Issuu on Google+

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | 14 a 15 de abril de 2011 | ANO XVI | N.º 1.558 | R$ 2,50

Polícia Civil faz paralisação para reinvidicar melhorias Página 16

DO OESTE

Escolas em Divinópolis Atendimento comprometido estão desprotegidas Sarah Rodrigues

André Bernardes

A falta de funcionários na área de segurança dentro das escolas pode facilitar tragédias como a que aconteceu no Rio de Janeiro. Porém é preciso mais que equipamentos para assegurar a segurança de alunos e professores. Página 07

Com a queda de uma árvore no final do mês de fevereiro, os moradores da comunidade dos Costas sentem que o atendimento médico no Ponto de Apoio da Equipe de Saúde da Família está comprometido.O motivo é que após a queda da árvore os acompanhamentos que são quinzenais foram remanejados para Centro Social, que não tem a mesma capacidade que a Unidade de Saúde, já que não tem os equipamentos devidos. Página 05

Apolar desiste de vir para Divinópolis

Comissão de Ética tem 60 dias para analisar representação Página 03

“Eu faço cultura” chega a Divinópolis

Marciel Muniz

Divulgação

Após atos de vandalismo e protestos, a imobiliária que abriria franquia na cidade desiste da unidade. Rumores de que a gestora da franquia estaria ligada à extinta Adimóveis motivaram a indignação de pessoas. Procurada pela reportagem, a empresária responsável pela franquia preferiu não se manifestar. Página 06

O projeto traz duas oficinas de percussão gratuitas e apresentação musical na praça. No sábado, o encerramento será com o show de Biquíni Cavadão. Página 08


02 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

editorial

Quem perde e quem ganha?

O

pão de cada dia é suado e árduo, disto todos nós já sabemos! Mas o que muitas pessoas não sabem, é que Divinópolis está carente de fomento econômico. Por isto, a constante busca de novos investimentos empresariais. Todavia, as empresas interessadas a vir para o município tem se tornado reféns de prazos e condicionantes conveniais as quais interferem na instalação de novas indústrias e empresas de diferentes ramos. Um triste exemplo foi publicado na última semana, onde duas grandes empresas descumpriram o cronograma e perderam o direito da instalação no município. Outro exemplo de empresa que tem arrastado burocraticamente seu processo de implantação é a Proema Automotiva. Os pequenos empresários também tem ficado no prejuízo com as doações de terrenos, os quais tem o prazo de dois anos para ser concluída a edificação e se não for feito dentro do prazo, o empresário perde o terreno. E a burocracia volta à tona com os processos de reversão de imóveis, apreciados pelos Legislativos. Neste jogo de perde e ganha, quem mais perde na realidade é o povo de Divinópolis, sem possibilidade de geração de novos empregos e fomento econômico no mercado de trabalho. Sobretudo, o município parece ganhar com o novo secretário de Desenvolvimento Social ao declarar que atenderá pessoalmente cada demanda dos empresários. O ponto positivo de tudo é que pelo menos, o dito secretário está demonstrando interesse em solucionar o problema que é não apenas dos empresários, mas, também da cidade do Divino que acaba perdendo novos investimentos por ser movida a burocracia como tantos outros distritos do país.

Wagner Oliveira

wagner@repensarndh.com.br

Você está estressado?

Andando por uma trilha a caminho de sua casa, Marta ouve um barulho a seus pés. Ao avistar uma cascavel, seu corpo se prepara para “lutar ou fugir”: os músculos se contraem, a adrenalina flui, o coração dispara. Imediatamente ela foge em busca da segurança de sua casa. Ali chegando, os músculos de Marta relaxam devagar, o batimento cardíaco e a respiração voltam ao normal. Em um dia ensolarado Joana sai de seu apartamento e, atrasada, por causa das obras na estrada, perde o ônibus das 8h5m que a levaria ao trabalho. Ela pega o próximo ônibus, chega tarde à cidade e abre caminho com dificuldade por entre a multidão de pedestres. Em sua sala no banco, pede desculpas ao primeiro cliente, que quer saber por onde Joana andou e por que o relatório de seus investimentos não está pronto. Joana faz o melhor que pode para acalmar o cliente. Depois ela nota que seus músculos se contraem, os dentes ficam cerrados, o estômago embrulhado. A reação de Marta ao estresse salvou sua vida; a reação de Joana, se crônica, pode aumentar seu risco de contrair uma doença cardíaca, de ter pressão alta e outros problemas de saúde relacionados ao estresse. Além disso, sentindo-se sob pressão, ela pode dormir e se exercitar menos, fumar e beber mais, aumentando a longo prazo o risco de contrair uma doença. Esta descrição feita pelo psicólogo David Myers, apresenta duas situações relacionadas a reações de estresse. O estresse é um conceito indefinido. As pessoas às vezes usam a palavra estresse para descrever ameaças ou desafios (“Joana está sob muito estresse”), outras vezes para descrever nossas reações (“Quando viu a cascavel, Marta experimentou um estresse intenso”). A maioria dos psicólogos definiria o ônibus perdido por Joana como um “fator de estresse”, as reações físicas e emocionais de Marta como uma “reação de estresse”, e o processo pelo qual Marta e Joana relacionaram-se com seus ambientes como “estresse”. Portanto poderíamos dizer que estresse é o processo pelo qual avaliamos e lidamos com as ameaças e desafios do ambiente. Quando vistos como desafios, os fatores estressantes podem ter efeitos positivos, motivando-nos para superar os problemas. Com mais freqüência, porém, os fatores estressantes ameaçam nossos recursos – nosso emprego,a saúde ou o bem estar das pessoas que amamos, nossas convicções e muito mais. Reações psicológicas comuns ao estresse incluem ansiedade, cólera e agressão, apatia, depressão e enfraquecimento cognitivo (por exemplo, problemas de concentração, memória e desempenho). O estresse desvia a energia do sistema imunológico, tornando uma pessoa mais vulnerável a infecções. Embora o estresse não cause doenças como o câncer (as pesquisas relacionadas a este tema não são conclusivas), ele pode influenciar a progressão da doença. A doença cardíaca coronariana, a causa número um de morte, tem sido ligada a pessoas com personalidade com características de competitividade, impetuosidade, impaciência e (especialmente) propensão à raiva. Sob estresse, o corpo de uma pessoa reativa e hostil secreta mais dos hormônios que aceleram o acúmulo de placas nas paredes das artérias do coração. Os “fatores estressantes” são uma parte inevitável da vida. Lidar com o estresse pode significar enfrentar ou escapar do problema, além de tomar providências para evitar sua recorrência. Pode envolver lutar ou fugir, repelir o desafio ou evitá-lo, resolver o problema ou se distanciar mentalmente. Saber que o estresse recorrente se correlaciona a doença cardíaca, a baixa do sistema imunológico e outros males do corpo, nos oferece uma mensagem clara. Se o estresse não pode ser eliminado mudando ou ignorando a situação, é melhor aprendermos a administrá-lo. Não existe “fórmula mágica”. A administração do estresse inclui exercícios aeróbicos, psicoterapia (em casos mais graves), relaxamento e apoio social.

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

Mega soluções para mega problemas mundiais 1º - PRISÕES: Colocar os presos para trabalhar.Entregar para os mesmos brita, areia, cimento, ferro, etc...Para que possam construir a sua própria casa pelo menos.A inércia e superlotação geram mais revoltas e o trabalho corrige e enobrece.Essa política de bolsa família é uma aberração vez que o povo se acomoda.Dê um peixe ao homem e ele tem alimento um dia, ensine-o a pescar ele tem alimento por toda a vida.Outro ponto polêmico, porque não deixar o menor trabalhar? O menor que começa a trabalhar cedo vira gente e o vadio marginal.Perguntarmos ainda porque o adolescente pode votar, ser pai, matar, roubar e não pode ser preso?A impunidade e a superlotação nos presídios são vergonhosos. 2º-DROGAS: Somente o traficante é considerado réu.Porque não combater a droga na origem, onde a mesma é plantada ou beneficiada?Combatendo na origem desapareceria o traficante e também o usuário.Duvidamos do destino das drogas apreendidas, as mesmas bem como as armas deveriam ser destruídas logo após a sua apreensão sob o olhar de testemunhas.É do conhecimento geral que a Colômbia, Bolívia e Paraguai são os principais países produtores das drogas.Porque os países que procuram produzir energia nuclear sofrem tantas sanções e os produtores de droga nunca.Os EUA mantém uma base militar na Colômbia.Qual seria a função da referida base?Dar proteção aos produtores das malditas drogas? 3º-FOGO E QUEIMADAS: Forma de combater – Água e contra-fogo.São manchetes todos os dias de países desenvolvidos como os Estados Unidos, Grécia, Austrália, Rússia, Brasil sofrendo com essas catástrofes.As imagens da Rússia recentemente dão-nos a impressão de um verdadeiro “inferno”.Além das mortes humanas, animais e plantas,o fantasma do aquecimento global. Não se tem notícia de cientistas e ecologistas promovendo soluções.Vim da zona rural e a nosso ver a maneira mais eficaz é usar o método contra-fogo.As áreas sujeitas ao fogo devem ser divididas em quarteirões por tratores fazendo todos os anos aceiros.O quarteirão atingido pelo fogo seria debelado pelo contra-fogo.A maioria dos incêndios são criminosos.Combater o fogo com aviões e helicópteros é uma utopia.As favelas também deveriam ser divididas em quarteirões isolados providas de hidrantes de fácil acesso. 4º - ENCHENTES: sofrimento, pânico em todo o mundo e que se agrava com o aquecimento global. Combate: Aumentar a vazão do rio, desassorear , aprofundar o seu leito e regularizar o melhor possível as suas margens.Propomos para tal tarefa um comboio dotado de umas 10 barcaças puxadas por um balsa.Na traseira desta composição adequar lâminas com a finalidade de regularizar tanto o fundo como as margens do rio.A própria correnteza das águas ajudaria na descida deste comboio e parte da areia retirada seria aproveitada ao longo das margens e o restante descartado.Este procedimento seria ideal para o Rio Tietê em São Paulo. Outra alternativa seria a construção de um grande lago, dotado de comportas emergenciais para conter os grandes temporais. Estas comportas seriam abertas gradativamente logo após.Estes lagos serviriam também nos períodos de seca para abastecimento e atração turística. 5º -ENERGIA SOLAR: Energia mola propulsora do progresso. Sabemos que as principais fontes geradoras de energia, tais como as hidroelétricas, termoeléctras, eólicas e nucleares são muito onerosas e algumas poluidoras.Desafiamos os cientistas, os ecologistas para as seguintes reflexões: 1º - Vivemos em um país estritamente tropical; 2º - Seu custo e custeio é pequeno; 3º - Ela não polui; 4º - Desempenha papel importante como regulador energético nos períodos de estiagem; 5º - Eficiente para o aquecimento da água e outros fins; 6º - Ela é de graça. A ENERGIA SOLAR É UMA DÁDIVA DE DEUS! Estou desafiando os políticos, cientistas e os ecologistas para acordarem para os problemas que passo a relacionar pela sua magnitude, merecendo ser tratados em mesas redondas internacionais. Mandem suas sugestões para Jairo Viana de Oliveira (São Jairão) na Av. 1º de Junho, nº 1060, apto 03– centro- Divinópolis/MG Telefone (37)3221-4347 ou 3221.3177 Jairo Viana de Oliveira Odontólogo

ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Opinião

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Breno M. de Faria Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Evandro Araújo

contato@evandroaraujo.jor.br

PADRE MANZOTTI NA FESTA DO CENTENÁRIO A grande atração da festa do centenário já está quase certa. No dia primeiro de junho de 2012, um grande show do padre Reginaldo Manzotti deve atrair uma multidão, principalmente por se tratar de um show em praça pública ou no parque de exposições, mas gratuito. Confesso que não sou muito fã de padres estilo pop star, mas ninguém pode negar a capacidade que o padre Manzotti tem de evangelizar. No caso do show do centenário, a comissão que cuida da festa garante que está tudo bem adiantado. São esperadas caravanas de várias cidades de todo o Centro-Oeste de Minas. Empresários apóiam a iniciativa, uma emissora de rádio já está acertando a transmissão do evento e o clima realmente é de festa. A comissão que prepara a festa do centenário acertou em cheio. Só tem um detalhe: tudo isso não será em Divinópolis. Quem está organizando a festa é a cidade de Bom Despacho, que também comemora 100 anos no mesmo dia que Divinópolis. Se não tiver opção melhor aqui, vamos todos pra lá. E pedir a Deus para nos ajudar. COISAS DA VIDA É no mínimo engraçado passar pela rotatória do Bairro Bom Pastor e ver no imóvel onde funcionava uma filial da Adimóveisumaplacadealuga-sedeoutra empresa. Isso, claro, sem tirar a placa da Adimóveis, que é para ‘massacrar’ ainda mais. Essa história serve de alerta para muita gente em Divinópolis. A queda é uma possibilidade real. E o tombo pode ser feio. Por isso, cuidado ao se achar o rei da cocada preta. A FEIRA É NOSSA Que história é essa que estão querendo acabar com a feira do Niterói aos domingos pela manhã? De onde tiraram isso? E o pior: ainda tentam envolver o nome da Paróquia do Senhor Bom Jesus nessa história. Claro que eu não acredito nisso. De jeito nenhum. Tanta coisa mais importante para se resolver. BURACOS Nospoucosmetrosdaúnicaruaque separa o Divishop e o Pátio Divinópolis tem cada buraco!!! Coisa espetacular que fica melhor ainda quando não é possível vê-los por causa da água que escorre pela rua. Mas se você não quiser que seu carro caia no buraco, pode estacionar naquela área sem pavimentação – pra não ficar mais feio e falar que é naquela área de terra que existe lá. Aliás, pode deixá-lo do lado de uma cerca de arame farpado que existe no local. Aí, você vai a pé até o shopping, caminha pelo cimento grosso do passeio. SETE LAGOAS Sete Lagoas é uma cidade que rivaliza com Divinópolis em muitos aspectos, população, economia, siderúrgicas, comércio e serviços. Nos dois últimos finais de semana estive em Sete Lagoas. E a cada vez que faço esses cerca de 150 km de viagem volto mais triste. Falo isso como divinopolitano que sou, de certidão e coração (mais coração que certidão). Para entender o que estou falando, você precisa ir a Sete Lagoas conhecer o distrito industrial da cidade, o shopping, o campo de futebol, a valorização dos pontos turísticos... QUE FALTA FAZ MAIS UMA FASE E o Guarani? Se os times do interior tivessem mais unidos e não aceitassem as imposições da Federação Mineira, o Bugre estaria disputando domingo uma vaga nas oitavas de final. Isso porque no ano passado os oito primeiros passavam

de fase. Como os times da capital não querem muitos jogos pelo Mineiro, este ano só se classificaram quatro. CLARANDO NAMORO DE CAPIVARA E a iluminação do Parque da Ilha quecontinuaacessadurantetodaanoite, enquantotemmuitagenteprecisandode energia nas casas onde moram. Só para lembrar: o parque é fechado ao público à noite. Se alguém for lá, boa coisa não estará planejando. FHC FALA DEMAIS O que será que o pessoal do PSDB de Divinópolis está pensando desse novo artigo publicado pelo ex-presidente FernandoHenriqueCardoso.FHCpropõe gastar menos energia com ‘povão’ e priorizar a nova classe média. Fernando Henrique escreveu para a revista Interesse Nacional, na internet. Sob o título O Papel da Oposição, o texto critica as táticas do “lulopetismo” e as atitudes e estratégiasdoPSDB.Aoposição,dizFHC, devevoltar-separaas“novasclassespossuidoras”, alheias ao jogo partidário, mas ativa nas redes sociais como Facebook, YouTube e Twitter. INVESTIMENTO Oposição realmente é uma raça ordinária. Já estão dizendo que os representantes do Centro-Oeste de Minas na comitiva brasileira que está na China não voltarão de mãos vazias. Está acertada a instalação de pelos menos mais três pastelariaschinesasemDivinópolisainda este ano. IMPOSTO DE RENDA É bom lembrar que os contribuintes que sejam portadores de doenças graves podemficarisentosdaobrigatoriedadede declarar imposto de renda, mas é preciso ficar atento. Para a Receita, têm direito à isenção os portadores de moléstias como AIDS, cegueira, esclerose múltipla e câncer que recebam rendimentos de até R$ 40 mil por ano de aposentadoria, pensão ou reforma militar. Estar doente e apresentar as condições de isento não basta para que a Receita reconheça automaticamente a situação do contribuinte.Oprimeiropassoparaconseguiro benefício é comprovar a doença por meio de um laudo de perícia oficial, emitido exclusivamenteporummédicodoserviço público de saúde. Com o documento em mãos, o contribuinte deve informar, à sua fontepagadora,anecessidadedaisenção.


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Comissão de Ética tem sessenta dias para analisar representação Vereador poderá apresentar defesa sobre as acusações

Liziane Ricardo

Liziane Ricardo

liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br

A Comissão de Ética da Câmara Municipal tem prazo de sessenta dias para analisar a representação apresentada pela vereadora Heloísa Cerri (PV ) na qual alega quebra de decoro parlamentar por parte do segundo secretário da Mesa Diretora, Rodyson do Zé Milton (PSDB). O assunto vem sendo discutido na Casa desde as primeiras apreciações do parlamento em relação ao projeto de lei 001/2011 transformado na Lei 7.314 que institui a igreja Nossa Senhora Aparecida como Polo Turístico Religioso da cidade. Conforme previsto na legislação, o presidente da Câmara Municipal, pastor Paulo César (PRB) já oficiou a Comissão de Ética sobre o assunto tratado, para que sejam apuradas as denúncias e também feita a defesa. “Iremos seguir os trâmites legais da Casa conforme o Regimento Interno. Mas demais explicações deverão ser remetidas a Comissão de Ética”, disse Paulo César. A Comissão de Ética é composta por Antônio Paduano (DEM) como presidente, Geraldinho da Saúde (PR) e Rodyson do Zé Milton como membros. A comissão conta ainda com os suplentes Beto Machado (PSDB), Heloísa Cerri e Adair Otaviano (PMDB). O presidente da Comissão de Ética, Antônio Paduano confirmou que foi oficiado pelo presidente na última sexta-feira (8), e conforme os trâmites legais, o seu próximo passo será comunicar o primeiro suplente da

A Comissão de Ética que analisará o caso será composta pelos vereadores Antônio Paduano (presidente), Geraldinho da Saúde (membro) e Beto Machado (suplente)

Comissão, ou seja, Beto Machado, para ocupar o lugar de Rodyson durante o processo. “Durante o processo teremos todo o acompanhamento da Procuradoria da Casa de acordo com o Regimento Interno. Desta forma as decisões serão tomadas de acordo com a lei. A comissão faz parte de um órgão da Câmara que deve tomar providências conforme as legalidades. Sobretudo, temos um prazo de 60 dias para dar a definição final”, disse Paduano. Em relação à defesa do vereador Rodyson do Zé Milton, o democrata Paduano explicou que é dado todo o direito a pessoa denunciada em fazer sua defesa, e juridicamente a defesa é analisada. “Ele pode fazer esta defesa através de oficio ou até mesmo contratar um advogado particular para cuidar do processo. Mas isto depende dele”, ressaltou Paduano. O próximo passo que o presidente da Comissão dará é o de

convocar o suplente Beto Machado para participar do processo de análise como membro da Comissão de Ética. “Irei convocar o Beto, em seguida vamos nos reunir e traçar a metodologia dos trabalhos junto da Comissão” lembrou Paduano. Já o tucano Beto Machado afiliado ao PSDB, partido do qual Rodyson também pertence, afirmou que tratará do processo com a maior imparcialidade, independente de serem do mesmo partido. O republicano Geraldinho da Saúde comentou que esta é a primeira vez nesta Legislatura em que é aberto este tipo de processo. Entretanto, pretende conduzir os trabalhos de forma idônea, ouvindo as partes envolvidas. Quanto às alegações do parlamentar ao dizer que está sofrendo perseguição política, Geraldinho ressaltou que: “se a Comissão chegar à conclusão de que foi perseguição política, não iremos admitir este tipo de conduta. Sobretudo, devemos

estar embasados no Regimento Interno para que não venhamos a agredir as normas regimentais. Enfim iremos apurar com muita cautela as versões”, finalizou o republicano.

pela população, é algo que incomoda algumas pessoas”, finalizou o vereador. REGIMENTO INTERNO A reportagem em busca de explicações técnicas sobre a representação pedindo a cassação do vereador, esteve em contato com a Procuradoria da Casa da qual nos orientou analisar os artigos do Regimento Interno (RI). Conforme previsto no RI, em seu artigo 51, tal ato como o ocorrido nas sessões anteriores são: “incompatíveis com a ética e o decoro parlamentares e sujeitos à aplicação das medidas disciplinares cabíveis nos demais incisos. I – o descumprimento dos deveres decorrentes do mandato ou a prática de ofensa à imagem da Câmara, à honra ou à dignidade de seus membros”. Já no artigo 52 consta em seu parágrafo 5º, “além daqueles casos decorrentes da aplicação progressiva de pena, prevista no caput deste artigo, incorre também na sanção de

DEFESA O vereador Rodyson do Zé Milton, realmente alega estar sofrendo perseguição política, e por isto, foi bastante enfático ao esclarecer: “não irei perder tempo com estas perseguições políticas. Estou no parlamento para trabalhar em prol da cidade e não para ficar como estas pessoas, brigando por interesses pessoais”, disse. O tucano destacou ainda que está tranquilo em relação aos trâmites dentro da Comissão de Ética, e por isto, não pretende contratar advogado para cuidar do caso, uma vez que tem provas documentais para fazer sua defesa. “Venho de um partido de peso, e desempenho trabalhos de interesse da população. Acho que o fato de ser muito bem aceito

perda do mandato o vereador que: I – prestar à Câmara declaração ou fornecer documentos cuja veracidade e autenticidade venham a ser demonstrados falsos, a qualquer tempo, e provado o dolo da ação”. A POLÊMICA A polêmica do projeto foi aberta com um pronunciamento do tucano Rodyson do Zé Milton, ao defender que havia recebido um pedido formal do Bispo Diocesano Dom Tarcísio Nascentes dos Santos para que a matéria fosse retirada da pauta de votações, com o objetivo de ser melhor discutida. Dentre a documentação apresentada pelos vereadores, destaca-se ainda o fato de tal pronunciamento ter aberto a possibilidade de outros parlamentares alterarem sua intenção de voto. No dia 15 de março, após tomar conhecimento das declarações do vereador Rodyson do Zé Milton, a Diocese de Divinópolis divulgou uma nota oficial, informando que o Bispo jamais procurou qualquer vereador para discutir assuntos do Poder Legislativo. O que acarretou na representação protocolada pelos vereadores Heloisa Cerri (PV) e Edson Sousa (sem partido) contra o tucano, apresentada na segunda-feira 4 de abril. Entretanto, a vereadora se pronunciou sobre o assunto, somente na reunião ordinária de quinta-feira (7). O foco da parlamentar foi de solicitar a intervenção da Comissão de Ética para apurar denúncias de comportamento inadequado em plenário.

Reversão de terreno doado a empresa Globo Têxtil é revogada Até agosto de 2012 a empresa deverá estar instalada no Centro Industrial flavia.brandao@gazetaoeste.com.br

A Comissão de Administração da Câmara Municipal, composta pelos vereadores Anderson Saleme (PR), Beto Machado (PSDB) e Edmar Rodrigues (PMDB) se reuniu ontem, dia 13, com o Secretário de Desenvolvimento, Dárcio Abud Lemos, com o intuito de discutir a reversão do terreno à Prefeitura, que havia sido doado para a empresa Globo Têxtil. Como resultado da reunião ficou acertado a revogação da reversão e concessão de novo prazo, o qual vence em agosto de 2012, para que a empresa se instale no Centro Industrial Jovelino Rabelo.

O Secretário de Desenvolvimento, Dárcio Abud, explica que a empresa Globo Têxtil esteve presente, anteriormente, para reunião na Câmara Municipal de Divinópolis com a Comissão de Administração com o intuito de discutir a reversão do terreno à Prefeitura, localizado no Centro Industrial Jovelino Rabelo. Dando seguimento a essa primeira reunião, o encontro realizado ontem (13) teve o propósito de concluir a questão. “Nós recebemos o empresário Henrique Viana, no dia 11 de abril, e explicamos tudo a ele e ele também apresentou suas preocupações a respeito desse terreno, dessa reversão. E com essa reunião com a Comissão de Administração

iremos tentar solucionar não só as reclamações e insatisfações do empresário, mas também dar solução, para que a empresa se instale definitivamente no Centro Industrial Jovelino Rabelo”, declarou o secretário. Reversão De acordo com o proprietário da empresa Globo Têxtil, Henrique Viana, a construção da obra estava pendente devido a um licenciamento ambiental, que impedia o início da construção, sendo isso que atrasou o cumprimento da Lei de Doação, que determina o prazo de dois anos para conclusão das obras. Com a doação do terreno, a empresa que atua no ramo de

Flávia Brandão

Flávia Brandão

Secretário Dárcio Abud afirma que a reversão de terreno foi revogada e a Globo Têxtil terá novo prazo para se instalar no Centro Industrial

tecelagem, há 12 anos, e emprega 28 funcionários tem o objetivo de

se expandir, saindo do aluguel e gerando mais renda e empregos para o município. “Estou muito satisfeito com o resultado da reunião, que foi positivo. A Prefeitura agiu com bom senso e tenho muito a agradecer aos vereadores, que viram que era uma situação de injustiça o que estava acontecendo”, declarou o empresário. Ainda de acordo com o Henrique o prazo para construção das obras foi prorrogado até agosto de 2012 e agora não existe nenhum impedimento por parte da Prefeitura. Durante reunião no Plenário na Câmara Municipal, na última terça-feira, dia 12, o vereador Roberto Bento (PTdoB) citou e criticou a reversão do terreno

doado a empresa Globo Têxtil, dizendo que as questões referentes as reversões de terrenos devem ser melhor analisadas. “A Secretaria não está conversando com os empresários”, declarou o vereador Para o vereador Beto Machado essa reunião iria ser de suma importância para esclarecimento dos vereadores a respeito de alguns fatos, que tem ocorrido de reversões de doações da Prefeitura. “Essa reunião vai ser de suma importância para equacionar tanto a secretaria de Desenvolvimento Econômico e a Câmara Municipal para que não possa trazer transtornos para os empresários”, declarou o vereador.


04 POLÍTICA

Projeto de Lei que permite nomeação de parentes tem votação adiada

Liziane Ricardo

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

A proposta é permitir que servidores de carreira, mesmo tendo parentesco com autoridades municipais, possam ocupar cargos comissionados Flávia Brandão

flavia.brandao@gazetaoeste.com.br

Com objetivo de alterar os dispositivos da Lei nº 6.706, 31 de janeiro de 2.008, que trata sobre a vedação de nomeação de parentes para quaisquer cargos em comissão e para funções de confiança na estrutura da administração direta e indireta do Município foi apresentado aos vereadores da Câmara Municipal de Divinópolis, o Projeto de Lei EM nº 030/2011, de autoria do Executivo Municipal, nesta última terça-feira, 12. O projeto, que teve sua votação adiada devido à apresentação de uma emenda do

vereador Adair Otaviano (PMDB), tem como objetivo permitir que servidores de carreira - que já tenham cumprido estágio probatório - mesmo tendo parentesco com autoridades municipais, poderão ocupar cargos comissionados (após uma avaliação positiva do superior imediato e de notória capacidade técnica), desde que nomeados para a Secretaria em que se encontrem lotados e para exercer atividades para quais sejam devidamente habilitados. O Executivo Municipal na justificativa do projeto afirma que “busca-se corrigir severa injustiça que impede o acesso

Otaviano a emenda apresentada retira apenas parte da redação do PL EM Nº 030 /2011 e permite que o Executivo busque em qualquer Secretaria o servidor, que seja de seu interesse para ocupar o cargo comissionado na Prefeitura. “O que fizemos, foi tão somente extinguir a frase que diz: “desde que nomeados para a Secretaria em que se encontrem lotados” (...) Na verdade, a gente não mudou muita coisa só retiramos a restrição para a Secretaria, que esteja lotado, ou seja, o servidor poderá ser colocado em qualquer parte da prefeitura, em qualquer secretaria”, declarou o vereador Otaviano.

à cargos comissionados de servidores públicos municipais, detentores de reconhecida competência em sua área de atuação, somente em razão de grau de parentesco com autoridades municipais”. Ainda em sua justificativa, o Executivo Municipal afirma que a medida, “por certo, aumentará as opções de escolha dentre os servidores municipais, propiciando o aprimoramento dos quadros comissionados e, por consequência, melhoria na qualidade dos serviços prestados aos Munícipes”. Emenda Segundo o vereador Adair

Agências bancárias são notificadas devido à falta de guarda-volumes para os clientes

Votação do Projeto de Lei EM 030/2011 foi adiada devido à proposta de apresentação de emenda do vereador Adair Otaviano (PMDB)

Questionado se a emenda apresentada não seria em virtude de interesses pessoais, já que o vereador tem parentes na Prefeitura Municipal de Divinópolis, Adair Otaviano respondeu que não. “Não é por motivo pessoal. Inclusive a pessoa, que é meu parente, não cumpriu o estágio

Frente Parlamentar irá discutir benefícios para o setor têxtil Flávia Brandão

flavia.brandao@gazetaoeste.com.br

Até amanhã (15), agências bancárias notificadas pela Prefeitura, que não se adequarem a Lei 7150/2010 poderão receber multa de aproximadamente R$100 mil Flávia Brandão

Flávia Brandão

flavia.brandao@gazetaoeste.com.br

Até amanhã (15), as agências bancárias, notificadas pela Prefeitura, que estiverem ainda em desacordo com a Lei Municipal 7.150/2010, de autoria do vereador Beto Machado (PSDB), que prevê a disponibilização de guarda-volumes aos usuários, no hall de entrada, poderão sofrer multas de aproximadamente R$100 mil. A Prefeitura Municipal de Divinópolis intensificou, em março, a pedido do vereador, o processo de fiscalização para verificar se as agências bancárias da cidade estavam em conformidade com a Lei. Na ocasião, os bancos irregulares foram notificados preliminarmente e concedido prazo de 30 dias, para as devidas adequações a lei. O fiscal ambiental, Luís Fernando Borges, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Políticas Urbanas de Divinópolis, afirmou que durante a fiscalização foi constatado que todas as agências do Banco Itaú, uma do Santander, uma do Banco do Brasil e todas do Bradesco estavam em desacordo com a legislação municipal. Na ocasião, o Banco do Bradesco solicitou a Prefeitura a prorrogação por mais 30 dias, além dos 30 pre-

Fiscal Ambiental, Luis Fernando Borges, afirma que prazo para as agências bancárias instalarem os guarda volumes se encerra amanhã

vistos na notificação preliminar, para atender a Lei, o que lhe foi concedido pelo município. Os outros bancos que estavam irregulares receberam a notificação preliminar e dentro do prazo de 30 dias deverão estar com os guarda-volumes disponíveis para os clientes, caso contrário

irão arcar com multa de 2000 UPFMD (Unidade Padrão Fiscal do município de Divinópolis), que equivale a R$94.840 mil. “O prazo concedido pela Prefeitura para os bancos se adequarem à Lei referente aos porta objetos se encerra no próximo dia 15 de abril. O encaminhamento

da Notificação foi via SEDEX, portanto o prazo concedido se encerra 30 dias após o recebimento, que foi dia 15 de março”, declarou o fiscal Luís Fernando. Emenda De acordo com o vereador Beto Machado, autor da Lei Municipal 7.150, foi encaminhado esse pedido de intensificação da fiscalização a Prefeitura, visto que muitas agências bancárias da cidade ainda estavam em desacordo com a Lei. Além disso, o vereador anunciou que em breve irá apresentar uma emenda a Câmara Municipal, na qual ficará determinado um número mínimo obrigatório de guarda-volumes para as agências bancárias da cidade. “Se o banco colocar dois guarda-volumes estará de acordo com Lei e diante disso nós vamos fazer uma emenda para estabelecer um número mínimo de guarda-volumes, que cada agência deverá ter para atender realmente a população”, destacou o vereador. Questionado a respeito da quantidade mínima de guarda-volumes, o vereador Beto Machado afirma que quantidade ainda será estudada, mas acredita que irá ficar em torno de 40 escaninhos em cada agência bancária.

probatório, é um funcionário de pouco mais de um ano. Poderíamos votar o Projeto do jeito que está e se fosse beneficiar ele, ele poderia ganhar um cargo dentro da sua própria Secretaria. Vocês vão ver que a Lei que está chegando aqui não tem nada a ver com o meu irmão”, finalizou o vereador.

Com o objetivo de defender a indústria nacional, que gera empregos e renda para o país, uma vez que essas vêm sendo afrontadas com a concorrência injusta de produtos manufaturados e têxteis, foi relançada na última semana, no Congresso Nacional, a Frente Parlamentar Mista para o Desenvolvimento da Indústria Têxtil e de Confecção do Brasil, que tem como um de seus integrantes o deputado federal, Jaime Martins (PR/MG). De acordo com o parlamentar essa Frente será um importante espaço de discussão e reivindicações para o setor têxtil e da moda de Divinópolis. De acordo com o deputado Jaime Martins a Frente é uma associação suprapartidária, composta por cerca de 250 deputados federais e senadores, sendo que o objetivo é buscar o aprimoramento da legislação referente a um tema específico, no caso, o setor têxtil-confeccionista. O deputado destaca que esse setor merece especial atenção na hora das decisões tributárias e de crédito, que são tomadas no Congresso Nacional, o que incluiu a desoneração da folha de pagamento. Além disso, outro ponto que será defendido é a criação de uma linha de crédito emergencial, especialmente para o setor têxtil, de forma a recompor o capital de giro das empresas. “Sem este capital de giro, e com os preços dos insumos em alta, muitas empresas são afetadas e acabam por até vezes, precocemente, fechando as portas”, declarou o deputado. Questionado a respeito dos

incentivos que Divinópolis pode esperar, já que hoje a cidade tem cerca de 850 confecções e 1000 empresas na cadeira produtiva do setor (facções, empresas de bordados, lavanderias e estamparias), Jaime Martins explica que primeiramente a Frente irá trabalhar essa questão tributária, em que se faz necessário um arrefecimento, para que as empresas tenham um gatilho de recursos para investir mais. Outro ponto a ser trabalhado será a questão de produtos importados, visto que é importante que a indústria tenha condições de competir em igualdade com outros setores. Na ocasião, o deputado ressaltou a atuação de Divinópolis no setor. “Divinópolis possui um polo importante, com qualificação e um grande mercado. Nesse sentido, é importante que essa indústria têxtil obtenha mais investimentos, ocupe novos mercados, seja nacional e/ ou internacionalmente”, declarou Martins. Para o presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Divinópolis, Antônio de Araújo Rodrigues Filho (Toninho), que esteve presente em Brasília, para o lançamento da Frente Parlamentar Mista para o Desenvolvimento da Indústria Têxtil e de Confecção do Brasil “a expectativa é de muito ganho para o setor de confecções da cidade”. Para ele a concorrência com os produtos chineses se mostra muito desleal, visto que devido a falta de fiscalização faz com que além de baratos os produtos entrem no país subfaturados. “Uma calça que seria R$10,00 entra como R$2,00”, declarou o presidente.


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Queda de árvore compromete o atendimento nos Costas População reclama da falta de estrutura em local temporário

Sarah Rodrigues

Desde o final de fevereiro a estrutura do local está danificada Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

Moradores reclamam da falta de estrutura no atendimento médico no Ponto de Apoio da Equipe de Saúde da Família na comunidade dos Costas que foi danificado no final de fevereiro por causa da queda de uma árvore.Segundo os moradores desde que a árvore caiu o atendimento não foi o mesmo, já que a unidade teve um remanejamento temporário para o Centro Social que não possui as

condições necessárias preocupando a população. A equipe da Gazeta esteve no local, para verificar a situação. As moradoras que estavam no Centro Social, que foi adaptado para o atendimento médico disseram que o atendimento à população foi prejudicado. Ao serem perguntadas sobre como elas faziam em casos de emergência elas relataram que teriam que vir até Divinópolis. Segundo o morador Fabiano Felipe de Oliveira, engenheiros da prefeitura já estiveram no

local para tomar as devidas providências. “Nós temos informações que o material já está em andamento para arrumar tudo, o engenheiro já esteve aqui e ainda esta semana uma equipe virá aqui para ver a situação”. O morador explica que o atendimento não foi normal porque o Centro Social, não tem as mesmas condições que a Unidade de Saúde. “Não está tendo atendimento normal porque, não tem um local ideal, não tem banheiro, não tem cozinha para o pessoal utilizar e nós quere-

mos que faça um remanejamento do posto para o Centro Social, mas mesmo assim, o Centro não é o local certo para atender os pacientes”, afirma. De acordo com Fabiano a população quer que temporariamente a Unidade de Apoio seja transferida para o Centro Social, para que a população tenha um atendimento normal. “Nós tivemos um atendimento, mas não foi igual ao do posto, não tem maca, não tem preventiva, a infraestrutura não oferece boas condições para o atendimento

Costas, que ocorreu na noite de segunda-feira dia 28/02/2011, a Prefeitura Municipal informa que: a árvore já foi retirada do local prontamente ;estão sendo feitos levantamentos para detectar a quantidade de material necessário para recuperar o local;os atendimentos são feitos normalmente aos usuários da Comunidade dos Costas; a Prefeitura sabe das necessidades de reforma das unidades de saúde e busca recursos com o Governo Estadual e Federal para esse fim”.

da equipe médica, e o atendimento fica comprometido, mesmo sendo há quinze dias”. REFORMA A equipe de reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura municipal de Divinópolis para saber se existe uma data prevista para reforma da Unidade dos Costas.Em nota a assessoria informou que “com relação à queda de árvore no Ponto de Apoio à Equipe de Saúde da Família da Comunidade dos

Campanha “Apadrinhe um Idoso Carente” Direção do Lar dos Idosos busca apoio efetivo dos divinopolitanos flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

“O que nos espera o amanhã? Morrer Jovem ou ser Idoso? Cada consciência deve refletir como se preparar para esta realidade”, esta é uma das reflexões a que a Campanha "Apadrinhe um Idoso Carente" nos chama a refletir. Nesta semana o Diretor do Lar dos Idosos, padre Reni Nogueira dos Santos, vem trabalhando a divulgação desta campanha que tem o objetivo de mobilizar a população para apoiar os moradores o Lar e complementar a renda que é insuficiente no cuidado aos idosos. Atualmente, o Lar dos Idosos conta com 51 moradores com idade entre 65 e 99 anos. Dona Cidinha, é uma das anfitriãs da casa. A simpática senhora que completa 100 anos junto com o centenário da cidade do divino, mora no Lar há vários anos. A instituição oferece aos que já completaram grande parte da jornada de vida, todo o atendimento médico, psicológico,

fisioterápico e de assistência jurídica. Enfermeiros se revezam em turnos no cuidado constante junto aos idosos, totalizando 42 profissionais que trabalham na instituição. De acordo com padre Reni, os gastos com cada morador chegam a mais de R$1.000,00. A cada mês, a instituição se vira como pode para completar o orçamento e não fechar totalmente “no vermelho”. CONHEÇA O Lar dos Idosos é uma Instituição Filantrópica, que presta relevante Serviço Social á Divinópolis, desde 1969 O trabalho é desenvolvido assistindo e promovendo a melhoria de vida dos Idosos, na sua maioria sem familiares e de pouco recurso. Atualmente a administração do Lar está realizando reformas nas instalações com média de 40 anos de uso; equipando a enfermaria, lavanderia, cozinha, refeitório e quartos. Obras que fogem das condições financeiras da insti-

Flaviane Oliveira

Flaviane Oliveira

O Lar dos Idosos fica na Rua 15 de novembro, próximo à Catedral

tuição. Hoje o valor arrecadado oscila entre pequena colaboração de idosos residentes, na sua maioria aposentados pelo INSS com

salário mínimo e com repasse de apenas 70% para Instituição. A administração da casa realiza ainda o tradicional Forró e recebe doação de algumas pessoas.

A prefeitura colabora com uma verba determinada. Porém, a demanda necessária supera em 25% a receita arrecadada, o que tem se tornado uma situação

preocupante. O Lar poderá ser fechado em médio prazo, caso a situação não seja resolvida. CAMPANHA A Campanha "Apadrinhe um Idoso Carente", busca que a comunidade se sensibilize com a situação do Lar e possa fazer doações que complementem a renda atual ainda insuficiente. Cada pessoa pode apadrinhar um idoso e a partir daí contribuir com a renda para mantê-lo na casa. As pessoas que preferirem ajudar nos orçamentos da reforma do prédio, também têm a opção de doar para este fim. Padre Reni afirma também que não é preciso somente fazer doações, o carinho e apoio aos idosos por meio de visitas também é bem vindo. Os interessados em fazer as doações ou apoiar o projeto, devem entrar em contato marcando uma visita, pelos telefones (37)3212-6700 (Francielle ou Elizete), ou 8409-6452 (Pe. Reni - Diretor).


06 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Apolar Imóveis cancela abertura de franquia em Divinópolis

André Bernardes

Marciel Muniz

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Protestos e atos de vandalismo registrados na última semana fizeram com que a Apolar Imóveis repensasse a instalação de mais uma de suas franquias em solo divinopolitano. A assessoria de comunicação da empresa informa que não há qualquer previsão para que a franquia seja liberada novamente para Divinópolis. A imobiliária que já tinha abertura programada na rua Pernambuco irá continuar de portas fechadas. Na última semana, pessoas ainda não identificadas jogaram óleo diesel na fachada da empresa em Divinópolis. No mesmo dia um grupo de credores da extinta Adimóveis realizou protesto em frente à franquia da Apolar e a polícia teve que ser acionada. Acredita-se que o ato de vandalismo se deve a rumores de que a gestora da Apolar e ex-funcionária da Adimóveis, Jane Moreira, serviria como laranja dos donos da antiga imobiliária, uma vez que Jane obteve a permissão para ser a nova gerente da unidade da empresa em Divinópolis. Pessoas ligadas à extinta Adimóveis negaram

Lei que proíbe outdoors completará um ano e população vê pouco resultado

De acordo com Luis Fernando Borges, gerente ambiental, foi dado um prazo de um ano para que as empresas se adequassem à lei André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

qualquer envolvimento com a franquia da Apolar na cidade. ESCLARECIMENTO Em nota, a assessoria de comunicação da Apolar informa que a empresa, uma das maiores redes de franquias imobiliárias do Brasil, devido aos acontecimentos dos últimos dias em Divinópolis, abre mão de instalar a franquia temporariamente e agradece a todos que apoiaram a abertura, “Agradecemos a todos

aqueles que nos deram apoio, a todos que são comprometidos com o desenvolvimento econômico e financeiro desta cidade e apostaram em nossa marca como mais uma forma de geração de empregos e novas oportunidades de negócios para a região” afirmou a direção da Apolar por meio da assessoria. Com mais de 40 anos de experiência no mercado imobiliário, a Apolar Imóveis destaca que construiu parcerias sólidas

e que o processo de seleção dos seus franqueados é realizada com muita seriedade, rigidez e profissionalismo. A reportagem entrou em contato com Jane Amorin, empresária que abriria a franquia Apolar em Divinópolis. Na ocasião Jane informou à Gazeta do Oeste que prefere se preservar e não tem nada a declarar, de forma que tudo já está esclarecido na nota enviada pela imobiliária.

No dia 10 de maio de 2010, foi sancionada a lei que regulamenta o uso de outdoors na cidade. A lei que proíbe outdoors no perímetro urbano irá completar um ano, mas ainda existem muitas peças publicitárias espalhadas pela cidade e nas rodovias. De acordo com Luis Fernando Borges, gerente ambiental foi dado um prazo de um ano para que as empresas se adequassem. “A lei deu um período de um ano para as empresas se adequarem. Nós estamos no trabalho de informar. A equipe de fiscalização da prefeitura não é grande” conta Luis. No final do ano passado, dezoito outdoors foram retirados na região dos shoppings. “Ficou apenas um. Nósestamosfazendoumtrabalhode parceria,enãopenalizando.Estamos dando o prazo e a pessoa entra com requerimento e estudamos caso a

caso” conta Luis. O gerente afirma que a partir de agora será preciso entrar com medidas mais sérias para as empresas que descumprirem a lei. Nas rodovias, quem é responsável pela fiscalização é o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) que trabalha em parceira com a prefeitura.“Pela fiscalização do DER, a pena é maior, eles retiram e multam. A multa é mais pesada que do município” conta Luis. A multapodechegaratéR$900,00mais os custos com a retirada. Em edições passadas, Pedro Coelho, secretário de Meio Ambiente, afirmou que retiraria os outdoors quando os contratos dos anunciantes com as empresas acabassem, mas as propagandas estão sempre mudando. Para Luis Fernando Borges, a retirada dos outdoors e faixas deixará a cidade mais agradável.“A população precisa colaborar. Estamos fazendo isso visando uma qualidade de vida para a cidade”.

Quem tem São João de Deus Saúde tem a segurança de um plano com cobertura nacional em caso de urgência e emergência. De ser atendido em mais de 400 hospitais e clínicas em todo o país, através da Rede Abramge e das Santas Casas Unidas. Não importa onde esteja, uma coisa é certa, o São João de Deus Saúde está Sempre Perto de você. Sempre certo é ter o atendimento dos melhores médicos e profissionais de saúde. É contar com as melhores clínicas e laboratórios e a garantia do Hospital São João de Deus, um dos melhores e mais completos hospitais de Minas. Por isso, onde estiver, fique tranquilo porque estamos Sempre com você, em todo o país.

Sempre perto. Sempre certo.

Sempre com você.


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Escolas de Divinópolis precisam de segurança André Bernardes

Conferência discute alimentação saudável no município A segunda Conferência Municipal de Segurança Alimentar foca o meio ambiente e a agricultura familiar André Bernardes

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

A partir dos últimos acontecimentos em uma escola do Rio de Janeiro, o Brasil começou a repensar sobre a segurança nas escolas. Em Divinópolis, as escolas também estão desprotegidas, sem equipamentos de segurança e controle nas portarias. As portas das escolas são lugares assediados por traficantes. A falta de policiamento e de segurança própria aumentam os riscos. De acordo com Magali Estevão, diretora de uma escola pública de cidade, os profissionais e alunos estão desprotegidos. “A segurança é mínima, porque nós não temos porteiro ou funcionários específicos para isso. Na porta da escola temos interfone para atender pessoas que vêem buscar histórico, documentação. Nós nos sentimos desprotegidos” diz a diretora. O diretor de uma instituição de ensino superior de Divinópolis João Pongelupe, diz que os casos de violência nas escolas é pequeno, e que mesmo muita segurança não evitaria uma tragédia. “Comparando o número de escolas no mundo, são muito pequenos estes casos. Não é fechando a escola ou a transformando em um banco que vai evitar a tragédia na escola. Na mão de alguém que quer fazer algo de mal, qualquer coisa rotineira pode se tornar uma arma” afirma. A faculdade de João

Os alunos precisam notificar a direção da escola quando notarem alguma atitude suspeita

conta com segurança terceirizada que monitora a entrada de alunos e faz a ronda no campus. “A possibilidade de uma pessoa fora do normal cometer um atentado é atípica. Mesmo tendo ronda na porta da escola, quem o impediria de atirar no rondante e entrar na escola?” questiona o diretor. Ele ainda afirma que as escolas estão perdendo o foco de ser um lugar de ensino. “As escolas perderam o foco, pois estão abrindo para atividades da comunidade. È bom pela integração, mas é ruim, pois a rotatividade de pessoas nas escolas é muito maior” diz Pongelupe. Na escola de Magali, existe esta rotatividade da comunidade dentro da escola, e ela afirma que é prejudicial. “Nossa biblioteca é comunitária, tem que atender as pessoas do bairro. Nos finais de semana a segurança é ainda mais frágil. Nossa escola é invadida

todo final de semana por pessoas que querem usar a quadra, danificam nossa escola, quebram as janelas. Falta uma cerca elétrica, os muros são baixos” conta a diretora. Os dois diretores orientam aos alunos que notifiquem a direção da escola quando notarem alguma atitude suspeita de algum aluno. A família também pode colaborar para esta segurança. “Nós temos pessoas com problemas psiquiátricos no meio da gente. São tratadas como normais, mas não são. Nós convivemos com pessoas muito caladas, introvertidas e acham que é timidez e não é” diz Magali. Nas escolas de ensino básico e médio, o uniforme, que muitas vezes é criticado pelos alunos, é uma importante ferramenta de segurança. “O uniforme é uma meio de segurança, pois sabemos

quem é aluno e não é. As portas das escolas são muito assediadas por traficantes. Nós temos que observar o que acontece em nossa volta” diz Magali. Ronda escolar Na semana passada a Polícia Militar criou a ronda escolar, que visa levar mais segurança àa porta das escolas. O programa é de nível estadual e pretende interagir professores, pai e alunos. De acordo com o Coronel Júlio Teodoro, será criada uma rede de alunos, semelhante à rede de vizinhos protegidos. “A PM lançou a patrulha escolar. É um portifólio de serviços que toda a PM do estado terá que ter. Serão no mínimo duas em Divinópolis. A patrulha realizará um trabalho amplo com os alunos e diretores e criando a rede de alunos e escolas protegidos” conta.

Páscoa sem chocolate Opções para quem não gosta ou tem alergia ao doce Sarah Rodrigues

Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

A Páscoa está chegando, e o que mais se vê por aí são os decorados ovos de páscoa. Existem ovos de todos os tamanhos e preços, várias marcas e modelos. Entretanto existem aqueles que não gostam de chocolate ou até mesmo têm intolerância ao doce, mas mesmo assim querem comemorar a data. A estudante Ana Carolina tem intolerância ao doce, por isso não recebe ovos de páscoa de chocolate. Ela conta que sua cesta sempre vem cheia de doces diferenciados, muito diferentes dos convencionais. A estudante ressalta que mesmo assim descobriu uma receita de um produto muito parecido como chocolate e sempre faz um ovo. “Desde que descobri o doce, sempre utilizo nesta data e também faço para toda a família e é muito mais saudável”, conta.

A vendedora mostra o produto sem lactose

Existe um produto que não é chocolate, mas é muito parecido. Ele se chama Alfarroba, visto como um substituto do doce. As vantagens é que ele não contém glúten. Leite, ovos, soja ou adoçantes artificiais. Este é o ovo de páscoa para quem tem alergia a estes produtos. O Alfarroba é um fruto de uma árvore chamada alfarrobeira sendo uma planta nativa do Mediterrâneo. Ele parece uma

vagem e sua polpa é torrada e moída como o chocolate. Outra vantagem deste tipo de chocolate em relação ao chocolate tradicional de cacau é que ele não possui cafeína e teobrina que são estimulantes. Nem todo mundo pode se alimentar com alimentos estimulantes. O chocolate de Alfarroba também não contém feniletilamina presente no cacau. Ele pode ser utilizado inclusive por quem tem alergia a leite.

Já existem ovos de páscoa feitos de Alfarroba que são ideais para as pessoas que não podem comer chocolate. SEM LACTOSE A empresária Lívia Santos tem intolerância à lactose, ela conta que na páscoa seu ovo tem que ser muito bem escolhido. “Não posso comer qualquer coisa, se as vezes como chocolate normal, logo passo mal,por isso não prefiro arriscar”. Em Divinópolis já existem empresas que vendem ovos de chocolate sem lactose, ideal para quem tem intolerância ao produto. A vendedora Amanda Ribeiro, trabalha em uma loja especializada em chocolate. Ela conta que o ovo de páscoa sem lactose, é muito vendido. “O produto não é tão procurado quanto os outros, mas por ser diferenciado a procura é muito grande”, afirma. Este tipo de produto custa em média R$ 25,00.

Para Regina Lúcia Bicalho, tecnóloga em alimentos, esta é uma oportunidade para os participantes debaterem idéias sobre alimentação saudável André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

A segunda Conferência Municipal de Segurança Alimentar acontece nesta sexta feira, 15, e visa discutir a alimentação em Divinópolis. O foco principal é meio ambiente, abordando a terra, a água e a agricultura familiar, focados no Programa Nacional de Alimentação Escolar PENAE. O tema é “Alimentação saudável, adequada e solidária, direito de todos”. A conferência será de 08h as 17h, na rua Minas Gerais nr.582. Durante o seminário acontecerão duas palestras e quatro oficinas que irão avaliar o que foi proposto no primeiro seminário. De acordo com Regina Lúcia Bicalho, tecnóloga em alimentos, esta é uma oportunidade para os participantes debaterem idéias sobre alimentação saudável. “Nós temos dois palestrantes. Um focando meio ambiente e outro agricultura familiar. Depois teremos quatro oficinas para avaliar a conferência passada e o que já está em andamento. As pessoas precisam participar para falar o que está dando certo e fazer propostas” diz Regina. Para a tecnóloga, o foco na terra e água é essencial para uma boa colheita. “Com uma boa terra e uma boa água é que nós temos uma boa alimentação. Então a gente vai focar nestes dois parâmetros” conta Regina. A conferência irá abordar a agricultura familiar. Regina conta que em Divinópolis existem poucos produtores rurais para a grande demanda. “Nós vivemos uma situação

hoje que tem lugar para vender e pouco produtor pra produzir estes alimentos” afirma. A conferência quer desenvolver métodos para conscientizar o homem do campo a produzir os alimentos. “Não adianta o homem do campo vir pra cidade e deixar de fazer o que ele fazer bem. Nós dependemos do homem do campo e precisamos educar os filhos deles da a importância deles darem sequência neste trabalho” conta Regina. A conferência é organizada pelo Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável que monitora a alimentação fornecida pelo município. “As crianças da prefeitura tem uma alimentação saudável. 30% dos alimentos nós compramos de agricultores locais. Tem muita coisa para melhorar ainda mais na área da agricultura alimentar Nós monitoramos e se tiver alguma coisa errada tem o órgão fiscalizador. Nós queremos criar políticas publicas voltadas para alimentação. Nós temos hoje aqui na cidade o Restaurante Popular, o programa de alimentação, o programa de Aquisição de Alimentos PAA, nós temos o banco de alimento” conta Regina. A tecnóloga faz um apelo para que outros municípios organizem conferências como esta. “A população precisa cobrar de seus gestores conferências como esta, pois só assim teremos um diagnóstico da alimentação em Minas Gerais” afirma. Os interessados em participar do encontro podem ligar para 3221- 9922.

COMARCA DE DIVINÓPOLIS/MG - SECRETARIA DA 5ª VARA CÍVEL - EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 30 DIAS. O Dr. José Maria dos Reis, MM. Juiz de Direito da 50 Vara Cível, desta cidade e comarca de Divinópolis, Estado de Minas Gerais, na forma da Lei, etc. FAZ SABER a todos que o presente edital, virem ou dele conhecimento tiverem , especialmente a LUIS ROBERTO FERNANDES, inscrito no CPF sob o nº 042.435.658-99 atualmente em lugar incerto e não sabido; que por esta Secretaria da 50 Vara Cível se processam os termos e autos nº 0223 10 026498-3 da Ação de Despejo Falta de Pagamento/Cobrança, requerida por TRANSCATALÃO LTDA, e por este EDITAL, CITE a parte ré, a fim de se defender ou querendo evitar a rescisão, pagar o aluguel, inclusive os que se vencerem até o efetivo pagamento e demais encargos, com juros de mora, custas e honorários do advogado do locador, tudo no valor que se apurar. Advirta-o, outrossim, que, não sendo contestada a ação, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos articulados pelo autor constantes na inicial. Prazo para defesa 15 (quinze) dias O presente edital será afixado por cópia no saguão do Fórum local e publicado uma vez no Diário do Judiciário Eletrônico. Dado e passado nesta cidade e comarca de Divinópolis, aos 22 de março de 2011. Eu,Kellen Silva Carvalho, Escrivã Judicial, o digitei e subscrevi. Dr. José Maria dos Reis, MM. Juiz de Direito. Advogada: Dra. Márcia Teles de Menezes Lacerda – OAB/MG 69.522.


08 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Divinópolis recebe projeto “Eu faço cultura” O projeto irá ensinar percussão dos diferentes ritmos brasileiros

Divulgação

O percursionista Leonardo Barbosa já dividiu o palco com artistas de renome nacional como Biquíni Cavadão, Maria Gadú e Jorge Ben Jor André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

O projeto “Eu faço cultura” chega a Divinópolis para ensinar interessados em aprender percussão. As oficinas estão acontecendo no Centro de Assistência Integral a Criança (CAIC), que fica no bairro Serra Verde. Divinópolis é a primeira cidade de Minas a receber o projeto. Por onde passa, o projeto realiza semanas culturais. Aqui na cidade, ela teve início ontem, com as oficinas de percussão, que também acontecerão hoje. Na sexta feira, os dez alunos que mais se destacarem nas oficinas

se apresentarão na Praça do Santuário com a banda Marambaia. A banda pertence ao coordenador das oficinas, o percussionista Leonardo Barbosa, que já dividiu o palco com artistas de renome nacional como Monobloco, Biquíni Cavadão, Nando Reis, Zeca Baleiro, Seu Jorge, Maria Gadú e Jorge Ben Jor. De acordo com Fred Martins, produtor do projeto, os alunos conhecerão diversos instrumentos percussivos. “O professor vai tratar diversos ritmos brasileiro e tem vários instrumentos percussivos, por onde você passa por toda essa musicalidade brasileira” conta o produtor. Os instrumentos são

emprestados pela organização do projeto. A apresentação dos alunos será às 18h. A semana cultural finaliza com o grande show da banda Biquíni Cavadão, neste sábado 16, no Hangar Music Bar. A abertura do show ficará por conta da banda Marambaia. O projeto “Eu faço cultura” foi idealizado em 2006 pela Federação Nacional das Associações dos Funcionários da Caixa FENAI. Porém, foi em 2007, por meio da Lei Rouanet, que o projeto aconteceu. “Este é maior projeto social patrocinado por pessoas físicas da história da Lei Rouanet. Então desde 2007, esse projeto já percorreu mais ou menos quarenta cida-

Por onde passa, o projeto realiza semanas culturais

des por ano, e a gente consegue promover semanas culturais em cada uma destas cidades” conta Fred. A Lei Rouanet destina o imposto de renda de pessoa física IRPF para projetos culturais. Os funcionários da Caixa Econômica Federal e da Caixa Seguros participam desta ação, a união dos empregados da Caixa mobilizou quase 14 mil empregados que, juntos, captaram mais de R$ 2,8 milhões que serão investidos na execução do projeto ao longo de 2011. Nos quatro primeiros anos de realização o “Eu faço cultura” conseguiu atingir mais de 370 mil pessoas entre participantes das oficinas, espectadores dos shows

e trabalhadores que atuaram de forma direta ou indireta com a produção do evento em cada uma das cidades. Quem assistir ao show desta sexta feira pode contribuir levando alimento não perecível, que será recolhido e repassado para uma instituição beneficente de Divinópolis. Lei Rouanet A maioria dos contribuintes brasileiros ainda desconhece que podem destinar uma pequena, mas considerável, parcela do imposto de renda de pessoa física IRPF devido, para projetos culturais. É assim que o “Eu faço cultu-

ra” leva há quatro anos arte, lazer e cultura para os quatro cantos do país. Todos os contribuintes do IRPF podem incentivar projetos culturais. Basta fazer a declaração no modo completo. Apenas projetos aprovados pelo Ministério da Cultura podem receber os valores. Antes de destinar a parcela de até seis por cento o contribuinte deve verificar se o projeto foi aprovado e se está em fase de captação. Vale lembrar que o valor da doação para projetos culturais é totalmente deduzido do IRPF apurado na declaração feita anualmente. Para quem faz a doação, o valor a pagar de imposto é exatamente o mesmo.


CIDADES 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Missão Maria de Nazaré precisa de recursos para continuar tratando de jovens dependentes de drogas André Bernardes

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Semana passada, a Gazeta do Oeste mostrou a situação dos adolescentes de Divinópolis que precisam de um tratamento para deixar as drogas. A cidade não possui um espaço adequado com tratamento direcionado para esta faixa etária, precisando encaminhar estes jovens ao serviço de saúde mental, SERSAM, que é um hospital psiquiátrico, e dependendo dos casos, mandam estes jovens para Belo Horizonte. Na matéria, citamos a chácara João Paulo II, que atende jovens dependentes químicos através de trabalhos voluntários. Agora vocês irão conhecer um pouco mais deste projeto, que luta, sem apoio municipal, para tratar dos jovens de Divinópolis que estão envolvidos com drogas. O projeto Missão Maria de Nazaré é a única entidade em Divinópolis com atendimento especializado em jovens dependentes químicos. Atualmente dez adolescentes de treze a vinte anos são atendidos na chácara João Paulo II. Mas esse número de atendimentos poderia dobrar se a entidade recebesse mais recursos. O projeto começou há dezesseis anos com o grupo de jovens Maria de Nazaré da igreja do Santuário. Em 2005, o fundador do grupo Eduardo Riveli regularizou o grupo com CNPJ e o transformou em utilidade pública, se tornando então Comunidade Católica Missão Maria de Nazaré. De acordo com o coordenador da chácara, Matheus Henrique Dias, o centro de reabilitação era um sonho antigo do grupo. “Sempre tivemos o sonho de ter um centro de reabilitação, pois trabalhamos com jovens. Em 2008, uma senhora que sabia

O coordenador do projeto Matheus Henrique e os jovens atendidos

deste sonho ligou para o Eduardo e falou que tinha uma chácara à venda que se a gente tivesse interesse ela ia comprar e passar para nós. O Eduardo falou que tinha, mas não deu muito crédito. Passou alguns meses ela ligou e disse para nós buscarmos a chave. Pegamos a chave, reformamos e em março de 2008 começamos a receber os dependentes químicos” lembra Matheus. Nestes três anos, mais de 250 jovens já passaram pela chácara. Os internos desempenham diversas atividades. Eles cuidam da limpeza da chácara, da horta e animais. Eles são disciplinados com horários para dormir, acordar e alimentar. Limites que antes eles não respeitavam. “O tratamento é de aproximadamen-

te nove meses, a gente divide em três etapas de três meses cada uma, no final de cada etapa o jovem pode ser aconselhado a ficar mais um pouco. Então o tratamento pode passar até um ano. Nós dividimos os doze passos dos narcóticos anônimos em quatro para cada etapa. Trouxemos para uma linguagem mais jovem, incrementamos com passagens bíblicas, com filmes, para fixar melhor na cabeça deles” conta Matheus. P.A. tem 14 anos. Para preservar a sua identidade, vamos chamá-lo de Bruno. Ele conheceu o crack com onze anos através de um colega e a partir desse momento sua vida tornou um caos. “Eu estava três dias na rua sem comer então eu pedi ajuda para um

conhecido que me trouxe aqui” lembra Bruno. O jovem conta que os três meses de permanência no projeto está ensinando lições que não havia aprendido. “Estou me sentido bem. Aqui eu tenho os horários certos, de dormir, acordar, alimentar, rezar. Tem o grupo de jovens que eu participo. Se eu não tivesse vindo pra cá, estaria morto ou preso” alegra-se Bruno. O tratamento do jovem dependente químico precisa ser diferenciado. “Com o adolescente é preciso um trabalho de conscientização, para que eles entendam que é preciso largar as drogas. A recuperação é eterna. Uma pessoa mais velha vê quando está perdendo a família, o trabalho, a casa. O adolescente não tem consciência que ele está prejudicando a sua vida” conta Matheus. O projeto é mantido com doações da comunidade e com trabalhos de voluntários. “Ganhamos pão, cesta básica. Fazemos almoço beneficente pra pagar as contas. A gente tem capacidade de atender até 20 jovens, mas hoje não conseguimos passar de dez, pois é o que damos conta de manter. Nós ficamos tristes por saber que temos a casa, uma lista de espera de trinta jovens e não podemos atendê-los” se entristece Matheus. Apesar de ser um problema de saúde pública, a chácara não recebe nenhum apoio do município. “A população pode ajudar como voluntários, nós temos aula de violão, grupos de oração, temos oficinas de artesanato em que eles aprendem a fazer tapetes, enfeites de natal. Temos um professor que ensina a fazer boné de crochê” conta Matheus. Quem quiser ajudar pode ligar 3212-0818 ou depositar uma doação na CC 43341-1 agencia 3113 Crediverde.

Caps- ad Centro de atenção psicossocial – álcool e drogas (CAPS-AD) trata-se de serviço de atenção extra-hospitalar, instituído pela portaria ministerial 336/02, destinado a prestar assistência psicossocial a pacientes com dependência ou uso abusivo de álcool e outras drogas, com ênfase na reabilitação e re-inserção social de seus usuários. Itaúna hoje possui o CAPS-AD, enquanto Divinópolis ainda não tem. O vereador Geraldinho da Saúde (PR), esteve na secretária de Estado de Saúde na semana passada para implementar o serviço na cidade. “Neste ponto Divinópolis parou no tempo. Nós precisamos iniciar nosso CAPS-AD para tratar dessas pessoas

que atualmente são atendidas em chácaras, que não possui um psicólogo, um psiquiatra. Não tem medicamentos” conta o vereador. Geraldinho irá exigir da secretária de Saúde o projeto do município. O CAPS-AD oferece atendimento psicológico para o usuário e familiares de acordo com idade e diagnóstico. Sobre os usuários de drogas serem transferidos para o SERSAM, o vereador afirma: “O SERSAM é para tratar de pessoas com transtornos mentais, crises, que se tratadas vivem bem. O que não podemos é misturar os dependentes químicos com o pacientes psiquiátricos, pois os dependentes estão levando a droga para os pacientes psiquiátricos também”.

saiba mais Os doze passos dos narcóticos anônimos

1º. Admitimos que éramos impotentes perante a nossa adicção, que nossas vidas tinham se tornado incontroláveis. 2º. Viemos a acreditar que um Poder maior do que nós poderia devolver-nos à sanidade. 3º. Decidimos entregar nossa vontade e nossas vidas aos cuidados de Deus, da maneira como nós o compreendíamos. 4º. Fizemos um profundo e destemido inventário moral de nós mesmos. 5º. Admitimos a Deus, a nós mesmos e a outro ser humano a natureza exata das nossas falhas. 6º. Prontificamo-nos inteiramente a deixar que Deus removesse todos esses defeitos de caráter. 7º. Humildemente pedimos a Ele que removesse nossos defeitos. 8º. Fizemos uma lista de todas as pessoas que tínhamos prejudicado, e dispusemo-nos a fazer reparações a todas elas. 9º. Fizemos reparações diretas a tais pessoas, sempre que possível, exceto quando fazê-lo pudesse prejudicá-las ou a outras. 10º. Continuamos fazendo o inventário pessoal e, quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente. 11º. Procuramos, através de prece e meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, da maneira como nós O compreendíamos, rogando apenas o conhecimento da Sua vontade em relação a nós, e o poder de realizar essa vontade. 12º. Tendo experimentado um despertar espiritual, como resultado destes passos, procuramos levar esta mensagem a outros adictos e praticar estes princípios em todas as nossas atividades.


12 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Horóscopo Fase positiva para a realização de negócios além de suas condições monetárias, mas muito propício ao seu progresso profissional, moral e social. A pessoa amada estará disposta a ajudá-lo. Procure fazer uma viagem curta para sua distração.

FABIANO TOLENTINO & PAULO mARIUS tv@campoenegocio.com

Não deixe de olhar e zelar pelo bem de seus familiares e não fuja das suas responsabilidades e problemas. Impulsionado em descobrir suas verdadeiras aptidões e transformar o próprio ambiente, sua percepção estará apurada na conquista de novos horizontes.

Esta é uma fase em que terá muito sucesso ao tratar com autoridades civis e na solução de seus problemas profissionais, financeiros e pessoais. Fará poucas amizades, mas será bem sucedido.

Momento negativo para os negócios, para tratar de assuntos jurídicos e mudanças, de um modo geral. Neutro para os casos sentimentais e um tanto quanto ruim para viajar. Cuide da saúde e procure se precaver contra acidentes.

Seu desenvolvimento mental e profissional será notável, juntamente com as relações importantes que pretende fazer. Todavia, evite iniciar novas amizades e confiar demasiadamente em pessoas estranhas.

Cuidado neste período, para não perder a confiança das pessoas que são extremamente importantes para você. Lucros através do conjugue ou associações estão previstos e o trabalho renderá o necessário para deixá-lo feliz.

Procure manter seu estado de ânimo mais calmo e otimista, neste e nos próximos dias para que não venha a sofrer prejuízos e embaraços. Êxito nos estudos, pesquisas e exaltação psicológica. Neutro ao amor.

Viver em paz e sem perturbação será muito importante agora. Para que tudo isso aconteça, evite participar de intrigas e rivalidades com quem quer que seja. Felicidade no amor e nas diversões. Muita sensualidade e romantismo poderão marcar a sua vida afetiva.

PROGRAMA DIA 08 DE ABRIL

Devido ao bom aspecto de Mercúrio em seu Horóscopo poderá progredir bastante, profissional e socialmente. Lucrará no comércio de livros e material de ensino. Êxito romântico e paz familiar. Esta fase poderá marcar mudanças em seu visual.

O último programa C&N, realizado no dia 08-04, foi prestigiado com a presença do proprietário da Agrodil, Darwin. O publicitário Gustavo Bicalho também esteve presente para explicar ao telespectador sobre o “Prato Rural” que acontecerá em breve nas comunidades rurais de Divinópolis.

Darvin, Fabiano Tolentino, Sarah Tolentino,Fabiana Bicalho, Gustavo Bicalho, Paulo Marius,Juliana, Edu, Jhony, Lucas

PALESTRA DE EQUINOS

O Núcleo Oeste Mineiro dos Criadores do Cavalo Campolina, NOC, em parceria com a Casa do Adubo, promoveu palestra na última terça, ás 19:30h no Sindicato Rural de Divinópolis. O tema foi a Conformação Ideal para um cavalo de Sela de marcha. O Palestrante foi o assistente técnico de Equinos da Guabi Nutrição Animal José Maria Maciel de Souza. Compareceram mais de 50 pessoas que puderam trocar experiências sobre o assunto.

Charles, Gilmar e Jarbas

Graziele e Ricardo do Haras 3R

Jose Maria, Juraci, Ratinho e Pedro

Ronaldo Pão Legal e Rodrigo

Não é um período totalmente favorável no trato dos assuntos relacionados com dinheiro, mas muito bom para entabular negócios e obter novos conhecimentos profissionais, para serem postos em prática brevemente.

Fase em que poderá entrar em choque com pessoas conhecidas. Evite-as. Por outro lado, o sucesso profissional e amoroso será evidente, bem como as chances de elevar-se socialmente.

Algumas perturbações passageiras em relação aos filhos estão previstas no período. Aja com calma e autoconfiança, que tudo tende a dar certo. Melhora da saúde e das chances gerais. Seja mais ponderado.

Leilão no Haras Porto Rico

Prova de marcha em Carmo do Cajuru

Vejam as fotos do 5º Leilão no Haras Porto Rico realizado no último sábado (09-04), em Florestal, onde os criadores do Núcleo do Oeste de Minas adquiriram vários animais. O deputado estadual Fabiano Tolentino prestigiou o evento.

O Programa C & N acompanhou a prova de marcha que foi realizada no último Domingo (10-04), em Carmo do Cajuru. Mais de 200 cavaleiros competiram em várias categorias provando que o mercado de cavalos de marcha está aquecido.

Gledson, Júlia, Dênis Fagundes e Ronaldo Tolentino

Apresentadores do Programa C&N e organizadores do Evento, José Carlos e Merê

Inaldo, Ronaldo Tolentino, Dã, Evando Lara, Sarah Tolentino, Fabiano Tolentino, André Lara

Apresentadores do programa C&N com Denilson, Sayonara e seu filho

Júlia Amaral e Dênis Fagundes

Fabiano Tolentino e participantes

www.campoenegocio.com.br tv@campoenegocio.com


VARIEDADES 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

TURISMO

Requinte e glamour no Conrad

Conrad está entre os endereços mais elegantes de Punta del Este

Para os turistas apaixonados por emoção, altas doses de requinte e glamour, o Conrad Punta del Este Resort & Casino tem oferecido o pacote Crazy Roulette. Aliando lazer 5 estrelas a um glamouroso Resort & Cassino, com culinária internacional, além das belezas inesquecíveis do fascinante e luxuoso balneário de Punta Del Este, o pacote é destinado aos amantes do jogo de roleta. O programa tem custo de US$1.088 (single), U$849 (double) ou US$799 (triple) e inclui 4 noites em apartamento superior, passagem aérea (partindo de São Paulo), traslado, café da manhã no restaurante Las Brisas, degustação do fantástico buffet, acesso diário ao spa (sala de musculação, sauna, piscina, sala de relax, jacuzzi e quadra de tênis), US$50 de crédito em power play para jogar e torneio de roleta grátis com US$10.000 em prêmios, fortalecendo o sedutor conceito de lazer e sofisticação proporcionados pelo resort. Sobre o Conrad Punta del Este Localizado em Punta del Este, um dos mais belos destinos da América Latina, o Conrad Resort & Casino oferece serviços sofisticados e atendimento personalizado. Inspirado nos grandes hotéis

cassinos de Las Vegas, o Conrad dispõe de 296 apartamentos, projetados para acomodar os mais diversos perfis de hóspedes. Entre eles, estão as 24 suítes de varanda ampliada, de onde pode ser observado um panorama privilegiado de todo o litoral da região. O hotel oferece serviços completos, incluindo conveniências como caixas eletrônicos, lavanderia, serviço de quarto 24 horas, cabeleireiro, conciergeria especializada, centro de recreação e reservas de carros e passeios. Aberto 24 horas, o cassino do hotel é considerado o maior e mais importante da América Latina, sendo o único centro de jogos privado de todo o país. Visita obrigatória para amantes do jogo, é o único cassino no estilo de Las Vegas na América

Piscina com borda infinita

do Sul. Operado por Caesar’s Entertainment – uma das empresas de jogo mais importantes dos Estados Unidos – o cassino ocupa uma superfície total de 3.400 m2, dois clubes Vip para clientes exclusivos e a única sala de Texas Hold’em Poker da região. Diferentes escolas gastronômicas se encontram nos quatro restaurantes do hotel. O Las Brisas Café Terrace traz o melhor da cozinha contemporânea, dentro de um ambiente que lembra um autêntico lounge californiano. O Manjares oferece uma opção mais rápida e funcional, através de um buffet internacional de enorme variedade. Uma autêntica Parrillada uruguaia é preparada todas as noites nas grelhas a céu aberto do Gaucho´s

Pool Grill & Bar. A alta gastronomia é representada pelo Saint Tropez, dentro de um ambiente sofisticado e elegante, com cardápio exclusivo, elaborado por chefs renomados, acompanhado de uma carta de vinhos criteriosa e consistente. O spa do Conrad oferece um verdadeiro templo para o bem-estar físico e mental dos hóspedes do hotel, com piscina exterior e interior climatizada, jacuzzi, quadras de tênis, banho de vapor, sauna, cama solar, área de relax com hidromassagem, cabeleireiro e uma ampla sala de exercícios com vista para o mar, além de relaxantes tratamentos corporais e faciais. O Centro de Convenções do Conrad é o maior da América do Sul. Abriga até 5 mil pessoas e tem nove salas completamente equipadas

para a realização de congressos, conferências e seminários. Conta também com um teatro onde são apresentados espetáculos de nível internacional todos os finais de semana, ballroom para jantares de

gala e galeria comercial com lojas de marcas prestigiosas como a Tiffany & Co. Para as crianças, o Resort oferece o Kid´s Club, que conta com uma equipe de profissionais especializados em recreação infantil.

PANTANAL COM BONITO E BARRA BONITA Uma deliciosa e inesquecível viagem de ecoturismo, Respeito ao meio ambiente, interação com a natureza e cultura regional, é o que a EXPERIENCETUR VIAGENS E TURISMO quer lhe proporcionar. Casais e professores(as) seguirão em grupo no dia 16 de julho/11, aproveitem as ultimas vagas! Fale com Nene ou Kelly na EXPERIENCETUR VIAGENS (37) 3214.7759 ou email: experiencetur@experiencetur.com.br AV 21 DE ABRIL, 678 LOJA 101 – CENTRO – DIVINOPOLIS/MG

SÃO PAULO CULTURAL

MUSICAL “MAMMA MIA” Cassino no melhor estilo Las Vegas

GP Brasil de Fórmula 1 - 24 a 27 de Novembro Ôniubs double decker saindo de Divinópolis 2 diarias no Hotel Sheltown 4 * Ingresso para 3 dias Setor A Preço do pacote por pessoa 10 pagtos de R$ 148,00

De 20 a 22 de Maio de 2011 INGRESSOS LIMITADOS. GARANTA JÁ SEU LUGAR

Rua Rio de Janeiro, 332 - Centro Tel: (37) 3216-0600 - www.escalaviagens.com.br


14 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Paulo Henrique

psproducoesdivi@yahoo.com.br

Biquini Cavadão trará seus grandes sucessos a Divinópolis

Adair Cardoso lança seu mais novo CD amanhã na Lux Lounge com Camarote Esgotado

Agenda Hangar Music Bar

Quinta-Feira 14.04.11 Tekilas Só Pinta Dj JP Sexta-Feira 15.04.11 Estará fechado Sábado 16.04.11 Biquini Cavadão Dj Daniel Fernandes Dj JP Informações: 37-3222-6665 www.hangarmusicbar.com.br

Babilônia Show Neste sábado (16), Biquini Cavadão no comando de Bruno Gouveia, sobe ao palco do Hangar Music Bar, para fazer uma super apresentação. O show vai contar com os grandes sucessos da banda, incluse músicas do último álbum, e também músicas inéditas para o público ir ao delírio. Biquini Cavadão sobe ao palco a partir de 23:59. Quem anima a galera antes e depois do show são os Djs Daniel Fernandes e JP. Informações: 37-3222-6665 ou www.hangarmusicbar.com.br

Natiruts faz show na Girus em Pará de Minas

Amanhã sexta-feira (15), o cantor sertanejo Adair Cardoso, lança seu mais novo CD, na casa de shows Lux Lounge em Divinópolis. O evento contará com a abertura da cantora Lia, que vem direto do Rio de Janeiro para participar do lançamento do novo projeto de Adair. E também vai ter participação especial da dupla divinopolitana Fausto & Flávio. Informações sobre preços e horário do show, ligue: 37-3221-0207. ou acesse: www.luxlounge.com.br. Saiba mais sobre o cantor no site: www.adaircardoso.com.br.

Só na Curtição

A banda de reggae Natiruts fará neste sábado (16), um show na cidade de Pará de Minas na boate Girus Disco Show. No show, o grupo de Brasília tocará as canções mais conhecidas do repertório, como: ‘Sorri, Sou Rei’, ‘Povo brasileiro’, e outras, além da nova música de trabalho “Você me encantou demais”. No site oficial da banda você pode escutar as canções do novo álbum, além de baixar entrevistas e muito mais. Não esqueça, o Natiruts se apresentará neste sábado (16) em Pará de Minas, na Girus Disco Show, a partir das 22h. Vale a pena conferir. Informações: 37-3231-6633 ou acesse: www.girusdiscoshow.com.br

Lavras Folia divulga nomes para 2011

O Lavras Folia foi eleita uma das 20 melhores festas do Brasil, evento realizado todo ano pela DW Promoções na cidade de Lavras/MG, que confirma shows para o evento de 2011. Na programação da festa, já está confirmada a presença de Chiclete com Banana, Alexandre Peixe, Tomate, Cheiro de Amor e Timbalada. Ainda tem mais bandas a serem divulgadas. Informações sobre o evento, acesse: www. lavrasfolia.com.br

PointBeer10Anos Quinta-Feira 14.04.11 Banda Quinto Horário Banda Yeah Van Hell Banda Monakers Dj Residente Sexta-Feira 15.04.11 Aldeia de Baal Dj Residente Sábado 16.04.11 Banda Fora de Curso Banda Nameless Banda Setembro Negro Dj Residente Domingo 17.04.11 Festa do Xokkito Banda Batukerer Banda Akira Dj Residente Informações: 37-3213 4929

Lux Lounge

Bruno, integrante da Banda Tekilas, curtindo o show do U2 em São Paulo ao lado de sua namorada Flávia

Calourada Faced traz as melhores bandas, e com presença da galera mais bonita

Amanhã sexta-feira (15), acontece mais uma edição da “Calourada Faced”. O evento vai ser realizado na sede campestre do Divinópolis Clube, e conta com uma programação musical diferenciada. Quem vai esquentar o público no “Palco Piscina” são: Thales & Rafael, U2 cover de São Paulo e a banda Bartucada. No “ palco quadra “ terá um grande show com a banda Lex Luthor. Os ingressos estão disponíveis na Tribo Urbana e Sorveteria Slep, no valor de R$ 30,00. Os portões serão abertos a parti das 21h. Mais informações ligue: 37-3216-0816

Sexta-Feira 15.04.11 Cristiano e Raphael Markos Moura e banda Boate Sander Sound Sábado 16.04.11 Baile dos Separados Banda GM3 Boate Costa produções Informações: 37-3222-5055 www.babiloniashow.com.br

Sexta-Feira 15.04.11 Adair Cardoso Dj Taty Mesquita Sábado 16.04.11 Breno Costa Dj Taty Mesquita Informações: 37-3221-0207 www.luxlounge.com.br

Girus Disco Show

Sábado 16.04.11 Natiruts Tekillas Tom Nascimento DJ Blau DJ Coruja DJ Geninho Informações: 37-3231-6633 www.girusdiscoshow.com.br Fabinho Cunha, Christiane Kit, Elias Costa, Renata Silva e Fabiana Cunha entrando no Estádio do Morumbi para curti o show de U2 em São Paulo

A coluna não se responsabiliza por eventuais alterações na programação

Sugestões e críticas: psproducoesdivi@yahoo.com.br | Twitter.com/phnovafm De segunda a sexta-feira, de 12:00h às 17:00h ao vivo pela Rádio Nova FM


VARIEDADES 15

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Entrevista da Semana

“Meu objetivo político imediato é de tentar fazer com que o sistema se consolide e se fortaleça no município” Liziane Ricardo

liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br

Qual é a sua metodologia ou processo de trabalho? Todos os meus processos de trabalho se colocam de forma muito democrática, gosto de trabalhar descentralizando ações, comprometendo os trabalhadores e tenho para mim que os trabalhadores de carreira sustentam as políticas públicas. Portanto, os processos políticos funcionam como um grande apoio para quem está conduzindo a política. Gosto muito do que faço e tenho o compromisso com o serviço público e me sinto sempre acolhido por Divinópolis.

da saúde, com a construção do Hospital Regional, Upas e Unidades de PSF, a entrada de muitos trabalhadores e estudantes com a chegada do campus da UFSJ-Dona Lindu, e isto modifica relações, além do fortalecimento do Conselho Municipal de Saúde.

Liziane Ricardo

Partindo do setor da saúde para o Desenvolvimento Social, é possível fazer uma relação entre os dois setores? Ou não se deve considerar que foi uma mudança muito drástica de dois setores bastante demandados? O interessante do Desenvolvimento Social é que o processo é mais democrático, uma vez A Semusa e suas ramifi- que trabalhamos conduzindo cações como a Atenção sistematicamente os projetos aulo dos Prazeres: Graduado em Psicologia Primária estão em sempre junto da população.É uma pela UFMG, servidor público concursado desde 1994. Foi convidado para assumir a coordenaem grande evidência. Quais relação quase direta e já na ção de recursos humanos, passou a organizar a monforam as dificuldades Semusa, esta relação é mais tagem do Serviço de Saúde Mental (Sersam). É mestre enfrentadas nesta secre- intermediada pelos Conselhos em Gestão e Planejamento, e professor universitário. taria? de Saúde e lideranças alocadas Desenvolveu trabalhos ligados à saúde mental, no O Sistema Único de Saúde nas várias regiões. Já aqui a deúltimo governo tomou conta da Referência Técni(SUS) tem uma problemática mocracia é um pouco mais dica de Saúde Mental, e na atual administração foi bem colocada que reta, a fiscalização convidado a participar da diretoria da Atenção Prié a do financiamendos serviços que a “Muitos dos nossos mária da Saúde. Na segunda-feira (4) de abril foi noto. A outra que é pasecretaria oferece meado pelo prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) para pel da gestão local trabalhos são feitos é feita diretamente assumir a Secretaria de Desenvolvimento Social. é o gerenciamenvia convênio” pelos conselhos. É to do sistema, e é isto que diferencia preciso provocar uma secretaria da legislação,pois, entendemos sos do Estado, da União e na no trabalhador o comprome- outra. Portanto, ambas têm que o SUAS não funciona se maioria dos casos com recursos timento com o trabalho e com relação, pois já na diretoria da não tiver pessoas empenhadas do município faz parte de uma a política de Estado, ou seja, a Atenção Primária nós ajuda- e acreditando na capacidade articulação destas entidades, no política do SUS. Portanto, acho mos no fomento do programa destas pessoas de intervir no qual é feito pelos servidores do que o reaquecimento da impor- Bolsa Família, e ao destacar processo das crianças, ado- Desenvolvimento Social. O que tância da secretaria e da Aten- uma servidora para lescentes, idosos e é necessário é o ato de aumenção Primária no processo de ajudar o programa, mulheres. Ou seja, tar a visibilidade da secretaria e “Hoje a secretaria cuidar da população também nós conseguimos pessoas em situ- a percepção do município para são problemas identificados no que os indicadoação de vulnera- que a pasta modifique a vida da conta com setor, que salvo em 1996, teve res melhorassem e 126 servidores bilidade social. A população. o apoio com investimentos na facilitassem para o intervenção é que a concursados, Atenção Primária, e novamente Desenvolvimento política vem defini- Alguns dos nomeados tem os demais são na atual administração houve Social. Este enconda pelas conferên- vínculos políticos. No seu conveniados às cias nacionais de caso há algum interesse um segundo investimento. Nós tro destes dois sisinstituições” estabelecemos pelo plano dire- temas é muito visíassistência social, político para o futuro, ter tor de Atenção Primária a Saúde vel e factível, outra talvez se há algu- maior visibilidade ao ocuuma gestão democrática, que secretaria que vem ma modificação é o par a Secretaria de Desenemplacava na participação do de encontro é a de Educação, e fortalecimento e também uma volvimento Econômico? maior número de trabalhado- então temos uma idéia de orga- tentativa de visibilidade desta Não! Sou filiado ao PSDB, res o impacto ficou um pouco nização e aproximação. política. Muitos dos nossos tra- mas sou funcionário de carreiprejudicado, mas acho que a balhos são feitos via convênio, ra, todos os anos desde 1994 fui secretaria colherá os frutos A secretaria de Desenvolvi- hoje a secretaria conta com convidado por prefeitos de todeste processo agora, enfim. A mento Social tem subdivi- 126 servidores concursados, dos os matizes para ser cargo de maior dificuldade mesmo era a sões, há alguma mudança os demais são conveniados confiança, tenho uma caractequestão do financiamento e de que você pretende aplicar? às instituições. Dos R$ 11,5 rística de tratar com muito rigor uma secretaria que necessariaDevemos trabalhar quase milhões destinados ao Desen- as legislações. E parto do promente tem que se modernizar que imediatamente a capaci- volvimento Social, 80% são fundo respeito da Constituição para dar conta da tarefa que tação dos trabalhadores, ca- recursos próprios do município. de 1988, e costumo dizer que ela tem. A cidade está sofrendo pacitação dos conselhos espe- As pessoas não percebem que o negociamos sempre a partir da muitas modificações na área cialmente do ponto de vista da governo municipal com recur- constituição que foi um marco

P

de democratização e inclusão este ano ou algo que está social, além de ser um marco de sendo preparado especialpossibilidade de gestão pública. mente para o Centenário? Então, eu nunca trabalhei como Estamos agora instalando primeiro objetivo a política, um colegiado de gestão, e toda mesmo sabendo da confiança quinta-feira pela manhã ireque o prefeito tem comigo. mos nos reunir para discutir No entanto, tento os caminhos para responder com a o próximo ano, ser mesma confiança, feita a gerência da “Dos R$ sou amigo do Vladisecretaria. Uma 11,5 milhões mir, e me aproximo grande novidade destinados ao da mesma tese que implantada é a Seele (o prefeito): dar Desenvolvimento cretaria Adjunta Social, 80% são Anti-drogas e de proteção a família sistematicamente. recursos próprios Direitos Humanos. Meu objetivo polído município” Esta ligação que tico imediato é de o governo colega tentar fazer com entre as duas seque o sistema se consolide e se cretarias nos indica que no fortaleça no município, mas se Desenvolvimento Social do houver alguma consequência município o enfrentamento da disto, estou aberto para viver o droga faz parte do processo. É que a vida oferecer, desde que muito interessante termos esta algumas questões particulares adjunta com a tarefa humanista não sejam afetadas! Não é meta de abordar uso de álcool, uso minha nenhuma candidatura! e abuso de drogas que tem haver com o desenvolvimento Recentemente foi apresen- humano. Ressaltando que não tada uma denúncia rela- somos aqueles que executarão cionada à secretaria de as ações, pois o cuidado do doDesenvolvimento Social, ente é na Semusa, mas temos a da qual já foi apresentada tarefa de coordenar estas ações. uma representação junto ao Ministério Público. Você Qual é sua leitura perante já tem conhecimento do a nova tarefa assumida no fato e o que pretende fazer Desenvolvimento Social? em relação ao caso? Esta nova tarefa para o muTecnicamente esta repre- nicípio, é importante demais sentação está sustentada do para a população, pois, as pesponto de vista da ética e do soas devem entender que o ponto de vista do cuidado dos Desenvolvimento Social faz trabalhadores desta secretaria. parte da construção de uma Iremos responder ao Ministério cidade melhor, não é possível Público, vamos dialogar com o as pessoas não entenderem Conselho de Assistência Social, que se não investirmos nos abrir diálogo com Desenvolvimento a Câmara e vamos Social, crianças “Não é meta apresentar todos os podem ser feridas documentos possíminha nenhuma por causa de um veis e necessários candidatura!” pequeno roubo para a boa apresende um tênis, por tação da secretaria. exemplo. Esta é a Então a princípio estou tranqüi- concepção que trazemos, pois lo, a denúncia não faz parte do melhorando a vida das pessoas momento de gestor, mas estou em situação de vulnerabilidade bastante tranquilo, pois os téc- social significa melhorar a vida nicos em reunião interna já me da população num todo! A garantiram que não há proble- minha responsabilidade como ma com isto, e se houver vamos condutor é de fortalecer a orgaconduzir dentro da prática de nização da sociedade em torno gestão, apurando os fatos e das famílias, sabendo que a cuidando de não ferir pessoas cidade tem problemas todos os injustamente buscando trans- dias, mas todos os dias estareparência, justiça e legalidade. mos disponíveis, eu e a equipe da secretaria para intervir numa Há algum projeto social direção que possa diminuir novo a ser desenvolvido estes processos.


16 POLÍCIA

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Policiais Civis fazem paralisação para reivindicar seus direitos marciel.muniz@gazetaoeste.com.br

A Polícia Civil de Minas Gerais realiza nesta semana, entre os dias 13 e 15, uma paralisação em prol de melhorias salariais e condições de trabalho. A paralisação teve início na manhã desta quarta (13), segundo informações de policiais civis a pequena greve deve se estender nesta quinta (14). Amanhã sexta feira (15) todos os membros da corporação irão fazer doação de sangue no Hemominas.Posteriormente todos ganharão folga de trabalho fazendo valer mais um dia da paralisação.

Melhores condições de trabalho tanto na parte de serviço de logística como na parte estrutural das delegacias. E inclusive um local adequado para serem feitas as vistorias de veículos do município.Os policiais destacam a falta de infraestrutura que o governo do estadual oferece, a escassez de recursos humanos, número insuficiente de policiais, prédios e instalações a maioria em estado de precariedade. Essas são algumas dentre várias das reclamações feitas pelos policiais civis de todo o estado de Minas Gerais. Segundo Eduardo Paulo, investigador da Polícia Civil

Marciel Muniz

Marciel Muniz

Policiais se reúnem durante a paralisação

Acidente deixa três vítimas fatais e duas em estado grave Os ocupantes de um dos veículos envolvidos eram surdos mudos

de Divinópolis, nenhuma das reivindicações postas pela categoria foram atendidas. ”Estamos reivindicando também a questão salarial, pois a lei nos equiparou aos médicos legistas e peritos. Entretanto até o momento nenhum diálogo foi feito para serem vistos os termos desta equiparação. A distância salarial entre as categorias é muito grande, estamos reivindicando essa situação em termos de salário”, relata o investigador. A delegacia de Polícia Civil de Divinópolis ira atender somente a casos de flagrante, os demais casos terão que esperar pelo fim da paralisação.

Carreta carregada de carvão tomba na MG 050 Marciel Muniz

Marciel Muniz

A carreta carregada de carvão não suportou o peso da carga e tombou ao fazer uma curva

Com a violência do acidente um dos carros envolvidos ficou praticamente destruído Marciel Muniz

marciel.muniz@gazetaoeste.com.br

Uma batida entre dois veículos na Br 494, km 54 vitimou três pessoas.O acidente ocorreu próximo ao distrito de Marilândia envolvendo um veiculo Chevrolet Corsa Wind com placa de Divinopólis-MG e uma caminhonete Ford F1000 da cidade de Santana do Jacaré . Segundo informações de testemunhas o condutor do Corsa estava dirigindo sentido Divinópolis/Carmo da Mata quando perdeu o controle da direção do veículo, rodou na pista colidindo violentamente contra a caminhonete que vinha na direção contrária. Com a violência da batida a caminho-

nete foi arremessada para fora da pista e o Corsa ficou totalmente destruído. Ao todo sete pessoas foram envolvidas no acidente, cinco no Corsa e duas na caminhonete Ford F1000. Dos ocupantes do Corsa faleceram no local Daniela Aparecida Tirola e Renato Carlos Ferreiras de 38 anos; William Ávila Rodrigues 34 anos foi encaminhado por terceiros para o Pronto Socorro Regional com ferimentos graves, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer durante o percurso. Já a passageira Najara Sales Gandolso 24 anos foi encaminhada ao Hospital São João de Deus e seu estado clínico é estável. Nilton César Reis 40 sofreu ferimentos graves e faz tratamento também

Bombeiros retiram vários destroços que ficaram espalhados pela pista

no HSJD. Angelina Gonçalves Ferreira 23 anos sofreu ferimentos graves e se encontra no Pronto Socorro. A moça estava era passageira da caminhonete, que era conduzida por Ângelo Márcio de Souza 37 anos, que sofreu apenas leves escoriações. Segundo o Cabo Vanderson Bastos dos Santos do Décimo Batalhão de Bombeiros Militar (10º BBM) o acidente ocorreu por volta das 8 da manhã. Ao chegar ao local do acidente foram encontradas duas vítimas já sem vida, que estavam no veiculo Corsa. De acordo com relatos do Sargento Rinaldo Jose da Silva da Polícia Rodoviária Estadual (PMRE) as vítimas que estavam

no veículo Corsa eram surdos mudos .“Esse pessoal migra entre cidades vendendo panfletos de projetos voltados a deficientes como mudos e deficientes auditivos .”esclarece o Sargento. Os veículos ficaram totalmente destruídos com o impacto da batida e houve vazamento de combustível na pista, que foi contido com terra pelo Corpo de Bombeiros. Populares usaram extintores para evitar uma iminente explosão do veículo. O local do acidente ficou interditado por mais de duas horas até a retirada dos corpos das ferragens. O perito técnico da Polícia Civil Adão José da Rocha esteve no local para averiguar as condições em que o acidente ocorreu.

Homens trabalham para recolher a carga e retirar a carreta da pista Marciel Muniz

marciel.muniz@gazetaoeste.com.br

Uma carreta que fazia o transporte de uma carga de carvão tombou na manhã da última terça-feira (12) na MG 050, próximo ao km 123.A carreta vinha sentido Divinópolis, onde faria a descarga em uma siderúrgica da cidade. Ao executar uma curva mais aberta, a carga da carreta pesou, deslocando toda a traseira do

veículo para o lado de dentro da curva, ocasionando o acidente. O condutor do veiculo sofreu apenas leves escoriações. A causa do acidente pode ter sido o excesso de peso na carga transportada pelo veículo. Agentes da concessionária Nascentes das Gerais estiveram no local juntamente com a Polícia Rodoviária para sinalização e limpeza da pista, que ficou interditada durante toda a manhã até a retirada da carreta do local.


ESPORTES 17

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Estádio Municipal pode nascer hoje

Luciano Eurides

Estádio Waldemar Teixeira de Faria resiste ao tempo sendo palco de grandes partidas de futebol, especialmente do Guarani LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A torcida do Guarani vive uma ansiedade muito grande com o assunto estádio municipal de Divinópolis. A vontade de um novo estádio não é nova, mas o fato de Nova Serrana ter anunciado aos quatro cantos a construção de uma arena para 20 mil pessoas fez uma enxurrada de críticas recair sobre a Princesinha do Oeste. Hoje, o prefeito municipal de Divinópolis, Vladimir de Faria Azevedo (PSDB), fará uma reunião com a KPMG, especialista em Parceria Público Privada (PPP), para ver a possibilidade do sonho do torcedor se tornar uma realidade. Para o gestor público é necessário valorizar o time do Guarani. “O Guarani é um patrimônio de Divinópolis. Vamos chegar ao centenário com o Guarani fazendo 87 anos. Uma coisa forte

no futebol é a tradição, a ligação do time com a cidade na qual está inserido. Tivemos times que caíram de paraquedas na cidade e outras histórias nesse sentido. Que não têm sustentabilidade. Já fui ao Farião de mãos dadas com meu pai que jogou no juvenil do Guarani, irei de mãos dadas com meu filho e eu joguei no infantil e juvenil. Essa sequencia de gerações faz com que a tradição fique muito forte no coração dos divinopolitanos, então o Guarani é uma paixão e um compromisso. Podem consultar os presidentes Carioca e Edilson, sou o prefeito que mais investe no Guarani. Estivemos presentes em todo os sentidos junto ao time”, disse. Quanto ao estádio, para o prefeito, pelo menos no momento o Waldemar Teixeira de Faria comporta o público que comparece aos jogos. “Minimizamos os problemas do estádio do Guarani, não é municipal, é

particular, feito há cinco décadas atrás, à beira do rio e hoje é área inundável, existe uma nova legislação e não dá mais para enfrentar esse tipo de coisa. Funcionou, em termo de público atendeu, não houve uma saturação de gente de fora querendo assistir. Vamos partir para uma Arena Multiuso em Divinópolis, me reúno com a maior especialista em PPP do mundo e isso é fruto da minha viagem ao Reino Unido. As coisas começam a se moldar. Conseguimos novos parceiros, o Supermercado BH foi um deles. Aguardamos a sucessão da diretoria e será harmoniosa. Unido já é difícil, se dividir fica impossível”, disse o prefeito. Com relação a uma comparação entre Nova Serrana e Divinópolis o prefeito disse ser uma questão de prioridade. Para ele o estádio pode esperar e assim não se tornar um elefante branco. “Eu defendo que todas

as cidades busquem suas prioridades e objetivos. Eu tratei como prioridade número um o hospital. Uma visão de governo e ele está em obras. Primeiro salvar as vidas e Divinópolis é uma cidade polo, atende toda a região. Temos de refletir. América e Democrata na Arena do Jacaré tinha 682 torcedores. Com o Independência ficando pronto, o que ficará na Arena? No Farião temos capacidade para menos de cinco mil torcedores, mas em quantos jogos tivemos ele lotado e com pessoas de fora, somente quando recebemos Cruzeiro e Atlético, um deles vem aqui uma vez no ano. Por isso não pensamos em um grande estádio e no futuro ele se tornar um elefante branco. O prefeito de Varginha, Eduardo Corujinha, é meu amigo e ele fala em pôr uma rodinha no estádio municipal (Melão) e puxar para Divinópolis. Temos de entender, e defenderei na reunião, um

espaço para convenções, shows, eventos e futebol. Uma Arena que comporte vários espetáculos e não um elefante branco e que o divinopolitano possa usufruir de várias óticas, tanto quem gosta de futebol, quando quem gosta de show de rock. Mais importante que ter estádio é ter time e tradição. Isso temos e temos o Farião que atende a demanda de público ali colocada e bem ou mal é o que nós temos e daremos o novo passo de forma sustentável”, ressaltou.

a prefeitura tinha um dinheiro que era um terço do custo. Tinha R$150 mil, a coisa custa quase R$500 mil, não resolve o problema. O terreno foi escolhido no meio do Centro Industrial, está errado. Fizemos uma discussão com a diretoria do Guarani e teve umas ‘tuitadas’ erradas por parte por parte de gente do Twitter, uma desinformação, a própria diretoria entendeu que devia mudar o terreno e em harmonia procuramos um novo local, possivelmente no bairro Del Rei Primavera. E vamos fazer o CT e contamos com o apoio dos deputados de forma efetiva com as verbas necessárias”, esclareceu.

CENTRO DE TREINAMENTO Desde o mandato do ex-presidente José Maria Carioca a construção de um Centro de Treinamento (CT) se tornou uma utopia. O tempo passando e nada do local específico para a equipe treinar sair do papel. O prefeito diz que não abandonou a idéia. “O Centro de Treinamento é uma realidade. Quando assumi

DEC O prefeito ainda informou que o Clube Primavera, no bairro no Jardim Primavera, próximo a Ermida está para ser cedido em uma parceria com o Divinópolis Esporte Clube.

Independente terá de buscar classificação fora de casa Divulgação

O time do Independente de São José dos Salgados terá de ir a Itapecerica em busca da vitória. Somente com o resultado positivo a equipe passa sem a necessidade de cobranças de penaltis à fase final da Copa Centro Oeste de Futebol Amador. O time recebeu no último sábado o União e não conseguiu fazer o dever de casa. O empate em 2x2 obriga a equipe Cajuruense a vencer. Já o Tupy, também de Carmo do Cajuru, venceu o Dom Bosco e fica a um passo da final. Os jogos de volta das semifinais serão no sábado, 16h. Em Itapecerica no estádio Ribeiro Pena, em Carmo do Cajuru no José Marra da Silva. Valendo pelo primeiro jogo das semifinais e jogando em São José dos Salgados, no estádio

Independente de São José dos Salgados vai a Itapecerica em busca da classificação para a final da Copa Centro Oeste de futebol amador

Vermelhão o Independente não conseguiu bater a forte equipe

de Itapecerica e a decisão segue para o Ribeiro Pena. Wesley e

Fabrício marcaram os gols do time do Independente. Flávio e

Juanil assinalaram pelo União. Apitou o jogo Enilson de Olivei-

ra, auxiliado por Julio Botelho e Carlos Guimarães. O Alvirrubro Cajuruense foi a Oliveira enfrentar o Dom Bosco e com um gol de Giliarde o time trouxe para dentro de casa, onde será empurrado pela torcida, a decisão de quem segue para as finais. Para o Tupy basta um empate para chegar a final, mas lutará pela vitória. Para o Dom Bosco, somente a vitória interessa. A Copa Centro Oeste de Futebol Amador é uma realização da Liga Municipal de Divinópolis (LMDD). ARTILHARIA O Independe tem os artilheiros da competição. Fabrício de Assis Pereira e Wesley Lopes dos Santos fizeram quatro gols cada.


18 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Luciano Eurides

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Preconceito é a pior violência

A partida entre Sada Cruzeiro e Vôlei Futuro, sexta-feira, dia 15, às 20h30, em um confronto que definirá o finalista da Superliga Masculina 2010/11. O encontro é marcado por muita rivalidade, criada no primeiro confronto do playoff, quando Michel, central do Vôlei Futuro, foi hostilizado por todo o ginásio. A transmissão da TV registrou momentos de pura homofobia da torcida mineira. A esperança é que cenas lamentáveis como aquelas não ocorram novamente. O time paulista contou com um show a parte da sua torcida com bate-bate cor de rosa, “bandeirão” com a mensagem: “Vôlei Futuro sem preconceitos” e uniforme dos jogadores com a frase: “Preconceito é a pior violência”; estes itens fizeram parte e fomentaram a alegria deste grande e memorável espetáculo. E o homenageado retribuiu o carinho em quadra, marcou 11 pontos na partida, sendo 3 aces e ainda levou o Troféu Viva Vôlei. “O jogo vai ficar na memória de muita gente, eu não imaginava que isso fosse acontecer, me surpreenderam. A torcida foi linda, carinhosa e fizeram uma manifestação saudável, acho que ninguém nunca deve ter visto algo parecido no meio esportivo aqui no Brasil. Agradeço muito a todos e confesso que fiquei muito feliz com o apoio”, disse Michael dos Santos. O técnico Cezar Douglas informou que a equipe se sobressaiu arriscando mais nos pontos decisivos e parabenizou a torcida pelo apoio. “Hoje o público deu uma aula de civilidade em relação ao preconceito, o show foi dentro e fora de quadra. A equipe conseguiu se sobressair nos detalhes e a torcida foi maravilhosa, todos estão de parabéns”, avaliou Cezar. Todos os 2.000 ingressos colocados à venda para a partida entre Sada Cruzeiro e Vôlei Futuro em Contagem foram vendidos em apenas 35 minutos. A venda começou às 14h de terça-feira em dois pontos e em pouco mais de meia hora todos os bilhetes foram vendidos e muita gente voltou para casa sem ingresso. O playoff melhor de três está empatado em 1 a 1. No primeiro jogo em Contagem o Sada Cruzeiro venceu por 3 a 2, mesmo placar da partida em Araçatuba no último sábado, vencida pelo time paulista. A partida será transmita pela Sportv e TV Esporte Interativo. PELO MUNDO Por força do trabalho acompanhei apenas a reprise do jogo entre o Chelsea e Manchester United. Mesmo já sabendo o resultado final quis saber se os Diabos Vermelhos realmente mereceram o resultado. Fiquei mais surpreendido pelo momento vivido pelo Chelsea: Nada bom. Carlo Ancelotti se fosse aqui teria sido demitido logo após a partida, aliás, aqui se demite até dentro de avião. E não é que pelo velho continente já tem gente de olho na vaguinha após a eliminação da equipe nas quartas de final da Copa dos Campeões, Marcelo Lippi, ex-treinador da Itália, estaria interessado em ocupar o cargo de comandante caso uma possível saída do atual técnico seja concretizada. De acordo com o Corriere dello Sport, o italiano, que conta com um currículo extenso de conquistas, dentre elas o título da Copa do Mundo de 2006, disputada na Alemanha, à frente da seleção italiana, não esconde seu interesse em comandar o time londrino. ‘Gostaria muito de

treinar o Chelsea. A Liga Inglesa me fascina. A Inglaterra tem um modelo de campeonato’, disse Lippi ao jornal da Velha Bota. Caso a transferência seja realizada, seria a primeira vez que o técnico treinaria uma equipe fora da Itália, em 29 anos de carreira. PELA CIDADE DO DIVINO O Guarani fez uma grande apresentação diante do Funorte e teve do lado de fora do campo um torcedor muito entusiasmado. O volante Lima que teve uma contusão no joelho direito e ficará 30 dias parados, esteve no estádio. Torceu muito pelo time e com a simpatia de sempre foi aos vestiários agradecer e parabenizar os companheiros. Aliás, todos os jogadores realmente merecem o carinho da torcida divinopolitana. Na segunda-feira encontrei com alguns fazendo compras pelo centro da cidade e se movimentando pelas ruas como verdadeiros divinopolitanos. Lima e todos que defenderam o Guarani merecem nosso respeito pelo profissionalismo e dedicação que tiveram desde o primeiro dia.

Infantil do Guarani sofre segunda derrota

Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O time infantil do Guarani foi um retrato fiel da equipe profissional. Fez uma boa partida e não conseguiu os três pontos. Em se tratando de comparações, o time comandado por Átila Júlio do Amaral repetiu em Ipatinga o feito do profissional em Teófilo Otoni. Aconteceu de tudo, menos o gol. Em um lance isolado o Ipatinga marcou e venceu por 1x0. O juvenil venceu por 1x0 o Comercial. Já o Araguaia foi a Itabirito enfrentar o Valério e empatou em 1x1 O gol do Ipatinga foi marcado aos 31 min do 1º tempo. Erom aproveitou uma das bolas de fundo, deu de calcanhar mesmo ela estando à meia altura e o goleiro Gabriel defendeu parcialmente e ela sobrou para Gabriel, atacante do Ipatinga, que mesmo caindo tocou na bola e fez o gol. O Guarani com um minuto de jogo chegou ao gol. Júnior cobrou a falta, a bola foi desviada de cabeça e encontrou Higor dentro da área, mas em posição de impedimento. O Bugre continuou no ataque e permitia as jogadas de fundo e aos poucos o time do Vale do Aço foi ganhando campo de jogo. Aos 13 minutos a primeira boa oportunidade do Guarani. João Pedro entrou na área e bateu de perna esquerda, firme, no meio do gol para a defesa de Leonardo. Aos 20, uma bola sobrou pela intermediária para o gol e João Pedro chutou bem e já se tornava o melhor jogador em campo e o Ipatinga continuava chegando com perigo. Aos 29 Higor fez boa jogada pela esquerda e chutou fraco, no meio do gol. Aos 31 o castigo para o Guarani. Os espaços cedidos e a linha de fundo pronta para ser trabalhada deu ao Ipatinga a condição de abrir o placar. No segundo tempo, com um minuto de jogo o Guarani já acertava uma bola no travessão. A jogada foi boa, mas já havia

Equipe infantil do Guarani terá de se recuperar na competição. Foram dois jogos e duas derrotas

impedimento assinalado. Aos 10, Bruno Rodrigues cobrou falta, João Pedro subiu mais que todo mundo e cabeceou a bola para o fundo da rede, mas o árbitro não havia autorizado a cobrança. A mesma jogada aos 15 minutos rendeu uma bola na trave. Nos minutos finais a vontade foi maior que a técnica e embora o time do Guarani tenha lutado muito, não conseguiu vencer o Ipatinga e o placar ficou mesmo 1x0 para a equipe do Vale do Aço. Segundo o meia divinopolitano João Pedro o time tentou muito, mas por sorte do adversário a bola insistia em não entrar. “O jogo foi muito difícil, começamos bem, comandamos o jogo e no final não tivemos sorte, é isso aí, sábado temos jogo de novo e temos de vencer”, afirmou e considerou ter faltado apenas o gol. “A bola não quis entrar, cheguei a fazer o gol, mas o árbitro anulou. Futebol também é sorte”, ressaltou. O treinador Átila Júlio do Amaral disse ser necessário um pouco mais de competência para se aproveitar melhor as oportunidades. “Jogamos uma partida razoável para boa, a bola não entrou, bateu na trave e tivemos dois gols onde não entendemos porque foram anulados e não faltou vontade e determinação. Isso ajuda muito, temos muitas dificuldades e vemos que o grupo quer de verdade. Faltou a bola entrar, acho que faltou nesse quesito, um pouco de competência”,

FUTEBOL E FUTURO O garoto Helbert, da Associação Atlética Danilo Passos, tem se tornado um dos candidatos a revelação da competição. Os jogos das categorias de base da Liga Municipal de Desportos tem sido um grande instrumento na localização de jovens atletas com perspectivas de um futuro no futebol. Se alguém procura um meio campo com uma excelente visão de jogo e disciplina podem acompanhar as partidas desse garoto bom de bola.

avaliou o treinador. O time do Guarani jogou com: Gabriel, Bruno, Leonardo, Diogo, João Paulo, Junior, Bruno Rodrigues, Daniel, João Pedro, Higor e Leonardo Amaral.

Mendes e tocou no cantinho. A bola não ganhou muita força e o zagueiro Igor acreditou na possibilidade de interceptá-la e conseguiu. De fora da área ele iniciou a perseguição à bola. Todo o estádio acompanhando em silêncio a luta dele contra o tempo. Ele correu muito, deu o carrinho e com o bico da chuteira, já sobre a linha do gol, tirou o que seria o gol de empate do time da região metropolitana de Belo Horizonte. Alessandro, capitão da equipe do Guarani disse ter sido um jogo difícil, corrido e ainda de muita ansiedade por parte dos jogadores. Também importante para o crescimento dentro da competição. “Foi muito complicado, cansativa e difícil. Graças a Deus conseguimos a vitória e vamos em busca da classificação. No primeiro tempo foi um pouco complicado, estávamos um pouco confusos na marcação, foi complicado no final, mas conseguimos. Temos muita vontade, sabemos o peso da camisa do Guarani, que estamos defendendo e acho que um pouco de ansiedade e nervosismo, isso acontece”, disse. Para o próximo compromisso o técnico Felipe Azevedo tem dois desfalques certos; Kevin e Rayan cumprem suspensão automática. Quanto a Tiago Balaio este depende da recuperação dele, caso não consiga jogar deve retornar ao time o lateral Hiago. Ele atuou bem contra o Araguaia em Nova Serrana. O time do Guarani enfrenta o Valério.

Juvenil O time juvenil fez uma partida dramática contra o Comercial. Aos 16 minutos do primeiro tempo um escanteio para o Bugre e a bola sobrou na mão do goleiro. Ele tentou armar o contra-ataque e saiu no chutão. Caíque interceptou no meio campo e deu início a uma jogada que pegou a defesa do Comercial saindo. Bruno dominou a bola, invadiu a área, com o corpo driblou o goleiro e fez o gol. Antes do fim do primeiro tempo, o estreante lateral esquerdo Thiago Balaio sofreu uma pancada na panturrilha direita e saiu do jogo. Hiago entrou no lugar dele. A partida passou a ser truncada com oportunidades dos dois lados. Em um lance a parte o Guarani teve o primeiro jogador expulso. Kevin que havia entrado do jogo recebeu o cartão vermelho. Depois foi a vez de Rayan receber o segundo cartão amarelo do jogo e consequentemente o vermelho. A partida passou a ser dramática para o time divinopolitano. O Guarani passou a ter todos os jogadores na defesa, pois Bruno, principal homem de ataque deu lugar a Adair para se recompor a defesa. Em um lance espetacular o atacante do Comercial ganhou a bola na intermediária, esperou a saída do goleiro Lucas

Categoria Juvenil - Próxima Rodada 16/04 15:00 16/04 15:00

Guarani X Valério Araguaia X Comercial

Divinópolis Nova Serrana

Classificação Juvenil 2011 Pos. 1 2 3 4

Equipe Araguaia Comercial Guarani Valério

PG 4 3 3 1

J 2 2 2 2

SG 1 1 0 -2

V 1 1 1 0

D 0 1 1 1

E 1 0 0 1

GP 2 4 1 3

GC 1 3 1 5

Categoria Infantil - Próxima Rodada 16/04 13:30

Guarani X Valério

Divinópolis

Classificação Juvenil 2011

Juvenil do Gaurani encontrou uma marcação muito forte

Pos. 1 2 3 4

Equipe Sport JF Ipatinga Valério Guarani

PG 6 4 1 0

J 2 2 2 2

SG 2 1 -1 -2

V 2 1 0 0

D 0 0 1 2

E 0 1 1 0

GP 3 2 2 0

GC 1 1 3 2


ESPORTES 19

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

Chico Maia

chicomaiabd@gmail.com

O Estudiantes anuncia um mistão para enfrentar o Cruzeiro em casa esta noite. Se completo os argentinos levaram de 5 x 0 na Arena, o Cruzeiro, mesmo sem Montillo, pode tirar proveito disso e vencer de novo, por 1 x 0 que seja. Estará conquistando uma vantagem que pode fazer muita diferença na reta decisiva: jogar sempre em casa a segunda partida do “mata-mata”. Só vendo Não adianta comemorar ou sofrer antes com nenhuma contratação de jogador. Essa regra vale para famosos e desconhecidos. Nem sempre uma estrela se dá bem em um clube e nem sempre um fulano de tal se dá mal. Exemplos não faltam, mas o torcedor é ansioso e a paixão o leva do céu ao inferno e vice-versa em questão de alguns jogos, dependendo do rendimento do contratado. Isso vale para Marquinhos Cambalhota, que chega ao Atlético muito bem recomendado pelo técnico Osvaldo Oliveira, que o comandou no Japão. Bem na fita Leandro Ferreira deverá ser um dos destaques do América no Campeonato Brasileiro, assim como vem sendo no Mineiro. Dos poucos jogadores brasileiros que acreditam na importância de se chutar de longe. Situação tão comum no futebol europeu, aqui os atletas têm medo de arriscar e queimar o filme com os colegas e torcida. Esquecem-se que as chances de uma bola dessas entrar é enorme, já que pode resvalar em alguém ou pegar o goleiro de calção na mão, como o Vilar, do Democrata-GV, no jogo de domingo. Além do mais, o Leandro tem pontaria e força, e desempenha muito bem as funções determinadas pelo Mauro Fernandes. Torcida Em quase toda viagem internacional do Cruzeiro o site Guerreiro dos Gramados tem um representante, que escreve o “Diário de Bordo”, interessantes textos com a visão de um torcedor sobre a proximidade com os astros e bastidores do seu clube. Para o jogo contra o Estudiantes seguiu o João Henrique, do Bairro Eldorado-Contagem, que em seu primeiro texto de lá, falou da simplicidade dos jogadores no trato com a torcida, especialmente o Thiago Ribeiro. O

endereço do site é http://www. guerreirodosgramados.com.br/ diario-de-bordo Luto O Villa Nova está de luto pela morte do seu ex-ponta-esquerda Jurandi, segunda-feira, em Recife, sua terra natal. Defendeu o Leão do Bonfim entre 1973 e 1979, realizando 137 partidas, marcando 30 gols. Estava com 60 anos de idade. O assessor de comunicação do Villa, Wagner Augusto, enviou uma foto dele ao lado do Pirulito, Elísio, Helinho e Aguillar, em um grande time que o Leão tinha nos anos 1980. Publiquei em meu blog: www.chicomaia. com.br Reforma de estádio O BMG tem sido o ”mecenas” do esporte brasileiro, patrocinando centenas de clubes e atletas em várias modalidades. Agora, pode ajudar a bancar a reforma de um dos maiores estádios do futebol mineiro, que entretanto tornou-se um “elefante branco”: o Manduzão (Irmão Gino Maria Rossi), de Pouso Alegre. Entendimentos foram iniciados com o Secretário Municipal de Esportes, João Batista Rodrigues, o João do Karatê. Convocação americana Ônibus da Avacoelhada para Villa Nova x América, domingo. Saída às 13h30 da Praça da Estação ao preço de R$ 10,00. Contatos com o Saraiva no 8857 5576. 15 testemunhas No Ipatingão, no jogo Tombense 0 x 1 Ituiutaba, segunda-feira, para uma renda de R$ 105,00. Também pudera: são dois times de empresários, sem nenhuma ligação com as cidades que os abrigam. E pior ainda: jogo em Ipatinga, que não tem nada a ver com nenhum dos dois. As consequências desse tipo de situação são o enfraquecimento silencioso e quase invisível do futebol mineiro, a médio e longo prazos.

O Galo pode ter mais novidades, na sexta passada quando apresentou Dudu Cearense, o diretor de futebol Eduardo Maluf disse o clube anunciaria nova contratação. Ontem muita gente aguardava os nomes, até o fechamento dessa edição mantido em sigilo e acredita-se na divulgação dos nomes ainda hoje. O atacante Marquinhos Cambalhota chegou ao Brasil ontem. Estava programado que de São Paulo, ele embarcasse para Belo Horizonte, onde faria exames médicos e assinava o contrato com o Atlético. O jogador estava no futebol japonês há 10 anos. Seu último clube foi o Vegalta Sendai. Enquanto isso, nos treinamentos na cidade do Galo, dois jogadores assumiram a condição de titulares. Daniel Carvalho no meio-campo e Bernard na lateral-direita. Essas foram as novidades da equipe no trabalho tático que o técnico Dorival Júnior comandou. O treinamento deu sequência à preparação atleticana para o jogo contra o América-TO, domingo, em Sete Lagoas, pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro. O time titular teve Renan Ribeiro; Bernard (Patric), Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Serginho, Fillipe Soutto, Jackson (Giovanni Augusto) e Daniel Carvalho; Mancini e Magno Alves. Recuperado de estiramento na coxa esquerda, o atacante Wesley foi liberado pelo departamento médico e entregue à preparação física. O meia Renan Oliveira, que desfalcou a equipe em Poços de Caldas em razão de uma fadiga muscular, realizou trabalho físico à parte. GUILHERME SANTOS Titular nas três últimas partidas, o lateral esquerdo Guilherme Santos, de 23 anos, vem recebendo elogios pelas suas atuações. Feliz pelo bom início com a camisa alvinegra, o jogador quer continuar trabalhando

Bruno Cantini

Jogo para sacramentar a liderança

Torcida atleticana ansiosa por mais reforços

Daniel Carvalho treinou entre os titulares

para melhorar a cada jogo. “No futebol, você evolui a cada dia. Gosto muito do trabalho e isso ajuda a melhorar. Tenho muito mais para demonstrar. Até chegar o Campeonato Brasileiro, vou trabalhar para o pessoal ver que sou um jogador que pode ajudar o elenco”, comentou. Contratado no início de março, Guilherme fez um trabalho para aprimorar a forma física e estreou no dia 3 de abril, na vitória por 3 a 1 contra o Democrata, em Governador Valadares. O lateral enaltece o grupo e a disputa sadia pela posição no time titular. “Quando acertei com o Atlético, já tinham dois laterais aqui, jogadores de qualidade. Em nenhum momento, me senti o dono da posição. Sempre trabalhei forte e estou seguindo na jornada. O objetivo é ajudar o Atlético”, disse. Guilherme ressalta que o

respaldo da comissão técnica tem sido fundamental para que ele entre em campo com tranquilidade. “O professor conversou comigo, me passou confiança, e os companheiros também deram apoio. Fui bem e a sequência é continuar trabalhando para corresponder”, concluiu Guilherme Santos. MANCINI Tudo indica que o meia-atacante Mancini terá nova oportunidade na equipe titular do Atlético. Foi o que demonstrou o técnico Dorival Júnior no coletivo de quarta-feira, na Cidade do Galo. Depois de sete jogos atuando na reserva, será a segunda partida de Mancini como titular. O atleta acredita que esta é hora de mostrar a que veio para o clube. “Meu momento de jogar, entrar em forma e ajudar o Atlético nessa hora em que a equipe não tem jogado

bem. Estamos devendo um pouco em relação ao futebol, mas já vamos reencontrar o caminho, porque você não desaprende a jogar futebol de um dia para o outro. É o momento em que o Atlético tem que crescer nessa reta final de competição”, disse o jogador em entrevista à Rádio Itatiaia. Mancini chegou ao Atlético no começo da temporada, depois de oito anos na Itália. Ficou mais de dois meses se dedicando à parte física, até chegar a oportunidade de entrar na equipe. “Quando você só treina, não é o suficiente para fazer uma boa partida na competição. Jogar é tudo. Você sendo titular, você adquiri mais confiança, tem noção de um passe, de um drible, entrosa mais com o grupo, sabe o tempo exato de uma enfiada de bola. Tudo isso contribui positivamente para que você melhore a produção”, considerou. O meia-atacante vive a expectativa de marcar seu primeiro gol desde que retornou ao clube que o revelou. “Tenho certeza que jogando, as coisas vão acontecer e os gols vão sair. Vou procurar buscar melhorar minha forma a cada jogo e ajudar o Atlético”, fala. Para o jogo deste domingo, contra o América-TO, Dorival deve escalar Daniel Carvalho como titular no meio-campo. Mancini acredita que a formação, com três meias e um atacante pode render bons frutos em campo. “Dá mais movimentação. Rotatividade é fundamental e é uma coisa que perdemos nos últimos meses. Ele (Dorival) está jogando com três jogadores de meio, eu, Jackson e Daniel Carvalho, e o Magno Alves na frente. Se movimentarmos mais, buscarmos profundidade, tocarmos a bola rapidamente, o Atlético vai ganhar muito. E temos que chegar na frente também para concluirmos em gol. Importante essa movimentação, porque as coisas complicam para o adversário”, considerou.

Restaurante Castanheira Self-service sem balança

R$ 2,49

Aberto de 10h às 14h Segunda à sábado

Rua Pernambuco, 155 Centro - Divinópolis-MG Tel: (37) 3214-0453


20 GERAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 14/04/11 a 15/04/11

MELHORIA DAS ESTRADAS RURAIS Após um longo período de chuvas, a Prefeitura coloca nas ruas sua renovada frota de máquinas pesadas. Uma verdadeira Força-Tarefa em diferentes canteiros de obras.

Na Zona Rural em diversas regiões, o trabalho não para. Somente até o mês de abril já foram 40 quilômetros de estradas conservadas. Um novo projeto inicia-se nos próximos dias com mais 40 quilômetros de estradas recuperadas e ampliadas com 1,5 milhão de reais de investimentos. Mais qualidade de vida para as famílias e segurança para os produtores rurais. É assim, com honestidade e trabalho, que Divinópolis cresce de verdade.


Gazeta do Oeste - Edição 1558