Issuu on Google+

Shop_Porto_Contexto_Ed 04_Pag01_2_79_80.ps \\PRINERGY4\Jobs\_Data_04\34920_Elaine_Revista\Shop_Porto_Contexto_Ed 04_Pag01_2_79_80.cdr segunda-feira, 9 de maio de 2011 23:03:08 Perfil de cores: Desativado Composição Tela padrão

1


Shop_Porto_Contexto_Ed 04_Pag01_2_79_80.ps \\PRINERGY4\Jobs\_Data_04\34920_Elaine_Revista\Shop_Porto_Contexto_Ed 04_Pag01_2_79_80.cdr segunda-feira, 9 de maio de 2011 23:03:12 Perfil de cores: Desativado Composição Tela padrão

2


ÍNDICE

MODA NO SHOPPING

Inclusão social pela moda Página 18

EDITORIAL DE MODA

As tendências do inverno nas lojas Página 60

REVITALIZAÇÃO DO CENTRO

GARIMPO

Porto Alegre é demais!

Shopping mais eclético da capital

Página 12

Página 54


HISTÓRIAS DE VIDA

BACK STAGE

DESTAQUE

O exemplo Ambientes Shopping de duas agradáveis recebe lojistas e seguros premiação

Página 08

Página 16

Página 74

MODA por Isabela Tonin

GASTRONOMIA

Chic é estar à vontade

Vamos de sanduíche?

Página 68

Página 70


ORGANIZAÇÃO Verdi Construções S/A DIREÇÃO Elaine Deboni ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA Avenida Júlio de Castilhos, 235, sala 31, CEP 90030-131 Porto Alegre/RS – Fone: 51 30727591 E-mail: adm@shoppingdoporto.com.br IMPRESSÃO Gráfica Trindade TIRAGEM 10 mil exemplares Circulação dirigida, distribuição gratuita para lojistas e consumidores CRIAÇÃO E EXECUÇÃO Contexto Marketing Editorial - Rua Cel. Bordini, 487/4º andar Porto Alegre/RS – Fone: (51) 33952515 Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião dos responsáveis por esta publicação. As fotos que constam nos anúncios publicados nesta edição foram fornecidas pelos respectivos anunciantes, os quais são os únicos responsáveis por sua autoria e qualidade de imagem.

PRODUÇÃO DE MODA Isabela Tonin e Daiane Beiersdorf FOTOS Carlos Sillero MAKE-UP Sil Gollmann e Paula Pasquali (capa)


EDITORIAL

Nesta edição quero fazer um desabafo: comprar ou frequentar um shopping popular não significa atestado de pobreza. A pobreza verdadeira está na mente, prova disso é que os ex-camelôs que saíram das calçadas em dois anos reconstruíram suas vidas dignamente, são exemplos de coragem, determinação, lutaram contra o medo do novo, até choraram. Mas quem acreditou está aí. Muitos em residências novas, com carros novos, filhos com melhores condições de ensino e por aí vai. Mas o que quero realmente dizer é aos empresários interessados nesse público, que poderiam estar fazendo parcerias com esses lojistas nas áreas complementares aos serviços por eles oferecidos que ainda estão vazias – e sabe por quê? Graças à pobreza de espírito. E digo mais, pasmem, temos aqui circulando diariamente o equivalente a um estádio de futebol lotado por dia, de público que se mistura, de “A a D” (Classe C renda R$ 1.214 a 3.033 e Classe D renda R$ 607,00 a R$ 1.213), num mar de gente que cresce em ritmo acelerado, e novamente me pergunto: onde estão os visionários empreendedores dessa fatia de mercado? Tão discriminada e tão desejada ao mesmo tempo. Simples de calcular, 800 lojas. Que cada uma traga 50 clientes por dia, são 40 mil pessoas dia. Então me explique salas vazias num shopping lindo, seguro, acessível, com estabelecimento próprio e um público invejável. Desabafo, pois assim sou, transparente, me faltam palavras pra dizer algo aos meus queridos lojistas quando me perguntam por que essas salas ainda estão vazias. Dessa forma, este é o nosso canal e é por ele que nos comunicamos e parabenizamos os empreendedores que aqui vieram dividir vizinhança com ex-camelôs, que hoje se sabe compram carne em toneladas para seus lanches, tem restaurante que serve mais de mil almoços por dia. Enfim, li em algum lugar: “O amor é minha lei e sempre há motivos para recomeçar, reconhecer quem somos, reacreditar que poderemos ser ainda melhores”. Um novo tempo é agora, porque como diz Fernando Pessoa: “Eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura”. Elaine Deboni


HISTÓRIAS DE VIDA

Coragem para idealizar

um sonho

Clairê Cristina da Costa, 48 anos, casada com Mauro da Costa, começou a trabalhar como camelô na Rua da Praia no ano de 1994, vendendo chinelos de fabricação própria. Chegava no local, durante a semana, às 18h e permanecia até as 21h. Nos sábados das 13h às 21h. Nos domingos o dia todo. A rotina era a mesma sempre, chegava, estendia uma lona no chão, espalhava com capricho seus produtos e depois dessa longa jornada de trabalho, de ônibus retornava para sua cidade, que é Novo Hamburgo, claro, carregada de sacolas de mercadorias. Esta jornada Clairê viveu por quinze anos, e afirma: “Tenho orgulho do trabalho que realizei. Mas não tenho saudades. Apesar do trabalho árduo, paguei faculdade para uma filha e consegui dar qualidade de vida a três filhos menores na época, hoje, inclusive, todos formados. Eu venci. O que para os outros era só chão, para mim era o meu emprego digno”. Perguntada sobre o atual momento que vive no shopping, respondeu com um sorriso: “É só felicidade. O sonho virou realidade. Tenho qualidade de vida mas continuo no mesmo ritmo quando o assunto é trabalho. Mais uma vez repito: eu venci!”. Clairê tem sua loja na Ala Cais do Porto, Bloco B, número 624, e seus produtos permanecem os mesmos: calçados. Agora com melhor qualidade, atendimento personalizado, ótimos preços e fabricação própria. 08

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

“É só felicidade. O sonho virou realidade. Tenho qualidade de vida mas continuo no mesmo ritmo quando o assunto é trabalho. Mais uma vez repito: eu venci!”


HISTÓRIAS DE VIDA

Exemplo de perseverança

e vontade de vencer Tatiane da Silveira Ferreira tem 35 anos e é um exemplo de perseverança e empreendedorismo. Casada e mãe de cinco filhos, Jessica, Tamires, Luis Henrique, Karen e André Luis, começou a trabalhar (por opção) muito cedo, aos 14 anos, como empacotadora. Depois, foi operadora de caixa: “Como sou muito dinâmica, aprendi cedo as exigências do mercado”. Na época, como tinha muitos gastos, o salário não supria as necessidades: “Tornei-me, então, vendedora autônoma. Permaneci neste trabalho até 1997. Em seguida decidi atuar como ambulante, vendendo produtos de época como luvas e guardachuvas, mas o rendimento era muito instável e o sufoco que se passava nas ruas era intenso, com sol muito quente e vento que levava tudo pelos ares”. Em 2006, Tatiane decidiu tornar seu sonho realidade. Passou a confeccionar saias de armação de vários modelos e para todos os fins: casamentos, debutante, religião, CTG, carnaval, ballet: "Mesmo com dificuldade financeira comprei duas máquinas, reuni os materiais e desenvolvi uma técnica de montagem inexistente no mercado". Depois de um tempo, todos os camelôs do Centro de Porto Alegre receberam a notícia de que deveriam sair das ruas, pois teriam a oportunidade de se formalizar. Tatiane não quis perder essa chance. Assim que foi legalmente registrada como comerciante, começou a se preparar para a mu10

dança, divulgando o seu telefone com cartão de visitas. Além disso, aproveitou todos os cursos oferecidos pela prefeitura em parceria com o Sebrae, pois sabia que havia muito o que aprender sobre organização, controle e planejamento: “Com muito estudo e a certeza de que estou no caminho certo, me sinto feliz e bem-sucedida. As respostas chegam sob a forma de elogios com relação à qualidade do

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

meu trabalho. Estou comemorando o registro da minha indústria e encaminhando o registro da marca ‘A magia das cores’. Só tenho a agradecer a todos que colaboraram para a idealização do meu sonho”. Planos para o futuro? Tatiane vai continuar trabalhando com muita garra junto a sua equipe, composta pelo esposo, Juliano Inácio, a irmã Fabiane Ferreira e a filha Jessica.


“Só tenho a agradecer a todos que colaboraram para a idealização do meu sonho”


REVITALIZAÇÃO DO CENTRO

Porto Alegre

é demais! O Centro de Porto Alegre está sendo revitalizado e os gaúchos só têm a ganhar com essas obras de melhorias. Além de ser uma região muito bonita e riquíssima em patrimônio histórico, o Centro é o cenário por onde passam centenas de pessoas todos os dias.

12

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


REVITALIZAÇÃO DO CENTRO

Entre seus principais atrativos estão a Casa de Cultura Mario Quintana, a Usina do Gasômetro, o Santander Cultural, o Chalé da Praça XV, o Memorial do Rio Grande do Sul, o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), o Mercado Público, o Cais do Porto e as belas paisa-

14

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

gens que se formam às margens do Guaíba. Um dos principais sonhos que se tornaram realidade com base nesse projeto de revitalização foi a construção do nosso Shopping do Porto, em substituição ao antigo camelódromo.


Mais tranquilidade para

as suas compras

Construído sobre os terminais de ônibus das praças Rui Barbosa e Tamandaré, entre as avenidas Mauá e Voluntários da Pátria, o Centro Popular de Compras oferece, além das lojas, praça de alimentação, estacionamento para 216 veículos, área de serviços, banheiros, seis elevadores, segurança privada e sistema de monitoramento.

Aqui, predomina o comércio de vestuário e eletrônicos, mas visitando o local é possível comprar artesanato, material escolar, cosméticos, artigos tradicionalistas ou religiosos, brinquedos e sebos. E para quem gosta de comer bem, existem muitas opções de alimentação, que vão do pão de queijo aos baguetes,

pizzas e ao buffet de grelhados. Aqueles que apreciam um chopinho no final da tarde também ganharam um espaço ideal. Nossa maior conquista é que o Shopping abriga hoje cerca de 800 lojas, concentradas em um só local, o que torna muito mais agradável o momento de fazer suas compras.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

15


BACK STAGE

Ambientes agradáveis

e seguros para as compras Cuidar do dia a dia de um shopping, como o nosso, por exemplo, que comporta 800 lojas, possui 20 mil m² e com mais de 30 mil pessoas circulando diariamente, é como assumir a responsabilidade de um prefeito de uma pequena cidade. Nossa equipe de limpeza e de segurança, por conta da GA, está sempre pensando em como melhorar o convívio e manter a harmonia entre todas as pessoas que são parte integrante deste empreendimento. São diversos detalhes e muitos funcionários envolvidos, cada um com sua importância. Justamente por esses cuidados e por possuirmos uma vasta gama de serviços, muitos clientes são atraídos para o nosso Shopping. Afinal, fazer compras em um ambiente limpo e seguro é o que todos os consumidores desejam.

16

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


É importante lembrar que o hábito da limpeza deve começar com cada um de nós, pois é com essa atitude, aliada aos serviços prestados pela empresa que nos auxilia, que teremos um local agradável e bem comentado pelos frequentadores. O mesmo ocorre com a segurança. Quando o assunto é nossa proteção, devemos formar uma parceria com essa equipe. Em primeiro lugar, cada um deve zelar pelo que é seu e, da mesma forma, contribuir com informações e respeito aos profissionais da GA, especialmente por esta profissão ser tão arriscada nos dias atuais. Não esqueçam de que esses trabalhadores estão aqui com este objetivo: o de resolver todos esses detalhes para você. Parabéns a todos esses profissionais.


MODA NO SHOPPING

22

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


MODA NO SHOPPING

28

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Revista Shopping do Porto – Maio 2011

29


MODA NO SHOPPING

30

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Revista Shopping do Porto – Maio 2011

31


MODA NO SHOPPING

32

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


MODA NO SHOPPING

36

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


MODA NO SHOPPING

38

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Revista Shopping do Porto – Maio 2011

39


MODA NO SHOPPING

42

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Revista Shopping do Porto – Maio 2011

43


MODA NO SHOPPING

46

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Revista Shopping do Porto – Maio 2011

47


MODA NO SHOPPING

50

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


MODA NO SHOPPING

52

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


GARIMPO

Garimpo pelo shopping

mais eclético

da capital gaúcha

Porque o mundo das compras não para, nossas 800 lojas abrem muitas possibilidades de compras para toda a família com os melhores preços. Confira acessórios, dicas de moda e combinações. A diversão é garantida! Nosso mix de produtos é único na capital gaúcha. Moda democrática, estilo, novidades, sem jamais perder um pingo de charme.

LANTERNA Bazar da Tia Maria e do Tio Pedro (Loja 255)

54

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


FONE DE OUVIDO Bazar da Tia Maria e do Tio Pedro (Loja 255)

CONTROLE PLAYSTATION Bazar da Tia Maria e do Tio Pedro (Loja 255)

CAMISETA Do Secretário (Loja 647)

DESPERTADOR Loja do Xuxo (Loja 684)

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

55


GARIMPO

CASAQUETO MACHUPICHU Da Sara (Loja 797)

Casaqueto cor camelo, calça cor forte e regata Divertida a ideia de misturar casaqueto de ar retrô com calça e regata modernas. Confere ao look ar urbano e atual.

CALÇA PÚRPURA Loja 613

REGATA FINURA Loja 297

56

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


MALA RETRÔ Loja 02

VESTIDO MACHUPICHU Da Sara (Loja 797)

LENÇO ARTE NO PANO Pano de Banda (Loja 628)

Vestido preto com lenço estampa caveiras O lenço de caveiras se lança como contraponto ao vestido preto ladylake.

Peça-desejo Brincos coração. Este brinco dá fôlego renovado a qualquer look.

BRINCOS Luxúria (Loja 298)

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

57


GARIMPO

CAMISA PÉROLA 800 Anjos (Loja 800)

Camisa branca e pulseiras étnico-chic As pulseiras injetam ânimo à camisa.

PULSEIRAS LUXÚRIA Loja 298

58

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


GORRO TROPICÁLIA Loja 640

Gorros peruanos Aquecem e conferem charme no inverno.

Básica de malha branca Curinga, chic, para qualquer guarda-roupa.

BÁSICA BLUE BOX Loja 600

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

59


EDITORIAL DE MODA

As tendências

do inverno já estão nas lojas

Atitude, cor, moda streeet e ar retrô são nossos pontos de vista escolhidos sobre o que há de mais interessante no inverno que se aproxima. Misturam-se e fazem da moda, em especial a do Shopping, além de um passeio inusitado, muito inspirador! A dica é você tirar algumas horas para garimpar pelas 800 lojas e sair surpreendida com um guarda-roupa completo com preços imbatíveis. O que para alguns chama-se de moda para todos, para nós, nossa moda é para você, especialmente. Uma prova de quem sabe de onde vem e para onde vai. Convite feito, venha desvendar nosso universo cercado de gente e com uma moda bacana que sai do óbvio e diverte sempre. Isabela Tonin

60

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Casaco Lua Ousada, loja 41, manta Blue Box, loja 600, bijoux Luxúria loja 298, meia Pano de Banda, loja 628, carteira Loja do Gaúcho, loja 790, sapato acervo pessoal.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

61


EDITORIAL DE MODA

62

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Ela: saia Pérola 800 anjos, loja 800, blusa Rose Modas, loja 573, colete Vitória Modas, loja 348, colar Mirta Biju, loja 784, carteira Loja do Gaúcho, loja 790, sapato e meia acervo pessoal. Ele: Casaco D´Prettus, loja 56, jeans e relógio Shine Presentes, lojas 325 e 489, manta Blue Box, loja 600.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

63


EDITORIAL DE MODA

Ele: jaqueta e mala Blue Box, loja 600, jeans e blusa Shine Presentes, lojas 325 e 489. Ela: agäuio peruano Tropicália Brasil, loja 640, vestido relógio Bella Hora, loja 464, bolsa Yin's, loja 02, meia Anjinho Travesso, loja 619, scarpin acervo pessoal.

64

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Ela: vestido D'Prettus, loja 56, manta de renda Cabral, loja 477, manta de veludo, Blue Box, loja 600, meia Alternativas, loja 303, bota acervo pessoal. Ele: colete Chileno Alros Power, loja 542, camiseta Fashion Man, loja 273, relĂłgio, blusa e jeans Shine Presentes, lojas 325 e 489.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

65


Ela: jaqueta Banca da Aurora, loja 609, regata Finura, loja 297, saia D'Prettus, loja 56, legging Daquiel, loja 756. Ele: camisa Pérola 800 anjos, loja 800, camiseta e jeans Shine Presentes, lojas 325 e 489, celular Loja do Xuxu, loja 685. Calçados: acervo pessoal

66

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Revista Shopping do Porto – Maio 2011

67


MODA

Chic é estar à vontade ao tom do lugar! Na próxima estação o melhor convite é buscarmos um olhar, uma afirmativa de um inverno de estilo, ou seja: apresentar uma lista de tendências será difícil, já que as ideias, as propostas de moda são imensas e cada marca trabalha conforme o perfil de seu cliente. Assim, seguem sugestões para você lembrar na hora de escolher o que for comprar. Mais que DESEJO, sua compra deve andar de olho no espelho. Ficou na dúvida, peça ajuda apropriada e procure sentir-se segura sempre.

• COURO: a ideia é “tenha, no mínimo, uma peça”, seja qual for. Casaco, saia, regata, o que mais lhe agradar e está faltando no seu guarda-roupa. • TRICÔ: acredite, se tiver “cara da vovó” você estará certa. Com pontos grandes, com tranças, vale qualquer peça. • RENDAS: até um pedaço numa camiseta fará a diferença. Elas, de dia, serão mais aceitas nesta temporada. Peças inteiras de renda, como casaco, combinam com jeans escuro, por exemplo. Tenha muito bom-senso quando a renda for mais do que só um detalhe. • BORDADOS E BRILHOS: paetês liberados, pedras, cristais, pérolas. Em golas, camisetas e em calças. Permita-se usá-los até de dia. • SAIA COMPRIDA: todos os comprimentos serão vistos. Mas a comprida vem com força.

por Isabela Tonin

• PELE: seja nos detalhes ou em peças inteiras. Aposte nelas. Requinta o visual e aquece. • ACESSÓRIOS: as bolsas diminuíram e as carteiras aparecem de dia. • SAPATOS: bota e mais bota!! Curta, comprida, botina, com amarração, ela permanece. O que nenhuma passarela apresentou foi o solado meia-pata. Assim, tchau para ele na próxima estação.

68

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


“Crise de identidade é o mal do homem moderno. Todos temos dúvidas. A identidade é um movimento contínuo, metamorfose construída a partir das relações sociais. Busque informações e Ser-por-si é a base de tudo.” Airton Embacher – Moda e Identidade – A construção do estilo próprio

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

69


Sanduíche de peru natural

Ingredientes • 2 xícaras de ricota amassada • 1 pote de iogurte natural • 100 g de peito de peru defumado picado • 2 colheres de salsa picada • Sal a gosto e com moderação • 10 fatias de pão integral • 1 cenoura média ralada • 1 xícara (chá) de agrião

Modo de preparo Misture a ricota com o iogurte, o peito de peru, a salsa e o sal. Espalhe essa pasta em cinco fatias de pão integral e distribua a cenoura e o agrião. Feche com a outra fatia e sirva.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

73


DESTAQUE

Diretora do Shopping do Porto recebe Fotos: Ivo Gonçalves/PMPA

a Medalha de Porto Alegre

PREMIAÇÃO recebida por Elaine Deboni foi entregue por Omar Ferri Jr., diretor do Procon, e José Fortunati, Prefeito de Porto Alegre

ELAINE DEBONI com o diploma da entrega da Medalha

Em cerimônia realizada no dia 24 de março, foram homenageadas 19 personalidades e instituições com a Medalha da Cidade, entre elas o Shopping do Porto. O evento foi realizado no Teatro Renascença e contou com a participação de mais de 200 pessoas. A homenagem integrou as comemorações da 52ª Semana de Porto Alegre/Moacyr Scliar/239 anos. A medalha representa um reconhecimento permanente da comunidade porto-alegrense à contribuição dos homenageados ao desenvolvimento da capital gaúcha. Com motivos vinculados aos valores humanos e da natureza, a criação é do artista plástico Nelson Jungbluth. O prefeito José Fortunati entregou as 19 medalhas e diplomas aos agraciados. “Quando pensamos numa cidade, temos que lembrar da

trabalho que elas realizam, tornando esta cidade uma Porto Alegre de todos”, destacou. Diretora do Shopping, Elaine Deboni, recebeu a premiação e dedica a todos os colaboradores.

74

sociedade civil que colabora, contribui e ajuda a construir uma cidade melhor. Essas pessoas hoje aqui fazem a diferença e transformam Porto Alegre. Por isso, a medalha que entregamos é um reconhecimento ao

PEDRO VILARIN, Francisco de Assis Nava, Edinardo Danielli, Elaine Deboni, Rogério Teixeira Stockey e Omar Ferri Jr.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Prêmio dividido com o secretário gelstein, a Medalha de Porto Alegre, a qual representa o sucesso do empreendimento e sua sustentabilidade. Mo-

mento vivido graças à postura do secretário em honrar com o compromisso pre-estabelecido em lei.

Foto: Guilherme Mercado

Nesta foto, a Diretora do Shopping, Elaine Deboni, levou até a SMIC, para dividir com o secretário Valter Na-

EDINARDO DANIELLI, Elaine Deboni, Sec. Valter Nagelstein e Diógenes Pereira

Shopping do Porto Há poucos dias, quando participei junto com o prefeito José Fortunati da entrevista coletiva de entrega do restauro do Chalé da Praça XV, o permissionário Edemir Simoneti referiu que aquela conquista havia se viabilizado a partir da realocação dos ambulantes que antes, de forma desordenada, ocupavam a Praça XV. Poucos dias depois, importantes veículos da mídia local deram destaque a um movimento que nós da Smic, no setor de Licenciamentos, já havíamos detectado: a retomada do afluxo de empreendimentos comerciais e de serviços para o Centro Histórico. Por evidente que a fala de Simoneti e os dados da Smic apontam num mesmo sentido e atestam que o empreendimento corajoso da construção do shopping

popular foi o vetor inicial de um processo que eu espero que se conclua com a Revitalização do Cais Mauá. O Shopping do Porto trouxe, além

do pontapé inicial para que empreendimentos outros ali aconteçam, um espaço digno para pessoas que empreendiam ao relento, viviam sob uma lona ou a sol a pino, e tal qual nômades, todos os dias tinham que encaixotar e providenciar a guarda dos materiais que precariamente ficavam expostos. Se problemas existem, ocorrem até em shoppings de alto luxo, tais como a mortalidade de um ou outro empreendimento. O importante é que todos reconhecem - e a própria cidade sente - que o Shopping do Porto foi um divisor de águas na história recente de nosso município. *Valter Nagelstein Secretário Municipal da Produção, Indústria e Comércio

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

75


DESTAQUE

Nós somos

Comércio popular

Top! O Shopping do Porto foi reconhecido com o Top de Marketing, oferecido pela ADVB/RS, categoria Polos Comerciais. Em sua 28ª edição, a premiação faz uma homenagem a todas as empresas que transformam ações em resultados concretos e que se destacam na sociedade gaúcha. A cada ano, os mais bem-sucedidos profissionais celebram o sucesso dos projetos que se tornaram referência de gestão empresarial e que podem abrir as portas para novos negócios. Nosso novo posicionamento no mercado, valorizando o conceito de shopping popular, foi uma das iniciativas essenciais para esta conquista. Parabéns a todos que de alguma forma contribuíram para esta vitória tão importante!

é case da revista FGV A edição da revista Case Studies, edição 82, traz uma reportagem sobre as etapas de construção e planejamento do Shopping do Porto, destacando o sucesso do nosso empreendimento. A matéria fala que a diversidade e a simplicidade do Shopping são seus principais diferenciais, ofere-

Presidente Lula envia carta de agradecimento pelo recebimento da Revista Shopping do Porto

SHOPPING recebeu prêmio Top da ADVB

ELAINE DEBONI, Isabela Tonin e Romer Anderson

76

cendo preços baixos e maior acessibilidade de consumo ao nosso público. Segundo a reportagem, o maior desafio, atualmente, é transformar o Shopping do Porto em um grande centro cultural de espaço aberto, com inúmeros eventos destinados aos consumidores.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011


Formalize-se! O Empreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um empreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 36.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou piso da categoria. A Lei Complementar nº 128,

de 19/12/2008, criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal possa se tornar um Empreendedor Individual legalizado. Entre as vantagens oferecidas por essa lei está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que facilitará a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais. Além disso, o Empreendedor

Individual será enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Pagará apenas um valor fixo mensal, que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS. Com essas contribuições, o Empreendedor Individual terá acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, entre outros.

6ª Feira de Oportunidades SENAC RS O Shopping do Porto abre espaço para eventos de grande porte. A 6ª Feira de Oportunidades do SENAC RS foi sediada nas instalações do estacionamento, abrigando uma série de stands e com uma enorme circulação de pessoas.

Revista Shopping do Porto – Maio 2011

77


A GA SEGURANÇA atua em indústrias, empresas prestadoras de serviço, estabelecimentos comerciais, condomínios e shopping centers, a quem oferece: • Segurança patrimonial • Análise de riscos • Projeto de segurança A tecnologia agrega valor dos nossos serviços de segurança patrimonial, através de monitoramento de câmeras, comunicação e controle de centrais de alarmes e rondas eletrônicas. Protegemos seu patrimônio utilizando projetos personalizados de segurança que analisam as reais necessidades e riscos de cada cliente, pois para a GA SEGURANÇA, a vida é prioridade.


Revista Shopping do Porto