Page 1

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | 29 a 30 de março de 2011 | ANO XVIII | N.º 1.551 | R$ 2,50

Corpo de mulher é encontrado no bairro Bom Pastor Um corpo de uma mulher foi encontrado em uma casa no bairro Bom Pastor. O corpo foi encontrado pelo namorado da vítima, e segundo informações iniciais da Polícia Militar a causa da morte teria sido a mistura do uso excessivo de bebidas com o uso de drogas, já que vítima era usuária de entorpecentes. Página 09

Página 05

Adortrans firma convênio junto a Prefeitura Flaviane Oliveira

Sinalização em Divinópolis é depredada por cidadãos

Sarah Rodrigues

DO OESTE

Peixes congelados são vendidos irregularmente em Divinópolis

Página 04

Luciano Eurides

Homem é Música em bares pode ser esfaqueado regulamentada no centro de ainda este mês Divinópolis

Depois de uma derrota sem explicação natural é necessário buscar ajuda espiritual

O Bugre divinopolitano teve mais posse de bola, volume de jogo, chutes a gol, escanteios, laterais, disposição, garra e vontade, mesmo assim perdeu em Teófilo Otoni e fica mais perto da zona de rebaixamento. A equipe fez a melhor partida da temporada, a exemplo do goleiro do América-TO que garantiu os três pontos para o time do Vale do Mucuri. Página 14

Prefeitura municipal assina convênio junto a Adortrans para cobrir os gastos com a locomoção dos pacientes por meio da van que os transporta de casa até a associação para tratamento. O convênio firmado atinge o valor investido da ordem de 30 a 40 mil reais, o que gera uma parcela entre dois a três mil reais mensais encaminhados à associação. O convênio tem duração de 12 meses. Página 05 Marciel Muniz

Guarani sofre derrota sobrenatural

Página 07

Página 09

Lixo pode gerar energia em Divinópolis Divulgação

Alunos do EJA Serra Verde são transferidos para o CETEPE Página 03

Internet pode ser uma boa ferramenta para empresas ganharem mais clientes

Página 04

O município poderá ter uma política de resíduos sólidos de ponta no país. O motivo é que em visita à Inglaterra a convite do governo britânico, o prefeito Vladimir Azevedo conheceu diversas formas de tratamento de resíduos e pretende aplicá-las na cidade. Entre os dias 05 e 06 de abril o governante irá à Brasília a fim de buscar recursos para implantar o sistema em Divinópolis. Página 07


02 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

editorial

Redundâncias de todo dia...

R

epórter escuta cada coisa que daria para escrever um livro... As solenidades são os principais alvos de frases redundantes, onde as autoridades tentam falar ‘bonito’ e acabam se atrapalhando em meio a palavras repetitivas e que dão o mesmo sentido à frase. Durante as reuniões da Câmara o que mais se ouve são palavras errôneas e sem nenhum sentido de conhecimento jurídico por parte dos parlamentares. Determinado vereador tem o hábito de sempre conjugar os tempos verbais contrários ao que a língua portuguesa nos ensina como: “na última terça-feira, próxima passada”, como assim: se foi na última como pode ser ao mesmo tempo na próxima passada? É cada uma... Tem ainda aqueles que são autores de projetos de leis, e se atrapalham com relação aos nomes dos temas discutidos. Em meio às catastróficas frases já ouvimos: “estamos atendendo as demandas que nos foi demandada para atender a demanda do sindicato”; teve release de deputado descrevendo ‘uma gama muito grande’, já presenciamos pronúncias errôneas sob o comparativo de ‘Câmara’ e ‘câmera’. Sem deixar de citar os momentos ‘trava língua’ em que algumas autoridades se enrolam e trocam a letra ‘R’ pelo ‘L’. Ah.... o pior, é que estas situações ficam registradas em nossas gravações e não há como presentear nossos leitores com as pérolas do dia a dia, no máximo temos o poder de lhes apresentar as gafes sem é claro citar o nome dos distintos ‘santos’ que fazem a alegria dos bastidores das notícias. A coisa é tão rotineira que em determinados eventos dos quais já sabemos o que nos espera, as anotações nos bloquinhos rolam soltas, e os risos contidos são perceptíveis entre os colegas jornalistas. Contudo, em meio a este editorial tão descontraído aproveito para deixar aberto aos nossos leitores que nos mandem por e-mail as demais falhas para que possamos montar um mural de pérolas para as próximas edições...

Eduardo Augusto

easteduardo@yahoo.com.br

Ficha Limpa valerá somente para as Eleições 2012

Os ministros do Supremo, na última quarta-feira, dia 23/03, puseram um fim na polêmica que pairava sobre a Lei Complementar 135/10, conhecida Lei Ficha Limpa, se suas regras abrangeriam os candidatos eleitos na última eleição, no ano de 2010. Na verdade, a “bomba” estava nas mãos do novo ministro que assumiu neste ano, Luiz Fux, foi ele que desempatou a questão que permanecia dividida entre os demais 10 ministros. O ponto crucial da discussão era se a lei se submete ou não ao chamado princípio da anterioridade previsto no artigo 16 da Constituição Federal. O artigo 16 diz o seguinte: “A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência”. A expectativa e as especulações dos bastidores dos tribunais, dos fóruns, era que Luiz Fux decidiria em favor de aplicação imediata, isto porque ele mesmo havia declarado publicamente que a lei “conspira em favor da moralidade pública”. Ao se pronunciar o novo ministro ainda disse que “dos políticos espera-se moralidade no pensar e no atuar”, porém votou contra a aplicação da lei para as eleições de 2010. Para muitos, o novo ministro “amarelou” porque seu voto foi totalmente contrário aos seus posicionamentos anteriores à sua eleição. Mais uma vez as palavras caíram ao vento, pois, foi o seu voto final que decidiu a questão, e não a sua opinião. Luiz Fux foi o primeiro a votar após o relator Gilmar Mendes e se atrelou a questão fria e técnica da lei, com fundamento de que a lei fere a Carta Magna. Assim, as regras da Lei da Ficha Limpa somente valerá a partir das eleições municipais de 2012. A decisão de Fux, e, por conseguinte do Supremo está mudando o quadro político de todo país, isto porque foi reconhecida a repercussão geral do recurso julgado da última quarta-feira. Quem foi barrado e tiver os votos suficientes vai assumir a sua vaga, em contrapartida, quem já assumiu o cargo deixará o poder nos próximos dias/meses. No STF há trinta recursos aguardando julgamento. Agora, diante da decisão do Supremo basta os candidatos requererem a extensão dos efeitos da decisão. Para os políticos barrados festa regada à dinheiro público. Para a sociedade, resta o consolo de que a lei valerá para as próximas eleições. Dr. Eduardo Augusto Silva Teixeira é advogado, pós-graduado em Direito Público e em Direito e Processo do Trabalho ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Breno M. de Faria Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Observatório de Mídia www.observatoriodemidia.blogspot.com | observatoriodemidia@pitagoras.com.br

Economia e a Comunicação Social: Uma ligação Necessária

Jiham Souki

jisouki@hotmail.com

SOLIDÃO

A Economia é uma ciência que estuda as escolhas feitas pelas pessoas quando existe escassez, ou seja, quando há restrições ao que os indivíduos podem obter. Todos os dias nos deparamos com situações conflitantes, nas quais temos que escolher entre um bem ou serviço em detrimento do outro, devido à escassez de recursos, tais como tempo, dinheiro, saúde, terra, entre outros. A Economia está ligada a diversas áreas do conhecimento, tais como história, geografia, ciências sociais, matemática, psicologia, administração e também comunicação social. Especialmente em relação à comunicação social, a economia é uma ciência de grande relevância, tanto para a área de jornalismo quanto para publicidade e propaganda. O jornalismo faz o seu papel de levar à população a notícia, todos os fatos relacionados à inflação, desemprego, mercado imobiliário, investimentos, e diversos outros temas econômicos. Tais assuntos devem ser transmitidos utilizando uma linguagem simples, didática e que enfatize toda sua importância para o nosso dia a dia. Nos últimos anos, notícias relacionadas à Economia assumiram um lugar de destaque na imprensa, tanto em jornais impressos e internet, quanto na televisão. Mas o assunto tem sido abordado de maneira clara pelos canais de televisão e pelas publicações impressas? Penso que a imprensa não tem desempenhado seu papel de maneira eficiente neste contexto. Por muitas vezes os meios de comunicação social lançam mão de vários chavões econômicos e pressupõem que o leitor ou espectador já entenda as correlações existentes entre os diversos setores da economia. O jornalismo econômico deveria ser mais claro ao abordar todos os seus temas como, por exemplo, a taxa de juros. Não vemos muitas notícias sobre as conseqüências de uma alta da taxa de juros sobre a inflação, o emprego, o consumo, e outros eventos econômicos importantes da sociedade atual. Outro ponto falho da imprensa está na abordagem sobre inflação. Todos nós sabemos que uma inflação alta é prejudicial para a sociedade (quem não se recorda da hiperinflação nos anos 80 e 90, quando os níveis chegaram a mais de 2.400% ao ano?), principalmente para as classes menos favorecidas que não têm a capacidade de repassar o aumento dos preços e perdem muito seu poder aquisitivo. Há certo exagero por parte da imprensa ao anunciar, com alarde, que a inflação em 2010 foi a maior desde 2004 e que os preços não param de subir. A imprensa faria um trabalho muito mais efetivo preocupando-se mais em mostrar à sociedade quais os efeitos da inflação, quais os instrumentos de combate e explicar como cada indivíduo pode contribuir para combater o aumento nos preços. Ao invés disso, muitas vezes transmite informações com um viés por vezes equivocado.

É constante a queixa das pessoas por estarem sozinhas ou sozinhos. Em rodas de amigos, consultório e em grupos diversos a temática permanece. A preocupação de encontrar alguém para ter um relacionamento amoroso, não prevalece somente entre as mulheres. Os homens estão nessa mesma busca e independe da idade cronológica. Realmente estar em uma relação amorosa traz satisfação, prazer e desafios constantes ao dia dia. Além de contribuir para o crescimento pessoal dos envolvidos. Porém não traz garantia de felicidade total. Vejo homens e mulheres,uns indo em busca de parceiros,outros apenas na espera de encontrar alguém. A grande maioria anseia encontrar quem traga segurança, felicidade, amor e acabe de vez com a solidão. Expectativas desse porte tornam-se impossíveis de realizarem, pois o outro tem expectativas semelhantes. E quantos casais estão juntos, alguns há anos e com o sentimento de profunda solidão? Então estar com alguém não é garantia alguma de completude e de que será amado ou amada. Mário Quintana(escritor )foi sábio ao dizer:”...Ao invés de correr atrás das borboletas, cuide do seu jardim”... O equivoco permanece, quando depositamos a alegria de viver no outro. Esse outro se sente obrigado a realizar as exigências do amor e também precisa realizar as suas. Assim o que poderia ser uma relação saudável torna-se um distanciamento emocional, que contribui para que a solidão amarga seja fiel amiga. Para quem está se relacionando,avalie suas expectativas em uma relação, será que você quer ser cuidada ou cuidado e está se esquecendo de fazer sua parte?Ou está fazendo em excesso para não ser abandonado,ou abandonada pelas outras e outros? Aos que estão sozinhos comecem a sentir-se bem na sua própria companhia em primeiro lugar,assim você será interessante ao olhar dos outros. Quem está desesperado ou desesperada para encontrar alguém, acaba passando isso para o outro.Então podem acontecer duas possibilidades. Ou as pessoas acabam se afastando, afinal quase ninguém gosta de se relacionar com pessoas desesperadas.Ou entãoa chance de estar em relacionamentos abusivos se torna grande. Ao invés de fazer da busca de um parceiro ou parceira meta única, cuide do seu jardim, procure ampliar sua rede de amizades, busque dançar, fazer ginástica, caminhar, mude pensamentos, as opções são diversas,escolha o que lhe fará bem. É lembre-se o outro fará com você o que você mesmo faz com você. Se você não se gosta,será dificílimo o outro gostar de vc. O mesmo vale para o respeito. Reveja sua postura diante da vida, você quer que venha até você :Amor,felicidade,segurança? Ou quer conquistar junto com a pessoa que você escolheu para se relacionar? Escreva para o e-mail e conte qual é sua escolha. Abraços a todos e uma boa semana.

Alexandre Alvisi Economista e professor nos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda Faculdade Pitágoras/Divinópolis-MG

Obs: As inscrições do Ciclos de Encontros Temáticos:”Cuidando de Você Mesmo”,iniciará em abril e as inscrições estão abertas .Maiores informações pelo e-mail, blog(psicologianavidajihamsouki.blogspot. com) ou telefone. Jiham Souki é psicóloga


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Legislativo intercede por moradores para sanar problemas com poluição sonora Antiga Boate Aruba volta a incomodar vizinhos Desde o ano de 2005, quando houve a primeira intervenção da Boate Aruba, os vizinhos do estabelecimento sofrem com o problema de som alto durante festas particulares nos fins de semana. Dezessete Boletins de Ocorrência de perturbação do sossego foram apresentados por um morador da região sudoeste ao vereador Beto Machado (PSDB) durante a última reunião ordinária da Câmara. O tucano garantiu dar atenção ao caso junto do secretário de Meio Ambiente Pedro Coelho. Segundo o aposentado Iraci dos Santos, 62 anos que mora no Bairro Morada Nova, desde 2005, ele e seus familiares sofrem com o barulho das festas realizadas no estabelecimento “Aruba”. O morador recorreu ao vereador Beto Machado (PSDB) para lhe apresentar dezessete boletins de ocorrência já registrados no decorrer deste ano. O problema já teve processo aberto junto ao Ministério Público, entretanto, de acordo com Iraci dos Santos os problemas

são recorrentes, sempre que a promotoria sofre alterações entre os promotores responsáveis pelas causas de meio ambiente e poluição sonora. O primeiro processo aberto no MP, ficou na responsabilidade do promotor Márcio que ao intervir pela causa pediu a medição dos decibéis da casa de eventos. “Os decibéis ultrapassaram a média permitida, abaixo assinados foram feitos para que a casa de eventos se adequasse em relação à acústica, para o som não ultrapassar os muros do estabelecimento. Mas como nada foi feito ainda foram abertos mais três processos contra o proprietário José Francisco Dias, sendo dois de contravenção penal e outro de barulho e perturbação do sossego”, disse Iraci dos Santos. O vereador Beto Machado após receber o pedido do morador, entrou em contato com o secretário Municipal Pedro Coelho em busca de informações e soluções para aqueles que moram próximo ao antigo Aruba. “Agora começaremos a desdobrar esta questão. Caso se faça necessário a Casa Legislativa irá tomar as medidas

André Bernardes

NATALIA SANTOS e Liziane Ricardo

Integrantes da Agenda 21 se reuniram ontem para discutir poluição sonora

cabíveis. Esperamos que a antiga Boate Aruba se adapte usando os equipamentos necessários para a acústica, podendo ser utilizada sem incomodar os moradores do local”, pontuou Machado. Dentre as alterações ocorridas no Ministério Público, estive ciente do caso, o promotor Leandro Willy que na época recebeu das mãos do morador cerca de dez fotos de equipamentos de som ilegal que são descarregados no estabelecimento na calada da noite. Na ocasião foi feito um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que conforme descumprimento o proprietário do local pagaria uma multa de

Fechamento de EJA volta a ser discutido no Legislativo NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

demanda. “No caso de Serra Verde o cadastro apontou 34 matrículas e quando fizemos à vistoria apenas 20 alunos estavam frequentando. Este número de estudantes é pouco para uma só escola. Por isto fizemos estas mudanças”, explica Cançado. A p o r t a r i a p a ra a E J A estabelece que só poderão frequentar as modalidades, aqueles que possuem mais de 15 anos e estão fora do sistema escolar. Mas o coordenador Cláudio Guadalupe garantiu que a maior parte de quem procura o ensino, são adultos maiores de 25 anos e já chegaram a participar pessoas de até 80 anos. “O EJA é uma modalidade própria para trabalhadores. O projeto é flexível na questão de horários e reconhecemos que o trabalhador tem problemas e precisa ter melhores oportunidades”, conta, complementando ser diferente também do ensino regular pela forma “Nosso currículo é pautado no mundo do trabalho e na situação do país. Ensinamos de forma interdisciplinar” finalizou.

o secretário de Meio Ambiente, Pedro Coelho. De acordo com Pedro Coelho, há uma programação de reuniões estipuladas pela Agenda 21, contudo, o tema discutido ontem foi Poluição Sonora. Ao debater diversos temas sobre poluição sonora, o secretário garantiu que não só o caso da boate Aruba, mas muitas outras reclamações estão sendo estudadas pela secretaria de Meio Ambiente. “O que o município pode fazer nestes casos, é exigir o alvará sobre a instalação de um projeto de acústica no estabelecimento. No caso de descumprimento o alvará poderá ser reincidido, mas é importante analisar que cada caso tem uma normativa a ser regulamentada”, explicou Coelho. Outros estabelecimentos comerciais que tem funcionamento noturno, também foram pauta de discussão durante a reunião a exemplo de bares e cervejarias que não possuem sistema de acústica e são alvos de reclamações dos moradores. Participou também da reunião representante da Associação dos Músicos de Divinópolis.

OUTROS CAMINHOS O vereador Milton Donizete (PRTB) em seu mandato anterior na Casa Legislativa confirmou que já teria sido procurado pelo senhor Iraci em busca de solução para o barulho das festas realizadas na boate Aruba. “Já tinha intercedido por esta causa e me recordo que na época os problemas foram sanados. Mas agora com o senhor Iraci nos relatando que com a troca de promotores o problema continua, temos que tomar novas providências para ajudá-lo”, comentou Donizete. Dentre as possibilidades de recorrer à ajuda do município, o vereador Beto Machado junto do aposentado Iraci dos Santos, convocaram uma reunião com

Eleição 2010 resulta em aumento de repasse Estadual e Municipal Prefeito se reunirá com secretário de Fazenda para um balanço do primeiro trimestre 2011 Luciano Eurides

Desde 2010 o fechamento de unidades de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) tem gerado debates e reclamações na cidade. Desta vez a unidade do bairro Serra Verde é a próxima vítima do caso. No entanto, diversos alunos matriculados no Serra Verde foram transferidos para outra unidade. O assunto chegou à Câmara Municipal e já caminha para esclarecimentos e busca de soluções. O vereador Beto Machado (PSDB) como representante do povo se responsabilizou em buscar esclarecimentos sobre o fechamento da EJA e as alternativas para os alunos caso a informação seja verídica. “Temos que ter consciência e entender os dois lados. Recebemos muitas reclamações e, no entanto tenho de sentar com a secretária de Educação Eliane Cançado para discutirmos o assunto”, afirmou o vereador, acrescentando ainda que para a prefeitura cancelar ou fechar algo, devem-se apresentar

alternativas e critérios sobre o porquê do fechamento. “Queremos saber destes critérios. Se o custo ou beneficio operacional do que é oferecido, e se evidentemente está sendo avaliada a posição dos alunos”, ressalta. Sobre o assunto a secretária Municipal de Educação Eliane Cançado, assumiu que os alunos estão estudando em outra unidade, mas que a secretária disponibiliza o transporte para que eles possam estudar na unidade do CETEPE. “Não podemos afirmar que as unidades foram fechadas, pois os alunos continuam estudando, mas em outro local”, declarou Eliana. A decisão foi tomada após o resultado do cadastramento feito em 2010. No último ano, Di v i n ó p o l i s c o n t a va c o m 11 escolas EJA e a partir do cadastramento puderam ser observados bairros e regiões com pouca ou muita necessidade de unidades. Como exemplo, de duas escolas com EJA no bairro Niterói, apenas uma funciona este ano e ao contrário foi aberta mais uma unidade no Centro devido à

R$ 100 por dia. Em seguida, Iraci conta que a próxima promotora a assumir o caso foi Gisele Penteado, pedindo imediatamente nova medição dos decibéis. Porém no penúltimo sábado 19 de março foi realizado novo evento com início às 23h e término às 5h, o que incentivou o morador a tomar a atitude de procurar o Legislativo. “Ele está realizando estes eventos sem alvará de funcionamento, e na verdade o que queremos não é que interditem o local, mas que sejam cumpridas as medidas de instalar uma acústica para que o som não perturbe e incomode o nosso sossego

noturno. Até onde eu sei, em administrações passadas quando o secretário de Meio Ambiente era o senhor Humberto Pozollini, era permitido apenas a realização de casamentos, aniversários e festas que não durassem a noite toda. Mas agora chegou ao limite de termos que registrar 17 boletins de ocorrência”, ressaltou o aposentado.

NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

A diferença de R$ 4,7 bilhões revelou que o governo federal acelerou o ritmo de liberação de verbas livres de obrigação constitucional para estados e municípios em 2010, ano em que o então ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ser prioridade eleger Dilma Rousseff (PT) sua sucessora no Palácio do Planalto. Em relação a 2009, a distribuição de recursos cresceu 51% em termos reais, descontada a inflação. De acordo com um estudo inédito feito pela entidade Contas Abertas, no ano da eleição o governo federal enviou para os governos estaduais e municipais cerca de R$ 13,9 bilhões como transferências voluntárias. Em 2009, esse repasse foi de R$ 9,2 bilhões. Nos três anos anteriores a 2010, não houve crescimento significativo nas transferências voluntárias do governo federal para os Estados e os municípios. As transferências voluntárias são recursos repassados pela

Chefe do Executivo disse que está aguardando fechar os balanços na próxima quinta-feira (31)

União a estados, municípios e entidades sem fins lucrativos, que podem ser usados para realização de obras ou na prestação de serviços. Esse dinheiro é repassado geralmente por meio de convênios ou acordos e não segue nenhuma determinação constitucional. É, portanto, recurso que pode ser distribuído de acordo com critérios escolhidos pelo próprio governo. Segundo o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), ainda não foi feito um balanço geral dos repasses, pois é preciso que sejam

fechadas as relações do primeiro trimestre. “A receita passa por oscilações, então é preciso fechar o primeiro trimestre. Entretanto estamos esperando dia 31 de março fechar os balanços para podermos nos reunir com a equipe da secretaria de Fazenda e fazermos uma análise do comportamento da receita de todas fontes, dentre elas o FPM”, comentou o chefe do Executivo. O tucano lembrou sobre a relação com a crise em 2009, destacou também que o ano de 2008 foi um ano atípico de pico de receita, diferente também de 2010 que teve um início de recuperação, e posteriormente será medido o ano de 2011. Os dados do estudo feito pela entidade Contas Abertas, serão divulgados amanhã (30) no seminário “Políticas Públicas: Vetores Políticos”, organizado pela Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap), ligada ao governo paulista. Os números usados no levantamento são oficiais e estão no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi).


04 CIDADES

Falta de respeito leva à depredação da sinalização em Divinópolis

Sarah Rodrigues

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Retirada de placas para evitar multas tem se tornado frequente Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

A sinalização em Divinópolis tem sofrido muito com a depredação por parte da população. Algumas placas de sinalização vertical são alvos frequentes de vandalismo, são retiradas do local, pichadas, viradas e até mesmo roubadas. Segundo o secretário de Trânsito e Transportes, Júlio Valério o município tem tido problemas recorrentes com a sinalização e que muitas vezes é a própria população que retira as placas, para evitar multas e infrações. A reportagem da Gazeta encontrou diversas placas em situação irregular, algumas delas estão em ruas paralelas,

mas viradas como 45 graus. Sobre essa situação o secretário afirmou que a maioria das placas são depredadas propositalmente. “Se o estacionamento não for de 45 graus está errado, porque quando o estacionamento é desta forma, nós viramos a placa. Se a rua for paralela, com certeza é alguém que não quer o estacionamento lá e virou propositalmente a sinalização”. O secretário enfatiza que muitas vezes é a própria população que modifica a sinalização. “A intenção destas pessoas é descaracterizar uma infração, porque se a sinalização não estiver visível, e a pessoa receber uma multa, ela poderá entrar com um recurso”, explica.

Júlio esclarece que o problema com a sinalização é frequente e tem se tornado uma prática comum em Divinópolis. “Nós temos muitos problemas em determinados locais, em que sinalizamos como proibido estacionar, ou vaga para deficiente ou idosos, em que as pessoas que moram perto não concordam e roubam as placas, depredam, retiram do local, e não é só um caso são vários”. A população é uma parceira da SETTRANS, incomodada com o problema a comunidade é quem avisa a secretaria sobre a situação e muitas vezes denunciam seus próprios vizinhos. “E nós só ficamos sabendo quando a comunidade liga, reclama, avisa sobre o

que está ocorrendo. E é muito comum também nas placas de estacionamento rotativo. Às vezes a placa está em frente a um comércio e à noite o dono retira a placa, nós colocamos novamente e eles retiram novamente. Às vezes nós temos até que advertir o cidadão, porque é a situação é recorrente”, relatou o secretário. Em alguns casos a secretaria precisa advertir a população, porque várias placas são retiradas do mesmo local, mesmo após a SETTRANS reinstalá-las. Para isso Valério afirma: “a Polícia Militar é muito parceira da SETTRANS, tem feito trabalho excepcional, o Ten.Coronel Júlio é nosso parceiro, tem apoiado todas as ações”.

As placas são viradas propositalmente

Empresários apostam nas redes sociais para aumentar clientela Divulgação

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

A internet está cada vez mais se tornando parte da nossa rotina. O acesso à rede não se limita mais apenas a computadores. Notebooks, netbooks e celulares estão fazendo as pessoas ficarem conectadas aonde quer que elas estejam. Os internautas estão se aproveitando desta conexão para fazer grandes encontros, conhecidos como flash mob,

que são mobilizações combinadas pelas redes sociais. Em Divinópolis, algumas mobilizações como a guerra de travesseiros Pillow Fight e o Pon chic Day, que reuniu os internautas para consumir a bebida, divertiu a cidade. Recentemente, um empresa de publicidade juntamente com o Hemominas, utilizou deste recurso para mobilizar os internautas a fazer um cadastro de doação de medula. Empresários atentos a essa

saiba mais Dicas importantes de conquistar clientes na rede 1. Quais seriam as melhores maneiras de potencializar minha marca no Twitter e aumentar meu número de seguidores? Nem sempre ter mais seguidores é potencializar sua marca no Twitter. Uma das formas eficientes de se medir isso é por meio da observação de quanto o conteúdo gerado é “retuitado” pelos usuários, medindo a influência de quem replicou a mensagem ou também quantificando as conversas geradas via Twitter através de Direct Messages ou menções de sua conta 2. Como fidelizar clientes por meio de uma rede social? A primeira coisa a ser feita ao criar uma iniciativa nesses canais, buscando a fidelidade, é identificar o que interessa a esse público-alvo: que tipo de informações é relevante? Que tipo de relacionamento eles esperam? O que pode ser um benefício diário para esses usuários?Tendo as respostas para essas e outras questões, deve-se criar um plano editorial para que esses assuntos de relevância sejam abordados dentro de um cronograma correto, consistente e efetivo. Isso fará com que a rede seja constantemente “aquecida”, e as pessoas participarão de forma espontânea.

tecnologia, podem colher bons frutos e aumentar o número de clientes.Paulo Roberto é dono de um restaurante, e está apostando nas redes sociais. Conversando com um amigo via Twitter, Paulo passou o cardápio de seu estabelecimento. “Eu passei o cardápio pra esse amigo e ele perguntou se haveria possibilidade de juntar os “twitteiros” (usuários do Twitter) para um almoço. Então ofereci um desconto para o grupo e eles vieram” conta. O empresário diz que o resultado melhora a cada semana. No primeiro encontro 15 pessoas participaram, no segundo o número já subiu para 22 pessoas, sendo três da cidade de Itaúna e no terceiro, que aconteceu nesta quinta, quase trinta pessoas participaram do encontro. Paulo afirma que pretende usufruir cada vez mais das redes sociais para divulgar sua empresa. “O resultado é rápido. A internet é o boca a boca moderno. As pessoas vêm, gostam e comentam. Isso é muito bom” afirma Paulo. A publicitária Mariana Cançado participou de dois encontros e afirma que é uma ótima oportunidade de conhecer mais pessoas. “É uma movimentação positiva, a gente acaba conhecendo gente nova, interagindo

O primeiro encontro contou com a presença de 15 pessoas e agora no terceiro, que aconteceu nesta quinta, quase trinta pessoas participaram

com quem a gente só conhece na rede” conta Mariana. A publicitária acredita que a idéia do restaurante é uma estratégia acertada. “As pessoas acabam comentando bem da empresa na rede, e mais pessoas ficam conhecendo” afirma. Diversão e filantropia O almoço dos twitteiros está se tornando rotina. Por isso, os três organizadores do almoço, Paulo Freitas, Leonardo Costa e Diego Chaves pensaram em dar algum sentido maior para o encontro. De acordo com Paulo Freitas, arrecadar alimentos e doá-los para famílias carentes,

foi uma ideia bem recebida por todos. “Nós conversamos para tornar o encontro dos twitteiros algo maior. Então cada um que participasse do almoço, teria que trazer um litro de leite” conta Paulo. Foram arrecadados 43 litros de leite e pessoas que nem ficaram para almoçar, também fizeram a doação. “Tiveram pessoas que apenas passaram para deixar o leite porque leram no Twitter” conta Freitas. A responsável pelo marketing da fábrica de leite Karinho, Fernanda Oliveira, diz que a empresa se interessou pela ideia e resolveu participar. “A Karinho foi convidada a participar do

O MELHOR IMÓVEL ESTÁ NA CIDADE www.locadoracidade.com.br

evento. Nós doamos a mesma quantidade que foi arrecadada no almoço” conta Fernanda. Com a doação da empresa, os twitteiros arrecadaram 86 litros de leite para doar a famílias carentes e instituições filantrópicas. “Nós participamos por ser uma campanha solidária. Espero que outras empresas participem também” ressalta Fernanda. Apenas esta semana pelo Twitter, a ação no almoço dos twitteiros e as empresas que colaboraram chegou ao conhecimento de mais de 7 mil pessoas, confirmando assim o poder das redes sociais.


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Transporte de pacientes da Adortrans tem verba garantida para os próximos 12 meses O valor destinado é de mais de R$30 mil reais

Flaviane Oliveira

O presidente da Adortrans assinou o convênio juntamente com o prefeito Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Transportar os pacientes em tratamento de doenças renais é mais um dos desafios enfrentados pela Associação dos Doentes Renais e Transplantados de Divinópolis (Adortrans). A associação busca na porta de casa cada um dos pacientes que necessitam de hemodiálise para o tratamento da doença renal e as despesas com o transporte são muito altas.

Membros da Associação e políticos da cidade estiveram presentes na assinatura

ASSOCIAÇÃO A Adortrans é uma organização não governamental fundada em junho de 1993, em Divinópolis, com o objetivo de esclarecer, orientar e conscientizar a população em geral, da importância, necessidade e responsabilidade humanitária da doação de órgãos e tecidos para transplantes e prestar assistência social aos pacientes que fazem tratamento dialítico, mais conhecido como hemodiálise. A associação tem o

Neste sentido, a prefeitura municipal assinou o convênio junto a Adortrans e assim cobrirá os gastos com a locomoção dos pacientes por meio da van que transporta as pessoas atendidas pela associação. De acordo com o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), o convênio firmado atinge o valor investido da ordem de 30 a 40 mil reais, o que gera uma parcela mensal entre dois e três mil reais encaminhados à Associação. O convênio tem duração de 12 meses.

papel de fundamental importância para que a comunidade saiba o que é hemodiálise e o sofrimento dos pacientes que passam por ela. Um dos trabalhos históricos da entidade foi a participação no credenciamento do Hospital São João de Deus para retirada e transplante de órgãos. A Adortrans congrega voluntários de todas as profissões, independente de crença ou ideologia, interessados em promover o aumento do número de transplantes no

Brasil e apoiar a causa dos pacientes com doenças renais. A associação já conta com voluntários nas áreas jurídicas, odontológicas, psicológicas, informática e educacionais. ASSINATURA Durante a assinatura estiveram presentes membros do governo municipal, funcionários e voluntários da Adortrans. Na ocasião o presidente da associação, Ilacir Faria Silva, destacou que o valor economizado a partir

do convênio firmado com a prefeitura, será revertido em medicamentos e cestas básicas para os pacientes atendidos. Atualmente 80 pacientes são atendidos pela Adortrans. Wagner Aparecido Leal, tesoureiro da associação, que também é um dos pacientes renais, aproveitou a ocasião para agradecer a todos que fazem da Adortrans uma entidade que presta trabalho de excelência aos pacientes atendidos.

Congelados são vendidos de maneira irregular em Divinópolis Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

Na Quaresma aumenta a procura por peixes, principalmente os congelados, que podem ser guardados por dias. Contudo, existe uma norma que determina a venda de produtos congelados que vem sendo descumprida. Consumidores de Divinópolis verificaram a venda à granel em supermercados, que é proibido por lei, por lesar os compradores algumas vezes. Várias reclamações de consumidores resultaram no texto da Nota Técnica 19/2009, do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça.O documento tem objetivo de estabelecer critérios para a venda de peixes, crustáceos, moluscos, anfíbios, répteis ou qualquer outro animal aquático congelado. Isso porque os técnicos

do governo constataram que em alguns casos até 40% desses produtos vendidos se transformavam em água, depois do descongelamento. Como há a necessidade do glaciamento (imersão em água refrigerada para formar uma película protetora e manter as características dos pescados), a saída foi normatizar a sua forma de apresentação ao consumidor a venda de peixes e frutos congelados a granel está proibida. A Nota Técnica 19/2009 determina que eles saiam embalados da indústria. E nos rótulos dos produtos deve constar o peso líquido (antes do congelamento) e o bruto (depois do glaciamento e do acondicionamento em bandejas de isopor ou plásticos). Dessa forma, o cliente pode observar a quantidade real de pescados e pagar apenas pelo que está levando para casa. Vale lembrar que o excesso de água

Sarah Rodrigues

Consumidores se sentem lesados

Os peixes devem vir embalados e contendo o peso bruto e líquido

no frango congelado (acima de 6% do peso) também é considerado abusivo pelo DPDC. A norma pretende fazer com que o consumidor final não saia lesado, fato que o comprador Ricardo Araújo observou na cidade e considerou abusivo. “Comprei um peixe, no quilo e deu 1.060 Kg.,na hora de prepara-lo tinha uns pedaços de gelo dentro, como a gente tem uma balança de precisão, resolvi deixar o degelar para poder pesar, deu 0.368 Kg, uma diferença muito grande”. Araújo comprou um filé de Merluza por R$ 6,98 KG em um supermercado da cidade. Na embalagem do produto não constava nem o peso bruto, nem o líquido, o congelado foi pesado na frente do consumidor. “Achei um absurdo, alguém já me falou uma vez que é preciso colocar água, para virar gelo, mas é muita quantidade”, conta Ricardo.


06 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Empresas são proibidas Município está em dia de exigir teste de HIV com prestações de contas cidades mineiras podem perder convênios ao admitir funcionário 679 por pendências na entrega da documentação Sarah Rodrigues

Arquivo GO

Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

Em Divinópolis a Prefeitura Municipal realiza ações de conscientização sobre a AIDS Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

o ocorrido na Delegacia do Trabalho mais próxima.

Ao se candidatar a uma nova vaga de emprego, o profissional passa por uma série de testes antes de efetivada a sua contratação. Entre as pré-determinações para o contrato, está a realização de exames médicos. Porém a realização de tais exames é regularizada pelo Ministério do Trabalho. A lei determina que o portador do vírus da AIDS tenha o direito de manter em sigilo a sua condição sorológica no ambiente de trabalho, como também em exames admissionais, periódicos ou demissionais. Dessa forma, ninguém é obrigado a contar sua sorologia, senão em virtude da lei. A lei, por sua vez, só obriga a realização do teste nos casos de doação de sangue, órgãos e esperma. A exigência de exame para admissão, permanência ou demissão por razão da sorologia positiva para o HIV é ilegal e constitui ato de discriminação. No caso de discriminação no trabalho, por parte de empresa privada, recomenda-se registrar

PORTARIA De acordo com a portaria nº 1.246, é vetado todo tipo de discriminação no emprego ou profissão, dessa forma fica proibida a adoção de qualquer prática discriminatória e limitativa para efeito de acesso à relação de emprego ou a sua manutenção. Levando em consideração que a Resolução nº 1.665 do Conselho Federal de Medicina, de 7 de maio de 2003, veda a realização compulsória de sorologia para o – HIV ficou determinado no artigo 2º, que não será permitida, de forma direta ou indireta, nos exames médicos por ocasião da admissão, mudança de função, avaliação periódica, retorno, demissão ou outros ligados à relação de emprego, a testagem do trabalhador quanto ao HIV. Somente será permitida a realização de tais exames no âmbito das campanhas ou programas de prevenção da saúde que estimulem os trabalhadores a conhecer seu estado sorológico quanto ao HIV por meio de orientações e exames

comprovadamente voluntários, sem vínculo com a relação de trabalho e sempre resguardada a privacidade quanto ao conhecimento dos resultados. PRECONCEITO Em artigo publicado pela Sociedade Viva Cazuza, membros da associação que luta pelos portadores do HIV, afirmam que no Brasil, infelizmente, ainda há formas cruéis de discriminação nas relações de trabalho. E uma das mais graves é a discriminação em face de quem é portador de doenças infectocontagiosas graves, como o HIV/AIDS, que precisa enfrentar, além da própria doença e das particularidades que a envolvem, a rejeição no ambiente de trabalho, dos colegas ou dos superiores na empresa. Porém é preciso reconhecer que o Brasil já avançou no sentido de combate a todo e qualquer tipo de prática discriminatória e limitativa para efeito de acesso ao emprego, em especial nos casos de despedida, e vem aplicando os princípios constitucionais de proteção à dignidade humana e da não discriminação. Flaviane Oliveira

Um levantamento parcial do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) apontou que quase 80% dos municípios mineiros ainda não fizeram a prestação de contas ou não tiveram as contas aprovadas. Com as pendências muitos podem perder investimentos garantidos por lei, por não cumprirem os prazos estabelecidos que termina dia 31. Segundo o secretário municipal de Governo, Antônio Faraco o município está em dia com a prestação e não apresenta nenhuma pendência. O levantamento do MDS são em relação ao Índice de Gestão Descentralizada Municipal (IGD-M), os dados são necessários para a inclusão dos municípios no Programa Bolsa Família do governo Federal, as cidades que tiverem pendências podem perder o beneficio. Dos 853 municípios mineiros, segundo o estudo somente 359 fizeram a declaração. Destes apenas 174 tiveram as contas aprovadas. Então 679 ainda possuem algum tipo de pendência, seja por irregularidades ou porque não apresentaram o documento. Divinópolis possui 4784 famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família. O dinheiro é usado pelas prefeituras para desenvolver estudos e planejar ações que integrem as áreas de assistência social, educação e saúde, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos beneficiados. “Nos convênios para a proteção básica o governo federal repassa ao município

O secretário falou sobre prestação de contas do município

cerca de R$ 900 mil reais. E o município ainda investe três quartos da assistência. Então o município arca com boa parte dos investimentos na assistência social básica”, afirma Faraco. No município ainda existem oito mil famílias cadastradas que aguardam a inclusão do programa. BRASIL Em todo o país das 5.565 cidades, 1852 prestaram contas e apenas 701 foram aprovadas. A apresentação de contas no sistema do MDS cabe ao gestor do Fundo Municipal de

Assistência Social. O conselho do MDS analisa os dados e decide se eles serão aprovados. Se os responsáveis não aprovarem as contas ou se forem parcialmente aprovadas, o município fica impedido de receber o IGD-M, que voltará a ser pago quando o problema detectado for sanado. PROGRAMA O programa Bolsa Família atende mais de um milhão e trezentas mil famílias em todo o Brasil. Destas mais de cento e quinze mil estão em Minas Gerais e cinco mil em Divinópolis.

VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE! • MOTORISTA Com habilitação D ou E. • AUXILIAR DE ALMOXARIFADO • GERENTE FINANCEIRO OU FINANCEIRO • MECÂNICO OU APRENDIZ DE MECÂNICO • ELETRICISTA OU APRENDIZ DE ELETRICISTA • LANTERNEIRO OU AUX. LANTERNEIRO • COBRADOR (A) • Vagas para Pessoas com Deficiência OFERECEMOS: Ticket alimentação, Plano de saúde familiar, Transporte gratuito Inscrições feitas na Empresa de segunda a sexta-feira de 08:30 as 17:00, pelo SINE toda terça-feira de 08:00hs às 11:00hs e no site da empresa: www.trancid.com.br

Os portadores do vírus que se sentirem lesados no ambiente de trabalho devem procurar o Ministério do Trabalho


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Reunião discute sobre o som alto em bares

Divinópolis poderá produzir energia através do lixo Divulgação

A reunião promovida pela Agenda 21 reuniu secretário do Meio Ambiente e delegado da Ordem dos Músicos

André Bernardes

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

A sala José Constantino, que fica no edifício Costa Rangel, foi palco ontem de uma reunião que discutiu uma normativa para regulamentar a música ao vivo nos bares. A equipe da Agenda 21, que organizou a reunião, convidou donos de bares, presidentes de bairros e músicos para participarem, porém apenas o delgado da Ordem dos Músicos Sebastião Bispo dos Santos, uma moradora do centro da cidade e o secretário de Meio Ambiente Pedro Coelho compareceram a reunião. Os moradores vizinhos de bares e restaurantes veem sofrendo com o barulho que vai até altas horas da noite. De acordo com Márcia Moura, que é vizinha de um bar, dormir é quase impossível, já que o movimento dura grande parte da madrugada. “O problema são os estabelecimentos que não tem espaço físico necessário para montar um bar e acabam colocando na rua as mesas, o som do violão, o som dos carros. Não respeitam a população. Nós queremos descansar e não tem como. Eles acham que o direito é deles” afirma. Márcia conta que os proprietários dos bares brincam com a situação. “Eles falam que nós devemos dormir durante o dia. O barulho é de segunda a segunda, eles fazem festa, gritam, fazem farra, às vezes são duas horas da manhã e eles estão comemorando aniversário” conta. O secretário de Meio Ambiente Pedro Coelho conta que ainda não existe uma regulamentação sobre a música nos bares. “Nós liberamos o alvará

O prefeito conheceu maneiras de tratar os resíduos sólidos na Inglaterra Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

Na reunião, foi discutida uma normativa, que se virar lei, os bares terão que adequar o som ambiente

como voz e violão, mas temos constatado que o que importa é a quantidade de decibéis e das ondas sonoras que em determinadas localidades ela segue sem obstáculos e realmente o cidadão não pode ficar incomodado” afirma o secretário. Na reunião, foi discutida uma normativa, que se virar lei, os bares terão que adequar o som ambiente e a música não poderá fazer os frequentadores do local alterarem a voz para conversar. “Foi discutido aqui algumas questões da normativa, já colocando o diretor do sindicato dos músicos de Divinópolis a par do assunto para ele trabalhar nesse aspecto técnico. A nossa ideia é somente emitir autorizações para os bares e restaurantes que não tenham projeto acústico implantado, para que eles possam executar a música ambiente,

e que você sentado num bar conversa em tom de voz normal com o mesmo nível de decibéis como se estivesse sem música” diz o secretário. Pedro ainda diz que dessa forma se consegue um ambiente de qualidade. “A ideia não é proibir, é ter harmonia entre os que gostam da música, sem incomodar a população que não pode sofrer este impacto” afirma. Uma das maiores preocupações da reunião é não prejudicar o trabalho dos músicos. O delegado da Ordem dos Músicos de Divinópolis Sebastião Bispo dos Santos, diz que a normativa terá um efeito positivo. “Eu acho que realmente precisamos de uma regra clara para que o músico trabalhe com qualidade e não seja impedido pela fiscalização. Alguns músicos gostam de usar som muito alto e eu acho que é desnecessário” diz o delegado.

Bispo alega que os bares precisam oferecer melhores condições para que os músicos se apresentem com equipamentos de qualidade. “Tinha que haver um sistema em que as casas tivessem seu próprio equipamento de som e os músicos chegassem e acoplassem seu instrumento seguindo as normas exigidas pelo meio ambiente e que a casa já ofereça este equipamento” afirma. Sebastião Bispo diz que a Ordem dos Músicos trabalha para orientar a classe a desempenhar um trabalho de qualidade. “Nosso trabalho é disciplinar a classe musical e também fiscalizar. A maioria dos músicos da cidade é cadastrada na Ordem e os que não são precisam se cadastrar para que tenham os benefícios oferecidos. Tem os fiscais da Ordem que orientam os donos de estabelecimentos a não contratar músicos sem a nota contratual que rege se o músico está regular ou não” afirma Bispo. Nenhum proprietário de bar esteve na reunião para se manifestar. “A ideia era discutir esse grande assunto e vieram poucas pessoas, mas com elas podemos avançar” afirma Pedro Coelho. Uma próxima reunião para discutir o assunto está marcada para o dia 18 de abril às 14h na sala José Constantino no Edifício Costa Rangel. Os bares já fazem parte da cultura do divinopolitano. Porém se algum morador se sentir prejudicado com o barulho de som ou dos frequentadores, poderá encaminhar uma reclamação para a secretaria do Meio Ambiente que fica no prédio da prefeitura no décimo quarto andar.

Em vista recente à Inglaterra, o Prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) conheceu diversos mecanismos de tratamento de resíduos que podem ser aplicados em Divinópolis. Entre os dias 05 e 06 de Abril o governante irá à Brasília para buscar formas de implementar as ações no município. O prefeito falou sobre o convite da embaixada inglesa para conhecer as formas de tratamento de resíduos, que se deu após o município ter um aterro controlado. “Foi uma agenda muito produtiva esta semana com o convite do governo inglês, com mais sete prefeitos brasileiros, e lá pudemos ver vários mecanismos de tratamento de lixo, de resíduos, resumindo nós vimos que muitas coisas premiadas no Brasil, como o aterro sanitário com chorume, lá são recriminadas e punidas. Na Inglaterra se aproveita muito a questão do lixo, e muitas outras formas que fazem a produção de energia à partir dos resíduos”. Vladimir afirma que as fundições em Divinópolis apresentam dificuldades em tratar os resíduos e até mesmo em descartá-los. “Nós fizemos muitos contatos, já temos a visita de uma empresa inglesa de sinergia que virá em maio, porque nós estamos com problemas de resíduos nas nossas fundições tanto em Divinópolis como Cláudio, e que hoje este material vai para Itaúna e nós vamos poder utilizar estes resíduos tanto para cobrir o nosso aterro, como para produzir tijolos”, explicou. No processo de tratamento de resíduos o sistema inglês possui diversas formas de intervenção, que poderão ser aplicadas também na cidade. “Além disso, vimos uma questão muito interessante, de pequenos contêineres de gestão anaeróbi-

ca que é um processo diferente, que podem ser colocados em escolas, em que as instituições podem pegar seus lixos e da comunidade escolar, e poder gerar energia para a própria escola e o que for gerado poderá ser vendido e ainda fortalecer o caixa escolar. Estas plantas são de investimentos em torno de duzentos e cinqüenta mil reais” destacou Azevedo. FINANCIAMENTOS O prefeito enfatizou que a reunião em Brasília será com autoridades brasileiras e bancos, para buscar financiamentos a fim de aplicar o sistema na cidade. “Existem questões ligadas como a regulação na legislação brasileira e fontes de financiamento e nós devemos nos desdobrar para fechar toda essa questão em uma reunião nos dias 05 e 06 de abril em Brasília, na embaixada inglesa, dando continuidade já com as autoridades brasileiras para discutirmos fontes de financiamentos e marcos regulatórios que possibilitem a vinda destas tecnologias que são muito produtivas”, avaliou. BENEFÍCIOS Segundo o líder do Executivo a implementação do sistema em Divinópolis é uma maneira de contribuir com o meio ambiente, além de produzir riquezas através do lixo. “Com essas ações nós evitamos emitir gás metano para a camada de ozônio, o que é muito importante para diminuir as mudanças climáticas. É importante para a proteção, sustentabilidade do planeta, fazendo com que o lixo vire riqueza e ao mesmo tempo protegemos o meio ambiente”. Vladimir ainda ressaltou que os recursos podem ser viáveis na cidade, uma vez que já existem ações voltadas para a política de tratamento de resíduos sólidos, amparada por lei.


08 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Ajustes e mudanças na Secretaria de Desenvolvimento Social Contratação de novos funcionários e aumento nos investimentos são metas para os próximos meses Flaviane Oliveira

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Apesar de ainda não ter um novo secretário nomeado para assumir as atribuições da Secretaria de Desenvolvimento Social, as ações voltadas para a assistência social no município estão em pleno vapor e deve realizar uma série de ajustes e mudanças neste ano. Neste momento, o Secretário de Governo Antônio Faraco, é quem assume administração da secretaria de forma interina, porém sem data prevista para a nomeação do secretário definitivo, “Já oferecemos a secretaria a algumas pessoas, mas houve recusa por diversos motivos, de saúde, de trabalho, motivos familiares, mas é uma prioridade nossa” esclarece. Quando questionado sobre possível crise financeira dentro da secretaria, Faraco afirma que nenhuma informação neste sentido é verídica e explica o que de fato tem acontecido, “De um ano para outro os

O Centro do Migrante é uma das iniciativas da Secretaria

convênios são renovados. Para a assinatura de novos convênios as autoridades têm que apresentar documentação e algumas estavam com a documentação em atraso e então foi isso que aconteceu. A secretaria está retomando os compromissos todos e honrando os compromissos sem nenhuma pendência” ressalta. Faraco afirma ainda que as pendências financeiras constatadas

Secretaria fica no quarteirão fechado da Rua São Paulo

Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) para se adequar ao perfil de profissionais exigido. Faraco explica que este é um processo que requer trabalho, “Há a aposentadoria, há desistência, remanejamento e nós estamos adequando os nossos funcionários, chamando pessoas que foram aprovadas no último concurso público, recompondo as nossas equipes

são de única responsabilidade das entidades conveniadas e a secretaria tem sido parceira de tais entidades dando suporte jurídico e contábil. CONTRATAÇÕES Para se adequar às determinações do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), a Secretaria de Desenvolvimento Social, tem buscado completar o quadro de funcionários do

Animais não podem ser levados no colo ou ao lado do motorista Reprodução TV Candidés

Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

É comum as pessoas levarem seus animais de estimação para passear em carros sem nenhuma proteção. O Código de Trânsito Brasileiro não obriga que os motoristas utilizem dispositivos de retenção para transportar os animais, mas os bichos não podem ser levados no colo do condutor, ao lado ou de maneira que tire a atenção do mesmo. O código prevê punição se o animal solto dentro do carro tirar a atenção do motorista. Segundo o gerente de operações da secretaria de Trânsito, Gerson Luiz o Código de Trânsito não prevê uso de dispositivos, mas impõe as formas que o animal deve ser transportado. “O animal não pode ser levado no colo, entre as pernas, ao lado do motorista, nem com o corpo para fora. Dentro do veículo o animal também não pode ficar dificultando ou tirando a atenção do motorista. Não é exigência do Código de Trânsito, mas já existem no mercado dispositivos próprios para transportar animais, como balaios e cintos específicos, em que o bicho de estimação fique retido em segurança”. Gerson ressalta a importância do uso dos dispositivos de retenção. “Em uma freada brusca o animal pode fazer al-

Nick passeia em segurança com Mariângela

gum barulho ou querer ficar no colo do dono, tirando a atenção causando graves acidentes”, afirma. Embora a lei não obrigue a retenção dos animais de estimação em caixas ou coleiras, essa é a melhor maneira de transportá-los e para isso existem diversos acessórios preservando sempre o conforto dos animais. Entre os acessórios, o mais comum são as caixas para transporte que devem ter um tamanho adequado para que o bicho de estimação consiga ficar de pé e se virar. A caixa para transporte de cães e gatos deve ainda ser presa a um cinto de segurança especial acoplado ao cinto de segurança do carro. Existem também, cadeirinhas especiais para cães e gatos. A funcionária pública municipal, Mariângela Mesquita

sabe a importância de transportar o animal em segurança. “Uso a Cadeirinha desde o Natal. Eu sempre andava com o Nick de carro porque ele adora! Mais ficava solto, passava para o banco da frente, ficava na janela. Quando eu estava com alguém da família, não via tanto problema, porque a pessoa que estava comigo ia com ele no colo, segurando. Mas quando eu estava sozinha ele até queria ir no meu colo para ficar mais alto, já que é um animal de pequeno porte”, conta. Ma r i â n g e l a c o nt a q u e achou o dispositivo em seções de artigos para animais, e viu que era uma boa opção de segurança para o animal. “Um dia vendo a seção de artigos para animais em um site, vi a cadeirinha. Achei que ia solucionar meu problema e comprei. Dei a

cadeira no Natal para o Nick. No primeiro dia, como a cadeirinha ia atrás ele resmungou um pouco, mas depois se acostumou e agora só anda nela. Na cadeira o animal fica preso, mas com muito conforto. Não atrapalha sua visão, como no caso das caixas para transporte. E assim o animal que gosta de andar de carro, anda confortavelmente, não se sente preso e em caso de acidente ele não é lançado pra fora do carro”, enfatiza. CÓDIGO O Código de Trânsito Brasileiro trata em seu artigo de número 235 o transporte dos animais e as devidas penalidades: A condução de animais nas partes externas do veículo como caçambas ou com parte do corpo para fora da janela é infração grave e neste caso o condutor perde cinco pontos na carteira, e ainda paga multa de R$ 127,69. Se o motorista for flagrado dirigindo com animais à sua esquerda ou entre os braços e pernas o condutor perde quatro pontos na carteira e paga multa de R$ 85,13 e é considerada infração média. DISPOSITIVOS Em Divinópolis as caixas de transporte para animais variam de R$ 49,90 a R$ 250,00 e as cadeiras de transporte para animais até 10 KG custam em média R$ 94,90.

de assistência social que atuam na proteção básica, então nós estamos em um trabalho de recomposição” afirma. INVESTIMENTOS Dentro dos orçamentos recebidos, o governo federal repassa ao município 900 mil reais para os convênios da proteção básica, esse valor não é suficiente e o governo municipal arca com ¾ do valor que é

necessário na assistência. Então o município ainda arca com boa parte dos investimentos da assistência social básica. Tal assistência trabalha diretamente com crianças e adolescentes que moram nas regiões periféricas e que estão em alguma situação de risco. Para este ano, a secretaria pretende ampliar investimentos na atenção básica de assistência social. Neste contexto é realizada toda uma reestruturação do Pró-Adolescente e do Pró-Jovem, “Estamos com nova composição dos núcleos, e criando investimentos nas parcerias,com maior número de educadores sociais, monitores sociais, especializados em educação física, assistência social psicologica para atender sobretudo o Programa Jornada Ampliada” destacou Faraco. Estima-se que tais melhorias e incrementos poderão significar um aumento nos investimentos no fator social da ordem de 28% a 29% em relação ao aplicado no último ano.

COMARCA DE DIVINÓPOLIS/MG-SECRETARIA DA 5ª VARA CÍVEL – EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 20 DIAS – JUSTIÇA GRATUITA – O Dr. José Maria dos Reis, MM.Juíz de Direito da 5ª Vara Cível, desta cidade e comarca de Divinópolis, Estado de Minas Gerais, em pleno exercício do seu cargo e na forma da Lei, etc. FAZ SABER a todos os presentes virem ou deste conhecimento tiverem, especialmente os eventuais interessados e não sabidos que, perante este Juízo e Secretaria, se processam uma Ação de Usucapião, nº 223 10 025607-0, requerida Muriel Campos Pereira, brasileira, casada, aposentada, CPF 073.792.246-03, carteira de identidade nº M 4-014.974, residente e domiciliada na Rua Isauro Ferreira, 683, bairro Porto Velho, CEP 35500-429, Jeane France Ferreira Coelho, brasileira, professora, portadora da CI M 1.282.048 e seu marido Eduardo Passos Coelho, brasileiro, médico, inscrito no CPF sob o nº 138.341.296-34 , portador da CI M 49/816, ambos residentes e domiciliados nesta cidade na Av. Paraná, nº 761 – Sidil, Ana Maria de Campos Pereira, brasileira, divorciada, artesã, inscrita no CPF sob o nº 324.819.429-04, portadora da CI M 1.415.228, residente e domiciliada nesta cidade, na Rua Professor Isauro Ferreira, nº 683, Bairro Porto Velho, Carlo Denis de Campos Pereira, brasileiro, professor universitário, inscrito no CPF nº 364.807.626-49, portador da CI M 1590556, e sua esposa Maria da Consolação de Toledo, brasileira, publicitária, inscrita no CPF nº 555.540.166-34, portadora da CI MG-2901545, ambos residentes e domiciliados na Rua Guaxupé, nº 288, apto 101, bairro Serra, CEP 30.220-320, Belo Horizonte/MG, Suzana de Campos Pereira, brasileira,separada, judicialmente, servidora pública, inscrita no CPF nº 503.386.176-04, portadora da CI 1071026 SSP/DF, residente e domiciliada em Brasília/DF, Andréa de Campos Pereira, brasileira, comerciante, inscrita no CPF nº 516.006.176-20, portadora da CI M 3312793, e seu marido Roberto Machado de Freitas,brasileiro, comerciante inscrito no CPF nº 479.747.026-72, portador da CI M 1624517, ambos residentes e domiciliados nesta cidade, rua Pedro de Oliveira, nº 1020, bairro Levindo P.Pereira, Divinópolis, sobre o seguinte imóvel: lote 080, quadra 029, zona 05, imóvel situado na avenida Divino Espírito Santo c/ avenida Paraná, bairro Parque Jardim Capitão Silva, Divinópolis/MG, tem as seguintes medidas, 20,00 m de frente para Rua Divino Espírito Santo, 15,52m pelo lado esquerdo com Avenida Paraná, 15,71m pelo lado direito com o lote 90,20,15 pelo fundo com lote 049. Perímetro este de formato regular que fecha uma área de 313,45 m². Assim é o presente Edital para CITAÇÃO de SOCIEDADE IMOBILIÁRIA DIVINÓPOLIS LTDA, para que, querendo contestar a presente ação e seus demais termos no prazo de 15(quinze) dias, sob pena de serem tidos como verdadeiros os fatos articulados na inicial, ficando desde já advertido do disposto do art.285 do CPC, de que: Não sendo contestada a ação, se presumirão aceitos como verdadeiros os fatos articulados na inicial. E, para que chegue ao conhecimento de todos, expediu-se o presente edital que será publicado na forma a Lei. Dado e passado nesta cidade e comarca de Divinópolis, aos 18 de fevereiro de 2011. Eu, (Kellen Silva Carvalho), Escrivã Judicial, o digitei e subscrevi. (José Maria dos Reis) MM.Juiz de Direito. Advogado: Dr. Cláudio Manoel Pereira Salomé – OAB/MG 25.398.

www.g37.com.br gazeta@gazetaoeste.com.br


:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Diretor da Fraternidade Corpo de mulher é encontrado no de Assistência aos Bairro Bom Pastor Condenados visita O cadáver foi encontrado pelo Floramar namorado da vítima Comitiva e autoridades irão visitar o local de construção da sede da Apac

Marciel Muniz

Divulgação

O Corpo de Bombeiros chegou primeiro ao local constatando a morte da vítima Marciel Muniz

marciel.muniz@gazetaoeste.com.br

No presídio haverá um almoço para a comitiva e autoridades Marciel Muniz

marciel.muniz@gazetaoeste.com.br

Autoridades visitam hoje (28) área de construção da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac). Durante a visita, será analisada a viabilidade para o início da construção. O encontro contará com a presença do prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), o vice-prefeito Francisco Martins (PDT), o presidente da Câmara Municipal vereador Pastor Paulo César (PRB), o juiz da Vara de Execuções Criminais Francisco de Assis Corrêa e o diretor do presídio Floramar Zuley Jacinto de Souza. Na ocasião, as autoridades recebem ainda o diretor da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC) Valdeci Antônio Ferreira. Segundo o diretor geral do presídio Floramar Zuley Jacinto o encontro terá como principal objetivo o reconhecimento da área de construção da Apac na cidade. “A reunião será uma solenidade onde será analisado se realmente há viabilidade para a construção da Apac, e será uma ótima oportunidade para todos conhecerem o funcionamento de toda a unidade prisional. ”ressalva Zuley. O encontro terá início com um almoço no presídio Floramar às 12 horas. A comitiva deverá visitar às 14h o loteamento destinado à construção da Apac e, em

seguida a atual estrutura da Apac. Na oportunidade, o presidente da Apac em Divinópolis, Milton Antunes Campos, também aguarda a presença do professor de Direito Penal da Faculdade Pitágoras Domingos Sávio Calixto, o coordenador do Grupo de Trabalho (GT) de Defesa Social do Conselho do Centenário Adilson Quadros, e ainda o presidente do Conselho do Centenário Rui Campos Tavares. APAC A APAC é uma entidade civil de direito privado, com finalidade de atuar na área de execução da pena, suprindo o Estado na preparação do preso para seu retorno ao convívio social, e busca na participação da sociedade a ajuda necessária ao seu processo de ressocialização. A finalidade pedagógica da pena aplicada pela APAC constitui-se num método próprio de reconhecido êxito e a atuação da entidade resume-se no seguinte: órgão auxiliar da Justiça na execução da pena; protetor da sociedade, preparando convenientemente o preso para voltar ao convívio social; proteção aos condenados, no sentido dos direitos humanos e, de assistência nos termos do que prevê a lei, estendendo-se o trabalho no que couber, aos seus familiares. É um método que já tem mais de trinta anos

de experiência e é comprovadamente eficiente na recuperação e ressocialização do condenado. BENEFÍCIOS No método APAC, a família do recuperando é muito importante. Aquilo que o sistema comum rompe, na APAC se faz de tudo para fortalecê-lo, ou seja, no Método APAC a pena atinge somente a pessoa do condenado, evitando o máximo possível que ela extrapole a pessoa do infrator atingindo a sua família. Neste sentido, é feito grande esforço para que não se rompam os elos afetivos do recuperando e sua família. Por exemplo: o recuperando pode telefonar uma vez por dia para os seus parentes, escrever cartas, etc. No dia dos pais, das mães, das crianças, Natal e outras datas importantes, é permitido que os familiares participem com os recuperandos. No sistema comum 94% dos condenados não alimentam qualquer projeto de vida e 48% nutrem o desejo de suicídio, no Método APAC esses percentuais são reduzidos a 3,8% e 0%, respectivamente. O Método APAC trabalha com a família dos recuperandos, que em 98% dos casos, são lares desestruturados, em todos os aspectos, vivem à margem da sociedade e por isso mesmo tornam-se fonte geradora de delinquência.

O corpo encontrado na rua Itutinga, no bairro Bom Pastor é de Kênia Ferreira de Andrade 30 anos, a vítima fazia uso excessivo de bebida alcoólica e era usuária de drogas. O corpo foi encontrado pelo namorado já em estado de decomposição, que indicam que já havia certo tempo desde o falecimento da vitima. A mistura

do uso de drogas com a bebida alcoólica pode ter sido a causa do falecimento da mulher. Através de informações do capitão Josimar da assessoria de imprensa da Polícia Militar suspeita-se que a origem da morte seja de causa natural, mas a informação só será confirmada após uma apuração minuciosa da autópsia da Polícia Civil, apresentando de forma concreta a verdadeira causa da morte.

Homem tenta matar por causa de ciúmes da namorada Após receber vários golpes de faca a vítima foi encaminhada para o Pronto-Socorro Marciel Muniz

marciel.muniz@gazetaoeste.com.br

Um homem esfaqueou um jovem na manhã de ontem (28), em Divinópolis. Gustavo de Camargos, de 20 anos foi esfaqueado por volta de 7h na rua Rio Grande do Sul, no Centro. Ele foi atingido por cinco facadas pelo corpo, duas atingindo a região do peito. O autor do crime fugiu rapidamente do local em uma moto. Segundo o cabo Emerson da Polícia Militar, o crime teria ocorrido por

motivos passionais. “A tentativa de homicídio foi motivada por ciúmes da namorada”, revela o cabo Emerson. Identificado O autor já foi identificado, mas ainda se encontra foragido e segue o rastreamento na tentativa de localizá-lo. A vítima foi levada para o Pronto Socorro Regional e transferida para o Hospital São João de Deus. Gustavo passou por uma cirurgia e o estado de saúde é considerado estável.

POLÍCIA 09

Regionais Pará de Minas

Um homem, de 30 anos, que havia saído da Penitenciária Pio Canedo na última quinta-feira (24) foi morto neste domingo (27) no bairro Padre Libério, em Pará de Minas. De acordo com a Polícia Militar, Gilliard de Paula, foi assassinado com três tiros dentro do barracão onde morava. Um homem teria pulado o muro do barracão em que ele morava e chamou a vítima pelo nome. Ao atender a porta ele foi executado com tiros no peito, no rosto e no ombro. Na casa ainda estavam um adolescente de 17 anos e uma criança de oito, que não foram feridos. A vítima morreu na hora e o suspeito fugiu por um matagal. Gilliard estava preso na Penitenciária Pio Canedo desde maio do ano passado, suspeito de ter matado um homem a tiros na cidade após uma briga em um bar. Na última quinta-feira (24), ele havia sido julgado pelo homicídio e recebeu o direto à liberdade assistida. A Polícia Civil agora investiga o caso, na tentativa de prender o suspeito do assassinato.

Itaúna I

Após receber informações de que um indivíduo suspeito estava na Rua Silva Jardim, no centro, militares da 108ª companhia de PM de Itaúna se deslocaram para o local onde abordaram P.A.L., 33 anos, sendo encontrado em seu poder uma pistola calibre 6.35 carregada com cinco cartuchos intactos. Ele é suspeito da autoria de dois assaltos à mototaxistas acontecidos na cidade.

Itaúna II

Militares da 108ª companhia de Policia Militar de Itaúna , se deslocaram até a residência de G.A.,situada no bairro Morada Nova, contra o qual existem várias denúncias sobre a prática de tráfico de drogas. No local foi apreendido um revólver calibre 32, municiado com seis cartuchos, um capuz preto, semelhante aos usados por assaltantes e um capacete de motociclista. Também no local foi abordado D.A.P., foragido da penitenciária Dutra Ladeira. Os indivíduos foram presos e conduzidos à delegacia juntamente com as armas, motocicleta e os objetos apreendidos, e foram autuados.


10 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Dra. Karla Faria

Carol Corrêa

karlafaria@ortodontista.com.br

carolina@lacuisinecorrea.com.br

GAZPACHO

Mais uma vez estamos publicando um artigo do DR. EDUARDO PINHO TAVARES, que com seu bom astral e atitudes positivas nos deixa perplexos, ávidos pela vida, então como ele mesmo nos aconselha...

A vida passa e nós estamos sempre aprendendo algo novo. Os cabelos brancos nos trazem experiência, segurança e estabilidade. Mas tudo tem um preço. Cada conquista nos mostra dois caminhos: se lutamos pela nossa liberdade sabemos que ao mesmo tempo conquistamos também a carga de responsabilidade que essa liberdade pressupõe em si mesma. As mulheres a partir das manifestações feministas de 1968 conquistaram o direito à sua individualidade, à sua sexualidade, mas com isso surgiu a necessidade de maior informação e formação desse novo modelo. Se entendermos que para uma relação cada vez melhor é necessário que cada vez mais o homem deve se aproximar das necessidades, anseios e fantasias das mulheres, o movimento feminista veio como que distanciar essa relação. Não adianta os homens criticarem as mulheres desejando que elas sejam masculinas. E não adianta também as mulheres sonharem que algum dia os homens tenham as mesmas aspirações. Precisamos afinar nossos instrumentos para vivermos uma vida harmônica e saudável. Neste momento não

APROVEITE O DIA... tem mais espaço para a mocinha ingênua, sexo frágil, sem argumentação, sem autonomia, ou seja, incapaz de criar e filtrar as leis que vão orientar as suas escolhas e governar a sua vida. A mulher que não se assume diante de seu espaço e da conquista, que não é dela, mas de todas as mulheres, não percebe que nesse momento, se apoia numa série de muletas, como o papel de vitima, o jogo de culpas em troca de uma segurança material ou emocional ilusória, porque na realidade, ela apenas delega aos outros as decisões sobre a sua felicidade, a condução da sua vida. Essas muletas apenas atrasam um processo que vai se desencadear um pouco à frente porque o novo acontece , nos dá um tempo para se adequar, mas vai exigir o seu lugar por direito. O padrão de mulher que era necessário na Idade Média ou até mesmo no século passado não se encaixa por um único motivo: ela vai ser vítima , e como tal, vai se machucar e se frustar, uma vez que não vai usufruir das vantagens da sua realidade que é a época em que se vive, e nem das vantagens da época na qual teima em se posicionar, que é uma fantasia irrealizável, ou seja, não vai voltar nunca mais. Os jovens, por sua vez, também conquistaram o direito de serem indivíduos, escolher sua vida, sua profissão, seus amores e paralelo a essa conquista precisam aprender a conviver com a solidão

nas tomadas de decisões, assumindo os riscos, as vantagens e as conseqüências. Para isso torna-se urgente conciliar um novo modelo de jovem, com uma bagagem de sabedoria capaz de dar suporte a essa liberdade, pois do contrário, ele também será vítima das suas escolhas mal feitas. Esse novo modelo de mulher e de jovem exige um novo modelo de homem e de pai. Torna-se necessário rever, avaliar o nosso nível de competência na forma de nos relacionarmos. Não adianta ser marido, é necessário ser companheiro, ser amante, ser cúmplice. Não adianta gerar o filho, ter o mesmo sangue, é necessário ser amigo, ser modelo dos valores que se pretende transmitir. O novo modelo exige coerência e competência: com a nossa época, com os outros e consigo mesmo. Aproveite o dia. O amanhã é o mistério, o imprevisível. Aproveite cada momento para melhorar seu visual, sua performance. Converse com seu filho aquele assunto que vocês estão adiando , diga para sua mulher aquelas coisas que ela adora, diga ao seu amigo o quanto ele é importante para você... Aproveite o dia para amar as pessoas, para ser amado por elas, para ser interessante, para agradar, para conhecer, para perdoar... Aproveite o dia para abraçar a vida, como ela vier. Amanhã... é outro dia.

DR. EDUARDO PINHO TAVARES é médico geriatra, especialista em Geriatria e Gerontologia pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG). Pós-graduado em Sexualidade Humana, Medicina Ortomolecular (SP) e Medicina Estética (Sociedade Brasileira de Medicina Estética); e Pós-graduando em Medicina do Esporte - www.clinlife.com.br

Antes de iniciar a coluna de hoje, gostaria de comentar sobre a grande repercussão da coluna passada, sobre o “foie gras”. Fico muito feliz em notar que, além de ter leitores, tenho “participantes” da coluna. É muito importante, além de gostoso, receber um e-mail de um leitor comentando o que achou da coluna. Preciso do feedback de vocês para seguir escrevendo e acertando. O intuito desta coluna é a transferência de conhecimento e vivências, e não apenas passar receitas, por isso, é muito interessante que o conhecimento e as vivências de vocês também sejam passadas a mim. É uma troca e, se há algo que gosto nesta vida, é de aprender! Sobre a coluna passada, houve quem reclamasse e se mostrasse radicalmente contra a produção do foie gras, e houve quem defendesse esta produção, dizendo que a lei da sobrevivência prevalece. Bacana ver que vivemos em um país livre e que sim, podemos e devemos nos manifestar! A minha posição é esta: sou também radicalmente con-

tra a violência aos animais e, por isso mesmo, gostaria que novos métodos fossem desenvolvidos para que jamais deixemos de ter o foie em nossas prateleiras. Para hoje, resolvi deixar a gastronomia francesa de lado após 2 semanas para falar sobre um prato típico espanhol, o Gazpacho. Gazpacho é uma sopa à base de tomates, ideal para se comer em tempo quente por ser essencialmente leve e servida fria. Além do tomate, outros legumes são incluídos ao preparo, como pepino e pimentões. Há diferentes versões para diferentes regiões aonde o prato é servido, como, por exemplo no México, aonde produzem um gazpacho mais apimentado. Conhecido também como Gazpacho Andaluz, por ter origem em Andaluzia, pode ser consumido tanto como refeição principal quanto acompanhado por torradas, croûtons ou grissinis. Super light, é uma ótima dica para quem está fazendo regime ou para vegetarianos! Tradicionalmente servido em tigelas individuais, para que fique ainda mais frio, na Espanha usa-se colocar 2 cubinhos de gelo em cada um dessas tigelas. Procure fazê-lo com bons azeites de oliva espanhóis para remeter ainda mais o caráter local ao prato.

GAZPACHO - 5 tomates maduros médios - 1 pepino japonês médio - 1 pimentão vermelho médio - 2 dentes de alho descascados - 5 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol - 2 colheres (sopa) de vinagre de cava - 1 colher (sopa) de sal - cubos de gelo para servir - pão dormido Modo de fazer Coloque o pão de molho em água antes de iniciar a receita. Lave bem os tomates. Retire sua pele e sementes, despreze-os. Pique o restante em pedaços médios e reserve. Lave bem o pepino, também retire sua casca e sementes e pique o restante. Faça o mesmo com os pimentões, mas retire também as fibras brancas. Pique-o em pedaços pequenos. Descasque os dentes de alho corte-o ao meio. Coloque no liquidificador os tomates, o pepino, o pimentão, o alho, o pão (sem a água) e o azeite. Bata até ficar homogêneo. Adicione 1 litro de água e bata por mais 1 minuto. Passe o gazpacho por uma peneira, aparando com uma tigela. Misture o vinagre e o sal. Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira por 2 horas antes de servir. Sirva acompanhado por croûtons e 2 cubinhos de gelo.

Carol Corrêa Administradora, Chef de Cozinha Proprietária do La cuisine Corrêa - (37) 8838-8825


VARIEDADES 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Marco Aurélio Braga braga.marco@gmail.com

Exposição

Vale a pena conferir a mostra de arte em grafite do artista divinopolitano Raphael Silva de Oliveira, intitulada “Meu mundo, fantasia e realidade” e que está aberta a visitação no saguão do COC, na rua Rio de Janeiro, 426, sétimo andar. Para desenhar, Raphael Silva utiliza, em alguns trabalhos, ferramentas como o Photoshop, e, além dos quadrinhos, o artista também produz máscaras, utilizando técnicas de papel marchê e confeccionadas em biscuit.

Aniversário

Foi com uma superfesta, onde o motivo foi o “Fundo do Mar e Nemo”, que o pequeno Murilo Ribeiro Silva Mourão comemorou seu aniversário no último dia 20. A celebração foi organizado por seus pais, Paulo Henrique Ribeiro e Gislaine Mourão, além dos olhares atentos dos avós paternos do aniversariante, Hélio e Vanusa Ribeiro.

Boutique feminina

Paulo e Gislaine na comemoração do primeiro aniversário do filho Murilo

Villaços Gift

Silvia e Silvana Korell

150 anos

Atravês de um requerimento do vereador Anderson Saleme, a Câmara Municipal de Divinópolis homenageou, ontem, a Caixa Econômica Federal por seus 150 anos de fundação. A reunião Especial para a entrega da honraria foi no Plenária da casa.

A cidade ganha, amanhã, a Villaços Gift, espaço onde utilitários e objetos decorativos das melhores e mais criativas marcas do mercado, estarão a sua espera. A loja, com ares cosmopolita, fica na avenida 21 de abril, 656, quase em frente ao Santuário.

Coleção Outono / Inverno 2011 Av. 21 de Abril, 700 • Centro • (37) 3221-4424

A festa

Thiago Gontijo e Gilberto Amaral,ao lado da turma, preparam a 4* edição da festa Back Stage, marcada para o dia 9 de abril no Espaço Tânia Rodarte, a partir das 16 horas. Os disputados passaportes que darão acesso a festa, como em todas as edições, são exclusivos para amigos dos organizadores.

Miriam Notini e Simone Rausch

Novo Espaço

Dirce Gonçalves foi, merecidamente, homenageada com o título de Mulher Cidadã 2011 pelo vereador Roberto Bento

Stela e Jonyse Rachid ultimam os preparativos para a inauguração do mais novo espaço para locação de festas, a Estância Stela Maris. Com projeto arquitetônico de Gilma Davemport, o local fica no antigo sítio do empreendedor Amnys Rachid, pai de Stela, que ganhou novo layout, tudo para ser o espaço ideal para comemorações. A inauguração, para imprensa e convidados, será no dia 28 de abril. Depois eu conto!

A engenheira Agueda Valadares curtiu as maravilhas da Africa do Sul


12 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Resumos de Novelas Malhação Globo - 17h30

Araguaia Globo - 18h

Morde e Assopra Globo - 19h

Insensato Coração Globo - 21h

Ana Raio e Zé Trovão Ribeirão do Tempo SBT - 22h20 Record - 22h

29 de Março Raquel é ajudada por um casal, que estranha a mudança brusca de comportamento da moça quando Pedro se aproxima. Catarina pensa em Pedro enquanto coloca Julinha para dormir. Laura implica com Milena por ela nunca ter beijado alguém. Pedro estranha a proximidade de Marcos com Raquel e ela mente para o namorado. Duda dá dicas de postura para Josiane. Raquel repreende Marcos por ter falado com ela na frente de Pedro. Josiane sugere que Milena faça mechas no cabelo para chamar mais atenção dos meninos e ela considera a ideia. Railda agradece Lorelai por ter lhe revelado o paradeiro de Theo. Dodói mantém Theo ocupado, impedindo que ele encontre Railda e Lorelai. Lorelai conta para Railda que Theo não quer conhecê-la. Raquel passa mal na piscina no momento em que Catarina e Agenor chegam ao clube e Pedro entra na água para salvá-la.

29 de Março Solano não deixa Manuela falar e afirma que não pode ficar com ela porque é um homem condenado à morte. Madalena fica contrariada por não poder brincar com a caixa de palavras que André ganhou. Solano sorri ao ver Estela arrumando as roupas do bebê. Manuela combina com Rudy de pesquisar os crimes de Max. Neca se lamenta com Glorinha por não ter como reerguer o circo. Nancy reclama por estar apaixonada por Pimpinela. Cirso dá seu depoimento para Geraldo sobre a explosão da mina de cristal. Madalena pede para brincar com a caixa de palavras antes de dormir, mas Padre Emílio não deixa. Estela fica feliz quando Solano diz que não aceitou ficar com Manuela. Madalena acorda para brincar com a caixa de palavras e vê o espírito de Apoena. Manuela e Rudy passam a noite pesquisando os documentos de Max. Neca se oferece para trabalhar com Mamed. Padre Emílio se surpreende quando Madalena revela que conversou com Apoena e Antônia. Neca vê Max chegando a Girassol.

29 de Março Abner encontra Raquel no café e arma uma confusão. Augusta alerta Duda que, se desistir do regime, terá que pagar uma multa para o SPA. Cleonice avisa que Abner está no café com Júlia e Celeste se revolta. Raquel se recusa a ir embora com Abner e Júlia a apoia. Josué leva Virgínia para longe da cidade. Salomé chega ao café com Celeste e manda o delegado prender Abner e Júlia. Everton comunica Isaías que Abner e Júlia foram presos e Minerva planeja deixar o fazendeiro na cadeia por mais tempo. Alice cruza com Guilherme na saída do show e demonstra interesse por ele. Guilherme se aproxima de Márcia e a beija. Wilson pede para Inês não contar a Alice que Guilherme é filho da faxineira. Lara passeia de moto com Fernando e se insinua para ele. Abner não se conforma com sua prisão e desconfia que seja armação de Minerva. Leandro chega à Preciosa. Ícaro conversa com Akira e diz que sua andróide não ficou exatamente como ele esperava. Akira comenta que gostou de Keiko pela foto e Ícaro o apoia.

30 de Março Max é insultado pelo povo da cidade ao chegar à delegacia e se declara inocente pelo atentado contra Vitor. Solano encontra uma testemunha que diz que o incêndio no silo foi criminoso. Estela fica incomodada com as perguntas de Nancy sobre sua gravidez. Max esquece seu telefone em cima da mesa de Geraldo e Solano vê. A advogada de Max o defende contra a população. Solano se passa por Max e atende o telefonema do capanga que colocou fogo no silo. Ricardo inicia a ultrassonografia de Estela, que se emociona. Terê, Neca, Pimpinela e Cotinha ficam abismados com a tranquilidade com que Max almoça na estalagem. Amélia fica assustada ao saber que o marido está na cidade. Gabriel incentiva Genão a pedir Aspásia em casamento. Solano confirma que o número do capanga que colocou fogo no silo está nas últimas três contas telefônicas de Max. Manuela se coloca à disposição para ajudar Solano contra o pai.

30 de Março Júlia pede a Tiago que contrate um advogado para tirar Abner da cadeia, enquanto Salomé recomenda que Celeste espere mais um pouco para libertar seu amado. Hortência vai à cidade com Raquel para tentar tirar o filho da prisão. Duda sonha com comida quando é acordada por Efraim. Guilherme diz que gosta de Márcia e Dulce apoia o namoro dos dois. Leandro procura Roney e é convidado pelo tio para trabalhar no hotel. Janice acomoda Leandro no hotel e estranha quando ele fala que viu uma mulher tocando piano na casa de Ícaro. Naomi conversa com Zariguim e rejeita a ideia de ser uma máquina. Júlia pressiona o delegado a soltar Abner e Pimentel acaba cedendo. Abner acha que Júlia foi à delegacia para prejudicá-lo e fica surpreso ao saber que ela o soltou. Oséas instala a noiva no hotel e marca um encontro para apresentá-la aos filhos. Júlia afirma que seria injusto deixar Abner preso e Tiago admira sua atitude. Hortência aconselha Raquel a se comportar para não ficar “falada” na cidade. Doutor Eliseu percebe a falta de prática de Guilherme e questiona o falso médico.

29 de Março Vitória se despede de Marina no aeroporto. Rafa rouba um beijo de Cecília. Jandira entrega a Norma os cartões telefônicos que conseguiu com a prima. Júlio convida Léo para passar a noite em sua casa. André dá dinheiro para Gregório ir embora de sua casa. O time de Serginho perde e Gilda fica nervosa com a reação dos jogadores com seu filho. Cecília fica magoada ao ver Rafa e Laurinha sentados juntos no shopping. Wagner pergunta a Cortez sobre o auditor indicado por Henrique. Cortez se chateia ao ver Natalie dando dinheiro para Douglas. Rafa fala de Cecília para Clarice. Olívia tenta convencer Cecília a conversar com Rafa antes de se afastar dele. Haidê fala dos sentimentos de Natalie para Cortez. Carol conta para Alice sobre a discussão que André teve com o pai. André confessa a Beto que não quer que seu filho sinta o mesmo desprezo que ele sente por Gregório. Norma entrega os cartões telefônicos para Araci e pede que ela encontre Léo. Alice convida Eduardo para ir ao cinema. Uma joalheria do shopping é assaltada. André fica aflito ao ver um dos assaltantes com Carol como refém.

29 de Março Leopoldo, de longe, observa o esconderijo do ex-sócio. Ana e Zé se preparam para o grande desafio, mas a velha Biga se encarrega de esconder Raio e Trovoada. Desmoralizada, Dolores enfrenta a maior crise de sua companhia, penhora suas joias, saca o dinheiro que tem no banco e propõe a Rudy que se casem e deixem o país. Ana e Zé passam o dia procurando Raio e Trovoada e se surpreendem ao encontrá-los junto com o potrinho que acaba de nascer. Werner e Maria Lua chegam ao convento e ficam sabendo que Madre Beatriz está hospitalizada. O nascimento do potrinho aproxima Ana e Zé. Sofia sente que está perdendo o peão. Ubiratan envia bilhete a Ana dizendo que Leopoldo está por perto e Tião intercepta a correspondência. Daniel pede o divórcio a Dolores.Todos se encontra na noite de autógrafos de Armando Rosas. Maria Lua encontra Madre Beatriz, descobre que seu pai tentou matá-la e se despera quando a religiosa diz que Ana corre perigo.

30 de Março Raquel é ajudada por um casal, que estranha a mudança brusca de comportamento da moça quando Pedro se aproxima. Catarina pensa em Pedro enquanto coloca Julinha para dormir. Laura implica com Milena por ela nunca ter beijado alguém. Pedro estranha a proximidade de Marcos com Raquel e ela mente para o namorado. Duda dá dicas de postura para Josiane. Raquel repreende Marcos por ter falado com ela na frente de Pedro. Josiane sugere que Milena faça mechas no cabelo para chamar mais atenção dos meninos e ela considera a ideia. Railda agradece Lorelai por ter lhe revelado o paradeiro de Theo. Dodói mantém Theo ocupado, impedindo que ele encontre Railda e Lorelai. Lorelai conta para Railda que Theo não quer conhecê-la. Raquel passa mal na piscina no momento em que Catarina e Agenor chegam ao clube e Pedro entra na água para salvá-la. 31 de Março Pedro retira Raquel desacordada da água, mas consegue reanimá-la. Lorelai se compadece com o sofrimento de Railda por não poder conhecer o filho. Raquel tem uma crise nervosa no hospital quando Roberto confirma seu diagnóstico e deixa Agenor preocupado. Lorelai decide ajudar Railda a conhecer o filho. Agenor diz que Pedro não pode se afastar de Raquel neste momento em que ela precisa de tratamento e Catarina fica contrariada. Dona Zica desconfia de o que filho esteja mentindo ao afirmar que não vai participar do campeonato intercolegial de futebol. Lorelai questiona Theo sobre seus sentimentos por ela. Pedro tenta convencer Raquel a tomar seus remédios, mas ela se recusa. Josiane pinta o cabelo de Milena com papel crepom. Pedro procura Catarina para pedir desculpas, mas Raquel interrompe os dois. Railda liga para Lorelai, que fica nervosa por estar na companhia de Theo. Tereza encontra Milena trancada no banheiro, com o cabelo pintado. Theo pergunta para Lorelai quem é Railda. Duda descobre uma importante informação sobre Raquel e manda uma mensagem de celular urgente para Pedro. 1 de Abril A mensagem de Duda deixa Pedro preocupado e Raquel desconfiada. Lorelai inventa para Theo que Railda é uma professora da faculdade. Babi ameaça contar para seu pai se Maicon defender no time do colégio. Tereza decide cancelar o encontro com João para ajudar Milena. Milton vê Maicon jogando no intercolegial e resolve puni-lo. João propõe que Josiane seja a mascote do clube e Milton gosta da ideia. Duda diz a Pedro que descobriu que a data do aniversário de Raquel está próxima e propõe produzirem uma festa surpresa. Milena resolve aceitar a ajuda de Tereza, que a leva ao cabeleireiro. Pedro fica preocupado com as variações de humor de Raquel e por ela se recusar a comer. Cláudia proíbe que a festa de Raquel seja feita em sua casa. Babi impede que Maicon a acompanhe ao exame de ultrassonografia, mas ele a segue até a clínica assim mesmo. Lorelai aconselha Catarina a lutar para ficar com Pedro. Milena fica irritada quando o cabeleireiro se refere a Tereza como sua mãe. Railda demonstra receio em conhecer Theo e Lorelai fica intrigada. Catarina beija Pedro.

31 de Março Manuela ajuda Solano a fugir de sua casa. Ametista convida Padre Emílio para o seu jantar especial. Max apresenta Manuela para Cristina. Ametista convida Mamed para o seu jantar. Glorinha leva Terê a Juruanã para colocar a estalagem à venda. Genão pede permissão a Mariquita para namorar Aspásia. Terê finge ter uma visão ao pegar a mão de Neca, mas ele não acredita. Ametista se recusa a contar para a família o motivo do jantar especial. Manuela conta para Vitor e Amélia sobre a conversa que teve com Max, e o casal pensa em deixar a estância. Ametista pede Ricardo em casamento depois do jantar. Solano e Estela tomam banho de cachoeira juntos. Pimpinela tem uma ideia para ajudar Neca. Solano e Estela tentam escolher o nome para seu filho e se beijam. 1 de Abril Gabriel diz que Vitor pode ir para estalagem, mas sem fazer grandes esforços. Fred e Janaína voltam para o Araguaia. Nancy conta para Fred e Janaína tudo o que aconteceu na ausência dos dois. Ametista se desculpa com Ricardo por não tê-lo avisado sobre o pedido de noivado. Genão marca com Solano de pedir a mão de Aspásia em casamento. Solano entra na estância com Estela no colo e encontra Manuela. Fred fica arrasado depois de conversar com Manuela e Amélia e descobrir tudo que Max fez. Aspásia agradece Estela e Mariquita por cuidarem dela. Rudy chega à fazenda e tenta ajudar Manuela com um touro, mas acaba caindo na lama. Solano vai à fazenda para devolver as contas telefônicas de Max e vê Rudy vestido com as roupas de Manuela. 2 de Abril Manuela impede Solano de ir embora. Solano se passa por Max e liga para o capanga. Ruriá conta para Estela que interceptou Max na estância. Geraldo pede para Gabriel lhe contar sobre seu verdadeiro pai. Estela arruma Aspásia. Solano entrega a Geraldo os extratos bancários de Max. Genão chega à estância e pede Aspásia em casamento. Geraldo diz a Dora que quer mudar seu nome, mas precisa saber onde seu pai está enterrado. Padre Emílio teme pela segurança de Madalena e pensa em levar para Ruriá as palavras que Apoena supostamente ditou a ela. Gabriel leva o Padre até o velho índio e Ruriá reconhece as palavras de Apoena. Max aparece na estância e ameaça Solano e Gabriel.

31 de Março Júlia confessa que pensa em Abner e os dois se beijam. Virgínia flagra Júlia e Abner juntos e decide contar para John. Abner sugere a Júlia que eles namorem e a paleontóloga diz que ninguém pode saber. Salomé aconselha Celeste a ficar igual à Alzira para conquistar Abner. Cleonice conta para Natália que Salomé cortou a eletricidade da casa para economizar na conta de luz e de água. Raquel pede emprego a Marcos no café. Lavínia implora que Fernando não conte nada sobre os dois ao pai. Minerva se anima com a descoberta do dinossauro e marca um jantar comemorativo. Alice comenta com Selma que está interessada em Guilherme e a empregada sugere que ela simule uma doença para se consultar com ele. Dorival se preocupa com Duda e Pink fica enciumada. Duda nota que Irene e Pink não emagrecem e desconfia que elas comam escondidas. Élcio liga para Augusta e avisa que vai para Preciosa. Márcia não acha o nome de Guilherme no site da faculdade e estranha. Doutor Eliseu é chamado para atender Alice e manda Guilherme em seu lugar. Ícaro instala um programa em Naomi para que ela suba escadas. Ícaro pede para Zariguim ser amigo de Naomi. Alice convida Guilherme para o jantar de sua mãe. Tutu se espanta com a semelhança entre Celeste e Alzira. 1 de Abril Celeste faz uma comida especial para atrair Abner. Leandro vê Naomi com Ícaro e se retrai. Ícaro fala de amor para Naomi e tenta animá-la. Márcia conta que não encontrou o nome de Guilherme no site da faculdade e ele despista. Fernando diz para Tiago que não quer que o pai se case com Lavínia quando Oséas surge. Ele discute com Fernando por causa de Lavínia. Pimentel deixa Xavier de plantão na delegacia e ele abandona o posto para levar Maria João em casa. Pimentel cruza com Melissa na rua e se insinua para ela. Melissa conversa com Padre Francisco. Raquel conta para Abner que vai trabalhar no café de Marcos e Celeste a apoia. Celeste pede para Tonica ajudá-la a se casar com Abner. Isaías joga charme para Virgínia durante o jantar. Duda sente cheiro de comida vindo do quarto de Pink e vai até lá investigar. Élcio chega ao SPA e pede abrigo a Augusta. Oséas comenta com Lavínia que Fernando é contra a união dos dois e ela propõe adiar o casamento. Fernando procura Lavínia e se declara para ela.

30 de Março Carol se fere e André a leva para o hospital. Eunice é hostil com Léo durante o jantar. Cecília e Rafa namoram no píer da lagoa. André tenta acalmar Alice no hospital. Léo fica irritado com as perguntas que Eunice faz sobre Pedro. Zuleica sugere que Léo se hospede na casa de Fabíola. Júlio se impressiona com a mudança de atitude de Léo ao ficar a sós com ele no quarto que ele alugou na casa de Fabíola. Wanda liga para Pedro para saber notícias de Léo. Pedro disfarça o desânimo com sua recuperação para Olga. André fica aliviado ao saber que está tudo bem com Carol e o bebê. Teodoro agradece Serginho pelo conselho que o ajudou a se acertar com Gisela. Cecília se despede de Rafa e pede um tempo para contar sobre o namoro para a família. André ouve a conversa de Alice e o médico sem ser notado. Raul decide deixar o Brasil. 31 de Março Raul avisa a Wanda que se mudará para o Chile. Rafa conta para Clarice sobre seu namoro com Cecília. Júlio não passa para Léo seus contatos do Grupo Drumond e de Oscar. Cortez tenta deixar Natalie. Douglas pede para Matilde o acompanhar para mostrar um novo apartamento a Bibi e Milton. Bibi pede para Milton não contar a Douglas que ela já comprou um apartamento para ele morar. Léo procura emprego nos classificados. Wanda implora para Raul ficar em Florianópolis e voltar para ela. Teodoro embarca atrás de Gisela, contrariando o conselho de Oscar. Fabíola assina um contrato com Milton. Álvaro fica irritado com o preconceito de Kléber. Carol afirma a Alice que não quer mais saber de André. Kléber pede dinheiro a Gabino, que o expulsa de sua casa. Olívia escuta a conversa sem ser vista. Paula comenta que se interessou por Eduardo e Bibi diz que vai conseguir todas as informações sobre ele. Carol se surpreende ao encontrar André em sua casa. 1 de Abril Kléber bebe em um botequim. Daisy tranquiliza Olívia e diz que vai resolver o problema de Kléber com Gabino. Kléber chega embriagado ao jornal, ofende Álvaro e é demitido. Quim não gosta quando vê Rafa beijando Cecília. Cortez diz a Wagner que consegue terminar com Natalie quando quiser. Alice aconselha Carol a aceitar a ajuda de André. Teodoro chega a Belo Horizonte e se hospeda no mesmo hotel em que Gisela está. Neném fica sabendo por Wanda da decisão de Raul em se mudar para o Chile. Irene acredita ter causado ciúmes em Pedro ao flertar com um rapaz que entra na loja. Léo fica frustrado por não conseguir um emprego. Norma entrega mais cartões telefônicos a Araci e não se intimida com suas ameaças. Eduardo fala de sua mãe para Carol. Sueli vai à casa de Carmem e a flagra acompanhada. Teodoro encontra Gisela. Kléber promete a Olívia que vai se tratar. Irene sai com Tony e Pedro fica preocupado. André pede para Beto o ajudar a comprar um carrinho para seu filho. Eunice agradece Gilda por tê-la convidado para o coquetel de lançamento. Bibi encontra Clarice no evento do Grupo Drumond. Cortez diz que vai ao coquetel por causa de sua esposa. Natalie chega ao coquetel e Bibi a apresenta a Clarice.

30 de Março O nascimento do potrinho aproxima Ana e Zé. Sofia sente que está perdendo o peão. Ubiratan envia bilhete a Ana dizendo que Leopoldo está por perto e Tião intercepta a correspondência. Daniel pede o divórcio a Dolores. Todos se encontram na noite de autógrafos de Armando Rosas. Maria Lua encontra Madre Beatriz, descobre que seu pai tentou matá-la e se desespera quando a religiosa diz que Ana corre perigo. 31 de Março Armando dedica seu livro a Clarice. Marina fica enciumada e Boy conta ao amigo que terminou seu romance com ela. A homenagem deixa Clarice com esperança, mas Armando deixa claro que ela faz parte de seu passado. Ana e Zé passam a noite lendo as cartas de amor do livro de Armando Rosas. Eles se encontram ao amanhecer e deixam para trás todas as brigas e incertezas. Ana diz que quer se casar com ele e os dois se beijam com paixão. 1 de Abril Chega o dia da volta de Lina e Niltinho está com tudo pronto para o casamento. Sofia pressiona e Zé acaba admitindo que se reconciliou com seu grande amor. Todos se encontram no aeroporto para recepcionar Lina e assistir ao casamento. Daniel conversa com Malvina, fala de seu arrependimento e diz que quer assumir seu filho. Apesar de sentir sinceridade no peão, Malvina continua decidida a tirar Daniel de sua vida e diz a ela que pretende viver sozinha em São Paulo. Dolores pressiona Rudy e ele tenta encontrar uma maneira de revelar seu segredo. Leopoldo chega ao acampamento e observa Ana. 2 de Abril Leopoldo vê Ana e Zé Trovão se beijando e jura que ela não será de mais ninguém. Maria Lua tenta de todas as formas avisar a mãe do perigo que está correndo, mas não consegue falar com ela. Começa a grande final do rodeio de Jaguariúna. Ana e Zé brilham na arena e empatam em primeiro lugar. Zé Trovão inaugura com festa sua segunda escola de peões. Antes de se encontrar com Leopoldo, Ubiratan entrega ao dono do casebre um envelope contendo a escritura das terras de dona Amália e um bilhete alertando Ana Raio de que Leopoldo está na cidade. Dolores embarca para Dallas com Rudy. Daniel conversa com Zé Trovão, diz que está arrependido de tudo que fez e que pretende reconquistar Malvina. Os dois fazem as pazes. Ubiratan e Leopoldo se encontram, trocam acusações e se enfrentam em um duelo. Ana recebe o recado de Ubiratan e ao chegar no local encontra Ubiratan mortalmente ferido. Depois de confessar tudo que fez contra ela e sua família, Ubiratan morre. Leopoldo parece nesse momento e faz ameaças contra Ana. A peoa consegue pegar a arma de Ubiratan, mas não tem coragem de matar seu algoz. Leopoldo está a ponto de matá-la quando Tião aparece e acaba com a vida dele.

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

29 de março Sancha tenta acalmar Querêncio. Bill diz que, se não for solto, contará o grande segredo que destruirá a cidade. Nicolau discursa e exige que a justiça seja feita. Flores assiste ao discurso pela tevê e liga para o General. O professor decide que chegou o momento de lançar Nicolau para a presidência da República. Ele se impressiona com a semelhança entre as palavras do prefeito e o recado do Comando Invisível e decide ir à delegacia. Querêncio pretende localizar o Doutor Ventania para libertar Bill. Léia presta depoimento. 30 de março Clorís liga para Flores e o convida para sair, mas ele recusa. Ari duvida da inocência de Querêncio. Sereno diz a Flores que a mensagem do Comando Invisível está rodando o mundo. Mateus diz a Iara e Newton que não aguentará mais provocações de Tito. Flores pergunta a Clorís se ela está tendo algo com Ari. Ela diz que ele deu em cima dela e que a pediu em casamento. Marisa diz a Querêncio que se ele usar a farda, irá embora de casa. Arminda diz a Diana que Joca está bem e que ela precisa manter segredo. Beatriz diz para Karina tomar cuidado, pois logo Nicolau a matará. 31 de março Célia conversa com Bruno sobre a relação de Karina com Nicolau. Karina teme ser assassinada por Beatriz e conta a Nicolau. Bill é solto graças a um habeas corpus obtido pelo advogado Ventania. Querêncio realiza um comício. Lincon se irrita ao ver os elogios a Nicolau nos jornais e decide prejudicá-lo. Lincon chama André para conversar e pergunta o que está sendo noticiado pelo Comando Invisível. Arminda conta para Joca que há um plano em ação visando levar Nicolau à presidência da República. 1 de abril Léia vai até a casa de Flores e é recebida por Fátima. A empregada diz que Joca fez bem ao envenenar o presidente. Joca quer que Filomena fale com Léia e convenca sua mãe de que Flores é mau. Mateus leva Filomena para acompanhá-lo em uma decolagem. Arminda fala com Lincon e o convence a conversar com Jairo para fazer com que todos saibam quem é Nicolau. O jornalista vai à delegacia e diz ao agente federal que possui informações concretas que incriminam o senador.


VARIEDADES 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

PETERSON MAGALHÃES petersonmagalhaes@hotmail.com

Férias

Reconhecimento

Quem chegou de Fortaleza – Ceará este final de semana foi o casal Hugo e Zélia Magalhães, acompanhados do Dr. Rodrigo Ramos e este colunista. A viagem foi perfeita e merecida.

Casamento

Quem sobe ao altar este final de semana, é a dermatologista Renata Brasil e o engenheiro Alexandre Fonseca. Renata é filha de Francisco Eustáquio Ferreira e Silvana Brasil e Alexandre é filho de Antônio Lúcio da Fonseca e Dinamar R. Gonçalves Fonseca. A cerimônia será na Igreja Santo Expedito e tudo está sendo bem assessorado pela equipe do Cerimonial Peterson Magalhães.

Aniversário

Leco Reis está feliz da vida, pois acaba de se tornar membro da maior associação mundial de fotojornalismo em casamentos, a WPJA – Wedding Photojournalist Association. Coisa pra poucos, são menos de 40 fotógrafos brasileiros aceitos na lista da WPJA. O fotojornalismo preza em mostrar verdadeiramente a emoção dos momentos únicos nos casamentos, tendo como aliados o olhar do fotógrafo, sua técnica e equipamento. Leco Reis mostra bastante competência nestes quesitos, então, é realmente merecedor de estar nesta lista privilegiada e ainda por cima mundial!

Planos Quem faz aniversário neste final de semana, dia 01 de abril é o empresário Júnior Pepo, um dos proprietários da Lux Lounge, que está sempre na ponte aérea entre Divinópolis e São Paulo. Júnior com certeza irá comemorar a data em grande estilo. Parabéns e muito sucesso.

Solidariedade

O Restaurante Chef’s, um dos melhores da cidade, é o ponto de encontro escolhido pelos twitteiros da cidade e região. Toda quinta feira os twitteiros se encontram no Chef’s para trocar idéias durante o almoço e aproveitam para doar alimentos, que são repassados às entidades carentes de nossa cidade. Parabéns pelo projeto.

Quem está sempre presente nas baladas da cidade é Cléo Mileib, que esbanja simpatia e charme. Cléo esta pensando e preparando novos planos para 2011. Aguarde.

Show

O teatro Usina Gravatá, abre suas portas nesta quinta feira, para um grande show com os músicos Sideral, Antônio e Tavito. Quem não quiser perder esta oportunidade única, basta entrar em contato com o teatro pelo telefone 3216-1951, para mais informações.


14 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Guarani esbarra na competência e sorte do goleiro Fábio Noronha

Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES De Teófilo Otoni

O Guarani de Divinópolis foi a Teófilo Otoni onde fez uma apresentação de muita luta, garra e se entregou todo. Somente a vitória interessava e o que não se esperava era uma atuação fora da normalidade do goleiro Fábio Noronha, do América. O arqueiro do Dragão defendeu bolas incríveis e ainda contou com a sorte em chutes que acertaram a trave, travessão, adversário e não entraram. Já a defesa do Guarani novamente em bola aérea falhou e o vice-líder do Campeonato Mineiro não desperdiçou, venceu por 2x1 e está mais forte do que nunca em busca de uma vaga na semifinal. O Bugre passa a lutar contra o rebaixamento e o próximo adversário é o Cruzeiro, na Arena do Jacaré. O América venceu a quarta partida seguida e chegou à vice liderança do Campeonato Mineiro. Em jogo válido pela oitava rodada, o Mecão de Teófilo Otoni bateu o Guarani de Divinópolis por 2 a 1, no Estádio Nassri Mattar. Com a vitória, o América soma 18 pontos ganhos e é o vice-líder da competição. No primeiro tempo o Guarani conseguiu impor seu ritmo de jogo. O meia Luiz Fernando criava boas jogadas e o time chegava, até certo ponto com facilidade ao gol adversário. O domínio bugrino deixava neutralizado o ataque do América. Aos 35 minutos, Carlos César invadiu a área driblou para um lado e outro, Bruno Barros o derrubou na área e o excelente árbitro Elmivan Alves Andrade assinalou pênalti. Luiz Fernando cobrou no canto esquerdo e fez 1 a 0 para o Guarani. O América pressionou nos minutos finais da primeira etapa e deu resultado. Aos 46 minutos, o lateral esquer-

do Bruno Barros chutou de fora da área, a bola passou por todo mundo e Wellington Bruno só empurrou para o fundo da rede, empatando o jogo para o Mecão. As equipes voltaram para o tudo ou nada no segundo tempo. Aos três minutos, depois de um escanteio, a bola foi lançada na área e como em todas as outras, nenhum defensor foi nela, Rogélio Ávila, sozinho, escolheu o canto e fez de cabeça o gol da virada do Mecão. O técnico José Ângelo mandou o Guarani para cima do América, mas o goleiro Fábio Noronha estava numa tarde inspirada e parou o ataque do Bugre. Numa das investidas, Luiz Fernando chutou forte de fora da área, a bola foi no ângulo de Noronha, mas o goleiro conseguiu de forma espetacular, mandar pra escanteio. Chico Marcelo, Juninho, Carlos César, Fernando Bahia tentaram de todas as formas vencer o goleiro e nada. Fábio defendia e quando não alcançava a bola tocava a trave ou o travessão. O time lutou muito e impôs pressão que durou até os minutos finais, mas o América segurou a vitória e a vice-liderança do campeonato. O treinador José Ângelo mandou a campo Fred, não teve culpa em nenhum dos gols sofridos e ainda interviu em alguns lances de perigo. Carlos César apoiou bastante e foi um dos destaques do time. Filipe deixou o campo aos 38 do primeiro tempo sentindo o forte calor, teve hipoglicemia e não conseguiu voltar a campo, Thiago Melo estreou e jogou muito bem, apesar da condição de reserva, entrou e jogou tão bem quanto os titulares (Felipe e Cleberson). Michell Nunes continua errando passes e pecando nas bolas altas e individualmente não teve culpa. Fernando Bahia, novamente muito bem no apoio

e por vezes excede em faltas na linha divisória do campo. Todo o sistema defensivo do Guarani tem sérios problemas com bolas aéreas. Um escanteio é quase um pênalti para o adversário. Gilvan teve boa atuação ao lado de Lima, o segundo se agigantou e fez a melhor partida da carreira dele. Defendeu, roubou bola, ligou os contra-ataques e certamente um dos melhores em campo. Saiu aos 30 do segundo tempo sentindo dores pelo tanto que lutou em campo, no lugar dele entrou o experiente Paulo César, deu fôlego e qualidade no passe. Nilson Sergipano também fez uma boa partida e sempre com a bola no chão, saiu aos nove do segundo tempo por opção do treinador, o time de Teófilo Otoni havia virado o jogo e José Ângelo colocou o atacante Juninho, ele entrou com muita vontade, fez boas jogadas pelas beiradas e colocou os companheiros em condição de marcar e tentou fazer o gol, esbarrou em Fábio Noronha. Chico Marcelo teve ótimas oportunidades de marcar, também barrado por Fábio Noronha e pela trave. Luiz Fernando foi pelo Guarani o melhor jogador em campo, dos pés dele saíram as melhores jogadas e obrigou o goleiro adversário a fazer uma defesa espetacular, digna de Copa do Mundo. Robert foi outro atleta que jogou bem e levou perigo ao gol adversário. O técnico José Ângelo conseguiu mudar o jeito do time jogar, substituiu bem ao tirar Nilson Sergipano e colocar Juninho, o time cresceu e não teve culpa do resultado adverso. O time de Gilmar Estevam teve como destaques Fábio Noronha, Rogélio Ávila e Jonatas Obina. O lateral Carlos César avaliou a partida como de muita luta. “Vocês viram que não faltou luta, não faltou vibração, o time foi até o final, criou várias opor-

Lima se agigantou, defendeu, roubou bola, ligou os contra-ataques e foi um dos melhores em campo

Gilvan foi um grande guerreiro em campo, e saiu sentindo o tornozelo e pode ser dúvida para contra o Cruzeiro na Arena do Jacaré

tunidades, só que infelizmente não concluímos em gol, agora é levantar a cabeça e ir para a próxima”, falou o jogador. O treinador do Guarani José Ângelo disse que o time do Guarani pecou na primeira etapa quando não conseguiu matar o jogo e teve dificuldades em passar pela competência do goleiro Fábio Noronha. “Foi um grande jogo, eu acho que minha equipe não foi merecedora do resultado, criou muito, mas não fez, jogou contra uma equipe que atravessa um grande momento e merece estar no alto da tabela, digo isso pelo que vi diante do América, do Ipatinga e da minha equipe. É difícil dentro do campeonato ter três resultados iguais a esses. Nós temos de parabenizar o trabalho que está sendo desenvolvido. A única coisa que eu reclamo hoje é da falta de competência de fazermos gols. Eu acho que a vitória poderia ter sido do Guarani pelo tanto que jogamos. A luta não faltou. Erramos muitos gols, poderíamos ter goleado aqui hoje. Temos de dividir essa responsabilidade. Fábio Noronha em grande fase fez grandes defesas no segundo tempo, mas no primeiro tempo faltou competência para nós”, considerou. O capitão Michel Nunes disse que somente faltou a bola entrar. “O jogo era para ser cinco, seis. O goleiro deles fez a melhor partida da carreira dele que é um jogador experiente. Duvido que na carreira dele tenha agarrado tanto quanto hoje, faltou só empurrar a bola para dentro, acho que tivemos cinco bolas na trave, uma pressão de quase 90 minutos em cima deles, o cara (Fábio Noronha) estava abençoado hoje”, disse. O homem do jogo, Fábio Noronha agradeceu a confiança que todos depositam no trabalho

dele. “Essa cidade me abraçou e me recebeu de braços abertos é uma forma de retribuir. Eu estou cansado e faz tempo que não fico cansado no jogo, temos de curtir um pouco essa situação que estamos”, falou o goleiro que teve uma exibição de gala. O estreante Tiago Melo falou da situação em que foi necessário jogar e avaliou o desempenho dele. “Quem assistiu ao jogo viu que os jogadores do Guarani lutaram até o final, o Senhor lá em cima não quis que a bola entrasse e nós aqui embaixo não tivemos a capacidade de colocar a bola para dentro. Quem assistiu ao jogo sabe que o Guarani foi bem superior ao time do América e não tivemos a capacidade de colocar a bola para dentro e futebol

é isso, não tem merecimento, é quem faz mais gol. Graças a Deus atuei bem, não foi o resultado que esperávamos, vinha trabalhando esperando uma oportunidade, o Felipe não estava se sentindo bem e se ganhei essa oportunidade é porque estava merecendo”, considerou. Fernando Bahia procurava explicação e não encontrava. “Fomos mais de 20 vezes lá e não conseguimos fazer o gol, os cara vieram duas vezes e não conseguimos a vitória, dessa vez não tem explicação. O goleiro estava em um dia inspirado para infelicidade da gente e nossa garra e vontade será até o final”, disse. Assistiram a partida 4.242 pagantes e proporcionaram uma renda de R$ 60.000,00.

Resultados da Rodada 26/03 27/03 27/03 27/03

16:00 16:00 16:00 16:00

8ª RODADA Funorte 1 X 0 Tupi América - TO 2 X 1 Guarani Villa Nova 2 X 2 Ipatinga América BH 2 X 3 Cruzeiro

Montes Claros Teófilo Otoni Nova Lima Varginha

Próxima rodada 02/04 02/04 03/04 03/04 03/04

16:00 16:00 16:00 16:00 18:30

Tupi Uberaba Cruzeiro Villa Nova EC Democrata

X X X X X

América BH Funorte Guarani Caldense Atlético

Juiz de Fora Uberaba Sete Lagoas Nova Lima Gov. Valadares

Classificação Pos. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Equipe Cruzeiro América TO Atlético América BH Villa Nova Tupi Caldense Guarani Uberaba Funorte EC Democrata Ipatinga

PG 22 18 17 16 12 12 10 7 7 5 4 4

J 9 9 8 8 8 9 8 8 8 8 8 9

SG 17 10 7 6 3 0 -2 -1 -4 -11 -11 -14

V 7 5 5 5 3 3 2 2 1 1 0 0

D 1 1 1 2 2 3 2 5 3 5 4 5

E 1 3 2 1 3 3 4 1 4 2 4 4

GP 24 20 20 18 13 14 8 15 12 6 8 6

GC 7 10 13 12 10 14 10 16 16 17 19 20


ESPORTES 15

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Chico Maia

Copa Centenário de Futebol de Areia

chicomaiabd@gmail.com

Grande clássico e bons testes, aqui e fora A lamentar, a discriminação racial sofrida pelo Neymar, em Londres, mas ele deu o troco com muito futebol e os dois gols na vitória sobre a Escócia neste amistoso da seleção. No clássico da tarde, o primeiro impacto do América em campo foi com o novo uniforme, mais bonito que nas imagens do lançamento. Na entrada dos times em campo, o técnico Cuca reclamou, com razão, das placas de propaganda que impediam uma boa visibilidade do gramado. De longe Poucos minutos depois, Cuca lamentou a falta de atenção da sua defesa que assistiu o Leandro Ferreira manobrar e marcar o primeiro gol do jogo. O meia americano fez o que a maioria dos jogadores brasileiros raramente faz: chutar de longe. E mostrou que vale a pena tentar sempre, pois as chances de a bola entrar são enormes, diretamente, como ontem, ou resvalando em alguém.

Lamentável Que pena que o lateral Maurinho não tenha se cuidado pessoalmente quando estava no auge. Joga muito e criou as principais jogadas de ataque do Uberaba contra o Atlético, além de obrigar Richarlysson a se segurar no campo defensivo. Se tivesse fôlego, estaria jogando em qualquer grande clube do Brasil, que sofre com a falta de bons laterais.

Domínio O Cruzeiro passou a dominar a partida, com 60% da posse da bola, mas a finalização era deficiente e o empate só saiu aos 42 com o Thiago Ribeiro. O segundo tempo foi sensacional: logo aos quatro minutos, desatenção da defesa do Coelho, que não percebeu o zagueiro Leo entrando para virar para o Cruzeiro. Mas imediatamente, Leandro Ferreira voltou a balançar as redes e os lances de perigo de lado a lado foram se sucedendo.

Marques Pouco a pouco o ex-atacante do Atlético vai se ambientando como deputado na Assembleia de Minas. Tímido, como nos tempos de jogador, ele ainda não encontrou o seu grupo de afinidade nas rodas de bate papo e café dos demais parlamentares. Enquanto isso o seu procurador e fiel escudeiro, Aurélio, dos tempos dos gramados, cuida que entrosar o ex-camisa nove com seus novos colegas.

Roger e Dudu O jogo foi definido em função destes dois jogadores: o meio do Cruzeiro jogava muito, com destaque para Roger, mas Dudu Pitbull comandava os companheiros para segurar a onda azul. O bravo volante americano teve que sair, machucado, e Roger continuou em campo, assim como Montillo, que matou o Coelho com o terceiro gol. Laboratório De novo muito mudado, o Atlético voltou a jogar mal no 1x 1 com o Uberaba na abertura da rodada, mas acredito que o Dorival Júnior vai achar a formação ideal antes do Brasileiro. Mas o Campeonato Mineiro é laboratório mesmo, o momento certo para testar jogadores e formações táticas, coisa que o Vanderlei Luxemburgo não fez ano passado. É difícil entender o porque de um Magno Alves na reserva; e ainda por cima sendo escalado quando falta pouco tempo para o jogo acabar. A acertar Réver precisa parar de querer só jogar bonito e lembrar que os grandes beques da história dão chutões quando é necessário. Mais uma vez perdeu uma bola que quase resultou em gol do Uberaba. Gostei do Bernard, mesmo como lateral. Nem tanto pelo que jogou, mas pela personalidade. Tímido no início, foi se soltando, com o incentivo dos jogadores mais experientes, como o Ricardinho, principalmente. Acredito que se for testado com a 10, vai se sair melhor ainda. Especialmente porque o time está carente de um jogador nessa posição.

Recuperando Depois de alguns dias na UTI do Hospital Semper, recupera-se bem de uma cirurgia de vesícula, Joaquim Henrique Nogueira, o homem que doou o terreno ao Democrata para a construção da Arena do Jacaré. Durante décadas, maior produtor de leite da região de Sete Lagoas, ele está com 91 anos de idade e costuma ir ao estádio, que tem o seu nome.

Abertura oficial contou com a participação do prefeito

Laura Dias / PMD

A abertura oficial da Copa Centenário de Futebol de Areia foi realizada nesse domingo na arena do Parque da Divinaexpo. As crianças da comunidade Servos da Cruz entraram com as bandeiras do Brasil, de Minas Gerais e de Divinópolis. A banda da Polícia Militar fez a execução dos hinos do Brasil e de Divinópolis, reforçando o caráter oficial da solenidade. Estiveram na solenidade o prefeito Vladimir Azevedo, secretário de Esporte e Lazer Rômulo Duarte, o presidente do Conselho do Centenário Rui Tavares, presidente do Programa de Desenvolvimento do Esporte – PRODESP Daniel Alves, presidente da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis Donizete José de Azevedo, presidente do Sindicato Rural Irajá Nogueira, representante do deputado federal Domingos Sávio e ex-secretário de Esportes do município Geraldo Magela Maia do Amaral, os vereadores Beto Machado e Rodyson do Zé Milton, e o organizador do evento Luis Fernando Martins além do idealizador da Copa Tarcísio Martins. Até 22 de maio, a Copa Centenário será um ponto de encontro das famílias divinopo-

Depois de duas rodadas disputadas, prefeito abre oficialmente a Copa Centenário de Futebol de Areia

litanas. Luis Fernando Martins lembrou como é importante incentivar a prática do esporte, ao registrar a participação de famílias inteiras nos jogos realizados nas manhãs de domingo, e agradeceu o apoio recebido da administração municipal. “Acreditaram no projeto, se empenharam e permitiram que o evento tivesse o título de Copa Centenário”, reforçou. O secretário de Esporte e Lazer Rômulo Duarte também falou sobre parceria entre poder público e o setor privado. “É uma satisfação da Secretaria de Esporte e Lazer poder realizar o evento dando apoio irrestrito,

Dom Bosco e São Bento finalizam fase de classificação da Copa Centro Oeste

Divulgação

Prestígio Impressionante como o Montillo continua ídolo no Chile. No dia 22 de setembro do ano passado, postei um texto em meu blog (www. chicomaia.com.br) sobre ele, e os torcedores do Universidad, seu ex-clube, passaram a enviar centenas de mensagens todos os dias, homenageando-o e desejando a sua volta. E por falar em internet, meu endereço no twitter é www.twitter. com/chicomaiablog O tetra do Galo O Centro Atleticano de Memória promove, amanhã, às 19h no Auditório Elias Kalil, na Sede de Lourdes, mais uma “Sessão em Preto e Branco”. O tema será a conquista do Tetracampeonato Mineiro de 1981. São 200 convites, que custam R$ 10,00 cada, e podem ser adquiridos na Sede de Lourdes, hoje e amanhã, de 10 às 19 horas. Outras informações pelo telefone 3290-1363. Além do presidente Alexandre Kalil, que irá representar o seu pai, Elias Kalil, então presidente do Atlético, estão confirmadas as presenças dos ídolos Reinaldo, Éder Aleixo e Toninho Cerezo, que irão participar da mesa de debates após a exibição dos vídeos.

com a ajuda do Programa de Desenvolvimento do Esporte, buscando parcerias e efetivar ações que contemplem os atletas e a comunidade”, analisou o secretário. Ao fazer o pronunciamento, o prefeito Vladimir Azevedo confirmou a necessidade de se estabelecer parcerias para continuar oferecendo boas oportunidades para prática de esportes. Vladimir defendeu que bons projetos, feitos com profissionalismo, sempre terão apoio do município. “A Copa entra num conjunto de políticas públicas que nós consideramos muito importantes

e necessárias para que fortaleçamos o Feirão de Divinópolis, para que nós aperfeiçoemos os espaços de Divinópolis, igual a arena que fica só para a Divinaexpo, e que tem tanta coisa para oferecer. E a Copa Centenário entra para isso e a gente resgata uma tradição”, justificou o prefeito. Copa Centenário A Copa simboliza a retomada das competições esportivas disputadas na areia, realizadas na década de 1990 pela VHT produções, na época dirigida pelos irmãos Tarcísio Martins e Luis Fernando Martins.

Copa de Peteca do Divinópolis Clube é encerrada com sucesso

Divulgação

Tupy de Carmo do Cajuru venceu o Independente fora de casa LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A Copa Centro Oeste de Futebol ainda não teve a fase classificatória terminada, resta uma partida a ser realizada envolvendo Dom Bosco e São Bento, a ser realizada em Oliveira, no Gonzagão, sábado às 16h. No final de semana a Swat, União e Tupy venceram seus jogos. Em Santo Antônio do Monte a Associação Esportiva Swat venceu por 2x1 o Dom Bosco. Orlando e Pelado fizeram para a equipe de Samonte e Diego Henrique descontou para a equipe visitante. Em Itapecerica o União

venceu o São Bento por 2x1. Paulo Ricardo e Clésio Amaral marcaram para o time do União e Raphael descontou para o São Bento. O Tupy de Carmo do Cajuru foi a São José dos Salgados onde venceu o Independente por 2x1. Lalade e Tebinha marcaram para o alvirrubro e Partó descontou para o Independente. Artilharia Vanderson Alexandre Oliveira (Tupy), Fabrício de Assis Pereira (Independente) e Wesley Lopes dos Santos (Independente) são os artilheiros da competição com três gols cada.

Neste último domingo, foi encerrada na Sede Campestre do Divinópolis Clube a Copa Titular Marcas e Patentes de Peteca que em dois finais de semana reuniu cerca de 60 atletas, divididos em duas classes sendo A e B. Dando sequência ao evento, no sábado foram realizadas as quartas e semi finais e no domingo realizadas as disputas do terceiro lugar e também a grande final das duas classes. Pela Classe B, Pedri, Raul e José Eustáquio ficaram em quarto lugar, Gilson e Alexandre ficaram em terceiro lugar e

Fernandes, Bruno e Alexandre em segundo e os primeiros colocados, Thiago e Iarley. Pela Classe A, Mateus e Kênio, foram os quartos colocados, Daniel, Djalma e Leandro ficaram com o terceiro lugar, Alessandro, Juninho e Zoca com a segunda posição e Kamarão, Rodolfo e Carlão os primeiros colocados. Logo após a grande final da Classe A, foram realizadas as entregas das premiações dos primeiros colocados coma presença do Presidente do Conselho Rogério Aquino e a equipe da Titular Marcas e Patentes.


16 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Luciano Eurides

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Sobrenatural de Almeida

São Fábio Fábio Noronha de Oliveira tem 35 anos. Nascido no Rio de Janeiro e seu último clube foi o Confiança-SE. O goleiro que segurou o Guarani, na partida de domingo, na quente Teófilo Otoni veio como uma das grandes promessas do futebol. Defendeu a Seleção Brasileira em dois mundiais sub-20 (1993 e 1995). No Rubro Negro a principal chance dele foi atropelada por uma nova revelação, Júlio César de apenas 17 anos. Sem perspectivas, Noronha foi para o Fluminense, onde ficou dois anos sem nunca se firmar. Depois disso, se tornou um andarilho do futebol. Passou pelo América-MG, Gama, Angra dos Reis e Portuguesa SP. Da Lusa, assinou contrato de quatro anos com o Ankaraspor, da Turquia. Após duas temporadas, teve que operar o joelho e entrou em acordo para a rescisão. Voltou para o exterior em 2007, e hoje está se sentindo em casa no América TO.

SE A MODA PEGA Um grupo de torcedores do Cúcuta, da Colômbia, levou um caixão para a arquibancada durante o empate de 1 a 1 com o Envigado, em casa, pela oitava rodada do Torneio Clausura do país. Segundo a polícia local, havia o corpo de um homem morto dentro do caixão. De acordo com o coronel Álvaro Pico, o jovem Christopher Jácome, de 17 anos, era um dos líderes da torcida organizada “El Índio” e foi assassinado com tiros no sábado. Como “homenagem”, os “barrabravas” conseguiram driblar a segurança do estádio General Santander e entraram com o caixão quando faltavam 15 minutos para o final do jogo. Segundo o jornal “El Tiempo”, membros da torcida afirmaram que tinham autorização da família para levar o corpo de Jácome para a partida, pois este teria sido o último pedido feito pelo torcedor antes de morrer.

ESSA É ANTIGA Esse é o Flamengo e se não me engano do ano 2004 na categoria escolinha.

Brandão não pode atuar pelo Campeonato Mineiro, já que as inscrições foram encerradas antes de sua contratação, e aguardando as oitavas de final da Copa Libertadores, quando poderá ser inscrito

Cruzeiro segue para Assunção, no Paraguai, os atletas que não foram relacionados treinam na Toca da Raposa II. A novidade na manhã desta segunda-feira foi o atacante Brandão. Contratado e apresentado na semana passada pelo Cruzeiro, o jogador teve que viajar para a França para assinar o empréstimo do Olympique de Marselha ao Cruzeiro, até 31 de dezembro. Brandão retornou a Belo Horizonte no domingo e já iniciou a preparação na Toca II. “Foi muita correria. Cheguei ontem de viagem, deu para descansar um pouco. Agora é me readaptar logo ao futebol brasileiro, e pretendo fazer isso o mais rápido possível. O treino foi tranquilo, puxado. Não estou mais acostumado com o ritmo do Brasil, já que estava fora

há nove anos e meio. Mas vou entrar no ritmo logo, treinar melhor para jogar e fazer os gols”, disse o atacante, que gostou da receptividade. “Meus companheiros me receberam muito bem, o pessoal é muito tranquilo, todo mundo é gente boa. Estou feliz aqui no clube e vou torcer para que o Cruzeiro consiga a série de vitórias nesse jogo de quarta-feira”. Uma diferença que já foi notada por Brandão em sua primeira atividade foi o clima, já que o atacante treinou sob sol forte com os demais atletas em um dos campos. “O clima é completamente diferente. Lá é frio, aqui é calor. Mas vou me adaptando aos pouquinhos e logo estarei acostumado novamente”. O preparador físico Quintiliano Lemos disse que nesta terça-

-feira, o reforço cruzeirense vai ser submetido aos testes físicos pelo Departamento de Fisiologia. Serão esses testes que vão mostrar as reais condições de Brandão, para a sequência do trabalho de preparação. “O Brandão chegou de viagem, um pouco cansado, mas treinou normalmente com o grupo, no trabalho que foi feito, com os atletas que estão aqui. O Brandão ficou parado uns 10 ou 15 dias, mas não perdeu muita coisa. A partir de amanhã ele vai fazer um trabalho mais direcionado, com avaliações físicas, quando a gente vai saber como ele está, no que se refere à força, equilíbrio muscular, resistência. Isso tudo será feito pelo Departamento de Fisiologia”. Brandão já sentiu que os treinamentos no futebol brasileiro são bem diferentes daqueles que são feitos na Europa. “Amanhã pela manhã eu vou fazer os testes físicos. Aqui é bem diferente. Na Europa a gente treinava uma vez por dia, os treinos são mais leves. Aqui no Brasil é tudo corrido. Mas espero estar preparado logo para poder jogar”. Sem poder atuar pelo Campeonato Mineiro, já que as inscrições foram encerradas antes de sua contratação, e aguardando as oitavas de final da Copa Libertadores, quando poderá ser inscrito, Brandão quer aproveitar esse período sem poder jogar para se condicionar bem e pegar ritmo.

Galo pega o lanterna do campeonato paulista Atlético e Grêmio-SP se enfrentam nesta quinta-feira, às 20h, em Presidente Prudente, em confronto válido pela segunda fase da Copa do Brasil. Jogando fora de seus domínios, o Galo nunca venceu a equipe paulista. Foram três confrontos. No primeiro, o time paulista ainda se chamava Grêmio Barueri. Na ocasião, o Alvinegro perdeu por 4 a 2. Contra o Grêmio Prudente, foram dois jogos, com uma derrota (4 a 0) e um empate (0 a 0). Apesar de não vencer fora de casa, o Atlético é superior no retrospecto geral. Foram quatro jogos contra o Grêmio Prudente, com duas vitórias, um empate e uma derrota. O saldo de gols, entretanto, é negativo. Enquanto marcou dois gols, o Galo sofreu quatro. Diante do Grêmio Barueri foram dois jogos, com uma vitória e uma derrota. O último jogo entre Atlético e Grêmio Prudente foi no dia 12 de setembro de 2010, pelo Campeonato Brasileiro. O Galo venceu por 1 a 0, na Arena do Jacaré. Mata-mata Será a segunda vez que

Atlético e Grêmio Prudente vão se enfrentar em mata-matas. Na temporada passada, as equipes se encontraram na primeira fase da Copa Sul-Americana e o Galo levou a melhor. Depois do empate sem gols em Presidente Prudente, o Alvinegro venceu por 1 a 0, na Arena do Jacaré, com gol do meia Ricardinho aos 47 minutos do segundo tempo, e avançou à próxima etapa. Nesta quinta-feira, para eliminar o confronto de volta, marcado para o dia 6 de abril, o Galo precisa vencer por mais de um gol de diferença. 103 anos Um culto ecumênico celebrado na noite desta sexta-feira, na Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, em Belo Horizonte, comemorou o aniversário de 103 anos do Clube Atlético Mineiro. Centenas de torcedores deixaram a igreja colorida de preto e branco, por meio de suas camisas, faixas e bandeiras. O vice-presidente do Clube,

Bruno Cantini

Cruzeiro fora do Clube dos 13? O presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, afirmou que o clube não mais faz parte dos quadros do Clube dos 13. Segundo o dirigente, Fábio Koff presidente do Clube dos 13, assinou acordo com a RedeTV! à revelia de muitos clubes, inclusive a Raposa. A agremiação mineira anunciou, na segunda-feira da semana passada, ter assinado contrato em que cede à Rede Globo os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2012 a 2014. A situação é mais complicada porque a Raposa é devedora do Clube dos 13 e o dirigente celeste afirmou que o empréstimo feito será pago nesta semana e, portanto, não terá mais nenhuma ligação com a entidade.

REDE TV! Interessante a proposta da Rede TV! em tentar abrir o leque de discussão sobre as partidas televisadas. O mais importante é garantir direito a todas emissoras de poderem trabalhar e vender seu produto. O comprador (torcedor) deve escolher o que acredita ser o melhor. Essa proposta para as TVs abertas obrigaria as emissoras a ter concorrência e assim a qualidade seria melhor. Hoje os investimentos na área são moderados e poderiam ser bem melhores. O Campeonato Mineiro não possui uma cobertura interessante e em outros estados também existe muita reclamação. Talvez seja o momento para um basta no monopólio de transmissão!

O volante Henrique e o zagueiro Victorino, que estavam servindo às seleções brasileira e uruguaia, em amistosos disputados no último final de semana, se juntaram em São Paulo, aos jogadores que participaram da vitória sobre o América-MG e seguem juntos para o Paraguai, onde enfrentam o Guarani, no Defensores del Chaco, amanhã às 21h50min. O Cruzeiro não teve nenhuma baixa no triunfo de 3 x 2 sobre o América-MG, disputado no estádio Dilzon Melo, em Varginha, que deu ao time a vaga antecipada às semifinais do Campeonato Mineiro e a liderança ainda mais isolada da competição estadual. Logo após a partida, a delegação celeste seguiu para São Paulo. Victorino chegou à capital paulista de madrugada e Henrique às 6h da manhã. O volante cinco estrelas estava com a seleção brasileira em Londres, na Inglaterra, na vitória por 2 x 0 sobre a Escócia, no estádio Emirates, do Arsenal, no domingo. Já o zagueiro deixa a seleção uruguaia, que foi derrotada por 2 x 0 para a Estônia, na última sexta-feira, em Tallin, na Estônia. O Uruguai ainda irá enfrentar a Irlanda, em Dublin, na próxima terça-feira, mas Victorino conseguiu a dispensa da seleção, para reforçar o Cruzeiro contra o Guarani, na capital paraguaia, pela Copa Santander Libertadores. Enquanto a delegação do

Washington Alves/VIPCOMM

É uma criação de Nelson Rodrigues. Ele é invisível. Costumava segundo Nelson Rodrigues, pousar no travessão defendido pelo Fluminense, o time do coração do grande cronista e teatrólogo, e aprontar-lhe as mais inverossímeis surpresas. O Sobrenatural de Almeida aparece sempre no último minuto e é o mais mítico dos momentos de uma partida de futebol. Quando as últimas e escassas forças se mobilizam. O cansaço já trava as pernas e os reflexos. Em Teófilo Otoni, o Sobrenatural de Almeida ficou do lado direito das cabines, no gol que na primeira etapa da partida era defendido por Fred. A bola jogada na área, todo mundo viu, mas nenhum dos 11 jogadores do Bugre tirou. Gol de empate do Mecão.

Cruzeiro enfrenta o Guarani do Paraguai

Daniel Nepomuceno, falou da honra que sente em ser atleticano e em participar da vida do clube. “É com muito

orgulho que faço parte da vida do Atlético e acho que o importante é isso, estar junto do presidente Alexandre Kalil, da diretoria, da Massa, do time. É sempre bom poder ajudar o Atlético. São 103 anos, orgulho da minha vida. Hoje, estou ainda mais feliz porque a minha esposa está grávida de um futuro atleticano. Então, quero agradecer a Deus por tudo que vem acontecendo com o Atlético, pedir saúde para todos que estão aqui nessa empreitada e dizer que a Massa pode confiar porque o presidente Alexandre Kalil não mede esforços para a gente conseguir levantar um título de expressão esse ano”, declarou o vice-presidente. Acompanhado por outros membros da diretoria do Atlético, conselheiros, funcionários, ex-atletas e torcedores, o Culto Ecumênico foi celebrado pelo padre Gleición e pelo pastor João Luiz. Ao final da cerimônia, como ocorre tradicionalmente, o Hino ao Clube Atlético Mineiro foi entoado de maneira fervorosa por todos os presentes.


CLASSIFICADOS 17

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Passe o verão em forma e com boa saúde. Academia No Limit: a sua segunda casa. Venha você também fazer parte dessa família. Ótimo ambiente, localização privilegiada, com o atendimento e a atenção que você merece. Conquiste o corpo que você sempre sonhou. O nosso prazer é a sua satisfação.

Academia No Limit: a boa forma agora sem limites! Av. Tiradentes, 88 - Centro Carmo do Cajuru / MG - (37) 9937.4021 * Cortes Masculino, Feminino e Infantil * Depilação Decorada * Escova Orgânica * Chapa * Unhas Artísticas * Coloração * Designer em Sobrancelha * Blindagem * Spa dos Pés * Penteados * Mechas e Balaiagem * Hidratação Instantânea

Av. Paraná, 135 - Centro - Divinópolis - MG - Tel.: (37) 3221.3958


:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Recorte este anúncio e ganhe 30% de desconto em nossos serviços

18 CLASSIFICADOS


:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

A SIDERÚRGICA VALINHO ESTÁ CONTRATANDO FUNCIONÁRIOS PARA A ÁREA DE PRODUÇÃO. SEXO: masculino IDADE: 18 a 55 anos ESCOLARIDADE: mínimo alfabetizado (saber ler e escrever) INTERESSADOS COMPARECER NA EMPRESA PARA ENTREVISTA MUNIDOS DE CARTEIRA DE TRABALHO OU ENVIAR CURRÍCULO PARA: rh@valinho.com.br DUVIDAS LIGAR PARA: 2101 5566

Dedetizadora e desentupidora Divirede

Rua Minas Gerais, 31 - Tel: (37) 3216.3335 / 32162007

CLASSIFICADOS 19


20 GERAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11


Fotos: Divulgação Textos: Lidiane Medeiros Supervisão: Leonardo Rodrigues

O Sinvesd na produção de Moda O Sindicato das Indústrias do Vestuário de Divinópolis tem trabalhado para que a nossa moda seja cada vez mais usada Para quem não trabalha com moda a idéia que se tem é que nem seja uma coisa muito complicada e que desenvolver uma coleção seja tão simples quanto abrir o armário e pegar a vestimenta da noite. Bom seria, mas o trabalho dos estilistas e todos os envolvidos numa coleção começa antes, muito antes

do que se imagina. O Sindicato das Indústrias do Vestuário de Divinópolis – Sinvesd tem realizado um trabalho de suporte para os empresários do ramo, o que tem garantido que nossa cidade trabalhe cada vez mais com qualidade e profissionalismo. A moda outono/inverno 2011, por exemplo, começou a ser pensada antes mesmo do período mais frio de 2010 terminar. Para ajudar nesse trabalho de criação, produção e comercialização o Sinvesd oferece cursos, oficinas e feiras para que o empresário tenha mais abertura para novos mercados. “O primeiro aspecto trabalhado pelo Sinvesd junto aos lojistas é a questão

da capacitação dos empresários e seus profissionais no desenvolvimento da coleção. Isso nós fazemos com seis meses de antecedência que é preparar o empresário, a estilista ou a chefe de produção enfim, o profissional que o indicado pela empresa. Assim instruímos sobre o time para lançar a produção no momento

correto, como desenvolver uma coleção dentro do nicho de mercado, de forma que se encaixe dentro do que ele se pré-dispõe a fazer. Tudo isso por meio de cursos de capacitação. Através de parcerias com o Senai/Cetiqt, com o Sebrae, trabalhando dessa

maneira ajudamos o empresário a desenvolver sua coleção de forma mais adequada”, explica Antônio de Araújo Rodrigues Filho, presidente do Sinvesd. O Divino Minas é outro elo entre à moda de Divinópolis e o mercado nacional até o momento 20 empresas participaram do projeto que ajuda a abrir portas para diferentes mercados. “Hoje temos cerca de 250 associados e aos poucos estamos selecionando aqueles que têm mais perfil para participar do Fashion Rio através do Divino Minas. Cada empresa participa conosco por três edições, sendo que na primeira ele tem oportunidade de conhecer o funcionamento da Feira, na segunda ele já tem certa maturidade e aí sim, na terceira realize negócios”, conta o presidente do Sindicato. Antonio Rodrigues destaca que após participar de dez edições do Fashion Rio muita coisa melhorou, inclusive o nome do Polo. “Já deu tempo das empresas e até nós do Sindicato aprender como é participar e o que queremos buscar nesse evento. Hoje já

sabemos muito melhor como atuar junto a assessoria de imprensa, como chegar nossa informação em termos de release, de produtos e revistas especializadas. Com isso melhoramos nossa imagem no setor que atualmente é muito melhor que há um tempo”, analisa. Mas ainda que as perspectivas sejam favoráveis, o presidente do Sinvesd não se dá por satisfeito. “Estamos no auge? Não, temos muito que aprender, mas hoje temos um retorno por

interior. No Sebrae é a mesma coisa tanto que estamos cumprindo nosso planejamento junto a eles ano a ano e com isso acabamos credenciando o Sindicato a estar entre os dez mais”, intera Antonio

parte das empresas que passaram pelo Grupo Divino Minas que aprenderam a trabalhar com essa história de ir pra feira buscar representante e que não é só vender o produto. Às vezes um representante do Mato Grosso que a empresa ainda não tinha entrado naquele mercado, você encontra na feira. Tudo isso leva a melhora da imagem do Polo, em termos de mercado, se formos fazer outro tipo de analise, outro olhar sobre as questões institucionais, por exemplo, o Sindicato é muito bem visto tanto no Governo do Estado na Secretaria de Desenvolvimento Economico, dentro da Federação das Indústrias é um Sindicato respeitado é o maior do

Rodrigues. Todo esse trabalho faz com que mais portas se abram para o Polo, facilitando a chegada de novos cursos profissionalizantes, a participação em mais feiras do setor e ainda a promoção de ações que beneficiem os empresários. “Trabalhando bem a parte institucional quando chegamos à comercial naturalmente o empresário sente diretamente os benefícios destas ações”, conclui o presidente.


02 ESPECIAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

A regionalidade também tem espaço no inverno Há quem diga que toques sutis como as aplicações do crochê fique melhor nas modinhas de verão. Ledo engano, há um ano uma empresa de Divinópolis vem mostrando que esses “toques caseiros” se encaixam em qualquer peça, basta saber trabalhá-la. A estilista Michele Mello em apenas quatro coleções

marinho, cinza (que eu considero como o novo preto que já vem há cerca de duas coleções ocupando espaço mesmo) enfim, cores de tendência do inverno, mas colocando o nosso estilo e tornando-os envelhecidos”, lembra a estilista. Nos tecidos usados na coleção Michele fez com que

no também vamos trabalhar dessa forma, mas buscando o aconchego que é o moletim e o moletom que são tecidos mais quentinhos para a estação, mas que não fogem dos naturais. Trabalhamos ainda com o brim que tem mais a cara do inverno, por ser um pouco mais pesado, mas o nosso inverno não deixa de

conseguiu firmar um estilo próprio para suas coleções. Prezando pelas tradições mineiras, nas quais os trabalhos manuais sempre têm seu lugar ela alia o que a tendência pede sem deixar de lado sua identidade. “A coleção de inverno está bem diferente, mas dentro do nosso seguimento da identidade da marca. Buscamos dentro das tendências fortalecer a identidade da regionalidade como sempre porque é o que gostamos de trabalhar. Dentro do romantismo da década de 50 trazemos os trabalhos manuais, os bordados e aquela coisa que era feita dentro da casa das crocheteiras que é forte na tendência e forte na nossa etiqueta também”, avalia. Dentro do apelo de que as coleções de inverno baseiam-se no passado a estilista uniu as duas vertentes. “Dentro da irreverência que é uma nova proposta como tendência nós trouxemos a simetria com efeitos de pregueados onde temos estas aplicações inusitadas e em locais que nunca imaginaríamos que pudesse ter. Também dentro do contemporâneo que são produtos atemporais que não determina que ela deva ser usada nesse momento então, nos inspiramos nas décadas passadas 50, 60, 90 e fizemos essa mistura toda para produzir a nossa coleção. Mas sem perder a identidade de mineiridade, feito a mão, tudo minucioso”, destaca Michele. Até mesmo as cores do inverno ganham um toque particular de Michele. “Usamos as cores fortes da estação, mas também ao nosso estilo. Trabalhamos o vermelho, azul

seu estilo prevalecesse. “Na verdade trabalhamos sempre com produtos naturais como o algodão. E no inver-

ser leve. Então, como trabalhamos com esse inverno incerto preferimos criar peças mais leves”, conclui.


ESPECIAL 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Das divas aos desenhos animados E não é que a moda inverno veio mesmo para trazer criações inusitadas numa mesma estação! Agora foi a moda teen que resolveu trabalhar em dois extremos da nossa história. Qual mulher nunca sonhou em ser uma diva? E qual criança nunca passou horas na frente da TV vidrada nos desenhos animados? É isso mesmo, a moda preparada para as adolescentes vem dessas duas vertentes e pode acreditar ambas as coleções ficaram lindas. Para você que passa horas largada na frente do computador em busca de tudo o que é moda e atual e quando vai para a balada quer que te vejam como uma diva, em Divinópolis tem a coleção certa para você. “Nossa marca quis se inspirar nas Divas, buscando uma por década para produzir nossa coleção. Nos anos 50 com Marilyn Monroe, 60 com a Audrey Hepburn, 70 com o seriado As Panteras, 80 com a Cindy Lauper e 90 com as Spice Girls. Trabalhamos dessa forma porque o inverno vem muito retro em 2011 então, buscamos inspiração nessas Divas para que as meninas se sintam glamourosas e tenham vontade realmente de se sentir bonitas e arrumadas, vendo em nossas vitrines e acompanhando nossas mídias

sociais. Nesse enfoque nós pegamos a sensualidade, glamour e cores do que será moda”, conta a

designer de moda Cintia Santos. A empresa criou um contato direto com suas consumidoras

através das redes sociais (Twitter, Facebook, Orkut entre outras), já que as adolescentes adoram o

mundo virtual nada melhor que estar lá para se comunicar com elas. E também buscar lá tudo

que elas desejam. “As cores do inverno variam. Pra nós aqui será basicamente o preto, seguido do cinza mescla, o marrom que está muito forte e colocamos o verde e o azul em alguns toques que agrada nosso público de moda teen. Os toques retro serão aplicados em peças bem atuais. Ainda mais que as teens são muito exigentes porque elas têm tempo para estar sempre atualizadas sobre o que é tendência porque ficam no computador boa parte do dia. Elas gostam muito dessa aplicação do retro como lenços de bolinha, lacinhos, estampas tipo papel de parede ou seja pequenos detalhes que dão um charme a produção sem sair do atual, do moderno”, analisa Cintia. E claro se é para agradar a um público tão exigente há de se pensar em cada detalhe. “Além de ter escolhido as Divas por ser retro quisemos atingir um público maior no caso de estilos, do clássico ao rock. Então, por isso escolhemos desde Marilyn Monroe às Spice Girls cada uma tem um estilo próprio, já que nosso público é muito eclético preferimos uma Diva de cada década porque nos dá variedade de estilos para trabalhar”, avalia a designer.


04 ESPECIAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

E os Smurfs lembra deles? Na coleção denominada “Memória das Cores” a estilista Cristiane Santos traz uma moda inverno colorida e bem humorada. Com estampas de desenhos animados como Mickey, Smufs e Simpsons ela aposta nas boas recordações do público para vender sua criação. Se o inverno é uma época de cores fechadas ninguém avisou a Cristiane ou simplesmente ela quis inovar. Porque nada melhor que lembrar a época de criança, quando compromisso nem fazia parte do nosso vocabulário. “Quisemos resgatar lembranças do passado através de cores, desenhos e ídolos infantis que tínhamos quando crianças. Nós traduzimos essas lembranças através da cartela de cores e das estampas que são capazes de despertar boas recordações. É uma coleção mais divertida, mais alegre, uma moda inverno mais colorida e bem humorada com estampas

do Mickey, Smurfs, Simpsons exatamente para brincar com a memória das pessoas”, resgata a estilista. Com foco em um público bem jovem a estilista pretende buscar ainda aqueles que já tenham saído do mundo adolescente, mas que não só pela idade precisam deixar o lado alto astral pra trás. “Nosso alvo é o público jovem, mas a faixa de mediação é muito grande, acabamos por atingir um público bem maior. O “ser jovem” está na moda, é legal e todo mundo quer ser jovem então, mesmo que nosso foco seja uma adolescente de 15 a 23 anos por imediação conseguimos atingir pessoas mais maduras que gostam de se sentir jovens e até as pré-adolescentes. Ou seja, aquele público que gosta dessa roupa divertida e ainda passar uma mensagem quando se veste”, acredita Critiane. Aliado ao estilo é preciso

conforto e isso os tecidos trabalhados por Cristiane e Mara Souza, outra estilista da mesma empresa, trazem de sobra. “Apostamos em dois tecidos mais confortáveis aliados a boa saúde. O denim terape que tem um benefício para a saúde que vem com bioceramicas na sua estrutura que ajuda no equilíbrio da pessoa e ativa a microcirculação. Então, ele dá uma melhora aparente na celulite e previne a aglomeração de gordura. E o outro é um jeans que imita o couro, que é uma inovação em tecido que une brilho, textura e sofisticação no mesmo tecido”, explica Mara. As novidades não param por aí, os clientes ainda poderão terminar algumas das estampas de um kit exclusivo produzido exatamente para despertar a imaginação dos consumidores. “É o “Faça você mesmo”, é um projeto novo que estamos apostando bastante, que teve uma excelente acei-

tação entre os representantes e os primeiros consumidores que já tiveram a oportunidade de conhecer o produto. É um kit que vem com uma camiseta e quatro canetinhas para tecido e folder explicativo, no qual o cliente termina a estampa da peça. São brincadeiras como: ligue os pontos, ache o caminho, colorir os blocos iguais para ver a imagem que vai formar. É uma forma do consumidor customizar essa peça, escrevendo mensagens e fazendo outros desenhos além das estampas. E vai num saquinho personalizado que remete aos pacotes de merenda de antigamente, também se encaixando àquela questão das lembranças da infância. O conteúdo varia entre três modelos femininos e outros três masculinos”, antecipam as estilistas. Como se vê só ficará fora da moda quem quiser, porque as coleções estão no mercado para agradar a todos os estilos.

Tradicional ou metrossexual???

Não importa o estilo do homem, na moda tem lugar e opções para todos eles O conceito de “machão” que não sai do básico vem perdendo espaço para um estilo mais despojado, cada vez mais elegante e aliado ao conforto. Estamos falando de moda masculina, sim, moda masculina, coisa que há alguns anos nem era citada agora já é exigência dos moderninhos de plantão. Em Divinópolis algumas empresas já se dedicam em produzir moda exclusivamente para eles. Camila Cristina é vendedora de uma destas lojas e nos conta como esse universo até bem pouco tempo tão fechado vem se derretendo aos apelos do ‘estar bem vestido’. “Já há algum tempo esta concepção de homem metrossexual vem ganhando espaço, e já era de se esperar que o universo fashion da moda masculina acompanhasse essa tendência. Afinal a moda masculina também atrai muitos olhares, há quem pense que não, mas é perceptível, que não só as mulheres, como também os homens, estão e muito, preocupados com seu modo de vestir. E convenhamos, não seria justo deixar toda essa ousadia em constante transformação de fora na hora de criar moda para eles”, avalia Camila. Ainda que as perspectivas venham melhorando muito, a vendedora diz que é preciso ter critério. “Apesar do homem estar se voltando para a modernidade, existem alguns critérios a serem considerados, pois nem todos estão dispostos a mudar ‘da água para o vinho’, e nós nem desejamos isto, porque, mexeria com a sua identidade, seu estilo, ou jeito

de ser. Mas nem por isso nossos ‘homens machões’ precisam se vestir como ‘mil novecentos e antigamente’. Nós aqui acreditamos na inovação, mas aquela que acontece constantemente, seja por acrescentar uma peça moderna num guarda roupa conservador, ou por apenas ajustar um pouco mais aquela peça que costumava ser bem larga.Existem várias formas de atualizar o jeito de vestir, sem interferir na identidade do homem e deixá-lo inovado”, explica a vendedora. Para criar uma coleção para eles sem ir muito ao céu nem muito ao mar é preciso pensar que o lado metrossexual ainda está sendo moldado. “Nossa aposta para esse inverno é: aos conservadores uma linha muito inovadora, audaz, majestosa e carismática. Enfoca o clássico, mas com propostas bem mais contemporâneas e modernas, sempre na mais verdadeira elegância. Para aqueles mais despojados sim, uma proposta ‘stile’ com calças justas e as golas em V, transferidas das temporadas de verão, para os homens mais modernos e seguros, que gostem de combinar sobreposições e camadas de tecido”, conta Camila. E para agradar a tantos estilos diferentes a lição de casa deve ser feita cuidadosamente, com muito estudo e observação. “A criação de nossa coleção outono/inverno, começou logo que a mesma estação terminou em 2010, ou seja, há um ano estamos idealizando tudo que precisa mudar, acrescentar ou inovar para a coleção, pois nossa

inspiração parte de nossos próprios clientes, homens modernos ou clássicos, esportivos, urbanos, entre outros. A moda masculina para o Outono/Inverno 2011 está retornando às origens, com cortes perfeitos e elegância de sobra. Entretanto não podemos esquecer que a necessidade de conforto já é caráter pré-estabelecido dentro de todas as coleções, já que o homem contemporâneo sabe que não precisa se desligar do seu bem estar para estar bem vestido e elegante”, lembra. Neste contexto o tecido usado conta e muito para a adesão da peça. “Há uma preocupação aos escolhermos os tecidos a serem trabalhados. Tecidos naturais, como o couro e o algodão, foram usados para incorporar aspecto macio às peças. A tendência do uso de tecidos tecnológicos (principalmente os com misturas de poliamida e poliéster) também mostrou-se muito forte”, destaca a vendedora. Camila argumenta que as cores, estas sim devem ser criteriosamente analisadas quando se trata de fazer moda para os homens. “A paleta de cores para esta estação, trabalha com tons frios e neutros, com destaque para as nuances de branco, creme, cinza e marrom. A sobriedade dessas cores mantém a coleção de Outono Inverno 2011, estabelecidas em termos de cuidado com a estética. Algumas peças contam com detalhes que quebram essa paleta opaca, com toques de cor néon, brilhos e tons inesperados – como azul e vinho”.

Os homens de nossa região fazem da moda uma aliada, ou seja não a veem como um bicho de sete cabeças e muito menos como uma inimiga pronta para derrubá-los. “Os homens de nossa região em geral seguem o padrão ‘personalitê’ aquele que não é um escravo da moda e sim um beneficiário dela. Ele sabe que as silhuetas são em geral justas e ‘magras’, com a cintura sendo algumas vezes levemente marcada, que as calças seguem retas e afuniladas. Mas sabe também que não necessariamente ele deve seguir como uma ordem e sim como um conselho sutil para orientá-lo na hora de escolher as peças certas para a nova coleção”, analisa Camila. Para fechar com chave de ouro a vendedora dá dicas sobre o que os homens podem encontrar ao procurar sua loja. “Enfim, a nova coleção está deslumbrante, com cores, tecidos, dando um destaque em especial aos blazeres, sejam eles xadrez, de veludo ou sarja As calças retas, as jaquetas em couro com cortes precisos e detalhes feitos a lazer, e as jaquetas em tecidos nunca vistos que são lançamento na Europa”, adianta Camila. Então, homens, nós nos arrumamos, penteamos, fazemos as unhas entre várias outras coisas para estarmos sempre bem pra vocês. Parece que já está mais do que na hora de começarem a retribuir. Afinal, como já dizia minha saudosa avó ‘vocês já vieram enfeitados de natureza’, não custa nada ousar um pouquinho no estilo né?

Da mineiridade às tendências inglesas A moda realmente nos dá tantas opções em uma só estação que só de falar podemos jurar que seria impossível contrastar tantas tendências. As criações para o outono/inverno 2011 em Divinópolis estão basicamente inspiradas no passado, mas quem disse que lá atrás o estilo era um só? Pensando nisso as estilistas divinopolitanas não pouparam misturas, para as mais tradicionais temos toques de crochê e trabalhos manuais, bem voltados a regionalidade. E para aquelas que gostam de combinações mais clássicas e até sofisticadas como cintos que dão um toque retro as peças também é possível encontrar essa combinação pelas lojas de nossa cidade. A empresária Rosália Helena Dias Costa juntamente com sua estilista Juliana Brandão Dutra, buscaram inspiração nos estilos Folk e Vintange para produzirem a coleção desse inverno. “Eu sempre começo a criar a coleção da nossa empresa a partir da tabela de cores. Pra esse inverno eu acredito nos tons de caramelo, marrom, caqui, bege e outras que combinem com essas. Buscando essas cores encontramos muito anos 30, 40 e 70 um pouquinho do folk que é aquela história de misturar estilos, como combinações com aqueles cintinhos marrons. Os acessórios foram a minha base para a coleção, porque eu acredito muito no uso de cinto caramelo, bolsas baseadas em tons de marrom, sapatos Oxford. Então, eu fiz uma coleção inteira para ser usada com esses acessórios que também são uma

Estilo Folk

tendência. Sem falar no xadrez que vem com força total, não só para o inverno como para o verão até mesmo por esta onda folk, uma pegada meio vintage”, conta Juliana. E para quem quer glamour a estilista não poupou na sofisticação, em busca de deixar as consumidoras absolutamente poderosas. “Trabalhamos muito linho, esse ano eu quis dar uma pitada de glamour na nossa coleção que geralmente trabalha uma mulher muito clássica. Nós estamos mais ousadas, mais glamourosas trazendo tecidos resinados, ceda, uma viscose com estamparia muito mais ousada do que costumávamos trabalhar. Trabalhamos com tecidos mais glamourosos, uma mulher mais poderosa esse ano”, destaca Juliana. E aproveitando que em nossa região o inverno não é rigoroso nem é preciso o uso de casacos muito pesados e com isso até dá para abusar um pouco mais no look. “Usamos muita camisaria, sem tirar os vestidos do mercado. “A nossa loja trabalha com uma mulher que presa muito por toques, assim trabalhamos com algodão, linho, colocamos linha misturando com tecidos. Como não temos um inverno rigoroso trouxemos apenas dois casacos que fecham a coleção. E isso dá muito certo para o clima que temos, tanto que lançamos nossa coleção em fevereiro e estamos com uma vendagem excelente ainda que o inverno propriamente dito ainda não tenha chegado”, analisa a proprietária Rosália.

saiba mais

A palavra vem do inglês que significa “povos” e nos remete à culturas folclórica. As roupas que seguem esse estilo folk nos levam ao passado e aos trajes etnicos. O folk é uma mistura de vários outros estilos: hippie, romântico e rústico. O estilo folk aparece com franjas, couro desgastado e feltro em cores como: bege, ferrugem, conhaque e chocolate. Assim como aparece nos looks hippies, com batas, jeans com boca larga, tecidos rústicos, sapatilhas bordadas e sandálias rasteiras. O folk também aparece em roupas mais delicadas e românticas, como em vestidos e saias. Normalmente as saias que seguem esse estilo, tem um comprimento até a canela, um ar rústico e envelhecido, comdetalhes na barra como bordados, apliques, babados e etc. Mas, como combinar roupas Folk, sem parecer estar em trajes folclóricos? O bacana é montar o look com que você mais gosta desse estilo. Se você se identifica com o look mais hippie, escolha as batas e nas rasteirinhas. Evite usar o look da cabeça aos pés, pois parecerá uma fantasia. Ou investir num acessório folk, como os que tem franjas, como uma bolsa ou bota. Outra dica de look folk, são as saias ou vestidos com algo artesanalcomo um bordado, que ficam legais como uma bota rústica (estilo cowboy). O bacana é investir em um estilo que faça você se sentir bem à vontade e sem parecer saída de um baile à fantasia.

Estilo Vintage

Calça com cintura alta, blusinhas balonê, cintos demarcando a cintura, tudo isso volta com tudo e o estilo vintage passa a ter evidência no mundo da moda. Mas, você sabe o que é vintage? ‘Vint + age’ é uma expressão inglesa utilizada pelos produtores de vinho e significa ‘a idade do vinho’. “O estilo vintage transforma em referência o melhor de todas as décadas. Assim podemos dizer que tudo o que relembre os anos 60, 70 ou 80 pode ser denominado dessa forma, desde vestimentas até mobiliário”, afirma Julia Simões, professora do Senac - Santos e Consultora de Moda e Estilo. Quer compor um look vintage, mas tem medo de errar? O segredo é não “pesar a mão”, misture peças retrô com outras mais modernas.


:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Sinta-se uma Miss Pela elegância às vezes é preciso fazer certos sacrifícios Ai o frio! E quando é preciso usar roupas que nem sempre comportam um bom e aconchegante casaco? Nestas horas temos que vasculhar nosso baú de personagens e encontrar a Miss que há em nós. Em Divinópolis quem faz a moda delas nos diz como não errar nesse momento. É, quando o assunto é inverno dificilmente conseguimos aliar com o traje fino, mas nem tudo está perdido. “Quando se trata de vestidos de festa não tem jeito, os recursos para o inverno são um pouco mais limitados, mas a mulher que quer se sentir maravilhosa seja em um casamento ou formatura em um dia mais frio pode utilizar um bolero de renda, que está super na moda ou de tecido fino sempre buscando uma combinação bacana de texturas. Além disso, pelo menos na nossa região não temos invernos muito rigorosos, e assim, ela pode optar por modelos mais fechados, sem perder o charme”, indica Márcia Lúcia Simoni empresária, proprietária de uma loja de vestidos finos que agora vestirá as Misses. Quem não se sentir bem com a questão de usar apenas os vestidos mais fechados a loja oferece outras opções. “Em nossa coleção as clientes podem encontrar echarpes e boleros que estejam antenados com as tendências, mas percebemos que, quando o assunto é não perder o brilho as mulheres em geral fazem alguns sacrifícios. Uma boa opção são

ainda as peles sintéticas que dão luxo à produção”, destaca Márcia. As cores nos trajes finos seguem a mesma tendência que nos tradicionais. “Azul marinho é a cor da vez, mas usamos ainda todos os tons de verde, vermelho, pink, nude e terrosos, além, é claro do preto, que sempre domina nas estações mais frias, e é bom porque retém o calor. Tons metálicos mantêm seu espaço, rendas em detalhes e também os florais, que deixaram a primavera para trás, mas continuam no inverno deste ano como uma aposta forte”, conta a empresária. Em relação às Misses não tem jeito, em nome da beleza e da elegância elas terão mesmo que suportar um pouco de frio. “A parceria com José Alonso Dias é uma conquista da qual me orgulho muito, afinal, qualquer empresário que trabalha com moda festa gostaria de passar por esta experiência. As misses são mulheres lindas e me orgulho de desenvolver as peças pensando em cada uma delas, a fim de valorizar o que elas têm de melhor. Mesmo no inverno a adrenalina dos concursos é tão grande que os vestidos continuam com os decotes e detalhes costumeiros, mas, é claro que, sempre antenados com as novas tendências”, conclui. É meninas, o jeito é nos conformar com a realidade, na busca pela elegância é preciso ‘esquecer’ que o clima não está ajudando.

ESPECIAL 05


06 ESPECIAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 29/03/11 a 30/03/11

Gazeta do Oeste - Edição 1551  

Lixo pode gerar energia em Divinópolis Peixes congelados são vendidos irregularmente em Divinópolis Corpo de mulher é encontrado no bairro B...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you