Page 1

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | 08 a 09 de fevereiro de 2011 | ANO XVIII | N.º 1.533 | R$ 2,50

Mosquito da dengue reproduz em ambientes sujos e até em água salgada Página 05

DO OESTE

Mais de 30 kgs de maconha apreendidos em posto de combustível

Guarani vence o Democrata e lidera o Campeonato Mineiro Leonardo Morais / Hoje em Dia

Polícia Federal de Divinópolis

O Guarani de Divinópolis venceu por 2x0 o Democarta ontem em Governador Valadares e segue líder do Campeonato Mineiro. Página 17 André Bernardes

Problemas no esgoto do Quintino podem se arrastar por mais quatro anos Oficiais da Polícia Federal, em parceria com a Polícia Militar de Divinópolis, apreenderam domingo (6), 47 tabletes de maconha (totalizando 31,5 kg) e um quilo de cocaína. A droga foi encontrada em um posto de combustível localizado na BR-494, próximo ao distrito de Marilândia. O dono do posto e outro suspeito por tráfico foram autuados em flagrante e encaminhados à Floramar. Página 09

“Ficha limpa” para comissionados e cargos de direção Além do projeto de resolução Nº CM-019/2010, que tramita na Câmara Municipal, o vereador Beto Machado protocolou, na tarde de ontem (07), a proposta de emenda a lei orgânica municipal de nº 01/2011. Se aprovadas, pessoas que tenham a ficha “suja” (pendências judiciais) não poderão assumir cargos administrativos direta ou indiretamente, mesmo sendo em cargos comissionados. Página 02

Concurso da prefeitura pode ser cancelado No dia primeiro deste mês, 52 pessoas entraram com um processo administrativo contra a Prefeitura Municipal. Todas exigem a convocação dos aprovados no concurso realizado em 2009 para agentes comunitários de saúde. Um advogado ainda deve abrir ação ordinária, a fim de garantir o direito à vaga para os aprovados. Página 03

Iluminação precária no anel rodoviário preocupa motoristas Os motoristas que passam pelo anel rodoviário na MG 050 entre o Bairro Jardim Candelária e o Centro Industrial, teem tido dificuldades de trafegar.O motivo é que as lâmpadas dos postes de iluminação não estão sendo acessas à noite. Página 05

Jovem assassinado no final de semana tinha envolvimento com o tráfico Continuam foragidos os dois suspeitos do 4º homicídio do ano ocorrido no final de semana. Marcos César Andrade Oliveira, de 18 anos, foi morto a tiros na Av. Paraná, próximo ao nº 1022, no bairro São José. As investigações indicam que tanto os autores do assassinato quanto a vítima possuem relação com o tráfico de drogas na região. Página 09

O secretário de operações urbanas Adilson Quadros alega que o encanamento de esgoto da cidade é antigo e que o dinheiro do IPTU não é suficiente para realizar as obras. Página 08

Medicamentos gratuitos para diabéticos e hipertensos

Farmácias conveniadas ao Programa “Aqui tem Farmácia Popular” farão a distribuição gratuita de determinados medicamentos. Pacientes já comemoram a decisão, porém estabelecimentos ainda se adaptam para colocar determinação em prática. Previsão é de que até o fim deste mês, medicamentos comecem a ser distribuídos. Página 06


02 POLÍTICA

Walter Gruen

waltergruen@ig.com.br

DEFINIÇÃO NAS COMISSÕES

Parlamentares propõem Projeto “Ficha limpa” Divinópolis pode ser pioneira, no Estado, a exigir principio de moralidade para cargos de auto-escalão Carlito Ribeiro

Esta próxima semana será decisiva na preparação do Congresso para sua missão constitucional de legislar e também de fiscalizar, com o fim da composição das mesas diretoras do Senado e da Câmara e, a partir de agora, das comissões temáticas, permanentes e provisórias, sem as quais os projetos não podem prosperar. Nenhum projeto, por exemplo, pode ter seguimento se não for aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça, que determina a juridicidade e correção de todas as proposições que chegam a cada uma das Casas Legislativas, só a partir daí iniciando sua tramitação normal, com passagem pelas outras comissões. A regra da proporcionalidade, com a divisão destes setores de acordo com o número de deputados de cada bancada deve ser obrigatoriamente seguida, conforme a lei e o Regimento de cada uma das casas do Legislativo. Dentro do que estamos escrevendo, pouco sobrará para a oposição, salvo comissões de menor impacto, mas, mesmo assim, as presidências de comissões e as relatorias dos projetos caberão, obviamente, à situação, que tem maioria absoluta. O Partido da República, por exemplo, do deputado Jaime Martins Filho, tem direito a duas importantes comissões, sendo uma delas de maior importância na atual situação brasileira, a de Viação e Transportes, devido aos críticos problemas de infraestrutura por que passa o país. Portos, aeroportos, estradas e outros setores são vitais para o pais, mas estão sucateados ou não existem.E além do movimento normal do país, que cresceu muito na área econômica,seja para importações ou exportações,temos que preparar tudo para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, que nos foram destinadas e que teem, repercussão mundial. Segundo o dirigente do PR, Lincoln Rocha, o nome indicado pelo partido para o setor de Viação e Transportes é do deputado divinopolitano Jaime Martins Filho, especialista no setor,já tendo ocupado em mandato anterior a presidência da Comissão na Câmara. Foi de sua lavra pessoal o parecer aprovado que permitiu o fim da Rede Ferroviária Federal, uma vez que havia uma tremenda confusão, não se sabendo nunca, ao certo, o que era da União federal e da empresa já virtualmente falida. Com o parecer aprovado por unanimidade, ficou extinta a Rede, com sanção do presidente Lula, que foi pessoalmente pedir ao parlamentar divinopolitano sua aplicação ao caso, acabando com a confusão, já que milhares de pequenas ações, inclusive trabalhistas,continuam pendentes em todo o país com referência ao espólio da antiga e agora extinta Rede Ferroviária Federal. Convidado para visitar o Japão, em companhia do ministro dos Transportes japonês, Jaime Martins Filho foi aquele país, lá permanecendo uma quinzena, estudando a viabilização, inclusive financeira,do trem bala entre Rio e São Paulo. O terceiro trilho entre Divinópolis e porto de Itajaí, em Campos, abrirá todos os portos cariocas às exportações e importações divinopolitanas. Faltam apenas 80 quilômetros de terceiro trilho para viabilizar o ramal do Catalão, que permitirá a abertura da ferrovia,novamente, para Cláudio, Carmo da Mata,Três Corações e chegará ao pólo cafeeiro em Itajubá, e Varginha, de onde seguirá para Itajaí. É excepcional o ganho para Divinópolis e Minas Gerais, no geral, donde a presença de um mineiro na presidência da Comissão será vital,ainda mais que o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, é do PR também, estando de novo no cargo, que já ocupou em outra ocasião. A partir dos projetos governamentais, a serem analisados e transformados em leis, é que se poderá fazer a parte prática das mudanças, que pretendem revolucionar a área de infraestrutura do país, com grande ampliação da malha ferroviária. Em termos de aviação, Divinópolis muito tem a ganhar, com a possibilidade de linha permanente, com conexão para dezenas de pontos de parada em todo o pais. Afinal, foi o próprio deputado que conseguiu a verba para aumento do aeroporto, que deixou de ser apto apenas para turbo hélices Brasília, de 32 lugares, e agora tem capacidade para jatos de 50 passageiros. O segundo terminal também faz parte do pacote previsto e deverá ser providenciado o mais rápido possível, permitindo que Divinópolis funcione como alternativa a BH, em aviação regional, e ponto de conexão para cerca de 80 lugares em todo o país. Não é possível perder-se a oportunidade e para isto a presença de um divinopolitano na presidência da CVT é vital. Esta é uma notícia que, confirmada na próxima semana, representará o fim da orfandade política em um setor crucial, lamentando-se, como dito anteriormente, que o deputado Domingos Sávio, por ser oposição, dificilmente terá qualquer missão importante, em nível federal, o que é da essência da política, infelizmente. Vamos torcer para que possamos ganhar e não perder mais, porque definitivamente Divinópolis e o centro-oeste não merecem perder, com quase 1,5 milhão de pessoas e uma base de transportes e econômica invejável. Que sejam breves e felizes os resultados da indicação do parlamentar local para um alto cargo, o que muita falta sempre nos fez.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Christiane Brito

christiane.brito@gazetaoeste.com.br

Alguns Estados (tais como Minas Gerais, Santa Catarina e Paraíba) e diversos municípios já aprovaram normas para impedir o acesso de pessoas enquadradas nas regras instituídas pela “Lei da ficha Limpa” aos cargos de direção. Em Minas, Divinópolis poderá ser pioneira a adotar tais medidas. Além do projeto de resolução Nº CM-019/2010, que tramita na Câmara Municipal, o vereador Beto Machado protocolou, na tarde de ontem (07), a proposta de emenda a lei orgânica municipal de nº 01/2011. Se aprovadas, pessoas que tenham a ficha “suja” (pendências judiciais) não poderão assumir cargos administrativos direta ou indiretamente, mesmo sendo em cargos comissionados De acordo com o parlamentar, a iniciativa tem como objetivo trazer mais credibilidade a administração pública

A matéria também foi assinada pelos vereadores Edson de Souza, Adair Otaviano, Edmar Rodrigues e vereadora Heloísa Cerri

municipal. “Não só eu, como a sociedade em geral, queremos que os poderes, Legislativo e Executivo, tenham maior moralidade, ética e transparência em sua composição e atuação”, afirma Machado. O objetivo da mudança é impedir que pessoas que tenham sido condenadas por crimes eleitorais, contra a eco-

nomia popular, o patrimônio público e outros como formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, abuso de autoridade não sejam nomeados secretários, secretários-adjuntos, subsecretários e diretores. Legislação A Constituição Federal estabelece, em capítulo sobre os

direitos políticos, condições para que os cidadãos possam se candidatar a cargos eletivos. Algumas são limitações ao direito de se candidatar, como a vedação à disputa do presidente Lula ao terceiro mandato, são as chamadas inelegibilidades. O legislador pode criar outras inelegibilidades a fim de proteger, dentre outros que , "a moralidade para exercício de mandato considera a vida pregressa do candidato". A presunção de inocência que protege o cidadão comum não é suficiente para os candidatos. Esta exigência expressa um princípio constitucional: o da moralidade eleitoral. O projeto "ficha limpa" veio inserir mais algumas inelegibilidades no rol já estipulado pela Lei Complementar nº 64/90 e amplia o tempo pelo qual as pessoas ficam inelegíveis. Essas exigências poderão ser aplicadas, em Divinópolis, à pessoas que serão nomeadas para cargos administrativos diretos ou indiretos.

Fabiano Tolentino busca implantação de projeto “Olho Vivo” A inauguração oficial do escritório regional do deputado foi marcada por orações e bênçãos de Frei Leonardo Christiane Brito

Christiane Brito

christiane.brito@gazetaoeste.com.br

O deputado estadual Fabiano Tolentino (PRTB) esteve em Divinópolis para a inauguração de seu escritório regional nessa segunda-feira (07). Durante a solenidade, o parlamentar falou sobre prioridades do mandato e projetos que serão e já foram apresentados. De acordo com o deputado, a prioridade no momento está em participar de alguma comissão. “Esse momento é o de construção legislativa, depois, priorizaremos o de construção processual. Estamos trabalhando a participação nas comissões, que é muito importante. Nosso nome já está sendo definido, na verdade sendo cogitado, para estar nas comissões ou de desenvolvimento social ou de agroindústria. Acho que são duas áreas muito interessantes. Podemos ir também para a de esporte e lazer, que inclusive já atuamos como secretário em Divinópolis”, afirma Fabiano. Questionado sobre prioridades e projetos, o parlamentar afirmou que está dando continuidade à matéria apresentada pelos então deputados estaduais Domingos Sávio (PSDB) e Antô-

Durante a solenidade, o parlamentar falou sobre prioridades do mandato e projetos que serão e já foram apresentados

nio Carlos Arantes (PSC). “Nós desarquivamos um projeto sobre o leite de cabra, que precisa de mais incentivo. Ele foi iniciado na legislatura passada e, agora, fui chamado para batalhar pela aprovação da proposta. Estamos pensando em trabalhar, também, o “Projeto Olho Vivo” para Divinópolis, que é uma das principais requisições da Associação Comunitária para Assuntos de Segurança- ACASP. Apesar de caro, trará mais segurança pra nossa cidade. Estamos com uma reu-

nião marcada com a associação, para o próximo dia 14 e, então, estudaremos esse tema a fim de levar para o ministério”, conclui. Como prioridades de mandato, Fabiano pretende adotar todas as propostas da campanha e aquelas de sua trajetória política: esporte, lazer, cultura, agronegócio e juventude. “São as áreas que nós mais trabalhamos. É claro que temos que atuar também na saúde, segurança pública e educação. Parte dessas, os quesitos para que tenhamos maior qualidade de

vida”, finaliza. O escritório oficial do deputado estadual em Divinópolis dará apoio às demais regiões. Além desse, Fabiano contará com outros dois pontos de equilíbrio, em Arcos e Oliveira. Durante o evento, Frei Leonardo Lucas Pereira abençoou o escritório e as mais de trinta pessoas presentes. Dentre elas familiares, amigos, servidoras do CRAS, empresários e lideranças políticas como os vereadores Edson de Sousa e Milton Donizete.


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 09/02/11 a 09/02/11

Lula é acusado de Concursados abrem turbinar prefeituras processo contra a prefeitura do PT e PMDB Vereadora cogita possibilidade de concurso realizado em 2009 ser cancelado Christiane Brito

Christiane Brito

christiane.brito@gazetaoeste.com.br

Mais de cinquenta pessoas abriram processo administrativo no Ministério Público (MP) contra a prefeitura de Divinópolis. Todas exigem a convocação dos aprovados no concurso realizado em 2009 para agentes comunitários de saúde. Um advogado ainda deve abrir ação ordinária, a fim de garantir o direito à vaga para os aprovados. No dia primeiro deste mês, 52 pessoas entraram com um processo administrativo contra a prefeitura municipal. Segundo os cidadãos, apesar de terem sido aprovadas dentro do número de vagas disponíveis, muitas não foram chamadas para curso introdutório, realizado em dezembro do ano passado. O Executivo ainda teria recontratado os agentes comunitários, que já atuavam nos bairros, até o final de março, ocupando as vagas dos concursados. Célio Machado, um dos principais responsáveis pelo processo contra a prefeitura, critica a falta de organização e informação e, principalmente, a demora para a nomeação. “Não fui chamado para participar do curso introdutório. A minha região possui três vagas e estou entre

Célio Machado, um dos principais responsáveis pelo processo contra a prefeitura, critica a falta de organização e informação e a demora para a nomeação

os primeiros colocados. Eu saí do meu emprego como professor, sou casado, tenho filho. Conversei com a coordenadora do setor de Recursos Humanos, ela me disse que seriam chamadas aquelas regiões com mais necessidade. Se era prioridade, porque

esses já não foram convocados pra trabalhar e recontrataram os agentes que estavam lá?! Não consta nenhuma informação no site da prefeitura. Já liguei diversas vezes cobrando e eles não me dão informação alguma”, afirma A vereadora Heloisa Cerri

(PV), que acompanhou os concursados até o Ministério Público, afirma que “foram tantas irregularidades que eles estão analisando a possibilidade de anular esse concurso. Os agentes de saúde se sentiram lesados por essa atitude e resolveram se movimentar. Fomos orientados a procurar um advogado para entrar com um mandado de segurança para que os aprovados não percam o cargo”, concluiu. De acordo com Leonardo Almeida, um dos advogados responsáveis pelo processo, há outras irregularidades que deveriam ter sido sanadas antes da homologação. “A vaga pertence aos candidatos aprovados. Nenhuma outra pessoa poderia ter sido chamada para ocupar essas vagas. Há outros problemas no edital que ainda estamos estudando”, afirmou. A redação da Gazeta do Oeste tentou contato com a secretária Municipal de Saúde, Rosenilce Chérrie Mourão e, até o fechamento desta edição, não foi obtido retorno devido a mesma estar em viagem. A reportagem fez contato com a assessoria de comunicação do chefe do Executivo, e também através do celular do tucano Vladimir Azevedo (PSDB), mas também não obtivemos resposta.

Domingos Sávio é favorável a eleições unificadas Presidente do TSE defende reforma política Guilherme Castro/Assessor de Imprensa - Gabinete em Brasília

Liziane Ricardo

liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br

Na abertura dos trabalhos legislativos, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, disse que o pleno êxito das eleições de 2010 mostrou que a democracia está definitivamente implantada no Brasil. Segundo ele, “talvez tenha chegado o momento histórico oportuno para o início de uma reflexão sobre a reforma política, para repensar, em conjunto com a sociedade, alguns temas voltados para o aperfeiçoamento da legislação e o fortalecimento do sistema eleitoral”. Lewandowski prestou contas dos trabalhos realizados para as eleições de 2010. Ele destacou que o pleito “transcorreu em clima de festa cívica e congraçamento popular, sem qualquer contestação aos resultados”. E citou uma série de dados que atestam a “grandiosidade, a segurança e a transparência” do processo eleitoral. Existe uma preocupação na Casa com a Reforma Política, no entanto, o deputado federal eleito para o primeiro mandato, Do-

O deputado federal Domingos Sávio, defende a reforma política, sugere eleições unificadas e defende tempo de mandato maior sem direito a reeleições

mingos Sávio (PSDB), destacou sua opinião sobre as reformas necessárias no país. “Não tenho dúvidas, se a Câmara Federal der uma resposta mais objetiva para que nossa economia continue crescendo com uma reforma tributaria adequado, a saúde tenha recursos de fato, além de um novo impacto federativo, acredito que o país deve viver como uma unidade”, disse Sávio. O tucano avalia que a reforma política por ser uma matéria que mexe com interesse de grupos e também individuais dos parlamentares, deverá também contar com o bom senso de que

todos abracem a reforma por etapas. “Deve ser votado um mecanismo que estabeleça a unificação dos mandatos, por exemplo. As eleições em biênios, ou seja, de dois em dois anos complica, pois no momento que o prefeito está começando suas parcerias entre Estado e município, mudam o governador e vice versa. Contudo, quem perde é o cidadão. Se nós unificarmos eleições gerais no país. Defendo que estabeleçamos que os próximos mandatos de prefeito sejam de seis anos, para que unifique, e já em 2018 coincidirá com o mandato dos deputados que

estão terminando seus mandatos em 2018”, defendeu o deputado federal. Outra pontuação aberta tucano é de que os mandatos dos deputados federais, com as eleições unificadas sejam de cinco anos sem reeleições, pois, Sávio acredita que as reeleições estão estimulando abusos na democracia. O tucano reforça que este são apenas alguns dos vários pontos a serem discutidos em relação a reforma política. COLIGAÇÕES As coligações proporcionais também foram questionadas pelo parlamentar como uma ‘loucura’. Para Sávio, muitos partidos que não tem nenhuma identidade programática se unem num casuísmo só para fazer um número maior de deputados. “Estas situações fazem com que um deputado despreparado chegue até a Câmara Federal. Enquanto temos deputado com quase cem mil votos que acabam ficando de fora. Questões como esta, devem ser apresentadas de maneira pontual para creditarmos que há realmente uma vontade de se fazer uma reforma política”, finalizou o parlamentar.

Divulgação

Cidades administradas pelo partido do ex-presidente e coalizão governista foram as mais beneficiadas na distribuição de investimentos O levantamento feito com base nos dados do Portal da Transparência da CGU (Controladoria-Geral da União) mostraram que, dos 20 municípios que mais receberam recursos federais em relação ao número de eleitores, sete são chefiados pelo PT , seis pelo PMDB e o restante por aliados (PP, PSB, PDT, PC do B e PR). As siglas teem cargos no governo. O total de verba repassada foi dividido pelo número de eleitores. Os recursos seriam distribuídos por meio de convênios firmados pelos prefeitos com ministérios em Brasília. O dinheiro deveria ser usado para obras de saneamento, habitação e construção de hospi-

tais, escolas e quadras esportivas, entre outros. Das 80 maiores cidades brasileiras que, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, teem hoje mais de 200 mil eleitores três, que são administradas pelo PT se destacam na lista: Porto Velho (RO), com R$ 86,6 por eleitor; São Bernardo (SP), com R$ 79,2; e Canoas (RS), com R$ 65,3. Para visualizar o salto, em 2009, esses valores foram, respectivamente: R$ 31,5, R$ 2,4 e R$ 21,3. A maior fatia dos recursos trata de obras na linha férrea e em rodovias, por meio do Ministério dos Transportes. Nesse grupo dos 80 maiores municípios, o PT governa 21, seguido de 16 do PMDB. Os tucanos teem dez cidades. O levantamento foi feito pelo Jornal A Folha de São Paulo.

COOPERATIVA DE CRÉDITO DA REGIÃO DE DIVINÓPOLIS LTDA – SICOOB CREDIVERDE – RUA GOIÁS Nº 1.390 - BAIRRO CENTRO - DIVINÓPOLIS - MG - CNPJ Nº 25.528.753/ 0001-03 – NIRE: 31400003525 - EDITAL DE 1ª, 2ª, 3ª CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA E ORDINÁRIA. O Diretor-Presidente da COOPERATIVA DE CRÉDITO DA REGIÃO DE DIVINÓPOLIS LTDA – SICOOB CREDIVERDE, no uso das atribuições legais e estatutárias (art. 18), CONVOCA os associados desta cooperativa, em pleno gozo de seus direitos sociais, para a ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA E ORDINÁRIA a ser realizada no dia 26 (vinte e seis) de março de 2011, no salão da Sede Social do SICOOB CREDIVERDE, situado na Rua Goiás, 1.390, Centro, na cidade de Divinópolis/MG, às 16:30 (dezesseis horas e trinta minutos) em primeira convocação, com a presença de 2/3 (dois terços) do número de associados; às 17:30 (dezessete horas e trinta minutos) em segunda convocação, com presença de metade mais um dos associados; ou em terceira e última convocação às 18:30 (dezoito horas e trinta minutos) com a presença de, no mínimo, 10 (dez) associados, para deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA: ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA: 1) Reforma Geral do Estatuto Social do SICOOB CREDIVERDE sem alteração do objeto social (artigos 1º ao 58); 2) Assuntos gerais de interesse social. ORDEM DO DIA: ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA: 1) Prestação de contas dos órgãos de administração, acompanhada dos seguintes pareceres: a) Parecer do Conselho Fiscal; b) Parecer sobre as demonstrações financeiras e notas explicativas expedido pela Auditoria Externa (CNAC). 1.1 - A prestação de contas compreende: a) Relatório da Gestão; b) Balanço dos dois semestres do exercício de 2010; e c) Demonstrativo das sobras apuradas no exercício encerrado em 2010; 2) Destinação das sobras líquidas apuradas; 3) Fixação dos honorários, gratificações e cédulas de presença dos membros do Conselho de Administração, da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal; 4) Eleição dos membros do Conselho Fiscal; 5) Assuntos diversos de interesse social. OBS.: A eleição realizar-se-á no salão da Sede Social do SICOOB CREDIVERDE, situado na Rua Goiás, 1.390, Centro, na cidade de Divinópolis/MG, no dia 26/03/2011, com início às 19:00 (dezenove) horas e encerrando-se às 21:00 (vinte e uma) horas; o prazo para registro das chapas será de 5 dias úteis contados da publicação deste edital, ou seja, do dia 10/02/2011 ao dia 16/02/2011; o registro da chapa será feito na Sede Social da Cooperativa, junto ao Diretor Administrativo ou outra pessoa por ele designada, no horário de 10:00 (dez) horas às 15:00 (quinze) horas. Em caso de empate entre as chapas haverá nova eleição no dia 15/04/2011, em horário a ser fixado no edital de convocação da respectiva Assembléia Geral. Divinópolis/MG, 09 de fevereiro de 2011. OSVALDO HENRIQUES GUIMARÃES - DIRETORPRESIDENTE – SICOOB CREDIVERDE.


04 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 09/02/11 a 09/02/11

editorial

O

Sonhos perdidos...

s noticiários começaram a semana com informações bastante conturbadas. No município de Divinópolis foi confirmado mais um homicídio, uma banca de jornais sofreu um curto circuito e pegou fogo na região central, Já a mídia nacional está dando grande enfoque ao incêndio na ‘Cidade do Samba’, onde estão localizados os galpões das escolas de samba, com seus carros alegóricos e fantasias em chamas, sendo que até a Liga das Escolas de Samba (Liesa) atingida. O cenário na cidade do Rio de Janeiro, é de constantes ‘lamentações’, ou seja: ato de aglutinar na massa humana as pessoas desesperadas. A aflição paira ameaçadora por deixar o símbolo ‘cultural’ dos brasileiros abalado há menos de um mês para o Carnaval. Em meio a todas as informações de escolas de samba com carros alegóricos prejudicados e fantasias comprometidas, o que se torna muito insano, é a na verdade a imensa preocupação dos integrantes e celebridades com o acontecimento, tendo em vista os últimos ocorridos na enchente de janeiro que matou mais de 800 pessoas. Já o chefe do Executivo, Eduardo Paes (PMDB) disposto a aplicar ações efetivas de prevenção nas regiões atingidas pelas enchentes, foi também bastante prestativo e ágil em relação ao incêndio que aponta a perda de cerca de 8.400 fantasias. O prefeito em declaração à mídia nacional, descartou a hipótese das escolas não desfilarem e garantiu a reconstrução da ‘Cidade do samba’, ainda nesta semana. Mas o que este editorial questiona é: “a quantas andam as ações preventivas de enchentes, em meio ao número absurdo de mortos, enquanto os foliões lamentam por fantasias queimadas?” O que está sendo comparado por este impresso, é o fato de um símbolo ‘cultural’, ser amparado com maior presteza do que as vidas perdidas. Vidas estas que permanecem em constante risco próximos às áreas de inundações. E agora prefeito, o que vai ser atendido com mais urgência: o Carnaval ou as vítimas das enchentes?

Ucho Haddad

ucho@ucho.info

Conversa fiada

Na manhã desta segunda-feira (7), Dilma Rousseff não apenas estreou no programa radiofônico palaciano “Café com a Presidenta” (o correto é “Café com a Presidente”), mas inaugurou a porção messiânica herdada do companheiro Lula da Silva. No programa gravado com a devida antecedência, Dilma destacou sua decisão de distribuir gratuitamente à população remédios para hipertensão e diabetes. Em resposta a um ouvinte, a presidente lembrou que os medicamentos pesam no bolso dos mais pobres. “Uma parte bem maior da renda da população mais pobre é gasta com remédio, enquanto que para os ricos, essa despesa pesa bem menos”, declarou Dilma. Ora, se as pessoas mais pobres enfrentam problemas para comprar remédio e o objetivo de Dilma Rousseff é extirpar a miséria que ainda impera em diversos setores da sociedade, não há justificativa para vetar um aumento maior do salário mínimo. Quando fazia uma ruidosa e nem sempre responsável oposição, o PT, partido no qual Dilma é uma espécie de “cristã nova”, sempre defendeu a adoção de um salário mínimo compatível com as necessidades básicas do cidadão. Considerando essa pretérita bandeira petista, o salário mínimo deveria valer pelo menos R$ 1,2 mil. Voltando ao degradante binômio “medicamento-salário mínimo”, muitas cidades brasileiras têm enfrentado nos últimos dias uma onda de calor jamais vista. Por conta disso, dezenas de milhares de pessoas foram acometidas por doenças respiratórias, a começar por uma gripe incômoda e resistente. Um tratamento minimamente eficaz à base de medicamentos genéricos, em farmácias da cidade de São Paulo, não sai por menos de R$ 80, o que representa 14,81% do salário mínimo, que continua valendo R$ 540. Na rede pública de saúde, conseguir medicamentos para combater a gripe que se alastra pelo País é uma missão quase impossível. Quando o cidadão consegue algum medicamento, o tratamento se mostra, dias depois, absolutamente ineficaz. O aumento de R$ 30 que o gazeteiro Luiz Inácio da Silva concedeu ao salário mínimo no apagar das luzes do seu mandato foi insuficiente para repor a perda decorrente da inflação do ano passado. Para piorar a situação, o mercado financeiro elevou a previsão da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2011, de acordo com a pesquisa Focus, divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central. A expectativa do mercado para a inflação pulou de 5,64% para 5,66%, distanciando-se ainda mais do centro da meta de inflação fixada pelo governo federal, que é de 4,50% para o corrente ano. Diante desse enxadrismo político e econômico, o melhor é descobrir durante quanto tempo o messianismo de Dilma Rousseff surtirá efeito na massa ignara da população. Diretor Executivo Fernando Marcos Rodrigues EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz Dr. Mauro M. Nogueira Dr. Breno M. de Faria

Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Eduardo Augusto

easteduardo@yahoo.com.br

Transporte escolar – comodidade e segurança

Com o início das aulas, mais um ano letivo de nossas crianças e adolescentes, recorremos às empresas de transporte escolar para justamente se ter comodidade e segurança entre casa e escola, e vice-versa. Parece simples e fácil a contratação do prestador de serviço, mas na verdade, essa contratação é sempre delicada por delinear muitas exigências legais e contratuais, necessárias para a excelência dos trabalhos e a segurança dos usuários mirins. Em se tratando de serviço destinado às crianças e aos adolescentes as exigências são ainda maiores, pois existe a peculariedade de que muitos não tem a mínima noção de segurança no trânsito, sendo exigido ao prestador do serviço habilidades diferenciadas para lhe dar com as crianças e com os adolescentes, visando sempre a segurança. Não muito raro, vemos crianças e adolescentes no interior de veículos de transporte escolar sem usar o cinto de segurança, com a cabeça fora do veículo nas janelas do veículo, crianças descendo de veículos sem qualquer orientação, muitas vezes cruzando ruas movimentadas, etc. A primeira orientação aos contratantes é antes de assinar qualquer contrato busque informações do serviço do futuro contratado com pais de alunos ou ex-alunos, e com a própria escola. O contratante deve observar é a legalidade da prestação de serviço. O prestador deve portar os documentos de licenciamento do DETRAN/MG, a licença/autorização expedida pela prefeitura municipal para executar os serviços. Outro passo é verificar o veículo que transportará os alunos. O Automóvel deve estar limpo e conservado. Observar o ano de fabricação/modelo, a conservação da lataria, o sistema de iluminação, a conservação dos pneus, todos os bancos devem conter cintos de segurança, etc. Outro fator que deve ser observado é se o prestador de serviço servirá de ajudante ou monitor, pois esse profissional ajudará o motorista no transporte dos passageiros. Muitas vezes, no trajeto, as crianças deixam de usar o cinto, ficam de pé dentro do veículo, colocam a cabeça para fora do veículo, etc, e esse monitor organizará o modo de permanência dos passageiros, bem como, estará orientando a entrada e saída dos passageiros do veículo escolar. Na hora da contratação exige-se sempre contrato formal, para eventual reclamação extrajudicial ou judicial, e, fique atento as cláusulas contratuais, pois, o prestador pode introduzir cláusulas abusivas em detrimento do contratante. Caso tenha dúvida consulte sempre um advogado antes de assinar o contrato. Periodicamente os pais devem monitorar os serviços do prestador de serviço. Basta seguir o veículo no trajeto da residência à escola, e versa, para constatar como procede o motorista nas vias, principalmente se obedece as regras de trânsito, e se tem cautela e zelo na condução dos passageiros mirins. Outra medida é consultar a escola quanto a obediência e pontualidade do prestador aos horários da escola. As crianças e os adolescentes, ou seja os usuários do transporte também devem ser consultados, pois a sua opinião é importantíssima para uma boa relação contratual. Estamos passíveis a imprevistos e eventos danosos, principalmente, quando falamos em trânsito. As obrigações são recíprocas, primeiro para os contratantes que devem seguir as orientações do responsável pela condução dos usuários. Os pais devem orientar os filhos a obedecer o motorista e seu ajudante, pois são eles os responsáveis por tudo que acontece no trajeto escola-casa, e versa. Por outro lado, o transportador deve executar seu serviço obediente às regras de trânsito e ao contrato, de maneira indene, sem gerar qualquer tipo de lesão ou ameaça à saúde dos usuários. Em caso de dano, os responsáveis são o motorista, o ajudante/monitor, a empresa contratada, a instituição de ensino caso tenha indicado o serviço. De qualquer forma, caso tenha sofrido qualquer dano por causa da prestação de serviço escolar, comunique a instituição de ensino, registre boletim de ocorrência, tenha provas dos fatos, como documentos e testemunhas, e esteja sempre assistido de advogado para resolver as questões seja pela via extra-judicial ou através da justiça, para justamente resguardar seus direitos. Dr. Eduardo Augusto Silva Teixeira é advogado, pós-graduado em Direito Público

Observatório de Mídia www.observatoriodemidia.blogspot.com | observatoriodemidia@pitagoras.com.br

Crise de criatividade!

É comum nas conversas ouvir comentários sobre as repetições em telejornais, as cópias feitas de um para outros. Comentários sobre as notícias requentadas, uma eterna sensação de “déjà vu”. Para os aficionados por informação - e quem não é?- assistir a uma edição de telejornal pode ser econômico porque já se saberá o conteúdo das edições seguintes; ou frustrante por não se conseguir acrescentar ao arquivo pessoal nenhum dado realmente novo. Isso não é sinal dos tempos modernos. Já é uma prática. Sempre vigorou entre os jornalistas, principalmente os dos aquários das redações, a teoria sobre a distinção do público, para eles uma massa bem delimitada, pois quem assiste este não acompanha aquele produto jornalístico de televisão. Meia verdade. Há sempre possibilidade dessa audiência se coincidir. E convenhamos ninguém se informa exclusivamente pela televisão, que o digam os interioranos e internautas de plantão. Esses pelos acessos página a página e aqueles pelo boca a boca. De onde vem essa repetição toda? Teoricamente da redução do número de pessoas e aumento de máquinas nas redações, ou seja, profissionais de menos e assuntos demais, falta de tempo e, o mais grave: profissionais incapacitados para descobrir a cada programa jornalístico uma novidade que mude a reportagem inicial. E não acabou: falta planejamento. O bairrismo de muitos comunicólogos não permite que administradores sejam contratados para gerenciar empresas de comunicação. As empresas de comunicação devem repensar as estruturas profissionais para adequar o número de demandas noticiosas aos jornalistas na redação. O resultado será ganho de qualidade de apuração, e, consequentemente, em vendagens quando for apresentado ao público notícias como realmente devem ser: novas. É claro que muitos reclamam da falta de profissional no mercado. Outra meia verdade! Existem, são muitos e bons. Entretanto centenas não se sujeitam ao regime escravo e à desvalorização da categoria. Tais tratamentos são dados, principalmente, pelas empresas que teimam em se profissionalizar, em desrespeito ao seu consumidor final. E há excelentes instituições de ensino pelo interior do país com professores de mercado empenhados em transmitir aos alunos sua paixão pela profissão e sua quimera de mudar o mundo pelo jornalismo sério. Como jornalista, com 10 anos de experiência de mercado e montesclarense “arretada”, defendo a existência de uma crise de não-observância, de comodismo de ideias e ideais. É cada vez menor o aparecimento de dados realmente novos, abordagens noticiosas diferenciadas, de enfoques inusitados e surpreendentes, de uma perseverança na descoberta de assuntos originais. Por isso a sensação de jornais redundantes de um ano para outro. As publicações parecem poder ser lidas continuamente sem muitas ressalvas. Sair da mesmice é respeitar o leitor e o consumidor de informação. Não por reparo nas coisas é grave! Os jornalistas tem visto muita coisa, mas enxergado pouco. E se enxergam, olham de um jeito singular, sob um único prisma: da forma como foram treinados. Assim só teremos reportagens de quem adora e quem não adora chocolate na páscoa, sugestão de presentes para o dia dos namorados, mães especiais, aquelas manchetes das quais já estamos cansados. Não ver, não enxergar, não olhar de outro ângulo, não exercitar a criatividade, perseguir o óbvio, idolatrar as repetições, permanecer na zona de conforto do “sempre foi feito assim”, “todo ano é a mesma coisa”, é aceitar vender a mesma quantidade sempre. É isso mesmo que se quer? Laura Aguiar Jornalista e Professora do Curso de Jornalismo da Faculdade Pitágoras de Divinópolis


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Falta de iluminação no anel rodoviário preocupa motoristas Sarah Rodrigues

Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

Os motoristas que trafegam no anel rodoviário pela MG 050 entre o bairro Jardim Candelária e a entrada do Centro Industrial teem reclamado frequentemente sobre a falta de iluminação no local. Motoristas relatam dificuldades de locomoção uma vez que o trecho é muito escuro e o uso do farol alto não é permitido. Um motorista que preferiu não se identificar conta que passa próximo ao local e já presenciou muitas situações em que os motoristas tiveram algum tipo de transtorno. “Tem dias que é muito escuro passar pelo anel, já vi motoristas frearem bruscamente por não verem outros veículos na pista”. O motorista ainda explica que devido ao anel passar próximo a entrada da cidade o local deveria ser mais bem iluminado. Segundo ele, os postes de iluminação estão no local, mas não

estão sendo ligados a noite. “É muito estranho, porque a gente vê os postes, mas não vê as luzes acessas, o local é bem próximo a entrada da cidade”, ressalta. O condutor ainda enfatiza que próximo ao centro Industrial é ainda mais complexo o trafego por ser uma via em que circulam vários caminhões. “Na entrada do Centro Industrial é ainda mais perigoso por passarem muitos caminhões e carretas próximas ao local”. CEMIG De acordo com a assessoria da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), o problema ainda não havia sido constatado. A assessoria informou que os eletricistas foram ao local na noite de ontem para verificar o problema, fazer um levantamento para saber se as luzes estão queimadas ou se foram depredadas. Em uma semana de acordo com a assessoria o problema será resolvido.

Os motoristas reclamam da falta de iluminação

Obras para construção Vírus da dengue se fortalece, e população precisa redobrar os cuidados do Fórum do Trabalho Pesquisa realizada em São Paulo mostra que o mosquito pode se reproduzir em água suja e até água salgada Divulgação

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Há um tempo, era comum falar que o mosquito da dengue se reproduzia apenas em água parada e limpa. Hoje a realidade é outra. O mosquito aedes aegypti, tem uma grande capacidade de adaptação, e estão sendo encontrados focos do mosquito em lugares que antes eram considerados impossíveis. Uma pesquisa realizada pela pesquisadora Marylene de Brito Arduino da Sucen( Superintendência de Controle e Endemias) São Paulo, foi constatado que a larva do mosquito já está se desenvolvendo em ambientes sujos e até água salgada. Apesar de ter encontrado as larvas neste ambientes, a pesquisadora ainda não sabe se o inseto irá conseguir reproduzir. Em entrevista ao site Folhaonline, a pesquisadora disse que o sal é uma importante arma contra a dengue. “"É importante ressaltar que o sal mata as larvas do Aedes e continuamos recomendando seu uso no combate aos criadouros" disse Marylene. De 1325 pontos encontrados com larvas, 323 estavam com algum tipo de salinidade ou produto químico. De acordo com o coordenador da vigilância em saúde Wan-

estão a todo vapor

A dengue em números Em 2009 foram registrados 83.193 casos de dengue em Minas Gerais. Em 2010, os casos da doença aumentaram em 300%,foram registrados 260 mil casos e 115 foram a óbito. Foram 65.325 casas visitadas por agentes de saúde e 17.648, cerca de 26%, não autorizou a visita dos agentes.

Os construtores trabalham diariamente na obra Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

Lei

O mosquito aedes aegypti, tem uma grande capacidade de adaptação, e estão sendo encontrados focos do mosquito em lugares que antes eram considerados impossíveis

derson Teixeira, geralmente o sal, ou materiais químicos se decantam na água parada tornando a parte superior um ambiente propício para a reprodução do mosquito. “Antigamente a gente encontrava foco do mosquito em caixas d’água. Hoje isso não

é predominante” disse . Os cuidados ainda são os mesmos. Não deixar água parada, evitar entulhos. Um lugar de grande acúmulo de água são algumas geladeiras que descongelam e essa água fica em um compartimento atrás do

Marielle Zum Bach

eletrodoméstico. “É importante observar qualquer depósito de água” orienta Wanderson.

Foi sancionada, no início deste ano, uma lei que regulamenta as medidas adotadas pelo Governo de Minas no combate à doença. A lei responsabiliza qualquer pessoa, seja física ou jurídica, pública ou privada, que desenvolva atividades que resultem em acúmulo de material ou em outra condição propícia à proliferação do mosquito transmissor da dengue. De acordo com a lei, permitir a existência de focos do aedes aegypti é uma infração sanitária que está sujeita a pena educativa e multa. Permitir que materiais que acumulem água fiquem expostos às condições climáticas ou deixar de adotar medidas de controle que impeçam a existência dos focos são condições sujeitas à aplicação da lei.

As obras de construção do Fórum de Justiça do Trabalho em Divinópolis estão em ritmo acelerado. O Fórum atualmente possui duas varas e com a construção da nova sede existe a possibilidade de abrir até seis varas. O prazo previsto para término da obra é novembro. De acordo com o secretário do Foro Nelson Aparecido de Melo, a necessidade de mudança se deve pela necessidade de sair do aluguel. “O Fórum paga aluguel e a construção de uma sede cria uma identidade para a instituição”. Nelson conta que cerca de quatro mil pessoas são atendidas por ano no Fórum. Segundo ele a nova sede tem a capacidade de abrigar até seis varas. “A sede está sendo construída para com-

portar até seis varas, hoje nós possuímos duas. Não quer dizer que terá seis, mas se precisamos poderemos abrir mais”, conta. Segundo o secretário, a sede está sendo construída para abrigar o Fórum por pelo menos cinqüenta anos. “A expectativa é que o novo Fórum fique no local por no mínimo cinqüenta anos”. Atualmente 38 pessoas trabalham no Fórum. Quando as obras forem concluídas o Fórum passará a funcionar na Rua Pernambuco, esquina com Avenida Antônio Olimpio de Morais. OBRAS Segundo o encarregado da construtora Alves, 21 homens trabalham diariamente nas obras. Ele explicou que a previsão era que a obra terminasse em novembro de 2011, mas devido as chuvas deverá terminar em março em 2012.


06 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Medicamentos contra diabetes e hipertensão serão distribuídos de forma gratuita Farmácias conveniadas devem iniciar fornecimento ainda neste mês

Marielle Zum Bach

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Medicamentos para o tratamento de hipertensão e diabetes serão fornecidos gratuitamente por meio do Programa "Saúde Não Tem Preço". Na última semana Dilma Roussef, juntamente com o ministro da Saúde Alexandre Padilha, anunciou a nova medida que beneficiará muitas pessoas. O governo pretende que até o dia 14 deste mês, todas as 15 mil farmácias conveniadas ao programa “Aqui tem Farmácia Popular”, estejam adaptadas e prontas para atender a demanda dos pacientes que precisam adquirir tais medicamentos. Além de ampliar o programa para a distribuição gratuita de outros medicamentos, o governo pretende trabalhar junto à população para conscientização quanto ao uso adequado dos medicamentos. Ainda neste ano o Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (DENASUS) irá adotar novas medidas de expansão e desenvolvimento dos trabalhos no país. A intenção é aumentar o número de auditorias para acompanhar a execução e o controle da segurança do Programa “Saúde Não Tem Preço”. Até o momento alguns proprietários de farmácias em Divinópolis ainda não receberam determinações do programa para iniciar a distribuição dos medicamentos, uma vez que a nova determinação ainda está em fase de implantação. Nos procedimentos de venda do medicamento pela Farmácia Popular o governo paga uma parte e o cliente paga o restante. Em

Governo espera que até o dia 14 deste mês, todas as 15 mil farmácias conveniadas ao programa “Aqui tem Farmácia Popular”, estejam adaptadas para o atendimento

alguns casos o valor do medicamento sofre uma redução de até 90 % do preço normal, a partir da nova determinação, alguns medicamentos serão distribuídos de forma gratuita na rede particular de farmácias. BENEFICIADOS Zelita de Almeida Gomes é aposentada e aos 73 anos, toma uma série de medicamentos, entre eles estão os comprimidos para pressão e diabetes. A

aposentada comemora o fato de poder receber os medicamentos de forma gratuita, uma vez que grande parte do orçamento mensal fica comprometido com a compra dos medicamentos. Em pesquisa divulgada pela Fundação Oswaldo Cruz e Organização Mundial de Saúde (OMS), as despesas com saúde representam, em média, 19% dos gastos da população. Os brasileiros só gastam mais com alimentação (37,6%) e com manuten-

ção da casa (29,2%). Segundo a mesma pesquisa, a população de menor renda destina 61% dos gastos com saúde para a compra de medicamentos. E pelo menos 11% dessas pessoas já venderam bens ou pediram empréstimo para manter o tratamento. SEMUSA Segundo informações da Secretária Municipal de Saúde, a Farmácia da SEMUSA já oferece os medicamentos de forma

gratuita a todos os pacientes que procurarem a ‘farmacinha’ portando a receita prescrita por médico em consulta realizada por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Portanto a nova medida fará parte somente da rede de farmácias particulares que são conveniadas ao Programa Farmácia Popular. PROGRAMA O Farmácia Popular é um programa do Governo Federal,

que tem como objetivo ampliar o acesso da população aos medicamentos considerados essenciais para o tratamento de doenças com maior ocorrência no país. Nos últimos anos o programa tem passado por expansão que visa oferecer alternativas de acesso à assistência farmacêutica. Um das finalidades principais do programa é beneficiar as pessoas, que têm dificuldades para realizar o tratamento, por causa do preço dos medicamentos. A proposta das Farmácias Populares do Brasil é de ampliar o acesso da população a medicamentos essenciais. No total, 107 tipos de remédios são vendidos pelas farmácias populares. Basicamente, tais medicamentos são aqueles distribuídos pela rede básica do Sistema Único de Saúde (SUS), pois o critério de seleção é o mesmo, atender às necessidades mais comuns com base em evidências epidemiológicas e prevalência de doenças e agravos da região. MEDICAMENTOS O programa comercializa medicamentos para o tratamento de diversas doenças, entre elas artrite, alcoolismo, alergias, doenças respiratórias, depressão, hipertensão arterial, antibióticos, além de anticoncepcionais e preservativos. A novidade esse ano é a distribuição do TAMIFLU, medicamento que trata a H1N1 (gripe suína). Qualquer pessoa pode se tornar usuária da Farmácia Popular, desde que apresente a receita médica e documento com foto para que os dados do paciente sejam registrados no banco de dados do programa.

Consumação mínima é abusiva e proibida por lei Clientes de casas noturnas são os mais prejudicados Marielle Zum Bach

marielle.espindola@gazetaoeste.com.br

Há algum tempo atrás era comum receber uma comanda em um restaurante ou casa noturna com uma notificação expressa estabelecendo o valor mínimo de consumação. Após diversos impasses entre o Procon e os estabelecimentos, a cobrança diminuiu, mas nenhuma lei definitiva conseguiu permanecer durante muito tempo fiscalizando tal ato. Ao lado dos clientes, está o Código de Defesa do Consumidor, cujo artigo 39 veda ao fornecedor de produtos e serviços condicionar este fornecimento ao consumo de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos. Quer dizer, o esta-

belecimento não pode obrigar ninguém a consumir qualquer produto, sob nenhuma circunstância. Por outro lado, a quantia poderia ser considerada como parte do valor do ingresso para entrar no local, e não existe nenhuma lei que estabeleça um valor mínimo para essa cobrança. Ainda pelo lado do dono do estabelecimento, a pessoa que entra no local e não consome

nada, está ocupando o lugar de alguém que poderia consumir, logo, traria certo prejuízo. Muitas casas noturnas, porém, camuflam a cobrança da consumação mínima, estabelecendo um valor e fazendo o cliente acreditar que está recebendo algum tipo de benefício ao ter uma parte desse valor, revertida em produtos e serviços dentro da própria casa. Por

exemplo, o local cobra R$10,00 e “oferece gratuitamente” R$5,00 de consumação dentro do próprio bar. O que o cliente não sabe é que o valor pelo ingresso são, unicamente, os R$5,00 iniciais e que não seria de sua obrigação pagar o restante, se ele não consumir a quantia total. O cliente, porém, tem o direito de utilizar o primeiro argumento,

visto que ele, em princípios legais que consideram a boa-fé, não recebeu a informação prévia de que a obrigatoriedade da consumação fazia parte do valor da entrada. O cliente tem o direito de não pagar o valor mínimo de consumação. Caso não seja possível, a alternativa que o consumidor tem é a de pagar a conta, pedir nota fiscal com os valores discriminados e depois

pedir a restituição do dinheiro por meio do Procon ou Juizado Especial Cível. Assim sendo, o estabelecimento tem a faculdade de optar pela cobrança ou não da consumação mínima. O que é exigido, do local, é que o cliente seja informado dessa opção logo na entrada. Se o cliente não souber que é obrigatório, então não será obrigatório.


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Alunos do CEFET em Divinópolis realizam Trote Solidário Várias caixas de leite foram arrecadadas para futura doação Flaviane Oliveira

Ao longo do ano letivo, várias ações de integração e conscientização são realizadas em parceria com os alunos Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

A volta às aulas no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/ MG) é motivada pela vontade de ajudar ao próximo. Na manhã desta segunda feira (07), foi realizado o “Trote Solidário” com a arrecadação de caixas de leite que serão doadas a instituições beneficentes. Geralmente são veiculadas notícias no que se refere à trotes e brincadeiras de mau gosto durante os primeiros dias da volta às aulas

em todo o país. Algumas brincadeiras acabam em agressões ou mesmo situações desagradáveis para aqueles que são vítimas dos trotes. Pensando nisso, o CEFET desenvolveu a primeira edição do “trote”, onde calouros e veteranos puderam arrecadar caixas de leite para promover doação dos mesmos. É nesse contexto e a partir da preocupação em manter o convívio sadio entres os alunos que a direção do CEFET trabalha e incentiva a realização do “Trote Solidário”. Ações como essas conscientizam e formam

a capacidade de trabalho em equipe e solidariedade dos jovens estudantes. AÇÕES De acordo com o diretor do CEFET, Luiz Carlos Gonçalves, todo o ano é realizado no Centro uma gincana entre os alunos que se estende até o mês de setembro. Ao longo do ano letivo, várias ações de integração e conscientização são realizadas em parceria com os alunos. O “Trote Solidário” é a primeira de muitas ações a serem desenvolvidas nos

Lucas Mendes / TV Candidés

Cerca de 500 caixas de leite já foram arrecadas

próximos meses. O diretor explica que no Campus Divinópolis, nunca houve incidência de trotes violentos. Mesmo assim a direção busca realizar ações como a de ontem para manter o “espírito solidário” entre os alunos. A primeira turma a participar das doações foi a de alunos dos cursos técnicos do período da manhã. O diretor explica que ainda no fim deste mês, voltam às aulas os alunos dos cursos de nível superior e nova edição do trote solidário será realizada, porém com enfoque diferente,

provavelmente ligado a ações que envolvam a doação de sangue ou medula óssea. Durante o ano será realizada também a conscientização quanto ao uso racional da água. Os alunos vão trabalhar a redução da cota de consumo e uso da mesma. Neste contexto, o CEFET vai atuar juntamente com os alunos para reduzir o desperdício. TROTE Luiz Carlos explica que todo os preparativos para o “Trote Solidário” foram iniciados ainda

no período de férias. Os alunos veteranos ficaram incumbidos de entrar em contato com todos os calouros e informar aos demais quanto a realização do trote. Dessa forma houve também a possibilidade de interação entre os alunos. Os estudantes foram divididos em equipes identificadas por cores. Cerca de 300 alunos participaram do trote na manhã de ontem (07). No total foram arrecadados 500 caixas de leite que posteriormente serão doadas a instituições de caridade ainda não definidas.

Carteiras de trabalho em Divinópolis são entregues em tempo hábil Lei estipula até quinze dias, mas o documento é entregue no máximo em dez sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

A emissão da carteira de trabalho, documento que oficializa a relação patrão-trabalhador, demora em algumas cidades dias ou até meses para serem entregues. Em Divinópolis a realidade é outra, os documentos são entregues no máximo em dez dias, bem antes do prazo previsto por lei. O chefe do setor de atendimento nas áreas do trabalhador, emprego e renda, Marcilio Luiz Marques Junior, conta que se não ocorrerem problemas, a carteira é entregue em até dez dias. “Sobre prazo de entrega da carteira, a legislação que cria a carteira informatizada, prevê um prazo de dois a quinze dias para a entrega, normalmente a gente consegue entregar bem antes desses quinze dias. Não havendo nenhum problema, falta de material, falha no equipamento ou situação inesperada, nós entregamos antes dos

quinze dias, geralmente a gente gasta nove, dez dias”. O chefe de setor ainda esclareceu que a emissão das carteiras de trabalho são rápidas, até porque o município de Divinópolis atende 45 cidades.“Nós emitimos carteira das quarenta e cinco cidades da nossa circunscrição, nesse caso é preciso calcular os prazos de entrega dos correios tanto do protocolo, do município até aqui, quanto da carteira depois de pronta daqui, até o município, o que resulta em um prazo de quinze a vinte dias, quando é em outro município”,explicou. Sobre a reclamação de falhas no sistema Marcilio ressalta que as vezes o atendente pode errar, a maioria dos problemas se deve ao sistema interligado que apresenta erros esporádicos. “Nós temos uma demanda muito grande no município, trabalhamos com computadores, mas também com seres humanos e todo mundo está sujeito a errar. O nosso

Sarah Rodrigues

Sarah Rodrigues

Letícia é funcionária do Ministério e trabalha no processo de produção das carteiras

sistema cruza dados com os outros sistemas informatizados do governo federal, pertinentes a vida do trabalhador, por exemplo, o PIS, e nem sempre os dados que estão na inscrição

do PIS do trabalhador que nos procura é exatamente igual ao que nos apresenta quando vai fazer a carteira de trabalho, quando acontece isso, o programa vai bloquear e a pessoa

precisa voltar ao Ministério do Trabalho para saber se uma correção precisa ser feita no nosso protocolo ou na inscrição do programa do PIS”, acrescenta. Em Divinópolis são feitas por ano cerca de trinta mil carteiras, para o município são entregues aproximadamente sete mil carteiras de trabalho. Totalizando entre 60 e 70 carteiras de trabalho por dia. PARA FAZER A CARTEIRA Marcilio orienta as pessoas que necessitam fazer o documento pela primeira vez. “Para quem nunca fez, a pessoa deve trazer o Cadastro de Pessoa Física (CPF), o documento de identidade original, comprovante de residência”. O chefe de setor explica que a carteira de trabalho é feita sem custos para o trabalhador, por isso quando uma segunda via é solicitada é necessário a apresentação do Boletim de Ocorrências. “Para a segunda via, depende do motivo pelo

qual a pessoa precisa da segunda via, se for por perda, roubo, extravio, terá que trazer também um boletim de ocorrência e algum documento que contenha o número da carteira perdida ou extraviada”, afirmou. PROCESSO Algumas partes do processo de produção são feitas em Divinópolis, especialmente a montagem que é feita manualmente, como explica o chefe de setor.“A carteira de trabalho informatizada, segue algumas etapas até chegar ao trabalhador, desde a etapa de atendimento, até a entrega dela ao cidadão. Algumas etapas são feitas por nós manualmente e as etapas que são feitas automaticamente são feitas de maneira rápida ou lenta, conforme a demanda no país, pois o nosso sistema é feito pela Web e quando a demanda é muito grande o sistema é lento e nós recebemos o material como o papel moeda e a carteira montada”, conclui.


08 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

“Em Plena Liberdade” Esgoto no bairro Quintino na Igreja do Santuário continua correndo a céu aberto Peça volta a ser apresentada para um Prefeitura alega que problema deve ser resolvido de dois a quatro anos público diferente em Divinópolis André Bernardes

De acordo com o secretário de operações urbanas Adilson Quadros, o problema no bairro será resolvido no prazo de dois a quatro anos André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Moradores do bairro Quintino ainda convivem com esgoto a céu aberto e muitos buracos nas ruas. De acordo com os moradores, a prefeitura arruma, mas o esgoto estoura toda semana. A prefeitura abriu um buraco e deixou a terra entulhada no canto da rua, que não tem passeio. No dia 14 de novembro de 2008, a Gazeta do Oeste noticiou o problema com o esgoto. Na época, o então responsável pelo setor de saneamento e esgoto, Geraldo José de Souza, disse que o problema não foi solucionado pelo excesso de trabalho e pro-

blemas de maior importância. No final do ano passado, a repórter Sarah Rodrigues voltou ao bairro e o problema continuava. O secretário de operações urbanas Adilson Quadros disse que o esgoto de Divinópolis é antigo, e que será trocado aos poucos, pois existem falhas em vários locais. Nossa reportagem esteve novamente na rua Geraldo Francisco Vicente e o problema persiste. De acordo com a moradora Maria de Fátima, que é proprietária de um bar, os clientes não estão comparecendo ao local devido ao mau cheiro. “Estourou o esgoto aqui na minha porta e passavam fezes aqui na porta direto” conta Maria. A terra

entulhada pela prefeitura quase ocasionou um acidente. “Um rapaz foi desviar da terra quase bateu no poste” conta Maria de Fátima. A terra está entulhada na rua a mais de um mês e é comum o esgoto estourar no bairro. Procuramos novamente o secretário de operações urbanas, Adilson Quadros. Ele estava em Belo Horizonte e alegou que existem muitas ligações clandestinas que sobrecarregam o esgoto. Ao ser perguntado sobre uma previsão para o problema ser solucionado, Adilson disse que será de médio à longo prazo. “Esse é um problema que será resolvido entre dois a quatro anos” afirma Adilson.

De acordo com o secretário, a população pode colaborar para que estes problemas sejam evitados. “Existem muitas ligações de esgoto clandestinas que sobrecarregam a rede de esgoto”diz Adilson. Ele afirma que a prefeitura notifica moradores com ligação irregular, mas é difícil conter esta prática. Questionado sobre o investimento do IPTU, Adilson diz que a prefeitura pretende arrecadar 21 milhões de reais com o imposto em 2011, mas que este valor não é suficiente para fazer os reparos. “Este valor representa um mês e meio de salário do servidor. Nos precisamos de dinheiro de repasse” afirma Adilson.

Settrans fiscaliza veículos escolares A secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Settrans) iniciou ontem(07) uma operação para coibir o transporte irregular de passageiros que não estiverem em dia com a inspeção veicular, e a operação será realizada nas portas das escolas. Segundo informações, no final de 2010, a prefeitura de Divinópolis solicitou que a partir do dia 02 de janeiro de 2011, que as prestadoras de serviço de transporte escolar procurassem um Centro de Inspeção Veicular credenciado pelo Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (DETRAN-MG) para re-

alizar a vistoria nos veículos escolares. Após a inspeção dos veículos, os motoristas e os auxiliares de condução deveriam apresentar o laudo de vistoria original do veículo contratado à Secretaria Municipal de Educação (SEMED), juntamente com a cópia legível (frente e verso) da Carteira Nacional de Habilitação; crachá de motorista emitido pela Secretaria de Trânsito e Transportes (SETTRANS); comprovante do curso de condutores de escolares; crachá de auxiliar de viagem cadastrado na SETTRANS e número de telefone.

O espetáculo 'Em Plena Liberdade' do Projeto Fazendo Arte será apresentado na Igreja do Santuário de Santo Antônio no dia 25 de fevereiro às 19h30, após a missa. É a primeira vez que a peça é encenada em um templo religioso e a intenção é divulgar ainda mais a vida e a obra de Frei Bernardino Leers. Em dezembro do ano passado, no Teatro Municipal Usina do Gravatá, o frei ficou emocionado com o espetáculo contando sua trajetória. O espetáculo terá a mesma peça teatral, com algumas adaptações para se adequar ao espaço, e terá a participação de crianças e adolescentes assistidos pelo projeto. Com 29 cenas começa com dança holandesa, fazendo uma referência ao país de origem de Frei Bernardino. Também conta um pouco da sua infância na Holanda. Depois conta a chegada ao Brasil e os primeiros contatos com a língua portuguesa. Também tem cenas dedicadas ao trabalho rural e cenas extraídas da sua obra: "A Moral do Burro". O espetáculo termina com a declaração final, que foi extraída da obra “Em Plena Liberdade”. "Estamos adaptando o espetáculo. É a primeira vez que iremos apresentar numa igreja. É uma novidade para nós, vamos mostrar a peça num local diferente, do que as três apresentações do ano passado. É uma emoção muito forte para nos que buscamos conhecer um pouco mais sobre Frei Ber-

nardino e agora apresentar no Santuário, no espaço dele, será muito gratificante para a equipe.", afirmou a coordenadora do projeto, Lenir de Castro. Frei Leonardo, um dos organizadores do evento no Santuário, afirmou que o objetivo da apresentação e mostrar a vida e obra para mais pessoas. "Foram três apresentações no teatro direcionado para os pais dos alunos do projeto. Agora, queremos mostrar para as pessoas que acompanham a missa todo esse trabalho grandioso realizado pelo projeto. Frei Bernardino está muito honrado com essa apresentação. A peça será apresentada no ambiente muito especial, onde ele celebrou missas. O espaço é uma referência porque Bernardino está desde 1952 no Santuário", afirmou. Fazendo Arte O Projeto atendeu no ano passado 1,7 mil crianças e adolescentes de 16 escolas de regiões mais carentes de Divinópolis. O projeto valoriza a arte com oficinas divididas em várias modalidades. Dentre elas teatro, artes plásticas, capoeira, viola caipira, flauta, violão, canto, teatro, contação de histórias, danças (clássico / jazz / contemporâneo / folclóricas). O projeto Fazendo Arte é coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura e tem contas com o patrocínio da Gerdau por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

SECRETARIA DA 2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE DIVINÓPOLIS -MG. EDITAL DE CITAÇÃO de ROSILENE DE FATIMA TEOFILO.Prazo de 30(trinta) dias.Processo nº 223.10.019746-4. AÇÃO MONITÓRIA, na qual figura como requerente SOCIEDADE DOM BOSCO DE EDUCAÇÃO E CULTURA LTDA e como requerido ROSILENE DE FATIMA TEOFILO. Objetivo: Citar ROSILENE DE FATIMA TEOFILO, brasileira, solteira, estudante, CPF nº 024.529.996-36, com endereço em lugar incerto e não sabido, para que, no prazo de 15(quinze) dias, pague o débito de R$ 3.331,32 ou,caso queira, em igual prazo, ofereça embargos, sob a pena de ser constituído, de plano, o título executivo judicial, convertendo-se o mandaddo inicial em mandado executivo e prosseguindo-se na forma prevista no Livro I, Título VIII, Capítulo X do CPC. Em caso de cumprimento do mandado inicial, ficará isento de custas e honorários advocatícios(§ 1º do art.1.102c do CPC); se não efetuar pagamento do montante da constituição, será acrescida multa no percentual de 10% (dez por cento), expedindo-se o competente mandado de penhora e avaliação; se efetuado o pagamento parcial do débito, prazo acima, a multa de 10%(dez por cento) indicirá apenas sobre o restante (§ 4º do art.475-J, do mesmo diploma legal). Divinópolis, 15 de dezembro de 2010. Eu, Maria Aparecida Santana, Escrivã Judicial, o fiz digitar e assino. Fernando Fulgêncio Felicíssimo - MM.Juiz de Direito da 2ª Vara Cível.

1ª INSTÂNCIADIVINÓPOLIS COMARCA DE DIVINÓPOLIS/MG - SECRETARIA DA 5ª VARA CÍVEL - EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 30 DIAS. O Dr. José Maria dos Reis, MM. Juiz de Direito da 5ª Vara Cível, desta cidade e comarca de Divinópolis, Estado de Minas Gerais, na forma da Lei, etc. FAZ SABER a todos que o presente edital, virem ou dele conhecimento tiverem , especialmente Refrigerantes Santo Antônio Ltda, CNPJ sob nº 08.033.879/0001-80 atualmente em lugar incerto e não sabido; que por esta Secretaria da 5ª Vara Cível se processam os termos e autos nº 0223 10 008404-3 da Ação Monitória, requerida por PortoPlastic Indústria e Comércio de Embalagens Ltda, e por este EDITAL, CITA REFRIGERANTES SANTO ANTÔNIO LTDA, acima qualificada, para no prazo de 15 (quinze) dias, efetuar o pagamento da importância de R$ 34.556,60 (trinta e quatro mil, quinhentos e cinquenta e seis reais e sessenta centavos) ou a entrega da coisa, se for o caso, hipótese em que ficará isento do pagamento de custas processuais e honorários advocatícios. Fica a parte advertida de que não sendo embargada a ação ou rejeitados os embargos, constituir-se-á de pleno direito o Título Executivo Judicial, convertendo-se este Mandado em Mandado Executivo, prosseguindo-se na forma prevista no Livro I, Título VIII, Capítulo X do Código de Processo Civil. Havendo a conversão em título executivo judicial, se o requerido não efetuar o pagamento do montante, o débito será acrescido de multa no percentual de 10%, expedido-se o mandado de penhora e avaliação, caso o credor requeria. Se efetuado pagamento parcial do débito, no prazo de 15 dias, a multa de 10% incidirá apenas sobre o restante (art. 475-J, §4º do CPC). O presente edital será afixado por cópia no saguão do Fórum local e publicado uma vez no Diário do Judiciário Eletrônico. Dado e passado nesta cidade e comarca de Divinópolis, 25 de janeiro de 2011.Eu Ana Chrystina de Senna Barçante, Escrivã Judicial, (em substituição), o digitei e subscrevi.Dr. José Maria dos Reis, MM. Juiz de Direito. Advogado: Dr Marcelo Amaral Boturão - OAB/SP 120.912.


:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Polícia Federal apreende drogas em posto de combustível Mais de 30 kg de maconha foram encontrados no local

Polícia Federal de Divinópolis

Marielle Zum Bach

marielle.espindola@gazetaoeste.com.br

Oficiais da Polícia Federal, em parceria com a Polícia Militar de Divinópolis, apreenderam domingo (6), 47 tabletes de maconha (totalizando 31,5 kg) e um quilo de cocaína. A droga foi encontrada em um posto de combustível localizado na BR494, próximo ao distrito de Marilândia. O material entorpecente foi encomendado de São Paulo e entregue ao dono do posto, que também é um restaurante. A droga foi escondida em um cômodo atrás do estabelecimento. O suspeito, de iniciais M.P.A.C., já estava sendo investigado pela Polícia Federal desde 2010, quando foram encontrados

60 kg de pasta base de cocaína em um sítio próximo ao posto. Na ocasião, porém, nada conseguiu ser provado que relacionasse o dono do posto ao material ilícito localizado. Durante as investigações, foi constatado que o suspeito mantinha contato inclusive com traficantes já presos, obtendo informações privilegiadas sobre as ações policiais, tendo um deles inclusive, avisado ao suspeito sobre a operação que seria realizada, permitindo ao mesmo, a sua fuga. No domingo, por volta das 16 hs, policiais conseguiram flagrar os traficantes enquanto aguardavam consumidores. Foram apreendidos dois veículos, celulares e mais de mil reais em dinheiro. Os dois suspeitos foram autuados

Formiga

Um incêndio de causas desconhecidas destruiu cerca de 70 veículos no domingo, em um pátio de veículos no bairro Maringá. Nenhuma pessoa ficou ferida e as causas continuam em investigação.

Nova Serrana

Martinho Campos

32,5 kg de drogas foram apreendidos

em flagrante pela Lei 11.343 de 2006, art.33: “Importar, exportar, remeter, preparar, produzir, fabricar, adquirir, vender, expor à venda, oferecer, ter em depó-

sito, transportar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas, ainda que gratuitamente, sem autorização ou em desacor-

do com determinação legal ou regulamentar”. Os dois suspeitos já estão no presídio Floramar em Divinópolis.

Operação registra: motoristas não respeitam o semáforo Balanço divulgado pela Settrans admite imprudência dos motoristas

Marielle Zum Bach

Homicídio teria relação com o tráfico de drogas, autores continuam foragidos Marielle Zum Bach

Marielle Zum Bach

marielle.espindola@gazetaoeste.com.br

Imprudências do motorista, como avançar o sinal, são as principais causas de acidentes Marielle Zum Bach

O homicídio teria sido efetuado próximo à uma loja de peças automotivas, em frente ao bar onde a vítima estava

fico, devido ao alto número de possibilidades que o comércio de entorpecentes traz para o crime. “Na maior parte dos assassinatos relacionados ao tráfico de drogas, tanto a vítima quanto os executores possuem inventário no comércio de entorpecentes, o que dificulta mais o trabalho, porque o leque de possibilidades é enorme. Podendo ser até um comparsa da vítima, que desejava ser o único dono do negócio, pode ser disputa por área de tráfico, pode ser um usuário que foi ameaçado e está com medo, então o leque de possibilidades para as pessoas que morreram por causa do tráfico, é enorme. É uma investigação complexa e demorada. Mas já estamos levantando o nome de suspeitos, possíveis inimigos, contactando a família, procurando pistas.” Todos os homicídios do ano foram executados em bares, ou em locais próximos a casas de show e entretenimento. “A vítima

Regionais

Um homem foi assassinado no final de semana, próximo ao Centro de Convenções da cidade. Johny Herbert, 21 anos, foi atingido por três tiros. O autor dos disparos estava em uma moto e fugiu, não tendo ainda sido localizado pela polícia.

Jovem de 18 anos é morto a tiros no bairro São José Continuam foragidos os dois suspeitos do 4º homicídio do ano ocorrido no final de semana. Marcos César Andrade Oliveira, de 18 anos, foi morto a tiros na Av. Paraná, próximo ao nº 1022, no bairro São José. As investigações indicam que tanto os autores do assassinato quanto a vítima possuem relação com o tráfico de drogas na região. A vítima, já conhecida no meio policial, cometeu um ato infracional análogo ao homicídio, ou seja, matou um homem quando tinha apenas 14 anos e teria se dedicado ao tráfico desde então. De acordo com o delegado de Crimes Contra a Vida, Marcelo Nunes, o suspeito estava sentado em um bar, fazendo uso de bebida alcoólica com mais uma pessoa, quando dois homens armados chegaram em uma moto. Um deles desceu e efetuou vários disparos que atingiram a vítima, que faleceu imediatamente. Os suspeitos fugiram, e, possivelmente, um carro já os estaria esperando para efetuar a fuga do local. “Os trabalhos começaram, o leque de inimigos é enorme, envolve várias questões, mas já foi instaurado o inquérito e agentes já começaram a ouvir testemunhas no local.”, afirma o delegado. Marcelo Nunes ainda explicou a dificuldade de detectar possíveis suspeitos quando a vítima tem relação com o trá-

POLÍCIA 09

fica em situação de guarda baixa quando está em um ambiente de lazer, como em um bar. Esse momento de distração é aproveitado pelos homicidas para realizar o crime. Por isso são ambientes perigosos.”, explica. Ainda de acordo com o delegado, os donos dos estabelecimentos estão sendo ouvidos, mas os depoimentos não ajudam muito. “Eles não colaboram, mais por medo. Vigora a lei do silêncio: ninguém viu nada e ninguém sabe de nada. O que coíbe é o medo mesmo. Acho que eles também teem medo de serem responsabilizados civilmente pela morte ter acontecido no estabelecimento. Mas é muito complicado. Um homem é executado em um bar, com muitas pessoas em volta, e ninguém viu nada?” Foi ressaltada a necessidade da colaboração da comunidade. “Muitas vezes a omissão faz com que o culpado fique impune”.

marielle.espindola@gazetaoeste.com.br

Balanço da “Operação Trânsito Seguro”, realizada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte, Settrans, mostra que mais de 75% das notificações de trânsito se referem ao avanço de semáforos. A operação, realizada em apenas uma semana, entre o final de janeiro e início de fevereiro, registrou 933 notificações de infração de trânsito. Dentre elas, 716 se referem ao desrespeito de sinalização, mais especificamente, avanço de semáforo (o que significa 76,74%). Em segundo lugar, estão registradas infrações por motoristas que dirigem falando ao celular, com 71 notificações; e 65 registros de motoristas ou passageiros sem o cinto de segurança. As notificações foram realizadas, basicamente, na esquina da rua Esmeralda com a rua Francisco Carvalho, no bairro Niterói. De acordo com o gerente de Educação e Fiscalização deTrânsito, Gerson Luiz de Freitas, esta operação é fruto de solicitações de moradores da região que se queixavam dos motoristas não estarem respeitando

o semáforo que existe no local, o que estaria colocando a vida de pedestres em risco e dificultando o trânsito.“O que vimos após a realização desta operação é muito preocupante. Realmente os motoristas não respeitam a sinalização do local. Apesar das informações e dos alertas aos motoristas, infelizmente vimos que muitos simplesmente ignoram a sinalização do local”, afirma Gerson. O acidente de trânsito é o segundo maior problema de saúde pública do Brasil, perdendo apenas para a desnutrição e que o trânsito é a terceira causa de morte do país ficando atrás apenas das doenças do coração e do câncer. No país, o número de acidentes com vítimas fatais chega a aproximadamente 40.000 pessoas por ano. Nos últimos dez anos, o número de mortes aumentou na proporção exorbitante de 1.000%. A cada minuto, uma pessoa morre ou fica ferida por causa de acidentes apenas envolvendo motocicletas. As informações, ainda de acordo com o Instituto Brasileiro de Segurança no Trânsito, mostram que a maior parte dos acidentes acontece devido a imprudência dos motoristas.

Um motorista foi preso no km 087 da rodovia MG-164, com carteira de habilitação falsificada. O motorista foi abordado durante uma blitz, e os oficiais suspeitaram do documento devido à qualidade do papel. O condutor, de 32 anos de idade, foi preso e conduzido à delegacia de Martinho Campos, sendo apreendidos a motocicleta de cor cinza vinda de Nova Serrana, que ele dirigia e o documento falso.

Bom Despacho

Durante blitz também na MG-164, na altura do km 136, outro documento irregular foi apreendido. Um caminhão de Lagoa da Prata foi parado e foi verificado que o condutor, de 22 anos, estava com a carteira de habilitação ilegal, sendo ela na verdade, do pai do suspeito. O motorista foi preso em flagrante.


10 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Dra. Karla Faria

Carol Corrêa

karlafaria@ortodontista.com.br

carolina@lacuisinecorrea.com.br

Os efeitos do cigarro sobre os dentes e a boca Quais os perigos que a fumaça do cigarro representa para a saúde bucal? O uso crônico de tabaco é considerado um fator de risco para uma série de doenças orais. Toda forma de uso de tabaco é comprovadamente prejudicial à saúde do homem e especialmente da boca. O consumo de cigarros, charutos ou produtos de tabaco mascado pode causar prejuízo à saúde bucal. A maioria das pesquisas encontradas na literatura é relacionada ao uso de tabaco na forma de cigarros. Entre os principais danos à boca causados pelo fumo estão o câncer bucal, a doença periodontal e a halitose. O fumo também causa manchas nos dentes, língua e mucosas, deixando a boca com manchas escuras denominadas melanose do fumante. As defesas do organismo ficam diminuídas, tanto sistêmicas quanto locais, prejudicando a cicatrização de feridas e a osteointegração de implantes dentários. O tabaco causa mau hálito? Sim, os produtos da combustão do tabaco são uma das principais causas de mau hálito, também denominado halitose. Os odores da fumaça inalada são expelidos durante a fala e a respiração. O uso de cigarro, charuto, cachimbo, maconha ou tabaco mascado (fumo de rolo), associado a uma má higiene da boca, da língua e à presença de doença periodontal, pode tornar o hálito extremamente desagradável. Outro agravante é a diminuição do fluxo salivar (boca seca) causada por essas substâncias, diminuindo a “limpeza” fisiológica do próprio organismo, aumentando a halitose do paciente. É possível perder os dentes devido ao fumo? Sim, vários estudos comprovam a associação hábito de fumar com a doença periodontal. A doença periodontal é um processo inflamatório crônico da gengiva e/ou dos tecidos de suporte dos dentes, podendo levar à reabsorção óssea alveolar, ao aumento da mobilidade dental, à exposição das raízes e perda dos dentes.A principal causa de doença periodontal é o acúmulo de placa bacteriana nas superfícies dos dentes. Essa placa é composta principalmente por bactérias que produzem toxinas que destroem os tecidos de suporte dos dentes (gengiva, cemento, osso e ligamento periodontal), causando gengivite (inflamação das gengivas) e periodontite (inflamação dos tecidos ao redor do dente). A periodontite, quando severa, afeta o osso, causando aumento da mobilidade e até mesmo a perda dos dentes. O exato papel do tabaco sobre os tecidos periodontais tem sido amplamente

investigado. Pesquisas afirmam que fumantes têm maior acúmulo de placa que não-fumantes e que as bactérias presentes nessa placa são mais agressivas, podendo causar formas mais graves de doença periodontal Por que a saúde bucal de um fumante é mais frágil do que a do não-fumante? De acordo com o INCA, o consumo de tabaco causa aproximadamente 50 doenças diferentes e um fumante adoece em média 2 a 3 vezes mais que um não-fumante. Na composição do cigarro estão mais de 4.720 substâncias, dentre elas mais de 60 são capazes de causar danos ao nosso organismo. Na boca, o cigarro agride as células da mucosa e ainda diminui sua capacidade de cicatrização e de defesa, deixando-a mais sujeita à ação de agentes agressores como bactérias, vírus e fungos, além de conter substâncias carcinogênicas que aumentam a probabilidade do desenvolvimento de câncer bucal. Por que os dentes e as gengivas escurecem? Entre os componentes do cigarro está a nicotina, que se acumula nas superfícies dos dentes, causando uma pigmentação escura. A pigmentação das mucosas é denominada melanose do fumante. A nicotina do cigarro estimula a produção de melanina, causando manchas acastanhadas, principalmente nas gengivas dos fumantes de cigarro e nas comissuras e nas bochechas dos fumantes de cachimbo. As mulheres são mais afetadas, e tem sido sugerido que tal fato se deva aos hormôniosfemininos.Aspigmentaçõesocorrem mais em fumantes inveterados. Com a cessação do hábito de fumar as manchas na mucosa desaparecem gradativamente, mas pode levar até três anos para que isso ocorra. O cigarro pode provocar problemas na salivação? Sim. A saliva tem um papel importante na proteção da boca . Em sua composição estão substâncias que participam da limpeza da boca e do equilíbrio da microflora bucal. A diminuição de saliva aumenta o risco de cáries e a propensão à candidose bucal. O cigarro causa diminuição na secreção salivar, deixando uma sensação de boca seca, denominada xerostomia. Esse sintoma provoca dificuldade na mastigação, deglutição e fonação, além de tornar a mucosa bucal mais sensível, podendo surgir feridas na boca e fissuras na língua. Um estudo do Instituto de Tecnologia Technion-Israel, em Haifa, recriou os efeitos do cigarro em células cancerígenas na boca. Metade das amostras foi exposta somente ao fumo e outra a uma mistura de fumo e saliva. Os pesquisadores

MASSA SABLÉ

constataram que o cigarro combinado com a saliva produz mais danos às células que o cigarro separadamente. O hábito de fumar pode causar que tipos de câncer na região da boca e da garganta? O tabagismo está relacionado aos cânceres de lábio e da cavidade bucal (câncer de boca), faringe, laringe e esôfago. Dependendo do tipo e da quantidade de tabaco usado, os fumantes apresentam uma probabilidade 4 a 15 vezes maior de desenvolver câncer de boca do que os não-fumantes. Se a pessoa deixa de fumar esse risco decresce, mas somente após 10 anos sem fumar terá o mesmo risco de desenvolver a doença que uma pessoa que nunca fumou. A causa do câncer não tem um único fator definido. Ela depende de uma série de fatores sistêmicos, como doenças sistêmicas e deficiências nutricionais, e de fatores externos aos quais o indivíduo se expõe voluntariamente, como o fumo, o álcool e os raios solares. Entre os pacientes que morrem em decorrência de câncer da cavidade bucal, 90% são fumantes. O câncer de lábio é mais freqüente em pessoas de pele clara que se expõe por muito tempo ao sol sem proteção. A grande maioria (90%) dos casos ocorre no lábio inferior e aparece como uma ulceração indolor, endurecida, rígida e encrostada no vermelhão do lábio inferior. Na boca as áreas mais afetadas são a língua e o assoalho da boca. As lesões aparecem inicialmente como pequenas feridas indolores que não cicatrizam, aumentos de volume (caroços, inchaços) ou manchas esbranquiçadas ou avermelhadas. De acordo com as estimativas do INCA para 2008, o câncer de boca está em 5º lugar em incidência no Brasil, seguido pelo câncer de esôfago. Há mudanças no paladar? Sim, o fumante tem alterações no olfato e no paladar dos alimentos. O fumo causa atrofia das papilas gustativas do dorso da língua, ocasionando diminuição do paladar, especialmente de alimentos salgados. Para prevenir o câncer bucal o fumante deve: Reduzir o uso do cigarro e se possível até mesmo abandoná-lo. Devemos lembrar que os danos são proporcionais à quantidade de cigarros fumados. Evitar a associação do fumo com o álcool, pois este aumenta os efeitos nocivos do cigarro. Ter uma alimentação saudável, consumindo frutas, legumes e verduras. Realizar consultas periódicas com o dentista e manter uma boa higiene bucal. FONTE: DENTALPRESS

Dra. Karla Faria Especialista em Ortodontia Mestre em Ortodontia pela SLM – Campinas – SP Membro da Associação Brasileira de Ortodontia (37) 3222.7932

Massa Sablé é a famosa massa que faz base para daquelas tortinhas de padaria, com recheios doces. Doce ou salgada, a sablé apresenta diversas vantagens, principalmente em relação ao seu preparo: fácil, rápido e bem barato! Pode ser usada para preparar bases de tortas (doces e salgadas), petit four (aqueles deliciosos biscoitinhos amanteigados que acompanham muito bem um cafezinho) e bases para uma diversidade gigante de docinhos. A receita original leva manteiga, que pode ser substituída por banha; ovos ,que podem ser substituídos por algum ingrediente que dê liga à massa; e farinha de trigo, que também pode ser substituída por alguma outra farinha. Acrescidos à

receita, pode-se pensar em algo que imprima sabor, como açúcar e essências; ou algo que imprima cor, como corantes. Tudo deverá ser planejado de acordo com o resultado esperado e o recheio utilizado, ou seja, se você pretende preparar uma Tatin de Maçãs, como na coluna do dia 05/10/2010, pense que o recheio será doce, portanto, não exagere no açúcar que colocará durante o preparo da massa sablé, pois senão o resultado será doce demais. A massa, após preparada, deve ser fina e quebradiça e, quando consumida, deve derreter na boca. Uma delícia!!! Como a massa leva muita manteiga, não há a necessidade de untar a fôrma aonde você irá abri-la. Vamos à receita: - 500g de farinha de trigo - 250g de manteiga, margarina ou banha - 150g de açúcar (lembre-se, varia de acordo com o recheio escolhido)

- 3 ovos - essências à gosto - uma pitada de sal se necessário Primeiramente misture a farinha ao açúcar, lembre-se: sempre misture os secos com os secos, e separadamente os líquidos com os líquidos, e só depois juntá-los. Após misturar farinha e açúcar, adicione a manteiga e mexa bem, na batedeira ou à mão, até formar uma espécie de textura arenosa, e ai vá colocando os ovos um a um. Quando obtiver uma bola com textura homogênea e firme, deixe-a descansar na geladeira por cerca de 2 horas. Abra a massa com o auxílio de um rolo e a coloque na fôrma escolhida. Faça buraquinhos ao longo de toda a massa com um garfo. Leva-a a um forno pré-aquecido a 180ºC até que a massa fique sequinha e bem corada. Retire-a do forno, espere esfriar e coloque o recheio escolhido, pode ser alguma geléia, brigadeiro, frutas, etc.

Carol Corrêa Administradora, Chef de Cozinha Proprietária do La cuisine Corrêa - (37) 8838-8825


VARIEDADES 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Marco Aurélio Braga braga.marco@gmail.com

Mudanças

Dárcio Abud Lemos, que no governo de Demétrius Arantes Pereira dirigiu duas secretarias, a de Obras e a de Planejamento, e é presidente do diretório municipal do PRTB em Divinópolis foi convidado, e aceitou, assumir a secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável – SEMDE. Ele ocupa a vaga que será deixada por Macy de Paula.

Triduo

A paróquia de Santo Antônio terá um novo pároco, Frei Francisco Duarte. A solene celebração eucarística e posse será presidida pelo bispo Dom Tarcísio, ás 19 horas, do próximo sábado, dia 12, no Santuário de Santo Antônio. Antes da posse haverá um Triduo com missas, sempre ás 19 horas nas seguintes igrejas e datas: amanhã, igreja Nossa Senhora da Conceição (Esplanada); quinta , igreja São Geraldo e na sexta-feira no Santuário.

Felipe, Thiago, Heloisa Diniz e André na formatura dela em Direito

Mérito

O divinopolitano, Daniel Valadão de Souza Corgozinho, filho de José Ildeu Corgozinho, ex-diretor do INESP, e da professora Batistina Maria de Souza Corgozinho, conquistou o primeiríssimo lugar no concurso nacional para o cargo de Analista de Planejamento e Execução Financeira, da Comissão de Valores Mobiliários - CVM, autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda, responsável pela fiscalização das bolsas de valores do país. O Concurso foi disputado por 1.016 candidatos, para o preenchimento de apenas seis vagas para a cidade do Rio de Janeiro.

Sampa

Como faz sempre, a empresária Adriana Trindade confere as novidades da edição outono/inverno 2011 da Bijóias. O evento movimenta a cena paulista e será realizado no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, de 19 á 25 de fevereiro sob o tema “Eclético e Livre”.

União

Heliane Resende Costa e o cirurgião plástico Márcio Pifano com vários projetos para 2011

Moacir Teodoro e Letícia Batista oficializam a união com casamento marcado para o dia 19 de março, ás 16 horas. A cerimônia religiosa será na igreja Nossa Senhora da Guia. A noiva é filha de José Elísio Batista e de Marisa Afonso de Castro e o noivo de José Teodoro Neto e de Maria Zilda Teodoro.

Palestra

Na última semana o médico Sérgio Guerra ministrou palestra para os enfermeiros do hospital São Judas Tadeu sob o tema Síndromes Coronarianas

O Hospital São Judas Tadeu passa por uma reestruturação em seu espaço físico e serviços e, em breve, contará com emergência onde terá a primeira unidade de dor torácica da cidade. Pensando nisso vem investindo na capacitação de seus funcionários e, dentro deste pensamento, realizou na semana passada uma aula sobre síndromes coronarianas ministrada pelo médico Sérgio Duarte e dirigida a equipe de enfermagem. O hospital também contará com a ampliação e modernização de seu CTI.


12 VARIEDADES

Andreza Silva

andreza@repensarndh.com.br

Quando procurar um Psicólogo? Muitas vezes a decisão de procurar um psicólogo acaba sendo adiada, diante de uma de uma série de mitos e preconceitos que ainda existem em torno desta profissão. Alguns acreditam que somente pessoas “loucas” ou muito perturbadas procuram ajuda psicológica. E mesmo as pessoas que reconhecem a necessidade e superam esta barreira, costumam esconder dos outros que estão recebendo acompanhamento psicoterapêutico, por vergonha, preocupação ou medo do que os outros vão pensar. Muitas vezes temos a crença distorcida de que devemos ser capazes de enfrentar tudo sozinhos, como se o fato de procurar ajuda profissional fosse uma demonstração de fraqueza, ou de pouca força de vontade. Todas essas crenças errôneas acabam gerando um adiamento ao tratamento de pessoas que realmente precisam de ajuda. Quando devemos procurar um psicólogo? O atendimento psicológico é diferente de uma conversa com um bom amigo? Muitas vezes a procura ocorre quando, de alguma forma, o individuo não está satisfeito com o andamento de sua vida, está passando por uma fase de sofrimento e transições complicadas, e até para o autoconhecimento. A procura também é indicada para tratamento de diversos casos como depressão, ansiedade, fobias, pânico, bulimia, anorexia entre outros. Todas as pessoas, em algum momento de suas vidas, passam ou vão passar por situações difíceis. Muitas delas vão conseguir encontrar forças internas ou externas, como na família, amigos, para superar estes momentos. Mas nem sempre isso é o suficiente. Nestas situações é importante reconhecermos que precisamos de uma ajuda especializada. E o psicólogo é o profissional preparado para auxiliar as pessoas neste tipo de situações. O psicólogo clínico é o profissional indicado para trabalhar com estas questões de saúde mental. Normalmente os atendimentos são realizados no consultório, ou mesmo em escolas, hospitais, centros de saúde... objetivando sempre, a promoção da saúde mental do indivíduo, bem como uma aprendizagem para uma melhor condução de sua vida. O psicólogo no seu trabalho utiliza conhecimentos científicos na sua intervenção clínica. A psicologia dispõe de instrumentos e técnicas apropriadas que lhe possibilitam diagnosticar e tratar os mais diversos transtornos psicológicos. Segundo Ana Bock, “a intervenção do psicólogo é intencional, planejada e feita com a utilização de conhecimentos específicos do campo da ciência. Portanto, difere de um amigo que não planeja sua intervenção, não usa conhecimentos específicos nem pretende diagnosticar ou intervir em algum aspecto percebido como crucial”. O amigo normalmente ouve, dá um bom conselho, quando muito sugere um caminho, ou a busca de um tratamento. Já na prática do psicólogo, esta se norteia pela aplicação de conhecimentos psicológicos através de intervenções específicas, sejam elas em forma de um tratamento individual, em grupo ou dentro de instituições. O psicólogo não tem bola de cristal e nem adivinha o que as pessoas estão pensando. Ele apenas dispõe de recursos que lhe possibilita compreender o que o outro diz, através da linguagem verbal (do que o paciente fala) e da não verbal (gestos, expressões, emoções...). Precisamos saber da história de vida do outro, precisamos que ele fale de si mesmo, seus sentimentos, suas reflexões, para que possamos compreendê-lo melhor e ajudá-lo. Quando estamos doentes, é natural procurarmos um médico. Quando queremos emagrecer, procuramos um nutricionista. Quando queremos fazer um tratamento dentário, vamos direto a um dentista. Mas, e quando não estamos bem psicologicamente? A psicologia através de suas técnicas e conhecimentos sobre o comportamento humano, pode realmente contribuir para a melhora na qualidade de vida das pessoas. Portanto, é necessário que haja mais informações e facilidades para que as pessoas que precisam possam buscar esta ajuda. Sabendo que ao procurar um profissional este não estará lá para dar conselhos, julgar ou dizer se você está certo ou errado, mas sim para ajudar naquilo que a pessoa realmente precisa.

Jiham Souki

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Kelli Oliveira

kellinutri@gmail.com

O PODER DAS FRUTAS

ABACATE: Devido à cremosidade e ao sabor suave, apresenta grande versatilidade para o consumo, adaptando-se tanto a pratos doces como salgados. É um fruto que possui alto teor de lipídios (gorduras), por este motivo, seu conteúdo energético é particularmente elevado. O abacate é especialmente utilizado no tratamento de acnes e manchas na pele. Encontra-se bom para consumo quando sua polpa está ligeiramente macia, mas não pastosa ou descorada. Contém:Glicídios,proteínas,lipídios,fibras alimentares,vitaminas A1,B1,B2 e C; Sódio,Potássio,Cálcio,Fósforo. ABACAXI: Os abacaxis já devem ser colhidos maduros, pois não ficam mais doces após colhidos. Conserva-se à temperatura ambiente em local arejado por cinco a sete dias. O efeito digestivo desta fruta é mais pronunciado quando se consome a polpa fresca ou suco recém-preparado. É muito utilizado no tratamento de bronquites quando associado ao mel de abelhas. Contém: Glicídios,Fibras alimentares,Vitaminas A1,B1, B2 e C; Sódio,Potássio,Cálcio,Fósforo. ABÓBORA: A abóbora é uma hortaliça tipicamente tropical, e podem existir várias espécies. A abóbora, quando verde, deve ser mantida desembrulhada em local fresco, seco, escuro e com boa ventilação por até trinta dias. As que estão maduras devem ser mantidas sob refrigeração, onde se conservam por até duas semanas, e se partida conserva-se por cerca de cinco dias. A abóbora estimula o funcionamento dos rins e favorece a secreção da urina. Contém: Glicídios,Proteínas,Fibras alimentares,Vitaminas A1,B1,B2 e C; Sódio,Potássio,Cálcio,Fósforo. ACEROLA: É a fruta mais rica em vitamina C de que se tem notícia. Bastam quatro unidades desta pequena fruta por dia para suprir toda a necessidade diária de vitamina C de uma pessoa adulta saudável. Devido ao elevado teor de ácido ascórbico, a acerola é amplamente recomendada para a manutenção da saúde, melhoria do apetite, prevenção de irritabilidade, fadiga e do câncer. Mantenha no congelador após lavar e secar cada fruta, assim, conserva-se por até 12 meses. Pode ser consumida in natura ou em sucos obtidos a partir da polpa congelada; em geléias, marmeladas, compotas, licores ou refrescos. O suco de acerola deve ser consumido logo após o preparo e não deve ser colocado em recipiente de metal. Contém: Glicídios,Proteínas,Fibras alimentares,Vitaminas A1, B1,B2 e C; Sódio,Potássio,Cálcio,Fósforo. AMEIXA: Originária da Europa e da China existem mais de 200 variedades de ameixas, todas de composição semelhante, apresentam porém,diferenças no conteúdo de açúcares (glicídios) e na estrutura química do corante natural, que determina cor da casca e da polpa.As ameixas são ricas em fibras, por isso seu consumo é recomendado para regularizar as funções intestinais.Escolha as frutas firmes, sem rachaduras e de cor concentrada. Contém: Glicídios,Fibras alimentares,Vitaminas A1,B1, B2 e C; Sódio,Potássio,Cálcio,Fósforo. BANANA: A banana é, depois da maçã, a fruta mais nutritiva. Rica em fibras,potássio e vitaminas, é de fácil digestão e fundamental para a saúde humana. Por estes motivos é consumida por todos, de crianças a idosos, sendo também a preferida por atletas, esportistas e intelectuais. Seja pura, nas refeições, sob forma de sucos e vitaminas ou em receitas as mais variadas, a banana prata é a preferida dos consumidores. Procure bananas macias e de pontas verdes. As bananas amadurecem aos poucos, fora do pé, facilitando o aproveitamento. Devem ser conservadas em local seco e fresco e não dentro da geladeira. Á temperatura ambiente,a banana se conserva por 4 dias. Contém:Glicídios,Proteínas,VitaminaS A1,B1,B2 C; Sódio, Potássio, Cálcio, Fósforo. CARAMBOLA: Fruta de sabor ácido, a carambola é rica em ferro. É re-

comendada por seu efeito laxante e na prevenção do aumento no nível de colesterol do sangue. Escolha os frutos maduros de contorno bem formado. Em geladeira conserva-se por até cinco dias. Os frutos maduros podem ser consumidos frescos. A polpa pode ser utilizada na preparação de sucos, sorvetes, vinhos, licores ou doces. Contém: Glicídios, Fibras alimentares, Vitaminas B1, B2e C; Sódio, Potássio, Cálcio, Fósforo, Ferro. MAÇÃ: Embora não limpe os dentes, a maçã ajuda na higiene bucal, já que estimula a gengiva e o sabor aumenta a quantidade de saliva, diminuindo o número de bactérias na boca e evitando as cáries. Os benefícios não param por aí. É rica em vitaminas A e C e possui uma boa quantidade de fibras solúveis, ideais para reduzir os níveis de colesterol do sangue e prevenir a prisão de ventre. Para completar, uma maçã por dia ajuda a respirar melhor, a prevenir o câncer de pulmão e de fígado e também doenças do coração. Contém: Glicídios, Fibras alimentares, Vitaminas A1,B1, B2 e C; Sódio, Potássio, Cálcio, Fósforo. MAMÃO: O mamão é rico em sais minerais como cálcio, fósforo, ferro, sódio e potássio, nutrientes importantes para evitar o cansaço mental, fortalecer os ossos e a pele e ainda contribuir com o crescimento. A falta da vitamina A presente no mamão, acarreta perda de peso e até problemas de pele. Contém: Glicídios, Fibras alimentares, Vitaminaa A1,B1,B2 e C; Sódio, Potássio, Cálcio, Fósforo. LARANJA: Existem diversas variedades cultivadas no país, sendo que as laranjas doces podem ser divididas em três grupos:a) Laranjas com frutos normais: tais como a pêra,seleta e valência; b) Laranjas com frutos de umbigo: como a bahia e baianinha; C) Laranjas sanguineas: cuja polpa tem coloração vermelha.Evite as laranjas com qualquer sugestão de bolor esbranquiçado nos extremos. A fruta é consumida crua, sendo recomendável ingerir todo o bagaço. O suco de laranja é muito popular, podendo ser misturado ao de várias outras frutas. Refeições exclusivas 4 vezes por semana ajudam na prevenção e no tratamento do artritismo e doenças do baço. Contém: Glicídios,Fibras alimentares,Vitaminas A1, B1, B2 e C; Potássio,Cálcio,Fósforo. GOIABA: Além de saborosa, a goiaba retarda o envelhecimento da pele, devido a um de seus componentes, o antioxidante licopeno. Ela é composta por importantes sais minerais como o fósforo, ferro e cálcio, que são necessários na manutenção do cérebro, do sangue e dos ossos, respectivamente. A fruta também é rica em vitamina A,essencial para a pele e visão; vitaminas do complexo B, que auxiliam no metabolismo energético e atuam na musculatura; e C, que aumentam a resistência do organismo contra gripes e resfriados. Contém: Glicídios,Fibras alimentares,Vitaminas A1,B1, B2,B3 e C; Sódio,Potássio,Cálcio,Fósforo. TRATAMENTO PARA EMAGRECIMENTO E REEDUCAÇÃO ALIMENTAR 1º MÓDULO: Avaliação nutricional de todos os elementos do grupo 2º MÓDULO: Entrega da dieta individual 3º MÓDULO: Palestra sobre dicas de alimentação saudável 4º MÓDULO: Dicas de supermercado 5º MÓDULO: Visita ao supermercado Interessados ligar no telefones 8811-2388 ou 9951-4034 Consultório: Edº Costa Rangel - 9º andar sala 910

jisouki@hotmail.com | http://psicologianavidajihamsouki.blogspot.com

“O não tentar se realizar, deixa a dúvida permanente de como sua vida estaria agora” Você já parou para pensar que à medida que a vida prossegue, temos a tendência de diminuir cada vez mais as possibilidades de experimentar. Isso se deve em grande parte ao que foi apregoado pelos nossos pais e pelos pais de nossos pais... A origem? Séculos e séculos atrás. Quando estamos próximos a uma criança,é magico perceber o quanto ela destemidase arrisca, experimentando sempre novas maneiras e assim conhecendo o mundo. À medida que se cresce fica-se o desejo por experimentar, mas o medo torna-se maior, pois aprendemos que temos que ser aprovados pelos outros.Então... Todas asações de uma pessoa tendem a ter como resultado final o agradar ou outro...

EXPERIMENTANDO

Assim a armadura de ferro, está vestida. Pois esquecem ou tentam esquecer o próprio sonho. Exemplos disso são pessoas que tem uma profissão para satisfazer pai ou mãe. Pessoas que estão tendo uma vida de sofrimento, mas não ousam tentar novas maneiras. Outras tantas que estão em relações conflitantes reclamando, profundamente insatisfeitas, mas que não se arriscam a buscar novas maneiras de estar nessa relação e caminhar experimentando diferentes atitudes para acertar e ter um relacionamento em harmonia. Afinal a vida não tem formula mágica, ela é composta de acertos e erros e para isso é preciso ter a cada dia novas posturas perante a ela. A palavra que retrata tudo isso é “experenciar”(não está registrada em nenhum dicionário, mas ousei colocá-la aqui porque mistura a experiência com a vivência).É o trilhar novos caminhos percebendo e sentindo o quanto tem sido bom, pois tem pessoas que tem experiências porém não absorvem, ficando sem significado... É viável começar a exercer coerência consigo mesmo. Que significa está em

harmonia com o que se pensa e o que se faz. Quantas vezes se paralisa na reclamação, querendo que tudo mude, mas não dá o primeiro passo? É importante e faz muito bem a alma e ao corpo abrir-se a possibilidades, experimentando ser e nos relacionamentosampliando a vida. Experimente ultrapassar preconceitos. Dissolvendo verdades que você julga absoluta. Quanto mais incorporamos conhecimento e experiências, mais temos autonomia para avaliar o que nos convém ou não. O não tentar se realizar, deixa a dúvida permanente de como sua vida estaria agora. Quero convidar para o Ciclo de Encontros A arte de Relacionar que iniciará no inicio de março. E tem como proposta desenvolver novas possibilidades de se relacionar tendo como resultado harmonia e satisfação nas relações. Mais informações no blog. Jiham Souki é psicóloga


VARIEDADES 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

PETERSON MAGALHÃES petersonmagalhaes@hotmail.com

ANIVERSÁRIO

Quem é fã de Sávio Senny, dia 11.02 é seu aniversário, e ele estará se apresentado na Churrascaria Green House, com um repertório novo e bem agitado. Vale a pena confirmar e aproveitamos para parabenizá-lo pela data.

TALENTO

VOGUE PRIVÉ

Será no próximo dia 19, na Boate lux Lounge a primeira noite gls, em única e exclusiva edição. Será uma noite bem descontraída, mantendo as características das edições anteriores. A boate não será repartida em níveis podendo assim todos aproveitarem de toda a estrutura tanto a área externa, quanto o as áreas internas da mesma.

CASAMENTO

Quem está rindo à toa e o casal Felipe e Nadieny Trindade que já marcaram a data do casamento para 01 de outubro de 2011. Agora é só aguardar os onvites para saber se o seu nome estará na lista disputada. Felicidades ao casal.

FOTOGRAFIAS

Leco Reis começa o ano a todo vapor com casamentos marcados até para 2012! Disputadíssimo! E pra completar o site www.lecoreis.com está todo remodelado e é um sucesso com mais de 1500 acessos só neste mês de Janeiro, incluindo os acessos internacionais de países como França, Rússia, Itália,Índia, Espanha, etc... Um arraso!

FESTA DA CERVEJA

Quem ainda não comprou seu convite para festa, não durma no ponto pois este ano a festa promete bombar e com certeza ta na hora de você garantir o seu. A festa hoje já é reconhecida em todo o Brasil e com certeza movimenta toda a cidade.

CANCELAMENTO

Este final de semana não aconteceu o tão disputado samba do Chef´s, mas não fiquem triste pois este próximo sábado já está confirmado pelo Paulo Jacaré à partir das 17hs. Fiquem ligados!

LINDA

Quem está na maior corugisse é o casal Zé Carlos e Gilmara Francino, que depois de ter em casa só homens ganharam um presentão de final de ano, com o nascimento da pequena e linda Bruna. Parabéns ao casal.

Isabella Resende com certeza é um novo talento de Divinópolis. Com apenas 15 anos esbanja simpatia e uma voz de deixar todos paralizados, um talento que com certeza herdou do seu pai que também é músico. Além da voz marcante, Isabella também toca violão muito bem, e se apresentou neste domingo no Estrela do Oeste Clube. Parabéns e muito sucesso para você.

SALVADOR Quem esta arrebentado com todo o seu talento e levando para fora o nome de nossa Cidade é o cantor e compositor Rodrigo Bergall, que participou na semana passada do Festival de Verão de Salvador, ao lado de feras da música brasileira. Rodrigo aproveita esta face maravilhosa e lança mais um cd na semana que vem. Aguardem!


14 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Resumos de Novelas Malhação Globo - 17h30

Araguaia Globo - 18h

Ti-Ti-Ti Globo - 19h

Insensato Coração Globo - 21h

Ana Raio e Zé Trovão Ribeirão do Tempo SBT - 22h20 Record - 22h

8 de Fevereiro O porteiro da clínica diz que vai pedir autorização para que Catarina e Pedro falem com Artur. Maicon convence Babi a aceitar um convite para jantar com ele. Dodói fica desolado com os elogios que Duda recebe dos meninos do colégio. João convida Tereza para viajar. Artur conta para Pedro e Catarina por que está internado. Lorelai comenta com Babi que está decepcionada e ela aconselha a amiga a conversar com Theo. Vera repreende Tereza por se envergonhar de falar que está saindo com João. Dodói lamenta ao ver Duda conversando com Rafael. Artur diz a Catarina e Pedro que só vai contar quem agrediu Fred na frente de todos no colégio. Catarina se desculpa com Pedro por ter duvidado de seu irmão. Anita entra no quarto de Maicon e o prende na cama. Lorelai conversa com Theo. Catarina diz a Pedro que sonhou em ficar sozinha com ele e os dois se olham apaixonados.

8 de Fevereiro Janaína discute com Fred, que expulsa Marly da casa de shows. Solano encontra Mariquita no posto médico e Ricardo estranha o fato de Max não ter avisado que a levou para o hospital. Aspásia avisa para Manuela que Mariquita foi encontrada. Glorinha e Terê dão um flagrante em Neca. Solano chega com Mariquita na estância e Estela se prontifica a cuidar dela. Terezinha pensa em fazer um telescópio para presentear Madalena. Manuela e Amélia estranham o fato de Max não ter comentado com elas que encontrou Mariquita e a levou ao posto médico. Ricardo diz a Solano que Mariquita apresenta sinais do mal de Alzheimer. Lenita comenta com Pimpinela que ele precisa mudar o visual para tentar conquistar Nancy. Mariquita dá uma touca de bebê para Estela.

8 de Fevereiro Ariclenes pressiona Suelen a revelar quem lhe pagou para fazer o escândalo no casamento de Desirée. Gustavo rejeita a ideia de Luísa morar com eles, mas Bruna apoia. Suelen confessa que foi contratada por Jacques e Ariclenes filma a declaração. O ateliê de Jaqueline lota de madames por causa da presença de Jacques. Thales procura Julinho e o cabeleireiro fica irritado com a insistência. Eduardo confirma o diagnóstico do médico de Breno e Thaísa se desespera. Ariclenes publica no site de Valentim o vídeo de Suelen acusando Jacques de plágio. Renato dá um carro para Marcela, mas ela recusa por ciúmes de Isabel. Luísa não se conforma por Edgar se mudar para um hotel. Luti descobre que Camila terminou com Ângelo. Edgar vai para o mesmo hotel de Amanda. Luísa procura Marcela e lhe implora perdão.

8 de Fevereiro Eunice discute com Leila e acaba passando mal. Léo acorda e segue para seu encontro. Norma não aguenta as humilhações de Silveira. Léo aparece na chácara e a enfermeira cuida de seus ferimentos. Carol convida André para sair, mas ele recusa o convite. Zuleica se aconselha com Neném. Pedro sente seus pés e se emociona ao lado de Raul. Raul pede para Lutero arquivar o caso do roubo no apartamento de Pedro. Bibi flagra Patrick se insinuando para Alice. Douglas e Natalie tentam agradar Haidê para conseguir dinheiro. Léo tenta dopar Norma. Martins mostra que uma das mesas projetadas por André está quebrada e o designer o acusa de tê-lo sabotado. Raul e Wanda se beijam. Eunice se desculpa com Zuleica. Carol e André vão ao bar de Gabino. Léo encontra o esconderijo e rouba os dólares. Norma encontra uma lata vazia e questiona Silveira, que se desespera e a acusa de ter roubado seu dinheiro.

8 de Fevereiro Prestes a deixar a cidade, Zé Trovão convida o mini-peão, Pedro Piá, para seguir com sua companhia, mas o menino prefere ficar mais um tempo frequentando a escola de peões. A velha Biga aparece para Daniel e deixa o peão assustado com suas profecias. Dr. Maurício se despede de Ana e promete que vai tentar se reconciliar com a esposa. Zé Trovão se despede dos meninos da escola de peões e deixa Tavinho Goiabada cuidando de seu projeto. Na inauguração ele presta uma homenagem ao amigo, Mané Coxo, e emociona sua viúva. O excêntrico conde Rudy decide contribuir com o projeto, doa uma quantia em dinheiro e diz a Sofia que ajudará mensalmente na manutenção da escola. Antonia, a viúva de Mané Coxo, se oferece para trabalhar na escola que leva o nome do marido. A velha Biga encontra Ana atormentada por suas lembranças e a aconselha a lutar por seu amor e diz que seu destino é ao lado de Zé Trovão. Antes de deixar a cidade, Dolores tenta dar mais um golpe em Rudy e propõe a ele que fiquem juntos para sempre. Werner volta para Treze Tílias prometendo a Maria Lua que em breve irá encontrá-la em Jaguariúna. As três companhias deixam a cidade de Joinville, Santa Catarina, em direção a Jaguariúna, estado de São Paulo.

9 de Fevereiro Pedro e Catarina se hospedam em um hotel. Maicon implora para que Dodói o desamarre de sua cama. Pedro e Catarina se beijam antes de entrar em seus respectivos quartos. Babi vai ao quarto de Maicon e fica irritada ao vê-lo com Anita. Cláudia fica furiosa com as fotos de Duda que são publicadas na revista e fala com Roberto que vai proibi-la de ser modelo. Anita se prende na cama de Maicon e é flagrada por Anísio que chama a polícia para prender o goleiro. Theo discute com Lorelai e termina o namoro com ela. Dona Zica, Josiane e Dodói vão à delegacia depor a favor de Maicon e ele é liberado. Duda fica revoltada com a decisão de Cláudia em relação a sua carreira de modelo. Raquel percebe e suspeita do nervosismo de Lúcio quando ela fala sobre Artur. Anita agarra Maicon no vestiário e culpa o goleiro quando Anísio chega. João manda um buquê de flores para Tereza e Vera fica curiosa para ler o cartão. Catarina e Pedro chegam com Artur no colégio. 10 de Fevereiro Artur fica intimidado com o olhar de Lúcio, mas Catarina e Pedro não percebem. Maicon teme a atitude de Anísio por causa da simulação de Anita. Artur fala com Tereza e pede para contar o que aconteceu com Fred. Todos no colégio reagem atônitos à revelação de Artur sobre o culpado no acidente de Fred e Tereza resolve dispensar os alunos. Raquel beija Pedro na frente de Catarina. Cláudia fica indignada ao falar com Agenor sobre o acidente de Fred. Josiane incentiva Lorelai a voltar com Theo. Dodói aconselha Theo a ficar com outra garota. Raquel demonstra acreditar que não houve nada entre Pedro e Catarina durante a viagem. Catarina termina o namoro com Lúcio. 11 de Fevereiro Lúcio acusa Pedro de ter influenciado Catarina a terminar com ele. Dona Zica e Maicon tentam descobrir as reais intenções de Anita com o goleiro. Pedro acusa Lúcio de saber da inocência de seu irmão durante todo o tempo. Artur mente para Tereza. Vera pergunta para Agenor o que ele acha de João. Ângela implica com Raquel por ciúmes de Pedro. Tereza viaja com João e deixa a responsabilidade do colégio com Vera. Lúcio intimida Artur e afirma não querer ser envolvido na história sobre o incidente com Fred. Cláudia exige da agência de modelos que todas as fotos que Duda for tirar sejam autorizadas por ela antecipadamente. Josiane implora que Seu Pintinho lhe empreste dinheiro para que ela possa ir fazer o teste na agência. Duda volta para casa revoltada com a mãe, mas logo recebe outra proposta de trabalho. Theo e Lorelai se reconciliam. Pedro e Catarina pensam na viagem que fizeram juntos. Theo conversa com o irmão sobre o problema de Artur. Raquel assusta Catarina com seu carro e tenta convencê-la a entrar para dar uma volta e conversar.

9 de Fevereiro Manuela afirma a Solano que vai descobrir a verdade sobre a explosão na mina. Cirso confidencia a Padre Emílio a mágoa que sente por dever um favor a Max. Fred e Janaína se reconciliam. Max insinua a Amélia que Vitor está tendo um romance com Estela. Ruriá vê o presente que Mariquita deu a Estela e se incomoda. Nancy e Pimpinela se decepcionam ao descobrir que o homem que procuravam é um menino. Ruriá não gosta de saber que Estela vai posar para um catálogo de bijuteria. Amélia pergunta o que levou Manuela a convidar Estela para trabalhar com ela no catálogo. Solano e Padre Emílio conversam sobre o acidente na mina e resolvem investigar para descobrir provas contra Max. Aspásia encontra uma antiga caixa onde Antoninha guardava suas cartas. 10 de Fevereiro Mariquita finge para Ruriá que não se lembra de ter presenteado Estela. Aspásia tenta impedir Mariquita de beber um chá feito por Ruriá. Max observa Manuela e Solano conversando sobre a explosão da mina. Estela confirma sua gravidez para Ruriá. Bruno e Terezinha leem as instruções para construir o telescópio para Madalena. Tavinho dá outro presente para Esmeralda por estar satisfeito com seu comportamento. Amélia conta para Manuela o que sabe sobre as falcatruas de Max. Mariquita acorda no momento em que Max se aproxima com uma almofada. Fred sugere que Janaína tente um acordo com Marly. Aspásia conta para Solano sobre a visita de Max e o domador pede para ela chamar Genão. Max resolve apagar seus arquivos do computador e salvá-los em um pendrive. Solano pede para Genão tomar conta da estância. Fred explica a Bruno como se monta o telescópio. 11 de Fevereiro Marly exige de Janaína os direitos de seus filhos na herança de Bento. Fred tem uma ideia para Janaína não perder o armazém para Marly. Amélia fica preocupada com o que a filha procura sobre Max. Manuela convence Lurdinha a lhe dar a chave do escritório do pai e encontra uma caixa escondida com alguns documentos. Janaína propõe que Marly fique com o salão de beleza e esqueça o seu armazém. Marly faz uma proposta para Beatriz pelo salão de beleza. Janaína e Marly fazem as pazes e falam mal de Bento. Esmeralda descobre que Tavinho é o seu admirador secreto. Aspásia revela para Lurdinha que Genão é o homem que Terê profetizou que se casaria com ela. Glorinha e Terê resolvem seguir Neca ao vê-lo sair de casa à noite. Solano e Manuela planejam seu casamento. 12 de Fevereiro Solano conta para Manuela que o homem exigiu dinheiro em troca de informações sobre seu avô Gabriel. Estela desafia o espírito de Iaru para proteger seu filho. Solano fala com Vera, funcionária da instituição psiquiátrica onde seu avô teria sido internado, e descobre que Jonas é um antigo funcionário de lá. Beatriz aconselha Tavinho a se declarar para Esmeralda. Lenita estraga o clima romântico entre Pimpinela e Nancy. Max vê Amélia ao telefone e exige saber com quem ela está falando. Manuela ajuda Amélia a se encontrar com Vitor e driblar a segurança de Veloso. Cirso vai ao posto médico para saber o sexo de seu bebê com Pérola. Lenita incentiva a união de Nancy e Pimpinela. Janaína desconfia de que sua irmã esteja mentindo sobre sua viagem. Manuela esconde Amélia no porta-malas para levá-la ao encontro de Vitor. Terê avisa a Vitor para esperar por Amélia no quarto. Estela conta para Ruriá o que aconteceu e o índio teme pela vida de sua neta. Manuela se surpreende ao ver o carro de Max, que se aproxima dela.

9 de Fevereiro Marcela não perdoa Luísa e Renato a expulsa da mansão. Edgar sugere a Amanda que eles reatem. Luísa sofre um acidente de carro. Gustavo é avisado sobre o acidente e segue para o hospital com Bruna. Luti beija Camila e se declara para ela. Edgar passa a noite com Amanda e, quando acorda, recebe a notícia de que Luísa se acidentou. Jacques procura Jaqueline, mas ela o despreza. Valquíria foge de casa e pede abrigo para Suzana. Edgar descobre que Luísa nunca esteve grávida. Jacques vai atrás de Valquíria na casa de Ariclenes. Jaqueline, Breno e Thaísa fazem as pazes. Luísa apresenta gravidez psicológica e o médico avisa que ela precisa de cuidados. Marta dá um ultimato em Ariclenes. Jacques concede uma entrevista a Adriano, assumindo ter clonado o vestido de Valentim para defender Jaqueline da feitiçaria de Valentim. 10 de Fevereiro Clotilde humilha Rosário e diz a Jacques que faz parte do seu plano. Ariclenes discute com Marta. Rebeca destrata Gino e Magali por causa do sofrimento de Jorgito. Thaísa pede o telefone de Eduardo para a mãe. Jaqueline lê a entrevista de Jacques e fica furiosa. Luísa sai do hospital e volta para a casa de Edgar. Clotilde simula uma crise de ciúme com Jacques no ateliê de Jaqueline. Pedro flagra Luti beijando Camila. Armandinho levanta uma cabana para ele e Desirée. Giancarlo vê Isabel dar um beijo em Renato e teme que ela atrapalhe o casamento do filho. Edgar volta para casa para cuidar de Luísa. Pedro chega em casa e se depara com Gabriela fazendo as malas. Luti leva Camila à casa de Suzana e encontra Valquíria. Rosário procura emprego no ateliê de Jaqueline e a estilista pede que ela seja sua espiã. Giancarlo arma um plano para impedir que Renato e Marcela se separem. 11 de Fevereiro Giancarlo revela a Renato que trouxe Isabel para deixar Marcela insegura. Ao ver Luti e Camila juntos, Valquíria deixa a casa de Suzana aos prantos. Jaqueline pede a Rosário que descubra se o casamento de Jacques está em crise. Gabriela conta para Pedro que não está grávida e ele a manda embora de casa. Renato se culpa por ter deixado o pai controlar sua vida e Marcela fica penalizada. Jacques encena uma briga com Clotilde e Rosário acredita. Ariclenes pede a ajuda de Jaqueline para limpar o nome de Valentim. Renato faz diversos desenhos de Marcela enquanto ela dorme e monta um álbum. Massa combina com Thales uma festa surpresa de aniversário para Jaqueline. Mario comenta que Jaqueline está fazendo aniversário e Ariclenes resolve lhe dar um presente especial. Renato ensina Marcela a dirigir. Luísa acredita que perdeu o neném e promete se vingar de Marcela. 12 de Fevereiro Amanda visita a mãe e fica sabendo que Gabriela foi expulsa da casa de Jacques. Stéfany dá entrevista sobre o sumiço de Armandinho e desmoraliza Desirée. Luísa ameaça Marcela. Desirée briga com Armandinho. Jaqueline fica encantada com sua festa surpresa. Renato invade a mansão Sampaio atrás de Luísa e revela que ela foi à Editora ameaçar Marcela. Eduardo chega ao aniversário de Jaqueline e Thaísa se anima. Ariclenes pede a Xuxa ir ao aniversário de Jaqueline e elas dançam o Ilariê. A estilista decide ajudar Ariclenes depois do presente que recebeu. Amanda ameaça contar que Jacques copiou o vestido de Valentim. Thales se declara para Julinho. Edgar leva Luísa para uma clínica psiquiátrica.

9 de Fevereiro Léo conta seu plano para Norma e entra em um ônibus para Florianópolis. Norma volta para casa e fica perplexa ao ver Gomes acompanhado de policiais. A enfermeira fica pasma ao saber que Silveira está morto e tenta explicar o que aconteceu, mas acaba sendo presa pelo roubo. Carol confidencia a André que não pode ter filhos e ele a consola. Norma é levada para a delegacia e afirma ser inocente. Léo entrega o dinheiro a Afrânio para começar o negócio com caça-níqueis. Júlio ouve Leila e Cecília conversando e se enfurece ao descobrir o que aconteceu no apartamento de Luciana. Ao depor, Norma tenta explicar seu envolvimento com Léo. 10 de Fevereiro Léo se vangloria pelo que fez com Norma para Zeca. Norma afirma a Florinda que vai provar sua inocência. Clóvis e Santos vão investigar o hotel onde Léo ficou hospedado. Carol afirma a Alice que vai conquistar André. Raul pede a ajuda de Léo no projeto do lançamento do carro da empresa de Vitória. Vitória fica comovida com o sofrimento de Marina por causa de Pedro. André descobre que o erro na construção da mesa enviada para Martins foi de Aquiles e se demite. Silvio pergunta se Pedro teme ser rejeitado por Marina. Natalie fica indignada com o cachê que Newton oferece para ela posar para a revista. Alice encontra André e descobre que ele se demitiu. Vitória recebe a notícia de que terão que cancelar o lançamento do carro na Europa e liga para Raul. 11 de Fevereiro André fecha contrato com Marina. Wanda incentiva Pedro a procurar Marina. Norma pede para falar com Dalva, que se prontifica a ajudá-la com um advogado. Eunice resolve ir para o Rio de Janeiro pedir a Marina um emprego para Júlio. Patrick se desespera ao ver Bibi com Milton. Raul e Wanda assinam um acordo de partilha de bens. Léo discute com Raul. Pedro conversa com Nando sobre o seu acidente. Zuleica decide ceder a parte que herdou de Luciana no apartamento que seu ex-genro comprou. Um advogado contratado por Dalva procura Norma e pede que ela assine uma procuração em seu nome. Celso se encontra com Dalva e eles pensam o que farão quando pegarem o dinheiro de Norma. Carol diz a Alice que vai dormir com André depois que saírem do jogo. Neném descobre o motivo por que Leila saiu de casa. Milton guarda o relógio que Bibi lhe deu e sai para vender o outro que está em seu cofre. Carol e André chegam ao estádio para ver um jogo de futebol. 12 de Fevereiro Léo ajuda Raul a levar Wanda para o hospital. Neném fofoca sobre Leila para uma amiga. Carol e André vibram com o jogo de futebol. Léo insiste com Raul para lhe contar por que ele quer se separar de Wanda. Dalva finge preocupação com Norma. Afonso se interessa por Leila, que fica apreensiva. André afasta um homem que tenta flertar com Carol. Natalie se prepara para suas fotos no SPA. Leila lamenta não ter sentido nada com o beijo de Afonso. Carol teme o caminho que André decide seguir para sair do estádio. Eunice fica furiosa com Zuleica por ter abdicado da parte no apartamento que herdou de Luciana. André e Carol se beijam. Marina comenta com Vitória sobre o telefonema de Pedro. Léo leva Zeca para casa e fala sobre os caça-níqueis. Raul fica abalado ao lado da cama de Wanda no hospital. Natalie é convencida por Antenor a posar para as fotos, mesmo sem ter assinado o contrato. Eunice chega à casa de Marina e tenta se acalmar.

9 de Fevereiro Zé Trovão vai com Sofia para São Paulo, enquanto as três companhias chegam a Jaguariúna, o Centro Nacional de Cavalos, e desfilam pelas ruas da cidade. AS companhias são recepcionadas por uma trupe de palhaços. Dolores decide contratar novos peões para a temporada em Jaguariúna e enfrenta a oposição de Daniel, que insiste em ser a única estrela da companhia. Zé Trovão vai até a clínica de reabilitação visitar a mãe e recebe a notícia de que ela não voltará a andar. 10 de Fevereiro Helena confirma para Zé Trovão que o problema de sua mãe é psicológico. Ana visita o haras de propriedade dos patrocinadores do rodeio e se encanta com os cavalos. Niltinho continua aflito com a falta de notícias de Lina, que está em tratamento nos Estados Unidos. Enquanto isso, Ubiratan chega a Santa Rosa, Rio Grande do Sul, procura por Maria Gasolina e descobre que ela deixou a cidade e atravessou a fronteira. Sentindo-se perseguida, a prostituta busca refúgio seguro na Argentina e nem imagina que está sendo vigiada de perto por Leopoldo. Abandonada por Daniel, Malvina encontra forças para seguir adiante e se dedica ao trabalho para dar ao filho uma vida confortável. Bobi insiste em reatar o romance com Clarice e ela não consegue contar que já aceitou Armando como seu namorado. Zé Trovão acompanha Sofia à vernissage, se sente um peixe fora d’água e seu pensamento se volta para Ana e os momentos que viveram juntos. Leopoldo invade a casa de Maria Gasolina e elimina mais um nome de sua lista fatal. 11 de Fevereiro Leopoldo estrangula Maria Gasolina. Ana e a filha se encontram com a trupe de palhaços, conhecem Dom Pupo, o manipulador de bonecos, e Maria Lua fala sobre sua experiência com marionetes. Dom Pupo comenta com Ana sobre o incêndio que destruiu sua companhia e a peoa decide ajudá-los a recomeçar. Armando começa a trabalhar para instalar em Jaguariúna uma escola de peões. Clarice confessa a Malvina que ama Bobi e não sabe como dar a notícia a Armando. Daniel discute com Dolores por causa das dívidas da companhia, sugere que ela venda o caminhão para pagar as contas e, diante da reação dela, ameaça contar a Zé Trovão tudo que sabe sobre seu passado. Sofia pergunta a Zé Trovão se estaria disposto a viver com ela em São Paulo. Ana consegue que a trupe de Dom Pupo se apresente na feira. Ubiratan chega à fronteira do Brasil com a Argentina, vai até a casa de Maria Gasolina e encontra a prostituta morta. 12 de Fevereiro Apavorado, Ubiratan pensa em quem será a próxima vítima de Leopoldo e se lembra da madre Beatriz. Jesus conhece Angelino, o capataz da fazenda, e descobre que no passado ele foi peão de rodeio. Clarice se enche de coragem, conta a Armando que está apaixonada pelo Bobi e põe um ponto final no relacionamento dos dois. Com a companhia no vermelho, Daniel proíbe Dolores de fazer novas contratações e os dois discutem. Sem saída, ela pensa em um novo golpe e telefona para o excêntrico conde Rudy. Antes do início da primeira apresentação em Jaguariúna, Ana presta uma homenagem aos antigos peões da região e convida todos a entrarem na arena.

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

8 de Fevereiro Arminda desabafa com Joca e quase diz que considera Diana como filha. Joca também desabafa com Arminda a respeito das fotos e da investigação, e ela fica perplexa. Iara diz a Virgílio que, se não agirem logo, vão acabar muito mal. Preocupado, Virgílio quer mais informações sobre Iara. Diz que é melhor agilizar a fuga e que um não saiba aonde o outro vai. Joca conta a Arminda que as mesmas pessoas que estão por trás do atentado contra ele são responsáveis pelos assassinatos do senador e de Heleninha, além da sabotagem do avião. Ela o alerta para ir mais devagar. Newton vai à casa de Ellen, diz que não aguenta mais essa situação e que quer conversar com Guilherme. Ela fica em dúvida, mas acaba concordando. Diana vai falar com Guilherme, que chateado, é grosso com ela. Ela o lembra como era legal a época em que andavam juntos. Ele fica mexido e a convida para tomar um sorvete na praça. Querêncio chega à prefeitura e Virgínia diz que a chefe de gabinete é invocada. Ele acha graça, diz que ela late, mas não morde. Querêncio conta a Sancha sobre o problema do resort, que fica incrédula. Ela o aconselha a ir falar com Bill. 9 de Fevereiro Ari critica Querêncio na TV, que fica irritado. Querêncio diz que Jumento terá o que merece. Ajuricaba e Rebelo ficam entusiasmados com o programa de Jumento. Patrícia conta que o delegado quer que o casamento seja na casa dele. Lincon fica inconformado e diz que não entra lá de jeito nenhum e ela busca forças para agüentar. Ari recebe os parabéns pelo programa e fala que se o pintor acha que se livrou dele, é um engano. Larissa leva um médico para ver sua irmã, e este recomenda a ela repouso. Ela se levanta e conversa com Larissa, que implora para que ela descanse. Beatriz diz a Larissa que Nicolau está louco e não pode responder mais pelos seus atos. As duas ficam desesperadas. Nasinho leva Zuleide para passear. Os dois conversam com Karina sobre as obras do resort. Querêncio chega em casa e pergunta a Elza se as pessoas viram o programa de Jumento e diz que espera que ninguém acredite nas asneiras dele. O prefeito chega em casa e conversa com Marisa a respeito do programa de Ari. Ela o aconselha a pensar mais em seus atos e ele diz que nada de mal pode acontecer a ele. Bruno e Teixeira contam a Célia o que aconteceu na empresa. Os dois falam que o importante é tirar Arminda do poder. 10 de Fevereiro Bruno e Teixeira conversam sobre a obra embargada e debocham de Arminda. Bruno vai falar com Arminda, ela não está e ele não gosta. Arminda diz a Joca que acha que a destituição está perto e que, se perder o cargo, voltará para a Europa. Ele fica tenso e nervoso, mas tenta convencê-la do contrário. O detetive diz para ela parar de renunciar a seus sentimentos como se eles fossem fraqueza. Ela fica tensa e enxuga as lágrimas. Diana diz a Guilherme que talvez tenha que ir embora do Brasil, e que não quer ir. Ela revela que acha que vai ter que fugir novamente. Arminda fala a Joca que não pode abandonar tudo por sentimentalismos e que ele tem uma visão romântica da vida. Ele fica triste e diz que ela indo embora estará arruinando a vida dele, de Diana e a dela própria. Ela pede para que ele a beije para esquecer os problemas. Virgínia e Patrícia acertam os últimos detalhes do casamento. Virgínia diz a Patrícia que ela tem que convencer seu filho a morar na casa dela. Ajuricaba bebe e pede a Cardoso que não conte a ninguém sobre o casamento de sua filha e o motivo de ela estar se casando tão rápido. 11 de Fevereiro Nasinho encontra Virgílio na boate. Nasinho diz para ele continuar de olho nos movimentos de Iara e ele concorda. Nicolau apresenta Flores a Karina. Os três vão à biblioteca para conversar. Nasinho diz a Vera que está quase convencendo Zuleide de fazer sexo a três. Ela diz que é paga para satisfazer a freguesia. Karina diz que quer participar da revolução que Flores está preparando. Ele e Nicolau explicam todo o plano para moça. Querêncio diz a Marisa que está sentindo o peso da responsabilidade. Ela o aconselha a não perder as esperanças em relação ao resort e se beijam. Karina pergunta se Flores quer matar o presidente com um tiro. Ele diz que não, que ele tem que morrer de uma forma bem brasileira. O professor diz que vai ser uma execução difícil. Sonia diz à mãe que não queria se casar em casa. Virgínia explica que, devido à situação, quanto mais simples melhor. Ela ainda reclama que não quer morar com seu pai depois do casamento. Virgínia diz que o dinheiro que ela e Patrícia ganham não dá pra sustentar um aluguel.


VARIEDADES 15

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Entrevista da Semana

Hoje em dia, tem muita opção de música, e optei por trabalhar música própria que acredito ser um diferencial Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

Porque você saiu da “AldeiadB”? Muitas pessoas podem analisar uma banda pelo que veem, mas na verdade a banda é uma empresa, trabalham outras pessoas nessa empresa e existe todo um processo de produção, uma assessoria de comunicação, um empresário que fecha os shows e ainda existem os músicos que compõem a banda, no nosso caso a gente que fazia que as músicas. Então tracei metas para o ano passado, junto com uma equipe, porque a banda não era só eu. E junto com a equipe a gente tinha metas e objetivos a alcançar e senti que no meio do ano não alcançaria as coisas que queria, conversei com o pessoal da banda, com a produção, com os empresários sobre as coisas que não estavam de acordo. No final do ano continuei sem perspectiva nenhuma. E as mudanças não ocorreram, o que fez com que eu desanimasse um pouco de tocar.Dediquei quatro anos e meio da minha vida para a banda,como todos os outros, e você acaba se privando de muitas coisas, como sair, nossos horários de ensaiar eram sempre a noite ou nos finais de semana, e a gente acabava dedicando muito tempo e não estava tendo o retorno.Todo mundo entrou com o objetivo de ter a banda como prioridade, a partir do momento que deixou de ser prioridade para alguns optei por não ficar.Cobrar de uma equipe resultados ou respostas para que você colha os frutos do trabalho e isso não acontecer é desgastante.A nossa amizade era muito forte e vi que se continuasse na banda, cobrando as mesmas coisas iria acabar brigando.Estava perdendo o gosto pela música e não estava sentido vontade de tocar na banda, por isso preferi sair e continuar amigo dos meninos, do que continuar e esperar uma briga acontecer para ter que sair.

Como você começou na música? Comecei a tocar em 2001, tocava vilão com os amigos, amigos que tem banda hoje e a gente toca junto. De 2001 até 2006, fui apenas aprimorando a minha parte teórica e a prática também, além da prática de compor, que é o que mais gosto de fazer dentro da música. Em 2006 entrei na Aldeia e a partir daí venho evoluindo no processo de composição e também em relação ao instrumento e canto, que acredito ser coisas essenciais hoje. Estive somente na “AldeiadB”, não troquei de banda, somente em dezembro criei a “Chula Rock Band”, a partir do momento que saí da Aldeia, coloquei na minha cabeça que não queria parar de tocar,e para mim foi muito difícil, porque achei que a partir do momento que saísse da banda, a minha carreira havia acabado, que não tinha mais o que fazer, através de parcerias que desenvolvi e composições junto com os “Dias de Truta”, Pedro Flora ,” Rhodes e os Impagáveis”, “Jaspion and the Biggest Tchousen” e minhas próprias músicas que agora são da “Chula Rock Band”, esse pessoal todo me deu uma força muito grande para continuar, foram meus amigos que me deram força.Agora já tem dois meses de banda nova e bastante shows pela frente. E como é essa nova banda? Essa nova banda sou eu, guitarrista e vocalista, tem o Felipe Fox que também já passou por outras bandas que é o baixista e o Eduardo Brás que é o baterista. Até sugeri que a gente colocasse um nome de banda mesmo, mas por falta de criatividade e até mesmo de tempo para a gente conseguir trabalhar o nome e pela urgência que tenho em lançar o disco, ficou “Chula Rock Band”, e os meninos aceitaram bem.Mas gosto de deixar bem claro, que apesar de ter meu nome a banda é de nós três e eu não existo sozinho na banda, preciso dos dois músicos para conseguirmos dar sequência no trabalho.

A saída foi difícil? Foi, fico triste até hoje, porque foi muito tempo de dedicação. Recomeçar não é um negócio Vocês estão gravando um muito bacana, se eu já tivesse CD? arquitetado tudo para recomeçar, Nós estamos gravando um se soubesse que isso iria acontecer, CD no estúdio do Rodrigo aqui as vezes não tinha nem me dedi- em Divinópolis e o processo de cado tanto.Mas como foi a minha gravação é um pouco lento, mas, primeira banda e eu tinha resul- ele está acontecendo. E eu espero tados muito bons no que esse ano tenha Muitas pessoas um disco bacana e primeiro ano, tanto com relação a shows, podem analisar a gente possa voltar como na divulgação a trabalhar. Hoje em uma banda pelo dia, tem muita opção do trabalho, não queria abrir mão da que veem, mas na de música, e optei banda.Confesso que trabalhar música verdade a banda é por ainda estou triste, de própria que acredito uma empresa. ser um diferencial. não ter os resultados lá dentro, mas se a Não adianta chegar gente ficar olhando para trás, não em um show e tocar cover e todo damos seguimento na carreira.Já mundo conhecer os covers, mas sai pronto para recomeçar. a banda não vai ficar marcada, a

“AldeiadB” no CD? Não tem músicas da Aldeia no show não. No disco vai ter uma música da Banda, mas eu adaptei e fez uma nova versão para ela, mas procurei um trabalho novo, porque o trabalho da Aldeia já tinha uma cara pelas composições. E para este trabalho reservei um outro tipo de dinâmica, fiz as músicas pensando no tipo de show que iria fazer, queria colocar as músicas mais para cima, animada para a galera gostar. Porque geralmente quem sai a noite, sai para curtir. Espero atingir o público.

M

árcio Chula, ou Chula como é conhecido o ex integrante da banda “AldeiadB”, agora integra a “Chula Rock Band” com mais dois músicos e promete trazer inovações no recomeço de carreira.Há dez anos na estrada Chula já compôs várias músicas, e se prepara para lançar um novo CD, com uma “cara nova”, como ele mesmo diz banda é conhecida e as pessoas gostam pelo trabalho autoral e é isso que acredito.Ainda mais pelo nosso mercado de Pop Rock, não ser um mercado em alta que todos querem ver e conhecer.Quanto mais o trabalho ser feito do jeito da banda e mostrar a cara dela, mais fácil será para o pessoal aceitar o trabalho.

Você está compondo todas as músicas da “Chula Rock Band”? Estou compondo todas e tenho parceria com o Renan Karacol do “Dias de Truta”, assim com o “Dias de Truta” grava músicas minhas, já tem sete ou oito que eles gravaram, mas tudo em parceria.O meu único parceiro desse disco é o Karacol.

que é mais importante para mim é que o público gostou das músicas próprias que a gente tocou. Mesmo participando de uma banda nova, você acredita que ainda ficou muito marcado pela Aldeia? Acredito que em parte para quem conhecia a fundo a banda sim,mas, para quem conhecia a Aldeia somente pelo nome não, porque eu era apenas o guitarrista da banda, apesar de ser o compositor não era o homem de frente, só tocava.As vezes eu cantava, as músicas internacionais, mas tinha a participação no show como backing vocal. E o vocalista é a cara da banda, então o pessoal conhecia mais os vocalistas.Mas, quem sabia a formação, os integrantes lembra do Chula da “AldeiadB”, e assimila o trabalho das duas bandas.Mas, acredito que é um trabalho muito diferente, principalmente pelas composições, que são parecidas, muitas músicas tem a mesma levada, mas quis dar uma outra dinâmica para esse trabalho, uma outra cara, eu mesmo não quero que o pessoal faça essa associação.Não quero ficar marcado por um trabalho que já fiz e sim pelo que vou fazer.

Como tem sido a aceitação do público? O pessoal gostou bastante. Na verdade a gente começou a trabalhar em janeiro, temos shows marcados para fevereiro, e esta parte da agenda não está me preocupando muito, estamos conseguindo trabalhar e quem está começando tem que mostrar a cara mesmo. A gente ta fazendo shows e o pessoal ta gostando muito, os shows que a gente já fez até agora, foi bem elogiado e o

Qual a música que mais te marcou? Uma música que a banda “Rhodes e os Impagáveis” vai gravar, eu dei para eles a música e eles fizeram um arranjo comigo, se chama “O sonho”. Foi um sonho que eu tive com o John Lennon e o George Harrison, acordei e fiz a música, é uma composição que fala sobre a esperança que tenho em continuar minha carreira de música e o amor que tenho pela música.

Vocês já teem muitas músicas prontas? Por enquanto nós temos tocado duas músicas de trabalho. Mas, ainda vão voltar as músicas, vou soltar o disco quando estiver pronto.Quem quiser conferir as músicas vai ao show, e é até um incentivo a mais para o pessoal ir ao show para conhecer as músicas da nossa banda.

Que amor é esse pela música? Acho que o amor pela música é meio incondicional, porque a música sempre te dá um retorno que você quer. E o retorno que quero da música é a satisfação pessoal, a satisfação de estar bem, feliz de tocar e mostrar a música para meus amigos e família e eles falarem que a música é bonita. A partir do momento que você faz uma música, ela não é tão sua assim mais.Cada um tem uma interpretação sobre uma composição e isso é muito interessante, a forma que é vista pelas pessoas e o jeito que aceitam a sua música, a facilidade que tenho para escrever e o gosto é inexplicável, somente quem gosta muito da música é que sabe e isso eu devo a música. A música de dá uma satisfação pessoal, você está satisfeito agora? Em parte satisfeito, mas sei que tem muita coisa a ser feita. Sou muito ansioso e tenho muita pressa para o meu trabalho ficar pronto logo, para já sair divulgando as músicas próprias, até porque o show tem mais músicas covers do que próprias. Então eu estou satisfeito com os resultados que obtive até agora, mas passo a passo, foi só um começo, pois uma banda para ter estabilidade demora anos. Sei que o caminho é longo e sou persistente, e os músicos estão comigo. O Rodrigo, produtor do disco está colado comigo, o Isaac e o Renan estão fechando shows para mim direto, devagarzinho a gente vai conseguindo estabilidade, no nosso cenário do centro-oeste. Você vai tocar músicas da

Existe uma previsão para lançamento do disco? O processo de gravação é muito demorado, quero lançar o disco até agosto. Não sei se ele estará pronto até lá, mas espero que esteja. Nós estamos correndo atrás, tem dias que fico o dia inteiro no estúdio, para conseguir acabar o disco depressa, mas um disco não é uma coisa a ser feita com pressa. Mesmo que tenha urgência em gravar, as vezes se o disco é feito com pressa, talvez não sai como deveria, tenho urgência mas estou sendo bem cauteloso, para gravar o disco, por isso não tenho uma data de lançamento certa.Mas, espero que até o meio do ano,o disco já esteja pronto para lançarmos e “bombar” as nossas músicas. O mercado, principalmente Divinópolis é aberto a todos os músicos? O mercado esta aí, acho que o público tem que ser conquistado primeiro, para que em contrapartida toque em casas de show. Oportunidade para tocar tem para todo mundo,mas devido a grande oferta de artistas que tem aqui na cidade o trabalho geralmente não é muito valorizado, a questão de cachê é muito difícil de trabalhar.Enquanto músico procuro ter sempre alguém para fechar os shows para mim, sei trabalhar com música, quem trabalha com dinheiro é o empresário.Mas é aí que entra o trabalho autoral se o público quiser ver a “Chula Rock Band”, e não quiser ver outra banda, a casa de show terá que pagar pelo meu trabalho. Onde você buscar inspiração para compor? Busco inspiração da vida, das pessoas que estão comigo, do jeito que levo a vida, dos amores que aparecem hora e meia, e das relações cotidianas. Tenho uma vida muito boa, tenho minha carreira fora da música, sou estudante e também trabalho com outras coisas, tenho estabilidade para trabalhar dentro e fora da música, o que me dá cada vez mais motivos para compor, tanto das coisas simples, como das lições que a gente tem da vida e procuro levar isso para as letras.


16 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Chico Maia

Torneio do Choro

chicomaiabd@gmail.com

Falta a defesa se explicar Domínio da maior parte do jogo, mais finalizações e maioria absoluta do tempo da posse de bola. Mas se não aproveitar as muitas oportunidades de gol, tudo isso não adianta nada. Foi o caso do Atlético no primeiro tempo contra o Tupi, quando terminou perdendo de 1 x 0. Bom de mudanças Uma das maiores virtudes do Dorival Júnior é nas mexidas que ele faz, e ontem isso se repetiu. A entrada de Neto Berola foi ótima e a correria dele deixou a defesa do Tupi tonta. O entendimento com o Magno Alves foi perfeito; até parecia que jogavam juntos há muito tempo. A defesa A defesa do Atlético é o setor que ainda está deixando a desejar. De novo o time começou perdendo. Está conseguindo virar contra adversários menos poderosos, mas quando for contra times do mesmo nível, a situação poderá se complicar. Prefeitura banca O Tolima, de Ibagué, clube colombiano que eliminou o Corinthians e vai enfrentar o Cruzeiro na Libertadores da América, é bancado pela prefeitura da cidade. O clube chegou a anunciar que fecharia as portas em 2009, quando perdeu o patrocínio de uma cervejaria, porém a política entrou em cena e o dinheiro público passou a sustentá-lo. Igual no Brasil O presidente do Tolima é um ex-senador da Colômbia, Gabriel Camargo Salamanca. Tolima é uma cidade pobre, tem 500 mil habitantes, fica a menos de 200 quilômetros de Bogotá e tem uma taxa de desemprego de 18,2%. Além do clube colombiano o Cruzeiro enfrentará na primeira fase o Estudiantes, da Argentina e o Guarani, do Paraguai. Violência Lamentável o ocorrido com o meia William Morais, de apenas 19 anos. O filho único de uma família de Osasco saiu de São Paulo para progredir em sua profissão, mas encontrou foi a morte em Belo Horizonte. A violência não poupa

ninguém e cresce em todo o país. Mais um assassinato para manchar a imagem da nossa capital. Gol contra Na ânsia de aparecer muitos políticos fazem qualquer negócio. É o caso dessa ridícula lei municipal instituída pelos vereadores de Sete Lagoas que exige a execução do hino nacional antes dos jogos de futebol na Arena do Jacaré. Além de banalizar o nosso hino, o expõe a um lamentável desrespeito, como se viu ontem, antes de Atlético x Tupi. Em São Paulo essa medida é criticada desde que foi criada, e agora copiam aqui essa ideia infeliz. Faro pro gol O América de Teófilo Otoni foi um dos destaques da rodada com a goleada de 5 x 2 sobre o Uberaba. O atacante Jonathan, autor de três gols, é de Sete Lagoas e tem 23 anos. Pertence ao Venda Nova e está emprestado ao América. Sério candidato a artilheiro do Campeonato. Troféu Guará É hoje a entrega do Troféu Guará, promoção da Rádio Itatiaia que envolve toda a imprensa esportiva de Minas. Relembrando os eleitos: dirigente do ano, Marcos Salum (América), jogador revelação, Renan Ribeiro (Atlético), craque do ano, Montillo (Cruzeiro), técnico do ano, Mauro Fernandes (América), preparador físico, Júlio Alencar (América), Guará Especial para o América pela volta à Série A do Brasileiro. A seleção Guará: Fábio (Cruzeiro), Marcos Rocha (América), Léo (Cruzeiro), Réver (Atlético) e Diego Renan (Cruzeiro), Fabrício (Cruzeiro), Henrique (Cruzeiro), Montillo (Cruzeiro) e Thiago Ribeiro (Cruzeiro), Fábio Júnior (América) e Obina (Atlético). Dessa vez não houve melhor árbitro do ano porque o número de votos em branco superou os votos dos candidatos.

Semifinalistas serão conhecidos apenas na última rodada LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A última rodada do Torneio Nossa Senhora da Conceição, promovido pela comunidade do Choro definirá os quatro semifinalistas, sendo dois de cada uma das duas chaves em disputa. Na Chave um, três equipes brigam por duas vagas. Cruzeirinho, Colorado e Quilombo. Na chave dois ,todos com chances, exceto Dimecol, que abandonou a competição. No final de semana o Fort Sat se viu desclassificado ao empatar com o Choro EC, O Quilombo venceu e manteve as chances de classificação. O União Colorado ganhou os pontos do jogo contra a Dimecol. Colorado manteve a invencibilidade vencendo o Univela. O time da comunidade do Choro venceu a forte equipe do Maria Helena e o Cruzeiro passou pelo Salão Goiás. A equipe da Fort Sat não conseguiu atingir os objetivos de classificação. Com um bom elenco, saiu perdendo, buscou o empate, o que não foi suficiente para a vaga na segunda fase. Os donos da casa entraram com dois atletas a menos que os adversários, diminuiu a diferença no número de jogadores com a entrada de Cut (treinador) no gol e o goleiro foi para a linha. Aos 25 minutos de jogo uma falta assinalada na entrada da área, Daninho cobrou com perfeição e abriu o placar. Aos 29, Daninho foi na linha de fundo e cruzou para Renê chegar cabeceando e marcar o segundo gol do Choro. Na segunda etapa a Fort Sat voltou melhor. Aos sete Michel chutou de fora da área e diminuiu. Por incrível que possa parecer, o time da Fort Sat cresceu assustadoramente após ter dois atletas expulsos. Aos 40, Weverton aproveitou o cruzamento e de cabeça empatou o jogo. Não

havia mais tempo para a reação e o placar de 2x2 foi ruim, para as duas equipes. O Fort Sat fora e Choro dependendo de resultados. O Colorado continua arrasador. Logo com dois minutos de jogo Helder do lado esquerdo do ataque acertou um belo chute no ângulo contrário, cobrindo o goleiro Willian. Aos seis, pênalti para o Colorado. O goleiro Linho foi para a cobrança, o goleiro do Univela defendeu, mas no rebote o próprio Linho marcou o segundo gol da equipe de Camilo Lélis, o popular Cuié. Aos 15, Digdal recebeu o lançamento de Walisson e ganhou a frente dos marcadores e marcou o terceiro gol. Na segunda etapa a Univela voltou marcando melhor e trabalhando um pouco mais a bola. Aos 15, Tiago aproveitou o cruzamento e diminuiu o marcador. Uma coisa que o Univela faz bem é perder pênalti. Aos 18 o árbitro marcou a penalidade, Hebinho foi para a cobrança e chutou por cima do travessão. O castigo veio aos 30 quando Helder marcou o quarto com um chute de fora da área. Final Colorado 4x1 Univela, as duas equipes continuam com boas chances de classificação. Na partida entre Maria Helena e Comunidade do Choro aconteceu um pouco de tudo. A equipe local foi premiada por colocar um time querendo muito acertar e conseguiu. O Maria Helena foi se acertando dentro de campo. Naldinho e Ricardinho chegaram atrasados. Geraldão e Messias nem compareceram. Não fizeram de rogados e Pelada abriu o placar para o time do Maria Helena. A reação veio com Fabinho, já no segundo tempo. Leozinho cobrou a falta, Cueca pegou o rebote e jogou novamente para a área, Fabinho dominou e de virada empatou o jogo. Logo depois Leozinho fez um passe de primeira,

Fabinho, em posição duvidosa não assinalada pelo árbitro Artur Silva, dominou e bateu na saída do goleiro Robson, virando o jogo. A equipe do Maria Helena se revoltou com o árbitro. Robson goleiro foi o primeiro a partir para a agressão. A confusão foi formada e depois de muitos empurrões, dois expulsos, o jogo recomeçou. Fabinho fez mais um gol e o time da casa venceu por 3x1. Destaques positivos no jogo, as estreias de Mateus, 16 anos, improvisado de zagueiro e com ótima qualidade no chute. Também Leozinho, atleta de 13 anos, jogava no Palmeiras

e irá para o Vasco da Gama nessa temporada e autor do passe para o gol da virada. Ainda pela quinta rodada o Quilombo venceu o Tradição por 1x0, e o Cruzeirinho bateu o Salão Goiás por 2x0. Na próxima rodada Quilombo não necessitará entrar em campo, pois a Dimecol já não está mais na competição e serão computados mais três pontos para o time da chave um; a Fort Sat acredita não conseguir um número de jogadores suficientes para encarar o Univela, mesmo assim a partida está confirmada.

Torneio do Choro RESULTADOS FORT SAT 2 X 2 CHORO E.C QUILOMBO 1 X 0 TRADIÇÃO UNIÃO COLORADO 1 X 0 DIMECOL COLORADO 4 X 1 UNIVELA MARIA HELENA 1 X 3 COMUNIDADE DO CHORO CRUZEIRINHO 2 X 0 SALÃO GOIÁS

Campeonato Mineiro 2010 - Módulo II MARIA HELENA CRUZEIRINHO FORT SAT COLORADO UNIÃO COLORADO

PROXIMA RODADA X CHORO E.C X COMUNIDADE DO CHORO X UNIVELA X TRADIÇÃO X SALÃO GOIÁS

12/02 - 16:00 13/02 - 09:00 13/02 - 14:00 13/02 - 15:30 13/02 - 17:00

Chave 1 Pos. 1 2 3 4 5 6

Equipe Colorado Cruzeirinho Quilombo União Colorado Fort Sat Maria Helena

PG 13 13 11 10 8 8

Pos. 1 2 3 4 5

Equipe Comunid Choro Choro EC Univela Tradição Salão Goiás

PG 5 4 4 3 2

J 5 5 5 4 5 5

V 4 4 3 3 2 2

E 1 1 2 1 2 2

D 0 0 0 1 1 1

GP 13 12 11 14 11 9

GC 4 6 5 11 8 6

SG 9 6 6 3 3 3

E 2 4 1 0 2

D 2 1 3 4 2

GP 8 14 9 3 4

GC 11 16 15 7 10

SG -3 -2 -6 -4 -6

Chave 2 J 5 5 5 5 5

V 1 0 1 1 0

Copa de Futebol de Areia tem as inscrições prorrogadas As equipes interessadas em participar da Copa Centenário de Futebol de Areia ganharam mais quinze dias para fazerem suas inscrições. O convênio a ser firmado com o município, que garante a realização do evento, ainda está em tramitação na prefeitura e com isso as datas previamente estabelecidas foram alteradas. Com isto as inscrições serão encerradas dia 15 de fevereiro (segunda-feira).

O evento ocorrerá nas manhãs de domingo, na arena do Parque da Divinaexpo, dentro das atividades do Feirão de Automóveis. A escolha do local pela organização, não poderia ser melhor. Ela se deu pelo fato de possuir o Parque uma estrutura favorável com banheiros, arquibancadas laterais no entorno da arena, palco e espaço de sobra para aqueles que queiram prestigiar a iniciativa.

A organização pretende distribuir mais de 3.000 viseiras para minimizar os efeitos do sol nas manhãs de domingo, em pleno verão, no início de competição. Tudo está sendo bastante planejado e com a devida antecedência para que não ocorram atropelos de última hora e que a Copa seja realizada dentro de critérios extremamente profissionais.

As equipes interessadas deverão se inscrever o mais breve possível, pois com a prorrogação do prazo para as inscrições a procura pelas vagas restantes, será intensa. Das 32 fichas de inscrição disponibilizadas, 25 foram retiradas na Lugo Esportes, restando apenas sete para o fechamento. As inscrições continuam sendo realizadas na Lugo Esporte da 1º de Junho, 352.


ESPORTES 17

Liderança de volta LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Guarani vai a Governador Valadares e traz a liderança de volta para Divinópolis. Os guerreiros bugrinos lutaram contra um bom adversário e um calor tremendo. Luís Fernando, o dono da camisa 10 fez de pênalti e Carlos César decretou a vitória por 2x0,e garantiu os três pontos. O Guarani abriu o placar aos 25 minutos do segundo tempo. Juninho, entrou no lugar de Thiaguinho, e logo no primeiro lance dele no jogo, o atacante encarou o zagueiro e aplicou um drible entre as pernas de Lúcio e foi derrubado. , Luís Fernando cobrou e abriu o placar. Carlos César o dono da ala da direita fez aos 47 minutos um belo gol, fechou o placar e fez a festa do torcedor presente no Mamud Abbas. Uma partida difícil, onde o Guarani entrou para ganhar o jogo e por isso sofreu

na primeira etapa com uma grande sequência de chances para o adversário. Fernandão perdeu gols incríveis na primeira etapa e isso já deixava a equipe nervosa. O Guarani foi crescendo e o jogo melhorando. O time amadureceu e a vitória premiou a boa atuação do time divinopolitano. A Pantera reclamou de um pênalti não marcado, porém na visão de quem estava no estádio o lance foi normal e a arbitragem também entendeu assim. No final do jogo torcedores se manifestaram na porta do estádio e pediram jogadores. O treinador José Ângelo ressaltou a importância da entrada de Juninho, no lugar de Thiaguinho, isso mudou o jeito da equipe jogar e assim a vitória foi construída. “Foi o momento em que pudemos centralizar um homem à frente. Isso foi importante para a conquista da vitória e garantir esse bom momento do Guarani. Não

podemos deixar de falar que o momento surpreende, mas trabalhamos e confiamos nisso”, falou. O jogador Gilvan ao final da partida falou da boa vitória e da importância de continuar na liderança absoluta do campeonato. “Viemos com a proposta de superação e fomos felizes com a vitória. Em alguns momentos o Nilson dava um passo a frente e isso foi corrigido e ajudou a encaixar os contra ataques. A expectativa diante do Uberaba é de mais uma partida difícil e dentro de casa vamos buscar os três pontos”, falou o jogador. O jogador Fernando Bahia destacou a vontade da equipe. “Tive a felicidade de conseguir estar nos dois lances dos gols e saímos com os três pontos”, falou O Guarani se reapresenta na quarta-feira, deixa Governador Valadares hoje, por volta de meio dia e chega no início da noite.

Leonardo Morais / Hoje em Dia

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11


18 ESPORTES

Taylor de Freitas

taylor.divi@hotmail.com

E AGORA?

Descobriram o problema? Sem Ronaldo e Roberto Carlos o time vai. CORINTIANS O fim de semana foi somente de preocupações para a diretoria e os jogadores Corintianos, isto porque a equipe fora eliminada na Libertadores e parte dos torcedores não aceitaram promovendo uma verdadeira onde de ataques. Ontem foi o dia do clássico contra o Palmeiras e com certeza uma derrota só aumentaria a tensão que fez Ronaldo até pensar em antecipar sua aposentadoria. No fim, o Corintians venceu e as coisas se acalmaram um pouco. Mas a pergunta que ficou foi a de que sem Ronaldo e Roberto Carlos a equipe rendera mais. Pelo menos o exemplo de ontem diz que sim, pra piorar mais questões. Será que o time não estava jogando em função dos atletas com salários altos? Se esta for a moda do momento dentro de algum tempo vamos ver a cena repetir-se, dessa vez no Flamengo. O Mesmo amor declarado ao Ronaldinho hoje foi o que fora declarado ao Ronaldão ano passado. Como o tempo passa a vez do Ronaldinho e do Flamengo irão chegar.

TORCIDA ÚNICA No próximo fim de semana tem clássico de uma torcida só. Ainda dá tempo de comprar a camisa do Cruzeiro para ver o jogo de perto e se for atleticano torcer calado para o seu time ou até mudar sua preferência. Dizem que hoje tudo pode. O PIOR É QUE É NORMAL Toda a imprensa já falou do fato, mas o pior não foi dito. Isso é normal. Pessoas serem mortas a troco de nada. As mortes que ficamos sabendo são bem pouco em relação à realidade que vivemos. O anormal virou normal. Todos lamentam, ninguém se assusta mais. BRASIL 1 E BRASIL 2 O Brasil 1 no sub-20 tropeçou e logo para a Argentina perdendo de 2 x 1 no Hexagonal final do Sul-americano. O Brasil 2 com vários jogadores que participaram da Copa de 2010 enfrentam a França em amistoso nesta quarta. Você tem saudades de 1998. DENTRO DE CASA A LMDD através de sua presidência preparar um campeonato regional e em breve será feitas as reuniões visando às categorias de base. A “molecada” não vê a hora da bola rolar.

A semana ‘ainda não começou’ para o Atlético, que estava de folga ontem (7), mas o assunto já é o clássico do próximo sábado, na Arena do Jacaré. Como o mando é do Cruzeiro, apenas torcedores celestes poderão comparecer ao estádio em Sete Lagoas. Nada que desanime os jogadores do Galo. Para sair com os três pontos, o atacante Diego Tardelli se inspira no jogo do returno do Campeonato Brasileiro da temporada passada, em que o Alvinegro venceu por 4 a 3, em Uberlândia, onde estavam apenas torcedores do Cruzeiro. “Estamos vindo de duas vitórias, o Cruzeiro também venceu. Infelizmente, não vamos ter nossa torcida, mas a gente espera vencer diante da torcida deles, assim como foi no ano passado em Uberlândia”, disse.

Tardelli guarda boas lembranças do jogo no Parque do Sabiá e espera que a história se repita neste sábado. “Tratando-se de clássico, a rivalidade vai existir. A gente tem boas lembranças do ano passado, onde vencemos e seguimos fortes na reta final do Brasileirão. A gente espera passar o mesmo filme que foi passado para a gente em Uberlândia”. Tardelli já disputou oito clássicos com a camisa do Atlético e marcou três gols. Porém, há seis jogos, não balança as redes celestes. Se anotar um tento neste sábado, já sabe para quem vai dedicar o gol. “Prometo fazer um gol para o Arthur e, quem sabe, possa fazer contra o Cruzeiro”, disse o atacante, que visitou, ontem, o jovem Arthur, que luta contra a leucemia.

Contra o Atlético, Cruzeiro defende tabu de invencibilidade na Arena do Jacaré Jorge Gontijo / EM

LOUCO, MUITO LOUCO, O ABREU Não o chame de irresponsável, ele louco mesmo, o próprio nome já diz. E todo louco tem sorte, raramente é atropelado pelo trem, mesmo andando sobre os trilhos. No primeiro pênalti a cavadinha no meio do gol não funcionou. No segundo, minutos depois não quis nem saber. Qualquer outro jogador não bateria, pois ele foi lá e deu uma cavadinha meio de lado e ajudou o Botafogo a vencer o Fluminense. Louca de alegria ficou a torcida. E viva os loucos, Abreu. FALTOU DINHEIRO, FALTOU ATACANTE, FALTOU RAFAEL MOURA Como a coisa não anda boa e as finanças apertadas não foi possível contratar Rafael Moura. O Fluminense campeão Brasileiro e pensando na Libertadores fez sua parte. Já tem Fred e agora

Rafael Moura que seria ideal para o Cruzeiro. Lá no Rio ele já bateu o ponto marcou dois gols no clássico contra o Botafogo e disse a que veio. Se for para pensar em titulo no Brasileiro e na Libertadores é preciso urgente pensar em atacantes. Thiago Ribeiro e Wellington Paulista já se tornaram bons reservas. Se a ordem é não contratar coloque então o pessoal para jogar. Walysson e André Dias pelo menos contra o Vila Nova demonstraram que tem potencial e graça a eles o jogo saiu do empate. Mas como conhecemos o Cruzeiro pode se ter certeza continua a dupla Wellington Paulista e Thiago Ribeiro. Os adversários agradecem.

Tardelli quer repetir história do Parque do Sabiá na Arena do Jacaré

Jorge Gontijo / EM

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Cruzeiro bateu o Atlético na Arena do Jacaré, no ano passado, por 1 a 0

O Cruzeiro tem um aliado no duelo do próximo sábado, contra o Atlético, às 17h: a Arena do Jacaré. Até hoje, o clube celeste já disputou 12 jogos no estádio de Sete Lagoas, desde sua inauguração, em 2006, e não sabe o que é perder. Foram nada menos que 10

vitórias e dois empates, com 25 gols marcados e sete sofridos. Um dos triunfos foi sobre o próprio Atlético, em 1º de agosto do ano passado, pelo primeiro turno do Brasileirão. Na ocasião, Wellington Paulista marcou o gol da vitória por 1 a 0, com torcida única

do Galo. Neste sábado, o clássico deverá ter torcida única do Cruzeiro, pois o time celeste é mandante do jogo. A decisão final sairá hoje, em acordo com a Polícia Militar, Federação Mineira de Futebol e o Atlético.

Antes do Brasileirão de 2010, o time celeste havia jogado somente três vezes na Arena, dois amistosos e uma partida pelo Campeonato Mineiro de 2007, contra o Democrata local. Depois que o o estádio tornou-se casa oficial do clube, ano passado, foram oito duelos, com seis vitórias e dois empates. Todos os jogos do Cruzeiro na Arena do Jacaré 2006 – Amistoso – Cruzeiro 1 x 0 Seleção Mineira 2007 – Campeonato Mineiro – Democrata-SL 1 x 3 Cruzeiro 2010 – Amistoso – Cruzeiro 3 x 0 Tupi 2010 – Campeonato Brasileiro – Cruzeiro 1 x 0 Goiás 2010 – Campeonato Brasileiro – Cruzeiro 2 x 2 Grêmio 2010 – Campeonato Brasileiro – Atlético 0 x 1 Cruzeiro 2010 – Campeonato Brasileiro – Cruzeiro 4 x 2 Guarani 2010 – Campeonato Brasileiro – Cruzeiro 2 x 0 Ceará 2010 – Campeonato Brasileiro – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-PR 2010 – Campeonato Brasileiro – Cruzeiro 3 x 1 Vasco 2010 – Campeonato Brasileiro – Cruzeiro 2 x 1 Palmeiras 2011 – Campeonato Mineiro – Cruzeiro 3 x 0 Caldense


NACIONAL 19

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Liga decidiu mudar regras no grupo especial após incêndio Medida foi necessária para evitar rebaixamento, e Defesa Civil sugere demolir barracões atingidos Ao todo foram 8.400 fantasias destruídas e o prejuízo está estimado em R$ 8 milhões. A decisão foi tomada pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) na noite de ontem (7), após o incêndio na Cidade do Samba, na Zona Portuária, que destruiu os barracões da Grande Rio, União da Ilha e Portela. Também ficou decidido que as três escolas não serão julgadas. Além disso, haverá mudança na ordem dos desfiles. A Portela, que desfilava na segunda-feira - assim como todas as outras escolas atingidas - passará para o domingo. No início da noite, houve uma reunião entre o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, e os presidentes de todas as escolas do grupo especial para definir a mudança no regulamento para o desfile do carnaval deste ano. "Isso é um prejuízo incalculável e nós vamos tentar de alguma maneira fazer um mutirão, reorganizar e ver a possibilidade de se ajustar a ordem de desfile e a estrutura do carnaval de 2011", disse o presidente da Liesa. O prefeito Eduardo Paes (PMDB) havia dado a sugestão de não rebaixar nenhuma escola do Grupo Especial para o Grupo de Acesso logo após o incêndio na manhã de ontem (7). MISTO DE TRISTEZA E ESPERANÇA Em Oswaldo Cruz e Madureira, no subúrbio do Rio, Ilha do Governador e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - reduto de Portela, União da Ilha e Grande Rio, respectivamente -, o clima de euforia com a proximidade do carnaval

deu lugar a tristeza nesta manhã. "A gente brincou ontem aqui na rua. A Portela veio muito bem, botou o bloco na rua, aqui ficou superlotado. E, infelizmente, me acontece um negócio desses", disse Mário Galvão, compositor da escola de Madureira, lembrando o ensaio de rua na noite de domingo (6). Praticamente todas as fantasias da União da Ilha foram queimadas. Só sobraram três que estavam sendo feitas em outro lugar. Entre elas, a fantasia da rainha de bateria Bruna Bruno, que tentou não perder o otimismo. “O Carnaval da Ilha era um carnaval pra vir pro Desfile das Campeãs. E vamos continuar brigando, porque isso vai dar mais garra pra gente”, disse Bruna. O presidente da União da Ilha, Ney Filardi, passou mal e foi medicado. Segundo ele, sete dos oito carros alegóricos foram salvos. Ney disse que mesmo com todo prejuízo, a escola não vai deixar de entrar na avenida. “A União da Ilha vai para a Avenida, mesmo que seja de bermuda, descalço e sem camisa. Vamos desfilar e vamos manter o brilho e a alegria dessa escola tão querida em território nacional”, garantiu Filardi. Mas o barracão que ficou mais destruído foi o da Grande Rio. No sábado, a comunidade estava em festa e realizou um grande ensaio na principal avenida de Duque de Caxias. “Acabei de receber a informação de que meu barracão acabou todo, tentar juntar o que sobrou, se é que sobrou alguma coisa”, disse Hélio de Oliveira, presidente da Grande Rio, bastante

desolado. Mas, apesar da tristeza, o desejo é grande de ver as escolas dando a volta por cima neste carnaval. Para as comunidades o importante é se unir nessa hora difícil. “Cantando o samba enredo, que entre a velha guarda na frente da escola e se faça representada, porque é a história. Não podemos deixar um incêndio rasgar a história do carnaval carioca”, afirmou o comerciante portelense Estevão Nazareno, resumindo o espírito de luta e esperança para reerguer as escolas atingidas pelo incêndio. DEMOLIÇÃO PARCIAL DE BARRACÕES ATINGIDOS Após uma vistoria prévia nos galpões atingidos pelo incêndio na Cidade do Samba, o engenheiro representante da Defesa Civil municipal, Luiz André Moreira Alves, informou que toda a estrutura interna do segundo pavimento desses imóveis será demolida. "Essa foi uma vistoria preliminar, onde nós verificamos que no trecho do segundo pavimento dos galpões que eram utilizados pela Grande Rio, Portela, União da Ilha e parte da Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) houve um comprometimento de estrutura na parte superior e a gente vai entrar com uma obra emergencial para fazer a demolição desse pavimento, para que a gente possa manter íntegro o pavimento térreo e causar menos transtornos no local", explicou Luiz André Moreira Alves. Ainda segundo o engenheiro, a idéia da Defesa Civil é começar a demolição o mais breve possível.

"Nós estamos aguardando apenas o parecer do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Eles liberando o local entramos para fazer a demolição", completou ele. COOPERAÇÃO As escolas de samba do Rio de Janeiro reafirmaram que estão fazendo um mutirão para ajudar as agremiações afetadas pelo incêndio na Cidade do Samba. “Temos que tentar ajudar quem já está muito prejudicado”, disse o carnavalesco da Unidos da Tijuca, Paulo Barros. “Vamos ajudar com o que puder, fantasias, carros alegóricos, até presidente”, reiterou a presidente do Salgueiro, Regina Celi. Para o diretor de carnaval da União da Ilha, Márcio André Souza, qualquer ajuda é bem-vinda. “Os presidentes se propuseram a ajudar com alegorias, carros e materiais e o prefeito se dispôs a contribuir com uma ajuda financeira às escolas atingidas”, disse ele. O presidente da Portela, Nilo Figueiredo, acredita na força da solidariedade. “Vamos usar a comunidade para ajudar”, afirmou ele. “Confio nas escolas irmãs”, resumiu Helinho de Oliveira, da Grande Rio. INCÊNDIO As chamas na Cidade do Samba, onde funcionam barracões de 14 escolas de samba, foram controladas pouco antes das 11h. Ao todo, 39 carros dos bombeiros de sete quartéis e 80 homens foram enviados ao local. Os barracões da Liesa, Grande Rio, Portela e União da Ilha foram afetados.

Dólar sobe pelo quarto dia Análise de risco evita entrada de pragas em vegetais Técnicos do Ministério da Agricultura avaliam os perigos associados à importação de vegetais seguido, e sobe 0,23% BC foi o destaque do pregão, com cinco intervenções O dólar fechou em leve alta ontem (7), acompanhando a tendência do mercado externo em outro dia de ampla atuação do Banco Central, com leilões de compra de dólares a termo e à vista. A moeda norte-americana fechou vendida a R$ 1,680, com variação positiva de 0,23%. Com fraco volume, o dólar teve um pregão apático, de poucas oscilações. "O mercado futuro está com 120 mil contratos feitos, o que é muito pouco", destacou Moacir Marcos Júnior, operador de câmbio da corretora Interbolsa, a uma hora do fechamento do mercado à vista. Na tarde de ontem (7) o volume do vencimento futuro mais negociado era de 146 mil contratos. Apesar da pequena oscilação, foi o quarto dia seguido de alta do dólar. A moeda registra a mesma sequência antes o euro com a percepção de que o juro europeu não

deve subir nos próximos meses e de que a economia norte-americana já se recupera, projetando um aumento do juro local em 2012. BC EM DESTAQUE O maior destaque do pregão foi o Banco Central, com cinco intervenções ao todo. Foram três leilões de compra de dólares no mercado a termo, com liquidação nos dias 16 e 23 de fevereiro e 9 de março, e dois leilões no mercado à vista. Diferentemente da semana passada, quando o BC fez os leilões a termo por volta de 16h, dessa vez as operações aconteceram perto de 12h. Na agenda de indicadores, a balança comercial teve pouco impacto sobre a taxa de câmbio no pregão desta segunda-feira. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o país teve superávit de R$ 432 milhões nos primeiros seis dias de fevereiro.

Kelly Beltrão

Ministério da Agricultura

Para evitar a entrada de pragas no Brasil, técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realizam a análise de risco para produtos vegetais. Ao todo, 2.261 já têm regras definidas. Entre eles, cacau vindo da Indonésia, cereja do Chile, grãos de trigo da Rússia e maçã da Argentina. Essa ação contribui para evitar a introdução de mais de 500 pragas quarentenárias aquelas que não estão presentes no país, mas que, se introduzidas, poderão causar prejuízos econômicos. “Existe, por exemplo, o fungo monilia, que afeta o cacau; o ácaro siro, que ataca produtos armazenados como farinha de trigo; e o besouro chinês, que atinge praticamente todas as espécies de árvores”, explica o chefe da Divisão de Análise de Risco de Pragas do Ministério da

Agricultura, Jefé Ribeiro. Na importação de produto in natura, ou que não teve processamento suficiente para eliminar as pragas de cultivo, é necessário que o carregamento esteja acompanhado do Certificado Fitossanitário expedido pela Organização Nacional de Proteção Fitossanitária (ONPF) do país exportador. O documento é utilizado para produtos como frutas, grãos, sementes, mudas, flores e plantas ornamentais. Após o resultado da análise de risco, podem ser necessárias

declarações adicionais no certificado ou mesmo adoção de outros procedimentos, como deslocamento de fiscais federais agropecuários do Brasil até o país exportador. “A medida serve para inspecionar o produto na origem e diminuir o risco da chegada de um lote contaminado com pragas ao nosso país”, esclarece Ribeiro. O interessado (pessoa física ou jurídica) em trazer determinado produto vegetal de um país deve verificar se ele tem importação autorizada. Caso não tenha, é necessário encaminhar

o pedido à Divisão de Análise de Risco de Pragas do Ministério da Agricultura, por meio das Superintendências Federais de Agricultura (SFAs) nos 26 estados e no Distrito Federal. Os técnicos buscarão informações sobre quais pragas estão associadas ao produto e as que ocorrem apenas no país exportador e não estão presentes no Brasil. A ideia é indicar quais são as medidas fitossanitárias necessárias para evitar a introdução de pragas ainda não existentes no Brasil. “Depois da conclusão da análise de risco, o Brasil encaminha as propostas de medidas fitossanitárias a serem obedecidas para a Organização Nacional de Proteção Fitossanitária do país exportador”, informa Ribeiro. Caso esse órgão não concorde com as regras, é feita uma negociação com a ONPF brasileira para se chegar a um acordo. O último passo é publicar as medidas no Diário Oficial da União (DOU).


20 GERAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - 08/02/11 a 09/02/11

Gazeta do Oeste - Edição 1533  

Mosquito da dengue reproduz em ambientes sujos e até em água salgada Jovem assassinado no final de semana tinha envolvimento com o tráfico “...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you