Issuu on Google+

Professor para Educação Infantil Área: Pedagogia e Educação


Professor para Educação Infantil


Pรกgina 4


Pรกgina 5


Pรกgina 6


Pรกgina 7


Pรกgina 8


Pรกgina 9


Pรกgina 10


Pรกgina 11


Pรกgina 12


Professor para Educação Infantil Área: Pedagogia e Educação

Página 13


Professor para Educação Infantil Área: Pedagogia e Educação

O professor (educador) da Educação Infantil é responsável por estimular a criança, de zero a cinco anos de idade, nas capacidades motoras, a fim de se descobrir e iniciar seu processo de alfabetização. Desenvolver atividades recreativas, elaborar e desenvolver projetos. Didática, metodologias de ensino, atividades lúdicas e técnicas de recreação.

Organização, criatividade, responsabilidade e liderança. Atenção, paciência, capacidade de observação, autocontrole e proatividade.

Página 14


Professor para Educação Infantil

Área: Pedagogia e Educação

Existe uma demanda para profissionais atuantes em Educação Infantil, uma área da Educação envolvendo creches, escolas e centros de recreação, públicos e privados. Profissionais devidamente capacitados são absorvidos rapidamente no mercado de trabalho, pois com as alterações na Lei de ampliação do Ensino Fundamental para nove anos, os profissionais

que atuam na Educação Infantil passaram a ter uma atuação de destaque.

Monitor de crianças, agente educacional, agente de atividades educativas e recreador.

Página 15


Planejamento e Gestão de Carreira

Educação Infantil – Características e Singularidades

A Criança e a Globalização

Escolher a carreira certa é uma decisão difícil para muitas pessoas, e o que pode ser ainda mais complicado é saber as metas a serem traçadas para alcançar o sucesso profissional. Em muitos casos a pessoa opta por um trabalho apenas pela questão da remuneração, o que pode ocasionar em insatisfação no trabalho e na vida pessoal. Por isso, é sempre importante planejar os resultados que se deseja alcançar e trabalhar para que os abjetivos sejam atingidos, desta forma o profissional consegue destaque no mercado de trabalho e a consequente satisfação em todos os segmentos de sua vida. De acordo com Edvaldo de Farías, autor do livro Planejamento e Gestão da Carreira Profissional, fazer planos e também saber gerenciar a carreira significa se proteger de futuros fracassos.

O maior problema na educação infantil nos dias atuais é com relação à qualificação dos professores. Até pouco tempo atrás, ela era deixada para o segundo plano, porém, hoje isso não pode mais acontecer. Diversas pesquisas são realizadas por estudiosos com crianças de 0 a 3 anos, no entanto, pouco se sabe sobre essa faixa etária. É fundamental que professores/educadores mantenham-se atentos a estudos sobre Piaget, Vigostky, Wallon, Ferreiro-Rossetti, Horn e muito outros. Este curso mostra a importância dos elos de afetividade, ética profissional, a questão de ensinar brincando e brincar ensinando, a brincadeira como estratégica, o desenvolvimento da cognição, além dos motivos da brincadeira, do brinquedo e o jogo no desenvolvimento infantil.

Presente em 100% dos lares a televisão é bem mais do que um aparelho, já que dentro de um ambiente familiar, consegue proporcionar encantamento às crianças. Segundo uma pesquisa realizada pelo canal Nickelodeon, a TV é a preferência de entretenimento dos brasileirinhos. Com tantas informações, desenhos, notícias que participam da sua convivência, essa globalização trás um questionamento à tona. Será que as crianças têm maturidade suficiente para selecionar a programação mais adequada para sua faixa etária? Assim como os pais orientam seu filho quanto a alguns cuidados a serem tomados com outros eletrodomésticos, devem ensiná-lo a fazer bom uso da TV e do computador, observando o conteúdo da programação e o tempo que a criança fica exposta aos mesmos. Esse tema de relevância ao futuro e desenvolvimento da criança está presente no curso do Portal Educação.

Página 16


Professor para Educação Infantil Área: Pedagogia e Educação

O Brincar e o Aprender na Educação Infantil

Literatura Infantil

Pedagogia de Projetos

A legislação brasileira torna obrigatória a frequência de crianças com sete anos de idade na escola. É o chamado período escolar. A educação infantil ou a chamada pré-escola que vai de zero aos seis anos, é vista pelos especialistas como uma das principais fases essenciais da aprendizagem. Porém, o maior problema é que esta fase é tratada por pais e alguns professores como mero “depósito de crianças”. Segundo especialistas, a escola pode ser decisiva na vida infantil, mas não substitui a importância do convívio constante com a família na formação da criança. No curso “O Brincar e o Aprender na Educação Infantil” estão inseridos temas que vão desde o cuidar e o educar, objetivos da educação infantil e até mesmo etapas do desenvolvimento cognitivo e a importância do brincar.

“Um país de não leitores” ou até mesmo “motivo para vergonha nacional”. Essas duas citações foram publicadas em uma matéria no jornal “The Economist”, sobre a leitura dos brasileiros. Para os brasileiros, a leitura é um hábito muito difícil de formar. Dados apontam que há dez anos, um quarto da população com quinze anos ou mais eram analfabetos funcionais. O brasileiro médio lê 1,8 livros não acadêmicos por ano, o equivalente a menos da metade do que se lê na Europa ou nos EUA. É com base nesses valores preocupantes que pais e professores devem incentivar a leitura das crianças desde pequenas. Quanto mais cedo houver esse incentivo com contos de fadas, fábulas, romance e aventura, maiores serão as chances da criança despertar o interesse à leitura

Pedagogos, muitas vezes, têm dificuldades em encontrar uma maneira de abordar assuntos em sala de aula, de forma que envolva os alunos por completo. Pois, trabalhar com educação remete a docentes que suscitem temas que seja de relevância social. Por meio de um projeto pedagógico eficaz é possível contextualizar esses assuntos e enfocá-los de maneira atualizada, relacionando o tema principal com os conteúdos dados em aula. O desafio é estimular globalmente os alunos, ou seja, despertar neles o extremo interesse durante a aula. A criatividade é essencial no momento de diversificar a tática no ensino. É viável, a realização de projetos dos quais se utilize de matérias disponíveis ou de baixo custo e, que as crianças tenham a oportunidade de vivenciar atividades diversas, ampliando a criatividade e até mesmo o autoconhecimento, respeitando a individualidade do aluno e ampliando nele a concepção construtivista.

Página 17


Professor para Educação Infantil Área: Pedagogia e Educação

Projetos Educacionais

Brinquedoteca

Alfabetização

Os projetos educacionais vêm como uma forma de organizar e realizar as atividades profissionais. As propostas pedagógicas incentivam a realização de projetos científicos ou comunitários, considerando a vontade do aluno aprender. Este curso visa conceituar a pedagogia de projetos, relacionando projeto de aprendizagem, bem como relacionar a importância de projetos na aprendizagem, demonstrando alguns projetos. Assuntos como princípios teóricos do projeto de trabalho, o conhecimento e a aprendizagem sob a influência da pedagogia de projetos e a importância do projeto na formação do sujeito, estão inseridos neste curso.

Crianças e jovens podem colocar em prática a própria criatividade e ainda aprender a valorizar as atividades lúdicas por meio da brinquedoteca. É um espaço reservado para o estímulo da livre brincadeira. Quem entra em uma brinquedoteca, tem a ideia de que irá encontrar apenas um mundo de brinquedos. Sim, isto é verdade, é um lugar repleto de brinquedos novos, usados, de madeira, de plástico, metal, pano, enfim, é possível encontrar muita coisa interessante, tudo voltado para aguçar a criança, possibilitando a brincadeira do “faz de conta”, sem contar com a socialização, a iniciativa, a linguagem, o desenvolvimento e tantos outros que são despertados na criança que frequenta uma brinquedoteca.

O Brasil, na área de educação, tem melhor desempenho que a média mundial e regional aponta o relatório de Desenvolvimento Humano 2007/2008 do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O país ficou com um índice de alfabetização adulta de 88,6%, índice igual ao encontrado em 2004. Segundo o IBGE, a taxa de alfabetização adulta evoluiu de 88,6% para 89,0% no período. O relatório captou, porém, um aumento no percentual de pessoas em idade escolar dentro das escolas e universidades, de 86,0% em 2004 para 87,5% em 2005. Isso mostra a importância da alfabetização na vida das pessoas, pois tem processo fundamental no desenvolvimento da vida. Todos esses interesses para o desenvolvimento humano e as necessidades infantis junto ao processo de alfabetização serão apresentados no curso.

Página 18


Professor para Educação Infantil Área: Pedagogia e Educação

As Teorias e o Processo de Aprendizagem

Aprendizagem Montessoriana

Planejamento de Ensino

Na concepção de Piaget, a aprendizagem só ocorre mediante a consolidação das estruturas de pensamento, portanto a aprendizagem sempre se dá após a efetivação do processo que a suporta, assim como a passagem de um estágio a outro estaria dependente da realização e superação do anterior. Na perspectiva piageana, para que ocorra a construção de um novo saber, é preciso que se estabeleça um desequilibrio nas estruturas da mente, isto é, os conceitos já assimilados precisam passar por um sistema de desorganização para que possam novamente, a partir do contato com novos conceitos se reorganizarem, estabelecendo um novo conhecimento. Este curso oferece aos interessados o conhecimento sobre as teorias e o processo de aprendizagem, assim como, os principais teóricos e suas teorias.

O foco da aprendizagem no aluno é um os objetivos da aprendizagem Montessoriana. Este método está difundido por todo o mundo e visa à educação da vontade e da atenção. Além de proporcionar a cooperação, a criança tem liberdade de escolher o material a ser utilizado. Atividade, liberdade e individualidade são os princípios fundamentais da aprendizagem montessoriana. Acreditase que as crianças trazem dentro de si o potencial criador que permite que elas mesmas produzam o aprendizado e encontrem um lugar no mundo. Neste curso, serão discutidos temas como o ambiente do infante, as estruturas psíquicas, a ordem na infância, a criança psíquica e a criança biológica e muito mais.

De acordo com pesquisa realizada pela Fundação Lemann, sistemas estruturados de ensino e planejamento da aula, aumenta o desempenho dos estudantes. Planejamento de ensino é o processo de programar a ação docente, refletindo sobre os objetivos, conteúdos e procedimentos. Vai além do simples ato de desenvolver atividades práticas ou aplicação de métodos educacionais, ele visa o melhor aproveitamento do conteúdo aplicado em sala e para isso, o planejamento deve ser constante. O curso aborda as mais variadas maneiras de organizar professores e estudantes, as estratégias para aprendizagem e outros temas importantes para um planejamento eficaz de ensino.

Página 19


Professor para Educação Infantil Área: Pedagogia e Educação

40h Planejamento e Gestão de Carreira 60h Educação Infantil – Características e Singularidades 60h A Criança e a Globalização 60h O Brincar e o Aprender na Educação Infantil 60h Literatura Infantil 60h Pedagogia de Projetos 60h Projetos Educacionais 60h Brinquedoteca 60h Alfabetização 60h As Teorias e o Processo de Aprendizagem 60h Aprendizagem Montessoriana 60h Planejamento de Ensino

Página 20


Pรกgina 21


Pรกgina 22


Pรกgina 23



Desenvolva sua Carreira Professor para Educação Infantil