Issuu on Google+

ANO VI • NÚMERO 63 • JUNHO 2011

Associativismo: Nossa Fortaleza  Páginas 06 a 09


2

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

PALAVRA DA

PRESIDÊNCIA

ANÁLISE DO

MACROAMBIENTE Manu Dias/AGECOM

Freitas Cordeiro

O

recorde histórico dos números do SPC, no último mês de maio, ultrapassando a marca de 1 milhão de informações, mais do que revelar a preocupação do mercado em aperfeiçoar sua gestão de riscos, é um termômetro da economia cearense, em especial do varejo local que vem crescendo a taxas bem superiores à média nacional. Para os próximos meses as perspectiva são ainda mais animadoras, considerando a data comemorativa do Dia dos Namorados, a injeção de recursos provenientes da parcela do 13º salário do funcionalismo municipal e estadual, e o período de alta estação. A matéria de capa desta edição nos remete à 52ª Convenção Nacional do Comércio Lojista que será sediada em nossa capital, no próximo mês de setembro. Com o tema Associativismo: Nossa Fortaleza, o cenário para esse grande encontro será o ExpoCeará, que reunirá seis mil convencionais de todo o país, dos quais perto de cinco mil já garantiram a sua inscrição. A grade de palestrantes já está sendo concluída, contemplando grandes nomes do cenário nacional. Um dos pontos altos da Convenção e que está sendo aguardado com muita expectativa é a FENAL – Feira Nacional de Produtos, Serviços e Soluções para o Lojista. Diferentemente das exposições tradicionais, a feira está sendo projetada para ser um grande espaço de negócios, envolvendo indústrias e empresas fornecedoras dos segmentos de logística, serviços, turismo, marketing, franquias e tecnologia. A feira acontecerá paralela à Convenção, e será aberta também ao público externo, o que é uma inovação. Nesta oportunidade, reiteramos o convite a todos os empresários do Ceará a se fazerem presentes neste que promete ser o maior evento do segmento comercial do país. Fortaleza, 06 de Junho de 2011. CONSCIÊNCIA CIDADÃ “Doe óleo usado, não o jogue na pia, as cooperativas utilizam deste material para a produção de novos produtos.”

A

economia europeia apresentou crescimento de 0,8% no primeiro trimestre do ano, mas continua apresentando sinais ambíguos e assimétricos quanto a sua recuperação econômica. Enquanto a Alemanha cresceu 1,5% no primeiro trimestre e a França se expandiu em 1%, a Inglaterra praticamente ficou estagnada, com 0,5% de crescimento. Boas perspectivas parecem apresentar a Espanha que estancou sua recessão e apresentou crescimento de 0,2%, nos três primeiros meses do ano. Uma retomada do crescimento espanhol pode ser um forte indício de aquecimento da economia europeia. Com tantas economias desalinhadas, não é difícil imaginar por que ainda paira um ar de incertezas sobre a economia europeia. China desacelera mais segue liderando A China continua em ritmo forte apesar das medidas para conter o cré-

dito. Com uma taxa de crescimento de 9,7%, no primeiro trimestre de 2011, o país continua puxando o crescimento mundial. De acordo com estudo da ONU, em 2011 a economia mundial deverá expandir em 3,3%. Para 2012, a perspectiva é de crescimento de 3,6%, com uma taxa de inflação ainda menor. Nesse ritmo de crescimento, serão precisos cerca de 4 anos para o nível de desemprego voltar ao período pré-crise. Economia americana em alta mas aquém do esperado Com crescimento de 1,8% no trimestre, os EUA mantém sua trajetória de crescimento, embora em um ritmo que decepcionou os mercados. Esse é também resultado de medidas mais austeras adotada para trazer maior controle ao déficit interno. Ressalte-se a recente recusa do congresso americano em permitir que o governo americano aumentasse suas despesas em U$ 2 trilhões.

EXPEDIENTE O informativo Conjuntura do Comércio é uma publicação da CDL de Fortaleza. Presidente: Francisco Freitas Cordeiro 1° vice-presidente: Pio Rodrigues Neto 2° vice-presidente: Francisco Deusmar de Queirós Designer Gráfico: Everton Sousa de Paula Pessoa Produção textual: Jordânia Tarelov Rêgo Jornalista responsável: Dégagé Assessoria Tiragem: 11.150 exemplares

Rua 25 de Março, 882 • Centro CEP 60060-120 • Fortaleza-CE Fone: (85) 3464.5506 Fax: (85) 3464.5548 www.cdlfor.com.br

Sugestões e comentários: gerencia.marketing@cdlfor.com.br


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011 Bovespa perde 2,3% em maio mas juros tende a cair no longo prazo Em vista da volatilidade de alguns países da Europa, os ativos de risco tiveram maiores oscilações nos seus preços, refletindo uma queda de 2,3 do índice IBOVESPA. No acumulado do ano a queda já supera 6,7%, mas a tendência das últimas semanas é de alta. A notícia boa é a volta dos investidores estrangeiros a aplicar na Bolsa brasileira. O fluxo de capital direto líquido dos não-residentes na Bovespa ficou positivo em R$ 2,904 bilhões, no mês de maio, com ingresso de R$ 46,5 bilhões e saída de R$ 43,6 bilhões. Por outro lado, as taxas de juros devem cair nos próximos meses com a perda de força do núcleo da inflação. De acordo com a pesquisa Focus do Banco Central, em 2011 a inflação deverá ficar em 5,78%. Para o próximo ano, espera-se um crescimento dos preços da ordem de 5,2%, portanto, dentro da meta.

Enquanto as operações de crédito cresceram no Brasil em média 20%, o crédito imobiliário se expandiu quase 50% em 12 meses. Crédito imobiliário cresce 50% Enquanto as operações de crédito cresceram no Brasil em média 20%, o crédito imobiliário se expandiu quase 50% em 12 meses, tendo como referência março de 2011. Com esse resultado, o crédito imobiliário já atinge 4% do PIB, e deverá continuar crescendo já que habitação tem se tornando uma das metas prioritárias do atual governo. Informalidade se reduz no Ceará Com a formalização de 32 mil empreendedores nos últimos 22 meses, o setor informal cearense apresentou uma redução significa, segundo informou o Sebrae-CE. Esse é um resultado a se comemorar já que o desemprego é uma das características de economias subdesenvolvidas. Além de desproteger o trabalhador, a informalidade reduz drasticamente a oferta de crédito para as empresas, o que limita o seu crescimento. Mais empresas formalizadas representa mais empregos de boa qualidade, dando sustentação ao crescimento econômico.

3

ANÁLISE DO

SETOR DO COMÉRCIO

Dia dos Namorados em alta

O

clima entre os varejistas para as comemorações do Dia dos Namorados é bastante favorável. Em todo o Brasil as vendas devem se aquecer e segundo pesquisa da Serasa Experian, que avaliou a Expectativa Empresarial para o Dia dos Namorados 2011, cerca de 57% dos principais executivos do varejo nacional entrevistados estimam um crescimento do faturamento em relação a 2010. De acordo com a pesquisa, este é o melhor resultado em termos de expectativas desde 2006. No Ceará a estimativa é de crescimento das vendas em 10%, ponderando-se pelo crescimento da renda e emprego da população, em relação ao ano passado. Varejo mantem trajetória de crescimento De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio, do IBGE, o volume de vendas do varejo brasileiro, no mês de março de 2011, seguiu evoluindo positivamente com crescimento do volume de vendas no primeiro trimestre de 7%. No mês de março, o avanço foi de 4% sobre o mesmo mês de 2010, e nos últimos doze meses a expansão foi de 9,5%. As maiores altas ocorreram nos segmentos de Equipamentos e Material para Escritório, Informática e Comunicação com crescimento de 18,2% e Móveis e Eletrodomésticos com expansão de 11%. A atividade que menos cresceu foi a de Livros, Revistas e Papelaria, com 0,1% de crescimento. Esse desempenho não deixa de refletir a correlação com o desempenho da economia brasileira, que nesse primeiro trimestre cresceu 4,2%. Quanto ao varejo cearense, a taxa de crescimento do volume de vendas, em março de 2011, foi de 10%, uma taxa mais duas vezes superior à média nacional, sendo o quinto melhor desempenho de todo o país. No trimestre, a taxa de crescimento acumulada é de 11,4%. Nesse ritmo, a previsão para o crescimento em 2011 se aproxima de 12,5%, sobre 2010. Os segmentos de maior expansão foram os de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria (35,2%), Móveis e Eletrodomésticos (31,6%) e Equipamentos e Materiais para Escritórios, Informática e Comunicação (17,4%).

No primeiro trimestre de 2011, os segmentos de maior crescimento foram Livros, Jornais, Revistas e Papelaria (50,5%) e Móveis e Eletrodomésticos (21%). O desempenho satisfatório desses dois segmentos estão relacionados ao aumento da renda e aquisição de moradias, respectivamente. Consultas ao SPC bate recorde As consultas ao SPC, um serviço da CDL de Fortaleza, atingiram um volume recorde, apresentando um crescimento de 22,8%. Uma boa estimativa do risco da praça da Região Metropolitana de Fortaleza é fornecida pelos indicadores do SPC. Esse crescimento revela a preocupação dos varejistas em aperfeiçoar sua gestão de riscos. O perfil dos consumidores consultados evidencia que 57,3% é do sexo feminino e 30% está na faixa etária de 30 a 39 anos, conforme QUADRO 1, abaixo. Quadro 1. Consultas ao SPC ATRIBUTO Sexo Feminino Idade de 30 a 39 Anos Idade de 40 a 49 Anos Dívidas entre R$ 100 e R$ 500 Regularização até 60 dias

% 57,3% 30,0% 22,5% 28,7% 66,4%

Fonte: CDL Fortaleza, SPC

O movimento de exclusões do SPC nos últimos 12 meses foi bastante robusto, com um crescimento de 44,8%. No mesmo período, as inclusões cresceram 9,0%, uma disparidade que mostra a firme intenção dos consumidores em desfrutarem de mais crédito na praça. Outro aspecto que mostra a eficácia desse instrumento na gestão do crédito é a rapidez na regularização das dívidas. De acordo com a CDL Fortaleza, cerca de 66,4% dos incluídos no SPC regularizam suas dívidas em até 60 dias. Considerando a atual conjuntura em que o endividamento dos brasileiros tem aumentado significativamente, o SPC é sem dúvidas uma importante alternativa de gestão de risco de crédito.


4

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

PARA ONDE VAI

POSICIONAMENTO

O COMÉRCIO

ESTRATÉGICO

Luxo mira mercados emergentes: Marcas têm como desafio entender que consumidores não são todos iguais

Por Sylvia de Sá

Conhecimento, em entrevista ao Mundo do Marketing.

s mudanças da Gestão do Luxo e as oportunidades que vêm sendo conquistadas pelas empresas do setor nos últimos anos são os destaques do Atualuxo 2011. Em uma década, o país saiu da sombra de mercados mais maduros e tornou-se relevante no cenário mundial. O crescimento contínuo e vigoroso da economia nacional impacta diretamente as marcas de Luxo e seu desempenho no país. Mas com todas as mudanças no cenário, o desafio da atualidade é atender aos novos consumidores sem deixar de lado os atributos necessários à Gestão do Luxo. Fenômenos como o “masstige” – termo que une “mass” e “prestige” – tornaram ícones do luxo acessíveis às massas, a partir de parcerias como a de Karl Lagerfeld com a H&M e a Coca-Cola. É preciso, no entanto, estar atento aos riscos. Para lidar com os novos consumidores que surgem, as emergências de classes e o desenvolvimento de regiões brasileiras que vão além do eixo Rio-São Paulo, a Gestão do Luxo deve ser cautelosa. “Há uma linha tênue hoje que é como atender essa nova extensão de mercado. Isso pode minar essa parte de atributos da atividade do Luxo, mas ao mesmo tempo essas marcas precisam encontrar novos resultados, crescimento, lucratividade e rentabilidade”, ressalta Carlos Ferreirinha, Presidente da MCF Consultoria e

Luxo e ações sociais Para aproveitar o potencial dos mercados emergentes, que lideram a economia mundial depois da crise, deve-se entender que os consumidores não são iguais, como destacou Stéphane Truchi, CEO do Instituto Francês de Opinião Pública (IFOP). Para se aproximar da cultura local e desenvolver relacionamentos duradouros com estes consumidores, marcas investem em ações sociais. É o caso da quase bicentenária Hermès.

A

sylvia@mundodomarketing.com.br

Hermès e os países emergentes No Brasil, a Hermès conta com projetos ligados à educação. Uma das iniciativas é em parceria com a Fundação Gol de Letra. Durante três anos, a marca é responsável pelos salários dos professores que realizam atividades de arte, cultura, comunicação, esporte, lazer, cidadania e educação para o trabalho. Outra ação da Hermès no país é o apoio à coreógrafa Lia Rodrigues, que treina jovens das favelas do Rio de Janeiro para entrar em boas universidades brasileiras, oferecendo cursos gratuitos aos moradores das comunidades. “Buscamos criar uma globalização com rosto humano, que esteja enraizada e faça sentido. Essas ações talvez sejam uma pista para poder construir um mundo melhor”, acredita Herlory, da Hermès. Fonte: Mundo do Marketing

E

ste mês daremos destaque ao crescimento do comércio e à gestão de risco. O varejo deve ser sua rota de aquecimento este ano, abrindo oportunidades de diversificação dos estoques, principalmente aproveitamento a taxa de câmbio que importar produtos inovadores a um custo competitivo. Cabe destacar que entrar no comércio internacional como importador ou exportador requer conhecimento especializado, o que pode valer a pena contratar assessoria externa para esse fim.

É importante ficar atento às formas de pagamento, e se for usar o crédito como política de competição, fazê-lo garantindo o mínimo de ferramentas ao controle dos riscos. Um aspecto também relevante da atual conjuntura é o ritmo em que o brasileiro está se endividando, deslumbrado possivelmente com o potencial de consumo da renda familiar, e isso pode trazer uma trava no crescimento do mercado nos próximos meses. Logo, é importante ficar atento às formas de pagamento, e se for usar o crédito como política de competição, fazê-lo garantindo o mínimo de ferramentas ao controle dos riscos. Nesse caso informação nunca é demais, e as estatísticas podem ser um grande aliado. Por último, gerenciar riscos de crédito requer uma importante disciplina, tanto para acompanhar o movimento dos clientes, como para saber ser coerente com sua própria política creditícia, o que pode envolver a oferta de bons prazos, associado a uma boa entrada no evento da compra. Vender com segurança de que vai receber no futuro é bem mais barato que qualquer desconto. Vale refletir.


5

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

SPC NEWS

SPC e SERASA numa única consulta?

SÓ A CDL TEM Já disp o

n

menu d ível no o SPC para as socia do CDL

.

Parceria entre o SPC e Serasa reduz custos para associado CDL Numa única consulta, o associado obtém informações do banco de dados do SPC Brasil e da Serasa, as duas maiores empresas de informações de crédito do mercado. Para o associado é uma solução muito mais em conta, pois não terá que pagar por dois serviços para ter acesso a todas essas informações. Consulte o SPC PLUS, SPC MIX PLUS, SPC MAX e SPC RELATÓRIO, do menu do SPC. Veja, a seguir, a composição desses novos produtos:

SPC PLUS (SPC e PEFIN Serasa)

SPC MAX

Acesso a 3 informações, numa só consulta: inadimplência e consultas realizadas no CPF/ CNPJ (últimos 90 dias), bem como negativação de documentos incluídos pelos usuários do sistema nacional, além de pendências financeiras (PEFIN) e Cheque sem fundo – varejo, da SERASA. Importante ferramenta para a realização de vendas seguras.

Acesso a 5 informações: além de todo o conteúdo do SPC MIX PLUS, acrescenta dados de protestos. Muito utilizado para dar maior segurança às vendas com cheques e crediário, que necessitem da visualização de protestos em cartório.

SPC MIX PLUS (SPC MIX e PEFIN Serasa) Acesso a 4 informações: além de todo o conteúdo do SPC PLUS, acrescenta indicações de cheques (CCF, roubados, sustados ou extraviados). Uma segurança a mais em suas vendas.

Mais informações: Área de Negócios e Relacionamento: (85) 3464.5506 gerencia.comercial@cdlfor.com.br

(SPC MIX+ e PEFIN Serasa)

SPC RELATÓRIO Fornece relatório completo para análise de empresas, com informações cadastrais do CNPJ e dados comportamentais como: histórico de pagamentos, referências de negócios, controle societário, administração, capital social, relacionamento com fornecedores, anotações de protestos, ações, cheques sem fundos e contumácia de cheques sustados e/ou extraviados, recuperação judicial, participação em falência e PEFIN – Pendência Financeira Serasa.


6

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

CAPA 52ª Convenção Nacional do Comércio Lojista

Associativismo: Nossa Fortaleza Fortaleza se prepara para receber o maior encontro do segmento comercial do Brasil.

A

comissão organizadora da 52ª Convenção Nacional do Comércio Lojista está em contagem regressiva. Faltam apenas 3 meses para que Fortaleza seja a capital do varejo nacional. É com o tema “Associativismo: Nossa Fortaleza” que o Ceará pretende se tornar referência no movimento lojista, organizando a maior convenção do comércio nacional. O evento será realizado nos dias 11, 12, 13 e 14 de setembro, e pretende reunir um total de 6 mil convencionais, compreendendo empresários e profissionais do comércio varejista, estudantes e representantes das CDL’s e Federações de todo o país. Já são quase 5 mil inscritos, um número que já ultrapassa o da 51ª Convenção Nacional, realizada no ano passado, na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina. A 52ª Convenção Nacional do Comércio Lojista irá oferecer uma programação de qualidade para animar o debate sobre os temas ligados ao desenvolvimento do setor, além de promover a confraternização, a troca de experiências entre os dirigentes lojistas e oportunidade de novos negócios entre os participantes. Honório Pinheiro, presidente da Federação das CDL’s do Ceará, vai além e cita mais vantagens de um evento desse porte para Fortaleza. “Teremos neste encontro a chance de aprender mais com as palestras ministradas, com cases de outros lojistas, além de consolidar a união do movimento lojista brasileiro, movimentar o comércio e o turismo da cidade.” O cenário para este grande encontro será o ExpoCeará. O novo centro de feiras e eventos é um espaço grandioso que ocupa uma área total construída de

Traslados

Pensando na comodidade e no conforto dos convencionais que virão ao evento, a comissão organizadora está colocando à disposição das delegações, traslados que farão a rota HOTEL – EXPOCEARÁ – HOTEL. A novidade deste ano, é a decisão de subsidiar parte do frete de ônibus das

delegações vindas de estados próximos do Ceará como, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia Para mais informações sobre rotas, horários de circulação dos traslados acesse nosso site: www.52convencaolojista.com.br/ traslados


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

7

Foto: divulgação/secretaria de turismo do ceará

Programação FotoS: Divulgação

10/09/2011 – SÁBADO 8h às 16h Credenciamento e entrega do material 11/09/2011 – DOMINGO 8h às 16h Credenciamento e entrega do material PROGRAMAÇÃO SOCIAL Solenidade de Abertura: 18h Recepção dos convidados e autoridades 18h30 Abertura oficial e espetáculo Jangurussú com Ballet Edisca 21h30 Apresentação e abertura da área de exposição 12/09/2011 – SEGUNDA-FEIRA 9h Palestra a definir 10h30 Intervalo 10h45 VENDAS 3.0: Um novo mundo dos negócios movido pelas ideias Sandro Magaldi 12h15 Brunch 12h45 SOCIEDADE DIGITAL – Oportunidade & ameaças da era digital no seu negócio Dra. Patrícia Peck 14h15 Encerramento Horário de Funcionamento da FENAL – Feira Nacional de Produtos, Serviços e Soluções para o Lojista 10h às 15h Área de Exposição aberta apenas aos convencionais 15h às 19h Área de Exposição aberta ao público em geral Programação Social Jantar das Delegações

JANGURUSSU

O espetáculo que narra a condição de degradação a que estão submetidas as famílias que sobrevivem dos lixões das grandes cidades. Foi criado em 1995 tendo como coreógrafa Dora Andrade que após uma visita ao antigo aterro sanitário de Fortaleza, no bairro Jangurussu, presenciou o drama de centenas de famílias catando lixo para sua sobrevivência.

SANDRO MAGALDI

Mais de 20 anos de experiência em vendas nos diversos setores produtivos. Autor do livro: “Vendas 3.0: Um novo mundos dos negócios movido pelas ideias”.

PATRÍCIA PECK

Advogada especialista em Direito Digital. É autora de livros e colunista especial de vários veículos de comunicação.

“Teremos neste encontro a chance de aprender mais com as palestras ministradas, com cases de outros lojistas, além de consolidar a união do movimento lojista brasileiro, movimentar o comércio e o turismo da cidade”. Honório Pinheiro, presidente da Federação das CDL’s do Ceará.


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011 13/09/2011 – TERÇA-FEIRA Auditório Principal 9h EMPRESA DO FUTURO & FUTURO DAS VENDAS Walter Longo

“Desde o lançamento do evento que aconteceu em setembro de 2010, na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, não temos medido esforços para fazer desta a melhor edição de todos os tempos. Nos últimos meses dedicamos um empenho extra para convidar as CDL’s de todo Brasil para participarem da convenção”, afirma Freitas Cordeiro, presidente da CDL de Fortaleza e coordenador da 52ª Convenção Nacional.

10h30 Intervalo 10h45 Apresentação 53ª Convenção Nacional – 2012 11h PAINEL: TERRA DE GIGANTES O segredo do sucesso: como empreender no Brasil nos dias de hoje 12h45 Brunch 13h15 INSPIRAR PELOS VALORES E SURPREENDER PELOS RESULTADOS O que um líder 5 estrelas deve saber César Souza 14h45 Encerramento Horário de Funcionamento da FENAL – Feira Nacional de Produtos, Serviços e Soluções para o Lojista 10h às 15h Área de Exposição aberta apenas aos convencionais 15h às 19h Área de Exposição aberta ao público em geral Programação Social Festa CDL Jovem 14/09/2011 – QUARTA-FEIRA Auditório Principal 9h COLABORADORES BRILHANTES, LÍDERES FASCINANTES: Trabalhando em equipe – Juntos somos muito melhores que sozinhos Daniel Godri 10h30 Intervalo 10h45 INOVAÇÃO É DINHEIRO NOVO NO SEU NEGÓCIO Como inovar em sua empresa e no seu negócio? Clemente Nóbrega 12h15 Brunch 12h45 Palestra a definir 14h15 Encerramento Horário de Funcionamento da FENAL – Feira Nacional de Produtos, Serviços e Soluções para o Lojista 10h às 15h Área de Exposição aberta apenas aos convencionais 15h às 19h Área de Exposição aberta ao público em geral Programação Social 21h Festa de Encerramento no Hotel Marina Park com show do cantor Fagner e da dupla Italo e Renno

WALTER LONGO

Presidente & CEO da Young & Rubicam, uma das maiores agências de publicidade e propaganda da América Latina.

CÉSAR SOUZA

Consultor de várias empresas da lista das 100 Maiores e Melhores do Brasil. É autor dos livros: “Você é do tamanho de seus sonhos” e “Você é líder da sua vida”.

DANIEL GODRI

Presidente do Instituto Brasileiro de Marketing e Vendas – IBMV. Autor de vários livros.

CLEMENTE NÓBREGA

Físico e engenheiro nuclear por formação, especialista em estratégia empresarial. Autor de sete livros e colunista revista Época Negócios.

Fagner

Consagrado artista cearense com quase 40 anos de carreira. Já gravou e compôs com grandes artistas brasileiros.

ITALO E RENNO

Representantes da nova geração de músicos cearenses, a dupla de sanfoneiros Ítalo e Renno acrescenta ainda mais tempero ao tradicional forró nordestino.

FotoS: Divulgação

8


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

9

Foto: divulgação/secretaria de turismo do ceará

Planta da FENAL

FENAL: destaque da 52ª Convenção Uma extensa área de 4.600m², com um total de 106 stands de 12m² cada um, esse será o espaço destinado ao grande destaque da Convenção deste ano, a FENAL Feira Nacional de Produtos, Serviços e Soluções para o Lojista. A feira acontecerá paralela a Convenção e está sendo preparada com muitas novidades em produtos e serviços para a qualificação ainda maior do mercado lojista. Além da dimensão, outro diferencial desta edição é que a feira também será aberta ao público ex-

terno, ou seja, mais uma oportunidade para os convencionais e expositores fecharem novos negócios. A abertura oficial da FENAL acontecerá no dia 11 de setembro às 21h30. Nos dias 12, 13 e 14 a feira terá início às 10h para convencionais e às 15h para o público externo. Estarão expondo indústrias e empresas fornecedoras do segmento lojista, com destaque para as áreas de: Logística, Serviços, Turismo, Marketing, Franquias e Tecnologia. As empresas interessadas podem adquirir stands.

Informações para compra de stands: (85) 3452.0800 – Pedro/André/Aline

176 mil metros quadrados, sendo considerado um dos maiores da América Latina, com capacidade para receber até 30 mil pessoas, conta com um amplo estacionamento para 3.500 veículos, garantindo espaço, comodidade e estrutura para o evento. “Desde o lançamento do evento que aconteceu em setembro de 2010, em Florianópolis/SC, não temos medido esforços para fazer desta a melhor edição de todos os tempos. Nos últimos meses dedicamos um empenho extra para convidar as CDL’s de todo Brasil para participarem da convenção”, afirma Freitas Cordeiro, Presidente da CDL de Fortaleza e Coordenador da 52ª Convenção Nacional. Entre as cidades já visitadas estão Aracajú, Salvador, Belo Horizonte, Chapecó, Natal, João Pessoa, Teresina, Maceió e Brasília, muitas dessas cidades estão organizando caravanas e reforçando o convite aos seus associados. Em pronunciamento dirigido a plateia constituída de lideranças e diretores cedelistas, o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul, Álvaro José Fialho, fala, “Não apenas convidamos e sim convocamos todos os lojistas de nosso estado a formarem conosco a Caravana Empresarial do Mato Grosso do Sul para Fortaleza.” A Convenção Nacional é uma iniciativa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, Federações das Câmaras de Dirigentes Lojistas e Câmaras de Dirigentes Lojistas, das cidades-sede, e acontece anualmente em uma cidade do país. As inscrições poderão ser feitas pelo site: www.52convencaolojista.com.br.


10

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

DIÁLOGO COM O

EMPRESÁRIO

Terceirizar a contabilidade é uma boa decisão?

U

ma importante decisão que as empresas precisam avaliar, seja no momento em que estão sendo abertas, ou ainda na fase de crescimento e amadurecimento, é se é mais vantajoso terceirizar ou manter uma equipe de contadores internos na empresa. Seguindo uma tendência mundial, estima-se que a grande maioria das empresas opte por terceirizar serviços com empresas especializadas em prestar assessoria nas mais diversas áreas. Terceiriza-se de tudo, da alimentação dos funcionários à limpeza e manutenção dos equipamentos. Na área contábil, essa tendência não  é  diferente e cabem algumas reflexões sobre as razões para isso acontecer.  Vivemos um tempo de muitas mudanças, essas cada vez mais constantes, rápidas e profundas, o que exige dos profissionais que atuam com contabilidade uma atualização constante com as novidades. Em virtude disso, é comum que as empresas de prestação de serviços disponham de programas rígidos de treinamento para os seus colaboradores e técnicos. Considerando a hipótese de que a opção a ser considerada é de contratar uma empresa terceirizada, vários outros fatores devem ser observados, tais como observar se a empresa prestadora de serviço tem uma estrutura adequada para atender as demandas, seja de pessoal, física ou tecnológica; se tem registro no Conselho de Contabilidade; se sua proposta de serviços é clara e com honorários justos e se a mesma tem comprometimento com prazos. Por fim, vale lembrar: desconfie do muito barato, pois ele pode sair muito caro no futuro. Procure pesquisar bem sobre seus parceiros e identifique profissionais competentes, pois não se vence sem técnica, sem trabalho e sem ética.

Cassius Regis Coelho Presidente do Conselho Regional de Contabilidade

APRENDENDO

NA PRÁTICA “Não, obrigado. Estou só olhando”

T

em sido um grande desafio conciliar metas de vendas com ações de relacionamento. Nossos vendedores estão preparados? Como agir quando o cliente diz que está “só olhando”? Talvez a solução para esse dilema esteja na forma de remuneração da linha de frente. Com foco excessivo em vendas, as organizações utilizam-se apenas de métricas quantitativas e financeiras para medir o desempenho da sua força de vendas. Para que se valorize todos os clientes, inclusive os que estão só olhando, são necessárias duas grandes mudanças por parte da empresa. A primeira delas é passar a ver o cliente além do seu valor financeiro. Assim, a direção deve, inicialmente, estabelecer sua missão e divulgá-la para que todos comunguem do futuro desejado para a organização, que deve ir além da remuneração ao capital, consequência de um trabalho bem feito. Em consequência, novos indicadores de desempenho serão estabelecidos ao lado das metas de vendas. Tais como: quantidade de novos clientes conquistados, quantidade de novos clientes cadastrados, quantidade de clientes contatados no período. Essas são ações que geram negócios, geram vendas, mas vão além do tirar pedido de imediato. Quanto aos vendedores, é importante que se dediquem a compreender como pensam e compram as pessoas, sejam elas físicas ou jurídicas. Um dos mais interessantes capítulos do comportamento do

consumidor diz respeito às etapas do processo de compra. Inicialmente o cliente passa pelo despertar da necessidade, processo que pode ser iniciado dentro ou fora da loja. Em seguida, vem a busca de informações. Nesse momento, o preparo e a paciência do vendedor fazem a diferença. Ansiedade de vender só atrapalha. O cliente não precisa parecer que vai comprar. Ele está colhendo informações e deve recebê-las à altura da sua expectativa. No terceiro momento vem a avaliação das alternativas. É nesse momento que os bons atendentes passam a ser considerados para um possível fechamento de negócio. Aqueles que só vislumbraram vender e não se dedicaram a ouvir, certamente serão excluídos desse processo de avaliação das alternativas de compra. Finalmente vem os momentos de compra e pós-compra. A compra ocorre depois que o cliente decide trocar seu recurso financeiro pela sua oferta da empresa, e a pós-compra traz o sentimento despertado por toda experiência vivenciada durante o processo de compra. Satisfeito o cliente volta, indica a loja e se fideliza. Justamente aquele que estava só olhando. Cláudia Buhamra

Professora de Marketing da UFC/FEAAC Sócia da Buhamra & Romero Soluções Estratégicas claudia@buhamraeromero.com.br


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

COMUNICADO CÉDULAS DANIFICADAS Comunicamos que conforme resolução do Banco Central do Brasil, as cédulas danificadas por dispositivos de segurança (manchas avermelhadas ou rosa) deixam de ter validade, não podendo ser utilizadas como meio de pagamento.

Desse modo, NÃO SERÃO RECEBIDAS cédulas nestas condições, devendo seu portador dirigir-se a uma agência bancária, que remeterá a cédula danificada ao Banco Central, para análise. Regulamentação: Resolução Nº 3.981 e Circular Nº 3.538

INFORMAÇÕES:

Banco Central do Brasil: 0800 979 2345

11


12

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

OPINIÃO

Turismo e Comércio devem caminhar juntos O comércio tornou-se um dos grandes beneficiados com a prática da atividade turística, visto que esse fluxo gera movimento não só em feiras de artesanato, mas também nos shoppings e no comércio em geral.

Colombo Cialdini

Presidente da ABAV Ceará Presidente do Fortaleza Convention Bureau

O

turismo sempre foi apontado como um grande vetor de desenvolvimento econômico, já que impacta mais de 54 setores da economia, é também responsável provocar o crescimento social e cultural exercendo influência direta em áreas específicas como exemplo, o setor de eventos.

O comércio tornou-se um dos grandes beneficiados com a prática da atividade turística, visto que esse fluxo gera movimento não só em feiras de artesanato, mas também nos shoppings e no comércio em geral. O turista que visita a cidade deixa recursos adicionais ao movimento econômico, seja com passeios ou hospedagens. Se estes recursos são colocados nas lojas, nos restaurantes ou na hospedagem, certamente se destinará para

o comércio, na medida em que a comunidade que trabalha ligada ao turismo irá usá-lo para o consumo novamente. Para que este ciclo econômico aconteça é necessário que exista a parceria entre as duas áreas, que as entidades de comércio considerem o turismo como item importante no desenvolvimento social e econômico da região. O impacto sobre o setor de serviços em relação ao PIB no ano de 2010 foi de 14%, segundo dados da Secretaria de Turismo do Estado do Ceará. Em relação à estrutura de gastos dos turistas, a mesma pesquisa apontou que 28% são direcionados para despesas com compras, 20% com alimentação, 18% com a hospedagem, 17% com diversão/passeios e 10% com transportes. Os números comprovam a relevância do turismo para os impactos no setor do comércio. Os momentos de retração da prática da atividade turística podem ser revertidos com a aplicação de estratégias de marketing, que com simples ações podem atrair turistas para o comércio, como: campanhas publicitárias, incentivos, descontos ao visitante, atendimento, diferencial no produto ou serviço, principalmente o turismo de negócios, assim diminuindo a sazonalidade. O comércio e o turismo precisam caminhar juntos em prol do desenvolvimento econômico do Estado do Ceará.


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

Faculdade CDL

13


14

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

FEDERAÇÃO

EM AÇÃO

CDL de Iguatu realiza primeiro workshop Equipe de palestrantes

A

Câmara de Dirigentes Lojistas de Iguatu promoveu nos meses de abril, maio e junho o workshop “Gestão e Varejo” para o comércio da região centro sul. Foram realizados cinco encontros com temas pertinentes ao comércio. Este movimento teve início na primeira quinzena do mês de abril e contou com palestras que abordaram os seguintes temas: “Estratégia de Marketing”, “Os Quatro Pilares do Marketing Comercial”, “Comunicação e Oratória”, “Técnica de Vendas” e “As 22 Leis do

CDL de Fortaleza também está no

mais um canal de comunicação para manter você informado.

Auditório da CDL de Iguatu

Marketing”. As palestras foram ministradas pelos professores Luiz Geraldo e Jaime Romero, ambos da Faculdade Leão Sampaio em participação com Pedro Loula, professor da Faculdade Vale do Salgado. O primeiro encontro que aconteceu na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Iguatu contou com as presenças do presidente da entidade, Ariosto Bezerra Vale e do diretor de Marketing, Norberdson Fernandes, Comunicação e Treinamento. O público alvo do workshop foi formado por empresários,

Ariosto Bezerra Vale, Presidente da CDL de Iguatu

associados, lojistas, vendedores, supervisores, consultores de vendas, gerentes e outros executivos do comércio. No mês de maio, os participantes ainda tiveram a oportunidade de conhecer as estratégias aplicadas que fizeram das empresas Google, Coca-Cola e Microsoft, atuais grandes potências mundiais de negócios. O workshop foi uma parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas do Iguatu, Faculdade Leão Sampaio de Juazeiro do Norte e Faculdade Vale do Salgado do município de Icó.


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

15

CHEQUE GARANTIDO CDL AUMENTE A SEGURANÇA DE SUAS VENDAS EM CHEQUES

INTELIGÊNCIA

BENEFÍCIOS • Tranquilidade na venda e recebimento em cheque. • Inibição da ação de estelionatários. • Garantia de cheques de todas as praças; • Possibilidade de aumento do número de clientes. • Aumento da lucratividade pelo risco de inadiplência. • Eliminação dos custos operacionais com áreas de crédito e cobrança. • Tempo livre para dedicar ao seu verdadeiro negócio: as vendas.

E MAIS: O Banco do Brasil antecipa os valores dos cheques, a taxas especiais de descontos, a partir de 1,3% a.m.* Informações: (85) 3464.5506 ou e-mail gerencia.comercial@cdlfor.com.br.

CHEQUE GARANTIDO CDL: ESSE COMPENSA!

* Taxa dependente de confirmação na agência detentora do cadastro do cliente.

COMO FUNCIONA A empresa consulta o cheque e fica sabendo, na hora, se ele será garantido. Se houver algum problema de compensação, o valor é ressarcido pela CDL. O serviço atende empresas de todas as áreas e portes que recebem cheque como forma de pagamento, tanto à vista como pré-datados.


16

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

CDL JOVEM O que passou

03/05/2011 – EIT – Cultivando Pessoas: Joquismar Mendes, engenheiro civil, apresentou aos associados e convidados da CDL Jovem a palestra “Cultivando Pessoas”. Joquismar fez uma analogia entre pessoas e plantas, enfatizando a importância de estarmos em constante processo de aprendizado e crescimento profissional no âmbito pessoal e espiritual. Cultivar pessoas é cuidar, adubar, regar, motivar e orientar para que gerem bons frutos em todos os aspectos da vida.

18/05/2011 – O Brasil vai afrouxar a fiscalização para garantir as obras da Copa do Mundo? Thiago Guterres, procurador geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, apresentou aos associados e convidados da CDL Jovem como ocorrem os processos de licitação e fiscalização de obras públicas destinadas a atender a demanda dos milhares de turistas que o país irá receber na Copa do Mundo em 2014. Guterres afirmou ainda que a maior parte das obras estão em atraso por conta das liminares e processos entre empreiteiras, além dos órgãos de fiscalização.

10/05/2011 – Visita ao IPREDE: A CDL JOVEM, em companhia dos associados e convidados, realizou uma visita ao IPREDE, ONG dedicada a promover a nutrição e o desenvolvimento na primeira infância. O projeto é articulado em conjunto com ações que visam o fortalecimento e a inclusão social de mulheres em situação de vulnerabilidade e pobreza. A visita foi norteada por Dr. Sulivan Mota, gestor da instituição. O espaço conta com ambulatórios, brinquedoteca, biblioteca, sala de informática, sala de aprendizagem em culinária, costura e salão de beleza. A CDL JOVEM doou 500 sacos de leite, a CEQUÍMICA (John Aguiar) R$ 3.000,00 como crédito em produtos hospitalares e laboratoriais e o frigorífico SUPER BARATÃO 100Kg de Frango. Você também pode ajudar o IPREDE! Para maiores informações (85) 3218.4000 (Alessandra Granjeiro – secretária executiva) e iprede@iprede.org.br.

CDL Jovem: (85) 3464.5520 | cdljovem@cdlfor.com.br


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

17

A CDL de Fortaleza está junto com você na campanha de combate a dengue.

CUIDE DA SUA CASA.

FALE COM SEUS VIZINHOS.

CONVERSE COM A PREFEITURA.

O BRASIL CONTA COM VOCÊ.

A dengue é uma doença séria que mata muitas pessoas todos os anos. O mosquito da dengue se reproduz onde há água parada. Por isso, é preciso eliminar todos os objetos que podem acumular água para evitar que o mosquito nasça. Veja a seguir quais são os principais focos do mosquito da dengue e aprenda como se prevenir:

Mantenha bem tampados tonéis e barris d’água.

Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas.

Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance de animais.

Mantenha a caixa d’água bem fechada. Coloque também uma tela no ladrão da caixa d´água.

Vire todas as garrafas com a boca para baixo, evitando que acumule água dentro delas.

Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água.

Encha de areia até a borda os pratos das plantas ou lave-os semanalmente com escova.

Lave por dentro com escova e sabão os utensílios usados para guardar água em casa.

Lave semanalmente por dentro com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água.

Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana.

Não deixe água acumulada sobre a laje.

Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.

www.combatadengue.com.br

A época de chuva e calor é ideal para a reprodução do mosquito. Por isso, você precisa ficar atento a tudo que possa acumular água.

Secretaria da Saúde

Secretaria Municipal de Saúde


18

CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

ACONTECEU

NA CDL EM MAIO DIA 6

DIA 4

Palestra sobre liderança de alta performance: A Faculdade CDL realizou o lançamento do Programa de Formação para Excelência em Serviços. O programa é voltado para líderes que buscam aperfeiçoamento nas competências e visão de futuro. Na ocasião, Dr. Marcos Lima, member of the Project Management, Pensilvânia EUA, palestrou sobre liderança de alta performance. DIA 22 Vestibular da Faculdade CDL: A Faculdade CDL realizou o Vestibular 2011.2 para os cursos de Graduação em Marketing e Gestão Comercial. Os dois cursos ofertaram um total de 275 vagas para período diurno e noturno. As aulas terão início no dia 25 de junho. DIA 23 Programação da 52ª Convenção Nacional: A Comissão organizadora reuniu-se para discutir assuntos diversos da Convenção e acertar detalhes. Muitos palestrantes de renome nacional já estão confirmados. Confira mais informações no site www.52convencaolojista.com.br

Reunião da Great Place to Work: Aconteceu na entidade à apresentação de lançamento da pesquisa “Melhores Empresas para Trabalhar Ceará 2011”. A reunião contou com a presença da palestrante Tatiane Tieme, consultora do grupo, que apresentou o projeto e dados do ano anterior, quando aconteceu a primeira edição. As inscrições podem ser realizadas por meio do site www.gptw.com.br até o dia 30 de junho.

52ª CONVENÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO LOJISTA DIA 18 – Aracaju

Samuel Schuster, presidente da CDL de Aracaju, Honório Pinheiro, presidente da FCDL-CE e Gilson Figueiredo, presidente da FCDL-Se

DIA 18 – Salvador

DIA 26 – Chapecó

Dr. FReitas Cordeiro e Sérgio Medeiros, Presidente da FCDL-SC

DIA 27 – Caeté

BALANÇO DE

ATIVIDADES DO MÊS Honório Pinheiro e Antoine Tawil, Presidente da CDL Salvador e da FCDL-Ba

Faculdade CDL Cursos realizados Alunos capacitados

40 1.655

CDL – Quadro Geral Novos associados Deacon – Atendimentos

134 9.387

Balcão de Empregos Currículos cadastrados Currículos encaminhados

466 184

O presidente da Federação das CDL’s do Ceará – FCDL-CE, Honório Pinheiro, visitou as cidades de Aracaju/SE e Salvador/BA, para divulgar e convidar os associados a participarem da 52ª Convenção Nacional do Comércio Lojista. As cidades de Chapecó/SC e Caeté/ MG, também receberam a visita

Dr. FReitas Cordeiro; Fernando Veras, representante do Governo de minas gerais e José Cesar, Presidente da FCDL-MG

da CDL de Fortaleza que foi representada por Freitas Cordeiro, presidente da entidade. Durante as convenções estaduais dos respectivos estados, o presidente convidou todos a participarem do maior encontro nacional do comércio que acontecerá de 11 a 14 de setembro, em Fortaleza.


CONJUNTURA DO COMÉRCIO • JUNHO 2011

19

O QUE VEM

POR AÍ... DIA 15 de Junho DIA 13 a 17 de Junho

Caravana do Comércio: A CDL de Fortaleza estará realizando no mês de junho a 1ª CDL Móvel de 2011, uma ação de sucesso que já está em sua 26ª edição e irá contemplar bairro Dom Lustosa, no período de 13 a 17 de junho. Entre as novidades oferecidas para os empresários e funcionários do comércio estão os nove cursos de qualificação gratuita sobre temas relacionados ao setor. O evento será realizado no colégio EEFM Júlia Giffoni. Informações: (85) 3464.5512.

Conheça seu Dinheiro: O Banco Central do Brasil, em conjunto com a CDL de Fortaleza, realizará a palestra “Conheça seu Dinheiro”. Uma ótima oportunidade para saber como identificar cédulas ilegí-

timas e evitar que elas circulem no comércio. Na oportunidade serão apresentados meios de identificação dos elementos da segunda família de cédulas do Real. Inscrições: (85) 3433.3012 e 3433.3013.



52a. Convenção Nacional do Comércio Lojista