Page 1

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | QUINTA-FEIRA, 19 de setembro de 2013 | ANO XX | N.º 2160 | R$ 2,50

DO OESTE

Comerciantes e representantes de órgãos responsáveis discutem fundação de Sindicato de hotéis, restaurantes e bares de Divinópolis Página 06

90 dias para diagnóstico sobre o HSJD Diretor da DICTUM, Áriston de Oliveira Silva

A empresa DICTUM indicada pelo Ministério Público (MP) para a intervenção administrativa no Hospital São João de Deus (HSJD) já está iniciando os primeiros passos para a reestruturação da instituição, possivelmente em noventa dias o diagnóstico real sobre a situação da entidade será concluído.

O novo superintendente da Fundação Geraldo Corrêa, Afrânio Silva

Página 05

Advogado protocola mandado de segurança contra presidente da Câmara Segundo o advogado Robervan Faria, “o presidente agiu com abuso de poder e arbitrariedade”, ao indeferir o pedido de substituição da comissão de justiça pela de educação por quebra de imparcialidade. Página 03

Funcionários dos Correios cruzam os braços

Naiara Santos

Bugre: Mais de oito décadas na ativa Time divinopolitano completa 83 anos de criação e a festa será feita junto aos torcedores que não se cansam de demonstrar o amor ao Guarani principalmente nos momentos difíceis.

Luciano Eurides

Página 04

Aulas de

Caligrafia á partir de 23-09 Contatos: 8826-5208 3221-2173

Assembleia discutirá a implatação do Samu em Divinópolis Página 07

Página 09


02 opinião

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

editorial

A máquina homem

Viver em um mundo onde ser magro, bonito e sempre jovem não é fácil. A ditadura da beleza imposta pela mídia é um dos maiores desafios do ser humano. Um dos maiores, porque o grande destes é ser perfeito no âmbito profissional. O homem hoje é tratado como uma máquina, que pensa, que sente e respira, mas não pode ter falhas. As peças não podem “dar biziu”, principalmente o cérebro. Um pequeno deslize pode acarretar em grandes consequências. Os avanços da tecnologia mudaram profundamente os hábitos da sociedade e as relações de trabalho. Os trabalhadores, quando não excluídos desse processo, precisam estar sempre se reciclando para conseguir acompanhar o ritmo do mercado que, cada vez mais, aumenta sua exigência. A presença do computador, da internet, de robôs no ambiente de trabalho exige que o trabalhador esteja em sintonia com as novas tecnologias. Porém todas estas máquinas, se quebrarem, existe peça de reposição, bem diferente do homem. Para competir com as máquinas, o ser humano tem sido cada vez mais cobrado e, diante de tanta pressão e estresse, muitas peças “pifam” e a maior parte não há como repor. E assim como as máquinas, o homem quando não tem mais serventia, ou apresenta defeitos irreparáveis, é descartado. Nos submetermos a isso, porque precisamos ser os melhores. Não melhores pessoas hoje do que fomos ontem, mas melhores que os outros. Se é o dinheiro que mede tudo, na prática, para sermos melhores, precisamos nos apresentar como os mais eficientes. Mas isso gera consequências nefastas nas pessoas. Solidão, ansiedade, depressão são as companheiras de grande parte da população mundial. Como novos mecanismos produzidos pela tecnologia, buscamos a cura em “manuais de instrução”, daquele mesmo tipo que procuramos quando o liquidificador enguiça. E são manuais que te ajudam a se autoajudar com processos simples e eficazes. Você aprenderá a ser alguém vencedor e ter amigos, a otimizar seu tempo, a educar seu filho para um desempenho de sucesso e assim por diante. Caso os manuais não ajudem, a indústria farmacêutica o fará. Com muita facilidade desajustes que podem diminuir seu desempenho serão eliminados por algum medicamento. Uma cápsula para dormir, outra para acordar. Um comprimido para deixar de ficar ansioso, outro para eliminar a tristeza. Crianças com seus distúrbios de atenção controlados e domesticados. Caso os manuais não ajudem e a máquina homem não tiver mais serventia no mercado de trabalho, pode ser dada a ela outra finalidade. Podemos colocar o homem no lugar de um jarro, ficaria moderno e bem prático este segurando flores no canto da sala. Quem sabe seria melhor pendurá-lo na parece e fazer um “quando vivo” mostrando a todos que a máquina, um dia já foi um ser humano. Aí poderemos ver nossos netos contando aos nossos bisnetos que em tempos passados, aquela máquina pendurada na parede já foi boa, amou, sentiu o vento nos cabelos, sorriu, ouviu palavras de carinho e incentivo, fez o bem ao próximo, trabalhou e foi muito feliz... Porém ela teve a péssima idéia de se industrializar!

“Podemos colocar o homem no lugar de um jarro, ficaria moderno e bem prático este segurando flores no canto da sala. Quem sabe seria melhor pendurá-lo na parece e fazer um “quando vivo” mostrando a todos que a máquina, um dia já foi um ser humano”.

Jornal

“O homem criou a máquina A máquina substituiu o homem O homem se aliou à máquina E a máquina destruiu o homem” - John Bala Jones

ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Carina Lelles

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Flávio Vaz Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Francisco Resende

Eduardo Augusto

Dois anos de conquistas e grandes desafios...

Trabalho em dias de domingo deve ser pago em dobro

franciscor@pitagoras.com.br

Completo, no próximo mês, meu segundo ano na nobre missão de dirigir a Faculdade Pitágoras de Divinópolis. Instituição de Ensino Superior com maior número de alunos em Divinópolis (mais de 5200 alunos de graduação), além de mais de 200 professores extremamente envolvidos com a Educação, a instituição vive momento de enorme crescimento e consolidação de sua força no desenvolvimento educacional da região Centro-oeste. Resultado de um corpo docente extremamente qualificado e de uma estrutura tecnológica de ponta, digna de grandes universidades de nosso País. Divinópolis é uma cidade que se destaca no cenário regional e nacional como um polo industrial e comercial. Um município de vanguarda, de povo hospitaleiro e progressista. Cidade polo de uma região em franco desenvolvimento, Divinópolis possui uma das melhores estruturas educacionais do País. A cidade se consolidou como uma referência no Ensino Superior em Minas Gerais, qualificando cada vez mais sua mão-de-obra e conquistando o status de Cidade Universitária. Além de uma universidade federal, a cidade conta com diversas instituições particulares de Ensino Superior, oferecendo dezenas de cursos de graduação e pós-graduação a mais de 10 mil estudantes. E com grande possibilidade de crescimento, visto que é um setor em franca expansão no município. A cidade também é referência em qualidade nos ensinos médio e fundamental. Com mais de 45 mil alunos matriculados, a cidade se destaca com um dos menores índices de evasão, oferecendo educação de qualidade a cerca de 99% das crianças e jovens em idade escolar. Os investimentos prioritários na educação refletem os resultados obtidos pelo município nas avaliações do Ministério da Educação (MEC): o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB qualificou Divinópolis como uma das 64 cidades mais bem classificadas do Brasil e a melhor de Minas Gerais. Isso comprova os avanços da educação de nossa cidade. Divinópolis possui ainda uma excelente estrutura de ensino técnico e profissional, com unidades estruturadas do Senai, Senac e do Cefet, além de dezenas de instituições particulares. Outro ponto forte da educação do município se reflete no grande número de escolas de idiomas e informática, muitas delas reconhecidas em todo o Brasil, oferecendo um ensino de qualidade e fundamental para a qualificação profissional. A inclusão social, através da educação, fez com que o Projeto Experimental de Educação de Jovens e Adultos de Divinópolis – EJA se transformasse em uma referência nacional, sendo condecorada com a medalha “Paulo Freire”, oferecida pelo MEC. Neste cenário, a Faculdade Pitágoras, com a tradição de 47 anos de atuação na Educação Superior em nossa cidade, implantou um projeto arrojado e empreendedor. Nestes 24 meses de gestão, solidificamos um Centro de Excelência no Ensino Superior, oferecendo uma proposta educacional moderna e inovadora, cursos com a qualidade da marca Pitágoras, professores altamente qualificados e uma infraestrutura moderna e acessível. Tudo isso para que Divinópolis também seja identificada como um dos mais importantes centros de educação superior do interior de Minas Gerais. E temos muitos desafios e muito a crescer ainda. A instituição faz parte do maior grupo educacional do Brasil, a Kroton Educacional, que opera hoje em 10 Estados do nosso País. São mais de 5000 mil alunos no Ensino Superior, mais de 810 escolas de Ensino Básico associadas em todo o território nacional, além de cinco no Japão e uma no Canadá, por meio da Rede Pitágoras. Estes números revelam a força e a tradição do grupo na educação brasileira e Divinópolis é uma das principais unidades do grupo, o que evidencia ainda mais a importância do município no cenário educacional. Vamos seguir enfrentando os desafios que esta missão nos reserva. Agradeço a todos os professores, colaboradores, alunos e parceiros, esperando que este crescimento se torne cada vez mais sustentável, garantindo o acesso cada vez mais democrático de nossa população ao Ensino Superior. Francisco Resende Diretor-Geral da Faculdade Pitágoras. Jornalista e professor universitário de Graduação e Pós-Graduação, especialista em Marketing e em Liderança e Gestão de Pessoas.

easteduardo@yahoo.com.br

Existe muito questionamento por parte dos trabalhadores quanto ao trabalho realizado em dias de domingo, se trabalhado, o empregador deve pagar o dia normal, ou, se há obrigatoriedade do pagamento com adicional. O trabalho em dias de domingo, no meio jurídico, é conhecido como o instituto do repouso semanal, dentre outras nomenclaturas, também é chamado de descanso semanal, folga semanal, descanso hebdomadário. No Brasil, o instituto surgiu com o Decreto n. 21.186 de 1932, sendo garantido pela primeira vez constitucionalmente pela Constituição de 1934. Em 1937 o descanso foi estendido aos feriados civis e religiosos. Já em 1946, pelo artigo inciso VI do artigo 157 foi firmado o descanso aos domingos e feriados, com a determinação de fosse remunerados. A Carta Magna de 1988, assegura o repouso semanal remunerado preferencialmente aos domingos. Por que aos domingos? Na verdade, existiu grande influência do Cristianismo nessa escolha, justamente para que o descanso recaísse em dias de domingo, com o objetivo dos fiéis terem o dia como descanso do trabalho, para que pudessem participar das celebrações dominicais. Assim, ficou firmando que o descanso semanal seria aos domingos. O instituto tem finalidade de assegurar ao empregado a abstenção de trabalhar durante, no mínimo, 24 horas consecutivas, pré-determinadas na semana, sem prejuízo do salário do trabalhador, gerando ao empregador o dever de respeitar o descanso nesses dias em pelo menos 24 horas ou de conceder uma folga compensatória. O texto da lei visa garantir aos trabalhadores tempo suficiente para sua valoração moral cultural, e religiosa. O instituto abrange os empregados rurais, urbanos, avulsos e domésticos, estes últimos abraçados pela Lei n. 11.324/06. Não deveria ser diferente, pois, aos domésticos tem se o direito à sua dignidade, e para isso, a igualdade de tratamento, assim sendo, tanto é garantido aos domésticos o descanso em dias de domingo, como também em feriados civis e santificados. A condição para o repouso semanal remunerado é de que o empregado tenha cumprido integralmente seu horário de trabalho, ou seja, não tenha faltado injustificadamente na semana anterior. Portanto, havendo impontualidade ou faltas ao trabalho não justificadas, o empregado não tem direito ao pagamento do descanso semanal. A 1ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou uma empresa a pagar o repouso semanal em dobro a uma empregada que trabalhou por sete dias consecutivos, com base na Orientação Jurisprudencial 410 da Subseção 1 Especializada em Dissídios Individuais. A empregada alegou e provou que a folga era concedida entre o 7º ao 12º dia trabalhado, e que lhe causava prejuízo à sua saúde. O relator, ministro Hugo Carlos Scheuermann, deu razão à empregada, apontando a jurisprudência do TST. O relator explicou que o descanso semanal visa à proteção da saúde física e mental do trabalhador, bem como “preservar-lhe o convívio social e familiar, razão pela qual deve, preferencialmente, ser concedido aos domingos”. Uma Siderurgia do estado do Maranhão também foi condenada a pagar ao empregado o repouso semanal remunerado em dobro, pelo fato de que a empresa tenha ofertado o descanso após o sétimo dia consecutivo de trabalho. A 7ª Turma do TST também fundamentou sua decisão na Orientação Jurisprudencial nº 410 da SBDI do TST, afirmando que o procedimento viola determinação constitucional e legal. A empresa fundamentou sua tese numa norma coletiva que autorizava um sistema de revezamento. Contudo a Turma decidiu que a norma coletiva não tem poder para estabelecer escala nesses termos, tendo em vista que se trata de questão de ordem pública, com respeito à higidez física e mental do empregado. Diante do exposto, não resta dúvida que o descanso semanal é importante para o bom desempenho do empregado no ambiente de trabalho, e, sobretudo, para sua valorização pessoal, familiar, social, cultural, e religiosa. Eduardo Augusto Silva Teixeira Advogado easteduardo@yahoo.com.br Fonte: WWW.trt3.jus.br E-ED-RR-47000-44.2007.5.16.0013 RR-1715-43.2012.5.03.0036


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Advogado protocola mandado de segurança contra Presidente da Câmara Carla Mariela

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

Após secretário de Cultura de Divinópolis, Bernardo Rodrigues, anunciar projeto de implantação da Escola de Dança no município com a participação da professora Cristina Helena, denúncias vindas do advogado Robervan Faria, chegou ao vereador Marcos Vinícius (PSC). O vereador que é presidente da comissão de justiça com demais membros da comissão, participou de encontros com o advogado, o secretário e o vice-prefeito para ouvi-los. Após pronunciamento de Vinícius no dia 29 de agosto, Robervan encaminhou para a Câmara um ofício pedindo a substituição da comissão por quebra da imparcialidade no caso. Ontem, o advogado afirmou que pelo fato do presidente Rodyson Kristnamurti (PSDB) não ter substituído à comissão, ele impetrou um mandado de segurança contra o presidente. De acordo com Robervan Faria, ele não é contra o projeto de implantação da Escola de Dança. Ele esclareceu que como se trata de escola do município, existe um processo de licitação pública, ou seja, não se pode favorecer nem A e nem B e o que ele solicitou com suas denúncias foi exatamente este processo licitatório. Conforme o advogado estava

indo tudo muito bem, até que no dia 29 de agosto, o vereador Marcos Vinícius usou a Tribuna e fez declarações tendenciosas que foram transcritas pelo advogado. “Marcos Vinícius é o presidente da comissão e presidente de comissão não age com sentimentos, emoções, vontades, prazeres, ele tem que ser isento total, não pode se exibir de forma tendenciosa para nenhuma das partes”, afirmou. Diante disso no dia 30 de agosto o advogado fez um requerimento para o presidente, Rodyson Kristnamurti, avisando sobre a quebra da imparcialidade da comissão de justiça e pedindo para substituí-la pela comissão de educação a qual o presidente é o vereador Eduardo Print Júnior (PDT). Conforme Robervan Faria, o presidente Rodyson Kristnamurti, permaneceu com o ofício e não o leu no expediente da próxima sessão. “O presidente começou a errar aí comigo, porque tudo que entra tem que ser lido na próxima sessão, ele segurou e só leu o requerimento na terça-feira (17) depois de quatro sessões, isso porque eu encaminhei outro pedido relatando que ele estava prevaricando, ou seja, ele estava retardando a leitura de documentos. Este documento de prevaricação eu encaminhei no dia 12 de

Robervan Faria protocolou um mandado de segurança contra o presidente da Câmara.

Rodyson Kristnamurti vai esperar esse mandado chegar, e só depois disso tomará a atitude cabível.

setembro, uma vez que ele ainda não tinha lido o requerimento encaminhado no dia 30 de agosto”, destacou. O advogado enfatizou que recebeu uma resposta de Rodyson Kristnamurti dizendo que em atenção ao requerimento apresentado por ele sobre os trabalhos da comissão, este seria lido no expediente do dia 17 de setembro. Ainda na resposta do presidente, quanto à substituição da comissão, ele informou que a comissão competente para tal ofício é a comissão de justiça, legislação e redação, uma vez que cabe privativamente a ele designar as comissões. O presidente do Legislativo relatou neste documento de resposta, que não iria realizar nenhuma substituição

impetrado tendo em vista toda uma quebra da imparcialidade cometida pelo vereador presidente da comissão de justiça, Marcos Vinícius no seu pronunciamento do dia 29 de agosto no uso da tribuna. Fiz um requerimento para que o presidente substituísse a comissão de justiça pela de educação e ele indeferiu no pedido de substituição, não me restou nada mais do que impetrar um mandado de segurança contra o presidente da Câmara”, completou. Entretanto, o advogado relatou que pode até concluir o relatório da comissão de justiça, mas agora o caso já está na justiça. O presidente da câmara, por telefone, afirmou que não vê dificuldade neste mandado elaborado pelo advogado, porque quem

conforme solicitado pelo advogado Robervan Faria e pediu para que o mesmo acompanhasse os trabalhos da comissão, tomando conhecimento do relatório final e se achasse por bem que entrasse com todas as medidas jurídicas que entendesse cabíveis. Mandado de segurança Para Robervan Faria, o presidente sequer falou na imparcialidade do vereador Marcos Vinícius, nem fundamentou o seu pedido. “O presidente agiu para mim com abuso de poder, arbitrariedade, por isso que entrei com o mandado de segurança contra ele, já está protocolado, foi assim feito nesta quarta-feira 18 de setembro e está na Vara de Fazenda Pública. Esse mandado de segurança foi

respondeu a Robervan Faria foi a procuradoria da câmara por meio da comissão de justiça. “A vinda da Cristina Helena mostrou que a prefeitura não vai gastar nenhum centavo. Ela está propondo dar assistência a núcleos de danças, mas é uma questão de boa vontade. Não participei da reunião, fiquei sabendo por meio da comissão de justiça. Eu vou esperar esse mandado chegar, e depois disso que vamos tomar a atitude cabível. Eu sou o guardião do regimento interno. Não posso opinar nem para A e nem para B. Cabe ao legislativo a parte fiscalizadora”, assegurou. A reportagem tentou entrar em contato com o vereador Marcos Vinícius para falar sobre o assunto, por telefone, mas este não foi encontrado.

Vereador questiona crédito adicional Carmo do Cajuru sediará Audiência Pública sobre segurança suplementar de cerca de R$22 milhões Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

O deputado estadual, Dalmo Ribeiro (PSDB), elaborou um requerimento na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), para a realização de uma audiência pública em Carmo do Cajuru. O encontro servirá para debater sobre a segurança no município e região. O evento será na próxima sexta-feira, às 9h30, na câmara municipal da cidade, na avenida José Marra da Silva, 175, no Centro. De acordo com o parlamentar Dalmo Ribeiro, essa discussão com a sociedade e as autoridades constituídas se faz necessária para a melhoria da segurança pública nas escolas, na zona rural, na zona urbana e para as famílias. É por esta razão que ele convida todos os amigos e a população de Carmo do Cajuru e região para participar deste encontro, que terá também a presença da comissão de segurança pública da ALMG. Ainda conforme o deputado a violência em Carmo do Cajuru se tornou um caso sério. Para ele, por ser pequeno, este município

deveria ser pacato e tranquilo, mas não é isso que tem ocorrido. “Carmo do Cajuru tem sido atingida por uma onda de furtos e roubos, e na maioria dos casos, de pessoas que residem na própria cidade”, disse. A origem do requerimento, conforme Ribeiro, foi em atendimento a pedido realizado por lideranças locais, empresários e comerciantes de Carmo do Cajuru, que o procuraram para que fossem sugeridas soluções à esta situação. Portanto, partiu dos cidadãos de Carmo do Cajuru por meio de seus representantes legais a idealização desta audiência pública. “A minha participação foi, como mandatário da cidade, requerer a audiência para atender ao apelo dos cidadãos do município e suas autoridades”, destacou. Para ele, a segurança pública é dever do Estado e direito do cidadão. Os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário das três esferas federativas, União, Estado e Municípios, tem a obrigação e a competência de legislar sobre a segurança pública. Por fim, o deputado disse que a violência, infelizmente, tem

aumentado não só em cidades mineiras, mas em todo o país. Entretanto, onde há altos índices de criminalidade, sejam elas ligadas ao tráfico, ou não, é preciso que haja uma participação mais efetiva do governo visando melhorar a segurança pública. A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vem realizando inúmeras audiências públicas em todo o Estado visando a solução de problemas deste tipo, que inclusive tem se multiplicado gradativamente. Participarão da audiência, o presidente da ALMG o deputado Dinis Pinheiro (PSDB), o presidente da Comissão de Segurança Pública da ALMG o deputado João Leite (PSDB), o prefeito e o vice-prefeito de Carmo do Cajuru, José Clarete Pimenta e Roberto de Souza Fonseca; o presidente da câmara municipal Sebastião de Faria Gomes, o juiz diretor do foro da comarca, Jacinto Copatto Costa; o promotor Alessandro Garcia Silva; o comandante do 23° Batalhão da Polícia Militar, o comandante do pelotão da Polícia Militar de Carmo do Cajuru, o delegado de Polícia Civil Domingos Sávio Calixto, dentre outros.

O vereador Adair Otaviano (PMDB) afirmou na última terça-feira, que ao deparar com o projeto de lei EM 039/2013, de autoria do Poder Executivo de Divinópolis, que trata de crédito adicional suplementar no montante de R$22.238.530,09; não havia nada demais, até que ele observasse o artigo 2º. Conforme Otaviano, este artigo aborda que o adicional suplementar faz-se necessário para a utilização do superávit de 2012, apurado no balanço patrimonial do exercício do mesmo ano. Para o parlamentar, este montante significa sobra. Ainda de acordo com Otaviano, os demais vereadores precisam estudar bem este projeto. Segundo ele, perguntas já foram feitas ao prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), como por exemplo: Para onde vai esta sobra? Este superávit é de que lugar? Qual secretaria que teve sobras? Que balanço patrimonial é esse que sobra cerca de R$22 milhões? Otaviano disse que o prefeito alega ser um superávit patrimonial, mas que ele como vereador quer saber mais informações sobre o projeto, uma vez que o

ano de 2012 foi um dos piores anos para o Poder Executivo, por ter fechado o ano no vermelho, passando pela crise financeira relacionada com o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Tem denúncia nesta câmara de entidade que tem verba a receber do município do ano de 2012. Se tem dinheiro a receber, nem houve o fechamento do mandato ainda, e já está se falando de superávit de sobra?”, indagou. O vereador informou que vai solicitar todas as informações ao Executivo para votar este projeto com coerência, considerando que no início do mandato a administração municipal quis agilidade para aprovação do projeto da venda dos 243 imóveis para apurar o valor de R$8 milhões. “Após a aprovação do projeto da venda dos 243 imóveis, em junho houve um pedido de empréstimo no valor de R$5 milhões. Quando voltamos do recesso em agosto houve outro pedido de mais R$5 milhões. Onde estão sobrando R$22 milhões de reais? Esta casa precisa saber. Nós não podemos votar um crédito adicional suplementar de R$22 milhões sem saber de onde sobra, porque se estava faltando; como está sobrando hoje”, concluiu.

Este projeto EM 039/2013 autoriza a Prefeitura a abrir o crédito adicional suplementar de R$22.238.530,09; na superintendência municipal Usina de Projetos - Obras e Projetos Especiais, na Secretaria Municipal de Educação, na Secretaria Municipal de Saúde, na Secretaria Municipal de Agronegócios, na Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, na Secretaria Municipal de Cultura, na Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e na Secretaria Municipal de Operações Urbanas e Defesa Social. A reportagem entrou em contato com a prefeitura, conversou com a diretora de orçamento, Cybele Silva Machado, e ela explicou que esses R$22 milhões é superávit, ou seja, o que sobrou no final do ano passado e que vai ser usado nesse ano, porém este é um recurso vinculado, não é caixa geral. Conforme a adequação vinda por meio da instrução normativa 05/2011, anexo 3, do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, para que se possa gastar este valor vinculado, tem que ser exigida a fonte 2, e isto significa a necessidade de um encaminhamento para a câmara municipal de Divinópolis para que haja a aprovação.


04 cidades

Silvio França

silviocor@hotmail.com

Marketing Multinível e o Golpe da Pirâmide Muitas pessoas tem me solicitado informações sobre os chamados negócios em marketing multinível ou de rede, muitas vezes associados ao velho esquema de pirâmide que inclusive é proibido no Brasil. Embora seja um pouco diferente, no fim é quase a mesma coisa sempre é lucrativo apenas para quem os criou, ou seja os primeiros a aderirem. Hoje existem negócios do tipo em vários seguimentos, desde a venda de produtos derivados do açaí, pacotes de viagens e perfumes até colchões e softwares de comunicação. Para entender porque quase sempre é uma fria é necessário entender como surgiram os tais negócios de pirâmide ou multinível (vale lembrar que as pirâmides são construções de vários andares, portanto, multiníveis). Tudo começa com o Italiano Chales Ponzi, que em meados do século passado, descobriu que ao comprar vale-selos a US$0.01 na Itália, poderia revendê-los nos Estados Unidos a US$0.03. Um lucro de duas vezes o valor investido. Prevendo que seu plano não o deixaria rico, afinal de contas, a rentabilidade é muito baixa tendo em vista que seria necessária a venda de toneladas de selos pra render algum trocado, Ponzi teve a ideia que deu origem aos esquemas atuais. Ele conseguiu convencer algumas pessoas de que seu plano de negócios era rentável, mas que, para entrar no esquema de compra e venda de vale selo era preciso investir uma pequena quantia em dinheiro. Cada novo investidor pagaria para seus superiores na empresa e, quando esse membro conseguisse novos investidores, começaria a receber parte do seu dinheiro de volta. Na época, a pessoa que entrava na pirâmide chegava a ganhar 50% do que havia investido em menos de 45 dias e, em poucos meses, milhares de pessoas colocaram seu dinheiro no esquema. Cada um ganhando em cima dos que acabavam de entrar. O italiano claro, chegou a ficar milionário, afinal, ganhava dinheiro sobre os demais investidores. O mirabolante negócio logo colocou em segundo plano o produto vendido e no fim, o objetivo dos integrantes era apenas o de conseguir mais filiados para o programa. Exatamente como acontece hoje nas várias promessas de lucro fácil que tem pipocado por Divinópolis. Ocorre, que chega um determinado ponto, onde captar novas pessoas se torna extremamente difícil, e estes, que estão nas bases da pirâmide, os que entraram por último, não conseguem reaver o dinheiro investido. Para saber se você não está sendo convidado para um destes esquemas que geralmente vem enfeitados com palestras motivantes e jantares suntuosos, basta avaliar se ele tem alguns pontos em comum com o esquema de Ponzi como a necessidade de investir para poder entrar (comprar pacote de viagens, sucos e barrinhas de cereais, perfumes, colchão, etc.), se o recrutamento de pessoas é colocado como necessário e se a renda maior é dos investimentos novos ou da venda de produtos. Sendo dos investimentos, coloque dois pés para trás. Caso você esteja mesmo interessado em investir nesse tipo de negócio, é bom seguir algumas dicas para não perder dinheiro: conheça o passado da empresa; veja se ela não possui muitas reclamações no PROCON ou em fóruns de discussão; veja se o produto que está à venda tem boa aceitação no mercado e principalmente, veja se o produto tem mais valor que a contratação de pessoal. Ou seja, o investidor deve ser gratificado (ou receber o dinheiro investido) por aquilo que vendeu, pelo que produziu e não pelo número de pessoas que recrutou. Outro cuidado é não acreditar em tudo que se vê na internet. Tem muita gente que passa os dias pensando em como tirar dinheiro das demais. Existem inúmeras páginas falsas, onde até mesmo os comentários de pessoas que teriam sido bem sucedidas na empreitada também são falsos. Não existe fórmula mágica para ficar rico. A sorte de um pode ser azar para muitos e para que alguns se tornem diamante, tem muitos virando sucata. Para Refletir “Para não assumir que foram feitos de tolos, alguns preferem se passar por espertos” - Sílvio França em adaptação livre de Marquês de Maricá.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Correios

Funcionários reivindicam manutenção dos benefícios Naiara Santos

Naiara Santos

naiara.santos@gazetaoeste.com.br

Na manhã de ontem funcionários dos Correios fizeram um protesto em frente a uma agência da empresa para reivindicar por direitos. O diretor sindical dos correios e do movimento, Alessandro Almeida, afirmou: “a manifestação é para reivindicar o reajuste salarial e manutenção dos benefícios. A empresa está querendo diminuir ou até mesmo acabar com os benefícios, e com isso, gerando conflitos para os funcionários e seus familiares”. A manifestação foi a todo tempo pacífica. Reivindicar os direitos é legal e livre para todo trabalhador. Desde1994, todas as manifestações realizadas tiveram um retorno positivo de 20%. Os funcionários alegam não terem um salário digno para a sua classe, por isso, foram para as ruas, mostrar a cara e o direito de voz. Completam, ainda, que a empresa nunca está aberta a negociações, que afirma não poder dar aumento algum por não possuírem condições, no entanto realizam o patrocínio de vários eventos pelo Brasil. O salário inicial hoje de um funcionário da categoria de base é de R$ 1004,00, não chegando a nem um salário e meio, e se comparando com o salário de outros do funcionalismo público este é o mais baixo. “A empresa, sendo de comunicação, tem grande falha nesse quesito. Ten-

Funcionários da ECT de braços cruzados, saem as ruas para manifestar por direitos.

tamos entrar em um acordo, porém tentaram impedir a greve, querendo até mesmo passar por cima dos diretos de nós trabalhadores, mas assim não funciona”, ressalta o diretor. “Somos todos concursados, estamos lutando por nossos direitos, não estamos cometendo nenhuma irregularidade, estamos todos uniformizados e quando saímos de greve a empresa alega que o nosso contrato fica suspenso e nos impede até mesmo de entrar na própria agência”, conclui Alessandro. Em contato com a empresa, a mesma informou que em Minas Gerais 96,92% do efetivo está trabalhando normalmente. Para garantir a entrega de cartas e encomendas e o atendimento

em toda rede de agências, a ECT continua aplicando medidas do seu Plano de Continuidade de Negócios. Entre as ações estão realização de horas extras, mutirões para entrega nos fins de semana e deslocamento de empregados entre as unidades. Solução de acordo O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou ontem a distribuição do dissídio dos Correios para julgamento, em data a ser definida, apesar de todo esforço da ECT para fechar um acordo com as entidades sindicais. A proposta dos Correios, que já foi aceita por 5 sindicatos, compreende reajuste de 8% nos salários (reposição da inflação

do período, de 6,27%, com ganho real de mais de 1,7%); reajuste de 6,27% nos benefícios; Vale Extra no valor de R$ 650,65, a ser creditado em dezembro e Vale Cultura dentro das regras de adesão ao Programa implementado pelo Governo Federal. Além disso, os Correios já asseguraram às representações sindicais que todos os atuais direitos dos trabalhadores em relação ao plano de saúde estão garantidos: manutenção dos atuais beneficiários (inclusive pais do empregado que já estão cadastrados), cobertura de procedimentos, rede credenciada, percentual de compartilhamento). Não haverá nenhum custo adicional, repasse ou mensalidade aos empregados.

Vacina contra catapora integrará calendário básico de vacinação A Prefeitura de Divinópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), inicia a vacinação contra a varicela, popularmente conhecida como catapora. A iniciativa atende determinação do Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), que passa a oferecer a dose na rede pública a partir deste mês de setembro. Incluída na tetra viral, a vacina contra catapora também protegerá contra sarampo, caxumba, rubéola e será ofertada exclusivamente para crianças de 15 meses (1 ano, 3 meses e 29 dias) de idade que já tenham recebido a primeira dose da vacina tríplice viral, comprovada na caderneta de vacinação. A referência técnica em Imunização, Marcela Machado, explica que a vacina triviral continua fazendo parte do calendário da

criança. “Esta receberá a primeira dose de triviral aos 12 meses, e a dose única de tetra viral aos 15 meses, se houver indicação segundo a situação vacinal da criança”. Para administração da nova vacina, os profissionais de saúde foram capacitados na segunda-feira (16/09). “Estamos em processo de entrega de vacinas ao longo da semana. Trinta e duas salas de vacinação do município receberão a vacina. Dentre elas, a dose está disponível nos postos de saúde dos bairros Afonso Pena, Bom Pastor, Danilo Passos, Itaí, Niterói e região Central”, ressaltou. A imunização contra a catapora passa a fazer parte da rotina dos serviços públicos. Quando necessária, a dose era disponibilizada pelo Crie - Centro de Referência de Imunobiológico Especial, localizado em Belo Horizonte. O procedimento só poderia ser

liberado mediante uma indicação clínica que justificasse aplicação da dose ou adquirida em clínicas particulares. Para Marcela Machado, a vacina que fará parte do calendário básico de vacinação é um avanço importante para prevenir as complicações, internações e óbitos ocasionados pela doença. “A implementação da vacina sem dúvida é uma vitória para a saúde pública, visto que temos à disposição da população mais uma opção de prevenção de doenças”, comemorou. A referência técnica esclarece que não há necessidade de outra dose para aquelas crianças que já receberam a vacina. “É importante que os pais de crianças na faixa etária de 1 ano, 3 meses e 29 dias, procurem sua unidade de saúde, com o cartão de vacina, para que a equipe de saúde avalie a situa-

ção vacinal da criança e verifique necessidade de ofertar a vacina”, ressaltou. Catapora A doença, que tem o nome científico de varicela, é uma infecção altamente contagiosa e causada pelo vírus varicela-zóster. A transmissão é feita pelas vias respiratórias, por partículas transportadas pelo ar, contaminadas com o vírus. Os sintomas costumam aparecer de 10 a 21 dias após a infecção e incluem dores de cabeça leves, febre moderada, perda de apetite e mal-estar. De dois a três dias após os primeiros sinais, surgem erupções avermelhadas com coceira. O tratamento pode ser atópico ou com o uso de medicamentos. Segundo o Ministério da Saúde, entre 2000 e 2011 foram registradas 69.525 internações por catapora no país.


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Diagnóstico da situação do HSJD deverá sair em noventa dias

Mariana Gonçalves

Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

A empresa DICTUM indicada pelo Ministério Público (MP) para a intervenção administrativa no hospital São João de Deus (HSJD) já está iniciando os primeiros passos para a reestruturação da instituição que acerca de um ano e meio enfrenta uma grave crise financeira. Na manhã de ontem o novo superintendente da Fundação Geraldo Corrêa, Afrânio Silva, e o diretor da DICTUM, Áriston de Oliveira Silva, se reuniram com representantes da imprensa do município para se apresentarem e também falar sobre os rumos que serão dados a partir de agora ao HSJD. Conforme explica o diretor da DICTUM, Áriston de Oliveira Silva, nesse primeiro momento os profissionais que irão atuar na reestruturação da instituição estão conhecendo a fundo os problemas do hospital. Silva, destaca que mesmo em

crise a instituição não parou seu funcionamento e esse fator já é um ponto a favor de sua recuperação. “Percorremos os setores aqui dentro do hospital como se fossemos auditores, embora a proposta não é a de uma auditoria, conversamos com alguns pacientes, entramos no centro cirúrgico e fomos percebendo que a casa está viva, está funcionando. A alimentação está boa, os pacientes estão sendo bem tratados, os quartos estão limpos então com isso ficamos felizes por que já dá para perceber que a situação está caminhando. A meta é ter o hospital atendendo e aumentar a sua assistência para que mais pessoas sejam atendidas dentro de uma instituição tão seria como essa” afirma. O responsável pela empresa que agora irá executar os serviços de “recuperação” do HSJD conta ainda que de início um estudo para identificar a real situação da instituição está sendo realizado. “Com 90 dias teremos um relatório com o volume de informações

mais amplo com relação a vida do hospital. Esse diagnóstico começou desde o nosso primeiro momento de trabalho aqui na fundação e a partir dele é que vamos traçar as ações e medidas para sanar as demandas identificadas, sei que temos demandas que são “pra ontem” mas ainda estamos avaliando a fundo todos os problemas” explica Áriston. De acordo com informações prestadas durante a reunião a empresa foi contratada por dois anos. Sendo estabelecido que o pagamento dos funcionários que atuarão por ela será feito pela Fundação Geraldo Corrêa com contrapartida do Governo do Estado para que não haja um número grandioso de ônus para a Fundação. “Viemos para ficar um período pequeno, ou seja, viemos para esse momento de maior necessidade da casa e vamos embora com o nosso dever cumprido, para isso não vamos olhar para o passado, vamos olhar o futuro. O objetivo da reestruturação é ampliar a

assistência e desenvolver um hospital melhor” declara o diretor da DICTUM. Dentre os assuntos abordados na reunião destaca-se o fato de que o serviço de reestruturação do São João de Deus irá atuar em questões administrativas como reavaliar contratos que vão “desde o fornecimento de água, luz e serviços médicos. Vamos analisar esses documentos e os que estiverem em bom estado acredito eu que seja a maioria, vamos manter e aqueles que precisar de alterações e correções vamos chamar os responsáveis e negociar um novo formato de trabalho desse grupo com o Hospital São João de Deus” completa Áriston Silva. ESPECIALIZADA EM INTERVENÇÃO A empresa DICTUM é especializada em intervenções judiciais e perícias técnicas. A organização é responsável também por implementar as soluções de gestão do Instituto Axis,

Moradores do bairro Niterói esperam soluções para o grande fluxo de caminhões na região

“Não vamos olhar para o passado, vamos olhar o futuro”, afirma Áriston Silva

funcionando como auxiliar do juízo nas intervenções judiciais e assessoramento técnico no gerenciamento de instituições filantrópicas e empresas. “Nós desenvolvemos processos de perícia e gestão de intervenção hora judicial hora não judicial como é o caso aqui da instituição. Visamos a reestruturação, já temos inclusive grandes resul-

tados dos nossos trabalhos em outras regiões do país. A missão que temos aqui é a de ajustar a entidade e entrega-la ao MP que na sequência devolverá a administração à Fundação que assim poderá gerenciar e oferecer uma instituição com uma saúde de qualidade, organizada e sem problemas” finaliza o diretor da DICTUM.

Jornada do Patrimônio debate história da cultura afro-brasileira Divulgação / PMD

Bianca Damas

Bianca Damas

bianca.damas@gazetaoeste.com

Após inúmeras reclamações a respeito do intenso fluxo de caminhões que se deslocam para Gerdau pelo bairro Niterói, as discussões foram aprimoradas e os moradores e Ministério Público aguardam resposta da Secretaria Municipal de Trânsito. Segundo os residentes do bairro, os veículos de carga pesada, que transitam pelas ruas perturbam o descanso à noite e de madrugada. A poeira também é outro problema. Alguns habitantes alegam que até mesmo o trânsito de caminhões provoca vazamentos de água no local e aumentam o risco de acidentes. Na reunião, ocorrida ontem no Ministério Público, o superintende da Usina de Projetos, Lúcio Espíndola, apresentou para dez moradores, promotor Sérgio Gildin, secretário municipal de Trânsito, Simonides Quadros e representante da Prefeitura, Rogério Farnese a obra que está em execução, visando a transposição do fluxo dos veículos. Conforme o superintendente, a operação consiste na construção de um anel viário, por isso, requer tempo e ocorre em duas etapas. “Primeiro estamos construindo um viaduto e uma estrada que liga MG 345 –sentido Divinópolis e Carmo do Cajuru

Trânsito intenso de caminhões é problema de moradores do bairro Niterói há mais de dez anos

- e o Complexo da Ferradura. Espera-se que esta operação termine em meados do próximo ano”, explica. Para realização da segunda fase, que consiste na ligação entre as proximidades do Crevisa e a Gerdau, de acordo com Lúcio, ainda é necessário elaborar o projeto e buscar recursos par a construção. “O pontapé inicial foi dado. Nós temos consciência que a medida da obra é a longo prazo. Entretanto estamos propensos, se for preciso, a paralisar o trân-

sito. Esta é uma forma que temos para solucionar a situação”, afirma o morador Moizés de Araújo. Conforme Moisés, foi pedido à secretaria de Trânsito uma medida paliativa, que compreende na retirada do quebra molas da rua Esmeralda para evitar o impacto dos caminhões e a colocação de um semáforo no cruzamento com a rua do Cobre, com objetivo de impedir os acidentes. Nesta sexta-feira, às 8h, o morador irá acompanhar as obras junto à secretaria de Trânsito (Settrans).

“Como o problema é grave eu pedi que a Prefeitura, em um prazo de quinze dias, por meio da Setrans, dissesse se ela tem alguma medida, pelo menos paliativa até a conclusão efetiva de todas as obras”, destaca Sérgio Gildin. Conforme o promotor, se o plano for viável será discutido com os moradores. Porém, se não for apresentado algo substancial caberá ao Ministério realizar a propositura de ação cível pública para garantir o descanso dos moradores, entre dez horas da noite e seis horas da manhã.

Com apoio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc), será promovido o Seminário: “Patrimônio Imaterial, Memória e Cultura Afro-Brasileiro em Divinópolis” dentro da 4ª edição da “Jornada Mineira de Patrimônio Cultural”, que acontece em várias cidades mineiras. “Griôs” – Disseminadores da Cultura Africana - é o tema do evento desde ano. O seminário será realizado no município, em 26 de setembro, às 13h, na Biblioteca Municipal Ataliba Lago em uma mesa redonda composta por historiadores da Secretaria Municipal de Cultura. Também participam Frei Leonardo Lucas e o professor da rede pública municipal e do ensino superior, José Heleno Ferreira. Serão debatidas a história e a cultura afro-brasileira em Divinópolis desde o século XVIII, quando existia o Arraial do Espírito Santo do Itapecerica. A palestra será ministrada por representantes da Miguilim Cultural e da Secretaria Municipal de Cultura que vão debater o processo de registro do reinado como bem imaterial de

Divinópolis em 2011, sua importância, desafios e oportunidades e novos registros imateriais. “É uma oportunidade importante para discutimos a nossa história que é rica. O Reinado tem fortes tradições em nossa cidade e a Secretaria Municipal de Cultura se esforça para manter viva essa cultura apoiando a realizações das festividades durante o ano”, afirmou a gerente de Memória e Patrimônio da Semc, Lenir de Castro. Jornada A Jornada Mineira do Patrimônio Cultural busca promover o patrimônio cultural de Minas Gerais por meio da realização simultânea, em todo o estado, de diversas ações integradas, como festivais, exposições, seminários, cursos e oficinas. Concebida como uma grande celebração, procura atuar na transmissão dos valores culturais, na valorização de sua diversidade e, principalmente, levar a sociedade a ter um papel mais ativo na preservação da memória.


06 Cidades

Roberto Clementino bobclementinoo@gmail.com

Espero que Obama não nos leia Diante desde imbróglio envolvendo o governo Barack Obama com a espionagem à nossa Petrobrás ,e da perplexidade pelo fato de que o Brasil se deixou espionar por não ter um sistema de segurança cibernética, assustei-me. É que antes de resolver a questão da vulnerabilidade em relação à segurança e proteção de dados, comunicações e informações que circulam no nosso país, o Brasil segundo relatos de generais do Exercito Brasileiro, precisa resolver uma grande demanda: o Brasil só tem munição disponível para cerca de uma hora de guerra. E segundo a mesma fonte nosso Exército usa ainda fuzil FAL fabricado pela empresa brasileira Imbel, há mais de 45 anos. Até os carros, barcos e helicópteros são escassos nas bases militares. O índice de obsolescência dos meios de comunicações ultrapassa 92%, sendo que mais de 87% dos equipamentos nem pode ser usado. E pasmem: até o início de 2012 as fardas dos recrutas brasileiros eram importadas da China. Em 2012 o Exército recebeu cerca de R$ 28.018 bilhões, mas 90% foi destinado ao pagamento de pessoal. Desde 2004 varia entre 9% e 10 % o montante disponível para custos operacionais e investimentos. Contudo o Exército Brasileiro tem sete projetos estratégicos e precisa investir neles cerca de R$ 58,2 bilhões ao longo dos próximos anos se tudo correr bem até 2030. Mas fica a pergunta : Como que um governo que deixa seu Exército sucateado, vai conseguir enfrentar os ataques cibernéticos? Enquanto o Exército está sucateado a NSA espiona o mundo. O escândalo da espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA) na Petrobrás mostrou que basta um comando num computador para gravar conversas, mensagens e e-mails de alguém. Essas atividades secretas vem sendo realizadas, sob a autorização do Governo Obama, com a justificativa do combate ao terrorismo. Fundamentando este argumento a NSA, com concordância do Governo americano, explica que a monitorização das transações financeiras se justifica porque as finanças ou a falta dela são o “calcanhar de Aquiles das organizações terroristas. De certa forma o governo Barack Obama consegue através da exploração do medo do terrorismo, a cumplicidade ou a passividade dos seus cidadãos, para espionarem todos os países do mundo. Além de vigiar as transações financeiras o Tio Sam, intercepta transferências ilegais de armas e monitora cada vez mais o lucrativo campo dos crimes cibernéticos. Ora é claro que com todo este poderio, para espionar tudo e a todos a NSA por “segurança” identifica também, crimes políticos e de sobra os políticos, como supostamente fez com a nossa assustada Presidente Dilma. A reação do governo brasileiro diante de uma possível espionagem da NSA, à nossa Presidenta e a Petrobrás, foi patética, ou não passou de um jogo de cena com viés eleitoreiro, visando 2014. Por que ? Ora quem no mundo político e financeiro não sabe que espionagem industrial e política são corriqueiras entre países? Dilma ao se recusar a cumprir a agenda de visita ao Obama, quer passar para a população a imagem de uma indignação que não se sustenta. Ele sabe que se o Brasil tivesse um sistema de segurança cibernético, também estaria espionando o mundo. E Obama nem se deu o trabalho de formular um pedido de desculpas convincente, muito pelo contrário, deixou foi vazar nas entrelinhas que EUA da América espiona mesmo. Agora fica um alerta: A NSA que tem várias maneiras de acessar dados até da poderosa Sociedade para Telecomunicações Financeiras Interbancárias Globais (Swuitt) sediada em Genebra, tem como bisbilhotar até quantos clip’s estão sobre a mesa da D. Maria das Graças Silva Foster, 34ª Presidente da Petrobrás. Em tempo e para assustar mais ainda os leitores: Swuitt é a cooperativa sediada em Bruxelas usada por milhares de bancos em todo mundo para criar um canal de comunicação entre as instituições e padronizar transações.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Assembleia discute criação de sindicato de hotéis, bares e restaurantes

Bianca Damas

Representantes e comerciantes se reuniram para discutirem a pró-fundação do sindicato Bianca Damas

bianca.damas@gazetoeste.com

Durante muitos anos os comerciantes e proprietários pertenceram a Federação de Hotel, Restaurante, bares e similares do Estado de Minas Gerais (Fhoremg), de Belo Horizonte. Neste ano, ocorreu uma manifestação para a abertura de um sindicato em Divinópolis e região. Ontem foi realizada a assembléia de fundação. Há mais de trinta dias foi publicado um edital de criação da pró-fundação de Sindicato de hotéis, restaurantes, bares

de Divinópolis e região Centro Oeste (SINDHORB), cumprindo a determinação do Ministério do Trabalho e Emprego. “A criação vai ser importante para a cidade. É um dos sindicatos de maior categoria patronal do país, a que mais cresce e que mais gera emprego. Nós queremos ampliar a base” afirma o presidente da Fhoremg, Paulo Cesar Pedrosa. Conforme o presidente, a base do Sindicato de Belo Horizonte é composta por 370 e Divinópolis desvincularia e abrangeria dez cidades. De acordo com o presidente a segregação traz vantagens para o

município. “As questões de Divinópolis serão decididas na cidade, como celebrar convenção coletiva de trabalho e ter assento no Conselho municipal de Turismo, ou seja, discutir os problemas que os empresários vivem aqui”, destaca. “A associação tem que respeitar sua atuação dentro de determinados limites. Estes limites traduzem as peculiaridades da região da área comercial dos representados. Se temos sindicatos abrangentes ele não consegue capilarizar os seus extremos. Por isso é necessário um sindicato que represente e legitime os interesses dos empresários locais,

ressalta o advogado da Fhoremg, Antônio Raimundo Querioz Júnior. Segundo o advogado, após a criação da Comissão Pró-fundação ocorrerá uma reivindicação ao Ministério do Trabalho de um registro sindical para que a fundação do sindicato se concretize. “O Ministério do Trabalho confere uma carta sindical dando uma personalidade sindical para que este atue”, explica. Na Assembleia todos se mostraram à favor da criação do sindicato. Entretanto, algumas divergências ocorreram quanto a diretoria que assumiria.

Cemas realiza coleta de sangue no Mutirão “Direito a ter pai” Patrícia Rodrigues / PMD

O Centro Municipal de Apoio à Saúde (Cemas), conhecido como Laboratório Municipal, participa no dia 18 de outubro do Mutirão “DIREITO A TER PAI”, promovido pela Defensoria Pública de Minas Gerais. Profissionais da unidade serão responsáveis pela coleta de sangue para reconhecimentos de paternidade. Para o exame gratuito, a mãe de criança carente não reconhecida pelo pai deve procurar a Defensoria Pública de Divinópolis para efetuar o cadastro, até o dia 11 de outubro, de segunda a sexta-feira, no horário de 12 às 17 horas. De acordo com o coordenador do Cemas, José Luis de Sousa, a coleta dos exames acontece no mesmo dia do mutirão, de 8 às 17 horas, na sede da Defensoria Pública, no bairro Esplanada. “É mais uma parceria importante em que a Prefeitura,

através da Secretaria Municipal de Saúde, marca presença como colaboradora. A cada meia hora serão quatro coletas, e a nossa expectativa é de atender cerca de 150 pessoas, considerando a criança, pai e também mãe”, ressaltou o coordenador. Ainda de acordo com José Luis, o material coletado pela equipe será encaminhado para o Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico (Nupad), órgão complementar da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e cadastrado em 2001 pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência em Triagem Neonatal do Estado. Além da realização gratuita de exames de DNA, a ação prevê o reconhecimento extrajudicial de paternidade, com lavratura de certidão de nascimento

imediata; acordos relacionados a alimentos, guardas e visitas e agendamento para propositura de ações de investigação de paternidade. Em sua 5ª edição, o Mutirão DIREITO A TER PAI acontecerá em Belo Horizonte e em mais 25 cidades do interior. É a primeira

vez que Divinópolis integra a mobilização em comemoração ao mês das crianças, com o apoio do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. A Defensoria Pública de Divinópolis fica na Av. Coronel Júlio Ribeiro Gontijo 339, Esplanada. Outras informações pelo telefone (37) 3221-0330.


Cidades 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

SAMU será implantado em Divinópolis Divulgação

Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

Por meio do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde da Região Ampliada Oeste de Minas Gerais será realizado amanhã no auditório da Fiemg a Assembléia de fundação do Consórcio Intermunicipal de Saúde para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência da Região Ampliada Oeste (CIS-URG OESTE). A principal finalidade do encontro onde prefeitos e secretários estarão reunidos é discutir a administração do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na região. O Presidente do Conselho de Secretarias de Saúde Regional de Divinópolis (COSEMS), Jose Marcio Zanardi, aponta: “Estamos fazendo essa assembleia com os prefeitos e secretários para levar um protocolo de intenções para a contratação de um consórcio público que no futuro irá administrar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) a nível de região. Esse é o primeiro ponto para a consolidação da rede de urgência na nossa região”explica. Questionado pela reportagem sobre um prazo para que o município efetivamente tenha o serviço do SAMU implantado, Zanardi, diz que a expectativa é

de que no início de 2015 todo o processo já esteja funcionando na cidade e região. “O primeiro passo já estamos dando que é a preparação do consórcio, que inclusive é o mais demorado e precisamos dele para que tenhamos o financiamento do governo estadual e federal. Para se ter um serviço como esse é preciso criar todo um projeto que levará em conta estatísticas de mortalidade, de acidentes e uma série de outros indicadores. O que queremos agora é adiantar todo o processo que está ao nosso alcance fazer, ano que vem é ano de campanha eleitoral então a nossa intenção é adiantar esse processo no que pudermos pois em ano eleitoral os projetos tem uma pausa e após o período de eleição eles são retomados” afirma. O SAMU realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas. O socorro começa com a chamada gratuita, feita para o telefone 192, a ligação é atendida por técnicos que identificam a emergência e transferem o telefonema para um médico, que faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações. De acordo com a situação

do paciente, o médico pode orientar a pessoa a procurar um posto de saúde, enviar ao local uma ambulância com auxiliar de enfermagem e socorrista ou uma UTI móvel, com médico e enfermeiro. Ao mesmo tempo ele avisa sobre a emergência ao hospital público mais próximo para que a rapidez do tratamento tenha continuidade. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que atendem as ocorrências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população. Criado em 2003, como parte da Política Nacional de Atenção a Urgências, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192) tem ajudado o Estado brasileiro a reduzir o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro. A rede nacional SAMU 192 conta com 147 Serviços de Atendimento Móvel de Urgência no Brasil, presentes em todos os estados e no Distrito Federal. Ao todo, 137 milhões de pessoas (70,99% da população) tem acesso ao serviço em 2.538 municípios do País. O objetivo do Estado brasileiro é levá-lo a todos os municípios do país. O Ministério da Saúde prevê

A expectativa é de que no início de 2015 o serviço do SAMU já esteja funcionando na cidade e região.

a implantação do serviço em todos os municípios brasileiros, respeitadas as competências das três esferas de gestão (federal, estaduais e municipais). O Estado brasileiro entra com uma contribuição mensal a Municípios e Estados com projetos aprovados de SAMU, bancando 50% do custeio desses serviços. RISCO QUE PODE SER EVITADO No dia 18 de Julho desse ano, o cabeleireiro Aurélio Paulino Chagas, passou por uma situação que poderia ter sido evitada se o município já tivesse os serviços do Samu. Chagas precisou acio-

Mais de 8 mil aposentados e pensionistas terão pagamento suspenso Divulgação

Pedro Peduzzi

Repórter da Agência Brasil

Cerca de 8,3 mil servidores aposentados e beneficiários de pensão do governo federal terão seus pagamentos suspensos a partir deste mês. De acordo com o Ministério do Planejamento, o pagamento foi suspenso porque eles deixaram de comparecer à rede bancária entre março e junho para fazer o recadastramento anual. Segundo o ministério, houve reiterados avisos para que os aposentados e pensionistas fizessem o recadastramento nesse período. Para evitar o problema, bastaria ao beneficiário comparecer a uma das 6 mil agências de bancos conveniados (Banco do Brasil, Caixa e BRB) no mês em que faz aniversário”, lembrou o ministério. Em nota divulgada ontem, o ministério destaca que “todos [beneficiários] são avisados três vezes sobre a obrigatoriedade do comparecimento: a primeira, uma carta de sensibilização no início do processo; depois, no mês anterior ao aniversário, a convocação para fazer a atualização no prazo de 30 dias; e, ao final desse período, quem não comparece ainda tem outra chance e recebe a terceira notifi-

nar o serviço de resgate do Corpo de Bombeiros para o seu sogro. O serviço foi solicitado às 4h e conforme relata o cabeleireiro o atendimento além de ter sido bastante demorado revoltou a família pois o atendente do resgate realizou várias perguntas que para Chagas na ocasião eram desnecessárias já que a situação era de urgência. Devido a esse problema o cabeleireiro protocolou uma reclamação e agora aguarda uma resposta das autoridades responsáveis. “ficaram de me dar uma resposta depois que os fatos fossem analisados e até hoje não me falaram nada.

Foi muita humilhação para minha família, nós tivemos que implorar pelo serviço, tivemos que acionar até a Policia Militar. Eu me senti lesado, triste, porque somos cidadãos de bem trabalhamos e pagamos em dia nossos impostos e quando precisamos não somos atendidos. O meu caso não é o primeiro, conversei com outras pessoas e por coincidência também encontrei histórias parecidas. Segundo o médico que atendeu meu sogro no dia do ocorrido, mais algumas horas que ele ficasse sem o atendimento este poderia até ter falecido” desabafa Chagas.

Mortalidade infantil no Brasil cai 77% em 22 anos A mortalidade infantil no Brasil caiu 77% entre 1990 e 2012, de acordo com o Relatório de Progresso 2013 sobre o Compromisso com a Sobrevivência Infantil: Uma Promessa Renovada, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Segundo o estudo, em 1990, a taxa de mortalidade infantil no Brasil era 62 para cada mil nascidos vivos. Em 2012, o número caiu para 14, o que coloca o país em 120º lugar no ranking entre mais de 190 países. A lista é decrescente e quanto mais à frente, maior o índice de mortalidade. A taxa de mortalidade infantil calcula a probabilidade de morte entre o nascimento e os 5 anos de idade a cada mil nascimentos. Ela

compõe a expectativa de vida ao nascer, que faz parte do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e é um dos indicativos mais usados para mensurar o desenvolvimento dos países e nortear a elaboração de políticas púbicas. O Brasil teve melhora em todos os índices apurados. No ranking do Unicef, o país está atrás de outros desenvolvidos como Finlândia, Japão, Cingapura, Noruega e Islândia – primeira colocada no ranking. Os cinco países com os piores índices de mortalidade infantil estão no continente: Serra Leoa, Angola, Chade, Somália e Congo.

CÂMARA MUNICIPAL DE DIVINÓPOLIS – EXTRATO EDITAL DE LICITAÇÃO. Encontra-se aberto na Câmara Municipal Processo Licitatório CM092/2013 Modalidade Pregão Presencial 020/2013. Tipo Menor Preço Global – Objeto: Constitui objeto desta licitação, sob a modalidade de Pregão Presencial, do tipo menor preço (%), a contratação de empresa especializada em fornecimento de vale alimentação por meio de cartão magnético. Data abertura dos envelopes: 02/10/2013 às 14:00 horas na Sede da Câmara – Plenarinho Orlando Barbosa. O edital completo estará à disposição de 2ª a 6ª feira em horário comercial no endereço acima ou no site www.camaradiv.mg.gov.br. Informações pelo telefone (37)2102-8228. Divinópolis, 17 de setembro de 2013 – Pregoeiro da Câmara.

cação para se recadastrar nos 30 dias seguintes”. Foram emitidos 235.190 avisos individuais para recadastramento entre março e junho. Destes, 8.330 beneficiários deixaram

de comparecer à rede bancária. A suspensão dos pagamentos equivale a cerca de R$ 30,4 milhões mensais ou R$ 395,2 milhões por ano. Para ter o pagamento restabelecido e o nome incluído

na folha seguinte, ou em uma folha suplementar, basta ao beneficiário fazer o recadastramento no órgão ou entidade de recursos humanos que concedeu o benefício.


08 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Trio apresenta “Voar sem fim” amanhã em Divinópolis Luiza Lara interpreta canções de Ge Lara, acompanhados por Renato Saldanha “Voar sem fim” é o mais novo CD de Gê Lara, interpretado por Luiza Lara. Neste álbum, Gê encontra a voz perfeita para entoar as suas canções, algumas, que ficaram muito tempo sem voz e outras, mais atuais, que refletem sua maturidade musical. Juntos, no cd, Gê e Luiza estão acompanhados por Renato Saldanha (violões) e Enéias Xavier (baixo acústico), formando assim um acorde perfeito, um equilíbrio raro de se ouvir. Depois de passar por São João Del Rei (Teatro Santo Antônio -UFSJ), Rio de Janeiro (Solar de Botafogo), Belo Horizonte (Teatro Alterosa), Varginha (Teatro Marista), Ouro Preto (Teatro Municipal Casa da Ópera), Ouro Branco (Insólita Casa de Arte - Festival de Inverno), Coronel Fabriciano (Espaço Cultural Dom Lélis Lara - ICMG) e Itabira (Auditório da UNIFEI) o trio reapresenta o show em Divinópolis, no Auditório da Fiemg amanhã, 20:00h Este show faz parte de um circuito aprovado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Ferlig. Para retirar o ingresso, basta ir até a sorveteria Slep e doar duas caixas de leite longa vida ou dois quilos de alimento não perecível (exceto sal e fubá). Os ingressos são limitados.

Gê Lara Cantor e compositor, nascido em Divinópolis-MG, em ambiente intensamente musical, teve suas primeiras experiências musicais participando do Coral “Pequenos Cantores da Cruz de São Damião” e “Pequenos Rouxinóis de Divinópolis”, quando também ensaiou os primeiros acordes no violão, como autodidata, aos sete anos de idade. Depois de atuar em Belo Horizonte e outras cidades do interior mineiro, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se aprofundou em canto coral e nos estudos teóricos da música. De volta à Minas, dedicou-se às próprias composições e atualmente vem pesquisando a música brasileira, especialmente as influências dos ritmos e festas do interior. Em shows e gravações já dividiu o palco com: Pena Branca e Xavantinho, Osvaldo Montenegro, Tavinho Moura, Cláudio Nucci, Chico Lobo, Túlio Mourão, Vander Lee, Milton Nascimento, entre outros. Atualmente além de desenvolver um trabalho autoral, coordena os grupos Uirapuru Canto Livre e Coro Corinho. Luiza Lara Luiza Lara começou sua carreira aos 10 anos de idade, gravando jingles, e aos 14 gravou

Divulgação

seu primeiro cd demo e clipe, para concorrer ao projeto “Jovens Talentos” da Rede Globo. Decidida a seguir carreira de cantora, Luiza passou a fazer parte de grupo vocais, participou de oficinas de música e canto e começou a se apresentar nos palcos da cidade e interior do Estado. Ao lado de grandes amigos, artistas, e graças a eles, Luiza foi adquirindo maturidade e segurança no palco e em suas interpretações. Luiza se mudou para BH onde cursou Fonoaudiologia, com especialização no Centro de Estudos da Voz em São Paulo, dividindo seu tempo entre a música e a Fono. Ao lado de Gê Lara, participou de vários festivais de música, gravações e shows. Em 2009 ganhou o prêmio “Cantoras D’Aqui” do BDMG, apresentando-se ao lado de grandes músicos mineiros como Cleber Alves e Túlio Mourão. Em 2010, foi semifinalista do prêmio “Divas da Música Brasileira”, produzido pela Icatu Seguros, no RJ e em SP. Luiza já dividiu o palco em gravações e shows com: Tunai, Affonsinho, Telo Borges, Gê Lara, Túlio Mourão, Beto Lopes, Cleber Alves, Renato Saldanha, Anthonio, Jairo de Lara, Lemão, Cocoricoral, Sérgio de Castro, Rodrigo Rios,Vagner Faria, entre outros.

Renato Saldanha, Luiza Lara e Ge Lara apresentam “Voar sem fim”

Em julho/2013 foi uma das convidadas do projeto “Viva Bituca” dividindo o palco com Milton Nascimento nos shows realizados pelo Inverno Cultural da UFSJ nas cidades de Divinópolis, Sete Lagoas e São João Del Rei. Renato Saldanha Renato Saldanha é autodidata, pesquisador das melhores sonoridades. Violonista, guitarrista, compositor e arranjador, é hoje uma das maiores revelações da música instrumental mineira. Participou de grandes produções como: - Festival Internacional “Tudo é Jazz” em Ouro Preto, onde acompanhou o músico Túlio Mourão; SESC PAULISTA pela TV SENAC; SESC POMPÉIA

com a cantora Ângela Evans; Festivais de Jazz com o baterista americano Jimy Duchowny; - Renato Saldanha também é instrumentista do espetáculo “Missa dos Quilombos”, produção carioca baseada na obra de Milton Nascimento. Já produziu discos de grandes artistas, como Saulo Laranjeira, Selma Carvalho, Gê Lara e Os Caras (Juba e Heraldo); - Em 2005 acompanhou Ney Matogrosso no talk show Águas do Treme; - Em 2007 fez uma de suas mais importantes participações ao lado da maestrina americana Maria Schneider, junto com mais 19 músicos brasileiros, interpretando sua obra no encerramento do festival “Tudo é Jazz” em Ouro Preto;

- Em 2008, ao lado de Wayne Shorter , Ron Carter,Túlio Mourão e grande orquestra de Minas Gerais, participou da homenagem a Milton Nascimento no encerramento do festival “Tudo é Jazz“. - Em 2011 gravou em CD e faz parte da turnê dos artistas Túlio Mourão e Geraldo Vianna; - Arranjador e direção musical do espetáculo “Mosaico” do grupo vocal Cocoricoral; - Em 2012 shows com Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, Túlio Mourão, Gê Lara, Anthonio, Rodrigo Rios e Big Band, Jazz a Zero, Missa dos Quilombos (Portugal) - Como diretor musical e instrumentista está em circulação com Gê Lara e Luiza Lara divulgando o CD “Voar sem fim”.


esporte 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Guarani completa 83 anos de dedicação à Divinópolis Divulgada

O Guarani Esporte Clube foi fundado no dia 20 de setembro de 1930 em Divinópolis e é um dos maiores representantes do município em Minas Gerais. O time é um dos mais tradicionais do interior do Estado e sempre revelou bons jogadores para o futebol estadual e nacional. Nas primeiras décadas de existência, o clube disputava apenas campeonatos amadores e regionais pelo interior. A equipe acumula até hoje, 26 títulos de campeonato de juniores na região Centro Oeste de Minas. Em 1961, 31 após a fundação, a equipe fez sua melhor campanha em estaduais, terminando a competição na segunda colocação. Neste campeonato, o time de Divinópolis perdeu o título, que seria o mais importante de sua história, nas últimas rodadas. O certame era disputado em pontos corridos e na antepenúltima jornada a equipe foi derrotada por 2 a 1 para o Atlético-MG, com uma atuação polêmica do árbitro da partida, que validou os dois gols do Galo convertidos de maneira duvidosa.

Três anos após o título de vice, o Guarani venceu o Atlético-MG na final e conquistou pela primeira e única vez o Torneio Início de Minas Gerais, em 1964. A competição antecede o Campeonato Mineiro e é disputado pelas equipes da elite do futebol estadual. No Estadual de Minas Gerais de 1979, a agremiação mais uma vez deixou seu nome na história do futebol mineiro e fez do atacante Fernando Roberto o artilheiro da competição. Com 15 gols naquele torneio, ele até hoje é lembrado pelo feito. Dois anos depois, em 1981, o Guarani fez sua melhor campanha em campeonatosnacionais. O time terminou a Taça Bronze, equivalente a Série C do Campeonato Brasileiro, na quarta colocação. Como o regulamento na época era diferente e passou por muitas mudanças, o Tamanduá não obteve o acesso à Série B. História do Guarani Esporte Clube Entre os inícios das décadas de 80 e 90, o time amargou dez

anos na segunda divisão. O clube deu a volta por cima em 1994, quando se sagrou campeão Série C do Campeonato Mineiro, ascendendo ao segundo escalão do futebol estadual. A equipe venceu o hexagonal final da competição e ergueu o caneco. O Guarani continuou se reerguendo e fazendo boas campanhas, até que em 2000 foi vice-campeão do Módulo II do Campeonato Mineiro e retornou à elite do futebol no Estado, após muitos anos nas divisões inferiores. Em 2001, no seu retorno à Série A do futebol Mineiro, o alvirrubro não foi bem e conquistou apenas quatro pontos em 11 jogos, encerrando o certame na última colocação. Com a péssima campanha, o Tamanduá caiu de divisão mais uma vez. No ano seguinte, o Bugre voltou a jogar bem e conquistou a segunda divisão Mineira. A equipe fez excelente campanha na primeira fase e assegurou o título no hexagonal final. Entre 2003 e 2009, o Guarani disputou a primeira divisão,

voltando ao Modulo II depois de uma péssima campanha em 2009, que deixou o clube na última colocação. Com o título da segunda em 2010, o Bugre ganhou o direito de estar entre os melhores do Estado. Desde então, o clube de Divinópolis permanece na elite do futebol mineiro. Temporada 2014 Em 2013, de forma inédita, os jogos do Guarani não foram realizados na cidade de Divinópolis, devido a problemas de estrutura no Farião. O clube realizou seus jogos na cidade vizinha de Nova Serrana. A volta para Divinópolis se tornou o maior desafio para nova diretoria, que assumiu em junho. Para isso o estádio já passa por reformas que buscam atender as normas exigentes para liberação. Em campo o Bugre também vem com novas ideias, como a apresentação antecipada do elenco que irá disputar a temporada em 2014, comumente só divulgada em dezembro. Essa iniciativa busca uma melhor preparação física e técnica para a competição.

FESTA DE ANIVERSÁRIO Esse não é o primeiro aniversário do Guarani, mas com certeza, será o primeiro de um recomeço de vitórias para esse time que faz parte da história do Centro Oeste de Minas Gerais. Assim como avançamos na idade, buscamos avançar também com investimentos, melhorias e constante progresso. Neste ano, preparamos uma programação especial para comemorar os 83 anos do Bugre. Dois momentos marcarão essa data histórica. Faremos a apresentação da camisa comemorativa exclusiva, com edição limitada

de oitenta e três unidades. Na mesma ocasião, haverá o lançamento do concurso ‘Musa do Guarani’, realizado pela primeira vez na história do time. A grande festa de aniversário será na casa do Guarani, lugar onde foi escrita sua história, no estádio Waldemar Teixeira de Faria, o Farião. Dois amistosos com veteranos e crianças prometem fazer a torcida vibrar com este encontro entre o passado e o futuro. Você foi escalado para fazer parte deste time. Venha jogar conosco e escreva seu nome na história do Guarani Esporte Clube.


10 esporte

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Vasco vence o Flamengo na categoria escolinha e segue na liderança do campeonato LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Foi disputado na noite da última terça-feira o clássico Flamengo x Vasco da Gama, pela terceira rodada do Campeonato da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD). A partida foi realizada no estádio Mendes Mourão e debaixo de chuva. Na categoria escolinha o time alvinegro venceu por 1x0, gol de Tiago. Na categoria infantil o jogo ficou no zero a zero. Na categoria escolinha o Vasco da Gama chegou ao gol ainda na primeira etapa em cobrança de falta executada por Tiago. O Flamengo errou muito

e não teve poder de ataque para uma reação, e a marcação do Vasco foi bem feita, mesmo com muitas substituições o Flamengo não conseguiu o gol. A vitória cruzmaltina coloca o time na primeira colocação com 13 pontos, seguido de Flamengo com oito. Na próxima rodada se enfrentam Flamengo x Corinthians e Vasco x Ferroviário. O atleta Tiago, autor do gol da vitória comentou a partida. “Muito importante, conseguimos fazer um bom jogo, pude ter a honra de fazer o gol, queria bater colocado, mas o treinador falou para chutar forte e assim o fiz. O campo estava bom, não atrapalhou em nada”, disse.

INFANTIL Na categoria infantil o empate sem gols premiou a boa marcação do time do Vasco da Gama, sempre dobrava e nunca deixava os atletas do Flamengo tentarem as jogadas individuais, com isto forçaram o time da casa ao erro. As falhas do Flamengo, especialmente do meio campo e ataque contribuíram para o resultado. Felipinho, jogador do Flamengo advertiu para estes erros. “Entramos com uma formação diferente para experimentar, o time foi muito mal, na marcação não deixamos a desejar, mas no ataque faltou o passe final, o ataque ficou muito longe do meio campo, houve um espaço”,

Felipe, atleta do Flamengo falou dos erros do time Rubro Negro e que a derrota servirá de lição e arrancada para o título. “Fizemos de tudo para dar certo, dessa vez não deu, o campeonato não acabou e tem muito jogo pela frente, vamos ganhar esse campeonato e em cima do Vasco ainda”, disse. Na chave B, Estrela tem 14 pontos, River Plate 13, Independente 12 e PEC oito, são os prováveis classificados para a próxima fase. No final de semana jogam Estrela x PEC e Independente x River Plate. Na próxima fase Vasco da Gama x PEC, o restante continua indefinido.

Luciano Eurides

disse. Já Felipe, com nova função no time, deixou a zaga, atuou de volante e comentou o resultado: “Tentamos o resultado, batalhamos muito, nossa marcação foi perfeita, mas faltou o gol”, garantiu. Na próxima rodada joga Flamengo x Corinthians. Se Corinthians vencer, vai a cinco pontos, mesma pontuação de Flamengo, mas teria de ser uma vitória por mais de quatro gols e assim tirar a diferença de saldo. Na chave B, Associação 19 pontos, PEC 18, River Plate com 10 são os classificados. Flamengo ou Corinthians enfrentará o River Plate na próxima fase, a outra semifinal: Associação x PEC Candelária.

Atleta Tiago do Vasco da Gama foi o autor do gol da vitória no clássico

Vasco enfrenta o Cruzeiro neste sábado pela Imef Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O Vasco da Gama de Divinópolis recebe nesse sábado (21) o time do Cruzeiro nas categorias 2001, 2002 e 2003/04. Ainda no sábado o Flamengo vai a Conselho Lafaiete e o Palmeiras vai a Congonhas enfrentar o Astra. Todos os jogos, válidos pelo Campeonato do Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef). O Vasco da Gama que recebe o Cruzeiro, categoria 2001, tem um jogo e um empate em 1x1 com o Clube 7 de Belo Horizonte. O Cruzeiro venceu a Portuguesa por 4x0. Na 2002, o Vasco da Gama empatou em

2x2 com o Clube 7 e o Cruzeiro voltou a golear por 14x0 o time da Portuguesa. Na 2003, o Vasco da Gama venceu o Clube 7 por 2x0 e o Cruzeiro, nova goleada sobre a Portuguesa, 10x0. Os jogos no estádio Dr Sebastião Gomes Guimaraes, Afonso Pena, terão inicio às 9h. O Palmeiras 2001 vai a Congonhas enfrentar o Astra, no domingo (22). O time alviverde fez um jogo, uma derrota por 2x0 frente o América. O Coelho soma seis pontos e folga na rodada. Astra perdeu de 15x0 frente o Fut Sonhos. Na categoria 2002 o Palmeiras perdeu de 6x1 para o América que chega aos seis pontos, pois também venceu o

Ouro Branco por 5x0. O Astra, adversário do Palmeiras perdeu por 4x0 frente o Fut Sonhos. Na 2003/04 o Palmeiras empatou com o América em 1x1, o Coelho estaciona nos quatro pontos e o Astra, adversário do time de Divinópolis perdeu para o Fut Sonhos por 9x0. O Flamengo vai a cidade de Lafaiete no sábado, na categoria 2001, o time Rubro Negro fez um jogo, um empate em 1x1 frente o Recanto de Pitangui. O Lafaiete empatou com o Napoli em 2x2, fora de casa e perdeu em casa frente o Comercial por 5x0. Na categoria 2002, o Flamengo empatou sem gols com o Recanto de Pitangui. O Lafaiete perdeu

Vasco da Gama se prepara para encarar o Cruzeiro no próximo sábado, em Divinópolis

de 10x0 para o Comercial, antes havia empatado em 1x1 com o Napoli, fora de casa. Na 2003/04 o Flamengo empatou em 0x0

com o Recanto de Pitangui. Já o Lafaiete venceu o Napoli, 1x0, e perdeu para o Comercial por 6x0. Os jogos de Palmeiras e Fla-

mengo, em Congonhas e Conselheiro Lafaiete, respectivamente, terão início programado para as 9h30.

INSSC participa de competição em Brasília-DF Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Pelo segundo ano consecutivo, alunos de Divinópolis irão participar do festival de esportes envolvendo a rede de ensino do Sagrado Coração de Jesus. Ano passado a equipe da cidade ficou com a segunda colocação. Os atletas já iniciaram os treinamentos para a competição que será realizada entre os dias 22 e 24 de outubro, em Brasília-DF. A competição da Rede Sagrado Coração foi realizada ano passado em São Paulo e a equipe divinopolitana ficou na segunda colocação, isso garante ao time, neste ano um favoritismo, embora a grande maioria dos atletas sejam nascidos em 1997 (a competição permite nascidos em 1996) eles possuem experiência competitiva. O time divinopolitano, além dos jogos escolares da cidade conta com atletas de clubes locais com disputa

Anderson Gonçalves da DSOP Educação Financeira e Paulo Alexandre (treinador) com atletas do INSSC

de campeonatos regionais e do estadual. O objetivo também é criar uma socialização já que além de Divinópolis, participa a cidade mineira de Alfenas e equipes de São Paulo, Distrito Federal, Paraná e Rio de Janeiro. Ao todo serão nove atletas comandados pelo educador físico Fabiano Giani. Ele adianta que a equipe irá brigar pelo título. “Devido ao

fato do Instituto Nossa Senhora Sagrado Coração (INSSC) fazer parte de uma rede de ensino, a importância é ter um intercâmbio entre alunos da rede e os mesmo conhecerem outras unidades, devido ao fato dos jogos serem em Brasília e os meninos terão a oportunidade de conhecer essa, outras cidades e alunos que fazem parte da rede Sagrado Coração. Ano passado

em São Paulo fomos vice, esse ano estamos mais preparados e motivados e queremos ser cam-

peões”, afirmou. Para a competição os atletas do Instituto Nossa Senhora do

Sagrado Coração (INSSC) conta com o apoio da DSOP Educação financeira.


polícia 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Ronda

pauta@gazetaoeste.com.br

Homem é preso com três armas Um homem foi preso no bairro Alvorada, em Divinópolis, após denúncias informando sobre armas no local. Buscas foram realizadas no interior da casa do suspeito, um homem de 42 anos. Com ele, foi apreendida uma pistola calibre 380, da marca Taurus, um revólver calibre 38, uma carabina calibre 22. Várias munições também foram localizadas, respectivamente dez de calibre 38, cerca de 380 de calibre 22, 101 munições de calibre 380. A validade dos documentos das armas já havia vencido, e configura porte ilegal de armas. O homem foi preso juntamente com o material apreendido e conduzido à delegacia de polícia. Caminhoneiro é rendido e assaltado em Nova Serrana O motorista de uma carreta foi rendido na madrugada de ontem, próximo a um posto de combustíveis, na BR-262, em Nova Serrana. De acordo com a Polícia Militar, a vítima dormia, quando dois homens armados obrigaram o condutor, que dirigisse até próximo de uma estrada vicinal, que dá acesso a comunidade rural de Moinho. A vítima chegou a ser amarrada com cordas, enquanto os dois suspeitos fugiram em outro caminhão, levando a carga, com 24 rodas. A carreta ficou abandonada na rodovia. Os militares foram acionados e registraram boletim de ocorrência. O caso será investigado. Nenhum envolvido foi localizado. Detento foge da cadeia pública de Luz Um preso da cadeia de Luz fugiu na manhã de ontem, durante o período de intervalo, no banho de sol, com a ajuda de outro detento, este pulou a grade de segurança e escapou do presídio. De acordo com a Polícia Militar, Wernes Braga Silva, de 19 anos, é de Divinópolis. Os indícios apontam que o rapaz possa se dirigir para a cidade. Militares do municípío já estão de sobreaviso e de posse das características do foragido. Maconha dentro de presídio Dois agentes penitenciários que realizavam ronda normativa dentro do presídio Pio Canedo, em Pará de Minas, perceberam inquietude em um detento, que repassava algo aos demais. Ao ser revistado pelos agentes, foi encontrado dentro de sua cueca, nove buchas de maconha. O detento preso confessou aos funcionários que promove o tráfico de drogas dentro e fora da cadeia. A direção do presídio deve investigar como ele entrou na prisão, portando o material ilícito. Caminhão tomba e espalha combustível e carga na BR-262 Um acidente na BR-262, em Luz, envolvendo um caminhão, deixou esparramado na rodovia aproximadamente 21 toneladas de proteína de soja. O produto em si é considerado impróprio para consumo humano, sendo utilizado como complemento para ração animal, entretanto, moradores que residem próximos à região, saquearam a carga, confundindo com leite em pó. A Polícia Rodoviária Federal esteve no local e informou que a responsabilidade de recolher os produtos é da própria empresa. O combustível chegou a vazar pela pista e a Polícia Militar de Meio Ambiente esteve no local e realizou análises para saber se o mesmo não afetaria um rio, que passa ali próximo. O condutor do caminhão ficou ferido e foi levado ao hospital da cidade pelo grupo de resgate. PM apreende 59 tabletes de pasta de base de cocaína Divulgação / PM

Cerca de 55kg de pasta de cocaína, distribuídos em 58 tabletes, foram apreendidos ontem, 17, na área da 9ª Região de Polícia Militar. Os militares estavam na rodovia MG 497 - KM 18 entre Uberlândia e a cidade de Prata e abordaram uma Ranger, de cor branca. Na camionete foram localizados na parte frontal, próximo ao radiador, os 58 tabletes de pasta base de cocaína que, segundo o autor, foi adquirida no Paraguai e teria destino na cidade de Belo Horizonte. Foi localizada na carteira do autor a quantia de R$ 3.109,00 em dinheiro que seria do pagamento do transporte da droga. O suspeito foi encaminhado à delegacia de polícia federal. (L.F.E.)

Fábrica de fogos de artifícios explode e mata uma pessoa em Samonte Devido às queimaduras graves, duas pessoas foram transferidas para Belo Horizonte. Um corpo ficou dilacerado Ademar de Oliveira/Revista Agora

Luiz Felipe Enes

luiz.felipe@gazetaoeste.com.br

Uma explosão em uma fábrica de fogos de artifício em Santo Antônio do Monte na manhã de ontem, matou uma pessoa e deixou duas feridas, na zona rural da cidade, na comunidade de Buritis. Segundo informações emitidas pela Polícia Militar, o primeiro acionamento registrando o ocorrido foi às 8h50. A estrutura do local ficou parcialmente destruída. Duas pessoas foram resgatadas em estado grave e transferidas para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. A terceira vítima morreu na fábrica. Ainda de acordo com a PM, partes do corpo da vítima ficaram espalhadas pelo local. A perícia técnica da Polícia Civil esteve na fábrica por volta das 14h de ontem, para levantar informações acerca do caso. O corpo, devido aos ferimentos causados pela explosão não pode ser identificado.

Devido às queimaduras, foi necessário transferir os dois feridos de helicóptero para Belo Horizonte

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal de Bom Despacho, para necropsia.

Militares também informaram que a fábrica era registrada e não trabalha de forma irregular. O

laudo da polícia, apontando as reais causas do acidente deve sair em 30 dias.

Policiais Civis voltam a capital para discussão junto a ALMG sobre Lei Orgânica De Divinópolis, dez profissionais da Polícia Civil compareceram em Belo Horizonte, onde acompanharam as votações Divulgação

Luiz Felipe Enes

luiz.felipe@gazetaoeste.com.br

Novamente, os Policiais Civis voltaram a Belo Horizonte ontem, para discussão junto a membros do Governo Estadual acerca do excesso de trabalho, planos de carreira e a Lei Orgânica. Houve um manifesto na porta da Assembléia Legislativa. A maioria das reivindicações fazem parte da votação de um projeto (PLC) 23/12, para que o mesmo seja aprovado em Minas Gerais, para então chegar a Brasília. Essa mesma votação deveria ter sido na semana passada, contudo, alguns servidores civis pediram para desmarcar a reunião, para que mais policiais fossem até a capital acompanhar o andar da votação. Cerca de dez policiais de Divinópolis compareceram a Belo Horizonte para acompanhar a votação, e também representar a cidade. A Polícia Civil não forneceu mais detalhes referentes a quantidade de outros policiais da região que compareceram. Os

Os Civis esperam que a Lei Orgânica seja aprovada.

Civis defendem o ponto de vista da Lei Orgânica, uma vez que o projeto representaria avanços à categoria. Se aprovada, a mudança deve representar um marco, levando em conta que a referida Lei em vigor na PC, é de 1969, e não foi modificada desde então. Entenda a Lei Orgânica A votação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 23/12 é

importante para a categoria de policiais civis porque modifica o texto da Lei Orgânica original, de 1969, que determina os cargos, o funcionamento, a estrutura, e as diretrizes da Polícia Civil em Minas Gerais. O projeto de modificação da Lei está em andamento na Assembléia Legislativa de Minas Gerais desde Fevereiro de 2012, e já passou pelas comissões de

Constituição e Justiça, de Administração Pública e de Segurança Pública, que analisaram e sugeriram modificações ao texto. Atualmente, o texto passa pela quarta comissão de análise, a Comissão de Fiscalização Financeira. As modificações sugeridas pelas comissões poderão ser aprovadas ou rejeitadas quando o texto chegar ao plenário, em Brasília.


12 geral

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13


Perfil: Pai Zé

Lembranças escritas para jamais serem esquecidas Gerson Melo

É interessante como vemos a vida de diferentes formas com o passar dos anos. Na pré-adolescência, nada é tudo: um confronto de extremos no qual não sabemos lidar com tanta novidade. Aos 24 anos, as coisas vão se tornando mais brandas, digamos que até demais, mas dizem que é aos 30 que a visão da vida realmente vem. Experiência é inigualável, afinal você já está calejado de errar, já viu de tudo e de todos e a vida ganha um novo sentido. Experiência, essa é a palavra que José David Pereira, nascido há 87 anos na pequena cidade de Quartel Geral, em Minas Gerias, usou para se descrever. Homem simples, de muitas historias e também cheio de “causos”, como se diz nesse “interiorzão de meu Deus”, da mesma forma como ele mesmo exclama varias vezes enquanto conversamos. Para abreviar e trazer certo tom de intimidade a essa leitura, vamos nos referir a nosso “personagem” como todos que o conhecem (a cidade inteira) o chamam em qualquer lugar em que ele esteja: Pai Zé! Agora sim. É incrível: José David soa a um tom de homem bravo e sério. Mas, com o pseudônimo de Pai Zé, já dá para ter outra visão, a real imagem de quem o conhece, pois o pré “pai” já vem cheio de significados que caracterizam bem “nosso” personagem. Esse apelido vem de muitos anos, quando Pai Zé tinha em torno dos seus 15. Não, leitor, apesar de se tornar pai muito cedo, o aposentado tinha o “dom” da reza, e por isso o nome. Sim,

desde jovem ele é vulgo “benzedor”. Benzedores são cada vez mais raros em tempos atuais. Mas não se preocupe, basta passear alguns dias no interior e rapidamente entenderá que o benzedor é a solução de muitos problemas. Problemas esses que são colocados na mão de José David para que sua fé e seu dom de querer fazer o bem curem todos os males, sendo eles de diferentes gêneros, desde um “jeito na coluna”, uma desilusão amorosa, ou até mesmo aquela diarreia interminável que vem depois que alguém de mal gosto lançou um “mal olhado” carregado de inveja em você. Pai Zé é um homem simples e há muitos e muitos anos sua rotina é inalterada. Acorda às 5 horas e vai cuidar da criação, como ele mesmo diz. Criação é o galinheiro e também se estende ao quintal, cheio de diversas plantações como banana, milho, tudo depende da época do ano. Não dá para imaginar Pai Zé sem o seu quintal, parece que faz parte dele, seu cantinho onde, na outra ponta, tem seu lugar de reza, local onde vários de diferentes localidades o visitam frequentemente. Após cuidar da criação, 11 horas é o horário ideal para um bom almoço. Quando digo bom me refiro a um no qual o arroz esteja bastante cozido, um mais cozido do que você imaginou. Uma laranja também é essencial, além do que não pode faltar uma farinha para repor as energias. De barriga cheia, já chega a hora de arrumar a cama. Arrumar a cama para a próxima noite, deixando

o cobertor da maneira certa e outros de reserva caso a “friagem” seja forte na madrugada. Um copo de água ao lado da cama e também um penico, para alguma eventualidade, completam o ritual. Até às 13 horas está tudo pronto. Um alivio e um prazer, afinal agora basta pegar a cadeira branca de plástico resistente e ver o movimento da rua: os cavalos, os vizinhos, os meros desconhecidos que irão passar naquela calçada e escutarão causos e causos de uma vida experiente, de quem já viu de tudo e hoje vê até computador, definido por ele como essa criação meio estranha onde todos se falam e ninguém se vê para prosear e ir catar fruta no pé. Depois de muito conversar e de tudo saber, já é hora da janta e da missa na televisão. Após isso, às 18 horas a casa já está devidamente trancada e é preciso adormecer. “Ouso a dizer que é assim em todos os dias e, desta maneira, de certa forma o sábado se confunde com a terça e se torna cada vez mais frequente aquela pergunta: que dia é hoje? Não posso esquecer-me do domingo, pois preciso ir à missa às 6 horas”, explica Pai Zé, pela terceira vez nessas nossas horas de conversa. A velhice, velhice não, a experiência traz traços marcantes. Em José David a visão já castiga, as gripes são mais fortes e o numero de vacinas só aumenta. Lembro que quando estava observando os traços da velhice resolvi perguntar a ele se lembrava há quanto tempo os cabelos tinham

A cumplicidade, o carinho e o amor entre o casal José David e Alcina contrastam com os relacionamentos voláteis entre os jovens atualmente

esbranquiçado. Em uma gargalhada contagiante ele responde: “Uai, deve ter uns 3 anos. Mas não são brancos, são loiros e lindos!” Família Já preciso adiantar para as meninas de plantão que trata-se de um senhor casado, e muito bem casado! E há muito tempo, tanto tempo que nem ele mesmo sabe responder quanto, só sabe que é muito tempo mesmo! Segundo pai Zé, eles se conheceram em uma fazenda, no rio que passava por lá, onde ele ia todos os dias pescar, e lá estava a jovem lavando roupas no rio. Isso ocorreu por vários dias até que em um deles Alvina pediu ele em casamento ali mesmo, tudo na base do olhar. Ela desmente, diz que foi ele, que ficava indo lá na desculpa de pescar para vê-la e aí deu no que deu. Não poderia deixar de descrever o que senti da parceria dos dois: ela morre de ciúmes dele, acha um absurdo ele ficar na cadeirinha na rua. Para ela, isso é só desculpa para ver as moças da fábrica de costura voltando do trabalho. É Alvina quem decide a roupa que o seu “bem” irá vestir e acha muito charmosa a sua mania de, nessa idade, usar boné. Quando está longe dela, seja para ir ao banco ou visitar uma das filhas, ele nunca se demora e sempre repete: “a Alvina está lá sozinha, tenho medo dela cair, preciso ir embora.” Brinco com pai Zé se ele lembra de ter tido outra namorada e ele responde rápido várias vezes que não. Brinco novamente perguntando se ele é fiel. Dessa vez ele me surpreende me respondendo meio bravo que muito, que casamento é coisa séria. José David é um homem muito econômico, muito mesmo! Os familiares dizem que já acharam muito dinheiro dele guardado, mas que não tinham mais valor, pois eram ainda Cruzados. Ele diz que sempre precisa ter uma reserva para possíveis problemas e caso se algum familiar precise. As tecnologias são a grande dificuldade de adaptação, todas elas desde as mais simples como maquina fotográfica, celular e microcomputador. Fico imaginando como as coisas antes eram diferentes e fico meio receosa. Toda essa tecnologia é de grande valia, mas realmente o que já perdemos com toda essa revolução tecnológica?! Ao ligar para pai Zé, não insista, ele não vai demorar ao telefone e sempre irá dizer que irá desligar pela desculpa de que vai ficar cara a ligação. Se for importante, vá até ele, até porque será

Pai Zé se diverte ao lado da esposa Alvina ao explicar a forma como se conheceram e construíram, juntos, uma bonita história familiar

um prazer escutar as cantigas como essa: “Sozinho eu não boto, de dois eu não sei, se nós não bota como é que nós come?” Meio sem sentido, eu sei, mas a alegria com a qual ele canta essas cantigas é de fazer sorrir qualquer um. Como bom avô ele faz valer o paparicar. A leva na pracinha para passear e tomar refrigerante acompanhada de uma pururuca. E que a dona Alvina não nos leia, pois nesses passeios também surgem uns copos de cerveja (poucos) com os amigos enquanto a netinha brinca e a conversa passa sem acompanhar o tempo. José David teve seis filhos, dois já falecidos. Uma reside com ele e sua esposa e outra mora nas redondezas, a fim de ficar mais perto dos pais e acompanha-los em todas as necessidades, agora mais necessárias. Pai Zé tem boas historias como benzedor, mas o que ele mais conta é sobre sua rotina como “construtor de estradas”. O aposentado trabalhava para o estado, para o DER, no setor de asfaltamento de estradas. Não tem estudo: apenas escreve seu nome e tenta ler tudo que vê pela frente. Se caso for trafegar pela estrada que liga a cidade de Dores do Indaiá à cidade de Luz, irá ver muitos pés de manga e, depen-

dendo da época do ano, muitas pessoas abaixo delas degustando da delícia plantada pelas mãos de José David. São tantas histórias, tantas lembranças, tantos conselhos, tantos costumes! Uma forma diferente de ver a vida, uma verdadeira inspiração e até mesmo tenho medo de deixar aqui meu papel de mera repórter. Mas não tem sentido não deixar a emoção ao contar tudo que tentei descobri de um homem que já passou por guerras e hoje vive uma vida de muita paz! Paz que precisa ser documentada, pois José David Pereira descobriu recentemente um quadro de Alzheimer, doença no qual a memoria falha, e tudo isso aqui escrito e contado pelo mesmo pode parecer confuso.

Reportagem/perfil produzido em junho de 2013 pela aluna do curso de Jornalismo da Faculdade Pitágoras Divinópolis/MG: Bárbara Almeida (5º Período) Fotos: Gerson Melo Edição e Supervisão: Professor Ricardo Nogueira (MG 11.295 JP)


02 Variedades

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Marco Aurélio Braga braga.marco@gmail.com

Na estrada

Vinho

Sávio Fernatti e sua trupe não param e amanhã (20) se apresentam em um casamento na cidade de Patos de Minas. Neste sábado (21) eles seguem para Franca, onde a banda Lex Luthor irá apresentar seu show na entrega do Prêmio Top of Mind, da afiliada paulista da Rede Globo.

Ricardo Sá e equipe do Supermercado ABC convidaram o sommelier do Doña Dominga para ministrar palestra em Divinópolis. O encontro para os amantes do vinho, marcado para as 19 horas do próximo dia 24 será no Hiper ABC da rua Góias. O palestrante ficará na cidade dois dias, um deles para atender os clientes externos e outro dedicado ao cliente interno.

Em BH Uma Audiência Pública foi marcada para debater a poluição, degradação ambiental e para averiguar denúncias sobre as atividades inapropriadas da siderúrgica Cosifer, em Divinópolis. A autora do requerimento, deputada estadual Luzia Ferreira (PPS), apresentou dados de uma pesquisa realizada por um estudante na cidade, que constatou índices de carbonetos, no ar, acima do permitido por lei, o que estaria relacionado ao aumento da incidência de câncer pulmonar no município. No dia 15 de agosto, a siderúrgica foi embargada e lacrada após uma operação da Polícia Militar de Meio Ambiente, em conjunto com a Superintendência Regional de Regularização Ambiental (Supram), por não seguir recomendações ambientais. Após ficar cerca de um mês fechada, a Supram, por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), autorizou a reabertura da siderúrgica com um prazo de 60 dias para regularizar a situação. A audiência será na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, às 14h30 do próximo dia 25, no Plenarinho IV, durante a reunião da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Sávio Fernatti e sua banda Lex Luthor movimentam a cena paulista

Voar sem fim As amigas Telminha Faria e Mariana Dunga

Kátia Rachid e o filho Lucas, advogado e com a carteira da OAB nas mãos

Luiza Lara se apresentou com Milton Nascimento, momento único

Será amanhã, sexta-feira (20), a reapresentação do show do mais novo CD de Gê Lara, Voar Sem Fim, interpretado por sua sobrinha Luiza Lara com acompanhamento ao violão de Renato Saldanha e no baixo por Enéias Xavier. O show faz parte de um circuito aprovado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e já passou por São João Del Rei, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Varginha, Ouro Preto, Ouro Branco, Itabira e Coronel Fabriciano. O show em Divinópolis será às 20 horas, no auditório da Fiemg. O ingresso antecipado pode ser adquirido na SLEP através da doação de duas caixas de leite ou 2 kg de alimento não perecível (exceto sal e fubá).


Variedades 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

No sábado

Seminário

Ajudando a ajudar, um grupo de empresários da cidade doou brindes que serão sorteados no 1º Jantar Dançante Solidário “Quando setembro ACCCOMchegar” . Bem Brasileira, Classe Ouro Jóias, MMartan, Monacelian Presentes e You Better, escolheram itens de sua linha de produtos que farão a alegria dos ganhadores. O evento será neste sábado (21), no Chef´s Sabores de Minas, a partir das 20 horas. Haverá música comandada por Rubinho Collins e Tia Elza, um cantinho mineiro com 15 variedades de petiscos servidos à vontade e inclusos no convite. A organização é do Voluntariado ACCCOM e a renda será totalmente revertida para a entidade. Ingressos antecipados a R$20 e os telefones para contatos são: (37) 229-8306, 35121531 e 9126-9682.

A cidade irá sediar o seminário: “Patrimônio Imaterial, Memória e Cultura Afro-Brasileiro em Divinópolis” dentro da 4ª edição da “Jornada Mineira de Patrimônio Cultural”, que ocorre em várias cidades mineiras. “Griôs” – Disseminadores da Cultura Africana - é o tema do evento deste ano. O evento será no dia 26 de setembro, às 13h, na Biblioteca Municipal Ataliba Lago em uma mesa redonda composta por historiadores da Secretaria Municipal de Cultura. Também participam Frei Leonardo Lucas e o professor da rede pública municipal e do ensino superior, José Heleno Ferreira. Serão debatidas a história e a cultura afro-brasileira em Divinópolis desde o século XVIII, quando existia o Arraial do Espírito Santo do Itapecerica. A palestra será ministrada por representantes da Miguilim Cultural e da Secretaria Municipal de Cultura que vão debater o processo de registro do reinado como bem imaterial de Divinópolis em 2011, sua importância, desafios, oportunidades e novos registros imateriais.

Flávia Fragoso, da Villa Mundo recebeu prêmio no México

No México A Villa Mundo, da empresária Flávia Fragoso, recebeu prêmio internacional na última semana. O trabalho desenvolvido pela agência Villa Mundo Viagens & Intercâmbios foi reconhecido por uma grande operadora de viagens, que reuniu em Cancún no México, os 100 agentes de viagem “Top Partners” de todo o Brasil. Durante a viagem passeios e surpresas fizeram parte do roteiro cuidadosamente preparado, que foi consagrado com um jantar em noite de premiação na cidade paradisíaca.

83 Os 83 anos do Guarani Esporte Clube serão marcados com várias ações, todas elas serão apresentadas nesta quinta-feira (19), às 19 horas, na sede urbana do Estrela do Oeste Clube. O Bugre continua sua trajetória rumo ao centenário.


04 Variedades

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Horóscopo

No ambiente de trabalho, procure dar conta das suas tarefas sem se envolver com outras pessoas. Cuidado com gente oportunista. À noite, vai se sentir mais confiante e cheio (a) de energia!

Se precisar de ajuda, peça uma força aos amigos. Eles estarão disponíveis e podem oferecer bons conselhos. Não perca o foco e lute pelo que sempre sonhou. No romance, não alimente suspeitas infundadas.

Novelas Jóia Rara Globo - 18h

malhação Globo - 17h30

Gaia repreende Amélia por ter se envolvi-

Sofia e Anita declaram guerra uma

do com Franz. Diante do leito de seu pai,

contra a outra. Maura se apavora com o

Heitor, Silvia promete destruir a família

bolo da festa zumbi feito por Vera e Mi-

Hauser. Manfred diz a Amélia que Ernest

caela. Raíssa pensa em convidar Frédéric

passou mal e que, por isso, Franz não pôde

para dar aulas no colégio e João Luiz se

encontrá-la. Ernest conversa com Valter

revolta. Junior pede um telescópio em-

sobre a perda da esposa, Catarina. Silvia

prestado para Sidney, enquanto Omar

consegue um emprego na joalheria Hau-

consegue uma luneta com Ronaldo.

ser. Ernest convoca Iolanda a participar de

Micaela conta para Paulino sobre seu

um jantar como sua secretária e lhe dá algumas joias de presente. Manfred fica sabendo por uma enfermeira que Amélia

Aproveite a manhã para dar um gás na carreira e mostrar sua competência no trabalho. Na paixão, um programa animado com a turma vai tirar o romance da mesmice.

está grávida. Franz pede a Apolônio permissão para namorar Amélia. Manfred avisa a Ernest que Amélia está esperando um filho de Franz.

Aproveite a manhã para fazer acordos ou entrar em contato com clientes e colegas de outra cidade. À tarde, vai se concentrar em sua carreira. Se já tem alguém, esse é um bom momento para fazer planos a longo prazo.

Coloque suas tarefas em dia e adiante o serviço na parte da manhã, pois a tarde tende a ser mais complicada hoje. Cuidado com propostas que parecem boas demais para ser verdade.

Dedique-se ao trabalho e mostre que é responsável. À tarde, você alcançará melhores resultados se agir em parceria. À noite, o relacionamento recebe boas energias.

Sangue bom Globo - 19h Simone fica perplexa com a proposta

Poderá contar com a ajuda ou o conselho de um familiar para se sair bem no trabalho. À tarde, a Lua entra em seu “paraíso astral”, trazendo mais sorte e aumentando seu magnetismo.

vingue do rapaz. Pedro vê Sofia colocar tachinhas na cama de Anita. Maura liga para a polícia e diz que há homicídios no Sofia pergunta a Hernandez o que Meg quer com Ben.

Xepa se emociona ao conversar com Ro-

ter roubado seu carro. Lara aceita se casar

sália. Vitor Hugo diz a Lis que está fingin-

com Cardoso. Fabinho convida Giane

do estar apaixonado por Rosália. Lis diz

para jantar em sua casa. Irene sente-se

a Vitor Hugo que Esmeraldino e Rosália

mal, e Plínio se preocupa. Brunettý e as

chantageavam Meg. Júlio César diz a Meg

mulheres-fruta tentam libertar Lucindo

que sabe de seu passado como garota

da prisão. Bárbara manda Amora forjar um

de programa. Graxinha sente ciúmes e

tratamento para agradar Bento. Wilson

se incomoda com o noivado de Robério

obriga Damáris a tirar Lucindo da cadeia.

e Dafne. Dorivaldo e Ângelo conversam.

Maurício e Malu se beijam. Amora fala

Emocionada, Xepa conversa com Édison

para Bento que Simone foi embora depois que tirou uma grande quantia de sua conta. Um médico suspeita de que Irene de Bento no momento em que Amora o acusa do incêndio na Toca do Saci.

Amor à VIDA Globo - 21h Paloma e César discutem. Aline coloca o pai contra a filha. Pilar sugere que Félix entre com Paloma na igreja. Jonas fala para Márcia que Atílio só a procurou por que terá que fazer uma punção em seu tumor. Denizard decide dar uma festa de casamento para o filho mais velho. Perséfone conta para Patrícia que Daniel afastará dela. César conta para Lutero sobre a gravidez de Aline e recebe críticas do amigo. Aline conta para Mariah que seus planos caminham conforme o esperado. César afirma a Rafael e Eron que não quer perder o San Magno. Pilar exige que Silvia

Pela manhã, invista em suas qualidades para se destacar no trabalho, pois vai contar com uma força da Lua. Nada de agir de maneira possessiva demais no amor, pois corre o risco de sufocar quem ama.

pacto, mas Flaviana propõe que ela se

falsificados. Damáris acusa Lucindo de

a beijou. Wagner afirma a Edith que não se Fique atento (a) e não perca as oportunidades de aumentar seus ganhos. Aproveite para expressar suas idéias e fazer contatos com o público, se trabalha com vendas. A dois, invista no diálogo.

que a atropelou e pensa em desistir do

assuma seu envolvimento com quadros

causa do julgamento. Glauce avisa a Silvia De manhã, troque idéias com os colegas, fale sobre seus planos e aproveite para fazer contatos que favoreçam o trabalho. À tarde, assuntos de família podem exigir atenção.

Micaela descobre que Martin é o menino

dona xepa Record - 22h15

esteja grávida. Fabinho aparece na casa Você pode ter problemas de comunicação neste dia. Convém ter mais atenção ao ler e assinar documentos. No campo afetivo, o astral é de grande sintonia e forte união.

volte a ser sua companheira como antes.

casarão. Um policial vai à casa de Vera.

de Amora. Rosemere pede que Perácio No trabalho, ouça a sua intuição na parte da manhã e termine tarefas que não precisam da colaboração dos colegas. Uma pessoa que mora longe pode mexer com o seu coração.

pacto com Flaviana. Ben pede que Anita

tire o hospital de César. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

sobre Rosália. Esmeraldino tenta vender a casa de Xepa para Feliciano. François procura Alda e pede ajuda. Meg, Lis e Vitor Hugo se abraçam e conversam em clima de família. Rosália se consulta com um psicólogo. Yasmin ajuda Xepa e se arrumar para a reunião na Sabor e Luxo. Meg e Lady conversam sobre Rosália. Meg muda de comportamento e volta com sua animação. Beatriz visita Vitor Hugo e deixa Rosália irritada. François visita Pérola no hospital. François descobre que é o filho de Pérola. Rosália diz a Vitor Hugo que irá morar no apartamento com ele. Após resultado do exame, Graxinha descobre que é o pai de Gisele. François diz a Alda que Pérola saiu do coma. Xepa e Meg se encontram para o jantar. Édison e Lis ficam em clima de romance. Rosália continua indo ao psicólogo. Alda fica emocionada ao saber que François é filho de Pérola e entrega a chave da casa para ele. Xepa sugere que a Sabor e Luxo ajude aos necessitados. Júlio César fica atônito ao saber que François é seu filho. François vai até a casa de Pérola e pega o dossiê para incriminar Feliciano. Vitor Hugo e Beatriz conversam sobre Rosália. Rosália fica feliz ao chegar no apartamento de Vitor Hugo.

Cláudio Marzo volta a ser internado com pneumonia Divulgação

Apresentando quadro de insuficiência respiratória e pneumonia, Claudio Marzo deu entrada na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio, na segunda-feira (16). O ator, que havia sido internado em fevereiro deste ano com os mesmos problemas, está sendo assistido pela equipe do clínico geral e cardiologista João Manoel Pedroso. A assessoria da clínica informou à reportagem de O Fuxico que o ator, de 72 anos, não tem previsão de alta e seu estado de

saúde é estável Cláudio está na Unidade de

Terapia Intensiva (UTI) e respira com ajuda de aparelhos.

Daniela Mercury e Malu Verçosa vão se casar em outubro Divulgação

Daniela Mercury e a jornalista Malu Verçosa vão se casar no dia 12 de outubro, em Salvador, na Bahia. A cerimônia será fechadíssima, para poucos amigos e a família de ambas. A data foi escolhida em função de ser o dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. A cantora e a jornalista começaram a namorar no início do ano. Daniela já declarou que pretende

ter filhos com a companheira, sejam eles adotados ou biológicos. Com o ex-marido, o italiano Marco Scabia, Daniela adotou três meninas: Ana Isabel, 2, Ana Alice, 10 e Márcia, 13. A cantora também é mãe de Giovana, 25, e Gabriel, 26, de seu primeiro casamento, com Zalther Povoas. Os vestidos das noivas serão do estilista Alexandre Herchcovitch.

Juarez de Fausto Prestupa

ciencia.estelar@gmail.com

A Queda dos Anjos O tema “A Queda dos Anjos” se refere ao conhecimento religioso relativo à uma possível revolta dos anjos quanto às ordens de Deus. Diz-se que houve uma batalha nos céus entre os anjos fieis a Deus contra os revoltosos. Estes revoltosos foram considerados os disseminadores do mal com o objetivo de prejudicar Deus e seus filhos. Este “evento”, conforme os religiosos, deu origem à chamada Guerra entre o Bem e o Mal. Consta que a sedução dos anjos caídos atraiu um terço da milícia celeste. Porém, apesar da suposta afronta divina, estranhamente Deus não tirou os poderes angélicos dos revoltosos ou insubmissos. Este assunto aparece na Bíblia, citado direta ou indiretamente, em diversos locais. A questão é determinante na confusão generalizada que existe entre a figura de Lúcifer e Satã, tanto na distinção ou não entre ambos e a natureza de sua suposta malignidade, bem como na figura da serpente tentadora do Éden, no conceito de “pecado original” e julgamento eterno. Porém, existem também registros históricos de outras culturas que não judaicas ou cristãs sobre este assunto. Estes registros apresentam a questão de forma diferente, principalmente no livro Teogonia (ou Genealogia dos Deuses), de Hesíodo, escrito no século VIII a.C.. Este livro traz o mito da criação dos deuses e seu relacionamento com os humanos. Apesar dos nomes diferentes perfis de deuses gregos são muito próximos com os de supostos anjos caídos e a conseqüência desta miscigenação também é semelhante em ambos os relatos. Comparando com outras mitologias da região da Mesopotâmia percebe-se que existe um importante ensinamento por trás destes mitos e que merece ser melhor estudado. Afinal, diz-se que este mistério (a luta entre o bem e o mal) atua no seio da sociedade até o presente momento, influenciando religiões, governos, empresários e demais pessoas. Pesquisando um pouco mais a fundo a mitologia me-

sopotâmica (berço do judaísmo, dos sumérios, dos fenícios, dos egípcios e da civilização) encontramos uma insinuação de que de fato, como disse Erich von Däniken: Eram os deuses astronautas? Talvez o que os antigos sacerdotes chamavam de deuses pudesse ser na verdade seres alienígenas que aqui estiveram. E, se estes seres extraterrestres participaram da chamada “Queda dos Anjos”, será que esta estória não esconderia de fato relatos acerca de uma possível colonização de nosso planeta por uma civilização mais avançada? Quais serão os pontos em comum destas mitologias? Qual o ensinamento oculto nestas simbologias? Qual a importância destes conceitos para a sociedade atual? Existe algo de fato real e importante nesta questão ou se trata apenas de mitos primitivos? Estas questões serão levantadas e discutidas em uma palestra que acontecerá na Concha Acústica da Praça do Santuário em data próxima. A palestra ocorrerá em uma sexta-feira, às 19h30. Esta palestra terá a promoção da Academia Ciência Estelar que é uma entidade sem fins lucrativos, legalmente constituída. A Academia Ciência Estelar tem a finalidade de pesquisar cientificamente antigos conhecimentos esotéricos místico-religiosos, divulgá-los e praticá-los em benefício da sociedade moderna. A entidade atua principalmente através da Internet e eventos como esta palestra pública aberta. Mais informações em www.cienciaestelar.org.br ou (37) 9955-6718 (Juarez).


Editor: Cláudio Soares

Inovação, Conforto e Luxo na Praia do Forte

Divulgação

Dispondo no Brasil das mais sofisticadas classificações de hotéis da rede: IBEROSTAR Premium com o IBEROSTAR Bahia, IBEROSTAR Premium Gold com o IBEROSTAR Praia do Forte e Grand Collection com o IBEROSTAR Grand Amazon, todas estas categorias operam sob o conceito expandido de “tudo incluído” do IBEROSTAR: um serviço de alimentos e bebidas de alto padrão que inclui bebidas alcoólicas e não alcoólicas, atividades, entretenimento, minibar e acomodação.

Leia mais na página 03 Piscina do Iberostar Praia do Forte

Maceió

Fevereiro de 2014

A partir de R$1.740,00

Incluindo:

De 03 a 10 de fevereiro de 2014

- Passagem aérea ida e volta em voo regular cia aérea Gol - 07 diárias no hotel Maceió Atlantic Suítes com café da manhã - City tour no litoral sul - Traslados aeroporto / hotel / aeroporto Pacote sujeito a alterações e disponibilidade.

Informações e reservas: 3216 0600

Rua Rio de Janeiro, 332 - www.escalaviagens.com.br


02 turismo

Em suas propriedades no Brasil, o Grupo IBEROSTAR possui biólogos no quadro permanente de funcionários. Dessa forma, busca preservar a vida selvagem local, incorporando a natureza no design dos hotéis com plantas nativas e criação de habitats, além de desenvolver medidas para otimizar o processo de compras e o uso de água e energia elétrica. As leis ambientais também são respeitadas e todas as licenças são obtidas para o desenvolvimento dos empreendimentos. Com ações como resgate, manejo e monitoramento da flora e da fauna, viveiro de mudas e paisagismo, monitoramento da qualidade das águas e gerenciamento de resíduos sólidos, a atividade do Grupo na Bahia é um caso de sucesso na esfera do desenvolvimento sustentável e preservação ambiental. Uma parceria entre o IBEROSTAR e o Projeto TAMAR, o principal projeto no Brasil dedicado à proteção das tartarugas marinhas, possibilita que o Complexo tenha uma estação do TAMAR, com programas educacionais e deck para observação de baleias. Foi pensando no período de desova das tartarugas em frente aos hotéis da rede na

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Turismo Sustentável

Praia do Forte, que a iluminação noturna foi projetada para o interior do Complexo, assim não atrapalha e não desorienta as tartarugas que nascem e precisam se guiar pela luz natural do horizonte até o mar. Outra ação ambiental importante, iniciada no segundo semestre de 2012, é a limpeza das praias na região do Complexo IBEROSTAR Praia do Forte. O projeto, realizado por funcionários do resort que fazem parte do ‘Green Team’, propõe mensalmente a coleta de materiais diversos, como plásticos, metais, madeiras e vidros em aproximadamente três quilômetros de extensão. Esses materiais são trazidos pelas ondas e encontrados geralmente na faixa de areia. Ao contrário do que ocorre em outras praias, os turistas que frequentam o local não costumam deixar lixos na areia. No âmbito social, por meio da Fundação IBEROSTAR, em parceria com a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a Prefeitura de Mata de São João/BA, foi construído o Centro de Referência em Educação Infantil e Atenção Familiar Dom Miguel Fluxá Rosselló. A instituição é gratuita e funcio-

na desde 2008, atendendo 115 crianças, de 4 meses a 4 anos. O objetivo do Centro Educacional é zelar pelo cuidado às famílias, em especial as mais carentes, proporcionando um ambiente adequado para as crianças ficarem em tempo integral, enquanto as mães trabalham. A operação do Grupo na região colabora com o desenvolvimento da economia local. Cerca de 70% das novas vagas de trabalho abertas pelo IBEROSTAR são ocupadas por habitantes de comunidades da região, onde a Praia do Forte e o resort estão localizados. Outra oportunidade para a economia da região é a feira de artesanato que ocorre dentro do Complexo. Por meio de uma parceria com 15 associações comunitárias, o IBEROSTAR cede espaço de quarta-feira a sábado para que sejam expostos e comercializados aos hóspedes itens de produção local. O Programa de Educação Ambiental e Sustentabilidade do IBEROSTAR vem sendo desenvolvido desde 2006 junto às comunidades, colaboradores e hóspedes do resort na região da Praia do Forte, Bahia. Ele visa o cumprimento das condicionantes presentes nas licenças cedi-

Cláudio Soares

Parceria com o Projeto Tamar visa a proteção das tartarugas marinhas

das ao IBEROSTAR, de forma a colaborar para a melhoria da qualidade de vida dos moradores da área de influência direta do empreendimento e de seus colaboradores. Algumas das ações em desenvolvimento são: - Para hóspedes: atividades de sensibilização ambiental no Kids Club; apresentação de vídeos educativos nos idiomas português e inglês no canal de TV institucional; Museu da Tartaruga Marinha, com exposição permanente; soltura de filhotes de tartarugas na praia em frente

ao Complexo, durante o verão. - Para colaboradores: programa de ambientação para novos funcionários, com informações sobre o meio ambiente e a importância ecológica da área (APA do Litoral Norte da Bahia); treinamento periódico da equipe de piscinas, salva-vidas e segurança de praia sobre o tema ‘tartarugas marinhas’. - Para as comunidades: Projeto Social do Golfe, que proporciona aulas gratuitas de golfe a estudantes da rede de ensino pública do município. A prática

esportiva desenvolve habilidades como disciplina, controle emocional, foco e concentração mental, sendo uma importante ferramenta de inclusão social. O empreendimento também apóia outras iniciativas, através de parcerias com associações e instituições, com o objetivo de fomentar a cultura, a arte, reuniões sociais, a prática esportiva entre outros. Outra forma de colaborar com as comunidades são ações de beneficência, através das doações de objetos, enxovais e roupas em bom estado.

Centro de Convenções Castro Alves Comemoração antecipada do dia das crianças com promoção especial Divulgação

Divulgação

Espaço Garcia D’Ávila do Centro de Convenções Castro Alves

O turismo de eventos cresce a cada dia no Brasil e, para atender com excelência a um público cada vez mais exigente, o Centro de Convenções Castro Alves conta com excelente infraestrutura e atende aos resorts IBEROSTAR Bahia Premium e IBEROSTAR Praia do Forte Premium Gold. Com capacidade total para atender até 3200 pessoas, o centro de convenções dispõe de bares, cozinha, camarim, toaletes e área de recepção. Os clientes podem contar também com serviços de segurança, recepção, internet, telefonia, aluguel de

equipamentos, som, posto médico, entre outros, todos cobrados à parte. Ao todo, oferece 14 salões de eventos – Stella Maris, Jubarte, Pelourinho, Bonfim, Pituba, Ondina I, II e III, Amaralina, Jorge Amado, Bahia, Imbassaí, Foyer Gabriela e Garcia DÁvila. Adicionalmente, os foyers internos e externos dos salões do centro de convenções estão à disposição para realização de coquetéis e coffee-breaks. O Espaço Garcia D´Ávila possui 1.500 m2 e capacidade para receber até 1800 convidados, em formato auditório. A escolha

do nome do espaço remete ao empreendedorismo de um dos mais antigos capitães gerais do País, que ergueu a primeira construção fortificada do Brasil. Hoje, conhecido como Castelo Garcia D’Avila, é um dos principais pontos turístico da Bahia e está a apenas 3 km do Complexo IBEROSTAR. Em poucos anos de operação, a capacidade do empreendimento aumentou 16 vezes. Isso demonstra o crescimento do turismo de eventos e consolida a cada dia a expertise da marca no segmento.

Diversão da criançada é garantida

Durante os meses de setembro e outubro crianças até 11 anos não pagam Para as famílias que desejam descansar e também curtir uma viagem com seus filhos, os resorts IBEROSTAR Bahia e IBEROSTAR Praia do Forte oferecem promoção que contempla os meses de setembro e outubro* e possibilita hospedar, gratuitamente, duas crianças de até 11 anos e 11 meses no mesmo quarto dos pais. O Complexo IBEROSTAR conta com uma estrutura completa de lazer que garante a diversão de toda a família. As crianças podem curtir o Kids Club e o brinquedo aquático, ou participar de inúmeras gincanas na companhia da equipe STAR Friends durante todos os períodos do dia. Outra opção é acompanhar os pais no Spa Sensations e ter um dia de princesa ou príncipe no Spa Kids. O sistema “all inclusive” contempla alimentos e bebidas de alto padrão, que inclui bebidas alcoólicas e não alcoólicas, atividades, entretenimento, minibar e acomodação. São quatro restaurantes de especialidades em cada uma das unidades, além de buffet internacional e bares.


turismo 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

IBEROSTAR Bahia – Inovação, Conforto e Luxo na Praia do Forte

Fotos: Divulgação

Localizado a apenas uma hora de Salvador, em uma das mais procuradas regiões do Litoral Norte baiano, a Praia do Forte, o resort cinco estrelas IBEROSTAR Bahia vem desde 2006 inovando com serviços, produtos e conceitos. Os resultados são altas taxas de ocupação o ano inteiro e uma coleção de prêmios importantes em reconhecimento aos seus atributos, como localização, conceito expandido de “tudo incluído”, arquitetura, gastronomia, entretenimento, campo de golfe, centro de convenções para até 3200 pessoas, ações socioambientais importantes, posto do Projeto Tamar, entre outras. O IBEROSTAR Bahia, unidade de categoria Premium da rede, introduziu no mercado brasileiro um sistema expandido de all inclusive (“tudo incluído”, em português). Os hóspedes têm à disposição serviços de alimentação, bebidas alcoólicas

e não alcoólicas (nacionais e importadas), incluindo uísque oito anos. O resort conta com 632 apartamentos em operação e médias de ocupação acima de 80% e, quatro restaurantes de especialidades: um japonês, um de culinária mediterrânea, um steak house, um francês, além de um buffet internacional. Além disso, os hóspedes podem usufruir de outro restaurante com sistema self-service, próximo às piscinas. Também contam com os serviço do Spa Sensations by SPA Collection, localizado no Complexo Iberostar, que oferece inúmeras opções de tratamentos e terapias para a saúde e o bem-estar. Entre os serviços do IBEROSTAR Bahia, destacam-se: três quiosques de massagem; academia de ginástica; lojas; o anfiteatro Itapuã (com cerca de 600 lugares e programação diária); bares e boate; e atendimento

médico. Todos os apartamentos, cujos tamanhos variam de 36m² a 162 m², têm TV tela plana com canais a cabo, cofre e frigobar (incluídos na diária), ar-condicionado, ventilador de teto, varanda e vista parcial ou total das piscinas, jardins ou praia. Para garantir o conforto das crianças e para dar praticidade aos pais e às babás, o resort dispõe de duas copas para bebês. O espaço, localizado no Mini-Clube, conta com geladeira, microondas, bebedouro, utensílios de cozinha, além de alimentos como leite, chocolate em pó, papinhas e frutas, disponíveis 24 horas. Carrinhos de bebê, cadeirinhas e banheiras também estão sempre à mão. O acesso fica restrito apenas aos pais, que pegam a chave na recepção no momento do check-in. Para as crianças há ainda uma equipe de recreadores que realiza brincadeiras na piscina e gincanas.

O Iberostar Bahia

IBEROSTAR Praia do Forte é o Spa Sensations by Spa Collection segundo hotel do Grupo na Bahia

Vista do Iberostar Praia do Forte

O IBEROSTAR Praia do Forte é o segundo resort da IBEROSTAR Hotels & Resorts no Litoral Norte baiano, aberto em novembro de 2008. Orçado em US$ 80 milhões, é um resort de categoria Premium Gold cinco estrelas, o que significa um nível acima do já consolidado IBEROSTAR Bahia, de cinco estrelas, localizado no mesmo terreno de dois milhões de metros quadrados. Tem uma estrutura exclusiva e independente do IBEROSTAR Bahia, que inclui anfiteatro Axé, para os shows noturnos; quatro restaurantes de especialidades; um restaurante Buffet; cinco bares; um gazebo com 250 m2, para

abrigar coquetéis; mini-clube e piscinas; quadras de Squash, quadras de tênis e brinquedo aquático (barco pirata que joga água). Os apartamentos, ao todo 536 unidades todas voltadas para o mar, têm 46 m², 10 m² a mais que os do IBEROSTAR Bahia. Todos são equipados com TV LCD 32 polegadas e mobiliário ainda mais requintado. Além disso, contam com minibar totalmente equipado, secador de cabelos, acesso à internet, linhas telefônicas, canais a cabo, cafeteira, ventilador de teto, ferro de passar, ar condicionado, banheira, chuveiro, amenities, cofre eletrônico e apartamentos adaptados para

hóspedes com necessidades especiais. Os hóspedes que optarem pelo IBEROSTAR Praia do Forte podem frequentar, também, a estrutura do IBEROSTAR Bahia. O caráter exclusivo deste resort não permitirá que os hóspedes do IBEROSTAR Bahia tenham acesso à outra estrutura. Entre os diferenciais que o Praia do Forte tem em relação ao Bahia destacam-se também as copas para bebê disponíveis em cada um dos três prédios do Praia do Forte (no Bahia são apenas duas copas); berçário; room service disponível das 11h às 5h; serviço de concierge e serviço de manobrista.

O “Spa Sensations by Spa Collection”, é mais um serviço oferecido pela IBEROSTAR Hotels & Resorts a seus clientes nos resorts IBEROSTAR BAHIA e IBEROSTAR PRAIA DO FORTE, ambos localizados em um terreno de mais de dois milhões de metros quadrados na paradisíaca Praia do Forte, a apenas 57 km do Aeroporto de Salvador, na Bahia. O “Spa Sensations by Spa Collection” está estrategicamente localizado entre os resorts do Complexo e ocupa quase 2.700 metros quadrados, com 14 salas de tratamento, piscina, sauna, hamman (banho turco), salão de beleza, loja, vestiários e academia de ginástica. Um grande diferencial do “Spa Sensations by Spa Collection” é a marca de cosméticos que abastece os tratamentos e massagens oferecidos: Forest, Mist e Tea do SPA Collection.

A IBEROSTAR Hotels & Resorts proporciona experiências singulares de férias para seus clientes em todos os mais de 100 hotéis que opera em quase 20 países. O spa vem complementar essa filosofia de viver a vida com alegria. Para o “Spa Sensations by Spa Collection” foram elaborados tratamentos inspirados nas propriedades benéficas da água e das algas do mar para cultivar a beleza e o bem-estar. São mais de 20 tipos de massagens ou tratamentos, entre holísticos, relaxantes, revigorantes, cosméticos e banhos, entre eles, Deep Tissue e Pedras Quentes, exclusivos para clientes Iberostar. O primeiro espaço do “Spa Sensations by Spa Collection” com o qual o hóspede tem contato é a área da recepção, onde estão concentrados o salão de beleza, a loja, os vestiários e

a academia de ginástica. Pequenos pátios internos ornam e articulam estes elementos, conectados por um corredor central. De cada um dos lados desse corredor há um pequeno curso d’água. A piscina aquecida interna dá o arremate visual do edifício, que ainda dispõe de um pátio maior com as banheiras de diferentes temperaturas e que dá acesso às cabines de massagem. Para o uso das saunas e piscinas do “Spa Sensations by Spa Collection” é cobrada uma taxa dos hóspedes de ambos os resorts informada na recepção. Já com a contratação de tratamentos e massagens o uso dessas instalações é gratuito. Os interessados devem se informar sobre os valores dos serviços e taxas na recepção. O horário de funcionamento é das 9 às 21 horas, todos os dias da semana.


04 turismo

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 19/09/13

Iberostar Grand Amazon oferece cruzeiros de luxo sofisticados O luxuoso navio-hotel da rede hoteleira espanhola IBEROSTAR, que navega durante o ano todo pelos rios Negro e Solimões, opera no Brasil desde 2005. Desde então, o IBEROSTAR Grand Amazon recebeu mais de 20 mil turistas e navegou 58 mil quilômetros. O navio foi o primeiro projeto turístico no Brasil do GRUPO IBEROSTAR, um dos gigantes do turismo mundial e maior organização da Espanha nesse setor. Uma aventura pela selva amazônica com todo o conforto e requinte de um navio de cruzeiro: é isso que se pode encontrar a bordo do navio e nos passeios por trilhas na maior floresta tropical do mundo. Saindo do porto de Manaus, o IBEROSTAR Grand Amazon opera

dois itinerários: um cruzeiro de três noites (sexta a segunda) pelo rio Solimões e outro de quatro noites (segunda a sexta) pelo Rio Negro. Também existe a possibilidade de realizar o circuito completo, com duração de sete dias e passagem pelos dois rios. Um dos pontos fortes do IBEROSTAR Grand Amazon é seu sistema de segurança, com equipamentos sofisticados e treinamento dos membros da tripulação e chefes de expedição para assegurar uma viagem tranquila e proveitosa. O navio-hotel tem a chancela Grand Collection, a mais alta do GRUPO IBEROSTAR: categoria de resorts e hotéis de luxo, apenas para adultos, a partir de 10 anos com base em um conceito de férias

sofisticadas, com estilo e descontração. Ele tem 2.200 toneladas, 70 pés, 73 luxuosas cabines de 23 m² e 2 suítes de 50 m², todas externas, distribuídas em três decks para passageiros. Além delas, dois restaurantes, dois bares, salão, duas piscinas e sala de fitness fazem parte do sistema all inclusive, que oferece hospedagem, alimentação e bebidas nacionais e importadas, além das excursões e apresentações artísticas no navio. O projeto de decoração de interiores, assinado pelos arquitetos Fernanda Salles e Gilles Jacquard, priorizou objetos folclóricos e obras de arte locais. Fiel ao seu compromisso com o meio ambiente, que se traduz na promoção de um modelo de turismo sustentável e a integração de

suas empresas com o ecossistema local, o IBEROSTAR Hotels & Resorts preparou cuidadosamente a programação cultural e turística do IBEROSTAR Grand Amazon, além de treinamento de uma equipe poliglota de seis chefes de expedição e biólogos, com conhecimento da fauna e da flora brasileira, agricultura local e cultura indígena. O objetivo da equipe, expert em técnicas de sobrevivência na selva, é criar oportunidades para o turista explorar, entender e assimilar a magnitude de um dos ecossistemas mais complexos do mundo. Com menos de dois anos de operações, o navio-hotel recebeu o prêmio “Performance Hoteleira 2006 – Setor Corporativo e de Eventos”, realizado pelo Guia Hotéis &

Convenções. O IBEROSTAR Grand Amazon se destacou entre hotéis detentores de infraestrutura adequada a receber hóspedes executivos e estrutura para sediar eventos para pelo menos 150 pessoas Cruzeiro de três noites pelo Rio Solimões Inclui caminhada em trilhas na região de Manacapuru, com árvores grandes e antigas, além de plantas cultivadas pelos povos locais; passeios em lanchas por igarapés e igapós do rio Manacapuru; pesca de piranha em flutuante no lago Jacaré; passeios em lanchas para observação de aves; passeios noturnos; caminhada em trilhas na região de Janauacá, com variedade de árvores, plantas, cipós, flores e

observação do modo de vida do povo local, com visitas a casas de palha, casas de farinha e seringais, além do famoso Encontro das Águas.

Cruzeiro de quatro noites pelo Rio Negro Inclui visita ao famoso Arquipélago das Anavilhanas, um dos maiores conjuntos de ilhas fluviais do mundo; observação de botos cor-de-rosa em Novo Airão; tempo livre em Praia Grande, um oásis de areias brancas em meio à Selva Amazônica; excursão noturna de lancha; trilha na floresta; observação de pássaros; visita a comunidade indígena; show de folclore e Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões.

Edição gazeta do oeste 2160