Page 1

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | QUINTA-FEIRA, 13 de junho de 2013 | ANO XX | N.º 2090 | R$ 2,50

Luciano Eurides

Natação regional

mostra sua força

A natação começou o ano tímida, atletas demonstraram toda a força. especialmente no masculino,

mas no Campeonato Regional de Inverno os Recordes quebrados e muita qualidade fato que há muito tempo não ocorria.

DO OESTE

Página 10

Mariana Gonçalves

Pedágio mais caro a partir de hoje

Os novos valores das taxas de pedágio da MG-050 passam a vigorar hoje. O reajuste nas tarifas para veículos de grande e médio porte foram publicadas no Diário Oficial do Estado Página 05 no último dia 23.

[colunistas] Cláudio Soares Caderno Turismo

Marco Aurélio Braga

Caderno Variedades

Daniel Michelini

Usuários de drogas e moradores de rua invadem “Centro do Imigrante” A casa que era utilizada como Centro do Imigrante é invadida à noite por usuários de drogas e moradores de rua. As portas foram arrombadas. O Centro já está desativado e, em breve, a casa será demolida. A propriedade é privada, Página 07 não havendo ligação com a Prefeitura.

“Eu to pedindo pelo amor Deus, socorro!” Uma moradora do conjunto Habitacional Jardim Copacabana entrou em contato com a Gazeta para pedir ajuda para a família. Mãe de cinco filhos e desempregada, Monteiro, passa por sérias dificuldades financeiras.

Página 07


02 política

Silvio França

silviocor@hotmail.com

Intervenção A partir desta quinta-feira o divinopolitano passa a pagar ainda mais caro para trafegar pela rodovia MG 050. Um simples passeio de ida e volta até a vizinha São Sebastião de Oeste ficará em quase 10 reais. O pedágio não seria tão incômodo se existisse uma contrapartida em serviços. Mas é um preço abusivo para uma estrada que nos obriga a percorrer boa parte de seu trajeto atrás de caminhões porque não é duplicada. Para piorar, a empresa dona da concessão da rodovia, a Nascentes das Gerais, é desastrosa em suas ações. A mais recente intervenção da empresa não foi só desastrosa como também perigosa. Fazendo o recapeamento da rodovia no trecho de acesso ao bairro Quintino, simplesmente reduziram o tamanho dos redutores de velocidade que lá estavam instalados, tornando os mesmos completamente ineficientes. Estes quebra-molas foram instalados após uma luta dos moradores do bairro Quintino, que durou no mínimo, duas décadas. Quem conta muito bem esta história é a moradora Ana Paula Freitas, uma das mais antigas do bairro e que tem o registro de tudo o que aconteceu naquela região muito bem documentado. Ana Paula conta que somente naquele trecho, foram 24 mortes ao longo dos anos em que batalharam pelos quebra-molas. Foram mortes que deixaram abalados todos os divinopolitanos, já que muitas das vítimas eram pessoas desta cidade. Algumas, moradores do próprio Quintino. Ana Paula Freitas conta que em algumas situações ela chegou a tentar prestar socorro após o acidente, mas tudo o que sobrou foi a péssima imagem que nunca mais sairá de sua memória, de pessoas queridas mortas dentro de um carro, após um acidente que poderia ter sido evitado. Em um dos casos, uma família inteira chegou a ser afetada de maneira irreversível com a morte de um pai e três crianças. Foi em 2006 que finalmente o DER resolveu atender ao apelo dos moradores e instalou na entrada do bairro os redutores de velocidade. O sossego voltou a reinar, pelo menos até este ano, quando a Nascentes das Gerais resolveu então passar a camada asfáltica por cima dos redutores, acabando com a eficiência dos mesmos e deixando novamente os que trafegam pelo local expostos ao risco de morte. Parece exagero, mas não é, a tragédia foi anunciada com antecedência. Logo que a concessionária fez o que estou chamando de intervenção (alguns preferem outra palavra, um apelido para o que geralmente se faz somente no banheiro), Ana Paula entrou em contato com a Rádio Minas e por telefone fez um apelo para que voltassem o quebra-molas para sua altura normal. Por ser conhecedora da triste história daquele trecho, a moradora temia pelo pior. O pior chegou mais rápido do que se pensava, foi logo na semana seguinte que mais uma morte veio aumentar a triste estatística de acidentes na rodovia MG 050, em especial no trecho de acesso ao bairro Quintino. A vítima desta vez, um jovem empresário de futuro promissor: o Vice-Presidente da ACID Júlio César Pereira. Após o acidente tomaram alguma providência? Nenhuma, só o aumento do pedágio, que ano após ano, de maneira religiosa, ocorre no mês de junho. É válido ressaltar que não se trata apenas de uma reclamação contra o que Nascentes das Gerais fez na entrada do bairro. Aquele local, está descrito no contrato, como uma das áreas que seria beneficiada logo no início da PPP. A peça publicitária que foi divulgada pela concessionária, muito bem elaborada por sinal, trazia infográficos que demarcavam a entrada do Quintino como um local que seria completamente estruturado, com terceira faixa e um trevo de verdade. Este trecho aparecia destacado como área em que os investimentos seriam feitos já no primeiro ano da concessão. A conversa já mudou. Estão enrolando os moradores para atendê-los somente em 2015. Mas tudo bem, o divinopolitano é solidário. Assim como são os moradores de São Sebastião do Oeste e de Itaúna que também concordaram em pagar para as cidades de Mateus Leme, Juatuba e Formiga receberem obras primeiro. Afinal, somos muito ricos. Fomos muito privilegiados pelo Governo Estadual nos últimos anos com grandes investimentos. Não fomos? Começo a achar que na verdade nós é que fomos vítimas de uma intervenção! Para refletir “Não adianta discutir com o inevitável. O único argumento disponível contra o vento do leste é vestir o sobretudo.” - James Lowell

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Falta de profissionais em academias ao ar livre de Divinópolis é tema de projeto na Câmara A lei é de autoria do vereador, Nilmar Eustáquio, que destaca a importância do acompanhamento dos instrutores Carla Mariela

Academia ao ar livre no bairro esplanada Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

O parlamentar, Nilmar Eustáquio (PP), falou durante a reunião ordinária, da última terça-feira, sobre o projeto de sua autoria que tem como objetivo cobrar a presença de profissionais nas academias ao ar livre. A ideia principal do projeto é fazer com que estes profissionais colaborem com os frequentadores quanto ao manuseio dos aparelhos. De acordo com Nilmar Eustáquio, são várias as academias ao ar livre espalhadas pelos bairros do município, as quais foram disponibilizadas pela prefeitura. Segundo ele, os equipamentos para a prática dos exercícios são importantes, porém existe uma preocupação no uso destes aparelhos. “A minha preocupação em relação aos instrumentos para facilitar a prática das atividades de jovens, adultos e idosos, está no manuseio. Se eles, não tiverem o conhecimento da forma correta de manuseá-los, estes poderão prejudicar o corpo”, afirmou. Para o vereador, há a necessidade de se colocar um instrutor, um profissional, que esteja presente nestas academias em horários e dias estabelecidos, ou

se necessário todos os dias para colaborar com os cidadãos que dependem dos equipamentos em seu cotidiano. Ainda sobre o projeto, ele ressaltou que em conversa com servidores do setor jurídico da Câmara, o que foi repassado a ele em relação à proposta, é que o projeto é constitucional, legal, e já está oficialmente em tramitação. “O meu projeto está em trâmite e provavelmente ainda neste mês de junho deve ser apresentado em plenário para debate e votação”, abordou. Entretanto, Nilmar Eustáquio, disse que já conversou com seus colegas vereadores e que a sua expectativa é que esta proposta de lei seja aprovada, uma vez que vários parlamentares demonstraram o apoio, já adiantando que este problema é realmente sério e o projeto servirá, principalmente, para evitar lesões e acidentes mais graves durante a realização dos exercícios. “A minha expectativa é que ele seja aprovado ainda em junho porque o trâmite normalmente é rápido dependendo somente de alguns pareceres”, concluiu. Em visita a academia ao ar livre do bairro esplanada, a reportagem percebeu que nos

aparelhos há os ensinamentos de como usá-los. Em contato com a prefeitura, a assessoria de comunicação relatou que a secretaria de Esportes de Divinópolis disponibiliza estagiários do curso de educação física, que supervisionados por um educador físico da SEL, atendem a população. Esse atendimento é oferecido todas as manhãs nos núcleos com maior demanda, como é o caso da unidade do Bom Pastor. Novos estagiários serão capacitados e a intenção da SEL é manter atendimento ao público, nos núcleos com menor demanda, duas vezes por semana. Dessa forma, a SEL objetiva sistematizar o atendimento àquele perfil de público, principalmente os inseridos na terceira idade, que necessitam desse atendimento orientado. Sobre a importância da atividade física ao ar livre Fazer exercício ao ar livre promove benefícios incomparáveis para a saúde. Um destes benefícios é que estas atividades para o corpo e para a mente são capazes de prevenir ou ao menos retardar este declínio cognitivo, referente à falta de memória ao envelhecer, uma consequência natural do ser humano. As atividades ajudam a

prevenir males como diabetes, hipertensão, doenças que surgem ao diminuir a micro vascularização cerebral. Os resultados dos exercícios são os mais positivos e satisfatórios para as pessoas que fazem disso um hábito em suas vidas. É importante que antes de se começar as atividades as pessoas alonguem. Outro fator importante além da academia ao ar livre é a caminhada, uma vez que evita a ansiedade, a depressão, acidente vascular, dentre outros. Geovany Corrêa

Nilmar Eustáquio afirmou que a sua preocupação está voltada quanto ao manuseio dos instrumentos, para que a prática das atividades de jovens, adultos e idosos se torne cada vez mais facilitada

Plano Diretor capacita delegados para a Conferência da Cidade Como atividade preparatória para a Conferência da Cidade, foi realizada na segunda e terça-feira (dias 10 e 11 de junho), no Convento Santo Antônio, uma capacitação com os delegados eleitos nas audiências públicas e durante a qual a equipe técnica apresentou as diretrizes e os instrumentos propostos para o Plano Diretor Participativo de Divinópolis. “Desde o início do processo de revisão do Plano Diretor, nós trabalhamos com o objetivo de ‘entender para participar’. Então, esta capacitação foi mais uma etapa deste processo de

entender o Plano Diretor e os instrumentos do Estatuto da Cidade que se aplicam ao município; também antecipamos para os delegados como será a Conferência da Cidade”, explica Sandra Guimarães, técnica do Plano Diretor. A participação da comunidade, seus desejos e suas opiniões sobre a cidade, aliados à visão técnica, foram o diferencial deste processo de revisão do Plano Diretor. “Eu percebo que esse processo que está acontecendo é democrático. Você tem a equipe técnica se comunicando e buscando uma troca junto à

população. E, com essa troca, não tem como não acontecer a democracia. E ela está acontecendo hoje com o Plano Diretor”, enaltece o delegado eleito Reginaldo Couto, presidente da Associação dos Deficientes do Oeste de Minas (Adefom). A costureira e delegada eleita Miriam Ferreira Soares também destacou a importância da capacitação e participação dos moradores no Plano Diretor. “Estou gostando de participar, e acho que essa é a oportunidade que nós, moradores de Divinópolis, temos para conversar e descobrir o que a cidade pre-

cisa e como podemos torná-la melhor”. A Conferência da Cidade é um evento aberto a todos os divinopolitanos. Os ouvintes e convidados participam com voz, ou seja, podem opinar e debater com o grupo, mas não votam. Já os delegados eleitos participam com voz e com voto. “Esse é o momento final, o ápice de todo o processo, momento em que os delegados vão votar as propostas. Portanto, fica o convite para participarem, pois contamos com o compromisso de todos”, finaliza Sandra Guimarães.


CIDADES 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Mototaxistas solicitam mudança em um artigo da Lei EM 5/2013 O vereador Rodrigo Kaboja apresentará uma emenda com intuito de fazer a modificação Carla Mariela

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

Um grupo de mototaxistas reuniu ontem, à tarde, com os vereadores Edmar Rodrigues (PSD), Rodrigo Kaboja (PSL) (que teve que sair antes da reunião acabar devido compromissos), e com o secretário de trânsito e transportes (Settrans), Simonides Quadros, para tratar de algumas questões relacionadas com a modificação em artigo da lei EM 5/2013, na qual dispõe sobre o serviço público destinado a transporte individual de passageiros por motocicleta, mototáxi, e serviço destinado ao transporte remunerado de pequenas cargas, motofrete no município. De acordo com Demétrius Bento, ex-mototaxista, que está dando uma força para o grupo de amigos que exercem a profissão, o que foi ponderado no encontro foi à questão da outorga, uma vez que a classe está preocupada com o valor do serviço a ser cobrado depois da outorga que será concedida as empresas de motáxi após a aprovação da lei. Porém, ele esclareceu que a outorga é o valor que vai ser cobrado para cada mototaxista exercer a sua atividade. Conforme ele, o valor ainda não foi definido, porém já se teve a garantia do prefeito que vai ser um valor que não vai trazer dificuldade para o mototaxista exercer a sua profissão.

A outra questão apresentada está relacionada com o estacionamento. A lei aborda que as empresas, associações e cooperativas deveriam ter o estacionamento próprio para 100% da frota. A solicitação feita pelos mototaxistas durante a reunião foi para que através do vereador Rodrigo Kaboja se fizesse uma emenda garantindo que o mototaxista possa usar o estacionamento que ele já utiliza atualmente, que é o estacionamento público para moto e que no caso de não ter como estacionar neste local, que o mototaxista então, possa estacionar em outro local próprio para moto. A classe alega que hoje se alguém for alugar algum local que cabe 20 motos no centro o valor é muito caro, dificultaria muito o serviço. Demétrius Bento explicou que a lei dá o espaço de dois anos e com a emenda do vereador Kaboja, este espaço de tempo poderá mudar. “Se no entendimento da empresa, o espaço tiver pequeno e não estiver cabendo os veículos, ela pode solicitar a Settrans com um estacionamento próprio para ela e com o ônus, tendo que pagar por isso. Se eu quero ter um benefício eu pago por ele. A preocupação era não criar custos no início da regulamentação para não atrapalhar o mototaxista que hoje trabalha para viver o dia a dia dele”, destacou. A lei limita o número de mo-

totaxistas, a lei propõe um mototaxista para cada 1.300 habitantes. Já tem um cadastro feito na secretaria de trânsito fazendo o levantamento da realidade de quem são estes mototaxistas para que não aconteça de amanhã aparecer uma pessoa de qualquer outra cidade para pleitear uma vaga tirando a vaga de quem já está trabalhando. O secretário de trânsito e transportes, Simonides Quadros, afirmou que esta já é a segunda reunião que ele participa junto com os mototaxistas depois que assumiu a Settrans, e os mototaxistas demonstraram a preocupação de fazer a modificação em um artigo da lei. “Foi debatido isso aqui, e o vereador Kaboja vai entrar com a emenda fazendo a modificação, mas a nossa preocupação é que se aprove a lei o mais rápido possível até mesmo porque o nosso prazo de emplacamento das motos está ficando curto. Nós temos esse encontro com o delegado que já está marcado para ele ir liberando as motos que já estiverem com a documentação legal a partir do momento que a lei for aprovada. Eu não vejo que esta mudança vai alterar muita coisa na lei, a emenda é uma proposta por enquanto que vai ser lida em plenário e nós vamos acompanhar. Se for uma coisa que vai alterar o procedimento da lei com certeza nós vamos manifestar, mas se não

Reunião dos mototaxistas para apresentar questões de alterações na lei

for nós estamos acatamos esta proposta”, enfatizou. O vereador Edmar Rodrigues (PSD), que participou da reunião disse que o encontro foi importante e que ele e o Kaboja tinham esta preocupação e que por isso reuniu com a classe para discutir a melhor forma, tanto para a administração e para a população, quanto para os mototaxistas. “Fizemos várias reuniões, participei de todas, algumas questões foram adequadas, outras só com o tempo para se adequar porque eles tem um prazo de dois anos e a questão que está pegando muito é a questão dos locais que serviriam como estacionamento para o local que ia ficar os moto-

taxistas. Estamos fazendo uma emenda, eu e o vereador Kaboja, fazendo algumas mudanças nesta emenda no artigo 14 do inciso III. A mudança vai ajudar porque eles tem o direito de ter o espaço para poder estacionar suas motos. Nós entraremos com a emenda amanhã (13 de junho) e esperamos que até na próxima terça-feira da semana que vem nós possamos votar neste projeto que vai legalizar definitivamente a lei para que eles possam trabalhar certo para que os usuários possam ficar mais seguros e despreocupados com todas as normas que a lei federal pede e a lei municipal determinará agora”, salientou.

Edmar Rodrigues afirmou que o prazo que estabelece na lei é de dois anos e que provavelmente este prazo vai poder ajustar e se for preciso daqui dois anos faça alguma emenda para melhorar naquilo que precisar. A emenda vai permitir que possa ser prorrogado. “O que a gente quer é que não traga prejuízo nem para a população e nem para administração e nem para os mototaxistas”, informou. A reportagem entrou em contato com o vereador Rodrigo Kaboja para saber mais detalhes sobre a emenda, mas ele solicitou que a reportagem o procure hoje, na câmara, porque no momento não podia atender.

Secretário Adjunto de Operações e Serviços Urbanos apresenta para parlamentares “Programa Cidade Limpa” Hélio Alves Barros afirma que este programa é realizado por duas frentes de trabalho Carla Mariela

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

Hélio Alves disse que frente à proibição da capina química, estão sendo usadas outras tecnologias, outras formas de executar o serviço, com a mesma qualidade, com a mesma agilidade

O secretário adjunto de Operações e Serviços Urbanos, Hélio Alves Barros, fez o uso da tribuna na última terça-feira, na Câmara Municipal de Divinópolis, para apresentar para os vereadores o “Programa Cidade Limpa” em prol da comunidade. Conforme Hélio Alves, ele decidiu fazer a apresentação deste programa para ressaltar que o mesmo é traçado por duas frentes de trabalho. A primeira, que começa no sentido centro / bairro e a segunda, que inicia sentido bairro / centro. Segundo ele, a proposta do

“Programa Cidade Limpa” que vai do centro para o bairro atinge todos os quadrantes da cidade. O secretário ainda explicou que já a proposta que vai do bairro para o centro, onde são utilizados os equipamentos e as máquinas, serão divididos em quatro quadrantes do município, que hoje compreende a região sudeste, que está na fase final de execução. Para Hélio Alves, este trabalho hoje na forma com que está sendo realizado é difícil. Alves esclareceu que quando o trabalho é feito através da capina manual qualquer chuva que ocorre o mato cresce muito rápido, ou seja, perde todo o

serviço que já foi feito. Além de mostrar para os vereadores como está sendo desenvolvido os trabalhos por esta secretaria, ele relatou que compareceu a Câmara para mostrar também para a população que ante à proibição da capina química, estão sendo usadas outras tecnologias, outras formas de executar o serviço, com a mesma agilidade. Hélio Alves afirmou que está trabalhando de forma rígida à frente da secretaria adjunta de Operações e Serviços Urbanos para descobrir outras formas e outras possibilidades de atender as demandas dos bairros e centro ou vice-versa com a mesma qualidade. Por-

tanto, ele disse que compareceu a Câmara para mostrar como funciona o Programa Cidade Limpa e apresentar para o legislativo sobre a proximidade que existe entre a secretaria com o Poder Executivo, com relação às demandas que são geradas, que vão do legislativo para a prefeitura. Contudo, o secretário informou que normalmente quem usa a tribuna comentam sobre demandas gritantes, uma vez que o vereador é alguém que sente o clamor da comunidade na pele. Ele finalizou dizendo que quer contribuir junto com o executivo representando também este clamor da comunidade.


04 opinião

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

editorial

Círculo Vicioso

A situação das estradas em determinados pontos do país assustam que dela dependem para trabalho ou lazer. Algumas são administradas por concessionárias que ano após ano tem aumentado suas tarifas e não em parte mantido o acordo firmado com as estruturas governamentais e os usuários. De que adianta projetos, acordos, contratos se na prática muitas destas estradas permanecem com melhorias baixas quiçá zero. Enquanto isso o número de acidentes se acentua tanto graves, quanto moderados. Pedidos, encaminhamentos, debates já foram algumas das situações direcionadas a estes órgãos, porém as respostas sempre são as mesmas: as melhorias sairão. E os anos passam e a situação é a mesma. Tudo isso perfaz um círculo vicioso e na boca daqueles que dependem das rodovias só ecoa um grito: onde estão sendo empregadas as tarifas pagas nas praças de pedágio? Uma prestação de contas que nenhum motorista vê, aliás podemos até a afirmar nunca ter visto. Se é para ser transparente que mostre a realidade, não é mesmo? Muita fala para pouca ação, esta é a realidade! Os investimentos federais e estaduais para manutenção das vias terrestres são ações que não devem ser deixadas de lado. Existem mas não tem causado o efeito que deveriam já que longos trechos de rodovias parecem não ver manutenção e até mesmo melhorias há décadas. Uma vergonha que se arrasta aos olhos do poder público e este se mantém indiferente as irregularidades. Vez ou outra as medidas paliativas são as ações mais freqüentes para amenizar os problemas, porque resolver mesmo, não ocorre! Além da possibilidade recorrente de acidentes e do pagamento dos pedágios, os condutores são obrigados a fazer manutenção dos veículos que estragam pela situação das vias. Uma “Tudo isso perfaz um círculo ação dupla de prejuízo já que os convicioso e na boca daqueles que dutores só gastam para manutenção dependem das rodovias só ecoa e para rodar. um grito: onde estão sendo Tudo isso gera uma sensação de impotência já que os usuários destas empregadas as tarifas pagas vias não tem mais a quem recorrer nas praças de pedágio?”. para resolver toda a problemática que só prossegue, mas não termina. Não muito distante de nossa realidade, aqui dizendo da região Centro-Oeste de Minas, a necessidade da duplicação de rodovias é outro fator que tem prejudicado a ambos interesses, não só enfatizando a questão dos usuários das vias. Há cerca de 2 anos o Governo de Minas mantém sob estudo a revisão do contrato com a concessionária Nascentes das Gerais. A empresa presta serviços à região e a morosidade para duplicação das vias é um fator que tem gerado incômodo aos usuários da região. As cidades próximas a praça de pedágio tem sido as mais prejudicadas. Os retoques na via são constantes, mas os grandes feitios ainda estão só na expectativa e desejo coletivo. Recentemente uma melhoria na região do bairro Quintino voltou a ser um problema. Durante anos os moradores daquela região lutaram para que fossem colocados ali quebra molas. Depois de sucessivas tentativas estes foram instalados, porém recentemente um recapeamento no asfalto diminuiu o tamanho destes redutores de velocidade, resumindo, uma situação que aparentemente tende a melhorar, piora. Mais uma vez a população está exposta aos riscos. Impostos são pagos, conversas são firmadas e na realidade a situação não passa disso, quando esta não beira o disse me disse, enfim especulação! Até quando a população, a maior contribuinte vai pagar por um erro que não é dela? Verdade seja dita muito se dá, pouco se tem de volta. De um lado infraestrutura comprometida de outro a vida de pessoas inocentes em risco. Será que os governantes vão insistir em não ver toda esta problemática? Porque o povo clama, mas não vê hora nenhuma uma situação produtiva e favorável. Morosidade ou não o pagamento das taxas são feitos e o reembolso? Fica para quando der?

Rebeldes sem causa Por Luciano Martins Costa Uma conjunção de manifestações de protesto transformou a região central de São Paulo num campo de batalha na noite de terça-feira (11/6), paralisando o trânsito em algumas das principais vias da cidade e deixando um rastro de destruição como há muito tempo não se via na capital paulista. Além dos jovens integrantes do Movimento Passe Livre, que haviam passado a manhã arregimentando estudantes em várias escolas para uma passeata marcada para a área da Avenida Paulista, convergiram para o local, durante a tarde, servidores da Secretaria de Estado da Saúde e delegados da Polícia Civil, que estão em campanha salarial. Os jornais fizeram a crônica do evento em suas edições digitais, registrando as primeiras concentrações, que começaram logo após o almoço, e descrevendo as providências tomadas pela Polícia Militar e pelo serviço de segurança do Metrô. Durante a tarde, os grupos de interesses diversos foram se aglomerando até que uma pista da Avenida Paulista foi bloqueada e a massa começou a se movimentar. A multidão se deslocou por avenidas do centro, onde grupos de vândalos passaram a atacar sedes de bancos e casas de comércio. Além de vitrinas despedaçadas, automóveis destruídos e ônibus incendiados, houve agressões e tentativas de linchamento. Na cobertura que se originou em boletins na internet e culmina com os textos e imagens selecionados para as edições de papel, ontem, os jornais evitam ponderar sobre as responsabilidades específicas do governador do estado e do prefeito da capital, apenas registrando que ambos se encontram ausentes no momento da crise porque estão representando a candidatura de São Paulo a sede da Exposição Mundial de 2020, em Paris. Depois da Copa do Mundo e da Olimpíada, a Expo 2020 é considerada outra grande oportunidade para atrair investimentos para o Brasil. Uma situação de instabilidade social pode prejudicar as intenções brasileiras? Depende de como isso vai repercutir na imprensa internacional. Mais interessante é observar como a imprensa nacional trabalha esse conjunto de descontentamentos e o relaciona com deslocamentos nos indicadores de aprovação da presidente da República, do governador do estado e do prefeito da capital. Massa de manobra Em busca de uma suposta objetividade no varejo, o noticiário perde o rumo da análise sobre a natureza do evento. Para abordar essas questões de maneira mais ampla, seria preciso que a imprensa fosse menos direcionada para os fatos específicos e mais interessada nas problemáticas que esses acontecimentos representam. Uma imprensa assim estaria, curiosamente, mais próxima do ideal da objetividade, porque seria obrigada a expor as múltiplas facetas de cada evento que se apresenta com valor de notícia – e, como se sabe, a verdade nem sempre está onde é buscada, o que faz com que seja mais facilmente encontrada na diversidade. Os jornais enxergam à frente dos grupos, além de representantes de partidos “de esquerda”, punks, anarquistas, feministas, sem-teto e individuais têm razões impossíveis de identificar, e na soma deles o

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

www.observatoriodaimprensa.com.br

outros agrupamentos de interesses diversos. Os descontentamentos

ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Observatório da imprensa

EDITORA CHEFE Carina Lelles

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Flávio Vaz Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

que sai às ruas é um bando de rebeldes sem causa comum, massa de manobra à disposição de aventureiros. O caráter difuso das motivações pode ampliar indefinidamente o número de participantes de futuras manifestações, mas reduz a força do movimento que lhes deu origem. Assim, quanto mais se ampliam os protestos, mais espaços se abrem para os oportunistas de todos os tipos e mais distante fica o movimento original de alcançar seu objetivo. Já não se pode afirmar que as próximas manifestações serão contra a tarifa dos ônibus.

Eduardo Augusto

easteduardo@yahoo.com.br

DEVERES DO EMPREGADO Todo e qualquer contrato de trabalho, durante a sua vigência compele às partes o exercício de direitos, e, sobretudo ao cumprimento de deveres e obrigações contratuais e legais. É importante dizer a todo empregado que mesmo se tratando de um contrato de trabalho, que por maioria das vezes são cópias reprográficas de documentos sem modificações, é forçoso que observem as cláusulas contratuais, que se questionem o que está escrito junto ao empregador, antes de assiná-los, sob pena de anuir, de aderir, de aceitar todos os mandamentos do contrato. Na prática, no calor das emoções, sobretudo, quando de uma contratação de trabalho, as pessoas não possuem hábito de leitura dos documentos que assinam, gerando grande risco a futuros questionamentos. Isso não quer dizer que não pode ser questionado um contrato de trabalho, fica bem explicado, todo e qualquer contrato de trabalho pode ser interrogado perante a Justiça do Trabalho, contudo, estando as cláusulas em obediência as normas legais, não poderá o empregado alegar seu desconhecimento. Nosso objetivo hoje é descrever em poucas palavras sobre os deveres do empregado após a assinatura do contrato de trabalho, obrigações essas inseridas na legislação vigente. Dentre esses se destacam o dever de OBEDIÊNCIA, de DILIGÊNCIA, e de FIDELIDADE. O DEVER DE OBEDIÊNCIA relaciona-se ao respeito às ordens legais originadas por quem esteja legitimado a expedi-las. Essas ordens jamais podem ser contrárias à saúde do empregado, à sua vida, à sua honra ou à dignidade do trabalhador, tanto no ambiente de trabalho interno quanto externo. Desta forma, o empregado não deve cumprir ordens que se entendem como ilegais ou quem afrontam a sua saúde, a sua vida e a sua dignidade. O outro limite à obediência é quanto aos aspectos do contrato. Se as ordens ultrapassam os limites do contrato de trabalho o empregado não é obrigado a cumpri-las, pois, estão fora do âmbito do poder diretivo. Exemplo: o encarregado limita os afazeres do empregado quando de sua folga. Ora, o empregador não pode interferir na vida privada do Obreiro. A Constituição Federal confere ao empregado o direito a crença religiosa, liberdade de pensamento, liberdade de convicção filosófica e política, e de associação sindical. Já quanto às ordens legais dadas por patrões ou prepostos, devem ser cumpridas sob pena de caracterizar ato de indisciplina ou insubordinação podendo sofrer o empregado: advertência, suspensão ou demissão. Já o DEVER DE DILIGÊNCIA significa que o empregado deve cumprir as ordens legais com dever de diligência, ou seja, deve zelar pela sua atividade laboral. Exemplo: A patroa determina que a doméstica limpe a sala de festa retirando toda poeira do lugar, inclusive, debaixo dos objetos de decoração, eletrodomésticos, móveis, etc. Durante a limpeza, a doméstica com fone de ouvido ligado bate o braço em um vaso de decoração, gerando sua queda e destruição. Houve nesse caso ausência de zelo, ausência de comprometimento na execução do trabalho, causando prejuízo ao empregador. A inobservância de diligência na execução do trabalho é considerado no meio jurídico como desídia, atraindo ao empregado sanções disciplinares ditas acima, podendo chegar à penalidade máxima que é a demissão por justa causa (artigo 482 da CLT), gerando inclusive a possibilidade de responder o empregado pelos danos causados ao empregador se comprovado imprudência, negligência ou imperícia. O último dever e não menos importante é conhecido como DEVER DE FIDELIDADE. Esse dever atrai para a relação de trabalho obrigações de caráter pessoal. É bom ressaltar que a fidelidade gera presunção de honradez para pessoa que pratica. Assim, a retidão deve ser praticada tanto para o empregador quanto para o Obreiro, via de mão dupla. Neste ponto, o empregado pode ser um achado para o empregador, pois, na prática pode lhe salvar de perigos dos mais variados no dia a dia de sua empresa, de seu estabelecimento, de sua residência. Ser fiel ao patrão não quer dizer ser dedo-duro, e sim comprometido com o sucesso de seu patrão, com sucesso da empresa, com a paz de sua patroa/patrão no âmbito domiciliar. Não é diferente quando o patrão promove algumas pessoas, isso significa que este deposita confiança no empregado promovido. E este que acaba de ser promovido deve em contrapartida colocar o patrão a par do andamento de tudo que acontece no local de trabalho. Muito tem se comentado sobre empregados que de forma traiçoeira desbancam segredos antigos de empresas às seus concorrentes. Imagina se o segredo da composição da coca-cola pára nas mãos da concorrência. Imagina se um empregado da cerveja Brahma desvenda os segredos da fabricação de sua cerveja à outra concorrente. Imagina a empregada observa abuso sexual de criança por terceiro dentro da residência e se cala perante seu patrão. As conseqüências são desastrosas. Como dissemos anteriormente, é importante que os empregados estejam a par de suas obrigações contratuais quando da contratação, e efetivado o contrato, estejam cientes de seus compromissos para com o empregador, sobretudo, no que tange aos deveres da obediência, de diligência e de fidelidade. Todos tende a ganhar: o empregador com o empregado engajado com os objetivos da contratação, e o empregado com a satisfação do patrão. Dr. Eduardo Augusto Silva Teixeira Advogado easteduardo@yahoo.com.br


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Motoristas pagam mais caro por pedágio na MG-050 A nova tarifa passa a valer hoje, o aumento está estimado em 7,31% Mariana Gonçalves

Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

A partir de hoje os condutores que trafegam pela MG-050 terão que desembolsar mais para pagar o pedágio. As novas tarifas foram publicadas no Diário Oficial do Estado no último dia 23. O valor do pedágio, para carros de passeio e caminhonetes, passará de R$ 4,10 para R$ 4,40. Já a tarifa para caminhões de seis eixos subirá de R$ 24,60 para R$ 26,40 por praça de pedágio. Conforme afirma em nota a Nascentes das Gerais, o reajuste da tarifa é realizado em Parceria Público Privada (PPP) e o percentual aplicado é de 7,31%, sendo o cálculo feito com base na variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), computando o arredondamento previsto em contrato. Ainda conforme a concessionária a tarifa média (reais por quilômetro) para veículos de passeio nos pedágios rodoviários da concessão da MG-050, encontra-se compatível com o valor praticado em outras concessões do país. Para que os condutores não sejam pegos de surpresa com os novos valores a Nascentes distribuirá folhetos

nas seis praças de pedágio, ao longo dos 371,4 quilômetros da MG-050. A rodovia, que liga Belo Horizonte à divisa com o Estado de São Paulo, em São Sebastião do Paraíso, corta 20 municípios mineiros e possui seis praças de pedágio localizadas nas cidades de Itaúna, São Sebastião do Oeste, Formiga, Capitólio, Passos e São Sebastião do Paraíso. O trecho pedagiado vai de Juatuba, na região metropolitana, até a divisa com São Paulo. Em 2007 a rodovia foi a primeira concedida à exploração privada pelo Governo de Minas Gerais em regime de Parceria Público Privada. A cobrança de pedágio, iniciada em 2008, sempre foi motivo de polêmica em função da precariedade da rodovia e do atraso no cronograma de obras, tendo motivado algumas audiências na Assembleia Legislativa. O contrato assinado entre o governo do Estado e a empresa Nascentes das Gerais, previa o investimento de R$ 800 milhões nos sete primeiros anos de concessão, o que incluiria também a duplicação de parte da pista. Atualmente estão em execução aproximadamente R$ 30 milhões em obras de melhoria de

Conforme a Nascentes das Gerais, a tarifa média encontra-se compatível com o valor de outras concessões do país

traçado e implantação de terceiras faixas em Carmo do Cajuru, Córrego Fundo, Pratápolis e São Sebastião do Paraíso, além de uma nova ponte em Divinópolis. Estão previstos, para esse o próximo ano investimentos de R$ 255 milhões. E até 2017 outros R$ 115 milhões serão investidos, por parte da concessionária, totalizando R$ 370 milhões. Entre as principais obras previstas destacam-se as duplicações de

Mateus Leme, Azurita e Itaúna, além de melhorias de traçado e implantação de terceiras faixas em 62 quilômetros de extensão das rodovias MG-050 e BR-265. E interseções em São Sebastião do Paraíso, Alpinópolis, Itaú de Minas, Doresópolis e no acesso ao aeroporto de Passos. Além dos investimentos já realizados que estão em andamento e aqueles previstos para os próximos anos na rodovia ge-

renciada pela concessionária, o Governo de Minas prevê outros investimentos no valor de R$ 269 milhões, como a complementação da duplicação do trecho entre Belo Horizonte e Divinópolis, entre outras obras de melhoria em Passos, Itaú de Minas e São Sebastião do Paraíso. INVESTIMENTO EM SEGURANÇA De acordo com a Nascentes são realizadas várias campa-

nhas educativas de trânsito, orientando os motoristas para a realização de uma direção defensiva. A concessionária reforça que oferece para os condutores e demais acompanhantes do veículo serviços para o conforto e segurança dos usuários como guincho, socorro médico de emergência e seis áreas de Atendimento ao Usuário, além do 0800 282 0505 para atendimento 24 horas.

Divinópolis é contemplada com seis viaturas para o Corpo de Bombeiros Assessoria Deputado Fabiano Tolentino

Divinópolis recebeu através de verbas estaduais, seis novas ambulâncias para atendimento e melhor trabalho do Corpo de Bombeiros da região central. Na solenidade que ocorreu na manhã de ontem, na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, houve a distribuição de novas viaturas e equipamentos para melhor trabalho do Corpo de Bombeiros. Para todo o estado, foram distribuídas um montante de 88 viaturas sendo estas, seis para a cidade de Divinópolis. O investimento total nas novas viaturas, chega a 36,5 milhões. Nas viaturas já equipadas, aumenta-se o valor em 13 milhões. A demanda de equipamentos e novas ferramentas de trabalho são imprescindíveis ao Corpo

de Bombeiros. Divinópolis foi agraciada com seis viaturas por intermédio do Deputado Estadual Fabiano Tolentino, junto a forças com o governo estadual. “Na verdade, como representante do povo, fico feliz em trazer para a cidade mais benefícios, ainda mais no que tange a corporação dos Bombeiros de Divinópolis, que terão mais seis viaturas exclusivas só para a cidade”. Ressaltou o Deputado. Das 88 novas viaturas, 57 são unidades de resgate. Trata-se do veículo Fiat Ducato equipado com desfibrilador, maca, prancha rígida e aparelho de oxigênio. Cada viatura custa cerca de R$ 134 mil. Também foram entregues sete auto-bomba salvamento, que são caminhões usados para

combate a incêndios no meio urbano e florestal, pequenos salvamentos, acidentes, quedas e afogamentos. Com capacidade para 1,5 mil litros de água, cada veículo custa cerca de R$ 267 mil. Os bombeiros receberam ainda 22 Auto Comando de Área. Caminhonetes Mitsubishi, para transporte de guarnições e que custam cerca de R$ 129 mil cada. A frota inclui ainda carretas equipadas para montar posto de comando em locais e situações extremas como. Conta com sala de reuniões, ambulatório médico, equipamentos de informática. O custo de cada gira entorno de R$ 278 mil. A frota do Corpo de Bombeiros tem 1.065 viaturas (idade média de sete anos) a maior parte adquirida com recursos da Taxa

de Incêndio, dois helicópteros e um avião Cessna. MAIS EQUIPAMENTOS Na mesma solenidade foram entregues milhares de equipamentos para o trabalho operacional. São materiais para atendimentos de urgência e emergência, combate a incêndios urbanos e florestais, mergulho e salvamento terrestre como desfibriladores, capacetes, bombas costais e equipamentos de mergulho e conjuntos de combate a incêndio, entre outros. Na aquisição desses equipamentos foram investidos R$ 20,2 milhões, para 2.100 mil conjuntos de proteção individual. Para materiais de informática, tecnologia e comunicação são mais R$ 3,3 milhões.

Governador Anastasia participa da solenidade de entrega das novas ambulâncias

Dos R$ 36,5 milhões destinados para o trabalho do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, R$ 27 milhões (75%) são da Taxa de Incêndio. O restante é

fruto de parceria com a Infraero, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ou recursos da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Governo concede R$ 18,7 bi para beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida O governo federal lançou ontem linha de crédito especial de R$ 18,7 bilhões para a aquisição de móveis e eletrodomésticos por beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida. As famílias poderão financiar até R$ 5 mil, com taxa de juros de 5% ao ano e prazo de até 48 meses para pagar. O

financiamento foi chamado Minha Casa Melhor. Haverá desconto de 5% na nota fiscal sobre os preços à vista. As prestações poderão ser pagas por meio de boleto bancário ou débito em conta. A expectativa do governo é que o financiamento beneficie 3,7 milhões de famílias.

Entre os itens que poderão ser adquiridos com a linha especial de crédito estão geladeira, fogão, lavadora de roupas automática, computador, TV digital, guarda-roupa, cama de casal e de solteiro (com ou sem colchão), mesa com cadeiras e sofá. “O objetivo é oferecer condições à família – que saiu do aluguel –

a dar o segundo passo: montar sua casa e, assim, melhorar a qualidade de vida”, informou o Ministério das Cidades. Os beneficiários farão as compras por meio de um cartão magnético, emitido pela Caixa Econômica Federal, que opera o programa. O crédito estará disponível por 12 meses, a partir

da emissão do cartão, para que as compras possam ser planejadas, com pesquisa de preço. Cada produto tem um limite máximo de preço. O beneficiário poderá contratar o crédito a partir da entrega das chaves do imóvel e precisa estar em dia com as prestações. Se não estiver em

dia, precisa regularizar o pagamento e, após dez dias, solicitar o cartão de compras. O cartão deve ser pedido pelo telefone 0800-726-8068 e será entregue em domicílio, podendo ser utilizado em mais de 12 mil lojas credenciadas em todo o país. Fonte: Agência Brasil


06 Cidades

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Moradores do São Luiz reclamam de lotes vagos

Roberto Clementino bobclementinoo@gmail.com

Porque o paciente do SUS recorre Justiça? Esta na ordem do dia o termo Judicialização da Saúde.O que significa isso? Judicialização significa que algumas questões de larga repercussão política ou social estão sendo decididas por órgãos do Poder Judiciário, e não pelas instâncias políticas tradicionais.Um exemplo mais claro? Pacientes que chegam a um pronto atendimento municipal, com necessidade de atendimento medico/hospitalar urgente e não conseguem ser atendidos, vão ao Ministério Público e entra com uma ação,exigindo atendimento imediato. Porque isso acontece? Muitos cidadãos acham que não tem um atendimento de qualidade no SUS, simplesmente porque o Prefeito não quer. Aí é preciso analisar com paciência esta situação. Qual o prefeito não gostaria de atender todas as demandas da saúde de seu município? Qual o prefeito não gostaria que a cidade que administra fosse reconhecida pela excelência no atendimento à saúde publica? Não seria um trunfo político/eleitoral? Um prefeito que precisa da aprovação popular para governar, e se reeleger não se esforçaria para oferecer a seus cidadãos, um complexo de saúde, que fosse considerado modelo no Estado? Então porque permite que um cidadão para ser atendido numa emergência, recorra à Justiça? Por falta absoluta de condições financeiras de resolver os gargalos da saúde, que a transforma num caos. Porque faltam recursos para saúde pública? Sei por experiência vivida na administração municipal, que uma cidade do porte de Divinópolis, não consegue com seus próprios recursos, oferecer uma saúde pública de boa qualidade.Ora, do orçamento municipal (vou repetir) 50% são gastos com saúde e educação, 40% com funcionalismo, aluguéis e projetos, sobram portando 10% para atender toda a demanda urbana e rural da cidade. E Divinópolis ainda atende 55 cidades que compõem a macro-região: Bom Despacho, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Luz, Martinho Campos, Moema, Serra da Saudade, Araújos, Arcos, Carmo do Cajuru, Cláudio, Itapecerica, Japaraíba, Lagoa da Prata, Pedra do Indaiá, Perdigão, Santo Antônio do Monte, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste, Formiga, Bambuí, Córrego Danta, Córrego Fundo, Iguatama, Medeiros, Pains, Pimenta, Tapiraí, Itaúna, Itaguara, Itatiaiuçu, Piracema, Pará de Minas, Conceição do Pará, Igaratinga, Leandro Ferreira, Nova Serrana, Onça de Pitangui, Pará de Minas, Pitangui, São José da Varginha, Santo Antônio do Amparo, Aguanil, Bom Sucesso, Camacho, Campo Belo, Cana Verde, Candeias, Carmo da Mata, Carmópolis de Minas, Cristais, Oliveira, Passa Tempo, Santana do Jacaré, São Francisco de Paula. Para que o leitor tenha uma idéia do papel que a Divinópolis/Mãe representa vou relembrá-los de que em abril deste ano o Hospital São José de Nova Serrana foi fechado e por isso 350 mulheres grávidas, tiveram seus filhos aqui em Divinópolis e Belo Horizonte. Outro argumento caro leitor? Vão até as ruas nas imediações do Pronto Socorro Regional e verão uma fila de ambulâncias de cidades vizinhas, deixando ali seus pacientes. É preciso insistir neste argumento, para que a população se conscientize, de que não é só o prefeito Vladimir Azevedo que não tem condições de atender as demandas da saúde, os demais prefeitos que o antecederam também não tiveram recursos municipais para oferecer a população uma saúde pública de boa qualidade. Qual é a solução? Recorrer ao Estado e Federação para que estas instâncias cumpram o que determina a lei. Quem é o vilão do caos na saúde? Entendo que achar que um prefeito de uma cidade, pode resolver o caos na saúde, é estar fora da realidade social e financeira do município.O grande vilão deste caos na saúde é o governo federal.Os municípios devem destinar no mínimo 15% dos seus recursos próprios para saúde. Divinópolis, segundo informações gasta em torno de 25%. O Estado deve colocar no mínimo 12 %. (Em Divinópolis o Estado só com a construção do hospital publico, gastará R$ 80 milhões) Para o Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública “A União deve aplicar, desde 2000, em ações e serviços públicos de saúde os recursos mínimos correspondentes ao valor apurado no ano anterior, aplicada a variação nominal do PIB. A União nunca aplicou o mínimo da CF e usou de vários artifícios para contabilizar errado, dando como cumprido. Pagou com dinheiro da saúde: o Bolsa Família, os planos de saúde dos funcionários, a farmácia popular que tinha co-pagamento do cidadão e cancelou restos a pagar sem compensá-los. Isto fez com que a União entre os anos de 2000 e 2009 devesse cerca de R$20 bi ao SUS corrigido pelo IGPM em dezembro de 2010. Existem três evidências do desfinanciamento federal para a saúde desde a CF de 1988 e da EC-29 de 2000. Nada foi suficiente para que a União cumprisse seu compromisso legal considerando que ela é a única esfera de governo que pode arrecadar dinheiro para a saúde (impostos e contribuições) e que tem que repartir entre as três esferas de governo responsáveis pela execução de ações e serviços de saúde.” O gasto da União com a saúde vem caindo desde 1995. Em 1965 foi de 11,72 % em 2011 foi de 7,3 % hoje a saúde que já teve 11,72 % reivindica apenas o mínimo de 10 % da Receita Corrente Bruta da União. Quem é o vilão? Calamidade publica no SUS de Montes Claros Em tempo: No dia 07 de junho de 2013, o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, assinou o Decreto Municipal 3.024. O documento declara situação de “Calamidade Pública” no setor hospitalar do Sistema Único de Saúde no município.

Sujeira, animais e mato alto são as principais reclamações de residentes da região. Segundo relatos, capinas nos lotes são raras Daniel michelini

daniel.resende@gazetaoeste.com.br

Um antigo problema tem causado revolta aos moradores do bairro São Luiz, em Divinópolis. O abandono de vários lotes vagos vem fazendo com que a população da região sofra com sérios problemas, desde mau cheiro ao risco de doenças, como a dengue. As áreas abandonadas no bairro são muitas. Os moradores reclamam da falta de cuidado dos proprietários e autoridades que não tomam nenhuma providência quanto ao assunto. De acordo com Luiz Henrique Silva, morador da Rua Mário X. Gontijo, onde existe um lote vago em situação de abandono, ele já entrou em contato com a prefeitura e vigilância sanitária. Porém, mesmo com as fiscalizações feitas pelos órgãos durante todo o ano, iniciativa elogiada pelo morador, o local continua sujo: “Não é o único lote do bairro que está assim, mas como está perto da minha casa, me incomoda bastante.”, afirma Luiz. Algumas pessoas das regiões que tem essas áreas abandonadas já sofreram com doenças. Luiz afirma que, em sua rua, dois amigos já tiveram dengue. Ele acredita que seja devido ao

lixo acumulado em um dos lotes que fica próximo à sua casa. “Minha mãe pegou dengue em 2010. Quando chove, fica muita água parada no lote, pois tem pneus e vasilhas jogadas dentro deles”. No período citado pelo morador, ocorreu uma epidemia nacional de dengue, sendo que Divinópolis registrou mais de 5.000 notificações da doença, de acordo com dados passados pela Vigilância em Saúde. Outro problema apontado pelos moradores é visibilidade precária dos motoristas, pois vários lotes se localizam em esquinas e possuem grandes matagais. No entanto, Luiz Henrique critica uma prática que ele confirma já ter visto em diversos locais, não só da região, mas em toda a cidade: queimadas. Segundo ele, além de sujar as calçadas, os moradores são obrigados a deixar as casas fechadas devido à fumaça. Luiz afirma que essas atitudes são um desrespeito com os moradores, uma vez que a sujeira acaba invadindo as residências. Ele se mostra também preocupado em caso de fortes chuvas: “Imagina se chove muito e arrasta esse lixo pra boca de bueiros?”, indagou. A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura. No entanto, até o fechamento desta

Daniel Michelini

Entulhos encontrados em lotes colocam em risco a saúde dos moradores

edição, não obtivemos resposta do órgão. PERIGO Além da má visibilidade do local, o morador reclama de alguns bichos que saem do local e adentram as residências da região. Luiz afirma já ter encontrado baratas e ratos dentro de sua

casa, desconfiando ser devido à sujeira dos lotes. Há a preocupação com relação às crianças que brincam próximo ao local, uma vez que trata-se de uma rua sem grande fluxo de veículos, mas, segundo eles, com periculosidade quando o assunto é doenças provindas do descuido com os lotes.

Lixo e entulho atrapalham moradores do Santa Rosa Luiz Felipe Enes

Luiz Felipe Enes

luiz.felipe@gazetaoeste.com.br

A situação das ruas do bairro Santo Rosa já não é das melhores. Mato alto, lixo e sujeira são fatos corriqueiros à convivência dos moradores do local. O projeto da prefeitura municipal “Novo Bairro”, realizou ações no Santa Rosa. Lá, diversas atividades para melhoria foram estabelecidas, como a patrola das ruas, por exemplo. No entanto, muitos moradores não tem tido consciência necessária. Pedaços de entulho, lixo, resto de materiais de construção são sorrateiramente depositados na rua Havana. No local podem ser vistos resto de produtos, como pias e vasos sanitários, que tem servido para criadouro do mosquito da dengue. A quantidade de água parada pode ser percebida por todos aqueles que passam pelo local. O mato alto também serve como abrigo de animais. De acordo com o morador da rua Havana, Osvaldo José, a situação está desse jeito há cerca de um mês. “Já liguei na prefeitura e demais órgãos, mas até agora nada fizeram” afirma o morador, residente na rua há aproximada-

Situação das esquinas está assim: tomadas pelo lixo

mente quatro anos. O principal foco de problemas está nas esquinas da rua Berenice Dias e Havana. Segundo denúncias recebidas, moradores saem de outras regiões para descartar entulho e muito lixo no local, à noite,

devido à falta de iluminação. A situação é desagradável a todos os moradores da região, que não tem sossego nem durante o dia, tampouco à noite. De acordo com a Semoudes (secretaria municipal de Operações Urbanas e Defesa Social),

até no máximo semana que vem, já serão feitos trabalhos de capina e recolhimento do lixo e dos entulhos no local. Mas conforme informado, os próprios cidadãos devem exercer a cidadania e evitar o descarte de lixo nos locais impróprios.


Cidades 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Após meses de inatividade, “Centro do Imigrante” será demolido No espaço, será instalado um estacionamento para uma empresa localizada próximo ao terreno, que é de propriedade privada Daniel Michelini

Daniel michelini

daniel.resende@gazetaoeste.com.br

Antigo ponto de informações e bom tratamento às pessoas que saíam de outras cidades e vinham à Divinópolis, o Centro do Imigrante, localizado próximo à ponte que dá acesso ao bairro Porto Velho, está fechado há alguns meses. Há alguns anos, o Centro do Imigrante serviu como abrigo às pessoas que sofreram com as enchentes na cidade, fato constante em períodos passados, especialmente nos finais de ano. No entanto, a situação do local é preocupante. Desativado, a casa onde funcionava o Centro está abandonada, com portas arrombadas e janelas quebradas. Algumas denúncias foram feitas,

informando que é constante o movimento de traficantes e usuários de drogas na antiga sede do abrigo, especialmente na parte da noite. Como não há uso freqüente do local, os usuários dormem, fazem necessidades e, segundo comerciantes e pedestres, praticam sexo no local. Na tarde de ontem , a equipe de reportagem do jornal Gazeta do Oeste esteve no local e constatou os problemas quanto à atual estrutura. Por volta das 14h45, uma pessoa, que não quis se identificar, estava saindo da residência, trancando com cadeado o portão. Ao ser questionado sobre a situação da casa, ele confirmou que algumas pessoas estão usando o espaço para uso de drogas, além de outras coisas que desagradam

quem passa pelo local. Quanto à propriedade, ele disse que a casa é particular, pertencente à professora Janeth, de acordo com essa pessoa. Além disso, o homem que estava saindo da residência no momento disse que a casa será demolida, fazendo com que o espaço se transforme num estacionamento próprio de uma empresa localizada ao lado do antigo Centro do Imigrante. E os preparativos já parecem ter começado. Dentro do terreno, já é possível observar muros caídos e materiais no chão. Dessa maneira, em breve, o espaço que era destinado às pessoas que chegavam à Divinópolis e também como abrigo aos necessitados, estará repleto de vagas para veículos.

Casa já se encontra em estado de abandono

Família passa necessidades e pede a ajuda dos divinopolitanos Mãe de cinco filhos e atualmente desempregada a dona de casa teve o beneficio do Bolsa Família cortado, agravando ainda mais a situação da família Mariana Gonçalves

Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

Desempregada e cinco filhos pequenos para sustentar. Vanessa Patrícia Monteiro entrou em contato com a Gazeta solicitando ajuda, já que na justiça o processo além de lento não está dando resultados. A dona de casa atualmente reside no Conjunto Habitacional Jardim Copacabana, mas, teme perder inclusive a moradia por não estar trabalhando e ter em atraso as contas da prestação do imóvel, da Cemig e Copasa. Segundo conta Monteiro, o valor da pensão recebida pelo ex marido é de R$100, já que o mesmo também não possuí boas condições financeiras. O beneficio do Bolsa Família é que ajudava a família a se equilibrar, porém, a dona de casa teve o auxilio cortado e agora luta para que novamente volte a receber essa ajuda. “Fui até no Ministério Público, porque a justificativa de terem bloqueado o meu bolsa família é que um dos meus filhos estava participando do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Teve um período em que ela realmente esteve no

“Eu quero e preciso trabalhar só que não tenho onde deixar meus filhos”, diz a dona de casa

programa, mas ele foi fechado e aí ficamos sem nenhuma ajuda”, afirma Vanessa. Inaugurado no final de 2012 o conjunto Copacabana não possuí unidades de saúde, nem escolas ou creches. Sem ter com quem deixar as crianças, Monteiro, acabou por deixá-los um período do dia sozinhos para que pudesse trabalhar. “Comecei a trabalhar, mas o

“Eu to pedindo pelo amor Deus, socorro!”.

Conselho Tutelar teve aqui em casa por causa de uma denúncia. Eu quero e preciso trabalhar só que não tenho onde deixar meus filhos e aqui no bairro não tem ninguém que olha e nem onde deixar enquanto trabalho”, conta. Ainda segundo a dona de casa o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro São José, está ciente da situação e se propôs a ajudar na busca por uma creche para as crianças, porém, a falta de vagas nesses estabelecimentos tem feito com que Vanessa fique sem poder trabalhar. “Eu fiquei amarrada, sem um ganho, sem um jeito de pagar

uma conta, sem o jeito de comprar um gás, quem me da o gás de vez em quando é minha mãe. Esses dias eu andei até trocando algumas coisas minhas a troco do gás. Recebo algumas doações de mantimentos do pessoal da igreja evangélica, mas não é suficiente. Agora a Cemig veio e cortou a luz, e eu não sei o que fazer com toda essa situação. Eu estou pedindo pelo amor Deus, socorro! Não está tendo condição, já pensei em entregar meus meninos para o conselho tutelar e fazer uma besteira comigo, porque você gera os filhos com muito amor, e depois tem que ver eles passando ne-

Além de contas atrasadas, Vanessa Monteiro, acumula uma serie de documentos protocolados na justiça. Mas, que até agora não trouxeram nenhum resultado

cessidades é muito ruim. Eu já pensei em mil coisas pra fazer, mas vou continuar tentando e persistindo nos meus direitos”, desaba. Dos cinco filhos o mais velho, 15 anos, sofre de pressão alta e foi diagnosticado com uma doença rara nos pés. “O meu menino tem gigantismo no pé, quando descobrimos ele estava no serviço do Pró-jovem oferecido pelo GEEC, então ele estudava e trabalhava. Mas por causa desses problemas de saúde ele foi mandando embora”, explica a dona de casa. Ainda de acordo com Monteiro, a situação financeira da família está complicando até

nos estudos das crianças. “Os meninos estão estudando sem uniforme, sem caderno, o caderno que eles tinham foi até uma colega minha e uma professora da escola que deu, mas também já acabou. Eles não querem nem ir mais à escola porque não tem os materiais. Eu não vou roubar, matar e nem traficar, mas preciso de ajuda”, concluí. A população que quiser contribuir com a doação de cestas básicas e materiais escolares podem entregar os donativos no Conjunto Copacabana, na rua 7 n° 930, ou fazer contato com a moradora através do 8813 – 8668.


08 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Abrigo Vila de Nazaré inaugura sede própria Luiz Felipe Enes

luiz.felipe@gazetaoeste.com.br

A entidade Vila de Nazaré trabalha há 30 anos em prol das crianças, jovens e adolescentes. Pioneira no cuidado e na atenção com os menores. A instituição nasceu na condição de abrigo, acolhendo crianças de rua e fornecendo alimentação, higiene e educação. A sede própria do abrigo será inaugurada na próxima sexta-feira (14). A antiga sede do abrigo era alugada. Recentemente, com doações feitas pela população e lotes doados pela prefeitura municipal contribuíram para o

abrigo possuir sua sede própria. A população tem se sensibilizado com a situação do abrigo e tem abraçado a causa das crianças o dos Jovens. Com uma sede maior, com amplo espaço para melhor atendimento de todos. O evento de inauguração ocorre no dia 14 de Junho às 19h, com a Missa em Ação de Graças, em seguida, as crianças assistidas pela Vila de Nazaré farão apresentação, seguida do descerramento da placa de inauguração. Durante a noite haverá também barraquinhas comercializando comidas típicas, como caldos, espetinho

e doces. Funcionários satisfeitos e empenhados com o novo espaço, estão agraciados com as novas instalações. “Estamos contentes em termos um espaço para zelar com atenção e cuidados necessários às nossas crianças”, afirma José Maria Azevedo, gerente administrativo da fundação. A vila de Nazaré surgiu na vontade de ajudar o próximo. Fundada por “Vó Lila”, em 1984, o abrigo para crianças de rua. A instituição mudou a realidade de vida de muitas crianças de Divinópolis, principalmente da Região Sudeste.

Em 2007, a Vila de Nazaré passa a ser um Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo, assistindo crianças oriundas de famílias carentes, em situação de vulnerabilidade social. Na instituição, as crianças recebem alimentação, cuidados de higiene, aulas de violão, atividades psicopedagógicas, esportivas e lúdicas, além de serem acompanhadas para escola. O trabalho é realizado também junto às famílias, através de palestras e atividades em conjunto, sob orientação de profissionais capacitados,

Copasa fala sobre problema no bairro Candelária Daniel Michelini

Conforme noticiado na edição de quarta-feira (12), moradores da região do bairro Candelária reclamaram de um vazamento de esgoto na entrada do bairro, na rua Mar e Terra. Até o fechamento daquela edição, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), não havia dado a resposta oficial sobre o ocorrido. No entanto, a concessionária enviou uma nota, informando que o problema já foi resolvido.

Confira a nota, na íntegra: “Em atenção à solicitação referente a um vazamento na rede de esgoto localizado na rua Mar e Terra, bairro Candelária, endereço próximo da empresa Zapel, em Divinópolis, informamos que os técnicos da Copasa já estiveram no local e realizaram os devidos reparos. A rede foi desobstruída e a tampa de proteção substituída, já que encontrava-se danificada”.

como psicólogos e assistentes sociais. As ações realizadas pela Vila de Nazaré são desenvolvidas com o apoio de diversos seguimentos da sociedade. Na sede

funciona um telemarketing, onde são captados doações da população e de empresas solidárias que abraçaram a causa. O poder público municipal também apoiou a Vila através de convênios.

HOSPITAL E MATERNIDADE SANTA MÔNICA S/A CNPJ 23.772.726/0001-48 NIRE nº 31300009394 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA

Ficam convocados os senhores acionistas do Hospital e Maternidade Santa Mônica S/A a se reunirem em Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, a realizar-se no dia 27 de junho de 2013, às 15horas e 30 minutos, na Rua Pedro Ferreira do Amaral, nº 33, bairro Padre Libério, Divinópolis (MG), para: (i) tomar as contas dos administradores, examinar, discutir e votar as demonstrações financeiras relativas ao exercício de 2012; (ii) deliberar sobre a destinação do eventual lucro líquido do exercício de 2012 e sobre a eventual distribuição de dividendos; (iii) deliberar sobre a reforma e retificações do estatuto social, conforme proposta da Diretoria; (iv) apresentar sugestões de alteração ao regimento interno do Hospital, conforme proposta da Diretoria. Aviso: todos os documentos relativos à ordem do dia se encontram à disposição dos acionistas na sede da sociedade. Divinópolis, 18 de junho de 2013. Diretor Presidente, Dr. Bruno Franco Amaral.


esporte 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Chico Maia

chicomaiabd@gmail.com

Itália transmite o Brasileirão e fica de olho nas curvas das baianas e cariocas Estou em Roma, onde assim como em todo a Itália, Salvador-BA, é sonho de consumo de quase todo italiano que fala em conhecer o Brasil; em função das praias e das baianas. São Paulo é pouco conhecida e não conheci ninguém que falou em fazer turismo lá. * Há chamadas para a Copa das Confederações em vários canais, destacando a estréia da seleção italiana contra o México, domingo no Maracanã. Poucas imagens de futebol; muitas de carnaval e praias, especialmente das curvas e bundas das mulatas. Aliás, propagandas de agências de turismo mostram só isso; chamada pouco disfarçada para o turismo sexual. * Um dos canais de maior audiência da Itália é o Sportitalia24; só notícias de esportes, 24 horas, 80% futebol. Mostrou trecho de entrevista coletiva do Pelé, com propaganda do governo federal ao fundo, falando o de sempre: que a Copa das Confederações é apenas parte da preparação da seleção e do país para a Copa do Mundo. * Mesmo com o passar do tempo Pelé continua com o prestígio intacto entre a maioria absoluta dos italianos. Segundo o Tiago Falcone, belorizontino que mora em Roma há quatro anos, ele só perde em Nápoli, para o Maradona, que fez milagres, levando o time local aos dois únicos títulos italianos, em fins dos anos 1980, com o Careca de centroavante. Em Roma, Falcão continua “Rei”, seguido pelo zagueiro Aldair (ex-Flamengo) e Toninho Cerezo. * Romanistas mais apaixonados destacam uma “nódoa” na passagem do Falcão pelo time: amarelou e não teve coragem de bater o pênalti decisivo na final da Copa dos Campeões (atual Champions) em 1984, no Estádio Olímpico, contra o Liverpool. Deixou para o Bruno Conti, que errou e o time inglês foi o campeão. Falcão alegou que se machucou durante o jogo e não tinha condição de bater o pênalti. * Outra rede de audiência gigante na Itália é a estatal RAI, que tem dois canais exclusivos de esportes: Sport1 e 2. Finalmente comprou os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro e montou equipe com narradores e comentaristas italianos. Mostra dois jogos por rodada, ao vivo. Um dos principais comentaristas é o José Altafini “Mazzola”, que foi campeão do mundo com o Brasil em 1958 e depois disputou a Copa do Mundo de 1962 pela Itália. * O investimento da RAI no Brasileiro se deve à volta de craques que marcaram o futebol italiano, principalmente os atuais, que retornaram recentemente: Ronaldinho Gaúcho, Pato e principalmente Seedorf, que tem um prestígio fantástico por aqui. Ganhou tudo que disputou pelo Milan e a mesma simpatia pessoal que tem demonstrado no Botafogo, demonstrava no Milão. * Ouço de todo europeu a mesma pergunta: porque o Scolari deixou Ronaldinho Gaúcho fora da seleção que disputará a Copa das Confederações. Só mesmo o Felipão para explicar! * Como a Itália está baseada no Rio, a mídia daqui só fala dos cariocas. Das demais sedes da Copa das Confederações, nada. Tiago Macedo, o “Tito”, que morou em Belo Horizonte durante seis anos, e trabalha no mercado de turismo em Roma, manifestou estranheza com promoção de preços do Hotel Ouro Minas, o nosso único cinco estrelas: R$ 200,00 para casal (70 euros) durante a realização de um evento como a Copa das Confederações: “é o que cobram hotéis de duas estrelas em Roma”.

Definido jogos da Copa do Brasil Washington Alves/VIPCOMM

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira a data dos confrontos válidos pela terceira etapa da Copa do Brasil. Por meio de um sorteio feito pela própria CBF, o Cruzeiro fará o primeiro jogo contra o Atlético-GO, no Mineirão, no dia 9 de julho, terça-feira, às 21h50. A partida de volta acontecerá oito dias depois, no dia 17, quarta-feira, no estádio Serra Dourada, às 19h30. Vale lembrar que, ao contrário das fases anteriores, na terceira etapa do torneio, os confrontos terão obrigatoriamente que ser realizados em partidas de ida e volta, independente do resultado do primeiro jogo. O atual elenco cruzeirense conta com dois atletas que participaram da última intertemporada do Cruzeiro nos Estados Unidos em 2010. Naquela oportunidade, o goleiro Rafael e o volante Henrique participaram de um período de treinos no país norte-americano e também de dois amistosos em Massachussets e Nova Jérsei. Em ambos os jogos, Rafael e Henrique atuaram como titulares e ajudaram o Cruzeiro a vencer o New England Revolution e o New York Red Bulls pelos placares de 3 a 0 e 4 a 2, respectivamente. Como Henrique ainda se recupera de cirurgia no púbis, Rafael será o único remanescente

Rafael acredita que a equipe estrelada retornará ao Brasil ainda mais encorpada

da última ida do clube estrelado aos Estados Unidos. Segundo o arqueiro, viagens como esta tem como ingrediente especial o carinho com que são recebidos os atletas celestes por torcedores que estão vivendo longe do Brasil. “É sempre bom ir aos Estados Unidos, porque nós encontramos muitos brasileiros e muita torcida do Cruzeiro. Há dois anos, nós fomos para lá e encontramos muitos torcedores. A gente vê o carinho das pessoas que estão muito longe e que não podem acompanhar o Cruzeiro como gostariam. É muito bacana esse contato com o torcedor”,

ressaltou o jovem jogador. Após a excursão de 2010, a Raposa voltou mais forte para o Campeonato Brasileiro e terminou a competição na segunda posição, há apenas dois pontos da equipe campeã daquele ano, o Fluminense. Para a atual temporada, Rafael também acredita que a equipe estrelada retornará ao Brasil ainda mais encorpada e preparada para fazer novamente uma bela campanha na competição nacional. “Vai ser um tempo muito bom de treinamento para a gente aprimorar a parte técnica e física. Tenho certeza que vai ser um período bem proveitoso

e espero que a gente volte com força total para o (Campeonato) Brasileiro”, disse o camisa 12 celeste. OUTROS JOGOS O primeiro duelo da terceira fase será entre Salgueiro e Criciúma, no Cornélio de Barros, no dia 2 de julho. Os demais jogos de ida serão disputados nos dias 3,9, 10 e 18. Já as partidas de volta ocorrem nos dias 17, 18, 24 e 25 de julho. O América joga dia 10 de julho ás 21h50 no confronto entre Internacional x América-MG, estádio Centenário.

Seleção treina para a estreia na Copa das Confederações Rafael Ribeiro/CBF

A Seleção Brasileira trabalhou bem na manhã desta quarta-feira, em Goiânia. No gramado perfeito do Estádio Hailé Pinheiro, na Serrinha, Felipão e Murtosa exigiram dos jogadores durante uma hora e meia, em um trabalho técnico em que foram condicionadas situações da dinâmica que se repete nos jogos. O treino foi proveitoso também porque o time está na reta final da preparação para a estreia na Copa das Confederações no sábado, em Brasília, contra o Japão, às 16 horas, no Estádio Mané Garrincha. Na primeira etapa, aquecimento com Paulo Paixão, seguido de um trabalho técnico, com três times se alternando em um jogo de campo reduzido. Nesses exercícios, são aprimorados os passes, visão de jogo, raciocínio rápido, aproximação e concentração. “É um trabalho muito dinâmico, que exige dos jogadores reação imediata a situações que

se repetem nos jogos. Foi um treino muito proveitoso”, explicou o auxiliar Flávio Murtosa. Depois houve exercícios de saída de bola, cruzamentos e concluções a gol, em que os jogadores de todas as posições participavam de ações ofensivas e defensivas. Na parte final, os jogadores treinaram chutes a gol. O treinamento foi aberto para os torcedores. E eles compareceram em grande número para acompanhar a atividade, só se manifestando para incentivar os jogadores, à espera do final para ter um contato com os craques. Quem esperou foi recompensado. Todos os jogadores atenderam as pessoas, indo até o alambrado para um contato mais aproximado, tirando fotos e assinando as muitas camisas que lhes eram passadas. Todo mundo saiu assim feliz da Serrinha. Os jogadores, por se verem reconhecidos e admirados

Neymar foi o mais procurado pelos torcedores presentes na Serrinha

por onde passam. Os torcedores, por saírem com verdadeiros troféus nas mãos, como a foto que o pequeno Gabriel, 10 anos, tirou no seu celular com Neymar. “Vou botar rapidinho no instagram e no facebook essa foto”. Ao ser

abraçado por Neymar, Gabriel ficou emocionado. Segurou o choro. “Meu sonho era conhecer o Neymar. Não acredito que isso aconteceu, que cheguei perto dele. Ele é simples e me deu toda a atenção”.


10 esporte

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Disputas emocionantes marcaram Campeonato Regional de Natação Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O Campeonato Regional de Natação de Inverno, realizado no Estrela do Oeste Clube reservou fortes emoções para as equipes. Recordes quebrados e muitos deles graças a soma de trabalhos realizados ao longo dos anos e da renovação que todas as equipes sempre tentam fazer da melhor forma. O Lavras Tênis Clube (LTC) se deu bem na disputa. Isa Karla Dias, no infantil I estabeleceu nova marca para os 100m costas sendo de 1’16”60, a marca anterior era de Camila Camargos Amorim, em 2001. A atleta de Lavras ainda quebrou o recorde nos 100m borboleta com 1’28”70 contra 1’29”31 de Cleidiele Gonçalves Maia do Cepelt. Na mesma prova o atleta minastenista Julio Melo Baganha fez em 1’24”05. Ainda Felipe Diniz Saiani, Junior II estabeleceu nova marca nos 100m costas em 1’14”28, que antes pertencia a Vinícius Ferreira Noronha com 1’21”43. Também

nos 100m borboleta ele fez em 1’07”75 contra 1’12”66 de Renato Assunção Guimarães (EOC) estabelecido no ano passado. Juliane Lima Faria quebrou o recorde nos 100m borboleta adulto, antes pertencente a Juliana Barcelos Carvalho (EOC) com 1’34”23 e a nova marca é 1’24”99. A disputa Lavras e Estrela se intensificou na categoria Junior II. Na prova dos 100m livre Gabriel Adas (EOC) quebrou o recorde de Renato Assunção Guimarães. Adas fez em 1’00”00 contra 1’00”07 de Assunção em 2012, na mesma prova Eduardo Henrique Haddad (LTC) superou os dois atletas estrelinos estabelecendo 56’30. A história se repetiu nos 200m medley. Os atletas entraram na piscina para superar a marca de 2’44”37 de Igor Dias Ferreira (EOC) e Gabriel Adas conseguiu em 2’43”09, mas Haddad estava em um dia inspirado e fez em 2’22”89. Eduardo Haddad ainda estabeleceu nova marca nos 400m livre com 4’41”84 contra 5’07”80 de Renato Assunção Guimarães e recorde

também nos 100m peito com o tempo de 1’12”87 contra 1’15”24 de Igor Dias Ferreira, em 2012. O Estrela teve na piscina Gabriel Resende Nogueira, petiz II, ele fez em 34”01 os 50m livre e quebrou o recorde de Paulo Henrique do Gammon, estabelecido em 2004 e também nos 100m livre, Nogueira nadou 1’18”96 contra 1’19”21 de Alexandre Lima Diniz, em 2004. O atleta falou sobre a conquista: “Treinei muito, duas horas por dia e agora está fazendo a diferença”, garantiu. Pelo Centro Esportivo Olimpico/Divinópolis Tênis Clube (CEO/DTC) Marcela Diogo Santos estabeleceu nova marca nos 100m livre junior II em 1’36”99 e nos 100m peito em 2’00”46. Letícia Silva Ferreira com 1’11”57 quebrou o recorde nos 100m costas juvenil II. O recorde pertencia a colega de equipe Bárbara Franco Camargos e perdurou apenas um ano. Letícia fala sobre a conquista: “Resultado muito bom, consequência de um treinamento forte e mesmo com o frio que nos prejudica

Natação movimentou a piscina do Estrela do Oeste Clube e os recordes puderam ser comemorados por todos os participantes

desenvolvemos um treino muito bom, para campeonato mineiro dá medalha, mas quero mais”, disse. Pelo Tropical de Itaúna Ana Luiza da Silva Fernandes, petiz

II fez em 31”48 os 50m livre, antes Camila Teixeira Avelar era dona da melhor marca. A próxima competição em Divinópolis é dia 31 de agosto, no Estrela do Oeste Clube sen-

do o IV Torneio Regional, antes haverá dia 15 o festival mirim da Federação Aquática Mineira, no Olympico Clube. De 21 a 23 a XIV Supercopa de natação no Praia Clube.

Prazo para cadastramento em microrregionais dos Jogos de Minas termina nesta sexta-feira Os interessados em se inscrever na terceira e quarta etapas das microrregionais dos Jogos de Minas de Coronel Fabriciano, Jequitinhonha, Juiz de Fora, Janaúba, Uberaba e Monte Carmelo devem se apressar, pois, a data para o cadastramento no sistema dos atletas, técnicos e representantes municipais nas disputas termina nesta sexta-feira (14). A

inscrição deverá ser feita no site jogosdeminas.esportes.mg.gov. br pela prefeitura, que também terá que observar se todos os competidores são filiados às federações relacionadas a cada modalidade uma das exigências para participação. Em caso de dúvidas, o gestor poderá acessar o site dos jogos, nota dois. Essas microrregionais contemplam as modalidades coleti-

vas de basquetebol, futsal, handebol e voleibol da competição, executada e implementada pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ). O objetivo do programa é o desenvolvimento integral do esportista com foco no pleno exercício da cidadania. Alteração A comissão organizadora

dos jogos modificou as datas de realização do Nordeste B e Triângulo B dos Jogos de Minas, com sedes em Jequitinhonha e Monte Carmelo. Elas acontecerão no período de 13 a 17 de julho e 24 a 28 de julho, respectivamente (nota 18 no site dos jogos). As competições das modalidades individuais - atletismo, atletismo pessoa com deficiência

(pcd), ciclismo moutain bike e speed, judô, karatê, natação, natação pcd, taekwondo, tênis de mesa e tênis de mesa adaptado, estão previstas para novembro, com locais a serem definidos. Jogos de Minas A competição envolve atletas e equipes federadas de diversos municípios mineiros, inclusive Belo Horizonte. Evento surgido da

evolução do JIMI,dá continuidade a mais tradicional competição do esporte especializado desenvolvida no Estado, mantendo em sua essência os fundamentos que o nortearam em suas 28 edições anteriores, ou seja, a busca do fortalecimento esportivo dos municípios do interior e o surgimento de talentos que possam representar o Estado nas principais competições nacionais e internacionais.

Max Shop no 50mais buscando o Bi Campeonato em 2013 Divulgação

Mais uma semana cheia de partidas foi completada na Sede Campestre do Divinópolis Clube pelos Torneios de Society Máster e 50 mais na temporada 2013.

Nesta semana foram realizadas oito partidas pelas duas competições e o final de semana foi recheado de gols. Na sexta-feira (07), o Café dos

Motoristas / Oficina do Gury venceu pelo placar de 3x2 o Só Sports em partida muito disputada dentro de campo. Para o Café, marcaram o artilheiro Vicente, Antônio Fernando e Aílton Máximo, para o Só Sports descontaram Elder Antônio e Márcio Rodrigues. Ainda pelo 50 mais, ocorreu no sábado (08) duas partidas, a primeira entre Bella Video e Lugo Esportes / JR Serralheria, empate de 1x1, destaque para Marquinho que fez um belo gol para a Bella Video após lindo drible ao seu marcado e Eduardo Eliseu, em uma bela jogada armada pela Lugo Esportes / JR Serralheria finalizou com perfeição para o fundo das redes do adversário. Encerrando as partidas do sábado (08), Zayon Jeans e Uni-

med, ficaram também no empate de 1x1 , para a Zayon Jeans gol do Antônio Barbosa e para a Unimed do artilheiro Roberval Mariano. Finalizando a rodada do 50 mais, a atual equipe campeã da competição foi derrotada pelo placar de 6x2 pela Pedalar / Doug Man. Para a equipe vencedora, marcaram: Zé Cristino (2x), Julinho, Platini, Walter e Carlão. Pela Categoria Máster duas partidas complementaram a rodada, no sábado (08) a Nova Cajuru Móveis venceu a Lugo Esportes / Ajax / Cia do Lanche pelo placar de 08 x 06, para a Nova Cajuru Móveis, assinalaram os seguintes atletas: Evaldo José (3x), Antônio Carlos (5x) e Walmir e Cláudio Queiroz. Para a equipe perdedora foram os seguintes

atletas goleadores: Jonas (3x), Edmarzinho, Wilson e Fábio. Na partida que encerrava todos os jogos da semana, o Zoião Veículos / Total Parts goleou a Pedalar e venceu por 05 x 00 com os cinco gols de Idemar, destaque da partida que estava em 00 x 00 antes de sua chegada em campo. Esta semana a rodada foi aberta a partir de terça – feira (11) e teve uma pausa ontem e será complementada de hoje à domingo (16) na Sede Campestre. Inscrições Abertas para a Adulto e Série B Neste sábado o associado que interessar poderá realizar a inscrição individual na Série B do Divinópolis Clube e os representantes interessados em elaborar

suas equipes para o tradicional Adulto poderão retirar sua ficha de inscrição pelo email: leviesportes7@gmail.com Para participar da Série B, os atletas deverão ter acima de 16 anos, lembrando que as inscrições irão acontecer até o dia 23 de Junho e as equipes serão formadas por meio de Sorteio após o encerramento de inscrições , a expectativa é de que 8 equipes possam participar. Pelo Campeonato Adulto, uma reformulação de equipes vem acontecendo nos bastidores, a união de alguns associados está fazendo surgir novas equipes e com o novo formato do Máster, equipes tradicionais também já articulam para garantir sua participação na temporada 2013.


polícia 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Polícia Federal monta esquema especial para atuação durante a Copa das Confederações Efetivo na capital mineira contará com o reforço de todas as Delegacias do estado, entre elas a de Divinópolis. Durante a tarde de hoje o Grupo de Bombas e Explosivos da PF fará um treinamento no Aeroporto da Pampulha aberto à imprensa Divulgação PF

Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

A Polícia Federal também participará da segurança da Copa das Confederações que terá início no próximo sábado (15) em Belo Horizonte. É o que afirma um comunicado divulgado pela agência de notícias da PF. Durante a realização do evento, o efetivo da Superintendência de Minas Gerais, contando também com as Delegacias do interior do estado, será empenhado. Dentre as Delegacias do interior que terão os seus efetivos concentrados na Copa está a de Divinópolis. Também fazem parte as Delegacias de Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberaba, Uberlândia e Varginha. Ainda de acordo com a PF, policiais federais lotados nas Superintendências dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul também reforçarão o efetivo na

capital mineira. O alto número de pessoas empregadas na cobertura deste evento se explica devido à necessidade de um minucioso planejamento e de grandes operações. Além da Copa das Confederações, o país se prepara para receber nos próximos anos a Copa do Mundo da FIFA e as Olimpíadas, o que na visão da PF demanda um elevado nível de mobilização de pessoal e forças de segurança pública, e ainda a incorporação gradual de novas práticas e das mais avançadas tecnologias. Em Belo horizonte as ações da Polícia Federal serão distribuídas em 19 áreas técnicas, atuando tanto preventivamente (inteligência, controle migratório, antiterrorismo), como repressivamente (Grupo Tático e Operações Especiais). As ações serão desenvolvidas juntamente com outros órgãos de segurança

envolvidos no evento. Devido ao fluxo elevado de estrangeiro durante a Copa, a PF também terá acesso ao banco de dados e consultas a todas as nações integrantes da Polícia Criminal Internacional (Interpol), evitando assim a entrada de foragidos no país, bem como na localização de procurados internacionais, desaparecidos e veículos subtraídos. Treinamento do Grupo de Bombas e Explosivos (GBE) Na tarde de hoje o Grupo de Bombas e Explosivos (GBE) da Polícia Federal realizará um treinamento na Sessão Contra Incêndio do Aeroporto da Pampulha. O treinamento consistirá em um nivelamento de conhecimento acerca dos equipamentos que serão utilizados durante a Copa das Confederações. O treinamento será aberto para a imprensa e haverá a demonstração destes equipamentos, como aparelhos

Grupo de Bombas e Explosivos da Polícia Federal realiza treinamento na tarde de hoje no Aeroporto da Pampulha

de raio-x, robôs, trajes anti-fragmentação, canhões d’água e kits de cordas e ganchos. A Polícia Federal informou

ainda que o GBE tem como principal finalidade atuar em caráter preventivo (em vistorias de segurança antibombas), em

contramedidas (na identificação de artefatos suspeitos) e também em perícias de explosivos e pós-explosão.

Adolescente é apreendido traficando drogas no Maria Helena Polícia Militar do Meio Ambiente Jovem de 17 anos foi apreendido durante a madrugada de ontem durante um patrulhamento realizado pela PM. Com o menor foram apreendidos vários papelotes de cocaína Divulgação PM

A Polícia Militar apreendeu durante a madrugada de ontem um menor infrator de 17 anos suspeito de tráfico de drogas no bairro Maria Helena. A apreensão do jovem e dos entorpecentes ocorreu devido a denúncias da população. De acordo com a PM, por volta de 01h10, militares realizavam um patrulhamento pelo referido bairro, quando receberam denúncias de que teria um indivíduo traficando drogas na rua Santo Expedito. Assim, os militares se deslocaram para um local estratégico, onde foi possível visualizar o suspeito fazendo contato com os usuários. Logo após o contato com o usuário, o menor se dirigia para próximo ao meio fio e retirava algo de uma sacola e colocava no bolso. Diante

dos fatos, as equipes da PM se deslocaram para proceder a abordagem ao menor, porém quando ele percebeu a presença das guarnições tentou fugir para dentro da residência, mas acabou sendo contido. Foram feitas buscas no suspeito, quando foi localizado em seu bolso um embrulho contendo cocaína e a quantia de 40 reais em dinheiro. No local onde o menor escondia as drogas, os militares encontraram a sacola contendo em seu interior 40 papelotes de cocaína. Dessa forma, o menor infrator foi apreendido e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil, bem como os materiais recolhidos, onde foi autuado. ( E.U.)

Foram apreendidos 40 papelotes de cocaína, além de dinheiro, com um menor infrator no bairro Maria Helena durante a noite de terça-feira (11)

Drogas são apreendidas com menor no bairro Belvedere Um menor infrator de 17 anos foi apreendido durante a noite de terça-feira (11) no bairro Belvedere, suspeito de traficar drogas. A apreensão do menor, bem como dos entorpecentes, só foi possível graças as denúncias da população.

Segundo informações repassadas pela PM, militares foram acionados na rua Nilza Gonçalves Corrêa, onde denúncias relatavam que vários indivíduos estariam fazendo o uso de entorpecentes no interior de uma construção. No

local os militares abordaram “M”, de 17 anos, juntamente com outros menores. Depois de buscas, os militares encontraram uma pochete em posse do referido menor, contendo uma porção de maconha, bem como uma mochila, um marte-

lo e uma lanterna. Diante dos fatos, o menor infrator foi apreendido e levado para a Delegacia da Polícia Civil, bem como os materiais apreendidos, onde foi autuado. ( E.U.)

premia estudantes vencedores de concurso de desenhos

Concurso fez parte das comemorações do Dia do Meio Ambiente e contou com a participação de estudantes de escolas públicas das sete cidades que compõem o 4° Pelotão Especial de Meio Ambiente Durante a manhã de ontem a Polícia Militar de Meio Ambiente realizou a entrega de prêmios para as crianças que venceram o concurso de desenho promovido pela instituição em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, celebrado no dia 05 de junho. Ao todo três crianças foram recebidas no quartel da instituição durante uma solenidade. Participaram do concurso alunos de sete escolas da rede pública de ensino das cidades que pertencem à jurisdição do 4º Pelotão Especial de Meio Ambiente. As cidades participantes foram Carmo do Cajuru, Cláudio, Divinópolis, Itapecerica, Itaúna, Pará de Minas e Pitangui. Este ano o concurso teve como tema “Atitudes que Salvam o Meio Ambiente”. Os desenhos vencedores foram escolhidos pela coerência com o tema proposto. Os alunos premiados foram Ana Luiza Tava-

res Fonte Boa, de Divinópolis, que ficou em primeiro lugar, Gabriela Gomes Vilela, de Carmo do Cajuru, que alcançou o segundo lugar e Matheus Teodoro de Carvalho, de Pará de minas, no terceiro posto. A PMMA ressaltou que centenas de crianças enviaram desenhos para o concurso. O concurso promovido pela Polícia Militar de Meio Ambiente tem como objetivo a educação dos alunos para uma vida auto-sustentável, que pode ser conseguida através de informações, exemplos de cidadania e de consciência ecológica em prol da preservação ecológica. Para a instituição, as crianças representam o futuro do país e da humanidade, assim através da educação busca trabalhar esta consciência ambiental juntamente com as escolas, ensinando a importância do meio ambiente para uma melhor qualidade de vida. ( E.U.)

www.g37.com.br | gazeta@gazetaoeste.com.br


12 geral

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

ÁGUA DA GENTE. O MAIOR PROGRAMA DE ÁGUA E ESGOTO DA HISTÓRIA DE MINAS.

O programa Água da Gente é o resultado de um compromisso do Governo de Minas e da Copasa com a melhoria das condições de vida dos mineiros e um marco na história de Minas. O programa irá melhorar e modernizar os sistemas de tratamento de água e de esgoto em todo o Estado.

O Governo de Minas e a Copasa deixam claro e transparente o futuro de milhões de mineiros. O maior investimento da nossa história: até 2016, mais de

4,5 BILHÕES DE REAIS

Em 2003, apenas 10,4 milhões de mineiros tinham água tratada da Copasa.

Em 2003, apenas 4,8 milhões de mineiros tinham rede de esgoto da Copasa.

Em 2016, serão mais de

Em 2016, serão mais de

15,2 MILHÕES

10 MILHÕES

Em 2016, onde tem Copasa

85%

da população terá esgoto tratado

Levar água com a máxima qualidade e garantir tratamento de esgoto para milhões de pessoas abrem caminho para o desenvolvimento, para gerar empregos, para melhorar a saúde, para evitar doenças, para preservar os nossos rios e para garantir melhor qualidade de vida para as pessoas.

ATÉ O FINAL DE 2016,

107 NOVAS ETE

S

(ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO)

Nos 50 anos da Copasa, o programa Água da Gente mostra que Minas tem trabalho eficiente e resultados para as pessoas.


Tenho nome atípico: Que situação! Pessoas com nomes “originais” passam por situações embaraçosas no cotidiano Primeiro dia de aula. A tensão é vista no olhar assustado e curioso de todos quietos, se conhecendo. Como de costume, o ritual de apresentação e, junto com ele, a primeira “chamada” da turma. No quinto nome a professora gagueja, repete, lê o diário mais duas vezes e, com muita dificuldade, pronuncia: “Shandryll Stéphano Cordeiro Bibiano”. Após esse momento os nervos transformam-se em suor, o aluno corrige e ensina à professora a pronúncia correta de seu nome e, envergonhado, percebe os risos dos colegas ao lado. Você deve ter se lembrado de alguma situação de sua infância ou adolescência ao ler o relato real do estudante de 19 anos, Shandryll Stéphano. Quando criança, já passou por diversas situações embaraçosas por conta do nome escolhido pela mãe. A origem é do livro “Príncipe dos Mares”, obra na qual ela encontrou o nome ideal para o filho. O nome é a designação pela qual a pessoa se identifica no seio familiar e da sociedade. De acordo com artigo 55 da Lei 6.015/1973 (Lei de Registros Públicos), Parágrafo Único, o prenome [ou primeiro nome] pode ser livremente escolhido pelos pais, desde que não exponha o filho ao ridículo. Os irmãos não podem ter o mesmo prenome, a não ser que seja duplo, estabelecendo assim a distinção. Já o sobrenome, que é o sinal que identifica a procedência da pessoa, indicando a sua filiação ou estirpe, tem caráter puramente declaratório, podendo ser do pai, da mãe ou de ambos, simples ou composto

como nos exemplos Santos Silva ou Ribeiro das Neves. Apesar da lei, não é difícil encontrar nomes atípicos. Por curiosidade, a equipe de reportagem procurou na lista de aprovados em vestibulares diversos nomes diferentes e, acredite, muitos são surpreendentes: Paola Ribeiro Mil-Homens, Adolfo Hitlher Modesto Costa, Tessy Nnonyelum Miozzo Ezeagu, Deusa do Amor Divino Tortiere, dentre vários outros. A escolha de um nome envolve uma história e sempre há uma curiosidade em desvenda-la. A professora de Língua Portuguesa, Maria Rasmenite Pereira, conta que a escolha de seu nome foi feita pelo seu irmão. Em um passeio pela cidade de Aparecida, no estado de São Paulo, ele conheceu uma árabe com a qual teve um relacionamento amoroso. Com o encantamento pela estrangeira, sugeriu à mãe o mesmo nome para sua irmã. “Rass”, como gosta de ser chamada, afirma que não tem problemas com seu nome. “Acho a história da escolha curiosa e envolvente. A minha família me chama carinhosamente de Menite e meus alunos aderiram o apelido de Rass”, diz. Divertido ou não, ter um nome atípico pode causar revolta e, em alguns casos, transformar-se em bullying, trazendo várias consequências para a vítima. A estudante de 11 anos, Sameg Batista de Almeida, afirma que o local onde mais sofre preconceitos é na escola, por parte de outros alunos. No entanto, ela conta que sempre tenta lembrar que seu nome foi escolhido com

muito carinho pelo seu pai, que encontrou seu nome na Bíblia. “Sameg eram as costureiras que bordavam os vestidos das rainhas e princesas. Eu gosto muito disso!”, declara a garota. Tem como mudar? Apelidos podem ser uma saída para evitar constrangimentos e as dificuldades de pronúncia de nomes diferentes, além de ser uma forma carinhosa para chamar alguém. O advogado Frederico Dutra Santiago relata que já atendeu uma cliente chamada Florência que, em sua profissão de publicitária, adotou seu pseudônimo de “Flor” e entrou com uma ação judicial pedindo a alteração, argumentando apelido publico notório. O processo decorreu por seis meses e a retificação foi aceita com sucesso. Esse caso seria o mesmo de Luiz Inácio da Silva, o “Lula”, de Maria das Graças, a conhecida “Xuxa” Meneguel, e até mesmo de Edson Arantes do Nascimento que, caso achasse viável, poderia pedir a alteração de seu nome para Pelé. As retificações de nomes, segundo a Lei de Registros Públicos, permitem a alteração em juízo nos seguintes casos: quando acontece um evidente erro gráfico; em razão de fundada exposição do indivíduo ao ridículo; se a pessoa é conhecida de todos por prenome diverso do que consta de seu registro; e também para tradução de nomes estrangeiros para facilitar o aculturamento dos estrangeiros que venham a fixar-se no Brasil. Nesses casos, as alterações podem ser feitas após o interessa-

O estudante Shandryll Stéphano diz que já passou por situações embaraçosas na infância pelo seu nome, inspirado no livro “O Príncipe dos Mares”

do ter atingido um ano da maioridade civil, pela via administrativa e por decisão judicial, e apenas por exceções e motivadamente. Em casos isolados, a alteração também será aceita em proteção às vitimas e testemunhas ameaçadas, permitindo-se a averbação da sentença concessiva da alteração do nome, imposta como medida de proteção, sem menção ao nome alterado. O nome completo também pode sofrer retificações no caso de adoções, no reconhecimento de filho, na união estável, na separação judicial e no divórcio. Sem preocupação A estudante Kassandra de Oliveira Barbosa diz que, apesar de ter um prenome exótico, não tem interesse em muda-lo, pois é uma maneira de se tornar única e exalta que o nome é o espelho de sua personalidade. A escolha desse nome veio pelo fato de seu pai ser um admirador da literatura estrangeira. Durante a sua gestação, ele achou que o nome de sua autora favorita era bonito e perfeito para sua filha. Sobretudo, a estudante está com uma ação junto com seu advogado para retificar o seu sobrenome. Ela pretende adicionar o sobrenome “Gurgel”, que é de sua avó, de quem gosta muito. Kassandra lembra de uma situação embaraçosa que já passou por ter um nome atípico. “Certa vez conheci uma mulher que era apaixonada por uma novela que tinha uma personagem com o meu nome. Ela ficava conversando comigo como se fosse com a personagem e me fazendo perguntas estranhas. Só que eu nunca cheguei a ver a novela, então a conversa foi um pouco complicada. Achei engraçado e acabei virando amiga dela. Até hoje ela me chama de cigana Kassandra, fazendo referencia a quando nos conhecemos”, conta. Em Divinópolis, a averbação de nomes não é tão frequente. O auxiliar de cartório Felipe Augusto Andrade ressalta não ter feito um registro sequer nos casos apontados acima. O valor da averbação é R$84,90 e leva cinco dias para ficar pronta. Felipe declara que o registro pode ser feito na cidade onde a criança nasceu ou onde os pais têm residência fixa. O funcionário do cartório pode se negar a registrar um nome na situação de achar que ele irá expor a criança ao ridículo. “O registro mais atípico que fiz foi Dhiennyffe e o mais diferente que apareceu no cartório foi Rolando Abaixo da Silva”, conta o auxiliar.

Kassandra Barbosa, na foto com a mãe, Simone Gurgel, se diz satisfeita com o nome, mas tenta adicionar o sobrenome da avó ao seu

Existem muitas pessoas que, apesar de ter um nome atípico, não pensam em mudá-lo. Este é o caso de Sirvoley José Fernandes Anunciação, “xará” de um jogador de futebol que seu pai, hoje falecido, admirava. Sirvoley declara que seu nome, de certa forma, é uma ligação com seu pai. “A única coisa que me irrita é ter que pronunciar e soletrar meu nome todas as vezes que alguém não entende”, brinca Sirvoley. Origens curiosas Histórias engraçadas também acontecem na origem dos nomes. Um destes exemplos é Odlareg, que trabalha como gerente de uma loja de eletrodomesticos em Divinópolis. Se observar bem, Odlareg é o nome “Geraldo” ao contrário. Essa foi a saída encontrada pelo seu pai que, ao nomeá-lo, quis homenagear o avô de Odlareg, que tinha o nome escrito na grafia mais usual. Para fugir do “comum” Geraldo Neto, decidiu colocar o mesmo nome, só que ao contrário. “Quando os clientes falam comigo acham estranho no começo, mas no final da compra já se adaptaram”, conta o gerente. Nas festas de confraternização da empresa, quando há o sorteio de prêmios, Odlareg lembra que uma vez ganhou o sorteio, mas, quando o apresentador foi cha-

mar seu nome, ele teve muitas dificuldades. Isso fez com que as pessoas caíssem na gargalhada, pois o seu nome foi pronunciado totalmente diferente. No final, o apresentador até brincou: “Posso te chamar de Geraldo ao contrário?” Apesar de todos os problemas, hoje ele já não sente mais receio de pronunciar seu nome, pois sabe que vai ser uma novidade para as pessoas. Odlareg até gosta de ter um prenome diferente, pois não conhece ninguém com o mesmo nome. “Tenho até vontade de conhecer outras pessoas que possuam o mesmo nome que eu, queria ter um xará”, comenta o gerente.

Reportagem produzida pelos alunos do curso de Jornalismo da Faculdade Pitágoras Divinópolis/ MG: Bárbara Sousa e Philipe Lopes (3º período) Fotos: Arquivo pessoal Edição e Supervisão: Prof. Ricardo Nogueira (MG 11.295 JP)


02 Variedades

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Marco Aurélio Braga braga.marco@gmail.com

Eleitor

Araxá

O site do TRE Minas Gerais divulgou matéria destacando que já no início da implantação do sistema de agendamento do recadastramento biométrico em Divinópolis, 1.137 eleitores já fizeram o agendamento do atendimento via internet. Para o mês de junho, restam apenas 786 vagas disponíveis para agendamento, correspondentes a cerca de 40% do total. Para agendar o atendimento, o eleitor deve entrar no site do TRE na internet, e acessar o link “Recadastramento Biométrico em Minas”. A documentação necessária a ser apresentada pessoalmente pelo eleitor no dia em que estiver agendado para ser atendido será a mesma que vem sendo exigida desde o início do recadastramento. Além de ter suas digitais coletadas pelo leitor biométrico, será tirada uma foto do eleitor para ficar cadastrada no banco de dados da Justiça Eleitoral.

Começa nesta quinta-feira, o Conexão Empresarial Araxá 2013. A abertura será com coquetel onde haverá um show com o Quarteto em Cy que homenageará os 100 anos de Vinícius de Moraes. O evento, no Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá, reúne 500 convidados da VB Comunicação, promotora do evento e de seus patrocinadores. Amanhã será aberta a fase de trabalho com a realização do ciclo de debates, com a participação de especialistas de diversos setores, da iniciativa privada e da área pública. A palestra de abertura será do governador Antonio Anastasia. Serão palestrantes também o ministro Fernando Pimentel, do Desenvolvimento e Comércio Exterior; dos governadores de Pernambuco, Eduardo Campos, da Bahia Jacques Wagner, e o Ph.d em economia, Paulo Rabello de Castro. O Conexão Empresarial Araxá terá atividades para os convidados até no domingo, dia 16.

A designer de interiores Raquel Machado em Londres

A bloqueira Lívia Giovanardi

Ouro Preto

Alemanha O divinopolitano Rômulo Corrêa, que mora há vários anos em Berlim, na Alemanha, e onde faz sucesso com suas intervenções artísticas, manda notícias. Esta semana ele finalizou toda a produção do documentário e do ensaio fotográfico com o cantor Edson Cordeiro, tudo executado na Europa. Edson Cordeiro é um contratenor brasileiro que dos seis aos 16 anos cantou no coro da igreja evangélica freqüentada por seus pais. Seu timbre vocal é de contratenor (voz masculina aguda, cuja tessitura pode corresponder à do soprano, do alto ou do contralto) e o repertório eclético, fez com este desenvolvesse suas turnês de sucesso em vários países da Europa.

Os noivos Gustavo Laranjo e Flávia Rachid com Lilian Rachid em ritmo de festa junina

As amigas Lucilaura Fernandes, Rosângela Mourão, Marília Santos, Fátima Mesquita, Margareth Mesquita, Betinha Lara e Eliane Rocha

VOCÊ QUER. QUER. VOCÊ PODE. VOCÊ QUER. QUER. VOCÊ PODE. Lider em até

10x

sem juros

A histórica cidade de Ouro Preto será palco da CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto, evento que foca a preservação, a história e a educação audiovisual. O início da programação de sua oitava edição é hoje. A abertura oficial da mostra está marcada para as 20h30, no Cine Vila Rica, com as exibições do curta Uma Alegria Selvagem, de Jurandyr Noronha, e do longa Brasil Ano 2000, de Walter Lima Jr, ambos homenageados desta edição. A cerimônia de abertura no Cine Vila Rica, que contemplará as homenagens a Jurandyr Noronha e Walter Lima Jr, contará com uma performance audiovisual assinada por Chico de Paula e André Amparo que irá apresentar ao público o conceito da temática da 8ª CineOP. A performance conta com participação especial de Rodolfo Vaz – ator que já acumulou diversos prêmios e desde 1989 integra o Grupo Galpão – e do DJ Rafael Soares.

MENTALIZE E APROVEITE MG | Divinópolis – Rua Goiás, 219 – Centro – 3221-9466 SP | RJ | ES | DF | BA liderinteriores.com.br liderinterioresperfil

@LiderInteriores


Variedades 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

De mãe prá filho Ângela Alvim feliz da vida com a decisão de Pedro Alvim, que morou vários anos em Barcelona, na Europa, em assumir ao lado dela os negócios da Ângela Alvim Decoração. Mãe e filho reformaram a loja e estão cheios de projetos para o segundo semestre.

Melhorias

Selma Morsoletto com os filhos Henrique e Natalie, em NY

Crônicas Íris Moreira tem brindado amigos internautas da sua página no site de relacionamentos Facebook com deliciosas crônicas. Sugerimos a ela, e agora tornamos público a reivindicação, de que as mesmas façam parte de um livro. Sobrinha e afilhada do saudoso colunista social Ivan Silva, Íris herdou dele a arte do bem escrever.

Preparativos

Uma reunião convocada pelo presidente da Câmara Municipal, o vereador Rodyson, há alguns dias atrás e realizada no gabinete do prefeito Vladimir Azevedo, deu início as mudanças no quarteirão fechado da rua São Paulo. A banca de revista desativada, que enferrujava no local e servia de banheiro público para os moradores de rua e de ninho para ratos, foi retirada por equipe chefiada por Simonides Quadros, que também comentou a possível retirada do quiosque da Trancid que também funciona no mesmo quarteirão. Marcus Machado chefiou o grupo de pessoas que fizeram plantio de flores nos canteiros da praça. Agora aguardamos a implantação do projeto arquitetônico que deve modernizar o espaço.

Imprensa Fonte segura deste espaço comentou que, possivelmente, o grupo MPA- Mayrinck Pinto de Aguiar e o diário Gazeta do Oeste assumiriam, com exclusividade, a cobertura da Divinaexpo 2014 e que estas negociações foram iniciadas na semana passada.

Lúcio Flávio Guimarães e Ione Rachid deram carta branca para que a filha caçula, a médica Flávia Rachid Guimarães, cuide de todos os detalhes de seu casamento com o também médico Gustavo Laranjo. A cerimônia será nos salões do Yellow Hall quando julho chegar e, com certeza, será um momento único e inesquecível.

Casa aberta Edson Gonçalves anfitrionou, na noite da última terça-feira (11), amigos que foram abraçá-lo pelo aniversário. A comemoração, em estilo “open house”, foi no apê do poeta, colunista e professor no Sidil.

Gilberto Pardini e Gisele Marra na festa dos 20 anos da Gazeta do Oeste


04 Variedades

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Horóscopo

Novelas

Gusttavo Lima é padrinho de casamento de Edson, da dupla “ Edson & Hudson ” Divulgação

Flor do caribe Globo - 18h Cassiano diz a Cristal que não confia mais nela. Taís e Ester inauguram a empresa Sua criatividade vai estar à flor da pele. Quanto maior o envolvimento com a sua profissão, maior será a sua independência e autonomia. No campo afetivo, o astral de grande descontração, leveza e prazer.

de bugues. Alberto pede a Gonzalo que afaste Dom Rafael de seu caminho. Cassiano pergunta a Cristal onde Dom Rafael está escondido. Bibiana, Donato e os filhos vão à festa de aniversário de

Um pouco de privacidade é tudo o que você precisa neste dia, inclusive no setor profissional. Do ponto de vista emocional, o astral anda mais retraído. Talvez seja hora de respeitar seu desejo de ficar só.

Hélio, e o executivo fica constrangido com

Bom astral para quem deseja assimilar novas informações, ampliar seus contatos e mostrar mais interesse por assuntos novos e diferentes.

Sangue bom Globo - 19h

a presença de sua família. Alberto se irrita com o choro de Laurinha. Cassiano e Dom Rafael se reencontram.

Glória fica intrigada ao ver Bento obO seu progresso material está em destaque, hoje, por isso não deixe pra depois o que você pode conseguir agora. Não tenha medo de lutar por sua independência no campo profissional.

servando seu jardim. Amora pede para Socorro investigar o namoro de Malu e para Bento. Irene marca de ir à Toca do slogan para a campanha de Natan. Renata conta para Maurício que seu pai desviou dinheiro da Class Mídia. Verônica desmoraliza Natan. Amora discute com Maurício. Bento toca a música de Lívia no piano do Solar, e Glória fica perturbada. Wilson

O dia pede mais silêncio, reflexão e recolhimento. Esta é uma boa oportunidade para fazer uma autocrítica e ficar mais consciente de suas limitações.

torce para ser feliz com Charlene. Todos na agência ficam surpresos com o slogan que Natan diz ter criado para a campanha. Damáris diz que precisa da ajuda de Bárbara para melhorar a imagem de

De algum modo, você se perceberá mais sensível às necessidades dos outros e se ocupará em satisfazer essas expectativas. Boa fase para ampliar o seu círculo social e fazer novas amizades.

sua igreja. Gilson e Rosemere lamentam a briga entre Odila e Salma. Bento pede para cultivar flores no jardim de Glória. Rosemere discute com Gilda, e Filipinho a repreende. Tina tenta agradar Dorothy.

Este é o momento de você se destacar no ambiente de trabalho. Sua força e autoridade estão em evidência, por isso, não deixe para depois o que você pode conseguir agora.

Amor à VIDA Globo - 21h Paloma fala para Bruno que Paulinha

É um período de muito prazer e diversão em sua vida. Quanto mais afinidade com suas tarefas, maior será a sua criatividade. O dia traz a possibilidade de alargar os seus horizontes.

precisa de um transplante de fígado com urgência. Glauce e Ordália se preocupam com o teste de compatibilidade de Bruno. Aline se declara para César. Patrícia fica tensa quando Michel leva roupas para a

Há uma predisposição a aceitar o desafio das mudanças mais radicais neste dia. Não perca a chance de sair da mesmice. Nas relações afetivas, este é o momento para curar feridas e de dar um novo rumo à vida amorosa.

sua casa. Félix dá um golpe em Amarilys. Paloma fica admirada com as telas pintadas por Ninho. Bruno faz o exame de sangue. Carlito chama Valdirene para ir a um baile funk. Atílio é carinhoso com Márcia. Pilar e Bernarda insistem para que Neide

O momento é propício para divulgar o que pensa. Urano revela que está mais convincente, daí seu sucesso com publicações, marketing e tudo que envolva os meios de comunicação.

leve Linda ao psiquiatra. César compra uma joia para Aline, e Pilar acredita que o presente seja para ela. Perséfone conta para Ciça sobre a noite que teve com Daniel. César se oferece para levar Aline em casa. Paloma descobre que Bruno não

Você conseguirá executar as suas tarefas de maneira inteligente, podendo melhorar seus rendimentos. Por outro lado, não espere um dia tão excitante na área afetiva, pois hoje há uma tendência a priorizar a vida profissional.

Raquel consola Lia, que jura que mudará seu comportamento impulsivo. Fatinha, Pilha e Rosa visitam Vitor. Tatá e Paulina conversam com Lorenzo pela internet. Morgana decide usar uma boneca para testar as qualidades de Orelha como pai. Fatinha conta para Luana sobre o acidente de Vitor. Luana conta sobre o estado de Vitor para Sal, que mostra arrependimento. Fatinha e Bruno confrontam dona Clô pelo barulho da obra que ela está conduzindo no apartamento de Isabela e Leandro. Tatá fica chateada com a falta de atenção de Lia. Tizinha acredita que Nélio seja sua alma gêmea e Nando se lamenta. Gil apoia Lia e os dois tocam guitarra juntos. Mathias lembra os alunos sobre os encontros com profissionais promovidos pelo Quadrante no fim de semana. Lia fica ao lado de Vitor, ainda em coma. Sal pensa em Vitor. Paulina fica doente e Gil toma conta de Tatá. Luana visita Sal e insinua que está grávida. Lia canta para Vitor, que, finalmente, desperta do coma.

Bento. Madá aconselha Malu a se declarar Saci e Fabinho se anima. Verônica cria o

Os ventos sopram a seu favor, por isso não perca as oportunidades! O dia vai fluir com mais velocidade, principalmente se você tem liberdade de ação. Boa noite para dar um novo rumo à sua vida amorosa.

malhação Globo - 17h30

é pai de Paulinha. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

Carrossel SBT - 20h30

Jorge pede a ajuda dos amigos para sabotar o carro de Cirilo. Cirilo vai à casa de Maria Joaquina contar que ficou sabendo que ela colocará uma coroa de flores e dará dois beijos no ganhador da competição. Maria Joaquina manda Cirilo ir embora de sua casa. Jorge aconselha seus amigos a pedirem o carro de Cirilo emprestado para dar uma volta. Cirilo pede para Rafael revisar seu carro antes da corrida. Jorge manda seus amigos quebrarem o câmbio de marcha do carro de Cirilo. Rafael comenta com Cirilo que ouviu o motor do carro de Jorge e está desafinado. Davi vai se esconder na casa de Valéria, pois está com medo de ir ao dentista. Renê e Helena se encontram na sorveteria. Helena mostra mensagem que recebeu em seu celular do número de Renê. O professor diz que não foi ele quem mandou e fica desconfiado, pois a Graça achou seu celular em cima do piano.

dona xepa Record - 22h15

Rosália confessa que seu casamento é uma farsa e finge que está sendo traída pelo noivo. Isabela ampara a amiga e Yasmin fica chocada com farsa da jovem. Condoída, Catherine decide ampliar o prazo da jovem para assinar o contrato do vestido. Lis fica em estado de choque ao ver as fotos de Meg dançando funk e a perua garante que vai reverter a situação. Júlio César teme que Pérola use a exposição da esposa para mudar a campanha da empresa. Édison tenta disfarçar o constrangimento diante da animação de Xepa. Desgostosa, a feirante aceita o pedido de Miro em não revelar ser mãe do jovem durante o workshop. François descobre que Rosália deu um endereço falso e a acusa de golpista para Vitor Hugo. Desconfiado sobre o empréstimo, Dorivaldo briga com Xepa, que desconversa e comenta sobre os documentos antigos de Esmeraldino. Dafne obriga Graxinha a fotografá-la posando com as frutas da feira de forma sensual. Rick conta para Cintia que Feliciano aceitou ser seu assessorado e arma com os amigos uma forma de divulgar o deputado durante as palestras.

Edson, da dupla com Hudson, se casou na noite desta terça-feira (11) com a ex-bailarina e advogada Andrea Nunes em um espaço de eventos na zona sul de São Paulo e contou com a presença de vários amigos do mundo sertanejo. Mais de 500 pessoas, entre familiares, amigos e colegas famosos sertanejos foram convidados. A cerimônia e a festança aconteceram no mesmo local, no Buffet Casa Petra, na unidade do bairro de Moema. Entre os convidados estava Zezé Di Camargo. O sertanejo foi um dos padrinhos ao lado da filha, a atriz Camilla Camargo. Outro padrinho foi Gusttavo Lima, que chegou a cerimônia

dirigindo seu carro e acompanhado pela namorada Andressa Suita. A atriz Fabiana Karla, a divertida enfermeira Perséfone em Amor à Vida, também fez questão de prestigiar o amigo e estava acompanhada pelo marido.

Andrea e Edson ficaram noivos em junho do ano passado e o pedido oficial de casamento aconteceu em novembro. Depois de mudar cinco vezes de data, em fevereiro eles bateram o martelo no dia e começaram a organizar a festa.

Xuxa é madrinha de Espaço Social para arrecadar fundos à educação Xuxa Meneghel participou nesta ontem da cerimônia de abertura do novo Espaço Social lançado pela Associação Franquia Sustentável. A ação tem com o propósito de arrecadar fundos para projetos de educação para crianças e adolescentes. O lançamento do projeto aconteceu na abertura da 22ª ABF Franchising Expo, que está sendo realizada no Expo Center Norte,

zona norte de São Paulo. Após a cerimônia, Xuxa circulou pela feira e causou tumulto entre as pessoas que estavam lá, todas sedentas em tirar uma foto ou conseguir um autógrafo da eterna Rainha dos Baixinhos. No meio do caminho, Xuxa encontrou até modelos vestidas de paquitas e parou para tirar fotos com elas. A Fundação Xuxa Meneghel

atua no Espaço Social, disseminando a educação positiva, - sem o uso de qualquer forma de violência física e psicológica. Durante os quatro dias de feira, 15% do total comercializado serão destinados as instituições Acorde, Amparo Maternal, Associação de Amigos do Autista, Associação de Amigos Excepcionais do Brooklin (AAEB) e Fundação Xuxa Meneghel.

Juarez de Fausto Prestupa

ciencia.estelar@gmail.com

Por uma humanidade mais humana Cientificamente o ser humano é um animal racional e é isso que o difere dos demais animais. Mas, pensar, ser racional, é algo que deve ser aprofundado, melhor definido. Existem pessoas que mal conseguem se comunicar, outros mal conseguem escrever ou mesmo assinar seu nome. Mas, pior que isso são as pessoas que por mais e melhor que você explique uma coisa elas não entendem e não se esforçam para entender. Este tipo de pessoa apesar de teoricamente pensar (pois articulam idéias e as expressam), na verdade lhe carece o elemento essencial para seu desenvolvimento, o que caracteriza a condição humana: a inteligência. Esotericamente é a inteligência que difere o ser humano dos animais. Esta inteligência é uma dádiva divina conquistada pela própria pessoa e por isso não é igual para todos. Isso está claro no livro Corpus Hermeticum (ou Poimandres), Discurso à Asclépius (por Hermes Trismegistus). Nossa sociedade é composta por alguns seres humanos, inteligentes, que pensam por si mesmos, que têm suas próprias opiniões porque pesquisam, estudam, consideram o amor e a fraternidade em suas decisões. Mas, existem aqueles que agem como verdadeiros zumbis que apenas se movem sem refletir, direcionados por terceiros. Existem os semelhantes a vampiros que obcecados pela concentração de poder também não pensam e nem consideram mais nada, nem ninguém. Disputando com os vampiros o controle e domínio sobre os zumbis existem aqueles que são puro instinto de sobrevivência, conquista e violência: os ditos “lobisomens” da atualidade. Este é outro grupo que não pode ser considerado humano, são animais intelectuais sim, mas carecem de sentimentos humanos. Nesta cena cinematográfica na qual vampiros e lobisomens lutam entre si para dominar os zumbis estão perdidos os poucos seres verdadeiramente humanos, perseguidos pelos demais que os querem escravizar. Como não perseguem o poder ou o domínio, os verdadeiros humanos não se organizam, não se importam ou se

dedicam a conquistar o poder. Por esta razão geralmente estão acuados, em situação frágil, isolados uns dos outros, sem força e sem expressão. Nós, seres humanos pensantes, precisamos mudar a situação. Precisamos nos unir, trocar informações e idéias, unir forças, nos defender e defender nossos interesses juntos. Precisamos nos esforçar para reverter a condição zumbi de muitos de nossos amigos e parentes e trazê-los para engrossar nossas fileiras. Deixemos os vampiros e os lobisomens de lado, nos defendamos deles, mas nos concentremos em ampliar nossa humanidade. Vamos romper com a inércia do conformismo, da preguiça mental, do medo do questionamento, o comodismo que impede a pesquisa e os novos conhecimentos. A revolução humana deve se pautar pela mente, jamais pelas armas ou violência. Armas, violência, denúncias, agressões, traições, manipulações e competição são atitudes típicas dos vampiros e dos lobisomens sociais. Construamos hoje nossa sociedade futura, pautada pela ética, pelos bons valores e atitudes, pelo estudo contínuo, pela mente aberta, pela busca da divindade em tudo que existe. Nesta verdadeira selva e quem vivemos, vamos construir uma “vila” que possa comportar a nós mesmos e aos nossos descendentes. Mudemos nossos hábitos, rotinas e relações. Porque continuar tentando ser “amigo” e conviver no mesmo espaço de vampiros e lobisomens? Vamos nos encontrar em algum lugar nosso, humano, e falar de humanidade e de nosso futuro.


Editor: Cláudio Soares

Nova Petrópolis Divulgação

Nova Petrópolis é uma cidade no interior gaúcho, na serra do Rio Grande do Sul, povoada por imigrantes alemães. É um dos lugares charmosos do interior brasileiro indicado para quem busca turismo aliado a sossego.

página 03


02 turismo

Além do Olhar

Lançando seu primeiro disco “Além do Olhar”, o divinopolitano Vagner Faria emocionou a plateia do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival com canções que promoviam a paz e a tranquilidade por meio de suas melodias. Com uma banda formada por violão, bateria

e teclado, o músico levantou as centenas de pessoas que compareceram, na manhã ensolarada do último dia 1º de junho, à Concha Acústica na cidade de Rio das Ostras-RJ. Continuando sua turnê, ele se apresenta neste sábado, 15 de

junho, no teatro do Centro Cultural Yves Alves, em Tiradentes. Uma atmosfera de elegância e sofisticação estará no ar, já que a cidade recebe esta semana o seu primeiro Festival de Jazz e Vinho. Imperdível para quem gosta de apreciar uma boa bebida e uma boa música!

STJ confirma falência da Vasp

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou nessa terça (11) a falência da Viação Aérea São Paulo S/A (Vasp), decretada pela Justiça paulista em 2008. Os ministros da Terceira Turma entenderam, de forma unânime, que não há como continuar com o processo de recuperação judicial. Para a relatora Nancy Andrighi, a recuperação é destinada a empresários e sociedades que se revelem capazes de superar a crise em que se encontram. “Na hipótese de se constatar que a situação de instabilidade do devedor ultrapassa as forças de que dispõe para sobrepujá-la, não há alternativa senão a convolação

em falência”, observou. Segundo a ministra, a legislação sobre falências determina a liquidação imediata da empresa quando a manutenção da atividade empresarial se torna inviável. Ela lembrou os quesitos adotados pela Justiça paulista para decretar a falência, como o descumprimento do plano de recuperação, não pagamento de salários e honorários e não apresentação dos relatórios de atividade. Também foram detectadas aeronaves fora de operação desde 2005, perda de aeronaves objeto de leasing, sucateamento e penhora de aviões, não utilização de espaços nos aeroportos

brasileiros e não pagamento da retribuição mensal devida pelo uso desses espaços. “Insistir na recuperação, à vista desse cenário, equivale a solapar os alicerces sobre os quais se erguem os pilares da Lei de Falências e Recuperação de Empresas: a promoção da função social da empresa e o estímulo à atividade econômica”, concluiu a relatora. A decisão reforma liminar de novembro do ano passado do ministro Massami Uyeda, que havia cassado o entendimento da Justiça paulista. Aposentado, o relator foi substituído pela ministra Nancy Andrighi, que apresentou tese favorável à falência.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Preços Malucos Fotos: Divulgação

Accorhotels.com lançou esta semana uma promoção especial em mais de 2.000 hotéis em todo o mundo para viagens entre 6 de julho e 1º de setembro de 2013. Estas ofertas estão disponíveis em 31 plataformas digitais de vendas e no website em 15 idiomas. Os clientes podem ainda acessar Accorhotels.mobi para a promoção em dispositivos móveis, Android e iPhone. De 17 a 21 de junho de 2013, a campanha Preços Malucos oferecerá descontos de até 40% ao público em geral e todos os usuários do site. Antes desta data, entre 11 e 16 de junho de 2013, apenas os associados do programa de relacionamento Le Club Accorhotels e assinantes da newsletter terão acesso exclusivo a ofertas com descontos de até 50%. Nesta edição, 96 hotéis da Accor na América do Sul estarão com valores especiais para viagens na Argentina, Brasil, Chile, Guatemala, México e Peru.

Hotéis Ibis, da Rede Accor, também participam da promoção

Lisboa quer atrair turista brasileiro em viagem para compras

Shopping Amoreiras, em Lisboa

A capital de Portugal quer se tornar um destino mais procurado por brasileiros que visitam a Europa para fazer compras. Estará disponível o guia turístico online Lisboa Convida Brasil, criado com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Embaixada do Brasil em Portugal. O site é voltado exclusivamente para o mercado brasileiro, mostra os roteiros culturais da cidade e, especialmente, a rede de lojas, restaurantes, hotéis, galerias e outros prestadores de serviço - inclusive a oferta de descontos e o cartão

fidelidade para benefícios. A ideia de uma das organizadoras do site, Rita Tavares, é atualizar a visão dos brasileiros sobre Portugal “além da plataforma de entrada na Europa e do mercado da saudade”, diz, referindo-se aos roteiros que evocam a ligação cultural com o Brasil e as faces nostálgica e lírica de Lisboa. “Os brasileiros ainda têm uma imagem antiquada. Lisboa é uma cidade com ritmo, bom comércio e ótima gastronomia, que não fica atrás de outras capitais europeias. Há muita

coisa para descobrir e para comprar”, complementa Sofia Paiva Raposo, também organizadora e uma das principais editoras de guias turísticos em Portugal. Para Rita Tavares, que já escreveu um guia sobre o Rio de Janeiro, enfatizar o consumo é fundamental para atrair brasileiros. “O turista brasileiro não se move sem fazer compras”, observou, ao lembrar que milhares passam anualmente por Portugal, mas fazem compras em destinos mais tradicionais como Londres e Paris.


:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Nova Petrópolis

A cidade não é muito grande. Moram ali menos de 20 mil pessoas e muitas delas na zona rural. O ambiente é tranquilo e pelas ruas vão e vem, quase sempre sem pressa, pessoas de cabelos claros e pele rosada. Nova Petrópolis é uma cidade no interior gaúcho, na serra do Rio Grande do Sul, povoada por imigrantes alemães. É um dos lugares charmosos do interior brasileiro indicado para quem busca turismo aliado a sossego. Nesta época do ano, de clima frio, Nova Petrópolis costuma atrair muitos visitantes, já que está bem perto, a menos de 50 quilômetros, das principais cidades turísticas da Serra Gaúcha, Gramado e Canela. Muitos visitantes se hospedam nos municípios vizinhos, que são maiores, e se deslocam para Nova Petrópolis durante o dia para conhecer e fazer alguma atividade turística. A cida-

dezinha de cara germânica, no entanto, também dispõe de rede de hotelaria extensa. Só o site da Prefeitura indica 33 hotéis e pousadas. Também há um número grande de lugares para comer, entre os quais abundam os cafés coloniais, com delícias da panificação bem próprias para os dias frios, como as cucas, um tipo de pão doce popular no Rio Grande do Sul, cuja receita original é alemã. Também há restaurantes de comida alemã, italiana, entre outras especialidades. A imigração alemã, aliás, deu a Nova Petrópolis uma cara charmosa, com várias construções de estilo germânico, misturadas a árvores espalhadas pela cidade e às residências majoritariamente horizontais. Em meio ao clima bucólico da cidade, no entanto, há o que fazer se o visitante é turista. Entre as atrações está o Labirinto Verde, um labirinto que fica na Praça das Flores,

formado por ciprestes plantados em círculos, o Moinho Rasche, que faz farinha de milho e é aberto à visitação, e o Parque Aldeia do Imigrante, onde está registrada a história da imigração no município. Nova Petrópolis tem ainda possibilidade de lazer junto à natureza, como pequenas quedas d’água e o Monte Malakoff, com paredões de pedra basáltica de mais de 100 metros de altura. No Ninho das Águias, uma rampa para voo livre a cerca de quatro quilômetros da zona urbana, são feitos voos de paraglider e realizados até campeonatos na área. Há ainda, espalhadas pela cidade, algumas pracinhas arborizadas, daquelas gostosas para sentar, bater um papo e até tomar um chimarrão, já que se está em território gaúcho. A cidade tem agências de turismos e alguns roteiros, de acordo com as preferências do

visitante: gastronômicos, de imigração, de aventura, entre outros. A paisagem da cidade é toda muito colorida em função da preocupação local com o

plantio e o cultivo de flores. O município tem uma série de festivais no decorrer do ano e vale a pena conferir o calendário. Há desde a mostra de folclore

turismo 03

Fotos: Divulgação

até festa do figo, das malhas, da primavera, da Páscoa, do Natal, entre outros. O município fica a 100 quilômetros de Porto Alegre, a capital gaúcha.

Cinco passos para viajar aproveitando pontos dos programas de fidelidade Conhecer lugares, culturas, povos, costumes, gastronomias e de quebra adquirir experiência. Essas são algumas das inúmeras virtudes de realizar uma viagem. Seja pelo Brasil ou para o exterior, viajar é sempre uma oportunidade de aprendizado e divertimento. Contudo, devido ao orçamento familiar apertado, muitas pessoas deixam de fazer passeios turísticos. De acordo com a pesquisa do IBOPE Inteligência, realizada a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI), nos últimos três anos os gastos com viagens caíram 20% em todo o território nacional. Para os participantes da Multiplus, porém, o cenário é outro. Um exemplo disso é que, somente no ano de 2012, mais de um milhão de participantes da rede trocaram seus pontos por passagens aéreas. O que muitos não sabem é

que além de passagens áreas, é possível trocar seus pontos Multiplus por diárias em hotéis, aluguel de automóveis, roteiros turísticos, pedágios, combustível, restaurantes e seguros. Ou seja: o participante pode utilizar seus pontos em todas as etapas do passeio. Para Eduardo Gouveia, presidente da Multiplus, o consumidor deve ter planejamento. Também é preciso que ele estipule um objetivo tangível e um prazo para que a meta seja alcançada. “O participante consegue planejar suas férias para o ano seguinte, por exemplo. Ele pode montar uma planilha estipulando quantos pontos ele deseja juntar mensalmente para alcançar esse objetivo. Então, basta que concentre seu consumo em estabelecimentos que distribuam pontos como recompensa.”, afirma. Para ajudar os brasileiros a se programar e

realizar a tão sonhada viagem utilizando pontos de programas de fidelidade, a Multiplus preparou cinco passos para se iniciar um planejamento: 1- O primeiro é descobrir onde é possível acumular pontos, ou seja, quais empresas têm programa de fidelidade. Em seguida, cadastre-se nesses programas e consulte os regulamentos. Opte por concentrar suas compras nessas empresas. 2- Participe de uma rede que reúna pontos de várias empresas em uma única conta, assim você acumula mais em menos tempo. Ao concentrar todos os pontos, é possível conquistar prêmios de maior valor. 3- Utilize o cartão de crédito sempre que possível. Assim, você pontua duas vezes: pelo estabelecimento e pelo cartão de crédito. Quase todos os bancos brasileiros são conectados à Multiplus, por

exemplo. Não deixe de transferir os pontos do cartão para a rede. 4- Trace um objetivo. Estabeleça qual a prioridade (passagem aérea, diárias em hotéis, aluguel

de automóveis ou roteiros turístico). É importante que esse planejamento seja factível e que haja tempo hábil para alcançar o objetivo proposto.

5- Crie o hábito de conferir seu saldo. Dessa forma, você pode consegue planejar quantos pontos faltam para alcançar o objetivo e evita que eles expirem.


04 turismo

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 13/06/13

Qualidade é importante para você?

16/junho9h

PREFEITURA DE DIVINÓPOLIS

Ginásio

Poliesportivo Divinópolis

SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER

Agora, se você optar pela concorrência...

Premiação

Inscrições

Papelaria Mirian

3212 9045

Gazeta

Av. 1º de Junho,318

DO OESTE

Patrocínio

www.g37.com

Pentecostes

10km/5km Percurso

Quem lê, sabe mais: Assine - Acesse o Portal G37 em www.g37.com.br – Facebook: Portal G37 – Twitter: @portalg37

13.000

R$

Em prêmios para 29 categorias

CORRIDA DE

Sim, escolha Gazeta do Oeste.

Apoio Institucional

Inscrições e regulamento pelo site:

www.corridadepentecostes.com.br

facebook.com/portalg37

twitter.com/portalg37

gazeta@gazetaoeste.com.br

Edição Gazeta do Oeste 2090  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you