Todavia – O que falta na região Cacaueira para uma guinada? Gilka - O que precisamos nesta região é mobilização. É incrível como muitas pessoas Prefeito Fernando (Arataca) e Gilka Badaró são acomodadas, os prefeitos não vão à luta, na comemoração dos seus 65 anos em maio. não vão buscar os seus direitos, não discutem a

Itajuípe

6

Gilka Badaró recebeu amigos e autoridades no seu aniversário de 65 anos no dia 18 de Maio.

Vereador Zé do Lactário ao lado da prefeita Gilka Badaró.

luta pelos municípios. Eu por exemplo já consegui muitas coisas pelo meu estilo de ser, conseguimos o Colégio Universitário como eu já disse, conseguimos entrar na sala de regulação da saúde, já pleiteamos o SAMU que Itajuípe também não estava incluído, porque isso vinha inclusive de solicitações da gestão anterior que não tinha feito e eu comecei a fazer muito barulho e já estamos na fila. Eu acho que é fundamental a importância da AMURC nesse sentido de juntar os prefeitos, de mobilização para que não deixemos as coisas acontecerem apenas em Itabuna e Ilhéus. Ficamos muitas vezes vendo as coisas acontecerem de braços cruzados. No encontro da SEDUR agora no fim de maio estava lá a prefeita Josefina de Coaraci, a prefeita de Barro Preto, a Prefeita de Almadina, o prefeito Fernando de Arataca pra que? Fomos assistir um evento, com assinatura de convênio de Ilhéus e Itabuna. Isso aí eu não aceito mais. Eu fui chamada pra ser testemunha e disse que seria a última vez que seria testemunha pois só voltaria para assinar algo para Itajuípe ou para algum município pequeno da região. Temos que nos unir nesse sentido, de que as coisas venham para os municípios pequenos. Todavia – Recentemente Gilka participou da Conferência das Cidades e da Conferência da Educação. Qual a importância da realização destas conferências em Itajuípe? Gilka – Eu acho que é importantíssimo, porque esse é um fato novo de pouco tempo. Você reunir a comunidade, todas as esferas e todos os grupos para se discutir as prioridades, o que se sonha, o que se quer, tudo que Itajuípe precisa. Eu participei recentemente do encontro da SEDUR sobre saneamento que é o grande problema de Itajuípe e lá se falava exatamente sobre isso de que a gente precisa aproveitar essas conferências para colocar todos os nossos sonhos, os nossos desejos, em relação ao que Itajuípe precisa. Como a gente sonha Itajuípe, então eu como sou de sonhar muito e quero o melhor para Itajuípe, acho que esse tem sido um momento especial para toda a comunidade e pra mim também. Todavia - Qual a mensagem final para a comunidade regional? Gilka – Governar Itajuípe está sendo muito cansativo, muito puxado porque temos tido dificuldades, nesse tempo todo buscando arrumar a casa, arrumar a documentação, mas as coisas vão acontecer, até porque eu acho que querer é poder. Eu quero e eu estou correndo atrás e vou conseguir mudar Itajuípe se Deus quiser. Dizer mais uma vez que o trabalho de vocês da imprensa é importante eu acho desnecessário. Quando eu estou viajando que acesso o PortalMix eu vejo tudo que acontece na região. Isso me deixa feliz e sou encantada com esse trabalho e gostaria de dizer que estou fazendo o possível pra cumprir tudo aquilo que prometi e para fazer muito mais do que eu prometi.

Gilka Badaró ao lado de Neres do Restaurante na comemoração de seu aniversário.


A região já pode contar com o fornecimento dos produtos industrializados com a marca Latícinios Almada. Tratam-se de produtos derivados do leite que estão sendo produzidos na Usina de Beneficiamento de Leite instalada às margens da BA 262 que liga Coaraci à Itajuípe. A usina é gerida pela COOPRAGI que tem como presidente o também vice-prefeito de Coaraci, Sérgio Fraife. Após cerca de três anos a unidade começou a produzir e foi inaugurada com a presença do Governador da Bahia, Jaques Wagner em solenidade ocorrida no mês de maio. Diversas autoridades regionais estiveram presentes ao evento e puderam degustar amostras dos produtos como Iogurte, Queijo e Doce de Leite. Com capacidade de processamento de 10 mil litros de leite por dia a unidade ainda está com uma baixa produção, pois os produtores estão se organizando para proceder com a entrega da matéria prima. Além das instalações físicas e dos equipamentos industriais a COOPRAGI também adquiriu dois caminhões. Um para a coleta do leite nas cidades que integram a cadeia produtiva e outro refrigerado para a entrega dos produtos já industrializados. Para que a Usina fosse instalada em Coaraci é importante destacar o trabalho do vice-prefeito Sérgio Fraife que deu o pontapé inicial para o projeto com a doação do terreno localizado em uma propriedade rural que é de sua família. A área foi cedida por 30 anos com prorrogação por mais 30 anos. O trabalho do Secretário de Agricultura Venâncio Leal também foi de fundamental importância na gestão do projeto. Foram diversas viagens à Salvador para discutir o repasse das verbas para a execução da obra. Venâncio e Sérgio também não cansam de citar a participação ativa do Dr. Edmon Lucas na implantação desta Usina, ele que esteve à frente da SEDIR durante a maior parte do tempo de execução da obra e sempre recebeu a comitiva de Coaraci em seu gabinete para atender às demandas necessárias ao projeto que custou cerca de 1 milhão e 200 mil reais incluindo a obra física, os equipamentos e os dois caminhões. Com a produção do leite pasteurizado e a proximidade com os municípios de Coaraci e Itajuípe, estas cidades passam a contar com um produto de relevante qualidade para o consumo. Além disso as crianças e adolescentes das redes de educação estadual e municipal também vão poder contar com o fornecimento de bebidas láteas produzidas na usina. “Estamos trabalhando para aumentar nossa capacidade de produção, sabemos que alguns leiteiros podem estar se perguntando como vai ficar a situação deles, mas vale lembrar que nós podemos entregar o leite ensacado para a comercialização individual na cidade a um baixo custo. Apenas o formato de entrega e comercialização vai mudar, nós temos a preocupação em manter o trabalho de todos, inclusive gerando mais valor para o produto oferecido ao consumidor final. (...) Nossa produção ainda é pequena diante da capacidade da usina, mas estamos trabalhando para operar a todo vapor e entregar leite, manteiga, queijo, iogurte e doce de leite da melhor qualidade à população de nossa região” frisa Sérgio Fraife.

7 Coaraci

A importante atuação de Sérgio Fraife na implantação da Usina de Leite em Coaraci


São João de Itapitanga será uma festa doméstica

Itapitanga

8

Joaquim Babo, prefeito de Itapitanga.

Foi assim que pontuou o prefeito Joaquim Babo sobre os festejos juninos deste ano na cidade de Itapitanga. Segundo ele o município vai realizar um São João pequeno e estão previstos gastos que representam cerca de 20% do que foi gasto nos anos anteriores. “Vamos fazer um São João com o pessoal da casa, só temos algumas bandas de fora. Vai ser um São João doméstico. Um São João para o povo de Itapitanga e para aqueles que nos visitarem. Não é um São João Pobre, mas é um São João pequeno, porque eu não quero comprometer a folha do pessoal. O Governo é da humildade e trabalho e eu acrescentaria que também é um governo de responsabilidade (...) Nesses cinco primeiros meses tivemos muitas dificuldades. No FPM caímos de 0.8 para 0.6 e tivemos uma média de 300 mil reais a menos todo mês, mas graças a Deus no dia 30 de Maio o pagamento de todos os funcionários estava na conta. Não fizemos grandes coisas porque não tivemos condições e o dinheiro tem sido apenas para manter a cidade limpa, manter a saúde e a educação funcionando, mas pelo menos Câmara e funcionários estão em dias e isso pra mim já é um alívio porque alguém dizia pra mim que nós não conseguiríamos fazer isso” disse Joaquim Babo à reportagem da TV PortalMix. A programação do São João de Itapitanga terá neste ano as bandas Zinho da Perfil, Sambão Moleque, Amor Infinito, Gildarte Moisés, Banda Pró Jovem e Cheiro Bom que são da cidade. Os artistas Tony Fernandes, Rian Girotto & Henrique que possuem carreira regional, mas são oriundos da cidade e as bandas Urubu Fogoso, Minha Banda, Zabumbada da Bahia e as atrações Camisa Suada e Rasta Chinela. A festa vai do sábado, dia 22 até a terça-feira dia 25.

facebook.com/rewson.ribeiro

O adversário de hoje pode ser o aliado de amanhã... Rewson Ribeiro é estudante de Jornalismo, Designer Editoral do Jornal Diário Bahia e da Revista Bellas

Há pouco tempo, exatamente nas eleições de 2010, na vinda do ex-ministro Geddel Vieira Lima a Coaraci, então candidato a governador da Bahia, presenciamos os adversários históricos da política Joaquim Torquato e Gima unidos no mesmo palanque em prol do líder do PMDB. Tal acontecimento ficou marcado na história política da cidade e não foi aceito por alguns correligionários de ambos. E em 2014, podemos ver algo parecido? Sim. Talvez outro fato inusitado se aproxima. Tudo por conta do PR baiano, que resolveu seguir o caminho do comando nacional e integrou a imensa lista de partidos aliados ao governo do PT. A paz foi selada entre o Partido Republicando e o Partido dos Trabalhadores com a nomeação do ex-senador Cesar Borges

para Ministro dos Transportes. O PR já tinha apoiado em Salvador a candidatura do petista Nelson Pelegrino, que perdeu a eleição para ACM Neto. Apesar de não ter feito parte da reeleição do governador Jaques Wagner, a nova aliança foi fechada. Com novo acordo político do PR, portanto, em 2014, iremos ver no mesmo palanque a prefeita Josefina Castro, ao lado de Gima e Jadson Albano. Vale lembrar a rivalidade recente, criada diante do resultado das ultimas eleições municipais, entre o 13 e o 22. Ainda sem um posicionamento, não se sabe, inclusive, qual será a postura de Jadson Albano, segundo colocado na disputa municipal em 2012. Alguns membros do partido, como os deputados estaduais Sandro Régis e Elmar Nascimento, ten-

dem a sair da legenda. Nascimento, atual líder do PR na Assembleia Legislativa, chegou a classificar a possibilidade de apoiar Jaques Wagner como “constrangedora”. Hoje, inclusive, não é descartada nem a possibilidade de César Borges voltar a disputar o Palácio de Ondina. O intuito do PR é reforçar a condição partidária no estado. Por ora, acaba a política e vem o trabalho. Cabe ao novo ministro destravar obras importantes, como das ferrovias de Integração Oeste-Leste (Fiol) e de Camaçari, ligação do Polo Petroquímico ao Porto de Aratu, a Hidrovia do São Francisco, além de manutenção e construção de rodovias federais (BRs 101, 116 e 415).


9

Coaraci


Faça parte do BBOM , o negóci Em meio a uma série de “oportunidades” de mercado, como já acontece, e partilha seus rendinegócios ou de “investimentos” que tem permea- mentos com os associados. Trata-se do denominado Marketing MultiNído a Internet no Brasil e por aí podem ser citados TelexFree e MultiClick, existe também a empresa vel, onde diversas pessoas tem ganhado muito “BBOM” que tem chamado a atenção de muitas dinheiro no Brasil e no mundo. Lá fora, nos Estados Unidos, por exemplo o Marketing MultiNível pessoas. A BBOM é um braço da Embrasystem, em- é um negócio bastante rentável e muitas pessoas ganham dinheiro com isso. presa especializada em A grande vantagem da tecnologia com atuação BBOM é que diferente de no mercado brasileiro há outros sistemas de MMN cerca de 17 anos, dona da o associado não precisa marca UNEPXMIL que é ficar publicando anúncios uma rede de franqueados ou coisa do tipo, muitas que atuam na distribuição vezes de uma forma ilógide seus produtos e serca e sem fundamentação viços, sendo considerada a segunda maior rede de Rastreador sendo embalado no Centro de Distribuição BBOM franqueados do Brasil, estando atrás apenas de “O Boticário”. Qual o principal negócio da BBOM? A comercialização de rastreadores via satélite. A Embrasystem fabrica e distribui rastreadores para automóveis, motos, caminhões, barcos e jet skys, para cargas e até rastreadores pessoais. Por enquanto na BBOM só estão sendo comercializados os rastreadores “fixos” para Loja UNEPXMIL em São José do Rio Preto instalação em veículos, mas em breve também estará disponível o rastreador pessoal que fun- de para onde vão estes anúncios e que retorno ciona na bateria com autonomia de cerca de 60 eles trazem para a empresa. Na BBOM existem produtos físicos, que podem ser vistos, observahoras. E onde as pessoas podem se beneficiar com dos de perto. Produtos que são comercializados com nota fiscal. A BBOM a BBOM? Adquirindo inclusive já disponibiliza um simples rastreador e para seus associados um passando a contar com Cartão de Débito com a mais segurança em sabandeira MasterCard, ber onde os membros da onde os ganhos podem família estão, reduzindo ser resgatados através assim o drama em caso da inserção de valores de furtos ou sequestros, nestes cartões que popor exemplo. Ou fazendem ser utilizados para do parte do negócio e pagamento de compras, ganhando dinheiro com saques e serviços em isso. A BBOM traz para seus associados oportunidades incríveis, onde a qualquer estabelecimento que aceite a bandeira pessoa entra no negócio, faz uma espécie de in- MasterCard. E como fazer parte da BBOM? Para ingresvestimento, a empresa coloca seus produtos no

João Francisco, presidente da BBOM, Ednaldo Bispo, Diretor de Marketing e Ana Hickman no evento Top 100 BBOM

sar no negócio a pessoa que estiver interessada precisa se cadastrar através de um patrocinador, ou seja alguém que já está dentro do negócio. O detalhe a ser levado em consideração é a forma como a pessoa quer entrar e com quem quer entrar. A formação de um grupo sólido, de pessoas com representatividade e que podem dar suporte ao negócio pode dar uma oportunidade única aos novos associados. E é por isso que está sendo lançado o Grupo Rodspro na BBOM, nascido da união de alguns associados - a exemplo do cantor Sinho Ferrary - que já estão no negócio, mas que querem que novas pessoas também possam fazer parte desta oportunidade que pode mudar a vida de qualquer um. Para muitas pessoas o negócio BBOM pode representar uma maneira fácil de ganhar dinheiro, mas não é. Para ganhar dinheiro de verdade no negócio é preciso primeiro entender o produto, entender o que é o grupo Embrasystem, estudar detalhadamente as formas de ganho e potencializar as informações passando-as adiante, conversando com as pessoas e claro comercializando um produto que é real e tangível. É preciso esforço, e dedicação acima de tudo. Os interessados em fazer parte da BBOM podem entrar em contato com o Grupo Rodspro que


11 Oportunidade

io que pode mudar a sua vida

ouro (R$ 3.000,00). Ao adquirir o pacote o associado está possibilitando a BBOM colocar no mercado através de comodato diversos rastreadores e com isso ela partilha os ganhos desse comodato com os associados e isto proporciona um ganho mensal de R$ 180,00 no plano Bronze, R$ 480,00 no plano prata e R$ 800,00 no plano Ouro. Se o associado não quiser fazer mais nada, terá garantido esse ganho por um período de 12 meses. Não precisa ficar na internet publicando nada. Basta solicitar o seu próprio rastreador que terá a sua mensalidade abatida do ganho e estará credenciado a receber estes bônus. Mas caso o associado queira indicar o produto ou à adesão a outras pessoas, existem diversas outras formas de ganho, como: 10% sobre cada rastreador comercializado de forma individual; 30% em cima dos pontos de formação Evento Top100 BBOM no HSBC Hall em São Paulo em 22/05 de rede; 2% até o sexto nível de indicação com base no bônus de indicação direta. E tem ainda o bônus de indicação direta que no caso de uma indicação do plano ouro o bônus é de R$ 200,00, além de diversas outras formas que podem ser explicadas com mais detalhes através do contato com o Grupo Rodspro pelos telefones 73 3241-1112, 9133-0415, 8197-4521 e 8123-7826. Entrega da Lamborghini ao casal de Recife Para reconhecer o trabalho de seus associados a BBOM realizou no dia 22 de Maio no HSBC Hall em São Paulo o evento grupo pois já temos representantes Top100 onde cerca de 2000 pessoas estiveram presente e fono Rio de Janeiro, em Salvador e ram entregues 1 Lamborghini, 6 Mercedes Benz, 70 Relógios Aracaju, além de várias cidades do Rolex e 400 Canetas Mont Blanc. O evento foi cerimoniado pela Sul da Bahia que serão nosso princiapresentadora Ana Hickman e teve a cobertura do programa pal ponto de atuação nos próximos Amaury Jr. da RedeTV. Na oportunidade o presidente da BBOM, meses” cita Rodrigo Leite. João Francisco falou sobre o crescimento do negócio em um Para participar do negócio espaço tão curto de tempo e o direitor de marketing, o Ednaldo BBOM o associado pode entrar adBispo também comemorou o crescimento da empresa e ressalquirindo um dos três pacotes: Brontou a importância do trabalho dos associados. ze (R$ 600,00), Prata (R$ 1.800,00) e 3 Helicopteros dão suporte ao serviço em SP vai fornecer todas as informações sobre o negócio, sobre as formas de ganho e será disponibilizado o material de divulgação padronizado bem como o associado passará a contar com uma equipe especializada para dar o devido suporte ao ingresso no negócio. “Estamos preparados para atender a todos os interessados que queiram fazer parte do negócio (...) vamos dar o devido suporte como o apoio à realização de encontros e reuniões onde estaremos nos deslocando com toda nossa estrutura para demonstração do que é a BBOM (...) e vamos com certeza ampliar a formação desse


facebook.com/igor.mucuge

O povo merece

Igor Mucugê é estudante de Engenharia Civil

Como cidadão, atuante na área da construção civil e fugindo de qualquer esfera política ou partidária, vejo minha Coaraci com uma ótica diferente. As chamadas academias ao ar livre tem a intenção de oferecer á população uma opção acessível e gratuita de atividade. Visa à melhoria da condição física, qualidade de vida e saúde das pessoas. Os equipamentos são leves e usam apenas a força do corpo para musculação e alongamento. O espaço em frente ao Terminal Rodoviário de Coaraci é utilizado inadequadamente por crianças praticando futebol e criando uma grande possibilidade de acidentes, tanto para as próprias crianças, pessoas que transitam pelo local e os motoristas e motoqueiros que circundam pelas vias de acesso próximas. Além disso, a criação de uma academia desse tipo na área citada ajudaria a tirar os coaracienses, em especial a terceira idade do sedentarismo. Outro fator importante seria que os estudantes das áreas como fisioterapia e educação física teriam um ótimo espaço apropriado para desenvolver suas técnicas e habilidades aprendidas no seu curso e, sobretudo promover um ambiente agradável para a comunidade.

Publicidade ContraCapa Colorido CCPA3


Palco Principal instalado na nova praça de eventos de Arataca

As comemorações pela passagem do 28º Aniversário de Emancipação Política do município de Arataca aconteceram durante 10 dias no mês de maio. Uma vasta programação foi realizada com o patrocínio da prefeitura municipal incluindo a Semana Cultural e a Micareta AraFolia 2013. A festa começou no dia 03 de Maio com a Noite dos Evangélicos onde se apresentou o cantor Gerson Rufino, conhecido nacionalmente. No Sábado, dia 04 foi a vez da tradicional lavagem do Beco da Zete no centro da cidade. O domingo dia 05 foi marcado pelo festival de fanfarras,

13 Arataca

Semana Cultural e Micareta para comemorar os 28 Anos de Arataca

Palco 2 instalado do outro lado da praça

onde além da banda local, se apresentaram fanfarras de cidades como Belmonte e Itacaré. O prefeito Fernando Mansur “Ferlu” fez questão de dizer que a Fanfarra de Arataca recebeu incentivos de mais de 30 Mil reais com a compra e reforma de instrumentos e fardamento. Na segunda-feira dia 06 ocorreu a Maratona onde homens e mulheres disputaram a prova em diversas categorias. A semana ainda foi marcada pela Mostra Cultural e pela exposição de trabalhos das escolas da rede municipal de educação e por representantes da Secretaria de Saúde. No dia 08 de maio aconteceu a escolha do

Garoto e da Garota Arataca 2013 e no dia 09 o tradicional Show de Calouros. Entre os dias 10 e 12 de Maio foi a vez da Micareta “Sou seu Fã”, o AraFolia 2013 com a apresentação de grandes atrações como Sinho Ferrary, Motumbá, Trio da Huanna e Parangolé. No sábado aconteceu o desfile do Bloco Sou seu Fã pelas ruas da cidade, e Arataca recebeu a visita dos deputados Roberto Brito, Lúcio Vieira Lima e Coronel Gilberto Santana. E para encerrar os festejos a banda Parangolé subiu ao palco no domingo, dia 12 de maio levando uma multidão ao delírio.

Crianças participaram da Semana Cultural

O cantor Gerson Rufino ladeado pelo prefeito Ferlu e pela 1ª Dama

Maratona

Festival de Fanfarras


Arataca

14

Prefeito Ferlu e o Maestro da Fanfarra de Arataca

Festival de Fanfarras

Show de Calouros

Garota e Garoto Arataca 2013

Lavagem do Beco da Zete

Coronel Santana e Lúcio Vieira no Camarote Oficial

Arataca foi emancipado com território desmembrado de Una no dia 09 de maio de 1985. A localidade era conhecida como Xapuri e o seu crescimento provocou a realização de um plebiscito que consolidou a sua emancipação. Fernando Mansur, atual prefeito, apesar de ter sua origem em Itajuípe, reside há cerca de 20 anos em Arataca onde ganhou o apoio e a credibilidade da população para administrar o município.

Prefeito Ferlu sendo entrevistado pela TV PortalMix

Sinho Ferrary foi uma das atrações do Arafolia

Lúcio Vieira e Paulinho Mansur

Fernando Mansur e o deputado Roberto Brito


Através da emenda à Lei Orgânica 001/2013, os vereadores do município de Coaraci aprovaram no último mês de maio a inclusão do Artigo 500-A na lei maior que rege o município, dando fim à votação secreta no processo legislativo. O novo artigo diz o seguinte: “Art. 50-A – Fica banida do âmbito do processo legislativo municipal toda e qualquer votação secreta para todos os Projetos de Lei, emendas a esta Lei Orgânica, Eleição de escolha e renovação da Mesa Diretora, bem como todas as proposições, projetos e requerimentos previsto no Regimento Interno do Poder Legislativo Municipal”. A emenda apresentada ainda reza que ficam expressamente revogadas todas as determinações contidas no Regimento Interno da Câmara Municipal que façam alusão a votação secreta, passando, doravante, todas as votações a serem feitas de forma aberta e foi estabelecido um prazo para que a Comissão de Justiça e Redação apresente em plenário anteprojeto de reforma do Regimento Interno desta Casa, para que o mesmo passe a vigorar com as modificações introduzidas neste momento. O parágrafo único determina ainda que independentemente do anteprojeto previsto no caput deste artigo, doravante, todas as votações serão feitas de forma aberta. Os vereadores comentaram a votação do projeto no dia da primeira votação. Mamigo salientou a sua ideia de apresentar esse projeto, que foi abraçado pelos demais vereadores. Ele justificou o projeto em nome da transparência, onde o Brasil não aceita mais o voto secreto. Para ele a Juventude vive frustrada por ver projetos iniciarem de um jeito e terminarem de uma forma totalmente diferente. Ele agradeceu o apoio dos demais vereadores e pediu que outras câmaras sigam o exemplo. O vereador Binho Vila Nova ressaltou que também defende a transparência e lembrou que

às vezes algumas pessoas acham isto uma coisa simples, mas não é. Para ele com esse projeto chegam ao fim as atitudes não democráticas, terminam as cores das canetas diferenciadas, termina o temor, termina o ocultismo, que custou aos cofres públicos deste município muito dinheiro. Para ele, às vezes tramitavam matérias que ao terminar ou abrir a caixa o resultado era diferente da discussão. Ele disse ter visto de porrete a revolver na casa legislativa e esta câmara atual vivencia o fim de tudo isso. Lessa disse que o segredo vai acabar em qualquer votação, com isso vai ser evitada a prática de suborno, que se já existiu em algum momento não vai existir mais. Como vereador de primeiro mandato ele disse estar satisfeito em fazer parte desse momento histórico. Rosival Carvalho disse que existem momentos que são históricos, acontecem e ficam gravados nos anais e serão lembrados daqui a muitos anos. Ele frisou o fato de que acabou o falar de um jeito e fazer ao contrário, acabou a enganação e não haverá mais votação com urna escondida e a partir deste dia o vereador precisa dizer o porquê e em quem está votando. Rosival disse já ter sido vítima de trairagem em tempos passados e informou que Coaraci provavelmente é a primeira cidade na Bahia a votar um projeto desse porte com a unanimidade dos votos. Ele disse que em outro momento no passado esse projeto já foi discutido, mas nunca houve apoio para a sua aprovação. Teta disse que sempre manifestou esse desejo quando acompanhava as votações e era um mero cidadão. Disse ele que a urna secreta era um problema e a votação aberta deixa mais clara a intenção do vereador. Neto da Colina disse que esta emenda à Lei Orgânica Municipal é uma prova do fortalecimento dos vereadores de Coaraci e que os votos fechados serão abertos onde fica fortalecida a

15 Legislativo em Coaraci

Vereadores aprovam fim do voto secreto na Câmara de Coaraci

palavra do homem e a palavra da mulher. Macedônio Castro disse que a emenda chega um pouco tarde, pois em 2010 quando foi feita a reforma da lei orgânica já existia essa ideia mas não pode ser implementada. Segundo ele, eleitores merecem respeito e citou exemplos tristes de abstenções, de doenças, de atestados e de votações complexas. Disse que quem tem coragem vai votar e quem não tem terá que se esconder. O vereador Nino Torquato disse que um dia o povo vai lembrar o nome dos vereadores que participaram dessa importante mudança na história política e legislativa da Câmara de Vereadores de Coaraci e que o momento fica plenamente marcado. O que está acabando na casa é aquele voto no qual se pega um papel, vai a cabine, risca o que quer votar e coloca na urna. A partir de hoje será dito em alto e bom som o voto relativo a cassação de um prefeito, de um novo presidente de Câmara e demais projetos polêmicos. Carlos Maia também disse que é um momento histórico e ele sabe que em tempos outros o povo tinha vontade de descobrir quem verdadeiramente estava votando em quem e o que. Maia disse que quando dá a sua palavra ele dá e garante. Citou que Binho o procurou recentemente sobre projetos de duas sessões em uma e ele cedeu e votou na condição de explicar o porquê do voto. Para Maia as coisas devem ser limpas e claras e quem não pode cumprir a palavra que não dê a palavra. Disse que seu ponto de vista é esse e agora não haverá mais as canetas. Lembrou ele a questão das canetas nas eleições de mesa diretora e lembrou muitos momentos de falta de palavra e cumprimento. Para Maia, Rosival realmente é um homem de sorte, onde Coaraci sai a frente e com certeza será lição para muitas câmaras no estado. A votação foi cumprida por 10 votos a zero.


Legislativo em Coaraci

16

Carlos Maia pede reforma do Estádio Barbosão

O vereador Antônio Carlos Maia apresentou na Câmara de Coaraci durante o mês de Maio três indicações que foram analisadas pelos demais vereadores, onde merece destaque a indicação 081/2013 onde é solicitada a recuperação das telas do alambrado, reforma dos banheiros que servem ao público masculino e feminino, imprensa, árbitros, jogadores, visitantes e também os banheiros reservados às delegações visitantes do Estádio Antônio Barbosa Teixeira “Barbosão”. Segundo Carlos Maia “a atividade física é indispensável ao bom funcionamento do nosso organismo como um todo. Aquele velho ditado que diz que ‘tudo que não é usado acaba enferrujado’ é verdadeiro e também se aplica ao nosso corpo (...) O Barbosão foi e tem sido palco de grandes e importantes eventos esportivos em nosso Município e as medidas aqui sugeridas visam tão somente auferir mais comodidade aos usuários”. Através da Indicação 098/2013, apresentada em conjunto com os vereadores Mamigo, Teta da Saúde, Lessa e Rúbia Soraia, Carlos Maia solicita a reforma total do prédio escolar Régis Pacheco

na localidade denominada de Marcos Sacramento (Ruinha dos Três Braços), para melhores condições aos profissionais e aos alunos que desenvolvem naquele estabelecimento suas atividades. Segundo os vereadores autores da indicação este problema perdura por anos. Outra indicação apresentada pelo vereador Carlos Maia foi a solicitação para execução do enlarguecimento em solo compactado do acostamento da BA 262 que liga Coaraci à Itajuípe, até a fazendo do Senhor Armando Pinto, pois segundo Maia, “a ampliação deste acostamento oferecerá mais tranquilidade e segurança as pessoas que praticam caminhada pela manhã e tarde, naquela localidade”. Carlos Maia também assinou conjuntamente

com Mamigo, Lessa, Rúbia Soraia, Neto da Colina e Teta da Saúde dois requerimentos, um deles convocando o Sócio Responsável pela GRAND PRIX CONSTRUTORA E ALUGUEL DE VEÍCULOS LTDA – ME para prestar esclarecimentos quanto ao serviço de locação de carros à Prefeitura de Coaraci e o Sr. Armando dos Santos Santana, sócio da empresa Focus Locadora de Veiculos para prestar esclarecimentos sobre dúvidas existentes entre a Prefeitura Municipal de Coaraci e a referida empresa quanto ao contrato executado por ambos em 2012.

Consórcio Municipal para aquisição de patrulha mecânica é indicação de Nino Torquato O vereador Nino Torquato (PMDB), apresentou recentemente a indicação 116/2013 onde ele cita a criação de uma parceria pública com os municípios circunvizinhos. Para o vereador esta parceria seria uma espécie de Consórcio Rodoviário, onde os municípios de Coaraci, Almadina, Itapitanga, Ibicaraí, Itajuípe e quem mais se interessasse, poderiam unir forças e recursos para a aquisição de máquinas, equipamentos e automóveis que seriam usados de igual modo por todos os municípios com um rigoroso acompanhamento e gestão. “O fato é que os municípios da nossa região cacaueira há anos vem se arrastando com uma crise sem precedentes, falta de recursos para a aparelhamento de suas frotas com máquinas, caçambas e caminhões. E uma parceria entre estes municípios poderia solucionar o problema para ambos, levando em conta que juntos poderiam adquirir maquinas e carros dividindo entre ambos tanto os custos com os serviços como com a manutenção dos mesmos. Podendo desse modo esses municípios, ter uma condição de trabalho que sozinhos jamais teriam” cita Nino. O vereador Nino Torquato também apresentou uma indicação que diz respeito a realização de um

mutirão da saúde em Coaraci facilitando o acesso da população aos médicos como Urologista, Oftalmologista, Cardiologista, Pediatra, Ginecologista, etc. A indicação 087/2013 solicita ainda agilidade aos exames requeridos no mutirão e entrega agendada de imediato pelo município. Ao longo do ano de 2013 outras indicações importantes do vereador Nino Torquato foram: 057/2013 que reivindica a compra de um caminhão coletor e triturador de lixo para o município de Coaraci, pois segundo o edil as condições dos carros coletores de lixo em Coaraci representam algo inadmissível em pleno século XXI com carros velhos soltando fumaça e óleo queimado pelas ruas da cidade, sendo assim mais um poluidor para a saúde da população e a 047/2013 que reivindica a reforma do piso da Praça Getúlio Vargas, onde ele defende que trata-se de uma praça central da cidade e a aparência do piso é desagradável com várias pedras soltas passando uma imagem muito ruim, principalmente aos visitantes.


Vereadora Rúbia preocupada com o trabalho do Conselho Tutelar em Coaraci

Legislativo em Coaraci

A vereador Rúbia Soraia tem apresentado em seus pronunciamentos uma constante preocupação com as crianças e com os adolescentes do município de Coaraci. Para a vereadora a educação é a mola mestra para resolver o problema da criminalidade e da disseminação do tráfico de drogas em todas as cidades, mas principalmente em Coaraci. Ao longo da semana ela faz questão de realizar visitas às escolas da rede municipal de ensino tanto na sede, quanto nos distritos e zona rural. Outra preocupação da vereadora Rúbia tem sido quanto à qualidade da merenda escolar e não só em relação ao produto que segue para consumo dos estudantes, mas também com a condição de preparo dos alimentos na sede da Merenda Escolar. Rúbia solicitou recentemente melhores condições de trabalho e segurança para as cozinheiras que ali atuam. Em relação a conduta das crianças e adolescentes a preocupação recente da vereadora Rúbia

17

é com o trabalho do Conselho Tutelar que tem a missão de zelar pelo cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente. Através da indicação 105/2013 a vereadora solicitou da prefeitura a aquisição e/ou instalação de uma linha telefônica fixa para uso da entidade em Coaraci. Segundo a vereadora a ausência de um telefone no Conselho dificulta o acesso à população que queira fazer alguma denúncia de violação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Ela lembra que o artigo 277 da Constituição Federal ensina que: “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e á convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e pressão”, mas nem sempre isso ocorre e muitas vezes crianças são maltratadas pelos próprios familiares cabendo à vizinhos e amigos denunciar a quem de direito, no caso o Conselho Tutelar que precisa deste serviço de telefone fixo.

Transporte de beneficiários do Sistema de Saúde é prioridade do vereador Teta O Vereador Teta da Saúde apresentou recentemente na Câmara de Coaraci a indicação 097/2013 onde ele solicita a adoção de medidas para efetivar a disponibilização de veículos para o devido transporte de pacientes para o seus tratamentos médicos. Ele solicita a disponibilização de duas Kombi e mais dois carros pequenos para resolver a demanda da regulação, para Itabuna, visto que estes pacientes fazem tratamento diário; Um veículo especifico que ofereça as mínimas condições de transporte para o pessoal que faz hemodiálise. E um supervisor social para acompanhar os pacientes que viajam no ônibus da saúde para a vizinha cidade de Itabuna. Para Teta o serviço de transporte dos pacientes é algo de grande importância pois atende principalmente aos mais carentes. Ainda no âmbito da Saúde o vereador

Teta apresentou a indicação 103/2013 que solicita a aquisição de equipamentos como: Analisador Quimico, Microscópios, Centrifugas Macro e Micro-Hematócrito, Homogeneizadores de Sangues, Banho Maria e Mesa Buch para que sejam utilizados nas dependências do Hospital Geral de Coaraci. Teta apresentou também indicações relacionadas ao trânsito e ao urbanismo, como a indicação 112/2013 que solicita a pavimentação a paralelepípedo e o saneamento básico da Travessa Santa Rita no bairro Jardim Cajueiro e a indicação 114/2013 que solicita a transferência da sala da 3ª RETRAN para uma das salas do prédio da Secretaria de Agricultura localizada na Central de Abastecimento, visando dar maior conforto aos usuários e aos funcionários.

Vereador Mamigo cobra transparência no Governo da Cidadania O vereador José Vandelino Barbosa tem cobrado constantemente transparência por parte da gestão municipal e respeito à Câmara de Vereadores. Em seus pronunciamentos o vereador sempre ressalta que o Poder Legislativo é independente e que possui o poder de fiscalização da execução dos gastos públicos. “Eu sou um funcionário do povo, recebo e muito bem para defender os interesses da minha comunidade e não posso me calar diante de situações em que não haja a devida transparência da aplicação dos recursos” frisa o vereador. No dia 03 de Junho, por exemplo, Mamigo apresentou o Requerimento 009/2013 onde ele cita que em visita realizada ao Tribunal de Contas dos Municípios no dia 15 de Maio, para fiscalização das contas do Poder Executivo ele constatou que no mês de Janeiro de 2013 foi realizado um pagamento a empresa GRAND PRIX CONSTRUTORA E ALUGUEL DE VEICULOS LTDA – ME, por meio do processo de pagamento 123/2013, cujo objeto

da prestação de serviços seria a manutenção de rede de esgoto no município. Por meio do requerimento ele solicitou que a prefeitura informasse quais foram as ruas nas quais foram feitos os serviços de manutenção informados no processo de pagamento em questão. Mamigo também assinou em conjunto com Maia, Lessa, Rúbia Soraia, Neto da Colina e Teta os requerimentos 007/2013 e 008/2013 onde são convocados os sócios dirigentes das empresas FOCUS LOCADORA DE VEICULOS e GRAND PRIX CONSTRUTORA E ALUGUEL DE VEICULOS para prestar esclarecimentos quanto a questão da locação de veículos ao município de Coaraci. Outra cobrança importante do vereador Mamigo diz respeito ao não cumprimento por parte da gestão municipal quanto ao pagamento do 13º dos servidores. Segundo a lei municipal vigente o pagamento deve ser realizado na data do aniversário do servidor, o que não vem sendo cumprido. Mamigo também apresentou requerimento solicitando à prefeita o encaminhamento de documentos que comprovem o cumprimento formal do que determina esta lei.


Legislativo em Coaraci

18

Rosival Carvalho solicita aquisição de Unidade Móvel de Saúde para Zona Rural

O vereador Rosival Carvalho apresentou no dia 03 de junho a indicação 115/2013 que solicita a aquisição de uma unidade móvel para a saúde, sendo um carro de porte médio para ações básicas de saúde na Zona Rural do município com atendimento médico e odontológico. Segundo Rosival a questão da saúde é um problema que assola o país, mas em Coaraci existem situações especiais a serem pontuadas como o abandono da Unidade Móvel de Saúde, um ônibus adquirido pelo então prefeito Elivaldo Henrique no ano de 2003 e que segue sem nenhum aproveitamento nas dependências da Garagem Municipal. Rosival lembra que o veículo tem problemas com documentação, mas ao mesmo tempo cita que o bem da coletividade deve se sobrepor a questões individuais. Segundo ele se passaram quatro anos e nada foi feito em relação a esta Unidade Móvel. Nem colocaram para funcionar, tampouco se sabe de medidas visando a regularização da documentação do veículo. Mesmo assim ele lembra que para o atendimento na Zona Rural, onde as estradas dificultam ao acesso de um ônibus de grande porte, é que se faz necessária a aquisição deste veículo de porte médio com atendimento médico e odontológico.

Lessa requer instalação de Parques Municipais

O vereador Luciano Lessa apresentou nas últimas semanas quatro indicações que dizem respeito a implantação de parques infantis no município de Coaraci. Segundo o vereador um parque urbano propicia lazer e recreação aos habitantes da cidade, assim como uma apropriação lúdica o espaço público. Parques Urbanos incluem muitas vezes playgrounds e campos de esportes, laguinhos e centros educativos como museus e jardins botânicos. Parques são um dos componentes chaves de uma cidade especialmente dedicada em propiciar um alto nível de qualidade de vida aos seus habitantes e são presentes em cidades com os melhores índices de desenvolvimento humano. As indicações apresentadas pelo vereador no sentido da instalação dos parques municipais foram: 089/2013 solicitando a instalação de um parque infantil no bairro Santo Antônio, na praça da Feirinha; 099/2013 solicitando a instalação de um parque municipal no Distrito do São Roque; 101/2013 solicitando a instalação de um parque municipal no distrito de Itamotinga e 109/2013 solicitando a recuperação do parque infantil da Praça Pedro Procópio. Lessa ainda apresentou no dia 20 de Maio a indicação 107/2013 onde ele solicita a instalação de um Albergue para Animais como cães e gatos, que deverão ser retirados das ruas da cidade. Segundo o vereador em nossa cidade, cresce o número de animais soltos pelas ruas. Assim criando um transtorno para os moradores e oferecendo o risco aos munícipes, que podem ser mordidos por esses animais e contrair raiva, bem como outras doenças transmitidas por esses animais, fazendo-se necessária a adoção de medidas nesse sentido da implantação deste albergue.


Bruno Massa e Natália Sarraf do Forró Saborear

A prefeita de Almadina, Alba Gleide e o Secretário de Administração, Valtencir Pinto - seu esposo - comandam a partir do dia 29 de junho as comemorações do tradicional São Pedro de Almadina. Com o apoio dos demais secretários de governo, da vice-prefeita Zelma Lopes e da Câmara de Vereadores, Gleide direcionou a realização dos festejos à questão do fomento econômico no município, mas sobretudo trabalhando para não onerar os cofres públicos e não promover atrasos na folha de pagamento, por exemplo. “Nós chegamos a analisar várias propostas e projetos. Inicialmente pensamos em realizar o evento em quatro dias, pré-confirmamos algumas atrações, mas vimos que era o momento de realizar o São Pedro com um orçamento que não nos trouxesse problemas Prefeita Gleide nas finanças do município e graças a Deus conseguimos captar o patrocínio de parceiros importantes como a Petrobras e o Bradesco que vão nos ajudar a garantir a realização do evento. Além disso discutimos o impacto da festa em todos os segmentos, inclusive o da geração de emprego e renda e o impacto

Jonas Alves de Fortaleza - CE

na economia local (...) nós paramos para analisar por exemplo as manicures de Almadina que vão trabalhar neste período fazendo as unhas de suas clientes. Multiplicando-se o provável número de clientes pelo valor médio cobrado pelo serviço estima-se que só neste segmento circule cerca de 20 mil reais na economia local” frisou Gleide. O levantamento realizado pela prefeitura inclui ainda a movimentação nos salões de beleza, nos mercados, nos bares, lojas de calçados e confecções, bem como barraqueiros que atuam na Feira Livre comercializando tais produtos e os ambulantes que vão trabalhar envolvidos diretamente com o evento. Com isto estima-se uma circulação monetária no município de algo em torno de 250 Mil Reais. Neste sentido é como se a prefeitura esquentasse a economia local com mais de 200% do valor investido na festa que tem também o seu lado cultural, além de proporcionar diversão e lazer, principalmente à juventude. A festa deste ano deve receber o investimento da prefeitura na ordem de 100 Mil reais incluindo-se ai todas as despesas com atrações e infra-

19 Almadina

Prefeitura de Almadina reduz despesas com Sâo Pedro para manter finanças em dias

Lordão é presença garantida no São Pedro

estrutura (som, iluminação, banheiros, toldos, segurança, etc). “Não poderíamos pensar em deixar de fazer uma festa como esta. Sabemos das limitações que todos os municípios estão enfrentando, mas buscamos realizar o evento em três dias (29, 30 e 1º) no sentido de fortalecer o nome de Almadina no cenário regional e com certeza trabalhar para engrandecer ainda mais a nossa festa. Se neste ano a economia local vai movimentar 250 mil, esperamos que no ano que vem esse número cresça, porque quem ganha é o nosso povo e a nossa gente” cita Valtencir. Para atender aos foliões almadinenses e visitantes, a prefeitura está preparando o esquema de segurança, atendimento médico e uma decoração especial que vai dar o tom dos festejos juninos na cidade. Com a grade praticamente definida, se apresentam em Almadina as Bandas Lordão, Forró Saborear e o forrozeiro Jonas Alves de Fortaleza. Estes são os três principais nomes da festa que vai contar ainda com Forró Tribalance, Urubu Fogoso, O Blefe, Tony Fernandes, Xote Apimentado e Ribeiro & Roberto. Entre as grandes atrações destaque para o Forró Saborear que realiza nesse São João uma turnê pelo estado da Bahia, já que a banda é de São Paulo e traz como vocalista a cantora Natália Sarraff que é filha de Joelma da Banda Calypso. Os detalhes da festa podem ser conferidos na Fan Page criada no Facebook através do endereço facebook.com/saopedrodealmadina, local onde os internautas podem ainda baixar a música tema do São Pedro 2013.



Todavia02