Page 1

Julho e agosto | 2015

UMA NOVA ACID NASCEU

1

Nova marca, nova identidade visual e novo posicionamento. Tudo isso para comemorar os 63 anos da ACID.

PÁGINA 7

INFORMA

CADERNO ESPECIAL DE 63 ANOS DA ACID

5

Diretoria da Acid ganha força

8

Gestão Pública para o desenvolvimento regional

13

Tudo Azul na cidade divina

15

Melhorias na sede do Centro Industrial

16

Acontecimentos

20

Modelo de gestão com foco em resultados para médias empresas


2

Julho e agosto | 2015

A FUNFER estรก no mercado hรก mais de 34 anos, sempre inovando com tecnologia e investindo em infraestrutura para produzir com qualidade.

QUALIDADE GARANTIDA

ISO 9001:2008

RESPONSABILIDADE AMBIENTAL

DESDE 1981 Evoluindo desde sempre Rua Benedito Gonรงalves,1801 - Centro Industrial Cel.Jovelino Rabelo - Divinรณpolis/MG - Fone:(37) 3214.1010


Julho e agosto | 2015

3

EDITORIAL

Uma nova Acid vem por aí...

O segundo semestre inicia festivo, com comemorações, lançamentos, novidades para a Acid e seus associados. O ano de 2015 está sendo um marco para a Acid. Novas diretorias foram criadas: de Estudos Econômicos; de Marketing, Eventos e Comunicação; Financeira; de Benefícios ao Associado e de Relações Sindicais. Cada uma das novas diretorias apresentaram propostas de trabalho e traçaram um rumo mais direcionado para a entidade a ser construída. O papel da Acid ratifica a sua essência que se caracteriza por representar seus associados nas instâncias municipal, estadual e federal em assuntos de interesse dos empresários. A capacitação dos empresários

também é uma ação que teve início com o 1º Encontro Empresarial do Centro-oeste, em maio, em parceria com uma das mais respeitadas escolas de negócios do mundo, a Fundação Dom Cabral (FDC). A palestra “Como crescer em momentos de crise?” também trouxe um presente aos empresários porque elucidou sobre um tema tão oportuno. A possibilidade de trazer professores da FDC que possam demonstrar ferramentas de gestão aos associados é de uma importância ímpar. A Acid brinda os empresários trazendo até Divinópolis conhecimentos e discussões acerca do mundo dos negócios, principalmente, em momentos de dificuldade e que exigem ainda mais da capacidade de inovação e reconstrução no mercado de trabalho. Diante de iniciativas dessa magnitude, temos a valorização dos empresários do Centro-oeste e a reconquista do polo de desenvolvimento econômico da região. Completamos 63 anos em 29 de julho. Comemoramos uma nova Acid. E para tal feito, uma nova logomarca que retrata a evolução da entidade. A Acid de cara nova. Mantendo o mesmo princípio de transparência, seriedade, solidez e responsabilidade. A nova marca enaltece esse posicionamento e reforça o projeto ousado de referência em seu segmento. Parabéns a todos que fazem parte da Acid!

EXPEDIENTE Publicação da Acid Rua José Gabriel Medef, 200 35502-565 - Divinópolis/MG Fone: (37) 3512-7800 portalacid.com.br Presidente: Carlos Moacyr Duarte Meira de Aguiar Vice-Presidente Executivo: Macy Luiz de Paula Edição: Denise Coronado Projeto Gráfico: 1829 Gestão de Marca Diagramação: Jakis Douglas Colaboração: Jussara Silva Tiragem: 1.500 exemplares Contato: informativo@portalacid.com.br Os textos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.


4

Julho e agosto | 2015

A política monetária brasileira e perspectivas dos juros para 2015 e 2016 Leandro Maia Fernandes* A política monetária é um instrumento de atuação do governo, que diz respeito ao controle da quantidade de moeda na economia. Um dos principais objetivos desta política é atuar sobre as taxas de juros, que por sua vez, influenciam sobre vários aspectos o mercado, desde a rentabilidade das aplicações financeiras, passando pela cotação das taxas de câmbio até chegar ao consumo e investimentos, sendo estas duas últimas as principais variáveis macroeconômicas responsáveis pelo crescimento econômico de um país. O órgão governamental responsável pela política monetária é o Banco Central, via Conselho de Política Monetária, é ele quem controla o comportamento da taxa de referência do mercado financeiro, a chamada Selic ou Sistema Especial de Liquidação e Custódia. Uma das questões mais levantadas quando se fala de moeda em circulação reside na seguinte pergunta: como o Banco Central pode controlar a quantidade de moeda que circula na economia e a taxa de juros de um país? O Banco Central possui alguns mecanismos capazes de influenciar as taxas de juros, são eles: a) Taxa de redesconto – taxa cobrada pelo Banco Central para emprestar dinheiro aos demais bancos. Se o Bacen aumenta taxa de redesconto os juros do mercado também se elevam. b) Depósitos compulsórios – parcela dos depósitos à vista que os bancos não podem emprestar. Caso o Bacen aumente tais depósitos, as taxas também sobrem majorações. c) Venda de títulos do governo – servem de receita para o governo. Quando o governo vende títulos ele retira dinheiro do mercado e quando vende, ele injeta dinheiro no mercado. A política monetária, por meio dos mecanismos acima citados, sempre foi um dos principais instrumentos utilizados para o controle da inflação no Brasil.

Desde os períodos de elevação dos preços na década de 70 e principalmente nas décadas de 80 e 90, quando foram registradas as maiores taxas de inflação da história brasileira, os juros foram meios mais utilizados para debelar o processo inflacionário. Após os anos 90, o país conseguiu alcançar uma estabilidade dos preços não vista há anos, estabilidade esta conquistada por meio de uma política monetária baseada principalmente na restrição do crédito e elevação dos juros. No entanto, nos anos de 2013 e 2014, os níveis de preços apresentaram uma trajetória de elevações acima das metas estipuladas pelo governo. Em 2013, os preços elevaram-se em média 6,2% contra apenas 3,9% da média mundial, em 2014 os preços internos aumenta-

netária hortodoxa, ou seja, tradicional, então as perspectivas das taxas de juros para os próximos meses são de elevações, pois há uma associação direta entre inflação e juros. Considerando-se o atual cenário econômico e os objetivos de combate a inflação anunciados pelo Banco Central, a taxa de juros básica para 2015 estará casa dos 13,25% ao ano e para 2016 o mercado estima uma ligeira retração para 11,5%, taxas extremamente elevadas para uma economia que necessita de elevação da atividade econômica. Conclusão, com os dados conjuntariais apontando para um ambiente inflacionário e de juros elevados, teremos tempos difíceis pela frente onde o consumo e investimentos estarão inibidos pelos próximos dois anos, em detrimento de uma política

ram 6,3% e a inflação média do mundo foi de 3,5%. Para 2015 estima-se uma elevação na casa de 7,8%, mais que o dobro da inflação prevista para o resto do mundo. Levando-se em consideração que o prinicipal mecanismo utilizado pelo governo brasileiro é uma política mo-

que visa estabilidade econômica, política esta que pode apresentar fortes efeitos colaterias para um paciente (nossa economia) convalescente. *Mestre em Economia aplicada, professor de Economia e Diretor de Estudos Econômicos da Acid.


Julho e agosto | 2015

5

Diretoria da Acid ganha força No final de 2014, os Vice-Presidentes e funcionários reuniram-se e discutiram o papel e a identidade da Acid a partir da pesquisa realizada com os associados pela Formatar Consultoria e em parceria com o Sebrae-MG. E, no início do ano, começaram a ser implementadas as ações propostas, aprovadas em Assembleia em dezembro de 2014. Um dos pontos discutidos e que nortearam as demais diretrizes foi a criação de diretorias que efetivamente colocassem em prática ações para a nova Acid. Foi, então, que se juntaram ao grupo, profissionais que somarão, dentro de cada expertise, atividades

Marcos Parreira

Estar na diretoria de marketing da Acid é dar mais um passo nas realizações de um profissional. É gratificante contribuir com o desenvolvimento da minha região. Espero colaborar para que a Acid tenha uma comunicação mais próxima e efetiva.

que verdadeiramente tragam valor para a entidade e seus associados. Convidados a integrar pastas estratégicas: Leandro Maia (PEIEX), assumindo a Diretoria de Estudos Econômicos; Marcos Parreira (1829 Gestão de Marca), na Diretoria de Marketing, Eventos e Comunicação; e Leila Rodrigues (Totvs), na Diretoria de Benefícios ao Associado. A Diretoria Financeira e a de Relações Sindicais são de responsabilidade de Júlio César Gomes e Márcio Mourão, respectivamente, e que já integram o quadro das vice-presidências da Acid. Desde então, durante vários encontros, estão sendo apresentadas ações que serão implementadas por cada

Leila Rodrigues

Chega um momento de nossas trajetórias que é preciso retribuir à sociedade uma porção do que conquistamos. Sinto-me grata pela oportunidade.

pasta, tendo como apoio para sua efetivação, os funcionários da Acid. Algumas ações propostas pelas novas diretorias: - Pesquisa periódica com informações estratégicas e estatísticas que servem de subsídios para investidores e empresários que precisam se manter atualizados no mercado ou mesmo se diversificar. - Leiautes modernos e atrativos dos meios de comunicação da entidade. Criação da nova marca da Acid que traduza o momento por que passa a entidade. - Revisão dos benefícios e novas parcerias que tragam realmente um diferencial para os associados.

Leandro Maia

É um motivo de grande satisfação participar da nova fase desta associação tão importante para o desenvolvimento social e econômico da cidade de Divinópolis.


6

Julho e agosto | 2015

#1829EmAção cada dia maior cada vez mais inovadora a cada proposta, melhores resultados cada post, mais conteúdo mais online do que nunca cada vez mais lembrada

Seja 1829

Rua Mato Grosso, 1565 • Sidil, DIvinópolis/MG contato@agencia1829.com.br / (37) 3222-1829

www.agencia1829.com.br


Julho e agosto | 2015

7

Acid de cara nova A partir de agosto de 2015, a Acid passa a utilizar uma nova marca. A logo usada há cerca de dez anos, ganhou um aspecto mais moderno, dinâmico e impactante. O novo leiaute foi desenvolvido pela 1829 Gestão de Marca e tem uma proposta de evolução, que leva em conta os anos de experiência. A Acid passou por uma mudança em seu formato de gestão, agora estruturada em diretorias de acordo com a área de atuação. Dessa forma, pretende-se atingir maior representatividade e, consequentemente, melhores resultados que favoreçam seus associados. A nova marca chega para demonstrar esse momento evolutivo que a entidade passa, e ainda possibilitar uma comunicação mais efetiva com a nova geração de empresários. O formato da nova logo remete a uma caixa de diálogo, na qual a cor verde foi mantida, porém, com um tom mais sóbrio. Tais fatores enfa-

tizam a seriedade e fácil relacionamento com seus públicos e outras marcas, bem como, o posicionamento da associação, que pretende ser mediadora no diálogo entre empresários e o poder público. A cara nova da Acid também esta-

rá representada pela sede que, mesmo em construção, já marca esse momento importante na história da entidade. É provável que, em 2016, as instalações estejam prontas. É mais uma conquista para os associados e Divinópolis.


8

Julho e agosto | 2015

Gestão Pública para o desenvolvimento regional A Acid tem propiciado oportunidades para que o desenvolvimento do Centro-oeste de Minas efetivamente tenha sua retomada. Divinópolis tem sido agraciada pelos olhos da Fundação Dom Cabral (FDC), inicialmente junto à Acid, no compromisso de capacitar empresas e executivos. A FDC, por meio de seus programas voltados para a gestão pública, discute junto ao poder público para que esse entenda cada vez mais os desafios e os caminhos para a competitividade. Caminhar juntos, discutir os desafios, compartilhar ideias e resultados. São essas as diretrizes da iniciativa privada com o poder público para inovar no conceito e na prática. Em 23 de julho, aconteceu na FDC o encontro que foi o pontapé inicial para incluir a Gestão Pública no desafio do desenvolvimento regional do Centro-oeste em parceria com a iniciativa privada. A união de esforços entre o setor público e privado é a alternativa para o desenvolvimento. “Entender que a iniciativa privada e a gestão pública são competências

Prefeito de Divinópolis Vladimir Azevedo, presidente da FDC Wagner Veloso, Presidente da ACMinas e Associado FDC Professor Lindolfo Paoliello, professor da FDC Carlos Arruda e Executivo da Lindolfo Paoliello e vice-presidente executivo da ACID Macy Luiz de Paula

complementares reforça a ideia de que é preciso estabelecer parâmetros para os novos desafios do crescimento sustentável, seja ele na economia local ou no posicionamento global. Discutir a capacidade de desenvolvimento de cada região é entender quais os caminhos a trilhar para se

apresentar como vantagem na captação de novos investimentos e oportunidades”, reforça o vice-presidente executivo da Acid Macy Luiz de Paula. Outros encontros devem acontecer para que as discussões avancem e as ações se concretizem.


Julho e agosto | 2015

9

A LACERDA FUNDIDOS atua no mercado de componentes para mineração, ferrovia, penetração de solo e cimenteiras, utilizando os processos de fundição, usinagem e caldeiraria, na produção de peças fundidas em ferro fundidos brancos especiais e aços fundidos ligados com qualidade e alta tecnologia. Está em processo de ampliação da produção com a construção da nova unidade que conta com uma área de 32.000 m², sendo 9.500 m² de área construída e 8.000 m² destinados à produção, onde irá aumentar sua produção de 200 para 450 ton/mês de fundidos de ferro e aço e caldeiraria em geral. O setor de caldeiraria está apto à reforma de vagões e implementos pesados para mineração como caçambas de carregadeiras, retroescavadeiras, básculas de caminhões fora de estrada e também reforma de britadores e moinhos em geral.

MANCAL DA RECUPERADORA DE MINÉRIO

ADAPTADORES DE PONTA PARA CAÇAMBAS

CAÇAMBA CAT 336

BORDAS PARA TRATORES

CONTRA PESO

COMPONENTES PARA VAGÕES MANTA PARA REVESTIMENTO PARA BRITADOR CÔNICO BRITADOR CÔNICO

SPOT FEEDER

COROA

SAPATAS DE ALIMENTAÇÃO

BARRA DE IMPACTO

CAÇAMBAS E LÂMINAS DE TRATORES

CHAPA DE DESGASTE

RODA DA RECUPERADORA

MANDÍBULAS PARA BRITADORES

ADAPTADORES, PONTAS ENTRE DENTES E POLÂINAS

CUNHA DE REGULAGEM PARA BRITADORES DE MANDÍBULAS

SEGUIMENTO DE FUNDIDOS

CONJUNTOS FUNDIDOS E USINADOS

Av. Yara, 751 – Centro Industrial Divinópolis – MG Tel: (37) 3213-7172

CAÇAMBAS RETOMADORAS

lacerdafundidos.com.br VENDAS@lacerdafundidos.com.br


10

Julho e agosto | 2015

A importância da gestão profissional em marketing e comunicação nos negócios Paulo Bocca* Com inúmeras plataformas de mídia on e off line, fronteiras de concorrência cada vez mais complexas e um consumidor a cada dia menos passivo, é fundamental desenvolver ferramentas de marketing e comunicação estrategicamente para promover experiências de consumo, no momento e no lugar certos. A importância da gestão profissional em marketing e comunicação nos negócios foi tema de uma matéria da Revista Exame, ao descrever que um dos grandes erros das pequenas e médias empresas com relação ao marketing é considerá-lo como algo específico, vinculado a um tipo de ação. A matéria lista como muitas empresas o enxergam como algo relacionado apenas à propaganda, área comercial ou ainda ao desenvolvimento de novos produtos, quando na realidade, o melhor é pensar maneiras de integrar todas essas funções dentro de um planejamento estratégico eficaz. O diretor da PRP Marketing & Comunicação, Paulo Bocca, agência que completa este ano 25 anos de mercado, concorda sobre a importância das pequenas e médias empresas em investir numa gestão profissional de seus negócios. “Não é difícil investir mal em publicidade, principalmente quando não se tem uma visão metódica, uma análise embasada tecnicamente e francamente comprometida com os reais objetivos de marketing. Mesmo ações aparentemente simples, merecem e precisam ser pensadas sob

a ótica do público-alvo de uma ideia, projeto, serviço ou produto”, argumentou. Atualmente há o contato constante com a “cultura da convergência”. Esse é o termo usado por Henry Jenkins, considerado um dos pesquisadores da mídia mais influentes da atualidade, para classificar as mudanças no campo da comunicação. O termo “cultura da convergência” indica uma junção entre as velhas e as novas mídias, o cruzamento entre a mídia tradicional e a mídia online, de forma que o poder do consumidor e o poder dos produtores interagem de maneiras imprevisíveis. Atento a essas mudanças na comunicação organizacional, o mercado publicitário tem se capacitado para prestar esse serviço de marketing digital às empresas, mas sem deixar de lado as demais mídias. Pensando nisso, a PRP criou em dezembro de 2014 um novo departamento dentro da empresa. “Estamos inaugurando este mês a @PRP Marketing Digital, que será um núcleo voltado para gestão estratégica de mídias digitais, para complementar as ações que já são desenvolvidas junto aos nossos clientes dentro do espaço virtual. Isso porque entendemos que as mídias não se sobrepõem sobre as outras, mas sim, se complementam e se fortalecem mutuamente. Hoje o planejamento deve considerar inúmeras plataformas e assim enriquecer o relacionamento dessas marcas junto ao público”, acrescentou Paulo Bocca.

Marketing e Comunicação profissional: a experiência que se renova A PRP Marketing e Comunicação é a agência de publicidade com a mais longa trajetória do segmento na região e contabiliza em 25 anos muitos casos de sucesso, no varejo, prestação de serviços, mercado educacional, indústrias dos mais variados perfis, campanhas eleitorais e instituições públicas. A agência é “Top of Mind” e recebeu prêmios de destaque estadual e até nacional, como o Tubal Siqueira da Rede Integração e o Festvídeo da Associação dos Profissionais de Propaganda. Mais recentemente, foi a única no centro-oeste mineiro convidada a integrar a Local Experts Agency Group - Leag. Como o próprio nome indica, este é uma rede independente que conta hoje com 40 agências de médio porte em todo o Brasil e 7 no exterior, consideradas “experts” em mercados regionais. É um network produtivo que troca experiências, divide treinamentos e capacitações trabalhando em vários formatos de parceria, para otimizar resultados de seus clientes, inclusive economicamente. A PRP está na Rua Espírito Santo, 868, em Divinópolis. Fone (37) 3222-8420. Site: www.prp.com. br I www.facebook.com/agenciaprp *Diretor da PRP Marketing & Comunicação


Julho e agosto | 2015

11

Tecnologia: Seguro morreu de velho! Leila Rodrigues* Lembro-me de minha avó usar muito esta frase com os netos: “Leve um guarda-chuva porque seguro morreu de velho!” E só depois de grande fui entender. Em pleno século 21, com tanta modernidade e tecnologia, vejo que ainda estamos precisando resgatar este ditado “das antigas”, ou melhor, colocá-lo em prática. Sim, vamos falar de segurança dos dados! O maior ativo de uma empresa hoje são os seus dados. Podemos trocar as pessoas, podemos mudar de local físico, de cidade, de líder, de estratégia, mas o que salva a história de uma empresa são os seus dados. Informação hoje é algo tão precioso que se paga caro por ela. A segurança das informações é algo que precisa ser programado, realizado e monitorado. Muda-se o sistema operacional, melhoram-se as performances, mas fazer backup dos dados continua sendo uma tarefa de todos que querem preservar suas

informações. E ainda hoje, vemos muitas pessoas perderem seus dados por falta de um backup. Seja por um problema técnico no equipamento, seja por extravio (água, fogo) e até por sequestro de dados. Muitos empresários têm a falsa impressão de que o setor de tecnologia não traz nenhum retorno financeiro para suas empresas e por isso cancelam ou protelam seus investimentos nesta área. É um pensamento errôneo, uma vez que o setor de Tecnologia da Informação detém o coração da empresa, seus dados. Seguem algumas dicas que podem ajudá-lo a se resguardar deste risco: 1 - É preciso definir quem será o responsável pelo backup. 2 - Defina qual a periodicidade do backup e onde (em que outro equipamento) serão guardadas as informações. 3 - Tenha uma cópia dos dados fora da estrutura física de sua empresa. 4 - Periodicamente verifique os dados do backup, se estão de acordo, se é possível recuperá-los.

5 - Lembre-se de fazer uma cópia das informações não estruturadas como e-mails, planilhas, textos, fotos etc. 6 - Tenha sempre um bom fornecedor de manutenção para os seus equipamentos. 7 - Invista em um antivírus que o resguarde de verdade. 8 - Hoje existem mecanismos que barram a entrada de estranhos na sua rede. Use-os. 9 - Guarde muito bem senhas de administradores e lembre-se de trocá-las periodicamente e quando houver troca de responsável. 10 - Conscientize toda empresa da importância de preservar as informações estratégicas do seu negócio. Para sua garantia, coloque isso no contrato de admissão. Enfim, cuide dos seus dados como o bem mais precioso do seu negócio. Afinal de contas, seguro morreu de velho! *CEO TOTVS Centro-Oeste de Minas

Hoje é um bom dia para modernizar a gestão da sua empresa.

nossas soluções em teCnologia podem transformar o seu negóCio hoje. as soluções ToTVs em software de gestão, produtividade e colaboração colocam você no controle da sua operação, reduzindo custos e tornando o seu dia a dia mais ágil, simples e conectado.

Competitive-se Com totvs. pensando juntos, fazemos melhor. unidade Centro-oeste de minas: (37) 3216 9000 www.totvs.com THINK TOGETHER


12

Julho e agosto | 2015

Registrar marca é agregar valor ao negócio É mais comum do que se imagina pensar que o registro na Junta Comercial é o mesmo que ter registro de marca no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Esse é um grande equívoco. A Junta Comercial registra a razão social, que é estadual. E a marca, registra o nome fantasia no INPI, que tem abrangência nacional e garante a reserva de mercado em sua atividade. Quanto aos benefícios diretos, só uma marca registrada pode gerar receita por meio de licenciamento, franquia ou venda (do registro). Aquele que utiliza uma marca sem registro corre o risco de ser processado, ter que mudar a marca e ainda pagar uma indenização para a outra empresa. Ter que mudar a marca significa um prejuízo de alteração de impressos, fachada, notas fiscais, veículos adesivados e outras identificações, além do transtorno de avisar clientes, fornecedores e o mercado em geral. No caso de indenização, varia entre 3% a 5% do faturamento bruto de sua empresa nos últimos cinco anos. O INPI estabelece que para o registro de marca o proprietário exerça licitamente a atividade para a qual pretende proteger a marca. Tanto pessoas físicas quanto jurídicas, nacionais ou estrangeiros, podem registrar marcas. Outra dúvida que paira na cabeça das pessoas é quanto à patente. Uma diferença fundamental é que a patente pode ser, no máximo, de 20 anos. Já a marca, tem a possi-

bilidade de infinitas renovações a cada 10 anos. Então, podemos ter marcas com 20, 50, 100 anos, desde que continue renovando o registro a cada 10 anos. É patenteável a invenção provida de novidade, utilização industrial, atividade inventiva e suficiência descritiva. O registro da marca garante ao seu titular o direito de exploração comercial da marca, o direito de impedir que terceiros imitem, reproduzam, importem, vendam ou distribuam produtos com sua marca sem autorização em território nacional. Esse direito pode ser limitado pelo INPI caso a marca seja composta por elementos de uso comum, descritivos ou até necessários no segmento.

Em Divinópolis, há 11 anos, é possível fazer o registro de marcas e patentes, de desenho industrial, de software e de direito autoral pela Titular Marcas e Patentes ou pela Acid. Com a marca registrada, o titular tem garantias contra seu uso indevido, resguardando-se contra a concorrência desleal e atos de má-fé praticados por terceiros. É um respaldo legal que constrói valor para a marca, fornece mais segurança a sua atuação no mercado, além de viabilizar transações comerciais nas quais sua marca é o maior objeto de negociação. Registrar a marca é agregar valor ao negócio, tornando um ativo valioso para a empresa.

(37) 3221 5022 www.titularmarcas.com.br


13

Christyam de Lima

Julho e agosto | 2015

Macy Luiz de Paula e comitiva no primeiro voo da Azul de Campinas para Divinópolis

Tudo Azul na Cidade Divina Macy Luiz de Paula*

Tive a honra de participar do primeiro voo da Azul para Divinópolis no dia 6 de julho. Naquele dia estávamos todos muito emocionados, afinal não era apenas uma aeronave levantando voo rumo à Divinópolis e sim, um momento marcante e feliz que me levou ao túnel do tempo. Muitos nomes contribuíram para este importante acontecimento. Muitos divinopolitanos como eu, sonharam e trabalharam para que este episódio acontecesse e se tornasse um divisor de águas em nossa cidade e região. Tenho a certeza de que uma divisão que vai se multiplicar em oportunidades e possibilidades, seja ela para nossos cidadãos comuns como também para o meio empresarial, político e outros… Não temos mais fronteiras aéreas a partir de então. Divinópolis ganhou asas e recebeu um céu azul, de quem contribuiu e participou ativamente da negociação para este sonho virar realidade. Não obstante a esta nossa conquista, é muito satisfatório perceber e fazer parte deste incrível crescimento da companhia aérea genuinamente nossa – Azul Linhas Aéreas Brasileiras-, e que tem orgulho de

se apresentar como tal. Os desafios são muitos, mas a vontade e a garra são maiores, e isso eu pude perceber bem. Como Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico no primeiro mandato do prefeito Vladimir Azevedo, já sonhávamos com esse dia. Participei de algumas negociações e conquistas para nosso aeródromo que possibilitou aquele inesquecível pouso na data de 6 de julho, no início da tarde. Na minha gestão foi realizada a verba estadual com a contrapartida municipal para construção do terminal de passageiros, conseguimos em um esforço ímpar a verba para aumentar a pista, conquistamos também a sinalização necessária e o mais importante, liderei o movimento para regulamentação dos hangares que existem no aeroporto. Todos esses processos sempre com o objetivo de nos prepararmos para um dia receber o tão desejado voo para São Paulo e conexões. Hoje vejo que não foi em vão. Minha narrativa aqui não tem o propósito de me vangloriar ou me chamar à vaidade, pois se ocupava um cargo público na época, era minha obrigação trabalhar pelo bem coletivo. Porém, ainda naquela época, o sonho parecia distante e talvez

por isso, na imaginação de muitos, esse movimento e investimento não se faziam necessários. Não foi há muito tempo, tudo isso ocorreu nos anos de 2011 e 2012. E assim feito, divido essa conquista com cada um que defendeu e ainda defende esse novo corredor de desenvolvimento que se abre a nossa Cidade Divina. Juro que ao pousar naquele dia me emocionei. Ver as pessoas saudando e participando daquele momento o tornou ainda mais especial. Parecia que minha realização era compartilhada com muitos, até com quem não acreditou. Hoje, ainda acompanho diariamente o movimento dos passageiros, a lotação dos voos, como uma pessoa que torce e torce muito para que este seja um caminho sem volta: a entrada de Divinópolis no roteiro da Azul. Reforço, em nome da comunidade empresarial de Divinópolis e região, os nossos agradecimentos, como também a minha eterna lembrança do dia 6 de julho de 2015, o pouso pioneiro da Azul em nossa cidade! *Sócio-diretor da ADvisor Assessoria Executiva e Educação Corporativa e vice-presidente executivo da Acid.


14

Julho e agosto | 2015


Julho e agosto | 2015

15

Melhorias na sede do Centro Industrial

Quando pensamos em uma pessoa com deficiência - física, por exemplo - quase nunca nos damos conta da quantidade de acessos que são necessários para que ela possa ter a autonomia necessária para circular por onde necessita. Se avaliarmos com detalhe, para uma pessoa em cadeira de rodas chegar ao banheiro, ela precisa que o corredor de acesso tenha determinada largura para conseguir passar; a maçaneta da porta deve estar a certa altura do chão; o vaso sanitário, a tantos centímetros de altura do solo e, ao lado, tem de haver uma barra de transferência. Além, claro, da área de circulação horizontal (ninguém pode entrar de frente e sair de ré de um ambiente), a altura do lavatório, da saboneteira, da

torneira... Isso sem falar da angulação das rampas, do nivelamento das calçadas, da acessibilidade nos ônibus, nos quartos, nas casas, nos prédios... Tais preocupações são motivos para as pessoas pensarem um pouco mais sobre a necessidade de adequar os ambientes para receber dignamente essas pessoas. Segundo a Lei Federal 10.098, de 19/12/2000, acessibilidade é a possibilidade e condição de alcance para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, inclusive seus sistemas e tecnologias, bem como de outros serviços e instalações abertos ao público, de uso público ou privados de

uso coletivo, tanto na zona urbana como na rural, por pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida. Pensando na acessibilidade para todos, a sede da Acid no Centro Industrial Coronel Jovelino Rabelo recebeu melhorias para que pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida tenham acesso adequado as suas instalações. As modificações feitas foram: rampa de acesso para pedestres da via pública à edificação, adaptação dos banheiros, instalação de bebedouro, sinalização visual e tátil direcional e de alerta. Mudar o ambiente privado de acesso público deve ser uma proposta real pensando na acessibilidade com a mesma naturalidade em que pensam construir edifícios, casas, praças.

Espaço Rústico, a beleza e qualidade acompanha o design nobre e arrojado de móveis, utensílios e decoração que combinam com o seu bom gosto. Uma loja que enche seus olhos, trazendo de volta o aconchego conforto, prazer e praticidade. Visite-nos e você verá que sua casa vai se transformar no melhor lugar do mundo. Descubra a alegria de viver em um ambiente feito sob medida para você e sua família. www.espacorusticodivi.com.br


16

Julho e agosto | 2015

ACONTECIMENTOS

Empresários e lideranças se encontram para traçar novos rumos no Centro-oeste mineiro O 1º Encontro Empresarial do Centro-oeste de Minas, realizado dia 13 de maio pela Acid, em parceria com a Fundação Dom Cabral, foi um sucesso e reuniu mais de 150 pessoas entre empresários, prefeitos e lideranças de diversas cidades como Arcos, Carmo do Cajuru, Cláudio, Divinópolis, Bom Despacho, Itaúna, Nova Serrana, Santo Antônio do Monte e outras. A presença do prefeito de Divinópolis, Vladimir de Faria Azevedo, que discursou como anfitrião da cidade, também foi ressaltada pelos organizadores desse evento que foi considerado pelo vice-presidente executivo da Acid e idealizador do encontro, Macy Luiz de Paula, como um primeiro momento

Fotos: Nando Oliveira

Macy Luiz de Paula, Wagner Veloso, Carlos Moacyr Aguiar, Prefeito Vladimir Azevedo e Lindolfo Paoliello

de grandes oportunidades. “O empresariado precisa ter mais oportunidades como essa, que permitam compartilhar ideias que possam somar e valorizar a região. É sempre muito bom poder contar com pessoas de mentes voltadas para o futuro e em prol de um bem comum. Precisamos repetir”, ressaltou Macy.

Equipe Acid com Wagner Veloso, Macy de Paula e Lindolfo Paoliello

O evento contou com o patrocínio da Fulig, Cedro Seguros, Sincomércio, Concessionária AB Nascentes das Gerais, Sebrae-MG e Caixa Econômica Federal, sendo apoiado pelo Correios, Buffet Paulinelli, Soul Sérgios, TV Alterosa, Yellow Hall, PRP, Advisor, Lindolfo Paoliello e Plural Assessoria e Consultoria de

Comunicação e Marketing. O 1º Encontro Empresarial do Centro-oeste de Minas teve como tema “Os caminhos para a competitividade – Gestão e competência empresarial no Centro-oeste de Minas” e contou com palestra ministrada pelo presidente da Fundação Dom Cabral, Wagner Furtado Veloso.

Acid é agraciada em solenidade militar A Acid recebeu homenagem como colaboradora da Polícia Militar durante a solenidade em comemoração aos 240 anos da Polícia Militar de Minas Gerais e inauguração da nova sede da 7ª Companhia de Missões Especiais. A associação foi homenageada em reconheci-

Vice-presidente da Acid Antônio Carlos Pereira de Oliveira (Pulinho)

mento à articulação e busca de meios para a concretização da instalação da Companhia no Centro Industrial. A tesoureira da Acid Regina de Faria recebeu a placa, em nome da entidade, pelo apoio na idealização da importante obra. O empresário Antônio Carlos Pereira de Oliveira (Pulinho) também foi homenageado e com destaque pelo seu empenho e dinamismo. Pulinho foi o grande incentivador para que as empresas contribuíssem financeiramente com a finalidade de se instalar a sede da 7ª Cia. de Missões Especiais, no Centro Industrial. Além da homenagem como colaborador da Polícia Militar, Pulinho recebeu a Medalha Alferes Tiradentes – a maior comenda da Polícia Militar de Minas Gerais. Foram mais 20 empresas associadas à Acid que compreenderam a importância

Fotos: Pablo Santos

Regina de Faria recebe a placa de homenagem do Coronel Laércio Gomes em nome da Acid

em apoiar com recursos para a reforma do antigo Frigorífico Irmãos Nogueira. Também foram parceiros desse grande empreendimento o poder público e a comunidade. O local ainda passará por outras adequações. Dentre as estruturas a serem implantadas, estão planejados: um estande de

tiro, um centro de triagem de animais silvestres, uma ecolândia, uma transitolândia, uma pista de treinamento esportivo, a sede do pelotão de meio ambiente e o depósito avançado de defesa civil. O Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, Coronel PM Marco Antônio Badaró Bianchini, em seu discurso, agradeceu a colaboração dos empresários, ressaltando que na 7ª Cia. ME deverá ser instalado o 1º Centro Regional de Treinamento da Polícia Militar de Minas Gerais. A 7ª Companhia está sob o comando do tenente coronel Marcelo Augusto dos Santos e é voltada para a intervenção em ocorrências de alta complexidade. Atende, também, a todos os municípios do Centro-oeste de Minas.


Julho e agosto | 2015

17

ACONTECIMENTOS

Acid discute o processo de crescimento das empresas e seus impactos No atual cenário de crise, a Acid, em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC), presenteou a comunidade empresarial com a palestra “Como crescer em momentos de crise?” ministrada pelo professor convidado da FDC Leonardo Teixeira. O foco principal da palestra foi como criar condições mais favoráveis para estrutura de capital no processo de crescimento das empresas. “Dentro dessa perspectiva, apresentamos uma visão mais abrangente do processo de crescimento dos negócios e seus impactos nas empresas, assim como uma visão interna da organização com sugestões de medidas de curto prazo”, esclarece Teixeira. O tema foi bastante oportuno no atual momento por que passam as empresas. A avaliação do plano de crescimento das empresas e as opções de crescimento com otimização da estrutura de capital foram assuntos debatidos durante a exposição do professor Teixeira, que possui 17 anos de experiência executiva em empresas fa-

Jakis Douglas

Lindolfo Paoliello, Prefeito Vladimir Azevedo Macy de Paula e Paulo Emílio

miliares em diversos setores e no mercado financeiro. A palestra aconteceu no auditório da sede da Fiemg Regional Centro-oeste, em Divinópolis, dia 14 de julho. O evento conta com o patrocínio da Algar Telecom e apoio da 1829 Gestão de Marca, CDL-Divinópolis, Fiemg Regional Centro-oeste e TV Alterosa. A ADvisor Assessoria Executiva & Educação Corporativa e a Lindolfo Paoliello Consultoria de Comunicação Social foram as idealizadoras do evento.

Acid comemora voo da Azul A conquista dos voos comerciais pela Azul em Divinópolis passa por várias pessoas, entidades, organizações. A Acid também tem sua parcela de contribuição. E tem motivos para comemorar e festejar esse momento importante. Em 2012, Macy Luiz de Paula era o 1º vice-presidente da Acid e foi indicado pela entidade para ocupar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável (Semde). Naquela época, levou o anseio do empresariado para a Secretaria dando os primeiros passos para a concretização do funcionamento do aeroporto: aumento da pista, negociação dos hangares, terminal de passageiros, sinalização. O atual vice-presidente executivo da Acid Macy Luiz de Paula sente-se orgulhoso de fazer parte do primeiro voo conectando Divinópolis com outras partes do Brasil e do mundo.


18

Julho e agosto | 2015

O Sistema FIEMG é SESI e SENAI, é FIEMG, CIEMG e IEL. São cinco organizações privadas que atuam ao lado dos empresários mineiros para que a indústria produza mais e melhor. O Sistema FIEMG é segurança e saúde no trabalho. É tecnologia e inovação. É educação e formação profissional. O Sistema FIEMG é mais desenvolvimento para todos. Para a indústria. E para você.


Julho e agosto | 2015

Elas estão conosco há 45 anos. E evoluem cada vez que vão ao fogo, recebem um fio de azeite, cebola e alho para dourar. Ainda não tem em casa? Então comece a observar nos restaurantes que mais gosta, bares, hotéis, casa dos amigos. Logo vai ver que a Panela Mineira está mais presente que imaginava. E vai saber por que tornam-se item de estimação de quem aprecia boa cozinha, bons amigos, boas histórias.

www.

.c om.br

19


20

Julho e agosto | 2015

Modelo de gestão com foco em resultados para médias empresas Parceira da Acid, a Fundação Dom Cabral (FDC) oferece o PAEX - um programa que reúne empresas de médio porte em busca da implementação de um modelo de gestão com foco em melhoria de resultados e aumento de competitividade. Por meio da construção gradativa de conhecimento e do intercâmbio de experiências, os participantes discutem seus modelos de gestão, colocando em prática ferramentas gerenciais e estratégicas. Tudo isso com os professores da Fundação Dom Cabral acompanhando lado a lado. Nesse ambiente, os resultados aparecem a médio e longo prazos, por meio do realinhamento da estratégia de cada empresa e com avaliações gerenciais mensais para mensurar o progresso dos negócios. Outras informações podem ser obtidas com o executivo da FDC no Centro-oeste de Minas, Macy Luiz de Paula pelo (37) 9803-9968.

No PAEX, a parceria gera resultados • Redefinição da estratégia de gestão da empresa com base em um modelo integrado. • Definição de indicadores de performance da organização. • Acompanhamento periódico de metas. • Ampliação dos horizontes a partir do seu contato com a vanguarda da gestão empresarial. • Intercâmbio entre empresas para compartilhamento das melhores práticas de gestão. • Implementação de metodologias de gestão em: Marketing e Vendas, Gestão de Processos, Gestão de Pessoas, Gestão de Projetos, Finanças, Operações e Logística. • Melhoria nos resultados econômico-financeiros.

A participação da FULIG no PAEX é recente, pois iniciamos no processo em dezembro de 2014. Mas apesar do curto período, já percebemos mudanças significativas em nosso modelo de gestão e na análise dos resultados. O PAEX permitiu a revisão de nosso planejamento estratégico, através de forma sistêmica, associada ao monitoramento e avaliação de desempenho da empresa. A participação de nossa equipe nas AGMs e PDDs promove o desenvolvimento e alinhamento da gerência até nível operacional com objetivos estratégicos. Estamos bem no início da nova gestão, mas já percebemos que o programa PAEX contribuirá para o aprimoramento do nosso modelo de gestão, equilíbrio da organização e o trabalho focado em nossa visão estratégica. A participação no PAEX com toda certeza nos permitirá um crescimento sustentável ainda maior. Neile Rachid Dellaretti Presidente da Fulig


Julho e agosto | 2015

c o n d o m í n i o

h o r i z o n t a l

www.vistadoroaquaville.com.br Vistadoro Aquaville

Realização:

0800 033 1343

@vistadoroaquaville

Parceria:

Inteligência e Coordenação:

21


22

Julho e agosto | 2015

NOVOS ASSOCIADOS Araújo e Campos Sociedade de Advogados

Maria Bernadete de Oliveira

Confecções São José

Micro Service

ADvisor Assessoria Executiva

Nilda Rosário Carvalho de Oliveira

Escora Forte Construções

Rogério F de Paula Vieira Calçados ME

Elenara Francisca de Castro

San Loren

Malu Festas

Souza Alves e Pereira Sociedade de Advogados

Serviços advocatícios

Confecções de peças íntimas

Assessoria de gestão empresarial e educação corporativa Fabricação de artigos de carpintaria para construção Comércio varejista de artigos do vestuário Comércio varejista de doces, balas, bombons e semelhantes

Confecções de peças do vestuário

Reparos e manutenção de outros objetos e equipamentos de informática Restaurante e similares

Fabricação de calçados de material sintético Confecções de peças de vestuário Serviços advocatícios

Margarida Maria de Sousa Facção de peças do vestuário

PROCURANDO QUALIDADE?

em Minas Gerais pelo segundo ano consecutivo

A CONDUMIG oferece uma linha completa para os seus clientes. Invista na qualidade que você já conhece e otimize suas vendas!

www.condumig.com.br


Julho e agosto | 2015

UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA QUE ASSOCIA UMA COMPLETA LINHA DE PRODUTOS E SERVIÇOS A GRANDES VALORES DA VIDA. O SICOOB CREDIVERDE É ASSIM.

Crediverde

CARTÕES

CONTA CORRENTE

POUPANÇA

INVESTIMENTOS

CRÉDITO

CONSÓRCIOS

PREVIDÊNCIA

SEGUROS

23


vestibular agendado

24

Julho e agosto | 2015

pitágoras 2015

Estude com bolsas de até 50%1

#conte com a gente Descontos exclusivos para matrículas antecipadas2.

Descontos especiais para empresas conveniadas2.

Sua nota ENEM vale desconto na matrícula3.

4

faculdadepitagoras.com.br *Consulte condições e cursos disponíveis na unidade.

Bolsa de 50%(4)

Novo Curso Bolsa de 50%(4)

Administração Arquitetura e Urbanismo Ciências Contábeis Design de Interiores Direito Enfermagem Engenharia Ambiental e Sanitária

Bolsa de 30%(4)

Engenharia Civil Engenharia de Cont. e Automação Engenharia de Produção Engenharia Elétrica Engenharia Mecânica Farmácia Gestão Comercial

faculdadepitagoras.com.br

Bolsa de 30%(4) Bolsa de 30%(4) Bolsa de 50%(4)

Gestão de Recursos Humanos Jornalismo Logística Psicologia Publicidade e Propaganda Sistemas de Informação

UNIDADES DIVINÓPOLIS R. Santos Dumont, 1001, Bairro do Carmo Tel.: (37) 2101-4877 R. Minas Gerais, 593, Centro Te.: (37) 3222-0684

Desconto exclusivo de 50% para cursos no turno da manhã e desconto de 30% exclusivo para cursos do turno da noite, limitado a 60 vagas, obedecendo à classificação no vestibular. Mudança de curso, turno, trancamento, cancelamento e posterior retorno – todas por decisão do aluno – implicam a perda do benefício. Caso não haja formação de turma pelo não atingimento do número mínimo de alunos – condição prevista em Edital – a bolsa não poderá ser utilizada em outro curso ou turno. Desconto não cumulativo com outros abatimentos e convênios. 2Ofertas não cumulativas. Consulte condições e cursos disponíveis na unidade. 3A pontuação mínima no ENEM para concessão de desconto na matrícula deverá ser de 450 pontos. 4Programa do Governo Federal. Consulte condições de adesão em novofies.com.br 1

Mude o curso da sua vida.

Informacid Agosto/2015  
Informacid Agosto/2015  

Confira a edição especial do InformaAcid.

Advertisement