a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

Revista Conexão Paraná

Ano XX - Nº 241

*Exemplar: R$ 9,99

RCP

* Distribuição gratuíta em aeroportos e estabelecimentos conveniados.

* Versão digital e VDE em PDF - Exclusivo para assinantes www.revistarcp.com

r a n o i s l u p m i R á P r o e n v e o d m a s i m r a u r t g o o r e P a i m o n o c e a Cultura

Educação

Maringá realiza sua 6ª Flim Festa Literária Internacional

Estado e Faep renovam parceria para o Agrinho Foto: Divulgação


Apoio

RCP Revista Conexão Paraná

* Distribuição gratuíta em aeroportos e estabelecimentos conveniados.


Editorial Direto da Mesa do Editor Diretor geral - Joel Cardoso editor@portalglup.com

Publicações da Editora Revista Conexão Paraná www.revistarcp.com

O exemplo do grupo Usaçucar

Jornal Conexão Aeroporto revistarcp/aeroportos Site de Notícias Glup!Nacon www.revistarcp.com Facebook www.facebook.com/revistaconexao

Ano XX - nº 241

Jornalista responsável Joel Cardoso Fenaj 66023 Web/diagramação Jonathan Lukaszewigz Supervisão Geral Rose Tognon Assessoria Jurídica Rosenéia A. Tonhão Colaboradores: Gorby Junk (Curitiba) Alexandre Mendes (Santa Catarina) Marcela Langoni (Londrina) Aline Passos (Foz do Iguaçu) *Elano Maringá (Maringá)

A dívida estimada com os bancos, que levou ao pedido de recuperação judicial da Usina Santa Terezinha , é de aproximadamente R$ 4,49 bilhões. Mas o grupo não esmorece e busca novos horizontes e inaugurou no final do mês de setembro um moderno Centro de Produção de Mudas de Cana-de-açúcar, com capacidade para a produção de até 11 milhões de mudas de cana ao ano. Localizado em São Tomé, no Paraná, a 88 km de Maringá, o Centro de Produção de Mudas do grupo está instalado em uma posição estratégica, segundo a empresa, para atender a todas as unidades do grupo, considerado pela diretoria da Santa Terezinha como um “importante passo no avanço tecnológico para a produção de cana de 3 dígitos de produtividade, permitindo, assim, uma expansão acelerada de novas variedades comerciais adaptáveis a diversos ambientes de produção, com a garantia das melhores características genéticas, padrões

fitossanitários e rastreabilidade”. Ainda segundo o grupo, o Centro, com o objetivo atingir a excelência operacional, conta com tecnologias e equipamentos de última geração em todas as fases do processo. “As mudas são originárias de viveiros criteriosamente selecionados e o processo inicial de extração é feito por 7 máquinas com capacidade de 140 mil gemas por dia, operadas por funcionários treinados e capacitados, as gemas extraídas são armazenadas em caixas para o posterior tratamento nutricional e hormonal, e o subproduto da extração, a cana, é destinado ao processo industrial para produção de açúcar, etanol e energia”. “Essa é mais uma iniciativa da Usina Santa Terezinha, focada constantemente na inovação tecnológica de seus processos agroindustriais, aumentando a eficiência e ganhos econômicos na renovação e expansão de áreas de cana-deaçúcar”, destaca a diretoria do grupo.

Cenário econômico foi tema no Summit Sebrae Redação (Sede Própria) R. Martim Afonso 1587 Zona 02-Maringá-Paraná Fone (pabx) 44.3026.8585

Capa da Revista Conexão PR, edição de novembro 2018, destacando a Flim.

Nos dias 9 e 10 de outubro aconteceu em Curitiba, na Expo Unimed, o Summit Sebrae 2019, evento de negócios que movimentou as empresas da capital paranaense. "A edição 209 do Summit traz ainda o espaço LAB, com oficinas sobre a metodologia Business ModelYou, como elaborar um pitch, Design Thinking, mapa de personas, mapa de empatia e jornada do usuário.» O evento também trouxe uma exposição com mais de cem empresas que se destacam por seu foco em inovação e por sua performance de expansão acelerada. Os expositores foram divididos nos segmentos Startups; Techs mapeadas pelo Sebrae como negócios do ecossistema de inovação, por setor e cadeia produtiva; e empresas de alto potencial, que são mais maduras, de crescimento rápido, com inovação.» O maringaense Jefferson Nogarolli, um dos

convidados do evento, reforçou a necessidade de mudanças urgentes no mercado financeiro do País. “Nós vivemos em um oligopólio financeiro. Os juros não caem porque cinco grandes bancos têm 85% do crédito e dos depósitos na mão. A melhoria só vai acontecer quando o sistema de cooperativo ganhar mais de 10% do mercado. O que nós temos que fazer é aumentar a competitividade do setor financeiro”, incentivou. Nos dois dias de Summit Sebrae 2019, mais de 1,5 mil empreendedores estiveram reunidos para criar conexões, fazer networking e expandir a rede de negócios, na ExpoUnimed, em Curitiba. Na programação, passaram pelo evento nomes como Luis Justo, CEO do Rock In Rio; Gustavo Ziller, apresentador do Canal Off; Arthur Debert, fundador e CEO da Loggi, entre outros. No local, também ocorreram pitches e reuniões de negócios entre os participantes.


Maringá Natal promete encantar a população e visitantes Já consolidado como iniciativa de grande repercussão, o projeto Maringá Encantada se redesenhou este ano para ser ainda mais grandioso e surpreendente. A programação está diversificada e, além da roda gigante, enorme sucesso ano passado, na Praça das Pernambucanas será instalado elevador de 40 metros de altura, a big tower, e carrosel. A Praça da Prefeitura receberá novamente a roda gigante, o túnel de luz e o Papai Noel vai se instalar numa vila, bem diferente da casinha do ano passado. A montagem das estruturas já começou e segue em ritmo acelerado para a abertura oficial do Natal, dia 15 de novembro, com show de Sérgio Reis e Renato Teixeira. A decoração natalina não ficará somente no centro. A prefeitura ampliou as regiões que receberão iluminação, árvores de natal, entre outros. Já estão programadas no Parque do Japão, no Mandacaru, na Vila Operária, no Jardim Alvorada nos distritos de Iguatemi e Floriano, entre outros locais. O número de ambulantes foi ampliado de 54 anos passado para 104, todos previamente cadastrados e treinados. Os vendedores serão identificados com colete.

Posto Novo Horizonte Av. Cerro Azul, 1686 - Fone: 3227-6373 - Maringá - PR.

44

GREMASCHI Posto Horto Florestal Av.Dr. Luiz Teixeira Mendes, 2073 Fone: 44 3029-5800 - Maringá - PR.

Unijore reivindica espaço no novo CAC Em razão do prazo para o fechamento das edições impressas e digitais da Revista RCP (Revista conexão Paraná) sempre se esgotar no último dia útil de cada mês e excepcionalmente nos primeiros cinco dias úteis dos meses subsequentes, não foi possível ter a informação nesta edição, mas a Unijore fez um pedido oficial para a Secretaria de Cultura de Maringá. O ofício solicita a cessão de um espaço, sem definir o tamanho, para que a União dos Profissionais das Artes, Jornalismo e e Literatura (Unijore) tenha um espaço, no novo Centro de Ação Cultural (CAC) que está na fase final de reforma. Por ser uma agremiação cultural sem fins lucrativos, quer tornar-se independente, sem pedir favores para ocupar espaços em suas reuniões mensais. A previsão é inaugurá-lo em dezembro no prédio da antiga Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Neto, com sua ampla área de 2,2 mil metros quadrados. Segundo informações oficiais, ali foram investidos cerca de R$ 3,5 milhões. Independentemente de sua modernização, o espaço está mais eclético em suas homenagens. O edifício, agora é chamado Luty Vicente Kasprowicz, em homenagem ao arquiteto que criou o projeto em 1975, está em processo de tombamento como patrimônio histórico de Maringá. Entre as obras e adequações estão o elevador, auditório (onde a Unijore poderia ocupar espaços pontuais), climatização, acessibilidade, paredes, entre outras. A Unijore vislumbrou a possibilidade em ter um espaço no novo CAC em razão das obras otimizarem o espaço. Subsolo que não era mais utilizado será sala de ensaios. Com aproximadamente 440 metros quadrados tem uma das laterais espelhadas e divisórias móveis

para adequar espaço conforme atividade. Por exemplo, as reuniões mensais da Unijore. Já o térreo terá a sala de exposições Lukas (homenagem ao falecido quadrinhista Marcos Lukaszewigz) e a sala de concerto Joubert de Carvalho com o piano do final do século 19 que foi do compositor e agora é restaurado na Região Metropolitana de Curitiba, com capacidade aproximada para 80 pessoas. O segundo piso será para artes plásticas e o terceiro piso para música. Só faltou mesmo o espaço para a Unijore. Também haverá uma sala exclusiva para a Casa de Cinema com novos cursos a partir de março de 2020. Intenção é fazer um curso ou workshop de audiovisual ao mês. Além de espaços exclusivos para artesanato, entre outras manifestações com atividades gratuitas. Todo o CAC foi pensado em facilitar a acessibilidade, com rampas, elevador, banheiros adaptados, placas em braile, entre outros. Durante a reforma as atividades do CAC estão realizadas na avenida Paraná, 793. Em 2019 foram quase 2 mil alunos a partir dos 6 anos de idade em mais de 65 cursos. Já há exposições e atividades planejadas ainda para esse ano após a inauguração. Iniciativa da gestão Ulisses Maia em formar profissionais e popularizar a cultura, juntamente com diversos eventos gratuitos. O CAC existe desde 1976. Já o prédio foi inaugurado em novembro de 1975. Foi utilizado como Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Neto até ser indicado como patrimônio histórico de Maringá após inauguração do novo CAC e, não havendo obstáculos intransponíveis, o prefeito Ulisses Maia cumpre parcialmente sua promessa de campanha eleitoral em relação a construir o Museu da Imprensa e da Literatura.


Autos Fiat-Chrysler e PSA Peugeout Citroen confirmam fusão

PEUGEOT 208 TEM ESTILO OUSADO PARA SE DESTACAR NO SEGMENTO (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Após confirmar nesta quarta-feira (30) um flerte, Fiat-Chrysler Automobiles e PSA Peugeot Citroën anunciaram a fusão das empresas para formar o quarto maior conglomerado da indústria automobilística mundial. Juntas, FCA e PSA iniciam o casamento com um valor de mercado expressivo, estimado em US$ 50 bilhões. Faz algum tempo que o grupo ítalo-americano buscava um parceiro para os novos tempos. E os franceses, que recentemente compraram a Opel da General Motors, também estavam à procura de um aliado de peso para voltar a prosperar nos negócios.

Peugeout confirma 4 carros novos para o Brasil a partir de 2020 O planos da Peugeot para o Brasil vão além da picape diesel antecipada em primeira mão por Autoesporte. Jean-Philippe Imparato, presidente mundial da Peugeot, confirmou que quatro modelos da marca francesa vão ser lançados no Brasil a partir do próximo ano, incluindo a picape e a nova geração do hatch 208. Até 2023, será um lançamento da Peugeot por ano. O hatch chega no ano que vem, depois virá a picape e o SUV 2008. O quarto modelo ainda é um mistério. As primeiras imagens da picape serão divulgadas em março, e o lançamento está previsto para 2021. O executivo só não quis precisar em que país a picape vai estrear: “Posso dizer que América Latina será a primeira região.” O utilitário será produzido na Argentina. De passagem pelo país, Imparato recebeu um grupo de jornalistas ao lado de Ana Theresa Borsari, responsável pela operação da Peugeot no Brasil. O executivo vinha da Argentina, e não quis comentar o resultado das eleições no país vizinho: “Não falo sobre política. Não se trata de Brasil ou Argentina. Trata-se de desenvolver produtos para competir com mercados da Índia, outros países da Ásia e África. Quando forem capazes de fazer isso, serão reis. Vocês são reis em controle de custos e caixa, são minha referência.”

Imparato afirmou ainda que “há algumas fábricas na América Latina melhores do que na Europa”. Dizendo-se atento ao fenômeno dos SUVs também no Brasil, o executivo comentou que dedicaria a quinta-feira a conhecer e dirigir modelos da concorrência, como o Jeep Compass. O executivo se disse “feliz” com os resultados da Peugeot na região, onde a marca “termina o ano em boa forma”. Participação de mercado, afirma ele, não é motivo de preocupação: “Não ligo para market share, não faz diferença para o lucro.” Motivo de atenção, diz Imparato, são as rigorosas leis de restrição a emissão de poluentes previstas para entrar em vigor na Europa.” E compara o momento da indústria automobilística a desafios empilhados como “uma lasanha”. "Há muitas disrupções previstas para os próximos cinco anos. A eletrificação dos veículos, o carro autônomo e a conectividade 5G. O consumidor não poderá pagar por um carro autônomo de nível 4 (veículo é autônomo, mas pode solicitar a interferência do motorista). Será muito caro. Mas crianças e empresas estão perguntando sobre carros elétricos. Estou certo de que os consumidores vão começar a perguntar sobre eles. E nós vamos assumir a responsabilidade pela bateria", afirmou Imparato.

Com a fusão, as marcas deverão compartilhar tecnologias, plataformas, serviços, fábricas e novos veículos. Segundo as empresas, o plano é unir forças para enfrentar as transformações e desafios pelos quais as fabricantes tradicionais estão passando. A maneira de consumir carros mudou com a chegada de serviços como a Uber, por exemplo. As equipes das empresas irão se reunir nas próximas semanas para definir os primeiros passos do, agora, quarto maior fabricante de carros do planeta. O atual presidente da FCA, John Elkann, e o da PSA Peugeot Citroën, Carlos Tavares, presidirão o grupo nesta fase inicial, que terá sede na Holanda. O batismo para o novo grupo ainda não foi definido. Para os consumidores, os primeiros frutos da fusão já devem surgir no início da próxima década. Ambas as empresas estão com projetos encaminhados. Peugeot e Citroën trabalham no Novo 208 e no sucessor do C3, enquanto a Fiat está na fase final de desenvolvimento dos novo motores Firefly turbo.


Gastronomia

5 Programas de gastronomia na TV Os programas de gastronomia sempre estiveram presentes na televisão e, cada vez mais, são exibidos em um formato reinventado e ousado. Os reality shows de culinária se popularizaram de vez entre o público brasileiro. Essas atrações são criativas e envolventes— prendendo bastante a atenção dos telespectadores. Cake Boss- O reality show mostra o cotidiano de um dos confeiteiros mais bem-sucedidos dos Estados Unidos, Buddy Valastro.

Reservas (44)

3354-6115

www.barolotrattoria.com.br/maringa R Luiz Gama, 106 - Maringá-PR

Masterchef Brasil - O reality show culinário exibe chefes amadores e profissionais em uma competição, onde eles preparam pratos de acordo com o tema do episódio. Programa da Palmirinha - Bastante conhecida pelo público brasileiro, a querida vovó Palmirinha ensina aos seus telespectadores receitas simples e deliciosas. Rua Otávio Perioto, 21 - Maringá PR

Self - Service

Tempero de Família - Sucesso entre os programas de gastronomia, Tempero de Família é comandado por Rodrigo Hilbert.

3031-6778

Fone: (44) Avenida Cerro Azul, 108 - Zona 02

Top Chef - O reality mostra cozinheiros competindo entre si em desafios gastronômicos. As temporadas passam em cidades escolhidas pela produção e essas localidades costumam inspirar os temas dos pratos.

Fone 44. 3224-6866 (44)

3024-4222

Av. Cerro Azul, 1693 - Jardim Novo Horizonte, Maringá - PR

Av.Independência 122

Coluna pet GUGU, o Mascote As seis melhores raças de cães para quem tem criança em casa Ter ou não um cachorro é uma escolha bastante difícil, afinal, um cão é mais um membro da família e precisa de acompanhamento, alimentação, carinho, respeito e amor. Apesar de todas essas coisas, é importante também saber se sua casa é capaz de receber um cãozinho dando a ele tudo o que precisa para ser feliz. Beagle: conhecido por sua docilidade, o beagle é uma raça que gosta de gastar energia e consegue cuidar muito bem do quintal. Para ter um cão dessa raça é necessário gostar de passear, pois eles precisam gastar energia diariamente. Bulldog inglês: conhecidos por serem calmos, mansos e pacientes com as crianças o bulldog inglês tem forte instinto de proteção, mas necessita de adestramento adequado. Collie: essa raça ficou famosa com o filme Lessie e é verdadeiro o amor incondicional que sentem pelos donos. Os cães dessa raça costumam ser obedientes e fáceis de adestrar. Labrador: se você assistiu ao filme Marley e Eu provavelmente se apaixonou por essa raça. Assim como no filme, os labradores costumam ser muito arteiros, mas são ótimos para uma casa com criança. Se você tem um quintal grande vale a pena apostar nessa raça incrível. Golden Retriever: assim como seus primos labradores, os Golden retrievers são muito brincalhões e gostam de atenção. É necessária muita disciplina para que eles não coloquem a casa de cabeça para baixo, mas são ótimos companheiros para as crianças. Maltês: dóceis, obedientes, companheiros. Assim como o Beagle, a raça maltês gosta de gastar energia e exige atenção e retribui com muito companheirismo. Alguns até ficam famosos, como o “Gu-gu”, o mascote da Revista RCP.

Carlos Antonio da Silva CRMV-PR 2901

Caio Domingues Gomes Silva CRMV-PR 15335

44-3024-4535 Av. Humaitá, 870 - Zona 4 - Maringá PR


Saúde

A odontologia digital está ao alcance das faculdades, pacientes e dentistas? ao dentista regularmente. As pessoas passam a buscar o tratamento odontológico essencialmente com a intenção de conservar a dentição, melhorar a saúde e o funcionamento mastigatório, além dos fatores estéticos oferecidos pela grande oferta que existe em implantes dentários A reportagem fez uma enquete no final de outubro entre algumas das mais conhecidas faculdades que oferecem odontologia como graduação e diversas clínicas de odontologia: você já ouviu falar em odontologia digital? Nem todas as faculdades ou profissionais das clínicas responderam satisfatoriamente a pergunta. Isso significa que o aluno ou paciente precisam ficar atentos sobre a qualificação da clínica e de sua equipe técnica, e da qualidade dos cursos de deontologia que são oferecidos pelas faculdades.

O profissional com graduação em Odontologia recebe o título de cirurgião-dentista. A formação permite atuar como clínico geral, além de buscar oportunidades de carreira entre as 23 especialidades reconhecidas pelo CFO. Conforme o levantamento quantitativo do CFO, o Brasil conta com mais de 300 mil cirurgiões dentistas. De acordo com o conselho da categoria, as três áreas com maior número de especialistas são Ortodontia, Endodontia e Implantodontia. De acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o Brasil ocupa a quarta posição no mundo em procedimentos odontológicos realizados por ano. Além disso, nove a cada dez brasileiros consideram importante ir

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL-ESTADO DO PARANÁ-COMARCA DE MARINGÁ-REGISTRO DE IMÓVEIS, SEGUNDO OFÍCIO

O elo entre ler e testemunhar a notícia continua

RCP

20 anos

Dr. Gabriel Sidney de Toledo Menezes TITULAR - CPC 013446099-53

Av. Getúlio Vargas, 266 - Ed. Três Marias - 1º andar - sls. 106 a 110 Caixa Postal, 716 - CEP 87013-130 - Maringá - Paraná

O novo cenário está relacionado com a revolução da indústria 4.0 e, assim como em outras áreas da saúde, a odontologia passa por um processo de transformação na relação entre dentistas e pacientes por meio do uso de novas técnicas que facilitam o processo de tratamento odontológico. Scanners intra-orais e faciais, impressoras 3D, fresadoras, softwares simuladores, entre outros recursos fazem parte desta nova realidade nas clínicas brasileiras. Na ortodontia, por exemplo, atualmente é possível prever e visualizar o resultado do tratamento mesmo antes do início, corrigir uma maloclusão (mordida anormal) de forma confortável e previsível. Na parte estética/reabilitadora é possível realizar o preparo para coroa de um dente, confeccionar a prótese e instalá-la em uma mesma consulta.


Cultura

Autores locais estão na 6ª edição da FLIM A Festa Literária Internacional de Maringá (FLIM) 2019 tem lista de convidados recheada de famosos. Mas participantes locais também são importantes no evento. São mais de 40 autores, músicos e artistas que lançarão livros, estarão nos estandes, debates, palestras, shows, entre outras atividades. Evento acontece no estacionamento do estádio Willie Davids, entre 6 e 10 de novembro. "A Flim abre espaço para troca de experiências, num intercâmbio dos autores locais, muito importante para a cidade", comenta o secretário de Cultura, Miguel Fernando.

FLIM 2019

Unijore preparou diversas atividades em seu estande

A diretoria da Unijore (União dos Profissionais das Artes, Jornalismo e Literatura-) pretende acionar sua participação com exibições em data-show, palestras, diálogos com autores, entrevistas no Espaço Vip e oferecer ao público a possibilidade de ganhar aatravés de sorteio aos seus visitantes, um final de semana com acompanhante em um dos hotéis mais estruturados na costa oeste paranaense: o Deville Express de Guaíra. Eis a relação dos nomes que terão funções e atividades fixas e em horários e dias alternados com datas e horários prédefinidos e dos lançamentos literários no estande da Unijore confirmados: NÚCLEO DE ARTES: Presença do artista plástico Mado, durante todo o período da FLIM 209. NÚCLEO LITERATURA Maria Inês Botelho (Coletâneas) VII Antologia Cultive- A Efemeridade da Vida. Dia 6 19 h Estande Unijore *Com coquetel Meyre Barbosa Dia 6 - Espaço dos autores independentes 8 às 21 h. Dia 7 - 19 h “Ela em 3 gêneros” (Poemas crônicas e atividades lúdicas) *Com coquetel Quirino Maia Dia 8 19 h Livro “Além do Rio Ivai” *Horário a confirmar Dias 9 e 10 alguns autores que fazem parte da categoria de sócio colaborador da Unijore, estarão se revezando para dialogar com o público visitante sobre suas respectivas obras. São eles: Dr. Dirceu Galdino, Dr. Cesar Moreno, Dr. Anderson Alarcon,

Prof. Gilberfto Pavanelli Outras atividades fixas, oficiais e diárias estarão sendo executadas na faixa das 17 horas no estande da Unijore na FLIM. Serão apresentadas obras da escritora unijoriana Mariah Ferri, projeções e palestras em áudio visual com as sócias Jhan Art e Sumiko Maebara, diálogos com os poetas Jaime Vieira e Benevides Garcia, escritor e jornalista Joel Cardoso. Os sócios abaixo relacionados, já foram avisados de suas funções e responsa bilidades: Benevides Garcia Jaime Viera Rose Tognon Meyre Barbosa Sumiko Maebara Eidivaldo Amaraes José Joaquim Juarez Firmino Pedro Paulo Quirino Maia Maria Ines Botelho Jhan Art Fran Nani Joel Cardoso Mariah Ferri Anderson Alarcon Dirceu Galdino Cesar Moreno Gilberto Pavanelli Frank Silva

A poesia também tem espaço na Flim. Na sextafeira, 8, uma mesa no Auditório Capitu, sobre "Poesia maringaense entre gerações", reúne Gilmar Leal, Piera Schnaider e Jaime Vieira, com mediação de Estela Santos. "Eventos como a FLIM são importantes não só pela congregação de ideias, pessoas e ferramentas, mas também, e sobretudo, pra colocar a literatura ao alcance de todos", considera Piera Schnaider. Victor Simião,25 anos, participa da Flim desde a primeira em 2014 como estudante. Até chegar como mediador e autor convidado hoje. "É uma alegria muito grande ver o evento crescer e se consolidar", diz. Curiosamente, justo no momento que o Brasil reduz investimento em cultura e setor literário está em crise com livrarias e editoras fechando, Maringá investe no segmento, aponta Simião. Entre os maringaenses estão Cibele Santos, Estela Santos, Luigi Ricciardi, Aline Sanches, Marcelo Bulgarelli, Victor Simião, Thays Pretti, Jaime Vieira, Irmãs da Palavra, Luiz Fabiano, Piera Schnaider, Gilmar Leal Santos, Evandro Luis, Eliana Palma, André Simões, Joel Cardoso, Alice Aurea, entre outros na contação de histórias, shows musicais e teatro. A Flim ampliou sua programação esse ano. São 39 escritores, entre nacionais e estrangeiros. Há debates, palestras, workshops, shows, oficinas, contação de histórias, lançamentos de livros, entre outros somando 40 eventos. Também uma feira literária com expositores de lojas, livrarias, editoras, artesanato, universidades, teatros, órgãos públicos, entre outros. E ainda visitação de grupos escolares. A Flim foi criada em 2014. No ano passado reuniu 50 mil pessoas e movimentou R$ 120 mil. A organização estima aumentar o público em 40% esse ano. Confira a programação completa no site da Flim 2019 . Fonte: PMM

Lembrando que vários unijorianos fazem parte da programação oficial da FLIM 2019 como mediadores de mesas redondas, lançando livros e como palestrantes. Acompanhem diariamente as novidades, fotos e comentários pelo portal da Revista RCP. Acesse diariamente revistarcp.com. Eis algumas atividades. Jaime Vieira, o poeta


Agrobusiness

Estado e Faep renovam parceria para o Agrinho O Governo do Estado e a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) renovaram no último dia 21 de outubro o convênio para o programa Agrinho nas escolas estaduais do Paraná. O programa leva a escolas das redes públicas municipal e estadual atividades e materiais pedagógicos que tratam da preservação do meio ambiente, despertar da consciência de cidadania e questões que envolvem saúde e qualidade de vida.

geração de paranaenses preocupada com a produção de alimentos e a preservação ambiental. “É uma grande política pública para incentivar e educar as crianças sobre a agroecologia”, afirmou. “O Paraná se consolidou como um dos lugares onde mais se produz alimentos de forma sustentável no mundo. Conserva as matas ciliares, as microbacias, as bacias hidrográficas, respeita as florestas e produz alimentos sem agrotóxicos”, ressaltou.

programa ajuda na formação das novas gerações de cidadãos paranaenses. “Ao longo de todos esses anos, muitos estudantes que participaram das formações do Agrinho se tornaram pessoas relevantes para a sociedade. Ele vem para atender todos os requisitos de uma formação ambiental, social e sobre direitos e deveres”, disse Meneguette. “Acredito que todo o caminho que percorremos nesses 24 anos foi para ajudar a formar uma nova geração de pessoas”, acrescentou.

O termo de cooperação foi assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo presidente da Faep Ágide Meneguette, na solenidade de encerramento da edição de 2019 do programa, realizada no ExpoTrade Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Cerca de 1,5 mil pessoas participaram do evento, entre professores, alunos, famílias, autoridades e lideranças rurais de diversas regiões do Paraná.

Ele disse que o Agrinho, que existe há duas décadas, contribui para esse destaque do Estado. “O Agrinho fala sobre técnicas agrícolas e educação. Desde bem pequena, a criança já cresce com essa cultura de respeitar o meio ambiente e com a consciência de produzir alimentos de forma moderna e sustentável”, salientou o governador.

A continuidade no trabalho do campo também é uma consequência do programa, afirmou o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara. “Estamos cultivando o agricultor do futuro, aquele que será o sucessor do pai e da mãe na condução de um empreendimento muito importante para a família, que é fonte de renda e oportunidade, e também para a economia do Paraná e do Brasil”, salientou.

Promovido há 24 anos, o Agrinho conta, anualmente, com a participação de aproximadamente 800 mil crianças e mais de 50 mil professores da educação infantil, do ensino fundamental e da educação especial. Está presente em todos os municípios do Estado.

PARCERIA – O programa Agrinho é resultado de uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PR), Faep, o Governo do Estado – por meio das Secretarias de Estado da Educação, da Agricultura e Abastecimento, da Justiça, Família e Trabalho e do Desenvolvimento Sustentável e Turismo – municípios, empresas e instituições públicas e privadas.

Para Ratinho Junior, o Agrinho já formou uma

O presidente da Faep destacou que o

PREMIAÇÃO – Na cerimônia de encerramento, que neste ano trouxe a leitura e a música como temas, foram premiadas as melhores práticas educativas desenvolvidas nas escolas atendidas pelo programa, nas categorias Redação, Desenho, Experiências Pedagógicas, Relato Escola Agrinho, Relatório Município Agrinho e Relato Núcleo Regional de Educação.


Turismo Voo direto Curitiba-Guaíra e (re) aquece o turismo na região O turismo em Guaíra-Paraná passa a competir com os mais importantes destinos turísticos do Paraná e do Brasil com a implantação de voos diretos e diários da Gol Linhas Aéreas ligando Curitiba-Guaíra-Curitiba. A informação está no site da rede Deville de Hotéis e confirmada por Manoel Terron, gerente executivo do Deville Express Guaíra, um dos mais procurados da rede hoteleira da cidade, principalmente pela região norte e noroeste do Paraná pela rapidez de acesso, em torno de 300 Km a partir de Maringá.

Marechal Cândido Rondon Diferente do trajeto entre Curitiba-Guaíra com uma extensão total de aproximadamente 644 km e uma viagem de carro, que teria um tempo médio de 8h30 minutos. Para quem sai da região de Maringá, a viagem dura em torno de 3 horas e a ampliação da malha aérea da Gol vai incrementar o turismo na cidade e possibilitar acesso as principais cidades sul-mato-grossenses, inclusive Dourados, uma das principais cidades de Mato Grosso do Sul, via ponte Ayrton Senna, com seus 3,6 Km de extensão.

Impacto das manchas de óleo só poderá ser avaliado daqui a 4 meses, diz Ministro O Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio afirmou ao no último dia 29 que o impacto na procura de turistas por praias atingidas por manchas de óleo só poderá ser avaliado daqui a quatro meses.

gente evite esse impacto negativo na vinda de turistas estrangeiros", explicou Antônio, após participar do Fórum de Líderes da Associação Latino-Americana de Transporte Aéreo (ALTA).

"A venda de pacotes turísticos hoje vai impactar daqui a quatro meses. Obviamente, essa questão inesperada do óleo atingir a costa, do alto grau de dificuldade para trabalhar preventivamente – já que o óleo navega abaixo da superfície das águas – é uma preocupação", disse.

Em entrevista, Marcelo Álvaro Antônio disse que daqui a três ou quatro meses "esse problema [do óleo nas praias] vai estar completamente resolvido".

O ministro disse ainda que, no mês que vem, vai receber operadores de turismo do exterior para passar "um panorama, um retrato da realidade" do Nordeste. O evento vai acontecer em Porto de Galinhas (PE), no feriado de 15 de novembro, e são esperados mais de 100 operadores. Porto está entre os balneários que foram afetados pelo óleo. "Esse evento vai ser importante para que a

Segundo ele, é preciso "formatar um discurso certo e passar para frente" após a realização de um trabalho conjunto com Marinha, Ministério do Meio Ambiente e da Saúde.

Mesmo após perder as belezas naturais das sete quedas, Guaíra é uma das cidades que mais preservam suas belezas naturais. Sua privilegiada localização as margens do Rio Paraná em uma região composta por mais de 200 ilhas e diversas espécies de peixes, répteis, aves e anfíbios e sua proximidade para o turismo de compras na cidade paraguaia de Salto del Guairá, os esportes aquáticos disponíveis, os campeonatos de pesca, nunca deixaram de ser atrações aos turistas brasileiros. Neste cenário, destaca-se o Deville Express de Guaíra. Campo adaptado para a prática do tênis, piscina cercada por um ambiente bucólico, restaurante climatizado, churrasqueiras opcionais e preservado um dos principais pratos típico daquela região; o pintado na telha. Localizado no centro da cidade, o empreendimento hoteleiro ganhou uma atmosfera diferenciada imposta com a chegada do gerente Manoel Terron, cujo talento o maringaense reconhece desde quando era gerente do Deville Express Maringá. Aproveite o código WEBDEVILLE e ganhe 10% OFF no ato da sua reserva direta no www.deville.com.br/

As manchas de petróleo em praias do Nordeste já atingiram pelo menos 268 localidades em 94 municípios de 9 estados desde o final de agosto – o balanço mais recente do governo é do dia 28. A substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas.

Deville Express de Guaíra.


Aviação

Programa Voe Paraná impulsiona a economia e o turismo no interior A distância entre Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu, Guaira com a capital Curitiba, é bem próxima ou supera a mesma distância Rio de Janeiro e São Paulo. Um bom motivo para o clima festivo registrado no simbolismo de dois potentes jatos de água batizando as primeiras aeronaves que partiram com voos de Curitiba para o Interior do Estado inaugurando oficialmente, no dia 22 de outubro o programa Voe Paraná. O voo 5545 partiu às 12h15 com destino à Guaíra, na região Oeste. O 5555 foi para União da Vitória, no extremo sul do Paraná. Antes disso, uma aeronave saiu de Campo Mourão, no Centro-Oeste, rumo à capital. Outros seis deslocamentos, com partidas também de Francisco Beltrão e Paranaguá, marcaram o primeiro dia do programa. O governador Carlos Massa Ratinho Junior acompanhou a estreia no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, recepcionando os primeiros passageiros com destino ao Interior do Estado. Ele ressaltou o fortalecimento do desenvolvimento regional que o programa levará às regiões dos 12 municípios credenciados a integrar o Voe Paraná. CIDADES – Além de Guaíra, União da Vitória, Paranaguá, Campo Mourão e Francisco Beltrão, todos com deslocamentos no dia 22, Arapongas, Paranavaí, Cianorte, Guarapuava, Telêmaco Borba, Apucarana e Cornélio Procópio também integram o Voe Paraná. Os voos estão feitos por aeronaves Cessna Grand Caravan de até 9 lugares, com média de três a quatro voos semanais, dependendo da cidade. Secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, disse que a parceria

com os municípios foi fundamental para o sucesso do projeto. “Renovou a autoestima de muitas cidades, ligando municípios que não tinham essa opção. São 500 mil passageiros a mais voando pelo Estado do Paraná. Isso significa mais conectividade, mobilidade e integração”, afirmou.

NOVIDADE – A companhia Azul confirmou no dia 21 de outubro a implantação do voo direto entre Guarapuava e o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). As passagens já estão à venda. A operação está sendo, inicialmente, com um voo semanal aos sábados, a partir de 07 de dezembro.

Alberto Fajerman, assessor da presidência da Gol, confirmou que a companhia já vendeu aproximadamente mil passagens, com deslocamentos marcados até junho de 2020. “É a maior rede regional que a Gol faz no Brasil. O Paraná foi o Estado que mostrou o maior apetite para consolidar esse programa”, ressaltou.

Após os órgãos competentes certificarem o aeroporto paranaense para operações por instrumentos, a Azul tem a expectativa de ampliar sua oferta de voos com cinco operações semanais na cidade dentro de um prazo de 90 dias após essa homologação.

No dia seguinte, 22, aconteceu a estreia das linhas Curitiba-Arapongas (ida e volta); Curitiba-Paranavaí (ida e volta); CuritibaCampo Mourão (ida); Telêmaco BorbaCornélio Procópio (ida e volta); Telêmaco Borba-Curitiba (ida) e Curitiba-Cianorte (ida). Ao todo, serão 67 voos semanais ofertados pela Gol, inicialmente para 10 cidades do interior. Os aeroportos de Apucarana e Guarapuava se encontram em fase final de adequação para também integrarem o projeto. Todas as cidades contam com população variando entre 32 mil e 155 mil habitantes. REDE – Os avanços conquistados nos últimos meses consolidam o Paraná como uma das maiores redes do País em volume de decolagens domésticas por semana. O Estado é o terceiro maior mercado da Azul e o quarto para a Gol e para a Latam. Para ampliar as frequências, o governo reduziu a alíquota do ICMS da querosene de aviação de 18% para 7%.

A companhia já operava em Curitiba, Maringá, Foz do Iguaçu, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa, Pato Branco e Toledo. Com a inauguração da base, o Paraná iguala Minas Gerais no número de cidades atendidas pela Azul, ficando atrás apenas de São Paulo. O Governo do Estado e a aérea estão ultimando os últimos detalhes para consolidar a linha Umuarama-Curitiba. É a terceira nova rota dentro do Estado apenas neste ano. Assim que o aeroporto ficar pronto, ele será certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a intenção da companhia é começar a operação em até 60 dias. LATAM – A Latam anunciou a abertura de 71 novos voos semanais no Estado no primeiro semestre. A frequência passou de 198 para 290 por semana, aumento de 17%. A companhia já operava outras rotas regulares em Curitiba, Foz do Iguaçu e Londrina e, agora, Maringá se transformou na quarta base paranaense, o que encerra uma espera de 11 anos.


Política

A homenageada ostenta a condecoração ao lado de familiares.

Therezinha Seghezzi, o reconhecimento de Paiçandu - Paraná - 31 anos depois. Sexta-feira, 18 de novembro e, 31 anos depois de sua histórica gestão como prefeita de Paiçandu, a Câmara Municipal da cidade entregou solenemente o merecido título de Cidadã Benemérita para a ex-prefeita Therezinha Meneguetti Seghezzi. O idealizador da homenagem foi o vereador Fellini, aprovado por um animidade pelos demais vereadores da Casa de Leis. Terezinha Seghezzi foi a primeira mulher eleita por Paiçandu. Em 1988, quando a Escola Especial que leva seu nome foi fundada, foi ela que viabilizou a doação do terreno para a construção da unidade educacional. Alguns anos depois, em 2011, ela foi recebida na sscola com muitos aplausos de carinho dos alunos e professores.

na economia de Paiçandu e região noroeste com a produção de aguardente, criação de búfalos e outras atividades agrícolas. Sua decisão em ser prefeita foi pessoal, pois tinha uma afinidade muito grande com o povo de maneira geral. Religiosa, foi muito amiga do Monsenhor Berrnard, da Igreja Espírito Santo, do Padre Angelo Bank e do próprio Dom Jaime Luiz Coelho, de saudosas memórias. Mãe de 4 filhos, foi casada como o agricultor Alberto Seghezzi, também de saudosa memoria, é a única figura feminina no Paraná que ostenta o título honortífico atuei como assessor de imprensa daquela prefeitura. A Revista RCP está preparando uma reportagem especial para a edição de novembro.

Antes de ser eleita, a homenageada foi uma das mais prósperas investidoras

Paraná quer ter sede do TRF A bancada paranaense na Câmara, ou a maioria dos deputados eleitos pelo Paraná, está reforçando o interesse pela instalação de uma sede do Tribunal Regional Federal (TRF) no Estado. O governador Ratinho Jr e o presidente da OAB-PR, Cássio Telles, defenderam que a implantação do órgão no Paraná deve acelerar a tramitação de processos e facilitar o acesso da população à Justiça.

Brasil (OAB-PR), Defensoria Pública da União (DPU), Associação Comercial do Paraná (ACP), Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), entre outras entidades. A Procuradoria-Geral da República (PGR) também endossa a descentralização. Segundo a Apajufe, a própria estrutura do Poder Judiciário evidencia a importância de novos tribunais federais. Os 26 estados e o Distrito Federal têm tribunais estaduais e eleitorais e outros 24 têm tribunais regionais do trabalho, mas apenas cinco têm tribunais federais.

Desde o início da gestão, ele defende essa agenda positiva para o Paraná. Já discutiu a questão com os presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha. Atualmente, os processos de segunda instância da Justiça Federal dos três estados do Sul tramitam no TRF-4, com sede em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

ESTRUTURAS – Existem cinco TRFs no País, cada um atende uma região específica. Eles reúnem desembargadores que julgam os recursos sobre decisões de magistrados que atuam no primeiro grau da Justiça Federal.

A criação do tribunal é defendida pela Associação Paranaense dos Juízes Federais (Apajufe), seção paranaense da Ordem dos Advogados do

Uma emenda constitucional promulgada pelo Congresso em 2013 previa a criação de mais quatro tribunais federais, com sedes em Curitiba

(atendendo Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul); Belo Horizonte (Minas Gerais); (Bahia e Sergipe); e Manaus (Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima). O Superior Tribunal de Justiça (STJ), porém, aprovou em setembro o projeto de lei para a criação do Tribunal Regional Federal da 6ª Região (TRF6), com jurisdição em Minas Gerais.


Consumidor Supermercado Assai é condenado por homofobia O ex-funcionário, que trabalhava como operador de caixa da rede de supermercado, pleiteou indenização por dano moral em razão de discriminação, alegando que sofreu homofobia por parte dos colegas de trabalho. Homossexual assumido e por ter voz fina, ele alegou que era motivo de chacota, piadas e ataques diários. Em 1º grau, o pedido foi julgado procedente, e a condenação, fixada em R$ 30 mil. Após recurso à Corte Regional, a condenação foi mantida. Irresignada, a empresa interpôs recurso de revista, que foi inadmitido. Por fim, interpôs agravo de instrumento, o qual foi julgado pelo TST. Em sustentação oral, a advogada Cíntia Cecílio, atual presidente da Comissão de Diversidade Sexual da OAB/DF, alegou que a situação não configura dano moral simples, mas dano que fere a dignidade da pessoa humana.

Atuação do MPPR contra sonegação identifica desvios de R$ 845 milhões Uma das frentes de atuação do Ministério Público do Paraná consist na apuração de fraudes fiscais e identificação de grandes devedores à Receita Estadual. Nesse sentido, tramitam atualmente no âmbito do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Sonegação Fiscal e aos Ilícitos contra a Ordem Tributária (Gaesf) – unidade do MPPR com atuação na área – , cerca de 400 procedimentos investigatórios criminais. A partir desta apuração de crimes contra a ordem tributária sabe-se que que causaram danos ao erário no montante de R$ 845,2 milhões. Desse total, R$ 18,5 milhões – relacionados a 14 procedimentos – já foram integralmente restituídos aos cofres públicos e outros R$ 304,4 milhões, identificados em 98 investigações, foram parcelados após notificação aos devedores. O balanço foi apresentado pelo Grupo na última na segunda quinzena de outubro, durante a 2ª reunião ordinária do grupo diretivo do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), formado por representantes do MPPR, da ProcuradoriaGeral do Estado e da Secretaria Estadual da Fazenda que atua no combate à sonegação fiscal e à fraude tributária. “O cuidado com os recursos públicos, o combate à sonegação e a efetiva recuperação de ativos sempre foram temas que preocuparam muito o Ministério Público. Nos últimos anos, temos qualificado nossa

atuação na área, e esses números demonstram esse esforço”, afirmou o procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, que integra o grupo diretivo do Comitê, junto com o secretário de Estado da Fazenda, Renê de Oliveira Garcia Júnior, e a procuradora-geral do Estado, Letícia Ferreira da Silva. Gaesf – Instituído formalmente em julho deste ano, o Gaesf tem atuação em âmbito estadual e dedica-se a zelar pela probidade da atividade de administração pública fazendária, inclusive nos aspectos relacionados a previsão, arrecadação e renúncia de receitas tributárias. Cira – Além da apresentação dos resultados, também foi pauta do encontro do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos, a assinatura, pelos representantes dos órgãos que o constituem (MPPR, PGE e Sefa) de um termo de cooperação que institui a sede operacional do Cira. No local, serão realizadas as atividades administrativas do grupo, audiências de conciliação com devedores tributários e capacitações dos servidores envolvidos nos trabalhos. A definição de um local próprio – que funcionará nas dependências do próprio Ministério Público, sem qualquer ônus adicional – tem por objetivo otimizar o fluxo de compartilhamento de informações entre os órgãos, bem como facilitar o acesso a sistemas de informações, respeitados os limites do sigilo fiscal.

Ela ressaltou que, se os fatos narrados tivessem ocorrido atualmente, os colegas de trabalho estariam respondendo criminalmente, em razão da decisão do STF que criminalizou a homofobia. Assim, requereu a manutenção ou até majoração de indenização. Ao votar, a relatora, ministra Dora Maria da Costa, acolheu os argumentos do autor, mas entendeu que a indenização deveria ser reduzida para R$ 15 mil. O ministro Márcio Eurico Vitral Amaro divergiu da relatora, entendendo que a decisão da Corte Regional deveria ser mantida, posição que foi seguida pela ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi. Por maioria, foi negado o recurso de revista da empresa. A advogada Clara Késia Cândido representa o trabalhador. •Processo: ARR - 644 02.2015.5. 21.0003 Criminalização da homofobia Em junho deste ano, o plenário do STF decidiu que homofobia e transfobia são crimes. Ante omissão legislativa, os delitos serão enquadrados na lei de racismo. Os ministros consideraram que "condutas homofóbicas e transfóbicas, que envolvem a aversão odiosa à orientação sexual ou à identidade de gênero de alguém, traduzem expressões do racismo".


*DisponĂ­vel na Biblioteca Nacional (ISBN) ,bibliotecas pĂşblicas e livrarias de alguns aeroportos. Reservas telefone (44) 3026.8585 ou pelo e-mail joelglup@gmail.com


Profile for Portal Glup

Revista Conexão Paraná - Novembro 2019  

Revista Conexão Paraná - Novembro 2019

Revista Conexão Paraná - Novembro 2019  

Revista Conexão Paraná - Novembro 2019

Advertisement